Page 1

Diário

de PetróPolis

Site: www.diariodepetropolis.com.br

Nº 15.831 - Quarta-feira, 27 de abril de 2011

Preço do exemplar: R$ 1,20

Apreendida munição das Forças Armadas Pelo menos 500 munições de vários calibres de uso exclusivo das Forças Armadas foram apreendidas, ontem, pela P2 (Serviço Reservado) da Polícia Militar, na casa

290 casos de Dengue confirmados em Petrópolis A Coordenadoria de Epidemiologia da Secretaria de Saúde informou ontem o número de casos da doença em Petrópolis. Dos 290, são 111 pessoas residentes em outros municípios. Dos 179 moradores de Petrópolis, 95 se deslocaram para cidades com alto índice de infestação. A secretária de Saúde, Aparecida Barbosa, afirmou que Petrópolis não corre risco de epidemia. (Página 3)

Mantega diz que mundo vive surto inflacionário

de um pedreiro, na Rua Cacilda Becker, no bairro Alto Independência. Segundo os policiais que participaram da operação, o homem que estava com a grande quantidade de

Fotos: Alan Alonso

A Polícia Civil, com o apoio da Militar, realizou ontem, em frente à 105ª Delegacia, mais uma operação “Duas Rodas”. Quatro veículos foram apreendidos Divulgação

Autorizado o empréstimo de R$157 mi para a Serra

Nesta edição

Dora Kramer Página 3

munição, na maioria calibres ponto 30, 45 e 9 milímetros, disse que recebeu o material de seu antigo patrão, um oficial já falecido do Exército Brasileiro. (Página 5)

Motos irregulares pegas na Operação Duas Rodas

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse ontem que o governo brasileiro tem conseguido manter os índices de inflação sob controle bem mais do que outros países em desenvolvimento. (Página 7)

A Alerj aprovou, ontem, o projeto de lei que autoriza o Poder Executivo a fazer empréstimo externo com o Banco de Desenvolvimento da América Latina. A verba é para a recuperação da Região Serrana. (Página 3)

56 anos

E-mail: redacao@diariodepetropolis.com.br

Paulo Mustrangi e os prefeitos de Teresópolis e Nova Friburgo receberam as chaves simbólicas dos veículos

Carros e caminhões também foram vistoriados Uma nova blitz, dentro da Operação Duas Rodas que está sendo desencadeada em todo o estado, foi realizada ontem nas duas pistas da Barão do Rio Branco. A ação é para coibir o uso de motocicletas irregulares. Desta vez, além de vistoriar as motos, os agentes estavam atentos a carros e caminhões que passavam pela via. Também eram procuradas armas e drogas e veículos roubados ou furtados. No total, quatro veículos foram apreendidos por documentação irregular. (Página 5)

Região Serrana recebe doação de veículos Para reforçar o trabalho de desobstrução das estradas e facilitar o transporte da população da região, depois da tragédia do início do ano, a ThyssenKrupp Companhia Siderúrgica do Atlântico (CSA) doou veículos às cidades de Areal, Bom Jardim, Nova Friburgo, Petrópolis, Teresópolis, São José do Vale do Rio Preto e Sumidouro. No total foram doados 17 pick-ups e cin-

co ônibus para as cidades. Petrópolis foi beneficiada com três automóveis. O governador Sérgio Cabral participou da cerimônia de entrega, que aconteceu na manhã de ontem, no Monumento dos Pracinhas no Flamengo, Zona Sul do Rio, onde foram entregues as chaves simbólicas dos veículos aos prefeitos de Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo. (Página 5)

Tomate é o grande vilão da cesta de compras

Alberto Dines faz palestra sobre Stefan Zweig hoje

O tomate foi o produto que mais subiu de preço ao longo destes últimos três meses (156,14%). O grupo Alimentação, que tem o maior peso na Cesta de Compras, apresentou aumento de 3,18%. Por isso, o valor médio da cesta passou de R$ 426,44 em fevereiro, para R$ 438,52 em março, o que representa uma elevação de 2,84%. O levantamento foi feito entre os dias 01 e 31 de março. (Página 5)

Hoje, às 19h, acontece a palestra “Stefan Zweig Vive”, com o jornalista e escritor, Alberto Dines, presidente da Casa Stefan Zweig (Petrópolis), e o professor e escritor Deonísio da Silva compartilharão a palavra num evento que marcará o encerramento da exposição “Stefan Zweig Vive”. (Página 6)

ageNda


2

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

Ponto e Contraponto Antônio Cláudio Gomes

RESTOS A PAGAR

A Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional se reuniu ontem para tratar dos restos a pagar. Trocando em miúdos, vão cuidar das verbas que foram empenhadas no ano passado e ainda não foram efetivamente quitadas até agora. O FANTASMA DA INFLAÇÃO

Convivemos, desde a conquista da estabilidade da moeda, com uma dicotomia da política econômica. De um lado o controle da inflação e do outro as altas taxas de juros praticadas no país. O ministro Guido Mantega sinaliza, mais uma vez, que a taxa de juros não cairá na próxima reunião do Copom. VOZES GANHA HOMENAGEM

Na homenagem da Firjan aos 110 anos da Editora Vozes, frei Antônio Moser lembrou, em sua fala, da importância de se conjugar longevidade com qualidade de vida. Isto parece servir tanto para instituições quanto para as pessoas.

Aécio e Lula  Demóstenes

Torres

A

lguns a serviço do governo estão praticando seu esporte predileto, tentar transformar a oposição em culpada por qualquer coisa. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva passou seus oito anos de mandato bebendo e dirigindo o País e ninguém seu aliado achou que fosse inconveniente. De fato, além de ser um péssimo exemplo para a juventude por causa do malefício do álcool, não consta que o então mandatário tenha prejudicado sua atuação no diaa-dia por causa da caninha. Agora, jogam sobre o senador Aécio Neves um problema que está do lado de lá. Aécio foi parado por uma blitz no Rio de Janeiro, no último fim de semana, e estava com a carteira de habilitação vencida. Teve a decência de entregar a CNH sem se valer da carteirada como é praticamente usual com o grupo que, para cada oportunidade, saca o cartão corporativo ou o crachá do Planalto. Ao contrário, o senador chamou um motorista de táxi, que levou o carro até sua re-

sidência na própria capital carioca. Foi um erro, ficou ruim como exemplo para a juventude, mas longe da grita dos que estão acostumados à bebedeira federal. Os agentes pediram a Aécio que fizesse o teste do bafômetro. Como milhares de brasileiros, ele usou seu direito constitucional de se recusar, até com um argumento menos legalista e mais prático. Não iria dirigir dali em diante, então, não precisaria provar que estava em condição de guiar o veículo. Para o trecho em que havia dirigido, nenhuma ocorrência. Para o particular, existe a prerrogativa de não fazer prova contra si; para o político, a condenação acompanha o cargo, é culpado até que absolvição por magistrado diga o contrário. A mesma cobrança nunca foi feita pela companheirada no caso do ex-presidente ou de qualquer outro político. Talvez porque 99% deles tenham motoristas ou devido, quem sabe, ao fato de Aécio ser de fato diferente. Além de ele mesmo guiar, houve outro componente: em nenhum momento tentou se safar da ocorrência. Não ligou para o amigo Fulano na força policial ou o

AGENDA 21

O jornal Poiésis, do poeta Camilo Mota, traz na sua mais recente tiragem uma reportagem sobre Agenda 21 em Saquarema, cidade onde é editado o tablóide de notícias e literatura. NO PÉ

O vereador Wagner Silva, sempre tão assertivo, não me parece ter acertado ao propor a gratuidade de estacionamento aos veículos com placas de outros municípios, pois a medida, caso adotada, pode vir a servir de incentivo para que os petropolitanos venham a emplacar seus carros em outros municípios, baixando a receita dos impostos daí advindos. PARTICIPAÇÃO ESTUDANTIL

Recomeçou na segunda-feira o pleito que vai eleger o novo reitor da UFRJ. É o segundo turno das eleições para a reitoria de uma das maiores universidades do mundo. MINHA ESQUERDA

A editora Sulinas vai lançar o mais recente livro do pensador francês Edgar Morin intitulado “Minha Esquerda”. O livro já está na revisão, última etapa antes de ir para o prelo.

ASSOCIATIVISMO VERSUS FIDELIDADE

A polêmica do momento se dá por conta da criação do novo partido do prefeito Gilberto Kassab, pois envolve, segundo juristas, o conflito entre dois princípios constitucionais: o da fidelidade partidária e o da liberdade de associação. O assunto foi mote da coluna de Merval Pereira domingo no jornal O Globo. É LOGO ALI

A procuradora da ONU, Raquel Rolnik, está preocupada com as condições das moradias durante os preparativos da Copa do Mundo e das Olimpíadas no Brasil.

Beltrano no departamento de trânsito, enfim, essas artimanhas tão queridas à companheirada. Seu único chamado foi ao taxista. Enfrentou seu erro, foi punido por ele e não se esquivou sequer da repercussão. Se fosse alguém do governo, seria protegido pela camarilha até aparecer em público culpando a oposição. Onde está o escândalo? Se for no uso do etilômetro, o próprio Superior Tribunal de Justiça tem isentado inclusive aqueles que provocam acidentes. Aécio não fez vítimas, não passou sequer susto em alguém. Mas o governo, via aliados principalmente na internet, quer comparar o caso com a defesa que o líder do PT na Câmara dos Deputados, Paulo Teixeira, fez do plantio e do consumo de maconha. Não há qualquer relação. Aécio se recusou a produzir prova contra si, o líder governista quer produzir droga para o uso e o tráfico. Tenta-se, por meio dos entrincheirados na frente de batalha virtual, fazer com que a CNH vencida de um integrante da oposição ofusque as trapalhadas do governo. Mas é impossível encobrir, por exemplo, que Lula gastou

70% a mais em publicidade, retirando dinheiro de áreas sensíveis. Impossível omitir que a atuação da Polícia Federal nas fronteiras está prejudicada porque foram retirados 40% de suas verbas. No entender dos líderes de agentes e escrivães da PF, o trabalho está comprometido, inclusive para combater a entrada de armas e drogas. Enquanto se tenta esconder as malfeitorias oficiais no biombo da carteira de Aécio, a política do “bebe, mas faz” continua prevalecendo. Deve ser essa a desculpa, de estar bêbado durante a declaração, para o líder que defende a criação de cooperativa de produtores de maconha, certamente para receber recursos dos programas de agricultura familiar. Os que atacam Aécio serão regiamente pagos, inclusive para evitar que se relembrem os dias de tensão quando o ex-presidente movido a etanol tentou expulsar do Brasil o correspondente estrangeiro que dele falou o óbvio. Aécio errou e foi punido. Faltam os demais.  Procurador de Justiça e senador, Democratas-Goiás

