Page 1

Diário

de Petrópolis

E-mail: redacao@diariodepetropolis.com.br

Site: www.diariodepetropolis.com.br

Preço do exemplar: R$ 1,20

Nº 15.972 - Quarta e quinta-feira, 12 e 13 de outubro de 2011

agenda Hoje, às 15h, será apresentado o espetáculo “Bonequinha de Pano” no Theatro D. Pedro. Vencedora do prêmio Maria Clara Machado de Teatro Infantil, a atriz Zezé Fassina, encanta a plateia tanto por seu apurado trabalho corporal, quanto pela emoção que passa. (Página 6)

Bairros A Associação de Moradores e Amigos de Corrêas, Amac, se reuniu com o secretário de Governo, Charles Rossi, para reivindicar apoio e pedir uma solução para o trânsito no bairro, que é considerado caótico. Rossi prometeu marcar uma reunião com representantes da CPTrans. (Página 9)

Esportes O atleta da equipe Pé de Vento, Giovani dos Santos, viajou para o Pan-Americano de Guadalajara. Após aproximadamente dois meses se preparando para a competição mais importante das Américas, ele viajou para San Luiz de Potosi, no campo La Loma. (Página 10)

57 anos

fazenda dá isenção para devedores

IPTU: Prefeitura espera arrecadar R$ 5 milhões Petrópolis tem, hoje, cerca de R$ 600 milhões em dívida ativa em função da inadimplência no pagamento do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano). Para tentar regularizar esta situação, a Secretaria Municipal de Fazenda lançou este ano uma campanha que dá isenção de juros e multas para quem pagar a vista ou 90% de desconto no parcelamento em seis vezes. Com isso, a prefeitura tem a expectativa de arrecadar apenas R$ 5 milhões dos débitos, mas, o valor esperado é 20% a mais do que receberia se a isenção não fosse dada aos inadimplentes. Quem está em débito com a Fazenda tem até dezembro deste ano para quitar a dívida com o benefício da isenção. (Página 5)

Deputados têm lei aprovada e Estado vai vacinar contra HPV

Fotos: Divulgação

O governador Sérgio Cabral sancionou o Programa Estadual de Vacinação contra o HPV (Human Papiloma Virus), a principal causa do câncer de útero, lei proposta pelos deputados estaduais Bernardo Rossi e Rafael Picciani, ambos do PMDB. Para os autores da lei, a vacinação gratuita vem se somar aos exames preventivos no combate ao câncer de útero. Para os especialistas, o projeto é um grande passo. (Página 5)

Ex-vereador Roberto Naval vai assumir a CPTrans

Outubro Rosa vai colorir fachada do Museu Imperial (Página 10)

Os deputados Bernardo Rossi e Rafael Picciani consideram que a medida é um investimento na prevenção do câncer de útero

O ex-vereador Roberto Naval vai assumir ainda nesta semana a presidência da CPTrans, substituindo Hélio Moura, que estava interinamente no cargo e volta a comandar somente a Secretaria de Segurança Pública. Naval será o sexto presidente da CPTrans somente no governo de Paulo Mustrangi. (Página 3)

Governo admite reduzir projeção de crescimento

(Página 11)

Petrópolis assinou o Consórcio Intermunicipal de Manejo de Resíduos Sólidos

O secretário William Campos lançou oficialmente a segunda etapa do projeto

Município tem até 2014 para acabar com o “lixão” em Pedro do Rio

Educação antecipa comemoração do Dia das Crianças e vai ao cinema

Até 2014 municípios de todo o Brasil terão que eliminar os lixões e adotar aterros sanitários. Petrópolis e outros cinco municípios da Região Serrana assinaram o Consórcio Intermunicipal de Manejo de Resíduos Sólidos para a criação do aterro sanitário em Três Rios, podendo assim desativar o lixão de Pedro do Rio.

Cerca de 300 alunos da rede municipal de ensino participaram de uma sessão especial de cinema ontem, em comemoração ao Dia das Crianças e também para o lançamento do projeto “A Educação Vai ao Cinema – Parte 2”, no Cine Mercado Estação (Shopping Mercado Estação).

(Página 5)

Anuncie no Classidiário. É grátis até 12 palavras n Escreva cada letra ou sinal de pontuação nos quadradinhos n Entre uma palavra e outra, deixe um quadradinho em branco n Preencha com letra de forma bem legível e entregue na sede do Diário

Nome:........................................................................................................................................... Identidade:................................................................................................................................... Endereço:.....................................................................................................................................

(Página 5)


2

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

Persistir e aprofundar o ajuste

O espírito do nosso tempo n Gaudêncio Torquato

Q

ue significado se pode extrair da constatação de que a família e os partidos políticos habitam as duas extremidades do território da confiança social? A resposta é exatamente o que a pergunta denota: o núcleo familiar (com 90 pontos) é a instituição que mais merece respeito da sociedade, enquanto os atores políticos (com apenas 28 pontos) são os mais desacreditados, conclusão que ganha peso com o apêndice de que o Congresso Nacional está em penúltimo lugar (um pouco acima dos partidos) no ranking da confiança nacional. Esta radiografia, tirada pelo Ibope Inteligência de um conjunto de 18 organizações e quatro grupos sociais, deixa o universo político-partidário no fundo do buraco. Para piorar, anote-se o detalhe: o índice de confiança apurado na pesquisa refere-se às pessoas jurídicas e não à pessoa física dos representantes. Ou seja, uma crise de confiança corrói a imagem das instituições brasileiras. O retrato fica mais borrado ao se verificar que, além de partidos e Congresso, outras esferas, como o governo federal, os governos municipais e até o Poder Judiciário vêm registrando, nos últimos tempos, acentuada queda em suas pontuações. É inescapável a conclusão de que a comunidade nacional atinge, na atual quadra, a maior distância que já manteve da esfera política. Pior é saber que essa mancha passa não entra na lupa dos membros das instituições avaliadas. O que aciona o sistema cognitivo das pessoas para aumentar ou diminuir sua confiança nas instituições? Simples: aquilo que elas veem, ouvem e sentem. Donde se deduz que sua percepção sobre a classe política e os abrigos que a envolvem é a pior possível. Vale lembrar que os níveis de compreensão obedecem a um continuum na escala social, abrigando desde a exacerbação de conjuntos médios e superiores da pirâmide ao estado impermeável da base social, mais propensa a reclamar de serviços públicos fundamentais. Exemplo é o sistema público de saúde. Teve a maior queda no ranking da confiança. Inegável, porém, é o fato de que as instâncias políticas – em todos os níveis e territórios – pouco têm contribuído para motivar a sociedade. Eleições, de dois em dois anos, são fenômenos previsíveis e com perda gradativa de impacto. Os índices de renovação no Congresso até são expressivos (cerca de 50%), o que não redunda em mudança nos padrões políticos, eis que a radiografia continua a acusar as velhas mazelas: cooptação eleitoral nos moldes antigos; partidos pasteurizados; remota chance do representante ter projetos aprovados nas casas congressuais; presidencialismo imperial levando de reboque o Legislativo; trocas no balcão de interesses; manutenção do status quo no plano da reforma política. O pano de fundo é tétrico. A via política tem sido pavimentada por baterias de escândalos, alguns de alto teor explosivo – mensalão, flagrantes de pacotes de dinheiro entregues a políticos e, ultimamente (caso que agita a Assembleia de São Paulo), denúncias de “vendas de emendas parlamentares” -, tudo isso sob os holofotes da mídia e com repiques que acabam se infiltrando nos espaços do centro e das margens sociais. Ao final dos bombardeios, nuvens cinzentas baixam sobre o edifício da política, borrando a imagem de seus habitantes. O efeito se faz sentir na desafeição pela política tradicional. E a substituição por outra modelagem, que contempla novos circuitos de representação (associações, movimentos) e fontes diferentes de mobilização (categorias profissionais nas ruas, caravanas nos corredores congressuais) na esteira do que se chama democracia supletiva. Questões abrangentes dão vez a ações pontuais em defesa de algumas comunidades. A micropolítica, política da ação localizada e imediata, passa a ser a munição dos grupos de pressão. E assim, a instituição política vai descendo degraus na escada da confiança social, enquanto outras entidades ascendem a posições mais elevadas. Não por acaso, o Corpo de Bombeiros, as Igrejas e as Forças Armadas lideram o ranking da confiança social. A primeira constrói uma imagem de instituição atrelada ao dever de proteger a sociedade e debelar tragédias cotidianas; por falta de perfis admiráveis, os bombeiros entram na escala heróica. As Forças Armadas, em tempos de harmonia social, exprimem o ideário da autoridade e da hierarquia, valores que ganham proeminência no meio dos sinais de desordem e improvisação que permeiam a vida social e política. Já as Igrejas encarnam a fé, arregimentando em seus templos multidões que descreem nos poderes terrenos e nas vãs promessas da política. Desse novo diagrama institucional, emerge uma nova arquitetura, com destaque para a multiplicação de novos pólos de poder e força. A leitura final mostra que a confiança é um produto em queda no balcão dos valores nacionais. Ao lado do painel construído pelo Ibope, há outro, desenhado pela Fundação Getulio Vargas, que também aponta para queda na confiança de empresários e consumidores, afetados pela deterioração do cenário internacional e seus reflexos sobre a economia. O refluxo se dá ultimamente nos Índices de Confiança do Consumidor (o menor índice desde março do ano passado), da Indústria (o menor desde agosto de 2009) e de Serviços (o menor desde janeiro). Apesar de tratarem de objetos diferentes, pois a cena institucional incorpora elementos diferentes dos fatores que influem nos mercados de produção e consumo, os índices de confiança em queda apontam para um ambiente circundado por devastação, desolação e medo. A falta de oxigênio nos pulmões políticos reduz as chances de aparecer perfis capazes de reanimar as veias sociais. A política é uma seara seca. A precariedade de serviços públicos essenciais, por sua vez, multiplica feridas, abrindo fossos nas margens. E quando poderosas Nações do planeta não conseguem apagar as fogueiras que devastam suas economias, o sopro do pânico adentra todos os espaços. Este é o espírito do nosso tempo. n Jornalista, é professor titular da USP, consultor político e de comunicação Twitter @gaudtorquato

n Sérgio Nogueira

quarta e quinta-feira, 12 e 13 de outubro de 2011

n Delfim Netto

H

á imensas incertezas ameaçando a economia mundial. Praticamente todas as semanas vêm à luz novas dificuldades escondidas na incestuosa rede de crédito (construída ao longo dos anos "de moderação" que puseram a dormir os bancos centrais) entre o sistema financeiro, os governos que corrompem suas contas fiscais e as agências de risco que emprestaram o seu aval para dar "conforto" ao incauto investidor final. A volatilidade dos mercados é, às vezes, temporariamente reduzida por sinais positivos, como a aprovação, no Parlamento alemão, da ampliação do Fundo de Estabilização, ou uma manifestação tardia do presidente do Banco Central Europeu. Essas incertezas não se localizam apenas no plano dos "homens práticos", que costumam agir de acordo com as ideias de "economistas falecidos", mas atingem, também, os "economistas vivos", surpreendidos pela gigantesca distância entre os modelos macroeconômicos, que "supunham" como deveriam funcionar os agentes e os mercados, e a realidade que estamos vivendo. Analistas têm exagerado o efeito da alta do câmbio A prova disso é que a reunião anual do FMI não produziu nada além do clássico

relatório semestral, com um título dramático: "Reduzindo o Crescimento, Aumentando os Riscos". Por outro lado, a recente conferência do BIS deixou no ar a sugestão que os bancos centrais dos países emergentes deveriam interpretar com maior cuidado o seu mandato de exclusivo combate à inflação. Aliás, o FMI - que está mais preocupado com o PIB e o emprego do que com a taxa de inflação na Eurolândia - disse, diante da manutenção da taxa de juros de 1,5% ao ano na reunião do BCE, que "via espaço para uma redução da taxa". Uma das conclusões do BIS é que a "globalização multiplicou os canais de transmissão e os riscos através dos quais os fatores externos influenciam as condições econômicas e financeiras nas economias de mercado emergentes. Isso complicou as previsões da inflação e do crescimento, o que tornou a política monetária em tais economias mais complexa". Se isso não fosse suficiente para mostrar a confusão que atinge os "homens práticos" e a "academia" que costumava aconselhá-los, lembremos a conferência em Lindau, na Alemanha (4º Meeting in Economic Sciences), de 23 a 27 de agosto. Ela reuniu apenas "nobelistas", que se destruíram mutuamente. Alguns tentaram provar que não apenas a profissão foi incapaz de prever a crise, mas também que, com seus falsos conhecimentos, ajudaram a produzi-la (o exibicionista Stiglitz). Outros (como o excelente Edmund

Phelps), reconheceram que a profissão "cometeu sério erro quando abraçou as expectativas racionais, da qual derivaram modelos mecânicos, que não têm a nada a dizer sobre nosso presente". Um prêmio "ingenuidade e descompromisso" caberia ao magnífico matemático Robert J. Aumann (professor emérito da Universidade Hebraica de Jerusalém) que, entretanto, não figura na 4ª edição (2003) do "Who´s Who in Economics", de BlaugVane. Ele recebeu o Nobel de Economia em 2005. Irritado com o nihilismo dos companheiros nobelistas, sentenciou com energia: "Toda essa conversa a respeito dos economistas serem responsáveis pela atual crise é sem sentido. Penso que a ciência econômica fez uma tremenda contribuição para a prosperidade que testemunhamos, como as políticas macroeconômicas e o comportamento contracíclico dos bancos centrais". Sem ignorar a contribuição de Aumann à teoria dos jogos (e à emergência das instituições), devemos observar que há controvérsia! No Brasil, as incertezas continuam sobre a hipótese básica do governo que orienta uma política econômica defensiva, sob a perspectiva que a situação econômica e social do mundo vai ainda agravar-se antes que, num período não inferior a dois ou três anos, os EUA voltem a crescer e a Eurolândia construa um sistema de controle fiscal adequado. Tal cenário exige que não haja nenhum

problema bancário, isto é, que nenhum dos bancos centrais, o Fed, o BCE e o da Inglaterra, fique paralisado diante da eventual quebra de um banco que seja um "nó" importante na rede de crédito internacional. Nossa situação inflacionária ficou um pouco mais desconfortável, mas não há sinais que aquela estratégia se revele inadequada. O recente aumento do IPCA de 12 meses para 7,31% deve começar a ceder (por um efeito aritmético) a partir de novembro. Outro sinal de desconforto foi o rápido aumento da taxa de câmbio, devido, principalmente, à própria valorização do dólar. O seu efeito tem sido muito exagerado por alguns analistas que deixam de levar em conta a história. À cada valorização de 1% do dólar (com relação a uma cesta de moedas), o preço das commodities tende a cair pouco menos de 3%. A transmissão do preço externo para o interno não é automática, nem na alta, nem na baixa. E o efeito final sobre os preços tem que ser ponderado pelo "peso" do comércio internacional sobre o PIB. O apoio do governo ao Banco Central no controle da inflação não pode restringir-se apenas a uma melhora fiscal. Deve, pelo menos, recuperar as propostas de reformas estruturais que estão no Congresso, pois é muito provável que, no fim de 2011, o PIB esteja rodando, na margem, a 2,5%. n Ex-Ministro da Fazenda

