Page 1

so

Diário

de Petrópolis

Site: www.diariodepetropolis.com.br

56 anos

E-mail: redacao@diariodepetropolis.com.br

Preço do exemplar: R$ 1,20

Nº 15.761 - Sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Dilma anuncia seis mil casas para desabrigados Além das duas mil casas que o governador e construtoras prometeram entregar às vitimas dos municípios atingidos pelas fortes chuvas, a presidenta Dilma Rousseff anunciou ontem, em reu-

Reunião define futuro de empresas atingidas

nião de trabalho no Palácio da Guanabara, mais oito mil casas para os desabrigados da tragédia na Serra. Elas são parte de um pacote de ações dos governos federal e estadual e estão fora das

moradias que também poderão ser construídas pelo programa habitacional Minha Casa, Minha Vida. Na ocasião, o prefeito Paulo Mustrangi agradeceu a ajuda recebida. (Página 3)

Kia e Hyundai doam 200 mil dólares para a cidade Fotos: Alan Alonso

Integrantes do governo municipal, do Banco do Brasil e da InvestRio, se reúnem hoje, às 10h, para determinar as formas de apoio e financiamentos para as empresas atingidas pelas chuvas. (Página 5)

Nesta edição

Dora Kramer Pág. 3

Rua do Imperador, 904 Centro - Petrópolis - RJ Tel.: (24) 2231-0910 Assine o Diário de Petrópolis e ganhe um almoço do Las Delicias

Confira os nomes das 343 vítimas beneficiadas com a entrega do primeiro lote de carteiras de identidade. O Detran fará a entrega hoje, no estacionamento do Bramil. (Página 10)

BNDES amplia limite de empréstimos para a região O teto de R$ 50 mil para capital de giro dobrou e os recursos para investimentos continuam limitados em até R$ 1 milhão, mas poderão aumentar caso necessário. (Página 11)

BR-040: Idoso e motociclista saem ilesos de acidente Fora de controle, o Honda Civic saiu da pista e bateu em uma parede de pedra. Já o piloto de uma Yamaha XTZ sofreu escoriações nas pernas após cair e foi levado ao hospital. (Página 8)

Liberada a lista do 1º lote de Carteiras de Identidade

Prefeito abre crédito para pequenos empresários O presidente da Kia Motors Brasil, José Luiz Gandini e o presidente da Kia Motors Corporation em Miami, o coreano Jang-Won Sohn com “cheque donativo”

Parte dos US$ 200 mil dólares (aproximadamente R$ 330 mil), doados ontem pela Kia Motors Corporation, em Miami, e a Hyun-

dai Steel, já poderão ser usados na desapropriação e compra dos cinco terrenos, nos bairros Mosela, Carangola, Benfica e Posse,

que estão sendo analisados pela prefeitura, para a construção das 8 mil moradias populares dadas pelos governos federais e esta-

duais. Kia Motors do Brasil também fez a entrega de um caminhão Bongo para ajudar na reconstrução da cidade. (Página 3)

88 mil trabalhadores podem sacar o FGTS O Conselho Curador do FGTS identificou 173.039 trabalhadores nas regiões atingidas pelo forte temporal. Só em Petrópolis, cidade com maior número de habitantes da Região Serrana (296 mil pesso-

as), são 88.766 contas, com saque possível de R$ 288 milhões. De acordo com levantamento realizado pelo Conselho, o valor estimado possível para saque é de R$ 492 milhões, com teto máxi-

mo de retirada individual de R$ 5,4 mil. De acordo com Mônica Borges, gerente de atendimento da Caixa Econômica Federal, agência Imperial, foram realizados apenas 220 saques, até a última quar-

Região Metropolitana não traz benefícios para o município O fato de Petrópolis estar enquadrada na Região Serrana do Estado é mais benéfico para a cidade do que se fosse transferida para o grupo de municípios que são considerados Região Metropolitana do Rio de Janeiro, garantiu

o secretário de Ciência e Tecnologia, Desenvolvimento Sustentável e Agricultura, Nelson Sabrá. Junto com Teresópolis, Nova Friburgo e outras cidades vizinhas, a Cidade Imperial ganha ainda mais valor agregado por estar na serra, o que

valoriza o polo gastronômico e de tecnologia. Sobre a não adesão ao novo sistema de ligação a distância da Aneel, Sabrá foi categórico e disse que a população perde, mas pode ser beneficiada por outros fatores. (Página 8)

ta-feira (26). A maioria de moradores do Vale do Cuiabá. Para dar entrada no pedido é necessário apresentar comprovante de residência, carteira de identidade e carteira de trabalho. (Página 5)

O limite de empréstimo para as microempresas é de R$ 5 mil, com 90 dias de carência, 24 meses para pagar e taxa zero de juros. Primeiro lote será entregue em fevereiro. (Página 5)

Aumenta o número de Carteiras assinadas Em todo o Brasil, no ano passado, 12,7% dos trabalhadores da área estavam sem o documento, contra 12,1% em 2009. Já em 2003, o percentual era de 15,5%. (Página 9)

Comércio apresenta alta de 5,93% em 2010 Artigos do Grupo Alimentação foram os que tiveram maior reajuste na cidade: 3,77%. Este foi o quinto aumento consecutivo para o grupo, e o maior desde maio de 2008. (Página 9)


2

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

Ponto e Contraponto Antônio Cláudio Gomes

AGENDA POSITIVA

Um ‘pool’ que reúne Prefeitura Municipal de Petrópolis, Fundação de Cultura e Turismo de Petrópolis, TurisRio, PCVB, Sicomércio, ARTE, IPHAN, CDL, ABIH, ABRASEL, FIRJAN, SEBRAE, e CONCER estão empenhados em divulgar que as lojas, hotéis, pousadas, museus, centros de cultura, restaurantes, inclusive de Itaipava e arredores, “continuam a oferecer a sua famosa gastronomia e hospitalidade”. A coluna abraça a ideia. IMAGENS QUE FICAM

A NASA registrou por satélite as imagens que mostram as partes da Região Serrana atingidas drasticamente pela enchente. HABITAÇÃO

O deputado estadual Bernardo Rossi divulgou, através do seu twitter, que as cidades de Areal e São José do Vale do Rio Preto já indicaram as áreas para construção de moradias populares, que serão disponibilizadas para os desabrigados da enchente.

A erradicação da miséria é a prioridade  Marco Maia

A

cabar com a miséria no Brasil é o principal desafio que se apresenta aos gestores públicos e às lideranças políticas que iniciam seus mandatos neste ano. Devolver a dignidade e a cidadania a cerca de 10 milhões de pessoas miseráveis segundo o IPEA (o número pode chegar a 21,5 milhões conforme dados do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome), exige a mobilização de todos os setores da sociedade, em especial dos Três Poderes. Orientar a atuação da Câmara dos Deputados prioritariamente para o debate e a votação de ações para a inclusão social desses brasileiros é uma obrigação não apenas humanitária, mas estratégica para a Nação. Em seu discurso de

CARESTIA

Aumenta o salário mínimo e aumenta o preço de tudo. No final das contas, o poder de compra do salário diminui. Como entender a lógica selvagem do mercado? LAZER CULTURAL

Que tal aproveitar o último domingo do mês para uma visita gratuita ao Museu Imperial? A oferta é feita aos moradores de Petrópolis. Basta apresentar um comprovante de residência. NO BEIJÓDROMO

A Universidade de Brasília lançou ontem no Beijódromo uma coleção de livros de autoria do antropólogo e fundador da UnB, o saudoso Darcy Ribeiro. Festeiro como ele só, Darcy aprovaria a idéia da escolha do local. “A UnB é a carne do espírito brasileiro”, disse certa ocasião Darcy Ribeiro, segundo Nielsen de Paula, que escreveu um ensaio comentando a iniciativa. DICA DE CINEMA

O filme ‘Desenrola’ estréia hoje em Petrópolis e a cineasta Rosane Svartman, diretora do filme, é a nossa entrevistada do próximo domingo, aqui no Diário de Petrópolis. OS 110 ANOS DA EDITORA VOZES

Para comentar o assunto, entrevistei o presidente da editora, frei Antonio Moser, que afirmou: “Dia 5 de março próximo a Editora Vozes completa 110 anos de existência. Sabidamente no Brasil são poucas as empresas que ultrapassaram os 100 anos... E em vez de estar envelhecendo, a experiência acumulada ao longo de todos estes anos só foi dando um vigor sempre maior à Editora”. “Hoje a Editora Vozes tem um editorial reconhecido tanto no que se refere às ciências humanas, quanto às ciências religiosas. Temos dois mil títulos ativos e mais de cinco mil títulos já publicados ao longo dos tempos. São bastante numerosos nossos livros que são muito conhecidos. Além do “Minutos de Sabedoria”, que já ultrapassou a venda de 11 milhões de exemplares, temos um bom número de títulos com 20, 30 e até mais reedições. A publicação de maior impacto do ano de 2010 foi “O Livro Vermelho”, de Jung, com seus 4 quilos de peso. Só a Editora Vozes é detentora de praticamente toda a obra de Jung. No mais, é claro que a Editora é também conhecida por suas obras de cunho espiritual e religioso. A Bíblia Vozes é tida como um exemplo de tradução e é apresentada em vários formatos”, completou. Contatos com a coluna: antoniocgomes@hotmail.com e no Twitter: @AntonioClaudio7

posse, a Presidenta Dilma anunciou como principal meta de seu governo a erradicação da pobreza extrema. Reafirmou, dias depois, ao anunciar que o governo prepara um programa visando erradicar a extrema pobreza, a fim de enfrentar o problema em três frentes: pela ampliação dos programas de inclusão produtiva, da rede de serviços e benefícios sociais já existentes e de políticas voltadas à educação e saúde. Para implementar tais ações, necessitará apresentar um conjunto de medidas ao Congresso Nacional. Caberá ao Parlamento debater, aprimorar e chancelar tais programas o mais rápido possível, bem como aqueles de autoria dos parlamentares versando sobre o mesmo tema, que também tramitam na Casa. certamente, o Legislativo estará mobilizado e comprometido para essa tarefa.

É possível, sim, criar um país livre da indulgência, que respeite a vida de cada filho seu. Embora a pobreza no Brasil seja resultado de um processo histórico, esta condição não pode ser vista como natural. É necessário que haja indignação e que essa repulsa sirva de estímulo para a construção de soluções concretas e imediatas. Ser impassível, neste caso, significa cumplicidade com a desagregação social e familiar, as doenças, o desespero, as drogas e a violência. A retirada de milhões de pessoas da miséria também carrega um componente estratégico: a inclusão de novos e significativos contingentes de brasileiros ao mercado consumidor realimenta o círculo virtuoso do desenvolvimento econômico. Tanto é assim que, durante a recente crise econômica internacional, o fato de o Brasil ter expandi-

do sua classe média e resgatado da miséria cerca de 28 milhões de brasileiros entre 2003 e 2009 (FGV) foi decisivo para que o País superasse com rapidez e sem grandes traumas aquele momento. Em que pese a significativa redução da pobreza ao longo do Governo do Presidente Lula graças a uma forte política de transferência de renda, ainda há muito a fazer para mudar essa triste realidade. Neste início de mandatos do Executivo e do Legislativo federais, a prioridade não poderia ser outra, senão trabalharem conectados para transformar miséria e fome em oportunidades, renda, direitos sociais, acesso à alimentação, enfim mudanças que melhorem a vida dos mais pobres.  Deputado federal – PT/RS,

é presidente da Câmara dos Deputados.

Tratar e reprimir

NO PÁREO

A candidatura de Marcos Maia para a presidência da Câmara de Deputados pode ganhar força. Ontem, líderes petistas e tucanos almoçaram para tratar do assunto.

SEXTA-FEIRA, 28 DE JANEIRO DE 2011

 Demóstenes

Torres

O

sociólogo Fernando Henrique Cardoso exerceu diversos cargos importantes, nos quais se destacou, e seus êxitos conquistaram muitos admiradores, como eu. É um estadista como poucos, mas precisa rever sua atual bandeira, como coordenador da Comissão Global sobre Drogas. Reunião do grupo em Genebra, recém-encerrada, foi conduzida de tal forma que traficantes de drogas devem estar comemorando que expoentes mundiais trabalhem “pela legalização e regulamentação do uso da maconha como a melhor maneira de combater o tráfico de drogas e

suas consequências”. O júbilo dos bandidos só não é maior que a fragilidade dos argumentos, cujo eixo é liberar por não conseguir combater. A conclusão deveria ser no sentido contrário. Trocar os métodos, não os lados. Fracassar no combate aos traficantes não dá, a nenhum líder, o direito de transformá-los em comerciantes comuns. Se a falácia triunfar, cairão os gastos na repressão e nas despesas com cárcere. Porém, a folga no caixa dos governos terá outro viés, o do abandono da causa. A juventude, principalmente, ficará à mercê do narcotráfico, pois todo governo quer faturar e, com a maconha rendendo tributos, quanto maior o consumo, maior a arrecadação. Em outro engano, o da

redução de danos, alegam que legalizar maconha e distribuir seringa são políticas mais eficientes que prender traficantes e tratar os viciados. Interpretações do gênero estão lotando as calçadas de zumbis dominados por entorpecentes. O começo é exatamente a maconha, que se for legalizada será ainda mais massificada. Em pouco tempo, o organismo pede mais em quantidade e torpor. O que aguarda a sociedade? Processo igual se dará no campo legislativo, liberando a cocaína e seus rabichos, como o crack? O passo seguinte será o financiamento do Banco Mundial para lavouras de cannabis, o incentivo fiscal para refino de pó e a distribuição de cartilhas ensinando a fumar

e injetar? Portanto, é preciso reagir antes que o uso de drogas seja obrigatório. As estatísticas dos apóstolos do fumacê carecem do mínimo, o bom senso. Apresentam supostos dados da doença que o sujeito não contraiu por ter uma seringa para chamar de sua. A verdade é que querem se livrar do problema pela fuga. A turma pró-descriminalização sabe que, em vez de atenuada, a repressão tem de ser incrementada, com tecnologia, investigação, priorização. Traficante tem de ir para a cadeia, não para a Junta Comercial. Usuário tem de ir para a clínica se tratar, não para o boteco reabastecer o estoque de maconha.  Procurador de Justiça e senador, Democratas-Goiás

