Issuu on Google+

Diário

de Petrópolis 56 anos

E-mail: redacao@diariodepetropolis.com.br

Site: www.diariodepetropolis.com.br

Preço do exemplar: R$ 1,20

Nº 15.854 - Terça-feira, 24 de maio de 2011 Divulgação

Petrópolis participa de reunião sobre Olimpíadas

entorpecentes

PM apreende drogas e traficante é preso Fotos: Alan Alonso

O governador Sérgio Cabral (foto) se reuniu ontem com representantes das instalações pré-selecionadas para receber os Jogos Olímpicos. Esta agenda é a mais importante já realizada em função dos Jogos. (Página 10)

Reitor nega que prédio do Cefet tenha salas vazias O diretor-reitor Paulo Bittencourt afirmou ontem que o centro está operando no limite, contrariando declaração do vereador Wagner Silva de que órgãos públicos em imóveis alugados poderiam funcionar no local. (Página 3)

Dois homens são presos por roubo no domingo Dois casos de roubo foram solucionados e os acusados presos em poucos minutos, neste domingo. O primeiro deles ocorreu próximo ao lago do Hotel Quitandinha. Já o outro caso aconteceu na Praça da Liberdade, Centro. (Página 5)

De acordo com os policiais, a droga foi comprada no Rio e deveria ser vendida no Vale do Carangola

Quinhentas cápsulas de cocaína, dois tabletes de maconha hidropônica, uma pedra de crack, conhecida como a droga da morte e R$ 360 em dinheiro foram encontrados ontem com um homem de 35 anos que foi preso quando seguia do Meio da Serra para o Centro da cidade. De acordo com a Polícia Militar, a droga teria sido comprada na Favela Mandela, no Complexo de Manguinhos, no Rio de Janeiro e seria vendida no Vale do Carangola, em Petrópolis. O homem subiu até o Meio da Serra em um ônibus da Trel, e depois embarcou em um coletivo da Viação Petro Ita. Ainda segundo a polícia, este procedimento foi usado pelo traficante para despistar as equipes do Grupamento de Ações Táticas da Polícia Militar, que constantemente vistoriam os ônibus intermunicipais. Ele já tinha passagem pela polícia por roubo e foi encaminhado para a 105ª DP onde ficou detido. (Página 5)

Outro caminhão tomba na BR-040 A rodovia continua sendo um grande risco para os caminhoneiros, pois os acidentes são constantes Na manhã de ontem mais uma carreta tombou na BR-040. Desta vez o acidente foi na altura do Km 73, sentido Juiz de Fora. O veículo carregado com 27 toneladas de cimento seguia do Rio de Janeiro para Três Rios. O caminhoneiro sofreu uma fratura exposta e precisou ser encaminhado ao Hospital Santa Teresa, onde, até a noite de ontem permanecia internado. (Página 5) Jorge Augusto Goettnauer

A carga, avaliada em cerca de R$ 18 mil, que era transportada dentro de um container, não se espalhou na pista

PCCS da Educação está em fase final

Ascom/PMP

Emissão de cheques cresce na cidade

(Página 7)

nesta edição

As vítimas foram socorridas por pessoas que passavam pelo local

Mulher atropela três ao sair de estacionamento

Membros do governo se reúnem com a categoria semanalmente

A motorista de um Fiat Stilo perdeu o controle do veículo ao sair de um estacionamento na Rua do Imperador, atropelou três mulheres e chocou-se conta uma mureta de contenção. Por conta dos ferimentos, aparentemente sem gravidade, duas das vítimas foram encaminhadas ao Hospital Santa Teresa para realizar exames. (Página 5)

Mais da metade do Plano de Carreira e Remuneração dos Profissionais da Educação Pública Municipal já está pronto. Como a cidade nunca contou com um PCCS, o objetivo é estabelecer perspectivas para o futuro, pensando naqueles que já atuam na Educação do município e também nos profissionais que venham a integrar o quadro. (Página 8)

Pág. 2

Dora Kramer Pág. 3

O inspetor da unidade, Jaime de Oliveira, mostra as pedras utilizadas

Até o dia 29 segue em cartaz, no Centro Cultural Estação Nogueira, a mostra “Estação Literária: No Universo de Nelson Rodrigues”. Antecedendo as comemorações do centenário do escritor e dramaturgo Nelson Rodrigues, o Centro Cultural Estação Nogueira promove exposição literária em sua homenagem. (Página 6)

esportes

Vândalos depredam unidade da Comac

Sebastião Nery

agenda

A Escola Germano Valente, conhecida como Comac, contabiliza mais prejuízos em função da ação de vândalos que depredaram os vidros da sede da escola, no último fim de semana. Funcionários ao abrir a escola na manhã de ontem, constataram que dez vidros quebrados. Esta é a segunda vez que a unidade, localizada na Rua Sá Earp, no Centro, é atacada. Segundo a presidente da Comac, de fevereiro de 2009 até hoje foram diversos ataques, que geraram um prejuízo de quase R$ 8 mil, num total de mais de 80 vidros trocados. O caso já foi levado a Polícia Militar, mas até o momento, os ataques continuam acontecendo. (Página 7)

Após quatro jogos sem vitória no Atílio Marotti, o Serrano voltou a vencer dentro de casa. O Leão da Serra derrotou o Yasmin, no último domingo, por 1 a 0 e assumiu a liderança do Grupo I, com sete pontos. A partida foi válida pela terceira rodada do turno. No próximo domingo (29), o Serrano entra em campo mais uma vez para fazer a sua última partida em casa. (Página 10)

Comércio apresenta alta de 0,17% no varejo em abril

(Página 7)


2

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

terça-feira, 24 de maio de 2011

O Código Florestal e o dia seguinte www.sebastiaonery.com.br

OS COELHINHOS DE PALOCCI RIO – Velhas historias costumam tornar-se novíssimas diante de situações igualmente ridículas. Nos primeiros dias de abril de 1964, o Comando Revolucionário mandou a São Paulo, em um fim de semana, os coronéis Martinelli e Igrejas,líderes da chamada“Linha Dura”para exigirem do governador Adhemar de Barros a reforma total do secretariado. Ademar, ainda mais matreiro do que gordo, imaginou sair de banda: - Quer dizer que é para trocar alguns auxiliares, não é, coronéis? - Alguns não, governador, todos. - Mas todos, como? Eles são revolucionários da primeira hora. De quem é mesmo a recomendação? - É do Alto Comando, governador, E não é recomendação,é ordem. ADEMAR Ademar mudou de tom: -Quantos os senhores ganham, coronéis? A vida está cara, muito difícil, o Jango inflacionou tudo, os militares estão sacrificados, não é? - Isto é problema nosso, governador. O assunto é outro. Ademar puxou uma gaveta, tirou dois envelopes cheinhos de notas de mil cruzeiros e sorriu: - Posso dar-lhes um presente, coronéis? Martinelli, vermelho, apoplético, levantou-se aos gritos, indignado, querendo dar um murro no governador. Igrejas segurou-o e caiu numa gargalhada nervosa. Ademar passou a mão na barriga: - Perdão, senhores, há um equívoco. Não estou querendo comprar ninguém. Será que não se pode mais nem dar um coelhinho de Páscoa? Era domingo de Páscoa. MENSALÃO A corrupção é como na bela e sabia canção “Cotidiano”, de Chico Buarque. Tudo sempre igual: - “Todo dia ela faz tudo sempre igual // me sacode às seis horas da manhã // me sorri um sorriso pontual // e me beija com a boca de hortelã”. Imaginavamos todos que, depois do escândalo tisunamico de corrupção do Mensalão, com um assalto de R$52 milhões em dinheiro publico roubado e rateado “por uma organização criminosa” cujo “chefe da quadrilha”, segundo o Procurador Geral da Republica, era o poderoso ministro chefe de Casa Civil José Dirceu, para adubar os cofres do partido e sustentar o governo Lula no Congresso, o PT e seus aliados haviam aprendido a lição e não repetiriam a dose no governo Dilma. Doce engano.

n José de

Filippi Jr.

N

esta semana tudo leva a crer que a Câmara Federal tomará uma decisão importante quanto ao futuro das florestas brasileiras.Em 500 anos de história poderíamos ter tomado conta de forma mais responsável deste fantástico patrimônio natural de milhares de anos em nosso território. Por outro lado o Brasil é hoje uma economia emergente e o agronegócio é parte decisiva desta força econômica, além de contribuir para a previsão de que o Brasil seria o “celeiro” do mundo. Assim, como equilibrar preservação e produção? Existem discussões pertinentes e pessoas qualificadas vêm expressando sua opinião a respeito de qual seria o melhor caminho

MAFIA O governo, o PT, o PMDB e toda a malta de aliados fizeram uma cortina de ferro para tentar impedir que a opinião publica saiba o estrago do escândalo. No Congresso, por enquanto conseguiram evitar a convocação. Mesmo assim, duas clareiras já estão abertas : descobriu-se, e a imprensa publicou em detalhes, que a empreiteira WTorre, com negócios de mais de R$1,3 bilhão com Fundos de Pensão e a Petrobras, e a Amil de Seguros de Saúde são clientes da empresa de lobby e trafico de influencia de Palocci, que continua negando-se a qualquer esclarecimento, sob o pretexto de que que seus contratos têm “clausula de confidencialidade”. A Máfia também tem. O nome, lá, é “omertà”. A excelente “Carta Capital”, insuspeita porque é a revista mais ideologicamente ligada ao PT, traz esta semana uma capa brilhante : Palocci, com todo seu cinismo, pergunta : - “Quem, Eu”? – “Sim, ele mesmo, pego em flagrante”. ERENICE E a Dilma, coitada, precisando desesperadamente de paz para cuidar de sua saúde, é obrigada a engolir tudo calada. Ela disse que faria “um governo das mulheres”. Mas, no primeiro rombo, jogou a Erenice Guerra barranco abaixo. Por que Erenice não podia ser corrupta e Palocci pode? www.sebastiaonery.com.br - sebastiaonery@ig.com.br

Código de Processo Civil. Com isso passaríamos a longas disputas judiciais, abarrotando os tribunais e com o dano ao meio ambiente já causado e sem reparação imediata. O que proponho, com minha vivência como prefeito e gestor de território urbano, é a adoção do Imposto Territorial Rural como um eficaz instrumento de aplicação e zelo pelo cumprimento daquilo que aprovaremos no novo Código Florestal. Isto não significa, logicamente, abrir mão dos processos judiciais para punir os descumpridores da lei, mas sim agir para evitar que o dano seja feito. Para tanto precisaremos, primeiro, promover o ITR de fato à condição de um verdadeiro instrumento tributário e não um “cisco” como é hoje. Na Argentina e Uruguai o imposto sobre a propriedade da terra representa 2% do PIB. Na Alemanha e Espanha, 4%. Nos Estados Unidos 3,8%.

E no Brasil? O IPTU arrecadou R$ 16,5 bilhões em 2010 e representou 0,46% do PIB e o ITR teve a desprezível marca de meio bilhão de reais, ou 0,015% do PIB. Se somarmos os dois impostos não se chega a 0,5%. Um oitavo do que a Espanha e os Estados Unidos. Existem várias maneiras de distribuir este incremento no ITR de forma justa, e assim incentivar a agricultura, premiar a preservação e punir drasticamente a degradação e a ociosidade das terras. Ao fazermos justiça no tempo iremos também aperfeiçoar o sistema tributário que arrecada mais no consumo do que na propriedade. Este novo ITR será um forte instrumento de gestão territorial e garantirá muito mais eficácia no cumprimento do que aprovaremos nesta semana. n Deputado federal pelo PT/SP e

foi prefeito de Diadema por três mandatos

Gabinetes e alcovas n Petrônio Souza

Gonçalves

D

e novo a Casa Civil, de novo Antônio Palocci. Além do tempo e espaço, o governo federal e petista, repete os mesmos crimes, com nomes e locais previamente acertados. Tudo atrás de bons proventos, tendo os olhos cúmplices do presidente e da presidenta, que se limitam a dizer que nada viram, nada sabiam. Palocci não enriqueceu vendendo consultoria passadas, conhecimentos, análises e experiências. Mas sim, vendendo decisões futuras, acertando nos corredores do Congresso Nacional as comissões e publicações, o tráfico apadrinhado e consentido. Uma corrupção

DIRCEU Nem cinco meses completou o governo Dilma e o mais ainda poderoso ministro chefe da Casa Civil, ex-deputado Antonio Palocci, o homem da “Casa dos Amores” de Brasília, é apanhado em flagrante faturando no escuro R$20 milhões em dois meses, entre a vitoria e a posse. Alem de apressado, incontinentemente guloso. Segundo a denuncia do então Procurador Geral Antonio Fernando de Souza, aceita pelo ministro-relator do Supremo Tribunal Joaquim Barbosa, a “quadrilha” do Mensalão (José Dirceu, José Genoino, Delubio Soares, Marcos Valério, João Paulo Cunha e outros) dividia a grana. Não ficou para um só. Palocci, não. Até agora a Coaf do Banco Central e a Policia Federal divulgaram que os R$20 milhões de coelhinhos são todos de Palocci, fora o que ainda há para apurar. Mas o Procurador Geral Gurgel quer saber tudo o que por enquanto está escondido nos turvos cofres da “Projeto”.

