Page 1

Cidade do Automóvel já tem local ADE

M E S

L A AN

EM R

A

ID

ST

Oeste

AC

PÁGINA 13

I EV

Ano I ❑ Nº 47 ❑ Luís Eduardo Magalhães, 28 de janeiro a 3 de fevereiro de 2012

Desconto no IPTU à vista Quem pagar à vista o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) até o próximo dia 30 de março terá desconto de 30% no valor total. Este percentual equivale a mais de quatro vezes a inflação anual de 2011. O pagamento do IPTU em até cinco vezes terá desconto de 20%, mediante a isenção da quinta e última parcela. No caso do parcelamento em dez vezes, o desconto também será de 20%, com isenção das duas últimas parcelas.

Tiragem desta edição

6.000

exemplares Preço do exemplar em banca

R$ 1,00

Vândalos danificam praças da Cidade Parede de balcão de quiosque é destruída e até poste desaparece. Páginas 3, 4 e 5 RAUL MARQUES

NA MADRUGADA de domingo, 22, dois veículos invadiram a Praça da Matriz. Um dos motoristas fez cavalo-de-pau, danificando o piso.

Prefeitura pretende recuperar prédio interditado de creche PÁGINA 9

Jovem é morto com três tiros; mulher morre em capotamento PÁGINA 15


2

INFORMAÇÃO E OPINIÃO

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 28 de janeiro a 3 de fevereiro de 2012

PREZADO LEITOR Fumaça abafada O

Maratona do promotor FOTOS AGÊNCIA BRASIL

governador Jaques Wagner socorreu logo o amigo Sérgio Gabrielli, convidando-o para cargo ainda não definido no primeiro escalão da administração estadual. Nesta semana, venceu o prazo pedido por Lula para que a presidente Dilma mantivesse Gabrielli na presidência da Petrobras. A presidente não gosta de Gabrielli e vai fazer agora o que queria desde o início do mandato: colocar no comando da estatal a SÉRGIO GABRIELLI GRAÇA FOSTER amiga e ex-auxiliar Maria das Graças Foster. Foster trabalhou com Dilma no Ministério das Minas e Energia, presidiu a Petroquisa e a BR Distribuidora e até agora era diretora de Gás e Energia da Petrobras. Com o convite de Wagner a fumaça da fritura de Gabrielli tem boa abafada. --Petista de carteirinha aposta que o governador quer encher o balão murcho de Gabrielli para fazê-lo candidato à sua sucessão, em 2014. Com o secretário de Agricultura Eduardo Salles na vice.

Tamanho da gigante Maria das Graças Foster administrará na Petrobras orçamento de quase R$ 80 bilhões/ano – a metade do orçamento deste ano do Estado de São Paulo (R$ 156 bilhões) e maior que o de Minas Gerais (R$ 51,4 bilhões).

O chefe é um bom companheiro

Caso especial é o de Jaime Cappellesso. Pré-candidato da chamada Terceira Via, como se anuncia, deve antecipar a saída.

O secretário de Segurança, Ordem Pública e Trânsito, Eder Fior, que andou se distanciando e criticando o prefeito Humberto Santa Cruz, anda se redimindo. No sábado, 21, fez veemente defesa do chefe em discurso na solenidade de distribuição de óculos do Mutirão dos Olhos, no Santa Cruz.

Onde a bola rola

Reforma natural Pelo andar da carruagem, a reforma do secretariado municipal vai seguir o curso eleitoral. Esperada para janeiro, o mês chega ao fim sem que as mudanças aconteçam. Ante o desgaste de tirar amigos e correligionários da administração, o prefeito Humberto parece ter optado pela reforma natural que virá com o processo eleitoral. Boa parte dos secretários sairá para disputar vaga na Câmara de Vereadores.

Publicação da Oeste Comunicação Integrada Ltda. Rua Jorge Amado, 1.327 – Jardim Paraíso – CEP 47.850-000 – Luís Eduardo Magalhães/BA Inscrição municipal 007132/10 CNPJ 12.835.627/0001-41 - Telefone (77) 3628-0686

oestesemanal@diariodooeste.com.br

ARQUIVO/RAUL MARQUES

O prefeito Humberto Santa Cruz tem secretários e secretários – uns trabalham muito e outros bem menos. Um dos que trabalham muito - e bem - é o petista Valtair Fontana, da Secretaria de Esportes. Incentiva VALTAIR FONTANA as atividades esportivas, do futebol ao handball, e começa a pôr Luís Eduardo no mapa esportivo.  Seu gabinete está sempre aberto e cheio de gente. “Aqui, a bola corre”, diz o assessor Armando Almeida.

A promoção para ARQUIVO/RAUL MARQUES a comarca de Coaraci não tirou o ritmo de trabalho do promotor André Bandeira de Melo Queiroz na comarca de Luís Eduardo. Enquanto o novo promotor não chega, André Queiroz se divide entre as duas comarcas, distantes ANDRÉ BANDEIRA 930 quilô-metros uma da outra. Em dois meses, o promotor, além de análise de processos, determinou em portarias a abertura de dez inquéritos civis e a de 13 investigações preliminares.

A guilhotina está armada na subsidiária da Bayer CropScience. Insatisfeitos com a perda da liderança do mercado brasileiro de agroquímicos para a suíça Syngenta e a queda da rentabilidade, os alemães preparam mudanças na gestão da empresa.

E a Guarda Municipal?

● a Galvani bancou a maior parte do custo da maior praça da Cidade, a do Jardim das Acácias, com 20 mil metros quadrados. A obra ficou em  R$ 690.560,00 - R$ 390 mil são da Galvani e o restante, do Governo do Estado. A Prefeitura, que está arcando com a parte do Estado, recebeu de Salvador R$ 75 mil até o momento;

Construções e equipamentos das novas praças da Cidade estão sendo danificados e nada de se pôr a Guarda Municipal no cumprimento de sua principal missão, a guarda dos próprios municipais.

● a J Lem, do Grupo Jacob Lauck, a Pontual Incorporações e Empreendimentos e a Construções ACNT custearam a construção e os equipamentos da Praça da Acessibilidade, ao custo de R$ 240 mil, no Jardim Primavera;

É só querer fazer Nem sempre obras públicas só se realizam com dinheiro do Erário. Quando há vontade política, aliada à responsabilidade social, obras são feitas com pouco ou nenhum recurso do contribuinte. É o caso das Parcerias Público-Privadas (PPPs), criadas pela Câmara de Vereadores por iniciativa do prefeito Humberto Santa Cruz. Com base na Lei das PPPs, a Prefeitura atraiu empresas da Cidade para a construção de espaços de lazer, principal reivindicação da população nas discussões do Orçamento Participativo. Os resultados até agora são significativos: ● Na primeira parceria firmada, o Posto 90, de Vanderlei Ferreira, reformou o parque, a quadra de esportes e os banheiros da Escola Vânia Aparecida, no Mimoso II. Gastou R$ 90 mil nas obras; ● Bela Vista Imobiliária, imobiliárias Campos Elíseos e Campo Cerrado entraram com cerca de R$ 800 mil para a remodelação da Praça Sérgio Alvim Mota, em frente à Igreja Matriz, que incluiu a construção de 12 quiosques e da praça de alimentação. A Prefeitura participou com outro terço do custo da obra;

SÓCIOS-DIRETORES Antonio Calegari / Pedro Callegari

CIRCULAÇÃO Aroldo Vasco de Souza

REDAÇÃO João Penido (editor), Antonio Calegari, Luciano Demetrius Leite, Raul Beiriz Marques, Rafael Dias, Sebastião Nery, Tizziana Oliveira, Henrique Cabelo (fotógrafo e diagramação), Paulo Cezar Goivães (projeto gráfico)

IMPRESSÃO Câmara Gráfica Csg 09 – LOTE 03 – GALPÃO 03 – Taguatinga Sul – Distrito Federal – Fone (61) 3356-7654

PUBLICIDADE Juliana Cadore - (77) 9988-0114

Enxadada

TIRAGEM* 6 mil exemplares *Tiragem jurada pela editora, comprovável quando da

● o posto e a distribuidora Ale e o Hotel Colúmbia, de Horário Ferreira, estão concluindo a construção de espaço de lazer na Avenida Brasília, entre o Mimoso I e o Mimoso II, ao custo de R$ 130 mil; ● Em terreno atrás do Posto de Saúde Luis Gustavo Rosa, no Mimoso II, a Atual Engenharia investe R$ 200 mil na construção de praça. O secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão da Prefeitura, Cândido Trilha, negociador da maioria das parcerias com as empresas, busca patrocínio para a construção de mais três praças na Cidade: no canteiro central da Avenida Salvador, entre as quadras 179 e 181; no Jardim das Oliveiras, ao lado da escola recém-construída; e no Setor M-3.

Morte pela boca Camarão & Cia fechou as portas. Uma pena.

Massey Ferguson A Agrovia, do grupo mineiro Pimavia, está assumindo a representação da Massey Ferguson em Luís Eduardo Magalhães. Antes, a Massey era representada na Cidade pela Jaraguá.

impressão do jornal, na Gráfica F. Câmara, a par tir das 23 horas das sextas-feiras e quando do início da distribuição das edições, na Rua Jorge Amado, 1.327 – Jardim Paraíso – Luís Eduardo Magalhães, a par tir das 7 horas da manhã dos sábados. As publicações da Oeste Comunicação – Oeste Semanal e DiariodoOeste.com.br não publicam matérias redacionais pagas sem caracterizá-las como Informe Publicitário. A Oeste Comunicação também edita o site online DiariodoOeste.com.br.


Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 28 de janeiro a 3 de fevereiro de 2012

CIDADE

3

Vândalos danificam praças Até praças não inauguradas estão sendo destruídas. Na Praça da Matriz, “cavalo-de-pau” danificou o piso RAUL MARQUES Da Oeste Comunicação

RAUL MARQUES

ândalos têm provocado sérios danos ao patrimônio público de Luís Eduardo Magalhães, especialmente às praças da cidade. São quiosques parcialmente destruídos, pisos de praça danificados seriamente, cestas de lixo amassadas por chutes e sem tampas, banquinhos quebrados, árvores arrancadas, enfim, toda a sorte de atitudes que acabam atingindo o bolso do contribuinte. Atos de vandalismo estão se espalhando pela Cidade e ficando mais ousados. Na noite de sábado, 21, para domingo, 22, dois motoristas entraram com seus veículos na recém-reformada praça Sérgio Alvim Mota (Praça da Matriz) e um deles fez a manobra O piso da Praça Sérgio Alvim Mota (Praça da Matiz) foi danificado por “cavalo-de-pau”. conhecida como “cavalo-de-pau”, o que danificou seriamente o piso. Nessa manobra, O ato revoltou frequentadores da praça, princípio, a intenção é juntar a filmagem às um carro, após ser acelerado, é freado brusca- operários que trabalharam na sua reforma e provas na investigação policial que será pedimente, o que muda a direção do veículo. A até quem tirou fotos dela, com decoração de da. Afinal, dilapidar o patrimônio público é manobra é tida como extremamente arrisca- Natal, para enviar pela Internet. crime previsto em lei. da por profissionais de segurança, especialA Prefeitura está solicitando a filmagem Segundo uma testemunha, um dos carros mente no piso do tipo Paver, que pode soltar- feita por câmeras instaladas nas imediações era uma picape escura, de placa não anotada, se e atingir o vidro do carro ou o motorista. para tentar identificar os vândalos, mas, a com dois elementos. Junto, um carro pequeno,

V

com outros três jovens. A testemunha diz não se lembrar de mais nada, mas confessa que por trabalhar nas imediações, teme sofrer retaliações. Não quis revelar a marca dos veículos. A mesma testemunha, no entanto, foi taxativa ao afirmar que o problema poderia ser evitado se agentes da guarda municipal estivessem na praça dias antes. “Um grupo de jovens sempre parava o carro aí para ouvir som, beber, namorar. Se a guarda municipal tivesse dito que praça não é local de parar carro, o problema teria sido evitado”, disse a testemunha. A manobra feita na praça deixou marcas no local que virou o xodó da Cidade. O piso da praça, feito em paver, soltou e afundou, deixando triste o gerente geral da Secretaria de Planejamento Vanderlei Giachini. “Quando soube, deu até vontade de chorar. No dia da inauguração, cheguei a acordar às quatro horas da manhã para terminar os últimos detalhes. Aí, vai alguém e faz uma coisa destas. Não dá para entender”, disse Vanderlei. O próprio Vanderlei não consegue imaginar o que levou uma pessoa, também não identificada, a colocar sabão em pó nas fontes luminosas da praça. ➧


4

CIDADE

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 28 de janeiro a 3 de fevereiro de 2012

Chutar cesta de lixo é teste de força

RAUL MARQUES

“A programação do jogo de luz das fontes pode ser feita de várias maneiras. Programamos para sete formas diferentes. Em um dia, quando foi ligada, uma enorme bola de sabão se formou. Isso é o fim da picada. Não entendo como alguém faz isso”, disse Vanderlei Giachini.