O jovem, o trabalhador e o aposentado  Dirceu Cardoso Gonçalves

O

Brasil é a oitava e tem planos para logo chegar à condição de quinta maior economia do mundo. Mas padece da falta de mão-deobra capacitada o suficiente para servir à economia tecnologizada; não tem nem a massa de trabalhadores fundamental para atender a demanda da construção civil aquecida. Essa carência leva os aposentados a continuarem no mercado, ocupando o lugar que deveria naturalmente ser cedido aos milhares de jovens que chegam à idade de inclusão trabalhista. É um grande gargalo que precisa ser removido com a maior brevidade, para evitar a frustração e o atravancamento das metas de desenvolvimento. Foi-se o tempo em que, para encontrar emprego, bastava o indivíduo ter boa saúde, força física e disposição para fazer qualquer coisa que lhe fosse determinada. Aquele pais empírico

e subdesenvolvido acabouse. A força e as tarefas repetitivas, antes executadas pelo ser humano, hoje estão entregues aos guindastes, robôs e computadores. O homem carece receber qualificação para operar essas máquinas e, sozinho, com o emprego da tecnologia, executar a tarefa de dezenas de homens de força bruta. Mas, infelizmente, o ensino não acompanhou a evolução tecnológica e hoje, as escolas, quando alfabetizam, não qualificam para o exercício profissional. O resultado está nos milhares de desempregados que, por falta de qualificação, não conseguem preencher as vagas disponíveis. Governo, entidades e a sociedade não podem tardar no desenvolvimento de novas políticas que façam o ensino instrumento profissionalizante de inclusão ao trabalho. Do contrário, sem ter um horizonte a perseguir, o desmotivado jovem nem encontra razões para estudar. Igualmente, há que

Diretor-Presidente: Paulo Antônio Carneiro Dias Editor: Carlos Marques (interino) Subeditora: Gabriela Haubrich

D

se encontrar um meio de garantir ao aposentado a renda e os meios suficientes para viver sem a necessidade de continuar trabalhando. Além de suas vagas serem abertas aos jovens carentes de lugar para trabalhar, a aposentadoria passaria a constituir-se, verdadeiramente, no prêmio pelas três décadas e meia de trabalho realizado continuadamente até adquirir o direito. Os avanços tecnológicos e científicos dão novas perspectivas ao país, inclusive, com o aumento da expectativa de vida e do tempo em que cada trabalhador permanecerá aposentado. Há a urgente necessidade de se fazer algo, começando pela adoção de meios de ensino eficientes e por formas de retirar o aposentado do mercado sem que isso lhe represente a fome e outras privações. São questões e ações comunicantes que não podem ficar para depois. O governo que conseguir marchar nessa direção estará, sem qualquer

IÁRIO DE PETRÓPOLIS 56 anos

Uma publicação da PJ Editora e Gráfica e Jornalística Ltda

Preço do Exemplar 3ª a sábado R$ 1,20 Domingo R$ 1,80 Atrasado R$ 2,50

Assinatura Trimestral Petrópolis R$ 80,00 Rio e outros R$ 160,00

Assinatura Mensal Petrópolis R$ 28,00 Rio e outros R$ 56,00

Assinatura Semestral Petrópolis R$ 152,00 Rio e outros R$ 304,00

dúvida, dando um rumo à economia brasileira, hoje inchada em vez de sadiamente crescida. Para o ensino há de se investir em métodos e no acesso das populações a cursos eficientes. Para o aposentado, tudo poderia começar pelo respeito e reconhecimento pelos serviços prestados, com o governo assumindo através do Tesouro os salários hoje pagos aos rurais, a anistiados e a outros beneficiários que não contribuíram para a formação do bolo previdenciário. Se as fatias forem servidas apenas para aqueles que contribuíram para fazer o bolo, cada um receberá mais e não precisará continuar trabalhando até o final de suas forças. Suprido, poderá, se quiser, empregar seu tempo em obras sociais e humanitárias, sem a preocupação de ter de ganhar o próprio sustento...  Tenente – dirigente da ASPOMIL (Associação de Assist. Social dos Policiais Militares deSãoPaulo aspomilpm@terra.com.br Site: www.diariodepetropolis.com.br

E-mail: redacao@diariodepetropolis.com.br

Diretoria 2246-3807 Assinatura 2246-3807 Publicidade 2237-7849 Classificado 2246-3807 Redação 2235-7165

Rua Joaquim Moreira 106 Centro - Petrópolis - RJ Cep 25.600-000 CNPJ 02.424.864/0001-66

ABRAJORI - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS JORNAIS DO INTERIOR

As opiniões emitidas em artigos assinados não representam, necessariamente, o pensamento do jornal e são de inteira responsabilidade de seus autores. Da mesma forma, as informações e opiniões nas colunas são de responsabilidade de seus titulares.


DORA KRAMER Jogo de amarelinha

O

que significa essa relação risonha e franca entre a presidente Dilma Rousseff e o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab? Olhando de repente e considerando a iminente transferência dele do DEM para o PMDB, parece significar a transposição do prefeito da oposição para a situação. Concluindo apressadamente a interpretação dos gestos, verse-ia neles o vislumbre de uma candidatura ao governo de São Paulo em 2014, com o apoio do PT, para tentar derrubar os 20 anos que na ocasião o PSDB estará completando de controle político do Estado Como ainda há muita água para rolar e muitos galos para

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

SEXTA-FEIRA, 28 DE JANEIRO DE 2011

cantar daqui até lá, pode ser tudo isso, nada disso ou parte disso. É verdadeiro o interesse do PT em Gilberto Kassab, assim como é genuíno o conflito entre ele e o governador Geraldo Alckmin. É significativa também a redução do afã oposicionista do prefeito desde a eleição de Dilma e a derrota de José Serra. Com a morte de Orestes Quércia, o PMDB de São Paulo tornou-se um feudo sem senhor. Por mais que o vice-presidente Michel Temer seja o sucessor, digamos, de direito de Quércia, seu cotidiano é agora nacional. Portanto, a ideia de Kassab é assumir de fato o pedaço de forma a se livrar da subordinação ao PSDB e criar asas próprias. Se Serra tivesse sido eleito isso estaria

resolvido. Como não foi, há que conquistar novas trincheiras. Mas logo ao lado e no campo do maior aliado do governo federal? Pois é. Nada garante que o PMDB ao fazer um acordo com uma força política importante de São Paulo, onde já não tinha quase nada e para onde Kassab promete levar prefeitos, deputados e vereadores, usará isso a favor da atual aliança com o PT. Pode ser que mais adiante use contra. Convém prestar atenção nas relações estreitíssimas de Kassab com dois personagens: José Serra e Jorge Bornhausen, com os quais o prefeito vive dizendo que tem uma dívida eterna e, por ela, submete seus interesses às conveniências de ambos.

Algo se arma em São Paulo que ainda não é possível enxergar com clareza, até porque os artífices da obra, como convém a toda engenharia política que se preze, trabalham de olho no adversário, não revelam suas estratégias, dependem das circunstâncias e do andar das carruagens. O jogo não é de via simples muito menos única: Kassab acumula, não divide forças para voar mais alto na política. Como candidato ao governo em 2014 com o apoio do PT? Só se alguém puder acreditar em sã consciência e na posse do juízo perfeito que o PT abriria mão da chance de tirar São Paulo das mãos do PSDB justamente quando o partido estará em crise aguda de fadiga de material. E o governo federal enquanto isso? Faz o seu papel: adula Geraldo Alckmin, agrada Antonio Anastasia, tenta neutralizar e dividir a oposição. Mais do que já está. Recibo - José Sarney na presidência do Senado outra vez (a quarta) é confissão de suas excelências de que não há nada de melhor na Casa outrora nobre.

3

Reforma urbana - Jaime Lechinski escreve de Curitiba para, a propósito da tragédia na região serrana do Rio de Janeiro, lembrar (muito bem lembrado) o “drama das periferias urbanas, consequência das migrações rurais ocorridas a partir dos anos 60 e drasticamente aceleradas ao longo da década e meia seguinte”. Um processo desordenado, improvisado para o qual, na velocidade em que ocorreu, o Brasil não estava preparado. Isso é sabido. Do que não se fala, e Lechinski aborda, é do tempo, dinheiro e energia gastos com a reforma agrária - “uma causa sem futuro” - em detrimento da atenção que seria devida à ocupação das periferias das grandes e médias cidades. Sugere que políticos, intelectuais, movimentos sociais, governos que nunca levantaram essa bandeira passem a fazê-lo, a fim de conferir importância ao que de fato importa - o direito à vida - e de lidar com problemas reais no lugar de empregar dinheiro público em esforço inútil.

CIDADE

Município pode desapropriar cinco terrenos Alan Alonso

Roberta Müller

A prefeitura já estuda cinco terrenos para a construção de casas populares que serão doadas as vítimas das chuvas. As áreas, que ficam em bairros diferentes – entre eles Mosela, Carangola, Benfica e Posse, devem ser desapropriadas e compradas com parte dos US$ 200 mil (aproximadamente 330 mil reais) doados pela Corporation em Miami e a Hyiundai Steel na manhã de ontem. Além disso, mais de R$ 1,4 milhão que foram arrecadados através das contas abertas pela campanha SOS Petrópolis e a verba de cerca de R$ 600 mil, que iria para as escolas de samba, também poderão ser investidos nos terrenos. Segundo o prefeito Paulo Mustrangi, ainda não há um consenso, mas técnicos já fazem o levantamento de cinco locais, verificando a topografia e as condições dos terrenos. “Em Petrópolis, há uma dificuldade muito grande em encontrarmos terrenos planos, vivemos em um vale, então, ou estamos perto do leito do rio ou próximo aos morros”, frisou. Na Mosela, a Aeronáutica já teria doado um terreno, que ainda passa por processos burocráticos de transferência.

Ao todo, cerca de oito mil moradias deverão ser construídas para as vítimas das chuvas. O secretário de Assistência Social e Direitos Humanos do Rio de Janeiro, Rodrigo Neves, que também esteve na entrega dos cheques doados pela Kia e Hyundai, priorizou ainda que, para toda a Região Serrana, o governo está liberando R$ 40 milhões para o aluguel social. “O estado, por orientação do governador, desde o primeiro momento está com, pelo menos, oito mil servidores prestando auxílio emergencial às famílias e à cidade. A secretaria já destinou duas mil toneladas de doações e, agora, estamos entrando em uma nova fase, com o investimento para o aluguel social”, informou Neves, completando que outros R$ 400 milhões serão destinados à reestruturação da região. Caminhão também foi doado pela Kia A Kia Motors Corporation em Miami e a Hyundai Steel doaram, na manhã de ontem, US$ 100 mil (aproximadamente 330 mil reais) cada ao município de Petrópolis, em solidariedade às vitimas das chuvas do último dia 12. Na ocasião, a Kia

Dois ônibus gratuitos já atendem moradores do Vale do Cuiabá

Mustrangi recebe a chave do caminhão Bongo doado pela Kia Motors para ajudar na reconstrução da cidade

Motors do Brasil também fez a entrega de um caminhão Bongo para ajudar na reconstrução da cidade. O veículo tem capacidade para transportar mil e oitocentos quilos de carga e consegue chegar a locais de difícil acesso. Na entrega, que começou por volta de 19h, no Parque Municipal de Itaipava, o presidente da Kia Motors Corporation em Miami, o co-

reano Jang-Won Sohn, disse que a “distância entre o Brasil e a Coreia é enorme no mapa, a simpatia e o espírito de solidariedade dos dois povos é muito parecida”. Já o presidente da Kia Motors Brasil, José Luiz Gandini, frisou que o caminhão será de grande ajuda nesta hora. “Ficamos sem ajudar no dia e, agora, arranjamos esta maneira de ajudar. Todo brasi-

Dilma Rousseff anuncia mais seis mil casas para as vítimas das chuvas O prefeito Paulo Mustrangi participou na tarde de ontem, no Palácio Guanabara, no Rio de Janeiro, da reunião de trabalho com a presidente Dilma Rousseff, que anunciou mais seis mil casas para desabrigados da Região Serrana, além das duas mil que o governador e construtoras informaram também entregar às vítimas dos municípios atingidos pelas fortes chuvas. Ao lado de Sérgio Cabral, de ministros, secretários de estado e dos demais seis prefeitos das cidades em calamidade pública, Mustrangi pôde agradecer à presidente o apoio e as verbas emergenciais enviadas ao município. “Se não fossem o apoio e a verba emergencial, depositada na conta das prefeituras logo no terceiro dia após a tragédia no Vale do Cuiabá e localidades próximas, não teríamos condições de agir tão rapidamente no resgate das pessoas que estavam isoladas e na retirada de toda aquela lama.

Dilma e Cabral reunidos com secretários e prefeitos dos municípios atingidos pelas chuvas do último dia 12

Com os recursos, pudemos colocar dezenas de caminhões, máquinas, equipamentos nas ruas e iniciamos um verdadeiro trabalho de guerra no atendimento aos desabrigados e desalojados. Trabalhamos para que estas pessoas fossem atendidas com dignidade e respeito, para que recebessem todo o amparo e materiais necessários. Os municípios da região estão unidos e confiantes neste trabalho conjunto, nunca antes visto, com os governos federal e estadual”, declarou Mustrangi. As oito mil casas para

desabrigados da tragédia na Serra são parte de um pacote de ações dos governos federal e estadual e estão fora das moradias que poderão ser utilizadas pelo programa habitacional Minha Casa, Minha Vida. As residências oferecidas por Dilma serão construídas com subsídio federal e terão as prestações de R$ 50 pagas pelo governo do Rio. A prestação é a mesma paga por famílias que ganham até três salários mínimos integrantes do programa Minha Casa, Minha Vida. Além de pagar as prestações, os governos es-

tadual e municipais ficarão responsáveis pela doação do terreno e a construção da infraestrutura necessária, como saneamento básico e iluminação. “Estamos colocando mais seis mil casas para atender essa emergência fora do conjunto do Minha Casa, Minha Vida. Nós acrescentamos seis mil casas à duas mil já anunciadas pelo Sérgio (Cabral) para que essa população que perdeu o seu lar, tenha acesso o mais rápido possível a uma nova moradia”, disse a presidente.

leiro deveria fazer sua parte. O veículo que doamos pode subir em locais difíceis para ajudar”, completou. De acordo com organização, “em sua política internacional de responsabilidade social, participa de ações em vários países do mundo. No Brasil, em julho do ano passado, a Kia Motors destinou doação de US$ 100 mil às vítimas das enchentes do Nordeste”.

O prefeito Paulo Mustrangi informou ainda que os moradores do Vale do Cuiabá, logo assim que as ruas foram desobstruídas, já puderam contar com coletivos gratuitos. “Desde o primeiro momento, trabalhamos para abrir o bairro. Primeiramente, para que pudéssemos entrar a pé e, após, com as máquinas. Agora, estamos disponibilizando dois ônibus que já estão chegando até o ponto final e fazem horário com mais viagens”, completou, lembrando que, quando o Hospital de Campanha ainda estava em funcionamento, no Parque de Itaipava, uma van também levava os pacientes até a unidade.

