Page 1

O provável encerramento do Tribunal de Almodôvar, integrado na reforma do mapa judiciário, está a ser visto como uma oportunidade de negócio pelo franchising da justiça, em particular da empresa A Casa de Julgamentos Salomónicos. À distância de um click, os litigantes terão acesso a um serviço de justiça rápida com a garantia de qualidade do mítico rei Salomão. Entre os produtos disponíveis destacam-se: o divórcio instantâneo e solúvel, o processo por fraude eletrónica, digital e analógica e as defesas oficiosas ao domicílio.

31 Diário do Alentejo 3 fevereiro 2012

nal to do tribu encerramen ar visto de almodÔv unidade como oport ising pelo franch s julgamento d’ a casa de s salomÓnico

facebook.com/naoconfirmonemdesminto

FDO já não construirá shopping center: Pulido Valente culpa o executivo anterior, o aquecimento global e o comandante do Costa Concordia

Já se registaram os primeiros desacatos em Beja depois da decisão da FDO

Crise que afeta bombeiros pode levar a combate de incêndios com recurso a chichizinho Notícias recentes sobre as dificuldades financeiras dos Bombeiros de Alvito estão a levantar dúvidas sobre a capacidade dos soldados da paz em levar a cabo a sua missão. Falámos com um bombeiro, especialista em partos de ambulância e penta campeão da descida do varão, que nos explicou como é que se podem ultrapassar estas dificuldades: “Agora, no inverno, até não é grave, só temos de levar para o hospital as pessoas que comem, em média, três quilos de açúcar diários no Natal e rezar para que não neve, pois não temos limpa neves, só umas pás de plástico compradas na feira que os nossos filhos usam na praia. No verão é que vão ser elas. Sem dinheiro para gasolina, não há modo de usar as viaturas... Depois, quando há dinheiro para gasolina, não há para mudar o óleo... A única hipótese é ir beber água ao quartel, depois ir a correr para os incêndios e fazer um chichizinho para o fogo. Ali o Alberto apagou sozinho um incêndio num prédio devoluto só com chichi – o magano tem a bexiga do tamanho de uma betoneira. Outra técnica já usada no passado é espremermos as t-shirts ensopadas em suor para cima do fogo, mas isso chamusca-nos sempre os pelos dos braços e faz-nos perder a concentração, porque o cheiro a leitão assado dá-nos sempre fome...”.

A notícia caiu em Beja como uma bomba: a FDO Imobiliária já não vai construir o shopping center à entrada da cidade. O desespero tomou conta dos bejenses que choram o facto de não poderem exibir os seus fatos de treino roxo fluorescente nos corredores de uma superfície comercial ao domingo. O presidente da Câmara Municipal de Beja sente-se revoltado com esta decisão, já que o centro comercial estava praticamente garantido. Na autarquia suspeita-se de sabotagem, e os principais suspeitos são o executivo anterior, o aquecimento global, a célula do PCP na câmara, o gajo dos anúncios do Continente e o comandante do Costa Concordia. Por outro lado, o comércio tradicional da cidade canta vitória, pois assim tem hipótese de sobreviver durante mais duas semanas.

Idosos nas zonas raianas sem sinal de TDT sintonizam emissão com uma mão na TV e outra a apontar para o emissor mais próximo

Idosos mais desesperados tentam ligações da candonga

Apesar de a Anacom insistir com a ideia de que todo o País está coberto com a rede da TDT (televisão digital terrestre), chegam à nossa delegação em Santo Aleixo da Restauração relatos de idosos que não conseguem aceder ao novo serviço de televisão. Aqueles que ainda não tiveram de vender um rim para comprar um descodificador têm de recorrer a outras técnicas para poderem ver televisão, como é o caso da senhora Luísa Onda Média: “Ando muito desolada, a televisão é a minha companhia. O meu filho não me visita há tanto tempo que já nem me lembro do nome dele. Só lhe chamo de ‘coisinho’, veja lá. Ainda houve uma altura em que consegui apanhar um canal das Testemunhas de Jeová, mas um dia fui dar sangue e perdi a emissão. Devem ter ficado chateados comigo. Agora, só consigo ver televisão com um braço em cima do televisor e o outro apontado para o emissor do Mendro. Apanho uns canais espanhóis e as transmissões de rádio da GNR. Às vezes consigo ouvi-los a jogar à moeda no quartel, mas fora isso...”.

Identificado gene responsável pela mania de só se beber cafés nas bombas de gasolina Promete ser um facto científico ao nível da descoberta da penicilina ou das técnicas de confeção do chouriço de sangue alentejano: cientistas identificaram um gene responsável pela mania que as pessoas têm de beber cafés nas bombas de gasolina. Uma investigação conjunta Não confirmo, nem desminto/Estádio Dr. Flávio Santos/Cafés Camelo apurou que esse gene leva as pessoas a lamentarem-se pelos cafés/pastelarias que estão às moscas no centro histórico, mas a não fazerem-se rogadas em beber o terceiro café durante o segundo pequeno-almoço num dos postos de abastecimento de combustível da cidade de Beja. Está ainda por comprovar se se trata do mesmo gene responsável pelo facto de as pessoas criticarem as lojas dos chineses e fazerem compras nesses estabelecimentos com uma frequência tridiária.

Inquérito Com o aumento do custo da eletricidade o que faz para poupar energia? GREGÓRIO DISJUNTOR, 43 ANOS Talhante profissional e calista aos fins de semana e feriados

Lá na minha casa fui buscar uns petromaxes que usava no campismo. Aquilo dá uma luz assim bué acesa: eu moro em Santo Amador e os tipos do porto de Sines pensam que a minha luz é o farol que regula a navegação. Poupa-se muito, só é pena os mosquitos que invadem a casa: o que poupo na luz gasto em inseticidas.

OLINDA ALTA TENSÃO, 36 ANOS Mãe de quatro filhos e pessoa com o sistema nervoso de um hamster

HÉLIO FICHA TRIPLA, 31 ANOS Pessoa que tem a cara do Al Gore tatuada na nádega esquerda

Tem sido difícil poupar na luz já que tenho filhos em idade escolar. Depois das aulas, da equitação, da natação, do ballet, das explicações de mandarim, do andebol e das aulas de trombone, eles ainda têm de estudar quando chegam a casa. Eu deito-me à mesma hora que eles e levanto-me duas horas depois, às sete da manhã! Tenho o olho esquerdo a piscar desde que comecei a falar consigo? Foi uma coisa que me entrou para dentro do olho. Agora peço desculpa, mas tenho que ir dobrar e passar os filhos a ferro e levar a roupa à escola.

Não tenho qualquer problema a esse nível pois a minha casa é autossuficiente. A água vem do poço, o gás vem do meu primo Arlindo que tem problemas intestinais e a luz vem da energia gerada pela bicicleta a ser pedalada pelo macaco. O animal é estimulado através de uma vara atada à bicicleta com uma banana na ponta para que ele não perca a motivação. Quando quero ir à casa de banho à noite é só acender o archote com duas pedras.

Edição n.º 1554  

Diario do Alentejo

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you