a seguir para, com toda a complexidade que o assunto suscita, resolver e equilibrar este binômio. Questões como não conceder anistia para quem desmatou, garantir o plantio de maçãs nos morros, não ameaçar o pequeno agricultor familiar que construiu a casa na beira do rio, preservar as matas ciliares, aumentar a produção agrícola, entender melhor a diversidade de biomas e ter uma estratégia diferente e própria para cada um deles estão na pauta. Para mim o ponto chave é como garantir o respeito e o cumprimento daquilo que será votado. Se decidirmos preservar uma faixa de vegetação natural de 30 metros na margem de um rio e o proprietário resolve “limpar” toda a área, o que acontecerá com ele? Pelo projeto em apreciação seria um caso de uso anormal da propriedade e deveríamos aplicar o “procedimento sumário” do

branca, velada, que faz com que as pessoas enriqueçam em 20 vezes ou mais em muito pouco tempo de trabalho e prestação de serviços escusos. Isso tudo leva um governo inteiro a uma corrupção passiva, pois ela é feita e vem do alto, de cima para baixo, colocando uma máquina oficial a serviço de interesses privados. Como Roberto Jefferson declarou diante de outro escândalo, que enriqueceu muitos, ‘a Casa Civil é a anti-sala do poder, a sacristia da presidência da República’. No entanto, ela está contaminada, com a corrupção estendida em sua porta, no andar de cima. Foi por essas manhas e artimanhas que um médico sanitarista, prefeito de uma cidade do interior paulista, tornou-se ministro da Economia, uma área tão específica

e abrangente. Lá, aprendeu bem a contabilizar números e ver como é rendosa a atividade de ministro de Estado de governos que são complacentes com a corrupção. Calado, o ministro com cara de debochado ia, aos poucos, pavimentando o caminho de sua futura fortuna, acertando o preço de cada lote, de cada decisão, de cada consultoria. O problema é que muitos ministros fazem hoje, sua consultoria futura, determinando para que lado cada ato do Planalto pode e deve caminhar. Esse tipo de atividade, incompatível com a gestão pública, em um país um pouco mais sério, seria proibida, ou condição básica para credenciar ministros a assumir cargos tão importantes e estratégicos. Palocci tem uma visão promíscua do poder. Para

ele, o governo de um país é como se fosse uma grande mansão, uma casa de encontros libidinosos, onde pessoas são escolhidas e alugadas, tudo ao seu bel prazer, tudo para seu deleite, sua distração. Seja para se lambuzar, seja para condenar os outros. Como foi com o caseiro Francenildo, que teve sua vida devastada depois de revelar as aventuras programadas do vespertino ministro. O exercício do poder exige certo ritual, certas reservas, além de uma estatura natural, moral. Para Palocci, com sua simplória visão horizontal da vida, ser ministro é fazer de seu gabinete a extensão de seu quarto, de seus sonhos, de suas iluminadas fantasias... n Jornalista e escritor www.petroniogoncalves. blogspot.com

A minha geração não assiste mais TV n Junia Brasil

D

izem, que a minha geração é a geração da internet, da velocidade, do imediatismo. Dos autoritários, dos alternativos e dos “sociais”. Bobagem! Essa classificação toda não serve nem para avaliar um grupo maior de jovenzinhos da chamada “geração Y”. Muitos tentam classificarnos, colocar rótulos, mas a maior característica das novas gerações é exatamente a inexistência deles. De todos os “hábitos” cabíveis a geração Y, o único que considero infalível é “a minha geração não assiste mais TV”. Sinto muito decepcioná-los caros produtores, publicitários, jornalistas e celebridades. Mas a minha geração não acompanha fielmente programas e nem deixa de dormir ou comer para assistir a uma capítulo de novela, pois sabemos que poucas horas depois todo o conteúdo, ou a parte mais interessante dele, vão estar no Youtube no dia seguinte. Um ou outro assunto repercutido no nosso terreno,

também conhecido como redes sociais, nos fazem sair da frente do computador e querer ir para a frente de uma tela maior, sem teclado e com controle remoto. Para que isso aconteça é necessário que haja pelo menos três condições: 1 o assunto é de grande destaque, 2 programa ou canal vai exibir um conteúdo exclusivo que não poderá ser acessado depois, ou 3 estou sem internet ou com conexão ruim. Acompanho dia após dia o abandono da velha e amada melhor amiga do homem e a migração para a maior inimiga de casais. Digo isso porque cada vez mais ouvimos notícia de separações, brigas e discussão entre casais por causa da adesão, principalmente, à sites de relacionamentos. Apesar de não querer entrar no mérito dessa discussão, não posso deixar de citar que embora ficamos mais sociáveis ao conhecer milhares de pessoas e interagir com amigos pela internet, ficamos anti-sociais com aqueles que estão “fora do mundo real”. A explicação é simples: Enquanto a TV e outras mídias podem ser compartilhadas por mais de uma pessoa ao mesmo

Diretor-Presidente e Jornalista responsável: Paulo Antônio Carneiro Dias Editora interina: Jaqueline Gomes

D

tempo, a internet e os sites de relacionamento são, em sua maioria, para um indivíduo só mexer de cada vez. Na internet não existe ménage a trois. O caso é entre você e a máquina apenas, a terceira pessoa, de carne e osso e não fios e placas, fica de fora da conversa. Minha avó ainda faz parte do público fiel das novelas e telejornais diários. Minha mãe, assiste algumas novelas por hábito ou apenas liga a TV para “ouvir o barulho de gente falando” , pra ter a sensação de não estar sozinha em casa. Eu, se quer, tenho vontade de me sentar em frente a uma TV e engolir toda a programação sem poder interferir ou opinar em nada. Prefiro o meu computador. Na internet eu posso escolher se quero assistir mais um capítulo do meu blog favorito, se quero ver um filme ou assistir pela milésima vez o clipe do meu artista favorito. Na internet, blogueiros e anônimos que se tornaram webcelebridades interagem comigo, comentam o que eu digo sobre eles e respondem minhas perguntas na mesma hora, ao contrário de famosos da TV que mal leem recados dos

iário de Petrópolis 56 anos

Uma publicação da PJ Editora e Gráfica e Jornalística Ltda

Preço do Exemplar 3ª a sábado R$ 1,20 Domingo R$ 1,80 Atrasado R$ 2,50

Assinatura Trimestral Petrópolis R$ 80,00 Rio e outros R$ 160,00

Assinatura Mensal Petrópolis R$ 28,00 Rio e outros R$ 56,00

Assinatura Semestral Petrópolis R$ 152,00 Rio e outros R$ 304,00

fãs e levam dias para enviar (pelo correio) um postal com autógrafo impresso. Tive a felicidade, ou infelicidade, de conviver até os 7 anos com uma TV preto e branco. Tive o bobo prazer de comemorar a chegada de uma TV a cores em casa, de vibrar com a compra de um vídeo cassete e me maravilhar com o milagre da TV a Cabo, ainda que do vizinho. Mas como já disse, isso tudo é bobagem! São memórias velhas, assim como a minha antiguada e nada moderna TV. Atualmente mal consigo entender porque o controle da moderna TV da minha casa ainda não TouchScreen assim como o meu celular e porque eu ainda não tenho o poder de escolher o horário que quero assistir esse ou outro programa. A moderníssima TV digital tem, se quer, a possibilidade de me deixar votar nos participantes dos reality shows da vida sem precisar pegar ou telefone ou ligar o computador. A TV não mudou para acompanhar a minha geração. Mas a minha geração mudou e agora não quer mais assistir TV. n Jornalista, blogueira e analista

de redes sociais. brasil.junia@gmail.com

Site: www.diariodepetropolis.com.br E-mail: redacao@diariodepetropolis.com.br

Diretoria 2246-3807 Assinatura 2246-3807 Publicidade 2237-7849 Classificado 2246-3807 Redação 2235-7165

Rua Joaquim Moreira 106 Centro - Petrópolis - RJ Cep 25.600-000 CNPJ 02.424.864/0001-66

ABRAJORI - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS JORNAIS DO INTERIOR

As opiniões emitidas em artigos assinados não representam, necessariamente, o pensamento do jornal e são de inteira responsabilidade de seus autores. Da mesma forma, as informações e opiniões nas colunas são de responsabilidade de seus titulares.


DORA KRAMER Duvidoso, e daí?

O

governo está atuando nitidamente em duas frentes para transitar com o mínimo de danos possíveis pelo pantanoso terreno da trajetória financeira da empresa de consultoria do ministro Antônio Palocci: Congresso e imprensa. É onde identifica que pode haver confusão. Na verdade, mais na imprensa que no Congresso. Junto ao Legislativo faz o jogo bruto da manipulação dos instrumentos de poder: cobra fidelidade dos aliados, ameaça os infiéis e insinua a todos, correligionários e adversários, aquele tipo de retaliação contida na nota alegadamente involuntária sobre os negócios paralelos de quase 300 parlamentares. Junto à imprensa faz opera-

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

TERÇA-FEIRA, 24 DE MAIO DE 2011

ção mais sutil nos veículos que lhe parecem ameaçadores, valendo-se das boas amizades, não só do ministro, mas também dos envolvidos no suporte de comunicações que monitora a crise e de pontes anteriormente construídas e solidificadas no trânsito de informações. Nenhuma ilegalidade ou amoralidade. Apenas um jogo de convencimento. Antonio Carlos Magalhães dizia que há jornalistas que gostam de dinheiro e jornalistas que gostam de informação. O segredo de uma proveitosa relação, segundo ACM, seria saber distingui-los e principalmente nunca confundilos. É uma lição que o poder nunca esquece. Com o Parlamento contro-

lado e a sociedade anódina, o governo é sensível à evidência de que denúncias hoje só prosperam por meio do trabalho da imprensa, que, no entanto, não pode se substituir a tudo o mais. Há novas notícias a dar, novos assuntos a serem tratados. Numa situação normal, isso não deveria fazer com que outros setores se mantivessem paralisados, indiferentes a ocorrências ainda não esclarecidas. Mas, como se esperam sempre “fatos novos”, se não há novidades sobre o episódio revelado a tendência é que seja dado como superado por obra e graça da passagem do tempo. É com isso que Palocci e o Planalto contam: à exceção das que renderam processos, há inúmeros exemplos de denúncias

cujo destino foi o esquecimento mediante o arrefecimento do noticiário. Quando não há “fatos novos” nem eleições, o governo faz como aquele notório deputado: se lixa para a opinião pública Não havendo agravamento apontado pelos meios de comunicação fica consignada a inexistência de gravidade. Por mais grave que continue sendo o fato original. No momento, a recusa de esclarecimento sobre o cada vez mais suspeito enriquecimento do ministro da Casa Civil. A deformação não está na ofensiva de defesa do governo. Esta por si só dá nitidez ao quadro: Palocci não pode se defender sozinho pelo método mais simples da comprovação de que não usou de sua condição pública para patrocinar favorecimentos privados. Dele mesmo e de seus clientes. A distorção reside no conformismo geral diante de uma manifestação de arrogante indiferença por parte do governo e da infantilizada expectativa de que a imprensa assuma o papel de palmatória e faça frente a questões que são da responsabilidade de todos.

3

Dura Lex - Por mais que haja algumas incongruências no caso do ataque do ex-diretor do FMI Dominique Strauss-Kahn à camareira do hotel em Nova York, há o histórico de comportamento abusivo agora relatado por alguns dos “alvos” ao longo dos anos. Do ponto de vista da política não é isso que chama atenção no caso e sim o sentido de igualdade presente no cotidiano do tão criticado público americano. A gerência do hotel não hesitou em chamar a polícia diante do relato da funcionária nem se intimidou com a estatura profissional da excelência envolvida. O que por muita gente é tido como excesso decorrente de mentalidade puritana pode também ser visto como obediência ao preceito de que a lei é igual para todos. Nesses casos os poderosos acabam pagando mais caro porque despertam interesse e seus infortúnios viram notícia. A tese da conspiração peca entre outros por um detalhe: a polícia só localizou DSK no avião pouco antes da decolagem para Paris porque ele telefonou atrás do celular que havia esquecido no hotel, e informou onde estava.