Colônias da globalização  Ivan Postigo

O

homem ao se dar conta que a caneta tem mais força que a espada e o mouse mais do que as bombas, não precisa invadir territórios para dominá-los. A brutalidade é gerada pela falta de habilidade nos processos mercantilistas e de negociação. As metrópoles carentes de recursos naturais procuram obtê-los com trocas, evidentemente que vantajosas, o mesmo procuram as colônias, dentro do possível! É a sabedoria que diferencia os homens dos ursos. O urso, ao descobrir uma colméia, onde a colônia de abelhas trabalha para fabricar o mel, a destrói para saboreálo. Só se retira devido ao feroz ataque da legião defensora. O homem, com sabedoria, procura domesticá-las e oferecer locais propícios à coleta de néctar e polinização, como áreas de eucaliptos, laranjais,

macieiras, pessegueiros, entre tantas outras. Por umas poucas ferramentas e apetrechos, os espelhinhos tão comentados, nossos povos indígenas derrubavam e enchiam navios com pau-brasil, vendido pelos portugueses na Europa para tingimento de tecidos. Este corante foi para os portugueses o que a prata americana foi para os espanhóis. Muitos países por não desenvolverem e também não se aplicarem na exploração intensiva de recursos tecnológicos, para fabricação de artigos de exportação, os obtém em troca de seus recursos naturais. A tecnologia importada, muitas vezes obsoleta, serve para a produção de bens de subsistência, enquanto a riqueza natural é exaurida sem trazer ao povo a riqueza que proporcionaria o sonhado bem estar. As barreiras para o desenvolvimento estão mais ligadas aos nossos modelos mentais que estabelecem os modelos

de gestão, do que qualquer resistência à disponibilização do recurso pelo criador. Reservas de mercado costumam gerar atrasos difíceis de serem superados no futuro. Ter a máquina não é suficiente, é necessário saber operá-la e ter consciência do momento de trocá-la. Em determinada época nos deparamos com um empresário muito resistente à informática. Quando, depois de muita insistência, aceitava trocar alguns computadores na empresa, por evidente defasagem tecnológica, exigia que o novo seguisse um dos dois caminhos: ele teria prioridade em recebê-lo e em segundo lugar seu filho, ainda adolescente, que passava o dia na rede e com os jogos. Os seus eram enviados aos funcionários. O garoto tinha bom conhecimento das vantagens , lia, sabia sim o que estava recebendo, mas o pai não tinha a menor noção. Desconfiava apenas que era mais rápido. Esse argumento foi inúmeras vezes usado para con-

vencê-lo a atualizar o parque de máquinas: - Chefe, está na hora de trocar sua máquina, o mercado já tem um modelo mais rápido! Um espelho novo dá ao cacique conforto e impede Narciso de cair nas águas. E nós, orgulhosos, deixamos de nos mirar no pequeno objeto e projetamos nossa imagem nas redes sociais. Ah, Narciso, vivo fosse... O estágio colonial só pode ser superado pela educação que traz conhecimento e disposição para o desenvolvimento. A conquista de mercado, além fronteira, obriga os povos a lidar com novos costumes, línguas e dialetos. Deixam, portanto, de concorrer com gente como eles, para concorrer com gente diferente. Povos, enquanto não tiverem essa consciência, formarão as colônias da globalização.  Diretor de Gestão Empresarial

www.postigoconsultoria.com.br Twitter: @ivanpostigo

Brasil - nova diplomacia de objetivos

CULTURA BRASILEIRA

Ao contrário dos anos anteriores em que homenageou um país estrangeiro em cada edição, a Bienal do Livro do Rio vai celebrar este ano a Cultura Brasileira.

QUARTA-FEIRA, 27 DE ABRIL DE 2011

 Horta

D

epois de sobreviver a um longo período de hiperinflação o Brasil lentamente retomou seu destino de ser uma nação importante no cenário mundial. Em que possam pesar a ocorrência de fatos negativos internos e externos, os últimos dezesseis anos de governo apresentaram aqui, resultados políticos e econômicos satisfatórios, com destaque no soerguimento e estabilidade de nossa moeda que permitiu uma marcha firme rumo à inserção do Brasil no contexto internacional e marcantes melhorias na organização social dentro de nossa nação. Muito resta a fazer, mas é inegável que caminhamos com segurança para garantir um futuro digno ao nosso

povo e assegurar o respeito internacional, e porque não dizer, um papel relevante dentro da comunidade das nações. A firmeza e a insistência com que a nossa diplomacia luta para provocar uma alteração no cerne do principal entre os principais orgãos reguladores da convivência entre os países, o Conselho de Segurança, nossa luta pioneira, agora conta com o apoio de inúmeros países, como Índia, Alemanha, Japão, África do Sul e muitos outros, apresentando assim resultados pró-reforma que a tornam irreversível. A concentração do poder de veto concedido a apenas cinco países pode até se mostrar na prática uma simplificação vantajosa, mas não é democrática, e o que tem sido pior: sofre o Conselho Permanente de Segurança da ONU a hegemonia principalmente dos EUA, e tem sido levada a decidir apressadamente a to-

mar decisões de caráter bélico que constituem um constante perigo à própria paz, além de que causam constantes sofrimentos pelas ações intervencionistas drásticas e contubardoras, faltando notadamente um equilíbrio e ausência de um paciente labor diplomático que alcance resultados pacíficos e não bélicos. E é neste sentido que o Brasil vem laborando: pelo compartilhamento mais abrangente nas decisões da ONU. O objetivo é a harmonia pacificadora em contraponto à intervenção bélica. Cabe indagar: a ONU é por extensão o braço armado de alguns países, ou alguns países são o braço armado da ONU? Compartilhar e democratizar decisões é que tornará o Conselho um organismo totalmente confiável e ajustado às suas finalidades.

Dificilmente o Brasil obterá assento no Conselho Permanente, porque tem se mostrado contrário ao arbítrio e além do mais existe o jogo de díspares objetivos estratégicos entre os seus cinco membros e esta acomodação tem servindo e muito bem a todos eles. Não esperemos nenhum apoio de qualquer dos atuais membros, nem mesmo da China, porque ela principalmente utiliza sua posição para controlar e manter afastados o Japão, a índia, o Paquistão e outros asiáticos. E no momento não há como mudar isto, da mesma forma que os EUA precisam utilizar seu imenso e inigualável poderio militar para impor seus interesses econômicos e sustentar sua segurança total – com risco zero.  Bacharel em Direito

ASPAS

Dilma sabe que o Lula parece ter esquecido: manter os amigos próximos e os inimigos mais próximos ainda.

(Roberto Jefferson, no Twiter)

Contatos com a coluna: antoniocgomes@hotmail.com e no Twitter: @AntonioClaudio7

Diretor-Presidente e Jornalista responsável: Paulo Antônio Carneiro Dias Sub-editora: Jaqueline Gomes

D

IÁRIO DE PETRÓPOLIS 56 anos

Uma publicação da PJ Editora e Gráfica e Jornalística Ltda

Preço do Exemplar 3ª a sábado R$ 1,20 Domingo R$ 1,80 Atrasado R$ 2,50

Assinatura Trimestral Petrópolis R$ 80,00 Rio e outros R$ 160,00

Assinatura Mensal Petrópolis R$ 28,00 Rio e outros R$ 56,00

Assinatura Semestral Petrópolis R$ 152,00 Rio e outros R$ 304,00

Site: www.diariodepetropolis.com.br E-mail: redacao@diariodepetropolis.com.br

Diretoria 2246-3807 Assinatura 2246-3807 Publicidade 2237-7849 Classificado 2246-3807 Redação 2235-7165

Rua Joaquim Moreira 106 Centro - Petrópolis - RJ Cep 25.600-000 CNPJ 02.424.864/0001-66

ABRAJORI - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS JORNAIS DO INTERIOR

As opiniões emitidas em artigos assinados não representam, necessariamente, o pensamento do jornal e são de inteira responsabilidade de seus autores. Da mesma forma, as informações e opiniões nas colunas são de responsabilidade de seus titulares.


DORA KRAMER Malha fina eleitoral

O

presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Ricardo Lewandowski, recebeu ontem (2¨) e encaminha hoje (27) à Procuradoria-Geral da República e aos tribunais regionais eleitorais informações da Receita Federal sobre as doações de pessoas jurídicas e físicas às campanhas eleitorais de 2010. Os dados mais relevantes dizem respeito às doações de pessoas jurídicas: de um universo de 20 mil doadores, quatro mil ultrapassaram o limite permitido por lei que é o de 2% do faturamento bruto da empresa no ano anterior à doação. No caso de pessoas físicas, o limite é de 10% do rendimento bruto do contribuinte. O TSE não revela ainda quais

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

TERÇA-FEIRA, 26 DE ABRIL DE 2011

os candidatos beneficiados, mas sabe-se que na malha fina estão campanhas federais e estaduais - de presidente a governadores, senadores e deputados. Tanto doadores quanto receptores ficam, a partir do momento em que as informações chegarem ao Ministério Público, passíveis de processos. As empresas podem ser multadas no valor equivalente ao mínimo de cinco e ao máximo de 10 vezes a quantia excedente ao permitido por lei. Além disso, podem perder o direito de participar de licitações e de fazer contratos com o poder público pelo prazo de cinco anos Os candidatos beneficiados pelas doações ilegais podem responder a processos por abuso de poder econômico, cuja pena

máxima é a cassação do registro da candidatura e consequente perda de mandato com suspensão do direito de se candidatar por três anos Nos próximos dias, quando as informações já estiverem em poder da Procuradoria-Geral e dos TREs, será possível conhecer os detalhes do material encaminhado pela Receita ao TSE. Os processos judiciais demoram, mas não custa lembrar que recentemente houve punições por abuso de poder econômico com a cassação do mandato de prefeitos, vereadores e governadores. O trabalho conjunto da Receita Federal com a Justiça Eleitoral pode não solucionar definitivamente o problema de ilegalidades nas doações de campanha, mas

de todo modo ao menos cria um espaço crítico para a dissolução do nefasto dogma segundo o qual nesse setor a infração é a mãe da necessidade, todos fazem e, por isso, a prática deve ser aceita. Fogo fátuo - Assunto encerrado: a ideia de se promover uma fusão entre PSDB e DEM está fora de cogitação pelo menos até a eleição de 2012. Depois que o senador Aécio Neves, inicialmente um defensor da fusão, declarou nesta semana que o melhor é preservar a aliança, mas conservar a independência das legendas, o plano foi abandonado e as especulações devidamente desautorizadas. A fusão vinha encontrando pesadas resistências no PSDB, notadamente entre os políticos ligados ao ex-governador José Serra devido à rejeição a uma convivência sob o mesmo teto com o ex-presidente do DEM, deputado Rodrigo Maia, visto como um fator permanente de desestabilização da candidatura Serra durante a campanha presidencial. Havia também problemas regionais que impossibilitariam a parceria de grupos antagônicos,

3

como os dos deputados ACM Neto (DEM) e Jutahy Magalhães (PSDB) na Bahia, do governador Marconi Perillo (PSDB) e do deputado Ronaldo Caiado (DEM) em Goiás e de Onyx Lorenzoni (DEM) e Yeda Crusius (PSDB) no Rio Grande do Sul. Nenhum deles entregaria nem se submeteria ao comando do adversário. Isso, para citar só alguns casos, já levaria a nova formação a iniciar os trabalhos em ambiente de pesados atritos. Nenhuma vantagem, portanto, principalmente para os tucanos cuja crise interna é grave, mas não tão periclitante quanto a situação do DEM. Os democratas, por sua vez, perderiam o tempo de televisão a ser negociado das eleições e, mais importante, estariam abrindo mão do fundo partidário de R$ 12 milhões até 2010 e de R$ 20 milhões para este ano. Soma considerável para ser desprezada assim de uma hora para outra. A desistência do projeto de fusão produz um momento de rara unidade no PSDB que enfrenta uma péssima fase em São Paulo fonte de sua principal força política há 16 anos.

