Page 1

Ano I - D.C.M - Nº 14 - 6 e 7 de Abril de 2013

Alex recebe comitiva do Rotary Club em São Luiz

www.jornal4cidades.com.br

REDENÇÃO DA SERRA

O

prefeito de São Luiz do Paraitinga Alex Torres (PR) recepcionou no último dia 04, o governador do Rotary Internacional Distrito 4.600 Benedicto Francisco dos Reis Neto, sua esposa Maria Aparecida Dias Reis, rotarianos de São Luiz do Paraitinga e ouras lideranças. Alex levou a comitiva para conhecer o prédio da prefeitura, que sendo restaurado e deverá ser reinaugurado ainda neste mês de abril e, também foram ver as obras da Igreja Matriz, que deverá ser Da esquerda para direita: Mário Luiz Dias - Prefeito Alex Torres, Maria Apare- reaberta ao público em decida Dias Reis - Benedicto Francisco dos Reis Neto e Manuel Cembranelli zembro deste ano.

O

prefeito Nequinho (PMDB), negociou em 60 parcelas a divida de R$ 1.200.000,00 com o INSS. A proposta será enviada ainda neste mês à Receita Federal. Além disso, Nequinho contou que estão avançando as conversas para geração de 100 empregos diretos e indiretos em Redenção. Ele disse que duas empresas estão interessadas em se instalar na cidade e que, ambas não são poluidoras. Pág. 6

NATIVIDADE DA SERRA

Pág. 7

LAGOINHA

Zé Galvão busca recursos na Casa Civil e na Secretaria de Agricultura Civil e na Secretaria de Agricultura e Abastecimento ambos os órgão do Estado de São Paulo levando reivindicações do município de Lagoinha. As solicitações serão analisadas e dentro de 15 dias será enviada uma resposta ao prefeito. Zé Galvão também anunciou o início de diversos cursos de capacitação profissional, fruto prefeito de Lagoinha Zé Galvão de uma entre a Prefeitura, os governos Federal (PSDB) esteve nesta semana na Casa e Estadual e o SENAI.

O

Pág. 4

O

prefeito Dito Carlos (PSDB) anunciou que as obras nas Estradas de Natividade da Serra começaram neste mês. O prefeito de Natividade também disse que 10 estagiários começaram a trabalhar neste mês na prefeitura, sendo que nove estão na área de Educação e um no setor administrativo. Dito Carlos também comentou sobre a visita dos alunos da Escola Estadual Figueira Toledo. Pág. 5

CÂMARAS MUNICIPAIS

LAGOINHA

NATIVIDADE DA SERRA

REDENÇÃO DA SERRA

Demar quer que médicos de Lagoinha trate bem a população

Pica Pau pede esclarecimento sobre aterro sanitário de Natividade

Vereador Rogério show sugere Vanderson quer realizar Festa criação de Distrito Industrial de Peão de Boiadeiro em em Redenção Catuçaba

Pág. 4

Pág. 5

Pág. 6

SÃO LUIZ DO PARAITINGA

Pág. 7


EDITORIAL Os Vitorettis

EDITORIAL

2 Os quatro prefeitos: Zé Galvão, Dito Carlos, Nequinho e Alex Torres completaram nesta semana três meses à frente da administração pública de: Lagoinha, Natividade da Serra, Redenção da Serra e São Luiz do Paraitinga. O desafio de cada um é melhorar a vida de suas populações e acreditem que essa tarefa não é nada fácil. Nós do Jornal 4Cidades estamos acompanhando de perto os trabalhos dos quatro prefeitos e podemos testemunhar que todos estão se empenhando ao máximo para que as quatro cidades tenham um desenvolvido superior aos que já ocorreram. O período de chuva tem atrapalhado as pessoas de transitarem por elas, assim como os prefeitos de executarem as obras que sanem os problemas. Há alguns dias ouvi umas pessoas reclamando da administração de um dos prefeitos e, a impressão foi que as pessoas estavam esperando minha aproximação para fazer a crítica, com a intenção de que eu dessa sequência aquela conversa, mas eu preferi apenas ouvi-las, sem fazer nenhum comentário. É importante que todas as pessoas saibam, que todos os prefeitos estão em início de trabalho e, que não se pode esperar que qualquer um deles consiga resolver todos os problemas das cidades num passo de mágica. Além disso, cada cidade tem uma Câmara Municipal com nove vereadores que estão fiscalizando os Executivos. Nós também estamos acompanhando os trabalhos dos 36 vereadores dos municípios: Lagoinha, Natividade da Serra, Redenção da Serra e São Luiz do Paraitinga e, todos eles estão trabalhando para que as cidades cresçam equilibradamente. Na maioria das vezes, e nas mais diversas situações, quando há a união em torno de um objetivo, as possibilidades de êxito são maiores. Por isso, as pessoas que moram em uma das 4 cidades, devem dar um voto de confiança aos prefeitos e vereadores e, na medida do possível, cada um deve colaborar como puder. Em tempo, é importante salientar que quando uma cidade se desenvolve, toda população leva vantagem.