CIDADE

Reitor diz que Cefet não tem salas vazias Vinicius Henter

viniciushenter@diariodepetropolis.com.br

O diretor-reitor do Cefet-Petrópolis, Paulo Bittencourt, garantiu ontem que a unidade, localizada no antigo Fórum, na Rua do Imperador, não possui salas ociosas, como havia afirmado o vereador Wagner Silva (PPS). De acordo com Bittencourt, a unidade está funcionando no limite, já que todas as salas disponíveis estão sendo usadas pelos três cursos oferecidos pelo centro: as graduações de licenciatura em Física e Gestão em Turismo, e o curso técnico de Telecomunicações/ TV Digital. Outras salas estão em obras para atender as novas turmas desses cursos. No mês passado, du-

Prédio do antigo Fórum, onde hoje funciona o Cefet: Wagner Silva havia dito que salas estariam vazias

rante sessão na Câmara, os aluguéis pagos pela prefeitura para o funcionamento de órgãos públicos foram alvos de críticas de alguns vereadores, como Wagner Silva e Silmar Fortes (PMDB), que defenderam que o governo municipal gastasse menos com aluguéis. Na ocasião, uma das soluções apresentadas por Wagner foi a utilização do antigo Fórum, onde hoje funciona o Cefet, para sediar alguns órgãos públicos, como o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Secretaria de Planejamento, Polícia Federal e Defensoria Pública. - No antigo Fórum, só tem algumas salas sendo usadas pelo Cefet. O prefeito vai tomar as medidas cabíveis para que aquele

Secretário ressalta importância do ensino superior público na cidade

Foto: Alan Alonso

Vinicius Henter Encontro do diretório municipal com o deputado Thiago Pampolha

PTC e PRP formam aliança para eleger vereador em 2012 Vinicius Henter

O PTC e o PRP já estão se preparando para as eleições de 2012. Formando uma aliança, os dois partidos esperam fazer, pela primeira vez em Petrópolis, um vereador. Segundo o presidente do PTC em Petrópolis, Josemar Palles, o “Mazinho”, a estratégia está na composição de uma nominata forte para a disputa eleitoral para a Câmara em 2012. Para isso, foram chamados para se filiar ao PTC e ao PRP candidatos que não se elegeram em 2008, mas que tiveram mais que 500 votos. A proposta é que a aliança seja competitiva, conseguindo legenda para ocupar uma cadeira na Câmara. Fazem parte do projeto eleitoral dos dois partidos pelo menos quatro ex-vereadores, entre eles José Jorge e Ronaldo Ramos, que foram vereadores até 2008. Segundo Mazinho, PTC e PRP vêm se organizando desde janeiro deste ano, e a cada mês com

espaço usado. Só o Cefet não ocupa um quarteirão inteiro da Rua do Imperador - disse Wagner Silva no dia 19 de abril. Paulo Bittencourt, no entanto, criticou a declaração do vereador. O diretor-reitor do Cefet afirmou ainda que chegou a convidar Wagner Silva para uma visita à unidade, como o objetivo de mostrar ao vereador que não há espaço ocioso. Porém, Wagner ainda não teria comparecido ao centro. - O Cefet hoje passa por um problema que é a questão de espaço. Estamos passando por um planejamento para complementação das obras e receber outras turmas. Não há espaço ocioso no Cefet de forma alguma – disse Bittencourt.

adesão de vários pré-candidatos e pessoas que buscam o mesmo ideal. - O Brasil obteve avanços em vários setores, porém é preciso com urgência que priorize sempre em primeiro lugar as pessoas que não tiveram condições de acompanhar esses avanços, como podemos presenciar em nosso município, e entendo que não há meios de encaminhar os jovens para um futuro melhor, se não através de oportunidades também para os seus responsáveis, por isso, por ser cristão, o partido deverá honrar o nome que tem, e se colocar como alternativa para o povo petropolitano – disse Mazinho. Mazinho lembrou ainda que os interessados em fazer parte do PTC devem entrar em contato pelos telefones 88256400 e 8824-0518 ou pelo email ptc36petropolisrj@hotmail.com .O PRP é representado pela presidente, Mônica dos santos Almeida, que disse apostar “no poder das mulheres e da juventude”.

O secretário municipal de Educação, William Campos, defendeu ontem o crescimento da unidade de Petrópolis do Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (Cefet). A declaração foi dada durante a aula inaugural para o curso técnico de Telecomunicações/TV Digital. - O Cefet é a chance de o Brasil se adequar ao seu próprio crescimento. Nós temos que ampliar o Cefet com novos cursos – disse Campos. William Campos frisou ainda a importância do Cefet para o ensino superior público em Petrópolis. No curso técnico de Telecomunicações/TV Digital, 50% das vagas são reservadas para estudantes que fizeram todo o ensino fundamental na rede municipal. - De vez em quando alguém fala que Petrópolis deveria ter uma universidade federal, mas Petrópolis já tem uma universidade federal. São 587 bolsas na UCP (Universidade Católica de Petrópolis) para moradores da cidade. Às vezes você monta uma universidade federal e nenhum estudante é da cidade. E temos o Cefet também, que não deve nada para UFRJ e para a UFF. São enfoques diferentes – disse o secretário.

William Campos discursa ao lado de Paulo Bittencourt e de representantes da GE Celma durante aula inaugural

Também participaram do evento o presidente da GE Celma, Júlio Talon, e o diretor financeiro da empresa, João Moragas. Segundo o diretorreitor do Cefet-Petrópolis, professor Paulo Bittencourt, a proposta foi mostrar aos estudantes as oportunidades que terão quando se formarem. - Daqui de Petrópolis, podemos gerar muitos talentos. E o Brasil precisa de mão de obra qualificada. Quem sabe deste curso técnico não saiam pro-

fissionais do Cefet-Petrópolis futuramente trabalhando na GE Celma? – disse Talon. A aula inaugural foi voltada para os alunos das seis turmas do curso, sendo que a primeira delas se formou no segundo semestre de 2010. Campos ressaltou ainda a criação do centro na cidade em 2008, pelo então presidente Lula. - O Cefet nunca teve tanto investimento como agora. Foi criado em 1909 pelo presidente

Nilo Peçanha, mas Petrópolis precisou de um torneiro mecânico, um peão, para chegar até aqui – disse o secretário, que ainda destacou a importância do curso de Telecomunicações/TV Digital para o país e do diploma do curso para o estudante – No Brasil, todo mundo quer um empreguinho público. Temos que aprender a ter uma visão empreendedora. Você tem que ter a ideia de que nada pode deter você, a não ser você mesmo.


4

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

56 anos

TERÇA-FEIRA, 24 DE MAIO DE 2011

Alexandre Machado

Aniversário de Thereza

Curtas

Vale dar uma passada nas concessionárias da Kia (Cel. Veiga ou Itaipava) e conferir os belos carros da marca. 

Léa Rocha estará expondo suas bijuterias e bolsas artesanais, de 8 a 19 de junho, na sala cultural do Parque Municipal de Petrópolis, em Itaipava. 

 A princesa Cristina de Orleans e Bragança está

em São Paulo. Foi visitar a filha Paola.  Em animado bate-papo na tarde de domingo no

Ary Delicatessen, em Itaipava, Carlos Infante e José Carlos Calmon Junior. Neyse Lioy está a mil por hora na organização do concurso Rainha e Princesas da Bauernfest 2011. 

Muito elogiado no Bingen, o gostoso Bistrô Ozório. 

 O Hortomercado Municipal, em Itaipava, esta-

va lotado no último fim de semana. Realmente é uma maravilha ficar lá algumas horinhas. Segundo o jornalista Paulo Antônio Carneiro Dias, é no bar do Horto que encontramos a melhor coxinha de galinha. 

Luiza Ligeiro e Augusto Correa da Costa Fiãns estão de casamento marcado para o dia 23 de julho. 

Carla foi prestigiar o maridão Paulo Cleffs durante sua posse na presidência do PSC-Petrópolis na Câmara Municipal

A elegante Thereza de Castro, mulher do médico João Manuel de Castro, recebeu amigas, ao lado de familiares, para um saboroso almoço no salão de festas da Granja Brasil, em comemoração ao seu aniversário. Entre as presenças, Neyse Lioy, Elizinha Albuquerque Lima, Wanda D’Angelo, Gabriella Loureiro, Marilda Alcântara, Sônia Fanti, Elvira De Carolis, Delza dos Anjos e Norma Oliveira.

2º Baile do Imperador O Rotary Petrópolis, que estará promovendo o 2º Baile do Imperador, dia 17 de junho, no Solar Portugal, convidou vinte aspirantes da Escola Naval para dançarem uma das valsas com as debutantes. Nos mesmos moldes do que ocorreu no ano passado, a música ao vivo estará a cargo do conjunto Fuzibossa, composto por músicos do Corpo de Fuzileiros Navais e haverá sorteio de uma jóia para as debutantes e de brindes para os convidados. Os convites, ao preço de R$ 60, dão direito ao coquetel e jantar (Maria Luiza Buffet) incluindo bebidas (água mineral, refrigerantes, vinhos branco e tinto). Reservas na Casa da Amizade da Família Rotária (Rua Alencar Lima nº 35/901), às 3ª e 5ª feiras, das 14h às 18h ou na Papelaria Semadri. Trata-se de evento beneficente, sendo que o saldo do que for arrecadado com a venda dos convites, será destinado às obras sociais mantidas pelos Rotarys Petrópolis e Internacional. 

Almoço no Valparaíso Fátima Ligeiro, que aniversariou no fim de semana, ganhou almoço organizado pelo marido Ruy Ligeiro e filhos. O próprio Ruy foi quem preparou o churrasco e o Pernil de Cordeiro (dos deuses!). Tudo regado a muita bebida e deliciosas caipirinhas. Foi uma agradável tarde. Realmente Ruy, Fátima e filhos são perfeitos anfitriões.

Veruska e sua amiga Patrícia Oliveira em elegante evento na boutique CASA

Direitos Autorais Registro de Músicas Livros Eventos Culturais Agente: Domingos Capistrano

Pão francês - R$ 5,99kg (somente no balcão)

Entrega em domicílios Rua Epitácio Pessoa, 100 (atrás dos Correios)

Centro - Petrópolis - RJ Tel. 2231-2160

Operando no Mercado a 32 anos

Tels.: (24) 2237-3210 (24) 9832-0327 Petrópolis - RJ (22) 9907-4947 Cabo Frio - RJ


terça-feira, 24 de maio de 2011

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

5

cidade

Homem de 35 anos é detido com 500 cápsulas de cocaína A carreta tombou na BR-040 com 27 toneladas de cimento

Carreta tomba e caminhoneiro fica ferido na Rodovia BR-040 Uma carreta, carregada com 27 toneladas de cimento, tombou, na manhã de ontem, na altura do quilômetro 73 da BR-040, sentido Juiz de Fora. O caminhoneiro sofreu uma fratura exposta e precisou ser encaminhado ao Hospital Santa Teresa, onde, até a noite de ontem permanecia internado. O veículo vinha do Rio de Janeiro e seguia para Três Rios quando o acidente ocorreu, por volta de 8h. Ainda não se sabem as causas, mas ela tombou após uma curva. A carga, avaliada em cerca de R$ 18 mil, que era transportada dentro de um container, não chegou a espalhar na pista. Até a tarde de ontem, outro caminhão era aguardado para fazer o transbordo e a Concer – empresa que administra a via - poder destombar a carreta. No mês passado, o motorista Sidivando Martins de Souza, de 35 anos, também seguia em uma carreta bitrem, carregada com garrafas de cerveja, no sentido Juiz de Fora quando, na altura do quilômetro 47, próximo ao pedágio de Areal, perdeu o controle do veículo e tombou no acostamento. Equipes de resgate da Concer foram acio-

nadas, mas a vítima morreu no local. Ele saiu da fábrica da Schincariol, em Cachoeiras de Macacu, e pretendia levar a carga (40 mil quilos), avaliada em mais de R$ 90 mil, para a cidade de Janaúba, em Minas Gerais. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o caminhoneiro, não conseguiu fazer uma curva e acabou tombando. O pára-brisa do veículo, assim como parte da cabine ficaram destruídos. A seguradora da empresa estima que 40% da carga tenha sido perdida com o tombamento. Acidente envolvendo três carros no Túnel do Papagaio Já no domingo, por volta das 20h, houve uma colisão de um carro dentro do túnel do Papagaio (km 84/ sentido Rio de Janeiro). Segundo a Concer, o carro bateu na lateral do túnel, assustando o motorista do veículo que vinha atrás, que, ao frear, fez com que o outro automóvel batesse na traseira nele. Uma pessoa foi atendida com ferimentos moderados e outras cinco pessoas envolvidas na colisão nada sofreram. Jorge Augusto Goettnauer

Os traficantes estão usando nova tática para burlar as barreiras policiais. Na tarde de ontem, mais uma apreensão de drogas aconteceu, desta vez no Alto da Serra. Um homem de 35 anos foi preso quando seguia do Meio da Serra para o Centro da cidade carregando 500 cápsulas de cocaína, dois tabletes de maconha hidropônica, uma pedra de crack, a droga da morte e R$ 360 em dinheiro. Segundo a Polícia Militar, F. O. M. S., de 35 anos, comprou a droga na Favela Mandela, no Complexo de Manguinhos, no Rio de Janeiro e deveria vender o material no Vale do Carangola. O rapaz subiu até o Meio da Serra num ônibus da Trel, e depois embarcou em um coletivo da Viação Petro Ita que fazia a linha 420. Constantemente equipes do Grupamento de Ações Táticas da Polícia Militar fiscalizavam ônibus da Trel, que liga Petrópolis a municípios da Baixada Fluminense, por isso, traficantes desenvolveram uma nova maneira para tentar burlar essa fiscalização. - Eles agora utilizam os ônibus intermunicipais

Fotos: Alan Alonso

Além da cocaína, a Polícia Militar apreendeu ainda maconha e crack, além de R$ 360 reais

até o Meio da Serra e de lá embarcam em outro coletivo, desta vez municipal para fugir de possíveis revistas. A partir dessas informações, o comando da PM montou uma operação diferenciada - disse um policial que participou da operação.

Eram 15h30 quando os PM’s, realizaram uma revista ao ônibus e suspeitaram de um rapaz que vestia um casaco de nylon. Na abordagem pessoal a polícia encontrou em sacolas plásticas o material entorpecente em poder do homem.

Em conversa informal com os policiais, ele contou que levaria a droga a uma segunda pessoa no Vale do Carangola. O rapaz já tinha passagem pela polícia por roubo e foi encaminhado para a 105ª DP onde ficou detido.

Policial de Petrópolis é preso em Magé Um policial militar, lotado no 26º Batalhão (Petrópolis), foi preso tarde do último sábado, depois de roubar a casa de um procurador, em Magé, na baixada fluminense. Após o crime, um cerco teria sido feito na cidade e ele acabou surpreendido em uma blitz. O militar e outros três comparsas teriam tentado furar o bloqueio, mas foram perseguidos e presos. Com o policial foram encontrados relógios, celular, e maconha. Além de roubo, eles também

foram indiciados por formação de quadrilha. O comandante do 26º batalhão, tentente-coronel André Vidal, confirmou que o policial continua preso no Batalhão Especial Prisional da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, em Benfica, e informou que, além da ocorrência feita na 66ª Delegacia (Piabetá), também esta sendo aberto um inquérito no conselho de disciplina da Policia Militar para apurar o caso e decidir ou não pela expulsão do militar da corporação.

