Page 1

Lagoinha

Natividade da Serra

Redenção da Serra

Ano I - D.C.M - Nº 3 - 19 de Janeiro de 2013

São Luiz do Paraitinga

www.jornal4cidades.com.br

Ex-prefeito deixa dívida de mais de 3 milhões de reais

P

“A divida é alta mas o prefeito vai conseguir resolver esse grave problema”

refeito de Natividade da Serra Benedito Carlos de Campos Silva (PSDB), o Dito Carlos, recebeu o relatório com o valor da dívida deixada pela administração anterior. O valor exato é R$ 3.248.275,36 e deste total Dito Carlos já pagou R$ 285.868,04, restando ainda R$ 2.962.407,32 a serem pagos pelo

prefeito. O prefeito Dito Carlos ainda terá de enfrentar outros problemas em sua administração pública, entre eles criar uma nova frota para a área da Saúde, uma vez que a existente está sucateada e fazer a reestruturação de cargos. Devido aos problemas financeiros o prefeito de Natividade da Serra não poderá dar o atendimento necessário às Estradas

e tão logo essa questão seja equacionada o trabalho iniciará. Segundo o secretário do prefeito Evail Algusto dos Santos, não houve transição de governo e o relatório mostra o total da divida herdada por Dito Carlos. “A divida é alta mas o prefeito vai conseguir resolver esse grave problema”, disse o secretário. Pág. 5

Alex Torres recebe Tenente-Coronel da Polícia Militar

Lagoinha está na Santa Paz

Z

é Galvão, explica que as águas da chuva que caíram na semana passada, não deixaram nenhuma pessoa ilhada ou desabrigada em Lagoinha. Pág. 5

Nequinho quer instalar CONSEG

O

prefeito de São Luiz do Paraitinga recebeu a Tenente-Coronel da Polícia Militar Eliane Nikoluk esteve no último dia 16. A Tenente-Coronel foi desejar sucesso ao prefeito e saber do plane-

jamento de segurança para o Carnaval deste ano em São Luiz, para poder enviar mais policiais à cidade. “Nós não temos uma estimativa do número de homens que virão fazer a segurança em São Luiz do

Paraitinga, mas creio que deva ser em torno de uns 150 policiais”, disse Eliane Nikoluk, lembrando que esse ano o carnaval de São Luiz será mais concorrido que em anos anteriores. Pág. 7

N

equinho conversou com TenenteCoronel da Polícia Militar Eliane Nikoluk a respeito da retomada do CONSEG em Redenção da Serra. Pág. 6


Página 2

eDItorIAl

eDItorIAl turismo e ecologia

Trem-bala, o projeto do século

O

Por Oswaldo Ramos Junior

caminho que os quatro prefeitos dos municípios: Lagoinha, Natividade da Serra, Redenção da Serra e São Luiz do Paraitinga deverão seguir, outros prefeitos da Região Metropolitana do Vale do Paraíba já estão trilhando a alguns anos, que é a exploração turísticas de suas cidades. As quatro cidades em questão têm grande potencial ecológico e rural. Trilhas, caminhadas, esportes aquáticos, ciclísticos atraem muitas pessoas, tanto para a prática como para assistir. As cidades precisam se estruturar, oferecer condições para que os turistas visitem-nas, voltem em outras oportunidades e indique a outras várias pessoas. Devido ao esgotamento e comprometimento dos recursos naturais, as causas ambientais ganharam força e, a maioria das indústrias está se adequando para produzir menos poluição. Há alguns anos eu fui ao Rio de Janeiro conhecer a Usinaverde, que é pioneira no Brasil na transformação de resíduos sólidos em energia elétrica. A partir de 150 toneladas de lixo por dia, a Usinaverde produz 3,4 Megawatts de energia, o que é suficiente para atender cerca de 13 mil residências. Além de produzir energia elétrica, a Usinaverde colabora na despoluição do meio ambiente. Boa arte do lixo que era depositado em lixões, levando anos para decompor e contaminando o solo e produzindo mal cheiro, passaram a ter uma destinação correta, sendo um aliado à prefeitura do Rio de Janeiro. Eu creio que por meio do Turismo e medidas Ecológicas, os quatro prefeitos conseguirão trazer desenvolvimentos às suas cidades. Ainda que essas medidas sejam um grande desafio, elas trarão benefícios infinitos às populações.

