Issuu on Google+

ADE

M E S

L A AN

EM R

❏ Leia as colunas de

Tiragem desta edição

Sebastião Nery, Luciano Demetrius, Tizziana Oliveira e Rafael Dias

exemplares

6.000

A

ID

ST

Oeste

AC

Aonde querem chegar os jovens do Santa Cruz. Págs. 6 e 7

I EV

Ano I ❑ Nº 25 ❑ Luís Eduardo Magalhães, 27 de agosto a 2 de setembro de 2011

❏A

AGENDA DA CIDADE EST˘ NA P˘GINA 9

Preço do exemplar em banca

R$ 1,00

Cidade começa a discutir orçamento Prefeitura vai aos bairros para ouvir prioridades de moradores no programa de obras de 2012. Páginas 16 e 17 HENRIQUE CABELO

O PREFEITO Humberto Santa Cruz mantém contato direto com moradores na primeira reunião deste ano do Orçamento Participativo, no Colégio Cezer Pelissari, no Jardim das Acácias

❏ Ministro na inauguração do ❏ Três carros e 21 motos ginásio que homenageia José na mega promoção da Alberto Lauck. Págs. 10 e 11 Acelem para o Natal. Pág. 15


2

INFORMAÇÃO E OPINIÃO

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 27 de agosto a 2 de setembro de 2011

PREZADO LEITOR Comandante da Cia da PM vai e volta O

capitão Cristiano Gama passou menos de 24 horas fora do comando da 5ª Companhia da Polícia Militar, em Luís Eduardo. Transferido para Barreiras na terçafeira, 23, na quarta-feira, 24, estava de volta. A transferência teria ocorrido por ingerência do deputado Oziel Alves de Oliveira, segundo informou uma fonte a este Oeste Semanal. Pronta reação do prefeito Humberto Santa Cruz e do Conselho junto às autoridades de segurança impediu a remoção. O prefeito falou por telefone com autoridades em Salvador, na terça-feira, e comissão do Conseg/LEM se reuniu com o comando do 10º Batalhão da Polícia Militar, em Barreiras, na quarta-feira. Na reunião em Barreiras, ficou acertado que o capitão Gama ficará no comando da 5ª Companhia da PM em Luís Eduardo por mais um ano. Oficialmente, a ingerência política na transferência foi negada pelo Conseg/LEM, pelo comando da PM em Barreiras e pelo próprio capitão Gama. Uma fonte com assento no Conseg/LEM disse a este Oeste Semanal que o Conselho estava disposto a pedir de volta os veículos cedidos à Polícia Militar e à Polícia Civil caso a remoção não fosse suspensa. Oficialmente também se ressalta que o capitão seria promovido, mas a mesma fonte lembra que a nova função, chamada de “estratégica”, era burocrática, pouco meritória para um chefe militar que oficialmente todos elogiam. Os membros do Conseg/LEM Fernando Murata, Ana Vieira Gomes, Jair Francisco, Carlos Cerentini e Heloíse Steffens conversaram na PM em Barreiras com o comandante tenentecoronel Osival Moreira Cardoso e com o subcomandante major Cleber de Oliveira Rodrigues. O capitão Gama tem em currículo na Cidade a liderança de ações que resultaram no estouro de 40 pontos de venda de drogas e na apreensão de 120 armas de fogo, entre outros trabalhos, em dois anos de comando. 

Acusado, Negromonte contra-ataca e ameaça No último final de semana foi a vez do ministro das Cidades, Mário Negromonte, virar vidraça. Enquanto visitava Luís Eduardo Magalhães, a revista Veja começava a circular com denúncia segundo a qual o ministro teria montado um “mensalinho” no ministério para retomar o controle da bancada do PP e se manter na pasta. De acordo com a revista,  deputados procuraram a ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti,  e relataram que foram chamados para reuniões no Ministério das Cidades e lá receberam ofertas que incluem uma mesada mensal de R$ 30 mil, em troca de apoio. Parte da bancada do PP se apõe a Negromonte porque queria que o ex-ministro Márcio Fortes continuasse nas Cidades. Fortes foi ministro no governo Lula por cinco anos. Negromonte acabou ministro não só na cota do PP, mas também por suas ligações harmoniosas com o PT da Bahia. O embate entre Fortes e Negromonte já resultou na destituição da liderança do partido na Câmara. O deputado Nelson Meurer, aliado de Negromonte, foi substituído pelo deputado Aguinaldo Ribeiro, aliado de Fortes. Segundo ainda a revista Veja, os deputados João Pizzolatti, Nelson Meurer, José Otávio Germano e Luiz Fernando Faria, aliados do ministro, “ tentam persuadir outros pepistas a se alinharem com o ministro”. Três dos deputados procurados pelo grupo de Negromonte disseram à revista ter recebido a oferta de R$ 30 mil mensais para deixarem o grupo de Fortes. Em entrevista ao jornal O Globo, na quarta-feira, 24, o  ministro Negromonte desafia qualquer deputado do partido a formalizar a acusação contra ele. Em seguida, ameaçou: “Imagine se começar a vazar o currículo de alguns deputados. Ou melhor, folha corrida. Mas não vou citar nomes. Quero pacificar. Só quem perde com isso é o partido”. E completou: “Em briga de família, irmão mata irmão, e morre todo mundo. Por isso que eu disse que isso vai virar sangue”. Negromonte mandou recado ao PP por intermédio do jornal: se ele cair, o ministério não vai nem para um grupo nem para o outro, mas para um terceiro nome, como aconteceu com o Ministério dos Transportes.

Publicação da Oeste Comunicação Integrada Ltda. Rua Jorge Amado, 1.327 – Jardim Paraíso – CEP 47.850-000 – Luís Eduardo Magalhães/BA Inscrição municipal 007132/10 CNPJ 12.835.627/0001-41 - Telefone (77) 3628-0686

oestesemanal@diariodooeste.com.br

A pachorra e a delegacia Falar em polícia, dorme nas gavetas da Segurança do Estado projeto de reforma e ampliação da Delegacia de Polícia Civil de Luís Eduardo. E não é por falta de dinheiro o que a obra não sai. O Município e empresários locais, por intermédio do Conseg/LEM, já garantiram mais de R$ 400 mil para a obra. O Estado não precisa entrar com dinheiro. A Cidade paga tudo. Enquanto a pachorrenta burocracia ressona em Salvador, aqui 70 presos brigam por espaço em duas pequenas celas e policiais, incluindo os dois delegados, se espremem em pequenos cubículos.

PMDB com Santa Cruz

RAUL MARQUES

O apoio do PMDB à reeleição do prefeito Humberto Santa Cruz está bem azeitado. Tão azeitado, que o presidente da Câmara de Vereadores, Domingos Carlos Alves dos Santos, o Cabo Carlos, não resistiu e anunciou o alinhamento com o prefeito durante almoço na Fazenda Agronol e em discurso na inauguração do Ginásio de Esportes, no sábado, 20. A costura política de Santa Cruz se fecha nos Lauck, mas perpassa pelos pontos articulados e traçados por Juarez de Souza. 

Tiremos o chapéu

A VEREADORA Cledi mostra o voto

Para o prefeito Humberto Santa Cruz, que corre em busca de subsídios para o estabelecimento de plano de carreira dos professores municipais de Luís Eduardo Magalhães. Nesta sexta-feira, 26, o prefeito esteve no Instituto Brasileiro de Administração Municipal (Ibam), no Rio, buscando assessoria.

O voto contra o prefeito

Enterremos o chapéu Para a administração municipal, que mantém paralisada a construção do estádio da Cidade. As obras estão paradas há quase cinco meses. A construtora encarregada desistiu do projeto e nova licitação não foi realizada até hoje.  A falta de um estádio leva para Barreiras e São Desidério os jogos da seleção da Cidade, no Intermunicipal. O que certamente ajudou a seleção a ser precocemente eliminada da competição.

Os reclames de Oziel “Amigos” do deputado Oziel Alves de Oliveira – leia-se o próprio Oziel – mandaram fazer outdoors “agradecendo”  o parlamentar “pela criação da Ufoba”, a

SÓCIOS-DIRETORES Antonio Calegari / Pedro Callegari

CIRCULAÇÃO Aroldo Vasco de Souza

REDAÇÃO João Penido (editor), Antonio Calegari, Luciano Demetrius Leite, Raul Beiriz Marques, Rafael Dias, Sebastião Nery, Tizziana Oliveira, Henrique Cabelo (fotógrafo e diagramação), Paulo Cezar Goivães (projeto gráfico)

IMPRESSÃO Gráfica F. Câmara Csg 09 – LOTE 03 – GALPÃO 03 – Taguatinga Sul – Distrito Federal – Fone (61) 3356-7654

PUBLICIDADE Juliana Cadore - (77) 9988-0114

Universidade Federal do Oeste da Bahia. “Amigos” do deputado Oziel Alves de Oliveira – leia-se o próprio Oziel – mandaram também distribuir folhetos pela Cidade, dando o parlamentar como responsável pela construção do Ginásio de Esportes. Universidade nova, tanto no Oeste como no Sul da Bahia, não é benesse conquistada por um deputado. É resultado de estratégia educacional de governo. Quanto ao ginásio, a ideia  foi de Oziel, que não conseguiu construí-lo porque Luís Eduardo tinha ficha suja junto ao Governo federal no seu mandato e não recebia qualquer verba. O prefeito Santa Cruz teve que parcelar, somente com o INSS, dívida de R$ 11 milhões. Só depois que o atual prefeito acertou as contas com a União é que o dinheiro foi conseguido e a obra, realizada.

TIRAGEM* 6 mil exemplares *Tiragem jurada pela editora, comprovável quando da

As contas do prefeito Humberto Santa Cruz foram aprovadas em primeira votação por cinco votos a quatro na sessão de terçafeira, 23, da Câmara de Vereadores. Alaídio Castilho, Walmor Mariussi e Geraldo Moraes são tidos como autores de três dos votos contrários à aprovação, oposição que são. A favor, voto certo foi o de Cledi Bosa, que exibiu a cédula. Dos outros cinco vereadores - Ondumar Marabá, Sidnei Giachini, Domingos Carlos Alves dos Santos (Cabo Carlos), Ariston Aragão e Janete Alves – saiu o quarto voto contra Santa Cruz. 

Minha Casa Minha Vida Helionora Máscia, gerente de Habitação da Secretaria de Desenvolvimento Urbano da Bahia, marcou com o prefeito Humberto Santa Cruz vinda a Luís Eduardo Magalhães nesta terça-feira, 30.  Vem avaliar pedido de 3 mil unidades do Minha Casa Minha Vida para população de baixa renda, feito pelo prefeito. Os projetos do Minha Casa Minha Vida são analisados pela SDU antes de seguirem para a Caixa Econômica.

impressão do jornal, na Gráfica F. Câmara, a par tir das 23 horas das sextas-feiras e quando do início da distribuição das edições, na Rua Jorge Amado, 1.327 – Jardim Paraíso – Luís Eduardo Magalhães, a par tir das 7 horas da manhã dos sábados. As publicações da Oeste Comunicação – Oeste Semanal e DiariodoOeste.com.br não publicam matérias redacionais pagas sem caracterizá-las como Informe Publicitário. A Oeste Comunicação também edita o site online DiariodoOeste.com.br.


Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 27 de agosto a 2 de setembro de 2011

3


4

AGRONEGÓCIO

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 27 de agosto a 2 de setembro de 2011

Syngenta processa a Bunge Łleo de rícino Dilma Rousseff deu agora para implicar com a gestão do presidente da Embrapa, Pedro Arraes Pereira. Obcecada em analisar o micro do micro, a presidente acha que os estudos da empresa para melhorar a produtividade na fabricação de biodiesel a partir de oleaginosas estão muito devagar.

Disputa nos EUA ocorre em torno da comercialização de milho transgênico DA REDAÇ‹O

ber milho com o traço Agrisure Viptera porque o produto ainda não foi aprovado pela União Europeia e pela China, principais importadores. “Estamos tomando essa medida para remover o impedimento ilegal que a Bunge impôs a produtores”, disse ao site Far Futures David Morgan, presidente da Syngenta Seeds, Inc. “Quando um produto é legalmente aprovado, os produtores devem ser capazes de

Terra fértil

Syngenta está processando a Bunge nos Estados Unidos porque a multinacional argentina se recusa a receber milho transgênico produzido a  partir de sementes transgênicas da linha Agrisure Viptera, desenvolvida pela multinacional franco-suíça. A informação é do site Farm Futures. A Bunge diz estar impossibilitada de rece-

Previ e BB, sócios da Kepler Weber, descobriram um maná além das nossas fronteiras. Nos últimos seis meses, a demanda por silos e equipamentos para armazenagem de produtos agrícolas na América do Sul, sobretudo Argentina e Uruguai, cresceu 40%.

Estudo para viabilizar trigo sequeiro no Cerrado

Multiplan A bússola de José Isaac Peres aponta para o Nordeste. A Multiplan vai construir o primeiro empreendimento com a bandeira Barra Shopping na região. Recife e Salvador disputam o investimento.

Copyright Relatório Reservado, publicação diária especializada em inside information editada pela Insight Comunicação. www.relatorioreservado.com.br

Samsung quer milho e soja da Bahia Da Assessoria de Imprensa da Secretaria de Agricultura da Bahia Como resultado prático da visita realizada à Coréia do Sul, em maio deste ano, pelo secretário estadual da Agricultura, Eduardo Salles, e pelo superintendente de Atração de Investimentos, Jairo Vaz, o diretor da Samsung, Sang Hyun Noh, e a diretora do grupo coreano no Brasil, Tatiana Moon, vieram à Bahia conhecer de perto as oportunidades de negócios e declararam a intenção de investir na área de logística e importação de milho e soja. Em reunião na quarta-feira, 24, com o secretário, os empresários coreanos disseram que, num segundo momento, o grupo poderá investir na agroindústria. Os empresários chegaram a Salvador na terça-feira, 23. Acompanhados por técnicos da Superintendência de Atração de Investimentos, eles visitaram as instalações da Unidade de Contêiner do Porto de Salvador, administrada pela Tecon, que opera uma linha direta Salvador/Ásia. Eles conheceram também as instalações do CPort, no Porto de Aratu, reunindo informações sobre as importações de grãos em contêiner e em navios graneleiros. Sétimo maior importador de grãos do mundo, a Coréia do Sul está com os olhos na Bahia diante da necessidade de importar alimentos e encontrar produtos agropecuários.

A

Clarissa Lima Paes, com colaboração de Juliana Caldas Da Embrapa Cerrados Para o Brasil chegar à autosuficiência na produção de trigo, uma das alternativas é o plantio no Cerrado. Especializada no cultivo irrigado, a região ainda explora pouco a triticultura em condições de sequeiro, considerada arriscada pelo produtor. Pesquisas em andamento na Embrapa Cerrados - Unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) - buscam a solução para os principais fatores limitantes desse cultivo. Um dos problemas enfrentados pela produção de trigo sequeiro é a ocorrência de períodos de estiagem na época do plantio - os chamados veranicos - e também no período de enchimento de grãos, no final do período chuvoso. Como são recorrentes esses fatores na época de cultivo, a produção pode ficar comprometida. Segundo o pesquisador da Embrapa Cerrados, Walter Quadros, a busca é por variedades tolerantes à seca. “Selecionamos plantas com raízes mais profundas e alguns mecanismos fisiológicos para não perder muita água pela transpira-

ção”, explica o estudioso. Para chegar a uma variedade de trigo tolerante à seca, os experimentos estão plantados no campo nesta época durante o período em que não há chuvas na região. Neles a irrigação não é uniforme, atinge mais algumas plantas do que outras. Assim é possível avaliar o desempenho das plantas diante desse problema de estresse hídrico.

Brusone. Outra dificuldade que o produtor de trigo em sequeiro enfrenta é a brusone, principal doença que afeta a cultura na região do bioma Cerrado e é causada pelo fungo Magnaporthe grisea. “Durante todo o período de cultivo, a temperatura é alta e há umidade, o que favorece o surgimento do problema. Além disso, para o plantio de trigo safrinha se tornar vantajoso do ponto de vista econômico, é preciso diminuir a aplicação de fungicidas”, explica o pesquisador da Embrapa Cerrados, Alexei Dianese. Em resposta a essa dificuldade, os experimentos conduzidos pela Unidade, dentro do projeto “Brusone do Trigo: estudo da interação planta-patógeno”, liderado pela pesquisadora Gisele Torres (Embrapa Trigo), visam

usar essa tecnologia sem posteriormente serem submetidos a ações arbitrárias”, completou o execurivo. A Syngenta recebeu aprovação do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) para o traço Viptera Agrisure em abril de 2010. Desde então, a tecnologia foi aprovada para cultivo também no Brasil, Canadá e Argentina, e para a importação nos mercados da Austrália, Brasil, Canadá, Jap��o, México, Nova Zelândia, Filipinas, Coréia e Taiwan.

ao teste e à seleção de cultivares resistentes à doença. Com uma média de 1,5 a duas toneladas por hectare, a produtividade do trigo cultivado em sequeiro é bem menor do que a do irrigado, com média de 4,5 toneladas por hectare. A vantagem reside no custo, que também é menor, já que não há investimento em irrigação. A área potencial para esse cultivo também é muito alta, pode chegar a quatro milhões de hectares na região do Cerrado.

Trigo e soja. Como é um cultivo de safrinha, a época do plantio do trigo depende muito do final da cultura de verão. Um dos estudos realizados pela Embrapa Cerrados avaliou que o plantio antecipado favorece melhores produtividades. Walter Quadros explica que foram testadas diferentes variedades e genótipos. As lavouras plantadas em janeiro produziram mais de três toneladas por hectare, enquanto as plantadas em fevereiro renderam pouco mais de uma tonelada, devido à redução de precipitação. Para a antecipação do cultivo de trigo, conforme recomenda o pesquisador, é necessário que o produtor opte por uma cultura de verão precoce. De acordo com o pesquisador Sebastião Pedro, coordenador do programa de soja da Embrapa Cerrados, uma boa opção é a soja superprecoce, a ser lançada pela Unidade nas próximas safras. O ciclo dessa nova opção será cerca de 30% menor que o das variedades atuais, ou seja, de 90 a 100 dias.

Abapa: Região Sudoeste é estratégica para o algodão

Salvador exporta soja em contêiner para o Japão

Anton Roos Da Assessoria de Imprensa da Abapa

O Porto de Salvador, por meio do Tecon Salvador, operado pela Wilson, Sons, realizou na  quinta-feira, 18, o primeiro embarque de soja em contêiner do Nordeste.  A soja, produzida  no município de São Desidério, pela  Agrícola Xingu, subsidiária da Multigrain, geralmente  é movimentada em navios graneleiros, desta vez embarcou no portacontêineres CMA CGM ONYX. O navio faz parte do  novo serviço lançado em maio deste ano que liga a Bahia diretamente à Ásia sem escalas. A soja embarcada tem como destino final  o Japão. De acordo com o Tecon Salvador, a operação traz vantagens para os produtores e para os compradores, como facilidade na  logística  de distribuição, acesso a mercados alternativos e embarques semanais. O transporte por contêiner permite ainda que a exportação ocorra independentemente das condições climáticas e mesmo em períodos de entressafra.