Competições. Querendo ou não, à noite todos os gatos são pardos. Ou seja, na escuridão, é mais fácil vandalizar e se ocultar no breu. Há jovens que preferem usar a Praça Sérgio Alvim Mota como local de autoafirmação quando termina a luz do dia. Na noite de quarta-feira, 25, todos os jovens que estavam na praça evitaram falar com a reportagem, exceto um, de 16 anos, que concordou em explicar o que acontece ali. Os jovens realizam competições entre eles, cujo único prêmio é o maior respeito do grupo. As competições são regadas a cerveja e outras bebidas alcoólicas, em meio ao som alto dos carros estacionados em volta da praça. “Muitas vezes, o som não fica tão elevado para não chamar a atenção”, disse o jovem. Tal como ele, muitos dos que participam das competições são menores de idade, o que caracteriza mais um crime: uso de bebida alcoólica por menores de 18 anos. Primeiro, há uma espécie de teste de força e agilidade. Os jovens rodopiam no ar e têm que chutar, como em algumas lutas marciais, as cestas de lixo nas cores laranja instaladas na Praça. O objetivo é desprender a cesta. “É como se a cesta de lixo fosse alguém de outro grupo. Você, ao acertar a cesta, mostra agilidade. Ao derrubá-la, mostra força”, disse, contando, orgulhosamente, que já derrubou duas cestas em outras praças da Cidade. Nas paredes dos quiosques – as favoritas são as pintadas em cores claras – o objetivo é ver quem consegue levantar o pé mais alto, algo necessário para quem gosta de entrar em uma briga. Em síntese, o jovem corre e dá um pulo para acertar a parede com o pé. Ganha quem colocar o pé mais alto. Entre uma tentativa e outra, todos tomam cerveja ou energéticos com álcool. Enquanto o jovem falava com a reportagem, um outro grupo, também com menores, formava um círculo que tinha ao centro uma garrafa de vodka e uma cuia de chimarrão, possivelmente usada também como álibi. O vandalismo pode ser observado por quem passeia ao redor da Praça da Matriz. Perto do abrigo de ônibus, não importa a hora, há sempre garrafas de bebidas quebradas, com lixo fora da proteção plástica. Entre os quiosques, casais de namorados aprovei-

jaumat.const@hotmail.com

PROMOÇÃO ARGAMASSA, PORCELANATO INTERNA PRECON R$ 17,00 O SACO

``

O vandalismo é causado por um transtorno de personalidade, associado a baixos níveis cultural e intelectual e até a baixa autoestima.

tam a iluminação precária para namorar. O secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão da Cidade, Cândido Henrique Trilha, é um dos mais revoltados com o vandalismo nas praças da Cidade. “Parece que falta amor às pessoas pelo local que escolheram para morar e viver. O povo, além de desfrutar das praças, também precisa fiscalizar”, disse. Algumas praças que nem chegaram a ser inauguradas já sofrem nas mãos dos vândalos. Outras, mais antigas, sofrem sistematicamente nas mãos de quem as usa para outros fins, como a auto-afirmação.

Banheiro destruído. A Praça Aldo de Grandi, no Santa Cruz, é um exemplo de como se destrói um bem público de maneira inacreditável. No meio da praça, que conta com ponto de mototaxistas, há um banheiro sem telhas e sem portas. Pior ainda; sem latrina e pias. Há um buraco no chão e muita sujeira. Ao lado, a quadra de esportes tem um meio alambrado, repleto de buracos e, em alguns pontos, sequer tem arame. Do outro lado da Cidade, na recém inaugurada Praça Gerson Hoffmann, no Mimoso I, há até marcas de pneus de bicicletas sobre os bancos. As cestas de lixo já não têm mais tampa. Uma delas, na cor laranja, encontravase jogada no meio da quadra de futebol society, com lixo ao redor, na última terça-feira, 24. A cesta estava embaixo do banco destinado aos técnicos e reservas de um time ou à arbitragem. No fundo da quadra, no gol à direita de quem entra, há um grande buraco no alambrado, possivelmente feito com alicate. No chão,

``

Alexandre Rizkalla, Psiquiatra as grades onde são presas as bicicletas encontram-se, na maioria, amassadas. Em volta da praça, há material de ambulantes preso e amarrado ao poste de luz. Com corrente e cadeado. No campo, não estavam instaladas as balizes de futebol. Os aparelhos de ginástica permaneciam funcionando.

resolveram tirá-los antes que só ficasse “a casca” do quiosque. No chão de cimento da praça há sinais de que carros também trafegaram por ali. O cimento está rachado e a grama próxima amassada. Na área de brinquedos, um já foi destruído. Uma das diversas árvores plantadas foi arrancada. Em um dos cantos da praça, havia um poste que foi retirado do local. O alambrado da quadra poliesportiva está começando a apresentar sinais de destruição.

Transtorno. Segundo o psiquiatra Alexandre Rizkalla, “o vandalismo é causado por um transtorno de personalidade, associado a baixos níveis cultural e intelectual e até a baixa autoestima. Faltam limites para quem pratica atos de vandalismo. Pode ser uma forma do indivíduo se afirmar no grupo, mostrando que é mais corajoso”, disse. O psiquiatra explica que quando fala em questão cultural não quer dizer isoladamente a educação, o ensino, mas, sim uma abordagem ampla que envolva bagagem cultural. “E não é só um fenômeno aqui de Luís Eduardo Magalhães, não. Você olha na Internet, nas redes sociais, e vai ver que há jovens que se vangloriam de atos de vandalismo cometidos sem o menor propósito”, disse. Segundo Alexandre Rizkalla, só há uma forma de ajudar o vândalo: o tratamento, com medicamentos (psiquiatria) ou a prevenção (psicologia), conforme o caso. Perguntado se o ato de vandalizar vicia, Rizkalla respondeu afirmativamente. “Se isso torna-se algo compulsivo e feito por puro prazer, para o próprio prazer, para deliciar-se com o ato de destruir é algo muito grave e que necessita de tratamento. Pode levar até a um comportamento caracterizado como sociopatia, que é um grave transtorno de personalidade. Há o desprezo das obrigações sociais e falta empatia pelos outros”, disse. O psiquiatra não restringe os atos de vandalismo aos jovens e adolescentes. Os mais velhos, com dificuldades em amadurecer, também podem praticar atos de vandalismo.

Jardim das Acácias. A praça do Jardim das Acácias nem foi inaugurada, mas já há sinais de que vândalos andaram por ali. Logo de cara, observa-se que os quiosques foram Origem da palavra. A origem da palavra os primeiros a serem danificados por quem gosta de destruir compulsivamente. No pri- vândalo remonta ao século V. Vândalos formeiro quiosque, a peça de granito que servi- mavam uma tribo germânica que invadiu o Império Romano por volta do ria de balcão foi quebrada, sendo ano 450 e criou um estado na levada uma parte. Faltam tamregião norte da África, com sede bém alguns tijolos. na cidade de Cartago. Cartago No segundo quiosque, que era uma cidade fenícia localizada também teve as peças do balcão mais ou menos onde hoje fica danificadas, há três pichações, Túnis, a capital da Tunísia. uma em cada parede. Na primeiEstratégica, por estar à beira ra, estão pintadas as siglas do do mar Mediterrâneo, Cartago PCC (facção criminosa paulista) foi o ponto de partida da invasão e o símbolo do partido nazista. de Roma pelos vândalos. Os vânNa outra parede, estão pintadas dalos saquearam a cidade em as letras WC (Water Closet), 455 e destruíram muitas obras dando a entender que o local, primas. Vândalo é termo usado que seria destinado à instalação para qualificar quem destrói ou de uma venda de alimentos e VANDERLEI GIACHINI depreda bens públicos pelo bebidas, está sendo utilizado único prazer da destruição. O sigcom outros fins. No terceiro quiosque, o fato que mais chama nificado atual de vândalo como depredador a atenção é simplesmente a falta de tijolos na provem do adjetivo francês ‘vandalisme’, parte da frente, onde seria a bancada. Segundo cunhado em 1794 pelo bispo republicano funcionários que ainda trabalham na constru- Grégoire, que o usava para criticar os depre■ ção da praça, os tijolos foram esfarelados e eles dadores de tesouros religiosos.


Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 28 de janeiro a 3 de fevereiro de 2012

CIDADE

5

FOTOS DE RAUL MARQUES

NA PRAÇA do Jardim das Acácias, vândalos derrubaram toda a parede frontal do balcão, além das peças de granito; muda de árvore foi destruída e poste e balanço de brinquedo desapareceram. Na Praça Gerson Hoffmann, foi aber to buraco no aramado e os cestos de lixo ficaram sem as tampas.


6 CIDADE

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 28 de janeiro a 3 de fevereiro de 2012 FOTOS DE RAUL MARQUES

No meio da avenida, espaços verde e de lazer RAUL MARQUES Da Oeste Comunicação ão duas áreas coladas uma na outra. Ambas, em pleno canteiro central do final da Avenida Brasília. As duas somam quase 20 mil metros quadrados. Uma está sendo construída em parceria público privada com o empresário Hipólito Ferreira, do Posto Ale, que já investiu cerca de R$ 130 mil. Outra, é obra pura e simples de moradores e pode ser considerada um oásis em meio a Luís Eduardo Magalhães. Não há qualquer espaço em que o verde não prevaleça. Há árvores, nativas ou não, com flores na parte central. A área de lazer está sendo construída no final da Avenida ALICIDES DALCIN Brasília, entre as Ruas São Francisco e a Bom Jesus da Lapa, no Mimoso I, em Luís Eduardo Magalhães. Em fase final de construção, a área tem 10 mil metros quadrados. O secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão, Cândido Trilha, supervisionava a obra pessoalmente na última segundaVALDIR BRITES feira, 23, e dava os ajustes finais para manter em bom estado as ruas que circundam o espaço. Procurava uma máquina para arrumar a pista, que também sofreu com as conseqüências da forte chuva de domingo , 22, à noite. A área segue basicamente tudo o que foi pedido pelo povo quando da elaboração do Orçamento Participativo de 2010. Segundo explicou Trilha, a idéia foi aproveitar o canteiro central e fazer mais um espaço de lazer

S

ÁREA DE lazer no canteiro central da Avenida Brasília, no Mimoso I: parceria entre a Prefeitura e o Posto Ale, do empresário Hipólito Ferreira.

ÁREA VERDE, no último canteiro da Avenida Brasília, é mantida por moradores, que cuidam das árvores e das flores. para a população, com quadra de volibol, bancos, área livre, quiosques, cestas de lixo, banheiros e tudo mais. Enquanto o secretário falava com a reportagem, um garoto praticamente inaugurava a área, soltando uma pipa. A pista de caminhada está praticamente pronta e quem caminha no sentido da Rua Manuel Novaes tem como visual a área verde. Quem caminha na direção inversa, tem bela visão da Cidade. O que falta para a área de lazer ser entregue é a colocação da grade em volta da quadra, que está sendo providenciada pelo empresário Hipólito Ferreira, alguns acertos no piso e a construção de um poço artesiano, que atenderá tanto ao pessoal dos quiosques e da praça, quanto aos moradores que cuidam do canteiro vizinho, a área totalmente verde. Preocupação. O empresário Hipólito Ferreira disse que só tem uma preocupação: terminar a obra. Sente orgulho em fazer parte da construção do bem-estar da sociedade luiseduardense. Bastante discreto, diz preferir ficar afastado da imprensa. Em rápida conversa com Oeste Semanal e o secretário Trilha, quis saber como andava a praça, o que faltava para terminar e de que forma poderia acelerar o encerramento das obras, mantendo a qualidade. Quando soube da falta de cerca na quadra de volibol, quis saber, imediatamente, quem estava encarregado de comprar o material e de fazer a execução. Soube também de um

caminhão que teria subido na praça para colocar um poste ou outro material de grande peso e mandou fazer o reparo. Área verde. Os moradores do final da Avenida Brasília parecem não morar em Luís Eduardo Magalhães. Em frente de casa, têm uma área verde que, respeitada as devidas proporções, mais se parece com parques de grandes cidades. O mais interessante é que 90% dos moradores dali podem chamá-la de “meu jardim”. Afinal, são eles que cuidam do espaço, com direito a roçadeira e um verdadeiro jardim no Centro, algumas plantas florescendo em pleno Verão. O fazendeiro e agricultor Alcides José Dalcin é um dos mentores da área verde. “Isso aqui era uma capoeira. Até que resolvemos pegar o trator e começar a plantar”, disse, enquanto recolhia plantas nocivas às que são cultivadas pelos moradores. “Outro dia trouxe uma roçadeira para cá. Deu tudo certo. Cada um aqui faz um pouquinho”, disse, embora tenha deixado transparecer que nem todos colaboram. A plantação é tão intensa que em pleno sol do meio dia a área interna do “pequeno bosque” fica totalmemnte na sombra. “Aqui tem plantas nativas e de outros lugares”, disse, mostrando pinheirinhos, espadódeas – todas bastante floridas -, falsos chorões (aroeiras), patas de vaca e até coqueirinhos. Outro morador, o aposentado Valdir Brites disse que o zelo dos moradores é tal que eles

chamam a polícia imediatamente a qualquer sinal de vandalismo no local. “Tem gente que não tem o menor amor pela Cidade. Vê uma área assim e quer jogar lixo. A gente vê e não deixa. Se insistir, vai virar caso de polícia”, disse. Segundo Brites, os moradores pagaram R$ 200 por semana para um jardineiro tomar conta do local e dar os retoques. Orgulhoso da área cultivada por ele, por seus vizinhos e até mesmo por empresas que os apóiam, Brites entende que as pessoas deviam fazer igual. “Se todo mundo adotasse o canteiro central de avenida, como fez aquele supersmercado (Hiper Santo Antônio), lá na avenida JK, ou a gente aqui, Luís Eduardo seria uma cidade muito mais bonita”, disse. ■ Na próxima edição, a praça que a Atual Engenharia constrói no Mimoso II


Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 28 de janeiro a 3 de fevereiro de 2012

CIDADE

7

FOTOS DE RAUL MARQUES

PARTE DO armazém de mistura da Bunge Fertilizantes foi destruída.

BARRACAS de camelôs foram ao chão no Centro da Cidade.