Terra Santa: uma profunda transformação acelerada e profunda n Prof. Dr. Frei

Antônio Moser

M

uitas pessoas que participam dos sempre mais numerosos eventos que estão ocorrendo no Centro Educacional Terra Santa não se contém: “como estão sendo possíveis tantas mudanças em tão pouco tempo”? E não são poucas as pessoas que passando seja na Rua Monsenhor Bacelar ou na Rua Visconde de Itaboraí, no Valparaíso, dão uma paradinha estratégica para olhar a novidade do dia. Efetivamente ocorreram e estão ocorrendo muitas transformações no tocante a reformas nos prédios. Umas reformas são mais profundas, outras são mais na linha da limpeza. Entre as reformas mais profundas merece especial destaque o Educandário, ou seja, a Escola Conveniada com a Prefeitura Municipal de Petrópolis. É preciso ressaltar com todas as letras que

a Secretaria de Educação se esmerou, dando as melhores condições para aquela escola que estava caindo aos pedaços. Algo de parecido deve ser dito com referência à creche: todo o espaço foi renovado pela Secretaria e faz gosto ver aquelas criancinhas tão bem acomodadas. Não é sem razão que começam a aparecer profissionais interessados em conhecer tanto a escola quanto a creche. Ao lado da escola e creche foram retocados vários prédios, inclusive dois que agora podem ser avistados pelo portão que dá para a Visconde de Itaboraí, bem de fronte ao palácio. São bem numerosas as reservas para eventos. Aliás, tanto no salão da frente, quanto no dos fundos, não podemos nos queixar. É que a população está compreendendo que eventos no Terra Santa só tem uma finalidade: oferecer melhores condições para os projetos educacionais que ali ocorrem, e que se destinam a todas as idades, mas

com preferência às crianças. Entretanto, se a parte das melhorias prediais é visível, nem sempre é visível a parte educacional. Tanto no que se refere à Escola conveniada, quanto no que se refere à creche, o corpo de educadoras tem se esmerado em corresponder às expectativas. O resultado é visível: o largo sorriso de mães felizes que trazem e buscam seus filhos. No que se refere aos projetos do Centro Educacional, projetos complementares, estamos em vias de ampliar as atividades, esperando apenas alguns acertos com a Secretaria da Educação. Mas fazer parte do projeto “Aquarela” e do projeto “Cultura para a paz” é o sonho de muitas mães. Infelizmente não dá para atender a todos os pedidos. Ao lado destas atividades mais voltadas para as crianças lá no Centro Educacional funcionam 12 parcerias, também de cunho educativo. A última

parceria já está acertada com a UCP. Trata-se de um curso Superior de Medicina Complementar, que muito em breve estará oferecendo à área da saúde uma oportunidade única de conhecer e colocar em prática outras concepções de vida saudável, através das comumente denominadas “alternativas”. Sem se opor à Medicina convencional a medicina complementar busca despertar as energias latentes nas pessoas e a ajudá-las a se sentirem em maior sintonia com a natureza. Em suma, o Centro Educacional Terra Santa, no seu todo, ou seja creche, escola, comunidade de fé e projetos educacionais, está mostrando uma nova face. Vale à pena fazer uma visita. Tudo bem situado no centro, com fácil acesso, contando com vários estacionamentos, a visita fará bem ao corpo e à alma. n Presidente da Editora Vozes e diretor do Educandário Terra Santa

Negócio bilionário n Luís Olímpio

P

or volta do século IX, os árabes já haviam desenvolvido completamente sua medicina baseada em medicamentos fitoterápicos, mas esse recurso já era usado pelos chineses desde a Antiguidade e na medicina milenar ayuvédica indiana. Os orientais se trabalham para não adoecer, ao contrário dos ocidentais que somente procuram ajuda médica adoentados. A saúde e a sua cura passou a ser um grande negócio, como qualquer outro, daí a explosão da bilionária indústria farmacêutica pesquisando e desenvol-

vendo princípios ativos para os remédios que fabrica. São assustadoras as estatísticas da quantidade de pessoas dependentes dos remédios alotrópicos; e várias doenças e sintomas não possuem ainda cura, exemplo: esquizofrenia, hipertensão arterial, etc. Não é por acaso que um dos maiores grupos empresariais do planeta, os Rockefeller, investem pesado no mercado farmacêutico mundial com a marca Roche que é líder de vendas de muitos remédios, exemplo: Rivotril®, Lexotan®, Dormanid® e o polêmico Tamiflu® — aquele que todos os governos compraram aos

Diretor-Presidente e Jornalista responsável: Paulo Antônio Carneiro Dias Editora: Jaqueline Gomes

montes e às pressas para combater a suposta pandemia da gripe suína, ou H1N1, que não existiu —, entre outros. Não existe efeito sem causa, daí não ser razoável acreditar que a indústria farmacêutica esteja trabalhando em prol da civilização, pois sabe-se hoje que muitas bactérias e vírus foram criados em laboratórios e com experimentos humanos — cobaias — que o digam os pobres africanos. No filme, “O jardineiro fiel”, o cineasta foi genial ao alertar para o índice de maldade e do que é capaz a indústria farmacêutica para aumentar seus lucros e como agem manipulando pessoas

de Petrópolis Diário 57 anos Uma publicação da PJ Editora e Gráfica e Jornalística Ltda

Preço do Exemplar 3ª a sábado R$ 1,20 Domingo R$ 1,80 Atrasado R$ 2,50

Assinatura Trimestral Petrópolis R$ 80,00 Rio e outros R$ 160,00

Assinatura Mensal Petrópolis R$ 28,00 Rio e outros R$ 56,00

Assinatura Semestral Petrópolis R$ 152,00 Rio e outros R$ 304,00

e informações na mídia sem qualquer remorso. A indústria farmacêutica tem tanta certeza de que nada abala as suas vendas e reputação, que patrocina até eventos que são contrários aos seus interesses — o leitor que tente entender. Os laboratórios montaram uma rede de negócios e de comissões médicas por cada remédio prescrito criando um vínculo entre médico, paciente e laboratório quase inquebrável — transformando a saúde num negócio tão rentável quanto o ouro. n Psicanalista

Site: www.diariodepetropolis.com.br E-mail: redacao@diariodepetropolis.com.br

Diretoria 2246-3807 Assinatura 2246-3807 Publicidade 2237-7849 Classificado 2246-3807 Redação 2235-7165

Rua Joaquim Moreira 106 Centro - Petrópolis - RJ Cep 25.600-000 CNPJ 02.424.864/0001-66

ABRAJORI - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS JORNAIS DO INTERIOR

As opiniões emitidas em artigos assinados não representam, necessariamente, o pensamento do jornal e são de inteira responsabilidade de seus autores. Da mesma forma, as informações e opiniões nas colunas são de responsabilidade de seus titulares.


QUARTA E QUINTA-FEIRA, 12 E 13 DE OUTUBRO DE 2011

DORA KRAMER Forasteiros

A

ideia do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, de filiar o expresidente do Banco Central Henrique Meirelles ao PSD com a perspectiva de fazer dele o candidato a chefe do Executivo da maior, mais rica e mais importante cidade do Brasil, movimenta o ambiente político, produz notícia, mas não se pode dizer que seja original nem necessariamente eficaz. Outros partidos já tentaram apostar em candidatos desprovidos de identidade e familiaridade locais, mas por motivos variados acabaram desistindo no meio do caminho. Uns porque a manobra não passou disso, de mera manobra publicitária, outros porque tinham

intenções outras ou porque a história pareceria esdrúxula demais quando confrontada com a realidade. Há três casos envolvendo personagens bem conhecidos e nenhum foi adiante. O mais recente deles, o do ex-ministro Ciro Gomes, que, se arrependimento matasse, não estaria aqui para contar a história da transferência de seu domicílio eleitoral do Ceará para São Paulo, por influência do então presidente Lula que falava em lançá-lo candidato ao governo paulista em 2010. No início dos anos 90, Jaime Lerner (ex-governador do Paraná e ex-prefeito de Curitiba) chegou a ser cogitado por Leonel Brizola como candidato a prefeito do Rio. Mais ou menos na mesma época

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

o PSDB fez circular a versão de que o então senador Fernando Henrique Cardoso poderia ser candidato ao mesmo posto. FH, apesar de nascido no Rio, construiu carreira longe da cidade, assim como Lerner que, não obstante, durante um período fez parte do governo Brizola. Candidatura é coisa séria. Resulta, ou deveria resultar, de um comprometimento com o eleitor na execução de ações que, principalmente no caso dos municípios, tem a ver com o cotidiano do cidadão. Para que alguém se torne ou se credencie a se tornar chefe do Poder Executivo de uma cidade, notadamente de grandes e complexas cidades como Rio e São Paulo, é preciso mais

que a vontade de um partido de encontrar uma solução para si mesmo. É necessário haver um mínimo de sustentação na realidade. Do contrário não estamos falando seriamente em candidaturas, mas numa conjugação da vaidade de quem aceita e da arrogância de quem acredita que pode sobrepor suas conveniências políticas ao interesse do cidadão. Em órbita - O presidente do Senado, José Sarney, diz coisas que por sua posição alcançam repercussão, mas também acabam traduzindo o nível baixo da política brasileira. Considerar que privilégios de parlamentares representam uma “homenagem” que o País presta à democracia, além de um desrespeito ao sentimento da maioria, mostra que Sarney desconecta os conceitos de homenagem e democracia de seus reais significados. Ele mesmo perdeu chance de prestar homenagens à democracia com atitudes que anulam seu melhor momento na política - a condução da transição democrática - tornando-o um agente

3

ativo do processo de desmoralização do Congresso. No pé - A atuação da ministra Iriny Lopes, da Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres, querendo impor veto a propaganda e sugerindo à TV Globo mudanças no enredo de novela, dá a medida do uso que o PT faria do “controle social da mídia”, caso conseguisse aprovar a medida. A ministra tem contribuído mais para reunir repúdio ao plano - ainda na agenda do partido - que qualquer coisa que se possa dizer sobre a liberdade de expressão. No caminho - A proposta de submeter a reforma política à consulta popular reuniu para conversa o vice Michel Temer e o deputado Miro Teixeira, ontem de manhã. Ficou acertado que o PMDB apoiará o plebiscito e que a data ideal (2014, para Temer e 2012 na opinião de Miro) será discutida no processo. Mas, a proposta só terá chance de ser aprovada se contar com adesão de “fora”, a exemplo do que ocorreu com a lei da Ficha Limpa.

CIDADE

Ex-vereador Roberto Naval é o novo presidente da CPTrans

Fotos:Arquivo

 Vinicius Henter viniciushenter@diariodepetropolis. com.br

O vereador Marcelo Motorista deixou o PDT para ingressar no PR

Marcelo Motorista critica forma de condução do PDT  Vinicius Henter

O vereador Marcelo Motorista (PR) rompeu ontem o silêncio sobre sua troca de partido e explicou, da tribuna da Câmara, por que deixou o PDT para ingressar no PR. Sem, no entanto, ser muito direto, deu a entender que o motivo foi o fato de Nelson Sabrá ter assumido a presidência do partido. Agora como líder do PR na Câmara, partido que deverá se aliar ao PSB do ex-prefeito Rubens Bomtempo nas eleições do ano que vem, Marcelo Motorista vem assumindo uma postura de oposição ao governo de Paulo Mustrangi. - Desde 2003, estava filiado ao Partido Democrá-

tico Trabalhista, partido que respeito muito, grande, do Leonel Brizola, com histórico de luta, de perseguição e conquistas. Vinha sendo fiel ao PDT em todas as determinações partidárias. Mas tive dificuldades em entender a forma como o PDT vem sendo conduzido – disse. Segundo Marcelo, “muitos correligionários e muitas pessoas que foram candidatas em 2008” também deixaram o partido. O vereador reclama de uma suposta falta de diálogo da direção da legenda com os militantes. - Não tenho nada contra a sigla partidária do PDT, mas hoje me vi em uma situação que não dava mais para eu ficar, e tive que sair – disse.

30% de remanejamento do orçamento gera polêmica  Vinicius Henter

Assim como acontece todo ano, um dos principais temas de discussão do Orçamento 2012 do município será a parcela que o prefeito poderá remanejar. Na versão da matéria enviada pelo governo à Câmara, estão previstos 30% para o remanejamento. O presidente da Casa, vereador Paulo Igor (PMDB), e os vereador Silmar Fortes (PMDB) e Gil Magno (PSD) criticaram a porcentagem, já que daria muito poder ao prefeito Paulo Mustrangi. - Assim que eu entrei nesta Casa, me falaram que o Orçamento é uma peça de ficção. Hoje podemos entender por que as pessoas falam isso. Para o ano que vem, está previsto um orçamento de mais de R$ 600 milhões. 30% disso é cerca de R$ 200 milhões. Se o prefeito puder trocar 30%, vamos realmente aprovar uma peça de ficção,

porque o prefeito vai mudar no ano que vem o que bem entender – disse. - Isso é brincadeira. Não adianta aprovar o orçamento, se o prefeito puder remanejar 30%. Isso é surreal – disse Silmar Fortes. Nos últimos anos, vereadores chegaram a propor a redução desta parcela, mas acabaram cedendo a pressões do governo. No ano passado, o vereador Thiago Damaceno (PP) apresentou emenda ao Orçamento 2011 para reduzir a parcela do orçamento destinada ao remanejamento pelo prefeito de 30% para 15%. No entanto, a emenda sequer precisou ser votada, já que, no dia da votação, Damaceno retirou a proposta da pauta. Em dezembro de 2008, quando foi votado o Orçamento 2009, os vereadores aprovaram o aumento de 30% para 45% da parcela passível de alteração pelo prefeito.

O ex-vereador Roberto Naval, cassado em 2010, assumirá ainda nesta semana a presidência da CPTrans no lugar do interino Hélio Moura, que ficará à frente apenas da Secretaria de Segurança. A posse deverá ser na próxima quinta-feira (13), às 10h. Na última sexta-feira (7), ele esteve na sede da companhia, mas nega que já esteja no comando da pasta. Segundo Naval, foi uma visita informal, a convite do engenheiro Valmir Osório, da CPTrans, que apresentou o futuro presidente aos funcionários. - Vou assumir a CPTrans para poder trabalhar. Não gosto muito de conversa fiada. Sei que vou poder contar com pessoas que são do bem. Vou com a maior humildade possível, com a intenção de trabalhar em prol da cidade, deixar um trânsito melhor para os nossos filhos – disse. Naval será o sexto presidente da CPTrans somente no governo de Paulo Mustrangi. Antes dele, já passaram Antônio Carlos Corrêa, Orlindo Pozzato, Maria Alice Ferreira, Carlos Fogaça e Hélio Moura. Naval admite que comandar o trânsito e o transporte de Petrópolis será uma tarefa complicada, já que o setor é alvo de reclamações da população.

