Issuu on Google+

CULTURA

Filme capixaba contemplado pelo Funcultura será lançado no circuito comercial | CADERNO D

DIÁRIO DO ESPÍRITO SANTO

Estreia semana que vem no DIÁRIO ES a colunista Social Donattela Coser

VITÓRIA/ES | Domingo a sábado, 28 de abril a 4 de maio de 2013 | Número 08 | Ano 01

Porto em Presidente Kennedy vai empregar 80% de mão de obra local para construção e operação da unidade José Maria Novaes, diretor do empreendimento, ressalta necessidade imediata de capacitação dos trabalhadores DIVULGAÇÃO

Desenvolvimento, investimentos e geração de emprego e renda. Tudo isso é o sonho de consumo de qualquer cidade e estado brasileiro. Entretanto, foi Presidente Kennedy, no litoral Sul capixaba, a escolhida para sediar o Porto Central. O município terá o maior porto de importação, exportação e cabotagem do Brasil. Toda a grandiosidade do empreendimento, que teve o protocolo de intenções assinado na gestão de Reginaldo Quinta, no entanto, requer mão de obra qualificada. Seja para a construção, seja para a operação do Porto Central. Por isso, o diretor-presidente do empreendimento, José Maria Novaes, em entrevista exclusiva ao DIÁRIO DO ES, afirmou que capacitar os trabalhadores é uma preocupação do Grupo. PÁGINA 03

Município terá o maior porto de importação, exportação e cabotagem do Brasil, em uma área de 20 milhões de metros quadrados, ao custo parcial de R$1,5 bilhão

POLÍTICA

DIVULGAÇÃO

Prefeita de PK afirma que porto representa "um novo tempo" para a história do município

Governo do Espírito Santo prevê para 2015 o fim de obra da rodovia LesteOeste

PÁGINA 03 VITÓRIA

Quiosques da Praia de Camburi têm que ser entregues neste ano

TRÂNSITO

Quando foi anunciada, em 2007, a rodovia foi orçada em R$70 milhões. Hoje, o valor já passou para R$ 180 milhões

As obras da Rodovia LesteOeste, que ligará os municípios de Cariacica e Vila Velha, na Grande Vitória, devem ser totalmente concluídas até 2015, segundo o secretário estadual de Transportes, Fábio Damasceno. A obra foi dividida em etapas, mas a primeira, que correspondia a um trecho de 2,7 quilômetros, levou três anos para ficar pronta. PÁGINA 02

PÁGINA 06 DIVULGAÇÃO

ESPORTE

EDUCAÇÃO

Espírito Santo lança projetos para reduzir analfabetismo e reforçar o Enem PÁGINA 05 VILA VELHA

Homens roubam moto e são presos após perseguição policial no Espírito Santo PÁGINA 07

Oscar Ruiz sente saudades do apito: 'Sempre à noite eu me lembro dos jogos' Terminou o Curso Futuro 3, destinado à instrutores técnicos e instrutores de preparação física de arbitragem, que aconteceu em Vitória, no Espírito Santo, desde o dia 17. Estiveram presentes em solo capixaba vários ex-árbitros e assistentes, como o o colombiano Óscar Julián Ruiz Acosta ou simplesmente Oscar Ruiz, velho conhecido dos torcedores brasileiros, pois foi o 'homem do apito' em quatro finais da Taça Libertadores da América e participou das últimas três Copas do Mundo. PÁGINA 08

Oscar Ruiz agora é instrutor de arbitragem, mas diz que se lembra dos jogos e às vezes pensa em voltar a campo


02 DIÁRIO DO ESPIRITO SANTO

DOMINGO A SÁBADO, 28 DE ABRIL A 4 DE MAIO DE 2013

OBRAS

GERAL

Na segunda-feira (22), saiu a licitação da quinta etapa, para o viaduto do Rio Marinho.

FOTOS: NESTOR MÜLLER

Rodovia começa próximo ao Terminal de Campo Grande, em Cariacica, e termina na Rodovia Darly Santos, em Vila Velha. Obra, orçada inicialmente em R$70 milhões, vai ter custo final de R$ 180 milhões

Governo do Espírito Santo prevê para 2015 o fim de obra da rodovia Leste-Oeste Saiu a licitação da quinta etapa da obra. Primeira parte levou três anos para ficar pronta As obras da Rodovia Leste-Oeste, que ligará os municípios de Cariacica e Vila Velha, na Grande Vitória, devem ser totalmente concluídas até 2015, segundo o secretário estadual de Transportes, Fábio Damasceno. A obra foi dividida em etapas, mas a primeira, que correspondia a um trecho de 2,7 quilômetros, levou três anos para ficar pronta. Isso equivale a menos de um quilômetro construído por ano. O secretário afirma que vários problemas contribuíram para o atraso, como as desapropriações, mas que os próximos trechos serão concluídos mais rapidamente. A rodovia começa próximo ao Terminal de Campo Grande, em Cariacica, e termina na Rodovia Darly Santos, em Vila Velha. Quando foi anunciada, em 2007, a rodovia foi orçada em R$70 milhões. Hoje, segundo o secretário, o valor passou para R$ 180 milhões. "A primeira obra não previa a construção das pontes. De R$ 70 milhões, custou R$ 100 milhões. E agora temos mais R$ 80 milhões para os viadutos que precisam ser feitos. É a junção, temos um rio, uma adutora da Cesan que não pode ser removida, por ser a prin-

cipal adutora alimentadora de água bruta de Cariacica e Vila Velha. Essa adutora sempre existiu, mas inicialmente íamos fazer um envelopamento, uma proteção dela e passar a rodovia. Mas descobrimos um problema de solo mole e, por segurança, tomamos a decisão de passar por cima dela e fazer um viaduto", explica Damasceno. Na segunda-feira (22), saiu a licitação da quinta etapa, para o viaduto do Rio Marinho, um projeto que foi alterado em função de um projeto maior de urbanização previsto para a região, segundo o secretário. "Precisamos alargar um pouco essa ponte em função dessa grande obra metropolitana", diz. A demora na conclusão dos trechos anteriores, segundo Damasceno, se deu pela complexidade nas desapropriações e por imprevistos técnicos. "Não tem como estimar a questão da desapropriação. Depende das pessoas aceitarem ou não a proposta. Se tiver uma aceitação grande na região, as obras transcorrem rapidamente. Se não, temos um problema, como no caso dos trechos 1 e 2. No trecho 2, temos cerca de 300 desapropriações, cerca de 180 delas já estão

Obra foi dividida em etapas e somente a primeira levou três anos para ficar pronta, o que equivale a menos de um quilômetro construído por ano

com contratos assinados, mas 30 estão na Justiça, o que para a obra. O juiz determina que a obra tem que parar e nós nao podemos invadir um terreno. Em torno de 100 estão em avali-

ação e negociação com os proprietários", conta. Outro problema foi com o solo. "Quando removemos o solo para fazer a pavimentação da rodovia, uma torre cedeu e tombou,

por influência do solo mole. Precisou de contenções e mais sobrecarga. O tempo que estava previsto para que o solo atingisse o nível de compactação, exigiu muito mais. Isso não

tem como ser previsto antes", afirma o secretário. Fábio Damasceno garante, entretanto, que nos próximos 24 meses a obra da Rodovia Leste-Oeste estará totalmente concluída.

