Issuu on Google+

diário do

SUL

FUNDADOR E DIRECTOR: MANUEL MADEIRA PIÇARRA DIRECTORES ADJUNTOS: MARIA DA CONCEIÇÃO PIÇARRA e MANUEL J. PIÇARRA ANO: 45.º NÚMERO: 12.292

PERIODICIDADE DIÁRIA QUARTA-FEIRA, 18 DE JUNHO DE 2014

PREÇO AVULSO: 0,75 € (75 CÊNTIMOS )

PUBLICAÇÕES PERIÓDICAS

APOSTAR na PRODUÇÃO NACIONAL Rossio - Évora

«TURISMO DO ALENTEJO« CONVIDOU O SECRETÁRIO-GERAL DO PCP A VISITAR A REGIÃO

Dar a conhecer as realidades da oferta turística da região, os investimentos realizados, a qualificação concretizada e os projectos a ser implementados no âmbito da Estratégia 2014/2020 - traçada de acordo com o novo quadro europeu de Fundos Estruturais e de Investimento - foram os principais objectivos do convite feito ao secretário-geral do Partido Comunista Português, Jerónimo de Sousa, pela Turismo do Alentejo. O líder comunista esteve em Vila Viçosa, tendo visitado uma pedreira que se integra no projecto turístico “Rota Tons de Mármore”. Jerónimo de Sousa salientou a urgência do Governo apostar no aumento da produção nacional, dando o exemplo das indústrias de extracção de mármore, de forma a “encontrar respostas para muitos problemas existentes em Portugal”. | PÁG. 2

DISTINÇÕES BALNEARES NA REGIÃO

24 praias do Alentejo ganham “ouro” da Quercus REGUENGOS DE MONSARAZ - PARAÍSO DO AUTOMÓVEL CLÁSSICO E ANTIGO

Aliar a paixão dos automóveis com a cultura alentejana A iniciativa “Grande lago – Paraíso do Automóvel Clássico e Antigo” continuou as suas actividades com um passeio de automóvel à Herdade da Ervideira e uma visita ao Museu Mestre Baptista. Os automobilistas rumaram nas suas “relíquias” sobre rodas pelo concelho de Reguengos de Monsaraz, com vista a desfrutarem das paisagens alentejanas, mas também para promoverem esta paixão que os une, divulgando este património sobre rodas por vários pontos deste território. | PÁG. 7

Se o leitor é daqueles veraneantes para quem a qualidade da água do mar é uma prioridade, saiba que tem 24 praias à escolha no Alentejo. As mesmas zonas balneares que conquistaram a “qualidade ouro” em 2014, o mais importante galardão atribuído pela associação ambientalista Quercus. | ÚLTIMA PÁG..

OPINIÃO DO SELECIONADOR NACIONAL DE PORTUGAL

“Na adversidade vemos quem somos” “É um momento difícil, de insatisfação, entrar num Mundial com este resultado e condicionalismos, mas continuo a dizer o mesmo: na adversidade vemos quem somos. Temos de ter capacidade para lutar por esse objetivo e perfeitamente convicto de que o faremos.” | PÁG. 6

Pub.


Pagina 1