Page 1

(sim, preza os bÉm gostam m a t e u q Á l por piano) atos a tocar g m o c s o e Íd de v

31 Diário do Alentejo 31 agosto 2012

estamos ! ebook no fac asse do leitor, p

Na semana passada atingimos as 50 edições da “Não confirmo, nem desminto”, facto que não passou despercebido aos mercados financeiros e ao regada com uma palete de panachés e 250 gramas de mortadela autor desta página. Posso avançar que a festa foi rija: houve uma noite de com azeitonas. Mas o melhor estava para vir: ultrapassámos os 300 seguidores na nossa página do Facebook, o que me levou a fazer parapente vestido apenas com uma tanga de leopardo – enfim, o habitual. Aproveito para agradecer aos nossos seguidores e lanço o apelo aos amigos deste jornal no Facebook para que se juntem a nós. A nossa página tem notícias frescas, as melhores fotomontagens, a previsão do tempo para Santo Amador e tremoços depois das 18 horas. Apareçam.

facebook.com/naoconfirmonemdesminto

CRIAÇÃO DE PRAIA EM QUINTOS ABRE CAMINHO PARA A MARINA DE BALEIZÃO A intenção de criar uma zona de lazer de caráter fluvial perto das azenhas de Quintos está a despertar grande interesse junto dos banhistas alentejanos. É que, para além da praia da Mina de S. Domingos, da praia de Messejana e de um tanque da roupa em Alfundão, são poucos os destinos com água que podem ser visitados pelos veraneantes. Na zona de Quintos já começou a ser colocada areia fina, e são cada vez mais os curiosos que acorrem ao local: “Foi uma grande ideia!” – afirmou Lúcio Sem Pé, banhista com boias da Winx. – “A água dá-me quase pelos joelhos, é a loucura! É um sítio ótimo para desportos radicais como o kitesurf ou a batalha naval! Estamos também a organizar o campeonato de saltos para a água – ganha quem tiver menos fraturas expostas!”. Mas a criação desta praia parece ser apenas o início, já que, segundo apurámos, a abertura de um canal de rega do Alqueva para aquela região poderá vir a criar outras oportunidades num futuro próximo: fonte da autarquia garantiu-nos já estarem na calha a criação de uma marina em Baleizão, o renascimento da Beja Aquática, nas Neves, e o establecimento de um porto de recreio em Vila Azedo.

Última hora

Ecce Homo do Museu Regional de Beja exige restauro por octogerária espanhola porque também quer os seus 15 minutos de fama

Foi avistado um tubarão de metro e meio nas praias das Furnas e da Franquia, em Vila Nova de Milfontes, o que provocou algum sobressalto naquela zona. Apesar disso, a calma imperou e os nadadores-salvadores pediram aos banhistas que se retirassem da água, o que fizeram rapidamente, à exceção daqueles que ostentavam queimaduras de 2.º grau devido à exposição solar prolongada. Ao que apurámos, tratava-se de um tubarão ainda adolescente que andaria a vaguear pela zona porque “os alentejanos têm a melhor chicha”, como nos explicou… o próprio tubarão: “Ya, looool, nunca pensei, tipo, haver tanta notícia sobre mim. Só ando por aqui por conselho da minha mãe. Ela disse-me que era melhor vir aqui porque a chicha dos alentejanos é muito mais saborosa do que na generalidade das praias. Parece que têm mais bifidus, proteínas e assim… E o raio da velha, tipo, tinha razão… Eu passava a vida no Algarve e posso-te dizer que as bifas são como a fruta no hipermercado: tipo, por fora têm muito bom aspeto, mas depois vai-se a ver e sabem a esferovite. Looooolada!”.

FUTEBOL: CLUBES QUE DESISTIRAM DOS CAMPEONATOS REGIONAIS ESTÃO A ORGANIZAR UMA LIGA DE SUBBUTEO As dificuldades financeiras estão a afastar os clubes dos campeonatos regionais de futebol. Podemos avançar que, neste momento, graças à falta de apoios, os clubes não conseguem sequer pagar aos jogadores em sandes mistas e coca-cola do LIDL. “É uma situação aflitiva”, declarou um dirigente desportivo. “Nem sequer conseguíamos ir buscar os jogadores a casa. Eles tinham de ir a pé até aos treinos, mesmo os que moravam a 30 km. Ora, quando lá chegavam, já iam tão cansados que não conseguiam treinar. Depois ainda voltar para trás, com as cãibras…”, acrescentou. Mas o bichinho do futebol ainda mexe com os dirigentes, adeptos e atletas que, segundo consta, se preparam para organizar uma liga regional de Subbuteo. Ao que apurámos, será um campeonato com duas voltas, havendo a possibilidade de os jogos terem a lotação máxima de seis espectadores, serem policiados por cães pisteiros da GNR, e terem serviço de catering – diversas roulottes da região já se disponibilizaram para fornecer mini-bifanas e mini-cachorros-quentes. A Liga será transmitida nos canais Sport TV e Sexy Hot.

Inquérito

Tubarão avistado em Vila Nova de Milfontes prefere praias daquela zona, pois “os alentejanos têm a melhor chicha”

Segundo o relatório de qualidade da água do último trimestre, a água de Beja tem qualidade acima da média nacional. Concorda?

FÁBIO H2O, 36 ANOS Tipo do caraças e Dj em casamentos

TATIANA EVIAN, 43 ANOS Pessoa que viu o filme “A Lagoa Azul” 12489 vezes

É evidente que tem! As pessoas passam a vida a queixar-se da qualidade da água mas nem fazem ideia da sorte que têm. Experimentem morar ao pé do rio Trancão e logo veem o que é mau cheiro e achigãs com três cabeças. A água de Beja faz muito bem aos meus dentes – como é que acha que os mantenho tão brancos? Graças à água! Tem um calcário que faz milagres. Agora posso candidatar-me a um emprego com futuro. Basta sorrir e estou automaticamente habilitado a trabalhar como feixe de luz num farol.

Gosto muito da minha cidade, mas a água é um bocadinho intragável. A água é tão dura que, quando faço um guisado, em vez de meter um caldo de carne, tenho de usar uma pastilha de Calgon… E quando tomo banho, limpo-me com a toalha e raspo-me com pedra-pomes para retirar os restos de calcário. Cá em casa só se bebe água do garrafão, ou de um poço mesmo ao lado da mina de Aljustrel… A água vem um bocadinho suja, mas dá para fazer um arroz de coentros espetacular.

MATILDE EVAPORAÇÃO, 26 ANOS Pessoa que acha que o sabonete é uma conspiração capitalista para nos fazer gastar dinheiro Usar água? Mas para quê, man? Para acabar com todos os recursos que a mãe natureza nos oferece? Para quê, quando há alternativas tão boas? Eu, por exemplo, não tomo banho desde o 7.º ano… Limpo-me com folhas de amoreira e saliva do meu golden retriever – sabiam que a boca de um cão é 100 vezes mais limpa do que a boca do homem? Aquilo é praticamente um desinfetante. Portanto, não gastem água. E não abusem de outros recursos como o ar – respirem só quando fizer falta, ‘tá?

Eduiçao N.º 1584  

Diario do Alentejo

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you