Na década de 1980 a Região Sudoeste da Bahia possuía 250 mil hectares de área cultivada com algodão, o que gerava aproximadamente 220 mil empregos, entre diretos e indiretos. A instabilidade das chuvas e o descuido no manejo das lavouras e combate as pragas do algodoeiro fizeram com que houvesse um declínio na produção da pluma. Hoje, quase 30 anos depois, a região formada principalmente pelos municípios de Guanambi e os que integram o Vale do Iuiu inicia sua retomada na produção de um algodão de qualidade e economicamente sustentável. Em pronunciamento feito durante o II Seminário do Vale do Iuiu, na quarta-feira, 17, na Câmara de Vereadores de Guanambi, a presidente da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), Isabel da Cunha, disse que a região é hoje, “estratégica” para o desenvolvimento da cotonicultura baiana. “Embora a região Oeste detenha a maior

concentração da produção, é aqui que a maior parte dos empregos é gerados. Dos mais de 30 mil empregos que a cultura do algodão proporciona atualmente em toda Bahia, pelo menos 18 mil saem das áreas de plantio localizadas nos municípios que formam o Vale do Iuiu”, disse Isabel. A principal diferença, segundo a presidente, é que no Sudoeste cerca de 60% da mãode-obra é proveniente da agricultura familiar. Considerando que, atualmente, cerca de 80% da produção mundial de algodão seja proveniente da agricultura familiar, a presidente da Abapa fez questão de deixar claro que a associação acredita na viabilidade da pequena propriedade para a cotonicultura. “Tanto nós da Abapa, quanto o Governo do Estado, através da Adab e do Ebda, acreditam no potencial da região Sudoeste para o plantio do algodão”, afirmou Isabel, reforçando que a Abapa está do lado do pequeno produtor para auxiliá-lo nas diferentes etapas da produção: preparo, colheita e, se preciso for, até mesmo na comercialização.


Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 27 de agosto a 2 de setembro de 2011

5


6

CIDADE

TERCEIRA

RAVENA PALLOMA

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 27 de agosto a 2 de setembro de 2011

E

Ú LT I M A

MAGNA DA SILVA SOUZA

DE

UMA

SÉRIE

JOYCE ANDRESSA SILVA

DE

REPORTAGENS

ISRAEL FREIRE NOBRE

ALLYNY RODRIGUES

FOTOS DE RAUL MARQUES

NANDARA MATIAS SOARES

Assim sonha a juventude Alunos do Colégio Constantino Catarino de Souza, no Santa Cruz, relatam aonde querem chegar RAUL MARQUES Da Oeste Comunicação onhos também habitam estudantes do bairro Santa Cruz. E não são muito diferentes daqueles de quem estuda no Centro, no Colégio Estadual Mimoso do Oeste (Cemo), ou no Jardim Paraíso, no Colégio (particular) Mimoso do Oeste (CMO). Em cada estudante entrevistado no Colégio Estadual Constantino Catarino de Souza pode-se notar a forte vontade de passar nos vestibulares e até de juntar estudos com emprego. Ali há futuros oftalmologistas, fonoaudiólogos e jornalistas. Há adolescentes em dúvida para escolher carreiras que às vezes nem são da mesma área, como psicologia e engenharia agrônoma. Há jovens que se interessam por fotografia, por agronomia e pelo mundo ultramoderno das ciências. Durante as entrevistas com alunos, Marlei Terezinha Pretto, diretora do Colégio Constantino, ia verificar a todo momento o que seus alunos estavam falando à reportagem, demonstrando muito carinho por eles. “São como meus filhos. Gosto muito de todos eles e quero que alcancem tudo aquilo que desejam”, disse a diretora. O colégio tem 1.115 alunos, dos quais 280 estão em fase de escolher o que farão no próximo ano. Tomar a decisão é tarefa árdua para alguns alunos, mas não tanto para a jovem Ravena Palloma Dias. Bastante comunicativa, ela quer fazer o curso de Bacheralado Interdisciplinar (BI) em Ciência e Tecnologia. Este curso tem

S

Posto Porto Brasil, o novo point da Cidade Abastecimento exclusivo para veículos de passeio e motos Conveniência BR Mania, com delicatesse, tabacaria, cafeteria, gelateria, bomboniere, burguer e padaria.

(77) 3628-9480

Ela entende que os alunos como característica básica a que estão terminando o ensiformação generalista em no médio têm uma tarefa ciência e tecnologia, com árdua pela frente, a de entrar ênfase em pesquisa experiem uma universidade, e se mental e teórica, planejamensente na obrigação de incento de atividades, desenvolvitivar a todos. “Toda a hora mento e inovação. Com a temos que incentivá-los”, duração de três anos, possibidisse. O apoio da professora lita, posteriormente, a espeestampa-se nas camisas que cialização em uma determiquase todos os alunos do ternada área relacionada à ciênceiro ano usam, com palavras cia ou à tecnologia. “Adoro de incentivo à sua entrada na mexer com assuntos de inforuniversidade. mática. Para mim, é muito A jovem Joyce Andressa prazeroso”, disse Ravena, Silva fez questão de ressaltar moradora no bairro Vereda MARLEI TEREZINHA PRETTO sua paixão especial por imaTropical, que pretende estudar na Universidade Federal da Bahia (UFBA), gens, seja por meio de fotografias, seja pelo em Salvador. Ravena informou que está pres- gosto pelo design.Moradora no Florais Léa, ela tes a começar a trabalhar em uma loja de con- é mais uma que vai tentar a sorte em instituições de ensino da cidade vizinha, Barreiras. veniência e tem como hobby a fotografia. O curso de BI Ciência e Tecnologia não atrai Perguntada se teria outro plano para sua vida, só Ravena Dias. A jovem Magna da Silva Souza, respira e solta um sonho maior: “Gostaria de ser dotada de uma fina ironia, bem ao estilo inglês, oftalmologista. Cuidar dos olhos das pessoas tem também este curso como uma de suas também. Isso me atrai”, disse, com muita fluênopções. “Adoro matemática, sou muito curio- cia. Apesar das dúvidas, o certo é que a menina, sa, mas estou em dúvida se faço BI, engenharia que trabalha em empresa que vende aparelhos civil ou Direito”, disse. A dúvida de Magna de aquecimento solar, quer ser uma profissional Souza não é à toa. Ela mostra boa verbalização que eleja os olhos como foco de atenção. O olhar para uns, a fala para outros. O e agilidade na maneira de pensar. É considerada a questionadora do grupo, mostrando, jovem Israel Freire Nobre, morador do Santa Cruza, sonha em ser fonaudiólogo. E tem ainda, disposição para um “papo cabeça”. uma razão muito especial para isso: é cantor Orientação. A diretora Marlei Pretto dá gospel na Igreja Assembleia de Deus. Sonha especial atenção à orientação a seus alunos. alto. Não está nos seus planos uma cidade próxima a Luís Eduardo Magalhães. “Quero cursar fonoaudiologia na Universidade Federal do Rio de Janeiro ou na de São Paulo”, disse. Israel é um dos alunos mais estudiosos do colégio. “Ele ‘gabaritou’ (acertou tudo) a prova de química”, disseram seus

colegas, deixando Israel encabulado. Cantar é a paixão da aspirante a geóloga Allyny Fragoso Rodrigues, que tem como primeira meta a Universidade Federal da Bahia (UFBA), em Salvador, mas disse que vai tentar também entrar na Universidade Estadual da Bahia (Uneb), em Barreiras. “Tenho uma irmã que mora lá”, disse. Allyny é mais uma frequentadora da Assembleia de Deus, onde louva a Deus cantando. Uma de suas qualidades comentadas pelos colegas é a de ser uma das melhores alunas e ter como hobby ler muito na Internet.

Em meio aos livros. A entrevista com os alunos do Colégio Constantino Catarino foi feita em um sala cheia de livros, que funciona como uma biblioteca. Por vezes, um dos alunos chegava e recolhia uma pilha de livros, possivelmente para alguma aula especial. Todos os alunos mostravam muito boa organização e uma grande afinidade com a diretora da escola. A diretora Marlei Pretto não nega que a estrutura oferecida pelo Estado da Bahia – o colégio é estadual – seja insuficiente, mas disse conhecer alguns atalhos que a permitem, com sua experiência, driblar alguns pontos precários. “O colégio está bem melhor, por exemplo, do que estava em 2008, quando a realidade era outra”. Como a vice-diretora do Colégio Mimoso do Oeste, Marlei Pretto também sofre com a falta de professores. Boa parte dos mestres do colégio são contratados pelo sistema emergencial, conhecido entre o corpo docente como PST – Programa de Serviço Temporário. “Contrata-se professores pelo prazo de um ano, sem que ele seja funcionário da escola”. No entanto, a diretora informa que o primeiro salário é pago quase que religiosamente com três meses de atraso. ➧


CIDADE

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 27 de agosto a 2 de setembro de 2011

7

FOTOS RAUL MARQUES

ANDRIELLE PEREIRA ORTIS

CRISLANE LORRANA

Crítica: falta orientação para o mercado A estudante Nandara Matias Soares tem uma visão bem crítica da realidade estudantil em Luís Eduardo, tanto que quando acabou de falar o que pensava sobre o colégio foi aplaudida pelos colegas. “Quero fazer uma colocação. É lamentável que a gente venha ao colégio durante 12 anos e saia da escola sem capacidade de entrar no mercado de trabalho. Deveria ser obrigatório que todos os alunos do ensino médio fizessem curso profis-

DAIANE ANDRADE DIAS

TATIANE QUEIROZ SILVA

IRLANE SOUZA

sionalizante”, disse. Significa que a jovem moradoNeste ponto, Nandara ra do Santa Cruz atingiu seu Matias mostrou sua primeisonho maior. Irlane deposita ra vocação, aliás, a que a faz a maior confiança em Deus de sonhar mais. “Quero estudar que um dia vai aparecer uma Direito. Posso ser delegada, oportunidade para alcançar juíza, advogada ou promotoeste objetivo. No entanto, alira. Quero estudar na Uneb, menta outra intenção: a de ser em Barreiras, ou em advogada e fazer o curso de Salvador”, disse. Direito na FAAHF. Fã de televisão e de vídeos Os sonhos de Nathiana instrutivos, a menina tem Baldisera estão a 1,5 mil quium plano alternativo caso as lômetros de distância de Luís circunstâncias da vida a obriEduardo. A estudante quer guem a tomar outra direção. ser agrônoma e galgar os pri“Também posso estudar THAÍS DA SILVA FERREIRA meiros passos da carreira em Enfermagem e ir morar em Varginha, em Minas Gerais. Umburana, aqui na Bahia”. Com certeza, Nathiana adora mexer com web design e traseria uma pena, já que a estudante mostrou balha em uma loja de artigos religiosos. grande habilidade de argumentação. “Quero muito estudar agronomia e vou conseguir”, disse, decidida, a estudante. Jornalismo e psicologia. Falar, ler e Indecisão. Muitas vezes o jovem vestibuescrever é o passatempo favorito da jovem Andrielle Pereira Ortis. Ela quer ser jornalista e estudar em Brasília ou em Goiânia, para ficar perto de casa. “Escrevo muito e adoro ler. Leio muito”, disse. Por isso, ela é bastante procurada pelos amigos para ser confidente e conselheira. “Também poderia fazer psicologia. Gosto de auxiliar os outros”. A psicologia é a carreira que atrai a jovem Crislane Lorrana. Amante da Internet, Crislane gosta de entender um pouco mais as pessoas. “Cada pessoa tem um detalhe que chama sua atenção. Gosto de entender cada um”. Nos seus planos estão as faculdades de Barreiras. Moradora do Jardim das Acácias, Crislane tem como segunda opção o curso de administração. A pedagogia é carreira escolhida por Daiane Andrade Dias, talvez influenciada pelo seu trabalho no CMO, colégio particular no Jardim Paraíso. Daiane estuda pela manhã e trabalha à tarde. “Gosto de lidar com crianças”, disse. Ela não esconde o desejo de estudar em Luís Eduardo Magalhães, na Unopar, embora tenha um sonho maior, relatado com timidez. Se tiver chance, Daiane Andrade vai ser produtora de eventos, carreira que mira com maior afeição do que a de pedagoga, embora tenha declarado seu amor por ajudar os mais jovens.

Sabedoria na administração. Assim que acabou a entrevista com os alunos de sua escola, a diretora Marlei Pretto fez questão de saber o que cada um havia mencionado. Não por simples curiosidade, mas por desejo de compartilhar dos planos de seus alunos. Mal sabe a professora a quantidade de sonhos que habitam a estudante Tatiane Queiroz Silva, que oscila entre o curso de administração de empresas e o de direito. Ela não quer viajar. Diz que fará o curso em Luís Eduardo. Tem um hobby: decorar unhas. E pelo que suas amigas deixaram transparecer na sala da entrevista, os seus préstimos são bem cobiçados. Ou seja, faz isso muito bem. Irlane Souza. Não se surpreenda se este nome um dia brilhar como modelo ou atriz.

NATHIANA BALDISERA

lando ou futuro universitário fica indeciso entre a carreira que sonha seguir e o sucesso financeiro. Thaís da Silva Ferreira é um das que enfrentam este questionamento. “Não sei se faço o que quero, psicologia, ou o que tem mais a ver com Luís Eduardo Magalhães, engenharia agrícola”, disse. O mar de dúvida que inunda a cabeça da jovem estudante a aproxima de outras carreiras como medicina e, até mesmo, a de vendedora . “Tenho muita habilidade para vendas”, disse. Entre os estudantes não faltam aspirações, anseios, objetivos maiores. Se dependesse da diretora Marlei Pretto, todos alcançariam os sonhos discutidos ali na sala e na rede social Orkut, a mais utilizada entre os entrevistados. Perguntada sobre o futuro de seus alunos, a diretora, como se fosse mãe de todos eles, disse esperar que todos sejam felizes, mas com o olhar triste. Talvez já com saudade de quem ensaia os primeiros passos rumos a uma universidade. ■


8

CIDADE

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 27 de agosto a 2 de setembro de 2011 FOTOS DE HENRIQUE CABELO

MICHAEL SANTOS

PYERRI CARDDAN

RAQUEL MARQUES

CASSIANO FERREIRA

WANDERSON SANTANA

GILTON ALVES

A oportunidade de participar Jovens debatem sua atuação em diversas áreas da sociedade RAUL MARQUES Da Oeste Comunicação

Q

uantidade não é qualidade. A premissa valeu para a 1ª Conferência Municipal da Juventude de Luís Eduardo Magalhães. Somente cerca de 120 jovens da cidade compareceram no sábado, 20, no Centro de Eventos Nossa Senhora Aparecida, às 7h30 para a realização do evento e acabaram surpreendendo os organizadores por sua qualidade. Vieram jovens de todas as partes do município e representantes de outras cidades, todos interessados em mudar o mito de que o jovem é alienado das ações públicas porque estas não passam credibilidade. Este mito é uma lenda urbana, na visão de um dos organizadores da conferência e presidente da Associação da Juventude de Luís Eduardo Magalhães (Ajulem), Pyerri Carddan. “Os jovens que vieram são poucos,

mas isso não é nada. Eles querem ser vistos, ouvidos, escutados. Querem participar das decisões e ajudar o município, o estado, o Brasil a crescer”, disse Carddan. No final da conferência, ele foi eleito representante de Luís Eduardo Magalhães no congresso intermunicipal que acontecerá no próximo mês. Não é só a participação dos jovens que preocupa Pyerri. O líder da Ajulem está bastante interessado também nas atividades desenvolvidas para os jovens do município. “É importante entender que os jovens precisam também de atividades que os despertem para a cidadania”, disse Carddan, deixando claro que não são só as atividades desportivas que devem ser levadas em consideração, mas também ações culturais e de participação social. O EVENTO. Os jovens tiveram uma manhã bem movimentada e bastante participativa. O ponto alto do evento foi quando os jovens foram divididos em grupos por temas, batizados de eixos pelos organizadores. Os eixos também eram divididos por cores. No eixo 1, da cor verde, os jovens debatiam Direito ao Desenvolvimento Integral, no qual foram abordados assuntos como educação, trabalho, cultura e comunicação. No eixo

CLASSIFICADOS Av. Enedino Alves da Paixão

(77) 3628-3450 CARROS - VENDAS ASTRA HATCH. 4 P. compl. 2006/2007, R$ 28.900,00. NOVO CORSA SEDAN. 4 P. compl. 2005/2006, R$ 24.490,00. GOL III CITY. 4 P. 2004/2005, R$ 16.950,00. VW FOX. AR/TR/AL 4 P.2005/2006,

R$ 24.490,00. HILLUX SRV 4x2. 2008/2009, R$ 78.000,00. DODGE RAM CD. 2004/2005, R$ 78.000,00. MONTANA. AR/DIR. 2008/2009, R$ 24.490,00. STRADA CS. 2008/2009. Valor R$ 23.490,00. Av. Enedino Alves da Paixão

(77) 3628-3450

(77)3628-1115 LOTES EMPRESARIAIS. Vendem-se, ao lado da Bunge alimentos, 72,5 metros de frente por 200 metros de laterais = 14.500 m² - entre em contato e confira. CHÁCARAS. Excelentes chácaras na beira da BR 020, a partir de 3 hectares. BARBADA. 2 lotes de 900 m² cada (15x60), mimoso I, R$ 45.000,00 cada.

SOBRADO. Em condomínio no Jardim Paraíso, rua Glauber Rocha, 110 m², 2 suítes, semi mobiliado. R$ 170.000,00. Financiado. LOTES. Dois, na avenida do loteamento Avenida ( Jardim Paraíso), 18x44. CASA. Jardim Paraíso, Esquina, Rua 25 de Julho, 140 m², 3 quartos.

Para anunciar aqui, ligue para 3628-0686

2, da cor rosa, o tema era o Direito ao Território, dividido em assuntos como a cidade (como área urbana), o campo, o transporte e o meio ambiente. A turma que usava crachá azul formou o eixo 3, cujo tema era o Direito à Experimentação e Qualidade de Vida. Os temas abordados pelo pessoal deste eixo foram saúde, esporte, lazer e tempo livre. No eixo 4, ficaram os jovens de crachá vermelho, com o tema Direito à Diversidade e à Vida Segura; os assuntos abordados foram segurança, valorização e respeito à diversidade e os direitos humanos. O eixo amarelo, de número 5, debateu o Direito à Participação. O debate aconteceu das 10h30 às 12h30, com intervalo de uma hora para almoço, até a chamada plenária geral, na qual cada grupo, de cada um dos eixos, apresentou as conclusões referentes aos temas e fizeram as eleições para o delegado de Luís Eduardo na convenção intermunicipal. O presidente da Comissão Organizadora, Wanderson Santana, mostrava-se um pouco triste pelo comparecimento em número inferior ao esperado, mas tinha a certeza de que os bons resultados desta conferência estarão estampados na próxima. “É muito difícil atrair jovens para um evento como este. Hoje, é um desafio afastar o jovem de um videogame, de uma televisão ou de uma quadra de esportes para ter participação pública. Esta é a primeira conferência. Com certeza, as próximas terão maior comparecimento”, disse.