TRÂNSITO

Prefeitura de Vila Velha realiza ação de conscientização para motoboys SECOM

Luiz Filipe Noé A Prefeitura de Vila Velha realizou na tarde desta quarta-feira (24) uma ação de conscientização a respeito da nova regulamentação de trânsito para motoboys e motofrentistas. A ação conjunta com o Detran ocorreu no bairro da Glória, e a equipe de trânsito da PMVV percorreu os comércios que fazem uso destes serviços. Durante a visita, comer-

ciantes e funcionários receberam orientações a respeito das normas de segurança, manutenção de veículos e sobre a nova legislação de trânsito que regulamenta o trabalho dos motoboys e motofrentistas. Desde o dia 02 de fevereiro de 2013 estão em vigor as regras do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) que determinam um curso especializado obrigatório, destinado a profissionais que exerçam

atividade remunerada de entrega de mercadorias e transporte de passageiros. O curso obrigatório será exigido a partir de setembro, conforme a instrução de serviço nº 02/2013 do Detran/ES. Proximamente, a ação irá comtemplar outros bairros e comércios da cidade. Mais informações para qualquer dúvida o cidadão pode entrar em contato com a Coordenação de Educação para o Trânsito: 3149-7273/ 9696-3850


DIARIO DO ESPÍRITO SANTO 03

DOMINGO A SÁBADO, 28 DE ABRIL A 4 DE MAIO DE 2013

ECONOMIA

POLÍTICA

Porto Central em Presidente Kennedy vai empregar 80% de mão de obra local para construção e operação da unidade José Maria Novaes, diretor-presidente do empreendimento, ressalta necessidade imediata de capacitação dos trabalhadores DIVULGAÇÃO

Daniel Galvão e José Carlos Lacerda Desenvolvimento, investimentos e geração de emprego e renda. Tudo isso é o sonho de consumo de qualquer cidade e estado brasileiro. Entretanto, foi Presidente Kennedy, no litoral Sul capixaba, a escolhida para sediar o Porto Central. O município terá o maior porto de importação, exportação e cabotagem do Brasil. As obras do porto, serão iniciadas no segundo semestre de 2014, em uma área de 20 milhões de metros quadrados, com previsão de conclusão da primeira fase em 2016, ao custo parcial de R$1,5 bilhão. Toda a grandiosidade do empreendimento, que teve o protocolo de intenções assinado na gestão de Reginaldo Quinta, no entanto, requer mão de obra qualificada. Seja para a construção, seja para a operação do Porto Central. Por isso, o diretor-presidente do empreendimento, José Maria Novaes, em entrevista exclusiva ao DIÁRIO DO ES, afirmou que capacitar os trabalhadores é uma preocupação do Grupo. Isso porque, o engenheiro afirmou que a meta é empregar 80% do total do quadro de funcionários, tanto para a etapa das obras quanto no

momento em que o porto iniciar as atividades, com gente de Presidente Kennedy e cidades do entorno. "Estamos conduzindo todo o processo com interesse enorme de que os trabalhadores que serão contratados na construção e posteriormente na operação do porto, seja mão de obra local. Num raio de 80 km, por exemplo, temos cidades como Campos dos Goytacazes (RJ), Cachoeiro, Marataízes… só para citar algumas. Isso representa mais de um milhão de pessoas em torno. Gente que vai ter interesse de trabalhar no Porto", explicou, dizendo ainda que qualificar a mão de obra agora é o objetivo. "Para que em 2, 3 anos, essas pessoas estejam aptas para trabalhar. Esse é nosso compromisso". José Maria frisou que a escolha do Espírito Santo e mais especificamente de Presidente Kennedy como sede do Porto Central obedeceram a um conjunto de fatores. Entre eles, a localização privilegiada do Estado na costa brasileira, sua boa ligação com outras regiões, seja por ferrovias ou rodovias, e ainda o fato de a área em PK não ter uma grande população e atividade turística, reduzindo bastante os impactos ambientais e sociais comuns que este tipo de atividade já provocou em outras cidades. Além disso, o diretor do

Grupo TPK - que em parceria com o Porto de Roterdã é quem está à frente da iniciativa - disse que as descobertas do pré-sal no Sul do ES e a atividade petrolífera

no Norte do RJ também pesaram na decisão por Presidente Kennedy para a construção do Porto Central que, aliás, será um forte concorrente do Grupo Empresarial

do mega empresarial brasileiro Eike Batista. "O objetivo do Porto Central é atrair indústrias para a movimentação de cargas (exportação, importação e cabota-

gem), além de incrementar a produção de bens e serviços dentro do próprio porto, como, por exemplo, estaleiro e fábrica de equipamentos", explicou.

da de crescimento e desenvolvimento, uma vez que com alguns milhares de trabalhadores morando na cidade e com mais dinheiro circulando, a economia tende a dar um salto. Para se ter uma idéia, no auge das obras, Novaes prevê que 4.500 operários esta-

rão trabalhando. O engenheiro disse ainda que um empreendimento deste porte não acontece de forma isolada. "Temos de fazer parceria com o Governo do Estado e com a Prefeitura de Presidente Kennedy. Precisamos, por exemplo, de um

investimento forte da Prefeitura em infra-estrutura, sobretudo, em mobilidade urbana, escolas, hospitais para oferecer este suporte que a cidade vai precisar na medida em que o desenvolvimento aconteça impulsionado pelo Porto Central", justificou José

Maria, que já teve dois encontros com representantes dos governo Municipal e Estadual. Novaes ressaltou ainda a importância da parceria brasileira com o Porto de Roterdã. Isso porque, o maior porto da Europa movimenta, sozinho, mais da meta-

de do que é movimentado em todo o Brasil. "O Porto de Roterdã quer fazer uma rede mundial de portos. E, neste caso, as empresas instaladas num porto, como o Central em PK, serão convidadas a se instalarem em outros sediados em outros países", comentou.

Secretário estadual de Desenvolvimento, Nery De Rossi, juntamente com técnicos da Secretaria, visitou a área onde será construído o Porto

Parcerias José Maria lembrou que a instalação do Porto Central vai provocar uma reação em cadeia em Presidente Kennedy. Isso significa, na opinião do executivo da TPK, que empresários do comércio e prestadores de serviços também devem se preparar para uma demanINVESTIMENTOS

Prefeita de PK garante investimentos e afirma que porto representa "um novo tempo" para a história do município DIVULGAÇÃO

Daniel Galvão "Estamos virando a página em Presidente Kennedy, olhando para frente. Vamos retomar o desenvolvimento interrompido em 2012 bruscamente e que afetou milhares de pessoas na cidade". É desta forma que a prefeita de Presidente Kennedy, Amanda Quinta (PTB), encara o atual momento político e administrativo do município depois de um ano conturbado e uma enxurrada de denúncias, até agora, não comprovadas. Ela assumiu uma Prefeitura e uma cidade cheia de desafios. Desenvolvimento econômico e social. Essa é a palavra de ordem que norteia a prefeita. De acordo com ela, o Porto Central se encaixa justamente no projeto político, iniciado pelo e ex-prefeito de Presidente Kennedy, Reginaldo Quinta. Foi ele, aliás, quem assinou o protocolo de intenções que estartou o projeto do Grupo TPK para a cidade. Agora, Amanda sabe que a Prefeitura terá de avan-