Expediente

Jornal 4Cidades – Parceria entre o Jornal Diário de Taubaté e GRAMVAP Grupo de Administração e Marketing do Vale do Paraíba. Endereço da Sede: Rua Marquês do Herval, 246, Centro, Taubaté- SP. Distribuição: Lagoinha – Natividade da Serra – Redenção da Serra – São Luiz do Paraitinga e em Taubaté encartado no Jornal Diário de Taubaté para assinantes (aos sábados)

Jornalista Responsável: Oswaldo Ramos Junior -MTB nº 34088 Assessoria Jurídica: Drº Robson Fernando Barbosa OAB nº 178089 Diagramação: Diego Anastácio Colunista: Paulo Pereira Contato Publicitário: (12) 9133.9447 / (12) 8118.5011 Contato: (12) 3621-4679 / (12) 9133-9447

Por Paulo Pereira

A

família Vitoretti era a mais rica de Redenção, em sua época. Linha de ônibus com dois carros possantes, um Fargo e outro Dodge; dois automóveis, um Ford bigode e outro, preto, cuja marca não me lembro; fábrica de esteira, feita de taboa, para embalar mercadorias; moinho de fubá; um terreno que era chamado de chácara, ali no caminho do Piraí, por onde se vai à Cava Grande, passando pelas casas do Chico Guedes, João Malaquias, Zé Bettin, perto de onde hoje mora a família do Geraldo Mendes. Três filhos prodigiosos, Joãozinho, Zizí e Bidico, hábeis motoristas, bons mecânicos, trabalhadores e cidadãos do maior respeito. As filhas, bem casadas, com Juquinha Ferreira e João Carneiro, eram moças finas, educadas, habilidosas em suas tarefas domésticas. Poderia não ser o maior patrimônio, mas era a família que mais faturava, em Redenção. Todos respeitavam os Vitorettis. Eles se revezavam na direção dos ônibus, fazendo a linha até Taubaté e davam absoluta segurança aos passageiros, naquelas

estradas de terra e esburacadas. Por falar em segurança, era incrível a aceitação como motorista dos carros, fazendo serviço de taxi, do velho João, pois ele era portador de um problema neurológico, sem domínio da mão direita que só servia para apoiar o volante, tendo que mudar as marchas com a mão esquerda. Mesmo com estes problemas ele viajava por todos os cantos dos bairros de Redenção, levando passageiros ou levando o Manezinho para suas vistas de urgência aos seus pacientes. Sim, naquelas estradas estreitas, montanhosas e esburacadas. Joãozinho namorou a Aparecida Passarelli, por dezenove anos e ambos acabaram solteiros. Joãozinho bebia e isto atrapalhou os seus planos. Zizí se casou com a professora Eleotriz, mudou-se para Lorena, onde viveu até seu falecimento. Ele era o maior galã da cidade, muito elegante, bem vestido, cheio de charme. Era um homem muito bonito. Bidico se casou com a Marlene, jovem nascida na Marmelada, de tradicional família natividense.

Continua...

