Issuu on Google+

Na última edição do “Diário do Alentejo”, o novo delegado do IEFP revelou que metade dos desempregados não recebe qualquer subsídio. Uma investigação conjunta Não confirmo, nem desminto/Prós e Contras/Nutella descobriu que a outra metade dos desempregados não só não recebe qualquer subsídio, como começou a receber um bilhete de avião para sair do País. O desempregado pode escolher qualquer país do mundo que tedesempreg be nha um crescimento económico superior ao de Portugal, o que inclui alguns países da África Subsariana e duas ruas em Sines onde a coisa ainda ce e r metade dos e d ta e m sÍdio, outra mexe. Segundo dados do INE, no topo dos países escolhidos pelos desempregados portugueses estão o Brasil – pela proximidade linguística e do recebe sub sair do paÍs a r pa o ià av e d e t e Chimarrão; Angola – pela proximidade linguística e do Mantorras; e a China – pela proximidade de porco agridoce e dos turnos de 72 horas. bilh

31 Diário do Alentejo 15 junho 2012

alentejao dos nÃo

facebook.com/naoconfirmonemdesminto

Câmara de Beja ganha medalha de prata pelo Simplex Autárquico e promete lutar pela de ouro nos Jogos Olímpicos de Londres

Inquérito Vai à XVI Feira Anual do Idoso em Albernoa?

A Câmara Municipal de Beja foi distinguida pela Agência para a Modernização Administrativa com a medalha de prata pela implementação de 94 por cento das medidas do programa Simplex Autárquico. Todavia, a autarquia não pretende ficar por aqui e já planeia voos mais altos: a câmara pretende obter mais medalhas, sendo que, para o efeito, enviará uma delegação aos Jogos Olímpicos de Londres – para os mais distraídos, Londres é aquela terra um pouco maior que Entradas que já teve uma ligação semanal com o aeroporto de Beja. “Estamos muito esperançados com a nossa participação nos Jogos Olímpicos”, afirmou fonte da autarquia. “Sempre é uma maneira de o vereador Góis praticar o inglês, sem ser na Beja Wine Night, se bem que, aqui para nós, quando se bebe um copinho de vinho deixa de haver barreiras linguísticas...”. E acrescentou: “Temos boas hipóteses de trazer mais medalhas para a cidade… Um funcionário nosso é grande candidato à medalha de ouro em Minesweeper e uma das estagiárias é a nossa esperança na categoria fotocópias: consegue fazer cópias de balancetes ao mesmo tempo que manda SMS ao namorado. Nos 100 metros barreiras da categoria fotocópias em A4 será imbatível!”.

UMBELINO GERIATRIA, 93 ANOS Pessoa que diz “salchicha” em vez de salsicha Já sou um participante habitual. Há uma data de tempo que sou idoso e se tudo correr bem vou continuar assim por muitos anos, apesar das cataratas, verrugas e calos do tamanho de bombons Mon Chéri. Vou a estas coisas porque é importante manter o espírito jovem… Quanto melhor tivermos a cabeça, melhor tratamos do nosso corpo. Se as duas coisas não funcionam em conjunto, ficamos mal! Veja o José Hermano Saraiva: ele ainda apresenta televisão, mesmo estando morto por dentro há mais de 15 anos...

JORGE AMOR DE MÃE, 81 ANOS Malabarista com sacas de cimento Claro, tenho de ir. Sou organizador do jogo da malha. Contudo, este ano vamos apimentar as coisas. Vamos jogar à malha com arrastadeiras do lar. Em termos de aerodinâmica é um espetáculo digno de se ver. Estou certo que vai correr melhor do que no ano passado, quando jogámos à malha com gatinhos. Raio dos bichos, pá...! Fiquei com o braço todo arranhado e quando aterravam faziam muito barulho, não sei porquê... Isto para não falar das minhas ceroulas que ficaram cheias de pelos.

DUQUESA DE ALBA, 86 ANOS Pessoa que tomava chá com a rainha Santa Isabel Hombre, fui convidada e vou com todo o gosto. Será uma boa oportunidade para contar a minha história e apresentar a minha autobiografia em 60 volumes. Participarei nas inúmeras atividades, desde que o meu marido vá comigo. Ele sabe como me há de fazer reanimação cardíaca, está habituado. De resto, estou para aqui rebiteza, graças à minha anca em pladur.

Aeroporto de Beja: Grupo de trabalho tem 90 dias para demonstrar que é possível rentabilizar aeroporto e descobrir a cura para o cancro

Oferta de emprego: Ruínas de Pisões procuram nova funcionária que tenha vivido na época romana A Não confirmo, nem desminto, em mais uma das suas demandas de serviço público, decidiu divulgar um anúncio de emprego que lhe foi enviado por uma empresa de trabalho temporário, a Precário XXI, em que é pedido um novo funcionário para trabalhar nas ruínas de Pisões – recorde-se que o local se encontra encerrado porque a funcionária se reformou e agora vai depauperar ainda mais os cofres da Segurança Social, a não ser que tenha feito um PPR, demonstrando, assim, tratar-se de uma pessoa que pensa no futuro. Fonte ligada ao processo confidenciou-nos que está esperançada na contratação de um novo funcionário, mas, caso tal não seja possível, já se estão a equacionar alternativas, como rebocar as ruínas ou alugar o espaço a estudantes da Escola Superior Agrária.

Foi criado um grupo de trabalho que terá a responsabilidade de demonstrar ao Executivo, no prazo de 90 dias, formas de rentabilizar o aeroporto de Beja. Todavia, ao que apurámos, o mesmo grupo terá, para além disso, de descobrir uma nova cura para o cancro e uma receita infalível para remover nódoas de polpa de tomate de vestidos de seda. O grupo será liderado por João Paulo Ramôa, e será constituído por outras figuras/instituições como a ANA, a FAP, a Ambaal, a Liga de Dadores de Sangue de Selmes, o Núcleo de Estudos do Mar de Santo Aleixo da Restauração, Maria de Lurdes Modesto, Luís Piçarra, Pedro Granger, a Teresa, a Luísa, o Pedro, o Chico, o João, o Caracol, o Faial, Prokofiev, Cláudio Ramos, Brites de Almeida e um dos miúdos do “Verão Azul” que não acabou na droga. Aliás, foi este último que nos garantiu que algumas das ideias avançadas para a rentabilização daquele espaço incluem a “utilização da pista como ringue de hóquei no gelo, aproveitando a geada que nela cai de manhã” ou o “aluguer do terminal para a realização de convenções da Igreja Maná”.


Ediçao N.º 1573