O ex-vereador Roberto Naval, cassado no fim do ano passado, assumirá o trânsito da cidade na quinta-feira

- Acho que é complicado, mas nada impossível. Com trabalho, dá para melhorar a situação. Como em outros lugares em que assumi, eu vou para trabalhar. Se o prefeito me convidou é porque posso ser útil – disse. Filiado ao PT desde o fim de setembro, Roberto Naval afirmou que é précandidato a vereador para as eleições de 2012. Em 2010, foi cassado sob a acusação de compra de votos, devido ao funcionamento de dois centros sociais com o nome de Naval em Cascatinha nas

eleições de 2008. Segundo ele, a cassação previa um período de inelegibilidade de três anos a contar do ano da suposta infração, no caso as eleições de 2008. Nesta lógica, ele já poderia ser candidato em 2012. - Sou pré-candidato pelo PT. No ano que vem, vamos deixar para população avaliar quem fez alguma coisa pela cidade e quem não fez – disse Naval. ELOGIAM ESCOLHA DE NAVAL A posse de Naval na pre-

sidência da CPTrans já repercutiu na Câmara. - Ou ele vai resolver o problema do trânsito na cidade, ou vai ser exonerado em 48 horas. Eu conheço o Naval e sei que ele vai querer fazer alguma coisa pelo município – disse Wagner Silva (PPS). - Quero parabenizar o Roberto Naval, embora lamentando a saída dele do nosso partido. Tenho certeza que fará muito pelo trânsito da nossa cidade – disse o presidente da Câmara, vereador Paulo Igor (PMDB).

sem, segundo os vereadores, acompanhar as sessões. Para esses vereadores, a TV Câmara online vai permitir que a população saiba o que realmente acontece no Legislativo. - Nós esperamos que a população possa acompanhar o trabalho desta Casa. Muitas pessoas que criticam esta Casa, criticam um parlamentar, é porque não acompanham o trabalho desta Casa. Muito em breve, com a TV Câmara na televisão, vamos democratizar ainda mais o acesso da população ao trabalho dos vereadores – disse Paulo Igor. Quando eleito presidente da Câmara, em outubro do ano passado, Paulo Igor afirmou que, na primeira sessão

de 2011, implantaria a TV Câmara. Ontem, ele disse que a proposta ainda não está descartada. A solução encontrada pela Mesa Diretora, de transmitir inicialmente via internet, foi proposta pelo 1º secretário da Casa, vereador Wagner Silva (PPS), inspirado pela Câmara Municipal de Niterói. - Aqueles que dizem que nós não fazemos nada, que não apresentamos projetos, nos ofendendo com palavras extremamente ofensivas, certamente estão ansiosos para estarem no nosso lugar – disse Márcio Muniz. Segundo assessoria de imprensa do presidente Paulo Igor, a implantação do sistema de transmissão ao vivo das sessões foi uma das

sugestões apresentadas por técnicos do portal dos legislativos de todo o país, o Interlegis, durante curso realizado com funcionários da Câmara de Petrópolis e membros da Mesa Diretora da Casa. Desenvolvido em parceria pelo Senado e pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o Interlegis é considerado o maior programa de modernização e integração do legislativo em todo o mundo. - Momento importante, marcante na história deste Parlamento. Saímos à frente de muitas Câmaras que não disponibilizam este tipo de tecnologia. No início, poderemos ter algumas falhas na transmissão, mas com o tempo vamos ajustando – disse Paulo Igor.

VEREADORES

TV Câmara online transmite pela primeira vez sessão do Legislativo  Vinicius Henter

A sessão de ontem da Câmara foi a primeira com transmissão via internet. Segundo o presidente da Casa, vereador Paulo Igor (PMDB), a medida foi o primeiro passo para a implantação da TV Câmara, prometida no ano passado durante a eleição da Mesa Diretora. Outros vereadores ainda argumentaram que a transmissão será importante para democratizar o acesso da população ao trabalho do Legislativo. Paulo Igor, Márcio Muniz (PSC) e Gil Magno (PSD) reclamaram ainda, sem citar nomes, de apresentadores de televisão que vêm criticando a Câmara


4

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

57 anos

quarta e quinta-feira, 12 e 13 de outubro de 2011

Célio Thomaz celiothomaz@celiothomaz.com.br

Filipinho Carvalho Marques, filho do advogado e ex-diretor Jurídico da Câmara de Vereadores André Marques e Jane Carvalho

Hoje, Dia das Crianças, um dia Hoje,especial Dia das para Crianças, elas...um dia especial para elas...

Nesta nossa coluna especial desta quarta-feira, Dia de Nossa Senhora de Aparecida, que é também Nesta nossa coluna especial desta comemorado quarta-feira, o DiaDia dasde Crianças, não poderíamos deixar passar branco Nossa Senhora de Aparecida, que é em também uma homenagem especial as crianças que ontem, hoje e comemorado o Dia das não poderíamos sempre estarão presentes emCrianças, nossa sociedade... Gostaríadeixar passar em branco uma homenagem especial as mos de homenagear mais e mais crianças, porém o nosso crianças que ontem, hojecrianças e sempre estarão presentes espaço é pequeno e estas representam todas as em nossa sociedade... homenagear demais crianças que serãoGostaríamos como elas odefuturo de nosso Brasil...Parabéns pelo seu dia criançada... mais e mais crianças, porém o nosso espaço é pequeno e estas crianças representam todas as demais crianças que serão como elas o futuro de nosso Brasil...Parabéns pelo seu dia criançada...

Thiago Cunha Semola, o Thiaguinho, filho de Adriana Semola e Wellinton Cunha. Neto do saudoso empresário Amleto Semola

Antônio e Maria Eduarda Camargo Naya, filho do casal amigo empresário Bruno Naya e Daniela Camargo Naya. neto do médico Claudio Camargo e Patrícia

O simpático Patrick, o “Kiki”, filho da amiga Lilian Seldin da Locanda dela Mimosa

Adriano Filho, o flamenguista “Dizinho”, filho dos sempre amigos Adriano e Catia Machado Binato de Castro. Neto de Beth Machado e de Nely e do des. Binato de Castro

Pedro Henrique Binato de Castro Alves, o simpático Pedrinho com três meses de vida, filho dos juízes de Direito Pedro Henrique Alves e Maria Daniella Binato de Castro. Neto de Denise e Luiz Carlos Binato de Castro Luiza, filha de Fabinho e Bia Francisco Salloun, neta do desembargador Luiz Felipe Francisco

Lucas, o “Picopico” filho de Ronaldo Jordão Bussière e Caroline Baptista de Almeida Bussière e neto do amigo tabelião Renaldo Bussière e Marise

Pão francês - R$ 5,99kg (somente no balcão) Entrega em domicílios

Rua Epitácio Pessoa, 100 (atrás dos Correios) Centro - Petrópolis - RJ Tel. 2231-2160

Direitos Autorais Registro de Músicas Livros Eventos Culturais Agente: Domingos Capistrano Operando no Mercado a 32 anos

Tels.: (24) 2237-3210 (24) 9832-0327 Petrópolis - RJ (22) 9907-4947 Cabo Frio - RJ

A falante e esperta Maria Elisa, filha do arquiteto Leandro Esteves e Silvinha Tavares Esteves. Neta dos também amigos Celia e Vadinho Esteves, e, Mariângela e Silvério Tavares


quarta e quinta-feira, 12 e 13 de outubro de 2011

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

5

cidade

IPTU: Dívida ativa no município chega a R$ 600 mi n Roberta Müller

robertamuller@diariodepetropolis. com.br

Quem tem um imóvel sabe que o que não faltam são contas a pagar: luz, água, condomínio são algumas delas. Com isso, quando as dívidas ultrapassam o orçamento, o IPTU é um dos primeiros a serem deixados de lado. Segundo a Secretaria Municipal de Fazenda, Petrópolis tem,

hoje, cerca de R$ 600 milhões em dívida ativa. Este ano, uma campanha foi lançada para tentar regularizar a situação destes proprietários dando isenção de juros e multas para quem pagar a vista ou 90% de desconto no parcelamento em seis vezes. A medida foi tomada, não só para acabar com as dívidas, mas também para o município arrecadar um valor que ajude a compensar as despesas que os cofres públicos tiveram

durante o período de recuperação após a tragédia no Vale do Cuiabá, em janeiro. Com isso, a prefeitura tem a expectativa de arrecadar apenas R$ 5 milhões dos débitos, mas o valor esperado é 20% a mais do que receberia se a isenção não fosse dada aos inadimplentes. O secretário de Fazenda, Hélio Volgari, considerou a campanha como um “ponta pé inicial” para começar a regularizar a situação

dos proprietários com dívidas e não a única medida. – Este é só o início. Estamos dando uma oportunidade dos cidadãos se regularizarem antes que providencias mais rigorosas sejam tomadas, como bloqueio dos imóveis, débito ajuizado, podendo chegar até ao leilão de bens. Isso tudo será cobrado depois que a campanha da anistia acabar – explicou. Para quem está em débito com a Fazenda, o prazo para

regularizar a situação com a isenção ou desconto nos juros e multas vai até dezembro deste ano. Há também a opção de parcelamento da dívida em até 60 vezes. Os interessados devem ir até a sede da secretaria, na Rua Dezesseis de Março, 183, Centro, ou a subprefeitura, no Parque de Itaipava, com o carnê do IPTU em mãos e requerer uma consulta. Em alguns casos, o proprietário, se participar da campanha,

chegará a pagar até 50% do valor que pagaria. - Acredito que em alguns casos, vale a pena até a pessoa pegar um empréstimo no banco para regularizar sua situação e ficar em dia com o imóvel. Além do IPTU, também terão descontos no ISS, taxas, juros. Antes, o desconto era de apenas 15% para quem pagava a vista, agora estamos dando 100% - completou o secretário.

Empresários petropolitanos aprovam novo limite ao Simples

Estado do Rio será primeiro a vacinar contra HPV pelo SUS

Os micro e pequenos empresários da cidade, assim como em todo país, comemoraram a notícia de que a presidente Dilma Rousseff vai sancionar a lei que corrige em 50%, a partir de janeiro de 2012, os limites de enquadramento das micro e pequenas empresas (MPEs) ao Simples Nacional – um regime tributário diferenciado, simplificado, que beneficia o setor. O projeto, aprovado no Senado semana passada, segundo o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Petrópolis (Sicomércio), era um pleito antigo das entidades do ramo e da frente parlamentar dedicada ao tema. - Na verdade, esse aumento é um pleito dos empresários

Mulheres fluminenses - população estimada em 7 milhões - são o foco do Programa Estadual de Vacinação contra o HPV (Human Papiloma Virus), a principal causa do câncer de útero – 137 mil registrados em todo o país, sendo mais de 18 mil novos casos por ano. O programa foi sancionado pelo governador Sérgio Cabral, lei proposta pelos deputados estaduais Bernardo Rossi e Rafael Picciani, ambos do PMDB. Ainda não existe um programa nacional de imunização pelo SUS e algumas cidades fazem, isoladamente, programas de vacinação. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), não existe ainda informações sobre um programa de vacinação contra o HPV em escala estadual no país. Para os autores da lei, a vacinação gratuita vem se somar aos exames preventivos no combate ao câncer de útero. A vacina é encontrada na rede particular, mas são necessárias três doses e a imunização consome cerca de R$ 900. - É mais um investimento em prevenção do que um gasto. O tratamento da doença é mais caro e infinitamente mais doloroso, desestrutura famílias e causa pelo menos cinco mil mortes por ano no país - afirma Bernardo Rossi. - Essa medida representa um avanço para a saúde das mulheres e também dos homens. O acesso gratuito à vacina vai impedir que as mulheres deixem de se prevenir - completa Rafael Picciani. O vírus HPV é transmitido por contato sexual e atinge cerca de 630 milhões de pessoas no mundo, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS). Estudos do (Inca) mostram que são estimados 18.430 novos casos da doença e 4.800 mortes por ano em todo o país. Na maior parte dos casos não há sintomas. Quando ocorrem, eles são caracterizados por verrugas ou manchas brancas na área genital. O exame principal para a detecção

há muitos anos, pois há muito tempo o limite não foi reajustado e o valor estava totalmente defasado. O valor atual onera as micro e pequenas empresas. Este aumento do limite alivia a carga tributária. É uma excelente medida, e ficamos muito felizes com a medida – explicou Fiorini. O teto passará de R$ 2,4 milhões para R$ 3,6 milhões de faturamento anual. De acordo com cálculos do Sebrae, 30 mil empreendimentos em todo o país estavam sufocados pelos atuais limites, vigentes desde a origem do regime tributário especial, em 2007. Cerca de 1,5 milhões de pequenos negócios terão redução média de 13% na carga tributária Os empresários comemo-

raram, principalmente, porque, na nova lei, há a possibilidade de parcelamento em 60 meses de dívidas acumuladas no Simples. Em 2010, 560 mil empresas estavam inadimplentes. A elevação do limite de R$ 36 mil para R$ 60 mil da renda anual do microempreendedor individual (MEI) também poderão exportar, sem imposto adicional, até o dobro do faturamento. Ainda segundo o Sebrae, será testado se o benefício terá efeito no comércio exterior. Agora, os parlamentares estão se articulando para aprovar a inclusão de representantes comerciais e corretores de seguros na lei do Simples e livrar as pequenas do regime de substituição tributária imposto pelos estados.

Petrópolis tem até 2014 para acabar com lixão em P. do Rio Os municípios de todo o Brasil terão que eliminar os lixões e adotar aterros sanitários até 2014, seguindo as disposições previstas na Política Nacional de Resíduos Sólidos instituída pela lei nº 12.305/2010 e seu decreto regulamentador nº. 7.404/2010. Essa semana, o secretário de Recursos Hídricos e Ambiente Urbanos do Ministério do Meio Ambiente, Nabil Bonduki, defendeu o desempenho das cidades para garantir o cumprimento da legislação até o período estipulado. Em Petrópolis, o destino dos recursos sólidos coletados é o lixão localizado em Pedro do Rio. Assim como em todo o país, ele precisará ser encerrado e recuperado como prevê a legislação com ações como coleta de chorume, cercamento da área, cobertura vegetal e sistema de vigilância, entre outras. Para garantir o aporte de recursos para a realização dos projetos, os municípios poderão estabelecer consórcios, como o que vem sendo realizado por Petrópolis e outros cinco municípios da região serrana que assinaram o Consórcio Intermunicipal de Manejo de Resíduos Sólidos para a criação do aterro sanitário em Três Rios. Ele irá atender, além dos dois municípios já citados, Além Paraíba, Sapucaia e Levy Gasparian, permitindo a desativação do aterro de Pedro do Rio. - A gestão deste consórcio no primeiro mandato ficou ao encargo da Prefeitura de

Depois de desativado, terreno será recuperado como prevê a lei

Três Rios e a efetiva implantação está em curso dentro dos prazos. Por outro lado, a capacidade do aterro controlado de Pedro do Rio foi calculada inicialmente até o ano de 2014. No entanto, após a catástrofe de janeiro a Companhia de Desenvolvimento de Petrópolis (Comdep) solicitou novo estudo de capacidade que deverá ser concluído no prazo de 30 dias – declarou, em nota, o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Leandro Viana. O aporte de recursos também está previsto no texto do Plano Nacional de Recursos Sólidos para as cidades que implementarem a coleta seletiva. Em Petrópolis ela começou a ser realizada pela Comdep, num projeto que recolhe os materiais recicláveis porta a porta. O plano estabelece que seja reduzido

em, pelo menos, 70% a quantidade de lixo seco reciclável enviada aos aterros sanitários até 2015. - A prefeitura está empenhada para solução definitiva da destinação dos resíduos sólidos, inclusive com a implantação da usina de reciclagem de resíduos da construção civil e ampliação da coleta seletiva, ações estas que reduzem consideravelmente o volume de lixo aos aterros – afirmou o secretário. O Ministério do Meio Ambiente disponibiliza a versão preliminar do Plano Nacional de Recursos Sólidos, que ainda será discutido em cindo audiências públicas regionais e somente será consolidado na audiência pública nacional. A versão final terá que ser apreciada pelos conselhos nacionais referentes ao tema.