Faça parte do nosso Jornal Estamos abrindo espaço a todos que quiserem publicar seus artigos, contos, histórias e curiosidades das suas cidades. Os interessados podem enviar os textos para o endereço eletrônico jornal4cidade@hotmail.com. Estamos criando meios para que as pessoas também possam entregar seus textos escritos. O Jornal pretende abrir escritórios nas quatro cidades para melhor atender a municipalidade e a população de Lagoinha, Natividade da Serra, Redenção da Serra e São Luiz do Paraitinga.

www.jornal4cidades.com.br jornal4cidades@hotmail.com


ACONTECE

3

deputado estadual Luiz Carlos Gondim (PPS) O falou sobre a Lei 13.032, pro-

mulgada em 29 de maio de 2008, a qual devolve o valor do IPVA pago aos motoristas que tiveram seus carros roubados. “Hoje sabemos que os índices de roubos de veículos ainda é muito alto no Estado, e graças a esta Lei, agora, os proprietários tem seus prejuízos amenizados com a devolução do imposto”, comentou. A Lei garante ao contribuinte a dispensa proporcional do pagamento do IPVA, a partir do mês seguinte ao da ocorrência do fato, à razão de um doze avos por mês, do valor do imposto devido ao Estado. Caso o IPVA já tenha sido pago, o proprietário terá direito a restituição. Para isso, basta que a vítima de roubo ou furto do veículo registre o boletim de ocorrência para ter direito ao benefício previsto pela lei. Como todo o sistema é informatizado, o registro da ocorrência policial ativa um bloqueio no Departamento Estadual de Trânsito (Detran) -

que repassa as informações para a Secretaria da Fazenda, a qual por sua vez autorizará a dispensa do IPVA. Somente em 2012, a Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo devolver R$ 17.863.979,48 a proprietários que tiveram seus veículos roubados ou furtados em todo o Estado de São Paulo. O deputado também falou do Projeto de Lei de sua autoria, que está pronto para ser votado no plenário, o qual aumenta o número de parcelamentos do IPVA de três para seis meses. “Esta medida é muito importante porque todos nós sabemos que o início do ano é quando incide o maior número de impostos e taxas que os paulistas precisam quitar. O aumento do número de meses para parcelar o pagamento do IPVA como proponho, certamente ajudará a desafogar os paulistanos, que muitas vezes precisa recorrer a empréstimos bancários para honrar seus compromissos”, comentou.

José Ramos consegue recurso junto André do Prado para a área da Saúde O suplente de vereador em Redenção da Serra Benedito, José Ramos (PR), conseguiu junto ao deputado estadual André do Prado (PR), uma emenda de R$ 50 mil para a aquisição de uma Kombi, que será utilizada nos serviços de apoio à Saúde do PSF do município. “O veículo servirá de apoio no deslocamento de médicos, dentistas, enfermeiros, auxiliares de enfermagem, agentes de saúde e transporte de medicamentos e equipamentos utilizados no atendimento realizado na Zona Rural do município”, disse Benedito, que é enfermeiro do PSF. Para André do Prado, essa iniciativa é muito importante,

pois da mais qualidade de vida à população que vive na Zona Rural. “Vamos destinar essa emenda para a cidade, pois sabemos da importância de um serviço de apoio eficiente, seguro e ágil, uma vez que com saúde não se brinca”, explica o deputado. O veículo ficará sob a tutela da Equipe de Programa de Saúde da Família, que atua na área rural do município, facilitando assim o atendimento da população que reside nestes bairros. “O nosso objetivo é fazer um trabalho com todas as Secretarias do município, com os vereadores e com o prefeito Nequinho, buscando obter melhores resultados”, disse o enfermeiro.


LAGOINHA

4

Zé Galvão leva reivindicações à Casa Civil e à Secretaria de Agricultura

prefeito de La- tação Profissional e Ge- reiro Eclético-Bonecas goinha José Gal- ração de Renda, em uma duas turmas – 200 horas; O vão da Rocha (PSDB), o parceria entre a Prefeitu- iniciado em 02/05/2013-

Zé Galvão, esta semana levou reivindicações à Casa Civil e à Secretaria de Agricultura e Abastecimento ambos os órgão do Estado de São Paulo. Na Casa Civil Zé Galvão conversou com o secretário adjunto Eduardo Cure e na Agricultura conversou com a secretária Mônika Bergamaschi. Todas as reivindicações serão analisadas e dentro de 15 dias será enviada uma resposta ao prefeito de Lagoinha. “Nesta semana eu também participei do Congresso de Prefeitos realizado em Santos”, disse o prefeito. A secretária de Serviço e Desenvolvimento Social de Lagoinha, Cristina Maria Rodrigues de Toledo disse ao Jornal 4Cidades, que iniciaram vários cursos de Capaci-