Ventania foi causada por vórtice ciclônico

Alvim Motta caiu e uma lixeira chegou a ser arrancada e levada pelo vento. Na banca de jornal, o toldo que a protege também não resistiu. Uma senhora quase foi atingida por uma espécie de vaso de plástico que voava na região. No trevo da BR 020 com a 242, um outdoor caiu no chão, com a barra de metal que o segurava entortando com a força do vento. Segundo populares, o vento chegou com força total, junto com a chuva. Houve locais na cidade em que choveu granizo, segundo moradores. Na Rua Paraná, quase em frente ao Bradesco, teria caído uma antena de Internet na rua. Mesmo os porteiros dos prédios, não confirmando a história, pedaços de metal estavam sob a pista da rua. Na Rua perpendicular, a José Cardoso de Lima, estavam no chão, absolutamente arrui-

RAUL MARQUES Da Oeste Comunicação formação de um vórtice ciclônico – espécie de barreira de ar seco formada em altos níveis da atmosfera e que impede o avanço de frentes frias - causou a forte ventania ocorrida no Centro da Cidade no último domingo, 22. A ventania (caracterizada por ventos entre 62 e 88 quilômetros por hora) causou estragos na Bunge Fertilizantes, derrubando parte do armazém de mistura, em outdoors, placas de obras e barracas de ambulantes e até em antenas parabólicas ou de telefonia celular. O prédio onde funciona o Centro Administrativo da Prefeitura também foi atingido, necessitando de reparos e limpezam feita por meio de um mutirão de funcionários e até secretários municipais. A ventania foi mais acentuada por volta das 18h30 e chegou a interromper a missa na Praça da Matriz que era celebrada pelo padre Jocleilson Sebastião da Silva, que vai assumir a Paróquia de Santa Rita de Cássia, no Jardim das Acácias, no próximo dia 4 de fevereiro. Padre Jocleilson, recém chegado à Cidade, nasceu em 3 de novembro de 1983 e foi ordenado padre há menos de três meses, em 26 de novembro de 2011. O fenômeno só foi sentido no Centro da Cidade e imediações. “Nos aparelhos de medição instalados em Luís Eduardo Magalhães foram constatados apenas ventos de até 34,5 km por hora, o que não caracteriza ventania, mas no Centro os ventos podem ter chegado a até 88 km por hora em função dos problemas que provocaram”, disse a meteorologista Olívia Nunes, da Somar Meteorologia. Segundo a tabela Beaufort (abaixo), os ventos entre 75 e 88 quilômetros por hora podem causar danos aos outdoors e construções. A seu ver, a diferença de pressão atmosféri-

A

ca entre a parte alta e a baixa, ou a de umidade, provocou a rajada de vento localizada que causou a derrubada de vários outdoors e das placas. “Esta rajada é como se fosse um sopro em uma folha de papel, de cima para baixo, com bastante força. Com a ventania não foi generalizada, os aparelhos, que não ficam no Centro, não a registraram. Este vento é o acerto entre duas pressões atmosféricas bem distintas, entre dois ARQUIVO PESSOAL níveis de umidade”, disse, esclarecendo que esta rajada pode provocar chuva forte, o que de fato aconteceu naquele domingo, na região central da Cidade. “É como se a borda do vento deste vórtice se chocasse com a pressão de baixo e gerasse a ventania repentina. FABIANO TEIXEIRA MARA AGNÓLIA OLÍVIA NUNES Este fenômeno não é isolado”, disse. nadas, duas barracas de ambulantes que ali Estragos. A ventania começou por volta trabalham. Fabiano Souza Teixeira e Mara das 18h15 e já podia ser percebida neste horá- Agnólia de Souza estavam arrasados com o rio pelos assinantes da Sky, do SPORTV, ou que aconteceu. “Temos que começar de da Embratel que viam televisão por satélite. novo”, disseram. Na terça-feira, depois de um Não houve sinal por vários minutos. A venta- mutirão que contou com a participação de nia tomou corpo por volta das 18h30, quando amigos, o casal de ambulantes já estava pronfaltou luz na Praça da Matriz, e o padre to para voltar a trabalhar. Jocleilson resolveu levar a missa à frente até Na Bunge Fertilizantes, talvez a mais atinpor razões de segurança. gida pela ventania, os estragos permaneciam “O Padre não podia deixar o pessoal sair sem qualquer sinal de recuperação. Segundo naquela situação, de vento e chuva forte. Foi informações de dois funcionários que lá estiuma missa linda, em que todos participaram veram na segunda-feira, para verificar os e tudo terminou bem”, disse uma pessoa que danos, a empresa encontra-se em férias coleesteve presente na missa. tivas até fevereiro. Os dois avisaram a Central Fora da igreja, a placa da obra da Praça Sérgio e esperam providências.

ESCALA BEAUFORT DE VELOCIDADE DOS VENTOS Grau Designação

m/s

km/h

nós

Aspecto do mar

Efeitos em terra

0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12

<0,3 0,3 a 1,5 1,6 a 3,3 3,4 a 5,4 5,5 a 7,9 8 a 10,7 10,8 a 13,8 13,9 a 17,1 17,2 a 20,7 20,8 a 24,4 24,5 a 28,4 28,5 a 32,6 >32,7

<1 1a5 6 a 11 12 a 19 20 a 28 29 a 38 39 a 49 50 a 61 62 a 74 75 a 88 89 a 102 103 a 117 >118

<1 1a3 4a6 7 a 10 11 a 16 17 a 21 22 a 27 28 a 33 34 a 40 41 a 47 48 a 55 56 a 63 >64

Espelhado Pequenas rugas na superfície do mar Ligeira ondulação sem rebentação Ondulação até 60 cm, com alguns carneiros Ondulação até 1 m, carneiros frequentes Ondulação até 2.5 m, com cristas e muitos carneiros Ondas grandes até 3.5 m; borrifos Mar revolto até 4.5 m com espuma e borrifos Mar revolto até 5 m com rebentação e faixas de espuma Mar revolto até 7 m; visibilidade precária Mar revolto até 9 m; superfície do mar branca Mar revolto até 11 m; pequenos navios sobem nas vagas Mar todo de espuma, com até 14 m; visibilidade nula

Fumaça sobe na vertical Fumaça indica direcção do vento As folhas das árvores movem; os moinhos começam a trabalhar As folhas agitam-se e as bandeiras desfraldam ao vento Poeira e pequenos papéis levantados; movem-se os galhos das árvores Movimentação de grandes galhos e árvores pequenas Movem-se árvores; dificuldade em manter guarda chuva aberto; assobio Movem-se as árvores grandes; dificuldade em andar contra o vento Quebram-se galhos de árvores; dificuldade em andar contra o vento Danos em árvores e construções; impossível andar contra o vento Árvores arrancadas; danos estruturais em construções Estragos generalizados em construções Estragos graves e generalizados em construções

Calmo Aragem Brisa leve Brisa fraca Brisa moderada Brisa forte Vento fresco Vento forte Ventania Ventania forte Tempestade Tempestade violenta Furacão

Fonte: Wikipedia.org

Mais chuvas. As previsões não são boas para os próximos dias em Luís Eduardo Magalhães, levando-se em conta a pressão atmosférica e a umidade do ar. Segundo a meteorologista Olívia Nunes, uma nova frente fria está vindo do Sul para o Oeste da Bahia neste final de semana. Na direção contrária, está chegando uma massa de ar úmido da Amazônia, o que deixa a região suscetível à ocorrência de novos episódios de vórtice ciclônico, com o ar quente do vórtice chocando-se com a massa de ar úmido e a frente fria, gerando chuvas e mais ventos. A previsão é de que chova com força até a terça-feira, quando está prevista precipitação de até 53 mm, aumentando as chances de a ventania se repetir, disse a meteorologista. ■


8

CIDADE

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 28 de janeiro a 3 de fevereiro de 2012

Olhos que agora veem mais

FOTOS DE RAUL MARQUES

Prefeito entrega 239 óculos do programa Saúde em Movimento RAUL MARQUES Da Oeste Comunicação

O

Programa “Saúde em Movimento” voltou a Luís Eduardo Magalhães. Desta feita, na manhã de sábado, dia 21, quando foram entregues pessoalmente pelo prefeito Humberto Santa Cruz e pela secretária de Saúde do município, Maira de Andrada Santa Cruz, 239 óculos às pessoas atendidas por médicos, em setembro do ano passado. A entrega aconteceu no Centro de Convivência da Terceira Idade (Promati). Pouco antes do horário marcado, às 9 horas, pessoas que iam receber seus óculos lotavam as dependências do Centro, conversando animadamente enquanto aguardavam a chegada do prefeito. Uma delas era a dona de casa Maria Alda dos Anjos Silva, que agradecia a Deus a oportunidade de enxergar melhor seus dois filhos e netos. “Eu via tudo escuro. Agora vou poder enxergar melhor e mais claro”, disse. Enquanto as pessoas aguardavam o começo da distribuição, funcionários da Prefeitura arrumavam os óculos de acordo com a ordem de chegada dos beneficiados. Na parte do cerimonial, uma novidade. Claudia Matiassi substituiria o locutor oficial Américo Soares Júnior, que pediu para voltar a dar aulas por razões de foro íntimo. Claudia não demonstrava nervosismo, mas estava bem ansiosa com sua estreia à frente de um evento. Mesmo assim, quando comandou o cerimonial manteve as rédeas do evento com tranquilidade. “Estava muito ansiosa e isso deve ter me atrapalhado um pouco”, disse. Maria Miguel dos Santos também esperava com ansiedade a hora de receber o óculos das mãos do prefeito, em nome do Programa Saúde em Movimento. “Eu fiz o exame e foi constatada uma grave miopia. Aguardo muito pela oportunidade de enxergar novamente com clareza”, disse, sempre sorridente.

Mutirão. O programa Saúde em Movimento, desenvolvido em parceria entre as secretarias de Saúde do município e do estado, beneficiou diretamente mais de três mil pessoas com consultas e cirurgias oftalmológicas. Foram realizadas aproximadamente 1.400 cirurgias, fora os exames.

GILZA SOUZA foi a primeira a receber óculos do prefeito Humberto Santa Cruz; à esquerda, a secretária Maira de Andrada Santa Cruz

MARIA ALDA

SILAVANI DOS SANTOS

Segundo informações de médicos que participaram do programa, caso o problema pudesse ser reparado com a lente que foi inserida nos olhos com a cirurgia de catarata, isso era feito. As pessoas que apresentaram outro tipo de problema, ou problemas de visão associados à catarata, também receberam óculos do Programa. Este era o caso de Silvani dos Santos Santana. Ela tem glaucoma e sofre com a diabetes. “Pegar este óculos é muito importante para mim”, disse. Cercada de familiares à espera do óculos, Claudenyra Delgado Santana era outra que não escondia a felicidade. Entre os que estavam prontos para receber os óculos, um dos mais animados era o faz tudo, como ele mesmo se denomina, José Aldo dos Santos. “Fiz os exames e deu que havia problema. Estou aqui para resolver isso”, disse José Aldo, que já rodou o Brasil

JOSÉ ALVES DA SILVA

JOSÉ ALVES BARBOSA

para trabalhar na agricultura em São Paulo, Ceará, Rio de Janeiro, Pernambuco e agora na Bahia. José Alves Barbosa, funcionário da Agronol, contou que não precisou operar a catarata, mas aquele momento era o mais esperado desde que foi ao Saúde em Movimento.

Entrega dos óculos. Antes do prefeito começar a entregar os óculos, o vereador e secretário de Segurança, Ordem Pública e Trânsito, Éder Fior, de volta à vida política, pelo jeito, fez um discurso inflamado elogiando o chefe. Também esteve presente a secretária de Educação, Madalene Mariussi. A secretária de Saúde, Maira de Andrada Santa Cruz, lembrou que aquele momento da entrega dos óculos era o “início da coroação do sucesso que foi o Programa Saúde em

CLAUDIA MATIASSI

Movimento para a Cidade”. O prefeito Humberto Santa Cruz aproveitou para lembrar alguns feitos de seu governo, entre os quais a obtenção de R$ 50 milhões para a construção de 1 mil casas populares em terreno ao lado do Jardim das Oliveiras, com verba federal do programa Minha Casa, Minha Vida 2. O prefeito informou, ainda, que vai gastar mais de R$ 4 milhões em creches populares, incluindo a reforma da Creche Pequeno Príncipe, no Santa Cruz, interditada pelas suas péssimas condições estruturais – o prédio ameaça desabar. “Cansei de esperar a manifestação do Governo do Estado e resolvi injetar dinheiro do município ali para recuperar a creche”, disse Humberto Santa Cruz. A primeira a receber os óculos, todos entregues um a um pelo prefeito, foi Gilza Souza, moradora do Jardim das Acácias. ■


Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 28 de janeiro a 3 de fevereiro de 2012

CIDADE

9

FOTOS DE RAUL MARQUES

PILARES com menos de um palmo, que estão se desfazendo, “sustentam” supervigas sob o teto do prédio da Creche Pequeno Príncipe, construída pelo Governo do Estado no Santa Cruz.

Prefeitura pretende salvar creche interditada DA REDAÇ‹O bairro Santa Cruz poderá ter de volta a Creche Pequeno Príncipe, para o prédio da esquina das ruas Itabuna com Juazeiro. O prédio foi interditado há 18 meses por apresentar problemas estruturais e rachaduras. São 675 metros quadrados de área construída. O prefeito Humberto Santa Cruz visitou o prédio interditado e encomendou estudo técnico com vistas a recuperá-lo. 

O

O prefeito, que é engenheiro civil, disse, após análise visual, que reforço nos pilares de sustentação e correção das rachaduras resolverão o problema. O prédio, construído pelo Governo do Estado, é uma aberração da construção civil. Os pilares têm espessura que varia de 15x15 centímetros a 21x15 centímetros. Já as vigas sob o telhado chegam a ter 20x80 centímetros. O erro é tão absurdo que só pode ser explicado com outro absurdo: os construtores trocaram as medidas das vigas pela dos pilares.

