Page 1

Diário

de PetróPolis

Site: www.diariodepetropolis.com.br

56 anos

E-mail: redacao@diariodepetropolis.com.br

Preço do exemplar: R$ 1,20

Nº 15.848 - Terça-feira, 17 de maio de 2011

entorpecentes

China quer diversificar negócios com Brasil

Polícia faz apreensão de cocaína no Bairro Castrioto Divulgação

O ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota (foto) se reuniu com o ministro chinês do Comércio, Chen Deming, que afirmou ontem que seu país quer ampliar os investimentos no Brasil. (Página 7)

PM e Detran realizam blitz e apreendem 16 veículos

Sabendo que sua casa poderia ser revistada ele escondeu a droga dentro de bolsos de calças jeans da namorada Fotos: Alan Alonso

Mais uma operação da Policia Militar, em conjunto com o Detran/ RJ, foi realizada ontem em diferentes pontos da cidade . O objetivo era inibir o uso de motocicletas irregulares na cidade. No total, foram apreendidos 16 veículos. (Página 5)

Câmeras de segurança identificam bandido Policiais da 106ª Delegacia (Itaipava) estão pertos de solucionar um furto a uma mansão, no Condomínio Vale do Bonsucesso, em Itaipava, na madrugada da última sexta-feira. Câmeras de segurança filmaram o bandido. (Página 5)

Primeiradama visita Fundação Educandário

As famílias estão retornando ao local. O clima ainda é de tristeza, mas o cenário começa a voltar ao normal

Buraco do Sapo de volta à normalidade Já se passaram pouco mais de quatro meses da tragédia que tirou vidas e destruiu residências no Vale do Cuiabá, no dia 12 de janeiro deste ano. Mas, uma comunidade em especial, a Buraco do Sapo, começa a voltar a rotina. Ainda assustados

(Página 7)

A Polícia apreendeu no último sábado 108 papelotes de cocaína na Vila São Francisco, no Bairro Castrioto e prendeu um homem em flagrante por tráfico de drogas. O entorpecente estava escondido na casa onde ele mora com a namorada. Também foram apreendidos um celular, um bisturi usado para raspar pedras da droga, uma embalagem de fermento em pó e dinheiro. No depoimento dado a inspetores da 105ª Delegacia (Retiro), onde o caso está registrado, o criminoso confessou que é usuário de drogas há cerca de um ano e que começou a vender entorpecente há pouco tempo. Ele disse também aos policiais que comprava a cocaína em Duque de Caxias, na favela Dois Irmãos, “batizava” com fermento em pó e revendia em Petrópolis. Os agentes conseguiram chegar ao material após denunciais anônimas. (Página 5)

Homem assalta clínica veterinária

Os funcionários da Clínica Veterinária Dr. Aquiles, na Rua Barão do Rio Branco, foram rendidos por um assaltante na manhã de ontem. O homem, que portava uma arma de brinquedo, roubou R$ 150 e dois celulares, mas foi preso logo em seguida por um policial militar que passava pelo local. Na mochila do acusado ainda foram encontradas uma faca e fita adesiva que serviria para amarrar e amordaçar as vítimas. De acordo com o veterinário responsável pela clinica, Cláudio

Dr. Aquiles foi uma das vítimas

Aquiles, o assaltante fez ameaças, mas não agrediu (Página 5) ninguém.

esportes

com a tragédia, de pouco em pouco muitas famílias que moravam na Estrada Ministro Salgado Filho estão retornando. No local o clima ainda é de tristeza, mas as imagens que todo o Brasil viu no início do ano, hoje estão mais amenas. (Página 7) Ascom/PMP/Matheus Quintal

nesta edição

Serrano empata e fica em segundo do grupo

Sebastião Nery Pág. 2 Eloy Ferreira de Araújo e Mustrangi entregam o certificado ao presidente da Associação de Moradores do Tapera

Prefeito oficializa Tapera como espaço do Quilombo

Dora Kramer Pág. 3

O prefeito Paulo Mustrangi e o presidente da Fundação Palmares, Eloy Ferreira de Araújo, entregaram o certificado que oficializa a Comunidade da Tapera como espaço remanescente do Quilombo. A requisição formal da comunidade e a regularização

fundiária da área foram requisitadas pelo Ministério Público Federal, por intermédio do procurador Charles Stevan da Mota Pessoa. O evento reuniu, além dos secretários municipais e autoridades, cerca de 30 moradores da comunidade. (Página 5)

Serrano e Queimados se enfrentaram no último domingo, dia 15, no Estádio Atílio Marotti, pela segunda rodada da segunda fase de grupos da Série C do Campeonato Carioca. A partida marcava a estreia do volante Léo Barcellos na equipe principal e o primeiro jogo de Gilson Maciel no comando do Leão da Serra dentro de casa. Mesmo com boa atuação, o Serrano não conseguiu chegar ao gol e ficou apenas no empate em 0 a 0. Com o resultado, o time petropolitano caiu para a segunda posição do Grupo I, já que o Yasmin venceu no sábado, em casa, o Duquecaxiense por 2 a 0, e agora lidera a chave com seis pontos, enquanto o Serrano tem quatro. No próximo domingo (22), o Serrano enfrenta o Yasmin. (Página 10)


2

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

TERÇA-FEIRA, 17 DE ABRIL DE 2011

Ilegal, imoral, não importa? www.sebastiaonery.com.br

O CAVALO DO CARCEREIRO RIO - O cavalo do carcereiro morreu e era preciso comprar outro. O carcereiro chamou os presos e anunciou que no proximo domingo eles mesmos iriam escolher o novo cavalo. Foi uma semana de animação na cadeia. Passaram noites acordados, discutindo o novo cavalo. Domingo bem cedo saíram arrastando seus grilhões, foram até a fazenda dos cossacos, discutiram, brigaram, houve feridos, quase havia mortos. Afinal, no fim da tarde, chegaram a um acordo, escolheram o cavalo, o carcereiro comprou. Quando o sol morria atrás dos muros negros da Casa dos Mortos e os presos, exaustos e doentes, arrastando seus grilhões, voltaram à noite de suas celas e de suas vidas, um deles disse baixinho : - Tudo isso para escolher um cavalo. Um cavalo para o carcereiro. Que belo dia de ilusão! DOSTOIEVSKI Esta é uma historia de Dostoievski, condenado à morte por participar de um grupo de intelectuais liberais, indultado na hora da execução e mandado para a Sibéria, como prisioneiro da Casa dos Mortos de Novosibirsk, a histórica prisão onde o Tzar da Rússia o enfiou, nas nevadas e geladas planícies da Sibéria, por ele descritas nas “Recordações da Casa dos Mortos”, de 1862, hoje museu, que visitei em janeiro de 1981. Contei-a em meu primeiro discurso na Camara, em 4 de maio de 1983, para lembrar que a abertura política, prometida pelo general Geisel e iniciada pelo general Figueiredo com a anistia, poderia terminar numa grande ilusão, se o Congresso não substituísse a Lei de Segurança Nacional e enquadrasse democraticamente o Conselho de Segurança Nacional e o Serviço Nacional de Informações, numa nova Lei de Segurança do Estado. TEOTONIO Quis começar do principio, enfrentando o problema fundamental da ditadura : a Segurança Nacional como pretexto de violências e crimes. O artigo 89 da “Constituição” da ditadura atribuía ao Conselho de Segurança Nacional até o poder de determinar as diretrizes da política econômica. Teotonio Vilela, com a sensatez e a audácia dos profetas, perguntava : - Se os militares estão saindo da política, por que não saem também da Constituição? Em 3 de maio de 1984, mais uma vez estava eu na tribuna, citando Caetano Veloso - “Será que nunca faremos senão confirmar a incompetência da America Católica que sempre precisará de ridiculos tiranos?” e de novo longamente discutindo o problema militar: - A Republica brasileira foi construída à base do poder militar. Enquanto não superarmos a interferência do poder militar na vida nacional não teremos uma democracia. Esse é o nosso problema nacional. Ou conseguimos que os militares voltem aos seus quartéis ou não vamos conquistar a democracia que o presidente Figueiredo promete. E mostrei como se fez a abertura em Portugal,na Espanha, na Grécia. EUCLIDES Em 6 de agosto de 1984, tive que voltar à tribuna para tratar da questão militar.Na véspera, o general Figueiredo havia dito aos jornalistas : - “O povo brasileiro não merece os políticos que tem”. Perguntei: - E o Brasil merecia os generais que teve? Houve um silencio de susto. Contei uma historia. Depois da Constituinte de 1946, um deputado da UDN foi à tribuna e fez um discurso duro pedindo uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para apurar os crimes da ditadura de 15 anos de Getulio Vargas.Ele dizia alto e indignado: - “Foram crimes que estarreceram a Nação, escandalizaram o Brasil diante do mundo e por isso é preciso que a Camara os investigue e puna os responsáveis, para que sirva de lição às próximas gerações”. Continuei : - O autor desse discurso e desse requerimento foi o bravo general e deputado Euclides de Figueiredo, pai do general-presidente Figueiredo. Imaginem o escândalo que seria se agora,aqui,como fez o general Euclydes Figueiredo, eu apresentasse um requerimento criando uma CPI para apurar os crimes da atual ditadura. Radical não sou eu. Radical é a Historia. AMOR E REVOLUÇÃO 30 anos depois, o governo tenta criar a “Comissão da Verdade” e tantos se escandalizam, como se a Historia fosse proibida e devesse ser sepultada. A Historia é o sangue de uma Nação. Tem que correr livre. Por isso, merecem a gratidão do pais o Tiago Santiago, o Reynaldo Boury e seus bravos companheiros da emocionante novela do SBT, “Amor e Revolução”, que pela primeira vez tiveram a coragem de contar, na TV, a verdade sobre as torturas e assassinatos nos quartéis do golpe de 1964. www.sebastiaonery.com.br - sebastiaonery@ig.com.br

 Rafael Picciani

A

cultura do jeitinho fez, durante muito tempo, parte do folclore sobre o brasileiro. Em pequenas ou grandes transgressões, o jeitinho esteve – e ainda está – presente no nosso dia-a-dia. Ele vai do motorista que estaciona “rapidinho” sobre a calçada ao passageiro que desce do ônibus fora do ponto com a permissão do condutor. Vale também para o cidadão que falsifica um documento, se passa por estudante, paga meiaentrada e ainda se gaba de tamanha "esperteza". Todos, em maior ou menor grau, estão infringindo a lei. Estacionar na calçada é proibido porque a pessoa ocupa um espaço que não lhe pertence e atrapalha a coletividade. Por isso, há punição (reboque, pontos na carteira e multas) prevista em lei. O mesmo

vale para o passageiro que pede para saltar ou entrar no ônibus fora do ponto: atrapalha o trânsito, atrasa a viagem de quem está no coletivo, pode causar acidentes. Mais uma vez, é a vantagem individual se sobrepondo ao direito da maioria. A mesma lógica, porém elevada à categoria de crime de falsidade ideológica (artigo 299 do Código Penal) se aplica àqueles que recorrem a uma carteira falsa de estudante para pagar meia- entrada em cinemas, teatros e shows. A punição é grave: pode gerar multa e pena de até cinco anos de reclusão - mesma punição, aliás, aplicada a quem fornece a carteira falsa - artigo 171 (Estelionato) do Código Penal. Parte das pessoas que se vale da carteira falsa talvez até saiba do risco que corre – e goste da sensação de infringir a lei. Mas é preciso que elas tenham consciência de que o seu benefício individual está prejudicando muita gente.

