Page 1

Diário do Alentejo 28 dezembro 2012

30

Concelhos com dificuldades económicas vendem freguesias extintas na Internet A recente extinção de freguesias pode ter criado problemas a algumas populações, mas também abriu oportunidades de negócio. Segundo apurámos, alguns dos concelhos da região estão a vender as freguesias extintas na Internet com o propósito

de angariar dinheiro: “Sempre é uma maneira de fazer mais algum, em vez de deixar as freguesias na despensa a ganhar pó!”, declarou um presidente de junta. O que é certo é que encontrámos em alguns sites de venda on line anúncios como os seguintes: “Vende-se freguesia extensa com alguns idosos que saem pouco à rua e três cães (um deles não

tem as vacinas em dia). Contactar só depois das 23 horas – não atendo números privados”; “Aluga-se freguesia limpa, com parque infantil a estrear – aceita-se permuta por moradia junto ao mar ou Citroen AX de dois lugares”; “Vende-se freguesia abandonada, edifício da junta ideal para converter para lenha”.

facebook.com/naoconfirmonemdesminto

Empresa Estradas de Portugal congratula-se pelo facto de o fim do mundo não ter atingido o Baixo Alentejo pois “seria um equívoco técnico”

BEBA COM MODERAÇÃO (EXCETO QUANDO ESTIVER A OUVIR VÍTOR GASPAR)

Foi há uma semana que as expectativas se goraram. Afinal, parece que o mundo teimou em não acabar, e não houve, em parte alguma, qualquer sinal de apocalipse iminente, o que deixou as autoridades e responsáveis da região confusos e escandalizados. A Estradas de Portugal, perita em declarar equívocos técnicos em autoestradas como a A26, já veio, contudo, explicar o falhanço da previsão Maia: “Apostou-se muito no fim do mundo no Alentejo, mas o que é certo é que não há condições para acolher tantos senhores do mal e anjos da morte. Não há gente suficiente no Alentejo para fazer um fim do mundo reconhecido pelas entidades internacionais. O mais provável é que a maioria da população optasse por passar o tempo numa grande superfície a comprar camarão congelado para a passagem de ano...”. Quem não ficou satisfeito com o esclarecimento foi o deputado Pita Ameixa, que anunciou que irá questionar o Governo sobre mais esta desfeita: “Já sabiamos que este executivo não gosta da região. Agora, privarem-nos do fim do mundo é que não se admite! Nem um meteorito que se visse, nem tremores de terra, nem uma chuva de Mários Simões, nem uma praga de Carlos Moedas, nem mais um regresso da Tonicha, nada...”, declarou.

Inquérito Que perspetivas tem para 2013?

Educação: Ministério quer apenas dois mega-agrupamentos em Beja – em média, 72 alunos terão de partilhar uma secretária A contenção orçamental está a abrir caminho para a reestruturação das escolas da cidade de Beja. Ao que parece, a Escola Secundária Diogo de Gouveia abarcará os agrupamentos de Santa Maria e de Santiago Maior, a EB 2/3 da Cabeça Gorda, a C+S de Bordéus e a Escola Profissional de Hannover; já a Escola Secundária D. Manuel I incluirá o agrupamento Mário Beirão, duas escolas primárias da cidade da Praia, o agrupamento de escolas de Vladivostok e a Escola de Artes de Goa. Mas as mudanças não ficarão por aqui, já que os alunos e professores também sofrerão as consequências desta reorganização escolar: em média, 72 alunos terão de usar a mesma secretária; os professores terão turmas com 130 alunos e uma pausa de cinco minutos semanais para almoçar, ir à casa de banho, respirar, viver e pensar na vida; os jogos de futebol, nas aulas de educação física, terão de ser disputados por 86 alunos; e os banhos nos balneários durarão 25 segundos. Os rufias também verão uma diminuição no seu leque de opções, dado que só poderão incomodar dois caloiros por semestre sendo obrigados a partilhá-los quando o seu número for reduzido.

Licores de Medronho Sebastião e Simões

PROF. SASSI PEREIRA, 39 ANOS Astrólogo, vidente e besta negra dos maus-olhados Perspetivo coisas que só uma mente límpida como a minha consegue ver: que 2013 vem logo a seguir a 2012, por exemplo. Pelo que posso ler nestes búzios que espalhei neste cesto de vime, 2013 vai ser um ano difícil, com pouco dinheiro e fortuna. Venha a uma consulta minha e a sua sorte mudará – basta untar o seu corpo com fígado de iguana e lágrimas de koala para impedir que a infelicidade ou o Orçamento do Estado lhe possam tocar. ARTUR BATISTA DA SILVA Comentador e especialista-da-ONU-que-foi-entrevistado-por-jornalistas-como-especialista-da-ONU-e-agora-percebe-se-que-não-é-especialista-da-ONU Estou certo que será um ano difícil. Daqui a seis meses Portugal estará na penúria absoluta e terá de renegociar a dívida. Desde que fui para a ONU que defendo isto – curiosamente foi no mesmo ano em que ganhei o Nobel da Física e me casei com a Angelina Jolie. Se não arrepiarmos caminho, ficaremos em maus lençóis. Estou a avisar, mas parece que o Governo não ouve. Foi como quando avisei Viriato de que poderia ser traído, e ele não me ligou…

VÍTOR GASPAR, 52 ANOS Ministro das Finanças Estão… a ouvir-me? Obrigado pela sua… pergunta que é… se me permite… uma ótima pergunta. O ano de 2013 será… ao que tudo… indica… o ano do princípio… do início… do começo… da mais que provável… eventual… e possível retoma económica. Será…. também… o ano em que… finalmente…acertarei uma… previsão… nem que seja no… Totobola. O orçamento é… difícil mas é nossa convicção de que é…exequível, como podem ver… no gráfico projetado nas minhas… olheiras…

Edição N.º 1601  

Diario do Alentejo

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you