çar nos investimentos em infra-estrutura para oferecer o suporte necessário ao boom de crescimento que vem pela frente. "Vamos investir muito na Educação, na Saúde e na qualificação profissional", afirmou a prefeita à reportagem do DIÁRIO DO ES. Segundo a chefe do Executivo, o Porto Central representa uma "nova era" para a história do município. "Os milhares de empregos direto do empreendimento e outros tantos milhares que serão criados em outros setores, impulsionados pela instalação do porto, vão requerer do Governo Municipal uma contrapartida que garanta à população qualidade de vida. Esse é o nosso compromisso", disse. Para impedir que a mão de obra de Presidente Kennedy não seja aproveitada no Porto Central por falta de capacitação, Amanda anunciou que, em parceria com o Grupo TPK, a Prefeitura vai abrir um Centro de Formação Profissional. O objetivo é oferecer à população, qualificação para preencher as vagas de empre-

Amanda Quinta, prefeita de Presidente Kennedy, afirma que serão feitos investimentos nas áreas de Educação, Saúde e qualificação profissional

go direto que serão criadas. Além disso, a prefeita já começa a articular parcerias com universidades que possam também se instalar no município.

"Não podemos esperar o início das atividades do porto para nos movermos enquanto Governo. Ao contrário. Temos de sair na frente. Foi dessa forma que em pou-

co mais de 3 anos, a gestão de Reginaldo conseguiu alavancar o município em direção a avanços sociais", comparou Amanda, que não abre mão da parceria com o Go-

verno do Estado para que esta e outras iniciativas se concretizem e ajudam, não apenas Presidente Kennedy, mas o Sul capixaba a se desenvolver.


04 DIÁRIO DO ESPÍRITO SANTO

DOMINGO A SÁBADO, 28 DE ABRIL A 4 DE MAIO DE 2013

SAÚDE

GERAL

DIÁRIO do Espírito Santo

Painel Diário

DIRETOR ADMINISTRATIVO: DÉBORA RIBEIRO - debora.odiario@gmail.com EDITOR CHEFE: DANIEL GALVÃO (danielgalvaorj@gmail.com) EDITORA-ADJUNTA: CRIS ROSA (crisrosa@gmail.com) - EDITOR-ADJUNTO: WESLEI RADAVELLI (weslei.radavelli@gmail.com) DIAGRAMAÇÃO: BERNADETE F. GUIMARÃES e FERNANDO VITOR MARQUES DA SILVA

Audiência Pública I DIVULGAÇÃO

Moradores de Venda Nova do Imigrante, Afonso Cláudio, Brejetuba, Conceição do Castelo, Domingos Martins, Marechal Floriano e Laranja da Terra, municípios que compõem a microrregião Sudoeste Serrana, participaram na tarde desta quinta-feira (25), em Venda Nova do Imigrante, da sexta

audiência pública para discussão do Orçamento para 2014. A audiência pública foi realizada por meio da Secretaria de Estado de Economia e Planejamento (SEP) e contou com a participação do governador Renato Casagrande, que prestou contas das ações do Governo em 2012, do que está sendo feito neste ano e ouviu sugestões para 2014.

Audiência Pública II (Foto) O governador Renato Casagrande destacou que dentre os objetivos das audiências públicas, um é levar a equipe de governo até a microrregião. "É um momento importante para o Estado. Além do principal objetivo, que é colher sugestões para o orçamento do próximo ano, realizamos uma prestação de contas da microrregião. Além de pensar o município, queremos que a população tenha a cultura do pensamento regional, em investimentos além do município. Por isso esse debate é tão importante". THIAGO GUIMARÃES/SECOM

Meta nacional é atingir 80% ou 32 milhões de pessoas do público-alvo, composto por grávidas e idosos, entre outros

Campanha Nacional de Vacinação contra gripe é prorrogada até o dia 10 de maio em todo o país Mais de 40% do público-alvo foi vacinado até agora A campanha nacional de vacinação contra a gripe foi prorrogada até o dia 10 de maio, informa o Ministério da Saúde. A previsão anterior era que a campanha terminasse nesta sextafeira (26). O prazo maior é necessário para dar mais tempo para as pessoas se imunizarem, diz a pasta. Até agora, a vacinação atingiu mais de 40% do público-alvo de 39,2 milhões de pessoas, número considerado satisfatório, disse ao G1 o secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa. "Estamos fazendo uma recomendação para os municípios que estejam com baixa procura para que abram os postos de saúde para vacinação no sábado", disse ele. O secretário ressaltou que a

campanha permanece igual, com exceção da mudança de data. A prorrogação é necessária porque houve diferença na vacinação ocorrida nas regiões - no Sul, por exemplo, a imunização andou mais rápido do que no Norte, ponderou Barbosa. Ele assinalou que a extensão do prazo ocorre todos os anos e está dentro da normalidade. A meta nacional é atingir 80% ou 32 milhões de pessoas do público-alvo, segundo a pasta. O novo prazo vale para todo o país, mas municípios e estados que tiverem atingido suas metas não precisam adotá-lo, ressaltou Barbosa Vírus influenza - A imunização protege contra os três subtipos do vírus influenza que mais

circularam no inverno passado: A (H1N1) - conhecido popularmente como gripe suína -, A (H3N2) e B. Foram distribuídas, neste ano, 43 milhões de doses da vacina para 65 mil postos de saúde, segundo a pasta. Em 2012, 26 milhões de pessoas foram imunizadas, número equivalente a 86,3% do público-alvo naquele ano. O índice superou a meta prevista, de 80% do público. O objetivo deste ano é de atingir cerca de 80% do público-alvo da ação, que inclui idosos com 60 anos ou mais, crianças de seis meses a dois anos, gestantes, indígenas, presidiários e profissionais de saúde. Doentes crônicos e mulheres no período até 45 dias depois do parto também devem receber a vacina.

CONCURSO

Saúde do Espírito Santo reabre inscrições para 2.121 vagas A Secretaria de Estado de Saúde do Espírito Santo reabriu as inscrições do concurso público para 2.121 vagas em cargos de nível médio/técnico e superior. As vagas de nível médio/técnico são para técnicos em enfermagem, técnicos em imobilização ortopédica, técnicos em laboratório, técnicos em necropsia, técnicos em nutrição, técnicos em órtese e prótese e técnicos em radiologia. Para participar, é necessária formação técnica na área de interesse, além de registro no conselho de classe. Os cargos de nível superior são para assistente social, biólogo, cirurgião buco maxilofacial, enfermeiro, farmacêutico, farmacêutico-bioquímico, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, médico nas funções de alergista, anestesiologista, cardiologista, cardiologista pediátrico, cirurgião cabeça e pescoço, cirurgião crânio maxilofacial, cirurgião geral, cirurgião pediátrico, cirurgião plástico, cirurgião torácico, cirurgião vascular, clínico geral, dermatologista, endocrinologista, endocrinologista pediátrico, fisiatra, gastroenterologista, geriatra, ginecologista e obstetra, hematologista e hemoterapeuta adulto, homeopata, infectologista, intensivista adulto, neonatal e pediátrico, médico do trabalho, nefrologista,

Candidatos serão avaliados em prova objetiva de conhecimentos básicos e específicos

nefrologista infantil, neurocirurgião, neurocirurgião pediátrico, neurologista, nutrólogo, oftalmologista, onco-hematologista, oncologista, ortopedista e traumatologista, otorrinolaringologista, patologista, pediatria, pneumologista, proctologista, psiquiatra, psiquiatria infantil, radiologista, reumatologista, reumatologista infantil, socorrista, ultrassonografista, urologista, auditor, regulador e supervisor, nutricionista, odontólogo, psicólogo e terapeuta ocupacional. O candidato deve comprovar certificado de especialização nas áreas definidas em edital e registro no conselho de classe. O salário varia entre R$ 2.281,20 e R$ 8.250,00, a depender do cargo.