Educação faz sessão de cinema A Secretaria de Educação de Petrópolis antecipou a comemoração do Dia das Crianças. Cerca de 300 alunos da rede participaram de uma sessão especial de cinema ontem, para o lançamento do projeto “A Educação Vai ao Cinema – Parte 2”, no Cine Mercado Estação (Shopping Mercado Estação). No sábado (15), Dia do Professor, os mestres também serão presenteados com ingressos a R$1. As três salas de cinema do Cine Estação foram reservadas para o lançamento da

segunda etapa da promoção, uma iniciativa da Prefeitura de Petrópolis em parceria com as redes Cinemaxx e Top Cine. Alunos do Liceu Municipal Cordolino Ambrósio, Escola Municipal Paulo Freire, do Instituto Congregacional e dos Centros de Educação Infantil (CEIs) Pequeno Beija-Flor, A Sementeira, Lulu Monteiro de Castro e Carolina Amorin foram presenteados com a ida ao cinema, com direito a pipoca e refrigerante. As amigas Joyce Lopez, Cindy Figueiredo e Jéssica

Ferreira, todas do 8° ano, do Liceu, aprovaram o presente da Secretaria de Educação, - Há muito o que se aprender também fora da escola - observaram. Para os pequenos, a ida ao cinema também pode ser considerada uma atividade pedagógica, como avaliou a professora Marceleide Rosa, do Instituto Congregacional, que acompanhou duas turmas, do 2° e 5° ano. - Este tipo de atividade promove a socialização e desperta a criatividade das crianças - disse.

Fotos: Divulgação

Lei proposta pelos deputados Bernardo Rossi e Rafael Picciani

da doença nas mulheres é o papanicolau. Para os especialistas, o projeto é um grande passo em prevenção e tem tudo para dar certo, principalmente para garantir a adesão de toda a população, já que uma dose da vacina custa entre R$ 300 e R$ 400 e são necessárias três doses. - É uma campanha muito importante porque o HPV, hoje, é o principal vírus que causa o câncer de colo de útero. Mais de 90% dos casos são causados pelo HPV. Vale a pena essa campanha, tanto que alguns países mais desenvolvidos já adotaram esse programa porque o câncer de colo do útero é um dos que mais mata. A vacina é cara e a maioria da nossa população não tem acesso. Tenho indicado muito às adolescentes a vacina, mas a questão econômica restringe muito – declarou a ginecologista, Mercia Maria Carreira Loureiro. - Essa campanha será importante para a saúde da mulher e do homem também. A incidência está muito alta e as verrugas que aparecem atrapalham a vida sexual e a vida do casal. Até porque como explicar a um parceiro o aparecimento de uma verruga? Alguns relacionamentos são destruídos porque não tem como acusá-lo e nem absolvêlo, nem dizer quem foi. Ela não é só sexualmente transmissível, a infecção pode ter sido passada pela nossa mãe

e nunca se manifestar. Não se pode esquecer também que causa câncer oral, de garganta. Com a liberdade sexual, é importante estimular campanhas, orientar, lembrando que de forma alguma a vacina substitui a importância de fazer o preventivo, usar preservativo. Quanto mais cedo se inicia a vida sexual, é maior a chance de ter mais parceiros. Dessa forma, vai tendo contato com mais sêmen, germe e flora diferentes. Por isso, o ideal é prevenir, principalmente a nova geração – declarou a ginecologista e nutróloga, Adriana Faro. O programa, além de disponibilizar a vacina na rede pública de saúde, prevê ainda em conjunto com outros órgãos estaduais, como a Secretaria Estadual de Educação, a promoção de campanhas educativas e que incentivem a população a se imunizar. - A informação vai ser fundamental para o programa se bem desenvolvido. Por isso, o estado vai promover ampla divulgação para conscientizar e mobilizar as mulheres - afirma Bernardo Rossi. O parlamentar ressalta ainda o apoio incondicional da bancada feminina da Alerj, formada por 13 parlamentares. - Independentemente de questões partidárias, as deputadas abraçaram o projeto propondo ajustes e emendas e viabilizando sua aprovação – declara.

Elas acreditam que podem voar, são invisíveis e têm força infinita. Mas ainda precisam de você na hora de se defenderem.

Disque Criança da Alerj

0800 023 0007

www.alerj.rj.gov.br


6

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

quarta e quinta-feira, 12 e 13 de outubro de 2011

Agenda Cultural

marciosalerno@diariodepetropolis.com.br

Teatro INSTITUTO OMAR CARDOSO

HORÓSCOPO Áries - (21/03 a 20/04) Sua vontade de vencer na vida estará exaltada neste dia. Os negócios deverão lhe trazer ótimos lucros, o trabalho será progressivo e a sua vida social e amorosa deverá prosperar. Elevação material.

Touro - (21/04 a 20/05)

Tenha um pouco de cautela com a saúde, principalmente os rins. A posição atual dos astros revela que é preciso cuidar mais do organismo bem como dos interesses da família e do lar.

Gêmeos - (21/05 a 20/06)

Hoje você lucrará em negócios imobiliários, pelo esforço no trabalho e no emprego de suas economias em fundos públicos. Os transportes, as mudanças e as viagens estão também, favorecidos.

Câncer - (21/06 a 22/07)

Algumas dificuldades, no período da manhã. Não se preocupe, pois terá uma tarde feliz e pressagiadora de êxito nos negócios, no campo profissional e para tudo que esta relacionado com a sua ascensão material.

Leão - (23/07 a 22/08)

A partir de hoje, você entra em uma das melhores fases para lucrar através de escritos, propaganda e em tudo que esta relacionado com a imprensa e com a comunicação. Favorável as mudanças de residência e emprego.

Virgem - (23/08 a 22/09)

Ótimo fluxo astral para o tratamento de sua beleza física e para impor mais moral em seu ambiente social. Surpresas agradáveis à tarde. Grande chance de ganho em jogos e na loteria.

Libra - (23/09 a 22/10)

Neste dia, que lhe será de todo promissor, haverá muita produção profissional e muita facilidade para arranjar empréstimos de dinheiro e para solucionar suas dificuldades financeiras. Excelente ao amor e para as viagens.

Texto vencedor de prêmio será encenado esta tarde no D. Pedro Hoje, às 15h, será apresentado o espetáculo “Bonequinha de Pano” no Theatro D. Pedro, censura livre, ingressos a R$ 10. Vencedora do prêmio Maria Clara Machado de Teatro Infantil, a atriz Zezé Fassina, encanta a plateia tanto por seu apurado trabalho corporal, quanto pela emoção que passa. Fica até difícil imaginar o texto de Ziraldo montado sem o cenário de Alberto Camarero, tamanha a integração dos dois. As músicas de Vital Lima e Jamil Damous só acrescentam à peça. “Bonequinha de Pano” é um espetáculo para crianças maiores, que já possam não só

Texto de Ziraldo fará a alegria da criançada hoje à tarde, no teatro

ouvir falar das transformações da vida, mas também entendê-las. A direção é de Carlos

Música

Jazz & Blues vão agitar a cidade até fim de semana De amanhã até dia 16, quinta, sexta e sábado, às 20h, e domingo, às 19h, acontece na cidade o “I Petrópolis Jazz & Blues Festival”, no Palácio de Cristal, censura livre, ingressos a R$ 10 e R$ 20. Durante quatro dias, o Palácio de Cristal será palco para grandes talentos do Jazz e do Blues, nacional e internacional. Com ingressos a preços populares, o evento ainda contará com exposições de pinturas sobre o tema.

O objetivo do Festival é levar arte, cultura e música de qualidade para todos os públicos. Para saber mais sobre o Festival e acompanhar todas as novidades, basta acessar o site oficial: http://www. petropolisjazzeblues.com.br/ ou se cadastrar nas redes sociais do evento – Facebook: Petrópolis Jazz Blues e Twitter @petrojazzblues. Nesta quinta se apresenta o Quinteto Nuclear, um novo conceito em jazz, hard-bop,

Conscientização

Shopping Pedro II traz muita animação para a criançada

Museu Imperial se ilumina de rosa para campanha do câncer

Muito sucesso está previsto para você hoje. Terá êxito em escritos, nas viagens que empreender, nos grandes negócios comerciais e industriais e nos estudos que requeiram grande empenho mental. Bom para o amor. Sagitário - (22/11 a 21/12)

Influência astral muito benéfica e renovação profissional para solucionar seus problemas financeiros e pessoais. Fará boas amizades e receberá o apoio de pessoas que exercem muita influência em nosso meio.

 Capricórnio - (22/12 a 20/01) Se agir corretamente, terá grande expansão em todos os sentidos quer nos negócios, quer na vida social e profissional. Bom as investigações e as novas descobertas. Notícias negativas.

Aquário - (21/01 a 19/02)

Nada de imprevidência; poderá estragar suas possibilidades de ser bem sucedido neste dia. Com o posicionamento benéfico dos astros, você deve analisar as suas chances profissionais.

Muitas atividades para a criançada no Shopping D. Pedro

O Shopping Pedro II preparou atividades especiais em comemoração ao Dia das Crianças. No sábado, dia oito, a partir de 14h, o grupo Tindolelê estará lá, animando crianças e adultos. Entre as atividades es-

tão teatros, brincadeiras e personagens, que estarão até as 19h divertindo a criançada. O grupo de animação voltará ao Shopping no mesmo horário, para continuar as comemorações do Dia das Crianças.

Na cidade

Exposição de brinquedos na Casa da Ipiranga hoje

 Peixes - (20/02 a 20/03) Talvez não consiga hoje ou nestes próximos dias, gozar de inteira liberdade que quer e precisa. Mas é provável que, se meditar sobre a opinião dos outros terá maior recompensa num futuro próximo. Sucesso cultural e público.

SINUSITE?

A Casa da Ipiranga recebe uma exposição de brinquedos

cloreto de sódio

Alívio contra a sinusite SINUSTRAT É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE O MÉDICO E O FARMACÊUTICO. LEIA A BULA. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO

SINUSTRAT DESCONGESTIONANTE NASAL - Composição: Cloreto de Sódio. Medicamento de Notificação Simplificada RDC Anvisa n° 199/2006. AFE n° 1.00174-0. Indicação: fluidificante e descongestionante nasal. Contraindicação: hipersensibilidade individual aos componentes da formulação. SINUSTRAT DESCONGESTIONANTE NASAL ADULTO - Composição: Cloreto de Sódio.Reg. M.S 1.0174.0034.008-3. Indicação: fluidificante e drenador das secreções nasais e paranasais e redutor da obstrução nasal, em casos de resfriados, rinites e sinusites agudas ou crônicas. Contraindicação: hipersensibilidade individual aos componentes da formulação.

funk, samba jazz e de nomes como John Coltrane, Clifford Brown, Hermeto Paschoal entre muitos gênios. Também na quinta tem Ney Conceição, um dos mais conceituados e renomados contrabaixistas do Brasil e do mundo. Mais de 10 turnês na Europa e EUA, ele acompanhou o cantor e compositor João Bosco e gravou o DVD “Obrigado Gente”, considerado pela crítica o melhor DVD brasileiro de todos os tempos.

Criança

 Escorpião - (23/10 a 21/11)

Arruda e o texto original de Ziraldo. A produção local é do Viva Cultura Planejamento Cultural.

A Casa da Ipiranga apresenta a terceira edição da exposição “A Criança e a Casa”, com bonecas de biscuit, carrinhos, brinquedos de ferro, lata e madeira, marionetes, etc. Tudo isso estará exposto na Casa a partir de hoje, ficando lá até o dia

12 de novembro. As obras vêm do acervo de colecionadores do Rio e Petrópolis. Os ingressos saem a R$ 8. Estudantes e maiores de 60 anos pagam meia entrada. Crianças até sete anos não pagam ingresso.

O Museu Imperial está prestes a integrar um hall que inclui monumentos como o Cristo Redentor (Brasil), o Coliseu (Itália), o Arco do Triunfo (França) e a Casa Branca (EUA). Assim como já ocorreu com todos eles, o Museu será iluminado de rosa, entre os dias 13 e 29 de outubro, para conscientizar a população sobre o câncer de mama, no projeto internacional Outubro Rosa. O Outubro Rosa tem seu nome originado do laço cor de rosa que simboliza a luta contra o câncer de mama, através da prevenção e do diagnóstico precoce, e estimula a participação da população, empresas e entidades. Iniciado nos Estados Unidos, o movimento ganhou o mundo e já iluminou de rosa dezenas de edificações e monumentos em diversos países. Além da iluminação, o Museu também abrigará outra atividade do projeto. No dia 29 de outubro, sábado, às 19h30, será apresentada no Cine Teatro Museu Imperial a peça “Guerreira, seu nome é mulher”, de Zuzu Sarandon, com ela e Marise Fernandes no elenco. O espetáculo aborda duas mulheres e os desafios da vida, incluindo infância, adolescência, descobertas, relacionamentos, preconceito, casamento, gravidez, trabalho, sonhos e o câncer. O evento será gratuito, com retirada de convites antecipados na bilheteria do Museu. O Outubro Rosa é realizado em Petrópolis pela Associação Petropolitana dos Pacientes Oncológicos (APPO) em parceria com o Museu Imperial e outras entidades da cidade.