Não tem almoço de graça. Quando um ingresso é comprado pela metade do preço, alguém paga a outra parte da conta. Quem paga meia, na verdade está pagando inteira. E quem paga inteira, paga em dobro. Os preços dos ingressos sobem na mesma proporção que as carteirinhas falsas se multiplicam e no Rio a situação parece pior. Chegamos ao ponto de um show em Santa Catarina custar 44% mais barato do que no Rio por conta da quantidade de meias-entradas. Os próprios organizadores do Rock in Rio que fizeram venda antecipada de ingressos chegaram a anunciar que depois, os valores seriam mais altos. Culpa, dizem eles, do excesso de meias-entradas. Verdade seja dita: decerto há muitos empresários que se aproveitam da situação para lucrar ainda mais. Mas é fato que essa rede está fora de controle. Há falsificadores oferecendo seus serviços na Internet, abrindo entidades es-

tudantis fantasmas a torto e a direito. Resultado: o benefício que deveria ser exclusivo de estudantes está sendo violado por muita gente, até por colegas nossos, na nossa frente, gente que já deixou os bancos escolares há tempos. É hora de mudar essa cultura. Uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Alerj investiga as falsificações para chegar a uma solução que proteja o direito dos estudantes e, ao mesmo tempo, crie mecanismos de controle capazes de barrar as fraudes. A comissão quer, acima de tudo, baratear o custo da cultura, fazer com ela seja acessível a um maior numero de pessoas. O acesso à Cultura é um direito de todos, que precisa ser respeitado. Não é justo que o descontrole das carteirinhas nos tire esse direito.  Deputado estadual pelo PMDB

e presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga a emissão de carteiras estudantis falsas no Estado do Rio

A pobreza e a cor da pobreza

O

Luiza Bairros

s negros têm a oferecer suas estratégias de resistência ao racismo, que, desde o período colonial, interpôs obstáculos à afirmação da humanidade Em “Leite Derramado”, mais recente romance de Chico Buarque, há um personagem que, ao se referir com ironia ao radicalismo de seu avô abolicionista, afirma que ele “queria mandar todos os pretos brasileiros de volta para a África”. Nessa visão, abolicionismo radical equivalia a se livrar dos negros. De todo modo, após 1888, as elites brasileiras irão se comportar como se os libertos, que as serviram por quase quatro séculos, não estivessem mais aqui. Mas estavam, e por sua própria conta. No início do século 20, eram frequentes os prognósticos sobre o desaparecimento da população negra, que supostamente não sobreviveria ao século. Ao mesmo tempo em que se criticavam as soluções de laboratório defendi-

das pelo ideário eugenista, em voga aqui e em muitos países, também se apostava no embranquecimento via miscigenação. Mais tarde, ao se debruçar sobre os resultados do Censo de 1940, Guerreiro Ramos considerou “patológico” o desequilíbrio nas respostas ao quesito cor, tendentes, em sua esmagadora maioria, a sobrevalorizar a cor branca. Na contramão dessa tendência, os dados censitários de 2010, há pouco divulgados, confirmam o que já se delineava no Censo de 2001: iniciativas de valorização da identidade, com origem nos movimentos negros e hoje em processo de institucionalização, asseguraram a maioria negra em uma população que ultrapassa 190 milhões de brasileiros. Nesse longo percurso de afirmação, as mudanças não se limitaram a uma percepção de si mais positiva, exclusiva dos afro-brasileiros. A consciência negra avançou em conexão íntima com a consciência social como um todo. Não se trata, portanto, da mera

substituição de um segmento populacional dominante por outro, mas do reconhecimento de que os valores do pluralismo ajudam em muito a consolidar nosso processo democrático. Contudo, ainda persistem dificuldades a serem enfrentadas. Hoje, temos uma sólida base de dados, que mostra reiteradamente que mulheres e homens negros estão entre os brasileiros mais vulneráveis, numa proporção muito maior do que sua presença relativa na população total. Por isso, a priorização da erradicação da pobreza extrema pelo governo da presidenta Dilma abre possibilidades inéditas de abordar rica e diversificada experiência humana, que ainda precisa ser considerada em toda a sua amplitude. O sucesso das iniciativas de combate à pobreza extrema requer a reversão de imagens negativas, a superação de práticas discriminatórias e o redimensionamento dos valores de cultura e civilização que, afinal, contra todas as expectativas, garantiram

a continuidade dos descendentes de africanos no país. Quando o assunto é superação da pobreza extrema, é justo supor que os negros tenham algo a dizer. Segmentos empobrecidos de outros grupos raciais também o terão, é certo. Mas os negros têm a oferecer suas estratégias de resistência ao racismo, que, desde o período colonial, interpôs obstáculos ideológicos e culturais à afirmação plena de sua humanidade -a base das desigualdades de renda e de oportunidades que ainda vivenciam. Assim, no atendimento a direitos básicos que articulam renda, acesso a serviços e inclusão produtiva, é preciso tornar visíveis e valorizar dimensões da pessoa e do universo afro-brasileiro que desempenham papel decisivo na conquista da autonomia. Todos somos humanos, e a resistência aos processos desumanizadores do racismo é, de longe, a maior contribuição dos negros à cultura brasileira.  Ministra da Secretaria de

Políticas de Promoção da Igualdade Racial

O equívoco do ISS sobre sociedades profissionais Claudio

"

Lamachia

Não bastasse a já sufocante carga tributária existente no País, a fiscalização tributária de alguns municípios vem contribuindo para que o torniquete sobre as sociedades de profissões regulamentadas seja ainda mais apertado. Isso porque o fisco de algumas prefeituras está conferindo interpretação extensiva à Lei Complementar 116/2003, em relação à cobrança do imposto sobre serviços, baseando-se apenas no valor do serviço e não na sistemática do número de profissio-

nais, conforme previsto no Decreto-Lei 406/68. Com efeito, tal alteração aumenta, significativamente, o custo tributário das sociedades de médicos, veterinários, contadores, agentes de propriedade intelectual, advogados, engenheiros, arquitetos, agrônomos, dentistas, nutricionistas, economistas, psicólogos, administradores, entre outras, cujas profissões são regulamentadas por lei. Há, ainda, um problema de ordem concorrencial, uma vez que a competência para fiscalizar e cobrar o ISS é municipal. Ou seja, teremos prefeituras exigindo o

Diretor-Presidente e Jornalista responsável: Paulo Antônio Carneiro Dias Sub-editora: Jaqueline Gomes

D

recolhimento pela sistemática equivocada (pelo valor do serviço ou faturamento) e outros municípios, de forma legal, cobrando o tributo de acordo com o valor fixo por profissional. Ademais, a interpretação que alguns municípios estão conferindo à LC 116/2003 é equivocada, já que a referida lei não revogou o § 3º do artigo 9º do Decreto-Lei 406/68, o qual permite às sociedades de profissão regulamentada recolher o ISS pela sistemática do valor fixo. O artigo 10 da LC 116/03 também não revogou o dispositivo do Decreto-Lei 406/68, que permite às so-

IÁRIO DE PETRÓPOLIS 56 anos

Uma publicação da PJ Editora e Gráfica e Jornalística Ltda

Preço do Exemplar 3ª a sábado R$ 1,20 Domingo R$ 1,80 Atrasado R$ 2,50

Assinatura Trimestral Petrópolis R$ 80,00 Rio e outros R$ 160,00

Assinatura Mensal Petrópolis R$ 28,00 Rio e outros R$ 56,00

Assinatura Semestral Petrópolis R$ 152,00 Rio e outros R$ 304,00

ciedades de profissão regulamentada o recolhimento do tributo com base em valor fixo por profissional. O papel do fisco das prefeituras deveria ser o de empregar esforços contra os maus pagadores e àqueles que sonegam tributos, e não contra pessoas jurídicas que possuem um regime diferenciado de recolhimento, mas absolutamente enquadrado na legislação. Por isso, é importante a união das categorias para lutarem contra mais este abuso, que está inserido no contexto da alta carga tributária brasileira" .  Presidente da OAB do

Rio Grande do Sul

Site: www.diariodepetropolis.com.br E-mail: redacao@diariodepetropolis.com.br

Diretoria 2246-3807 Assinatura 2246-3807 Publicidade 2237-7849 Classificado 2246-3807 Redação 2235-7165

Rua Joaquim Moreira 106 Centro - Petrópolis - RJ Cep 25.600-000 CNPJ 02.424.864/0001-66

ABRAJORI - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS JORNAIS DO INTERIOR

As opiniões emitidas em artigos assinados não representam, necessariamente, o pensamento do jornal e são de inteira responsabilidade de seus autores. Da mesma forma, as informações e opiniões nas colunas são de responsabilidade de seus titulares.


DORA KRAMER Por uma vida pior

O

Ministério da Educação decidiu não tomar conhecimento da adoção em escolas públicas do livro Por uma Vida Melhor, que “ensina” a língua portuguesa com erros de português. Avalizou, quando autorizou a compra e a distribuição, e depois corroborou seu apoio àquela ode ao desacerto ao resolver que a questão não lhe diz respeito. Fica, portanto, estabelecido que o ministério encarregado dos assuntos educacionais no Brasil, além de desmoralizar os mecanismos de avaliação de desempenho escolar, não vê problemas em transmitir aos alunos o conceito de que as regras gramaticais são irrelevantes. Pelo raciocínio, concordân-

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

TERÇA-FEIRA, 17 DE MAIO DE 2011

cia é uma questão de escolha. Dizer “nós pega o peixe” ou “nós pegamos o peixe” dá no mesmo. “Os menino” ou “o menino”, na avaliação do MEC, são duas formas “adequadas” de expressão, conforme o conceito adotado pela autora, Heloísa Ramos, note-se, professora. A opção pelo correto passa a ser considerada explicitação de “preconceito linguístico”. De onde, “nós vai ao mercado todos os dias” pode ser um exemplo de construção gramatical plenamente aceitável em salas de aula e fora delas. “As notícia” também “poderá” ser “apresentada” todas as noites nos jornais de televisão sem que os apresentadores sejam importunados por isso. Ironias à parte, o assunto é

da maior seriedade. Graves e inacreditáveis tanto a tese defendida pela professora quanto a posição do ministério em prol da incultura que apenas dificulta o acesso a uma vida melhor. Aceitar como correta a argumentação de que a linguagem oral se sobrepõe ao idioma escrito em quaisquer circunstâncias e que não existe mais o “certo” nem o “errado”, mas sim o “adequado” e o “inadequado” em face das defi ciências educacionais, equivale a aceitar a revogação de todas as regras. Não apenas do português, mas de todos os outros itens que compõem o currículo escolar. Com precisão, a escritora Ana Maria Machado exemplifica: “Seria como aceitar que dois mais dois são cinco”.

Ou consentir na adaptação da história e da geografia ao estágio do conhecimento de cada um. Tal deformação tem origem na plena aceitação do uso impróprio do idioma por parte do ex-presidente Lula, cujos erros de português se tornaram inimputáveis, por supostamente simbolizarem a mobilidade social brasileira. Corrigi-los ou cobrar o uso correto da língua pelo primeiro mandatário da nação viraram ato de preconceito. Eis o resultado da celebração da ignorância, que, junto com a banalização do malfeito, vai se confirmando como uma das piores heranças do modo PT de governar. Multiplicação - Amigos e correligionários manifestaram confiança na lisura e nas explicações do ministro da Casa Civil, Antonio Palocci, para o crescimento de seu patrimônio de R$ 375 mil para cerca de R$ 7,5 milhões em quatro anos. Confiança essa da qual poderão desfrutar também o restante dos brasileiros assim que o ministro deixar de lado as

3

evasivas a informar exatamente como amealhou o capital. O governo tentará deixar por isso mesmo, mas cabe ao ministro notar que seu histórico e suas pretensões não permitem acúmulo desse tipo de passivo. Blefe - Os produtores rurais têm pressa de aprovar o novo Código Florestal antes de expirar, em 11 de junho próximo, a validade do decreto que suspendeu temporariamente as punições a proprietários rurais que não tenham em suas terras o porcentual de mata nativa recomendado por legislação ambiental de 1998. Mas o governo também tem muito interesse nisso porque, uma vez extinto o decreto, o poder público vai se deparar com a necessidade de dar uma solução para a quase totalidade dos produtores que amanheceriam o dia 12 de junho na ilegalidade. Se não prorrogar o decreto, ver-se-á na desagradabilíssima contingência de se indispor com todo o setor agrícola. Sem falar no esforço que precisará empreender para fiscalizar e multar a nova gama de infratores.

CIDADE Fotos: Arquivo

Bomtempo afirma que não irá para PR, mas aliança é possível Vinicius Henter

viniciushenter@diariodepetropolis. com.br

Bernardo Rossi preside a reunião da Comissão de Normas Internas

Alerj aprova indicações para combate à tortura no estado A Comissão de Normas Internas e Proposições Externas da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) aprovou ontem, por unanimidade, cinco das seis indicações do Comitê de Prevenção e Combate à Tortura do Estado do Rio para a composição do Mecanismo de Prevenção e Combate à Tortura do estado. O grupo fiscalizará nos próximos anos delegacias, carceragens, presídios e instituições sócio educativas para jovens, entre outras entidades, para combater torturas e maus tratos em todo o estado. Uma das indicadas, Wilma Mascarenhas não pôde comparecer e sua sabatina será remarcada. “Todos os currículos foram analisados e preenchiam os requisitos para a ocupação do cargo. As pessoas foram escolhidas entre outros 150 candidatos e são todas muito bem preparadas, com experiência em direitos humanos e que, com certeza, estão com garra para compor este que será um instrumento com alcance inédito no país na busca por um estado mais justo”, disse o presidente da comissão, deputado Bernardo Rossi (PMDB). Renata Verônica Cortes de Lira, Patrícia de Oliveira da Silva, Isabel Mansur Figueiredo, Fábio do Nascimento Simas e Taiguara Líbano Soares e Souza foram os aprovados pela comissão. Durante a reunião, Rafael Picciani (PMDB), que não faz parte da comissão, sugeriu que o mecanismo ganhasse um Disque AntiTortura, que pudesse servir de instrumento para o recebimento de denúncias de forma gratuita e anônima para a população.