Petrópolis sofre especulação imobiliária após aluguel social Ivan Richard / Enviado Especial

As vítimas das chuvas na Região Serrana do Rio de Janeiro que perderam as casas estão tendo que enfrentar mais um problema em Petrópolis: a especulação imobiliária. Como o início do pagamento do aluguel social para os desabrigados, os preços de locação de imóveis subiram cerca de 30%, segundo estimativa da prefeitura municipal. De acordo com o secretário de Programas Sociais e coordenador do Comitê de Ações Emergenciais de Petrópolis, Luis Eduardo Peixoto, em poucos dias imóveis que estavam anunciados por R$ 450 passaram para R$ 600. “Está havendo uma verdadeira especulação imobiliária. Teve gente que havia fechado o valor do aluguel em R$ 450 e quando foi à Caixa Econômica assinar o contrato, o dono já estava pedindo mais caro”, disse ele à Agência Brasil. “Fazemos um apelo para que os donos de imóveis mantenham os preços e, em

alguns casos, até diminuam o valor dos alugueis”, pediu o secretário. Segundo ele, a prefeitura de Petrópolis deve entregar, até fevereiro, cerca de 250 habitações populares. No entanto, essas casas atenderão às pessoas que já haviam sido atingidas por outras enchentes e estão na fila da habitação. O plano do governo local, disse Peixoto, é implementar um projeto habitacional para que as pessoas que moram em áreas de risco possam deixar esses locais antes que ocorram mais problemas. “Não podemos construir casa apenas para atender situações de emergência. Temos dificuldade de encontrar terrenos. Mas há um trabalho intenso do governo para localizar essas áreas”. Passadas duas semanas da tragédia que atingiu a Regiao Serrana fluminense, 813 pessoas em Petrópolis preencheram o cadastro para receber o aluguel social. Segundo Peixoto, 398 já podem receber o benefício de R$ 500 e estão à procura de imóveis.


4

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Alexandre O “sim” de Tatiana & Pablo Machado F alexandrediario@yahoo.com.br

oi belíssimo o casamento de Tatiana Brunelli Caldas e Pablo Torquato, realizado no dia 15 de janeiro, na igreja do Sagrado Coração de Jesus, com recepção na Quinta do Bosque. O impecável cerimonial foi de Alamyr Esteves, decoração de Dionéia e Deise, Bufê Sandra's e vídeo de Wallace Esteves (WW Produções). A lua de mel se iniciou em Barcelona, cidade natal da avó do noivo. As fotos de Oliveira Junior registram...

Tatiana sendo conduzida ao altar pelo pai, Norberto Caldas

O beijo apaixonado... O brinde com os pais: Marlene e Norberto Brunelli Caldas, Manolita e Marco Antônio Bastos Torquato A noiva e amigas

Noivos e convidados assistem ao clipe produzido pela WW Produções Chuva de pétalas na saída

Pão francês - R$ 5,99kg (somente no balcão) Entrega em domicílios Rua Epitácio Pessoa, 100 (atrás dos Correios) Centro - Petrópolis - RJ Tel. 2231-2160

Direitos Autorais Registro de Músicas Livros Eventos Culturais Agente: Domingos Capistrano Operando no Mercado a 32 anos

Tels.: (24) 2237-3210 (24) 9832-0327 Petrópolis - RJ (22) 9907-4947 Cabo Frio - RJ


SEXTA-FEIRA, 28 DE JANEIRO DE 2011

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

5

CIDADE

Procura pelo FGTS ainda está baixa em Petrópolis Jaqueline Gomes jaquelinegomes@diariodepetropolis.com.br

Mesmo com a liberação do saldo do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) pelo Ministério do Trabalho, para as regiões que tiveram decretado Estado de Calamidade Pública, a procura ainda está sendo baixa em Petrópolis. De acordo com Mônica Borges, gerente de atendimento da Caixa Econômica Federal, agência Imperial, até a última quarta-feira, apenas 220 saques foram solicitados e liberados, das 88.766 contas identificadas no município. “Por enquanto, poucas pessoas fizeram a solicitação. Acho que a maioria ainda está muito chocada com o que aconteceu e ainda não conseguiu retomar a vida. Destes saques que foram liberados, a maioria é de moradores do Vale do Cuiabá, região mais atingida”, informou. Segundo a gerente, a liberação do FGTS é apenas para moradores das localidades especificadas nos decretos 421 e 429/11, da prefeitura de Petrópolis, que engloba, além dos atingidos na última catástrofe, outros locais afetados pelas chuvas de dezembro do ano passado. “Existem alguns outros casos que foram encaminhados para a Defesa Civil para que eles avaliem se os locais deverão ser incluídos ou não”, explicou Mônica. Podem sacar o benefício os trabalhadores que tenham conta vinculada com o FGTS e que comprovem residência nos locais especificados pela prefeitura. “Para dar entrada no pedido é necessário apresentar comprovante de residência, carteira de identidade e carteira de trabalho. Quem perdeu os documentos deve providenciá-los novamente antes de vir à Caixa. O prazo final para a solicitação é até o dia 4 de abril deste ano”, informou a gerente de atendimento. O teto máximo para saque é de R$ 5,4 mil. “Só tem direito ao FGTS os trabalhadores que têm emprego formal. Com esta autorização de antecipação do saque, as pessoas que foram atingidas pelas chuvas têm a oportunidade de recomeçar a vida. O dinheiro é liberado cinco dias úteis, após a solicitação, e pode ser retirado em qualquer agência da Caixa Econômica Federal”, esclareceu Mônica. O Conselho Curador do

FGTS identificou 173.039 trabalhadores nas regiões atingidas pelo forte temporal. De acordo com levantamento realizado pelo Conselho, o valor estimado possível para saque é de R$ 492 milhões. Em Petrópolis, cidade com maior número de habitantes da Região Serrana (296 mil pessoas), foram identificadas 88.766 contas, com saque possível de R$ 288 milhões. No município de Nova Friburgo, houve 53.747 contas identificadas para saque total de R$ 116 milhões. Já em Teresópolis, cidade com 150 mil habitantes, 30.526 contas foram identificadas, ao valor de R$ 88 milhões. Poderão sacar o FGTS em Petrópolis: Os trabalhadores com conta vinculada ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, que comprovem residência nas localidades especificadas pelos decretos 421 e 429/11. O decreto 429/11 é referente aos locais atingidos pela última catástrofe, do dia 12 de janeiro. Ele contempla as ruas Paulo Roberto de Oliveira, Benjamin Calotti e Alberto Cordeiro, no bairro Santa Mônica; Estrada Vale da Lua; Estrada Aldo Gelli, Taquaril e Brejal, todas regiões rurais; Estrada do Cantagalo, Benfica, Boa Esperança, Estrada Manoel Paulo de Oliveira Botelho, Estrada Ministro Salgado Filho, Lajinha, Rua Manoel Raposo da Silva, Rua Santa Clara; em Itaipava a Estrada do Gentio e a BR-495 (Estrada Philúvio Cerqueira) também estão incluídas; todos os logradouros de Madame Machado serão contemplados. Já o 421/11 declara situação anormal em função das fortes chuvas de dezembro do ano passado. Estão incluídos, portanto, os moradores do bairro Bingen, da Rua Bingen, entre os números 426 e 3.023 e Rua Dr. Paulo Hervê; no Bairro Castrioto as ruas Santa Rita de Cássia, Henrique Schimith e Vila São Francisco; no Duarte da Silveira, ruas Dias de Oliveira, João Xavier e Mário Gelli; no Moinho Preto, Ruas Salvador da Costa Alves, Engenheiro José Lima Filho e Moinho Preto; no Mosela, Ruas Teófilo José da Silva, Pedras Brancas, João Martins de Barros, Mathias Hillen e Rua Mosela entre os números 554 e 1724; na Posse, ruas Nossa Senhora de Fátima, Boa Vista e Manoel Fernandes; e Juruá, na área rural.

DER-RJ avança nos projetos de reconstrução das estradas Equipes técnicas formadas por engenheiros, topógrafos e especialistas já estão definindo os projetos para cada local danificado, por meio de um levantamento profundo, afim de guiar o início das obras de recuperação A logística adotada pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ), de desobstruir e liberar as estradas atingidas pela das chuvas possibilitou, no primeiro momento, a chegada das equipes de resgate e trafegabilidade na Região Serrana. Em seguida, o departamento adiantou os serviços de limpeza de pista, acostamento e retirada de barreiras nessas rodovias, para assim visualizar o verdadeiro quadro em cada ponto e definir as prioridades nas obras de restauração, pavimentação e contenção de encostas. As equipes técnicas do DER-RJ, formadas por engenheiros, topógrafos e especialistas, já estão definindo os projetos de cada lugar danificado, por meio de um levantamento profundo, a fim de guiar o início das obras de recuperação. A RJ-134, que liga Petrópolis a Teresópolis, está com acessos liberados no trecho de São José do Vale do Rio Preto até a BR-116, com três pontos

em meia-pista na altura de Poço Fundo. O destaque fica por conta da rápida recomposição da cabeceira da ponte dessa rodovia, deteriorada pela elevação do nível do rio Preto. Com isso, o município de São José do Vale do Rio Preto, que sofria nos últimos dias com o congestionamento no desvio alternativo instalado no local, volta a ter trânsito normal, inclusive para veículos pesados. A RJ-130, rodovia que interliga os municípios de Teresópolis e Nova Friburgo, continua com tráfego normal, além das limpezas de pistas concluídas. No trecho, existem três pontos em meia-pista: km 62 (Freeway), km 57,5 (Alto do Vieira) e km 39 (Campo do Coelho). A equipe técnica do DER-RJ já trabalha na finalização do projeto que dará inicio as obras nessa via. A RJ-142, que liga Casimiro de Abreu a Muri, distrito de Nova Friburgo, passando ainda por Lumiar, está com o tráfego liberado ao longo de toda sua extensão, com dois pontos em meia-pista: no km 2 (próximo a Muri) e no km 10 (próximo a Lumiar). O DER avançou bastante na limpeza completa dessa via e o projeto de obras será definido nos próximos dias.

Prefeitura abre linha de crédito para empreendedores atingidos Por determinação do prefeito Paulo Mustrangi, o governo municipal, por intermédio da Secretaria de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setrac), abriu uma linha de crédito para os microempreendedores. O limite de empréstimo será de até R$ 5 mil, com 90 dias (três meses) de carência, 24 meses para pagar e taxa zero de juros. O objetivo é incentivar os pequenos negócios afetados a

se restabelecerem, já que muitas pessoas terão dificuldades de acesso às linhas de crédito formais. O sistema de garantia será feito por meio de aval tradicional ou aval solidário. A entrega do primeiro lote de empréstimos está planejada para a primeira quinzena de fevereiro. “Estamos com diversas frentes para minorar as perdas da população que foi afetada pelas chuvas do

último dia 12. Esse crédito visa atender, principalmente, aquela pessoa que tinha um salão de cabeleireiro, uma mercearia, uma oficina, entre tantos outros negócios e perderam parte do seu material com a enxurrada. A obrigação do poder público é prover condições mínimas para que os moradores possam voltar a sua normalidade, abalada por essa forte chuva que atingiu muitos

empreendimentos”, destacou Mustrangi. Os agentes de crédito estarão sediados no Centro de Cidadania, que fica localizado na Estrada União e Industria, 11.860. Outras informações também podem ser obtidas também pelos telefones 22462154 ou 2246-2138. Os interessados também podem procurar a sede do Crédito Cidadão, que fica na Rua da Imperatriz, 264.

Governo reafirma que vai ajudar empresas que sofreram prejuízos Fotos: Alan Alonso

Edson Cunha

No que depender da prefeitura, Petrópolis não irá perder nenhuma empresa que sofreu prejuízos devido à tromba d’água que desabou sobre a região de Itaipava no último dia 12. Integrantes do governo municipal, do Banco do Brasil e da InvestRio (agência de Desenvolvimento do Estado do Rio de Janeiro), terão uma reunião hoje, para tratar do assunto. Durante a semana, diretores da Agristar e da Topmac anunciaram que deixariam Itaipava rumo a outros estados devido aos prejuízos sofridos com a chuva do último dia 12. Ambas já haviam registrado perdas em 2008, durante outra grande enchente na região de Itaipava. Em entrevista ao Diário, o secretário de Ciência e Tecnologia, Desenvolvimento Econômico e Agricultura, Nelson Sabrá, reafirmou que a prefeitura está se empenhando em ajudar as empresas atingidas pela chuva. “Vamos procurar dar isenção de impostos e outros benefícios aos empresários”, garantiu. Está programado para a manhã de hoje, provavelmente no Arcádia Mall, uma reunião com secretários da prefeitura, do Banco do Brasil e da InvestRio (órgão ligado ao governo do estado). “Todas as empresas atingidas foram visitadas

A sede da Topmac: a empresa perdeu praticamente tudo com as chuvas, então deverá sair de Petrópolis

por uma equipe da prefeitura. Acredito que todos os empresários estarão neste encontro”, disse Sabrá. De acordo com dados da prefeitura, 43 estabelecimentos comerciais, 19 de serviços, oito indústrias e quatro hotéis foram atingidos pela tromba d’água, envolvendo 962 emprega-

dos. Segundo Nelson Sabrá o prejuízo na região chegou a R$ 22 milhões. Saída – Durante esta semana, duas empresas com sede na Estrada Philuvio Cerqueira Rodrigues, anunciaram a saída de suas unidades para São Paulo: a Agristar e a Topmac. As duas perderam praticamente tudo.

O diretor da Topmac, Poul Hornemann anunciou que sua produção só será reiniciada em abril e que seu prejuízo chega fácil a meio milhão de reais. A unidade possui atualmente 20 funcionários, porém muitos perderam suas casas na enchente e foram liberados para cuidarem de problemas pessoais.

Mais de 100 toneladas de alimentos chegam por dia ao galpão da prefeitura Roberta Müller

Cerca de 100 toneladas de donativos chegam, todos os dias, ao novo galpão alugado pela prefeitura, em Bonsucesso, Itaipava. No imóvel, que tem cinco prédios, as doações passam por uma triagem e são armazenados por: material de limpeza, de higiene pessoal, água e alimentos. De acordo com o prefeito Paulo Mustrangi, a maior parte dos donativos que estão nos Cieps de Cascatinha e Corrêas deve ser transferida até este domingo. Ele afirmou ainda que os colégios estarão desocupados até o início das aulas, dia 7 de fevereiro. O galpão está recebendo donativos desde o último dia 23 e cerca de 70 pessoas, entre voluntários, servidores do município e exército trabalham no local. O coordenador do galpão, René Fernando Heinen, explicou que, em média, por dia, eles estão recebendo uma carreta com 32 toneladas de mantimentos, mais três caminhões lotados com doações, além de alguns carros. Eles também estão utilizando três empilhadeiras para auxiliar no trabalho de armazenamento. Ainda não é possível descarregar caminhões que chegam com os mantimentos no local, eles precisam deixar as doações nos Cieps. Por enquanto, apenas a prefeitura faz

O novo galpão alugado pela prefeitura fica em Bonsucesso, e centraliza a triagem dos donativos

o trabalho de transferência. Já para as roupas e colchonetes ainda não há um local apropriado para o armazenamento. No galpão de Bonsucesso, por causa da quantidade de doações de alimentos e água, não sobrará espaço. Um prédio na Mosela já estaria sendo estudado para guardar este tipo de material. “Muito do que foi doado não está em condições de ser entregue às famílias. Precisamos contar com o apoio das instituições, principalmente,

as religiosas, que já estão acostumadas com isso, para nos ajudar nesse processo de distribuição. Elas já têm uma logística”, disse o prefeito, completando que o município já está abastecido o suficiente de roupas. Ao contrário das diversas reclamações que vêm sendo feitas por voluntários, Mustrangi frisou também que as doações vêm sendo entregues às famílias que foram afetadas pelas chuvas e aos abrigos e não recebeu nenhu-

ma reclamação das vítimas. “Equipes da prefeitura estão percorrendo casa por casa e verificando o que as famílias precisam para, então, um caminhão entregar as doações. Em um momento como esse aparece uma série de coisas, que temos que controlar”, completou. Quem ainda pretende colaborar com as vítimas das chuvas deve doar apenas material de limpeza e higiene, colchonetes e, principalmente, roupa de cama e banho.