Prefeito Zé Galvão

ra e os governos Federal e Estadual. “Todos os Cursos estão sendo aplicado pela Prefeitura Municipal da Cidade de Lagoinha em parceria com o SENAI e estão sendo executados através do CRAS (Centro de Referência de Assistência Social”, disse a secretária. Segue a baixo a relação dos cursos que estão sendo aplicados pela prefeitura Municipal de Lagoinha. Da Proteção Básica (Recurso Estadual): início em 02/04/2013- Produtos Sazonais - duas turmas – 20 horas; início em 03/04/2013- Bolos Confeitados - duas turmas – 20 horas; iniciado em 08/04/2013- Traçador de Calderaria - duas turmas – 160 horas; iniciado em 02/05/2013- Costu-

Costureiro Eclético-Patchwork - uma turma – 220 horas; iniciado em 02/05/2013- Assistente de Departamento Pessoal duas turmas - 160 horas. Cursos que aguardam data de início: Desenhista Mecânico, Pintor de Móveis e Silk Screen. Do PRONATEC (Recurso Federal): Inscrições abertas- Encanador Instalador Predial – duas turmas – 200 horas; Pintor de Imóveis (paredes) duas turmas – 200 horas, Almoxarife - uma turma - 160 horas. Com início em 04/04/2013- Padeiro duas turmas – 200 horas; em 08/04/2013- Agente de Inspeção de Qualidade - duas turmas – 160 horas e em 08/04/2013- Auxiliar Administrativo - duas turmas – 160 horas.

Vereador Demar quer que médicos de Lagoinha trate bem a população vereador de La- área da Saúde. “Nós fizegoinha Walde- mos uma reunião com O mar José Ribeiro (PR), os funcionários da Saúde o Demar, disse que junto dos vereadores: Tiago, Relson, Dione e De Monteiro, apresentou requerimento solicitando informações do chefe do Executivo a respeito da falta de médicos no Posto de Saúde da cidade. Segundo Demar a população também reclama do mau atendimento por parte dos funcionários da

e, eles ficaram de prestar um bom atendimento às pessoas. Agora falta os médicos fazerem o mesmo”, disse o vereador. Demar conta que está estudando a possibilidade de que seja formada uma Comissão ligada à área de Esporte, que tenha o objetivo de apoiar a prática esportiva em Lagoinha. “Hoje nós temos

Vereador Demar

futebol de campo e de salão, vôlei e estes esportes precisam de apoio”, disse Demar. O vereador vai tentar implantar no município o esporte equestre e trabalhar para que os atletas disputem importantes campeonatos. “Acredito que existam pessoas interessadas em esportes com cavalo e nós iremos auxiliá-los”, concluiu Demar.


NATIVIDADE DA SERRA

Dito Carlos iniciará neste mês obras nas estradas de Natividade

prefeito de Natividade da O Serra, Benedito Carlos

de Campos Silva (PSDB) o Dito Carlos, disse que neste mês de abril iniciará as manutenções das Estradas Rurais do município. Segundo Dito Carlos os trabalhos começaram pelas Estradas principais, mas todas receberão obras. “Agora terminou o período de chuvas então podemos realizar um trabalho mais efetivo nas Estradas”, disse o prefeito. Durante os meses de chuva a prefeitura de Natividade realizou reparos nas Estradas, mas a intensidade das águas, não permitiam que os reparos durassem mais que um dia. “Nós vamos passar a Patrol, colocar

5

ele isso só foi possível após a Câmara de Vereadores aprovar o convênio com o CIEE (Centro de Integração Empresa-Escola). “Todos os estagiários são de Natividade, nove estão trabalhando na área da Educação e um está no setor administrativo”, disse o prefeito. Dito Carlos também disse que ficou muito satisfeito com a visita dos alunos da Estadual Figueira Toledo. “Os alunos vieram conhecer a prefeitura, saber como ela funciona, como é a atuação do prefeito na Prefeito Dito Carlos recebe os alunos da Escola Estadual Figueira de Toledo cidade e isso é muito importante para que os jovens conheçam e cascalho, de forma que Carlos. que 10 estagiários já participem da política essas obras sejam mais O prefeito também começaram a trabalhar da cidade”, afirmou Dito duradouras”, disse Dito disse ao Jornal 4Cidades, na prefeitura. Segundo Carlos.