“Acredito que seja importante a questão do anonimato para aquele que se encoraja a apontar os problemas enfrentados”, disse Picciani. O relator da comissão, deputado Marcus Vinícius (PTB), concordou com a importância do disque e destacou que os membros terão um grande desafio à frente de seus trabalhos. “Esta é uma grande oportunidade de mudarmos questões sérias no nosso estado e servirmos de exemplo para o país”, ponderou. “Casa da Morte” voltou a ser investigada em Petrópolis A formação do Mecanismo de Prevenção e Combate à Tortura do estado com a escolha do grupo que vai atuar coincide com a retomada das investigações da Casa da Morte, em Petrópolis. O local, um belo imóvel no Centro Histórico, teria sido palco de torturas no período da Ditadura. A Casa da Morte e seu mecanismo de funcionamento é considerado por historiadores como o “pior porão” montado pelo regime militar. Uma investigação sigilosa, a partir de denúncias feitas pelo Grupo Tortura Nunca Mais corre no Ministério Público Federal. “Conhecida pelas belezas naturais e rico patrimônio histórico-cultural, Petrópolis também tem esse lado sombrio da história. Quarenta anos depois, há a dificuldade de investigação pela dificuldade de se reunir as provas. Não queremos que se repita, por isso a importância do Comitê de Prevenção e Combate à Tortura do Estado do Rio”, disse Rossi.

O ex-prefeito Rubens Bomtempo afirmou ontem que continuará no PSB, sem chances de ir para o PR, mas não negou a possibilidade de os dois partidos se aliarem nas eleições municipais do ano que vem. Ele frisou que não sabe ainda se será candidato a prefeito em 2012. No entanto, integrantes do diretório estadual já levantam a possibilidade de indicar o vice em uma suposta chapa encabeçada por Bomtempo. “Não existe uma conversa formal com o PR”, disse Bomtempo. “Continuo firme no PSB, onde estou muito bem há dez anos. Além disso, por enquanto nem sei se vou ser candidato”. No último sábado (14), durante seminário do PR no Clube Centenário, no Duarte da Silveira, o secretário geral do diretório estadual do partido, Fernando Peregrino, que foi candidato a governador em 2010, afirmou que PR e Bomtempo estão “conversando” sobre 2012. O exprefeito de Petrópolis chegou ao fim do evento e discursou, elogiando o deputado federal e ex-governador Anthony Garotinho (PR). “Eu tenho bons amigos que estão refundando o PR na cidade, como o Calixto (Barbosa) e o Juvenil (dos Santos, que foi secretário no governo

O ex-prefeito Rubens Bomtempo conversa com o secretário geral do PR no estado, Fernando Peregrino

Bomtempo)”, disse ontem Bomtempo por telefone. A estratégia do PR no estado é fortalecer o partido em 2012 para que Garotinho consiga se eleger governador em 2014. Hoje, a legenda possui no estado cinco prefeitos e 53 vereadores, e espera fazer entre 30 a 40 prefeitos e mais de 300 vereadores no ano que vem. Em Petrópolis, a campanha para filiação co-

meçará no próximo domingo (22). “Desde o último sábado, já filiamos cem pessoas. Queremos filiar mil até setembro. Estaremos a partir de domingo nas ruas falando com a população”, disse o tesoureiro do PR petropolitano, Leonardo França Souza, que afirmou não saber quantos eram os filiados até a gestão passada

do diretório. Também está programada para os próximos dias a inauguração de uma sala para o partido. Ex-comandante do 26º Batalhão de Polícia Militar, o coronel Calixto Barbosa tomou posse como presidente municipal do PR no evento de sábado. Além de Juvenil dos Santos, também ingressou no PR o ex-pedetista Jecy Sarmento.

Governo pede prazo de 15 dias para dar informações sobre intervenção Vinicius Henter

O prefeito Paulo Mustrangi solicitou ontem à Câmara um prazo de mais 15 dias para responder o requerimento de informação de autoria do vereador Marcelo Motorista (PDT) sobre a intervenção nas empresas de ônibus. O vereador lamentou a demora nas respostas, mas lembrou que a solicitação do governo está prevista no regimento interno da Câmara. “O governo tem o direto de pedir esse prazo, mas acho um pouco estranho, porque a intervenção já vem rolando há mais de um ano, e ainda não se tem uma resposta concreta e definida

para a população”, disse. No requerimento, Marcelo Motorista questiona os aspectos trabalhistas de intervenção, como o prazo previsto para término das intervenções, as garantias trabalhistas que os funcionários das atuais empresas terão no contrato de licitação das novas empresas e se motoristas e cobradores serão reaproveitados ou indenizados com a licitação. “O requerimento de informação visa o benefício da população. Sem ter respostas, quem está pagando o preço é a população, andando em ônibus quebrados, com atrasos nos horários”, disse.

Motorista voltou a reclamar do adiamento da audiência pública que discutiria o tema na última quarta-feira (11), argumentando que as questões do requerimento de informação poderiam ser respondidas na audiência. O presidente da Comissão de Transportes, vereador Dudu (PSDC), afirmou na semana passada que decidiu pelo adiamento porque o governo ainda não havia respondido os três requerimentos de informação sobre a intervenção – além de Marcelo, também foram autores de requerimentos Dudu e Wagner Silva (PPS). “Foi um desrespeito com a sociedade. Os re-

presentantes da população, como os sindicatos, estavam na Câmara. Fiquei sabendo do adiamento no dia da audiência, mesmo fazendo parte da Comissão de Transportes. Isso me deixou muito aborrecido, porque não precisava esperar as respostas da prefeitura para fazer a audiência”, disse Marcelo. Na semana passada, o governo respondeu ao Wagner Silva que as respostas do requerimento de informação do vereador estavam disponíveis na Secretaria de Administração e Recursos Humanos, o que gerou reclamações de Wagner, já que as informações deveriam ser encaminhadas à Câmara.


4

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

56 anos

Alexandre Machado

TERÇA-FEIRA, 17 DE ABRIL DE 2011

Primeiro ano Ao completar o primeiro ano de implantação e elaboração do estatuto da Associação Filantrópica Célia Lobo Paulo, o comandante Arnaldo Paulo agradece aos associados, diretoria, conselho fiscal e aos novos membros da entidade pela lealdade, valiosa contribuição e elevado espírito de colaboração, humanidade e amor ao próximo. Por tudo isso, o comandante Arnaldo divide com todos, os louros das quatro moções recebidas, das realizações e da fundação e manutenção desta conceituada instituição benemerente.

No Rio

Ilustrando a coluna de hoje os primeiros flashes da festa de 40 anos do Elos Clube de Petrópolis, que aconteceu no Palácio de Cristal, com bufê do Chez Cox. As fotos são de José Paulo...

O cel. Ivo de Albuquerque foi convidado pelo Instituto de Geografia e História Militar do Brasil, do qual é sócio-correspondente, para ministrar uma palestra, hoje, às 15h, na Casa de Deodoro (Praça da República), sobre “Marechal Hermes da Fonseca: Resgate de Memórias”. 

Câmara Mirim A pedido da madrinha da Câmara Mirim, Linda Tavares de Albuquerque, os restaurantes Majórica e Luigi, irão oferecer gentilmente, aos vinte participantes, um gostoso almoço. O almoço será no dia 26 (na Majórica) e no dia 27 (no Luigi), quando começará o evento na Câmara Municipal de Petrópolis.

Novidades? Queremos saber! alexandrediario@yahoo.com.br 8131-6401

- A presidente do Elos, Marly Baffa com o vereador Baninho, o secretário de Educação, William Campos e o presidente da Fundação de Cultura e Turismo, Charles Rossi - Célia D’Avevedo, Kitty e Wanda D’Angelo, Marly Baffa e Magdalena Teixeira - Carminha e Alfredo Jacques - Antonio Loulé (governador do Distrito 08, do Rio de Janeiro), Fernando Faria (elista de Teresópolis), Jorge Luiz Dodaro (presidente do Elos Clube de Teresópolis), Maria Inês Botelho (presidente Internacional do Elos da Comunidade Lusíada) e Marly Baffa (presidente do Elos Clube de Petrópolis)

Pão francês - R$ 5,99kg (somente no balcão) Entrega em domicílios Rua Epitácio Pessoa, 100 (atrás dos Correios) Centro - Petrópolis - RJ Tel. 2231-2160

TRANQÜILIDADE PARA A SUA EMPRESA

Contabilidade de última geração, sistema avançado de informática Escrita Fiscal – Rotinas Trabalhistas e Folha de Pagamento Sistemática Departamento Jurídico – Direito Cível – Direito Trabalhista Projetos Econômicos – Análise de viabilidade e capacidade de sua empresa – Administração de Bens e Serviços – Corretagem e Administração de Imóveis – Equipe com treinamento especializado Direção Técnica: Márcio Tesch Economista – Corecon 10582 Advogado – OAB/RJ 59.566 Tec. Contab. – CRC/RJ 25.384-0

Rua do Imperador, 772 – Gr 105/106 – Centro Petrópolis – RJ. Tel/Fax: (024) 2231-6212 / 2231-3322


TERça-fEIRa, 17 DE maIO DE 2011

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

5

geral

Câmeras de segurança captam imagens de ladrões Policiais da 106ª Delegacia (Itaipava) estão pertos de solucionar um furto a uma mansão, no Condomínio Vale do Bonsucesso, em Itaipava, na madrugada da última sexta-feira. Na ocasião, bandidos arrombaram o imóvel e fugiram levando, pelo menos, três aparelhos de televisão de plasma e dois receptores. Empregados da mansão per-

ceberam o arrombamento na manhã seguinte e chamaram a polícia. De acordo com o chefe da delegacia, Celso Leal, que acompanha o caso, câmeras de segurança acabaram captando imagens de um acusado e ele já estaria identificado. Por enquanto, por se tratar de uma investigação sigilosa, o nome do suspeito não foi revelado pela polícia.

Eletricitários promovem manifestação por reajuste O Sindicato dos Trabalhadores da Indústria de Energia (STIEEN) vai promover no próximo dia 25 uma manifestação para cobrar da Ampla o reajuste salarial de 26%, do qual aproximadamente seis mil eletricitários, que trabalharam entre os meses de fevereiro e setembro de 1989, teriam o direito a receber. Uma longa batalha judicial é travada desde então e, mesmo passados 22 anos, ainda não houve uma resolução. “ Pleiteamos essa reposição, URP, desde 1989, mas a Ampla sempre toma medidas no sentido de protelar a decisão. Está protelando há 22 anos”, alega David França, diretor do STIEEN. Segundo ele, foi feita uma convocação geral dos eletricitários. “ Em Petrópolis estamos esperando

cerca de 200 pessoas na manifestação” disse, lembrando que já estão sendo organizadas manifestações em outros municípios do estado, como em Resende. “ Não sei precisar o quanto de dinheiro teria que ser destinado, porque o reajuste incide sobre o salário de cada um, e o valor dos salários são variados” explicou França. A Ampla informou, por meio de assessoria de comunicação, que não se pronunciará sobre o caso, uma vez que o mesmo se encontra na esfera judicial. Os manifestantes irão se concentrar na Praça Alcindo Sodré, a partir das 13h. De lá, seguem em passeata pela Rua Dom Pedro I, com apoio de um carro de som, em direção ao prédio da Ampla, localizado na Rua Fonseca Ramos.

Pm apreende mais de cem papelotes de cocaína no Bairro Castrioto Um homem foi preso em flagrante por tráfico de drogas, no último sábado, depois que a Polícia Militar apreendeu com ele 108 papelotes de cocaína. Sérgio de Oliveira, de 29 anos, havia escondido o entorpecente na casa de sua namorada, na Vila São Francisco, no Bairro Castrioto, onde também mora, mas os agentes conseguiram chegar até o material após denunciais anônimas. Na ocasião, também foram apreendidos um celular, um bisturi usado para raspar pedras da droga, uma embalagem de fermento em pó e dinheiro. No depoimento dado a inspetores da 105ª Delegacia (Retiro), onde o caso está registrado, o criminoso confessou que é usuário de drogas há cerca de um ano e que começou a vender entorpecente há pouco tempo. Ainda de acordo com a declaração do acusado, que trabalha em uma estamparia, ele estava com a namorada quando foi avisado por vizinhos que a Polícia Militar estaria procurando por ele. Sabendo que sua casa poderia ser revistada ele acabou escondendo a droga dentro

Fotos: Alan Alonso

O material foi apreendido e o homem de 29 anos preso em flagrante por tráfico de drogas

de bolsos de calças jeans da namorada, que estavam em cima de um carrinho de bebê. Tudo para tentar despistar a polícia. Já segundo a equipe que participou da operação, eles receberam a denúncia por volta de 10h. O Serviço Re-

servado (P2) em conjunto com o Grupamento de Ações Táticas (GAT) da Polícia Militar, então, foram verificar e acabaram encontrando o suspeito na casa da namorada. Lá, eles também teriam achado todo o entorpecente. O material para endolação

da droga estava na casa do acusado, que fica em baixo do imóvel onde ele estava. Aos policiais, o criminoso acabou confessando que comprava a cocaína em Duque de Caxias, na favela Dois Irmãos, “batizava” com fermento em pó e revendia em Petrópolis.