CIDADE

Já são 290 casos de dengue confirmados em Petrópolis

Arquivo

Vinicius Henter

viniciushenter@diariodepetropolis. com.br

Audiência pública discutirá intervenção e licitação Vinicius Henter

O presidente da Comissão de Transporte da Câmara, vereador Dudu (PSDC), anunciou ontem que será realizada no dia 11 de maio (quartafeira), às 19h, uma audiência pública para discutir a situação do transporte coletivo em Petrópolis. Entre os temas que serão abordados, está a intervenção da prefeitura nas viações Esperança, Petrópolis e Autobus, que já dura mais de um ano, e a licitação para o setor, que estava prevista para este mês e ainda não ocorreu. “Tem que haver um plano de gestão melhor para o transporte da cidade. O Seraphin (José Claudino), que é o interventor da Autobus e que disse no jornal que os vereadores não têm nada a ver com a intervenção, vai ser convidado também para prestar conta do que ele fez”, disse Dudu. O vereador cobrou que a licitação seja concluída, argumentando que a Câmara tem um papel importante no processo, já que, após as cobran-

ças da Casa na semana retrasada, “a licitação saiu da gaveta”. Na audiência, a comissão também vai apresentar reivindicações por melhorias no sistema de transporte coletivo. “Por que em Três Rios a passagem é R$ 1,50, em Campos é R$ 1 e em Petrópolis tem que ser R$ 2,50? Vão ter que explicar, prestar conta à população. Se o governo não paga os subsídios, tem que pagar. Se as empresas não pagam o ISS (Imposto Sobre Serviço), têm que pagar. O povo não aguenta mais sofrer”, disse Dudu. Ainda no pronunciamento que deu da tribuna da Câmara, o vereador fez um trocadilho com o nome de uma viação de Teresópolis, afirmando que “é preciso o dedo de Deus para melhorar o transporte na nossa cidade”. Questionado pelo vereador Wagner Silva (PPS) sobre a ambiguidade da declaração, Dudu negou que tenha dado a entender que a empresa da cidade vizinha será a futura prestadora do serviço de transporte em Petrópolis.

Autorizado empréstimo de R$ 157 mi para Região Serrana

As cidades de Petrópolis, Teresópolis, Nova Friburgo, Areal, Bom Jardim, Sumidouro e São José do Vale do Rio Preto serão beneficadas com recursos na ordem de R$ 157 milhões. A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou ontem o projeto de lei que autoriza o poder executivo, autor da proposta, a fazer empréstimo externo com o Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF). A verba será destinada à recuperação das cidades da Região Serrana afetadas pelas chuvas. A proposta foi aprovada com a adição de duas emendas. O texto será enviado ao governador Sérgio Cabral, que terá 15 dias úteis para sancionar ou vetar a proposta. “e urgência porque é importante que estes recursos cheguem o quanto antes à Região Serrana. O governo, sancionada a Lei, tem dois meses para assinar o contrato de em-

préstimo e remetê-lo à Alerj”, afirmou o deputado estadual Bernardo Rossi (PMDB). Integrante da CPI das Chuvas da Alerj, Bernardo comemorou junto com demais membros da comissão que investiga as causas e responsabilidades pelo desastre de janeiro não só a iniciativa do governo estadual em enviar recursos, mas os avanços da CPI. Emenda do deputado Luiz Paulo (PSDB) garante a transparência ao determinar que o governo envie à Alerj, em até 60 dias, o plano de aplicação do recurso nos sete municípios afetados especificando o local, o tipo de investimento, o valor e as datas de inicio e conclusão das obras. Também foi aprovada emenda da deputada Clarissa Garotinho (PR), que prevê o envio à Casa de documentos especificando os locais e os investimentos a serem realizados com o recurso aprovado.

A Coordenadoria de Epidemiologia da Secretaria de Saúde informou ontem que já são 290 casos de dengue confirmados em Petrópolis. Destes, 111 são pessoas residentes em outros municípios. Dos 179 moradores de Petrópolis com dengue, 95 efetuaram deslocamentos para cidades com alto índice de infestação. Para a secretária de Saúde, Aparecida Barbosa, no entanto, o caso está sob controle, e a cidade não apresenta risco de epidemia. Segundo Aparecida, as condições climáticas de Petrópolis aliadas às ações da secretaria fazem com que o município não esteja em uma situação alarmante. Por ser próximo a Magé e de outros municípios da Baixada Fluminense, o Meio da Serra é o bairro com maior concentração de casos confirmados de dengue. “Petrópolis não apresenta índices de epidemia de dengue, nem de que possa ter no ano que vem. Estamos em uma faixa de risco, mas que está muito longe de um índice preocupante. Desde 2006, o número de casos vem aumentando, sim. Mas quanto mais aumenta, mais atacamos com ações de controle”, disse.

Horta, localidade próxima ao bairro Meio da Serra: o bairro tem a maior concentração de infestação da cidade

Ainda segundo a Coordenadoria de Epidemiologia, foram 404 casos notificados no município, sendo 291 moradores de Petrópolis e 113 de outros municípios. De todas as notificações, 87 casos foram descartados e outros 27 aguardam resultado do teste de sorologia. Aparecida anunciou que a secretaria iniciará uma cam-

panha de prevenção, para que a população se conscientize e tome as medidas que acabem com os focos da doença em suas casas. “Nunca tivemos um caso de morte por dengue em Petrópolis. Estamos trabalhando no controle de vetores”, disse Aparecida. Em nota, a assessoria de comunicação da prefeitura informou que a Secretaria

de Saúde “está trabalhando para que os atendimentos à população possam ser proferidos em consonância com as diretrizes estipuladas pelo Ministério da Saúde”. A nota diz ainda que a “Secretaria de Saúde tranquiliza a população e ressalta que já intensificou os procedimentos de combate ao mosquito nos locais com maior incidência da doença”.

do mato, tudo enferrujando. Eu quero ver quem é que vai arcar com essas despesas”, disse Wagner. Gil Magno (sem partido) afirmou que precisou ir ao depósito após uma moto em seu nome ser apreendida. “É impossível localizála. Tem que ir com foice, bota e galocha. É bom o senhor (Wagner) trazer essas informações de indenização e de dano moral que, com certeza, eu vou usar”, disse Gil. Márcio Muniz (PSC) argumentou que se o problema não é resolvido, “não é por falta de espaço”. Ele sugeriu que a PM ou a prefeitura requisitassem as antigas fábricas de Dona Isabel e de São Pedro de Alcântara para que fossem usadas como depósito. “É administração. Alguns entendem, outros não compreendem”, disse Muniz.

Motos apreendidas no depósito: para vereadores, falta cuidado

Depósito do Duarte da Silveira pode gerar processos dos proprietários Vinicius Henter

O depósito de veículos da Polícia Militar, no Duarte da Silveira, foi alvo de críticas na sessão de ontem da Câmara. O vereador Wagner Silva (PPS) afirmou que carros e motos aprendidos pela PM “são abandonados no tempo, ficando completamente destruídos”. A preocupação do vereador é que os proprietários entrem com ações contra a PM, já que uma decisão do Tribunal de Justiça do Rio, em caso semelhante, garantiu o pagamento de indenização ao proprietário de veículo danificado no depósito. “Com certeza aquelas motos e os carros chegam em um bom estado. A multa, a pessoa tem que pagar. Mas a obrigação de manter é de quem apreende. São aproximadamente 90 motos dentro


4

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

56 anos

QUARTA-FEIRA, 27 DE ABRIL DE 2011

Missa D. Teresa.

Dia das mães Após o comercio ter faturado com grandes vendas na semana da Páscoa, agora o comércio começa agitar para as vendas do Dia das Mães que já esta em cima já

Célio Thomaz

Será hoje no Centro do Rio de Janeiro, na Igreja do Carmo a missa de 7º dia da Princesa D. Teresa de Orleans e Bragança, que era irmã de D. Pedro Gastão de Orleans e Bragança e tia da Princesa D. Cristina de

que restam apenas 11 dias, já que o domingo das mães será no próximo dia oito.

celiothomaz@celiothomaz.com.br

Orleans e Bragança.

Livros de Ivna Maluly

Casa Claudio de Souza 1...

Uma tarde dedicada às crianças será realizada no próximo domingo no Barteliê - espaço cultural que funciona dentro do ateliê da artista plástica Tetê Capell, em Ipanema. A escritora e jornalista Ivna Maluly autografará os livros “Cadê seu peito, mamãe?” e “Gabriel e a Fraldinha”, ambos lançados pela Escrita Fina Edições. O evento contará com contação de histórias e oficina de atividades artísticas. Materiais como tesoura, cola, papeis de diferentes texturas, pilot, giz de cera, lápis de cor e massinha serão oferecidos. Para quem não sabe Ivna é filha do casal Maria José e do cardiologista Walter Gabriel Maluly. 

A Casa Claudio de Souza que está sendo toda restaurada desde o final do ano passado em breve será entregue, mobiliada com móveis e pertences que foram de Claudio de Souza, ou seja, mais um Museu. 

Niver de Calmon é Sexta...

Na França...

Em recente almoço, o aniversariante Domingos Baffi e sua mulher Denise, tendo ao lado o casal de médico João Vianney e Claire Tesch, e Célio Thomaz Junior.

Será que com todo o restauro que a Casa Claudio de Souza esta passando, o Silogeu Petropolitano, que lá funciona abrigando as sedes do Instituto Histórico de Petrópolis, da Academia Brasileira de Poesia - Casa de Raul de Leoni, da Academia Petropolitana de Letras e da Academia Petropolitana de Educação poderão continuar se reunindo naquele espaço como se reunia anteriormente com suas reuniões rotineiras e solenidades acadêmicas ? Fica a pergunta no ar... 

Niver de Domingos Baffi... Quem comemorou mais um aniversário ontem foi o estimado médico Domingos Baffi, que comemorou a data com jantar intimo para a família devidamente preparado por sua mulher, a elegante Denise Baffi.

Fazendo um giro de férias pela França os empresários Sonia e Carlos Infante, que não conseguiam curtir um bom período de férias, já que a sua Adega dos Frades que recentemente encerrou as atividades era obrigado a esta sempre por perto sem direito a férias prolongadas. 

Casa Claudio de Souza 2...

Aniversariando na próxima sexta-feira o sempre de bem com a vida José Carlos Calmon, o nosso Calmonzinho que comemorará a data ao lado de sua mulher a Princesa Cristina de Orleans e Bragança. Os nossos parabéns antecipadamente!!!

Trono de Fatima em festa

Sempre aos domingos de maio, dias 01, 08, 15, 22 e 29 acontecerá a Festa anual do Trono de Fátima com iguarias, artesanatos, artigos religiosos e diversas atrações, encerrando sempre com missa as 17 hs. O cume alto das comemorações do mês de maio, será no dia 13, sexta-feira, com romaria saindo do Teatro Mariano até o Trono de Fátima em dois horários as 15:30 hs e 19:30 hs.

Foram vistos...

Fazendo aquela caminhada matinal na pista do Parque de Exposição de Itaipava, o casal amigo Marisa e Renaldo Bussiere que é o tabelião do Cartório do 6º Ofício e Presidente da ANOREG.

Presidente e Filho de Presidente No clique especial desta quarta-feira o ex-Prefeito e Deputado Paulo Rattes que é filho de Ex-presidente do Petropolitano F.C., que completa os seus 100 anos em julho com o Presidente do Centenário do Clube, o médico Arnaldo Rippel

Niver Rosana

Aniversariou no ultimo dia 18 a competente e elegante Desembargadora da Justiça do Trabalho Rosana Salim Villela que comemorou a data ao lado do marido Ricardo e de seus dois filhos. 

Páscoa em Minas...

Quem passou o feriado da páscoa em Minas Gerais onde visitou seus familiares foi o querido médico mineiro e radicado em Petrópolis João Vianney, foi acompanhado de sua mulher a também médica Claire Tesch e da filha Clareana.