- Vivemos em um estado democrático de direito, mas, se for comprovado que ele cometeu mesmo o crime, é feito o conselho. Esse conselho toma uma decisão, eu tomo minha decisão, e o comandante geral da PM diz se o exclui ou não da corporação – disse comandante. Ainda segundo ele, até sábado, não havia nenhuma desconfiança em relação à postura do policial. Ele trabalhava na secretaria do batalhão e, muitas vezes, não usava farda porque fazia

alguns serviços de entrega de documentos no Rio de Janeiro. Em relação à imagem da instituição, o tenente-coronel lembrou que a Polícia Militar é um dos órgãos que pune com mais rigor no Brasil e por isso sua imagem não deverá ficar abalada. - Desvio de comportamento tem em qualquer esfera do governo, mas na PM a gente pune. As pessoas sofrem com isso. A PM é radical até em coisas mais simples – completou ele.

Polícia age rápido e prende acusados de roubos Roberta Müller robertamuller@diariodepetropolis.com.br

Muita gente ficou ao lado do carro que atingiu as três pessoas

Três pessoas são atropeladas na Rua do Imperador Três pessoas foram vítimas de atropelamento na Rua do Imperador, na tarde de ontem. A motorista do automóvel teria perdido o controle do veículo, um Fiat Stilo, quando saía de um estacionamento e acabou atingindo três mulheres antes de chocar-se contra a mureta de proteção. Por conta dos ferimentos, aparentemente sem gravidade, duas mulheres foram encaminhadas ao Hospital Santa Teresa para realizar exames. A motorista do automóvel, muito nervosa, não quis dar detalhes sobre o incidente, declarando apenas que “tudo aconteceu muito rápido”. Ela também foi levada ao hospital. Dezenas de curiosos observaram a ação dos bombeiros e policiais. A manicure Gisele Wolf, que presenciou a cena e por pouco também não foi atropelada, comentou o ocorrido. - Não sei se a moça se confundiu e pisou no acelerador ao invés de pisar no freio. Na hora muitas pessoas correram para se proteger, um rapaz ainda tentou puxar as duas moças que atravessavam, mas não deu tempo. É

difícil explicar, se não tivesse a mureta o carro teria caído no rio - disse. As vítimas atravessavam na faixa de pedestres, exatamente na saída do estacionamento. Uma medida simples, e que há pouco tempo seria providencial para evitar esse tipo de acidente, foi desprezada pela Prefeitura, conforme declarou o gerente do estacionamento Marcelo Souza França. - Antes nós tocávamos uma campainha, para alertar aos pedestres que um carro estava saindo, mas a prefeitura nos obrigou a tirar alegando que fazia muito barulho e incomodava. Certamente incomodava menos do que ser atropelado - declarou. A Companhia de Trânsito e Transportes (CPTrans) esclareceu que existe uma resolução de número 38/98, em vigor, sobre sinalizador para garagens e estacionamentos de uso coletivo, que indica aos pedestres a saída de veículos. Ainda de acordo com a CPTrans, não houve qualquer pedido ou ordem para que o sinalizador fosse desligado.

Dois casos de roubo foram solucionados e os acusados presos em poucos minutos, neste domingo. O primeiro deles ocorreu próximo ao lago do Hotel Quitandinha. Um homem de 32 anos, armado, assaltou o proprietário dos pedalinhos que ficam no lago, um aposentado, e fugiu levando dinheiro e o carro da vítima, um Eco Sport, prata. Logo após, o suspeito foi encontrado pela Polícia Militar no Alto Independência. Já o outro caso aconteceu na Praça da Liberdade, Centro. Dois bandidos roubaram uma câmera fotográfica de um casal. Um deles foi preso em flagrante, minutos depois, na Rua da Imperatriz, também no Centro. Nos dois crimes os assaltantes confessaram o roubo, mas os comparsas ainda não foram encontrados. Roubo no Quitandinnha De acordo com o registro de ocorrência e com os agentes que participaram das operações, o crime no Quitandinha teria sido premeditado pelo bandido. Ele chegou ao local por volta de 12h30, na

carona de uma motocicleta. Logo em seguida rendeu o aposentado e roubou R$ 746, além das chaves do carro. Minutos depois teria fugido com o veículo da vítima. - Estávamos em patrulhamento quando recebemos a informação do roubo. Tínhamos as características do autor e do carro e, por isso, saímos em diligencias pelos bairros próximos ao Hotel Quitandinha. Quando passávamos pela Rua Cacilda Becker, no Alto Independência, vimos um homem tentando manobrar um Eco Sport. Quando nos aproximamos ele saiu do carro, espontaneamente, e se entregou – explicou o cabo M. Bruno, que, junto com o soldado Talarico, prendeu o suspeito em flagrante. No carro da vítima, os agentes ainda encontraram a arma usada no crime, um revólver calibre 38, com numeração raspada. Na delegacia, o homem não quis prestar depoimento e preferiu se reservar ao direito de falar somente em juízo, mas, aos policiais, ele teria contado que é usuário de cocaína e roubou para sustentar o vício. Ainda segundo o cabo M. Bruno, ele disse que estava na comunidade para comprar drogas e que pretendia abandonar o veículo em seguida. O criminoso é

pós-graduado em engenharia da computação e estava se preparando para o doutorado na mesma área. O acusado é morador da mesma rua da vítima e, por isso, teria estudado sua rotina, segundo os agentes. Ele foi encaminhado à 105ª Delegacia (Retiro), onde o caso foi registrado. O homem não tinha antecedentes criminais. Roubo na Praça da Liberdade Já na Praça da Liberdade, dois homens, que se disseram armados, renderam um casal de adolescentes, ambos de 16 anos, por volta de 21h. No depoimento a polícia eles contaram que estavam fazendo fotos na praça e, logo após, sentaram em um dos bancos, no momento em que os bandidos teriam se aproximado e anunciado o assalto. Um deles, que estava com um casaco camuflado do Exército, teria levantado a roupa e simulado que estava com uma arma na cintura, mas as vítimas não chegaram a ver. O casal ainda contou que, por várias vezes, foi ameaçado e que os bandidos mandaram que os dois ficassem quietos e não tentassem fugir. Um dos suspeitos acabou puxan-

do a câmera que estava na mão da adolescente e os dois saíram correndo, em direções distintas. O menino contou que ainda tentou correr atrás de um deles, mas voltou a ser ameaçado e preferiu voltar para a praça. Minutos depois, a Polícia Militar foi acionada por um pipoqueiro e começou a fazer buscas pelas ruas do Centro Histórico. Segundo o soldado Flávio Henrique, que participou da operação, eles acabaram encontrando um dos suspeitos próximo ao Museu Imperial. - Sabíamos as características deles e vimos um homem correndo, com um casaco camuflado. Ele estava indo no sentido da Catedral. Quando o abordamos ele acabou falando que jogou a câmera no gramado da Câmara dos Vereadores – informou o soldado, lembrando que prendeu o homem em flagrante, junto com outro policial, o soldado Leandro. Na abordagem, os agentes ainda encontraram quatro cápsulas de cocaína. Além de responder por roubo, ele também foi indiciado por uso de entorpecente. Nos dois casos, tanto no Quitandinha, quanto no Centro, os comparsas não foram encontrados.

Adolescente é pego com 200 cápsulas de cocaína Um adolescente de 17 anos foi apreendido na tarde do último sábado, com 200 cápsulas de cocaína. De acordo com a polícia, ele havia comprado a droga na comuni-

dade do Jacarezinho, na Zona Norte do Rio de Janeiro, e pretendia vender em uma festa em Petrópolis. Mas acabou sendo preso quando estava na estação de trem Central do

Brasil, também no Rio. O menor de idade confessou que não é a primeira vez que busca drogas na comunidade para revender na Região Serrana. O jovem foi

encaminhado para a DPCA (Delegacia de Proteção a Criança e Adolescentes) e pode sofrer uma medida sócio educativa pelo crime de tráfico de drogas.


6

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

terça-feira, 24 de maio de 2011

Agenda Cultural INSTITUTO OMAR CARDOSO

HORÓSCOPO Áries - (21/03 a 20/04)

Novas perspectivas de êxito vão se abrir diante de você. Evite desgastar-se, aborrecer-se ou irritar-se por questões de pequena monta. O fluxo astral ainda não é totalmente bom para você. 

Touro - (21/04 a 20/05)

Hoje poderá elevar-se no plano social, quer pelo que fizer, quer pela colaboração que poderá receber de pessoas amigas e compreensivas. Novos conhecimentos e alegrias estão em perspectiva. Este é o seu melhor período do ano. 

Gêmeos - (21/05 a 20/06)

Os excessos de prazer, estimulantes e de trabalhos que requerem grande concentração e capacidade mental, não serão de todo favoráveis hoje. Bom fluxo, todavia, aos negócios iniciados anteriormente. 

Câncer - (21/06 a 22/07)

O planeta Vênus lhe promete um dia dos mais favoráveis. Fará bons negócios, bons planos com relação ao futuro e contatos pessoais, ótimas relações sociais, sentimentais e amorosa. Aproveite. 

Leão - (23/07 a 22/08)

Mudanças na vida cotidiana, podendo alterar horários, modo de agir e de se comunicar com o ambiente e as pessoas. Época favorável para o início de atividades intelectuais que aperfeiçoem sua mente. Pequenos passeios tenderão a ter sucesso e a serem agradáveis. 

Virgem - (23/08 a 22/09)

Procure agir de forma dinâmica e com mais tato, sem impor sua autoridade. A pessoa amada está merecendo maior atenção da sua parte. No trabalho, aja com mais vontade. Aguarde notícias e benefícios. 

Libra - (23/09 a 22/10)

Disposição tranquila e excelente estado mental para entabular novas coisas visando sua melhora geral. A elevação da personalidade será o ponto máximo de seu sucesso. Melhora da saúde, mas não descuide.  Escorpião - (23/10 a 21/11) Evite prejudicar sua saúde, não cometendo excessos na alimentação ou com bebidas alcoólicas. Não confie demais em subordinados e em estranhos. Sucesso pessoal e a evolução da personalidade serão evidentes. 

Sagitário - (22/11 a 21/12)

Poupar as suas economias, a fim de conseguir a casa própria que tanto sonha e deseja, será o mais importante a fazer agora. Por outro lado, o fluxo será dos melhores para compra de bens móveis e imóveis.  Capricórnio - (22/12 a 20/01) Cuidado neste dia, para não perder a confiança das pessoas que são extremamente importantes para você. Lucros através do conjugue ou associações estão previstos e o trabalho renderá o necessário para deixá-lo feliz. 

Aquário - (21/01 a 19/02)

Dedicar-se a rotina é o melhor que pode fazer neste dia. Pense nos problemas como quem tenta solucionar um quebra-cabeça e encontrará a solução adequada. Terá uma ideia feliz a respeito dos seus próprios assuntos.  Peixes - (20/02 a 20/03) Período positivo para lidar com assuntos psicológicos, emocionais e para compreender os aspectos mais profundos de sua mente. Você poderá desenvolver todo tipo de atividades a esse respeito. Possibilidade de momentos importantes na vida íntima.

marciosalerno@diariodepetropolis.com.br

Na cidade

Literatura brasileira e contação de histórias Até o dia 29, de segunda a sábado, 9h às 18h, e domingos e feriados, de 9h às 13h, segue em cartaz, no Centro Cultural Estação Nogueira, a mostra “Estação Literária: No Universo de Nelson Rodrigues”. Antecedendo as comemorações do centenário do escritor e dramaturgo Nelson Rodrigues, o Centro Cultural Estação Nogueira promove exposição literária em sua homenagem. Até o dia 27 acontecem atividades estudantis e uma leitura dramatizada do texto: “A Falecida”, na adaptação da atriz teatral Simone Gonçalves, será apresentada pelos alunos da Escola Municipalizada Sérgio Ribeiro Rocha. Censura livre, entrada franca. Hoje e no próximo dia

CINE ITAIPAVA Est. União & Indústria, 11.000 - Itaipava

Fotos: Divulgação

Uma hgomenagem a Nelson Rodrigues em Nogueira, até o fim do mês

31, de 13h às 17h, tem Curso de Contação de Histórias na Sala Multiuso do Centro de Cultura Raul de Leoni, censura livre, inscrição gratuita.

A responsável é a Secretaria Municipal de Educação. Trata-se de um evento público oficial. Mais informações: (24) 2246-8681 com Juliana.

Teatro

Peça de cunho espírita cheia de humor será encenada domingo Hoje, às 18h, o Theatro D. Pedro apresentará a peça teatral “Morrendo e Aprendendo – Uma comédia do outro mundo”, da Cia. de Teatro Amigos da Luz, de Nova Iguaçu, RJ. Trata-se da divertidíssima história de D. Lourdes, perua materialista que morre subitamente e se vê às voltas com a realidade do lado de lá, com direito a inimigos de vidas passadas e à necessidade de reavaliar os próprios valores. Uma narrativa muito divertida que

promete arrancar boas risadas da platéia. Os ingressos saem a R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia). Quem apresentar a filipeta da peça paga R$ 20. A filipeta está disponível na Livraria Espírita Umep (Início da Rua Paulo Barbosa, galeria do Ed. Imperador, loja 1), Livraria Espírita Oswaldo Cruz (Rua Alencar Lima, galeria do Ed. Esperanto, loja 2) centros espíritas e também pelo site www.amigosdaluz.com.