Não bastasse essa barbaridade, em um dos pilares externos, a pouca ferragem está aparente. Consegue-se tirar partes do concreto com as mãos. O que deveria ser reforço da estrutura tornou-se remendo malfeito. Pilares receberam reforço de chapas em U, nos dois lados da

parede, mas o autor da obra se esqueceu de ligar as peças por meio de parafusos ou treliça. Com a interdição do prédio, a Prefeitura foi obrigada a alugar imóvel em outro local, para que a cheche continuasse funcionando. Proprietário do imóvel, o Estado não se mexeu. ■


Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 28 de janeiro a 3 de fevereiro de 2012

11

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 28 de janeiro a 3 de fevereiro de 2012

6.000 EXEMPLARES É a tiragem de Oeste Semanal. O cadastro do IPTU tem 10.427 endereços da Cidade e o jornal chega a mais da metade deles. Por isso, é a melhor Oeste mídia para seu anúncio. M E S

TA

L A AN IS

D

ADE

AC I

10

E M REV

O jornal que a Cidade vê e lê


12

CIDADE

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 28 de janeiro a 3 de fevereiro de 2012 FOTOS DE RAUL MARQUES

CERCA DE 130 pessoas disputaram as senhas distribuídas para a compra de lotes no Jardim Sol Nascente. As vendas eram realizadas em três mesas no estande de vendas da Bella Vista

Fila para o Sol Nascente DA REDAÇ‹O oi uma tarde-noite de vendas, muitas vendas. Foi lançado, nesta sexta-feira, 27, o Loteamento Jardim do Sol Nascente, da Bella Vista Imóveis, no estande de vendas montado pela empresa na Avenida JK, Jardim Imperial. Cerca de 130 pessoas disputaram as senhas para o atendimento, que era feito na parte interna do estande. Houve até discussão entre dois compradores que escolheram, nas plantas que ficavam nas mãos dos corretores do lado de fora do prédio, os mesmos lotes. Enquanto as pessoas esperavam sua senha ser chamada, tarefa que ficou a cargo do corretor Valdir Belchior, do lado esquerdo do estande eram oferecidos salgadinhos e refrigerantes. O público era bem variado, entre funcionários públicos, professores, advogados, empreendedores, comerciantes e médicos. Uma das causas da boa procura foi a promoção feita pela Bella Vista, de oferecer des-

F

contos no pagamento à vista. Nos lotes de 250 metros quadrados, um dos mais procurados, o desconto foi de R$ 3 mil. O lote de R$ 42,250 mil saia por R$ 39,250 mil. A procura surpreendeu até o sócio-gerente da Bella Vista Imóveis, Marçal Tsukamoto. “Diante da procura, que chegou a me surpreender, limitamos a venda a dois lotes por CPF”, disse, enquanto explicava a uma pes-

soa interessada em adquirir um lote comercial que a empresa só vendia lotes na área comercial mediante a apresentação do projeto. “Nós queremos manter uma padrão neste bairro, neste loteamento”, disse. Outro sócio da Bella Vista, Lincoln Murata, também estava enpolgado com o sucesso do lançamento. O empreendimento tem 467 lotes, sendo 260 para residências e 207 para empresas, e características tidas como inovadoras. A ideia dos empreendedores é criar um loteamento no qual a convivência entre empresas e moradores seja pacífica e de acordo com as regras de respeito ao meio ambiente. “Não será permitida a instalação de qualquer empresa que provoque dano ao meio ambiente, ainda que seja com a utilização de produtos químicos. Também não será permitida a instalação de empresas barulhentas, que venham a reduzir a qualidade de vida dos moradores”, disse Marçal.

NO LANÇAMENTO, o engenheiro Rogério Buzanello, o construtor José Miguel de Morais, o empresário Lincoln Murata, o secretário municipal Cândido Trilha, o engenheiro Maurício D’Agostini e o arquiteto Fábio Marcacini

AGENDA Nova pizzaria A Pizzaria La Mamma abre suas portas para o público na quinta-feira, 2 de fevereiro, a partir das 16h, com 47 opções de pizzas doces e salgadas, além de sanduíches, lanches naturais, doces, porções, caldos, carnes, buffet de frios e uma diversificada carta de vinhos. Localizada na rua Paraná, 155, Centro, em frente à Praça da Igreja Matriz , a nova pizzaria funcionará todos os dias, das das 16h à 1h. A La Mamma terá capacidade para 64 pessoas na parte interna e outras 76 na área externa e será administrada pelos sócios-proprietários Valda Santana, Ana Santana e Auro Furtado. Mais informações pelo telefone (77) 3628-9617

Projeto de reciclagem O Projeto Recicla Santa Cruz será lançado neste sábado, 28, às 10 h, na feira livre do bairro. A iniciativa consiste da troca de materiais recicláveis por verduras e frutas. O morador leva o material na Associação da Feira e recebe vales, que podem ser trocados por verduras e frutas nas bancas da feira livre. A Associação venderá o material reciclado e com o dinheiro irá pagar os feirantes que tiverem os vales.

Promoção da CCAA A CCAA lançou a promoção “CCAA pelo mundo”, válida até o dia 31 de março. Trata-se de um concurso cujos prêmios são um curso de inglês em unidade

CCAA nos Estados Unidos ou Inglaterra , ou um curso de espanhol na Espanha ou México. São 20 dias de estudos, 10 de entretenimento e US$ 2 mil para gastar como quiser, com direito a acompanhante. Também serão sorteados 20 kits Apple com iPad, iPhone e iPod. Para concorrer, os interessados devem fazer uma aula demonstrativa ou um teste de nivelamento, ou se matricular ou rematricular em unidade do CCA.

Festa na Bela Vista No dia 5 de fevereiro será realizada a festa da Igreja Nossa Senhora dos Navegantes, na Comunidade Bela Vista. Às 10h, haverá missa seguida por carreata e bênção dos carros; às 11h, inscrições e início dos torneios de futebol, bolão e bocha; às 12h, almoço com churrasco; às 14h, jogos e diversões. O evento terá a animação de Toninho Gaúcho. Mais informações pelo telefone (77) 9971-6315.

Guardas Municipais Será realizado no dia 2 de março, das 8h às 18h, no auditório do Fórum de Luís Eduardo Magalhães, o I Seminário Regional de Segurança Pública Municipal com o tema “Violência Requer Prevenção e a Guarda Municipal é a Solução”. O evento terá as palestras de Maurício Domingues da Silva, líder das Guardas Municipais do Brasil e do advogado Bismael Batista de Moraes, mestre em direito constitucional. Uma hora antes do início do evento, será realizada a marcha azul marinho pelas principais ruas do Centro, com a participação dos guardas municipais da Cidade. Mais infor-

O loteamento fica em área próxima ao que é considerado o futuro Centro de Luís Eduardo Magalhães, entre as Ruas São Francisco e a Avenida Kichiro Murata. O local fica entre o Jardim Imperial e o Mimoso I, com acesso ao Centro e à BR 020/242. Os lotes oferecidos têm entre 250 metros quadrados, para residências, e 1 mil metros quadrados, indicados para empresa de grande porte.

A empresa financia. Um lote de R$ 53,7 mil, com 300 metros quadrados, pode ser financiado em 12 vezes de R$ 3.902,20, com 20% de entrada; em 24 vezes de R$ 2.038,90; em 36 prestações iguais de R$ 1.421,31; em 48 prestações de R$ 1.115,33; e em 60 prestações de R$ 934,14. Um dos atrativos do loteamento elogiado por todos que estavam no lançamento era o fato de o empreendimento ter grande área verde – com espécies nativas - , infraestrutura, praças equipadas com brinquedos, ciclovia e uma pista de caminhada que o circunda. Um dos destaques nestas áreas de lazer é a chamada acessibilidade. As ruas foram traçadas pelo arquiteto projetista de modo a evitar os chamados cruzamentos perigosos na parte onde há mais residências. A equipe que participou da criação do Jardim Sol Nascente estava toda presente. Era formada pelo engenheiro Rogério Buzanello, o construtor José Miguel de Morais (JMM Construções), o engenheiro civil Maurício D´Agostini e o arquiteto e urbanista Fabio Silva Marcacini. ■

Informações para esta seção: oestesemanal@diariodooeste.com.br

mações pelos telefones (77) 9981-7660 e 9146-2885.

Show de reggae A banda Maskavo se apresenta no Quatro Estações Avenida, no dia 14 de abril, a partir das 22h. Durante o evento também irão se apresentar o Dj Marciano Cristo e a dupla Léo e Lian. Mais informações pelo telefone (77) 3639-0399 ou 9993-9299.

Lembretes Prossegue até o dia 31 de janeiro o pré-agendamento para as consultas ao III Mutirão Pela Vida Contra o Câncer de Pele e Hanseníase, que será realizado no dia 11 de fevereiro. Para marcar horário, o interessado deve ir à unidade de saúde mais próxima de sua casa. ● No próxino sábado, 4 de fevereiro, acontece o evento Esquenta para o Carnaval, com a dupla Denis & Dennyel e apresentação de Toinho & Cia. Mais informações pelo telefone (77) 3628.0054 ● A Associação Comercial e Empresarial de Luís Eduardo Magalhães (Acelem) confirmou para 25 de fevereiro o segundo sorteio do carro O km da campanha Natal Show de Prêmios. Os cupons podem ser trocados nas compras rea-lizadas nas lojas participantes da campanha. O evento será na praça Sérgio Alvim Mota (praça da Matriz), a partir das 20h. ● Neste sábado, 28, acontece a última edição do

Circuito de Verão 2012 com shows da banda Cangaia de Jegue e da dupla João Pedro & Júnior. As apresentações começam às 22h30. No Quatro Estações Avenida, na rua Juscelino Kubitschek, 3706. Mais informações pelo telefone (77) 3628-6866. ● No dia 28, a Original Mídia Ponto Com apresenta o Clube das Mulheres com o grupo Gogo Boys, de Brasília, a banda BA 020 e com o DJ Marciano Cristo. No Estação Gê, a partir das 22h. Mais informações pelos telefones (77) 9911-9817 e 9120-9715. ● No dia 4 de fevereiro acontece o Folia Verão, ao lado da Feira do Santa Cruz, a partir das 22h. A animação será das bandas Oxenti Bahia e Oz Bambaz e do Bloco Kanguroo. O primeiro lote de abadás é vendido a R$ 30,00. Mais informações pelos telefones (77) 36286162 e 9996-7297. ● O Trono do Vaqueiro é o evento a ser rea-lizado no dia 9 de fevereiro, a partir das 22h, ao lado da Feira do Santa Cruz. A animação será da banda 100 Parea. Os ingressos antecipados serão trocados por dois quilos de alimentos. O posto de troca é na Concessionária Chineray. Mais informações pelos telefones (77) 36286162 e 9996-7297. ● O Sindicato dos Servidores Públicos de Luís Eduardo Magalhães convoca os sócios efetivos para assembléia geral no dia 25 de fevereiro, na sede da entidade, na rua Pernambuco, 55, setor E, Centro. A partir das 9h, eleições para diretoria e Conselho Fiscal. Às 12h, apuração dos votos e posse dos eleitos.


Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 28 de janeiro a 3 de fevereiro de 2012

CIDADE

13

FOTOS DE RAUL MARQUES

ÁREA ESCOLHIDA para a instalação da Cidade do Automóvel pretence à Solyda Construtora e Incorporadora, braço do setor imobiliário da Kobra Agrícola

Cidade do Automóvel já tem área Revendedoras ganham lotes à margem da BR 020/242, em frente ao Tropical Ville DA REDAÇ‹O s revendedores de veículos de Luís Eduardo Magalhães já podem comemorar. O local onde ficará a Cidade do Automóvel foi definido. Trata-se de uma área de 35 hectares, na margem da BR 020/242, em frente ao loteamento Tropical Ville, no sentido Barreiras. O espaço foi cedido pela Solyda Construtora, que será parceira no projeto. A definição do local onde ficará a Cidade do Automóvel aconteceu na última terça-feira, em reunião no Centro Administrativo, com a participação do Prefeito Humberto Santa Cruz; do presidente da Associação dos Revendedores de Veículos de Luís Eduardo Magalhães (Associauto), Francisco Pereira Neto; e do presidente da Associação Comercial e Empresarial de Luís Eduardo Magalhães (Acelem), Carlinhos Pierozan. A Cidade do Automóvel concentrará revendedoras de carros usados, empresas de peças e acessórios, despachantes e até, segundo o presidente da Associauto, Francisco Pereira, uma divisão da Regional de Trânsito (Retran). “Esta regional (Retran) facilitará o processo de venda e toda a documentação do automóvel”, disse. “São mais de 500 pessoas que trabalham no setor, em 16 diferentes empesas”, informou. O prefeito Humberto Santa Cruz deixou claro que não teve qualquer participação na decisão,tomada única e exclusivamente pelos representantes dos lojistas e revendedores. “A Prefeitura só participará na questão de ordenamento municipal. Não tivemos qualquer influência na decisão dos revendedores e da Acelem”, disse Humberto Santa Cruz, comemorando o fato de a Cidade abrigar a primeira Cidade do Automóvel do Oeste da Bahia.