expediente

Jornal 4Cidades – Parceria entre o Jornal Diário de taubaté e Grupo de Administração e Marketing do Vale do Paraíba. Distribuição: Lagoinha – Natividade da Serra – Redenção da Serra – São Luiz do Paraitinga Jornalista Responsável - Oswaldo Ramos Junior- MTB nº 34088 Diagramação - Diego Anastácio Colunista: Paulo Pereira

jornal4cidades@hotmail.com www.jornal4cidades.com.br contato Publicitário: (12) 9133.9447 / (12) 8118.5011 Endereço da Sede: Rua Marquês do Herval, 246, Centro, Taubaté- SP. Contato: (12) 3621-4679, (12) 9133-9447

U

m assunto que tem me deixado bastante pensativo e acredito que outras pessoas das cidades do Vale e Região, é o funcionamento do Trem-bala, que ligará São Paulo ao Rio de Janeiro em uma viagem de uma hora e 25 minutos. Vocês já imaginaram acordar cedo, pegar o primeiro Trem-bala e, em cerca de 40 minutos ou menos desembarcar no Rio de Janeiro e optar por uma das belas praias cariocas? Ou então pegar o Trem-bala e ir rapidinho assistir um show em São Paulo! Até parece um sonho, pois hoje se você for para do Rio de avião, você tem de ir ao aeroporto em São Paulo e depois de duas horas chegar ao Rio. Se você for de carro a mesma viagem demora

cerca de 3 horas, de ônibus cerca de 4 horas e Trem-bala 40 minutos! A única desvantagem da viagem SP/Rio pelo Trem-bala é que o valor do bilhete deverá ser dolarizado, mas isso creio que o governo brasileiro irá rever. A possibilidade de viajar seguramente a cerca de 360 km/h para curtir Copacabana ou desfrutar da modernidade paulistana, vai ser uma coisa mais que normal pro khayky Ramos, Pedro Pistilli, Maria Eugenia Almeida, Marina Madia, que hoje estão com idade média entre 8 e 10 anos. As crianças de hoje já começam com vantagens futuristas, mas nós adultos também faremos as nossas viagens no Trem-bala que já é sucesso em Taiwan e Frankfurt.

coDIVAP

O CODIVAP (Consórcio de Desenvolvimento Integrado do Vale do Paraíba) fundado em 10 de outubro de1970, realizará sua primeira reunião no próximo dia 25 de janeiro, a partir das 10h no município de Cruzeiro. Estamos abrindo espaço a todos que quiserem publicar seus artigos, contos, histórias e curiosidades das suas cidades. Os interessados podem enviar os textos para o endereço eletrônico jornal4cidade@hotmail.com. Estamos criando meios para que as pessoas também possam entregar seus textos escritos. O Jornal pretende abrir escritórios nas quatro cidades para melhor atender a municipalidade e a população de Lagoinha, Natividade da Serra, Redenção da Serra e São Luiz do Paraitinga.

jornal4cidades@hotmail.com www.jornal4cidades.com.br


Página 3

Acontece

E

scritório Regional realiza atividades na próxima semana nas áreas de gestão de pessoas, marketing, legislação e planejamento. O Sebrae promove na próxima semana uma série de palestras gratuitas voltadas a empresários e candidatos a empreendedores no Escritório Regional de São José dos Campos.As duas primeiras atividades serão no dia 21, com os temas “Licitação e as

MPEs” e “Como Analisar e Pesquisar o Mercado”, ambas às 18h e voltados às micro empresas. No dia seguinte, serão promovidas as palestras “Qualidade e Produtividade Conceitos que Mudam um Negócio” (10h) e “Planejando a Abertura de sua Empresa” (15h). Na quarta (23), o público vai acompanhar a palestra “Plano de Marketing”, às 10h. A programação da semana termina na quinta, com duas palestras: “Autônomo e Contrato de Prestação de Serviços” e “Empreendedor Individual”, às 10h e 18, respectivamente, além da oficina “Invista no Planejamento”, das 18h às 21h.