Filipetas para desconto já estão à disposição na cidade

Fórum

Monitoramento eletrônico é tema de debate em palestra na UCP hoje A UCP promove hoje dois eventos, abertos ao público, nos campi da instituição. Um deles é a palestra do médico e presidente da Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte, Dr. José Kawazoe Lazzoli, no auditório II, no campus da Rua Barão do Amazonas, a partir das 19h30. Já o Fórum de Debates será realizado no Salão Nobre, no campus da Benjamim Constant e tem início às 19h. O tema foi escolhido devido à grande repercussão e discussões realizadas constantemente em todo o país, desde a aprovação da lei federal que passou a admitir o monitoramento eletrônico de presos no Brasil. O evento será realizado nos moldes de um tribunal do

Um debate e uma palestra hoje na UCP

júri onde membros da sociedade formarão um corpo de jurados. Um grupo de alunos defenderá o monitoramento eletrônico e o outro grupo

será contrário à lei. O evento conta ainda com a participação de um Juiz da Comarca de Petrópolis que presidirá o Fórum de Debates.

Discussões

Museu Imperial lança livro em quadrinhos sobre o Rio de Janeiro O livro “Navegando na História – O Rio de Janeiro em Quadrinhos”, de Lea Franco e Sara Loureiro, será lançado nesta quinta-feira, dia 26, às 18h30, no Museu Imperial. Após o coquetel, será apresentado um espetáculo “Som & Luz” especial para os convidados. O projeto conta com patrocínio do Ministério da Cultura e da GE Celma, trazendo a história da fundação da cidade do Rio de Janeiro em quadrinhos. E já estão abertas as inscrições para o Seminário Nacional de Digitalização, Preservação e Difusão de

Acervos Patrimoniais que será promovido pelo Museu Imperial de 19 a 21 de outubro. O evento é uma iniciativa do Projeto de Digitalização do Acervo do Museu Imperial (Projeto DAMI) e abre espaço para interessados em apresentar trabalhos ou participar como ouvintes. O seminário foi idealizado no âmbito das discussões que envolvem o processamento técnico de acervos arquivísticos, bibliográficos e museológicos nas instituições de guarda públicas e privadas, visando à democratização do acesso aos bens culturais através da digitalização

e disponibilização online. O evento apresentará ainda o trabalho realizado na construção da base de dados do Museu Imperial pelo Projeto DAMI que tem como objetivo disponibilizar na internet todo o acervo da instituição. Os interessados em participar como ouvintes poderão se inscrever até 15 de agosto. As inscrições podem ser feitas pelo site www. museuimperial.gov.br, através do link Acervo Digital – Seminário Nacional de Digitalização. Os valores são R$ 200 (apresentadores), R$ 100 (ouvintes) e R$ 50 (estudantes).

THOR – Censura 10 anos – com Anthony Hopkins – Horários: 15h e 19h10 todos os dias, exceto 2ª feira – Sessão extra sexta e sábado, 21h40 A aventura épica se inicia no planeta Terra nos dias de hoje até reino de Asgard. O Poderoso Thor é um arrogante guerreiro cujas ações intempestivas despertam uma guerra antiga. Como castigo, Thor é enviado à Terra e forçado a viver entre os mortais. Uma vez aqui, ele aprende o que significa ser um verdadeiro herói, depois que o vilão mais poderoso de seu mundo envia as forças negras de Asgard para invadir o planeta. TODO MUNDO TEM PROBLEMAS SEXUAIS – Censura 14 anos – Com Pedro Cardoso - Horários: 17h30 todos os dias, exceto 2ª feira Todo Mundo tem Problemas Sexuais conta cinco histórias diferentes que têm em comum a questão sexual que envolve os desejos e as consequências dos problemas sexuais: Impotência - Uma mulher descobre no bolso de seu parceiro um comprimido de Viagra, e começa a duvidar da validade de seu amor. Perversão - Casal que durante anos viveu um casamento convencional e, por alguma circunstância inesperada, não conseguem mais viver sem que tenham outros parceiros na cama. Sedução - Farmacêutico quer seduzir sua melhor amiga, mas sem perder a amizade da mesma. Desejo - História de casal que se conhece pela internet e tem encontros tórridos no escuro, até que um dia ao abrir a porta da geladeira a luz revela verdades ocultas. Preferências Sexuais - História de um homem que descobre que mesmo amando sua mulher, tem atração por homens. Ingressos: terças e quartas ingresso promocional a R$ 6 para todos (exceto feriados). Preço de ingressos as quintas e sextas - inteira R$ 14 e meia R$ 7. Preço de ingressos aos sábados e domingos - inteira R$ 16 e meia R$ 8. CINE BAUHAUS R. Dr. Nelson de Sá Earp, 89 Shopping Center Bauhaus Centro SALA 1 RIO – Censura livre – Horários: 14h30 e18h30 Blu é uma arara azul que nasceu no Rio de Janeiro mas, capturada na floresta, foi parar na fria Minnesota, nos Estados Unidos. Lá é criada por Linda (Leslie Mann), com quem tem um forte laço afetivo. Um dia, Túlio entra na vida de ambos. Ornitólogo, ele diz que Blu é o último macho da espécie e deseja que ele acasale com a única fêmea viva, que está no Rio de Janeiro. Linda e Blu partem para a cidade maravilhosa, onde conhecem Jade. Só que ela é um espírito livre e detesta ficar engaiolada, batendo de frente com Blu logo que o conhece. Quando o casal é capturado por uma quadrilha de venda de aves raras, eles ficam presos por uma corrente na pata. É quando precisam unir forças para escapar do cativeiro. TODO MUNDO TEM PROBLEMAS SEXUAIS – Censura 14 anos - Com Claudia AbreuHorários: 16h30 e 20h30 SALA 2 PIRATAS DO CARIBE – NAVEGANDO EM ÁGUAS MISTERIOSAS – Censura 12 anos – com Johnny Depp – Horários: 15h, 18h e 21h Neste conto de verdade, traição, juventude e morte, o Capitão Jack Sparrow cruza com uma mulher de seu passado, e ele não tem certeza se é amor ou se ela o está usando para encontrar a lendária Fonte da Juventude. Quando ela o obriga a bordo do Queen Anne’s Revenge, navio do temido pirata Barba Negra, Jack encontra-se diante de uma aventura inesperada, em que ele não sabe quem temer mais: Barba Negra, ou a mulher de seu

passado. Preços: Segunda é dia de cinema. Ingressos a R$ 3 em todas as sessões. Terça a quinta (exceto feriados): Sessões iniciadas até 15h59min Inteira: R$ 10 (meia: R$ 5). Após 16h inteira: R$ 12 (meia: R$ 6). Sexta a domingo e feriados: Sessões iniciadas até 15h59min inteira: R$ 12 (meia R$ 6) Após 16h inteira: R$ 14 (meia R$ 7). Lembrando que estamos com uma promoção de terça a domingo: todas as pessoas pagam meia entrada. TOP CINE HIPERSHOPPING ABC Rua Teresa, 1415 / 2º piso Alto da Serra – Petrópolis Cine Fone: (24) 2249-9900 www.cinemaxx.com.br SALA 1 PIRATAS DO CARIBE 4: Navegando em Águas Misteriosas – Censura 10 anos – com Johnny Depp – Horários: 14h50, 17h40 e 20h30 - 2ª feira – dia 23 – não haverá sessão SALA 2 VELOZES E FURIOSOS 5 – Operação Rio – Censura 14 anos - com Paul Walker – Horários: 15h30, 18h10 e 20h50 - 2ª feira – dia 23 – não haverá sessão Dominic Toretto foi resgatado da prisão por sua irmã Mia e Brian O’Conner, que realizam um ousado resgate sobre rodas. Logo em seguida, ele desaparece. Brian e Mia vão até o Rio de Janeiro, onde encontram Vince. Ele propõe ao casal o roubo de carros que estão sendo levados em um trem, algo que, segundo ele, será uma operação simples que renderá um bom lucro. Durante a operação, Dominic reaparece e diz à irmã que os planos mudaram. Ela então leva um dos carros a um esconderijo em plena favela carioca, deixando Dominic e Brian enfrentando policiais e bandidos. TOP CINE HIPERSHOPPING MERCADO ESTAÇÃO Rua Paulo Barbosa, 310 / 1º piso Centro - Petrópolis Cine Fone: (24) 2249-9900 www.cinemaxx.com.br SALA 1 RIO – Censura livre – Horários: 15h30 - 2ª feira – dia 23 – não haverá sessão PADRE – Censura 14 anos – com Paul BVettany – Horários: 17h20, 19h10 e 21h - 2ª feira – dia 23 – não haverá sessão A história gira em torno de um lendário guerreiro Sacerdote da última Guerra de Vampiros, que agora vive na obscuridade entre os outros habitantes humanos espezinhados em paredes nas cidades distópicas governadas pela Igreja. Quando sua sobrinha é raptada por um bando de vampiros assassinos, o Sacerdote quebra seu juramento sagrado para se aventurar em uma busca para encontrá-la antes que ela seja transformada em um deles. Ele é acompanhado na sua cruzada pelo namorado de sua sobrinha, um jovem xerife (rápido no gatilho), e uma ex-guerreira Sacerdotisa que possui habilidades de luta sobrenaturais. SALA 2 THOR – Censura 10 anos – com Anthony Hopkins – Horários: 15h50 e 18h20 (cópia dublada) – 20h50 (cópia legendada) - 2ª feira – dia 23 – não haverá sessão SALA 3 RIO – Censura livre - Horários: 16h10 - 2ª feira – dia 23 – não haverá sessão O NOIVO DA MINHA MELHOR AMIGA – Censura 12 anos – com Ginnifer Goodwin – Horários: 18h30 e 20h40 - 2ª feira – dia 23 – não haverá sessão Rachel vai fazer 30 anos e era toda certinha, mas durante uma comemoração bebeu além da conta e acabou transando com Dex, um amigo da faculdade. Só que o cara é o noivo de sua melhor amiga Darcy, de quem ela é madrinha de casamento. Agora, ele vive o conflito dos preparativos para a festa, enquanto começam a pesar na balança a amizade dos tempos de infãncia e o que sempre sentiu por Dex.

Filmes na TV

DR. DOOLITTLE 3 – GLOBO – 16H15 – COM KIRSTEN WILSON - A filha do Dr. Doolittle, que também consegue se comunicar com animais, tal e qual o pai, tenta esconder seu dom, por sentir vergonha. Mas, quando, animais começam a correr perigo em um acampamento de verão, ela tem de se mostrar apta a ajudá-los.


terça-feira, 24 de maio de 2011

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

7

cidade Divulgação

Vândalos atacam de novo a Comac, causando prejuízos

Fotos: Alan Alonso

Manifestantes pedem o fim do abuso contra crianças pelo Centro

Caminhada contra pedofilia reúne mais de 200 pessoas A Aliança do Vale do Itamarati (AVI) organizou, no último sábado (21), a primeira caminhada contra o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, com o tema : “Diga Não à Pedofilia”. De acordo coma organização, mais de 200 pessoas participaram do evento, que teve a distribuição de camisas da campanha , adesivos e informativos. A passeata, que teve aproximadamente uma hora e meia de duração, teve início na Catedral São Pedro de Alacântara e terminou na Praça Dom Pedro. - Diante do aumento dos casos de pedofilia na nossa cidade idealizamos essa campanha. Ano passado foram registrados 54 casos e nesse ano já tivemos 37. Muitas petropolitanos não tem essa dimensão e essas ações são muito importantes nesse sentido. Esta foi a primeira de muitas caminhadas que pretendemos realizar - declarou Rafel Soares, organizador do evento, que contou com a participação de professores, lideres comunitários, advogados, entidades religiosas, jovens e

a sociedade civil em geral. De acordo com Soares, as ações de combate ao abuso e exploração sexual contra menores, não vão parar por aí. A partir do segundo semestre, o projeto será levado para dentro das escolas e comunidades da cidade. - Nós levaremos esse trabalho para dentro das escolas em parceiria com as comunidades e entidades religiosas. Vamos contar com palestras, psicólogos e com pessoas que estão acostumadas a lidar com crianças e adolescentes para nos dar esse suporte. Inclusive, solicitamos a câmara para que o dia 21 de maio seja instituído como o dia municipal de combate ao abuso e exploração sexual de menores - informou, revelando que já houve um contato por parte da câmara de vereadores de Areal para que seja realizada uma caminhada semelhante naquele município. Mais informações e detalhes sobre a campanha podem ser encontradas no endereço www. petropoliscontrapedofilia. com.br

A Comac - Escola Germano Valente - contabiliza mais prejuízos em função da ação de vândalos que depredaram os vidros da sede da escola, que fica na Rua Sá Earp, 88 - Morin. Ao abrir a escola na manhã de ontem, o zelador foi surpreendido com quase dez vidros quebrados. Não é a primeira vez que a unidade é atacada. Segundo a presidente da Comac, Fernanda Ferreira, de fevereiro de 2009 até hoje foram diversos ataques, que geraram um prejuízo de quase R$ 8 mil, num total de mais de 80 vidros trocados. O caso já foi levado a Polícia Militar, mas até o momento, os ataques continuam acontecendo. - Desde que assumi a presidência da Comac, em abril de 2010, foram mais de três ataques destes vândalos. Em todas as vezes pedi apoio à prefeitura, por meio da Secretaria de Educação, mas não recebemos nem resposta. Agora, com contato mais direto com o atual secretário, tenho a certeza de que seremos atendidos. Não dispomos de verbas para a colocação de grades e sabemos que a prefeitura pode fazer para a Comac. Vamos aguardar uma resposta favorável, para que não tenhamos que suspender as aulas destas salas, pois o frio nesta época do ano é constante - disse Fernanda Ferreira. Para solucionar o caso, é preciso colocar grades nas janelas, mas o custo é muito elevado. - São quase R$ 15 mil em telas, um valor que a Comac não dispõe. E no mais, é um