Participantes. Entre os participantes, estava o jovem Michael Santos da Silva, morador no Santa Cruz, que tinha especial interesse na área de esportes da conferência. “O esporte é importante porque integra todo mundo”, disse. Outra participante era a jovem Raquel Marques, de 16 anos, moradora no Novo Paraná e que tinha grande preocupação nas atividades culturais da cidade, como forma de retirar os jovens da ociosidade, que gera,

muitas vezes, mau comportamento, segundo seu ponto de vista, “É muito importante a participação dos jovens nas escolhas políticas e sociais de uma cidade”, disse a jovem, que está no terceiro ano do ensino médio e pretende cursar Psicologia. Perguntada, Raquel Marques disse que, caso fosse prefeita daria prioridade à área de saúde, até com a construção de um hospital. O jovem de 18 anos Cassiano Rodrigues Ferreira, disse que, caso fosse prefeito da cidade, daria prioridade à educação. Cassiano elogiou a iniciativa da prefeitura em organizar um evento daquele tipo e participava dos debates em torno da educação. Outro jovem atuante que tem bastante preocupação com a área de educação era o estudante de Letras – Português-Inglês – na Faculdade Arnaldo Horácio Ferreira. Para ele, o jovem só confiará no poder público diante de ações como a Conferência da Juventude. “É muito importante trazer o jovem para a política. Para participar de ações que tenham resultados efetivos. Se a gente que é jovem sugerir, criar, participar, voltará a existir credibilidade nas ações políticas”, disse. O vereador Ondumar Marabá, que lá estava, disse que sente falta da participação jovem na política, mas entende a desconfiança dos jovens. “Será muito bom o dia em que tivermos jovens participando de diversos movimentos e indo às reuniões da Câmara”. O prefeito Humberto Santa Cruz participou da abertura do evento, destacando a importância da participação da juventude na política. “Não se pode tolher as ideias de um jovem, e sim dar-lhe condições de envolvimento social, por meio de espaços públicos como este”, disse. Também participaram do evento  o presidente da Câmara Municipal, Domingos Carlos Alves dos Santos e os vereadores Sidnei Giachini, Ariston Aragão e Ondumar Marabá. A conferência teve o apoio da AMA-Associação dos Moradores do Aracruz, Câmara Municipal, Apae, Ajulem e Faahf, Pastoral da Juventude e comunidade evangélica local.


CIDADE

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 27 de agosto a 2 de setembro de 2011

AGENDA Campanha ambiental será lançada nesta segunda-feira A Prefeitura de Luis Eduardo Magalhães, o Instituto Lina Galvani e a Conservação Internacional, em parceria com a Monsanto, lançam nesta segunda-feira, 29, a partir das 19h, no Centro de Treinamento do Sindicato dos Produtores Rurais de Luís Eduardo Magalhães, a campanha “LEM APP 100% legal” . Trata-se de um pacto em prol da restauração de Áreas de Preservação Permanente (APPs) do município que estão degradadas. A campanha tem por meta, neste primeiro ano, apoiar produtores rurais para que seja feita a restauração de 2 mil hectares de vegetação às margens de rios e nascentes. A campanha tem o apoio da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), do Sindicato Rural de Luís Eduardo Magalhães e da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa). Além da assinatura do termo de compromisso entre as instituições parceiras, serão apresentadas durante o evento outras atividades que integram a campanha, como a produção e o plantio de mudas em parceria com os produtores rurais do município, a formação de uma rede de coletores de sementes e uma iniciativa de educação ambiental, o Festival das Sementes. Neste primeiro ano, o festival vai contar com a participação de duas escolas da rede pública de ensino. Durante o lançamento da campanha serão cadastrados os produtores rurais que de forma voluntária queiram apoio para recuperar suas áreas degradadas de APPs. O evento terá a participação do secretário de Meio Ambiente do Estado da Bahia, Eugênio Spengler, e do prefeito de Luís Eduardo Magalhães, Humberto Santa Cruz. Também estarão presentes a secretária de Meio Ambiente de Luís Eduardo Magalhães, Fernanda Aguiar, o diretor do Programa Cerrado Pantanal da Conservação Internacional, Valmir Ortega, a gerente de Sustentabilidade da Monsanto, Gabriela Burian, e a coordenadora do Parque Fioravanti Galvani, Mariângela Pinho.

Raízes.

Segurança no trabalho O Sindicato Rural de Luís Eduardo Magalhães realiza em sua sede, deste sábado, 27, a segunda-feira, 29, das 8 às 18 horas, o Curso de NR 12 (Nota Regulamentadora 12, para o trabalho com máquinas e equipamentos), com a palestrante Ana Paula Brandão. Mais informações pelos telefones (77) 3628;2727 e 3628.3019.

Lembrete ● O Espresso Café realiza neste sábado, 27, a Balada Espressa com o DJ Marciano e a dupla Léo & Lian. A partir das 22h, em frente à praça da igreja Matriz. ● Será realizada neste sábado, na Chácara do Alcides, a partir das 8 horas, a festa de 8º aniversário da Guarda Municipal de Luís Eduardo Magalhães. ● Nestes sábado, 27, e domingo, 28, prossegue em Luís Eduardo Magalhães a 2ª Jornada Espírita, aberta na sexta-feira, 26. Neste sábado, haverá os seminários “Estudo na Casa Espírita” (das 8h às 12h), “Difusão da Doutrina Espírita” (13h30 às 17h) e “Seminário

9

Informações para esta seção: oestesemanal@diariodooeste.com.br

Gospel na Igreja Avivamento da Fé, próximo ao hotel Paranoá, no Santa Cruz, com participação da Banda Redenção. Inscrições limitadas. Entrada 1 kg de alimento. Serão distribuídos R$ 3.500 em prêmios. Informações pelos telefones 9905-8647 e 9924-0485.

Jovem” (8h às 12h e 13h30 às 17h), bem como a palestra “Sociedade Parisiense de Estudos Espírita”, das 20h às 21h30, com Roberto Versiani. Neste domingo, painel “Estudo, Difusão e Prática na Casa Espírita” com José Jardim e Roberto Versiani; seminários “Prática do Espiritismo” (8h às 12h) e “Seminário Jovem” (8h às 12h e das 14h às 17h); Painel: “Estudo, Difusão e Prática na Casa Espírita” (14h às 17h). Encerramento com apresentação artística dos jovens, às 17h30. No Hotel Saint Louis, com entrada franca. Mais informações pelos telefones (77) 3628-1789(Albenira) ou 9971-8114 (Ronei).

● Reuniões do Orçamento Participativo serão realizadas na sexta-feira, 2 de setembro, às 19h, no Clube Aliança ( região orçamentária Rio de Ondas, Novo Paraná e Alto Horizonte) e na quinta-feira, 8, às 19h, na Escola São Francisco (região orçamentária Vila Buriti, Galinho e Muriçoca).

● Neste sábado, 27, Baladão Universitário com as duplas Denis & Dennyel e Lucas & Fernando. No Estação Ge, no bairro Santa Cruz. A partir das 22h. Informações pelo telefone (77) 9196-4653.

● A Abapa promove cursos técnicos para operação de trator e pulverizador, com turmas no período de 29 de agosto a 3 de setembro e de 5 a 9 de setembro. Informações pelo telefone (77) 3628-1818.

● Também nestes sábado, 27, e domingo, 28, prossegue o curso “Caminhada Bíblica Através do Antigo Testamento”, com o palestrante José Ronaldo, na Igreja Comunidade Cristã, no Jardim Paraíso. No sábado, às 15h; e no domingo, às 9h. Mais informações pelo telefone (77) 3628-5123.

● Serão realizados em 1º de outubro, na Escola Amélio Gatto, no Santa Cruz, o Festival da Canção (interpretação) e o Concurso da Miss Estudantil. Podem participar alunos das escolas públicas e particulares nas classes A (nascidos entre 2002 e 2004), B (nascidos entre 1999 e 2001) e C (nascidos entre 1996 e 1998). Inscrições e informações pelo telefone (77) 3628-5486 ou pelo e-mail ameliogatto@hotmail.com.

● Nos dias 3, sábado, e 4 de setembro, domingo, a partir das 19h, Festival de Música

ACONTECEU

Baile dos mineiros Será realizado no próximo sábado, 3 de setembro, no Centro de Tradições Gaúchas Sinuelo dos Gerais, o VII Baile dos Mineiros. Vão se apresentar a dupla sertaneja Jean e Jefferson e a banda sertaneja Lord Company. Os organizadores prometem “cinco horas de dança sem parar”. Informações e venda de mesas pelo telefone (77) 3628.2655

Festa do folclore Também no próximo sábado, 3 de setembro, será realizada na escola municipal José Cardoso de Lima, a XIV Festa do Folclore, com o tema Retratos do Brasil-Valorização das

FLOR NACIONAL. Ipê, na língua tupi, significa árvore cascuda, talvez em homenagem à sua resistência. Um ipê amarelo pode ser visto na Rua JK por quem passa na rodovia. O ipê destoa das demais árvores da cidade. Floresce em meio ao tempo seco da região, embelezando as margens da rodovia. Não foi à toa que em 1961 o então presidente Jânio Quadros declarou o ipê amarelo a Flor Nacional, símbolo do país.

ANÁLISES DE SOLOS E FOLIAR (77) 3639-3133 solos@kuhlmann.com.br financeiroklab@kuhlamnn.com.br Anexo à Fundação BA


10 C I D A D E

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 27 de agosto a 2 de setembro de 2011 FOTOS DE HENRIQUE CABELO

DONA LOURDES Lauck e o prefeito Santa Cruz descerram placa que

homenageia José Alberto Lauck.

JACOB LAUCK, dona Lourdes e a filha Sheila durante a solenidade.

O MINISTRO Negromonte discursa na inauguração, ao lado do prefeito Humberto Santa Cruz.

Ministro das Cidades na inauguração do Ginásio de Esportes RAUL MARQUES Da Oeste Comunicação m solenidade que contou com a presença do ministro das Cidades, Mário Negromonte, do deputado federal licenciado João Leão (atual chefe da Casa Civil da Prefeitura de Salvador), do deputado estadual Mário Negromonte Filho, do prefeito Humberto Santa Cruz, do secretário de Esportes, Valtair Fontana, do presidente da Câmara Municipal, Domingos Carlos Alves da Silva, e de membros da família Lauck, foi inaugurado na noite de sábado, 20, o ginásio de Esportes José Alberto Lauck , construído pela Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães na Rua do Barú 1069, no Jardim das Acácias. Cerca de 1 mil pessoas compareceram à festa de inauguração, que contou com show da banda Moleque Travesso e apresentação de banda formada por estudantes locais. O prefeito Humberto Santa Cruz, em seu discurso, lembrou que a obra do Ginásio de Esportes atendia reinvindicações do Orçamento Participativo do ano anterior, quando moradores dos diversos bairros da Cidade elegeram as prioridades de cada um deles para este ano. “O povo do Jardim das Acácias pediu um ginásio e ele está aí, pronto”, disse o prefeito, enfatizando que nos dias seguintes a população teria, mais uma vez, a chance de escolher obras que entrarão no orçamento do próximo ano.

E

Ações integradas. Dois secretários municipais tinham razões especiais para comemorar: o de Esportes, Valtair Fontana, e a de Educação, Madalene Mariussi. Valtair Fontana era um dos mais entusiasmados com a inauguração. “O esporte da cidade ganhou muito com a inauguração do ginásio. Temos vários planos para usar o ginásio como centro de prática de esportes pelos jovens”, disse Fontana.

Ele informou que várias escolinhas de futebol serão implantadas. “Realizaremos campeonatos locais sub 17, sub 15, sub 13, sub 11 e sub 9”, informou. M a d a l e n e Mariussi, vê o ginásio como a realização de um sonho, a concretização de um objetivo. “É saudá- FÁBIO LAUCK vel, em todos os sentidos, a inauguração de um ginásio de esportes. Para a educação, para o esporte, para a cidade”, disse. Os dois disseram que as secretarias realizarão ações conjuntas a partir de agora, com a interseção da educação com o esporte. “Será uma boa parceria”, disse Valtair Fontana.

Bênção e homenagem. O diácono da igreja católica Gerson de Mello, acompanhado do garoto Gabriel de Mello, celebrou a cerimônia de bênção do novo ginásio de esportes. Logo em seguida, os políticos presentes discursaram, todos realçando a importância da administração de Humberto Santa Cruz, como já haviam feito em almoço realizado mais cedo, na bela sede da Fazenda Agronol. Por ser o mais jovem entre os políticos presentes e pelo predomínio de jovens entre o público, o deputado estadual Mário Negromonte Júnior foi o primeiro a discursar e arrancou aplausos do público quando

disse que queria “ver Humberto Santa Cruz por mais cinco anos no poder”. Ao ser corrigido por populares, que lembraram que o mandato de prefeito é de quatro anos, o deputado estadual emendou: “São cinco mesmo: um desta adminisGERSON DE MELLO tração e quatro da próxima”. O deputado João Leão, por sua vez, disse que obras como o ginásio de esportes demonstram o novo momento de Luís Eduardo. “Hoje as coisas acontecem de forma diferente: tem internet na praça, mais de 30 km de asfalto e muitas obras. Há uma visão antes da atual administração e depois dela”, disse Leão. Em seguida aos discursos, a família Lauck foi homenageada pela Prefeitura. Fábio Lauck contou a história de José Alberto Lauck, seu tio, que deu nome ao ginásio. Estavam presentes também Jacob Lauck, irmão do homenageado, e a viúva de José Alberto, Lourdes Lauck.

A inauguração. Por volta das 22 horas, o prefeito, a família Lauck e as autoridades presentes foram cortar a fita e abrir os portões do ginásio de esportes e descerrar a placa come-

morativa da inauguração. Tiveram dificuldades para chegar ao local tal a quantidade de gente que estava em frente ao portão pronta para assistir a partida de futsal entre as seleções de Luís Eduardo Magalhães e de João Dourado. Depois de muito aperto, com a turba passando à esquerda, o prefeito, Fábio Lauck, Jacab Lauck, Lourdes Lauck e o secretário de Esportes descerraram a placa comemorativa. O prefeito Humberto Santa Cruz e Fábio Lauck foram convidados a dar o pontapé inicial da partida de futsal. Foram bastante aplaudidos pelo povo presente no ginásio, que estava lotado. O ginásio tem quadras poliesportivas - futsal, vôlei e basquete –,  banheiros e arquibancada para 520 pessoas. Sua área é de 1.436 metros quadrados. Nele foram investidos R$ 645.290,27, dos quais 90% do Ministério dos Esportes e 10% da Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães. O secretário de Esportes, Valtair Fontana, informou que já foram adquiridas duas tabelas de basquetebol, no tamanho oficial, a serem instaladas em breve. A festa só não foi completa pelo resultado do jogo. A seleção de Luís Eduardo foi derrotada por 6 a 3 pela de João Dourado.

O homenageado. José Alberto Lauck, um dos pioneiros da Cidade, faleceu em 21 de dezembro de 2010, em acidente de moto em sua fazenda. Ele caiu da moto e teve traumatismo craniano. Era o sétimo filho de Albano Pedro Lauck e Crescência Catarina Lauck. Irmão de Romeu, Renato, Valéria, Loiva, Jacob, Jorge, José, Maria e Ângela Lauck. Nascido em 10 de janeiro de 1956 na cidade de Três de Maio (RS), era casado com Lourdes e pai de Sheila, Rodrigo e Jéssica. ➧

jaumat.const@hotmail.com

PROMOÇÃO TODO PISO BIANCOGRES COM 25% DESCONTO, PARCELADO EM ATÉ 6 VEZES NO CARTÃO OU CHEQUE


C I D A D E 11

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 27 de agosto a 2 de setembro de 2011 RAUL MARQUES

No cardápio, a reeleição do prefeito JO‹O PENIDO E RAUL MARQUES Da Oeste Comunicação vinda do ministro das Cidades, Mário Negromonte, a Luís Eduardo Magalhães, no sábado, 20, para participar da inauguração do Ginásio de Esportes José Alberto Lauck, construído pela Prefeitura no Jardim das Acácias, transformou-se em ato político pela reeleição do prefeito Humberto Santa Cruz em outubro de 2012. Antes da inauguração do ginásio, o prefeito organizou almoço em homenagem ao ministro, na sede da Fazenda Agronol, que reuniu cerca de 200 pessoas, entre empresários, agricultores, vereadores, presidentes de associações, secretários municipais, prefeitos de outras cidades da região Oeste e lideranças políticas regionais e estaduais. Em favor da reeleição de Humberto Santa Cruz discursaram o ministro Mário Negromente; seu filho, o deputado estadual Mário Negromonte Júnior; o deputado federal licenciado João Leão, atualmente chefe da Casa Civil da Prefeitura de Salvador; e o presidente da Câmara Municipal, Domingos Carlos Alves da Silva, o cabo Carlos. Todos elogiaram a gestão do prefeito, um empresário bem sucedido que saneou as finanças do município, conseguiu recursos estaduais e federais e agora entrega diversas obras à população. E todos criticaram os oito anos de gestão do primeiro prefeito do município, o atual deputado federal Oziel Alves de Oliveira, do PDT. O evento foi marcado pelo entusiasmo do prefeito Humberto Santa Cruz com as últimas notícias, como a instalação, anunciada pela presidente Dilma Roussef, na semana passada, de um campus da Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufoba) em Luís Eduardo e as obras do Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social  (FNHIS), que devem começar em breve no bairro Santa Cruz, totalizando R$ 21 milhões em investimentos. “É muito importante a chegada de uma universidade ao nosso município, que vem apresentando crescimento acelerado, acima da média do País. Isso prova que a cidade está no caminho certo”, disse o prefeito, agradecendo o apoio político recebido dos deputados presentes e do ministro Mario Negromonte, em cuja carteira de financiamentos estão os projetos FNHIS 1 e FNHIS 2. Humberto Santa Cruz disse que Luís Eduardo Magalhães tem um problema que todo município gostaria de ter: o desenvolvimento acelerado, que exige muitas obras de infraestrutura. “Luís Eduardo cresce a passos largos e tem obras por todos os cantos. Isso para mim não é um problema. É uma satisfação. Como todo problema, este tem solução, que passa por uma política voltada para o desenvolvimento, com democracia e orçamento participativo”, disse. O prefeito disse que na próxima eleição a população poderá comparar a sua gestão, de quatro anos, com a de seu antecessor, de oito

A

O PREFEITO Humberto Santa Cruz, o ministro Mário Negromonte e o deputado João Leão. anos. “O povo não é bobo e sabe enxergar; quem pensa que engana o povo é que está enganado”, disse Santa Cruz, em alusão ao deputado Oziel. Ministro. O ministro das Cidades, Mario Negromonte, disse que a vinda da Universidade do Oeste da Bahia corrige uma distorção. Ele lembrou que existem no Estado de Minas Gerais, por exemplo, 12 universidades federais, enquanto no Estado da Bahia só havia uma. “A presidente Dilma trouxe para a Bahia duas das quatro universidades que anunciou para todo o País: uma delas terá campus em Luís Eduardo Magalhães, o que prova a força da cidade”, destacou. O ministro fez questão de elogiar a administração do prefeito Humberto Santa Cruz, “gestor que foge do político tradicional, e empresário bem sucedido que contribui com sua experiência para a administração pública”, e suas realizações. “Só estou aqui porque o senhor é um prefeito honesto, que saneou as finanças da Prefeitura e abriu as portas para Luís Eduardo Magalhães receber um volume de recursos expressivo do governo federal. Se o município estivesse inadimplente e com salários atrasados, eu não viria aqui” , disse Negromonte. Ele se referia ao fato de o atual prefeito ter recebido a Prefeitura com mais de R$ 10 milhões em dívidas junto ao INSS e com atrasos no pagamento de salários aos funcionários, deixados pelo antecessor, o deputado Oziel. “Humberto saneou as contas da Prefeitura em um ano e planejou para os próximos anos; agora, executa e entrega diversas obras à população”, disse o ministro, acrescentando que o prefeito “representa uma nova maneira de fazer política, de fazer o bem”. Ainda segundo o ministro, o prefeito “abriu as portas para Luís Eduardo receber recursos federais”, e “leva aos governos estadual e federal projetos que convencem”.