APRENDA A FAZER COM

21 MODELOS SUPERCRIATIVOS

LIGUE JÁ ÁGUA MINERAL

Pão francês - R$ 5,99kg (somente no balcão)

Rua Fonseca Ramos, 150

Entrega em domicílios

(24) 2231-0587

Rua Epitácio Pessoa, 100 (atrás dos Correios) Centro - Petrópolis - RJ Tel. 2231-2160

2237-1235

ENTREGAS EM DOMICÍLIO E EMPRESAS QUALIDADE E RAPIDEZ

S JÁ NA ! AS C N A B Direitos Autorais Registro de Músicas Livros Eventos Culturais Agente: Domingos Capistrano Operando no Mercado a 32 anos

Tels.: (24) 2237-3210 (24) 9832-0327 Petrópolis - RJ (22) 9907-4947 Cabo Frio - RJ

APRENDA A FAZER COM

21 MODELOS SUPERCRIATIVOS S JÁ NA ! S A BANC


quaRTa-fEIRa, 27 DE abRIL DE 2011

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS Divulgação

5

geral

Homem apreendido com 500 munições no Independência Fotos: Alan Alonso

Edson Cunha

Sérgio Cabral e prefeitos da região participaram da solenidade

Região Serrana ganha veículos sua reconstrução Por Marcelle Colbert

Mais de três meses depois dos temporais que devastaram a Região Serrana, a solidariedade ainda é a principal ferramenta na reconstrução dos municípios atingidos. Para reforçar o trabalho de desobstrução das estradas e facilitar o transporte da população da região, a ThyssenKrupp Companhia Siderúrgica do Atlântico (CSA) doou 22 veículos às cidades de Areal, Bom Jardim, Nova Friburgo, Petrópolis, Teresópolis, São José do Vale do Rio Preto e Sumidouro. O governador Sérgio Cabral participou da cerimônia de entrega, que aconteceu na manhã de ontem, no Monumento dos Pracinhas no Flamengo, Zona Sul do Rio. - A iniciativa da empresa é uma ação concreta de solidariedade aos municípios. Esses veículos vão ajudar as prefeituras em um momento de reconstrução, que já é realizado pelos governos federal e estadual. O Estado tem uma programação grande de investimentos. Nos próximos meses, sete mil casas serão construídas, obras em encostas serão realizadas e mais pontes serão recolocadas. É um conjunto de ações no valor de mais de R$ 600 milhões em melhorias em infraestrutura, habitação e acessibilidade. O desafio é fazer dessa tragédia uma mudança no paradigma da vida da população na Região Serrana - afirmou Cabral. Ao total foram doados 17 pick-ups e cinco ônibus para as cidades. Petrópolis foi beneficiada com três automóveis. Mustrangi destacou que é de suma importância o ato da CSA, já que as regiões atingidas pelas chuvas ainda requerem atenção especial. “Quero agradecer a CSA

e ao governo estadual, na pessoa do governador Sergio Cabral, por mais esse gesto de solidariedade. Temos ainda muito trabalho para realizar nas regiões afetadas pelas chuvas. Os veículos doados chegaram em boa hora e tenho certeza que serão muito úteis. O governo municipal está presente nas áreas atingidas desde do primeiro momento da tragédia e, com muito trabalho, estamos atendendo a toda população. Vale lembrar que determinei que o Comitê de Ações Emergenciais realize semanalmente reuniões para dar maior agilidade nos trabalhos de recuperação de todos os locais prejudicados e tenho certeza que vamos recuperar todos os locais em um curto espaço de tempo”, disse Mustrangi. O governador Sérgio Cabral e o vice-presidente da CSA, Rodrigo Tostes, entregaram as chaves simbólicas dos veículos aos prefeitos de Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo.

Cabral entrega relatório a Dilma De acordo com informações do Governo do Estado, amanhã o governador Sergio Cabral e o vice-governador e secretário de Obras, Luiz Fernando Pezão, entregarão para a presidente Dilma Rousseff um relatório com os danos que as chuvas de janeiro causaram às sete cidades da Região Serrana Entre os planos do Estado do Rio de Janeiro, estão a construção de mais de seis mil imóveis, a reconstrução de 195 pontes, a recuperação de 400 encostas e a dragagem dos rios da região.

Cesta de compras em Petrópolis volta a subir O custo da cesta de compras da cidade de Petrópolis aumentou 2,83% em março de 2011. Por isso, o valor médio da cesta passou de R$ 426,44 em fevereiro, para R$ 438,52 em março. No ano, a alta foi de 5,83% e nos últimos doze meses, a taxa ficou fixada em 10,91%. O levantamento foi coordenado pelo SICOMÉRCIO (Sindicato do Comércio Varejista de Petrópolis) em parceria com a FecomércioRJ, entre os dias 01 e 31 de março de 2011. O grupo Alimentação, que tem o maior peso na Cesta de Compras, apresentou aumento de 3,18%. Artigos de Limpeza e Higiene Pessoal subiram 0,38%. Em fevereiro, essas variações haviam sido de -0,47% e de -1,23%, respectivamente. No mês, os itens que mais subiram de preço foram: cebola (71,16%), batata (59,29%), ovo de galinha (19,68%) e tomate (18,74%). Em contraposição, banana prata foi o alimento que mais reduziu de preço (-5,09%), seguida pelo feijão (-4,33%)

e pela carne bovina de primeira (-4,05%). Neste ano de 2011, foi registrada alta média de 5,83% no custo geral da Cesta de Compras consumida pelas famílias de Petrópolis. O índice ficou acima da taxa registrada em igual período do ano passado, quando os preços subiram 4,31%. As famílias que recebem, mensalmente, de 3 a 5 salários mínimos, também, apresentaram maior aumento acumulado de custos, com alta média de 6,93%. Tomate foi o produto que mais subiu de preço ao longo destes três meses (156,14%), seguido pela cenoura (86,66%), laranja pêra (67,70%) e cebola (66,24%). De maneira inversa, tem-se feijão com maior redução do período (-8,49%), seguido pelas carnes de segunda (-8,01%) e de primeira (7,83%). Considerando os últimos doze meses, apurou-se alta de 10,91% no custo geral da Cesta. No mesmo período do ano passado, a taxa foi de 4,59%.

Uma denúncia anônima levou uma equipe da P2 (Serviço Reservado) da Polícia Militar, a apreender na tarde de ontem, um homem e pelo menos 500 munições de vários calibres de uso exclusivo das Forças Armadas, em uma casa na Rua Cacilda Becker, no bairro Alto Independência. O caso foi registrado na 105ª Delegacia de Polícia, no Retiro. Segundo os policiais que participaram da operação, o homem que estava com a grande quantidade de munição, na maioria calibres .30, 45 e 9 milímetros, de uso exclusivo das Forças Armadas, disse que recebeu o material de seu antigo patrão, um oficial já falecido do Exército Brasileiro. Ainda de acordo com a P2, o detido contou aos policiais que a determinação do oficial, era para seu empregado sumir com o material, fato confirmado pela esposa do militar, que mora em uma residência na Avenida Piabanha. A grande quantidade de munição estava guardada na casa do pedreiro há pouco tempo.

Segundo a polícia, o material apreendido pode estar avaliado em pelo menos R$ 5 mil

Já o sargento Back, da P2, lembrou que a munição em mãos erradas poderia causar um grande estrago. “O detido não esboçou reação e de prontidão entregou todo o material”, contou. A esposa do detido disse que seu marido trabalhou na casa do oficial do Exército por cerca de seis anos e que caiu

de ‘gaiato’ nesta história. “Nós somos evangélicos e ele (marido) ainda é muito inocente”, lembrou. No entanto a mulher fez questão de elogiar o trabalho da polícia, apesar de seu marido ter sido detido, e disse que operação com este objetivo tem que ser feita sempre. “Eles nos trataram com muita

educação. A polícia tem que tirar armas e munições das ruas mesmo”, elogiou, lembrando que seu marido sequer sabe manusear uma arma. O homem prestou depoimento na 105ª DP. Em levantamento extraoficial, a P2 acredita que o material apreendido esteja avaliado em cerca de R$ 5 mil.

Polícias Civil e Militar realizam blitz A Polícia Civil, com o apoio da Polícia Militar, realizou ontem, nos dois sentidos da Avenida Barão do Rio Branco, em frente à 105ª Delegacia, mais uma operação “Duas Rodas”. Desta vez, além de vistoriar motocicletas os agentes também estavam atentos a carros e caminhões que passavam pela via. No total, quatro veículos foram apreendidos por documentação irregular. Na segunda-feira, outra blitz da PM, com o auxilio do Detran/ RJ, ocorreu no Valparaíso e Centro Histórico, com mais de 10 motos apreendidas. De acordo com a Polícia Civil, além de impedir o uso de motocicletas sem a documentação adequada ou o condutor sem habilitação, a operação também tinha como objetivo inibir os bandidos que praticam crimes com o auxilio das motocicletas,

O objetivo da operação é apreender motocicletas irregulares

como saidinhas de banco e roubo a pedestres. Também eram procuradas armas e drogas e veículos roubados ou furtados. A blitz começou 9h e terminou por volta de 13h30. Desta vez, ao contrário do que aconteceu nas últimas operações, o Detran não pôde participar da ação. Por causa

Continua investigação sobre assalto em Corrêas A Polícia Civil continua investigando o assalto à casa de um corretor de seguros, no Castelo São Manoel, em Corrêas, no último sábado. Os agentes aguardam o laudo do Instituto Félix Pacheco (IFP), que periciou o veículo roubado durante o crime e abandonado no dia seguinte, no qual teriam sido retiradas amostras de digitais que podem ser dos criminosos envolvidos no assalto. O laudo deve ficar pronto em até 30 dias. Mas, apesar disso, policiais que acompanham o caso estão em busca de outras pistas dos suspeitos. O crime ocorreu por volta de 23h. Três homens armados invadiram a casa e fizeram uma família refém por cerca de duas horas. O corretor, que tem 26 anos, teria sido agredido, assim como o sogro dele. Os bandidos fugiram levando o carro, uma Parati, sete celulares, quatro notebooks e uma pequena quantia em dinheiro.

De acordo com o depoimento de uma das vítimas à polícia, os três criminosos, que estavam encapuzados, entraram na casa, que fica na Rua Mercedes, pela janela. Além do corretor e do sogro dele, uma mulher também estava no imóvel no momento da invasão, mas não teria ficado machucada. Eles amarram e amordaçaram as vítimas enquanto vasculhavam a residência. Os dois homens vítimas teriam sido agredidos para informar onde estavam o dinheiro e os objetos de mais valor. Na manhã de segundafeira, policiais militares receberam uma denúncia informando que um carro, com as mesmas discrições do levado pelos bandidos no assalto, havia sido abandonado na Rua Henrique João da Cruz, no Boa Vista. Eles foram até o local e, por volta de 11h, constataram que o veículo era mesmo o roubado.

disso, quem fez o transporte das motocicletas foi a Polícia Militar, que por não ter um veículo adequado, transportou um número reduzido de veículos irregulares. A operação Duas Rodas é uma determinação da chefe de Polícia Civil do Rio de Janeiro Marta Rocha. Há duas semanas, outra operação

como esta aconteceu também na Avenida Barão do Rio Branco, e, no início do mês, na Ponte Branca, em Corrêas, e na Estrada José Carneiro Dias, no Samambaia. Em cada blitz 200 veículos foram vistoriados. Todos os veículos continuam sendo levados ao depósito de Duque de Caxias. Atualmente, os carros e motos que foram apreendidos e não foram resgatados pelos donos, nem leiloados, estão no depósito do Duarte da Silveira. Mas, por se tratar de uma área da reserva biológica do Tinguá, o Ministério Público Federal proibiu o funcionamento do local e pediu providências à prefeitura, que começou a leiloar parte da frota, mas ainda não providenciou outro terreno. Por isso, qualquer veículo apreendido, agora, deve ser levado a Caxias.