PM e Detran voltam a realizar operação Mais uma operação da Policia Militar, em conjunto com o Detran/RJ, foi realizada ontem em diferentes pontos da cidade – na Avenida Barão do Rio Branco, e Rua Doutor Sá Earp, ambos no Centro. O objetivo era inibir o uso de motocicletas irregulares na cidade. No total, foram apreendidos 16 veículos, que foram encaminhados ao de-

pósito de Duque de Caxias, já que o de Petrópolis continua interditado. A PM informou que a maioria das apreensões foi feita por falta de habilitação ou documentação atrasada. Nove dos veículos irregulares foram encontrados na Avenida Barão do Rio Branco, próximo à Faculdade Arthur de Sá Earp (Fase) e os outros sete na Dou-

tor Sá Earp. A ação teve o apoio do Detran/RJ, que auxiliou no transporte das motocicletas até o depósito. O depósito de Petrópolis, que fica no Duarte da Silveira, continua sem solução. Por uma determinação do Ministério Público Federal, nenhum veículo apreendido pode ser levado pra lá, já que o local se trata de uma reserva

biológica do Tinguá. Na última operação da PM realizada na cidade o comandante do 26º Batalhão já havia avisado que blitzes como essa ocorreriam constantemente na cidade, já que elas estão dando resultado. Segundo ele, já é possível notar uma postura diferente dos motociclistas, que estão procurando andar de acordo com a lei.

Cerca de 10 minutos após render, com uma arma de brinquedo, funcionários de uma clínica veterinária na Avenida Barão do Rio Branco, no Centro, e roubar R$150 e dois celulares, um assaltante acabou sendo preso por um policial militar que passava pelo local. O caso, que está registrado na 105ª Delegacia (Retiro), ocorreu na manhã de ontem. Na mochila do acusado ainda foram encontradas uma faca e fita adesiva que

serviria para amarrar e amordaçar as vítimas. De acordo com o veterinário responsável pela clinica, Cláudio Aquiles, o homem, que tem 24 anos, entrou no local por volta de 9h20. Ele teria mostrado a arma que estava em sua cintura e feito ameaças. “Estávamos iniciando os trabalhos quando ele chegou. Ainda não tinha nenhum cliente. Ele já foi dizendo que era um assalto e ameaçando agressões, mas não chegou

a fazer nada. No início achei que fosse brincadeira, depois que percebi que era verdade”, explicou. O criminoso teria perguntado por outras pessoas e foi informado que apenas outros dois funcionários estavam na clínica. Ele pegou dois celulares deles, deixou que pegassem os chips, pegou o dinheiro e fugiu. O veterinário, então, conseguiu acionar a empresa responsável pela segurança da clínica, que en-

trou em contato com a polícia militar. O sargento Coutinho passava no local e viu um homem com as mesmas características indicadas pela empresa. Na abordagem, ele acabou encontrando a arma e o material furtado. “O vi de longe e ainda voltei a ligar para a empresa para perguntar se o acusado estava usando boné vermelho. Quando eles confirmaram eu o abordei”, completou o sargento.

Homem assalta clínica veterinária na Barão

Comunidade da Tapera é reconhecida Funcionários garantem que limpam o banheiro todos os dias

Banheiros sujos no Terminal de Itaipava Apesar de serem limpos todos os dias, passageiros que utilizam os banheiros do Terminal de Integração de Itaipava reclamam da falta de higiene no local. Segundo os funcionários do transbordo, os próprios usuários são responsáveis pela sujeira. Segundo a estudante Verônica Santana, de 22 anos, que utiliza o terminal todos os dia, geralmente o banheiro feminino só está limpo às segundas-feiras. “Nos fins de semana ninguém consegue entrar. Tinha que ter uma pessoa tomando conta para evitar problemas”, disse. Outra que reclama do estado de conservação do banheiro é doméstica Irene Faria, de 45, que três vezes por semana passa pelo transbordo. “Tudo bem que muitas pessoas não colaboram com a limpeza, mas a conservação está ineficiente”, garantiu. No banheiro masculino a situação não é muito

diferente. Algumas paredes estão pichadas e os vasos sanitários estão encardidos. “Hoje (ontem) ainda está limpo. Semana passada o cheiro era insuportável”, afirmou o pedreiro Luciano Nunes, de 34. Já o seu amigo de profissão, Vicente Lopes, de 29, culpa os próprios passageiros pela sujeira. “Eu já vi os funcionários limpando e meia hora depois estava tudo sujo. As pessoas não são educadas”, condenou. Uma funcionária do terminal que não quis se identificar disse que os banheiros feminino e masculino são limpos a cada meia hora. “Se a gente notar qualquer sujeira mesmo fora do tempo estipulado, limpamos imediatamente”, garantiu. O Terminal de Transbordo de Itaipava foi inaugurado em 19 de setembro de 1992 no governo do então prefeito Paulo Gratacós.

O prefeito Paulo Mustrangi entregou conjuntamente com o presidente da Fundação Palmares, Eloy Ferreira de Araújo, o certificado que oficializa a Comunidade da Tapera como espaço remanescente do Quilombo. A requisição formal da comunidade e a regularização fundiária da área foram requisitadas pelo Ministério Público Federal, por intermédio do procurador Charles Stevan da Mota Pessoa. O evento reuniu, além dos secretários municipais e autoridades, cerca de 30 moradores da comunidade. Mustrangi destacou a necessidade de união de todas as esferas do poder para que haja uma efetiva melhora nas condições de vida dos moradores do Tapera. “Hoje é um dia de festa e muita alegria. Estamos aqui realizando este ato simbólico que representa muito para toda essa população. A certificação oferece para essas pessoas o início de um processo de melhorias. Sei das dificuldades que ainda vamos enfrentar, mas vou empenhar o meu secretariado para resolver as questões relativas à iluminação e transporte desses moradores. Vamos somar forças com o Ministério Público, com todas as outras esferas de poder para criar condições de oferecer

Eloy Ferreira, Paulo Mustrangi e Luiz Eduardo Peixoto participaram da solenidade

a Comunidade do Tapera uma nova realidade”, disse Mustrangi. O presidente da Fundação dos Palmares afirmou que o prefeito Paulo Mustrangi já estava atento as condições da população da Comunidade da Tapera em função do compromisso do governo municipal com os mais humildes. “Estou feliz com a certificação da área onde moram esses remanescentes há mais de um século. Tenho certeza que esse é o primeiro passo

para que a implementação de políticas públicas efetivas no local. O procurador Charles Stevan ressaltou que “é uma vitória a ser comemorada, um passo enorme que deve ser exaltado, mas muita coisa ainda deve ser feita. A Comunidade do Tapera é diferenciada das outras e precisamos de ações rápidas para que haja a solução dos problemas desses moradores. Mas vamos unidos enfrentar essas batalhas e tenho certeza que

as soluções serão dadas”. A solicitação de reconhecimento da área remanescente foi entregue ao presidente da Fundação Palmares em março deste ano – um abaixo-assinado manuscrito pelos quilombolas. De posse do documento, houve o processo de expedição que resultou na entrega do certificado. A comunidade, que existe há mais de um século, está localizada em uma área na divisa entre os municípios de Petrópolis e Teresópolis.


6

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

TERça-fEIRa, 17 DE maIO DE 2011

Agenda Cultural INSTITUTO OMAR CARDOSO

HORÓSCOPO Áries - (21/03 a 20/04)

Sexualmente, você entra em um período muito positivo. Influenciado pelo aspecto de Vênus, você estará criando momentos intensos de amor e de fantasias sexuais. Imagine antes o assunto no amor, nas amizades, férias, vida social e nos intercâmbios de ideias.

Touro - (21/04 a 20/05)

Momento em que terá sucesso, em negócios relacionados com construções. Algum aborrecimento passageiro poderá ser esperado, em seu lar. Cuidado com um romance clandestino. Seja mais seletivo.

Gêmeos - (21/05 a 20/06)

A elevação de sua inteligência, será evidente nesta fase. Todavia, deverá evitar atritos e discussões e tudo que possa de uma forma, prejudicá-lo, física, mental e moralmente.

Câncer - (21/06 a 22/07)

Ainda um período de disposição favorável e conciliatório nos assuntos amorosos, nas associações e no relacionamento humano. Algumas pequenas surpresas no ambiente do trabalho e na saúde poderão quebrar seu ritmo e prejudicá-lo.

Leão - (23/07 a 22/08)

Sua natividade astral estará sendo beneficiada neste dia. Presságios benéficos para as amizades, os contatos com o sexo oposto e o auxílio de avós e sogros. Ótimo para publicidade, filantropia e caridade.

Virgem - (23/08 a 22/09)

Tenha muito cuidado com a precipitação, principalmente ao dirigir veículos. Cuide, também, da saúde e não intente nada de novo. Algumas oportunidades no campo profissional deverão ser aproveitadas.

Libra - (23/09 a 22/10)

Os fluxos indicam um bom dia que se inicia para você. As pessoas a sua volta deverão colaborar bastante. A felicidade matrimonial, familiar e amorosa será evidente e lucrará pelo esforço no trabalho e nos negócios que fizer.

 Escorpião - (23/10 a 21/11) Uma fase difícil, em que deverá agir com muita cautela e vivacidade, para que tudo saia a seu modo. Tome cuidado com os inimigos declarados e cuide da saúde. Fará bons negócios e bons planos com relação ao futuro.

Sagitário - (22/11 a 21/12)

Será bem sucedido hoje, se adotar uma atitude otimista. Dia excelente para estudos, férias, amor e contatos pessoais. Uma viagem inesperada fará com que você encontre neste período uma pessoa que há muito tempo não vê.

 Capricórnio - (22/12 a 20/01) Vigor físico, agressividade e impulsividade no seu modo de agir são qualidades que estarão reforçadas em seu caráter. A vida amorosa fará com que tenha impulsos apaixonados, que podem criar situações tensas.

Aquário - (21/01 a 19/02)

Novos planos para a sua elevação de cargo de conhecimentos profissionais deverão ser estudados agora. De resto, a influência será ótima para a vida amorosa e familiar e para tratar com amigos e personalidades de nossa sociedade.

 Peixes - (20/02 a 20/03) Seu forte magnetismo pessoal hoje deverá atrair a simpatia alheia, o que lhe trará muitos benefícios. Novas e duradouras amizades também estão previstas. Êxito em trabalhos manuais. Questões e disputas com empregados ou patrões deverão ser deixados de lado.

marciosalerno@diariodepetropolis.com.br

Poesia

Livros alternativos de poeta da cidade estão à disposição Sebastião Berini, que já foi conhecido como Tião Berini e, hoje, atende pela alcunha de Berini Luz, é um poeta, ator e fotógrafo petropolitano que, recentemente, colocou o pé na estrada, passando uma temporada na Bahia e outros lugares, convivendo com artistas e comunidades alternativas do nosso país. Berini está de volta a Petrópolis e trouxe na mochila algumas coisas interessantes. Por exemplo os dois volumes de poesia “Análise” e “Poefilia”, que estão à disposição dos interessados, a R$ 10, na Livraria Salada de Livros, no Shopping Santo Antônio, Centro da cidade. Quem não tem cão, caça com gato, ou seja,quando a gente não tem ‘grana’ suficiente para ser bancado por ma

Fotos: Divulgação

É o Berini Luz, atrás do narigão de palhaço

editoras, o jeito á fazer o trabalho a mão. Foi exatamente o que Berini Luz fez, confeccionando a capa de seus livros com papel cartolina e costu-

rando o conteúdo dentro dos mesmos. Criatividade, portanto, não falta. Se você quer apoiar as artes ‘underground’ da cidade, conheça.

No ciberespaço

Burroughs X Cientologia é tema de artigo em site especializado da net Gosta de saber mais a respeito de ‘lances’ bem ‘underground e, às vezes, nem tanto assim? Se lê em inglês, dê uma surfada em email@ io9.com e confira a matéria ‘WilliamS. Burroughs’ Wild Ride with Scientology’, a respeito do primeiro encontro do escritor mais experimentalista da história da literatura americana com os fundadores da Cientologia, uma filosofia religiosa criada pelo também escritor L. Ron Hubbard, mais um casal de hippies ricos americanos. A princípio acreditando se tratar de uma possibilidade alternativa contra a caretice dos americanos, Burroughs começou a perceber que, ali, se escondiam coisas meio espúrias. Ele escreveu

Burroughs e o Mugwump, uma de suas criações

a respeito da Cientologia em seus livros, começando por recomendar os trabalhos de Hubbard e, mais tarde, a condená-lo abertamente. A Cientologia tem vários

adeptos hoje, a maioria deles trilionária, como o ator John Travolta. Filosofia, religião ou ‘171’, como diriam os brasileiros? Leia e tire suas próprias conclusões...

Teatro

“Imaginação” será reapresentada amanhã no palco do Dom Pedro A ONG Comando da Paz através do (Ponto de Cultura Terreiro cultural), estará reapresentado amanhã, no Theatro D. Pedro, o espetáculo ‘Imaginação”, um movimento cultural no dia nacional de combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes. A partir de 19h, ingressos a R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). Vendas na bilheteria do Theatro Dom Pedro ou no Ponto de Cultura Terreiro Cultural, à Rua do Imperador 62, sala 202. O espetáculo é um dos trabalhos (Conjunto da obra) do ator e diretor Laell Rocha, que recebeu o Prêmio Maestro Guerra Peixe de Arte e Cultura 2010. Trata-se de uma livre adaptação dos contos dos irmãos Grimm “João e o pé de fei-

Laell Rocha e o atores de ‘Imaginação’ voltam aos palcos

jão” e “João e Maria”. A ludicidade das cenas foram totalmente criadas a partir de materiais reaproveita-

dos, característica marcante do trabalho de Laell Rocha e do Ponto de Cultura Terreiro Cultural.