Críticas a Oziel. Em todo o momento, os políticos presentes criticaram a administração anterior do município de Luís Eduardo Magalhães. O chefe da Casa Civil da Prefeitura de Salvador, João Leão lembrou que a região Oeste tem a oportunidade de afastar de vez o casal de opositores, em alusão ao deputado federal Oziel Alves de Oliveira e a sua esposa, a prefeita de Barreiras, Jusmari de Oliveira. João Leão defendeu a reeleição de Humberto Santa Cruz, em Luís Eduardo, e a eleição de Antonio Henrique de Souza Moreira, ex-prefeito de Barreiras, em Barreiras. “Desta forma, afastamos de vez o casal do poder de qualquer município da região”, disse, chegando a sugerir aos presen-

tes que fossem até Barreiras para ver “a degradação que tomou conta daquela cidade na gestão da prefeita Jusmari”. Uma das críticas do deputado João Leão foi o fato de o deputado Oziel estar alardeando que a instalação da Ufoba em Luís Eduardo decorreu de um pedido seu. Naquele sábado, dois dos principais outdoors da cidade exibiam a foto do deputado Oziel, com os dizeres “os amigos de Luís Eduardo Magalhães agradecem ao deputado” pela criação da Ufoba. Em um deles, a cabeça do deputado estava pichada com um par de chifres. João Leão anunciou que o governo estadual estuda a instalação de um Hospital em Luís Eduardo, mas ressalvou que esta “não é uma obra para agora, mas a concretização de uma necessidade e de uma administração que está se tornando modelo para outras”. Outro ponto levantado por Leão, atualmente chefe da Casa Civil da Prefeitura de Salvador, foi o da Ferrovia Oeste Leste (Fiol), obra cuja paternidade também é pleiteada pelo deputado Oziel. “Isso é um absurdo. O ministro Negromonte e eu temos lutado há mais de 20 anos, desde quando éramos deputados federais (o ministro teve seis mandatos, um como deputado estadual e cinco como federal, e Leão está no quarto mandato), pelos interesses da Bahia. Há oito anos, em audiência com o então presidente Lula, em companhia de Humberto, Sérgio Pitt e Walter Horita, levamos o projeto da ferrovia e ele (Oziel) vem dizer que fez isso agora?”, perguntou em tom irônico. Leão lembrou que na ocasião foi pedido a Lula que indicasse um gerente para o projeto, caso contrário ele não sairia do papel. Leão criticou ainda o fato de o deputado Oziel alardear que a já aprovada duplicação da BR 242 resultar de pedido seu feito ao Ministério dos Transportes e ao DnitDepartamento Nacional de Infraestrutura dos Transportes. “O cara diz que é pai de tudo”, ironizou Leão.

O deputado estadual Mário Negromonte Júnior classificou Humberto Santa Cruz de “gestor nato” e informou que o Governo do Estado está estudando o projeto de sinalização vertical e horizontal para Luís Eduardo enviado pelo prefeito. “Existe no Detran um modelo de projeto de sinalização já implementado por toda a Bahia. O chefe do Detran esteve em Luís Eduardo para analisar in loco o projeto e levouo para a Secretaria de Administração, órgão que libera os recursos e que vai também analisá-lo”, disse o deputado a Oeste Semanal. Mário Negromonte Júnior acrescentou que está buscando junto ao Governo estadual que se crie uma política de regionalizaçção de matadouro-frigorífico. Ele fez indicação ao governador para que se construam entrepostos com câmara frigorífica com material para fazer a desosa e a salga do boi. O presidente da Câmara de Vereadores de Luís Eduardo Magalhães, Cabo Carlos, foi outro que criticou a administração de Oziel Oliveria. “Não houve administração anterior. Não havia prefeito (em alusão a Oziel Oliveira). Ele teve o tempo, o dinheiro e o apoio necessários e nada fez em oito anos”, disse. Cabo Carlos, do PMDB, aproveitou para comunicar a aliança entre o seu partido e a administração de Humberto Santa Cruz, do PR. O prefeito Humberto Santa Cruz confirmou a aliança com o PMDB para as próximas eleições. “Não se pode descartar o apoio do maior partido político do Brasil e que tem dois vereadores na Câmara”, disse.

Presenças. Estavam presentes o presidente e o vice-presidente da Aiba (Associação dos Agricultores e Irrigantes da Bahia), respectivamente Walter Horita e Sérgio Pitt; os empresários José ‘Zuba’ Brandão, Silvanir Rodrigues Porto, Rogério Faedo, Ricardo Barata, Pedro Fainesi Júnior, Danilton Conde Vasconcelos, Lauro Lusa, Ricardo Teixeira, Ubiratan Franciosi, Beto Henke e Cleber Reghini, entre outros. Também compareceram os secretários municipais de Administração e Finanças, Carlos Augusto Daniel; de Agricultura, Jaime Cappellesso; de Cultura e Turismo, Ana Célia Ferreira Silva Alves; de Esportes, Valtair Carlos Fontana; de Governo, Maria Teresa Nemoto Sabino de Freitas; de Indústria, Comércio e Serviços, Rodrigo Ferreira Martins de Sousa; de Infraestrutura, Sérgio Verri; de Meio Ambiente, Fernanda de Cássia Aguiar Santos; de Planejamento, Orçamento e Gestão, Cândido Henrique Trilha Ribeiro; e o procurador do Município, Bruno Martinez Neves; o deputado estadual Mário Negromonte Jr.; o ex-prefeito de Barreiras, Antonio Henrique de Souza Moreira, que deve ser candidato a prefeito nas próximas eleições, pelo PP; a atual vice-prefeita de Barreiras, Regina Figueiredo; e os prefeitos de Formosa do Rio Preto, Manoel Afonso Araujo, e de Mulungu do Morro, Amauri Lucena. Entre os políticos locais, estiveram presentes os vereadores Domingos Carlos Alves dos Santos – o Cabo Carlos; Ondumar Marabá, Sidnei Giachini e Ariston Aragão. ■


12

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 27 de agosto a 2 de setembro de 2011


Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 27 de agosto a 2 de setembro de 2011

13


14

EMPRESAS

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 27 de agosto a 2 de setembro de 2011 RAUL MARQUES

Pneus Pirelli chegam a Luís Eduardo DA REDAÇ‹O

PEDRO POLLES

JOÃO POYER

Líder vende apartamentos em condomínio de luxo DA REDAÇ‹O Da Oeste Comunicação mercado financeiro tem uma máxima. Diversificar a carteira de investimentos sempre foi uma boa opção para qualquer aplicador. Distribuir os recursos entre ativos financeiros, como CDBs, ações, poupança, e a outra parte em ativos reais, como imóveis. Os apartamentos, casas, terrenos e lojas, entre outros, proporcionam segurança aos compradores, longe das oscilações imprevisíveis do mercado financeiro. Os profissionais recomendam, ainda, que os compradores devem preferir áreas novas, que ainda não estão densamente povoadas e têm tudo para crescer, tanto na parte comercial, como no número de moradores. O engenheiro João Poyer entende que Luís Eduardo Magalhães está neste caso. “Cheguei aqui na região há 22 anos, quando só existia uma casa e posto de gasolina. Luís Eduardo Magalhães é uma destas cidades onde comprar imóvel pode dar bons lucros ao investidor”, disse. Foi a partir destas normas que o engenheiro comandou a construção das quatro torres de apartamentos que fazem parte do Residencial Villa Borghesi, empreendimento na Rua 31 de Março, no Jardim Paraíso, que conta com 128 unidades habitacionais para vender. “São 32 apartamentos em cada prédio, em um dos melhores pontos da cidade”, disse o diretor de Líder Imóveis, Pedro Gandolfi Polles, para quem o mercado imobiliário vive um bom momento para quem deseja comprar. João Poyer explicou como nasceu o Villa Borghesi. “O presidente da empresa, Rubem Branquinho, esteve na Itália, na região de Veneza, onde conheceu um condomínio que o deixou maravilhado: o Villa Borghesi. Resolveu então construir este condomínio, que eu reputo ser o mais moderno da região. Tanto na construção, como no material utilizado”.

O

Empreendimento. Pedro Polles, diretor da Líder, detalhou o empreendimento. Segundo o empresário, há 96 apartamentos disponíveis, todos com três quartos, dos quais uma suíte, em área de 87,7 metros quadrados, que somada a área de lazer anexa e vaga na garagem perfaz um total de 175,63 metros quadrados. “É um apartamento bastante espaçoso, com área de serviços, cozinha do tipo americana e sacada gourmet”. O condomínio terá quatro torres: a Firenze (já pronta); a Venezia, com entrega prevista para 30 de dezembro de 2012; a Milano, com entrega em 30 de maio de 2014; e a Napoles, prevista para 30 de dezembro de 2015. “O local também é excelente em relação à cidade. Fica perto do Hotel Solar e do Colégio Mimoso do Oeste”,

disse Pedro. Cada torre terá dois elevadores. Segundo o diretor da Líder, o residencial terá área de lazer com piscina, quadra de futebol soçaite, pista de Cooper, espaço fitness com varanda, sauna e piscina para a prática de biribol, esporte praticado em uma piscina com tamanho de quatro metros por oito metros, com 1,30 metro de profundidade, com uma rede dividindo dois espaços, tal qual o volibol. “O condomínio residencial também disporá de três churrasqueiras”, informou Polles. Na entrada, há o que existe de mais moderno em segurança: uma ante-sala para os visitantes, que devem se identificar e esperar a autorização do morador.

Material de primeira. O engenheiro João Poyer informou que todo o material usado na construção foi escolhido com grande cuidado. “O piso da cozinha, banheiros e área de serviço é todo em porcelanato. O dos demais cômodos é em laminado flutuante”, disse. Pedro Polles explicou que o laminado flutuante é o que há de mais moderno em piso, com proteção acústica. “O morador do apartamento de baixo não vai ouvir barulhos do vizinho de cima em razão deste material”, disse. O condomínio disporá de sistema de Internet e TV a cabo coletivos; as contas de água, gás e luz serão individuais. João Poyer destacou que cada prédio, bem como suas unidades, dispõe de termicidade, está ecologicamente correto, com venezianas em alumínio e sistema de tratamento de esgoto e galeria de águas pluviais. Facilidades para aquisição. Segundo o diretor da Líder Imóveis, cada apartamento custa R$ 260 mil, facilitados pela construtora. “O normal é dar 10% de entrada e pagar 10% do saldo devedor a cada seis meses, mas estamos suscetíveis a propostas para facilitar a entrada”, disse. O apartamento dever estar pago totalmente até a entrega das chaves, o que pode ser feito via financiamento obtido no sistema financeiro ou através da linha de crédito da construtora. “Até a entrega das chaves é cobrado o percentual do Índice Nacional da Construção Civil (INCC). Após a entrega das chaves, o comprador paga 1% ao mês, mais a variação do Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M)”, explicou Polles. Estes percentuais significariam, segundo os números de julho, 22,09% de custo anual para o comprador. A empresa está com plantão no local todos os dias. Os telefones para informações são (77) 3628-6652 e (77)99530106. Se o interessado desejar, pode agendar visita a um apartamento pronto.

O pneu oficial da Fórmula 1, Pirelli, desembarcou em Luís Eduardo Magalhães. Inaugura-se na manhã deste sábado, 27, a Oeste Pneus, empresa do grupo Agrosul que pretende inovar no mercado da cidade vendendo, prestando assistência, alinhando faróis e pneus, enfim, oferecendo todos os serviços prestados por uma boa empresa do ramo automotivo. “Temos nove funcionários, todos com treinamento especializado, o que nos capacita a prestar o melhor serviço de toda a região”, disse o gerente comercial da Oeste Pneus, Claudio Lopes Kemerich. Ele informou que a empresa vai operar com linha completa da Pirelli, que engloba os pneus para carros de passeio, caminhonetes, truck (caminhões), agrícolas convencionais, agrícolas radiais e os OTR, destinados a uso industrial ou a empilhadeiras, carregadeiras e patrolas, entre outros. Uma dos trunfos da Oeste Pneus é a chamada geometria tridimensional dos pneus (Geometria 3D), tal qual a usada pelos carros de fórmula 1, a qual permite o alinhamento e balanceamentos das rodas, para redução do desgaste dos pneus.

Promoção. Além dos serviços, a Oeste Pneus também participa das promoções da empresa Pirelli, entre as quais está a de concorrer a ingressos para o Grande Prêmio de Fórmula 1 que será realizado no autódromo de Interlagos, em São Paulo, no dia 27 de novembro. O vencedor da promoção também ganha hospedagem entre os dias 25 e 27 de novembro, em hotel cinco estrelas, a tempo de assistir os treinos livre e classificatório

da corrida. A promoção inclui, ainda, dois jantares nos restaurantes Fasano e Dom, nas noites dos dias 25 e 26 de novembro. Os restaurantes são considerados uns dos melhores de São Paulo. “Esta promoção também deve atrair clientes para nossa empresa. Esperamos que seja daqui o feliz ganhador”, disse Claudio Kemerich, que tem mais de 20 anos de experiência no mercado de pneus. Vendas. O gerente comercial da Oeste Pneus destacou que a empresa prestará assessoria na escolha do pneu certo, bem como na higienização do ar condicionado dos carros, na venda de acessórios e no rodízio dos pneus. “É importante o serviço de pós-vendas, para fidelizar o cliente, informando-o sobre a melhor forma de fazer a manutenção do automóvel e, especialmente, dos pneus, que exigem calibragem, rodízio e balanceamento”, disse. Um dos detalhes que fará o diferencial da loja, explicou Claudio Kemerich, é que os carros antes de entrarem na oficina receberão uma lavagem para retirada da poeira. “É um tratamento para ajudar na manutenção dos automóveis”, disse o gerente comercial. A Oeste Pneus aceitará cartões de crédito Visa, Mastercard e Diners como forma de pagamento, parcelando as compras em até seis vezes sem acréscimo. A empresa funciona na Avenida Enedino Alves da Paixão, 3.174, no bairro Santa Cruz. A rua ficará fechada das 7 às 12 horas para facilitar o acesso aos interessados em conhecer a nova loja. O telefone da empresa é 77-3639-4000. Os contatos também podem ser feitos por e-mail: oestepneus@oestepneus.com. RAUL MARQUES

CLAUDIO Lopes Kemerich, gerente comercial da nova loja.


C I D A D E 15

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 27 de agosto a 2 de setembro de 2011

Mega campanha para o Natal Entre os prêmios que serão sor teados para consumidores estão 20 motos e dois carros 0 km RAUL MARQUES

Associação Comercial e Empresarial de Luís Eduardo Magalhães (Acelem) lançou, no domingo, 21, a campanha de Natal, classificada como “a maior de todos os tempos do Oeste da Bahia”. Serão mais de R$ 200 mil em prêmios, entre os quais 21 motos Iros 100 e três carros zero quilômetro: Ford Ka, Corsa Tropical e Celta Tropical, um deles a ser sorteado entre os lojistas que aderirem à campanha. O lançamento ocorreu durante almoço promovido pela Acelem no Centro de Eventos Nossa Senhora Aparecida (Gruta), que teve a participação de cerca de 1 mil pessoas. Os prêmios serão distribuídos por meio de raspadinhas para quem comprar nas lojas filiadas à Acelem a partir do dia 15 de outubro. A campanha se estenderá por pelo menos quatro meses, até meados de janeiro do ano que vem. Além destes prêmios, as empresas participantes da campanha, dos mais diferentes setores, poderão oferecer

A

Carlinhos Pierozan estava bastante otimista em relação à venda de kits da campanha aos lojistas. Cada uma das 20 primeiras empresas que comprasse o kit ganhava o direito de colocar uma das motocicletas – cada uma avaliada em cerca de R$ 4 mil – em exposição na sua loja. Rapidamente, foram vendidos os 20 primeiros kits. A Acelem, informou Pierozan, fará grande divulgação da campanha. “Faremos propaganda em jornal, rádio, televisão, carros de som, outdoor. Enfim, em todo o tipo de mídia. É uma campanha para ficar na história”, disse.

Sorteios. Assim que acabou o almoço, cerca de 100 brindes ofertados por dezenas de lojas começaram a ser sorteados entre os presentes, na promoção “Rifão da Acelem”. Cada um que comprasse o almoço, a R$ 15, ganhava um cupom numerado e se habilitava a receber os brindes. Entre eles, estavam uma ACELEM HENRIQUE CABELO “noite de amor” no Hotel Saint Louis, com direito a acompanhante, e outra no Hotel Paranoá, com direito a hidromassagem, dois smartphones oferecidos pela Vivo, ração para cachorro, chuveiro elétrico, jogo de talheres, kit para chimarrão, e roupas. Se o dono CARLINHOS PIEROZAN E MARCO SAMPAIO AILANA MARTINS do cupom não estivesse mais no local, brindes próprios. outro número era sorteado. O presidente da Acelem, Carlinhos Um dos premiados foi Marco Antônio Pierozan, disse que a mega promoção “é para Sampaio, que trabalhou na Delegacia de durar pelo menos quatro meses e aumentar Polícia Civil como assessor do delegado. Ele as vendas de todos os que participarem”. De estava feliz com o evento. A seu ver, eventos acordo com ele, mais de 400 filiados, entre como o da Acelem ajudam a cidade a desencomércio, empresas e prestadores de servi- volver-se e, por conseqüência, reduzem a criços, deverão participar da promoção. “A minalidade na cidade. expectativa da Acelem é de premiar mais de Exclusivamente para lojistas, foi sorteado mil pessoas. Se a gente contar com os even- um netbook. tuais prêmio que cada associado participante Depois dos brindes e do netbook, foi sordará, podemos estimar o total em mais de teado o prêmio – uma motocicleta - da camcinco mil prêmios”, disse panha “Papai, Não Esqueci de Você ”, que não

Mutirão contra o câncer de próstata atende 816 homens Da Assessoria de Imprensa da Prefeitura No sábado, 20 de agosto, foi realizado na Policlínica Municipal, o III Mutirão pela Vida Contra o Câncer de Próstata, com o objetivo de diagnóstico e tratamento precoce de alguma patologia. O evento atendeu 816 homens com idade acima de 40 anos. O mutirão contou com o apoio profissional de três médicos especialistas em Urologia e equipe multiprofissional da Secretaria Municipal de Saúde, que conta com médicos de outras especialidades, enfermeiros, psicólogos, nutricionistas, farmacêuticos, biomédicos, técnicos em enfermagem, motoristas e higienizadoras. Os agendamentos para os atendimentos no mutirão começaram 20 dias antes do evento nas Unidades Básicas de Saúde do

Município, onde foram pré-agendados 554 homens. Porém, além dos pacientes agendados previamente, realizou-se o atendimento de mais 51 homens e outros 211 foram agendados para realizar o exame com o médico urologista em outra data. Os usuários fizeram o exame de sangue (PSA) e consultaram com médico urologista. De acordo com a secretária de Saúde, Maira de Andrada Santa Cruz, a cada mutirão mais usuários são beneficiados. Em 2009 participaram 151 homens, em 2010 foram 438 e, em 2011, superando as expectativas, foram atendidos 816 homens. A ação veio em boa hora para pessoas como o trabalhador Salomão Gomes Pinto, de 46 anos, “É a primeira vez que faço o exame”, contou, elogiando a iniciativa da Secretaria Municipal de Saúde.