6

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Agenda Cultural INSTITUTO OMAR CARDOSO

HORÓSCOPO Áries - (21/03 a 20/04) Positivo fluxo astral, mas desde que tenha nascido no primeiro ou segundo decanato, para assinar contratos ou documentos importantes. A condição física e mental está em ascensão, juntamente com o setor profissional.

Touro - (21/04 a 20/05)

Algumas contrariedades em seu lar estarão previstas para o período da manhã. Por outro lado, o fluxo é favorável para jogos na loteria. Bom fluxo para negócios. No amor, o seu interesse por uma aventura e pelo risco, pode estar evidente.

Gêmeos - (21/05 a 20/06)

Muitas oposições deverão surgir, logo às primeiras horas do dia. Mantenha a calma, pois conseguirá superar todas, com facilidade. Lucros inesperados, através de jogos, sorteios e da loteria. A posição do planeta Júpiter, pode oferecer melhores chances em seus relacionamentos amorosos.

Câncer - (21/06 a 22/07)

Dia em que receberá benefícios inesperados, conseguirá atrair a simpatia dos outros e será muito feliz, em sua vida familiar, amorosa e bem sucedido, profissional e financeiramente. Viagem e contatos pessoais propícios.

Leão - (23/07 a 22/08)

Os fluxos poderão ajudálo, surpreendentemente, no período da manhã. Tudo se resolverá da melhor forma possível e com perspectivas das melhores. Lucros e vantagens à tarde e a noite. Dia neutro para o amor.

Virgem - (23/08 a 22/09)

Dia em que exigirá o máximo de sua inteligência para que possa conseguir realizar seus anseio e desejos. O fluxo astral é dos melhores para a sua saúde, para tratar com religiosos e para solicitar favores.

Libra - (23/09 a 22/10)

Há indícios de êxito nas questões que demandem sigilo, loteria, jogos, esportes e casamento. Dia excelente para resolver um problema financeiro. Deixe para trás os pensamentos obscuros e substitua-os por ações mais independentes e seguras.

 Escorpião - (23/10 a 21/11) Grandes possibilidades de sucesso estão ao seu redor. Procure ser mais amigo e cortês, a fim de ganhar dinheiro e conquistar simpatias. Possibilidades de ganho na loteria ou ter sua situação mudada para melhor a qualquer momento.

Sagitário - (22/11 a 21/12)

Agir com prudência e decisão, será a norma principal e válida para este dia. Quaisquer dificuldades que possam surgir, serão facilmente contornadas. Conte com os familiares. Faça poupança ou evite os gastos.

 Capricórnio - (22/12 a 20/01) Dedicar-se a rotina é o melhor que pode fazer neste dia. Pense nos problemas como quem tenta solucionar um quebra-cabeças e encontrará a solução adequada. Terá uma idéia feliz a respeito dos seus próprios assuntos. Adote uma atitude mental positiva e otimista e tudo saíra financeiramente melhor.

Aquário - (21/01 a 19/02)

Pense no seu êxito e não dê importância a boatos e impressões negativas. Você atravessa um bom período material do ano. Poderá progredir muito através do próprio esforço. O momento é ideal para você arriscar-se em novos projetos ou até mesmo, arriscarse em um novo relacionamento afetivo.

 Peixes - (20/02 a 20/03) Pessoas conhecidas, estão dispostas a colaborar com seus projetos. Receberá informações úteis e promissoras. Dia feliz para a vida amorosa. A posição da lua, indica um dia prático para tudo o que deseje realizar.

Aposentado Pensionista

INSS

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO TAXAS SUPER ESPECIAIS!

SEM SAIR DE CASA, SEM BUROCRACIA

NÃO TEM CONSULTA SPC E SERASA

Ligue já!

(11) 3504-8484 Crédito somente para aposentados e pensionistas do INSS. Com juros de 2,34% ao mês em até 60meses. Crédito sujeito a margem disponível.

marciosalerno@diariodepetropolis.com.br

Especial

tativa de encontrar uma saída para salvar o parque.

Evento beneficente reúne vários artistas no palco do Dom Pedro hoje à noite Hoje, às 21h, o Theatro D. Pedro receberá o evento solidário às vítimas das enchentes da Serra, que reunirá num mesmo palco Rita Ribeiro, Cesar Nascimento e Tribo de Gonzaga. O evento, com ingresso a R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia) terá sua renda totalmente reversível às vítimas da tragédia que assolaram a Região Serrana, recentemente. Rita Ribeiro já contabiliza uma carreira de muitos anos, iniciada em 1996, no Maranhão, onde nasceu. Depois de 1997, quando seguiu para São Paulo, Rita gravou inúmeros CDs e ganhou credibilidade nacional, pela sua forte interpretação e incontestável musicalidade e presença de palco. Mas foi o trabalho Tecnomacumba que, sem dúvida, projetou Rita Ribeiro ao seu reconhecimento mais amplo na carreira musical. O show nasceu em apre-

A REDE SOCIAL – Censura 14 anos – com Jessie Eisemberg - Horários: 15h e 19h20 todos os dias, exceto segundafeira Em uma noite de outono, em 2003, graduado em Harvard e gênio em programação de computadores, Mark Zuckerberg se senta em seu computador e acaloradamente começa a trabalhar em uma nova idéia. No furor dos blogs e programação, o que começa em seu quarto logo se torna uma rede social global e uma revolução na comunicação. Em apenas seis anos e 500 milhões de amigos mais tarde, Mark Zuckerberg é o mais jovem bilionário da história... Mas para este empresário, o sucesso traz complicações pessoais e legais.

Um show para quem gosta de música brasileira com temperos

sentações em uma casa na zona sul carioca, virou um fenômeno independente da mídia. Rita Ribeiro fez diversas temporadas de grande sucesso e levou o espetáculo para as maiores casas de show do país. Em 2005 ganhou, por esse projeto, o Prêmio Rival Petrobras de Música na categoria Melhor Show. Dividindo o palco e so-

mando forças ao evento beneficente, o maranhense e conterrâneo de Rita Ribeiro, Cesar Nascimento, músico com oito CDs gravados, cujo DVD está para ser lançado ainda esse ano, em fase de finalização. Também a banda petropolitana Tribo de Gonzaga, cujo primeiro CD gravado já alcançou marca superior a três mil cópias.

Música

DJs fazem a festa na Tamboatá e ajudam Itaipava a voltar a seus dias de glória Hoje, a partir de 22h, a Tamboatá, casa de shows e pizzaria de Itaipava, apresenta o DJs Vitor Ventura, Vinícius Magalhães e Flávio Domingues numa festa diferente de tudo o que Petrópolis já viveu, a Silence Club. Neste dia, excepcionalmente, a capacidade de casa vai ser de 300 privilegiados que, ao entrar, recebem, cada um deles, um headphone sem fio. Cada headphone possui três canais de frequência e em cada uma delas um dos DJs se apresenta. As performances de Vitor Ventura, Vinicius Magalhães e Viola será simultânea e o ouvinte pode escolher o que mais o agradar e trocar de DJ quantas vezes desejar durante a noite. Uma aventura nessa nova sensação inédita no mercado fonológico em Petrópolis. Importada da Índia, a festa silenciosa é um fenômeno ainda recente em todo o mundo, mas ganha espaço a cada dia devido à grande repercussão nos jornais e TVs. Sem o fone no ouvido a sensação pode ser bastan-

SALA 2 CINE ITAIPAVA Est. União & Indústria, 11.000 - Itaipava

DE PERNAS PRO AR – Censura 14 anos – Horários: 17h20, todos os dias, exceto segunda-feira – Sessão extra sábado e domingo, 21h40 Alice, 40 anos, é uma típica mulher dos tempos atuais. Casada, um filho pequeno, trabalha como assessora de uma grande empresa. Seu ritmo alucinante de trabalho rouba quase todo o seu tempo e praticamente toda a sua libido. O resultado não podia ser outro: seu marido pede a separação. Ela decide mudar e o destino lhe oferece uma oportunidade única: trocar seu trabalho por outro bem mais atraente: ser vendedora de uma sex shop. Num mundo novo e erótico, ela se transforma e situações hilárias acontecem. Ingressos: terças e quartas ingresso promocional a R$ 6 para todos (exceto feriados). Preço de ingressos as quintas e sextas - inteira R$ 14 e meia R$ 7. Preço de ingressos aos sábados e domingos inteira R$ 16 e meia R$ 8. CINE BAUHAUS R. Dr. Nelson de Sá Earp, 89 - Shopping Center Bauhaus - Centro SALA 1 MEGAMENTE – Censura livre – Horários: 14h15 e 16h15 Megamente é um vilão magro, usa roupas nas cores azul e preta e sua cabeça é careca e grande, devido ao cérebro privilegiado. Ele deseja conquistar a cidade de Metro City e faz diversas tentativas, muitas delas são frustradas. O vilão precisa ter oponentes para que sua vida tenha sentido e, após a morte de MetroMan (Brad Pitt), Megamente cria Titan, um herói para ter com quem rivalizar.

O DJ Vitor Ventura é uma das atrações hoje à noite

te estranha, mas a produção afirma que com os headphones a balada de sexta-feira será diferente de tudo que já se viu. Os organizadores dizem que funciona tanto para pequenas reuniões dentro de casa como em grandes festas ao ar livre, com direito a um, dois ou três DJs, o que será o caso do Tamboatá. Silenciosa ou não, festa é festa e como se verifica normalmente alguns vão ficar

sentados curtindo a música, outros vão se acabar de dançar e com certeza também terão os que vão paquerar e muito nessa noite. Os DJs Vinicius Magalhães, Vitor Ventura e Flávio Domingues estarão agitando a festa. A censura é 18 anos e a lotação da casa para este evento é de apenas 300 pessoas. O Tamboatá fica na Estrada União & Indústria, 12.360, Itaipava. Maiores informações no site www.tamboata.com.br.

Acontece hoje • Grupo Puro Pecado e DJ Eric Abend hoje na Boata Savcana, Shopping Bauhaus, a partir de 23h. • Leonardo de Freitas & Fabiano, Cíntia Campos e DJ Alex Fernandes no DC10, Av. Alberto Lavinas, 523, Três Rios, a partir de 23h • O restaurante Recreio do Bacalhau apresenta, entre 19h e 22h, um show de voz e violão, destacando músicos de Petrópolis. O endereço é Rua 13 de Maio, 243. • O Yayunne Bistrô & Chopperia apresenta música ao vivo, com artistas da cidade, a partir de 20h. No Shopping Vila Katharina, próximo à Travessa Vereador Prudente Aguiar, Centro da cidade. • O Pub 113 apresenta o melhor dos anos 70, 80 e 90, a partir de 22h. Rua Bernardo Proença, 113, Cascatinha. • O Liberty Garden oferece sua “Reggae Nights” que, como o próprio nome indica, tem muito “reggae” para quem é fã deste ritmo, com o banda Folha Seca, a partir de 19h. Mulheres pagam R$ 3, homens, R$ 5. Na Praça da Liberdade, próximo ao prédio da UCP do Relógio das Flores.

ENTRANDO NUMA FRIA MAIOR AINDA COM A FAMÍLIA – Censura 12 anos – com Robert de Niro – Horários: 18h15 e 20h30 Greg e sua esposa irão adicionar à família os irmãos Henry e Ashley Focker, gêmeos de cinco anos do casal. O garoto será gentil e bastante sensível, enquanto a garota será travessa e se interessará por atividades mais masculinas, como carros. Jessica Alba será uma sexy e manipuladora representante da indústria farmaceutica que sofre assédio de todo o elenco masculino. Laura Dern vai viver a diretora da escola primária em que os gêmeos Focker vão estudar. SALA 2 A REDE SOCIAL – censura 14 anos – com Jessie Eisemberg – Horários: 14h e 18h30 INCONTROLÁVEL – censura 10 anos – com Denzel Washington – Horários: 16h30 e 21h Uma composição carregada de produtos altamente tóxicos está desgovernada e o perigo é iminente. Um maquinista e um engenheiro experiente precisam evitar que uma pequena cidade em seu caminho seja destruída. A única saída é botar em prática uma operação muito arriscada, mas o tempo corre contra eles e o plano tem tudo para sair dos trilhos. Inspirado em fatos reais. Preços: Segunda é dia de cinema. Ingressos a R$ 3 em todas as sessões. Terça a quinta (exceto feriados): Sessões iniciadas até 15h59min Inteira: R$ 10 (meia: R$ 5). Após 16h inteira: R$ 12 (meia: R$ 6). Sexta a domingo e feriados: Sessões iniciadas até 15h59min inteira: R$ 12 (meia R$ 6) Após 16h inteira: R$ 14 (meia R$ 7). Lembrando que estamos com uma promoção de terça a domingo: todas as pessoas pagam meia entrada. TOP CINE HIPERSHOPPING ABC Rua Teresa, 1415 / 2º piso Alto da Serra – Petrópolis Cine Fone: (24) 2249-9900 www.cinemaxx.com.br SALA 1 ZÉ COLMEIA – Censura livre – Horários: 14h30, 16h30, 18h30 e 20h30 O parque Jellystone, casa de Zé Colmeia e Catatau, está cada vez mais perdendo visitantes. Devido a isto, o prefeito Brown pretende fechá-lo e vender suas terras. Ao saber disto, Zé Colmeia e Catatau unem forças com o guarda Smith na ten-

