Page 1

31 Diário do Alentejo 12 abril 2013

Após cálculo em folha de Excel, Vítor Gaspar prevê que as obras nas Portas de Mértola (Beja) fiquem concluídas entre 2 146 e o “Dia de São Nunca à Tarde”. António José Seguro, que esteve em Beja na última terça para apresentar moção aos militantes socialistas, adiou a intervenção para o dia seguinte, às 18 e 30 horas. facebook.com/naoconfirmonemdesminto

Falecimento de Thatcher: a primeira coisa que a ex-governante fez quando chegou ao céu foi comprar um monte alentejano Faleceu, no início desta semana, Margaret Thatcher, a primeira-ministra britânica que governou a Inglaterra entre o reinado de Henrique VIII e o ano de 1990. O nosso enviado especial ao Além, através de uma ligação via Skype muito dispendiosa para o céu, conseguiu chegar à fala com a Dama de Ferro, que lhe revelou o muito que a liga à nossa região: “É uma grande honra estar aqui. Sabe, ainda passei pelo purgatório, mas aquilo era uma confusão… Veja lá que para aquilo funcionar em condições tive de o privatizar e pôr pessoal em outsourcing para cortar nas despesas… Isto para já não falar nas correntes de ar! Aqui é que estou bem. Escolhi ficar na secção portuguesa do céu, e é um prazer voltar ao vosso país. Não sei se sabe, mas foi em

Portugal que passei a minha lua-de-mel, na mesma altura em que vocês tiveram a infeliz ideia de implantar a República. Agora, pude, finalmente, concretizar o sonho de comprar um monte alentejano e montar a minha horta: já posso plantar couves, batatas, cenouras, cannabis para o glaucoma e muitas outras coisas naturais! E já que estou por cá gostava muito de conhecer o deputado alentejano Mário Simões. Oh, ele é tããããooo sex y! Finalmente encontrei alguém capaz de derreter o meu coração de gelo. Ah! E aproveito para vos dizer que estive a falar com o Miguel Relvas e olhe que, para quem está morto politicamente, anda muito bem conservado…”.

Cães de raça perigosa obrigados a frequentar formações de feng shui e yoga

Alterações climáticas fazem com que os pinguins emigrem do polo Norte para a barragem do Roxo

O Governo português quer obrigar os donos de cães de raças potencialmente perigosas a terem formação para lidar com os seus animais. Mas parece não ser esta a sua única medida para travar os ataques caninos, já que, ao que apurámos, o executivo pretende também forçar os próprios animais a frequentarem cursos que ajudem na sua integração social. Falámos com a dona Gilda Coleira que se antecipou a esta nova legislação e já matriculou o seu cão na UABB (Universidade de Animais Brigitte Bardot – delegação em Vale de Rocins): “O meu cão era um terror! Ele é metade labrador, metade perdigueiro, metade Dias Ferreira. Mas não lhe digo, nem lhe conto: sempre que dava o ‘Inspetor Max’ ficava com instintos homicidas, destruía tudo lá em casa e ladrava para quem o quisesse ouvir que ele é que devia ter ficado com o papel… Isto para já não falar daquelas alturas em que só comia esquentadores… Agora, depois da formação em feng shui e yoga, está outro: mais calmo, mais terno, já não tenta acasalar com a perna da minha vizinha do 5.º direito… Um mimo! E não vai ficar por aqui... Ainda há dias terminou um curso de origami e posso dizer que faz um gato siamês em papel de lustro como gente grande. Tomara que muita gente que para aí anda tivesse o QI do meu Hércules”.

O aquecimento globlal tem tornado possível fazer crescer morangos, tomates ou mesmo batatas na Gronelândia. Mas não é só naquela zona do planeta que os efeitos das alterações climáticas se têm feito sentir. Uma investigação “Não confirmo, nem desminto”/Fluviário de Mora descobriu que é cada vez maior o número de pinguins que tem optado por sair do polo Norte e emigrar para outros locais de clima gélido e húmido, como a barragem do Roxo. Muitos chegam ao nosso país a nado ou de asa delta, todavia, a grande maioria utiliza carrinhas alugadas na fronteira canadiana. O SEF (Serviço de Estrangeiros e Fronteiras) já declarou que tem estado atento a este fenómeno, até porque muitos destes pinguins chegam ao nosso país sem passaporte e sem as vacinas em dia, e aumentam, de dia para dia, o número de pinguins a pedir moedas nos parques de estacionamento de superfícies comerciais, ou a organizar-se em violentos gangs especialistas em assaltos a carrinhas de peixe fresco e crimes de colarinho branco.

Inquérito Qual é a sua opinião sobre o acórdão do Tribunal Constitucional relativo ao OE para 2013?

ACÁCIO PORTEFOLIO, 27 ANOS Pessoa com um juiz do Tribunal Constitucional dentro de si Parece-me que o Tribunal Constitucional tomou a decisão correta. Deixo aqui uma palavra de louvor e agradecimento aos juízes por terem ultrapassado este difícil obstáculo. Estava no sofá a ver aquilo com a minha gaja e eu, para tomar uma decisão daquelas, precisava de apoio: só ainda não sei se pediria a ajuda do público, se escolhia os 50/50 ou ligava para casa do meu primo Romeu que é estivador e constitucionalista aos fins de semana.

BENEDITA REPROVADA, 19 ANOS Jovem Eu não percebo nada de acórdãos. O meu tio é que tocava acórdão no rancho folclórico mas eu só toco ferrinhos, LOL!!! Não percebo qual é o problema dessa cena com o chumbo. Só a reprovar é que a gente aprende. Eu, por exemplos, ando a tirar a carta de condução e depois de ter chumbado três vezes no código (fico bué cansada de responder a tanta pergunta, até parece que me estão a avaliar, LOL!!!) já reprovei no exame de condução mais quatro vezes, mas é assim que se evolui ao nível do condutor e do ser humano. Agora já sei que não se pode estacionar em cima de uma azinheira…

DIAS FERREIRA, 65 ANOS Irmão de Manuela Ferreira Leite Não fale comigo que eu sinceramente não estou com paciência. Olhe, sabe que mais? Não gosto de si! Não gosto desta página, não gosto deste jornal, não gosto de feijão com dobrada, não gosto do pai da Fanny, não gosto do Paulo Garcia, não gosto de morangos com chantilly que me dão gases. E não gosto do Tribunal Constitucional e muito menos gosto dos seus juízes que se reformam mais cedo do que o Mantorras. Uma vergonha! Por isso, vou-me embora!

Ediçao N.0 1616  

Diario do Alentejo

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you