Cinco vão parar na DP por receptação de moto Cinco pessoas, entre elas um menor de 17 anos, foram levadas, na noite da última segunda-feira, para a 105ª Delegacia suspeitos de cometer o crime de receptação, ou seja, comprar ou adquirir produto de furto ou roubo. Dois deles foram encontrados na Rua Francisco Scali, no Quissamã, com uma motocicleta Honda NXR Bros, cor azul, que havia sido furtada em dezembro do ano passado, na Mosela. Agentes da Polícia Militar fizeram uma ronda pelo bairro para tentar encontrar o vendedor da moto e acabaram localizando outros três suspeitos de estarem envolvidos na receptação. Apenas um deles, de 18 anos, o que pilotava o veículo, ficou preso. Ele já tinha mais de 20 passagens pela polícia. Os outros prestaram depoimento e foram liberados em seguida. De acordo com o registro de ocorrência, os policiais estavam em patrulhamento de rotina, no Quissamã, quando, por volta de 22h, viram dois homens em uma motocicleta sem placa, e suspeitaram da atitude deles. Na abordagem,

os agentes decidiram verificar os dados do veículo e acabaram descobrindo o furto. O menor, que estava na garupa da Bros, informou que havia comprado a moto em março deste ano, por R$ 1.200 mil e não sabia que ela era furtada. O homem que pilotava alegou que conduzia o veículo apenas a pedido do menor e que também não tinha conhecimento do furto. Mas, apesar disso, ficou preso. Logo após, os policiais pediram apoio aos agentes do Grupamento de Ações Táticas (GAT) e, com informações dos dois primeiros suspeitos, fizeram rondas pelo bairro para tentar encontrar quem vendeu a moto para o menor. O homem indicado por ele não foi encontrado, mas outras três pessoas, com idade entre 21 e 45 anos, suspeitas de envolvimento no furto foram levados à delegacia. Ninguém confessou o crime. O homem de 18 anos que ficou preso já tinha mais de 20 passagens pela polícia, a maioria por furto e formação de quadrilha.


6

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

quaRTa-fEIRa, 27 DE aBRIL DE 2011

Agenda Cultural

INSTITUTO OMAR CARDOSO

HORÓSCOPO Áries - (21/03 a 20/04) A lua e a posição de mercúrio favorecerão a vida amorosa, as atividades criativas e as artes. Sentimentos fortes e sintonia afetiva com a pessoa amada permitirão um perfeito entendimento, com a possibilidade de surgirem novos planos para o futuro. Touro - (21/04 a 20/05) Momento em que terá muito sucesso ao tratar com autoridades civis e na solução de seus problemas profissionais, financeiros e pessoais. Fará poucas amizades, mas será bem sucedido. Êxito religioso.

Gêmeos - (21/05 a 20/06) Excelentes influências para desenvolver suas atividades de modo geral. Aproveite, pois está é a melhor fase para progredir profissional, social e materialmente. Êxito romântico e sentimental. Bom para jogar na loteria.

Câncer - (21/06 a 22/07) Muita harmonia familiar, conjugal e na vida sentimental e amorosa está prevista para você neste dia. Muito favorável também, aos negócios, as especulações e as novas empresas. Contatos pessoais bem sucedidos.

Leão - (23/07 a 22/08)

Sua probabilidade de êxito material serão aumentados hoje. Por outro lado, deverá prosperar no campo profissional e social, e poderá conseguir o que pretende na vida artística. Bom para passeios, diversão e saúde. Virgem - (23/08 a 22/09) Todos os esforços que têm empreendimento no sentido de se elevar e prosperar profissionalmente e socialmente se farão sentir com maior força neste dia. Analise e verá quanto progrediu e prosperou.

Libra - (23/09 a 22/10) Aproveite a influência astral deste dia para conhecer o maior número possível de pessoas. Prepare-se para enfrentar uma crise de ciúmes da pessoa amada. Este será o período de você repensar suas atitudes e de decidir o que realmente deseja em relação aos envolvimentos.

 Escorpião - (23/10 a 21/11) Este é um bom período do ano para você começar ou levar avante negócios e empreendimentos monetários. Os presságios para esta fase são mais promissores para empréstimos, realização de negócios lucrativos, compra e venda, de objetos e imóveis. Sagitário - (22/11 a 21/12)

Pessoas conhecidas estão propensas a colaborar com seus projetos e aprimorar suas ideias originais. Receberá informações úteis e promissoras. Dia feliz para a vida amorosa. Extrema dificuldade no seu relacionamento com as coisas do cotidiano.

 Capricórnio - (22/12 a 20/01) Procure agir de forma dinâmica e com mais tato, sem impor sua autoridade. Você têm gênio forte e nem sempre os outros aceitam. A pessoa amada está merecendo maior atenção da sua parte. No trabalho, aja com mais vontade. Aguarde notícias inesperadas e benefícios.

Aquário - (21/01 a 19/02)

Momento que terá êxito em lugares de educação e ensino de jovens e crianças. Conseguirá, também, ótimos resultados em novos empreendimentos, terá felicidade matrimonial, familiar e amorosa. Mente fértil e ótimas ideias.

 Peixes - (20/02 a 20/03) Momento com possibilidades só nos assuntos da profissão. Não será bem sucedido em outra empresa que já não tenha sido iniciada. No campo conjugal e, mesmo sentimental, procure ser cauteloso. Evite discussões e preocupações desnecessárias.

Aposentado Pensionista

INSS

EMPRÉSTIMO CONSIGNADO TAXAS SUPER ESPECIAIS!

SEM SAIR DE CASA, SEM BUROCRACIA

NÃO TEM CONSULTA SPC E SERASA

Ligue já!

(11) 3504-8484 Crédito somente para aposentados e pensionistas do INSS. Com juros de 2,34% ao mês em até 60meses. Crédito sujeito a margem disponível.

marciosalerno@diariodepetropolis.com.br

Especial

Alberto Dines fará palestra sobre Stefan Zweig hoje

Fotos: Divulgação

Márcio Salerno

Hoje, às 19h, acontece a palestra “Stefan Zweig Vive”, com o jornalista e escritor, Alberto Dines, presidente da Casa Stefan Zweig (Petrópolis), e o professor e escritor Deonísio da Silva compartilharão a palavra num evento que marcará o encerramento da exposição “Stefan Zweig Vive”. Eles falarão sobre o passado, o presente e o futuro que foram, são e serão marcados pela escrita e pelas escolhas do grande escritor austríaco, Stefan Zweig. Evento realizado em parceria com a Universidade Estácio de Sá. O evento acontece no Teatro Afonso Arinos do Centro de Cultura e na Sala Humberto Mauro, mesmo local, com transmissão simultânea entre os dois espaços. A censura é livre e a entrada, franca. Segundo Dines, “a ideia de comprar a casa onde Zweig morou e morreu é do jornalista carioca Raul Azevedo, veiculada no ‘Correio da Manhã’ dias depois da morte do escritor, em fevereiro de 1942. O projeto tem quase 70 anos. O imóvel foi comprado e já foram concedidas todas as licenças para

Alberto Dines fala sobre a importância de Stefan Zweig hoje à noite

restaurá-lo e fazer os indispensáveis acréscimos”. “Petrópolis é das cidades brasileiras que está mais ligada à memória de Zweig, mas ele continua na pauta nacional – tanto literária como política. A editora gaúcha LP&M está editando sua obra completa em formato de bolso. Há dois anos a Casa Stefan Zweig, em parceira com a Biblioteca Nacional, editou um livro bilíngüe ‘Stefan Zweig no País do Futuro’. A 3ª edição da biografia que escrevi, ‘Morte no Paraíso’, já está quase esgotada e imagino que a Editora Rocco vá reeditála. E tenho a certeza de que

ao longo deste ano de 2011, quando se comemorarão os 70 anos de publicação de ‘Brasil, um Pais do Futuro’, haverá eventos oficiais”. O projeto do Museu Stefan Zweig continua em frente. “Pretendemos inaugurar a primeira fase neste ano. Ela consiste em restaurar a sua aparência e dimensões originais, bem como construir um acesso ao topo do terreno. Com isso já poderemos ter, no final deste ano, uma sede para abrigar nosso acervo documental e disponibilizá-lo aos pesquisadores, além de instalações para promover eventos e mostras”, afirma Dines.

Moda

Glória Kalil fala como se vestir bem hoje à noite no Dom Pedro

Hoje, às 20h, a estilista Glória Kalil faz uma palestra sobre moda no Theatro D. Pedro. A cnsura é livre, os ingfressos sam a R$ 80. Estudantes, idosos e clientes Kappaun’s (com compras efetuadas nos últimos 12 meses), pagam R$ 40. O evento acontece em comemoração aos 25 anos da Kappaun’s e a estilista falará sobre os rumos da moda e a relação entre a indústria, o varejo e o consumidor. A estilista vai mostrar para os empresários da moda petropoliana, as características, exigências e os valores que os consumidores estão buscando. A consultora recorre a fundamentos históricos e comportamentais para definir todos os pontos sobre o tema. Na ocasião, Gló-

A estilista sobe a serra para falar sobre os rumos da moda

ria também vai explicar porque, pressionada pela concorrência interna e externa e pelas exigências do consumidor, a indústria

brasileira está em constante modificação. A intenção é mostrar como aproveitar essas mudanças para fazer crescer o negócio.

Especial

Revista em quadrinhos sobre câncer de mama será lançada no A. Arinos A revista “Multiplica Replica” será lançada oficialmente hoje, a partir de 9h, no Teatro Afonso Arinos do Centro de Cultura Raul de Leoni. O projeto tem por objetivo distribuir material lúdico e educativo sobre a saúde da mama e o câncer de mama em formato de história em quadrinhos. A revista será uma ferramenta para educadores de dez escolas públicas da cidade de Petrópolis. A ideia é propiciar aprendizagem contextualizada sobre a saúde da mama, desenvolver o pensamento crítico e auxiliar a identificar situações que indicam um alerta ao câncer de mama. Em Petrópolis foram diagnosticados 115 novos casos de câncer de mama em

RIO – Censura livre – Horários: 15h, 17h e 19h todos os dias, exceto 2ª feira – Sessão extra sexta e sábado, 21h ‘Rio’ é uma aventura cômica em uma das cidades mais lindas do mundo. Blu é uma ararinha domesticada que nunca aprendeu a voar, e vive pacatamente com sua dona e melhor amiga, Linda, na pequena cidade de Moose Lake, Minnesota. Blu e Linda acreditam que ele seja o último de sua espécie, mas quando descobrem a existência de outra arara que mora no Rio de Janeiro, partem em busca da longínqua e exótica terra para encontrar Jade, a única fêmea da espécie. Pouco depois de sua chegada, Blu e Jade são sequestrados por um grupo de atrapalhados contrabandistas de aves. Ingressos: terças e quartas ingresso promocional a R$ 6 para todos (exceto feriados). Preço de ingressos as quintas e sextas - inteira R$ 14 e meia R$ 7. Preço de ingressos aos sábados e domingos - inteira R$ 16 e meia R$ 8. CINE BAUHAUS R. Dr. Nelson de Sá Earp, 89 Shopping Center Bauhaus Centro SALA 1 JOGO DE PODER – Censura 12 anos – com Naomi Watts – Horários: 14h30 Baseado nas memórias de Valerie Plame, uma agente da CIA que teve sua carreira destruída e seu casamento levado até o limite quando sua identidade secreta é revelada por motivos políticos, por um gabaritado jornalista de Washington. Valerie foi a responsável por conduzir a investigação sobre a existência de armas de destruição em massa no Iraque, para justificar a invasão americana ao país. Após seu marido, o diplomata Joe Wilson, escrever um editorial para o The New York Times, sua vida e de seus contatos é colocada em extremo perigo, levando sua carreira à ruína e sua vida pessoal ao colapso. DESCONHECIDO – Censura 14 anos – com Liam Neeson – Horários: 16h30, 18h45 e 21h15 TOP CINE HIPERSHOPPING ABC Rua Teresa, 1415 / 2º piso Alto da Serra – Petrópolis Cine Fone: (24) 2249-9900 www.cinemaxx.com.br RIO – Censura livre – Horários: 14h30, 16h30, 18h30 e 20h30 - 2ª feira – dia 25 – não haverá sessão

Os personagens da revista, que explica fatos sobre o câncer de mama

2009 e 112 em 2010. Os números são do CTO - Centro de Terapia Oncológica, onde as mulheres realizaram o tratamento e, portanto, não são dados definitivos da cidade, pois existe um número considerável mulheres que se tratam fora do município. A revista é resultado de um projeto patrocinado pelo

Programa de Incentivo a Projetos Comunitários Susan G. Komen e do Instituto Internacional de Educação e que tem como parceiros o CTO – Centro de Terapia Oncológica, APPO – Associação Petropolitana dos Pacientes Oncológicos, Prefeitura Municipal de Petrópolis e Secretaria de Educação.