ENROLADOS – Censura livre – Com Zachary Levy - Horários: 15h, 17h e 19h Flynn Ryder é o bandido mais procurado e sedutor do reino. Um dia, em plena fuga, ele se esconde em uma torre. Lá conhece Rapunzel, uma jovem prestes a completar 18 anos que tem um enorme cabelo dourado, de 21 metros de comprimento. Rapunzel deseja deixar seu confinamento na torre para ver as luzes que sempre surgem no dia de seu aniversário. Para tanto, faz um acordo com Flynn. Ele a ajuda a fugir e ela lhe devolve a valiosa tiara que tinha roubado. Só que a mamãe Gothel, que manteve Rapunzel na torre durante toda a sua vida, não quer que ela deixe o local de jeito nenhum. DE PERNAS PRO AR – Censura 14 anos – com Ingrid Guimarães – Horários: 21h Alice já passou dos 30, é casada com João, tem um filho e é uma executiva bem sucedida. Na verdade, ela é uma típica workaholic, que tenta se equilibrar entre a rotina de trabalho e a família, mas perde o emprego e o marido no mesmo dia. É quando ela passa a contar com a ajuda da vizinha Marcela para mostrar que é possível ser uma profissional de sucesso sem deixar os prazeres da vida de lado. Para isso, Alice vira sócia da nova amiga em um sex shop falido, enquanto Marcela ajuda ela a descobrir os prazeres dos sex toys. TOP CINE HIPERSHOPPING MERCADO ESTAÇÃO Rua Paulo Barbosa, 310 / 1º piso Centro - Petrópolis Cine Fone: (24) 2249-9900 www.cinemaxx.com.br SALA 1 O TURISTA – Censura 14 anos – com Paul Bettany – Horários: 15h30, 18h e 20h30 Os passos de Elise Clifton-Ward são acompanhados de perto pela equipe chefiada pelo inspetor John Acheson. O motivo é que ela viveu por um ano com Alexander Pearce, procurado pela polícia devido a sonegação de impostos em torno de 700 milhões de libras. Ninguém sabe como é o rosto de Pearce, nem mesmo Elise, já que ele passou por várias operações plásticas para escapar de seus perseguidores. Ele enfim entra em contato com Elise ao lhe enviar um bilhete, onde pede que vá encontrá-lo em Veneza e, no caminho, procure alguém com tipo físico parecido com o seu, para enganar a polícia. Elise segue as ordens à risca e, no trem a caminho da cidade italiana, se aproxima do professor de matemática Frank Tupelo, que viaja sozinho. SALA 2 AS VIAGENS DE GULLIVER – Censura livre – com Jack Black – Horários: 14h50, 16h50 e 18h50 Lemuel Gulliver trabalha como entregador de correspondência de um jornal de Nova York, mas seu sonho é fazer algo maior. Para isso, resolveu tirar uma onda de jornalista e acabou recebendo da editora (Amanda Peet) por quem é apaixonado, a chance de fazer uma matéria sobre o Triângulo das Bermudas. Disposto a cumprir a tarefa, Gulliver embarca na aventura em alto mar e acaba indo parar numa terra desconhecida. Liliput é um mundo fantástico onde todos são pequeninos e Gulliver, enfim, descobre que pode ser alguém grande não só no tamanho e começa a inventar um monte de histórias. INCONTROLÁVEL – Censura 10 anos – com Denzel Washington – Horários: 20h50 SALA 3 BRASIL ANIMADO – Censura livre – Horários: 15h10 Stress é um empresário que sempre pensa em novas formas de enriquecer. Relax é um diretor de cinema, que sempre tenta convencer Stress a investir em seus projetos. Um dia Relax propõe que eles encontrem o grande jequitibá rosa, a árvore mais antiga do Brasil. Stress gosta da ideia, pois logo vê a possibilidade de ganhar dinheiro vendendo ingressos para visitá-la. Só que a dupla não tem a menor ideia de onde ela esteja. Desta forma, partem em viagem pelo Brasil dispostos a encontrá-la. DESENROLA – Censura 12 anos – com Olívia Torres – Horários: 17h, 19h e 21h Priscila tem 16 anos e se acha uma garota normal demais, principalmente, quando repara em suas amigas. Quando sua mãe viaja a trabalho e ela fica sozinha em casa, decide que vai dar um jeito na sua caretice e vai fundo nessa ideia. Entre as muitas mudanças que pretende promover na sua vida, a virgindade parece ser uma das prioridades, mas será que a hora certa é agora? Embora esteja decidida em investir no mais galinha da turma para viver sua primeira experiência sexual, um trabalho em grupo na escola e uma viagem com amigos, podem mudar para sempre as suas expectativas porque ela descobre que nem tudo é exatamente como dizem e a verdade pode ser bem diferente da realidade.

Filmes na TV SUPERMAN – O RETORNO – SBT – 17H30 – COM BRANDON ROUTH Após cinco anos ausente, Superman retorna A Metrópolis e se depara com um novo cenário: apesar do aumento da violência, as pessoas se acostumaram a viver sem ele; o seu grande amor, Lois Lane, agora tem um filho, um noivo e uma carreira jornalística; e Lex Luthor, solto, usa seus poderes para conquistar escrupulosamente o mundo! BLADE TRINITY – SBT – 23H – COM WESLEY SNIPES Cansados das constantes derrotas para Blade, um grupo de vampiros arma um audacioso plano para difamá-lo e depois matá-lo. Sem muitas opções, Blade se une aos “caçadores noturnos”, grupo de humanos que caçam e matam vampiros.


SEXTA-FEIRA, 28 DE JANEIRO DE 2011

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

Cidade Aberta Paulo Roberto

cidadeabertadp@gmail.com

7

Juros em Alta I Os reflexos do fantasma inflacionário fizeram o Banco Central tomar as medidas clássicas: aumento de taxa de juros. Para conter o consumo, os bancos e financeiras aumentam descabidamente seus juros. A inadimplência, que foi a menor em 8 anos, medida pelo Serasa, certamente vai voltar. Com juros na estratosfera, só os banqueiros, com inadimplência e tudo mais, é que lucram.

Juros em Alta II As receitas clássicas do aumento de juros para conter a inflação são tomadas nas economias com horizontes de curto prazo. Aqui viram eternidade, contamina a produção, o emprego e o desenvolvimento. Saber

a dosagem certa é a saída. E incluir gastos públicos desnecessários, adiar construções de prédios do Estado com custos caríssimos na Capital Federal e não desperdiçar recursos são prioridades.

Economia Amigos da Serra

Com nossos dois deputados estaduais, Bernardo Rossi e Marcus Vinícius (Neskau), a cidade ganha suporte e prestígio político na Assembleia Legislativa. É hora inclusive de rever a posição de Petrópolis em relação aos benefícios ou não de estar incluída na região metropolitana. E que falta a cidade não ter um deputado federal no caso do DDD, que é problemático.

O movimento “Amigos da Serra” está vendendo camisetas a R$ 10 para ajudar na compra de mantimentos, agasalhos, materiais higiênicos e de limpeza para os desabrigados das enchentes. Todo o dinheiro angariado será doado a esta causa. Os interessados devem entrar em contato pelo email: contato.amigosdaserra@gmail.com

Verbas As notas referentes às verbas dos Ministérios que têm sido publicadas na coluna Cidade Aberta são resultado de uma pesquisa realizada pela equipe do Diário de Petrópolis. Po-

rém, as informações são abertas a qualquer pessoa pela internet, basta acessar www.portaltransparencia. gov.br e procurar as liberações por município/estado.

Elogios O presidente da Câmara Municipal, Paulo Igor Carelli, elogiou os serviços do prefeito Paulo Mustrangi e sua equipe quanto ao trabalho de atendimento às vítimas da tragédia das enchentes. Elogiou também toda a articulação realizada junto aos governos estadual e federal na busca de auxílio. Paulo Igor e Mustrangi estiveram reunidos na última quarta-feira (26), na subprefeitura de Itaipava.

CONCER

Parabéns! Parabéns para Alexandra de Freitas, que aniversariou ontem (27). Alexandra é assessora do presidente da Câmara, Paulo Igor Carelli. A coluna lhe deseja muitas felicidades!

Dislexia e TDAH Hoje, das 18h às 22h e amanhã das 9h às 18h, estará acontecendo o curso sobre “Dislexia e TDAH”, ministrado pela fonoaudióloga e psicopedagoga Renata Jardini. No auditório do Polo de Moda de Petrópolis, na Rua Aureliano Coutinho, esquina com Rua 24 de Maio. Renata criou o Método de Alfabetização Multissensorial Fono-visuo-articulatório (Método das Boquinhas), sendo mestre e doutora no assunto pela UNICAMP; pesquisadora do Centro de Deformidades Crânio-Buco-Faciais (CEDEFACE) de Araraquara/ SP; e autora de vários livros. Inscrições: 2242-8642.

Praça no Bingen Como a coluna informou, o terreno no Bingen que os moradores do bairro estavam pedindo para se tornar uma praça estava com uma placa com telefone particular. Depois da nota, a placa foi retirada e tem funcionários da COMDEP uniformizados limpando o local. Os moradores pedem uma explicação.

TRANQÜILIDADE PARA A SUA EMPRESA

Contabilidade de última geração, sistema avançado de informática Escrita Fiscal – Rotinas Trabalhistas e Folha de Pagamento Sistemática Departamento Jurídico – Direito Cível – Direito Trabalhista Projetos Econômicos – Análise de viabilidade e capacidade de sua empresa – Administração de Bens e Serviços – Corretagem e Administração de Imóveis – Equipe com treinamento especializado Direção Técnica: Márcio Tesch Economista – Corecon 10582 Advogado – OAB/RJ 59.566 Tec. Contab. – CRC/RJ 25.384-0

Rua do Imperador, 772 – Gr 105/106 – Centro Petrópolis – RJ. Tel/Fax: (024) 2231-6212 / 2231-3322

Leia e assine o Diário de Petrópolis

E a CONCER continua a fazer o que quer. Faz obras de manutenção em

feriados e férias. Agora é na Baixada. Adora a época de chuvas. Dá para entender?

Nota mil A coluna não pode deixar de elogiar o atendimento nota mil do funcionário do INSS Carlos Alberto de Melo Neto. Simpático, competente e comprometido, o servidor oferece um serviço diferenciado há muito não encontrado.

Vestibular Parabéns para Vinícius da Silva Coelho, que passou em 2º lugar no vesti-

bular para Biomedicina na UCP. A coluna lhe deseja sucesso!

Itaipava Itaipava continua funcionando a mil por hora. O Coiote Bar reformulou toda a programação e hoje apresenta a banda “Banda RockLand”, que vai animar a noite com o Pop Rock; no Tamboatá, também hoje, acontece a “Silence Club”, festa do silêncio, onde os participantes receberão headphones e podem escolher o DJ que desejarem ouvir; e o Nucrepe está oferecendo os “Sambas de Quinta”, a 10 reais a entrada, a partir das 20h.


8

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

geral

Listagem da pré-matrícula é disponibilizada hoje A listagem da pré-matrícula 2011 da rede municipal de educação será disponibilizada a partir de hoje (28). Foram feitas cerca de 2 mil novas solicitações de vagas e/ou pedidos de transferência através do sistema. A consulta à listagem que aponta a escola onde os alunos deverão ser matriculados estará disponível através da internet, por telefone ou no setor de matrícula no Centro de Capacitação em Educação Frei Memória. Para atender os casos em que as escolas solicitadas para a matrícula possuem número menor de vagas do que a demanda, a Secretaria de Educação promoverá na próxima semana um sorteio público sob a orientação do Ministério Público. Na internet, a listagem estará disponível no site da Prefeitura de Petrópolis, no endereço www.petropolis. rj.gov.br. Os pais e/ou responsáveis também poderão fazer a consulta pelo telefone 2246-8683 informando o nome do aluno ou ainda pessoalmente no setor de matrícula que fica no Centro de Capacitação, na Rua Moreira da Fonseca, 33, Centro (prédio ao lado da Câmara

Arquivo

recer à unidade para efetuar a matrícula a partir do dia 1º de fevereiro munido dos se-

guintes documentos: 2 fotos 3X4 do aluno; cópia da certidão de nascimento; cópia do

Sorteio de vagas Algumas escolas da rede municipal receberam um número maior de pedidos de vagas para o 6º ano do Ensino Fundamental além do que tinham disponíveis. Num processo democrático, e para que nenhum aluno fique fora da escola, a Secretaria de Educação promoverá o sorteio das vagas destas unidades dia 3 de fevereiro, às 11h30, no Theatro Dom Pedro (Praça dos Expedicionários, s/n, Centro), informou a subsecretária de Educação, Claudia Quintanilha. “Esta é uma orientação do Ministério Público para que o processo de oferecimento de vagas seja o mais transparente possível”, explicou. A Secretaria de Educação orienta o responsável pelo aluno que não foi alocado em nenhuma unidade da rede que compareça ao Theatro no dia e horário marcados para o sorteio levando comprovante de residência em seu nome e a certidão de nascimento do aluno. O sorteio só poderá ser acompanhado por um responsável.

Jaqueline Gomes

e ainda estamos sofrendo com a falta de energia”, reclamou. De acordo com Alexandre, o problema pode ser resolvido com a troca do transformador que atende a região. “O transformador é antigo e de apenas 150KVA, portanto não aguenta a demanda destes dias em que quase todas as lojas utilizam ar-condicionado e acaba desarmando. O ideal seria colocar um com 300KVA, acho que isso resolveria o problema. Já entrei em contato com a Ampla por todos os meios possíveis, mas eles só me dão o número de protocolo e fica por isso mesmo”, relatou o empresário. Alexandre reclamou ainda que, quando volta a energia, normalmente ela vem com uma carga acima ou abaixo do normal. “Com isso, já ocasionou a queima de aparelhos. E quem paga

esta conta?”, lamentou. A assessoria de imprensa da Ampla, empresa que administra o fornecimento de energia elétrica em Petrópolis, informou que trocaria, na noite de ontem (27/1), o transformador que atende a Rua do Imperador, nas proximidades do nº 600. A distribuidora esclareceu que o equipamento entrou em sobrecarga devido ao aumento do número de aparelhos elétricos utilizados por algum cliente que não solicitou à concessionária o aumento de carga. “AAmpla ressalta que todo cliente deve comunicar à distribuidora de energia o aumento de carga ao instalar em sua residência ou comércio novos equipamentos que funcionem com energia elétrica. A não comunicação à empresa pode causar sobrecarga no sistema, prejudicando outros clientes da empresa”, disse a assessoria.

Estudantes na saída da aula no Liceu Municipal: foram feitas cerca de duas mil novas solicitações de vagas e transferências em toda a rede

Municipal de Petrópolis), entre 9h e 17h (de segunda a sexta-feira). Após verifi-

car a escola onde foi feita a oferta da vaga para o aluno, o responsável deverá compa-

documento de identidade do responsável e comprovante de residência.