CINE ITAIPAVA Est. União & Indústria, 11.000 Itaipava HOMEM DO FUTURO – Censura 12 anos – com Wagner Moura – Horários: 19h todos os dias, exceto 2ª feira – Sessão extra sexta e sábado, 21h20 Zero é um cientista genial, porém infeliz, que odeia a própria vida. Há 20 anos, foi humilhado publicamente na faculdade e perdeu o grande amor de sua vida - Helena. Prestes a ser demitido, Zero aciona, antes de totalmente concluído, o acelerador de partículas mais barato do mundo. O experimento fracassa, mas Zero acidentalmente volta ao passado e se vê diante da chance de alterá-lo. Nosso herói vai aprender que tentar manipular os caminhos do tempo é mais difícil (e confuso) do que parece. Zero retorna a um presente alterado e descobre que se transformou em um canalha. MANDA CHUVA – Censura livre – Horários> 15h e 17h todos os dias, exceto 2ª feira A história de um gato malandro, que vive num beco nas ruas de Manhattan, na cidade de Nova York. Ele apronta várias confusões com sua turma de gatos (Bacana, Espeto, Gênio, Xuxu e Batatinha) e sempre acaba prejudicando o Guarda Belo, que acaba tentando impedir os planos dessa turma. Ingressos: terças e quartas ingresso promocional a R$ 6 para todos (exceto feriados). Preço de ingressos as quintas e sextas - inteira R$ 14 e meia R$ 7. Preço de ingressos aos sábados e domingos - inteira R$ 16 e meia R$ 8. CINE BAUHAUS R. Dr. Nelson de Sá Earp, 89 Shopping Center Bauhaus Centro SALA 1 UMA DOCE MENTIRA – Censura 10 anos – com Audrey Tautou – Horários: 14h, 16h e 18h15 Comédia romântica à francesa, o que não deixa de ser uma raridade em um mercado dominado por produções americanas. CONAN, O BÁRBARO – Censura 16 anos – com Stephen Lang – Horários: 20h45 Volta às telas o bárbaro das ‘pulp fictions’ e das histórias em quadrinhos, depois de ter sido encarnado por Arnold Schwarzenegger, no início da década de 80. SALA 2 AMOR A TODA PROVA – Censura 12 anos – Horários: 14h15 Outra comédia romântica, esta americana. PREMONIÇÃO 5 – Censura 16 anos – com Tony Todd – Horários: 16h30, 18h30 e 20h30 Um homem tem a premonição de que ele e um grupo de colegas de trabalho irão morrer em um grave acidente em uma ponte suspensa. Todos escapam, só que isto vai de encontro ao que a morte previa. Desta forma estranhos eventos acontecem com cada um deles, de forma a matá-los. Preços: Segunda é dia de cinema. Ingressos a R$ 3 em todas as sessões. Terça a quinta (exceto feriados): Sessões iniciadas até 15h59min Inteira: R$ 10 (meia: R$ 5). Após 16h inteira: R$ 12 (meia: R$ 6). Sexta a domingo e feriados: Sessões iniciadas até 15h59min inteira: R$ 12 (meia R$ 6) Após 16h inteira: R$ 14 (meia R$ 7). Lembrando que estamos com uma promoção de terça a domingo: todas as pessoas pagam meia entrada. TOP CINE HIPERSHOPPING ABC Rua Teresa, 1415 / 2º piso Alto da Serra – Petrópolis Cine Fone: (24) 2249-9900 www.cinemaxx.com.br SALA 1 O ZELADOR ANIMAL – Censura livre – com Kevin James – Horários: 14h30, 16h30, 18h30 e 20h30 2ª feira – dia 10 – não haverá sessão Griffin Keyes tinha um trabalho que era o bicho: ser zelador de um jardim zoológico. Para ele, nada era mais normal do que conviver com leões, elefantes, girafas, ursos e gorilas. Seu problema era com os humanos, mais especificamente, com as mulheres e aí ele teve a ideia de arrumar um trabalho mais respeitável para melhorar a sua situação com elas. Foi a deixa para a bicharada entrar em pânico e querer ajudá-lo a conquistar uma namorada. O detalhe é que eles vão fazer isso “falando” e Griffin não estava preparado para essa surpresa animal. SALA 2 13h40

CARROS 2 – Censura livre – Horários:

2ª feira – dia 10 – não haverá sessão Após ganhar a Copa Pistão pela quarta vez, Relâmpago McQueen e sua equipe retornam a Radiator Springs para descansar. Lá ele reencontra Mate, seu maior amigo, que aguarda ansioso pelo retorno. Pouco após sua chegada Relâmpago toma conhecimento do Grand Prix Mundial, evento organizado pelo empresário Miles Eixodarroda onde todos os competidores usarão Alinol, um combustível alternativo. OS PINGUINS DO PAPAI – Censura livre – com Jim Carrey – Horários: 15h20 2ª feira – dia 10 – não haverá sessão Tom Popper é um especialista em comprar imóveis antigos, para que sejam demolidos de forma que sua empresa possa construir modernos edifícios. Ele almeja se tornar sócio da empresa, mas para atingir o objetivo precisa cumprir uma última missão: convencer a senhora Van Gundy, dona de um tradicional restaurante localizado no centro de Nova York, a vender o imóvel. Algo que não será nada fácil, já que ela apenas aceita vender o local para alguém que tenha princípios.

KUNG FU PANDA 2 – Censura livre – Horários: 17h10 2ª feira – dia 10 – não haverá sessão Po vive o sonho de ser o dragão guerreiro, protegendo o Vale da Paz ao lado dos mestres Shifu, Tigresa, Macaco, Víbora, Louva-deus e Garça. Sua vida pacata chega ao fim quando surge um novo inimigo, o lorde Chen, que possui uma arma secreta capaz de permitir a conquista da China e provocar o fim do kung fu. Para impedi-lo, Po e os Cinco Furiosos precisam cruzar o país e derrotá-lo. OS SMURFS – Censura livre – Horários: 19h 2ª feira – dia 10 – não haverá sessão Gargamel e seu gato Cruel enfim encontram onde fica a pacata vila encantada dos Smurfs, graças a um descuido de Desastrado. Eles invadem o local, o que provoca uma debandada dos Smurfs. Desastrado segue o caminho errado e, devido a ser noite de lua azul, se vê diante de um portal mágico. Ele, Papai Smurf, Smurfette, Gênio, Ranzinza e Corajoso entram no portal, para escapar das garras de Gargamel. O sexteto se vê em plena Nova York, um mundo desconhecido e bem diferente do que estão acostumados. PLANETA DOS MACACOS – a origem – Censura 12 anos – com James Franco – Horários: 20h50 de 07 a 09 e dia 13 – sexta na domingo e quinta-feira 2ª feira – dia 10 – não haverá sessão San Francisco. Will Rodman é um cientista que trabalha em um laboratório, onde são realizadas experiências com macacos. Ele está interessado em descobrir novos medicamentos para a cura do mal de Alzheimer, já que seu pai sofre da doença. Ao seu lado conta com a ajuda de Caroline, uma especialista em primatas. As experiências realizadas fazem com que a inteligência dos macacos aumente bastante, ao ponto deles escaparem de suas gaiolas e enfrentarem os humanos pelo controle da Terra. GIGANTES DE AÇO – Censura 10 anos – Horários: 20h50 – dias 11 e 12 – terçafeira e quarta-feira Charlie Kenton é um boxeador que viu sua carreira acabar quando a luta entre humanos foi proibida e, em seu lugar, surgiu o boxe entre robôs. Ele passa a ganhar a vida como um promotor de lutas clandestinas que usa robôs de baixa qualidade. Quando ele se vê no fundo do poço, Charlie e seu filho Max constroem e treinam um novo robô, que se torna um grande lutador e lhes dá a chance de voltar ao topo. TOP CINE HIPERSHOPPING MERCADO ESTAÇÃO Rua Paulo Barbosa, 310 / 1º piso Centro - Petrópolis Cine Fone: (24) 2249-9900 www.cinemaxx.com.br SALA 1 PREMONIÇÃO 5 – Censura 16 anos – com Tony Todd – Horários: 15h, 17h, 19h e 21h 2ª feira – dia 10 – não haverá sessão Um homem tem a premonição de que ele e um grupo de colegas de trabalho irão morrer em um grave acidente em uma ponte suspensa. Todos escapam, só que isto vai de encontro ao que a morte previa. Desta forma estranhos eventos acontecem com cada um deles, de forma a matá-los. SALA 2 EU QUERIA TER A SUA VIDA – Censura 14 anos – com Ryan Reynolds – Horários: 14h50, 16h50, 18h50 e 20h50 – até dia 11 – terça-feira 2ª feira – dia 10 – não haverá sessão Mitch é um solteirão vida boa que deseja se estabilizar. Já Dave anda estressado com a rotina de pai de família e gostaria de um pouco mais de liberdade. Ao terem os pedidos realizados, ambos irão aproveitar o lado bom de ser o outro. Mas o que fazer quando a esposa do amigo quer mais intimidade ou a colega de trabalho pensa estar flertando com o solteiro conquistador? OS TRÊS MOSQUETEIROS – Censura 10 anos – com Milla Jovovich – Horários: 14h50, 16h50, 18h50 e 20h50 – dias 12 e 13 – quarta e quinta-feira O clássico Romance francês Os Três Mosqueteiros que foi escrito por Alexandre Dumas está de volta nas telas dos cinemas, no filme D´Artagnan vai a Paris buscando se tornar membro do corpo de elite dos guardas do rei, os mosqueteiros. Chegando lá, após acontecimentos singulares, ele conhece três mosqueteiros chamados “os inseparáveis”: Athos, Porthos e Aramis. SALA 3 SEM SAÍDA – Censura 12 anos – com Taylor Lautner – Horários: 14h40, 18h40 – até dia 11 – terça-feira – 14h40 – dias 12 e 13 – quarta e quinta-feira 2ª feira – dia 10 – não haverá sessão Nathan descobre, sem querer e com a ajuda de Karen, que sua foto estava num site de crianças desaparecidas. Desconfiado de seus pais, ele resolve investigar o que poderia ter acontecido, mas de uma hora para outra todos que estão a sua volta começam a morrer e sua vida também está em jogo. Agora, ele enfrenta uma corrida contra o tempo para descobrir quem quer acabar com ele e porquê. LARRY CROWNE – o amor está de volta – Censura 10 anos – com Julia Roberts – Horários: 16h40 e 20h40 – até dia 11 – terça-feira – 16h40 – dias 12 e 13 – quarte e quinta-feira 2ª feira – dia 10 – não haverá sessão Larry Crowne trabalha há anos em uma loja, onde já foi escolhido por nove vezes como o funcionário do mês. Um dia, para sua surpresa, ele é demitido por não ter curso superior. Precisando recomeçar do zero, ele resolve se matricular na faculdade. Um dos cursos que realiza é o de oratório, ministrado por Mercedes Tainot, que está desanimada devido ao desinteresse dos alunos por sua matéria. A vida na faculdade faz com que Larry ganhe novos amigos, mude seu estilo de vida e se aproxime, cada vez mais, de Mercedes. EU QUERIA TER A SUA VIDA – Censura 14 anos – com Jason Bateman – Horários: 18h40 e 20h40 – dias 12 e 13 – quarta e quinta-feira

Filmes na TV ELA É O CARA – RECORD – 13H – COM AMANDA BYRNES - Jogadora de futebol costuma ser posta de lado pelos rapazes de um time, por ser mulher. Ela decide se vingar e toma o lugar de seu irmão para disputar uma importante partida. HULK – RECORD – 16h – COM ERIC BANA - O dr. Bruce Banner faz experiências com raios Gama, para encontrar a cura de várias doenças. Mas há um mistério sobre seu passado, que vai se revelar aos poucos quando seu pai, sumido há muito, volta à cena para reclamar sua herança. O MÁSKARA – SBT – 17H30 – COM JIM CARREY - Um bancário atrapalhado e nada popular encontra uma estranha máscara, um dia. Usando-a, ele se transforma em um ser super-poderoso e parte para com quistar a garota que ama.


quarta e quinta-feira, 12 e 13 de outubro de 2011

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

7

cidade

TST determina fim da greve dos Correios Como já era previsto, o TST (Tribunal Superior do Trabalho) determinou ontem que os trabalhadores dos Correios voltem ao trabalho a partir de 0h de amanhã (12). A decisão foi tomada durante julgamento do processo de dissídio coletivo da categoria, parada há 28 dias em reivindicação a melhores salários. Em Petrópolis, após o julgamento, o Sindicato dos

Trabalhadores da Empresa de Correios e Telégrafos (Sintect-RJ) pediu desculpas a população pelos transtornos causados e agradeceu o apoio da maioria dos moradores, que se disseram comovidos com o movimento. O caso foi parar no TST após divergências entre a direção dos Correios e a Fentect (Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de

Correios e Telégrafos e Similares), que rejeitou as propostas iniciais formuladas pelo tribunal. Caso os grevistas não voltem ao trabalho nesta quinta-feira, estarão sujeitos a uma multa diária de R$ 50 mil. Antes do julgamento, o secretário de Interior do Sindicato, Leônidas Silva, disse que esperava este resultado. Na sessão de hoje, os ministros definiram que o

salário dos trabalhadores terá reajuste de 6,7% retroativo a 1º de agosto e aumento linear de R$ 80 a partir de 1º de outubro de 2011, sem abono. Além disso, o vale refeição diário passou de R$ 23 para R$ 25, além de um vale cesta de R$ 140. Foi negociado ainda um vale extra a ser pago em dezembro de 2011 aos trabalhadores admitidos até julho deste ano.

Em Petrópolis, 70% do pessoal da área operacional dos Correios em Petrópolis estavam em greve. No total, cerca de um milhão de objetos deixaram de ser entregues. O ponto mais polêmico foi o desconto dos dias de paralisação. Os ministros do TST decidiram que 7 dos 28 dias de paralisação serão descontados da folha de pa-

gamento dos trabalhadores, os grevistas. Os demais 21 deverão ser compensados com horas extras e trabalho nos finais de semana. Para Robson Serrão, delegado sindical, é preciso olhar não só o lado dos trabalhadores, mas também da empresa e, principalmente, o da população e, por isso, ele considerou a decisão razoável.

Terminal do Centro é alvo de reclamações pelo abandono

Jornal e garrafa pet estão entre os materiais que são utilizados

Ampla promove oficina gratuita de artesanato Os Centros de Referência em Assistência Social (Cras) do Alto Independência e do Quitandinha sediaram as oficinas de artesanato promovidas pela concessionária Ampla, em parceria com a ONG Casa Amarela, de São Gonçalo. Utilizando materiais como jornal e garrafas pet, os participantes aprendiam a fazer porta-jóias e porta-trecos. A expectativa dos organizadores era de que cerca de 30 pessoas se inscrevessem em cada uma das oficinas, realizadas de manhã no Alto Independência e a tarde no Quitandinha. As oficinas acontecem dentro do contexto do “Consciência Ampla com Arte”, criado em 2004, um dos projetos da plataforma “Consciência Ampla”. O objetivo é reforçar os conceitos de consumo consciente e uso sustentável dos recursos. - Uma das metas é tam-

bém ensinar um ofício simples, que utiliza materiais recicláveis e que poderão ser produzidos para vender, desse jeito complementando a renda das pessoas- ressaltou uma das organizadoras.- As oficinas são ministradas por professoras da ONG Casa Amarela e, até para o trabalho poder ser feito com o máximo de atenção para todos os participantes, cada inscrito escolhe uma das oficinas- completou. Moradora do Alto Indepêndencia e mãe de nove filhos, Luzinorte Nogueira Lima do Carmo, de 45 anos, se inscreveu na oficina de garrafas pet. – Não tenho renda. Aprendendo a fazer um artesanato desses, posso começar a vender e ajudar no sustento da família- disse. Até a manhã de ontem, no entanto, a procura ainda era pequena, apesar da oficina ter sido oferecida gratuitamente.

Bernardo Rossi quer gerar emprego aos jovens Empresas fluminenses que gerarem novos postos de trabalho para jovens na faixa de 18 a 24 anos e as que mantiverem em seus quadros 30% de empregados com idade superior a 40 anos podem ser beneficiadas com incentivos por meio de certificação ou redução fiscal. Tramita na Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj) projeto de lei do deputado estadual Bernardo Rossi (PMDB) com o objetivo de manter e ampliar o nível de emprego em duas faixas etárias com mais dificuldades ao acesso ao mercado de trabalho. - Só em agosto, no Estado do Rio, foram criados 19.865 empregos com carteira assinada, mas queremos garantir que boa parte destas vagas seja destinada ao jovem que está se formando em ensino profissionalizante e aos maiores de 40 anos, chefes de família em sua maioria - afirma Bernardo Rossi. Até o final do ano serão criados, em todo o Brasil, 2,5 milhões de empregos formais. E o nível de emprego está crescendo em todas as faixas etárias. De acordo com a Relação Anual de Informações Sociais (Rais 2010) já houve elevação do nível de emprego em todas as faixas etárias, sendo que entre jovens e pessoas idosas essa elevação foi significativa. Na faixa etária entre 18 a 24 anos foram registrados 471.091

postos, crescimento relativo de 6,66% em relação a 2009. Já entre os trabalhadores de 30 a 64 anos, foram contabilizados 1,6 milhão de vagas, crescimento de 7,8% em relação ao ano anterior. O projeto, em avaliação na Comissão de Constituição e Justiça da Alerj, também vai passar pelo crivo das comissões da Criança, do Adolescente e do Idoso, pela Comissão do Trabalho e pela Comissão de Tributação. - Está envolvendo um número grande de parlamentares que já se posicionaram favoráveis à sua aprovação e estamos confiantes na aceitação por parte do Governo do Estado - estima Bernardo Rossi. Vários estados estão concedendo incentivos fiscais às empresas com esse objetivo. Alguns praticam redução de alíquotas de impostos, outros certificam empresas e entidades com a outorga de um selo ou carimbo que o estabelecimento pode usar na divulgação de seus produtos, atestando seu compromisso com o crescimento do estado e o seu empenho no combate ao desemprego. - Queremos achar o melhor meio para conceder este incentivo e por isso abrimos ao debate com os parlamentares para garantir que o estado acate a proposta e a coloque em prática - considera Bernardo Rossi.