Pica Pau pede esclarecimento sobre aterro sanitário de Natividade

vereador Norival toda sexta-feira e, desde que o prefeito coloque Menino de Souza janeiro, que eu saiba não monitor no transporte de O Ferreira (PV), popular- foi feito nenhum aterro alunos”, disse Norival.

mente conhecido como Pica Pau, presidente da Câmara Municipal de Natividade da Serra disse que apresentou um requerimento na Sessão Ordinária do último dia 5 de abril, questionando a situação do aterro sanitário do município. Segundo o vereador, as águas de chuva foram represadas no lixão e, as mesmas devem ter infiltrado no solo. “Antes o ex -prefeito aterrava o lixão

no local”, disse Pica Pau. O presidente da Câmara disse também que ele e os vereadores: Eliceu, Luiz Henrique, Luizão e Célia apresentaram requerimento para que o secretário de Educação de Natividade da Serra, Décio Rezende Santos, vá à Câmara dar explicações a respeito do fechamento da Escola Municipal do bairro da Cachoeirinha. “Nós também apresentamos requerimento para

Pica Pau disse que no próximo dia 20 de abril terá início da segunda etapa da ampliação da Câmara Municipal. A reforma do Plenário já foi conclusa e agora começará só fala comprar os móveis e alguns equipamentos que serão instalados na sala lateral ao plenário. “Nesta sala os vereadores poderão atender os munícipes e também usaremos para fazer as nossas reuniões”, afirmou o presidente.

www.jornal4cidades.com.br

Presidente da Câmara Municipal de Natividade da Serra Norival Menino de Souza Ferreira “Pica-Pau”


REDENÇÃO DA SERRA

6

Nequinho está resolvendo problemas de redenção da Serra prefeito de Re- pectativa porque não está tratações sejam de pesdenção da Serra, 100% definido que as em- soas de Redenção”, disse O Benedito Manoel de Mo- presas se instalarão em Nequinho. raes (PMDB) o Nequinho, disse que negociou em 60 parcelas a divida da prefeitura com o INSS, que está na ordem de R$ 1.200.000,00. A proposta será enviada a Receita Federal ainda neste mês de abril. Além disso, Nequinho contou ao Jornal 4Cidades que estão avançando as conversas para geração de empregos em Redenção. Com a intenção de resolver um dos maiores problemas dos redencenses, Nequinho, disse que duas empresas estão interessadas em se instalar na cidade e que ambas não são poluidoras. “Eu não quero criar nenhuma ex-

Redenção, mas eu estou trabalhando para que isso ocorra e, que haja geração de empregos na cidade”, explicou Nequinho. Uma empresa que pretende se instalar em redenção é da área automobilística e a outra na área de reciclagem. “Nossa expectativa é que sejam criadas mais de 100 vagas, entre diretas e indiretas”, disse o prefeito. É importante lembrar que a geração de empregos, gera moeda circulante, melhora a qualidade de vida da população e ainda parte do imposto do ICMS retorna à cidade. “Eu estou trabalhando para que 100% das con-

Além disso, Nequinho conta que funcionários da prefeitura estão sendo capacitados para poderem fazer os convênios oferecidos pelo governo federal por meio do SICONV (Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse) por meio do sitio www.convenios.gov. br. “Nós já temos convênios em andamento nos Ministérios: Da Pesca; Desenvolvimento Agrário e Turismo”, afirmou Nequinho, lembrando que esses cadastros foram feitos no ano passado e só aguardam o chamado para assinar os convênios.

Prefeito de Redenção da Serra Nequinho

Vereador Rogério show sugere criação de Distrito Industrial vereador Rogério Daniel Leite O da Silva (PT), o Rogério Show apresentou indicações e requerimentos na última Sessão de Câmara, todas buscando o melhor a todos os moradores de Redenção da Serra. Entre elas destacamos a criação do Distrito Industrial da cidade, que tem a intenção de gerar empregos aos redencenses. Tal solicitação foi feita pela Indicação nº 107/2013, a qual sugere que o Distrito Industrial seja instalado no bairro Carapeba, que se localiza às margens da Rodovia Osvaldo Cruz. “A localização do bairro Carapeba facilitará a logística e distribuição dos produtos