O

Nascimento da ideia. A criação da Cidade do Automóvel ficou decidida em audiência pública municipal, realizada na sala do Tribunal do Júri, no Fórum da Cidade, em setembro do ano passado. Na ocasião, ficou

acertado que o grupo de revendedores de carros usados decidiria o terreno que receberia as instalações da Cidade do Automóvel. Uma das grandes vitórias da Cidade, segundo os participantes da reunião da última terçafeira, é o fato de a área oferecida pela Solyda Construtora possibilitar a desocupação das calçadas, já CARLINHOS Pierozan, Francisco Pereira Neto, Humberto Santa Cruz e Uendel Hilldebrand, da Solyda que boa parte das empresas Terreno. O diretor-executivo da Solyda como o loteamento Campos Belos e o conusa o passeio público para exibir os carros à venda. O próprio presidente da Associauto Construtora e Incorporadora Ltda, Uendel junto Campos Belos, com 200 casas, em Roda entende que vários segmentos da sociedade Hildebrand, disse que a doação de 20 lotes Velha, no município de São Desidério; os saem ganhando com a criação da área para o para os primeiros a se instalarem na área é loteamentos Alto dos Cerrados e Campos um bom negócio para todos, inclusive para o Elíseos, em Luís Eduardo Magalhães, com setor de veículos. Segundo Francisco Pereira, três áreas dis- loteamento da empresa, braço da Kobra 1.400 lotes no total, com previsão de lançaputavam a localização: a primeira na saída Agrícola. “Estamos muito orgulhosos de ter- mento em março próximo; e o conjunto para Brasília; a segunda na entrada da mos nossa área escolhida. Vai valorizar o Cidade Alta, também em Luis Eduardo Cidade, perto do Jardim das Oliveiras, em empreendimento, aumentará a possibilidade Magalhães, que terá 500 casas de 70 a 120 frente ao Tropical Ville, que foi a vencedora; de bons negócios para quem se instalar nas metros quadrados. e a terceira na saída para Tocantins. Segundo proximidades da Cidade do Automóvel e A empresa gera cerca de 150 empregos informações de revendedores de carros, aumentará o desenvolvimento da Cidade, diretos e pretende expandir seu quadro havia uma outra área, um pouco mais afasta- que cresce naquela direção da BR. É só olhar para 400 funcionários. Segundo informou da das BRs que estaria na disputa, que seria os loteamentos e os projetos que estão Uendel Hilldebrand, a Solyda pretende próxima à Avenida JK. “Esta área não tem seguindo para a criação de novos bairros, criar um centro de formação de profissiomuita visibilidade”, disse o revendedor que como o próprio Tropical Ville”, disse Uendel. nais no setor da construção civil para a A empresa que cedeu o terreno para o Região Oeste da Bahia. preferiu se manter no anonimato. No seu ■ entendimento, as áreas próximas às rodo- grupo de revendedores de automóveis tem vias tinham mais chance e a escolhida está origem holandesa. Foi criada no Brasil em no trecho da BR 020/242 que tem mais 2007 e atua nos mercados de loteamentos movimentação, o que liga Barreiras a Luís urbanos e construcão de casas. Segundo informou o diretor-executivo da Solyda, os Eduardo Magalhães. Francisco Pereira Neto foi um dos que pré-projetos são concebidos por uma equipe Salas comerciais, no mais comemoraram a escolha da área, já que de arquitetos e engenheiros na Holanda e são trabalha no projeto há mais de dois anos. adaptados por profissionais locais às condiJardim Paraíso, próximo “Estava na hora de a Cidade do Atomóvel sair ções brasileiras. “A Solyda concentra hoje ao colégio CMO, no do papel e virar realidade. É importante para suas atividades na região Oeste da Bahia. as empresas que vendem carros e é impor- Temos planos de expansão, no curto prazo, prédio do Grupo IOWA. tante para a Cidade”, disse. Ele espera que a para os estados do Tocantins, Pernambuco, Cidade do Automóvel torne-se referência Goiás e outras regiões da Bahia”, disse. Além da Cidade do Automóvel, a Solyda para os projetos parecidos que venham a sur☎ 3628 2751 / 9115 3862 tem outros empreendimentos na região gir na Bahia ou na região.

ALUGAM-SE


14

C I D A D E / E S TA D O

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 28 de janeiro a 3 de fevereiro de 2012 LUCIANO DEMETRIUS

Lançada a pedra fundamental da Casa de Passagem DA REDAÇ‹O om a presença do juiz de Direito Pedro Rogério Castro Godinho e do promotor público André Bandeira de Melo, o prefeito Humberto Santa Cruz e a presidente da Associação dos Moradores do Aracruz (AMA), Maria Zelinda de Souza, lançaram na quarta-feira, 25, a pedra fundamental da construção da Casa de Passagem da Criança e do Adolescente José Vicente da Silva, nos fundos da feira livre do bairro Santa Cruz, na esquina das ruas Cecília Meireles e Irará. O local tem 930 metros quadrados e poderá abrigar 40 internos. A entrega será em junho e o custo da obra está estimado em R$ 300 mil. O nome da Casa de Passagem é uma homenagem ao ex-conselheiro tutelar José Vicente da Silva, falecido em outubro de 2011. “Era o sonho dele construir um espaço

C

O PREFEITO Humberto Santa Cruz, o promotor André Queiroz, o juiz Pedro Godinho e a presidente da AMA, Maria Zelinda. para abrigar crianças e adolescentes da Cidade que precisavam de recuperação e ressocialização”, disse Maria Zelinda. Com a criação da Casa de Passagem, a Justiça não precisará mais liberar menores infratores devido à falta de um local adequado para recolhê-los. Atualmente, existe um local provisório em Luís Eduardo Magalhães para abrigar meno-

Jornalista e vereador trocam insultos DA REDAÇ‹O O jornalista Carlos Alberto Sampaio, do blog e do jornal O Expresso, e o vereador Sidnei Giachini (PP) quase foram às vias de fato, na quinta-feira, por volta do meio dia, na porta da Prefeitura, em Luís Eduardo Magalhães. Segundo o jorna- CARLOS SAMPAIO lista, o desentendimento, que quase terminou em briga, começou em razão de ofensas pessoais proferidas pelo vereador. “Há mais de 10 testemunhas que viram o que ocorreu. Não tenho sangue de barata para ouvir o que o vereador falou”, disse Carlos Alberto Sampaio. Por sua vez, o vereador Sidnei Giachini disse que a discussão foi fruto de uma mágoa que o jornalista tem da Câmara de Vereadores por ele ter recebido uma moção de repúdio em função das seguidas “críticas e ofensas pessoais que vêm sendo feitas aos vereadores”. “Todos os nove integrantes da casa assinaram a moção”, disse Giachini.

Versão do vereador. Sidnei Giachini disse que ao sair da Prefeitura, na quinta-feira, 26, por volta do meio-dia, encontrou-se com o jornalista, que estava em um carro. “Eu, então, brinquei com ele dizendo para ele parar de publicar aquelas porcarias em seu blog”, disse. “Ele (Sampaio) me apontou o dedo e disse para eu não o ameaçar. Eu não sou homem de ameaçar ninguém”, disse. O vereador contou que eles chegaram a trocar ofensas até que o jornalista tirou o óculos e saiu do carro, dando a entender que

ARQUIVO PESSOAL

ARQUIVO/RAUL MARQUES

SIDNEI GIACHINI queria brigar. “Eu, então, tirei o meu óculos e fiquei encarando-o. Foi a filha do jornalista que evitou o confronto físico, mas não houve agressão. Só troca de insultos”, disse.

Versão do jornalista. O jornalista Carlos Alberto Sampaio publicou sua versão em seu blog, poucos minutos após a confusão. “O vereador tentou agredir fisicamente este Editor, agora em torno de 12h15m, em frente ao prédio do Centro Administrativo. Enfurecido, proferiu, na oportunidade, em altos brados, palavras de baixo calão, numa demonstração de seu alto nível social e educação. Contido por populares e funcionários que saíam do trabalho naquele momento, Giachini chocou a todos com seu ato insano”. O jornalista afirmou que “Giachini deverá ser processado e responsabilizado pela sua agressão, desnecessária e infantil”. Sampaio registrou queixa de ameaça na Delegacia de Luís Eduardo Magalhães. O jornalista escreveu, ainda, que “arma dos ignorantes, a agressão física e moral de Giachini não ficará impune. Como vereador e líder do Governo na Câmara Municipal, Giachini deveria ter mais compostura”.

res infratores, providenciado pelo Conseg. Trata-se de uma casa no Jardim Imperial, que no momento abriga três menores envolvidos em assalto. Compõem a comissão de construção da Casa de Passagem dirigentes da Associação dos Moradores do Aracruz (Ama), do Conselho Comunitário de Apoio à Segurança Pública de Luís Eduardo Magalhães

(Conseg/Lem), da Comunidade Espírita, Lojas Maçônicas, Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães (Secretaria de Trabalho e Assistência Social), Omlem (Organização dos Pastores), Igreja Católica, Associação dos Engenheiros de Luís Eduardo Magalhães, Rotary Clube e Promotoria Pública de Luís Eduardo Magalhães. Essas entidades irão buscar os recursos necessários à construção.

Cai o número de assassinatos na Bahia após dez anos Da Assessoria de Imprensa do Governo do Estado

ARQUIVO/HENRIQUE CABELO

Fazenda Coutos. Este ano, ainda de acordo com as informações do secretáA Bahia registra a primeira rio Maurício Barbosa, o goverredução na taxa de homicídios no baiano também lançou o após dez anos de crescimento Viver sem Drogas, por meio de dos crimes contra a vida. De um conjunto de ações voltadas acordo com os dados da Secrepara a prevenção e combate ao taria da Segurança Pública uso e tráfico de drogas, espe(SSP) apresentados nesta quincialmente, do crack. ta-feira (26), no auditório do “A minha avaliação dos Ministério Público, houve dimidados apresentados é extremanuição de 5,5% no número de mente positiva. É o começo de assassinatos em 2011, em com- JAQUES WAGNER um processo e o que queremos paração a 2010. é chegar ao nosso objetivo, que Em Salvador, o índice apresentou queda é a redução dos crimes violentos letais. Esse de 6,8%, enquanto que na região metropoli- é o foco de nossa preocupação. Registramos tana o decréscimo foi de 2,1%. Os bairros da uma queda de 5,5% no número de assassicapital com maior redução foram Nordeste natos e estabelecemos uma meta para 2012 de Amaralina, 46,8%; Brotas, 24,4%; Boca de 6%”, ressaltou o governador Jaques do Rio, 22%; e Periperi, 16,2. Na RMS a Wagner. Ele também se reuniu com o comimaior redução foi registrada em São tê executivo do Pacto pela Vida, para avaliar Sebastião do Passé, 40%; seguido de o primeiro ano do programa. Itaparica, 33%; e Simões Filho, 20%. Além do decréscimo na taxa de homicíAs cidades do interior que apresentaram dios, no ano de 2011 foi registrada também menor índice foram Vitória da Conquista, diminuição nos casos de roubos a residêncom redução de 39,8%, e Eunapólis, com cias (4,5%) e assaltos a transeuntes (1,7%). menos 29,6%. A previsão para 2012 é que Os furtos de veículos seguiram a mesma haja uma queda estimada em 6% nos índices linha de redução. Foram 3.530 no ano pasde homicídios dolosos em toda Bahia. sado, contra 3.951 casos em 2010. De acordo com os dados apresentados da Pacto pela Vida. Segundo o secretário SSP/BA, as ocorrências contra instituições estadual da Segurança Pública, Maurício financeiras tiveram uma redução de 12,1%. Telles Barbosa, os resultados se devem ao “Mais do que números, tivemos 180 prisões de Programa Pacto pela Vida, que, por meio de assaltantes a bancos, desarticulando 31 quadriações integradas com outros órgãos esta- lhas”, afirmou o secretário Maurício Barbosa. duais, criou o Departamento de Homicídios Ele enfatizou que ainda foi criada uma e Proteção à Pessoa (DHPP). Além disso, força-tarefa com incremento de 50% no efeforam implantadas cinco bases comunitá- tivo policial para atuar nesta área. “Estamos rias nos bairros com maior índice de crimi- adotando medidas mais eficazes contra nalidade, sendo três na região do Nordeste esses crimes e os resultados foram mostrade Amaralina, uma no Calabar e outra em dos já em 2011”, disse Maurício Barbosa.


C I D A D E 15

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 28 de janeiro a 3 de fevereiro de 2012

Mulher morre em capotagem Duas crianças saem ilesas do acidente, ocorrido na BR 020/242; outra mulher ficou ferida DA REDAÇ‹O ma mulher morreu e outra ficou gravemente ferida em acidente que aconteceu por volta das 12h de quinta-feira, 26, no km 841 da BR 020/242, nas proximidades da granja da Mauricéa Alimentos. A passageira do Fiat Doblô placa EXS 1070, de São Paulo (SP), Maronita de Souza Carvalho, 39 anos, que estava no banco ao lado da condutora, morreu na hora. A condutora Marli dos Santos Fernandes, 28, sofreu ferimentos graves e foi encaminhada ao Hospital do Oeste, em Barreiras. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal, o Fiat Doblô seguia de Barreiras a Luís Eduardo Magalhães com destino a São Paulo quando, após fazer uma ultrapassagem, retornou em alta velocidade para sua pista. Segundo um caminhoneiro que vinha logo atrás do veículo, a condutora perdeu o controle, invadiu o acostamento e capotou por cinco vezes. O veículo foi parar a aproximadamente 200 metros da rodovia, ultrapassando a cerca de uma propriedade rural. O impacto fez com que o corpo de Maronita Carvalho fosse lançado para fora do veículo. Além da condutora ferida e da passageira que morreu, havia outros quatro ocupantes no Fiat Doblô – dois adultos, que tiveram escoriações, e duas crianças, que saíram ilesas. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o que salvou as crianças foi o fato de uma delas estar usando o cinto de segurança e a outra, a cadeirinha de bebê conforto.

U

Batida fere dois. Duas pessoas saíram

Assassinado a tiros no Santa Cruz Jairlan Antonio Silva de Souza, de 18 anos, foi assassinado com três tiros - na coxa direita, abdômen e testa - no bairro Santa Cruz. Jairlan foi encontrado por populares, por volta das 11h30 de sábado, 21, caído na rua Itabuna, próximo ao Rancho do Pintor, e chegou a ser socorrido com vida pelo Samu. Ele foi encaminhado para o centro de saúde Gileno de Sá Oliveira e, devido à gravidade dos ferimentos, conduzido para o Hospital do Oeste, em Barreiras, mas não resistiu e morreu antes de ser atendido. Na Delegacia de Polícia de Luís Eduardo, foi constatado que Jairlan de Souza havia sido apreendido duas vezes em 2011, quando ainda era menor de idade, por porte ilegal de arma branca e furto. Por volta das 16h50 de sábado compareceu à delegacia Luana Jesus Lopes, cuja carteira de identidade havia sido furtada durante um arrombamento a sua residência, em dezembro. O documento estava junto à bicicleta de Jairlan, jogada ao chão em frente de sua casa.