O tempo passa, as reclamações acumulam, mas, de prático, nada é feito para modificar o quadro de abandono em que se encontra o Terminal Rodoviário Imperatriz Leopoldina, no Centro. Milhares de pessoas circulam diariamente pelo local e várias delas reclamam das condições do ambiente, seja pela sujeira espalhada no chão, seja pela falta de coberturas adequadas para quem espera a condução, seja pela falta de manutenção nos banheiros. Todos esses problemas já foram alvo de matérias do Diário. Em uma delas, no início de julho, a Companhia Petropolitana de Trânsito de Transportes ( CPTrans) emitiu nota informando que havia um projeto de revitalização em fase de aprovação. Mas, enquanto ele não sai do papel, usuários seguem desaprovando as condições do terminal rodoviário mais movimentado da cidade. - Isso aqui está uma verdadeira porcaria! Não tem segurança nenhuma, não tem higiene nenhuma, o banheiro está horrível,só uso porque não tem outro jeito, as coberturas estão rasgadas, tem uns cachorros aí que as vezes avançam nas pessoas, vários pombos, um bicho que transmite várias doenças- enumerou o técnico em segurança do trabalho, Pedro de Araújo, de 53 anos. As reclamações do padeiro Hilton Rodrigues, de 58, foram praticamente as mesmas. Ele apenas preferiu usar a palavra “vergonha” ao invés de “porcaria”. - A gente olha pra cima a cobertura tá rasgada. As pessoas às vezes tem que ficar levando chuva, porque

Fotos: Alan Alonso

Divulgação

Falta de manutenção, sujeira e vandalismo deixam Terminal Rodoviário do Centro precário

as coberturas tem goteiras ou nem tem cobertura em alguns lugares. O banheiro é imundo, tudo quebrado. Esse terminal é uma vergonha! – avaliou o padeiro. A dona de casa Tânia de Fátima Barros, de 48,

pensa um pouco diferente. Segundo ela, “em vista do que se vê por aí” as condições do terminal do Centro podem ser consideradas “até boas”. - Quase nunca utilizo o banheiro, mas sempre que

precisei, estava tudo limpinho, bem conservado. Disso, pelo menos, não tenho do que reclamar- afirmou a dona de casa. Até o fechamento a assessoria de comunicação não emcaminhou resposta.

Casa Cláudio de Souza comemora 135 anos de nascimento do escritor No próximo dia 20 de outubro, comemoram-se os 135 anos de nascimento do escritor e dramaturgo Cláudio de Souza. Para celebrar a data, a Casa de Cláudio de Souza – pertencente ao Museu Imperial –, a Academia Petropolitana de Letras e Ciências e o Teatro Experimental Petropolitano (TEP) realizarão uma leitura dramatizada de textos do escritor. Na ocasião, serão lidos trechos das obras Eu Arranjo Tudo (1915), A Matilha (1924) e Flores de Sombra (1916), com participação dos atores do TEP Janine Meirelles, Fernanda Mury, Silvio Rafael, Joaquim Eloy, Patrícia Ávila e Sylvio Adalberto. Serão interpretadas ainda duas cortinas poéticas: Bon Soir Mademoiselle la Lune!, ambientada na época da “Belle Époque”, e Os Amores de Colombina, recordando o teatro clássico italiano, ambos de J. Eloy Santos. A leitura dramatizada acontecerá no dia 20 de outubro, às 19h, na Casa de Cláudio

de número 29 (cujo patrono é Martins Pena). Presidiu a ABL por duas vezes, em 1938 e 1946.

A leitura dramatizada será realizada no dia 20 de outubro

de Souza (Praça da Liberdade, nº 247, Centro, Petrópolis). A entrada é gratuita. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail mimp.casaclaudiodesouza@museus.gov.br ou pelo telefone (24) 2245-3418. no escritor Natural de São Roque (SP), Cláudio Justiniano de Souza (1876-1954) começou bem cedo na escrita, colaborando para os jornais cariocas O Correio da Tarde e A Cidade do Rio. Em 1897, formou-se em

medicina no Rio de Janeiro e retornou para São Paulo. Em 1898, publicou seu primeiro trabalho, Os nevropatas e os degenerados. Sua estreia no teatro ocorreu em 1915, com a comédia Eu arranjo tudo. Pouco depois, apresentou Flores de sombra, que se tornou uma obra de grande influência no teatro brasileiro. Foi membro-fundador da Academia Paulista de Letras, em 1909. Eleito para a Academia Brasileira de Letras, em 1924, ocupou a cadeira

no museu Em 1956, a viúva de Cláudio de Souza, dona Luísa, doou sua casa em Petrópolis, junto com seu acervo, ao Museu Imperial. Hoje, o espaço funciona como um museu e centro cultural dedicado a seu antigo proprietário, com móveis e objetos originais da casa, além da biblioteca do escritor, com 660 obras. As visitas podem ser realizadas de terça a sexta-feira, das 11h às 18h, com entrada gratuita. Atualmente, além da exposição permanente, o público pode conhecer também a exposição temporária “O olhar feminino na literatura de Cláudio de Souza”, que aborda como o universo feminino era retratado pelo escritor não somente em seus livros e peças, mas também nos artigos que escrevia para a Revista Feminina sob o pseudônimo de Anna Rita Malheiros.


8

57 anos

DIĂ RIO DE PETRĂ“POLIS

QUARTA E QUINTA-FEIRA, 12 E 13 DE OUTUBRO DE 2011

CIDADE

AVISOS E EDITAIS

Prevenção a hepatites virais ĂŠ tema de curso para estudantes ProďŹ ssionais que atuam em clĂ­nicas de estĂŠtica, salĂľes de beleza e estudantes de enfermagem participaram do 2Âş curso de Prevenção de Hepatites Virais e Aids – promovido pela Secretaria de SaĂşde de PetrĂłpolis. O encontro aconteceu nesta segunda-feira (10/10), no auditĂłrio do Departamento de Doenças Infecto ParasitĂĄrias (DIP). Segundo a coordenadora do programa de DST/Aids e Hepatite B e C, Maria InĂŞs, o objetivo do curso ĂŠ conscientizar a população sobre os cuidados e as formas de evitar a contaminação, com foco nos proďŹ ssionais que trabalham em lugares propĂ­cios para exposição. A melhor forma de prevenir a transmissĂŁo das DST ĂŠ usar sempre e corretamente a camisinha em todas as relaçþes sexuais; nĂŁo compartilhar agulhas e seringas com outras pessoas; no caso de necessitar

receber uma transfusĂŁo de sangue, exija que ele seja testado para todas as doenças que podem ser transmitidas pelo sangue. A Aids ĂŠ o estĂĄgio mais avançado da doença que ataca o sistema imunolĂłgico. A SĂ­ndrome da ImunodeficiĂŞncia Adquirida, como tambĂŠm ĂŠ chamada, ĂŠ causada pelo HIV. Como esse vĂ­rus ataca as cĂŠlulas de defesa do nosso corpo, o organismo ďŹ ca mais vulnerĂĄvel a diversas doenças, de um simples resfriado a infecçþes mais graves como tuberculose ou câncer. JĂĄ as hepatites sĂŁo doenças graves que atacam o fĂ­gado, um dos ĂłrgĂŁos mais importantes do corpo. Os cinco principais tipos (A, B, C, D e E) sĂŁo causados por vĂ­rus que podem passar de uma pessoa para outra. Elas, geralmente nĂŁo apresentam sintomas. Quando apa-

recem, podem provocar cansaço, tontura ou ânsia de vĂ´mito. Muitas vezes, a pele e os olhos ďŹ cam amarelados, a urina ďŹ ca escura e as fezes ďŹ cam claras. Em alguns casos, como nos da hepatite B, C ou D, a pessoa pode levar anos para perceber que estĂĄ doente. Por conta disso, recomenda-se a quem teve relação sexual sem camisinha, recebeu transfusĂŁo de sangue, sofreu acidente durante a lavagem de instrumentos ou compartilhou agulhas e seringas, que procure um serviço de saĂşde e realize o teste das hepatites. O diagnĂłstico e o tratamento precoces podem evitar o desenvolvimento de cirroses ou câncer de fĂ­gado. ď ŽCOMO EVITAR

Ă gua tratada e alimentos bem lavados sĂŁo as melhores formas de evitar as hepatites A e E.

vida;

- Lave as mĂŁos com ĂĄgua; - Beba ĂĄgua ďŹ ltrada ou fer-

- Lave bem os alimentos, frutas, verduras e legumes, principalmente quando for comê-los crus; - Cozinhe bem mariscos e frutos do mar. - Você pode pegar hepatites B, C e D pelo sangue ou tendo relação sexual desprotegida. - Não compartilhe agulhas, seringas, e equipamentos para drogas inaladas e pipadas; - Não use lâminas de barbear ou de depilar de outras pessoas; - Use seus próprios instrumentos de manicure e pedicure; - Exija materiais esterilizados ou descartåveis em estúdios de tatuagem e de piercings, serviços de saúde, entre outros. - A gestante com hepatite B pode transmitir a doença para o bebê. Vacine o recÊm-nascido na maternidade, preferencialmente nas primeiras 12h de vida.

AVISOS E EDITAIS MANUTENĂ‡ĂƒO E MELHORIA NA REDE COM INTERRUPĂ‡ĂƒO NO FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA Visando prestar um serviço de melhor qualidade, a AMPLA comunica a seus clientes que interromperĂĄ o fornecimento de energia elĂŠtrica, para possibilitar a execução de obras e melhoramentos da rede, nos municĂ­pios de PetrĂłpolis e SĂŁo JosĂŠ do Vale do Rio Preto,NASSEGUINTESLOCALIDADESs14/10/2011, das 08:30h Ă s 10:30h, PetrĂłpolis - Centro: Rua BarĂŁo do Rio Branco nÂş 1411 e adjacĂŞncias. Das 11:30h Ă s 17:00h, QuarteirĂŁo Brasileiro: Proximidades da Rua AtĂ­lio Marotti e adjacĂŞncias. Cliente Especial: Maria de Lourdes Teixeira Garrido. Das 11:00h Ă s 12:00h, Retiro: Avenida Castelo Branco, Ruas CidĂĄlia Meireles, B e adjacĂŞncias. Das 13:30h Ă s 17:00h, Mosela: Ruas Carlos F. Keupper, Felipe Wilberger Carlos e adjacĂŞncias. Das 14:00h Ă s 16:30h, Posse: Estrada do JuruĂĄ s/nÂş casa 02 e adjacĂŞncias. Das 09:00h Ă s 15:30h, Araras: Parque Maria Comprida Dep. 50, Ruas “Aâ€?, das HortĂŞncias, das Açucenas, dos Gerânios, dos LĂ­rios, Bernardo Coutinho, das CamĂŠlias nÂş 153 do Maquine, dos Jasmins E ADJACĂ?NCIAS s 15/10/2011, das 08:00h Ă s 17:00h, PetrĂłpolis - Duarte da Silveira: Rua Coronel Duarte da Silveira nÂş 720 e adjacĂŞncias. Cliente Especial: 0OLYCART)NDĂžSTRIAE#OMĂ?RCIO-ANUFATURADE0APEL,TDAs16/10/2011, das 08:30h Ă s 13:00h, PetrĂłpolis - Centro: Vila Nogueira nos 37 - E, 47 fundos e adjacĂŞncias. Cliente Especial: Hotel e Lanche LindĂłia Ltda. Das 08:30h Ă s 11:00h, Centro: Rua Dr. Nelson S. Earp nÂş 210 e adjacĂŞncias. Cliente Especial: CondomĂ­nio de EdifĂ­cio Bauhaus Plaza. Das 14:00h Ă s 16:30h, Alto da Serra: Ruas Teresa, Ari Barbosa e adjacĂŞncias. Das 09:00h Ă s 17:00h, SĂŁo JosĂŠ do Vale do Rio Preto - Poço Fundo: Estradas Bianor Esteves, SĂŁo JosĂŠ TeresĂłpolis, Boa Vista Soli Rampini, Serra do Capim, Ruas Julieta de O. Franco, Francisco Limongi, Irene AraĂşjo da Costa, Morro Grande e adjacĂŞncias. Clientes Especiais: Francisco R. Nogueira Filho, Nutrivita ComĂŠrcio de RĂŁes Ltda e Andriolo Alves Abatidas Ltda. O restabelecimento de energia poderĂĄ voltar antes do horĂĄrio previsto.

ď –

Maria de Lourdes MoreirĂŁo de Sousa

AGRADECEMOS A ATENĂ‡ĂƒO DE TODOS E GOSTARĂ?AMOS DE INFORMAR QUE A CACHORRINHA CINDY JĂ FOI ENCONTRADA

MISSA DE 7Âş DIA

Seus ďŹ lhos Rita e MĂĄrio Vitor MoreirĂŁo, agradecem sensibilizados as manifestaçþes de pesar recebidas e convidam para a missa de 7Âş dia a ser realizada no dia 13 de outubro (quinta-feira), Ă s 18 horas na Igreja do Sagrado.

DIĂ RIO

Leia e assine o DiĂĄrio de PetrĂłpolis

DE PETRĂ“POLIS

O dia 12 de outubro de 1981 caiu em uma segundafeira e o DIĂ RIO nĂŁo circulou nesta data.

 2235-7165

CartĂłrio de 3Âş OfĂ­cio de Petropolis

12/10/2011 11/10/2011

Terceiro OfĂ­cio - Petropolis - RJ

Pag: 1

R. do Imperador, 1021 - Centro

Relação do Edital dia 11/10/2011

A D MONTEZANO DOS SANTOS ROUPAS E ACESSO RUA TEREZA 1566 SL 02

NĂşmero: 15009- 1

DUPLICATA MERCANTIL

EmissĂŁo:26/04/2011

Vencto: 05/07/2011 Cheque Administrativo

Custas

114,73 Total

Protestar em 13/10/2011 PRAMIM COMERCIO E REP ROUPAS LTDA

Valor:

Vencto: 25/09/2011 Cheque Administrativo

EmissĂŁo:27/07/2011 120,27 Total

15276

WERNER FABRICA DE TECIDOS SA

07/10/2011

WERNER FABRICA DE TECIDOS S.A.