Para Nelson Sabrá, Petrópolis Transformador deixa lojas do está bem na Região Serrana Centro sem energia elétrica “Petrópolis não perMudança de nada por não constar De acordo com a na relação das cidades Anatel, a revisão do Reque estão dentro da área gulamento sobre Áreas da Região Metropolitana Locais para o Serviço do Rio de Janeiro”. Pelo Telefônico Fixo Comumenos isso é o que acretado (STFC), que benedita Nelson Sabrá, secreficiou 560 municípios, tário de Ciência e Tecnopermitirá a realização de logia, Desenvolvimento chamadas com custo de Econômico e Agricultura. local entre todos os muPara ele o município não nicípios de uma mesma pode perder a particuregião metropolitana ou laridade de pertencer à de região integrada de Região Serrana. desenvolvimento (Ride) “O berço do polo que contenham, necessagastronômico e de tecriamente, continuidade nologia está em nossa geográfica e o mesmo cidade. Imaginem tirar código nacional de área Campos do Jordão da (DDD). serra de São Paulo e co- Secretário de Desenvolvimento, Nelson Sabrá Os municípios que locá-la na região praiaserão beneficiados no na”, comparou. Rio de Janeiro são: entre outros municípios. Ele lembrou ainda que o Belford Roxo, Duque de CaIndagado sobre a exclusão estado do Rio de Janeiro possuía, da cidade do novo regulamento xias, Guapimirim, Itaboraí, na década de 70, a Fundrem da Agência Nacional de Tele- Itaguaí, Japeri, Magé, Ma(Fundação das Regiões Metropo- comunicações (Anatel), Nelson ricá, Mesquita, Nilópolis, litanas), e com o passar do tempo, Sabrá foi enfático: “Claro que a Niterói, Nova Iguaçu, Paraa tendência política acabou pro- população perde, mas temos as- cambi, Queimados, Rio de vocando a presença de Petrópolis suntos mais importantes para be- Janeiro, São Gonçalo, São na Região Serrana, ao lado de neficiar o povo e trazer recursos João de Meriti, Seropédica Nova Friburgo e Teresópolis, para o município”, finalizou. e Tanguá.

AVISOS E EDITAIS

EDITAL DE CONVOCAÇÃO - ASSEMBLÉIA GERAL Ficam convocados os associados da Associação dos Grupos Folclóricos Alemães de Petrópolis - AGFAP a reunirem-se em Assembléia Geral Ordinária no dia 8 de fevereiro de 2011, nas dependencias da Fundação de Cultura e Turismo de Petrópolis, às 19h em primeira convocação e de acordo com o Estatuto da AGFAP as 19;30h em segunda convocação com qualquer número de associados, para deliberarem sobre a seguinte ordem do dia: a) Eleição de Diretoria, b) Prestação de contas da Tesouraria, c) Assuntos gerais. Petrópolis, 28 de janeiro de 2011 Karin Pujol Bell (Presidente em exercício)

Há 30 anos o Diário publicava Em sua edição número 2.209, de 28 de janeiro de 1981, uma quartafeira, o DIÁRIO publicou os seguintes destaques: - Tumulto – Faltando apenas alguns dias para a eleição da nova diretoria do Sindicato dos Motoristas Autônomos de Petrópolis, ainda não havia saído a relação de quem poderia votar afixada na porta do mesmo. - Prazo – A delegacia da Receita Federal avisava aos contribuintes que o prazo para o recolhimento obrigatório do Imposto de Renda na fonte terminaria, impreterivelmente, no dia 31 de janeiro. - Desemprego – Uma estatística do Ministério do Trabalho mostrava que o número de desempregados em Petrópolis estava aumentando. A classe dos tecelões era uma das que mais sofria, com o fechamento de fábricas. - Rompimento – Dois rompimentos em rede de distribuição de água, um no Caxambu, outro na Vargem Grande, deixaram um bocado de gente sem água, pois o abastecimento foi interrompido em quase toda a cidade.

jaquelinegomes@diariodepetropolis.com.br

Como se não bastasse a queda no movimento de clientes, em função da catástrofe que atingiu a Região Serrana, o comércio do Centro de Petrópolis está sofrendo também com as constantes quedas de energia elétrica em pleno horário comercial. Segundo o empresário Alexandre Banker, da Foto Ótica King, durante toda esta semana houve interrupção no fornecimento. “Teve um dia que demorou 5h para restabelecer. Com isso, os laboratórios de fotos e de óculos, foto digital, área administrativa, câmeras de segurança, enfim, tudo ficou parado. É um grande transtorno, principalmente neste período de férias em que os turistas estão achando que Petrópolis acabou. O movimento já não está favorável

Dois acidentes sem mortes na tarde de ontem são registrados na BR-040

Dois acidentes foram registrados no início da tarde de ontem em trechos distintos da BR-040, no sentido Juiz de Fora. No primeiro deles, o aposentado Oldemir Souza, de 61 anos, perdeu o controle do Honda Civic prata que conduzia e chocou-se com uma pedra no lado esquerdo da via. “Tentei ultrapassar o caminhão na curva, e ele acabou esbarrando na traseira do meu carro. Acabei rodando na pista, bati com a traseira no meio-fio e com a frente na pedra”, explicou o aposentado que, apesar do susto, sofreu apenas alguns arranhões no braço. O carro, que ficou bastante avariado, possuía seguro, e um reboque já estava presente no local para realizar a remoção do veículo. Já na altura do Km 72, um homem perdeu o controle da motocicleta Yamaha XTZ que dirigia e acabou sofrendo uma queda. De acordo com equipes da Concer, concessionária que administra a rodovia, o motociclista, que estava usando capacete, sofreu algumas escoriações nas

Alan Alonso

O motorista perdeu o controle do Honda Civic prata, se chocando com uma pedra ao lado da rodovia

pernas e foi encaminhado ao Hospital Santa Teresa para receber atendimento. Ape-

sar desses dois incidentes, o trânsito fluiu normalmente ao longo desses trechos,

que ficaram sinalizados por cones enquanto os veículos não eram removidos.


MOSELA

Na paróquia de São Judas Tadeu a secretaria tem expediente de terça-feira a sexta-feira, de 16h30 às 18h30 e os eventos religiosos podem ser informados pelo telefone 2245 7344. O pároco é o padre Luiz Garcia Mello e o vigário paroquial é o padre Nerel Quirino Damasceno.

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

D

iário nos

B

airros Ailson Souza

diarionosbairros@diariodepetropolis.com.br

BNH cheio de melhoramentos Síndico relata a continuidade de serviços em condomínio no Alto da Serra. Tecnologia permite agilidade nos trabalhos administrativos Reparo de bombas d`água, troca de fiações elétricas, instalação de sensores, reforma do salão de festas, central de televisão e informatização do sistema de administração. As melhorias foram executadas no Condomínio do Parque Residencial Príncipe do Grão Pará – BNH do Alto da Serra – nos pouco mais de qua-

tro meses da atual gestão. O relatório foi feito em boletim do próprio condomínio e informado pelo síndico Roberto Paulo da Silva, reforçando a necessidade dos melhoramentos. Como informara anteriormente, ele lembra que agora os moradores não têm mais problemas em assistir à televisão, pois a instalação da central veio contribuir com

os proprietários e locatários. - A instalação dos sensores nos corredores dos blocos está contribuindo com a economia de 70% de energia gasta – afirma Paulo. – o Reparo nas bombas e a troca de fiação elétrica eram melhorias que teriam de ser feitas há muito tempo para que fossem evitados maiores transtornos que fa-

talmente viriam a acontecer. Ao finalizar, o síndico lembra que a informatização também era necessária para o melhor andamento do serviço de administração. Novos computadores foram instalados e agora os funcionários podem agilizar o trabalho com tempo menor na questão de atendimento aos moradores do BNH do Alto da Serra.

Morador da Manga Larga luta para preservar ambiente Ao lamentar que ainda exista um projeto para a construção de duzentas casas numa área verde da comunidade, a presidente Lílian Lobato, da Associação de Moradores e Amigos da Manga Larga – AMAM – em Itaipava, assegura que ele não sairá do papel. Ela lembrou do apoio jurídico e de ambientalistas que os proprietários locais estão tendo. - Só lamentamos que as autoridades municipais não saibam dizer não para os construtores – disse. – As tragédias acontecem justamente por causa de irregula-

ridades com o solo e o crime ambiental. Aqui na Manga Larga são os próprios moradores que lutam para que o pior não aconteça enquanto as autoridades dão aval positivo. Lílian lembrou ao finalizar que a iniciativa para a construção de duzentas casas foi do proprietário das terras. Afirmou que no local existe uma floresta de eucaliptos que, se porventura a obra fosse existir, fatalmente as árvores iriam abaixo. No final, classificou com “projetos loucos”, que vão ao encontro com o crime contra a Eucaliptos. AMAM luta para preservar espaço ambiental natureza.

9

ALCOÓLICOS ANÔNIMOS

Reuniões de hoje 19h: Grupo 27 de Maio, Rua Bingen, 261. 19h30: 28 de Janeiro, Rua Paulo Barbosa, 180, Centro; Amor e Atração, Av. Leopoldina, 596, Nogueira; Bingen, Rua Santa Rita de Cássia, 30, Castrioto; Castelânea, Praça Pasteur, 79; Petropolitano, Rua Santos Dumont, 100.

Associação segue campanha para continuidade do turismo O esclarecimento sobre Petrópolis ter segurança em seu centro histórico, Rua Teresa, entre tantos outros locais, continua sendo divulgado pela presidente Luciana Périco Machado Coura, da Associação de Moradores da Alcobacinha. Ela segue enviando e-mail para todos os contatos e solicitando o repasse acompanhando a campanha sobre a continuida-

de do turismo na cidade. No texto a líder comunitária esclarece que a tragédia que abalou a Região Serrana aconteceu em parte do distrito de Itaipava. Reforça que a área central da localidade não foi afetada mantendo até hoje o funcionamento de seu comércio e também do grande número de pousadas, inclusive, nos arredores da comunidade.

Grupo de AA do Centro comemora 41 anos hoje Completa quarenta e um anos hoje o Grupo 28 de Janeiro de Alcoólicos Anônimos e a entidade vai comemorar com uma reunião aberta ao público à noite. Os membros comunicam que as pessoas que comparecerem vão tomar conhecimento de como funciona o AA e o que ele tem para oferecer aos dependentes que pretendem se recuperar.

A reunião aberta e comemorativa será de 19h as 20 na sede do 28 de Janeiro, na Rua Paulo Barbosa, 180, salas 204 e 205, no Centro. Os membros lembram que o Grupo durante os seus quarenta e um anos de existência manteve o lema tradicional da entidade, salvando vidas de pessoas atormentadas pelo vício do álcool.

Campanha da Sobriedade entra na sexta etapa dia 31 Acontece na próxima segunda-feira a sexta etapa da campanha da Pastoral da Sobriedade, da Matriz de Nossa Senhora Aparecida, visando a recuperação de dependentes químicos. O tema Renascer será relatado por Jonathan Almeida e o encontro contará com a presença de visitantes de outras localidades de Petrópolis.

A Campanha da Sobriedade começou no dia 17 de dezembro quando os membros da Pastoral anunciaram que seriam realizados os “doze passos” sempre no interior da Matriz de Nossa Senhora Aparecida. O encerramento vai acontecer no dia 14 de março com o tema Festejar que terá uma confraternização de todos os que participaram.

geral

Comércio petropolitano apresenta alta de 5,93% no varejo em 2010

Aumenta o número de trabalhadores registrados A informação divulgada ontem (27) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) comprova que diminuiu o número de trabalhadores do setor privado que trabalhavam sem a carteira assinada em 2010. Em todo o Brasil, no ano passado, 12,7% dos trabalhadores da área estavam sem o documento, contra 12,1% em 2009. Já em 2003, o percentual era de 15,5%. Segundo o coordenador da Pesquisa Mensal do Emprego, Cimar Azeredo, o aumento no número de trabalhadores com carteira reflete um cenário econômico favorável, além do aumento da fiscalização. “No caso de trabalhadores com rendimento mais baixo, a carteira significa cidadania, no sentido de que esse trabalhador vai ter crédito. Ele vai passar a comprar, e, de alguma forma, movimentar a economia e contribuir para a melhora do cenário econômico”, disse. Petrópolis contabiliza aumento em período de férias Em Petrópolis, de acordo com o José Aníbal Ornelas,

presidente do Sindicato dos Comerciários, a realidade é um pouco diferente. Há mais de três anos o setor não sente diferença no aumento do número de trabalhadores com carteira assinada. A média fica em torno de 15 mil associados devidamente legalizados. O número só aumenta em períodos de grande movimento no comércio, como fim de ano, que chega a 16 mil funcionários registrados. “Não sei dizer porquê este número não aumenta, já que aumentaram os pontos de venda na cidade”, completou Aníbal. O Presidente do Sindicato afirma que, nos últimos anos, tem recebido muitas denúncias de trabalhadores contra empresas que não assinam a carteira. “São pelo menos duas por mês, contabilizando isto no final do ano são mais de 20 denúncias”, disse. Em todo o país o percentual de informalidade que teve maior redução foi o de construção civil, cujo índice de trabalhadores sem carteira caiu de 7,7% para 5,7% entre 2003 e 2010.

Os preços do varejo, em Petrópolis, apresentaram alta de 5,93% no ano de 2010, em Petrópolis. No mês de dezembro, os preços subiram 1,89%. No mesmo período de 2009, o índice apresentou queda de 0,18%. Esse é o resultado da pesquisa realizada pelo SICOMÉRCIO (Sindicato do Comércio Varejista de Petrópolis), em parceria com a Fecomércio-RJ durante o mês de dezembro. Artigos do Grupo Alimentação foram os que tiveram maior alta nos preços, 3,77%. Este foi o quinto aumento consecutivo para o grupo, e o maior desde maio de 2008, quando o setor registrou avanço de 3,87%. Os produtos que ficaram mais caros no mês de dezembro foram: banana-d’água (26,35%), brócolis (24,52%), bananaprata (21,59%), beterraba (20,86%) e uva (19,06%). Em sentido contrário, agrião (-25,08%), batata inglesa (22,05%), tomate (-20,52%) e couve (-16,47%) apresentaram os maiores recuos de

to mais intenso do período (12,54%). De um modo geral, os itens que mais aumentaram de preço foram: limão (56,85%), laranja-lima (51,08%), alcatra (35,78%), peito (34,10%) e filé mignon (31,88%). No sentido contrário, a cebola acumulou queda de 53,38%, seguida pelo tomate (-43,67%), pela cenoura (-43,47%), pelo mamão (-24,44%) e pela beterraba (-21,73, apesar da alta registrada no mês).

Batata inglesa foi um dos poucos produtos que recuaram no período

preço no mês. Despesas Pessoais (2,30%), Vestuário (1,26%), Artigos de Residência (0,63%), Saúde e Higiene Pessoal (0,60%) e Manutenção Predial (0,07%) também apresentaram alta em dezembro. O único grupo que exerceu pressão contrária foi Veículo (-0,16%).

Acumulado dos últimos 12 meses Neste ano de 2010, os preços no comércio de Petrópolis acumularam alta de 5,93%, ficando acima da taxa de 0,89%, registrada no ano de 2009. Neste período, assim como no resultado do mês, o grupo Alimentação acumulou o aumen-

A Pesquisa O Índice de Preços do Comércio Varejista – Amplo (IPCV-Amplo) da cidade de Petrópolis é um levantamento mensal de 9.930 preços, de 396 itens, em 180 pontos comerciais da cidade, referente aos gastos de famílias com rendimento de até 40 salários mínimos mensais. O levantamento do mês de dezembro de 2010 foi coordenado pelo Sindicato do Comércio Varejista de Petrópolis em parceria com a FecomércioRJ, entre os dias 01 e 31 de dezembro de 2010.