As inscrições devem ser feitas pelo site www.cespe.unb.br/concursos/sesa_es_13 até o dia 28 de abril. A taxa é de R$ 55 para nível médio/ técnico, R$ 85 para nível superior (exceto médicos) e R$ 95 para médicos. Os candidatos serão avaliados por meio de prova objetiva de conhecimentos básicos e específicos e avaliação de títulos. Todas as fases serão realizadas na cidade de Vitória. A prova objetiva está prevista para o dia 9 de junho de maio. O concurso terá 2 anos de validade e poderá ser prorrogado, uma vez, pelo mesmo período. Mais informações no site www. cespe.unb.br

E L MIDIA EDITORA LTDA CNPJ: 09298880/0001-07 Redação: Av. Rui Barbosa, 1453 - Centro - Macaé - CEP 27915-010 CIRCULAÇÃO: Vitória, Vila Velha, Serra, Marataízes, Guarapari e Cachoeiro

IMPRESSÃO: Av B s/n / São José do Barreto Macaé - Rio de Janeiro

Casagrande falou sobre alguns investimentos na microrregião. “Podemos destacar vários investimentos nessa região. Fizemos muitas entregas (de obras) em infraestrutura por meio do programa Caminhos do Campo, parcerias com hospitais regionais, pavimentação e drenagem em parceria com os municípios, reformas nas escolas da rede estadual, infraestrutura esportiva em todos os municípios, além de uma delegacia 24 horas em Venda Nova que atende a população da microrregião Sudoeste Serrana”, destacou.

Orçamento Com o resultado das audiências públicas será elaborada a Lei Orçamentária Anual (LOA), que é um instrumento de planejamento de curto prazo, compatível com Plano Plurianual (PPA), utilizado pela administração pública para demonstrar todos os recursos que serão arrecadados (receita), assim como todos os valores a serem gastos (despesas) num determinado exercício financeiro. As audiências serão realizadas ainda nos municípios de Santa Maria de Jetibá, Aracruz, Marataízes e Vitória, e envolverão todos os 78 municípios capixabas. Ao todo já foram realizadas seis audiências.

TELEFONES ÚTEIS Ambulância 192 Corpo de Bombeiros 193 Defesa Civil 199 Polícia Civil 147 Polícia Militar 190 Aeroporto de Vitória 3235-6300 Agência Nacional de Saúde 0800-611997 Al-Anon 3322-6551 Alcoólicos Anônimos 3223-7268 Alô-Trabalho 0800-2850101 ANEEL 0800-7272010 ANTT - Ministério dos Transportes 0800-610300 Banco Central 0800-992345 Batalhão de Polícia Rodoviária e Trânsito Urbano 3222-8800 Caixa Econômica Federal 0800-5740101 Capitania dos Portos 3334-6400 Central de Transplantes 0800-8832323 Cesan - Água e Esgoto 0800-2839195 Correios 0800-5700100 CVV - Centro de Valorização da Vida 3223-4111 Defensoria Pública 3322-4881 Delegacia de Homicídio 3137-9111 Delegacia de Polícia de Vitória 3137-9099 Disque-Aids 3132-5108 Disque-Ceturb 0800-391517 Disque-Denúncia 0800-2839944 Disque-Silêncio 0800-393445 Disque-Turismo 1677 DML - Departamento Médico Legal 3137-9127 Escelsa 0800-390196/0800-2800196 Estação Ferroviária 3226-4169 Fala Brasil - Ministério da Educação 0800-616161 Fome Zero 0800-7072003 Ibama 0800-618080 INSS Prevfone 0800-780191

Diário do Espírito Santo Tel.: (22)2762-5175 e-mail: odiarioes@gmail.com


DIARIO D0 ESPÍRITO SANTO 05

DOMINGO A SÁBADO, 28 DE ABRIL A 4 DE MAIO DE 2013

ENSINO

EDUCAÇÃO

Para reduzir o analfabetismo, o Governo desenvolveu o projeto "Vivendo e Aprendendo", após aderir ao programa federal Brasil Alfabetizado.

“Espírito Santo lança projetos para reduzir analfabetismo no Estado e reforçar o Enem

Governo está colocando em prática uma série de ações para impulsionar a qualidade do ensino SECOM

Rodolfo Harckbart O Governo do Espírito Santo, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Sedu), está colocando em prática uma série de ações a fim de impulsionar a qualidade do ensino e garantir oportunidade aos que não tiveram acesso. Entre os projetos anunciados nesta quinta-feira, em entrevista coletiva com o governador Renato Casagrande e o secretário de Educação Klinger Barbosa, estão inseridas ações para reduzir o analfabetismo, de reforço escolar e aulas preparatórias ao Enem. Para reduzir o analfabetismo, o Governo desenvolveu o projeto "Vivendo e Aprendendo", após aderir ao programa federal Brasil Alfabetizado. A proposta é atender 60 mil pessoas não alfabetizadas, com 15 anos ou mais, nos 78 municípios até o final de 2014. De acordo com o governador Casagrande, o projeto tem como finalidade oferecer uma educação básica de qualidade, de forma que o aluno sinta-se motivado a dar continuidade aos estudos. "Oferecer a qualificação adequada a esse público é primordial para o avanço da educação no Estado. Após passarem pelo processo de alfabetização, os estudantes estarão mais seguros para ingressarem em outras modalidades de ensino, como a Educação para Jovens e Adultos ou a Educação Profissional que, posteriormente, irá facilitar o ingresso no mercado de trabalho", frisou. A coletiva também contou com as presenças do secretário Estado de Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional e Trabalho, Jadir Péla, da subsecretária de Educação Profissional, Wanessa Zavarese Sechim, e do subsecretário Administrativo e Financeiro da Sedu, Josivaldo Barreto de Andrade.