Freguês de bar leva dois tiros em perna Um homem não identificado acertou dois

feridas em um acidente na quarta-feira, 24, no Km 845 da BR 020/242, nas proximidades da granja da Mauricéa Alimentos. Por volta das 10h, o Siena placa NIN 8003, conduzido por José Aparecido Simões, colidiu com a S10 placa JGJ 4647, dirigida por Francisco Salviano da Silva. O motorista do Siena e uma passageira, cuja identidade não foi relevada, sofreram ferimentos generalizados e foram encaminhados ao Hospital do Oeste, em Barreiras. O condutor da S-10 disse a policiais rodoviários que parou seu veículo no acostamento, sentido Barreiras-Luís Eduardo Magalhães, para olhar um mapa. Ao retornar à rodovia, ele tentou fazer o retorno e não percebeu que o Siena vinha pela pista contrária. Francisco da Silva afirmou que recuou para não bater de frente com o outro carro, mas não conseguiu evitar o choque. A S-10 foi atingida na lateral pelo Siena, que teve toda a parte da frente destruída. Os ocupantes da S10 saíram ilesos.

Duas feridas no Novo Paraná. Duas mulheres saíram feridas em acidente na BR020, nas proximidades do Novo Paraná, às 5h30 de sábado, 21. O Fiat Palio Weekend placa CLM 8871, conduzido por Uranilto Barbosa Lima, e que seguia para Brasília, bateu no Palio placa JQZ 7354 de Reinaldo Plates Flagra, que seguia em direção a Barreiras. As passageiras do Palio Weekend, Poliana Ferreira de Souza, e do Palio, Márcia Aparecida de Souza Muniz, sofreram feritiros em uma perna de Clécio Ribeiro de Sousa, 29 anos, no bar Tropicana, no Santa Cruz, por volta das 2h30 de segunda-feira, na segunda-feira, 29. Policiais militares foram chamados para conter o homem, que desferiu vários tiros contra os frequentadores, mas quando chegaram ele já havia fugido. Clécio foi socorrido pelo Samu e encaminhada ao centro de saúde Gileno de Sá Oliveira. Nenhuma das pessoas que estava no bar soube descrever o atirador ou dizer se ele era conhecido na região

Assaltado ao dar carona a ex-colega Antonio Carlos Guilhermino Silva acusou o ex-colega de trabalho conhecido apenas pelo primeiro nome, Wilmar, de tê-lo assaltado na manhã de segunda-feira, 23. Antonio Silva disse ter visto o ex-colega nas proximidades da Estação Rodoviária e ter dado carona a ele. Wilmar teria sacado um revólver e anunciado o assalto. Ainda segundo Antonio, ele foi obrigado a conduzir seu carro até o Anel da Soja, onde foi espancado e obrigado a entregar R$ 900. Em seguida, acrescentou, ele foi abandonado na estrada e Wilmar fugiu com o carro, encontrado abandonado na região, nas proximidades do Bar do Primo.

Dois são presos por jogos de azar Policiais militares prenderam na quintafeira, 26, José Roberto Domingos Alves, 43 anos, e Almir Rodrigues de Oliveira, 19, por

mentos e foram encaminhadas para o Hospital do Oeste, em Barreiras. Duas crianças que estavam no Palio Weekend - uma menina de quatro anos e um menino de onze meses, filhos de Uranilto e Poliana - saíram ilesos. “Os meus filhos foram salvos porque estavam no banco de trás e na cadeirinha de bebê conforto”, disse Uranilto. De acordo com Uranilto, o motorista do Palio tentou uma ultrapassagem perigosa a um caminhão e, percebendo que não daria tempo de retornar à sua pista, freou o carro, que ficou atravessado na estrada. Uranilto disse que jogou seu carro para o acostamento, mas não conseguiu evitar o choque.

Colisão de motos fere um. Alcione Alves Oliveira saiu ferido em acidente entre duas motos na noite de terça-feira, 24, no bairro Santa Cruz. Ele conduzia a moto Honda CG 125 placa NTV 2264 pela rua Paulo Afonso, sentido Florais Léa, quando, ao tentar desviar de um carro, bateu de frente com outra Honda CG 125, placa JQT 1687, conduzida por Rodrigo da Silva, 23 anos, que vinha na direção contrária da pista. Alcione Oliveira teve ferimentos leves e foi atendido por socorristas do Samu e levado ao centro de saúde Gileno de Sá Oliveira. O condutor da outra moto saiu ileso. Motociclista ferido no Jardim Paraíso. Acidente entre dois carros e uma moto deixou ferido o motociclista Luís Henrique de Oliveira Rocha, 29 anos, na quinta-feira, 26, na BR 020-242, em frente ao Posto Paraíso, no Jardim Paraíso. De acordo com

prática de jogos de azar, no Mimoso II. Por volta das 21h, vizinhos de uma casa na rua Espírito Santo ligaram para a Central da PM reclamando do barulho que vinha do local. Ao chegar à casa, os PMs encontraram a dupla apostando dinheiro e objetos em jogos de azar. Com os homens, foram encontrados e apreendidos R$ 620 e três aparelhos de telefone celular, usados para as apostas.

Preso por ameaçar rival com faca Expedito Andrade de Souza, 29 anos, foi preso às 20h30 de segunda-feira, 23, após ameaçar com uma faca Natanael Correia Barbosa, na rua Pará, no Centro. Policiais militares que faziam ronda pela região flagraram o momento em que Expedito de Souza tentou agredir o rival. Expedito de Souza foi preso em flagrante e levado à Delegacia de Polícia. Ele vai responder por porte de arma branca e ameaça de morte.

Pedreiro é assaltado no Mercado Municipal O pedreiro Edemir Costa dos Santos foi assaltado no Municipal no domingo, 22. Por volta das 15h30, ele estava em uma mesa de um quiosque quando uma mulher sentou-se ao seu lado. Em seguida, um homem chegou pelo outro lado e rasgou um dos bolsos de sua calça com um estilete. Assustado, o pedreiro percebeu que a mulher acompanhava o desconhecido e que outros três homens o cercavam. O homem que rasgou sua calça levou

policiais militares que atenderam a ocorrência, por volta das 14h a S-10 placa NLU 7050, conduzida por Wellington Mota de Moraes, 31, seguia pela rodovia, sentido Luís Eduardo Magalhães e, ao tentar fazer conversão à esquerda para entrar na Avenida Paraíso, bateu na moto Honda CG 125 Fan placa NTR 6155, que vinha em sentido contrário da estrada. Com o impacto da batida, a motocicleta foi lançada contra o Fiesta placa JOD 8043, dirigido por Leandro Kaulfuss, 31, que estava na Avenida Paraíso aguardando para acessar a BR. Luís de Oliveira Rocha teve fratura na perna direita e foi conduzido ao centro de saúde Gileno de Sá Oliveira e, em seguida, transferido para a Clínica São Camilo.

Uno bate em Bitrem. Uma colisão, entre um Fiat Uno e um bitrem, em frente ao Posto Global, na BR 242, em Barreiras, na saída para Salvador, deixou Ademario Diego de Oliveira Borges, 29, com fraturas no braço e na perna esquerda, além de ferimentos na região do tórax. O acidente aconteceu por volta das sete horas da manhã desta sexta-feira, 27. Segundo informações de policiais que estiveram no local do acidente, o Uno vermelho, placa NYM 3626, de Itaberaba, na Bahia, colidiu de frente com o bitrem IPY 0425, de Novo Barreiro, no Rio Grande do Sul, dirigido por Ricardo Luis Shuter Halmenschger. Ademário foi levado para o Hospital do Oeste após ser retirado do Uno pelos bombeiros, que serraram a lataria do carro. uma carteira com documentos e R$ 20, além de um celular, um boné e um óculos.

Objetos furtados são recuperados Policiais militares recuperaram na segunda-feira, 23, materiais furtados de uma residência em uma chácara arrombada no sábado, 21, no Assentamento Rio de Ondas. Valter José da Silva ligou para a central da PM, por volta das 20h30, para informar que haviam sido deixados em sua casa, na Vila I, um aparelho e um receptor de TV, um micro-ondas, um aparelho de DVD, um capacete e uma espingarda. ■

CÍVIL CRIMINAL TRABALHISTA AMBIENTAL EMPRESARIAL

MÁRIO MACHADO JÚNIOR Rua Paraná 455 Grupo 203/204 Ed. Ana Luisa Centro - Luis Eduardo Magalhães - BA Tel.: 77 3628.0007 e-mail mmj.advs@hotmail.com site: http://mmjadvs.jur.adv.br


16

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 28 de janeiro a 3 de fevereiro de 2012

SOCIEDADE TIZZIANA OLIVEIRA tizzianaoliveira@diariodooeste.com.br

50 anos de Vilma Guerra STUDIO 55

tarde de sábado, 21, foi especial para Vilma Guerra, que festejou seu aniversário de 50 anos com amigas no bistrô Olavo Nascimento, no Jardim Paraíso. A reunião, que começou as 16h30, estendeu-se até a noite, e teve a presença de mais de 50 convidadas, entre as quais Olinda Ramos, Bernadete Klein, Rute Granich, Marcia Winter, Cecília Flores, Lucia Helena Capeleto Francisco, Síria Ramos, Luiza Maria Lobo Soares.

A

dos familiares de ambos. A cerimônia de casamento ocorrerá no dia 18 de fevereiro, na Catedral. A festa para os convidados ocorrerá no Salão de Eventos Moinho Vermelho.

O casamento de Jessica Miranda e Zheng Campos foi celebrado na sexta-feira, 20. A cerimônia e a recepção aconteceram na Pizzaria Boi na Brasa, para aproximadamente 200 convidados.

Mauricio e Karine Karine Nicolodi e Mauricio Colla casamse neste sábado, 28, às 19h. A cerimônia será realizada na Paróquia São José. O casal receberá cerca de 400 convidados e familiares no bistrô Olavo Nascimento.

Aniversariantes O casal Patrícia Alves Lima e Emerson Marques Lima reuniu amigos e familiares para comemorar o primeiro aniversário da pequena Esther, no sábado, 21. “As Ursinhas” foi o tema da festa escolhido pelos pais da menina. Patrícia e Emerson receberam os convidados no espaço Balão Mágico às 18h. ● No próximo dia 30 de janeiro, o menino Felipe Oliveira Santana completa um aninho. A data será muito festejada por todos os familiares, especialmente pela mãe, Patricia Santos Oliveira, e pelo pai, Thiago Santana. ● Iara Trento Fior e Eder Fior prepararam um linda festa para comemorar o primeiro aniversário de sua filha Bárbara, no sábado, 21. Eles receberam convidados em sua residência no Jardim Paraíso, com o tema Gatinha Marie. Os avós Marlene e Alcides Trento estavam presentes. ● Vanessa Hendges, Nivea Souto de

Vargas, Tiriago Barbosa comemoram seus aniversários neste sábado, 28.

Em Ilhéus

Em Recife Passou férias em Recife o casal Claudemar Cardoso de Oliveira e Mariele Vargas. As fi-lhas de Claudemar, Geovanna e Victória, acompanhavam o casal. Eles fizeram vários passeios turísticos, além de vislumbrar as belas paisagens da capital pernambucana.

O casal Roseli Vitoria Lins e Júlio Lins viajou para Ilhéus, no sábado, 14. Eles foram passar as férias e visitaram familiares que lá residem. O casal retornou no domingo, 22.

Pelo Nordeste Mauricio Vieira de Almeida, Felipe Fernando Schons e Tiriago Barbosa viajaram na sexta-feira, 13, para Salvador. Eles aproveitaram para visitar a mãe de Mauricio, que lá reside. Depois, seguiram pela Linha Verde – rodovia que liga a cidade de Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador, às praias do Litoral Norte do Estado, com um visual belíssimo de coqueirais, manguezais e rios. Os destinos finais foram Aracaju e Porto de Galinhas. Eles retornaram na quinta-feira, 26.

Marcelo e Katia Marcelo Yamada e Katia Mizote estão de casamento marcado. A união acontecerá na cidade de Maringá, onde reside a maior parte

MÁRCIA ANDALUZA XAVIER Bióloga

Zheng e Jessica

IVANOR GUERRA E VILMA GUERRA

PING-PONG

MARIELI VARGAS, Claudemar Cardoso de Oliveira, Geovanna e Vitória KIKA

Por que Luís Eduardo Magalhães? Pelas oportunidades. Qual talento gostaria de ter? Tocar um instrumento. Na sua vida, quais foram as chegadas mais felizes? Filhos e netos. Cinco itens que colocaria na mala agora? Tênis, boné, máquina fotográfica, protetor solar e roupa para longas caminhadas. Qual foi o lugar mais interessante que conheceu em 2011? Em 2011 nenhum, mas o lugar mais interessante que visitei foi Parque Nacional da Serra da Capivara, no Piauí, com suas pinturas rupestres. Por que sua profissão? Paixão pela natureza. Qual o grande feito da sua vida? Vir morar em LuísEduardo há 23 anos. Teve que superar algum obstáculo? Menopausa aos 40 anos. Como você se vê em dez anos? Saudável. Saudade: Da minha infância. Sonho: Viver em um mundo mais justo. Filhos: Sentido de continuidade. Livro: O ponto de mutação – Fritjof Capra. Filme: O paciente inglês. Que lugares gostaria de conhecer: Bosque Valdiviano, no Chile. Medo: Que a espécie humana apresse seu desaparecimento. Comida preferida: Doce. Pessoa: Os santos. Como definiria sua personalidade: Extrovertida. Arrependimento: De não ter dito aos amigos que se foram o quanto eles eram importantes. Não Vive Sem: Estudar. Tecnologia: Indispensável. Futuro: É hoje. Frase: “Para mim só existe percorrer os caminhos que tenham coração”. Carlos Castañeda. Luís Eduardo Magalhães precisa: Que a população se sinta parte da comunidade luiseduardense.