Vereador Rogério “Show”

das empresas e indústrias que se instalarem no local”, comentou Show. O vereador apresentou uma indicação solicitando que Nequinho

determine ao Departamento Jurídico que elabore uma Lei que discipline regras de conduta sobre taxas municipais, referente à ocupação de

espaço de espaço público por comerciantes informais durante os eventos realizados na cidade. “No Carnaval foi uma confusão! Uma Lei impedirá que forasteiros invadam nossa cidade e vendam produtos que nossos comerciantes vendem em seus estabelecimentos”, disse o vereador. Show também apresentou uma Indicação ao Nequinho, sugerindo a realização de estudo para elaboração de um Programa Permanente de Lazer para o Município. “Na verdade na existe nenhuma ação efetiva nesta pasta e, é importante que se elabore um Programa Anual de Lazer”, salientou o vereador.

Rogério Show ainda solicitou ao prefeito Nequinho pelo documento nº 108/2013 a criação de um Parque Ecológico, na área verde da Av. 9 de Julho, tendo em vista a preservação da nascente do local e também, pela indicação nº 114/2013, solicitou que seja avaliado a possibilidade de se realizar um ‘Casamento Coletivo’ em Redenção. “Muitos casais vivem sob união conjugal sem terem oficializado suas uniões. Essa será a oportunidade oficializarem suas uniões”, disse Show, lembrando que fará uma reunião com Nequinho, para que haja definições de cada assunto.


7

SÃO LUIZ DO PARAITINGA

Alex Torres recepciona Governador do Rotary

Prefeito Alex Tor- quência foram visitar o res (PR), recep- prédio da Prefeitura, em O cionou nessa quinta-feira fase final de restauração,

Prefeito Alex Torres e comitiva do Rotary em visita à reconstrução da Basílica

o Sr. Benedicto Francisco dos Reis Neto, também conhecido como “Xico Reis”, Governador do Rotary Internacional do distrito 4600, que congrega centenas de municípios do Estado de São Paulo. Durante a visita, o Governador esteve acompanhado por sua esposa Maria Aparecida Dias Reis, Coordenadora das Casas da Amizade da Associação Senhoras de Rotariano do distrito 4600, e também por várias lideranças e rotarianos de São Luiz do Paraitinga. O Prefeito Alex recepcionou a comiitiva do Governador na Rotatória de entrada principal da cidade, acompanhou-os até seu Gabinete onde foi servido um café e na se-

que deverá ser reinaugurado ainda nesse mes de abril. Na sequencia, a comitiva, acompanhada pelo Prefeito anfitrião, dirigiu-se á Igreja Matriz (tambem em fase de restauração) para conhecerem o local e sua história de fundamental importancia para o municipio. “É muito importante a visita do governador do Rotary á nossa cidade. O Rotary é uma organização mundial, respeitadissima, com extensa folha de serviços prestados ás cidades onde os mesmos estão instalados. É comum a atuação de seus membros objetivando apoiar projetos de interesse social”. declarou o prefeito.

Vanderson quer realizar Festa de Peão de Boiadeiro em Catuçaba

O

vereador de São Luiz do Paraitinga Vanderson Virgílio Campos dos Santos (PDT) está estudando a possibilidade de realizar no próximo mês de julho, a Festa de Peão de Boiadeiro no Distrito de Catuçaba e no bairro São Sebastião. Em 2009 e 2010 Vanderson realizou com sucesso este evento e por esse motivo ele pretende reedita-lo. “Cerca de 5 mil pessoas foram conferir Festa e nossa intenção é melhorar sempre”, disse o vereador. Na primeira edição da Festa de Peão de Boiadeiro contou com prova de marcha de cavalo e burro, prova de laço, rodeio

e montaria em touro. A premiação para o campeão foi uma moto e R$ 2 mil que foi dividido entre os quatro melhores colocados. “Eu pretendo organizar esse evento juntamente com o Poder Executivo”, salientou o vereador. Vanderson irá conversar com os demais vereadores da Câmara de São Luiz e vai propor na Câmara, que a Festa de Peão de Boiadeiro seja incluída no Calendário Festivo da cidade. “Essa Festa será mais um atrativo turístico para São Luiz. É importante dizer que a maior parte do nosso município fica na Zona Rural e esse tipo de evento é de agra-

do da maioria dos luizenses”, disse o vereador. Além do evento, o vereador disse que apresentou uma Indicação para que seja instalada uma Academia ao Ar Livre no bairro São Sebastião e que as Estradas Rurais sejam arrumadas. “Quero aproveitar a oportunidade para dizer que estou muito contente que os alunos que estudam em Taubaté tenham 100 % do passe escolar. Esse é um grande benefício para o povo de São Luiz e, com certeza está colaborando para que São Luiz tenha ótimos profissionais no futuro”, frisou Vanderson. Vereador Vanderson


