Page 1

Preparado para mais uma edição do “Em Bom Alentejano”? Força aí! Que dizer: “Está uma abafura que não se pode!” ou “Está uma calma que não se pode!”? Vejamos: “abafura” refere-se àquele calor sem sol, que nos faz transpirar ao mesmo tempo que tomamos um banho de água fria; “calma” refere-se ao calor abrasador de 43 graus à sombra, mas com sol – aquele que permite fritar ovos em cima de uma folha de alumínio ou utilizar o chão do terraço como fogão industrial. Assim, “Está uma abafura que não se pode!” deve ser dito quando temos a camisa agarrada ao corpo e transpiramos por todos os poros, incluindo as pálpebras; “Está uma calma que não se pode!” deve ser dito quando o calor é tal que nem precisamos de lume para acender um cigarro. Assim se fala “Em Bom Alentejano”!

31 Diário do Alentejo 8 junho 2012

“em bom ” alentejano abafura ou calma?

facebook.com/naoconfirmonemdesminto

Linha de crédito para municípios: Governo diz que é a melhor invenção a seguir à da roda e do fogo Foi celebrado, há poucos dias, um acordo entre o Governo e a Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) que permite a criação de uma linha de crédito às autarquias portuguesas. O onvencido de Governo está convencido que este crédito pode salvar ias da muitas autarquias ue região, sendo que êm para isso estas têm odos de renunciar a todos os processos quee rposto possam ter interposto m ao Estado – além as disso, os autarcas da região serão ar obrigados a beijar os pés de Miguell Relvas e de Vítorr Gaspar mesmo que ulé. tresandem a chulé. el este “É inqualificável rou acordo”, vociferou is um autarca mais ria ir exaltado.“Preferia lavar uma casa de banho beja só portátil na Ovibeja com um pacote de lenços,

em vez de me rebaixar a esses senhores! Quanto ao IMI e à derrama, fica tudo igual!? Este acordo foi a pior coisa que aconteceu aos municípios desde a

praga de feiras medievais que anda por aí. Não há terra que não faça uma feira medieval dedicada a temas tão bonitos como a Santa Inquisição ou o escorbuto!”. Governo recorre à velha técnica de pegar pelos tornozelos e sacudir até ao último cêntimo

Inquérito Vai acompanhar o Euro 2012?

H HUMBERTO PRESSÃO ALTA, 34 ANOS PPessoa que acredita que Portugal tem boas hipóteses de chegar llonge na competição, nomeadamente à Ucrânia V mas não tenho grande esperança na nossa seleção, digo-lhe Vou, jjá. Os jogadores parecem-me mais cansados do que o João Gobern qquando vai da sala para a cozinha. E o Paulo Bento insiste em jogaddores que não dão garantias capilares, nem desportivas. O Miguel VVeloso, por exemplo, tem o penteado de uma rola africana e o tallento futebolístico de uma rola africana. Mas se o Ronaldo marccar penaltis com a mestria com que atira modelos ao Tejo, temos hhipóteses…

JJORGE JESUS, 58 ANOS TTreinador do Benfica e pessoa que é conhecida ccomo Richard Gere da Amadora

Silva Carvalho tinha relatório sobre Mariana Alcoforado: “Era viciada em barrigas de freira e estava sempre agarrada ao iPad”

80 anos do “Diário do Alentejo” : balanço e números

Continua a polémica em torno de Miguel Relvas e das secretas. Segundo notícias saídas a público, existem relatórios “secretos”, os quais terão sido escritos por ex-espiões com acesso às mais modernas e ardilosas técnicas de espionagem, como o google.pt, o google.com, o bing.com e a Wikipedia, sobre figuras da sociedade portuguesa, nomeadamente Pinto Balsemão, o diretor do “Expresso” e o tesoureiro da revista “Tratores e Charruas”. Mas ao que apurámos, a lista de personalidades espiadas inclui também alguns nomes da região, como Mariana Alcoforado: o relatório sobre a autora d’ “As cartas portuguesas” afirma que Mariana era viciada em barrigas de freira e passava o tempo agarrada ao iPad a ver vídeos da Rihanna e de bebés em fraldas a dançar merengue. Para além disso, lavava as ceroulas do Marquês de Chamilly à mão com OMO na sua cela e participava nas diversas ações promovidas pelo Banco Alimentar. Fonte anónima, com nome de código 0,07 – Ordem para Chibar, garantiu-nos ainda que nas próximas semanas serão divulgados factos sobre outras figuras da região como José Romão – que treinou o Real Madrid e fez a viagem de Vasco da Gama para a Índia numa 4L – e Mário Beirão – que escreveu poemas para serem musicados por Lara Li e Elvis Presley.

No passado dia 1 de junho celebrou-se o 80.º aniversário do “DA”. A data foi assinalada com um grandioso espetáculo de anãs cuspidoras de fogo do Nepal, o grupo de dança de A-do-Pinto que recriou o assalto ao quartel de Beja em ballet e um brunch nas instalações do “DA”, em que se destacou a ausência do chefe Nobre, que teria ficado de fazer uma demonstração, cozinhando torresmos do rissol de fricassé em cama de espinafres salteados com uma redução de tinto de Albernoa. O senhor da Filatelia ainda se disponibilizou para fazer ovos mexidos com salsichas, mas não era a mesma coisa... A título de curiosidade foram ainda divulgados, na última edição do jornal, alguns números e estatísticas que convém analisar e completar com o último estudo da Marktest, o qual revelou que: – O “DA” tem 28 000 leitores regulares – sendo que 0.33 por cento lê o jornal em cuecas e 24,7 por cento utiliza a página de humor para apanhar o cocó do cão quando vai à rua; – O assinante que vive na Austrália recebe primeiro o jornal do que os assinantes de Barrancos; – O autor da página de humor se abarbatou a 98.6 por cento das queijadas de amêndoa presentes no brunch.

V claro. Quem me conhece sabe que sou uma pessoa que respira Vou, ffutebol 72 horas por dia. É preciso ter calma, estes jogos de “perparação”, “forem” só jogos de “perparação”. Eu “acardito” que Portugal pode chegar longe como os nosso “descubrideiros” quando “forem” de cacilheiro rumo à Índia, às Berlengas e à Zambujeira do Mar.

ANTÓNIO JOSÉ SEGURO, 50 ANOS Líder do PS e criador do conceito “abstenção violenta” Dia 9 lá estarei para assistir ao primeiro jogo contra a Alemanha. Estou convencido de que daremos uma lição à senhora Merkel. Se os jogadores demonstrarem uma garra equivalente àquela que exibo no Parlamento, levam uma cabazada… Eu sei que não parece, mas comigo ninguém faz farinha. Sou tão mauzão que no outro dia tirei uma pen da porta USB do meu computador sem desinstalar primeiro. Estão a ver? Pumba! Incha, neoliberal Bill Gates!

Ediçao N.º 1572  

Diario do Alentejo