Festa para a 3º Idade será atração em baile que acontece em Itaipava Hoje, às 15h, acontece mais uma edição do projeto “Baile da Feliz Idade”, desta vez na Estação Pedro do Rio, Estrada União & Indústria, 19.574, Itaipava. Censura livre, entrada franca. Quem anima a festa é a

CINE ITAIPAVA Est. União & Indústria, 11.000 - Itaipava

banda Toque & Requinte. Trata-se de um tradicional baile, direcionado às pessoas acima de 55 anos. Sempre destacando apresentações especiais de bandas peUma festa especial para a Melhor Idade, amanhã tropolitanas.

SALA 2 HOPE – rebelde sem páscoa – Censura livre – com Russell Brand – Horários: 14h50, 16h50, 18h50 e 20h50 - 2ª feira – dia 25 – não haverá sessão Júnior era um coelho que adorava tocar bateria e queria conhecer o mundo,

mas seu pai deseja que ele dê continuidade à tradição de tornar-se o Coelho da Páscoa, seguida a quatro mil anos. Júnior até estava pensando em se deixar convecer pela ideia, mas um dia, em Hollywood, acabou atropelado por Fred e sua vida mudou. No meio de gente famosa, seu sonho de viver de rock’n roll veio á tona novamente e agora ele vai ter que se virar para driblar da família porque seu pai contratou as poderosas Boinas Rosas para resgatá-lo. TOP CINE HIPERSHOPPING MERCADO ESTAÇÃO Rua Paulo Barbosa, 310 / 1º piso Centro - Petrópolis Cine Fone: (24) 2249-9900 www.cinemaxx.com.br SALA 1 RIO – Censura livre – Horários: 14h30, 16h30, 18h30 e 20h30 - 2ª feira – dia 25 – não haverá sessão SALA 2 PÂNICO 4 – Censura 14 anos – com Neve Campbell – Horários: 14h40 e 18h50 2ª feira – dia 25 – não haverá sessão Sidney Prescott está de volta a sua cidade natal, Woodsboro, onde sobreviveu a uma série de terríveis assassinatos. Uma vez lá, ela reencontra o xerife Dewey e a jornalista Gale, agora casados, e também a prima Jill. Mas enquanto a cidade comemorava o aniversário dos crimes, novos assassinatos começam a acontecer e o retorno de Ghostface, o assassino da máscara, parece ser uma nova realidade para a cidade que novamente entra em pânico. VOVÓ ZONA 3: tal pai, tal filho – Censura 12 anos – com Martin Lawrence – Horários: 16h50 e 21h - 2ª feira – dia 25 – não haverá sessão O jovem Trent só queria saber de se tornar um rapper, mas seu padrasto, o agente do FBI Malcolm tem planos mais ambiciosos para ele. Só que o rapaz atrapalhou uma investigação e acabou testemunhando um assassinato. Agora, os dois precisam encontrar um importante pen drive para botar o tal criminoso na cadeia, mas o arquivo está escondido numa escola de artes cênicas somente para garotas. Chegou a hora de Vovózona entrar em cena e, agora, acompanhada de sua sobrinha-neta Charmaine. SALA 3 A GAROTA DA CAPA VERMELHA – Censura 12 anos – com Amanda Seyfried – Horários: 15h, 17h, 19h e 21h - 2ª feira – dia 25 – não haverá sessão Idade Média. Valerie é uma jovem que vive em um vilarejo aterrorizado por um lobisomem. Ela é apaixonada por Peter, mas seus pais querem que se case com Henry, um homem rico. Diante da situação, Valerie e Peter planejam fugir. Só que os planos do casal vão por água abaixo quando a irmã mais velha de Valerie é assassinada pelo lobisomem que ronda a região.

Filmes na TV ZOANDO NA ESCOLA – SBT – 17H45 – COM LUKE EDWARDS - pequeno Billy enfrenta Joe, o maior valentão da nova escola, que o desafia a comer 10 minhocas em um só dia. Esquecendo que seu estômago poderia não “suportar” o cardápio, Billy arrisca tudo para conquistar o respeito dos novos colegas!!


quaRTa-fEIRa, 27 DE abRIL DE 2011

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

7

economia

Ministro diz que mundo vive surto inflacionário Daniel Lima/ABr

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse ontem que o governo brasileiro tem conseguido manter os índices de inflação sob controle bem mais do que outros países em desenvolvimento, como a Rússia e a Índia, que acumularam inflações de 9,4% e 8,8%, respectivamente, em 12 meses, de acordo com resultado apurado em março. Para Mantega, a situação do Brasil mostra que o país “não está mal na foto mundial”. O ministro participou hoje da primeira reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômica e Social de 2011, que contou com a presença da presidenta Dilma Rousseff e de outros integrantes do governo, além de empresários. Ele defendeu a política econômica do governo para reduzir o déficit público, a inflação e o consumo e manter o crescimento da economia em torno de 5% nos próximos anos. Para Mantega, o problema da inflação é global, pois o mundo está vivendo um surto inflacionário, com forte pressão do preço das commodities. Ele apresentou, na reunião, dados que mostram que, nos últimos

12 meses, os preços das commodities, sem os alimentos e os produtos do setor industrial, aumentaram 37,8%. No caso dos alimentos, o reajuste chegou a 43,2% e, das commodities industriais, a 32,5%. Para Mantega, o problema das commodities é mundial e preocupa, mas o governo não pode fazer muita coisa a não ser definir ações para evitar a contaminação dos preços internamente. “Por isso, é importante tomar medidas. Devemos usar todas as armas para combater a inflação: sejam elas monetárias ou fiscais”, disse. De acordo com ele, entre as razões para a alta do preço das commodities estão a influência de fatores climáticos, como a seca e a chuva, e o aumento do consumo de alimentos em países em desenvolvimento. Outro problema apontado pelo ministro é a crise no Oriente Médio, que, segundo ele, causa problemas no preço do petróleo, além da especulação financeira. O ministro criticou, ainda, a “política monetária frouxa” dos países desenvolvidos que tiveram de abrir mão de uma série de medidas de controle para enfrentar os efeitos da crise financeira.

CNI defende equilíbrio em benefícios fiscais a importados Ivan Richard/ABr

O atual modelo de tributação da alíquota interestadual do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) tem provocado distorções e prejudicado a produtividade da indústria do país, afirmou ontem o gerente de política econômica da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Flávio Castelo Branco. Para a CNI, é preciso rever a concessão de benefícios fiscais concedidos pelos estados para os produtos importados como forma de melhorar a competitividade dos produtos nacionais. “Do ponto de vista de indústria, a concessão de benefício causa assimetrias e distorções que prejudicam a produtividade da indústria e causa grandes prejuízos. Há uma demanda muito forte de diversos segmentos da indústria para essa eliminação de foco de distorção”, afirmou Castelo Branco, durante audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado. Apesar de ver como a

positiva a proposta sugerida pelo secretário executivo do Ministério da Fazenda, Nelson Barbosa, de redução gradual do ICMS interestadual para os produtos importados, dos atuais 12% para 2% até 2014, Castelo Branco defendeu que a alíquota do imposto seja de 4%. “Com isso, mantemos o interesse da arrecadação por onde a mercadoria é importada, mas direcionamos gradativamente o produto de arrecadação para o estado de consumo. Do ponto de vista da proposta do secretário, vemos como positiva a possibilidade de avançarmos no questionamento das questões tributárias”, argumentou. Castelo Branco acredita que uma reforma “fatiada’’ seja o método mais eficaz para melhorar a atual situação tributária do país. “A CNI já ajuizou uma série de Adins [ações diretas de Inconstitucionalidade] questionando as legislações estaduais. Mas esse é um processo lento. No âmbito do Sendo, pode ser muito mais eficiente e eficaz para eliminar essa distorção”, afirmou.

Dicas para não perder tempo na declaração do IR 2011

Três dias. Esse é o prazo que falta para o término da temporada da Declaração de Ajuste Anual do IR 2011. Como ocorre normalmente, uma boa parte dos contribuintes deixou para os últimos dias para cumprir com a obrigação fiscal, o que pode causar congestionamento no sistema da Receita. Apesar da correria do final do prazo, quem ainda não acertou as contas com o leão deve “arregaçar as mangas” e tentar fazê-lo o mais rápido possível. A não prestação de contas pode acarretar diversos transtornos ao contribuinte, que fica em situação pendente na Receita e pode ter o CPF cancelado. Para não perder mais tempo Atenção a algumas dicas, que podem ajudá-lo a cumprir com essa obrigação e a evitar

erros, que podem levar à retenção da declaração na malha da Receita. 1 – Separe todos os documentos necessários – tenha em mãos informes de rendimentos, comprovantes de despesas médicas e hospitalares, recibos de educação, informações sobre dependentes, enfim, todos os documentos que devem ser informados na declaração. A falta deles pode atrasar ainda mais a prestação de contas. 2 – Cuidado ao preencher informações numéricas – o programa NÃO considera o ponto como separador de centavos. Dessa forma, se, em qualquer campo de valor, for digitado 1234 ponto 56, será considerado R$ 123.456. Assim, use vírgula para separar os centavos. 3 – Confira se existem pendências antes de enviar o

documento – o próprio programa da Receita permite que você verifique se existem pendências, identificando erros e avisos que também podem ser corrigidos pelo programa. É importante fazer a verificação, pois os erros, por exemplo, são inconsistências graves que impedem a gravação do documento e o envio da declaração para a Receita. 4 – Procure enviar a declaração fora do horário comercial - horários fora do expediente comercial e finais de semana são, tradicionalmente, mais tranquilos para o envio da declaração, já que a maioria dos contribuintes cumpre com a obrigação no horário de trabalho. 5 – Não deixe para os últimos dias – a tendência é que, daqui

para a frente, o número de declarações enviadas aumente diariamente. Segundo o supervisor do IR, os dois últimos dias devem ser os mais procurados pelos contribuintes. – Atenção ao horário de entrega – o contribuinte obrigado a entregar tem até as 23h59min59seg do dia 29 de abril para cumprir com a obrigação fiscal. Entregas com atraso estão sujeitas à multa mínima de R$ 165,74, podendo chegar à máxima de 20% do imposto devido. Declarações entregues em disquete devem seguir o horário de expediente dos bancos (CEF e BB). 7 – Tenha um plano B – todos estão sujeitos a um problema na internet; assim, tenha um plano B, caso fique impossibilitado de enviar a declaração pela rede.