Agenda do Sebrae-SP em São José dos Campos Palestras Dia 21/1 (segunda) – das 18h às 20h. Tema: Licitação e as MPEs Dia 21/1 (segunda) – das 18h às 20h. Tema: Como Analisar e Pesquisar o Mercado Dia 22/1 (terça) – das 10h às 12h. Tema: Qualidade e Produtividade – Conceitos que Mudam um Negócio Dia 22/1 (terça) – das 15h às 17h. Tema: Planejando a Abertura de sua Empresa Dia 23/1 (quarta) – das 10h às 12h. Tema: Plano de Marketing – Uma Ferramenta Estratégica Dia 24/1 (quinta) – das 10h às 12h. Tema: Autônomo e Contrato de Prestação de Serviços Dia 24/1 (quinta) – das 18h às 20h. Tema: Empreendedor Individual Oficina Dia 24/1 (quinta) – das 18h às 21h. Tema: Invista no Planejamento Local: Escritório Regional do Sebrae-SP em São José dos Campos (Rua Humaitá, 227, centro). Informações e inscrições pelos telefones 3922-2977 e 0800 570 0800


Página 4

LAGOINHA

Zé Galvão continuará apoiando os festejos de Lagoinha

O

prefeito de Lagoinha José Galvão da Rocha (PSDB), popularmente conhecido como Zé Galvão, disse que as águas da chuva que caíram na semana passada, não deixou nenhuma pessoa ilhada nem desabrigada em Lagoinha. O único problema ocorrido foi em um trecho da SP 153, estrada que liga São Luiz do Paraitinga a Lagoinha. “A água não prejudicou nenhum morador, pois temos outros acessos para chegar a Guaratinguetá, Pindamonhangaba e São Luiz do Paraitinga”, disse Zé Galvão, afirmando que La-

goinha está na santa paz. Zé Galvão conta que está revendo a área financeira do Executivo, para adequa-la a Lei de Responsabilidade Fiscal. Segundo o prefeito, a administração anterior deixou o setor financeiro da prefeitura comprometido, devido aos gastos com a folha de pagamento. “Eu já estou tomando providencias para resolver os problemas financeiros da prefeitura”, adiantou o prefeito. O prefeito conta que falta entre cinco ou seis ruas para serem pavimentadas e fazer a reforma de algumas calçadas. “Nós temos o

ligiosa, mas as mais importantes são: A Festa do Divino no mês julho, a ExpoLag em agosto e o Carnaval que neste ano será em fevereiro”, disse o prefeito. De acordo com o Senso, Lagoinha é a cidade mais católica do Brasil. Dos 4.841 lagoinhenses, 4.523 são católicos e por esse motivo, boa parte das Festas são religiosas. “Além das Festas Religiosas, nós também continuaremos apoiVice-prefeito Zé Rato, Zé Galvão e Geraldo Alkimin ando os Festivais de Música Sertaneja e os deprojeto de recuperação da prefeito. Avenida Maria do Apesar do problema mais estilos de músicas”, Carmo Gouvêa Rocha, financeiro, Zé Galvão concluiu Zé Galvão. mas pra essa obra te- garantiu que dará toremos de fazer convênio tal apoio as tradicionais com o governo do Esta- Festas de Lagoinha. “São do de São Paulo”, disse o 14 Festas, a maioria é re-