Especial

Concurso anual de poesias do Clube do Petrô abre inscrições O Clube de Poesias do Petropolitano F.C., a Secretaria de Educação e Fundação de Cultura e Turismo abriram inscrições para o concurso anual de poesias do Petrô. A organização é da poetisa e produtora cultural Catarina Maul. O clube comemora 100 anos e está promovendo o seu concurso poético anual. A importância do movimento literário que o Clube promove através dos tempos estará presente nos temas abordados pelas categorias estudantis, assim como

a história do clube será homenageada nas obras dos adultos. As categorias e temas são: a) Infantil (até 11 anos) – Ser Poeta; b) Juvenil (de 12 a 17 anos) – Quando escrevo; c) Alunos da Noite (até o Ensino Médio) – Poemas de amor; d) Adulto (poetas maiores de 18 anos) - Petropolitano F. C.; e) Poetas adultos de outras cidades – Versos no Papel. Inscrições na Secretaria de Educação, aos cuidados de Catarina Maul, até o dia 24 de junho de 2011. Poetas de outras

cidades poderão enviar seus trabalhos através do email catarinamaul@globo.com. As poesias deverão ser apresentadas em cinco vias, com o máximo de 30 versos e identificação, contendo nome completo, telefone, e-mail, categoria e, tratando-se de categorias escolares, ainda nome da escola e dados do professor responsável. Serão selecionados 10 trabalhos das categorias infantil, juvenil, alunos da noite e adulto para serem apresentados ao júri na noite da premiação.

CINE ITAIPAVA Est. União & Indústria, 11.000 - Itaipava ÁGUA PARA ELEFANTE – Censura 14 anos – com Hal Holbrook - Horários: 15h e 19h20, todos os dias, exceto 2ª feira – Sessão extra sexta e sábado,21h40 Baseado no aclamado bestseller, Água para Elefantes traz um romance inesperado que tem como pano de fundo uma história única e comovente. O estudante de veterinária Jacobs encontra e se apaixona por Marlena, artista na época dourada do circo. Eles descobrem a beleza da alegria dos grandes espetáculos, e a compaixão por um elefante especial os torna ainda mais próximos. Contra todas as apostas - incluindo a ira do carismático, mas perigoso marido de Marlena, August - Jacob e Marlena vivem um grande amor. HOP - REBELDE SEM PÁSCOA – Censura livre – Horários: 17h20 todos os dias, exceto 2ª feira Júnior está prestes a suceder seu pai e se tornar o Coelho da Páscoa. Mas o que ele quer mesmo é se tornar um baterista de sucesso. Júnior foge da Ilha de Páscoa, vai para o mundo dos humanos e é atropelado pelo atrapalhado Fred. Enquanto tenta perseguir seu sonho, outros eventos acontecem na ilha e a Páscoa precisará ser salva. Ingressos: terças e quartas ingresso promocional a R$ 6 para todos (exceto feriados). Preço de ingressos as quintas e sextas - inteira R$ 14 e meia R$ 7. Preço de ingressos aos sábados e domingos - inteira R$ 16 e meia R$ 8. CINE BAUHAUS R. Dr. Nelson de Sá Earp, 89 Shopping Center Bauhaus Centro SALA 1 RIO – Censura livre – Horários: 15h e19h10 Blu é uma arara azul que nasceu no Rio de Janeiro mas, capturada na floresta, foi parar na fria Minnesota, nos Estados Unidos. Lá é criada por Linda (Leslie Mann), com quem tem um forte laço afetivo. Um dia, Túlio entra na vida de ambos. Ornitólogo, ele diz que Blu é o último macho da espécie e deseja que ele acasale com a única fêmea viva, que está no Rio de Janeiro. Linda e Blu partem para a cidade maravilhosa, onde conhecem Jade. Só que ela é um espírito livre e detesta ficar engaiolada, batendo de frente com Blu logo que o conhece. Quando o casal é capturado por uma quadrilha de venda de aves raras, eles ficam presos por uma corrente na pata. É quando precisam unir forças para escapar do cativeiro. FÚRIA SOBRE RODAS – Censura 16 anos – com Nicolas Cage – Horários: 17h e 21h Milton se envolveu com pessoas erradas no passado, foi parar no inferno e acabou tendo sua filha assassinada. Agora, sua neta está das mãos do líder da mesma seita satânica. Chegou a hora de Milton retornar do mundo das trevas para tentar salvá-la e, quem sabe, ter a sua redenção. Em sua jornada para descobrir o paradeiro da criança, ele conhece Piper, uma garçonete boa de briga e em busca de aventura. Era o que ele precisava para enfrentar seus inimigos e ainda driblar O Contador, um fiel súdito do diabo, disposto a tudo para levá-lo de volta para o príncipe da escuridão. SALA 2 TODO MUNDO TEM PROBLEMAS SEXUAIS – Censura 14 anos - Com Claudia Abreu- Horários: 14h – 15h40 – 17h20 – 19h – 20h40 Comédia nacional, destacando atores e atrizes bem conhecidos de quem está acostumado a assistir às novelas da TV Globo. Preços: Segunda é dia de cinema. Ingressos a R$ 3 em todas as sessões. Terça a quinta (exceto feriados): Sessões iniciadas até 15h59min Inteira: R$ 10 (meia: R$ 5). Após 16h inteira: R$ 12 (meia: R$ 6). Sexta a domingo e feriados: Sessões iniciadas até 15h59min inteira: R$ 12 (meia R$

6) Após 16h inteira: R$ 14 (meia R$ 7). Lembrando que estamos com uma promoção de terça a domingo: todas as pessoas pagam meia entrada. TOP CINE HIPERSHOPPING ABC Rua Teresa, 1415 / 2º piso Alto da Serra – Petrópolis Cine Fone: (24) 2249-9900 www.cinemaxx.com.br SALA 1 VELOZES E FURIOSOS 5 – Operação Rio – Censura 14 anos - com Paul Walker – Horários: 15h, 17h40 e 20h40 - 2ª feira – dia 16 – não haverá sessão Dominic Toretto foi resgatado da prisão por sua irmã Mia e Brian O’Conner, que realizam um ousado resgate sobre rodas. Logo em seguida, ele desaparece. Brian e Mia vão até o Rio de Janeiro, onde encontram Vince. Ele propõe ao casal o roubo de carros que estão sendo levados em um trem, algo que, segundo ele, será uma operação simples que renderá um bom lucro. Durante a operação, Dominic reaparece e diz à irmã que os planos mudaram. Ela então leva um dos carros a um esconderijo em plena favela carioca, deixando Dominic e Brian enfrentando policiais e bandidos. SALA 2 RIO – Censura livre – Horários: 15h10 - 2ª feira – dia 16 – não haverá sessão PADRE – Censura 14 anos – com Paul Bettany – Horários: 17h10, 19h e 20h50 - 2ª feira – dia 16 – não haverá sessão A história gira em torno de um lendário guerreiro Sacerdote da última Guerra de Vampiros, que agora vive na obscuridade entre os outros habitantes humanos espezinhados em paredes nas cidades distópicas governadas pela Igreja. Quando sua sobrinha é raptada por um bando de vampiros assassinos, o Sacerdote quebra seu juramento sagrado para se aventurar em uma busca para encontrá-la antes que ela seja transformada em um deles. Ele é acompanhado na sua cruzada pelo namorado de sua sobrinha, um jovem xerife (rápido no gatilho), e uma ex-guerreira Sacerdotisa que possui habilidades de luta sobrenaturais. TOP CINE HIPERSHOPPING MERCADO ESTAÇÃO Rua Paulo Barbosa, 310 / 1º piso Centro - Petrópolis Cine Fone: (24) 2249-9900 www.cinemaxx.com.br SALA 1 O NOIVO DA MINHA MELHOR AMIGA – Censura 12 anos - com Ginnifer Goodwin – Horários: 16h10, 18h30 e 20h40 - 2ª feira – dia 16 – não haverá sessão Rachel vai fazer 30 anos e era toda certinha, mas durante uma comemoração bebeu além da conta e acabou transando com Dex, um amigo da faculdade. Só que o cara é o noivo de sua melhor amiga Darcy, de quem ela é madrinha de casamento. Agora, ele vive o conflito dos preparativos para a festa, enquanto começam a pesar na balança a amizade dos tempos de infãncia e o que sempre sentiu por Dex. SALA 2 THOR – Censura 10 anos – com Anthony Hopkins – Horários: 15h50 e 18h20 (cópia dublada) – 20h50 (cópia legendada) - 2ª feira – dia 16 – não haverá sessão Asgard. Após se desentender com Odin, Thor é enviado para a Terra. Desmemoriado, ele leva uma vida como se fosse um homem comum. Logo ele conhece Jane Foster, por quem se apaixona. Só que a morte de Odin faz com que o reino de Asgard fique nas mãos de Loki, o irmão de Thor. Querendo eliminar o irmão, uma ameaça constante ao seu poder, Loki elabora um plano para atacá-lo na Terra. SALA 3 RIO – Censura livre - Horários: 16h05 - 2ª feira – dia 16 – não haverá sessão ÁGUA PARA ELEFANTES – Censura 12 anos - com Hal Holbrook – Horários: 18h e 20h30 - 2ª feira – dia 16 – não haverá sessão

Filmes na TV MINUTEMEN - OS VIAJANTES DO TEMPO – GLOBO – 16H05 – COM JASON DOLLEY - Virgil Fox tinha fama de bobo no colégio até que se aproxima de Charlie, um menino prodígio que inventou uma máquina do tempo. Juntamente com Zeke, eles elaboram um plano que possibilite que retornem 48 horas no tempo, o suficiente para corrigir injustiças e erros cometidos por outros alunos da escola e por eles mesmos. MANDANDO BALA – SBT – 23H – COM CLIVE OWEN - Ao salvar um recém-nascido, cuja mãe foi morta durante um tiroteio, o enigmático Smith é envolvido em uma trama complexa na qual, com a ajuda da prostituta Quintano, terá de descobrir porque querem tanto matar este bebê.


TERça-fEIRa, 17 DE maIO DE 2011

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

7

cidade Ascom/PMP

Moradores do Buraco do Sapo voltam à rotina após tragédia

Fotos: Alan Alonso

O juiz Alexandre Teixeira conversa com Marileine durante visita

Primeira-dama visita Fundação Educandário Princesa Isabel

O empresário (E) José Quintella mostra a conta de energia, apesar do relógio desligado, e a dona de casa Márcia Pontes (D) voltou para casa

A primeira-dama, Marileine Mustrangi, visitou na manhã de ontem, a Fundação Educandário Princesa Isabel, localizada no Alto da Serra, para conhecer o projeto social da endidade e trocar experiências com o juiz da Vara da Infância, da Juventude e do Idoso de Petrópolis, Alexandre Teixeira, que apresentou o espaço e as atividades propostas no local. Segundo Marileine, a ideia é criar um projeto semelhante, para levar ao Vale do Cuiabá. Durante a visita, Alexandre Teixeira mostrou as acomodações e as atividades oferecidas aos mais de 600 jovens e crianças entre 8 e 18 anos em situação de risco social. Também são beneficiados jovens que se destacam na escola, cuja família não tem condições de arcar com cursos e outras atividades. Aulas de inglês e espanhol,

Passados pouco mais de quatro meses da tragédia que tirou vidas e destruiu residências no Vale do Cuiabá, no dia 12 de janeiro deste ano, uma comunidade em especial, a Buraco do Sapo, começa a voltar a rotina. É o recomeço da vida. Ainda assustados com a tragédia, de pouco em pouco muitas famílias que moravam na Estrada Ministro Salgado Filho, no Buraco do Sapo, estão retornando. No local o clima ainda é de tristeza, mas a dona de casa Márcia Pontes, de 46 anos, definiu bem a situação. “A vida tem que continuar”, disse. Márcia sabe muito bem o que é recomeçar. Na madrugada do dia 11 de janeiro de 2011, ela, três filhos e o marido estavam dentro de casa quando a água do rio subiu rapidamente e chegou não só à residência dela como

reforço em português e matemática, aulas de informática, além de atividades físicas como balé, judô e caratê, entre outros, estão à disposição das crianças encaminhadas à Fundação. “Estar perto do Dr. Alexandre sempre me faz aprender muito, tendo em vista o comprometimento dele com o bem comum. É o que eu entendo como missão do poder publico. Devemos acolher as necessidade do coletivo em prol da população, em detrimento das vontades pessoais. Agradeço a Deus por termos oportunidades de poder ajudar”, falou Marileine. Sobre o projeto que está sendo desenvolvido para o Vale do Cuiabá, a primeiradama contou que será voltado para área social, com o objetivo de capacitação para o mercado de trabalho e apoio psicológico às crianças e jovens, entre outras ações.