Comércio apresenta alta de 0,17% no varejo em abril Os preços do varejo, em Petrópolis, apresentaram alta de 0,17% em abril de 2011. No mesmo período do ano passado, o índice apresentou aumento de 0,75%. Com o resultado deste mês, o aumento acumulado no ano ficou em 0,79% e nos últimos 12 meses a taxa situou-se em 4,19%. Esse é o resultado da pesquisa realizada pelo SICOMÉRCIO (Sindicato do Comércio Varejista de Petrópolis), em parceria com a Fecomércio-RJ durante o mês de abril. Foram registrados aumentos em três dos sete grupos pesquisados. A maior alta nos preços foi registrada no grupo Saúde e Higiene Pessoal, cujos itens ficaram, em média, 1,83% mais caros na comparação com março. O subgrupo Produtos Farmacêuticos, apresentou o aumento mais intenso desse grupo (2,36%). Em seguida vieram os reajustes nos grupos: Despesas Pessoais (0,34%) e

Alimentação (0,03%). Os grupos que exerceram pressão contrária, impedindo dessa forma, um aumento mais acentuado no Índice, foram os seguintes: Manutenção Predial (-0,66%), Vestuário (-0,6%), Veículo (0,18%) e Artigos de Residência (-0,04%). Os itens que mais subiram de preço no mês de abril foram: repolho (aumento de 19,48%, depois de duas quedas seguidas), banana d’água (17,43%), maçã (15,17%) e cenoura (11,09%). Em sentido contrário, uva (queda de 15%, depois da alta no mês anterior) e chuchu (-13,73%) apresentaram as maiores retrações de preço no mês. Análise dos acumulados do ano e dos últimos 12 meses Com o resultado de abril, os preços no comércio de Petrópolis estão acumulando alta de 0,79%, ficando abaixo

da taxa de 2,48% registrada em igual período do ano passado. Os grupos Artigos de Residência (2,42%) e Saúde e Higiene Pessoal (2,09%) apresentaram as altas acumuladas mais intensas do período. De um modo geral, os itens que mais aumentaram de preço no período foram o tomate (77,24%), cenoura (58,62%), laranja pêra (55,28%) e beterraba (53,79%). De maneira inversa, o limão apontou o recuo mais intenso (-36,77%), seguido pela alcatra (-15,66%), filé mignon (-13,67%) e pela banana d’água (-13,45%, apesar da alta deste mês). Considerando os últimos doze meses, os preços no comércio da cidade acumularam alta de 4,19%, ficando acima da taxa de 3,78% observada em igual período do ano passado. O grupo Alimentação apresentou o reajuste mais intenso do período (7,7%).

Esquecido e preterido pelos cartões de crédito e débito, o talão de cheques volta a ser uma das opções dos consumidores na hora de efetuar um pagamento. De acordo com a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Petrópolis, foi registrado, em abril, um aumento na ordem de 25,5% da emissão de cheques, em relação ao mesmo período do ano passado, conforme os dados consultados pelos lojistas associados ao serviço ligcheque, administrado pela entidade. O aumento do número, segundo a CDL, representa uma valorização dessa forma de pagamento em função das altas taxas cobradas pelos cartões de crédito. Apesar disso, ainda é grande o receio dos lojistas em aceitar essa forma de pagamento, tida por muitos deles como “pouco confiável”.

- As compras à vista no cheque saem com 10% de desconto. Mesmo assim, essa forma de pagamento em nossa loja é pouco utilizada. O cartão nos dá muito mais segurança, além de ser muito mais prático - considerou a vendedora Lúcia Rezende, da Loja Thiamo, no Shopping Pedro II. Já para Neide Mesquita, vendedora da loja Reação, no mesmo Shopping, mesmo tendo que pagar taxas, o cartão é mais vantajoso. - Só aceitamos cheques de clientes conhecidos, praticamente. Em um mês, tivemos apenas a emissão de um cheque. Esse tipo de pagamento nos dá muito mais dor de cabeça, porque o cheque pode ser sustado e temos que passar pelo inconveniente de ligar para as pessoas, ficar cobrando. Muitas vezes é melhor pagar a taxa de 5% dos cartões, do que

aceitar um cheque de R$30, por exemplo - declarou. De acordo com Cláudio Mohammad, presidente da CDL local, apesar de todo o esforço do Banco Central para valorizar e dar credibilidade a essa forma de pagamento, os lojistas devem se manter atentos e não descuidar da segurança na hora de receber o cheque. Por isso ele faz um alerta. - Conferir o preenchimento, solicitar documentos de identidade, telefone e endereço para contato posterior e, é claro, consultar não apenas o sistema Ligcheque da CDL como também o SPC, numa consulta integrada, porque muitas vezes o consumidor pode ainda não ter problemas com o cheque, mas já ter seu nome negativado no SPC e aí o lojista pode se precaver de uma futura inadimplência – explicou Cláudio.

Emissão de cheques aumenta, mas receio dos lojistas continua

O inspetor Jaime de Oliveira mostra o vidro quebrado na Comac: prejuízos chegam a R$ 8 mil desde 2009

dinheiro que tiramos do investimento em projetos para reposição de vidros - concluiu a presidente. A instituição solicitou doação do material a uma empresa de telas em 2010, mas o retorno foi negativo. A Comac abriga hoje aproximadamente mil alunos, entre crianças e adolescentes. Trabalha com vários projetos sociais, dentre eles, com a Educação Infantil (berçário,

creche e pré-escolar), que atende crianças de seis meses a cinco anos e 11 meses de vida. É mantida com doações espontâneas da comunidade petropolitana e com o apoio da prefeitura de Petrópolis. São 40 anos de existência fazendo obras sociais. Para os jovens em situação de risco social, ministra o Curso de Patrulheiros, que vai muito além do encaminhamento para o mercado de trabalho, na

busca pelo primeiro emprego: neste curso, a Comac forma cidadãos, capacita jovens para o mercado de trabalho e conhece de perto e realidade da família de cada aluno. - A Comac não é minha, não é sua, é de Petrópolis. Não podemos permitir que atos como este continuem acontecendo em nossa cidade. Quem perde com isso, são os alunos, os pais, o município - concluiu Fernanda Ferreira.


8

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

terça-feira, 24 de maio de 2011

GERAL

AVISOS E EDITAIS COMARCA DE PETRÓPOLIS TERCEIRA VARA CÍVEL EDITAL DE PRAÇA E INTIMAÇÃO DO DEVEDOR

PCCS da Educação está em fase final

Edital de Praça e intimação do devedor, extraído dos autos da Ação de Execução movida por FRANCISCO CARLOS FERREIRA PAIXÃO em face de BAUHAUS ENGENHARIA E CONSTRUCÕES LTDA, na forma abaixo:

Ascom/PMP

Ascom/PMP

Mais da metade do Plano de Carreira e Remuneração dos Profissionais da Educação Pública Municipal, o PCCS, já está pronto. Essa iniciativa inédita do município está sendo comandada por membros do governo municipal em reuniões realizadas, em média, três vezes por semana, e sendo discutida com a categoria para consolidar uma política de valorização permanente do profissional da Educação. - Pela primeira vez na história de Petrópolis o plano foi levado a sério. Estou muito feliz com a atuação dos membros do governo que estão se dedicando muito mais do que qualquer um possa imaginar. Estou orgulhoso e feliz - declarou o secretário de Educação, William Campos. A meta estabelecida pelo governo municipal para que PCCS se torne realidade está sendo cumprida. O trabalho é realizado com o objetivo de ser bom para o servidor e possível de ser cumprido pelo poder público. - A equipe da Subsecretaria de Finanças tem se empenhado em preparar um plano com a maior valorização possível para o servidor sem causar impacto financeiro aos cofres públicos - disse a subsecre-

O DOUTOR JORGE LUIZ MARTINS ALVES, Juiz de Direito titular da 3ª Vara Cível desta Comarca de Petrópolis - RJ, por nomeação na forma da Lei, F A Z S A B E R aos que o presente Edital virem ou dele conhecimento tiverem e interessar possa, especialmente ao Representante Legal da Sociedade BAUHAUS ENGENHARIA E CONSTRUCÕES LTDA, que no dia 01 de junho de 2011, às 15:00 h., no Átrio do Edifício do Fórum, à Avenida Barão do Rio Branco, n. 2053, nesta cidade, pelo Leiloeiro Público Oficial, Ricardo Ignácio Xavier Corrêa será levado a Praça a quem maior lanço oferecer acima da avaliação de R$ 220.000,00 (duzentos e vinte mil reais), o bem que segue descrito: Loja n. 05 da galeria, parte interna do Edifício Bauhaus, com entrada pelo n. 88 da Rua Dr. Nelson de Sá Earp, antiga Rua João Pessoa, nesta cidade, no perímetro urbano do 1º. Distrito deste município, e a correspondente fração ideal de 8/1.000 do terreno formado pelo Domínio Útil do prazo de terras n. 247-A do Quarteirão Vila Imperial, situado dentro do perímetro urbano do 1º. Distrito deste município, foreiro a Cia. imobiliária de Petrópolis, com a superfície de 1.938,00m2, medindo 29,00m – 52º.50`NO de frente; de um lado, limita com o prazo n. 247B, de propriedade dos herdeiros do Dr. Paulo de Mattos Rudge, mede 53,00m – 42º.25`SO; de outro lado, confronta com o prazo n. 249, de propriedade de Carlos Ipanema Moreira ou sucessores, mede 70,40m – 37º.10`NE; e, dando fundos para o terreno da senhoria direta, mede 37,67m- 24º.50´SE. Localizada no centro comercial situado em ponto referencial no aspecto comercial do centro do município, a loja está localizada no 2º. piso do Shopping, encontrando-se em perfeitas condições de conservação, composta de 2 pavimentos (jirau). O piso térreo possui teto rebaixado com iluminação indireta, formpiso, divisórias, e o jirau com metragem inferior à parte de baixo, com acesso por escadas, sendo sede, atualmente, da empresa Studio One Filmagens & Eventos. O bem se encontra descrito conforme Termo de Penhora de fl. 611, Laudo de Avaliação de fl. 623 e Matrícula n. 16.798 - Cartório do 2º Ofício, 1ª. Circunscrição do RGI, Petrópolis/RJ, e vai a Praça nos autos da Ação de Execução n. 0013510-57.1997.8.19.0042 (1997.532.0071846) - 3ª Vara Cível. O executado foi devidamente intimado da penhora em 10/01/09 conforme certidão de fl. 612 dos autos. Caso não haja licitantes, o bem será alienado em 2ª Praça no dia 15 de junho de 2011, às 15:00 h., no mesmo local, pelo maior lanço oferecido, respeitandose o disposto no art. 692 do CPC, redação dada pela Lei nº 8.953, de 13.12.1994. Na forma do que dispõe o art. 686 inc V, comunica-se os débitos: PENHORAS em favor de: INSS – INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL (50% do imóvel) – Proc n. 0601.001126-6/2007 – 1ª. Vara Federal de Petrópolis e FRANCISCO CARLOS FERREIRA PAIXÃO; Execuções – tudo conforme certidão junto aos autos. Os débitos devidos ao Condomínio e a Municipalidade (IPTU) porventura existentes serão informados pelo Leiloeiro no ato do pregão e correrão por conta do arrematante. Fica esclarecido que o bem será alienado em estrita conformidade com o disposto nos artigos 705 e 686 e seguintes do CPC com as alterações introduzidas pela Lei n. 11.382 de 2006. Caso não seja encontrado pelo Oficial de Justiça, fica por este INTIMADO para ciência do dia e hora das Praças, suprindo-se assim a exigência da Legislação Processual Civil. E, para que chegue ao conhecimento dos interessados, mandei expedir o presente Edital que será afixado no lugar de costume e publicado na forma da Lei. Conforme o Regimento de Custas Forenses, ano 2011, Tabela 07, item 07 - praça ou leilão Judicial: 5% (cinco por cento) sobre o valor pelo qual forem os bens arrematados, vendidos, adjudicados ou remidos; Notas integrantes: item 6 – Os arrematantes ou adjudicatários remissos não ficarão dispensados do pagamento das custas de praça ou leilão. Os interessados ficam cientes de que a arrematação far-se-á em dinheiro, à vista ou a prazo de 15 dias mediante caução idônea (art. 690 do CPC), e que no ato da arrematação, adjudicação ou remição, deverão ser efetuados os seguintes pagamentos: Comissão do Leiloeiro de 5%, ISS de 0,25% e custas de Cartório de 1% até o máximo permitido por Lei. Petrópolis, 17/03/11. Eu, Jose Barbosa Pacifici, Responsável pelo Expediente da 3ª. Vara Cível, subscrevo.

O secretário municipal de Educação comandou a reunião sobre o Plano de Cargos e Salários

tária de Finanças, Fernanda Carvalho. Como a cidade nunca contou com um PCCS, o objetivo é estabelecer perspectivas para o futuro, pensando naqueles que já atuam na Educação do município e também nos profissionais que venham a integrar o quadro. - Estamos atualizando questões jurídicas com base nas leis federais que vai tornar o plano mais moderno e condizente com a nossa realidade. Isso implica em garantir os direitos dos servidores, já que hoje muitos precisam recorrer à justiça para serem atendidos

- afirmou a chefe de Gabinete, Sheila Guimarães. Na tarde de ontem, os membros do PCCS se reuniram mais uma vez, e, antes disso, na parte da manhã, a minuta do plano foi apresentada aos servidores da Educação para que pudessem avaliar os pontos realizados, como progressão e promoção funcional e qualificação profissional. - O trabalho vem sendo feito com o objetivo de encerrar um longo ciclo de uma época em que o servidor não verificava sua importância e nem era reconhecido por parte da administração municipal

- declarou o secretário de Fazenda, Hélio Volgari. Os aposentados não estão de fora desse plano e serão contemplados com essa iniciativa do prefeito de Petrópolis, Paulo Mustrangi. - O plano é uma reivindicação antiga e que o prefeito está atendendo. Da mesma forma que o servidor ativo, o aposentado será beneficiado. A maioria tem aposentadoria por paridade, o que causará reflexos também em seus vencimentos de acordo com o aprovado no PCCS - finalizou o presidente do INPAS, Claudinei Portugal.