Vereador Gelão reafirma compromisso com a população de Lagoinha

O vereador Rogelio Augusto de Campos

Vereador Gelão

(PSDB), popularmente conhecido como Gelão, vice-presidente da Câmara Municipal, reafirma o compromisso com a população de Lagoinha e, se compromete a se dedicar cada vez mais em busca de benefícios para a cidade, seja na área da Educação, Saúde, Esporte, Cultura, Lazer e nas demais áreas. Contando sempre com parceria do prefeito Zé Galvão (PSDB), Gelão é um vereador muito empenhado em seu trabalho, sempre buscando parcerias com vereadores

de municípios vizinhos, prefeitos, deputados Estaduais e até mesmo com o Governo do Estado, obtendo um grande sucesso em sua carreira política. “Ainda tenho muito que aprender, agradeço a oportunidade da população que vem confiando no meu trabalho, depositando seu voto de confiança, agradeço a todos que me apoiaram e aqueles que torceram para que eu fosse reeleito e, espero retribuir cada uma dessas pessoas com muito honestidade e transparência, trazendo muitos benefícios a nossa população”, explicou o vereador.

Trecho da SP 153 atingido pela enchente

A foto acima mostra o trecho da Rodovia SP 153 em São Luiz do Paraitinga, no bairro dos Caetanos. Esse foi o único transtorno causado pela chuva da semana passada, a qual não desabrigou nem prejudicou os moradores de Lagoinha.


Página 5

NATIVIDADE DA SERRA

Relatório aponta que dívida deixada para Dito Carlos é de mais de 3 milhões C

omo publicamos na edição anterior do Jornal 4Cidades, essa semana o prefeito de Natividade da Serra Benedito Carlos de Campos Silva (PSDB), conhecido como Dito Carlos, recebeu o relatório detalhado da dívida deixada pela administração anterior. A dívida herdada é de R$ 3.248.275,36 e deste total o prefeito Dito Carlos já pagou R$ 285.868,04, restando ainda R$ 2.962.407,32 a serem pagos pelo prefeito. Os servidores públicos da Prefeitura Municipal não haviam recebido o pagamento referente

Prefeito Dito Carlos

Vereador Nil diz que frota municipal está sucateada

O

vereador Dervanil Menecucci (PSDB), popularmente conhecido como Nil, disse ao Jornal 4Cidades, que fará uma Indicação ao prefeito Dito Carlos (PSDB) solicitando a realização de melhorias nas áreas de Saúde e Esporte e também que seja realizada obras de manutenção nas Estradas. Segundo Nil, a prefeitura precisa fazer a aquisição de materiais esportivos, reformar os campos de futebol e quadras municipais, assim como também precisa instalar uma academia ao livre em Natividade

Vereador Nil

da Serra. O vereador conta que com essas aquisições serão criados novos campeonatos esportivos e até será criado uma equipe de atletismo. “Eu

entendo que devido as dificuldades financeiras, a prefeitura não poderá atender nossas solicitações num primeiro momento”, comentou o vereador. Nil conta que a prefeitura está com a frota sucateada. “A prefeitura não tem carro, caminhão nem máquina”, frisou oi vereador, lembrando que de imediato a prefeitura de natividade da Serra terá de fazer economia. “Vamos ter de ‘fechar a torneira’ para equilibrar o setor financeiro da prefeitura”, concluiu o vereador Nil.

ao mês de dezembro e, segundo o secretário do prefeito, Evail Augusto dos Santos, quarta-feira passada Dito Carlos liquidou a dívida que a prefeitura tinha com os servidores. De acordo com o relatório, o INSS do 13º salário no valor de R$ 123.000,00, com vencimento no dia 20/12/2012, não foi pago no prazo, no ano passado, porém entre os dias 20 a 31 de dezembro de 2012 foram realizados pagamentos no valor total de R$ 422.286,93, para alguns fornecedores, sem qualquer critério, valor este suficiente para se re-

alizar o pagamento dos servidores no mês de dezembro. Os fornecedores que não ainda receberam, serão chamados um a um para tratar do assunto junto ao chefe do Executivo. Uma das prioridades de Dito Carlos é equilibrar as finanças da prefeitura, para que ele possa fazer os devidos investimentos em Natividade da Serra. “Nós vamos buscar parcerias com o governo Estadual e Federal, mas temos de estar com as contas em dia, para celebrarmos os convênios”, disse o prefeito.