8 UTILIDADE PÚBLICA

A cachaça no Brasil o começo da colonização do N Brasil, a partir de 1530,

a produção açucareira apareceu como primeiro grande empreendimento de exploração. Afinal, os portugueses já dominavam o processo de plantio e processamento da cana – já realizado nas ilhas atlânticas – e ainda contavam com as condições climáticas que favoreciam a instalação de grandes unidades produtoras pelas regiões litorâneas no território. Para que todo esse trabalho fosse realizado, os portugueses acabaram optando pelo uso da mão de obra escrava dos africanos. Entre outras razões, os colonizadores notavam que os escravos africanos eram adaptados ao trabalho compulsório, apresentavam maiores dificuldades para empreender fugas e geravam lucro à Coroa

torresmo é uma preparação culiO nária feita de pele de

porco com gordura (ou mesmo toucinho e até banha) cortada em pequenos pedaços e frita até ficar crocante. É apreciado em diversas regiões do mundo. Os gribenes são iguarias semelhantes, da culinária kosher, mas feitas de pele de frango. No Brasil, é uma contribuição da culinária de Portugal, com alguns retoques dos temperos trazidos pelos escravos da África. Antigamente, era só uma maneira de se obter a banha de por-

por conta dos impostos cobrados sobre o tráfico negreiro. No processo de fabricação do açúcar, os escravos realizavam a colheita da cana e, após ser feito o esmagamento dos caules, cozinhavam o caldo em enormes tachos até se transformarem em melado. Nesse processo de cozimento, era fabricado um caldo mais grosso, chamado de cagaça, que

era comumente servido junto com as sobras da cana para os animais. Tal hábito fazia com que a cagaça fermentasse com a ação do tempo e do clima, produzindo um liquido fermentado de alto teor alcoólico. Desse modo, podemos muito bem acreditar que foram os animais de carga e pasto a experimentarem primeiro da nossa cachaça. Certo dia, mui-

to provavelmente, um escravo fez a descoberta experimentando daquele líquido que se acumulava no coxo dos animais. Outra hipótese conta que, certa vez, os escravos misturaram um melaço velho e fermentado com um melaço fabricado no dia seguinte. Nessa mistura, acabaram fazendo com que o álcool presente no melaço velho evaporasse e formasse gotículas no teto do engenho. Na medida em que o liquido pingava em suas cabeças e iam até a direção da boca, os escravos experimentavam a bebida que teria o nome de “pinga”. Nessa mesma situação, a cachaça que pingava do teto atingia em cheio os ferimentos que os escravos tinham nas costas, por conta das punições físicas que sofriam. O ardor causado pelo contato dos feri-

O Torresmo

co (gordura utilizada na culinária), mas na Bahia colonial, os escravos passaram a consumi-lo diretamente. O torresmo passou a ser utilizado em larga escala como um delicioso petisco associado à comida mineira, sendo apreciado acompanhado de um aperitivo - aguardente - e utilizado também na feijoada e no feijão tropeiro. Pode acompanhar também qualquer bebida, sendo comum seu uso como tira-gosto, e igualmente comum seu consumo com cerveja.

mentos com a cachaça teria dado o nome de “aguardente” para esse mesmo derivado da cana de açúcar. Essa seria a explicação para o descobrimento dessa bebida tipicamente brasileira. Inicialmente, a pinga aparecia descrita em alguns relatos do século XVI como uma espécie de “vinho de cana” somente consumida pelos escravos e nativos. Entretanto, na medida em que a popularização da bebida se dava, os colonizadores começaram a substituir as caras bebidas importadas da Europa pelo consumo da popular e acessível cachaça. Atualmente, essa bebida destilada é exportada para vários lugares do mundo. Por Rainer Sousa Mestre em História Equipe Brasil Escola

14ª Edição Jornal 4 Cidades  

14ª Edição Jornal 4 Cidades

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you