inundou todas as outras da localidade. “Ficamos sobre o telhado da casa. Foi o pior pesadelo de minha vida”, definiu. Depois de ficar dois meses fora de casa, ela o marido João Carlos e os filhos Camila, de 20 anos, Carol de 19 e João Victor de 14 voltaram para o lar. Tudo bem que eles ainda estão arrumando a residência para ficar perto de como era antes das águas invadirem todos os cômodos. “Perdemos tudo e nossa família e amigos que nos ajudam”, assegurou. Márcia garante que seu marido e seus filhos não pensaram duas vezes em voltar para casa, mesmo após a tragédia, mas assegurou em uma frase que aprendeu uma lição de vida. “Nesse mundo a gente não vale nada”. Outro que continua morando no Buraco do Sapo é

o pequeno empresário José Quintella, que espera verbas do micro crédito oferecido pela prefeitura. “Eu preciso do dinheiro para reerguer minha empresa. Estou sobrevivendo graças a meus amigos”, argumentou. No local há 30 anos, José que mora com a esposa e dois filhos reclama ainda da concessionária de energia elétrica, que está cobrando R$ 282,26 de conta de luz. “Meu relógio estava desligado e não entendo porque estão cobrando”, disse, acrescentando que o Buraco do Sapo está esquecido. Dono de uma empresa que fabrica porta retratos José Quintella está há três meses sem produzir sequer uma peça e conta com o poder público para reativar os negócios. “Agora que precisamos da prefeitura”, contou. Hoje a natureza ainda

mostra sua devastação nos pedaços de casas que continuam em pé. Mas grande parte do terreno, onde existia até um campinho de futebol, foi limpo pela prefeitura. Memória O trecho da estrada que liga Itaipava a Teresópolis, no sentido contrário ao fluxo do Rio Santo Antônio, foi o cenário de tragédia no dia 12 de janeiro. O ponto da região mais atingido pelas chuvas que castigaram a Região Serrana do Rio é conhecido como Vale do Cuiabá, onde casas foram destruídas, outras despencaram do alto do morro ou se perderam com a explosão da água que causou uma devastação que se estende por pelo menos 10 quilômetros. O Diário de Petrópolis não conseguiu contato com a Prefeitura nem a Ampla.

economia

Chinenes querem diversificar relacões comerciais com Brasil

Divulgação

Renata Giraldi/ABr

Banco PanAmericano tem lucro de R$ 76,1 milhões Kelly Oliveira/ABr

O Banco PanAmericano apresentou lucro líquido de R$ 76,1 milhões no primeiro trimestre de 2011, após prejuízo de R$ 133,6 milhões registrado em dezembro de 2010, segundo balanço divulgado ontem. No ano passado, foi descoberto um rombo nas contas do banco que chegou a R$ 4,3 bilhões. Inicialmente, o grupo Silvio Santos pegou dinheiro do Fundo Garantidor de Crédito (FGC), formado com recursos dos bancos para assegurar depósitos de clientes bancários em caso de quebra de instituições financeiras. Mas as irregularidades levaram à venda do controle da instituição financeira ao BTG Pactual, que assumirá a parte do grupo Silvio Santos. A Caixa detém participação no PanAmericano. Segundo o balanço do PanAmericano, devido às irregularidades contábeis e de controles internos da época da descoberta do rombo, no ano passado, a nova administração da instituição optou por redefinir sistemas e controles. Devido a essas mudanças, o banco preferiu não fazer comparações do resultado do último trimestre com períodos do ano passado. “Dada à inviabilidade de se reconstituir, de forma apropriada, as demonstrações financeiras

anteriores a novembro de 2010, a nova administração não encontrou alternativa que não a de estabelecer uma nova base contábil confiável, através da elaboração de um balanço patrimonial especial de abertura, com informações obtidas por meio de um levantamento completo de todos os direitos e as obrigações da Companhia em 30 de novembro de 2010”. De acordo com o balanço, a carteira total de crédito ficou em R$ 10,2 bilhões ao final do primeiro trimestre de 2011, ante R$ 13,3 bilhões em dezembro de 2010. Segundo o balanço, a redução da carteira no trimestre se deve à cessão de direitos creditórios no valor de aproximadamente R$ 3,5 bilhões ao FGC. Segundo o balanço, o principal mercado de atuação continuou sendo o de financiamento de veículos, com concessão de R$ 985,9 milhões no trimestre. O banco está presente em 25.802 concessionárias e revendedoras de veículos novos e usados, onde atua por meio de 1.102 contatos comerciais, entre próprios e terceiros. “A estratégia para este mercado tem sido orientada pela busca de maior participação no segmento de veículos novos, com o objetivo de alcançar uma melhor relação entre risco e retorno da carteira”, diz o PanAmericano no relatório.

Um mês depois da visita da presidenta Dilma Rousseff à China, o ministro chinês do Comércio, Chen Deming, afirmou ontem que seu país quer ampliar os investimentos no Brasil. Deming disse que a ideia é “diversificar” as relações comerciais incluindo desde a compra de medicamentos aos produtos de agropecuária e tecnologia de ponta. Porém, o chinês criticou a deficiência nas rodovias e portos do país, assim como no setor de eletricidade. “Fui a várias cidades no Brasil, e conversei com os empresários chineses que estão aqui. Eles disseram que estão satisfeitos com a relação com o governo local. Mas disseram também que o câmbio desfavorável os atinge”, afirmou Deming, cuja equipe se reuniu hoje com o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, e o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota. O ministro Fernando Pimentel demonstrou ainda confiança na ampliação das relações com a China. Segundo ele, o comércio, que no ano passado foi de US$ 30,6 bilhões, pode aumentar em 20%. De acordo com Pimentel, os primeiros

Antônio Patriota (Relacões Exteriores), Chen Deming (Comércio da China) e Fernando Pimentel (MDIC)

número de 2011 demonstram essa possibilidade. O ministro chinês afirmou que os executivos de seu país “têm um foco no Brasil” por causa das características específicas do país. Deming citou como exemplos o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) e da renda per capita. Também tem observado o planejamento do governo brasileiro em aperfeiçoar a

industrialização. No entanto, Deming lamentou as fragilidades que ainda existem no Brasil, como falhas no sistema de infraestrutura – estradas e portos – e de geração de energia. “Há um déficit de infraestrutura. [O sistema] apresenta deficiências, inclusive na área de eletricidade, assim como portos e estradas, mas tem uma grande capacidade na energia

hidráulica”, disse. Para o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, a reunião com Deming e a comitiva chinesa foi produtiva. Segundo ele, há um interesse comum de ampliar a “cooperação conjunta” nas mais distintas áreas, como as questões relativas à propriedade intelectual, à impletamentação de certificação de carnes suínas e à venda de armas.

mento, Indústria e Comércio Exterior. Entre os dias 9 e 16 de maio, as exportações chegaram a US$ 5,766 bilhões e as importações a US$ 4,275 bilhões. No mês, o saldo acumulado até a segunda semana

atingiu US$ 2,460 bilhões e, no ano, US$ 7,489 bilhões. Na média por dia útil, o saldo da balança comercial registrou US$ 298,2 milhões na segunda semana e, no mês, US$ 246 milhões. No ano, o

saldo médio diário ficou US$ 82,3 milhões ante os US$ 39,9 milhões registrados em igual período de 2010, ambos com 91 dias úteis. O resultado representa um crescimento de 106,1% na comparação.

Balança comercial brasileira registra superávit de US$ 1,4 bilhão em maio Daniel Lima/ABr

O saldo da balança comercial brasileira ficou em US$ 1,491 bilhão na segunda semana de maio, informou o Ministério do Desenvolvi-


8

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

TERça-fEIRa, 17 DE maIO DE 2011

AVISOS E EDITAIS

EDITAl DE CITAÇÃO Com o prazo de vinte dias O MM Juiz de Direito, Dr.(a) marcelo Telles maciel Sampaio - Juiz Titular do Cartório da 2ª Vara CiveI do Comarca de Petrópolis, RJ, FAZ SABER aos que o presente edital com o prazo de vinte dias virem ou dele conhecimento tiverem e interessar possa, que por este Juízo, que funciona a Av. Barão do Rio Branco, 2001 CEP: 25680-275 - Centro - Petrópolis RJ Tel.: 24 2231-4877 e-mail: pet02vciv@tjrj.jus.br, tramitam os autos da Classe/Assunto Despejo por Falta de Pagamento - Despejo Por Falta de Pagamento C/C Cobrança.. de nº 0004488-23.2007.8.19.0042 (2007.042.004470-2), movida por BAUHAUS ENGENHARIA E CONSTRUÇÕES LTDA; PROMOVE EMPREENDIMENTOS S/C LTDA em face de VALÉRIA MARlLlA DA SILVA SALGUEIRO ROCHA; RENATO AMÉRlCO MARTINS RIBEIRO; THEREZINHA DAS ROSAS RIBEIRO e DOMINGO RIU ALCATRAZ FILHO, objetivando citação da parte ré vAléRIA mARÍlIA DA SIlvA SAlGuElRO ROCHA para responder a mencionada ação fazendo-Ihe, outrossim, a advertência de que não sendo contestada, presumir-se-ão aceitos, como verdadeiros, os fatos articulados pelo autor na petição inicial, ficando intimada também para, em querendo, pagar o débito atualizado no prazo da contestação, mediante depósito judicial, tendo a referida ação por objeto contrato de locação firmado entre a autora e a ré Valéria Marília da Silva Salgueiro Rocha referente ao Imóvel - loja 03 do Shopping Center Bauhaus situado à Rua Dr. Nelson de Sá Earp nº 95, Centro, Petrópolis, objetivando a parte autora a procedência da ação, com a consequente condenação dos réus ao pagamento dos alugueres e demais encargos vencidos. Assim, pelo presente edital CITA o réu VALÉRIA MARlLlA DA SILVA SALGUEIRO ROCHA, que se encontra em lugar incerto e desconhecido, para no prazo de quinze dias oferecer contestação ao pedido inicial, querendo, ficando ciente de que presumir-se-ão aceitos como verdadeiros os fatos alegados, caso não ofereça contestação. Dado e passado nesta cidade de Petrópolis, Aos onze dias do mês de abril do ano de dois mil e onze. Eu, Renata de Almeida Peralta - Analista Judiciário - Matr. 01/28187, digitei. E eu, Luiz Claudio Geraldes - Responsável pelo Expediente - Matr. 01/25621, o subscrevo.

MANUTENÇÃO E MELHORIA NA REDE COM INTERRUPÇÃO NO FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA Visando prestar um serviço de melhor qualidade, a AMPLA comunica a seus clientes que interromperá o fornecimento de energia elétrica, para possibilitar a execução de obras e melhoramentos da rede, nos municípios de Petrópolis e Areal nas seguintes localidades: s 20/05/2011, das 09:30h às 14:30h, Petrópolis - Posse: Parte do Caminho do Ingá, Parte da Rua Oswaldo Perlingeiro, Parte da Estrada da Pedreira e adjacências. Das 12:00h às 17:00h, Castelânea: Parte da Estrada do Paraíso - Val Paraíso e adjacências. Das 14:30h às 17:00h, Correas: Próximo do Ribeirão R. Martinho J. Santana nº 251 e adjacências. Das 09:00h às 12:00h, Areal - Vila Dantas: Próximo da Vila Dantas e adjacências. O restabelecimento de energia poderá voltar antes do horário previsto.

ASSOCIAÇÃO DOS APOSEnTADOS E PEnSIOnISTAS DOS InSTITuTOS DE PREvIDÊnCIA SOCIAl SEDIADO Em PETRÓPOlIS CnPJ: 03.719.955/0001 - 91 Edital de convocação: A Comissão de associados da Associação dos Aposentados e Pensionistas dos Institutos de Previdência Social Sediado em Petrópolis, tendo em vista a paralisação das atividades da entidade e vacância na Diretoria, vem por este convocar todos os associados para comparecerem na Assembléia Geral Extraordinária que se realizará no dia 23 de maio de 2011, sito a Rua Mal Deodoro, nº 209, sala 105, Centro, Petrópolis, RJ, no quorum estatutário, às 13:00 h em 1ª convocação, 14:00 h em segunda convocação e às 15:00 h, em terceira e última convocação, onde com qualquer número de presentes se analisará e deliberará sobre a seguinte ordem do dia: a) Reativação das atividades da Associação; b) Eleição de um Conselho Deliberativo Provisório, para que este convoque as eleições para a composição do Conselho Deliberativo e este na forma do capitulo VI do Estatuto Social eleja a Diretoria e Conselho Fiscal. Petrópolis, 10 de maio de 2011. Pela Comissão: Gabriel Arcanjo Weinen.