AS 21 MOTOS e os 3 carros que serão sorteados pela Acelem na megapromoção. exigia a presença do ganhador no local e destinava-se aos clientes das lojas que compraram produtos para o Dia dos Pais (14 de agosto). A ganhadora foi Ailana da Silva Martins, que não estava no almoço. Ela foi avisada por telefone e veio rapidamente receber a moto. Por coincidência, Ailana estava em um bingo,

tentando também ganhar uma moto. “No momento em que me ligaram, não acreditei. Depois, percebi que tinha ganho”, disse Ailana. Segundo os organizadores, Ailana deu um grito de felicidade quando recebeu o telefonema da Acelem informando-a sobre o prêmio.


16

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 27 de agosto a 2 de setembro de 2011 FOTOS DE HENRIQUE CABELO

HEBER DOS SANTOS

ODAILTO LEITE DE SOUZA

ROSA GONÇALVES

FABIO VASCONCELOS

ANGELO ROQUE

MARCO AURÉLIO PEREIRA

Começa a discussão do orçamento Prefeitura e moradores fazem primeiras reuniões para discutir obras do próximo ano RAUL MARQUES Da Oeste Comunicação

O

Orçamento Participativo é bem simples. O povo pede obras e o que a maioria solicitar, a Prefeitura faz, respeitada a disponibilidade de verbas. As plenárias do Orçamento Participativo começaram na noite de segunda-feira, 22, com a presença do prefeito Humberto Santa Cruz e cerca de 300 moradores dos bairros Jardim Paraíso, Jardim das Oliveiras, Jardim das Acácias, Vereda Tropical, Jardim Imperial, Jardim Ipê, Tropical Ville e Emburana I e II e estudantes de diversas escolas. A reunião foi na escola municipal Cezer Pelissari, no Jardim das Acácias. Participaram da reunião, entre outros, secretários municipais, vereadores, empresários e representantes de diversas associações de moradores da cidade. O prefeito Humberto Santa Cruz, que começou a reunião como mero participante, acabou sendo o principal interlocutor. Após a exibição de um vídeo sobre as realizações da prefeitura com base nas plenárias do Orçamento Participativo para este ano, foi aberto o microfone para que qualquer um dos presentes fizesse perguntas ao prefeito. Foi uma verdadeira sabatina. Desde propostas concretas para o orçamento até assuntos da esfera estadual e federal foram abordados pelos presentes, em reunião que começou às 19h30 e terminou por volta das 23 horas. “É muito importante a participação de todos para acertarmos nas obras que vocês querem que sejam realizadas. Isso vai nos ajudar a fazer um Governo melhor. Uma administração coerente com a vontade de todos. A população dá sua sugestão e o governo municipal atende. É assim a nossa forma de administrar”, disse Santa Cruz. Cada participante podia preencher uma ficha com sua sugestão para o orçamento e,

E-mail: estrela.tintas@uol.com.br Tel: 77 3628-1258 Fax: 77 3528-3683

ainda, habilitar-se como delegado para as reuniões deliberativas do Comitê Gestor do Orçamento Participativo. O público presente aplaudiu o prefeito Humberto Santa Cruz quando este anunciou obras que estão nos planos da Prefeitura, entre as quais a construção de uma feira coberta, no bairro Jardim das Acácias, uma quadra coberta na Escola Cezer Pelissari, uma creche e uma escola no Jardim das Oliveiras e duas creches no Jardim das Acácias.

Explicações. A primeira plenária do Orçamento Participativo começou com as explicações dadas pelo Secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão, Cândido

Vereda Tropical; e 12ª, Jardim Ipê, Tropical Ville e Jardim das Oliveiras. A região com maior população estimada, segundo dados fornecidos pela Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão é a 8ª, que abrange o bairro do Santa Cruz, à direita da Avenida Ayrton Senna, com 20.726 moradores. A segunda mais populosa é a 7ª, Mimoso II e Jardim Primavera, com 10.880 moradores. Cândido Trilha, antes de começar a exposição, disse a Oeste Semanal que, no ano passado, por exemplo, houve surpresas quando da elaboração do Orçamento Participativo. “A gente esperava, por exemplo, que o item mais pedido fosse asfaltamento de ruas ou algo relacionado com a educação ou saúde. Mas não foi assim. Em 80% das regiões, o item HENRIQUE CABELO

CÂNDIDO HENRIQUE TRILHA

FERNANDA AGUIAR

Henrique Trilha, sobre o que é, realmente, o Orçamento Participativo. “Dividimos a cidade em 12 regiões orçamentárias. Cada uma faz a sua reunião e decide o que quer. Esta divisão por região é feita de forma puramente geográfica, sem levar em conta outros fatores”, explicou. Trilha, destacando que, a partir daí, são escolhidos os delegados que vão participar da reunião deliberativa. As 12 regiões orçamentárias da cidade são: a 1ª, da comunidade Bela Vista; 2ª, que reúne as comunidades do Alto Horizonte e do Novo Paraná; 3ª, do Assentamento Rio das Ondas; 4ª, Vila Buritis, Muriçoca, Galinhos e Umburana I e II; 5ª, que engloba o Centro da Cidade; 6ª, Mimoso I, Mimoso III e Cidade Universitária; 7ª, Mimoso II e Jardim Primavera; 8ª, o bairro do Santa Cruz, à direita da Avenida Ayrton Senna; 9ª, Florais Léa e Santa Cruz, no lado esquerdo da Avenida Ayrton Senna; 10ª, Jardim Paraíso; 11ª, Jardim das Acácias, Jardim Imperial e

mais pedido foi áreas de lazer”, disse. Cândido Trilha explicou como funciona o Comitê Gestor do Orçamento Participativo. “O comitê é formado por membros da Prefeitura Municipal, da Câmara de Vereadores e do Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico e Social. Os conselheiros escolhidos nas reuniões discutirão as prioridades para cada região, observando a capacidade de realização. As regiões orçamentárias devem pedir obras que sejam viáveis tecnicamente”. Trilha informou ainda que o Comitê apresentará a agenda das plenárias deliberativas. Participação estudantil. Quem chegava à reunião do Orçamento Participativo se surpreendia com a quantidade de estudantes presentes. Segundo os agentes administrativos da Escola municipal Cezer Pelissari, Odailto Leite de Souza e Heber dos Santos, os alunos de 16 turmas foram liberados para

assistir à reunião. “Cerca de 150 alunos devem ter ficado para conhecer o Orçamento Participativo”, disse Odailto Souza. Aliás, um dos grupos que mais participou da sabatina do prefeito foi o dos estudantes. Alunos fizeramn perguntas ao prefeito sobre assuntos polêmicos, como desemprego, segurança pública e obras de cunho social. Várias vezes o prefeito solicitou a participação dos secretários municipais para dar respostas mais precisas, exigindo, inclusive, datas para que as promessas não ficassem nas palavras. Os secretários que tiveram a participação mais solicitada foram os de Infraestrutura, Sergio Verri, e de Educação, Madalene Mariussi.

Meio ambiente. Uma das secretárias, que participou como observadora, mas demonstrou bastante preocupação com tudo que foi dito nesta primeira reunião do Orçamento Participativo, foi a de Meio Ambiente, Fernanda Aguiar. A seu ver, toda e qualquer obra precisa ser ecologicamente correta e ajudar a cidade. Fernanda Aguiar mostrava, também, especial preocupação com a coleta de lixo da cidade, já que Luis Eduardo Magalhães é um dos municípios pioneiros na Bahia na coleta seletiva de lixo. Perguntada sobre se as propostas do Orçamento Participativo poderiam funcionar como uma espécie de orientação para as próximas ações da secretaria, Fernanda Aguiar concordou, mas lembrou que ainda há muito o que fazer em Luís Eduardo Magalhães, especialmente no que diz respeito à conscientização das pessoas. “Quando lançamos a campanha “Eu amo, eu cuido, eu vivo” em Luís Eduardo queríamos, exatamente, trazer o morador para amar esta cidade. Várias crianças, quando questionadas sobre seu amor à cidade, acabaram não respondendo positivamente. Isso não pode acontecer. A pessoa para cuidar do lugar em que vive tem que amar o local. Esta é a nossa maior preocupação”, disse. A secretária destacou a campanha que tem início nesta segunda-feira, com a participação da Prefeitura, do Instituto Lina Galvani, da Conservação Internacional e da Monsanto, para apoiar a restauração das Áreas de Preservação Permanente (APPs) degradas do município. Neste segunda-feira, 29, será assinado um pacto em prol da restauração de áreas de vegetação nativa, denominado “Luís Eduardo APP 100% Legal”. A campanha tem o apoio de diversas associações de produtores e do Sindicato Rural da cidade. Na campanha, serão cadastrados os produtores rurais que de forma voluntária queiram apoio para recuperar suas áreas degradadas de APPs.


C I D A D E 17

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 27 de agosto a 2 de setembro de 2011

FOTOS DE HENRIQUE CABELO

JOSÉ DAS VIRGENS

GETULINO JESUS

O prefeito responde Depois da exibição de vídeo e da explicação do que é o Orçamento Participativo pelo secretário de Planejamento, Cândido Trilha, foi a vez do prefeito Humberto Santa Cruz falar ao povo e responder a perguntas formuladas pelos participantes. De cara, o prefeito destacou que, ao contrário de seu antecessor, não devia um mês sequer de INSS, o que permite ao município habilitar-se às linhas de crédito do Governo federal. “Quando você está com o nome sujo junto ao Governo federal, você não consegue mais nada. Hoje, não temos mais este problema. Podemos nos habilitar a qualquer financiamento”, disse Santa Cruz, destacando que só para o bairro do Santa Cruz há uma linha de crédito de R$ 19 milhões para obras . A primeira pessoa a questionar o prefeito foi Rosa Gonçalves. A senhora, sentada em uma das primeiras filas, reclamou de Humberto Santa Cruz a falta de empregos. “A gente quer trabalho, prefeito”, disse Rosa. O prefeito explicou que, por força da lei, é obrigado a contratar todos os concursados, mas disse para a senhora acalmar-se que a Prefeitura, em breve, lançaria concurso público para o preenchimento de mais vagas. Fábio Vasconcelos quis saber qual era o valor disponível para o orçamento de 2012, “para a gente ter uma idéia”, disse. Humberto Santa Cruz lembrou a Fábio que, no dia seguinte, terça-feira, 23, estaria sendo votada a Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) na Câmara de Vereadores e que en breve o orçamento estaria sendo definido. O asfaltamento da Avenida JK foi questionado por Angelo Roque. O prefeito respondeu que o seu maior sonho é fazer esta ligação entre a cidade e o aeroporto, sem precisar passar pela rodovia. “O asfaltamento de várias avenidas foi feito com base em parceria. O objetivo da gente é fazer esta ligação direta desde a Rua Acre até o aeroporto”, disse.

Violência em pauta. A onda de violência que assola a cidade também foi abordado pelos presentes. Ademir Pereira do Amorim questionou Humberto Santa Cruz sobre a colocação de um posto policial no Jardim das Acácias. O prefeito explicou que não é prática da polícia adotar este tipo de policiamento. “Coloque esta sugestão no orçamento participativo, embora a polícia prefira fazer o patrulhamento das ruas a colocar homens parados em um posto policial. A desculpa é a de que falta efetivo”, explicou Humberto Santa Cruz. Foi então que Marco Aurélio Pereira abordou Humberto Santa Cruz em relação à onda de arrombamentos e roubos a pedestres, entre outros crimes, perguntando o que a Prefeitura estava fazendo para melhorar a segurança dos moradores.

HILDEBERTO NUNES

Humberto Santa Cruz lembrou que a questão de segurança é estadual, mas que a Prefeitura tem tomado atitudes para reduzir a criminalidade na cidade. “Desde maio, quando cá esteve o secretário estadual, estamos esperando por uma assinatura para começarmos a reforma da delegacia”, disse o prefeito, destacando que Luís Eduardo Magalhães gasta mais de R$ 500 mil por ano no apoio às policias civil e militar. No entanto, Humberto Santa Cruz defendeu que os policiais da cidade deviam ter a possibilidade de morar aqui. “Seria uma forma do policial, que geralmente mora fora, manter um maior contato com a cidade. Só o fato de saber que um PM mora em determinado local já imporia respeito”, disse, esclarecendo, no entanto, que o primeiro passo para que isso gerasse melhores resultados seria transformar a 5ª Companhia da PM em uma Companhia Independente. O prefeito disse que chegou a pensar até em construir casas que serviriam de moradias para os policiais.

FABIOLA BARBOSA COSTA

PIEGON RÖKPE

que disponibilizasse o sinal da Internet no Jardim das Acácias. O prefeito informou que já existe sinal de Web em vários pontos da cidade, mas pediu que a jovem incluísse esta proposta no Orçamento Participativo. “Lembro que a Internet grátis é para ler, pesquisar, usar para os estudos. Não é para baixar filmes”, disse. Humberto explicou que tinha um contrato com a Oi que foi rompido diante do custo elevado. “Optamos por empresas de Luís Eduardo Magalhães, com sinal de mesma ou melhor qualidade”, disse. O morador do Jardim das Acácias Piegon Röpke reclamou de uma igreja evangélica que está sendo construída em espaço público. O morador, evangélico, entende ser errada aquela construção. No seu entendimento, o espaço deveria ser utilizado como área verde de lazer. Humberto Santa Cruz disse que não pode fazer nada em razão da administração anterior ter doado o terreno à Igreja, mas prometeu tentar dar um jeito, embora não garantisse sucesso. Feira livre e sinalização. O prefeito foi questionado População Um dos participantes quesainda por uma moradora questiona sobre tionou o prefeito sobre a que reclamou do fato de os cobertura do local onde funônibus escolares circularem segurança, ciona a feira livre do Jardim cheios pela cidade. sinalização, das Acácias. Quem pergunHumberto Santa Cruz conasfalto, feira tou foi o estudante José das tou, então, a novidade: “A Virgens. Neste momento, o Prefeitura comprou sete livre, ônibus, prefeito foi ovacionado por ônibus novos para fazer o internet ... prometer a cobertura da transporte de estudantes na feira. cidade. Estes ônibus devem Getulino Jesus da Rocha circular na cidade até o final questionou a falta de sinalido ano”, disse. zação nos quebra-molas da cidade. O vídeo exibido com as realizações da Humberto Santa Cruz, então, acionou o Prefeitura era pontuado pela batida da secretário de Infraestrutura, Sérgio Verri, música Always on My Mind, gravada pelo que prometeu que em 30 dias colocaria grupo inglês Pet Shop Boys. A versão origisinalização nos novos quebra-molas. O pre- nal é de Elvis Presley. A tradução do título feito aumentou o prazo para 45 dias. para o português talvez tenha relação com o “Asfaltamos mais de 300 mil metros qua- que estava sendo discutido e o que foi dito drados de ruas e temos que dar um prazo pelo secretário de Planejamento, maior para o asfaltamento”, disse o Orçamento e Gestão, Cândido Henrique prefeito. Trilha, e pelo prefeito Humberto Santa Hildeberto Nunes, presidente da Cruz. Always on My Mind significa, em porAssociação de Moradores do Jardim das tuguês, Sempre em Meu Pensamento, assim Acácias, questionou o prefeito sobre a pos- como a cidade de Luís Eduardo Magalhães sibilidade de haver maior número de linhas para todos que estavam na reunião. de ônibus no bairro. Humberto Santa Cruz foi taxativo: “Coloque (o pedido) no orçaReunião no Santa Cruz. Na segunda reumento participativo”. O presidente da asso- nião do Orçamento Participativo, realizada ciação de moradores também questionou o terça-feira, 23, no bairro Santa Cruz, o prefeito sobre o término de obras de cre- grande destaque foi a notícia de que o bairches e escolas. Humberto Santa Cruz lem- ro terá mais 16 km de pavimentação asfáltibrou que as obras, com recursos do FNHIS ca até o final do próximo ano. Na reunião, (Fundo Nacional da Habitação de Interesse Humberto Santa Cruz informou aos moraSocial) são feitas sob a forma de licitações. dores sobre como serão construídas a praça “Só que muitas empresas acabam ganhan- dos esportes e da cultura (a chamada Praça do a licitação, mas por força do custo e da do PAC) e a escola modelo na Rua Ibitiba. baixa margem de lucro acabam desistindo. “Também reformaremos a Praça Aldo de Este foi o caso da obra do FNHIS. Uma Grandi, ao lado da Escola Onero Costa e empresa de Pernambuco ga-nhou a primei- instalaremos uma cobertura na quadra ra licitação e desistiu da obra. Agora, somos esportiva da Escola Amabílio Vieira”, disse obrigados a fazer uma nova licitação”, Os participantes ficaram satisfeitos com os disse. anúncios feitos por Humberto Santa Cruz. Fabíola Barbosa Costa pediu ao prefeito “Estou contente por ter participado da reu-

MARIA IVANILDE COSTA nião, pois foi uma oportunidade para tirar minhas dúvidas”, disse a estudante Poliana Martins. “Agradeço ao prefeito por tudo que ele tem realizado em nossa cidade. A notícia de mais asfalto me deixou muito satisfeita, pois vai acabar a poeira na minha rua”, disse a dona-de-casa Maria Ivanilde Costa. A próxima reunião do Orçamento Participativo está marcada para quartafeira, 31, às 19h30, na Escola Municipal Ottomar Schwengber, na Rua Pernambuco 1.241, no Mimoso I. Esta reunião é destinada aos moradores dos bairros Mimoso I, Mimoso III, Cidade Universitária, Mimoso II e Jardim Primavera e da comunidade Bela Vista. Na sexta-feira, 2, às 19h, no Clube Aliança, na Comunidade Novo Paraná, haverá reunião das regiões do Assentamento Rio de Ondas, Novo Paraná e Alto Horizonte. Na quinta-feira, 8 de setembro, às 19h, na Escola São Francisco, haverá reunião da região da Vila Buriti, Galinho e Muriçoca.


18 C I D A D E

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 27 de agosto a 2 de setembro de 2011

SEBASTIÃO NERY A noite de Vargas SALVADOR – A madrugada de 23 a 24 de agosto de 1954 foi uma das mais longas da história do país. As rádios (Nacional, Tupy, Globo) ficaram de plantão permanente. A Nacional era do governo. A Tupy de Chateaubriand e a Globo de Roberto Marinho tinham sido entregues a Lacerda, que não saía do microfone. Meia noite Vargas reuniu o ministério. De madrugada, Getúlio recebeu o manifesto dos generais, levado por seu ministro da Guerra, Zenóbio da Costa. Desistiu de resistir, concordou em assinar uma licença, deu a caneta a Tancredo Neves, foi deitar-se já ao amanhecer. Lacerda e Eduardo Gomes gritavam nas rádios: -“Licença coisa nenhuma. Ele não voltará”. Não voltou mesmo. Ficou para sempre.

Getúlio Depois de passar a madrugada jantando com colegas, ouvindo as rádios e um pianista cego, no “Columbia”, bar-restaurante de jornalistas depois de prontos os jornais, na avenida Paraná, em Belo Horizonte, fui para o hotel dormir. Às 9 da manhã, batem na porta. Era Roberto Costa, dono da livraria “Oliveira e Costa”, dirigente do Partido Comunista : - Acorda, companheiro! O velho Getúlio acaba de se matar, às 8h30. Vamos buscar os trabalhadores na Cidade Industrial para protestar. - Mas não éramos contra ele, o Partido Comunista não era contra? - Agora não é mais. Ele deixou uma Carta

GETÚLIO VARGAS

Testamento que está sendo lida nas rádios e é um documento revolucionário, violento manifesto aos trabalhadores denunciando o imperialismo americano. Vamos buscar o povo para um comício na praça Afonso Pena, diante da Faculdade de Direito. Já mandamos companheiros para lá, para improvisar um palanque.