Página 6

rEDENÇÃO DA sERRA

Nequinho recebe visita da comandante do 5º BPMI

Tenente-Coronel da Polícia Militar Eliane Nikoluk vista prefeito Nequinho.

A

mo dia 10 em Redenção Tenente-Coronel da Serra para conversar da Polícia Militar Eliane com o prefeito Nequinho Nikoluk esteve no últi- (PMDB) e o subtenente

Foto: Lucas Nogueira

da Polícia Militar José Oswaldo Alves, sobre os seguintes assuntos: segurança pública, convênios

Daniel quer canoagem devolta à Redenção

Governador Alkimin e vereador Daniel

V

isando a expansão nas áreas de: Esporte, Saúde, Cultura, Turismo e Lazer, o vereador Daniel Aparecido Pereira (PSDB) fará um trabalho em parceria com o prefeito Nequinho (PMDB). A intenção do vereador é desenvolver esporte aquático de canoagem em Redenção, numa

parceria entre a Prefeitura e o Projeto do governo do Estado chamado Navega São Paulo. “Esse projeto já foi realizado em Redenção nos anos de 2006, 2007 e 2008 e agora espero que o prefeito o retome”, disse o vereador. Segundo Daniel Pereira em 1992 foi realizado uma etapa do

Campeonato Brasileiro de Canoagem em Redenção da Serra. “Na verdade eu quero realizar um trabalho que deixe uma marca forte, do tipo que sempre que se falar em canoagem, se lembrarão de Redenção da Serra”, disse Daniel Pereira, lembrando que fará uma indicação ao chefe do Executivo para que haja a retomada do Projeto Navega São Paulo. Daniel Pereira explicou que o esporte aquático de canoagem reúne Esporte, Saúde, Turismo e Lazer. “Vou fazer uma Indicação ao prefeito, solicitando a retomada do esporte canoagem em Redenção e, também vou fiscalizar os seus trabalhos”, disse o vereador.

de trânsito, regulamentação de bares e restaurantes. Segundo o prefeito a retomada do CONSEG (Coordenadoria Estadual dos Conselhos Comunitários de Segurança) também foi tratada. “O CONSEG é importante porque o grupo, analisa, planeja e acompanha a solução dos problemas referentes a segurança, aproximando população da polícia”, disse. Nequinho salientou que é muito importante essa aproximação da polícia com a população redencense, pois segurança e confiança devem caminhar juntas.

O prefeito de Redenção da Serra também informa que a Casa de Agricultura de Redenção da Serra em parceria com o SENAR, abriu inscrições para um Curso de Culinária sobre o processamento artesanal do milho verde. Serão mais de 15 receitas para os inscritos, todas elas visando o valor comercial. As inscrições já podem ser realizadas na sede da Casa de Agricultura, ao lado da Prefeitura Municipal, sendo necessário apresentar RG e CPF para realização da matrícula. Os dias do curso serão nos próximos dias 1 e 2 de fevereiro, das 8h às 17h.

A antiga Redenção da Serra

Foto: www.redencaodaserrasp.com

A

antiga Redenção tinha um dia-a-dia pacato, sendo sustentada por uma economia baseada na agropecuária, cuja produção não só abastecia a população, como ainda tinha uma sobra normalmente comercializada para outros municípios principalmente Taubaté. Aos poucos o comercio foi se fortalecendo, com a instalação de armazéns, lojas de tecidos, botequins e o mercado municipal, que além de servir para o abastecimento da popu-

lação urbana, era um dos principais pontos de encontro da população. O médico José Paulo Pereira, em suas memórias publicadas no livro Redenção da Serra, assim descreve o mercado: “era um lugar cheio de calor humano, tinha som próprio, tinha cheiro. Era alegre e rico. Sem contar os pães-deló, já famosos”. O mercado, segundo ele, “tinha verduras, legumes, rapaduras, carnes, fubás, arinha de milho, tudo da própria terra, trazida pelos produtores”.