Bebe à vista

EMERSON Marques Lima, Esther e Patrícia ROSELI VITORIA LINS E JÚLIO LINS

Alves Lima

ZHENG CAMPOS E JESSICA MIRANDA

Radiante, grávida de quatro meses, Ivy Guirao e seu marido e André da Cunha esperam a chegada do primeiro herdeiro. Ela contou detalhes da gravidez falando da expectativa para a chegada do bebê. O casal vive momento de alegria e contentamento. Ivy está ansiosa para saber o sexo do bebê. ■


E S P O R T E S 17

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 28 de janeiro a 3 de fevereiro de 2012

A agenda do esporte em 2012 Representantes de clubes e de eventos definem calendário com a Secretaria de Esportes DA REDAÇ‹O s atividades desportivas para a temporada 2012 têm data marcada para acontecer. Em reunião na terça-feira, 24, técnicos e dirigentes de clubes de futebol, representantes de modalidades esportivas e de eventos ligados à área debateram com a equipe da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer o calendário esportivo deste ano. “O propósito é evitar o choque entre competições e eventos, principalmente aqueles de uma mesma modalidade. Isso fora a possibilidade do público poder acompanhar o que acontece no esporte local e também para evitarmos um período de acúmulo de atividades e, por outro lado, o risco de haver datas sem evento algum”, comentou o secretário de Esporte e Lazer, Valtair Fontana. Na abertura da reunião, o projetista da Secretaria, José Roberto Morano Júnior, apresentou as datas das competições que a pasta irá promover na temporada. Enquanto a relação era mostrada aos participantes da reunião, eram debatidas a inclusão de outros eventos particulares ou promovidos por entidades regionais e estaduais. “As datas não são definitivas. Podemos alterá-las caso haja prejuízo para outro evento particular ou com competições promovidas por entidades regionais ou estaduais”, frisou. Os representantes dos clubes de futebol mostraram-se insatisfeitos com o início do Campeonato Intermunicipal, previsto para 15 de abril. Eles avaliam que quanto mais tarde começar a competição, maior é o risco dela coincidir com os campeonatos Intermunicipal de Seleções do Oeste e Intermunicipal (estadual). “Não podemos repetir o mesmo erro do ano passado, quando os clubes precisavam dos jogadores e a seleção também. Isso prejudica os dois lados”, disse o ex-técnico da seleção de Luís Eduardo, Reginildo França (Régis). Como não havia nenhum representante da

A

Liga Desportiva de Luís Eduardo Magalhães (Ldlem), é possível que haja mudança na data de abertura do Campeonato Intermunicipal, que em 2012 terá duas divisões. “Mesmo após a indicação e inclusão das datas e competições, é possível fazer a alteração principalmente nos eventos da secretaria”, disse a diretoria de esportes da Secretaria, Alessandra Queiroz Ribas. O diretor esportivo do MEC, Márcio Zarpelon, reclamou da realização de mais de um evento, da mesma modalidade, em um

(dias 17 e 18 de março) e a Copa JC (de 15 de abril a 20 de maio, sempre aos finais de semana). Já o Campeonato de Arrancadas terá seis etapas, entre março e novembro, além da Taça Nordeste de Arrancada. Walmor também confirmou a realização do inédito Campeonato de Skate nos dias 14 e 15 de julho. Dentre as competições apresentadas pela Secretaria as novidades são as de vôlei, basquete, handebol, natação, tênis de mesa, corrida noturna, futebol sub-17 e sub-20, futebol entre bairros e desafio de mountain bike.

CALENDÁRIO DE EVENTOS 2012 FEVEREIRO 04, 05 e 25 - Copa Inter-Clubes 05 - Festa Comunidade Bela Vista 12- Festa Comunidade Novo Paraná 27 - Torneio Eliminatório de Futsal* 29 - Agendamento de Cursos de Arbitragem e Técnico Pedagógico* MARÇO O5 - Torneio do MEC 10 - Copa Interclubes 11 - Campeonato de futebol Sub-17 e Sub-20* 17 e 18 - Pré-Copa - JC Society 22- Campeonato de basquetebol (22, 24, 29 e 31)* 24 - Soletrando* 24 e 25 - 1ª Etapa do Arrancadão 30 - Aniversário da cidade* ABRIL 01 - Copa Interclubes 14 - Torneio de Truco e Dominó* 15, 22 e 29 - Copa JC Society -1ª fase 15- Abertura do Campeonato Municipal* 21 - Torneio de Voleibol* 21 e 22- VII Copa da Soja 26 - Corrida Noturna* 27, 28 e 29 - Copa Interestadual de Futsal 28 - Torneio de Handebol* MAIO 01, 05 e 06 - Copa JC Society- 2ª fase 05 e 06 OU 19 e 20 - 2ª etapa do Arrancadão 12, 13 e 19 - Semi-Final Copa JC 13 - Evento do dias das Mães* 19 a 31 - OILEM 19 e 20- Campeonato baiano de Karatê

20 - Final Copa JC Society 25 - Dia do Desafio* A definir: Campeonato de bocha e MMA JUNHO 03 - Torneio de Supino* 09 - Campeonato do Oeste da Bahia de Capoeira 02 a 30- Abertura da Copa Oeste de Basquetebol* 03 a 30 - Torneio de futebol entre os bairros* 16 e 17 - 3º etapa do Arrancadão 24 - Circuito Atlética de corrida LEM JULHO 08 -Torneio de Futsal feminino* 15 a 16 - 38º Campeonato Intermunicipal de Futebol Amador (Estado) 15 - Torneio e atividades de lazer do Aniversário do Assentamento Vila II* 14 e 15 - Campeonato de Skate 21 e 22 - 4ª etapa do Arrancadão 20, 21 e 22 - Campeonato de Jiu-Jitsu 27, 28 e 29 - Torneio de society da por telinha 29 - Torneio da Comunidade Placas AGOSTO 05- 1º Desafio Mountain Bike de L.E.M-2012* 05- Torneio de Roda Velha 11 e 12 - 1ª Copa LEM e 2ª Budokan de karatê 11,12, 18,19, 25 e 26 - 1ª e 2ª fase e semi-final da Copa Olímpica 21 - Campeonato de Veteranos* 25 e 26 - Taça Nordeste de Arrancada

09 - Torneio de futsal associação Roma 16 - Torneio do MEC 21,22,23 e 24 - Taça Rádio Cultura de Futsal* 22 e 23 - 5ª etapa do Arrancadão 23 - Torneio de Tênis de Mesa* 28,29 e 30 - Batizado, encontro nacional e troca de cordão Associaçao Ginga Brasil de Capoeira 29 e 30 - Inicio Copa Fábio Lauck 30 - Torneio de Natação* A definir: MMA OUTUBRO 06 - Circuito Atlética de Corrida 12 - Dia das Crianças - Atividades diversas* 21 - Campeonato Amador de Sinuca* 27 - Torneio Duathlon de Policiais e Guarda Municipal* 28 - Supercopa de Futsal NOVEMBRO 08 a 11 - Semana Baiana de Hip-Hop* 10 - Torneio de Voleibol* 10 e 11 - Final do Arrancadão 24 - Torneio de Handebol* 24 - Circuito Atlética de Corrida A definir: II Festival de Lutas e Artes Marciais Infanto - Juvenil DEZEMBRO 02 - V Festival da Farmácia Estrela de jiu-jitsu 04 - Abertura do Inter-Secretarias* 15 e 16 - Final da Supercopa 22 - Elaboração do Calendário Esportivo de 2013 * Eventos organizados pela Secretaria

SETEMBRO 01- III Copa CMO de Judô Master 2012 01 e 02 - Final da Copa Olímpica

Fonte: Secretaria Municipal de Esporte e Lazer

Juventus é campeão de torneio do CTG Juventus e Portelinha repetiram a decisão do Seletivo Amador 2011 e disputaram a final do Torneio de Futebol Society do 21º aniversário do CTG Sinuelo dos Gerais. E na competição marcada para ter jogos no sábado, 21, e domingo, 22, mas que precisou ser esticada até a madrugada de segunda-feira, 23, o Juventus repetiu a dose da decisão anterior e ficou com o título. Após empate por 0 a 0 no tempo normal, o Papão derrotou o Portelinha por 2 a 0 na cobrança de pênaltis. O Roma ficou com o terceiro lugar após superar o Santa Cruz por 3 a 2, também na disputa por pênaltis. A disputa pela terceira colocação, no entanto, teve somente a cobrança de penalidades, devido ao atraso na realização dos outros jogos. O Juventus disputou nove jogos, obtendo cinco vitórias, três empates e apenas uma derrota. Seu ataque marcou sete gols e levou apenas um. Na primeira fase, derrotou Mimoso III (1 a 0), Portelinha (1 a 0) e CTG (3 a 0); empatou com Ipiranga e Massa Bruta (ambos por 0 a 0) e perdeu para o Vento em Popa (1 a 0). Nas

único final de semana. “É preciso que haja consenso entre os organizadores das competições, porque as equipes querem participar, mas é desumano o atleta disputar vários jogos, em mais de um torneio em dois ou três dias seguidos”. Dois representantes dos eventos particulares, Cristiano de Oliveira Cardoso, da JC Society (que promove torneios de futebol society), e Walmor Stresser, responsável pelas provas do Arrancadão, apresentaram as datas de suas competições. Na JC Society serão realizadas a Pré-Copa

quartas-de-final derrotou o Milk Shake por 1 a 0. Nas semifinais venceu o Santa Cruz, também por 1 a 0. Na decisão, o empate por 0 a 0 com o Portelinha e a vitória, nos pênaltis, por 2 a 0. A fórmula de disputa do torneio foi alvo de reclamações de boa parte dos jogadores e membros da comissão técnica das equipes participantes. “Confundiram torneio com campeonato. Se a competição era para ser realizada em dois dias, então que os jogos fossem eliminatórios e não por chaves”, reclamou o técnico Zelinto, do Portelinha, que depois admitiu o erro por não ter comparecido e muito menos ter enviado representante para o congresso técnico da competição, realizado no dia 21. “Eu sei que errei em não ter participado da reunião para definir a fórmula de disputa (do torneio)”. O Torneio de Futebol Society dos 21 anos do CTG Sinuelo dos Gerais foi disputado em duas chaves de sete equipes cada, com jogos dentro do mesmo grupo. Somente na primeira fase, foram realizados 42 jogos. Porém, dos catorze clubes inscritos para a

competição, apenas quatro (ou 28,57% do total) enviaram representantes para o congresso técnico: Rodrigo Cappellesso (Novo Paraná), Weder Nogueira (Santa Cruz), Detti Pereira (Vento em Popa) e Francisco Cardoso (Mimoso III). Desta forma, a fórmula de disputa do torneio, apresentada pela Secretaria de Esportes e Lazer, foi aceita apenas pelos presentes à reunião.

Insegurança. A falta de segurança foi outro item reclamado durante o torneio. O técnico do Roma, Israel Lisboa, procurou a reportagem da Oeste Semanal logo após a vitória por 3 a 0 sobre o Milk Shake, na primeira fase, no domingo, 22, para chamar a atenção do risco de tumulto entre atletas das duas equipes. “Precisei conversar com meus jogadores para não caírem na provocação de alguns atletas do Milk Shake. Não vi nenhum segurança durante os jogos. É um risco para quem participa e para quem vem assistir às partidas”, disse. O jogador Drive, do Milk Shake, chegou a empunhar um pedaço de madeira enquanto discutia, à distância, já na pista de atletismo do CTG, com atletas do Roma. Ao ser procurado pela reportagem da Oeste Semanal, ele largou o porrete e procurou ser ameno nas palavras. “Está tudo bem, no momento. Houve reclamações por causa da arbitragem. Deixa assim, não vamos brigar por causa da atuação do juiz”, disse.

Agrovitta vence primeiro amistoso A Agovitta venceu o primeiro amistoso da temporada ao fazer 5 a 4 sobre a seleção de Mundo Novo, no sábado, 21, em jogo disputado no Ginásio Terra Agrícola. O destaque do amistoso, segundo o técnico Facha, foi a forma como sua equipe chegou à vitória, com a virada de placar nos três minutos finais da partida, quando o adversário vencia por 4 a 2. “Nunca é demais dizer que em jogo amistoso vale mais a atuação da equipe do que o resultado em si. O nosso grupo demonstrou que é capaz de reverter uma situação negativa”, disse ao final da partida. “Espero que os atletas assimilem essa experiência do primeiro jogo do ano e atuem com essa mentalidade nas competições que disputarmos ao longo do ano”, completou. A Agrovitta saiu na frente com Radinho, aos dois minutos de jogo. A seleção de Mundo Novo empatou com Alexandro, aos 12. No segundo tempo, Mundo Novo virou com Carlos aos 2 minutos. Miltinho empatou aos 10. Carlos fez o terceiro do Mundo Novo, aos 13, e Davi ampliou para 4 a 2, aos 16. A partir daí, a Agrovitta reagiu com Gilson aos 17, Marquinhos aos 18 e Miltinho a 30 segundos do final da partida. ■


18

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 28 de janeiro a 3 de fevereiro de 2012

GENTE JOVEM RAFAEL DIAS rafaeldias@diariodooeste.com.br

curso de Ciências e Tecnologia, do campus de Barreiras. ● Mariana Yamashita, que terminou maratona de vestibulares sendo aprovada em quatro diferentes cursos em faculdades federais, acabou optando pelo curso de engenharia química na Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFG), onde já se formou um irmão dela. Seu pai, o agrônomo Eduardo Yamashita, exsecretário de Agricultura de Luís Eduardo, torcia pelo curso de Agronomia na Universidade de Viçosa, em Minas Gerais, considerado por ele o melhor do país.