Belo Horizonte Entrei no carro dele, fomos para a Cidade Industrial. A rádio Nacional dava a Carta seguidamente. Era de arrepiar. O velho era um gênio. Com duas laudas de papel matou os adversários todos juntos. Deixou algumas frases arrasadoras que ficaram na História

Doações para a Apae via conta de energia DA REDAÇ‹O Depois da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, a Apae de Luís Eduardo Magalhães lançará a campanha Apae-Energia. A campanha  consiste na arrecadação de contribuições espontâneas dos consumidores de energia elétrica através da conta mensal de energia. A sociedade é convidada, por meio de telefonemas feitos por uma empresa de telemarketing, a contribuir com doações para o auxílio na sustentação dos serviços prestados pelas Apaes a pessoas com deficiência. A doação é cobrada na conta de energia. A diretora executiva da Apae de Luís Eduardo Magalhães, Gilianna Bonissoni, espera que a sociedade luiseduardense participe ativamente da campanha e colabore. “Não é para se assustar quando alguém da empresa telefonar. É uma ligação na qual a empresa de telemarketing explicará como funciona a campanha, qual é o objetivo, ao que se destina o dinheiro arrecadado. Tudo para ficar bem claro o que é a Apae-Energia”, disse.

A empresa de telemarketing responsável pela campanha, segundo o site da Federação das Apaes do Brasil, é a Sollo, com sede no Espírito Santo. Com pouco tempo de Luís Eduardo Magalhães, para onde veio do Estado do Paraná, Gilianna Bonissoni elogiou a forma como o povo da cidade, especialmente os empresários, apoiaram a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla. “A participação das pessoas em Luís Eduardo é muito boa. A aceitação dos projetos da Apae pelo povo de Luís Eduardo é muito boa”, destacou a diretora da associação. Sobre a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, Gilianna Bonissoni informou que foi um sucesso, com a participação de diversos segmentos da sociedade, inclusive o prefeito Humberto Santa Cruz. “Está em nossos planos construir uma sede nova para a Apae, sem perdermos a área verde que está aqui em frente. O prefeito ficou de nos ajudar a conseguir doações para esta construção, seja sob a forma de recursos, seja sob a forma de terreno”, disse.

Subíamos nos portões das fábricas (Mannesman, Magnesita, etc) e conclamávamos os trabalhadores a se solidarizarem com Vargas. Alguns nem acreditavam. Quando ouviram o rádio de um botequim em frente dando as notícias, jogavam as ferramentas no chão e gritavam furiosos : - UDN assassina! Udenistas filhos da puta! Pronto. Já tínhamos o cadáver, agora tínhamos também o inimigo, a UDN. E começou a grande marcha, mais de 10 quilômetros, para a Praça da Sé, no centro de Belo Horizonte. E de lá para a Praça Afonso Pena, onde seria o comício. A cada instante o cortejo ia aumentando, engrossando. Nem Roberto nem eu conseguiríamos fazer tudo a pé. Voltamos de carro.

Mostrei-lhes a Carta que o governador me dera : - Vou esperar o discurso do Hélio (do Diretório) e depois ler a Carta. - Ótimo. Mas, na hora em que terminar, aponte para o Consulado Americano e diga: - Quem matou Getúlio foi o imperialismo! É a senha.

A carta

Ao lado da Praça da Sé, o povo já invadira a sede da UDN, quebrara tudo e pusera fogo. Corri para o palácio da Liberdade, já cheio de jornalistas, radialistas, políticos. No gabinete, Juscelino estava literalmente arrasado. Ali senti quanto gostava de Getúlio. Nas mãos, uma cópia da Carta Testamento, recebida pelo rádio. Pedi uma cópia para mim. Desci do palácio com a Carta, às pressas. A cidade já toda na rua. Tinham armado um palanque com um caminhão bem ao lado da escadaria do edifício da Faculdade e arranjado um serviço de som. O deputado do PTB, Ernani Maia, falava. A praça já cheia e, dependendo dos oradores, o povo passando de instantes de profundo silêncio aos gritos mais irados. Roberto Costa e Dimas Perrin, dirigentes do PCB, rondavam e davam ordens.

O Consulado era ao lado da Faculdade. Quando o Pontes terminou, vi muita gente chorando. Peguei o microfone, pedi silêncio, disse apenas: - Mataram o presidente Vargas, mas ele continua vivo, falando ao povo! E li, pausadamente, a Carta Testamento. A multidão chorava e eu também. Quando terminei, olhei para o Consulado Americano e gritei : - Quem matou Getúlio está ali! Foram os americanos! Antes de eu descer, o fogo já subia. A multidão avançou sobre o Consulado, pôs fogo nas revistas e jornais, nos livros e fotos. Queimava tudo. Na escada da Faculdade, o Montanha, investigador enorme, negro, me agarrou pelo pescoço com a mão esquerda, a palma da mão bem vermelha, me sacudiu no ar e atirou no chão, como um embrulho inútil. Na outra mão, girava um revólver grande, preto. Pensei que ia atirar. Bendito Montanha. Não atirou. Bateu com o revólver no meu nariz, o sangue esguichou, desmaiei e saiu me arrastando para um carro da polícia, que me levou para a enfermaria da Delegacia de Ordem Política e Social (DOPS).

Na abertura das atividades da semana, o Prefeito Santa Cruz anunciou aos participantes que está no seu Plano de Governo, a construção da praça da Acessibilidade, que ficará próxima a sede da Apae, no bairro Mimoso II. Gilianna Bonissoni lembrou que existem outras formas de participar da Apae como voluntário. A diretora executiva destacou que uma destas formas é oferecendo-se na sede da associação. “Temos um neurologista

que é voluntário aqui da Apae. Também temos um fisioterapeuta. Uma professora se ofereceu e veio um dia pintar a cara dos alunos. É muito bom trabalharmos assim”, disse. Maiores informações sobre como ajudar a Apae de Luís Eduardo Magalhães podem ser obtidas pelo telefone 77-36280476 ou no site da Apae, elaborado também, segundo Gilianna Bonissoni, por uma voluntária. O endereço é www.apaelem.org.br.

Juscelino

NOTIFICAÇÃO EXTRAJUDICIAL NOTIFICANTE: INCORPORADORA SANTA LYDIA LTDA, pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ sob nº 09.071.206/0001-87, localizada no seguinte endereço: Avenida JK, Quadra 89, Lotes 01 e 02, Centro, Luis Eduardo Magalhães - BA. NOTIFICADOS: Amauri Thome, portador do CPF nº. 447.194.269-72, Contrato de Promessa de Compra e Venda nº 077/2009; Amauri Thome, portador do CPF nº. 447.194.269-72, Contrato de Promessa de Compra e Venda nº 078/2009; Maria Jose dos Santos Nascimento, portadora do CPF nº. 033.733.745-45, Contrato de Promessa de Compra e Venda nº 085/2011; Considerando que por várias opor tunidades a NOTIFICANTE buscou dar lhes ciência pessoalmente das irregularidades referentes aos Contratos supra citados o que restou impossível, serve a presente para NOTIFICÁLOS, para que no prazo de 15 (quinze) dias a contar da publicação desta, Vossas Senhorias compareçam ao escritório cito à Avenida JK, Quadra 89, Lotes 01 e 02, Bairro Centro, cidade de Luis Eduardo Magalhães, Estado da Bahia, para fins de atendimento do disposto na cláusula 4ª parágrafo único do contrato em epígrafe. O não comparecimento no prazo marcado implicará nas conseqüências inser tas no artigo 394 do Código Civil Brasileiro com a imediata RESOLUSÃO do CONTRATO ante citado, conforme pactuado entre as par tes nos Contratos de Promessa de Compra e Venda. Luis Eduardo Magalhães - Bahia, 26 de agosto de 2011. Incorporadora Santa Lydia.


E M P R E S A S / C I D A D E 19

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 27 de agosto a 2 de setembro de 2011 HENRIQUE CABELO

Conferência propõe ações para a Cultura DA REDAÇ‹O

CIBELE COSTI: “Além de bom atendimento, preços bem mais em conta para nossos clientes”.

Farmácias se unem para enfrentar grandes DA REDAÇ‹O

núcleo Empreender”. Raquel Kuhn é mais uma que defende o pros pequenas farmácias de Luís Eduardo fissionalismo do setor de farmácias, especialMagalhães uniram-se para enfrentar a mente para evitar o que chamou de “empurroconcorrência das grandes. A união lhes terapia”. “A falta de profissional qualificado dará maior poder na hora de comprar os pro- em farmácia transforma o estabelecimento dutos e lhes permitirá oferecer preços mais que cuida da saúde de todos nós em um simbaixos. O Núcleo de Farmácias do Projeto ples comércio. É preciso orientação”, disse. Empreender criou a Rede Forte Med, formada A farmacêutica lembra que, em sua farmáRAUL MARQUES pelas empresas Drogaria Bahia, cia, com quatro empregados, Farmácia Pró Saúde, Santa todos os balconistas estão orienTerezinha, Drogaria Super tados a explicarem aos compraPharma, Farmácia Belle Pharma, dores que não são farmacêuticos Farmácia Santa Maria e Farmácia e sim balconistas. “Isso é fruto de Santa Cruz. O coquetel de lançauma cultura antiga, mas no meu mento da rede foi realizado na estabelecimento todos devem quinta-feira, 25, às 19 horas, no explicar a diferença entre balcobistrô Olavo Nascimento, com a nista e farmacêutico”, disse. participação de diversos segmenAna Faedo, da Farmácia Santa tos da sociedade. Maria, entende que a união das A farmacêutica Cibele Costi, empresas locais é uma resposta dona da Belle Pharma, que tamdireta aos “aventureiros que bém é a presidente da rede Forte desembarcam na cidade apenas Med, explicou que o objetivo da RAQUEL KUHM atrás do dinheiro”. “Vimos a cidaassociação é buscar parcerias de crescer. Acompanhamos as com as distribuidoras de medipessoas daqui, de Luís Eduardo camentos para obter descontos Magalhães, desde quando a cidade vantajosos que serão repassados era bem pequena. Empregamos aos consumidores. “Este vai ser gente daqui. Nada mais justo do nosso diferencial. Ter além de que lutarmos pelo nosso espaço. um bom atendimento, preços As pessoas precisam saber disso”, bem mais em conta para nossos disse Ana Faedo. clientes”, disse. Congratulações. O empreendimento tem como Representando o prefeito de slogan “o preço que você queria Luís Eduardo Magalhães, o na farmácia que você conhece”. secretário de Indústria, Cibele Costi disse que o objetivo Comércio e Serviços, Rodrigo é manter o profissionalismo do Ferreira, enalteceu a iniciativa e mercado, uma de suas maiores ANA FAEDO desejou sucesso aos proprietápreocupações como farmacêutirios das oito farmácias (nove lojas) da cidade. ca profissional. “Há uma grande diferença entre uma “São projetos como este que engradecem empresa que opera com um profissional do Luís Eduardo”, disse. Já o presidente da Associação Comercial e ramo à frente e outra que tem à frente um comerciante. As farmácias que são de farma- Empresarial de Luís Eduardo Magalhães cêuticos preocupam-se primeiro em orientar (Acelem), Carlinhos Pierozan, um dos que mais incentivaram ou o grupo de farmácias, o cliente”, disse Cibele Costi. A farmacêutica informou que todas as far- destacou a importância de iniciativas como mácias terão adesivos informando que são esta para o comércio local. “A Acelem está sempre pronta a apoiar todo empreendimento que filiadas à rede Forte Med. incentive os comerciantes locais. Iniciativas União faz a força. A farmacêutica e como esta é que fazem de Luís Eduardo empresária Raquel Kuhn, da Farmácia Santa Magalhães uma cidade especial”, disse. Cruz, disse que a ideia da Forte Med surgiu O representante do Sebrae, Emerson há dois anos quando vários empresários da Cardoso, também era um dos mais entusiascidade, do mesmo setor, resolveram agrupar- mados com o projeto. “Mais uma vez os se em uma espécie de cooperativa para pequenos mostram que podem enfrentar os aumentar seu poder de compra e de negoci- grandes e vencer as adversidades. Sinto-me ação. “O embrião do projeto nasceu há dois honrado em o Sebrae ter apoiado o projeto, e anos, incentivado pelo pessoal do Sebrae, do por ter sido onde nasceu a ideia”, disse.

A

Apresentações artísticas e culturais foram o destaque da II Conferência Municipal de Cultura, realizada nos dias 24 e 25 de agosto passados, no Hotel Saint Louis. Os participantes da conferência conheceram a cultura local, por meio de vídeos e projetos realizados em Luís Eduardo Magalhães e apresentaram 17 propostas para o município. O prefeito Humberto Santa Cruz abriu oficialmente o evento. “Agradeço a participação de todos. São vocês que fazem a cultura acontecer. É uma satisfação ver pessoas reunidas para pensar e planejar ações para a cultura”, disse. O prefeito destacou as atividades realizadas pela Secretaria de Cultura como o projeto Cultura Viva, a festa de São João do Santa Cruz, o Mercado das Artes e a decoração de Natal feita com garrafas pet. A Secretária Municipal de Cultura, Ana Célia Alves, disse que a II Conferência representa avanço do setor no município. “Estamos seguindo rumo à conscientização sobre os aspectos locais da cultura neste município. Ainda vamos fazer mais. Da conferência, saíram propostas a serem con-

templadas no Plano Municipal de Cultura, para os próximos dez anos”, ressaltou. Na conferência, foram definidas 17 propostas para o município. As propostas se tornarão microprojetos para o Plano Municipal de Cultura. A elaboração ficará a cargo do Conselho Municipal de Cultura que dará continuidade aos trabalhos. As propostas integrarão o Plano de Cultura local. Para garantir a legalidade da Conferência, os documentos serão encaminhados para a III Conferência Estadual de Cultura da Bahia. Foram eleitos três delegados e seus respectivos suplentes.   Participaram da Conferência a secretária Municipal de Saúde, Maira de Andrada Santa Cruz; o presidente da Liga Desportiva de Luís Eduardo Magalhães, Mário Almeida; o representante do Conselho Municipal de Cultura e Turismo, Diego Lauck; o presidente da Associação da Terceira Idade Unidos dos Gerais, Ermindo Bado; o chefe do CTG Sinuelo dos Gerais, Celso Fontana; o presidente da Associação Brasileira de Recursos Humanos de Luís Eduardo Magalhães, Fábio Luís Basso; e os vereadores Sidney Giachini e Ariston Aragão. PREFEITURA MUNICIPAL

CONFERÊNCIA teve bom público nos dois dias de atividades.

6.000 E X E M P L A R E S Sr. empresário. Invista sua verba publicitária no jornal que tem o melhor conteúdo e a maior circulação de Luís Eduardo.

O jornal que a Cidade vê e lê A tiragem de 6 mil exemplares pode ser aferida aos sábados, entre 7 e 8 horas, na Rua Jorge Amado, 1.327, Jardim Paraíso.


20

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 27 de agosto a 2 de setembro de 2011

SOCIEDADE TIZZIANA OLIVEIRA tizzianaoliveira@diariodooeste.com.br

ÓPTICA E RELOJOARIA VIAGEM E TURISMO (77)3628-2054

PING-PONG

(77)3628-6206

Fabiane Biegas Valenga Advogada e empresária, proprietária das Lojas Cravo & Canela e Dominó Kids

Homenagem em Curitiba ernardete Klein, proprietária do Colégio Mimoso do Oeste (CMO) viajou na segunda-feira, 15, para Curitiba. Lá, ela recebeu homenagem do Sistema Positivo em jantar solene pelos 10 anos de convênio entre as duas instituições na quarta-feira, 17. “Mudar a educação é mudar o mundo ao seu redor”, disse Bernardete. Jorge Estabel, seu marido, a acompanhou na viagem. Eles retornaram na sexta-feira,19.

B

Lions Na noite de terça-feira, 23, o Lions Clube Mimoso do Oeste – Luís Eduardo Magalhães, realizou em sua sede reunião festiva de posse de sua nova integrante: Débora Francisco, filha do presidente do Lions, Ronaldo Francisco e de sua esposa Marilda Francisco. Débora começou a faculdade de Turismo no Balneário Camboriú (SC), e terminou o curso em Brasília. Agora, cursa Administração, na faculdade FAAHF. Na reunião, o Lions fez a doação de seis cadeiras de rodas. Três foram para o Abrigo São Francisco e Santa Clara, sendo recebidas por Marinês e Miguel Toniazzo. As outras três serão doadas a pessoas necessitadas.

Aniversariantes ● A princesinha Micaella comemorou seu primeiro ano no sábado, 13. Os pais Leandro e Kerly Rodrigues prepararam uma linda comemoração para a filha. Eles receberam os convidados na Pizzaria e Churrascaria Tradição. ● Fábio Augusto comemorou 4 anos na quarta-feira, 17. Os pais Fábio e Angélica Costa se divertiram com Fábio no Brink Fest. ● Diego Alfredo Kurzawa aniversariou na quarta-feira, 24. A pediatra Jociete Vargas apagará velinhas na terça-feira, 30 e Olivia Quiteria, na quarta, 31.

JORGE ESTABEL, a coordenadora regional da Editora Positivo, Ivane Castagnolli, e Bernardete Klein ● Luciano Almeida comemora seu aniversário com amigos e familiares neste domingo, 28, às 21 horas, na Pizzaria Antonietta .

Dayane e Jefferson Casam-se neste sábado, 27, às 17 horas, na Igreja Nosso Senhora Aparecida, a arquiteta e urbanista Dayane Bortolozzo e Jefferson Pulga. O casal recebe parentes, amigos e convidados no Espaço Quatro Estações, com buffet do bistrô Olavo Nascimento.

Apae Na segunda-feira, 22, foi aberta na sede da Associação de Pais e Amigos de Excepcionais (Apae) a  Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, que teve diversas atrações durante a semana. A aluna Ana Cristina da Silva Brito agradeceu a presença de todos “os amigo presentes”, entre os quais estava a secretária municipal de Educação, Madalene Mariussi, e José Francisco de Andrade Neto fez uma oração, convidando todos a refletirem sobre os portadores de deficiência, emocionando várias pessoas presentes.

irmã da noiva e madrinha Vivi Marques, e as madrinhas Rosi Santos e Aline Faedo. A festa foi animada pela Dj Camila, e os coquetéis preparados por Meire. “Foi muito melhor do que eu esperava; recomendo a todas as noivas que troquem potes e panelas por lingeries”, disse Léli, que vai se casar no sábado, 10 de setembro, como o cantor, produtor cultural e radialista Roger Santos

Em Buenos Aires Sergio Alex Favoto e Rosiele Favoto viajaram sábado, 20, para Buenos Aires. Eles retornaram na sexta-feira, 26.