Parcerias

Governador do Espírito Santo, Casagrande afirma que projeto busca oferecer educação básica de qualidade

A consolidação do projeto "Vivendo e Aprendendo" se dá a partir da parceria entre a Sedu e as Prefeituras. Até o momento, 53 aderiram ao projeto e as primeiras turmas começaram a funcionar este mês. Outros municípios estão em fase de formalização. "É muito importante a participação ativa dos municípios nesta iniciativa, pois unindo forças será mais fácil promover o retorno de alunos para as salas de aula, principalmente as pessoas de idades mais avançadas, que estiveram por muitos anos afastadas do ambiente escolar. A previsão é que até 2014, todas as regiões do Estado sejam contempladas", frisou o secretário Klinger Barbosa Alves. O curso de alfabetização tem a duração de oito meses e pode funcionar em todo e qualquer espaço social, com condições

de estruturar uma sala de aula, como escolas estaduais, municipais, comunitárias e particulares, empresas, sindicatos, templos religiosos e associações de bairro. A pessoa não alfabetizada ou aqueles que a estejam apoiando, devem dirigir-se à Secretaria Municipal de Educação ou às instituições parceiras e preencher o cadastro de inscrição. Para preenchimento, não é obrigatória a apresentação de documentação pessoal. Para as turmas foram selecionados voluntários, que receberão uma bolsa no valor mensal de R$ 780,00 por jornada de 10 horas semanais, custeada pelo Governo do Estado e Governo Federal. Uma empresa foi contratada pela Sedu para monitorar o andamento das turmas e avaliar os resultados obtidos pelos estudantes.

Com o alinhamento no currículo, os professores vão resgatar conteúdos da 1ª e 2ª séries, também exigidos no Enem, e colocá-los no contexto de preparação do exame. Essa mudança, que começa em maio, é resultado de uma avaliação feita pela Sedu nos dois primeiros meses letivos, inclusive com a participação de alunos da 3ª série, e que deverão contribuir para a formação dos estudantes. A perspectiva é que tenham melhores resultados no Enem, porta de acesso para instituições de ensino superior federais, como Ufes e Ifes, e progra-

mas como o NossaBolsa, Sisu e Prouni. "O Estado exige que o aluno participe do exame, sendo que 85% dos estudantes inseridos na rede já possuem o objetivo de começarem uma faculdade ou curso técnico. Isso acarreta a liderança do Espírito Santo com relação à presença no exame estudantil", lembrou Klinger Barbosa Alves. No decorrer da preparação, serão realizados dois simulados - em junho e outubro. No intervalo das provas, haverá oportunidade para a equipe pedagógica realizar intervenções a fim de consolidar a aprendizagem.

Ações para estudantes da rede estadual Além de atuar para mobilizar pessoas que nunca tiveram a chance de frequentar uma sala de aula, o Governo também reforça ações para os estudantes da rede estadual. Entre os projetos, o Pré-Enem nas escolas que chegará a todos os municípios capixabas neste ano, contemplando 11.969 alunos em 225 unidades de ensino. As aulas começaram nesta semana. Segundo o governador Casagrande, o Pré-Enem é uma ótima oportunidade para quem desejar ingressar no ensino superior. "Com a orientação ideal, os estudantes podem se preparar de

maneira mais detalhada, com conteúdos relevantes. Os professores são preparados para trabalhar os assuntos de maneira dinâmica, fator que contribui facilitar o aprendizado em sala de aula", disse. Embora algumas escolas já desenvolvessem o projeto por iniciativa própria, em 2013 a diretriz partiu da Sedu para que a abrangência da ação fosse maior e envolvesse escolas nos 78 municípios capixabas. O PréEnem nas Escolas é uma ação que será desenvolvida no período de abril a outubro de 2013. A oferta de aulas poderá ser em dias

úteis no contraturno, com quatro horas/aula de 60 minutos cada. E, aos sábados, com 4 ou 8 horas/aula. Mas, considerando que o Pré-Enem nas Escolas é realizado por adesão dos alunos, o Governo decidiu implementar mais uma ação: alinhar o currículo da rede estadual aos conteúdos exigidos no exame. Na nova modelagem, o aluno vai concluir o ensino regular de maneira integrada ao Enem. Até o momento, os conteúdos estavam distribuídos ao longo do Ensino Médio e, na 3ª série, as aulas concentravam-se nas habilidades específicas daquele ano.

Apoio à aprendizagem conta com mais de sete mil alunos Para dar mais qualidade à Educação, o Governo adotou o Programa de Expansão e Melhoria do Ensino Médio que compreende vários projetos, entre os quais o Apoio à Aprendizagem em Língua Portuguesa e Matemática na 1ª série do Ensino Médio. Mais de 11 mil alunos passaram por avaliação em março e 7.584 foram selecionados para receber o atendimento. As aulas começaram na segunda-feira (22) e terão duração de quatro meses. "Saber Português e Matemática é fundamental para o estudante, pois são estruturantes para instigar o raciocino lógico para as demais disciplinas, que possuem níveis de dificuldade diferenciados", argumentou o governador. A meta principal é fortalecer o aprendizado nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, trabalhando com o resgate de conteú-

dos básicos imprescindíveis para que o estudante consiga acompanhar as aulas e receber com clareza as informações. "A intenção não é apenas garantir o acesso a escolaridade básica, mas tamb��m promover um atendimento de qualidade, atitude que incentiva a permanência do aluno na escola, seguida pela aprendizagem de sucesso, sendo este o principal objetivo das ações desenvolvidas no setor educacional da rede", salientou a subsecretária Wanessa Zavarese Sechim. No ano de 2012, foram atendidas 74 escolas estaduais de Ensino Médio situadas nas Superintendências Regionais de Educação de Cachoeiro de Itapemirim, Carapina, Cariacica e Vila Velha, que aderiram à proposta, e cerca de 5.000 estudantes da 1ª série do Ensino Médio. Em 2013, o Projeto está

DIVULGAÇÃO

Ao londo do ano de 2012, foram atendidas 74 escolas estaduais de Ensino Médio situadas nas cidades de Cachoeiro, Vila Velha e Carapina

estruturado para atender, por adesão, 199 escolas estaduais de Ensino Médio situa-

das em mais três superintendências - Barra de São Francisco, Guaçuí e São Mateus

- além das contempladas no ano passado. O projeto é desenvolvido com a parce-

ria do Instituto Unibanco para utilização da metodologia Entre Jovens.


06 DIÁRIO DO ESPIRITO SANTO

DOMINGO A SÁBADO, 28 DE ABRIL A 4 DE MAIO DE 2013

ECONOMIA

GERAL

A parcela de consumidores projetando melhora da situação financeira das famílias aumentou de 39 para 41,3%.