Novidades para a declaração do IR 2011 Os contribuintes devem ficar atentos às novas regras para a declaração de Imposto de Renda de pessoa física neste ano, relativo ao ano de 2010. Segundo a gerente de auditoria Maria do Carmo Araújo da Cruz, da PP&C Auditores Independentes, o contribuinte deve organizar as informações a serem preen-

chidas na declaração que agora serão realizadas somente digitalmente, colocando fim ao formulário de papel. “Desta forma, a Receita Federal terá mais facilidade de acelerar o processo para análise das informações declaradas pelo contribuinte e fazer os cruzamentos de dados”, diz Maria do Carmo.

Mudanças IR 2011 * As declarações de Imposto de Renda 2011 serão aceitas pela internet ou através de disquete. O programa estará disponível para download a partir de 1º de março de 2011. O prazo para entrega será até 29 de abril de 2011 e os contribuintes que não entregarem terão multa

mínima de R$ 165,74. * Os casais homossexuais poderão emitir a declaração conjunta do imposto. Os requisitos são os mesmos estabelecidos pela lei para casais com união estável, inclusive as regras para dependentes seguirão as mesmas previstas pela Receita Federal.


10

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

SEXTA-FEIRA, 28 DE JANEIRO DE 2011

CHUVAS

Lista de carteiras de identidade para vítimas O Detran divulgou ontem a lista com os nomes das 343 vítimas das enchentes beneficiadas com o primeiro lote de carteiras de identidade. Amanhã, a partir das 11h, o presidente da ins-

tituição, Fernando Avelino, e o secretário estadual de Assistência Social e Direitos Humanos (SEASDH), estarão no estacionamento do supermercado Bramil, na Estrada União e Indús-

tria, 11.881, para realizar a entrega. Os nomes dos atendidos pelo primeiro lote podem ser conferidos também no site do Detran (www.detran.rj.gov. br) e nos abrigos das entida-

des assistenciais. As pessoas que já solicitaram a segunda via da identidade e não estão com o nome na lista devem receber o documento em até uma semana. Confira aqui a relação oficial:

RELAÇÃO DE CARTEIRAS EMITIDAS - ITAIPAVA - BRAMIL

R E S TA U R A N T E

Self-Service

Requinte em Buffet a Quilo

LAS DELICIAS LIGUE JÁ ÁGUA MINERAL

ENTREGAS EM Rua Fonseca Ramos, 150 (24) 2231-0587 2237-1235

DOMICÍLIO E EMPRESAS QUALIDADE E RAPIDEZ

Acesse o Diário Digital www.diariodepetropolis.com.br

ADILÉIA QUINTELLA CATUNTA ADILIO DA SILVA RAMOS ADILSON GARRIDO ROSA ADRIANA DA SILVA PEREIRA RAPOSO ADRIANO GARRIDO ROSA ADRIANO JOSÉ VILELLA ADRIANO VITAL LEAL ADRIEL QUINTELLA DE OLIVEIRA PINTO AILTON CARIDADE AILTON SILVA ALDEBI DA COSTA FRIAS ALEXANDER RODRIGO BORGES ALEXANDRE DA SILVA CASTRO ALEXANDRE PEREIRA DOS SANTOS ALEXANDRE RIBEIRO DE CARVALHO ALINE QUINTELLA DE PAULA ALMIR SANTOS CARVALHO AMANDA IZABEL ALVES DE BARROS DA SILVA AMANDA NEVES MAGALHÃES HENRIQUE ANA CAROLINA OLIVEIRA MELANDRA ANACLAUDIAFERNANDES RAMOS ANA CRISTINAALVES BASTOS ANA LÚCIA MENEZES MONTEIRO ANA LUIZA MACHADO VILLAR MENDES FRANCO ANA MAYSA MONTEIRO DA SILVA ANA NCAROLINA DE BARROS CARVALHO ANA PAULA DA ROCHA PLANTZ DA COSTA ANA PAULA FERREIRA DE CARVALHO ANA PAULA REINALDO DA SILVA AMARAL ANDERSON DE PINHO PACHECO ANDERSON ROGERIO CALHEIROS DA SILVA ANDONAI MATTOS COUTINHO ANDRÉ GOMES DA SILVEIRA ANDRÉ LUIZ DA SILVA ANDRÉA BRANCO DA SILVA ANDRÉA LEAL SILVA ANDREÉ DE ALMEIDA CUSTÓDIA ANDRÉIA DE SOUZA ANDREZA APARECIDA DO NASCIMENTO SOARES ANGELA SIMONE DA SILVA ANNA KAROLINE DA ROCHA PIZANO ANTENOR TEODORO ANTONIA PACHECO DA COSTA ANTONIA PACHECO DA COSTA ANTONIO CARLOS SALDANHA DA SILVA ANTONIO DE LIMA E SILVA ANTONIO JORGE SALDANHA DA SILVA ANTONIO MARCOS DE ALMEIDA BOTELHO APARECIDA DE FÁTIMA COUTO CORRÊA DA CRUZ ARIEL JONAS SANT ANNA SILVA ARLEI RODRIGO BORGES BÁRBARA APARECIDA DE SOUZA SILVA BERENICE RAMALHETE DE ALMEIDA BIANCA DE OLIVEIRA BARBOSA VIEIRA BRENO ROSA MACIEL DA SILVA BRUNA DA SILVA BRUNO DE CARVALHO BRUNO GUIDINI DE OLIVEIRA BRUNO MARTINS DA COSTA CAIO FERNANDES COELHO VALENTE CAMILA FELIZARDO SOUTO CARLA DA SILVA BAIA DOS SANTOS CARLA ROCHELE CRUZ DA SILVA CARLOS ALBERTO DA SILVA BRITES

CARLOS ALBERTO DE GUGÉ COUTINHO LOPES CARLOS EDUARDO DO COUTO CARLOS EDUARDO RIBEIRO DOS SANTOS CARLOS ROBERTO DA CONCEIÇÃO CARLOS ROBERTO GOMES PORTUGAL CARLOS ROBERTO VIANA DA SILVA CARMELITA ALACRINO DOS SANTOS CARMEN LUCIA DE ABREU CATIA REGINA KLEIN CELIA DA SILVA GOMES CELIA GOMES DA SILVA CELSO EDUARDO RAPOSO JUNIOR CESAR ROBERTO MACHADO CINTIA APARECIDA LEAL NUNES CINTIA MOREIRA DA SILVA CLAUDIA CRISTINA DA SILVA PONTES CLAUDINEA MIGUEL VALENTIM CLEBER SILVA NUNES CLEBERSON RAMOS DE OLIVEIRA CLEITON ALVES DE LIMA CLEUSA MARIA PEIXOTO MARCHIORI CLEYDSON FALEY MOREIRA DA SILVA CONRADO PEREIRA MURTA DENILSON FERNANDO PINTO DA SILVA DENISE APARECIDA MATOS DIONE PROFIRIO ALBUQUERQUE DORALICE DA SILVA DORIS MALVEIRA PEIXOTO DULCINEA QUINTELLA PINTO EDINÉA CRUZ ASSIS EDNA RODRIGUES DA SILVA EDNEIDE TETEO DA SILVA EDSON AUGUSTO EDUARDA DE QUEIROZ PENNA EDUARDO DOS SANTOS SALVADOR ELIANA JANUARIO ELIANE ALVES DE BARROS ELIANE CRUZ DE OLIVEIRA CARVALHO ELIANE FERNANDES DE ANDRADE ELIAS ANASTACIO DÁLIA ELINÉA RAMOS FERNANDES ELISE BONFANTE COUTINHO ELIZABETH DA SILVA ELVIRA MARIA DAS GRAÇAS RATTES MARQUES ELZA SILVEIRA DIAS MACHADO EVA MARIA FERREIRA GOULART EVA SOELY CAMPOS DA SILVA EVANDRO DA SILVA OLIVEIRA EXPEDITO MARQUES DE SOUZA FABIANA CRISTINA PEREIRA FERNANDES FABIO BORGES DE CARVALHO FABIO RABELLO MOREIRA DA SILVA FABIO VIEIRA NOGUEIRA FATIMAAPARECIDA PEREIRA BELO FATIMA MARIA FRANÇA GONÇALVES FELIPE BARBOSA SIESS FILIPE DANIEL LUZ FLAVIA DE OLIVEIRA PONCIO FRANCISCO JORGE FIRMINO GABRIEL ALVES BOTELHO DE MELLO GABRIELA FERNANDES DA COSTA GEANE LUIZI PERIÇÃO DA SILVA GEISILENE MARCELA DA SILVA PORFIRIO GELCINEIA MARTINS DE OLIVEIRA

GEOVANE SOUSA SILVA GEOVANI GOMES PORTUGAL GERALDO MATOS DA ROCHA GERVASIO DE SOUZA MAIA FILHO GILMAR CORREA DA COSTA GILMAR DA SILVA DO ESPIRITO SANTO GILMAR MACIEL MURTA GILMARA DE FATIMA NOGUEIRA GISELE APARECIDA GOUVÊA DA SILVA GISELE MONTEIRO CAMILO GLORIA MARIA RODRIGUES CABRAL GRACILANE APARECIDA FERNANDES RODRIGUES DA SILVA GUILHERME CARIUS DA SILVA GUILHERME CORDEIRO DE ALMEIDA GUILHERME DALVAN RAIMUNDO GUILHERME LEITE GUEDES DOS SANTOS GUSTAVO GABRIEL TEIXEIRA HELENA DOS SANTOS OLIVEIRA REIS HELENA GRACIELA MEIJIDE BARROSO HUMBERTO BRITO GONÇALVES ISAAC BRAGA LAURINDO ISABEL CRISTINA GOMES DA SILVA ISABEL DE FÁTIMA CASCIANO ISAIAS ANTONIO DE OLIVEIRA ISAURA MARIA LIMA DE SOUSA IVANA CRISTINA KASSINOW IVONE DE LOURDE THOMAZ OSÓRIO JANAICA CABRAL JAQUELENE CABRAL JAQUELINE ALVES DA SILVA JEAN GOMES DA FONSECA JEFFERSON TELLES DA SILVA SANTOS JENNIFER CAROLINE GOMES GOULART JOANA DAR'C DA SILVA JOANA D'ARC ROSENDO DOS SANTOS JOANA DIAS DE SOUZA JOÃO GUSTAVO DOS SANTOS GARCIA JOÃO MAIA JOÃO MARCELO DOS SANTOS JOÃO PEDRO DOS SANTOS JONAS BARBOSA DE LUCENA JONATHAN DA SILVA SOARES JONATHAS CARVALHO APOLINARIO JORGE DA SILVA VIEIRA JORGE LUIZ DE ALMEIDA MARTINS JORGE PASCHOAL MOTA JOSÉ ADERLANDI FAUSTINO JOSE ANTONIO DA COSTA FILHO JOSE FERNANDO DOS SANTOS JOSE LUIZ GASPAR GONÇALVES JOSE LUIZ SOBRINHO JOSÉ MOISES MACIEL GARCIA JUNIOR JOSE RICARDO DE SOUZA LEITE JOSE VERTELO JOSIANE LOPES MIRANDA JULIANA CARDOSO NUNES JULIANA TELLES DA SILVA SANTOS JULIANA VIEIRA REIS DOS SANTOS JULIO CESAR TEIXEIRA DA SILVA JURANDIR BARBOSA JUSSARA SOUZA MAIA KAROL HENRYK CZARTORYSKI LAUDELINO ALVES CORREA LEANDRO CARVALHO DE OLIVEIRA

LEANDRO CESAR MATOS GUILHERME LEANDRO MENDONÇA LEILIANE BORGES DE CARVALHO SILVA LEONARDO DA SILVA SALDANHA LEONARDO EDWARDS SCUDEZE LEONARDO JOSE RODRIGUES LIDIANE DE MELLO ROCHA LILIAN LORÃO DOS SANTOS LIVIA DA COSTA FREITAS LUAN DE LIMA BARROS LUANA IZIDORO DE LIMA LUCAS FELIPE DA SILVA KRISTIANSEN LUCIANA DE FÁTIMA DA CONCEIÇÃO SAMPAIO LUISAURÉLIO DOAMARAL QUINTANILHA LUIS EDUARDO MESQUITA BARBUDO LUIZ CLAUDIO BOECHAT LUIZ FELIPE BRAGA LAURINDO LUIZ FELIPE DA ROSA OLIVEIRA LUIZ HENRIQUE DE PAULA SANTOS LUIZ MACIEL DA SILVA LUIZ VICTOR FERREIRA BORGES MAIARA DE OLIVEIRA CARDOSO MAICON VITOR ARAUJO OLIVEIRA MANOEL ANTONIO DE LIMA MANOEL SALVADOR CARDOSO MARA ROCHA DA SILVA MARCELA KLEIN VIEIRA MARCELO DOS SANTOS MARCIA CRISTINA RIBEIRO MARCIA REGINA DE ARAÚJO MOURA DÁLIA MARCIO DOS REIS PACHECO MARCO ANTONIO COELHO ALVES MARCO ANTONIO DE CARVALHO RAMOS MARCO AURELIO PEREIRA DE SOUZA MARCOS ONDIECSON BOLELI MARCOS PAULO DE OLIVEIRA MARCOS PAULO DE PAULA DA SILVA MARCUS VINICIUS PAIVA DOS SANTOS MARCUS VINICIUS PEREIRA DE PAULA MARIAAPARECIDA DA SILVA CASCIANO MARIA APARECIDA FERREIRA PERES MARIA APARECIDA SILVA BARBOSA MARIA CAROLINA SILVA AMARAL MARIA DA CONCEIÇÃO APARECIDA COSTA VETELO MARIA DA CONCEIÇÃO DE OLIVEIRA ALVES MARIA DA CONCEIÇÃO DOS SANTOS MARIA DA GLORIA QUINTELA MARIA DIVINA DIAS FERREIRA MARIA FIGUEIREDO DO NASCIMENTO MARIA HELENA DA SILVA MARIA HELOISA CÂNDIDO MARIA ISABEL DOS SANTOS MARIA JOCEIA GARCIA MARIA JOSÉ DA CONCEIÇÃO DOS SANTOS MARIA RAKEL COSTA DA SILVA MARIO EUGENIO RODRIGUES DA SILVA MARIO SERGIO CABRAL DA SILVA MARLI MEDEIROS PEREIRA DE LA ROCQUE MARLI PAULINO MARLON KLEIN VIEIRA MATEUS FERREIRA MATHEUS COSTA TAVARES Continua na página 11


sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

56 anos

11

OS ANIVERSARIANTES Completando aninhos na semana, os consorciados POUPEX: 26 - Nair Mathias da Conceição, Wanda Rivetti Pereira da Silva; 28 - Creusa de Carvalho Kapps e Luiz Antonio Kapps Peixoto; 29 - João Salermo; 30 - Dinair Canedo Pardelhas, Suely Maria F. Shhuarc e Luiz Antonio Pereira e 31 - Neide Teixeira Paschoal, Therezinha de Souza Zanatta e Maria Nazaret G. Rocha. Aos distintos aniversariantes, votos de felicidade da sua POUPEX.