Divulgação

AVISOS E EDITAIS MANUTENÇÃO E MELHORIA NA REDE COM INTERRUPÇÃO NO FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA Visando prestar um serviço de melhor qualidade, a AMPLA comunica a seus clientes que interromperá o fornecimento de energia elétrica, para possibilitar a execução de obras e melhoramentos da rede, no município de Petrópolis nas seguintes localidades: s 27/05/2011, das 08:30h às 16:30h, Centro: Parte da Rua José Bonifácio e adjacências. Das 08:30h às 16:30h, Alto da Serra: Próximo da Rua Lopes Trovão, Caminho do Ouro, Antigo L. Via Ferrea, Rua Paulo Roberto de Farias e adjacências. O restabelecimento de energia poderá voltar antes do horário previsto.

A Arte quer montar estandes durante a Bauernfest deste ano

Arte convida empresários para audiência pública A Arte está convidando todos os empresários da Rua Teresa para participarem de uma audiência pública que será realizada amanhã, às 18 horas, no Auditório da Arte, no Centro de Moda e Serviços da Rua Teresa. Todas as secretarias municipais estarão presentes para que possa ser discutida a reurbanização da Rua Teresa e seu cronograma. Segundo o presidente da Arte, Eduardo Dias, muitas metas já foram atingidas, desde que a nova diretoria assumiu no dia 29 de abril. O estacionamento rotativo para turista passou a ser metade do preço (R$1) e a Rua Teresa terá a chance de ter um estan-

de na Bauernfest para mostrar aos turistas por que a Rua é conhecida em todo o país. A Prefeitura também repassou espaços publicitários para a veiculação de mensagem institucional da Rua Teresa na InterTv e no SBT regional. Outra conquista celebrada pela diretoria é a criação do novo Centro de Atendimento ao Guia, que está sendo providenciado em uma sala no shopping 608, com estrutura de banheiro e fraldário. O som de rádio que funciona em toda a extensão da Rua Teresa – conhecido como o Som da Rua – também terá música ambiente e flasback com serviços de utilidade pública.

SEPULTAMENTO Cemitério Municipal Maria Aparecida da Rocha, 50 anos, Castelo São Manoel, 16h30 Jair José da Rocha, 56 anos, Retiro, 11h30 José Ferrari, 81 anos, Castelânea, 16h

Jorge Luiz Martins Alves Juiz de Direito

Sua saúde tem hora certa. Não se atrase.

Cemitério de Itaipava Luiz Mário Leite, 43 anos, Madame Machado, 14h OBS. AS INFORMAÇÕES ACIMA SÃO FORNECIDAS AO DIÁRIO POR FUNCIONÁRIOS DAS SECRETARIAS DOS CEMITÉRIOS,

Há 30 anos o Diário publicava

Já nas bancas!

Você melhor. O mundo melhor.

Fórum de Defesa da Pessoa Idosa acontece hoje Com o tema “O compromisso de todos por um envelhecimento digno no Brasil”, será realizado hoje, a partir das 8 horas, no Campus Bingen da Universidade Estácio de Sá, o Terceiro Fórum Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa. O evento é uma realização da Prefeitura de Petrópolis, com a organização da Secretaria de Trabalho, Assistência Social e Cidadania e do Conselho Municipal de Defesa da Pessoa Idosa. O encontro é aberto à comunidade e as discussões serão divididas em quatro grupos de trabalho. O primeiro grupo tratará do “Envelhecimento e Políticas de Estado: pactuar caminhos intersetoriais”, o segundo grupo falará da “Pessoa Idosa: protagonista da conquista e efetivação dos seus direitos”, o terceiro do “Fortalecimento e integração dos Conselhos:

existir, participar, estar ao alcance, comprometer-se com a defesa dos direitos dos idosos”, e o quarto grupo com ”Diretrizes Orçamentárias e plano integrado e orçamento público da União, estado e município: conhecer para exigir, exigir para incluir e fiscalizar”. A Dra. Vânia Lopes Badin Werneck de Carvalho, pós-graduada em geriatria e diretora da Secretaria Municipal de Saúde Petrópolis fará a palestra de abertura falando sobre “O Compromisso de todos no Processo de Envelhecimento”. Na parte da tarde acontecerá a conclusão dos grupos de trabalho e aprovação das propostas. Também serão eleitos os delegados para a Segunda Conferência Regional Serrana-RJ. Para o encerramento, às 17 horas, está prevista a apresentação do “Conjunto Nosso Tempo”.

Em sua edição número 2.253, de 24 de maio de 1981, um domingo, o DIÁRIO publicou as seguintes matérias: - Seminário – Um Seminário Estadual de Serviços de Proteção ao Crédito aconteceria na cidade, no mês de junho. Lojistas de várias cidades do Estado do Rio tinham confirmado participação. - Xadrez – Mais três simultâneas de um campeonato de xadrez aconteceram na data anterior, no Bosque do Imperador. A coordenação era do professor Romeu Cattacinni e do Colégio Pedro II. - Atração – O time do Flamengo seria a atração para os amantes de futebol nesta data, na cidade, em partida que seria disputada no Estádio Atílio Marotti, contra o Serrano. Zico participaria da pelaja.

Cartório de 3º Ofício de Petropolis x16.indd

1

24/05/2011

Terceiro Ofício - Petropolis - RJ

4/28/11

Pag: 1

R. do Imperador, 1021 - Centro

Relação do Edital dia 24/05/2011 Acham-se afixados neste cartório, conforme a lei 9492/97, art. 15 $1 - Processo 89.877/99 CGJ/RJ, para serem protestados os títulos de responsabilidade de: Protestar em 25/05/2011

012815060000141

R VINTE E QUATRO DE MAIO 411

Número: 00002385802

DUPLICATA MERCANTIL

Emissão:19/04/2011

Vencto: 10/05/2011 Cheque Administrativo

Custas

100,83 Total

Protestar em 25/05/2011 POLUX ILUMINACAO S/C LTDA

Valor:

Emissão:24/03/2011

Cheque Administrativo

Custas

114,73 Total

Protestar em 25/05/2011

Valor:

Emissão:15/02/2011 110,58 Total

14,03 Total

258,21

Portador/ Cedente / Sacador

Protocolo

341 - BANCO ITAU SA

7949

GRM FOMENTO MERCANTIL LTDA.

20/05/2011

914,73 ou Dinheiro Custas

Valor:

0,00 Tarifa

800,00

Número: 500052

Cheque

100,83 Cpmf

JELUX INDUSTRIA E COMERCIO

03624969781

Custas

20/05/2011

SUL MINEIRA ALIMENTOS LTDA

CNPJ / CPF 004227186000177

R GUILHERME KREISCHER 337 CS-M (COND MIRANTE ESTRE

Vencto: 15/02/2011

SUL MINEIRA ALIMENTOS LTDA

114,73 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

928,76

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF

RAFAEL NUNES PLANTZ

Cheque Administrativo

7962

244,18 ou Dinheiro Custas

Número: 3126 B

DUPLICATA MERCANTIL

Protocolo

001 - BANCO DO BRASIL SA

143,35

R QUISSAMA, 1146

Vencto: 09/05/2011

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF

CINTIA MARIA DA SILVA

Protocolo

RIVELINO MACHADO LIMA

7895

SO SUCESSO MATS DE CONSTRUÇAO LTDA

19/05/2011

SO SUCESSO MATS DE CONSTRUÇAO LTDA

4358,25

4.468,83 ou Dinheiro Custas

110,58 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

4.482,86

Intimo-os a pagarem ( através de cheque administrativo ou dinheiro com guia de pagamento a ser retirada neste tabelionato ), ou no caso da falta de aceite, comparecer para aceita-lo, ou dar-me as razões por que não o faz. Ficando assim já intimado do respectivo protesto no prazo estipulado na forma da lei. Petropolis, 24/05/2011 João Correia Lima Neto - Escrevente

2:47 PM


ALTO DA SERRA

A secretaria da Paróquia de Santo Antonio, na Rua Santo Antonio, do Alto da Serra, funciona de 2ª feira a sábado de 14h30 às 19h. O Pároco é o Padre Francisco Montemezzo e o Vigário Paroquial é o Padre Antonio Teixeira Pinto. Informações pelo telefone 2242 4310.

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

terça-feira, 24 de maio de 2011

D

iário nos

B

airros Ailson Souza

diarionosbairros@diariodepetropolis.com.br

Saúde, terapia e prevenção Entidade Filosófica dos anjos mobiliza grande número de moradores de conjunto habitacional ao trabalho de assistência social A terapia chinesa shiatsu foi a grande atração da tarde de assistência social realizada sábado e organizada pela Entidade Filosófica dos Anjos no Condomínio Habitacional Augusto Zanata, no Carangola. A diretoria da entidade promoveu mais três atendimentos de saúde, bucal e distribuição de acessórios para crianças e adultos. Medida de pressão arterial, medição de glicose e aplicação de flúor estavam incluídos na tarde de atendimento. Distribuição de pastas e escovas de dente também foram feitas e o serviço de assistência bucal foi operado na casa número 38 gentilmente cedida

pelo morador Mário Lúcio do Nascimento da Silva, o Lico. Vídeos sobre prevenção de acidentes estavam sendo exibidos na tenda montada no centro do Condomínio Augusto Zanata onde também estavam expostos painéis com vítimas de acidente com motos. - Este trabalho é feito junto às comunidades carentes depois de apuradas as necessidades – afirmou a presidente Cláudia Matta. A terapia Shiatsu muito procurada pelas crianças foi operada pelas terapeutas Maria Lúcia Tavares Gomes e Mônica Maria da Silva. O serviço de enfermagem foi prestado por Maria de Paula Pontes e participaram os diretores

de motoristas e moradores de um modo geral. A iniciativa foi da Associação de Moradores e Amigos de Corrêas – AMAC. O presidente Waldimir Branco Castor, o Mimi, informou ontem que o movimento foi proveitoso e que até o final da semana a entidade vai computar os re-

ALCOÓLICOS ANÔNIMOS

Hoje 19h: Grupo 27 de Maio, Rua Bingen, 261 Amor e Atração, Avenida Leopoldina, 596, Nogueira. 19h30: 28 de Janeiro, Rua Paulo Barbosa, 180, Centro; Estrela de Araras, Escola Estadual de Araras; Morin, Igreja de Nossa Senhora da Glória; e Petropolitano Rua Santos Dumont, 100, Centro.

Mutirão da vitória entrou na terceira etapa domingo Mais uma coluna foi assentada para a construção do muro de contenção na Comunidade Vitória, na Duarte da Silveira. O mutirão teve prosseguimento no domingo durante o dia com uma equipe de moradores executando o trabalho que terá prosseguimento no próximo final de semana quando outro grupo de pessoas irá executar o serviço.

O vice-presidente Fioravante Luiz Carvalho, da Associação de Moradores da Comunidade Vitória, informou no final da operação de domingo que os moradores estão animados, pois com a conclusão eles ficarão livres do medo de novos desabamentos. O mutirão está sendo feito na Rua Manoel Lourenço Tavares Filho.

Usuário soma mais uma reclamação sobre a TREL

Terapeutas realizando a terapia Shiatsu nas crianças do condomínio

da Filosófica dos Anjos: Paulo Ricardo da Silva Neto, Edson Gaia, Fabia-

na Ribeiro, Nelson Sacramento e Rita de Cássia Coutinho.

Pesquisa da AMAC mobilizou moradores na Praça de Corrêas Mais de quinhentas pessoas preencheram o questionário com itens sobre os problemas e mudanças no trânsito ao redor da Praça Luiz Furtado da Rosa, em Corrêas. A pesquisa foi feita no domingo pela manhã quando os diretores montaram uma central no centro do bairro para receber as opiniões

9

sultados dos itens de domingo. Mas a pesquisa continua ainda durante esta semana, pois folhas do questionário estão a disposição do público no Mercadinho Corrêas. - Além disso, vamos deixar as folhas com perguntas nas casas da Rua José Cândido que fica próxima da

Praça é pode ser o refugio de motoristas com as prováveis mudanças no trânsito – afirmou Mimi. A AMAC informou anteriormente que uma operação já está certa. A pintura de uma faixa no ponto do ônibus no sentido Nogueira para evitar o estacionamento de veículos.

A Transturismo Rei – TREL – somou mais uma reclamação de usuários no final da semana. Ao desembarcarem no ponto final do Alto da Serra, Anderson de Almeida e Valéria da Costa Guimarães queixaram-se de viajar do Parque Caçula, em Magé, na Baixada Fluminense, até Petrópolis ouvindo músicas evangélicas. - Não temos nada contra, mas num transporte coletivo isto

é um absurdo – afirmaram. Eles chagaram ao Alto da Serra por volta de 11h30, segundo informaram no ponto do ônibus enquanto aguardavam outro coletivo para o centro da cidade. Confirmaram a série e o número da placa do coletivo: 165.203 e KYL 5298 respectivamente. Procurada, a TREL tinha ontem os telefones sempre ocupados e o site estava foram do ar.