“Confiança do consumidor interrompe quedas e fica estável, afirma FGV Brasileiro está insatisfeito com a situação da economia e incerto em relação às perspectivas de melhora DIVULGAÇÃO

A combinação de resultados mostra que o consumidor está insatisfeito com a situação geral da economia e incerto em relação às perspectivas de melhora ao longo dos próximos meses. Em março, o índice havia recuado 2% na comparação com fevereiro. De acordo com a FGV, a piora nas avaliações sobre o presente foi compensada por uma melhora das expectativas em relação aos meses seguintes. O Índice da Situação Atual (ISA) caiu 2,3%, passando de 124,5 pontos em março para 121,6 pontos em abril. Já o Índice de Expectativas avançou 1,5%, de 108,0 para 109,6 pontos no período. "A combinação de resultados mostra que o consumidor está insatisfeito com a situação geral da economia e incerto em relação às perspectivas de melhora ao longo dos próximos meses", avaliou a FGV. O indicador de satisfação com a situação econômica local recuou 6,7% em abril, ao passar de 90,8 para 84,7 pontos, o menor nível desde setembro de 2009 (81,0). A proporção de consumidores avaliando a situação como boa diminuiu de 19,9

para 17,4 por cento, enquanto a dos que a consideram ruim aumentou de 29,1 para 32,7%. Em relação aos próximos meses, os consumidores tornaram-se um pouco mais otimistas, mas não o suficiente para influenciar uma alta nas compras de bens duráveis. A parcela de consumidores projetando melhora da situação financeira das famílias aumentou de 39 para 41,3%, enquanto a dos que preveem piora diminuiu de 5,1% para 4,3%. A inflação em alta já chegou a afetar as vendas no varejo brasileiro, que em fevereiro caíram 0,4% ante janeiro e 0,2% sobre o mesmo mês do ano passado, abaladas pela demanda menor diante dos preços em alta. Como o consumo das famílias vinha evitando uma performance ainda pior da economia brasileira, esse resultado acendeu um alerta sobre a frágil recuperação da atividade econômica. Em abril, a inflação brasileira acelerou o ritmo, com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15) subindo 0,51% e batendo no teto da meta do governo em 12 meses.

INTERDIÇÃO

Inflação em alta já chegou a afetar as vendas no varejo brasileiro, que em fevereiro caíram 0,4% ante janeiro e 0,2% sobre o mesmo mês de 2012

VITÓRIA DIVULGAÇÃO

Quiosques têm que ser entregues neste ano Daniella Zanotti

Embargo de empresa foi motivado pelo descumprimento de leis ambientais

Empresa de rochas ornamentais é interditada em Cachoeiro A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) de Cachoeiro de Itapemirim, interditou nesta semana as atividades de uma empresa de beneficiamento de rochas ornamentais, localizada no bairro Aeroporto. O embargo foi motivado pelo descumprimento de leis ambientais e medidas para tratamento adequado de resíduos. Um dos problemas identificados foi o descarte irregular de lama abrasiva. A empresa, que já havia sido notificada em outras ocasiões, está impedida de realizar todas as atividades que envolvem serragem e

polimento. A operação, que teve o apoio da Polícia Ambiental, lacrou quatro teares e uma máquina politriz. "Foram várias as autuações que fizemos para que a empresa se adequasse à legislação ambiental. Como não houve o cumprimento das medidas exigidas, tivemos que realizar a interdição. Sabemos que muitos empresários estão buscando a regularização, mas não podemos deixar de punir os casos em que constatamos que não há esforços para adequação", explica o secretário municipal de Meio Ambiente, Gustavo Coelho.

O novo prazo para a conclusão dos cinco quiosques da Praia de Camburi, em Vitória, é 31 de dezembro de 2013. Caso a obra não fique pronta, a Prefeitura de Vitória será obrigada a devolver à União cerca de R$ 5 milhões, valor que corresponde ao convênio firmado com o Ministério do Turismo para a construção dos módulos. A construção das estruturas teve início na gestão anterior, e a obra deveria ter sido concluída há quatro anos e sete meses. A Prefeitura de Vitória divulgou ontem o resultado da auditoria realizada na obra. Cada quiosque, com valores atualizados, chega a custar hoje R$ 1,200. 730,21. Desde o início da construção, em várias ocasiões, o preço anunciado foi modificado. O último valor divulgado em 2012, por unidade, era de cerca de 555 mil, incluindo o valor gasto com o sistema de exaustão. Segundo a Controladoria Geral do município, não foi constatado nem desvio nem irregularidade, mas o longo prazo de execução levou a seis adequações, o que encareceu a obra. Mercado - Também foi constatada diferença entre os preços reajustados e os vigentes no mercado. "O serviços foram contratados

em agosto de 2007 e, a cada ano, vêm sendo reajustados conforme previsto em contrato e até na legislação. Detectamos uma diferença entre o preço praticado no mercado hoje e o do serviço reajustado, que estava 8% mais caro. Fizemos uma negociação com a empresa e conseguimos uma redução de R$ 313 mil", explica o secretário da Controladoria

Geral, Luís Fernando Mendonça Alves. A prefeitura diz que, com a medida, cada um dos três quiosques que estão sendo construídos custarão R$ 104 mil a menos. O município resolveu que não alterará o projeto de construção dos módulos ainda não entregues. As mudanças teriam que ser submetidas à Superintendência de Patrimônio

da União no Estado (SPU), o que atrasaria mais a obra. Dos sete quiosques da orla, dois funcionam desde janeiro de 2012. Dois estão em fase final, e só falta o sistema de exaustão. Os outros três não estão finalizados: um tem 5% construídos; e dois, 35%. As obras, paralisadas em março para auditoria, serão retomadas em 6 de maio. CARLOS ALBERTO DA SILVA

Caso a obra não fique pronta, Prefeitura de Vitória será obrigada a devolver à União cerca de R$ 5 milhões

Licitação A licitação para exploração comercial dos quiosques 3 e 5 deve ser aberta no início de junho, mas o público só vai aproveitar as estruturas em setembro. O processo anterior foi anulado pela prefeitura. "O sistema de exaustão dos quiosques deve ser instalado até o final de maio. No início de junho, começamos a licitação, e em agosto teremos os vencedores. Os novos donos terão 30

dias para se instalarem antes da abertura para o público", explica o presidente da Companhia de Desenvolvimento de Vitória (CDV), André Gomide. O valor do aluguel cobrado para o uso das unidades sempre foi alvo de reclamação dos quiosqueiros, que pagam, ao todo, R$ 9,6 mil. Mas a Superintendência de Patrimônio da União no Estado (SPU) aceitou reduzir em até R$ 4 mil a

taxa cobrada pelo órgão, que hoje é de R$ 6 mil. O restante é repassado para a prefeitura. "O valor de partida é de R$ 8,6 mil, porque a prefeitura cobra uma taxa de R$ 2,6 mil de aluguel, mas o valor acabou chegando a R$ 9,6 mil por causa da disputa no leilão. A ideia é reduzir a taxa da SPU e deixar o aluguel em R$ 5,6 mil. Aguardamos o parecer do órgão em Brasília", afirma Gomide.


DIARIO D0 ESPÍRITO SANTO 07

DOMINGO A SÁBADO, 28 DE ABRIL A 4 DE MAIO DE 2013

VILA VELHA

POLÍCIA

O suspeito foi levado para o Hospital Estadual São Lucas, em Vitória. O veículo roubado já foi recuperado e devolvido ao dono.