MARINA GARCIA, Mariana Guerra, Ana Garcia, Carol Cerrato e Laura Longhi...

Festa com conceito estas com qualidade têm sido promovidas em Luís Eduardo Magalhães pela Live Produções. No último sábado, 21, aconteceu a primeira Balada 3D no estado da Bahia, no espaço Quatro Estações Avenida, que atraiu mais de 800 pessoas. Na portaria, elas ganhavam um óculos para visualizar o efeito 3D em dois telões colocados no palco. Antes das imagens começarem a ser exibidas, todos já estavam entusiasmados e curiosos em relação a essa nova experiência. Quando o som começou com os DJs do House for Excellence, todos olharam para os telões . Nada como uma noite de novidades e diversão. O grupo House for Execellence não deixou ninguém parado. Logo após foi a vez de Marciano Cristo, que vem ganhando espaço como um dos principais DJs da região, mostrar sua destreza com as pick-ups. A festa, muito bem organizada e animada, terminou com os primeiros raios de sol nascendo.

F

Tour de férias Chico Mineiro, ao lado da namorada Amanda Dutra, aproveitou as férias de final de ano para viajar pelo litoral do país. Na bagagem de volta, muitas histórias para contar aos amigos, sobre mergulhos em alto mar, shows dos grupos Chiclete com Banana e Aviões do Forró, passeios de escuna no mar e de quadriciclo nas dunas. A viagem começou no fim de dezembro e terminou em meados de janeiro. Entre as cidades visitadas estão Fortaleza, Natal e João Pessoa.

Gomes...

...BRUNA SISTI e Raissa Hersen.

A vez do Cangaia

Montes Claros, onde as aulas começam no próximo dia 6. 

Finalizando o Circuito de Verão, neste sábado, 28, também haverá festa de qualidade no Avenida Quatro Estações. O Grupo Cangaia de Jegue se apresenta no espaço tocando seus maiores sucessos. Para quem não conhece, o grupo compôs a música “Ai se eu te pego”, regravada por Michel Teló , que fez sucesso no país e vem crescendo no exterior. Também se apresenta a dupla sertaneja João Pedro e Junior.

● Douglas Rafael Ertel fez bonito no

vestibular da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Foi aprovado em primeiro lugar no

Retorno As férias de verão estão chegando ao fim. Os que fazem curso superior em outras cidades começam a deixar Luís Eduardo para continuar nos estudos, caso dos irmãos Rafael e Carolina Hoppe. Rafael retorna a Goiânia para concluir o último período na faculdade de Direito. Já Carolina retorna a Anápolis para prosseguir com o curso de Medicina. ● Loran Tondatto também retorna à capital goiana, para o último ano no curso de Direito. Ainda neste ano, fará curso específico para concurso da Polícia Federal, onde deseja trabalhar depois de formado.

Aniversariantes

Em Itacaré Depois da aprovação no exame da OAB e da comemoração, Luiz Fernando Bosa rumou para o litoral baiano junto com seu irmão Everton e Guilherme Poyer. O destino escolhido foi a cidade de Itacaré. A viagem durou oito dias. A ida ocorreu no dia 16 e a volta, no dia 23.

Em Miami

...DJÉSSICA ARIANE, Daniella Elmates e Célia

festa de despedida para Hellen Bartmann, no Clube Rio de Pedras. Hellen se mudará para a cidade de Curitiba.

Thiago Bortolozzo esteve em Miami, onde passou restinho de férias junto com seus pais. A viagem, de cinco dias, foi de bom proveito para a família, com visitas aos pontos turísticos da cidade, entre eles o distrito histórico Lummus Park. O retorno de Thiago e de sua família ocorreu no dia 20. Ele volta a Goiânia no dia 3, para concluir seu último período da faculdade de Relações Humanas.

Despedida Na sexta, 20, amigos organizaram uma

BEATRIZ FRARE

Aniversariantes da semana foram: na segunda, 23, Claudia Vargas, Beatriz Frare, Brunelle Rodrigues de Barros, Suelem Fontoura, Rayssa Castro França e Luana Oliveira; na terça, 24, Marcielli Silva e Ariane Laiola; na quarta, 25, Wilmar Santos, Cintia Silva e Rafaela Rodrigues; na quinta, 26, Bianca Ramos, Lillo Milhomem, Victor Mauerberg, Gabriel Xavier Ferreira e Gabriel Galo Gentilin; na sexta, 27, Pamela Ferreira, Beatriz Mascarenhas Matildes, Nilson Viana, Ramon Fontana, Guilherme Farias e Shirley Harumi Shirabe. Nesse sábado, 28, comemoram Letícia Dias, Kelly Trevizan, Tiriago Barbosa e Vanessa Hendges. No domingo, 29, é a vez de Jonanthan Alison Zimmermann, Gabriel Kasuya e Maiane Feitosa. ■

Aprovados Patrícia Guerra, recém formada no ensino médio, foi aprovada no curso de Engenharia civil na Pontifícia Universidade Católica do Goiás (PUC- GO). ● Arthur Dahmer foi aprovado no curso de Arquitetura e Urbanismo das Faculdades Integradas Pitágoras de Montes Claros, em Minas Gerais. Arthur já se mudou para

CHICO MINEIRO

ARIANE LAIOLA

THIAGO BORTOLOZZO no Lummus Park, em Miami.


19

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 28 de janeiro a 3 de fevereiro de 2012

L I N H A S D E ATA Q U E LUCIANO DEMETRIUS lucianodemetrius@diariodooeste.com.br

LUCIANO DEMETRIUS

BATE-BOLA LUCIANO DEMETRIUS

DOUGLAS DIAS conquistou o tricampeonato da categoria até 77 kg no Precol Combat 6, disputado em Unaí (MG), no sábado, 21. O atleta luiseduardense, que competiu pela Academia Domínio Jiu Jitsu, venceu Tadeu Oliveira, do Constrictor Team, de Brasília, por nocaute técnico ao final do primeiro round. Douglas Dias é treinado por Luciano Soares. Os outros dois atletas de Luís Eduardo, Alex Soares e Rogério Assis, saíram derrotados em suas lutas com os mineiros Matrix Moreira e Diego André, respectivamente.

Copa Evangélica K

oinonia e Mundial Servos, pela chave A, e Presbiteriana, pela chave B, garantiram classificação à segunda fase da Copa Evangélica. A Koinonia conseguiu avançar na competição após derrotar a Missionária (Santa Cruz) na terça-feira, 24, por 8 a 4, na quadra do Ginásio José Alberto Lauck. Nos outros três jogos da noite, ainda pela chave A, a Mundial Servos venceu Palmeira da Vereda por 6 a 5. Pela chave B, a Presbiteriana classificou-se ao vencer a Quadrangular por 8 a 5 e a Primeira Igreja Batista venceu a Aliança por 5 a 4. Além de Koinonia (nove pontos) e Mundial Servos (seis), Palmeira da Vereda e Adventista (três pontos cada) disputam a última vaga da chave A. Na terça-feira, 31, a Adventista precisa apenas de um empate, às 21h30, diante da Mundial Servos, para seguir na Copa Evangélica. Palmeira da Vereda já cumpriu seus quatro jogos da primeira fase e torce por uma derrota da Adventista. A chave B é a mais equilibrada. A Presbiteriana (líder com seis pontos), já está classificada para a segunda fase. As outras quatro equipes da chave têm chances de também passar à segunda fase. Na terça-feira, 31, jogam por esta chave Presbiteriana x Primeira Igreja Batista, às 19h30, e Avivamento da Fé x Aliança/Universal, às 20h30, no Ginásio de Esportes José Alberto Lauck.

Profissional O meia Nem, do Santa Cruz, vai realizar testes na equipe do Uniclinic, de Fortaleza, que disputa a segunda divisão do Campeonato Cearense. O convite partiu do recém-contratado técnico da seleção de Luís Eduardo, Sebastião Silva.

Nova TV Será lançada na quarta-feira, 1º de

fevereiro, a TV Ibi, em Barreiras. A emissora, com transmissão pela internet, terá programas esportivos em sua grade de programação. Um dos destaques é a transmissão ao vivo de jogos da Copa Interclubes do Além São Francisco (Ciasf ).

Sem testes

Renato Brächer (pronuncia-se Brécher), 45 anos, é o novo técnico da seleção feminina de futsal de Luís Eduardo Magalhães. Natural de São Lourenço do Sul (RS), ele é formado em educação física pela Universidade Federal de Pelotas (Ufpel), atuou como jogador profissional de futebol de campo pelo Pelotas (RS) e comandou equipes de base em escolinhas de futebol e futsal (masculino e feminino). Em Luís Eduardo, ele também vai assumir a função de coordenador pedagógico da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais de Luís Eduardo Magalhães (Apae-Lem). “Meu objetivo, no futsal, é massificar e trabalhar com a base na busca por novos talentos. Não podemos ficar na mesmice, com um grupo fechado”, afirma. Como surgiu o convite para assumir a seleção de futsal feminino de Luís Eduardo e o que o motivou a aceitá-lo? Estive na Cidade em dezembro de 2011 para conhecer a região em busca de atividades em educação física, minha área de formação. Fiz contatos com instituições e pessoas ligadas à área desportiva até que, na conversa com representantes da secretaria (de Esporte e Lazer), me apresentaram uma proposta para atuar com o futsal feminino e, também, na formação das equipes de base. Aceitei porque trabalhei por muito tempo em atividades ligadas ao social, em bairros e comunidades. Propus a eles a ideia de formar as equipes a partir do trabalho social. A secretaria aceitou e fechamos acordo para minha vinda à seleção. Você já se reuniu com as atletas da seleção de futsal? Ainda não. A apresentação está prevista para entre a última semana de janeiro e a primeira semana de fevereiro. Já me passaram informações sobre algumas jogadoras, mas nada detalhado. Existe um plano de trabalho ou você prefere planejar após o primeiro contato com o grupo? Eu tenho um esboço do que pretendo trabalhar com as jogadoras, mas não é definitivo, não vou impor nada a elas. Quero conhecê-las, saber das referências de cada uma para ajustar meu planejamento e desenvolvê-lo com o grupo. Paralelamente ao trabalho na seleção será desenvolvido o trabalho de base. A atuação terá início pelas escolas? Sim, vou usar as escolas como referência. Vou divulgar o futsal entre as meninas. Meu objetivo é massificar a categoria e a

O Juventus cancelou mais um amistoso preparatório para a Copa Interclubes, que começa no dia 4 de fevereiro. O jogo contra o Santa Cruz, marcado para este sábado, 28, não será mais disputado em função da saída do diretor desta equipe, Rosimar Grinaldo, o que, segundo a diretoria do Juventus, impossibilitou a confirmação do amistoso.

mento, categorias, programação das provas e filiação junto à Federação Baiana de Automobilismo (Fab).

Pilotos reunidos

Atletas, criem!

Os pilotos das competições de velocidade em terra (autocross e kartcross) vão se reunir no sábado, 4 de fevereiro, a fim de planejar as competições da próxima temporada. Na pauta estão o calendário, regula-

Com o início da nova temporada esportiva, espera-se que na comemoração de gols ou de uma vitória os atletas não abusem da famigerada dancinha da música "Ai se eu te pego", de Michel Teló.

partir daí desenvolver o trabalho das equipes de base. Ao propor a prática do futsal nas escolas eu vou ter mais possibilidades de descobrir novos talentos. Não podemos ficar na mesmice, com um grupo fechado. RENATO BRÄCHER O trabalho de formação na base já foi experimentado por você? Sim, em minha cidade natal, São Lourenço do Sul (RS). Lá eu atuava com um grupo que tinha a função de agente de esporte e de lazer, tal qual um agente de saúde. Íamos às escolas, procurávamos buscar estudantes com tino para a prática desportiva e desenvolvíamos o trabalho de formação de equipes. A intenção era, também, a de formar lideranças. E o que era reservado às crianças que não tinham vocação para o esporte? Elas eram orientadas a desenvolver outros trabalhos, principalmente na área artística. Ninguém ficava de fora. Havia atividades de artesanato, xadrez, dança, pintura. E como era feito o convencimento a quem não tinha vocação para o esporte? Nós não decidíamos nada. Isso ficava a critério das crianças e dos adolescentes. Evidentemente que as que não se destacavam enfrentavam mais dificuldades na prática desportiva, mas não eram deixadas à margem. Todas participavam. Também havia o processo inverso, ou seja, daquelas que se destacavam, mas por opção migravam para o lazer e a cultura. Ainda existe resistência ao ingresso da mulher no futsal? Muitos paradigmas já foram quebrados, mas ainda há um machismo que, muitas vezes, começa em casa. A menina quer praticar o futsal, mas alguns pais não aceitam. Toda modalidade esportiva é saudável. A nossa função é propor os seus benefícios. Na base, estaremos preparados para dar este suporte, acompanhar a atleta e também, se for o caso, orientar a família em caso de resistência. E sem esquecer o senso de competitividade, para que tenhamos, futuramente, uma equipe qualificada para disputar títulos.

Bola murcha Para os desportistas que não compareceram à reunião que debateu o calendário esportivo de 2012. O número de participantes foi bem abaixo do esperado. Decepcionante também foi a baixa presença de representantes dos clubes no congresso técnico do Torneio do CTG: dos 14 inscritos, apenas quatro enviaram representantes. Depois, não dá para reclamar! ■


20

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 28 de janeiro a 3 de fevereiro de 2012

Oeste Semanal Edição 47  

Oeste Semanal Edição 47

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you