Miss Brasil Latina Andressa Fagundes, de Luís Eduardo, é a representante da Bahia no Concurso Miss Brasil Latina 2011/12, que será realizado em outubro, em Pernambuco (em cidade ainda

Chá de Lingerie A cantora Léli Marques recebeu madrinhas de casamento e amigas em sua residência no sábado, 20, para um chá de lingerie. A reunião teve coquetel, com bebidas com e sem álcool, e muitas variedades de doces e salgados. Entre as convidadas estavam a

LÉLI MARQUES E VANESSA PEREIRA

Por que Luís E d u a r d o Magalhães? Meus pais já moravam aqui, então resolvi vir também, e deu certo. Saudade: Da minha sogra, já falecida. Sonho: Ser feliz, acho que é o de todo mundo. Inspiração: Em pessoas de sucesso. Porque sua profissão: Foi por acaso, e hoje sinto-me totalmente realizada com o meu trabalho. Filhos: Desejo tê-los em breve. Livro: A cabana (William P. Young ). Lugar: Minha casa. Viagem inesquecível: Porto de galinhas. Que lugares gostaria de conhecer: Europa. Medo: Violência. Comida preferida: Escondidinho com carne seca. Pessoa: Meus pais. Como definiria sua personalidade: Alto astral, sempre. Arrependimento: Nenhum, por enquanto. Não vive sem: Família e amigos Tecnologia: Indispensável Futuro: Tentar realizar alguns projetos pendentes. Frase: A vida só pode ser compreendida olhando-se para trás; mas só pode ser vivida olhando-se para a frente. Luís Eduardo Magalhães precisa de: Pessoas no poder que realmente lutem pela nossa cidade.

a ser definida). Andressa tem 1,72m de altura e 57 kg muito bem distribuídos. Além de ser modelo profissional, está se preparando intensivamente com os coordenadores Mônica Zanotto e Lázaro Resende. A preparação inclui academia, oratória, passarela, cuidados estéticos e participação em trabalhos sociais e projetos culturais.

Madalene Mariussi, José Francisco de MARILDA, Débora e Ronaldo Francisco

FÁBIO AUGUSTO COSTA

MICAELLA, Leandro e Kerly Rodrigues

Andrade Neto, e a diretora-executiva da Apae, Gilianna Bonissoni.


C I D A D E 21

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 27 de agosto a 2 de setembro de 2011

Festa acaba em pancadaria RAUL MARQUES Da Oeste Comunicação erminou em pancadaria a festa de som automotivo, que aconteceu neste domingo, 21, na Chácara do Alcides, na zona rural de Luís Eduardo Magalhães. Mais de 40 jovens brigaram entre si, por volta das 16h30, provocando ferimentos leves em Diego Dantas Almeida, a destruição do carro de Diego e o atropelamento de uma senhora de 34 anos. Policiais da 5ª Companhia da Polícia Militar foram obrigados a intervir para impedir que o tumulto tomasse grandes proporções. Cerca de 30 jovens estavam na porta da delegacia neste domingo, às 19 horas, aguardando a liberação dos detidos por desacato e do automóvel de Diego. Segundo versão dos jovens, alguns amigos foram detidos por estarem brigando, quando, na verdade, estavam se defendendo ou apartando as brigas. Os policiais foram obrigados a agir com rigor para acalmar os ânimos.

T

Provocação. Embora nenhum entre os jovens presentes tenha confirmado o fato, a briga teria começado em razão de uma das meninas estar sendo disputada por dois rapazes de grupo antagônico. Ela teria começado a dançar pagode e atiçado os rapazes do grupo rival. “Estava tudo bem até começar a provocação”, disse Omar Firmino dos Santos, detido por crime de desacato. Omar alega que estava tentando acalmar os ânimos e separando a

Ladrões levam tudo de lan house DA REDAÇ‹O A Kennedy LanGames, no Mimoso 1, não abriu nesta segunda-feira, 22. Amanheceu depenada, segundo registro feito pelo seu proprietário, Kennedy Oliveira de Sousa, na Delegacia de Polícia Civil de Luís Eduardo Magalhães. Kennedy Oliveira percebeu, por volta das 6 horas da manhã, que a loja havia sido arrombada e deu pela falta de nove aparelhos Playstation, da Sony; quatro televisores Samsung, de 21 polegadas; uma CPU na cor preta; e dois microcomputadores, com monitores de 29 polegadas. Ninguém viu nos arredores da Rua São Francisco, quadra 80, lote 2, a loja ser arrombada, o que, segundo os policiais, deve ter acontecido durante a madrugada.

PMs prendem assaltante no Centro O paulista Sandoval Magalhães Alves foi preso, neste domingo, 21, após assaltar duas pessoas que sacaram dinheiro no Banco Siscredi. Sandoval foi detido por policiais militares na Rua Paraná, no Centro, após perseguição. Sandoval Alves abordou Miguel Marcinaki dentro da instituição financeira, na Rua Pernambuco, simulando estar armado, e levou R$ 1.780. Fez o mesmo com Aquiles Neto, de quem roubou R$ 60. Populares avisaram à guarnição da PM, que saiu em perse-

briga, quando foi detido. Diante da confusão, e depois de muito bate boca entre as partes, os grupos começaram a brigar, até que um deles, no qual havia uma menina grávida que quase foi agredida, decidiu se retirar do local. Os integrantes do outro grupo, denominado Tormento, tentaram impedir a saída dos rivais, com violência, acrescentou. Rodrigo Glicério conta que todos correram para os carros, mas foram perseguidos pelos rivais, armados com facas. Carros foram arranhados ou danificados por pedradas. Diego Dantas Almeida ficou para trás com o seu Gol branco, placa KCK 8353. “Veio então um monte de gente com pedras, latas e pedaços de pau, que eram atirados contra o carro”, disse um amigo dele. Diego, que se machucou na confusão, resolveu sair em disparada com o automóvel. Acabou atropelando Josiane Alves da Silva. Diego largou o carro e optou pela fuga a pé. Josiane foi medicada no centro de saúde Gileno de Sá e recebeu alta, sendo encaminhada a um ortopedista, para avaliar a gravidade das lesões que sofreu nas pernas. O carro de Diego estava bastante avariado. Os mesmos policiais militares que fizeram a ocorrência retiraram diversos acessórios do veículo e os entregaram ao jovem dono do Gol. O carro mostrava sinais de que tinha sido amassado na parte superior por pisões e pulos e estava com o vidro da frente totalmente destruído.

Equipe Tormento dá sua versão. Jean

guição ao assaltante. Sandoval, então, roubou a moto Honda Fan, de cor preta, placa NRS 9911 e foi detido por policiais militares, que registraram a prisão em flagrante na delegacia de Polícia Civil de Luís Eduardo Magalhães.

Jovem é baleado no Santa Cruz O jovem Diego Ribeiro de Souza, de 18 anos, levou três tiros na noite de quarta-feira, 24, na Avenida Ayrton Senna, no bairro Santa Cruz. Segundo registro na Delegacia de Polícia Civil, o fato deve ter acontecido por volta das 23 horas. Atingido com dois tiros na perna e um na cabeça, Diego foi levado para a Unidade de Tratamento Intensivo do Hospital do Oeste, em Barreiras. Segundo relatos de testemunha, Diego vinha se queixando de que recebia ameaças e chegou a discutir com um rapaz conhecido como “Perninha”.

Caminhoneiro bêbado é preso Soldados da 5ª Companhia da Polícia Militar prenderam nesta terça-feira, 23, o caminhoneiro Lauri Perez, no Pátio do Posto Porto Brasil, por dirigir embriagado. Lauri, que dirigia o bitrem Mercedes Benz branco, placa AEO 8162, de Palotina, no Estado do Paraná, foi fazer uma manobra com seu veículo e acabou batendo em outro caminhão. Policiais que estavam no local perceberam o estado de embriaguez do motorista e o leva-

dos Santos Bastos e Vandilson Santos Faria, integrantes da equipe Tormento, estiveram, nesta segunda-feira, 22, na redação do Oeste Semanal e do DiariodoOeste.com.br para dar sua verão e desmentir a dos jovens que estavam na porta da delegacia. “Não houve briga entre eles e qualquer membro da equipe Tormento. O que aconteceu foi um problema entre o dono do carro, que após arrumar uma confusão, tentou sair do local, atropelando uma senhora”, disse Jean Bastos, esclarecendo que a multidão resolveu atacar o carro, já que o jovem atropelador fugiu do local. Organizadores de vários eventos deste tipo, os rapazes disseram-se surpreendidos diante das acusações feitas pelos jovens que estiveram na delegacia na véspera. “É a primeira vez em muitos eventos que houve uma confusão. Primeiro, queríamos deixar claro que a equipe Tormento, organizadora do festival, nunca entrou em qualquer briga. Depois, lamentar o ocorrido”, disse Vandilson dos Santos. Jean  dos Santos disse que não há qualquer lógica no fato de quem organiza o festival se meter em confusão. “Queremos é que o evento tenha sucesso para que outros aconteçam”, disse. Na versão dos rapazes da equipe Tormento, a festa estava “bombando”, quando o grupo que teria sido agredido começou a tentar organizar uma festa paralela. “Tínhamos mais de dois mil jovens na festa, que não é uma competição de som automotivo. Os veículos convidados são interligados a uma mesa de som em que as músicas são

comandadas por um DJ. Só participam veículos convidados e eles começaram a tocar som separadamente”, disse Vandilson. Segundo relataram, o rapaz que teve o carro destruído teria criado problemas nos fundos da festa e resolvido ir embora. “Foi quando ele pegou o carro e praticamente o jogou contra a multidão que curtia o som. Neste momento, demos a ordem para o DJ parar o som e ele desconectou os plugs RCA, que ligam os carros à mesa de som”, disse Jean dos Santos. Na  fuga,  Diego Dantas Almeida, que dirigia o Gol branco, placa KCK 8353, atropelou Josiane Alves da Silva. “Foi então que ele largou o carro e saiu correndo em disparada. A polícia foi chamada ao local por nós mesmos, quando percebemos que a multidão pôs-se a destruir o carro e a situação poderia se agravar”, disse Jean. Jean e Vandilson entendem que o problema ocorrido no domingo foi pontual e prometem continuar a organizar festas deste tipo sem maiores problemas ou confusões. “Não é por causa de meia dúzia que interrompeu a festa que vamos parar de oferecer esta opção de lazer à juventude de Luís Eduardo”, disse Vandilson dos Santos. Perguntado sobre a razão de não terem comparecido à delegacia, os dois informaram que não houve danos materiais ou físicos aos integrantes da equipe Tormento e que não havia razão para comparacerem à DP. “A gente devia, sim, uma satisfação aos proprietários da Chácara do Alcides”, disse.

ram para fazer teste de alcoolemia – bafômetro – na sede da Polícia Militar, onde foi constatado índice de 0,88% de álcool no sangue. Lauri Perez foi preso e levado para a Delegacia de Polícia Civil. Lauri Perez só poderá sair da delegacia após a arbitragem de fiança pelo delegado. Na noite desta terçafeira, 23, o motorista permanecia em sono profundo no chão de uma sala da delegacia. Policiais aguardavam o caminhoneiro recuperar-se da bebedeira para ouvir seu depoimento.

Uma multa foi aplicada por falta do uso do cinto de segurança pelos passageiros e outra pelo fato do veículo não estar devidamente licenciado. Uma van teve seu documento retido por falta de equipamentos obrigatórios do veículo. Boa parte dos veículos estava transportando passageiros de Cotegipe e Wanderley para Barreiras.

Operação da Polícia Rodoviária multa 18 A Polícia Rodoviária Federal realizou na manhã de sexta-feira, 26, operação para o combate ao transporte irregular de passageiros no Oeste da Bahia, na BR 242, entre Barreiras e Cristópolis. A operação foi feita em conjunto com a Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba). Foram fiscalizados dez veículos que realizavam transporte de passageiros e aplicadas 18 multas. Sete foram autuados e multados por realizarem o transporte de passageiros sem a devida autorização. Outras cinco multas foram aplicadas a veículos por apresentarem defeitos nos equipamentos obrigatórios, especialmente no tacógrafo, equipamento que registra velocidade, tempo e distância percorrida. Duas autuações foram feitas porque os condutores não tinham carteira de habilitação para o transporte de passageiros, cuja categoria exigida é a D. Duas outras autuações foram feitas porque os veículos estavam com excesso de lotação.

MST interrompe BR por três horas Um trecho da BR 242, próximo a Barreiras, foi bloqueado com pneus e árvores às 8 horas de quarta-feira, 24, por integrantes do Movimento dos Sem Terra (MST). Homens da Polícia Rodoviária foram enviados para a liberação da pista, o que aconteceu às 11 horas. Uma hora antes, segundo policiais rodoviários, o engarrafamento atingia cerca de oito quilômetros. O bloqueio teve o objetivo de pedir agilidade aos Governos federal e estadual no processo de reforma agrária no país.

Fogo destrói 1 mil hectares do Cerrado O fogo destruiu cerca de 1 mil hectares de vegetação do Cerrado, na última terça-feira, 23, na Fazenda Santa Mônica, próxima a Agronol e pertencente ao mesmo grupo. Segundo Tanho Figueiredo de Carvalho, que registrou a ocorrência na Delegacia de Polícia Civil, de Luís Eduardo Magalhães, o incêndio teria começado às 9 horas da manhã e somente foi debelado por volta das 23 horas.


22

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 27 de agosto a 2 de setembro de 2011

GENTE JOVEM RAFAEL DIAS rafaeldias@diariodooeste.com.br

meio de empresas parceiras da faculdade onde estudam. Muitos deles já planejam ingressar direto ao mercado com sua própria empresa. É o caso de Marcos Teixeira, que, no 4° período de agronomia, já abriu sua própria empresa, junto com o sócio Rodrigo Martins. A empresa KSM agrícola atua na coleta de amostras de solos. É opção de cada um; todas valem a pena.

Festival SWU

RAFAELA TRENTIN e Raissa Hersen junto com a dupla sertaneja Jorge e Mateus

Verão Coca Cola R

afaela Trentin e Raissa Hersen foram ao Verão Coca-Cola em Palmas (TO). Elas se juntaram às quase 14 mil pessoas que se juntaram na Praia da Graciosa, no último sábado, 20, para curtir os shows de Jorge e Mateus e Humberto e Ronaldo. No repertório, muito romantismo dos sertanejos, que cantaram, entre outros sucessos, “Amo Noite e Dia”, “Mil Anos”, “Tempo Ao Tempo” e “Chove”.

Sedna, ano 4 Pedro Fagundes e Daniel Kuhn foram dois dos muitos luiseduardenses que estiveram na festa de quatro anos da Boate Sedna, de Goiânia. A festa ocorreu no Golfe Clube, no dia último dia 20. A principal atração da noite foi o Dj Gui Boratto, com o lançamento de seu novo álbum e do novo show audiovisual. Também tocaram os Djs: Shark & Coringa; André Pulse; Ruben Fontes; John John; Renato B; e Mex. Foi a principal festa de Goiânia no sábado passado.

Atomix No último sábado, 20, a turma do terceiro ano do Cemac organizou a Atomix. A festa aconteceu no King´s Pub e teve a animação dos Djs Marciano Cristo e Alex MS. Recheada de vários estilos e gente de todas as idades, a festa adentrou a madrugada e fez a alegria da moçada.

Daniela Mercury se apresentou em trio elétrico; no palco principal, houve shows das duplas sertanejas Chitãozinho e Xororó e João Bosco e Vinicius, ambos acompanhados por orquestra com regência do maestro João Carlos Martins; no dia 21, a cantora Ivete Sangalo; no dia 22, as duplas sertanejas Zé Lucas e Lozan, Julio Cesar e Eduardo e Erich e Bruno; no dia 23, o grupo Pixote; no dia 24, as duplas sertanejas Maria Cecília e Rodolfo e Munhoz e Mariano; no dia 25, Milionário e José Rico, João Carreiro e Capataz e o cantor Léo Magalhães; no dia 26, o cantor Luan Santana e a dupla sertaneja Fernando e Sorocaba; neste sábado, 27, apresentam-se as duplas sertanejas Jorge e Mateus e Humberto e Ronaldo e os cantores Michel Teló e Gusttavo Lima; neste domingo, 28, a dupla sertaneja Durval e Davi encerra a festa.

No ramo Muitos universitários iniciam as atividades do seu curso através de estágios, por

O festival SWU (Starts with you) anunciou no último sábado, 20, a apresentação de duas bandas egressas dos anos 90: Alice in Chains e Stone Temple Pilots. A confirmação foi postada no site oficial do festival, que acontecerá nos dias 12, 13 e 14 de novembro em Paulínia (SP) e tem, entre outras atrações confirmadas, Faith No More, Sonic Youth, Black Eyed Peas, Peter Gabriel, Snoop Dogg, Megadeth, Duran Duran e Black Rebel Motorcycle Club. No total, serão mais de 70 atrações, distribuídas em quatro palcos.  

Aniversariantes

KÁTIA MARON HUTT

SUZANA AKAMA

Aniversariantes em destaque na semana: Na segunda-feira, 22, Regis Barboza, Juliana Silva Mateus, Suzana Akama, Caique Araújo e Luana Matos. Na terça, 23, Junior Borges, Katia Daniele Maron Hutt e Max Balin. Na quarta, 24, Rhuana Tondatto. Na quinta, 25, Caio Felipe Oliveira e Edson Eduardo Tonello. Na sexta, 26, Franco Azevedo, Monique Borges, Kamilla Peruzo e Isabella Castelo Branco. Neste sábado, 27, Cristina Ribeiro de Souza, Elisa Puton e Tiago

Calixto. E no domingo, 28 Jeferson Uez.

Britney no Brasil A produtora Time for Fun divulgou os preços dos ingressos dos shows de Britney Spears no Brasil. A cantora se apresentará nos dias 15 de novembro no Rio (Praça da Apoteose) e dia 18 em São Paulo (Arena Anhembi). O mais barato custa R$ 220 (Rio) e R$ 225 (São Paulo). O público poderá comprar os ingressos a partir de zero hora desta segunda-feira, 29 de agosto. Essas apresentações da popstar serão as primeiras desde que ela cantou na terceira edição do Rock in Rio, em 2001. A turnê faz parte da divulgação de seu mais recente álbum, “Femme fatale”.

Gamescom Entre os dias 17 e 21, ocorreu a Gamescom, evento de games organizado anualmente na Alemanha. Como em toda grande feira de jogos, algumas empresas aproveitaram para lançar seus produtos. Se os Estados Unidos tem a E3 e o Japão, a Tókio Game Show (TGS), os europeus têm a Gamescom como seu maior evento de jogos. O número de visitantes da Gamescom é até maior que o da TGS e E3, graças à venda de ingressos ao público em geral. Depois das apresentações dos consoles Wii U e Playstation Vita, na E3, os destaques foram os jogos.  A Valve, por exemplo, mostrou o DotA 2 pela primeira vez. A Activision Blizzard trouxe as terceiras edições do Modern Warfare e do Diablo (finalmente!). A Electronic Arts compareceu com Battlefield 3, FIFA 12 e Need for Speed: The Run. A Konami chegou com o esperado PES 2012. A Ubisoft levou o novo Assassin´s Creed: Revelations e Far Cry 3. A Codemasters também se destacou, com o F1 2011. Os vencedores de cada categoria foram escolhidos por votação do público e de especialistas. A lista ficou assim: 

OS MELHORES DA GAMESCOM PRÊMIO ELEITO Jogo da Gamescom 2011 “Battlefield 3” Jogo para consoles “FIFA 2012” Jogo para portáteis “Uncharted: Golden Abyss” Jogo online “Star Wars: The Old Republic” Jogo para PC “Diablo III” Jogo para navegadores “The Sims Social” Familiar “Sesame Street: Once Upon a Monster” Fonte: Gamescom

Barretos 2011 Prossegue no Parque do Peão Mussa Calil Neto a Festa do Peão de Barretos 2011, a maior da América Latina. A festa, que começou na quinta-feira, 18, vai até domingo, 28. A galera de Cidade não perdeu tempo e está no meio da festança. Casos de Adriano Van Riel, Janaína Canzi, Simoni Draghetti e alguns dos ex-moradores da extinta república Black & White. Nos 11 dias de festa, as principais atrações foram: no dia 18, show especial dos cantores Paula Fernandes e Eduardo Costa, juntos no mesmo palco; no dia 19, Grupo da escola de samba Unidos da Tijuca, a dupla sertaneja Bruno e Marrone e o grupo Aviões do Forró; no dia 20, a cantora

NO ATOMIX: Samara Stiehl, Carla Patricia Vagetti

e Aline Borges...