“Homens roubam moto e são presos após perseguição policial no Espírito Santo

Durante a perseguição, um dos criminosos foi baleado e está internado em Vitória DIVULGAÇÃO

Álvaro Zanotti Um rapaz teve a motocicleta roubada por dois homens no bairro Cobilândia, em Vila Velha, na Grande Vitória. Os suspeitos foram perseguidos pela polícia e um deles acabou baleado, segundo os militares. O suspeito foi levado para o Hospital Estadual São Lucas, em Vitória. O veículo roubado já foi recuperado e devolvido ao dono. A vítima contou que os criminosos o abordaram apontando uma arma e fazendo ameaças. "Eu estava no portão, conversando com um cliente, ao lado da moto. Já chegaram apontando o revólver. A situação foi tensa. Falavam o tempo todo que se eu não desse a chave da moto, iriam me matar", relatou o rapaz, que preferiu não se identificar. Após a abordagem, a dupla não conseguiu ligar o veículo e pediu ajuda para a vítima. "Com muita vio-

lência, eles me pediram para destrancar a moto para eles. A todo tempo falavam para eu andar rápido com o serviço, senão eles iriam atirar", contou. O assalto foi testemunhado por um morador do bairro Cobilândia, que foi ao posto policial do bairro para pedir ajuda. Na tentativa de fuga dos suspeitos, um foi capturado ileso e o outro acabou baleado quando foram cercados pela polícia em uma rua do bairro Vale Esperança, já em Cariacica, na mesma região. O revólver usado no crime também foi apreendido. "Eles pararam atrás de um caminhão e desceram. Um deles correu e o outro, que estava no carona, sacou a arma. Foi dada voz de prisão a ele, mas nesse momento foram efetuados disparos e ele foi atingindo na perna esquerda. Agora, permanece no hospital, mas assim que tiver alta será conduzido ao DPJ e autuado em flagrante", explicou o cabo Amaral, da Polícia Militar.

Motocicleta roubada por dois homens no bairro Cobilândia, em Vila Velha, foi recuperada pela polícia após perseguição aos suspeitos

APREENSÃO

PRISÃO

Menor tenta roubar celular e leva surra Suspeitos de assaltar promotora de de vítima na Serra, Espírito Santo Justiça da Grande Vitória são presos DIVULGAÇÃO

Dois suspeitos de assaltar e roubar o carro de uma promotora de Justiça do Espírito Santo e esposa do secretário estadual de Assuntos Estratégicos foram presos após uma perseguição policial em Vila Velha, na Grande Vitória. Os dois homens, de 23 anos, foram presos e encaminhados para o Centro de Triagem de Viana. Eles foram autuados por tráfico de drogas, posse de munição e receptação.

Álvaro Zanotti Um adolescente, de 17 anos, foi apreendido após tentar roubar o celular de uma balconista, de 30 anos, no bairro de Jacaraípe na Serra, região Metropolitana do Espírito Santo. A mulher reagiu ao assalto e deu uma surra no suspeito. Moradores da região viram a confusão e chamaram a polícia. De acordo com a balconista, que não quis se identificar, ela estava parada de moto falando com o marido pelo celular quando o adolescente passou de bicicleta e pegou o aparelho telefônico. A mulher perseguiu o suspeito pelas ruas do bairro até alcançá-lo. Segundo a vítima, ela só reagiu ao assalto porque percebeu que o adolescente não estava armado. "Ele me deu um

xxx Mulher reagiu ao assalto e deu uma surra no menor, que foi apreendido

soco, aí pequei o capacete e dei na cabela dele também. Naquela luta toda ele saiu correndo, mas a população o alcançou. Eu sei o risco que corri, a gente jamais devia fazer isso, mas no momento, não tive medo", disse a balconis-

O crime aconteceu na Praia do Canto, em Vitória. Os homens levaram o carro e os pertences pessoais da vítima que é esposa . Nesta terça-feira, os suspeitos foram vistos no veículo roubado na Avenida Carlos Lindenberg, em Vila Velha, pelo diretor do Centro Integrado Operacional de Defesa Social (Ciodes), Coronel Brezinski. Ele acionou a Polícia Militar, que deu início a uma perseguição. Os dois suspeitos abandonaram o carro, tentaram fugir,

mas acabaram presos. O diretor do Ciodes afirmou que há um trabalho para que o número de ocorrências diminua. "Nós estamos trabalhando no sentido de garantir a segurança, tentar fazer o máximo possível de abordagem, fiscalizações, com o intuito de coibir esta prática. É impossível zerar o número de ocorrências, mas nós estamos fazendo o possível para minimizar ao máximo esse tipo de fato", disse. DIVULGAÇÃO

ta. O cabo Clévis, da Polícia Militar, alertou que a população não deve reagir a assalto em qualquer hipótese. Disse ainda que a mulher deu sorte, mas não é sempre que isso acontece. DIVULGAÇÃO

Homens, de 23 anos, foram presos pela polícia após perseguição em Vila Velha, na Grande Vitória CRIME

Assalto a loja em Vila Velha teve ajuda de dois funcionários Dois funcionários da loja que foi assaltada no bairro Glória, em Vila Velha, na Grande Vitória, foram detidos por terem auxiliado no crime. Segundo a polícia, os dois jovens que foram presos disseram, em depoimento, que contaram com a participação de duas pessoas que trabalham no estabelecimento. Eles foram encaminhaAdolescente, que não estava armado, tentou roubar o celular de uma balconista, em Jacaraípe da Serra dos para o Departamento de

Polícia Judiciária (DPJ) do município e podem pegar até 10 anos de prisão. "Na delegacia, em depoimento, eles confirmaram tudo. Não há dúvida quanto a participação e a autoria da atividade criminosa. Por causa de mil reais vão responder e podem pegar dez anos de prisão", disse o delegado Paulo Ricardo Cassaro.

Dentre os funcionários detidos está um menor apreendido. Durante a prisão realizada, um rapaz de 18 anos foi encontrado com R$ 5 mil dentro de uma cueca, dinheiro que seria dividido com os funcionários. Na ação criminosa, o proprietário do estabelecimento e outros funcionários foram rendidos enquanto a loja era aberta.


08 DIÁRIO DO ESPIRITO SANTO

DOMINGO A SÁBADO, 28 DE ABRIL A 4 DE MAIO DE 2013

VITÓRIA

ESPORTE

Oscar Ruiz sente saudades do apito: 'Sempre à noite eu me lembro dos jogos' Ex-árbitro colombiano esteve no Espírito Santo para participar de um curso de instrutores de arbitragem MANUEL ARMANTEROS GALHARDO/FIFA)

Richard Pinheiro Terminou o Curso Futuro 3, destinado à instrutores técnicos e instrutores de preparação física de arbitragem, que aconteceu em Vitória, no Espírito Santo, desde o dia 17. Estiveram presentes em solo capixaba vários ex-árbitros e assistentes, como os brasileiros Roberto Braatz e Sálvio Espíndola Fagundes, além de profissionais de outras nacionalidades e dirigentes como o espanhol Fernando Tresaco, que é responsável pelo Desenvolvimento da Arbitragem da FIFA e o brasileiro Sérgio Corrêa, ex-presidente da Comissão de Arbitragem da CBF e atual Chefe do Departamento de Arbitragem da entidade. Dentre os ex-árbitros estrangeiros estava o colombiano Óscar Julián Ruiz Acosta ou simplesmente Oscar Ruiz, velho conhecido dos torcedores brasileiros, pois foi o 'homem do apito' em quatro finais da Taça Libertadores da América e participou das últimas três Copas do Mundo: 2002 (Coreia do SulJapão), 2006 (Alemanha) e 2010 (África do Sul). Saudades do apito - Oscar Ruiz começou a carreira de árbitro em janeiro de 1995 e se aposentou em maio de 2011, quando ainda tinha 41 anos e com isso, abdicou da oportunidade de apitar na Copa do Mundo de 2014, no Brasil, para ser instrutor de árbitros da FIFA, participan-