Simpatizantes anunciam abaixo assinado para projeto do trem Um grupo de simpatizantes ferroviários decidiu no sábado promover um abaixo assinado em folhas no sentido de sensibilizar autoridades ao empenho na obra de revitalização da Estrada de Ferro Príncipe do Grão Pará. A decisão foi tomada num estabelecimento comercial da Rua Washington Luiz, no centro, quando os membros reunidos lembraram da morosidade do

projeto que já é lei estadual. A iniciativa foi tomada ao lembrar o movimento feito em Itaipava na semana passada sobre os melhoramentos na BR 040. Segundo os membros do grupo, as assinaturas deverão ser em grande número, pois já existe um abaixo assinado on-line, porém, a grande maioria de ferroviários e simpatizantes da ferrovia não têm acesso a computador.

esportes Serrano vence na categoria sub-15

Leia o Diário Digital na Internet www.diariodepetropolis.com.br

O Serrano conquistou sua segunda vitória no Campeonato Carioca Infantil. O Leão da Serra venceu por 3 a 0 o Yasmin, no estádio do Laginha. Os gols petropolitanos foram marcados por Tysson, duas vezes e Rodrigo. A equipe treinada por Gustavo Leal dominou a maior parte do jogo e não deu chances ao adversário. O placar pode ser considerado até mesmo injusto, devido a grande quantidade de chances criadas pelos garotos do Leão da Serra. O próximo jogo da equipe será no próximo sábado, às 15h, contra o Sendas, na abertura do returno. Neste domingo, Serrano e Yasmin também se enfrentaram pela categoria Juvenil e o time da baixada venceu por 3 a 1. Neste jogo o time da casa não teve a mesma sorte dos mais novos e tiveram um jogo mais duro. O gol do Serrano foi marcado por Jurandir. A equipe Sub-17 também volta a campo no próximo sábado, às 13h, contra o Sendas, na casa do adversário.

Tranqüilidade para a sua empresa

Contabilidade de última geração, sistema avançado de informática Escrita Fiscal – Rotinas Trabalhistas e Folha de Pagamento Sistemática Departamento Jurídico – Direito Cível – Direito Trabalhista Projetos Econômicos – Análise de viabilidade e capacidade de sua empresa – Administração de Bens e Serviços – Corretagem e Administração de Imóveis – Equipe com treinamento especializado Direção Técnica: Márcio Tesch Economista – Corecon 10582 Advogado – OAB/RJ 59.566 Tec. Contab. – CRC/RJ 25.384-0

Rua do Imperador, 772 – Gr 105/106 – Centro Petrópolis – RJ. Tel/Fax: (024) 2231-6212 / 2231-3322


10

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

terça-feira, 24 de maio de 2011

ESPORTES

edsondiario@yahoo.com.br

Mustrangi participa de seminário do COB Fotos: Divulgação

Por Guedes de Freitas

O governador Sérgio Cabral participou, na manhã desta segunda-feira (23/5), no auditório da Escola Naval, da reunião organizada pelo Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016 com os representantes das instalações pré-selecionadas após a primeira fase do processo de cadastramento e seleção de locais de treinamento pré-jogos. Esta agenda é a mais importante já realizada em função dos Jogos Olímpicos depois da escolha do Rio para sede das Olimpíadas de 2016, em Copenhague, em outubro de 2009. O prefeito Paulo Mustrangi participou da solenidade. Ao todo, foram pré-selecionadas 355 instalações de 150 municípios de 22 estados das cinco regiões do Brasil. Do Estado do Rio foram selecionados 86 equipamentos esportivos de 33 municípios, como Petrópolis, Teresópolis, Búzios, Maricá e Macaé. O governador ressaltou, em seu discurso, a importância dos benefícios que a escolha de

Ao fundo o prefeito Paulo Mustrangi observa o governador do Rio de Janeiro Sergio Cabral

uma das cidades candidatas trará para a respectiva população, legado que, segundo ele, era exatamente um dos pontos fortes da proposta brasileira junto ao Comitê Olímpico

Internacional (COI) na disputa com Chicago, Madri e Tóquio, como ressaltou, ao se dirigir aos representantes dos lugares pré-selecionados. – As cidades de vocês

poderão dizer: “Nós recebemos equipes olímpicas, nós participamos da preparação para os Jogos Olímpicos e deixamos para as nossas cidades um legado, equipamentos

esportivos de qualidade para que a nossa cidade usufrua deles”. Há também ainda o que poderá vir a partir da vitória conquistada para uma cidade como anfitriã de uma determinada delegação, de uma determinada modalidade esportiva: benefícios na área ambiental, na área social, na área de mobilidade urbana – destacou o governador. O processo para cadastramento e seleção de locais de treinamento pré-jogos vai identificar instalações esportivas que atendam aos requisitos técnicos e recomendações das federações internacionais para que os Comitês Olímpicos e Paraolímpicos Nacionais possam trazer seus atletas para o país-sede antes dos Jogos, visando à concentração e ao aperfeiçoamento do treinamento e sua aclimatação às condições locais. O trabalho agora será acompanhar o desenvolvimento do projeto de cada uma das cidades pré-selecionadas. Segundo a secretária de Esportes e Lazer, Márcia Lins, o Comitê Organizador e os

governos federal e estadual darão todo o suporte para que as cidades possam se adequar à conquista da condição de anfitriã de alguma delegação olímpica ou paraolímpica. - No caso específico do Estado do Rio o desafio é maior, pois temos de dar oportunidades a todos os municípios fluminenses e fazer a preparação dos Jogos Olímpicos propriamente dito, o que é uma tarefa bem árdua, mas cujos resultados, tenho certeza, levarão o Rio e o país a se tornarem potências olímpicas, além dos benefícios diretos e indiretos que serão obtidos, inclusive os legados intangíveis, os mais importantes – previu Márcia Lins. Também estiveram presentes o secretário executivo do Ministério do Esporte, Valdemar Silva de Souza, representando o ministro Orlando Silva, o diretor do Instituto Rio 2016, Bernardo Carvalho, representando o prefeito Eduardo Paes, o comandante da Escola Naval, almirante Leonardo Puntel, prefeitos e presidentes de confederações esportivas, entre outros.

Poker/PEC enfrenta Florianópolis

Serrano vence e assume a liderança

A adrenalina já baixou. Mas o Poker/PEC vai usar todas as fichas em cima do que mostrou durante o empate contra Santos. Hoje (24), enfrenta o Florianópolis Futsal, às 19h15, no Ginásio da UCP, no Bingen, pela fase de classificação da Liga Futsal 2011. Na décima primeira colocação, com 19 pontos (seis vitórias, um empate e seis derrotas), encara o nono colocado e que vem de uma derrota para o Macaé por 2 a 1. Muita concentração, defesa forte e ataques compactos. Essas serão as principais armas petropolitanas para vencerem

Após quatro jogos sem vitória dentro do Estádio Atílio Marotti, o Serrano voltou a vencer dentro de casa. O Leão da Serra derrotou o Yasmin, neste domingo (22), pelo placar mínimo e assumiu a liderança do Grupo I, com sete pontos. No outro jogo da chave, o Duquecaxiense derrotou o Queimados e conseguiu a sua primeira vitória na segunda fase de grupos da Terceirona. Ambas as partidas foram válidas pela terceira rodada do turno. No próximo domingo (29), o Serrano entra em campo mais uma vez no Atílio Marotti para fazer a sua última partida em casa na segunda fase de grupos da competição. O jogo será contra o Duquecaxiense, às 15h. Apesar de a partida colocar em jogo a liderança do Grupo I, Serrano e Yasmin deram o pontapé inicial e promoveram um jogo morno durante boa parte do primeiro tempo. Com a responsabilidade de alcançar o resultado positivo em casa, o Leão da Serra tomava, timidamente, o controle do jogo. Contando mais uma vez com boas atuações de Willian Xavier, Maycon, Léo e Alexandre Dragão, o time petropolitano começou assustando logo aos quatro minutos. Maycon fez boa jogada pela direita, cruzou e Dragão chutou. A bola ainda encontrou o zagueiro do Yasmin, que assim evitou o primeiro gol do Serrano. Após o susto, Yasmin e Serrano equilibraram a partida e pouco chegavam com perigo ao ataque. Antes do fim da primeira etapa, o Leão da Serra assustou mais uma vez com Dragão, de cabeça, aproveitando escanteio de Maycon. Com isso, o fraco primeiro tempo terminou igual: 0 a 0. Logo na volta das equi-

os catarinenses, espelhados no que o time fez contra os santistas. Um retrato de eficiência. Segundo o técnico Sérgio Sapo, o início da partida e os minutos finais foram quase perfeitos e devem servir de exemplo. – É tudo o que um treinador espera de sua equipe. Foi uma marcação de um contra um, sem dar espaços. A recuperação da posse de bola bem rápida, sem dar a chance ao adversário. Esse é o desenho ideal de um time em quadra. Precisamos manter isso em mente e consertar algumas coisas para esta outra partida.

Sapo já sabe que, a partir de agora, o grupo já tem a verdadeira noção do que é capaz. A classificação para a próxima fase da Liga é o principal objetivo e cada jogo será uma decisão. Dentro ou fora de casa. – Vencer em casa é fundamental. Em algumas partidas fora, deixamos escapar o resultado positivo por detalhes. Mas isso são coisas que estão sendo corrigidas. Esse é um grupo que quer acertar, guerreiro e de extrema qualidade técnica. É um sentimento que devemos alimentar. Vamos tirar proveito dessa vontade toda.

O time de Sub-20 do Petropolitano conquistou mais uma vitória ao vencer o Vera Cruz por 4 a 3

Ja o Master do Petrô também se deu bem na última rodada e despachou o Santa Isabel por 1 a 0

Petropolitano vence seis jogos na rodada O Petropolitano se saiu bem na rodada do Campeonato Municipal de Futsal e de Futebol de Campo. Nas seis partidas que o clube realizou no último fim de semana, venceu todas. Sub-15 - Petropolitano 7 x 2 Internacional. Gols: Rodrigo (3), Lucas (3) e Rafael (1). Equipe: David, Fillipe, Éric, Guilherme, Rafael, Lucas, Caio Louro, Rodrigo, Brenner, Guilherme Oliveira, Gustavo, Caio Gil, Lucas Julião e Guilherme Marcelino. Técnico: Felipe Bernardes. Sub-17: Petrô 3 x 2 Internacional. Gols: Guilherme (2) e Paulo (1). Equipe: Adolf, Paulo, Ricardo, Kevin, Lucas Leite, Matheus Leite, Lucas,

Natanael, Luiz Felipe, Renato, Ronaldo, Guilherme, Lucas Souza e Jeferson. Técnico: Nahor Júnior e auxiliar Felipe Bernardes. Sub-20: Petrô 4 x 3 Vera Cruz. Gols: Matheus Amorim (2) e Obina (2). Equipe: Luan, Guilherme Luizetto, Vinícius, Pedro Henrique, Samuel, Guilherme Kaufmann, Obina, Matheus Leite, Guilherme Werneck, Diogo, Matheus Amorim, Miguel, Max, Lucas Leite e Douglas. Técnico: Chuca e auxiliar Berg. Sub-11: Petrô 4 x 0 Laginha. Gols:Caio (1), Gabriel (1), Guga (1) e Guilherme (1). Equipe: Edson, Guilherme, Nicolau, Ivan, Luã, Thiago, Arthur, Christian, Caio, Guga, Gabriel, Matheus Araújo,

Gilberto, Matheus, Pedro e Miguel. Técnico: Ademilson e auxiliares Felipe e Thiago. Sub-13: Petrô 6 x 0 Laginha. Gols: Matheus Mello (3), Breno (2) e Vítor (1). Equipe: Robson, Matheus Silva, Caio Neto, Matheus Lima, Hugo Vitorino, Hugo Perez, Rafael Brisson, Breno, Gabriel Araújo, Matheus Mello, Rafinha, Vítor, Guilherme, Lucas, Gabriel Dias, Rodolfo, Gabriel e Léo. Técnico: Francisco Lima e auxiliar Alex. Máster: Petrô 1 x 0 Santa Isabel. Gol do Petrô: BiroBiro. Equipe: Flávio, Leonardo, Jorginho, Arthur, Márcio, Rochinha, José Carlos, BiroBiro, Maneco, Silmar, André, Gugu, Tocantins, Xuxa e Lelei. Técnico: Amarildo.

Ari Gomes

Maycon foi destaque na vitória do Serrano sobre o Yasmin

pes para a segunda etapa, o técnico Gilson Maciel colocou Ramon no lugar de Victor Santos. A substituição mexeu com a equipe que incendiou o jogo. Aos três minutos, Alexandre Dragão fez linda jogada individual pela direita, driblou três, e cruzou para o peixinho certeiro de Léo. O volante que havia feito um gol no último jogo, mas anulado pelo árbitro, desta vez anota o seu primeiro gol com a camisa do Serrano: 1 a 0. O gol não baixou o ímpeto do Serrano que continuou em cima do adversário. Quatro minutos depois, Dragão, de novo, cobrou bem o escanteio. A bola sobrou na entrada da área e Ramon chutou forte para o rebote do goleiro Deiverson. Na sobra, Ramon novamente chuta, mas desta vez para fora.

Vendo a liderança do grupo escapar, o Yasmin se organizou na defesa e também ensaiava jogadas de ataque, todas elas sem muito perigo. O Serrano também tentava chegar, mas esbarrava no bom posicionamento defensivo da equipe de Duque de Caxias. O jogo novamente caiu na temperatura morna. Só voltando a ter emoção aos 34 minutos, quando Maycon deu lindo passe de primeira para Paulista. O volante, com muita categoria, mirou o ângulo, mas a bola, caprichosamente, saiu rente à trave. Daí em diante, o Serrano administrou o resultado e esperou o encerramento do jogo, que resultou no fim da agonia de quatro jogos sem vencer em casa. Final de jogo: Serrano, líder, um, Yasmin, segundo colocado, zero.


Diario de Petropolis