698,24 ou Dinheiro Custas

Valor:

114,73 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

712,27

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF 005731208000285

Protocolo

399 - HSBC BANK BRASIL SA BANCO MULTIPL

15281

HSBC BANK BRASIL S/A BANCO MULTIPLO

07/10/2011

DETROITH INDUSTRIA E COMERCIO LTDA

NĂşmero: 01219

Custas

Protocolo

399 - HSBC BANK BRASIL SA BANCO MULTIPL

583,51

R DO IMPERADOR 75 LJ 14 DUPLICATA MERCANTIL

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF 010953944000137

1090,00

1.210,27 ou Dinheiro Custas

120,27 Cpmf

0,00 Tarifa

SEPULTAMENTO Terça-feira, 11/10/2011 CEMITÉRIO MUNICIPAL

Acham-se afixados neste cartĂłrio, conforme a lei 9492/97, art. 15 $1 - Processo 89.877/99 CGJ/RJ, para serem protestados os tĂ­tulos de responsabilidade de: Protestar em 13/10/2011

HĂĄ 30 anos era publicado

14,03 Total

1.224,30

Intimo-os a pagarem ( atravĂŠs de cheque administrativo ou dinheiro com guia de pagamento a ser retirada neste tabelionato ), ou no caso da falta de aceite, comparecer para aceita-lo, ou dar-me as razĂľes por que nĂŁo o faz. Ficando assim jĂĄ intimado do respectivo protesto no prazo estipulado na forma da lei.

Ivone dos Santos, 75 anos, Bingen, 10h Marcelina Crevelaro dos Santos, 83 anos, Castelânea, 11h30 Maria Aparecida da Cruz, 52 anos, Alto IndependĂŞncia, 14h Jaqueline Rodrigues dos Santos da Silva, 45 anos, SĂŁo SebastiĂŁo, 16h CEMITÉRIO DE ITAIPAVA NĂŁo houve sepultamentos OBS. AS INFORMAÇÕES ACIMA SĂƒO FORNECIDAS AO DIĂ RIO POR FUNCIONĂ RIOS DAS SECRETARIAS DOS CEMITÉRIOS,

Petropolis, 11/10/2011 JoĂŁo Correia Lima Neto - Escrevente

COMARCA DE PETRĂ“POLIS PRIMEIRA VARA CĂ?VEL EDITAL DE PRAÇA E INTIMAĂ‡ĂƒO Edital de Praça e intimação, extraĂ­do dos autos da Ação de Extinção de CondomĂ­nio - Alienação de Coisa comum movida por ANTONIO PINHEIRO MACIEL em face de ESPOLIO DE DENIR MESQUITA BARROS DO NASCIMENTO, na forma abaixo: O DOUTOR CARLOS ANDRÉ SPIELMANN, Juiz de Direito em ExercĂ­cio na 1ÂŞ Vara CĂ­vel desta Comarca de PetrĂłpolis - RJ, por nomeação na forma da Lei, FAZ SABER aos que o presente Edital virem ou dele conhecimento tiverem e interessar possa, especialmente ao Representante Legal do ESPOLIO DE DENIR MESQUITA BARROS DO NASCIMENTO E SR. ANTONIO PINHEIRO MACIEL, que no dia 24 de outubro de 2011, Ă s 15:00 h., no Ă trio do EdifĂ­cio do FĂłrum, Ă  Avenida BarĂŁo do Rio Branco, n. 2053, nesta cidade, pelo Leiloeiro PĂşblico OďŹ cial, Ricardo IgnĂĄcio Xavier CorrĂŞa serĂŁo levados a Praça a quem maior lanço oferecer acima da avaliação de R$ 300.000,00 (trezentos mil reais), o bem que segue descrito: PrĂŠdio residencial n. 1.257 da rua Victor Santana do Vale Florido, ediďŹ cada na ĂĄrea de terras prĂłprias, desmembrada de outra maior porção, denominada Vale Florido, dentro do perĂ­metro urbano do 2Âş. Distrito deste municĂ­pio, com a superfĂ­cie de 6.617,00m2, terreno em aclive em relação ao nĂ­vel da rua, situado a 371,40m, medidos sobre uma linha reta que partindo do marco bĂĄsico do terreno, segue com direção 75Âş.13´NO, atĂŠ o marco da ĂĄrea constante da matricula do imĂłvel, designada na planta por F-5 e contendo as seguintes mediçþes: partindo do F-5, mede 19,40m na direção 38Âş.01´SO atĂŠ o marco F-6, daĂ­ mede 27,3m-66Âş.56´SO e 5,02m – 67Âş.03´SO atĂŠ o marco F-7, formando essas trĂŞs linhas, a testada do terreno, que dĂĄ para a Estrada Publica do vale Florido; daĂ­ seguindo mede 55,00m-16Âş.29´NO atĂŠ o marco F-40; mede 63,7m-21Âş.50´NO atĂŠ o marco F-12, formando essas duas linhas o lado direito do terreno; mede 18,2m – 34Âş.12´NE atĂŠ o marco F-13; daĂ­ mede 32,3m-85Âş.59´SE atĂŠ o marco F-15 daĂ­ mede 14,2m – 67Âş.32`SE, atĂŠ o marco F-16; daĂ­ mede 15,5m-86Âş.14´SE atĂŠ o marco F-17, formando essas quatro linhas os fundos do terreno daĂ­ seguindo mede 54,7m-4Âş.55´SE ate o marco F-35; daĂ­ mede 37,00m-8Âş.41´SE, atĂŠ o marco F-5, ponto inicial da descrição, fechando o perĂ­metro e formando essas ultimas linhas o lado esquerdo do terreno, que confronta por seus diversos lados com terras do Vale Florido. Terreno cercado, com portĂŁo Ăşnico de garagem em madeira e rampa de acesso, com pavimentação em lajotas de granito. Em plator superior, casa rĂşstica e antiga, com aproximadamente 350m2 de ĂĄrea construĂ­da, composta de sala ampla em dois ambientes, com lareira e piso assoalhado, com cinco portas duplas de pinhos de riga, com caxonetes em pedra, para a varanda, com piso em deck de madeira e 04 (quatro) colunas de ferro fundido, na cor azul. Parte interna, corredor de acesso, banheiro social, com banheira em mĂĄrmore branca, ladrilhos em alto relevo nas cores azul e branco, 03 (trĂŞs) quartos sendo um suĂ­te, todos com portas duplas de pinho de riga, com caxonetes em granito e parapeito em ferro fundido na cor azul, copa/cozinha, com piso cerâmico, com revestimento cerâmico nas paredes, com acesso a dependĂŞncias de empregado, composto de sala e banheiro, com piso em cerâmica em mosaico de cacos, escada de madeira, com acesso a mezanino, onde tem quarto de casal (suĂ­te) com piso em taco, vitro de madeira. Tem ainda na sala, escada de madeira em caracol, com torra de madeira, com mezanino, e acesso a suĂ­te, com quarto com vitro de madeira, com grades de ferro, residĂŞncia com forro em lambri de pinho de riga e telhado, formado por telha colonial. Parte externa, em anexo a casa, piscina, com aproximadamente 13X6 metros, em alvenaria, com revestimentos em ladrilhos brancos e pedras SĂŁo Tome em seu entorno. Na sua lateral em nĂ­vel superior com acesso por escada em declive, em pedras, sauna seca, com sala de repousa, sala de mĂĄquinas da piscina e vestiĂĄrio com dois banheiros, sem louças, com grande inďŹ ltração de ĂĄgua. O imĂłvel necessita de manutenção e conservação, com boas residĂŞncias em seu entorno. O imĂłvel estĂĄ registrado no RGI sob o n. 4.799, CartĂłrio do 11Âş. OfĂ­cio, 6ÂŞ. Circunscrição desta Comarca. O bem se encontra descrito conforme Inicial de . 03, Laudo de Avaliação de . 133/134, Informação de . 155 e RGI n. 4.799, CartĂłrio do 11Âş. OfĂ­cio, 6ÂŞ. Circunscrição da Comarca de PetrĂłpolis/RJ, e vai a Praça nos autos da Ação de Extinção de CondomĂ­nio n. 0001851-36.2006.8.19.0042 (2006.042.001884-1) - 1ÂŞ Vara CĂ­vel. Caso nĂŁo haja licitantes, o bem serĂĄ alienado em 2ÂŞ Praça no dia 10 de novembro de 2011, Ă s 15:00 h., no mesmo local, pelo maior lanço oferecido, respeitando-se o disposto no art. 692 do CPC, com redação dada pela Lei n° 6.851 de 17.11.80. Na forma do que dispĂľe o art. 686 inc V, comunica-se os dĂŠbitos: HIPOTECA em favor de BANCO NACIONAL DE HABITAĂ‡ĂƒO – BNH PENHORAS em favor de: 01) BANCO CREDITO REAL DE MINAS GERAIS S/A - 3ÂŞ. Vara CĂ­vel da Comarca do Rio de Janeiro; 02) BANCO CREDITO REAL DE MINAS GERAIS S/A – Proc n. 1983.001.100244-7, 41ÂŞ. Vara CĂ­vel da Capital; Execuçþes – tudo conforme certidĂŁo junto aos autos Execuçþes conforme certidĂľes junto aos autos. Os dĂŠbitos devidos a Municipalidade IPTU porventura existentes serĂŁo informados pelo Leiloeiro no ato do pregĂŁo e correrĂŁo por conta do arrematante. Fica esclarecido que o bem serĂĄ alienado em estrita conformidade com o disposto nos artigos 705, 686 e seguintes, 1113 e seguintes do CPC com as alteraçþes introduzidas pela Lei n° 8.953/94 e Lei n. 11.382 de 2006. Conforme determina o art. 1118 do CPC, na alienação judicial de coisa comum, serĂĄ preferido: Em condiçþes iguais, o condĂ´mino ao estranho; Entre os condĂ´minos, o que tiver benfeitorias de maior valor; O condĂ´mino proprietĂĄrio de quinhĂŁo maior, se nĂŁo houver benfeitorias. Caso nĂŁo sejam encontrados pelo OďŹ cial de Justiça, ďŹ cam por este INTIMADOS para ciĂŞncia do dia e hora das Praças, suprindo-se assim a exigĂŞncia da Legislação Processual Civil. E, para que chegue ao conhecimento dos interessados, mandei expedir o presente Edital que serĂĄ aďŹ xado no lugar de costume e publicado na forma da Lei. Conforme o Regimento de Custas Forenses, ano 2011, Tabela 07, item 07 - praça ou leilĂŁo Judicial: 5% (cinco por cento) sobre o valor pelo qual forem os bens arrematados, vendidos, adjudicados ou remidos; Notas integrantes: item 6 – Os arrematantes ou adjudicatĂĄrios remissos nĂŁo ďŹ carĂŁo dispensados do pagamento das custas de praça ou leilĂŁo. Os interessados ďŹ cam cientes de que a arrematação far-se-ĂĄ em dinheiro, Ă  vista ou a prazo de 15 dias mediante caução idĂ´nea (art. 690 do CPC), e que no ato da arrematação, adjudicação ou remição, deverĂŁo ser efetuados os seguintes pagamentos: ComissĂŁo do Leiloeiro de 5%, ISS de 0,25% e custas de CartĂłrio de 1% atĂŠ o mĂĄximo permitido por Lei. PetrĂłpolis, 10/08/11. Eu, _________________________, EscrivĂŁ da 1ÂŞ. Vara CĂ­vel, subscrevo. Carlos AndrĂŠ Spielmann Juiz de Direito


quarta e quinta-feira, 12 e 13 de outubro de 2011

MOSELA Na paróquia de São Judas Tadeu a secretaria tem expediente de terça-feira a sexta-feira de 16h30 as 18h30 e os eventos religiosos podem ser informados pelo telefone 2245 7344. O pároco é o padre Luiz Garcia Mello e o vigário paroquial é o padre Nerel Quirino Damasceno.

D

iário nos

B

airros

diarionosbairros@diariodepetropolis.com.br

Trânsito continua caótico Encontro de diretores da AMAC com Charles Rossi visa resolver situação de estacionamentos em Corrêas. Secretário prometeu apoio

Depois de conquistar a dragagem do Rio Piabanha, serviço que está em andamento, a Associação de Moradores e Amigos de Corrêas – AMAC – insiste junto às autoridades na solução do trânsito caótico da área central do bairro. Os diretores da entidade estiveram reunidos com o secretário Municipal de Governo, Charles Rossi, reivindicando apoio. O encontro das lideranças com o secretário foi de forma descontraída. A reunião foi num café da manhã realizado anteontem no Solar Império, no centro histórico da cidade. Na ocasião Charles Rossi prometeu aos diretores da

AMAC uma reunião com a direção da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes – CPTrans – visando à solução do problema. O presidente da AMAC Wladimir Branco Castor, o Mimi, lembrou que ao redor da Praça Luiz Furtado da Rosa, no centro de Corrêas, a situação continua crítica. O estacionamento de carros em diagonal também em frente ao comércio permanece obstruindo a passagem de veículos em trânsito e prejudica a parada dos ônibus no ponto. Ontem, Mimi lembrou que o serviço de dragagem continua sendo executado por uma equipe do Insti-

Três palhaços vão promover a alegria da criançada no sábado quando vai acontecer a Festa das Crianças no Alto Siméria. A programação está prevista para iniciar às 13h e os animadores vão atuar durante toda tarde como a principal atração do evento cujos organizadores estão

prevendo mais de uma centena de pessoas presentes. A promoção é da Associação de Moradores do Alto Siméria – AMAS – e a vice presidente Simone Neves ao anunciar a festa disse que o bolo será bem grande. - Serão trinta tabuleiros ao todo. Também faremos

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

9

ALCOÓLICOS ANÔNIMOS Reuniões de hoje 19h: Grupo 27 de Maio, Rua Bingen, 261. 19h30: 28 de Janeiro, Rua Paulo Barbosa, 180, Centro; Estrela de Araras, Escola Estadual de Araras; Morin, Igreja de Nossa Senhora da Glória; São José do Itamarati, Matriz de São José; Petropolitano, Rua Santos Dumont, 100.

Menores festejam seu dia hoje no Alto da Serra Hoje a partir de 10h a Praça Miguel Couto, no Alto da Serra, vai se transformar em cenário de alegria. Muita animação promete contagiar os menores que vão participar da Festa das Crianças, segundo antecipou o presidente Adão Cristiano de Lima, da Associação de Moradores do Alto da Serra – AMAS – que promove o evento.

Distribuição de brinquedos, doces, salgados e refrigerantes vão acontecer desde o início da festa. Adão Lima informou que os sorteios dos brinquedos serão promovidos por etapas com música tocada através de uma equipe de som. A Banda Marcial da Escola Municipal José Fernandes da Silva também fará uma apresentação especial.

Quitandinha comemora hoje Nossa Senhora Aparecida Paulinho, Mimi, Rossi e Luciano. Encontro para solução de trânsito

tuto Estadual do Ambiente – INEA – atendendo ao pedido do prefeito Paulo Mustrangi. Disse estar satisfeito com as conquistas que a AMAC vem obtendo, além de citar o reconheci-

mento do trabalho sério da entidade, através da opinião pública. No encontro com Charles Rossi estiveram presentes além de Mimi, os diretores Paulo César Abreu e Luciano do Carmo.

a distribuição de cachorro quente, refrigerantes, pipocas e doces – informou. A líder comunitária lembrou que cartazes da festa estão espalhados por toda a região do Siméria e São Sebastião. Ela enalteceu a participação dos moradores que estão colaborando ao

máximo para a realização do evento e citou que a AMAS tem recebido muita ajuda também de autoridades municipais. No final, ao informar que um pula pula será armado somando outra diversão das crianças, Simone Neves agradeceu a todos que estão apoiando.