... Gabriel Kasuya e Leticia Milany...

...Daniela Griebler e Jéssica Morais.


E S P O R T E S 23

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 27 de agosto a 2 de setembro de 2011

Basso e Closs vencem a 3… etapa

Copa Bahia de Velocidade na Terra teve acidentes nas provas de autocross e kartcross HENRIQUE CABELO Da Oeste Comunicação s pilotos Ricardo Basso, no autocross (categoria tubular) e Vitor Closs, no kartcross (categoria mini-tubular) foram os vencedores da III Etapa da Copa Bahia de Velocidade na Terra, disputada neste domingo, 21, no autódromo Júnior Polettto, em Luís Eduardo Magalhães. No autocross, Ricardo Basso, no carro 001, venceu a primeira bateria, e Kenny Henke, no carro 755, a segunda. No kartcross, André Veiga, no carro 777, venceu a primeira bateria, e Vitor Closs, no carro 727, a segunda. Houve um acidente na 2ª bateria do autocross. O carro do Juliano Teles, após umas 3 ou 4 voltas, bateu no barranco da 1ª curva após a largada e ali ficou. A bateria foi interrompida. O carro de apoio não conseguiu retirar o de Teles, pois a corda sempre arrebentava. O carro de Teles acabou sendo retirado a mão por várias pessoas. Houve algumas reclamações sobre essa decisão do diretor da prova, pois o carro de Teles parado não oferecia risco de vida aos demais pilotos. No entanto, o carro estava parado em um ponto considerado crítico e a remoção foi lenta. Foi dada nova largada, o que ajudou Kenny Henke, que havia largado mal na primeira largada e largou melhor na segunda. O carro de Teles só conseguiu completar duas ou três voltas, saindo da prova. Kenny Henke terminou em 1º lugar na 2ª bateria.

O

Disputa acirrada. A disputa por segundo, terceiro e quarto lugares entre Ricardo Basso, Romeu Franciosi e Diogo Freitas se estendeu por oito voltas até o final da bateria, um colado no outro, cada qual esperando algum erro do que estava na frente. Houve várias trocas de posições entre os três. Por volta das quatro últimas voltas, os carros

FOTOS DE HENRIQUE CABELO

de Basso e Franciosi chocaram-se. O de Basso passou por cima da roda do de Franciosi em uma das curvas. Mais algumas batidas depois (o famoso totó, quando um carro encosta no outro), tanto o carro de Basso quanto o de Franciosi tiveram pneus estourados e terminaram a bateria sem fazer a troca. Basso chegou a entrar nos boxes para fazer a troca, mas nem parou ao ser avisado que a prova estava nas voltas finais. O carro de Diogo Freitas colidiu com o de Franciosi, voando para fora da pista, na curva que dá para a reta de largada, arrancando cinco pilares da cerca. O carro ficou muito avariado. Na segunda bateria do kartcross também houve um acidente. Na última curva antes da reta final, os três pilotos que estavam à frente - Vitor Closs, Alexandre Mader e Francisco Junior - bateram e rodaram. A primeira bateria foi vencida por André Veiga, por uma diferença de 40 miléssimos de segundo. , Recorde. A III etapa teve recorde de inscritos/corredores, totalizando 21 carros, 10 no Autocross e 11 no Kartcross. Nesta etapa, a classificação do autocross foi a seguinte: Ricardo Basso, com 37 pontos, Kenny Henke, com 32, Romeu Franciosi, com 25, Getúlio Fraga, com 24, Diogo Freitas, com 18, Ricardo Neves, com 15, Juliano Teles, com 4, Wesllem Cancielier, com 3 e Kleber Taji, com 2. No kartcross, Vitor Closs somou 22 pontos, André Veiga, 18, Francisco Júnior, 15, Júnior Closs, 15, Claudio Marçal, 13, Alexandre Maver, 9, Evandro, 9, Sidnei Muller, 7, Eliomar Bassílio, 3, Augusto Montani, 3, e Júnior Gauchinho, 2. As melhores voltas foram de Ricardo Basso, no autocross, e de Vitor Closs, no kartcross. Os troféus de melhores preparadores (mecânicos) foram para Antelmo Polleto, no autocross, e Loly, dono da empresa Loly Cross, que veio de São Paulo especialmente

Seleção de Luís Eduardo é goleada de novo LUCIANO DEMETRIUS Da Oeste Comunicação A seleção de futebol de Luís Eduardo Magalhães não tem mais chances de classificação à segunda fase do Campeonato Intermunicipal. Após ser goleada de novo pela de Barreiras por 4 a 0, no domingo, 21, no estádio Ocival Rodrigues, em São Desidério, a equipe do técnico Régis vai apenas cumprir tabela nas duas próximas rodadas. Com apenas um ponto, Luís Eduardo pode chegar no máximo a sete, insuficientes para alcançar a líder Barra, com 12, e a vice-líder Barreiras, com nove. No jogo, pela quarta rodada da competição, pelo grupo 12, Barreiras fez os quatro gols no segundo tempo. Maurício, duas vezes, Luzinho e Renato marcaram para os barreirenses, que, com a vitória, garantiram classificação antecipada à segunda fase. O jogo teve primeiro tempo sem inspiração, com as duas equipes acuadas, sem criatividade e apenas buscando rechaçar as investidas do adversário. Em 45 minutos, o máximo que as duas seleções conseguiram foi chegar ao gol com raros chutes de perigo. Luís Eduardo entrou em campo com alterações que tentaram confundir a marcação

de Barreiras, mas não surtiram efeito. Uma das modificações estava na numeração, com a inversão dos números das camisas dos zagueiros pela dos atacantes. Outra estava na formação do time, com a volta de Andinho na lateral-direita, Deimison na lateral-esquerda e a entrada de Hernandes no lugar de Radinho, que nem foi convocado para o jogo. No segundo tempo, Luís Eduardo continuou lenta e sem vontade. Barreiras pode marcar os gols com facilidade. No outro jogo do grupo, Barra derrotou São Desidério por 3 a 0, no estádio Antonio Carlos Magalhães, em Barra, e permanece com 100% de aproveitamento com 12 pontos em quatro jogos. São Desidério, com apenas um ponto, também não tem chances de classificação para a segunda fase do campeonato. Neste domingo, 28, às15 horas, Barreiras e Barra jogam no estádio Geraldo Pereira, em Barreiras, na luta pelo primeiro lugar do grupo. Em São Desidério, Luís Eduardo e São Desidério jogam apenas para cumprir tabela. O árbitro será Claudentino da Rocha Passos, de Serra Dourada, assistido por Sebastião Moreira (Barreiras) e Lourisvaldo dos Santos (Paratinga). O quarto árbitro será Fábio Medeiros, de Luís Eduardo.

RICARDO BASSO com a filha no colo

VITOR CLOSS

OS CARROS de Romeu Franciosi, Ricardo Basso e Diogo Freitas em disputa acirrada. para o evento, no kartcross. Com os resultados da III Etapa, a classificação geral na Copa Bahia, na categoria autocross é a seguinte: Ricardo Basso, com 105 pontos, Diogo Freitas (101), Romeu Franciosi (83), Ricardo Neves (72), Kenny Henke (64), Juliano Teles (42), Getulio Fraga (40), Wesllem Cancelier (3) e Kleber Taji (2).

Na categoria kartcross, a classficiação geral na Copa Bahia é a seguinte: André Veiga, com 42 pontos, Vitor Closs (29), Francisco Júnior (29), Júnior Gauchinho (22), Sidnei Muller (18), Augusto Montani (15), Júnior Closs (15), Cláudio Marçal (13), Onirio Pereira (12), Alexandre Maver (11), Evandro GO (9) e Eliomar Bassilio (2).

QUATRO CLASSIFICADAS E NOVE ELIMINADAS Ibicaraí (grupo 9), Barra (grupo 12) e Itamarajú (grupo 16), todas com 12 pontos, e Barreiras (grupo 12), com nove, já estão garantidas na segunda fase do Campeonato Intermunicipal. Destas, Ibicaraí e Itamarajú também confirmaram o primeiro lugar em seus grupos. Faltando apenas duas rodadas para o término da primeira fase, essas seleções não podem mais ser alcançadas por seus concorrentes. Barra e Barreiras fazem uma disputa à parte, na luta pelo primeiro lugar do grupo

12. Este é o único grupo da competição com as duas equipes classificadas já definidas. Na outra ponta da competição, nove seleções darão adeus ao Intermunicipal, restando apenas cumprir seus dois próximos jogos: Ituberá (grupo 8), Itambé (grupo 10), Luís Eduardo Magalhães e São Desidério (grupo 12), Mascote (grupo 14) e Eunápolis (grupo 15), todas com apenas um ponto, e Inhambute (grupo 2), Governador Mangabeira (grupo 5) e Amargosa (grupo 6) não somaram um ponto sequer e já não têm mais chances de avançar à segunda fase.

CAMPEONATO INTERMUNICIPAL - 4ª RODADA GRUPO 1 Biritinga 4 x 0 Paulo Afonso Araci 2x1 Santaluz GRUPO 2 Inhambupe 0x1 Serrinha Crisópolis 1x0 Valente GRUPO 3 Alagoinhas 1 x 0 Simões Filhos Mata de S. João 1x1 Araçás GRUPO 4 S. G. dos Campos 0 x 1F. de Santana Cachoeira 0 x 5S. F. do Conde GRUPO 5 Castro Alves 1 x 0 S. das Margaridas Maragogipe 2 x 0 Gov. Mangabeira GRUPO 6

Amargosa 1x1 Laje Valença 2x0 S. A. de Jesus GRUPO 7 Jaguaquara 1x2 itiruçu Jitaúna 3x1 Jequié GRUPO 8 Ipiaú 5x1 Ituberá Ibirataia 0x0 Itagibá GRUPO 9 Firmino Alves 1 x 1 Itororó Itabuna 1x2 Ibicaraí GRUPO 10 Itambé 1 x 2 Belo Campo Condeúba 2x1 Itapetinga GRUPO 11 Riacho de Santana 2 x 1 Macaúbas

Irecê 1x1 Livramento GRUPO 12 Luís Eduardo 0x4 Barreiras Barra 3x0 São Desidério GRUPO 13 Itapitanga 5x0 Gongogí Coaraci 1x0 Ubaitaba GRUPO 14 S. J. da Vitória 1x0 Mascote Camacuan 0x1 Ilhéus GRUPO 15 Eunápolis 2 x 4 Porto Seguro Belmonte 4 x 0 Canavieiras GRUPO 16 Prado 1 x 1Medeiros Neto Itamarajú 3x0 Itabela


24

Oeste Semanal ❒ Luís Eduardo Magalhães, 27 de agosto a 2 de setembro de 2011

L I N H A S D E ATA Q U E LUCIANO DEMETRIUS lucianodemetrius@diariodooeste.com.br

AGÊNCIA FERA

BATE-BOLA HENRIQUE CABELO

Há sete anos competindo na categoria Tubular (Autocross), Ricardo Basso já colecionou títulos estaduais e nacionais. O aproveitamento deste piloto de Luís Eduardo Magalhães é surpreendente: nas duas vezes que competiu no Campeonato Brasileiro da categoria, conquistou as duas edições. Fã de Ayrton Senna, Basso acredita no potencial da região Oeste para os esportes de velocidade. Porém, se existem pilotos que se revelam na modalidade, há a falta de apoio para que os competidores sigam carreira. “A falta de incentivo é tanto dos patrocinadores como até de familiares”. Atual líder da Copa Bahia de Velocidade na Terra, diz que o interesse pelo esporte se deu pela “adrenalina em correr no barro”.

JOÁO FRANCIOSI na disputa do Rally dos ser tões 2011.

Franciosi bem em rally Rally dos Sertões 2011 terminou na sexta-feira, 19, com João Franciosi conquistando o vice-campeonato na categoria PT1 e o 6º lugar na classificação geral. Na última prova, de Sobral a Caucaia (CE), o piloto de Luís Eduardo Magalhães, em companhia do navegador Rafael Capoani, de Caxias do Sul, alcançou a 4ª posição, à frente do próprio campeão, Guilherme Spinelli. A recuperação foi impressionante, para quem, em determinado momento, chegou a estar em 23º lugar na disputa geral. Franciosi, campeão geral em 2006 e várias vezes classificado entre os três primeiros, acredita que todas as dificuldades superadas este ano servem para valorizar a conquista. “Muito piloto bom, se tivesse enfrentado o que enfrentamos, teria desistido”, disse. O piloto relembrou alguns dos obstáculos que tiveram de ser vencidos para garantir a reação e a boa posição na reta final. “O que nos matou foi o começo, na travessia do Jalapão, quando passamos dois dias andando sem a tração 4 por 4, devido a uma quebra. Perdemos, talvez, três horas só atolados e com problema no sensor, sem falar no problema de tração. Ficamos muito para trás. Mas nunca desistimos”, disse. Desta forma, a posição final foi considerada até uma espécie de prêmio. E motivo para almejar novas conquistas. “Diante de tudo o que passamos, é uma vitória, sem dúvida alguma. Vamos ver se para o próximo ano conseguimos melhorar o carro e buscar novamente este título”, completou.

O

Três pontos Na sexta-feira, 19, e no sábado, 20, o Colégio Cemac participou dos Jogos Unipef, em Barreiras, com equipes no basquete masculino e feminino. Sim, nós temos basquete em Luís Eduardo Magalhães.

Jogos do Interior I

Jogos do Interior III

Luís Eduardo Magalhães participa neste sábado, 27, e no domingo, 28, do Zonal 2 dos Jogos Abertos do Interior, em Guanambi. A cidade será representada no vôlei, handebol e futsal, nas categorias masculina e feminina de cada uma das três modalidades. Também participam as seleções de Barreiras, Brumado, Caetité, Guanambi, Igaporã, Itapetinga, Malhada de Pedras, Mortugaba, Palmas de Monte Alto e Pindaí.

O basquete é a única modalidade que não será representada em Guananbi por Luís Eduardo Magalhães. Isso por conta da indefinição quanto à escolha de um treinador para as equipes masculina e feminina. Fica a pergunta: por que não foi montada uma seleção com os principais jogadores e jogadoras das equipes em atividade nas escolas particulares do município?

No vôlei masculino, Luís Eduardo enfrenta Barreiras, Caetité e Guanambi. No feminino, as seleções adversárias são Barreiras,

Quais pilotos são suas referências? No Autocross não me espelhei em nenhum piloto. Tenho Ayrton Senna como referência, que é de outra categoria, da Fórmula 1. Entrei porque achava um esporte com muita adrenalina, “correr no barro”.

Mimoso III (grupo B). Na quinta-feira, 25, Asmeg 1 x 1 Boa Vista (grupo A) e Armazém das Acácias 0 x 0 Juventus (grupo B). 

Veteranos II Brumado e Caetité. No handebol masculino e no feminino, os jogos são diante de Brumado, Caetité, Guanambi e Itapetinga. No futsal masculino, Luís Eduardo está no grupo C com Igaporá e Mortugaba. No feminino, figura no grupo B com Caetité e Palmas de Monte Alto.

Jogos do Interior II

Como foi seu início nos esportes de velocidade? Comecei no Autocross em 2000. De início já vieram bons resultados, com várias poles e vitórias, o que me estimulou a seguir na modalidade. Quando você começa uma nova atividade, sempre há a expectativa, você pensa nas dificuldades. Como tive resultados positivos, isso me animou a seguir carreira.

Veteranos I Pelo Campeonato Municipal Veterano de Futebol Society de Luís Eduardo Magalhaes, na terça-feira, 23, Agrocampo 3 x 2 Oeste Segurança (grupo A) e Portelinha 5 x 3

Neste sábado, 27, o Campeonato Veterano de Society tem quatro partidas: Amigos x União (18h), Rovemaq x MEC (19h). Oliveiras x Milk Shake da Praça (20h) e Novo Paraná x Massa Bruta (21h).

Xadrez Será realizado neste sábado, 27, das 8 \às 19 horas, o IV Torneio Duque de Caxias de Xadrez. A competição será no Clube dos Sargentos do 4º BEC, em Barreiras. As categorias serão em grupo único, sendo a sua separação feita para efeitos de premiação (principal, infantil, mirim e militares).

Karatecas Cinco karatecas baianos conquistaram 20 medalhas no Panamericano de Karatê Interestilos, em São Paulo, em agosto. Subiram ao pódio, Emily Laranjeira, 15 anos, que conquistou ouro na categoria kumite, Paloma Lima, 14, prata e bronze na categoria kumite individual e por equipe,

Quais suas principais conquistas? Conquistei vários títulos, entre eles o TriCampeão Baiano e Bi-Campeão Brasileiro 2009 e 2010, sendo que no Campeonato Brasileiro só competi 2009 e 2010.

RICARDO BASSO A região Oeste da Bahia tem autonomia na modalidade? A nossa região tem um potencial muito grande de pilotos, só falta incentivo das famílias e patrocinadores. É possível viver da velocidade na região Oeste, somente com os patrocinadores? Empresas para patrocinar existem muitas. O que falta é fazer projetos para viabilizar as empresas a patrocinar equipes, pilotos e também as competições. Você venceu a III Etapa da Copa Bahia. O que foi fundamental para a vitória? A III etapa da Copa Bahia que aconteceu neste último final de semana, vencida por mim, serviu para reassumir a liderança do campeonato. Eu  havia perdido na II Etapa por problemas mecânicos do carro. Agora é focar bem o trabalho e seguir em busca do título da temporada.

Lucas Lima, 12, bronze na modalidade kumite individual e Raiana Nascimento, 12, que conquistou duas medalhas de ouro nas categorias kata e kumite.  

Paraolimpíadas Escolares A cidade de São Paulo receberá entre os dias 27 e 30 de agosto as Paraolimpíadas Escolares. A competição reunirá atletas de 24 estados, em dez modalidades. Neste ano são esperados mais de 1.500 participantes, contando atletas e equipes técnicas. São mais de 1.200 alunos e mais de 630 staffs e técnicos. Os atletas estudantes disputarão dez modalidades: atletismo, bocha, futebol de 5, futebol de 7, Goalball, judô, natação, tênis de mesa, tênis em cadeira de rodas e vôlei sentado.

Londres 2012 Começam a ser vendidos, a partir de 9 de setembro, os ingressos para os Jogos Paraolímpicos de Londres 2012. A expectativa do Comitê Paraolímpico Internacional é que a venda dos ingressos gere 30 milhões de libras (aproximadamente R$ 80 milhões). O Brasil está entre os países líderes de medalhas nestes jogos, ao lado de Austrália e Ucrânia. Apesar da performance, os atletas paraolímpicos brasileiros têm visibilidade apenas no período dos jogos.


Oeste Semanal Edição 25