Nelson Barbosa quer reforma tributária com redução do ICMS Ivan Richard/ABr

O governo federal quer que a proposta para redução gradual do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS )sobre os produtos importados, apresentada ontem (26) no Senado pelo secretário executivo do Ministério da Fazenda, Nelson Barbosa, entre em vigor já a partir de janeiro do ano que vem. Barbosa ressaltou a necessidade de se iniciar, de imediato, a redução do tributo como forma de incentivar a indústria nacional, aumentar a competitividade dos produtos brasileiros e diminuir a guerra fiscal entre os estados. “Estamos em uma situação de acirramento na questão do câmbio e taxa de juros. Vários fatores que contribuem para a competitividade dos produtos brasileiros. Achamos que o ICMS sobre as importações, devido a urgência da necessidade, deveria avançar logo. Quando eu digo avançar logo é tomar uma decisão agora que vai começar a ter efeito em 1º de janeiro de 2012, para dar tempo aos estados de se planejar”, afirmou Barbosa. Diante da sugestão de senadores e secretários de Fazenda estaduais, o secretário

Nelson Barbosa, secretário executivo do Ministério da Fazenda, ressalta a necessidade da redução do tributo

executivo do Ministério da Fazenda admitiu, inclusive, rever a proposta do governo, de reduzir o ICMS para 2%. “A alíquota de 2% ainda dá um incentivo significante para o estado, mas podemos discutir isso. Não podemos fazer uma transição em 12 anos, como sugeriu o secretário de Fazenda do Espírito Santo. Podemos discutir qual é a alíquota final, não importa

se 2%, 3% ou 4%, mas achamos que a transição tem que ser rápida, em três anos, até 2014”, enfatizou. Barbosa disse ainda que o governo pode, na esteira da reforma tributária “fatiada” sugerir a diminuição do ICMS sobre produtos considerados prioritários, como alimentos, remédios e energia. “Pensamos, talvez, que seja esse seja um rotei-

ro possível e efetivo para começar a discussão, com o ICMS sobre as importações, discutir o ICMS sobre tudo e, na sequência, discutir o ICMS sobre alguns produtos específicos”, argumentou. “O ICMS é uma legislação estadual, mas tem seus limites fixados pelo Senado, como por exemplo, energia, alimentos e remédios, que são produtos prioritários.


8

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

quaRTa-fEIRa, 27 DE abRIL DE 2011

SAúdE

região atingida pela chuva ainda tem muito trabalho

Passados mais de três meses da tragédia que devastou a Região Serrana, muitas pessoas continuam desalojadas e desabrigadas em Petrópolis e muito trabalho ainda está sendo realizado para a limpeza e reconstrução das áreas atingidas, especialmente o Vale do Cuiabá. Ao contrário de Nova Friburgo, em Petrópolis não faltam alimentos para as famílias que perderam tudo, inclusive, ainda estão previstos o recebimento de mais donativos, segundo afirma a assessoria de comunicação da prefeitura. A Secretaria de Trabalho Assistência Social e Cidadania (Setrac) informa que, somadas todas as ocorrências, existem cerca de 7.063 pessoas desalojadas e 163 desabrigadas. Foram confirmados, também, 73 óbitos. Até o momento 878 aluguéis sociais foram liberados, com liberação imediata do benefício para 16 famílias da região de Corrêas, atingida pelas chuvas no período anterior ao carnaval. O aluguel tem o valor de R$ 500 com duração de 12 meses. Além disso, 35 famí-

lias permanecem alojadas no Centro de Treinamento dos Correios, cedido ao governo municipal para receber as vítimas das chuvas de janeiro. O espaço conta com dois prédios com 40 apartamentos, sala de estudos, cozinha industrial, lavanderia, refeitório e amplo espaço para área de lazer, numa área total de quatro mil metros quadrados. O levantamento de recuperação as áreas afetadas ainda está em andamento e sendo elaborado em conjunto pelo município e o estado, segundo informações da Secretaria de Planejamento e Urbanismo. O Instituto Estadual do Ambiente (Inea) está promovendo um estudo para definir a nova Faixa Marginal de Proteção ao longo do Vale do Cuiabá, localidade mais atingida pela inundação do Rio Santo Antônio. Também está sendo levantada a possibilidade de ampliar até o Cuiabá o projeto Parque Orla do Santo Antônio passíveis de ocupação, ou seja, as áreas que poderão e as que não poderão voltar a ser ocupadas.

AVISOS E EDITAIS

pmp apresenta novo sistema de comunicação de emergência A Prefeitura de Petrópolis apresentou ontem o Sistema Municipal de Radioamador de Emergência que será utilizado no município pelos integrantes do Comitê de Ações Emergenciais (CAE). Cada secretaria de Governo e instituições participantes do comitê vão recebendo os aparelhos e participarão do treinamento que será realizado pela Roer – Rede de Operações de Emergência de Radioamadores - para que estejam aptos a utilizar no período de emergência. Ao todo foram adquiridos 45 rádios, 6 antenas, 4 baterias para sustentar repetidoras, 4 fontes alimentadoras, 2 rádios dual band, 2 repetidoras (amplia a cobertura) e 2 filtros para não haver interferência. As concessionárias receberam as especificações do equipamento para que possam adquirir os rádios e participar do treinamento. Foram investidos mais de R$ 100 mil nos equipamentos para preparar um sistema de comunicação do município, já que esse foi considerado um dos pontos que precisavam ser melhorados pelo CAE durante a atuação em janeiro. “Tivemos desastre em 88 e achávamos que não seria superado, então veio 2001 e foi pensada a mesma coisa. Aconteceu em 2004, 2008 e 2011 e continuamos despreparados. Então já temos que estar preparados para outras ocorrências. Por isso, vamos criar um sistema de canais es-

ASCOM/PMP

Coronel De Paula, da Defesa Civil e Luiz Peixoto, da Setrac

pecíficos para cada instituição e vamos treinar, porque não adianta dar rádio se não souber usar. Para as secretarias e entidades nós vamos entregar o equipamento, e para as concessionárias vamos passar as especificações para que elas possam adquirir e fazer parte do sistema”,declarou o coordenador do CAE, Luis Eduardo Peixoto. De acordo com os integrantes do CAE, a maior parte da atuação em Petrópolis foi considerada positiva. Entre as ações relatadas estão o pronto-atendimento às vítimas, a aquisição e chegada de máquinas e caminhões

por parte do Estado para a limpeza das vias, a rapidez no restabelecimento dos serviços de abastecimento de água e de iluminação, o trâmite correto para aquisição dos terrenos para construção de unidades habitacionais e a participação de voluntários e das igrejas. Prefeitura está obedecendo aos trâmites para desapropriação de terrenos De acordo com o secretário de Habitação, Carlos Abenza, as ações referentes à habitação estão avançando cada vez mais no município. O Mapa de Risco será ampliado aos demais distritos,

já que atualmente apenas o 1º contém esse documento. “A meta é terminar o PLHIS – Plano Local de Habitação de Interesse Social de Petrópolis – até o fim do ano. Temos que ter um planejamento até 2023 que irá verificar as carências, o déficit habitacional e as áreas de risco. Temos que ter planejamento para reassentar as famílias”, declarou Carlos Abenza. Recentemente foram assentadas 54 famílias que estavam no aluguel social desde 2001. Alto Independência e Mosela já foram iniciados os processos de desapropriação de terrenos e na Posse 72 unidades estão licitadas, inclusive as obras vão começar em breve. Outras 72 unidades serão realizadas pelo Estado no 5º distrito. “O nosso problema está no Vale do Cuiabá. Será feita a sondagem de topografia num terreno, mas falta a Secretaria de Obras providenciar o acesso. Vai atender 100 famílias. A Firjan vai realizar 60 unidades. Indicaram mais terrenos, um próximo a pousada Tambo Los Incas, outra próximo do Capim Limão para atender os moradores de Benfica e outro aos moradores de Santa Mônica. Vamos fazer a topografia para que, de fato, possamos realizar as unidades nesses terrenos. Se fecharmos, vamos atender nossa demanda de 1.500 famílias, 1.000 de agora e 500 de atingidos em chuvas anteriores”, declarou o secretário de Habitação, Carlos Abenza.

AVISOS E EDITAIS

SEPULTAMENTO Cemitério muniCipal nilson de oliveira, 72 anos, Alto da Serra, 10h irene Carneiro leonello, 85 anos, Centro, 16h Jurema terezinha tosta Sandri, 55 anos, Cascatinha, 14h renato Jorge Vasconcellos, 57 anos, Magé, 15h30 José ricardo Ferreira raybolt, 45 anos, Caxambu, 11h Benvindo Vieira da Silva, 79 anos, Alto da Serra, 16h30

CALAU LOPES

(Carlos Alberto da Silva Lopes) Missa de 1 Ano de Falecimento

Cláudia Gonçalves, Raul Lopes(in memoriam), 3ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB/ Petrópolis, IHP - Instituto Histórico de Petrópolis, e demais amigos, convidam para a Missa de 1 ano do falecimento do nosso inesquecível Calau Lopes, a ser celebrada nesta quinta feira, dia 28 de abril de 2011, às 18h30m, na Capela Histórica de Nossa Senhora do Amparo, à Av. Roberto Silveira nº150.

Cartório de 3º Ofício de Petropolis Terceiro Ofício - Petropolis - RJ R. do Imperador, 1021 - Centro

Cemitério de itaipaVa domingos José rodrigues, 82 anos, Madame Machado, 11h Sebastião teixeira de azevedo, 58 anos, Bonsucesso, 11h30 OBS. AS INFORMAÇÕES ACIMA SÃO FORNECIDAS AO DIÁRIO POR FUNCIONÁRIOS DAS SECRETARIAS DOS CEMITÉRIOS,

o dia 27 de abril de 1981 caiu em uma segunda-feira e o diÁrio não circulou nesta data

Pag: 1

Relação do Edital dia 27/04/2011 Acham-se afixados neste cartório, conforme a lei 9492/97, art. 15 $1 - Processo 89.877/99 CGJ/RJ, para serem protestados os títulos de responsabilidade de: Protestar em 28/04/2011 CARMEM ELIZABETH COSTA GONCALVES

Custas

125,81 Total

Protestar em 28/04/2011 SIX JEANS COMERCIO LTDA EPP

Valor:

Vencto: 14/04/2011

Custas

120,27 Total

SE - 040 MATERIAL ELETR E HIDR LTD

20/04/2011

9864,64

Valor:

125,81 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

10.004,48

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF 010340319000110

Número: T008845-01 Emissão:17/03/2011

6221

9.990,45 ou Dinheiro Custas

R. TERESA, 321 323

Cheque Administrativo

Protocolo

237 - BANCO BRADESCO S A SE - 040 MATERIAL ELETR E HIDR LTD

Número: 31671. Emissão:29/03/2011

Vencto: 07/04/2011 Cheque Administrativo

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF 14347180187

RUA HENRIQUE DIAS, 175 DUPLICATA MERCANTIL

DUPLICATA MERCANTIL

Há 30 anos o diário publicava

27/04/2011

Protocolo

237 - BANCO BRADESCO S A

6293

NEOBAND SOLUCOES GRAFICAS LTDA

25/04/2011

NEOBAND SOLUCOES GRAFICAS LTDA

1097,00

1.217,27 ou Dinheiro Custas

120,27 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

1.231,30

Intimo-os a pagarem ( através de cheque administrativo ou dinheiro com guia de pagamento a ser retirada neste tabelionato ), ou no caso da falta de aceite, comparecer para aceita-lo, ou dar-me as razões por que não o faz. Ficando assim já intimado do respectivo protesto no prazo estipulado na forma da lei. Petropolis, 27/04/2011 João Correia Lima Neto - Escrevente


ALTO DA SERRA

A secretaria da Paróquia de Santo Antonio, na Rua Santo Antonio, do Alto da Serra, funciona de 2ª feira a sábado de 14h30 às 19h. O Pároco é o Padre Francisco Montemezzo e o Vigário Paroquial é o Padre Antonio Teixeira Pinto. Informações pelo telefone 2242 4310.

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

quaRTa-fEIRa, 27 DE abRIL DE 2011

D

iário nos

B

airros Ailson Souza

diarionosbairros@diariodepetropolis.com.br

9

ALCOÓLICOS ANÔNIMOS

Hoje 19h: Grupo 27 de Maio, Rua Bingen, 261 Amor e Atração, Avenida Leopoldina, 596, Nogueira. 19h30: 28 de Janeiro, Rua Paulo Barbosa, 180, Centro; Estrela de Araras, Escola Estadual de Araras; Morin, Igreja de Nossa Senhora da Glória; e Petropolitano Rua Santos Dumont, 100, Centro.