do do Programa de Assistência à Arbitragem (RAP, na sigla em inglês para Referee Assistance Program). Seria o seu quarto mundial, mas o colombiano, hoje com 43 anos, preferiu seguir caminhando ao lado do esporte, mas numa função mais administrativa. Mesmo assim, Ruiz revela que ainda sente saudades do apito e até sonha com isso. - Agora tenho outra função, como instrutor de arbitragem, mas sempre à noite, eu lembro de todos os jogos e às vezes penso em estar outra vez dentro do campo de jogo. Porque uma coisa é estar como espectador e 'fazer parte da banda', outra coisa é dançar. Hoje eu faço parte da banda, mas eu gostava de dançar, isso é o futebol. A arbitragem é algo apaixonante. Se você perguntar aos ex-jogadores que hoje estão como comentaristas, tenho certeza que eles também sentem falta dessa festa que é estar dentro do campo. Os torcedores, os fogos de artifício e até mesmo os insultos, toda essa atmosfera é apaixonante. É indescritível dizer o que sentem o árbitro, os jogadores, os técnicos, quando estão num campo de jogo. É diferente, é estranho. Recentemente, a Federação Internacional de História e Estatística do Futebol (IFFHS) elegeu Ruiz o segundo melhor árbitro do mundo na primeira década do século XXI. Fato este

Ex-árbitro, velho conhecido dos torcedores brasileiros, foi o 'homem do apito' em quatro finais da Taça Libertadores da América

que pode ter deixado o colombiano mais conformado com sua decisão de 'pendurar o apito e os cartões' e o fez continuar andando lado a

lado com o futebol. - Eu sempre dizia que eu esperava deixar a arbitragem e deixar o futebol, mas o futebol e a arbitragem nunca

iriam deixar o Oscar Ruiz. Foi o melhor momento da minha carreira. Todos lembram do Oscar Ruiz como um bom árbitro, mas foi o

melhor momento. Oscar Ruiz deixou a arbitragem, mas a arbitragem não deixou Oscar Ruiz. Esse foi o meu pensamento.

tem 50, à África também com 50, à Concacaf com 48, portanto somos a menor associação de federações, mas é um lugar que há muito futebol. Temos campeões do mundo em seleções e clubes, além das categorias de base, como sub-17, sub-20 e Copa das Confederações. O Brasil também tem um título especial, porque faz muitas exportações de jogadores para o mundo e como Argentina

e Uruguai, é um lugar onde se fala muito de futebol. Podemos incluir a Venezuela, que antes era o beisebol e agora é o futebol também. No Brasil vão acontecer três eventos mundiais, que são a Copa das Confederações, o Mundial e os Jogos Olímpicos, portanto, quando se fala de Brasil, se fala de esportes e de futebol, que será o idioma mundial neste ano e em 2014.

Copa do Mundo de 2014 no Brasil A proximidade do mundial não poderia ser deixada de lado e Oscar Ruiz comentou que mesmo com tão poucos países membros na Conmebol, o continente sulamericano é um dos melhores no que diz respeito aos títulos, seja nas categorias de base, clubes ou seleções. O colombiano festejou o retorno do maior campeonato de futebol do mundo à América do Sul, após o hiato de 38 anos e frisou que

o futebol será o idioma mundial nos próximos dois anos. - A última Copa do Mundo na América do Sul aconteceu na Argentina, em 1978. Faz muito tempo que a competição não vem pra cá e agora está aqui novamente. O Brasil é uma terra que tem cinco copas do mundo, mais duas da Argentina e duas do Uruguai. Nós somos dez associações e somos muito pequenos em relação à Europa que

CAMPEONATO

FUTEBOL

Estrela se despede do Capixabão contra o Conilon Depois de um dia de folga, os jogadores do Estrela se reapresentaram na tarde de segunda-feira e treinaram durante uma hora, visando o confronto diante do Conilon. No adeus ao Capixabão e Ronicley que foi a ausência e é duvída para o jogo. O técnico Cipriano Alexandre comandou os treinos, após uma conversa rápida com os atletas. A equipe entra em campo com alguns desfalques, ele espera a avaliação médica de alguns jogadores. O pr es idente Adilson Conti espera quitar parte dos salários atrasados antes dedispensar os jogadores, e já anunciou que o clube não participará de competiçõesoficiais neste ano. “Temos contar a pagar e no momento essa é a nossa prioridade. Queremos honra com todos os nossos compromissos”, disse. Boatos no Sumaré - Durante a semana houve algumas especulações sobre a possível renúncia de Adilson, da presidência do Estrela. Já se ouvia várias manifestações da frente de oposição com o nome de Sabino ex- diretor do Ja-

Estrela do norte chega na última rodada do Campeonato Capixaba amargando a eliminação com a derrota para o São Mateus, pela 17ª rodada

raguá Tênis Clube. Em entrevista em uma rádio local, Adilson mostrou a sua indignação com essa noticia. “Eu queria que essas pessoas que estão falando essas barbaridades de que eu roubei o clube, e que

os empresários não ajudam o Estrela do Norte e por que eu estou aqui tivessem a coragem de vim aqui falar na minha frente”,disse. “Eu tenho todas as provas de que não houve fraude de nada, quem quiser comprovar tem toda liberdade de

vim aqui e provar que ouve roubo. Meu mandato vai até 2016, e eu só saio daqui só se Deus me tirar”, finalizou. O time entra em campo com Erivélton, Kenio, Fernando, Ney , Marcelo, Everton, Rincón, Fernando, Pau-

lista , Renan e Moises. A arbitragem para o jogo fica por conta do Árbitro: Felipe Varejão (CBF); Assistentes; Ademar Berger (FES); Paulo Peterson Casanova (FES); Marcos Antonio de Souza (FES).

Buru rejeita favoritismo de Cariacica no Capixaba de futebol de areia O Campeonato Capixaba de futebol de areia 2013 chega a sua fase semifinal no próximo sábado e a seleção de Cariacica, anfitriã da competição, aparece como a principal favorita para a conquista do título. Com 100% de aproveitamento (com três jogos e três vitórias) e com um dos elencos mais qualificados, o time cariaciquense terá que passar pela frente a equipe de Marechal Floriano se quiser chegar à decisão. Apesar de todas as credenciais, o defensor Buru, espera que Cariacica entre com o máximo de concentração para não ser surpreendido na semifinal, que acontece na Arena de Alto Laje. - A semi vai ser uma pedreira. Todos se conhecem. Ninguém terá jogo fácil. Temos que melhorar muito nos treinos da semana. E manter o foco durante o jogo. Qualquer erro certamente será fatal - avaliou. Na outra semifinal do Campeonato Capixaba de futebol de areia, as seleções de Anchieta e Vitória se enfrentam, às 10h, também na Arena de Alto Laje, em Cariacica. Os vencedores disputam a final no dia 4 de maio.


Espirito Santo Edição 8