Página 7

sÃO lUIZ DO PARAITINGA

Alex está em tratativa para agilizar desassoreamentos do Rio Paraitinga

P

reocupado com a cidade e sua população, o prefeito de São Luiz do Paraitinga Alex Torres (PR) informa, que desde a semana passada, quando a água do Rio Paraitinga começou a subir, a prefeitura colocou toda estrutura municipal para trabalhar e já está em tratativa com o Governo do Estado de São Paulo para que a 2ª etapa do desassoreamento do Rio Paraitinga e Ribeirão do Chapéu seja iniciada. Coordenador Regional da Defesa Civil Rinaldo Monteiro e Alex Torres O prefeito conta que o Executivo está preparado nicipal está monitoran- do Chapéu desde o início para atender a população do diariamente o Rio das chuvas na semana e que Defesa Civil Mu- Paraitinga e o Ribeirão passada. “O nosso chefe

da Defesa Civil José Carlos Rodrigues cadastrou todos os moradores próximo ao Rio Paraitinga e, também todos os comerciantes da região central. Essas pessoas deixaram um número de celular e conforme a necessidade ele vai avisando as pessoas por meio de mensagem ou mesmo ligando às famílias”, disse Alex. Na semana passada o coordenador Regional da Defesa Civil, comandante Rinaldo de Araújo Monteiro esteve com o prefeito de São Luiz, se colocando a disposição para qualquer eventualidade.

Segundo o prefeito, a água do Rio Paraitinga já está voltando a seu volume normal, mas mesmo assim o monitoramento continuará e, a estrutura para atender a população continuará pronta a atendê-las. “Nós estamos trabalhando desde o primeiro dia. Minha avaliação desses 18 primeiros dias de administra pública é muito positiva. Encontrei funcionários comprometidos com seus trabalhos e a tendência é que nossa administração frente à Prefeitura Municipal atenda as expectativas de toda população”, frisou o prefeito.

harmonia com o prefeito Alex Torres e juntos buscarmos recursos Federais para a Saúde”, disse a vereadora, frisando que fará um trabalho político junto aos deputados petistas, visando que os recursos financeiros cheguem a São Luiz. Com relação à Educação, Edilene Alves disse, que essa área precisa de mais atenção com relação à remuneração e valorização dos profissionais. “Vou fazer um requerimento solicitando ao prefeito que de andamento ao Plano de Carreira dos servidores municipais”,

disse. Edilene Alves disse que os professores da rede municipal de ensino estão pedindo afastamento, devido à baixa remuneração. “Os professores estão indo dar aulas em outras cidades. A boa remuneração é um estímulo a qualquer trabalhador” explica a vereadora, salientando que conversará com o prefeito a respeito da verba do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB).

Vereadora Edilene solicitará andamento no Plano de Carreira dos servidores O

Vereadora Edilene fala sobre Educação de São Luiz

cupando pela segunda vez o mandato de vereadora de São Luiz do Paraitinga, a professora Edilene Alves Pereira de Oliveira (PT) contou ao Jornal 4Cidades que não tem uma prioridade específica enquanto legisladora, mas vê uma maior carência nas áreas da Saúde e da Educação Municipal. A vereadora disse, que fará um requerimento ao prefeito Alex Torres (PR), propondo a realização de um mutirão da saúde no município. “Eu espero trabalhar em


Página 8

UTILIDADE PÚBLICA

História do queijo

N

o berço da civilização antiga (6000 – 7000 a.C.), na região entre os rios Tigres e Eufrates,

onde havia realização de muitas culturas pode Ter sido a região de origem dos queijos. Estudos arqueológicos revelaram desenhos de cabras sendo conduzidas ao pasto com alguns sacos de pele pendurados em tumbas nos anos de 100 a.C.. Por serem um meio adequado para armazenamento de líquidos, acreditava-se que estes sacos poderiam ser usados para guardar e transportar leite. Por causa do intenso calor da região os açúcares do leite eram fermenta-