Mutirão une comunidade e autoridades Nova obra fecha os Prefeitura fornece material e moradores empregam mão de obra na Comunidade Unidos Venceremos. Rua e esgotos são sendo recuperados Dezenas de moradores da Comunidade Unidos Venceremos, no Quarteirão Brasileiro, estão mobilizados em mutirão para melhoramentos no final da Rua Gaspar Gonçalves. A prefeitura enviou o material e a Associação de Moradores está empregando a mão de obra com o objetivo de acabar com problemas de acesso a localidade.

O presidente Hailton Francisco de Souza, da Associação de Moradores da Comunidade Unidos Venceremos confirmou que a prefeitura enviou para o trabalho quatro metros de pó de pedra e vinte sacos de cimento. - O pó de pedra está sendo colocado no assentamento de paralelepípedos. Estamos trocando os que estavam soltos e ainda fechando os bura-

cos que estavam abertos há meses no local – afirmou. O cimento está sendo usado para massa que está vedando aberturas na rede de esgoto. Além disso, a sujeira que importunava moradias do final da Gaspar Gonçalves foi retirada, ainda de acordo com Hailton Francisco, que informou sobre o empenho dos moradores na mão de obra e mulheres

contribuindo com a alimentação. O serviço em mutirão começou na sexta-feira e até ontem tinha continuidade com o revezamento dos participantes. Hailton Francisco agradeceu a prefeitura pelo envio do material e reforçou que ainda é necessário cimento, entre outros materiais, pois, segundo ele, ainda tem muito serviço para ser executado no local.

Projeto na Baixada atrai atenção ao trem expresso Para o presidente Antonio Pastori, da Associação Fluminense de Preservação Ferroviária – AFPF – a implantação de Veículos Leves Sobre Trilho – VLT – na Baixada Fluminense, vai contribuir com o projeto do Trem Expresso Imperial. Na opinião dele, a modalidade de transporte vai atrair a atenção das autoridades para que a proposta da obra de revitalização da ferrovia na Serra da Estrela saia do papel. Pastori lembrou que o assunto será veiculado em audiência pública nesta sexta-feira pela manhã na Câmara de Vereadores de Duque de Caxias. Ela está confirmada para iniciar às 9h com a participação de entidades de preservação da ferrovia. Na pauta a implantação do VLT será discutida no ramal de Saracuruna/Vila Inhomirim justamente onde vai começar a linha férrea para ligar o Alto da Serra. O projeto do Trem Expresso Imperial já é Lei Estadual assinada em julho do ano passado pelo governador Sérgio Cabral, segundo ele próprio, a proposta viabiliza um grande percentual de aumento do turismo em Petrópolis. O assunto também vai ser debatido pelos presentes na audiência pública de depois de amanhã, porém, fora da pauta oficial.

buracos na Lopes Trovão

Os pontos críticos onde buracos estavam abertos na Rua Lopes Trovão e um quilômetro antes da Vila São Francisco da Horta, na Serra Velha da Estrela, foram recuperados mais uma vez. Principalmente, nas curvas mais acentuadas o tráfego de automóveis ficou mais tranqüilo, segundo a afirmação de motoristas que trafegam por lá. Um deles, Dirceu Braz

de Oliveira, morador da Lopes Trovão, agradeceu as autoridades municipais pelo trabalho. Ele lembrou que os agradecimentos e reivindicações do pessoal é uma constante por causa do “conserta/reabre” buracos no lugar. Entretanto, ele espera que as aberturas não voltem acontecer, dizendo que o serviço “agora foi muito bem executado”.

Diretora lembra festa de Páscoa na Germano Valente Recreação, música, distribuição de chocolates e animação com os alunos caracterizados de coelhinhos da páscoa. A lembrança foi da diretora Fernanda Ferreira, da Comissão Municipal de Atuação Comunitária de Petrópolis – COMAC – sobre a festa promovida na quinta-feira passada em parceria com a Escola Municipal Germano Valente e Bom Jesus

dos Canarinhos. O evento proporcionou alegria para as mais de quatrocentas crianças da Germano Valente. No final, crianças, pais e professores se emocionaram com a mensagem de Páscoa, passada pelos alunos do 3º Ano do Ensino Médio do Canarinhos, resgatando e mostrando o real sentido desta importante data.

O Grupo Amigos Solidários do Bingen confirmou ontem que as inscrições para as aulas de Capoeira podem ser feitas no E. C. Centenário de segunda-feira a quinta-feira. Elas são ministradas pelo instrutor Russo – Vinícius Fortes de Araújo – que fechou uma parceria com a entidade e desde a semana passada vem divulgando o esporte.

Para o público infantil as aulas são as terças e quintas-feiras de 9h30 as 10h30 e de 15h às 16h. Já para os adultos são segundas e quartas-feiras de 19h30 às 21h. O Solidários do Bingen também tem outros oferecimentos sociais e um jantar dançante está confirmado para o próximo dia 12, às 20h, também no E. C. Centenário.

Grupo anuncia aulas de Capoeira no Centenário

VLT na Europa. Exemplo deve ser seguido na Serra da Estrela

Tranqüilidade para a sua empresa

Contabilidade de última geração, sistema avançado de informática Escrita Fiscal – Rotinas Trabalhistas e Folha de Pagamento Sistemática Departamento Jurídico – Direito Cível – Direito Trabalhista Projetos Econômicos – Análise de viabilidade e capacidade de sua empresa – Administração de Bens e Serviços – Corretagem e Administração de Imóveis – Equipe com treinamento especializado Direção Técnica: Márcio Tesch Economista – Corecon 10582 Advogado – OAB/RJ 59.566 Tec. Contab. – CRC/RJ 25.384-0

Rua do Imperador, 772 – Gr 105/106 – Centro Petrópolis – RJ. Tel/Fax: (024) 2231-6212 / 2231-3322

Release Linha de passatempo 100% Criptomatic.cross Galileu 22 100% Criptomatic.cross Platão 22

s de cripto são excelentes para deixar nossos cérebros ligados. Para entrar na brincacessário desvendar cada enigma. Além disso, as letras de cada palavra correspondem a .

adoradores desse tipo de game, a DJ &Release AS apresenta dois títulos imperdíveis: CripLinha deAmbos passatempoestão recheados de desafio para os oss Galileu e Criptomatic.cross Platão. 100% Criptomatic.cross Galileu 22 ores. Com os nossos criptos, a 100% diversão está garantida. Criptomatic.cross Platão 22

riptomatic.cross com a DJ & AS! Os jogos de cripto são excelentes para deixar nossos cérebros ligados. Para entrar na brincadeira, é necessário desvendar cada enigma. Além disso, as letras de cada palavra correspondem a um símbolo. Para os adoradores desse tipo de game, a DJ & AS apresenta dois títulos imperdíveis: Criptomatic.cross Galileu e Criptomatic.cross Platão. Ambos estão recheados de desafio para os nossos leitores. Com os nossos criptos, a diversão está garantida. Jogue criptomatic.cross com a DJ & AS!

Distribuição: Nacional Periodicidade: Mensal

Distribuição: Nacional

Periodicidade: PreçoMensal de

capa: R$2,90

Preço de capa: R$2,90


10

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

quaRTa-fEIRa, 27 DE abRIL DE 2011

ESPORTES

edsondiario@yahoo.com.br

Poker/PEC só volta a jogar no dia 5 de maio Numa partida de dois tempos distintos, o Poker/ PEC venceu o Assoeva/ Unisc/ALM por 2 a 1, em mais uma rodada da Liga Futsal, no Ginásio da UCP, no Bingen. Os petropolitanos ocupam a quinta colocação, com 15 pontos ganhos em nove partidas disputadas. O próximo jogo será do PEC será no dia 5 de maio. No primeiro tempo da partida, muita marcação, passes errados e poucas chances criadas pelas duas equipes. O placar não poderia ser diferente: 0 a 0. Um resultado parcial comemorado como vitória pelo time visitante (vice-lanterna da competição) na ida para o vestiário. Na segunda etapa o Poker/PEC acordou. Logo de início, adiantou sua marcação e avançou os alas. Andrey e Alvim eram os destaques da equipe, por merecimento, cada um deixou sua marca.

Alvim abriu o marcador e Andrey ampliou para 2 a 0. Dois minutos depois, uma pintura de jogada: num lance esticado da defesa, Andrey tentou encobrir o goleiro gaúcho. A bola passou rente à trave. O Assoeva diminuiu o marcador faltando oito segundos para o fim. Nome do jogo, o ala Andrey lembrou que a Liga Futsal ainda nem chegou à metade. Ele ressalta que o Poker/PEC está se encontrando e buscando as melhores formações. “O time está muito bem. O importante é a classificação nesta fase para depois buscar ficar entre os oito e alçar vôos mais altos. Estamos mostrando capacidade de reação e provando que ganhar em casa é fundamental”, disse. O Poker/PEC volta a jogar pela Liga Futsal no dia 5 de maio, contra o Peixe/ Mazza, novamente diante de seu torcedor.

Imperial segue com 100% de aproveitamento

O ala Andrey é um dos craques da equipe do Poker/PEC

O Imperial Futsal venceu o América por 3 a 2, na última terça-feira, na quadra do Corrêas, e assumiu a liderança isolada do Campeonato Carioca de Futsal, com nove pontos em três rodadas. O time petropolitano segue com 100% de aproveitamento no torneio. Com isso, a equipe que foi fundada no início deste ano, através da parceria do Movimento Esportivo de Petrópolis e a Liga Petropolitana de Petrópolis, segue sem nenhuma derrota desde a sua criação. Desde o início do jogo houve um massacre do Imperial, que pressionava o tempo inteiro, principalmente através do ala Saulo, que foi o principal jogador em quadra. O Imperial chegava sempre com perigo. No entanto, o goleiro do América estava muito bem na partida

e suportou a pressão levando o jogo para o intervalo no 0 a 0. No segundo tempo, o América voltou um pouco mais disposto a atacar e chegou com perigo logo aos dois minutos em chute cruzado, que o goleiro petropolitano Thiago salvou com o pé. Depois do início ofensivo do América, o Imperial voltou a dominar a partida e, aos oito minutos, Saulo abriu o placar com um golaço. Ele dominou a bola na esquerda, driblou o adversário e chutou do círculo central, acertando um balaço no ângulo adversário: 1 a 0 para o Imperial. Porém, na saída de bola e o América foi para cima e marcou com Bruno de novo, mas já era tarde e o Imperial Futsal conquistou a terceira vitória

Serrano joga bem, mas só empata O Serrano empatou, no último domingo, na estreia de seu novo treinador, Gilson Maciel, jogando em Três Rios com o América local. A equipe Petropolitana mostrou maior volume de jogo e criou muitas oportunidades, porém não conseguiu converte-las em gol. O treinador estreante ousou na escalação da equipe e veio com quatro mudanças em relação a última parti-

da. Douglas passou para a lateral-direita, Bruno Aguiar, Chicão, Maycon e Victor Santos começaram como titular. Saíram Vitor (suspenso), Joel, lateraldireito, Julio e Edvan. Apesar do quarto empate consecutivo Gilson elogiou a atuação da equipe. “Nós tivemos um bom desempenho é só ver o número de chances criadas. Nós tivemos mais chances de gol, mas infelizmente

não conseguimos vencer. Eu gostei muito da movimentação do ataque com o Alexandre (Dragão) e o Victor”, analisou o treinador, que agora espera pela definição do grupo da próxima fase. “Nós estamos preparados para enfrentar quem vier, independente do adversário. Vamos nos apresentar bem e vamos buscar os nossos objetivos, que é ser campeões”, afirmou.

Diario de Petropolis  

Artigos, Colunistas, Cidade, Esportes

Advertisement