SEPULTAMENTO

Cartório de 3º Ofício de Petropolis

CEmITéRIO munICIPAl

Terceiro Ofício - Petropolis - RJ

Sebastião Gomes de Brito, 76 anos, Quitandinha, 9h Josélia muniz Rodrigues, 58 anos, Alto da Serra, 11h maria Januária da Silva, 87 anos, Carangola, 11h30 José maximiano Pereira, 79 anos, Castelo São Manoel, 14 Albertina Prendin Custódio, 86 anos, Cascatinha, 16h Deuzedino José Rodrigues, 78 anos, Alto da Serra, 14h lúcia maria Sixel da Silva, 66 anos, Centro, 14h30 Sueli maia de Castro bertges, 67 anos, São Sebastião, 15h30 Rosalina Ribeiro, 67 anos, Itaipava, 10h Jorge Sebastião Kloh, 75 anos, 16h30, Castelânea José luis Pereira, 51 anos, Mosela, 16h15 Jorliney Correa, 57 anos, Roseiral, 14h CEmITéRIO DE ITAIPAvA Eunice Rocha, 86 anos, Vista Alegre(RJ), 14h OBS. AS INFORMAÇÕES ACIMA SÃO FORNECIDAS AO DIÁRIO POR FUNCIONÁRIOS DAS SECRETARIAS DOS CEMITÉRIOS,

Rema Press Brasil Ltda. ME, torna publico que recebeu da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável – SMADS, atravez do processo nº 004930/2011, com validade indeterminada, para a atividade de manutenção de impressoras e cartuchos de tonner , para o endereço Estrada do Paraíso 326 Bl.13 Apto 401 – Chácara Flora – Petrópolis – RJ.

Relação do Edital dia 17/05/2011 Acham-se afixados neste cartório, conforme a lei 9492/97, art. 15 $1 - Processo 89.877/99 CGJ/RJ, para serem protestados os títulos de responsabilidade de: Protestar em 18/05/2011

012815060000141

R VINTE E QUATRO DE MAIO 411

Número: 00002385801

DUPLICATA MERCANTIL

Emissão:19/04/2011

Vencto: 03/05/2011 Cheque Administrativo

Custas

Seja repórter ou fotógrafo por um dia O Diário de Petrópolis quer a sua participação. Envie texto ou foto de algum fato interessante que esteja acontecendo na cidade. Caso seja publicado, você ganha uma assinatura semestral do jornal. Envie o seu material com o assunto REPÓRTER/FOTÓGRAFO POR UM DIA para o e-mail: redacao@diariodepetropolis.com.br.

Valor:

DURABLOK COM.AT. DE MAT.DE CONSTRUCAO

Custas

DURABLOK COMERCIO AT. MAT. CONST LTDA ME

Valor:

Emissão:22/03/2011 Custas

Protestar em 18/05/2011 DURABLOK COMERCIO AT. MAT. CONST LTDA ME

Cheque Administrativo

Custas

- Hospital – O ministro da Previdência Social, Jair Soares, autorizou o credenciamento do Hospital Santa Theresinha, de São José do Rio Preto, para atendimento aos segurados do INAMPS. - Seminário – Foi encerrado, na data anterior, na Auto Tour, um seminário promovido pela Contec, Fiat e CAB, com representantes dos sindicatos das Entidades Bancárias e Securitárias do município. - Elevadores – Moradores do Edifício Municipal, Centro da cidade, entraram em contato com o DIÁRIO para reclamar do fato que os elevadores que serviam os condôminos mais ficavam parados do que funcionando, a maior parte do tempo.

Emissão:21/01/2011

Valor:

ROGERBEL COM PRODS ALIM LTDA R QUISSAMA N 1931

120,27 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

Portador/ Cedente / Sacador

3.774,30

Protocolo

237 - BANCO BRADESCO S A

7406

LUIZ VIANA DA SILVA REDE DE PROTECAO -

12/05/2011

120,27 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

Portador/ Cedente / Sacador

3.774,30

Protocolo

399 - HSBC BANK BRASIL SA BANCO MULTIPL

7525

HSBC BANK BRASIL S/A BANCO MULTIPLO

13/05/2011

ILZE NUSSENBAUM ARTIGOS DO VESTUARIO E P 1875,00 120,27 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

R. do Imperador, 1021 - Centro

BANCO DAYCOVAL S/A

2.009,30 17/05/2011

Protocolo 7408 Pag: 2 12/05/2011

573,05 21/02/2011 Vencto: 04/05/2011 Acham-se Emissão: afixados neste cartório,Valor: conforme a lei 9492/97, art. 15 $1 - Processo 89.877/99 CGJ/RJ, para serem

protestados os títulos de responsabilidade de: ou Dinheiro Custas Cheque Administrativo Custas 114,73 Total 687,78 Protestar em 18/05/2011 SERGIO CORREA JORDAO

44657510797

RUA MOSELA, 854

Emissão:24/01/2011

Vencto: 05/05/2011 Cheque Administrativo

Custas

114,73 Total

Protestar em 18/05/2011 VIVABEM DISTRIBUIDORA LTDA ME

Valor:

Custas

100,83 Total

Cheque Administrativo

Custas

106,39 Total

Protestar em 18/05/2011 VIVABEM DISTRIBUIDORA LTDA ME

Valor:

Custas

96,67 Total

Protestar em 18/05/2011 VIVABEM DISTRIBUIDORA LTDA ME

Custas

106,39 Total

Valor:

Protestar em 18/05/2011 Z A POZZATO ALMADA COMERCIO

Vencto: 01/05/2011 Cheque Administrativo

Custas

106,39 Total

0,00 Tarifa

14,03 Total

Portador/ Cedente / Sacador

268,86

Protocolo 7519

VECCHIO EMPORIO INDUSTRIA E COMERCIO DE

13/05/2011

VECCHIO EMPORIO INDUSTRIA E COMERCIO DE

106,39 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

Portador/ Cedente / Sacador

379,32

Protocolo

237 - BANCO BRADESCO S A

7520

VECCHIO EMPORIO INDUSTRIA E COMERCIO DE

13/05/2011

VECCHIO EMPORIO INDUSTRIA E COMERCIO DE

96,67 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

Portador/ Cedente / Sacador

180,95

Protocolo

237 - BANCO BRADESCO S A

7521

VECCHIO EMPORIO INDUSTRIA E COMERCIO DE

13/05/2011

VECCHIO EMPORIO INDUSTRIA E COMERCIO DE

366,75

473,14 ou Dinheiro Custas

106,39 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF 009187326000144

Valor:

100,83 Cpmf

237 - BANCO BRADESCO S A

CNPJ / CPF 003110950000167

487,17

Protocolo

341 - BANCO ITAU SA

7530

CONFECCOES INA I P LTDA

13/05/2011

CONFECCOES INA I P LTDA

Número: 1446/2 Emissão:17/03/2011

13/05/2011

VECCHIO EMPORIO INDUSTRIA E COMERCIO DE

70,25

RUA THEREZA 1515 DUPLICATA MERCANTIL

7518

166,92 ou Dinheiro Custas

Valor:

1.114,12

Protocolo

237 - BANCO BRADESCO S A

CNPJ / CPF 003110950000167

Número: 0004026701 Emissão:03/02/2011

Vencto: 06/05/2011 Cheque Administrativo

14,03 Total

VECCHIO EMPORIO INDUSTRIA E COMERCIO DE

365,29 ou Dinheiro Custas

R ADAO BRAND, 41 - LADO DUPLICATA MERCANTIL

0,00 Tarifa

258,90

Número: 0004026801 Emissão:03/02/2011

Vencto: 06/05/2011 Cheque Administrativo

114,73 Cpmf

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF 003110950000167

R ADAO BRAND, 41 - LADO DUPLICATA MERCANTIL

12/05/2011

254,83 ou Dinheiro Custas

Número: 0004026901 Emissão:03/02/2011

Vencto: 06/05/2011

7421

154,00

R ADAO BRAND, 41 - LADO DUPLICATA MERCANTIL

237 - BANCO BRADESCO S A

CNPJ / CPF 003110950000167

Valor:

701,81

Protocolo

985,36

Número: 0004027001 Emissão:03/02/2011

Vencto: 06/05/2011

14,03 Total

COTTON WORLD MODAS ME

1.100,09 ou Dinheiro Custas

R ADAO BRAND, 41 - LADO DUPLICATA MERCANTIL

0,00 Tarifa

COTTON WORLD MODAS ME

Número: 14-03

DUPLICATA MERCANTIL

114,73 Cpmf

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF

VIVABEM DISTRIBUIDORA LTDA ME

Tels.: (24) 2237-3210 (24) 9832-0327 Petrópolis - RJ (22) 9907-4947 Cabo Frio - RJ

12/05/2011

Portador/ Cedente / Sacador CNPJ / CPF Terceiro Ofício - Petropolis - RJ 012056634000145 237 - BANCO BRADESCO S A

Protestar em 18/05/2011

Operando no Mercado a 32 anos

7405

KIUTI ALIMENTOS LTDA Relação do10051P2 Edital dia 17/05/2011 Número:

DUPLICATA MERCANTIL

Cheque Administrativo

Direitos Autorais Registro de Músicas Livros Eventos Culturais Agente: Domingos Capistrano

237 - BANCO BRADESCO S A

Cartório de 3º Ofício de Petropolis

Protestar em 18/05/2011

9.453,17

Protocolo

LUIZ VIANA DA SILVA REDE DE PROTECAO -

1.995,27 ou Dinheiro Custas

120,27 Total

14,03 Total

3640,00

Número: 2203/2

Custas

0,00 Tarifa

LUIZ VIANA DA SILVA REDE DE PROTECAO -

008473887000147

DUPLICATA MERCANTIL

125,81 Cpmf

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF

RIFRAN CONFECCOES LTDA

Vencto: 02/05/2011

13/05/2011

3.760,27 ou Dinheiro Custas

120,27 Total

Protestar em 18/05/2011

Cheque Administrativo

FUNDICAO ALEA LTDA - EPP

CNPJ / CPF 007575626000175

Valor:

Protocolo 7578

3640,00

Número: 90 Emissão:21/03/2011

258,21

LUIZ VIANA DA SILVA REDE DE PROTECAO -

ESTR UNIAO INDUSTRIA, N 32.968 LOJA A

Vencto: 12/04/2011

Portador/ Cedente / Sacador

3.760,27 ou Dinheiro Custas

120,27 Total

14,03 Total

001 - BANCO DO BRASIL SA

CNPJ / CPF 007575626000175

Valor:

0,00 Tarifa

9313,33

Número: 91

DUPLICATA MERCANTIL

100,83 Cpmf

FUNDICAO ALEA LTDA - EPP

ESTR UNIAO INDUSTRIA, N 32.968 LOJA A

Cheque Administrativo

13/05/2011

SUL MINEIRA ALIMENTOS LTDA

9.439,14 ou Dinheiro Custas

125,81 Total

Protestar em 18/05/2011

Vencto: 19/04/2011

SUL MINEIRA ALIMENTOS LTDA

CNPJ / CPF 007575626000175

Número: 607/2 Emissão:21/03/2011

Vencto: 05/05/2011

7547

143,35

ESTRADA UNIAO INDUSTRIA 32968 DUPLICATA MERCANTIL

Protocolo

001 - BANCO DO BRASIL SA

244,18 ou Dinheiro Custas

100,83 Total

Protestar em 18/05/2011

Cheque Administrativo

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF

CINTIA MARIA DA SILVA

VILA MATHIAS KREISCHER S/N GALPAO

Em sua edição número 2.247, de 17 de maio de 1981, um domingo, o DIÁRIO publicou os seguintes destaques:

Pag: 1

R. do Imperador, 1021 - Centro

DUPLICATA MERCANTIL

Há 30 anos o Diário publicava

17/05/2011

224,65

331,04 ou Dinheiro Custas

106,39 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

345,07

Intimo-os a pagarem ( através de cheque administrativo ou dinheiro com guia de pagamento a ser retirada neste tabelionato ), ou no caso da falta de aceite, comparecer para aceita-lo, ou dar-me as razões por que não o faz. Ficando assim já intimado do respectivo protesto no prazo estipulado na forma da lei. Petropolis, 17/05/2011 João Correia Lima Neto - Escrevente


MOSELA

Na paróquia de São Judas Tadeu a secretaria tem expediente de terça-feira a sexta-feira de 16h30 as 18h30 e os eventos religiosos podem ser informados pelo telefone 2245 7344. O pároco é o padre Luiz Garcia Mello e o vigário paroquial é o padre Nerel Quirino Damasceno.