J. Teixeira Netto

CARTA DE PATRÍCIA

FOTOS

Patrícia é filha de Simone Ventura Dias, filha ou neta de Geraldo Ventura Dias, consagrado poeta e autor do Hino de Petrópolis, supomos. Sua carta nos chega através de Marinho & Associados Advogados – CEP 25620-040 – Tel 2243-4453 - Petrópolis para VM, e vale a pena editar alguns trechos: “Moramos em Itaipava por mais de 30 anos. Sempre na mesma casa, na mesma rua. Nunca me mudei, nem eu nem meus pais. Há 30, 40 anos , Itaipava era roça. Pelo que me lembro da minha infância, Itaipava tinha “um de cada”: Um mercadinho, um posto de gasolina, uma igreja, uma farmácia precária, uma padaria, um posto de gasolina e um shopping, 0 imortal Shopping Itaipava. Quando meu pai construiu nossa casa no centro, minha mãe não queria se mudar de jeito nenhum. Teve que aprender a dirigir na marra... afinal, a distância entre Petrópolis e Itaipava era enooorme! Mas com todas as benesses e benfeitorias, o crescimento se deu de forma desordenada, as margens dos rios foram ocupadas, condomínios de luxo e pousadas surgiram. O desmatamento nem se fala... ganhou lojas chiques e fama, Corpo de Bombeiros, tornando-se um lugar de refúgio dos cariocas, artistas e pessoas importantes. Virou até nome de cerveja! Mas lhe faltam muitas coisas: Não tem um hospital para atender a população com residência permanente, as pessoas que ficam diariamente trabalhando por Itaipava quando os ricos viajam de volta ao Rio! Temos em Itaipava até uma Vice-Prefeitura.......... Por tudo isso que narrei, quero dizer que não me importam as estatísticas, o que dizem os engravatados de plantão, nem aqueles debates cheios de palavrinhas técnicas para explicar “a maior catástrofe natural que o País já registrou”. O mais importante mesmo é saber o que toda essa gente humilde de Itaipava e das outras cidades vizinhas vai comer amanhã e dormir na semana que vem e nos meses subsequentes. Aonde vão reconstruir um novo lar... quem vai bancar, quem vai pagar as contas? Meu nome é Patrícia, moradora de Itaipava.” OBS: - Adaptada por VM, com cortes, de e-mail de (angelanicodemos@yahoo.com.br)

UM PIANO DENTRO DA NOITE - é aquele amigo em busca de paz e sossego, um encontro certo com Fernando Móra e seu repertório escolhido... a dedos.

A professora de ballet Jane Feraudy (dir.) com Regina Carandina em noite de Fernando Móra.

PROCURA-SE ESTE CÃOZINHO - Em desespero, nosso leitor Alexandre Assed está apelando por notícias de quem viu o seu cãozinho Akim, um rodesiano de 6 meses que fugiu do Condomínio Fazenda das Roseiras, a 2 km do pedágio da BR-40 (direção Rio). O celular do dono é 219988-8385. Boa sorte pra você, amigo Alexandre.

O jornalista e acadêmico Marins Melquíades, do Diário de Petrópolis, com o engenheiro Carlos Alberto Salgueiro.

PETRÓPOLIS, UMA CIDADE DE JOELHOS

MATHEUS PORTUGAL RAMOS MAYARA FERNANDES ROCHA MAYRA KLEIN VIEIRA MICHAEL RIBEIRO DA SILVA MICHEL SILVA DE OLIVEIRA MICHELI APARECIDA DE CARVALHO MELLO MIRELE MORAIS DA COSTA NAIR MACHADO TEIXEIRA NATALINA DA SILVA NILCEA MARIA DE AMORIM NILDA MARIA MOREIRA NILZA LAUREANO DUARTE MEIER NOEMIA MARIA BRANCO DA SILVA ODULCO JOSE DA SILVA FILHO PATRICIA DE ALMEIDA SANTANA PATRICIA MATOS BERNARDES PAULO CESAR DOS SANTOS PAULO CESAR FERREIRA DA SILVA PAULO RIBEIRO DE SOUZA PAULO ROBERTO ALVES PA U L O R O B E RTO D O VALLE PAULO ROBERTO RODRIGUES DE OLIVEIRA PAULO SERGIO DA PAZ PEDRO AUGUSTO DE LA ROCQUE RAFAEL DE JESUS OLIVEIRA RANGEL BASTOS DOS REIS RAPHAEL SILVA DE PAULA R A Q U E L N O VA E S D E PAULA RENATO DA ROSA ANTUNES RENATO LUIZ DE OLIVEI-

RA SOUZA RICARDO DURVAL DE OLIVEIRA RICARDO NEVES GONZALEZ ROBERTO CARLOS CALDEIRA JUNIOR ROBSON MURTA RIBEIRO RODRIGO FERNANDES RÔMULO BELCHIOR CRUZ DA SILVA CARVALHO RÔMULO FRANCISCO DE SOUZA ROSANA DE MOURA BARRA ROSANE DINIZ ROSANGELA APARECIDA SILVA DE OLIVEIRA ROSELI DAS NEVES MAGALHÃES HENRIQUE ROSEMBERGUE JORGE SOUZA SANTANA ROSEMERE WOLEIRO RUBENS DE ASSIS COELHO SANDRA HELENA CASCIANO SANDRA LUCIA FALCK CORREA SANDRA MARIA ANDRE SANDRA REGINA SOUZA PAIVA DOS SANTOS SEBASTIÃO ANTONIO DE OLIVEIRA SEBASTIÃO DE ALMEIDA SERGINEIDE DA SILVA GOMES SÉRGIO ALBERTO RAPÔSO JUNIOR SÉRGIO DOS PASSOS SERGIVALDO DA SILVA GOMES SILVANA MATTOS COSTA SANTANA SILVIO JORDANE NUNES QUINTELA SIMONE ROSA NOVAIS SOLAINE ROCHA CASTELLO BRANCO SOLANGE APARECIDA VENTURA RABELLO

SUZETE NUNES DA SILVA SUZETE REGINA DA SILVA TANIA MARIA DO AMARAL MOREIRA TATIANE DE LOURDES ALVES ALMEIDA TATIANE SANTA ROSA SOARES TELMA DE SOUZA FERREIRA TELMO SOUZA DA CRUZ THAÍS RODRIGUES SILVESTRE UANDERSON VANDERLEI SOUZA VAGNER ASSIS ALVES VALDEIR CASCIANO SILVESTRE VALERIA DE ALMEIDA SANTANA VALERIA DE ALMEIDA SANTANA VANESSA APARECIDA BARBOSA DA COSTA VANESSA DA LUZ RIBEIRO VANESSA DA SILVA AMORIM VANESSA DA SILVA RODRIGUES VANESSA HOCHWART VERA LUCIA FERREIRA DE CARVALHO VERA REGINA DOS SANTOS PONTE PACHECO VITALINA ROSA FERNANDES VITOR VIEIRA DUTRA WAGNER DE MOURA RIBEIRO WANDA MARIA DE SOUZA LEITE DUARTE WENDELL SILVA OLIVEIRA WILIAM DE OLIVEIRA PEREIRA WILIAN FERNANDES PACHECO WILLIAN FLORES FERREIRA WILLIAN RODOLFO DE CARVALHO VENTURA WOSTON LUIZ DA SILVA

Estado consegue aumento de empréstimo do BNDES Guedes de Freitas

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços, Julio Bueno, negociou na última quarta-feira (26) com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) um aumento no limite dos empréstimos a serem concedidos para empresas e agricultores da Região Serrana afetados pelas fortes chuvas deste início de ano. O teto de R$ 50 mil para capital de giro (recursos necessários para financiar a continuidade das operações da empresa ou para reconstruir o negócio) dobrou. Já os recursos para investimentos (compra de equipamentos e melhorias operacionais) continuam limitados em até R$ 1 milhão, mas poderão aumentar caso se comprove necessidade de empresas da região. A partir desta sexta-feira, os recursos já estarão disponíveis nos agentes financeiros. Conforme anúncio feito na sexta-feira da semana passada, após reunião do governador Sérgio Cabral com o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, na sede do banco, as empresas da Região Serrana localizadas nas áreas atingidas pelas chuvas serão

Sérgio Cabral com o presidente do BNDES, Luciano Coutinho

beneficiadas pelo Programa Emergencial de Reconstrução (PER). Por meio dele, o banco destinará, em condições especiais de financiamento, R$ 400 milhões aos empreendedores de toda a cadeia produtiva da região. Segundo Cabral, só na agricultura, as chuvas causaram prejuízos de cerca de R$ 270 milhões. Para ele, o investimento no capital de giro será essencial para reorganizar a produção de mais ou menos 17 mil produtores, 3,2 mil diretamente prejudicados. Também pilares da economia da região, os setores metalmecânico e têxtil foram muito prejudicados pelas chuvas. O financiamento será repassado por meio do PER para a com-

pra de máquinas e equipamentos, obras de construção civil e capital de giro. O prazo de pagamento é de dez anos, com juro fixo de 5,5% e carência de dois anos. A Agência de Fomento do Estado do Rio de Janeiro (Investe Rio) ficará responsável por repassar os recursos do BNDES, junto com o de outras instituições financeiras, como o Banco do Brasil. O PER foi criado pelo BNDES em 2008 para ajudar as empresas e os municípios atingidos pelas enchentes em Santa Catarina. No ano passado, também foi utilizado no socorro aos estados de Alagoas e Pernambuco, igualmente assolados por tragédias naturais.


12

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

ESPORTES

E-mail: gustavosoares@diariodepetropolis.com.br

LPD realiza eleição para presidente hoje A eleição para presidente da Liga Petropolitana de Desportos ocorrerá hoje, às 19h, com segunda convocação para as 19h30, na sede da LPD, que fica no edifício Arcádia. Flávio Fiúza é o único candidato e será eleito. Têm direito a voto todos os clubes filiados que estiverem com a sua mensalidade em dia. Os clubes têm direito a um voto por modalidade disputadas em 2010, ou seja, quem disputou competições de futsal e futebol terá direito a dois votos. A chapa única é formado por Flávio Fiúza, presidente, Fernando Viana, vice-presidente e Ney Marcos será o diretor de esportes. A chapa está sendo apoiada pelo clube dos 10, que é formado por: Petropolitano, Carangola, Magnólia, Palmeira, Corrêas, Internacional, Vera Cruz, La-

ginha, Benfica e Stª Isabel. A eleição ainda tem como função eleger os três membros efetivos e os três suplentes do Conselho Fiscal. Também deverá homologar as indicações para Membros Efetivos (nove) e Suplentes (cinco) do Tribunal de Justiça Desportiva. O nome de Fiúza ganhou força para a eleição, principalmente pelo trabalho que ele realizou a frente do Sport Club Magnólia, clube que presidiu nos últimos seis anos. Atualmente, o dirigente se dedica, como presidente do Instituto FRAN, a projetos voltados para a área do esporte no estado do Rio de Janeiro. Quando assumir, Fiúza irá encontrar uma Liga endividada devido as irregularidades encontradas pelo Conselho no balanço financeiro de 2010. De acordo com o presidente do

Conselho Fiscal, Délio Kronemberger, que teve o mandato encerrado no último dia 31, a dívida hoje é de R$ 5,5 mil. A dívida é referente R$ 3,8 mil as taxas condominiais e R$ 1,7 mil aos IPTU’s atrasados. Flavio Fiúza quando lançou a candidatura afirmou: “O objetivo da Liga é de fomentar o esporte da nossa cidade e ninguém tem o papel mais importante que os clubes no desenvolvimento desse processo. Diante do apoio unânime do “Clube dos 10” ao meu nome, por entenderem e aceitarem a nossa proposta, por acreditarem que juntos conseguiremos mudar a história, coloco o meu nome, como candidato oficial à presidência da LPD”, comentou Fiúza, que tem em sua candidatura uma nova esperança para os clubes petropolitanos.

Flavio Fiúza ao lado dos representantes do Clube dos 10

Futebol de Mesa

Futsal Feminino

Petropolitanos disputam etapa do estadual

Petropolitano realiza seleção de novas atletas

Vai começar amanhã a disputa da sexta etapa do Campeonato Estadual 2010, de futebol de botão, adiada em novembro devido a onda de violência na cidade do Rio de Janeiro. A etapa acontece na AABB Tijuca (RJ) e termina no domingo. A equipe do Petropolitano estará participando com oito jogadores inscritos.

O Petropolitano Football Club vai começar hoje um trabalho de captação de novas atletas para as suas equipes de futsal feminino. As meninas interessadas devem comparecer na sede do clube, no Valparaíso, às 18h. Estarão presentes no projeto o treinador da equipe, Diego Branco e a coordenadora de futsal feminino do clube, Débora do Amaral. O treinador da equipe acredita que o clube precisa de novos talentos. “Precisamos dar oportunidades a novos talentos que estão aparecendo no cenário do futsal feminino, e como o Petropolitano desfruta de um trabalho de renovação e conquistas, nada melhor que integrar a comunidade e o clube num só objetivo: inclusão social aliado a busca de títulos. No ano do Centenário do clube queremos que seja um ano de glórias e triunfos revelando novas atletas”, diz Diego Branco. As atletas das comunidades que o clube atua com o projeto “Petrô 100 anos”, devem participar do trabalho.

Na categoria Sub-20, João Pedro, Bernardo Kochem e Vitor Freitas serão os representantes; na adulto, Márcio de Souza; e na categoria Máster, Luiz Carlos, que também é o treinador da equipe, Cláudio Novelli, Antonio Ribeiro e Antonio Carlos. Em função dos últimos acontecimentos na Região

Serrana do Rio de Janeiro, a Federação de Futebol de mesa do Rio de Janeiro está solicitando que cada botonista leve um litro de água e/ou lata de leite em pó para doar aos desabrigados das enchentes. Os botonistas que moram próximo dos locais afetados ficarão responsáveis por levar os donativos, garantindo a chegada ao destino correto.

Petrô é o atual campeão feminino

A partir desse trabalho o Petrô pretende montar todas as suas categorias de base. O clube é o atual campeão municipal do futsal feminino. Exposição de fotos e documentos No dia 12 de fevereiro, na Sede Social, o Petrô irá abrir sua exposição de fotos de atletas e das equipes de diversas modalidades de esportes que o clube já disputou desde a sua fundação, em 1911. Fotos dos eventos esportivos que foram realizados no clube, como o Interzonal de Xadrez, em 1973, vencido pelo Mequinho, da

visita de pessoas ilustres, como João Havelange e Jules Rimet, presidentes da FIFA, equipes de futebol e de basquetebol, inclusive do exterior. A exposição também contará com matérias da imprensa, revistas, livros, diplomas, moções, carteiras desde os primeiros atletas que defenderam o clube, quadros com as equipes campeãs e também o acervo fotográfico das atividades sociais e culturais de seus 100 anos de existência. Os visitantes terão a oportunidade de conhecer, através de mais de 5.000 fotos e diversos documentos.

Diario de Petropolis  

Artigos, Colunistas, Cidade, Esportes