Produção agropecuária

A

arroba de boi continua sustentada pela oferta relativamente baixa de animais prontos para abate, segundo pesquisadores do Cepea. Os lotes de animais engordados a pasto vão ficando prontos aos poucos; no entanto, o volume ainda é baixo, o que dificulta aquisições de frigoríficos a valores menores. De modo geral, pecuaristas estão retraídos, à espera de reajustes nos preços. Representantes de frigoríficos, por sua vez, mostram-se atentos ao comportamento das

vendas da carne. Entre 9 e 16 de janeiro deste ano, o Indicador do boi gordo ESALQ/BM&FBovespa subiu apenas 0,03%, fechando a R$ 97,61 no dia 16. Na parcial de janeiro, a elevação é de 0,9%. Os negócios no mercado pecuário estavam lentos, no final do ano passado, segundo informações do Cepea. Entre 12 e 19 de dezembro de 2012, o Indicador do boi gordo ESALQ/BM&FBovespa (Estado de São Paulo) registrou elevação de 0,57%, fechando a R$ 96,51 no dia 19/12/2012.

dos resultando em uma coalhada que por causa da agitação resultante do transporte se romperia separando então o soro. O soro era usado como bebida refrescante durante a viagem e a coalhada com a adição de sal serviria como alimento protéico já que a carne um alimento escasso. Também existem referências ao queijo nos tempos bíblicos, Homero (1184 a.C.) faz referência a queijos elaborados em cavernas a partir do leite de cabras e ovelhas.

Mais tarde, Herodoto (484 – 408 a.C.) se refere a queijos elaborados com leite de égua e Aristóteles (384 – 322 a.C.) menciona o queijo elaborado com leite de égua e burra. Os primeiros coagulantes do leite foram os coalhos de lebre e cabrito, mas também se utilizava o leite de égua e vinagre. Naquela época a coagulação era realizada de diversas maneiras, há também relatos de aplicação de defumação em queijos utilizando lenhas.

O mercado da apicultura no Brasil

A

biodiversidade e a riqueza natural do Brasil está refletida na apicultura nacional, traduzindo-se em produtos únicos e diferenciados. Nossa variedade de flora e clima expressa-se de forma inconfudível em um mel rico em cores, aromas e sabores, que surpreende a todos que o experimentam. Seis grandes biomas definem toda a fonte desta riqueza: Amazônia,

Caatinga, Pantanal, Pampa Gaúcho, Mata Atlântica e Cerrado. Cada um representa um ecossitema distinto, que nos permite produzir nos 365 dias do ano. Graças às abelhas africanizadas, que são altamente resistentes a doenças, somos ainda os únicos a produzir mel sem o uso de medicamentos. Estes são apenas alguns dos motivos que explicam porque a apicultura brasileira está ganhando o

Produtor inova no cultivo de hortifruti

C

ansado de lutar contra a broca pequena do tomate, praga capaz de dizimar até 50% da produção no período do inverno, o produtor Euclides Ferreira do Vale resolveu inovar no plantio do tomate. A técnica está sendo experimentada há dois anos no Sítio Timbaúba, a 7km de Guaraciaba do Norte, na Serra da Ibiapaba, por meio do “sistema telado”, uma alternativa que assegurou aumento na produção e reduziu, em cerca de 80%, o uso de defensivos agrícolas. O artifício aplicado é relativamente simples: imita um viveiro, feito de telas de nylon erguido sobre a plantação, sustentado por estacas de sabiá, caibros, ripas e cabos de aço. mundo e sendo reconhecida como uma fonte legítima de saúde e alimentos de qualidade. A produção apícola nacional triplicou nos últimos anos e hoje, com 40.000 tonelas anuais, o Brasil é o 11º produtor no ranking mundial. A cadeia produtiva envolve mais de 350 mil apicultores, além de gerar 450 mil ocupações no campo e 16 mil empregos diretos no setor industrial.


Edição 3 Jornal 4 cidades  

Edição 3 Jornal 4 cidades

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you