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

TERça-fEIRa, 17 DE abRIL DE 2011

D

iário nos

B

airros Ailson Souza

diarionosbairros@diariodepetropolis.com.br

patrimônio ferroviário resgatado Esforço de ferroviaristas e autoridades transportam locomotiva centenária do Rio de Janeiro para Nogueira. Ela ficará em exposição Foi removida anteontem para Nogueira a locomotiva 0-3-0 que pertenceu a Companhia Petropolitana de Tecidos, de Cascatinha, no início do século passado. Ela estava há muito tempo abandonada nas instalações da extinta Editora Brasil/América, em São Cristóvão, no Rio de Janeiro, conforme a informação do presidente Antonio Pastori, da Associação Fluminense de Preservação Ferroviária – AFPF. Na semana passada o coordenador de eventos da regional Petrópolis da AFPF Luiz Carlos Veiga já havia informado sobre a confirmação do transporte da locomotiva. - Este trabalho só foi

possível graças ao amigo ferroviarista Luiz Otávio Oliveira que adquiriu a locomotiva com recursos próprios – afirmou Luiz Carlos. – Com isto estamos resgatando cada vez mais a história da ferrovia com laços em Petrópolis. A AFPF pretende restaurar a locomotiva para colocá-la em condições de operação ou então apenas deixa-la em exposição. Segundo Luiz Carlos, o estado da máquina é precário e precisa de um grande reparo. Ela pertencia a Companhia Estrada de Ferro Petrópolis e operava para a Companhia Petropolitana de Tecidos. A diretoria da AFPF agradeceu ao empenho do diretor presidente Anderson Juliano, da Companhia do Desenvolvimento de

o órgão esclarece que não aconteceu o pagamento. A diretoria de comunicação informou que o orçamento do projeto foi encaminhado nos dias 14 e 18 de agosto de 2009. O órgão adiantou que se os entendimentos forem retomados, o plano ficará a cargo da

ALCOÓLICOS ANÔNIMOS

Reuniões de hoje 19h: Grupo 27 de Maio, Rua Bingen, 261. 19h30: 28 de Janeiro, Rua Paulo Barbosa, 180, Centro; Amor e Atração, Av. Leopoldina, 596, Nogueira; Bingen, Rua Santa Rita de Cássia, 30, Castrioto; Castelânea, Praça Pasteur, 79; Petropolitano, Rua Santos Dumont, 100.

Completada segunda etapa de obra na Comunidade Vitória Mais duas colunas para o levantamento do muro de contenção na Comunidade Vitória, da Duarte da Silveira, foram assentadas anteontem. O trabalho começou no domingo retrasado com os moradores executando o desenvolvimento em ritmo de mutirão e no próximo final de semana terá prosseguimento com uma outra equipe na execução do serviço.

O vice-presidente Fioravante Luiz Carvalho, da Associação de Moradores da Comunidade Vitória informou ontem que o serviço está sendo feito na parte de cima da Servidão Manoel Lourenço Tavares Filho. O mutirão é em parceria com a Secretaria de Obras que fornece o material. Fioravante disse que serão dez colunas e que quatro já estão prontas.

Leitora parabeniza trabalho de reciclagem no Caxambu

Pessoal da COMDEP trabalhou no resgate da locomotiva

Petrópolis – COMDEP – que providenciou um guindaste para a movimentação da locomovia e a equipe de engenharia da empresa. Os diretores agradeceram tam-

bém ao secretário de Planejamento Agnaldo Goivinho que “ abraçou a causa assim que tomou conhecimento” e ao prefeito Paulo Mustrangi.

Ampla esclarece projeto de Servidão da Dr. Thouzet A diretoria de comunicação, responsabilidade social, institucional e meio ambiente, da Ampla – Energia e Serviços – confirmou que o orçamento para a iluminação da Servidão Arlindo Lucas, na Comunidade Dr. Thouzet, foi encaminhado à prefeitura. Entretanto,

9

empresa que atualmente é responsável pelos trabalhos de iluminação pública do município. O esclarecimento da Ampla foi sobre a informação do morador e comerciante Antonio Luiz de Souza, o Moreno, quando ele confirmou a existência

do projeto cuja notícia foi divulgada na terça-feira passada no DB. O presidente Edmauro Luiz Ferreira, o Mestre Pequeno, da Associação de Moradores da Dr. Thouzet já havia informado anteriormente que a iluminação da Servidão Arlindo Lucas já estava projetada.

A leitora Margareth de Oliveira Braga parabenizou ontem o zelador Jacinto Vieira, pelo trabalho de reciclagem que ele vem executando na comunidade de Santa Isabel, no Caxambu. Para ela o trabalhador deve ter um apoio o mais rapidamente possível para dar continuidade ao serviço de limpeza que vem desenvolvendo.

A manifestação de Margareth foi quanto à notícia da edição de domingo sobre o trabalho desenvolvido por Jacinto que não mede esforços para executar a reciclagem. No informe, ele reivindicou o apoio de uma ong para ajudá-lo a construir um galpão para aprimorar o trabalho de separação dos materiais recolhidos.

Leitor reivindica serviço na estrada da Bela Vista Outro leitor que se manifestou sobre a página de Santa Isabel divulgada no DB de domingo foi o motorista João Carlos Bartolomeu Nunes. Ele concordou com a reclamação de comerciantes e da Associação de Moradores do Caxambu/Santa Isabel sobre o grande número de buracos na Estrada José de Almeida Amado cujo asfalto deixa as aberturas à mostra em grande

parte da via. Entretanto, João Carlos emendou que não é só a José de Almeida Amado que tem problemas com buracos. Lamentou que a Rua Alberto Pullig que liga o Santa Isabel ao Bairro Bela Vista, no Itamarati, esteja com os seus dois quilômetros todo esburacado. - A via está praticamente intransitável. É preciso um serviço urgente lá – informou.

esportes

Serrano fica no empate com o Queimados Serrano e Queimados se enfrentaram neste domingo (15), no Estádio Atílio Marotti, pela segunda rodada da segunda fase de grupos da Série C do Campeonato Carioca. A partida marcava a estreia do volante Léo na equipe principal e o primeiro jogo de Gilson Maciel no comando do Leão da Serra dentro de casa. Mesmo com boa atuação, o Serrano não conseguiu chegar ao gol e ficou apenas no empate em 0 a 0. Com o resultado, o time petropolitano caiu para a segunda posição do Grupo I, já que o Yasmin venceu no sábado, em casa, o Duquecaxiense por 2 a 0, e agora lidera a chave com seis pontos, enquanto o Leão da Serra tem quatro. No próximo domingo (22), o Serrano enfrenta o Yasmin, no Estádio Atílio Marotti. Partida que pode devolver a ponta da tabela ao time petropolitano. O JOGO Desfalcada da sua zaga titular, o Serrano entrou em campo com o volante Brunão, improvisado, e Vítor no setor defensivo. Já o Queimados veio completo e repetiu o roteiro que os adversários têm adotado nos jogos na casa do

do, tentou encobrir o goleiro Jeferson, sem sucesso. O início da segunda etapa marcou o início do equilíbrio no jogo. O Queimados tentava sair para o ataque, mas em nenhum momento se descuidava da parte defensiva. Resultado: jogo sem chances claras de gol durante boa parte do tempo. Observando a queda de rendimento da equipe, o técnico do Serrano, Gilson Maciel, lançou Ramón e Júlio no lugar de Victor Santos e Paulista, respectivamente. As alterações não mudaram a cara do Serrano, que seguiu sendo co-

mandado por Maycon e Léo. Aos 31 minutos, o Serrano chega à melhor oportunidade de gol na partida. Maycon bateu falta no bico esquerdo da área. A bola ultrapassou a barreira e, caprichosamente, acertou a trave do goleiro Henrique, para desespero do técnico Gilson Maciel, impaciente a beira do campo. O comandante do Leão da Serra ainda tentou avançar ainda mais a equipe, colocando Matheus no lugar de Douglas, mas a partida estava mesmo fadada a terminar sem gols. Fim de jogo, tudo igual: Serrano 0 x Queimados 0.

Ficha técnica Maycon lutou muito pelo Serrano, mas a equipe não saiu do empate

Leão da Serra: se defender e explorar os contra-ataques. Os primeiros minutos da partida foram de intenso bombardeio do Serrano ao ataque. Logo nos 10 minutos iniciais, o Leão da Serra já chegava com muito perigo ao gol de Henrique, do Queimados. A boa postura defensiva do adversário fez com que o Serrano diminuísse o volume de jogo e a partida caiu na temperatura fria, até Léo e

Maycon tomarem a iniciativa na criação das jogadas. Enquanto o volante fazia a ligação com o meio-campo, o apoiador municiava o ataque e chegava com perigo ao gol adversário. Aos 22 minutos, Douglas dá ótimo lançamento para Maycon. O camisa 10 dominou e finalizou para a excelente defesa de Henrique, com os pés. A boa chance reacendeu o ímpeto do Serrano, que voltou

a pressionar o adversário, até que aos 32 minutos, Maycon bateu falta pela direita e Léo apareceu para completar para o fundo das redes. Os jogadores já comemoravam quando o árbitro invalidou o lance, marcando impedimento do volante petropolitano. Mesmo recuado, o Queimados assustava nos contra-ataques perigosos. Aos 35 minutos, Felipe apareceu sozinho e, com a bola quican-

Serrano x Queimados Estádio: Atílio Marotti, Petrópolis (RJ) Data/hora: 15/05/2011 – 15h (de Brasília) Árbitro: Claucio Hemanos Félix Bertozzi do Amaral (RJ) Auxiliares: Igor Bertozzi de Aquino Mattos (RJ) e Hildemar Dias de Oliveira Filho (RJ) Cartões amarelos: Léo (39’/2ºT) e Vitor (43’/2ºT) (Serrano); Jonathan (43’/1ªT), Felipe (19’/2ºT), Pop (38’/2ºT) e Marvin (40’/2ºT) (Queimados) Serrano: Jeferson; Joel, Vitor, Brunão e Rai; Leo, Paulista (Julio 17’/2ºT), Douglas (Matheus 35’/2ºT) e Maycon; Victor Santos (Ramon 11’/2ºT) e Alexandre Dragão. Técnico: Gilson Maciel Queimados: Henrique; Pop, Allan, Arthur e Jéferson; Natan José Rafael, Jonathan (Marvin 1’/2ºT) e Felipe Amaral; Felipe e Celso (Bruno 29’/2ºT). Técnico: Paulo Roberto de Oliveira.


10

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

TERça-fEIRa, 17 DE maIO DE 2011

ESPORTES

edsondiario@yahoo.com.br

Petrô dá duas goleadas pelo Municipal As categorias de campo do Petropolitano se deram bem nas partidas do último domingo válidas pelo Campeonato Municipal. De quatro jogos realizados pelo alvinegro foram duas vitórias, um empate e uma derrota. Masters: Jogando no Estádio Carlos Guinle, domingo à tarde, o Petropolitano venceu o Magnólia por 4 a 0. Os gols foram marcados pelo Silmar (1), André (1), Xuxa (1) e Gugu (1). O próximo adversário será o Santa Isabel, no domingo, dia 22, a partir das 11h30, no Estádio Carlos Guinle, no Valparaíso. Sub-20: Nesta categoria o Petropolitano estreou bem, vencendo o Laginha, no campo do adversário por 4 a 1, com os quatro gols sendo marcados por Matheus Amorim que retorna ao clube, depois de jogar seis anos pelo Fluminense. O craque mostrou que continua sendo um artilheiro nato, mantendo a facilidade que sempre teve para marcar gols, tendo se tornado um dos maiores artilheiros das categorias de base do Petrô, tanto de futebol de campo quanto de futsal. “O time do Petrô possui atletas excelentes, oriundos das categorias de base, onde sempre se destacaram. Grande parte do elenco fez parte da

A equipe de Sub-11 do Petropolitano perdeu por 2 a 1

Já o Sub-13 ficou em 1 a 1 no empate com o Carangola

equipe campeã da categoria Sub-17, título conquistado este ano no campo da Aalborg, contra o Carangola”, lembrou Delio Kronemberger, vice-presidente de esportes do Petropolitano. Atuaram pelo Petrô, Luan, Luizetto, Vinícius, Pedro Henrique, Samuel, Guilherme Kaufmann, Miguel, Diogo, Obina, Matheus Amorim, Lucas Leite, Vítor, Max, Guilherme e Gustavo. Técnico: Chuca, auxiliado por Berg.

A diretoria do Petropolitano divulgou nota elogiando a atuação dos gêmeos Fábio e Rafael que conquistaram campeões ingleses na última semana. A nota é a seguinte: “Foi com muita alegria e satisfação que mais uma vez assistimos o sucesso de Rafael e de Fábio sagrando-se campeões ingleses pelo Manchester United, depois de empatar com o Blackburn, por 1 a 1. No próximo dia 27, todos nós do Petrô estaremos torcendo para que conquistem mais um título. Desta vez será em Roma, contra o Barcelona, na decisão da Liga dos Campeões. Mês que vem eles estarão em Petrópolis, e a exemplo dos anos anteriores, deverão estar no Petropolitano, quando serão homenageados. Os dois jogaram por cinco anos no Petrô e são os padrinhos do projeto de Responsabilidade Social”. Na foto os atletas quando atuaram pelo Petrô.

No próximo domingo a equipe jogará contra o Vera Cruz, no Moinho Preto, a partir das 11h30. Sub-11 e Sub-13: Atuando contra o Carangola, o Sub-11, comandado por Ademilson, foi derrotado por 2 a 1, e o Sub13, comandado por Francisco Lima, empatou por 1 a 1. No próximo domingo, o Petrô enfrenta o Laginha, nas duas categorias, em jogos que serão realizados no Estádio Carlos Guinle, a partir das 8h30.

Diario de Petropolis  

Artigos, Colunistas, Cidade, Esportes

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you