A procissão de Nossa Senhora Aparecida vai sair da matriz na Avenida Amaral Peixoto, no Quitandinha, as 17h30. O cortejo segue pela Rua Getúlio Vargas, entra na Rua São Salvador, retorna pela Avenida República da Argentina paralela com o lago, volta a Avenida Getúlio Vargas e regressa a matriz onde será celebrada a missa da padroeira as 18h30 pelo pároco Reinaldo Ávila de Moura.

Logo pela manhã haverá a alvorada festiva com queima de fogos e a primeira missa celebrada às 6h. As celebrações seguem durante o dia as 7h30, 9h, 11h Missa dos Motoqueiros, 14h e 16h - Missa dos Enfermos. Durante todo o dia e a noite barraquinhas com comestíveis, bebidas e sorteios de brindes estão à disposição dos fiéis e do público de um modo geral.

Nogueira começa assistir Palhaços vão animar festa das crianças no Alto Siméria exposição de reciclagens Começa hoje a exposição do Projeto Procurando Saber no Centro Cultural Estação Nogueira. O evento reúne trabalhos de reciclagem executados por menores do bairro e região e o tema da mostra deste ano eles deram o título como “Mais” referindo-se ao que aprenderam no decorrer de 2011 e o que ainda podem aprender. O Palácio de Cristal e

a Estação de Nogueira são dois dos trabalhos feitos com reciclagem de jornais. O Projeto Procurando Saber é uma iniciativa da moradora Ieda Bastos que reúne os menores na sua residência da Rua São Paulo onde eles mesmos demonstram querer tomar conhecimento de trabalhos sempre com reciclagens de materiais descartáveis.

Tranqüilidade

para a sua empresa

Contabilidade de última geração, sistema avançado de informática Escrita Fiscal – Rotinas Trabalhistas e Folha de Pagamento Sistemática Departamento Jurídico – Direito Cível – Direito Trabalhista Projetos Econômicos – Análise de viabilidade e capacidade de sua empresa – Administração de Bens e Serviços – Corretagem e Administração de Imóveis – Equipe com treinamento especializado Direção Técnica: Márcio Tesch Economista – Corecon 10582 Advogado – OAB/RJ 59.566 Tec. Contab. – CRC/RJ 25.384-0

Rua do Imperador, 772 – Gr 105/106 – Centro Petrópolis – RJ. Tel/Fax: (024) 2231-6212 / 2231-3322

Leia e assine o diário de petropolis Tel:

2246-3807


10

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

quarta e quinta-feira, 12 e 13 de outubro de 2011

cidade

Festa de São Pedro terá butique da juventude Em comemoração ao dia do padroeiro de Petrópolis, São Pedro de Alcântara, dia 19 de outubro, a Catedral de Petrópolis realiza todos os anos uma festa com barracas ao redor da igreja. Nesse ano o evento começa no dia 15 e vai até o dia 19/10. São 9 barracas de alimentação com comidas típicas: Alemanha, Portugal,

Itália, Líbano, Japão, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Lanchonete da Família, Barzinho; 1 barraca da Boutique da Juventude; 1 barraca Diverlândia; e mais 7 barracas de artesanato petropolitano espalhadas ao redor da Catedral São Pedro de Alcântara, somando um total de 18 barracas para alegrar os festejos.

Programação Sábado - 15/10 17h - Santa Missa de abertura seguida de benção das barracas. Domingo – 16/10 9h30 – Santa Missa com as crianças da paróquia, celebrada pelo padre Jac (pároco da Catedral); 11h30 – Missa celebrada pelo padre Alexandre Brandão (vigário paroquial) com participação do Coral Municipal de Petrópolis – regência do maestro Paulo Afonso Filho. Após a missa, almoço nas barracas típicas. Segunda-feira – 17/10 8h – Santa Missa; 18h – Funcionamento de todas as barracas; 19h – Santa Missa com participação dos cursilhistas de Petrópolis. Terça-feira – 18/10 8h – Santa Missa; 18h – Funcionamento de todas as barracas; 19h – Santa Missa em comemoração ao Dia do Médico e com a Renovação da Aliança de Amor do Movimento da Mãe Peregrina; 20h – O grupo Petrópolis em Serenata, sob direção de José Lacerda e com apoio da Fundação de Cultura e Turismo de Petrópolis, se apresenta caminhando por toda a festa, passando de barraca em barraca. Quarta-feira – 19/10 – Dia de São Pedro de Alcântara – Padroeiro de Petrópolis 8h – Santa Missa com as crianças da cidade, celebrada pelo padre Jac. Após a Missa, funcionamento das barracas por todo o dia. 9h30 – Apresentação de Bandas Escolares; 15h – Santa Missa pelos enfermos, celebrada pelo padre Francisco – com coleta para a Oficina de Jesus; 16h30 – Apresentação de Bandas Escolares; 19h – Missa Festiva do Padroeiro presidida pelo bispo Diocesano, Dom Filippo Santoro, com apresentação do Coral das Meninas Cantoras de Petrópolis – regência do maestro Marco Aurélio Xavier; 22h – Encerramento dos festejos.

Um grupo de capoeira se apresentou na praça central de Areal

Estácio de Sá abre cursos à distância para arealenses A Universidade Estácio de Sá, campus Petrópolis, marcou presença em Areal. Em parceria com a prefeitura, a instituição esteve presente com um estande no centro da cidade. Quem passou por lá pode conhecer os cursos da instituição e realizar o vestibular, para os cursos presenciais e à distância. O evento contou com a presença do prefeito, Laerte Calil, e dos secretários de Meio Ambiente, Gilvan Torrão; e de Educação, Jussara Jardim. Além das inscrições, houve apresentação do grupo Abadá, de capoeira, e recreação infantil, realizado pelas estagiárias do curso de Pedagogia . O principal objetivo foi proporcionar a oportunidade

para os arealenses realizarem a prova mais perto de casa. Os cursos à distância terão início já no mês de outubro. A Estácio oferece aproximadamente 70 cursos de graduação, nas áreas de engenharia e tecnologia, saúde e ciências biológicas e sociais. - Esta é uma parceria de extrema importância tanto para a Estácio, que tem a oportunidade de promover a formação profissional dos jovens através de um ensino de qualidade, quanto para prefeitura que investe na educação e qualificação dos munícipes de Areal, inclusive oferecendo transporte gratuito para os que optam pelos cursos presenciais - declarou a gerente comercial da universidade, Deise Andrade.

Mural em braile é destaque na Feira de Ciência e Tecnologia n MCT - Assessoria

Um mural eletrônico voltado para a inclusão social de pessoas com deficiência visual ou auditiva será destaque no estande do Instituto Nacional de Tecnologia (INT/MCTI) na Tenda da Ciência de Petrópolis (RJ), integrando as atividades da Semana Nacional de Ciência & Tecnologia 2011. A atração estará aberta aos visitantes nos dias 17 a 20, com entrada gratuita, no campus do Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC/MCTI).

Desenvolvido pela área de Gestão da Produção do Instituto Nacional de Tecnologia (INT/ MCTI), o Mural Eletrônico Braille apresenta texto nessa linguagem destinada a pessoas com deficiência visual, juntamente com o detalhamento sonoro da informação. Para as pessoas com deficiência auditiva, a ferramenta tem o reforço da interpretação em libras (linguagem de surdos e mudos), sendo acionada pelo programa Sigesc AVA. O aparelho integra o projeto Escola Inclusiva, que desenvolve

tecnologias de acessibilidade na rede pública de ensino do município de Niterói. Os visitantes do estande do INT na tenda de Petrópolis poderão ainda participar do Quiz Tecnológico, um jogo interativo de perguntas e respostas contendo informações históricas e atuais sobre Ciência, Tecnologia e Inovação, com foco na atuação do Instituto. Destinado principalmente a estudantes, a partir da segunda fase do ensino fundamental, a atividade possui três níveis de dificuldade e envolve cinco

participantes por vez, que escolhem eletronicamente as opções mostradas na tela. A programação da Semana Nacional de C&T do INT, também inclui uma palestra especial do ciclo Terças Tecnológicas, no dia 18, no Rio de Janeiro. Fazendo referência ao tema central da semana – “Mudanças climáticas, desastres naturais e prevenção de risco” – o evento abordará propulsão elétrica e mobilidade urbana no Rio de Janeiro, mostrando alternativas para o uso de energias limpas.

Palestra sobre gestão da qualidade reúne 70 empresários no Sicomércio Cerca de 70 empresários participaram da palestra “Otimizando suas vendas – A Gestão da Qualidade junto aos Processos e os Clientes”, promovida pelo SICOMÉRCIO (Sindicato do Comércio Varejista de Petrópolis). No encontro, o instrutor Rui Stockinger falou sobre os controles que propiciam a gestão da qualidade total nos negócios e nos processos de trabalho. O evento foi destinado aos empresários que desejam qualificar suas equipes por meio do conhecimento sobre os conceitos da qualidade total nos negócios, além de métodos como a motivação dos funcionários e a fidelização dos clientes. - Muitas vezes, por cultura, sentimos que o planejamento e a qualidade acabam não sendo colocados na prática - afirmou Stockinger. A apresentação também abordou temas como a definição do público alvo dos produtos e serviços oferecidos e a avaliação dos critérios de qualidade nos processos de trabalho e na relação e fideli-

Fotos: Divulgação

O evento foi destinado aos empresários que desejam qualificar equipes por meio do conhecimento

zação dos clientes, como motivar a equipe para melhorar as vendas da empresa, além de explicar estes conceitos.

A palestra foi gratuita. O palestrante Rui Stockinger é psicólogo, psicoterapeuta, consultor de organizações,

gestor em saúde mental, escritor e professor das Universidades Gama Filho e Arthur Sá Earp Neto (Fase).

Museu Imperial se ilumina de rosa para campanha contra o câncer de mama O Museu Imperial está prestes a integrar um hall que inclui monumentos como o Cristo Redentor (Brasil), o Coliseu (Itália), o Arco do Triunfo (França) e a Casa Branca (EUA). Assim como já ocorreu com todos eles, o Museu será iluminado de rosa, entre os dias 13 e 29 de outubro, para conscientizar a população sobre o câncer de mama, no projeto internacional Outubro Rosa. O Outubro Rosa tem seu nome originado do laço cor de rosa que simboliza a luta contra o câncer de mama, através da prevenção e do diagnóstico precoce, e estimula a participação da popu-

O Museu Imperial será iluminado em alusão ao Outubro Rosa

lação, empresas e entidades. Iniciado nos Estados Unidos, o movimento ganhou o mundo e já iluminou de rosa dezenas de edificações e monumentos em diversos países.

Além da iluminação, o Museu também abrigará outra atividade do projeto. No dia 29 de outubro, sábado, às 19h30, será apresentada no Cine Teatro Museu Imperial

a peça “Guerreira, seu nome é mulher”, de Zuzu Sarandon, com ela e Marise Fernandes no elenco. O espetáculo aborda duas mulheres e os desafios da vida, incluindo infância, adolescência, descobertas, relacionamentos, preconceito, casamento, gravidez, trabalho, sonhos e o câncer. O evento será gratuito, com retirada de convites antecipados na bilheteria do Museu. O Outubro Rosa é realizado em Petrópolis pela Associação Petropolitana dos Pacientes Oncológicos (APPO) em parceria com o Museu Imperial e outras entidades da cidade.


quarta e Quinta-feira, 12 e 13 de outubro de 2011

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

11

Economia

Fazenda vai rever estimativa do PIB deste ano Fotos: Divulgação

O relator, senador Vital do Rêgo, reduziu a participação da União

Participação da União nos royalties pode ser de 40% n Priscila Mazenotti e Marcos Chagas/ABr

O relator do projeto que trata da distribuição dos royalties do pré-sal, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), reduziu ainda mais a participação especial a que a União tem direito, passando de 46% para 40%. Hoje, esse percentual é de 50% e o governo já havia aceitado reduzir em 4 pontos percentuais. - Houve ajuste nos valores da União. O Congresso Nacional concorda com esse ajuste - disse Vital do Rêgo, depois de reunião com os parlamentares que fazem parte da comissão especial criada para definir o texto do projeto. O senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES), representante dos estados produtores de petróleo, disse que o problema “estará resolvido”, caso o governo aceite a proposta de reduzir para 40% o percentual da participação especial do governo. Segundo ele, essa medida permite equacionar a conta para chegar aos R$ 8,5 bilhões reivindicados pelos estados não produtores. Na segunda-feira, Vital do Rêgo deverá receber as

últimas sugestões ao projeto antes da apresentação final do texto. O senador disse que conseguiu distribuir percentualmente as partes correspondentes aos estados produtores e não produtores e à União. O problema agora, assinalou, é quanto à evolução da receita. - Serão R$ 12 bilhões para estados e municípios produtores, R$ 8,5 bilhões para estados e municípios não produtores e R$ 8 bilhões para a União - disse Vital do Rêgo. - A evolução da receita é que está trazendo o principal núcleo da discórdia. Constará no relatório os royalties e a participação especial relativa às áreas não licitadas e às áreas já licitadas. Esse ponto causa divergência entre parlamentares de estados produtores de petróleo. - Não aceitamos discutir o que já foi licitado. Semana que vem vamos apresentar uma proposta nesse sentido - disse o deputado Alessandro Molon (PT-RJ). A votação do projeto está inicialmente marcada para quarta-feira (19) no Senado. Se for aprovado, o texto seguirá para a Câmara.

Ministro diz que Grécia vai permanecer na UE n Cláudia Machado

Correspondente

Atenas - A Troika, grupo de inspetores do Fundo Monetário Internacional (FMI), da União Européia (UE) e do Banco Central Europeu (BCE), concluiu ontem a visita que decidirá sobre a liberação para a Grécia da sexta parcela de 8 bilhões de euros, que faz parte do primeiro pacote de 110 bilhões de euros aprovado em maio de 2010. O ministro das Finanças grego, Evangelos Venizelos, descartou qualquer anúncio de que os gregos sairão da União Européia. Reunido durante três dias com os inspetores, Venizelos, disse que a Grécia é e sempre será um membro da União Européia e do Euro. Segundo o ministro, só ficaram pedentes detalhes técnicos com os inspetores. Estima-se que a Troika divulge sua decisão na última semana de outubro. Enquanto isso , paralizações, greves e manifestações são realizadas diariamente em Atenas. Na última segunda-feira, to-

dos os meios de transportes públicos e funcionários de vários ministérios entraram em greve. Os trabalhadores protestam contra os severos cortes de salários, demissões em massas e aumento de impostos. As greves gerais também estão atingindo o turismo. Além dos meios de transportes públicos entrarem em greve ao menos duas vezes por semana, o tráfego aéreo vem sendo paralisado. Como se não bastasse, a capital enfrenta a sujeira. Toneladas de lixos estão espalhados por Atenas, devido a paralisação dos catadores de lixo. Hoje e amanhã, nenhum sítio arqueológico do país abrirá, também estão sendo anunciadas greves por três dias nos postos de gasolina devido aos aumentos nos impostos dos combustíveis. Na próxima quarta-feira, 19, outra greve geral foi anunciada pelos sindicatos. Como as greves tornaram-se fato do cotidiano grego, um site com informações do que funciona ou não no país pode ser acessado no www.apergies.gr.

n Pedro Peduzzi/ABr

O Ministério da Fazenda estuda a possibilidade de rever a projeção de crescimento da economia este ano. De acordo com o secretário executivo da pasta, Nelson Barbosa, depois de o Banco Central reduzir para 3,5% a sua estimativa de expansão do Produto Interno Bruto (PIB) em 2011, a projeção de crescimento poderá ser revista para algo entre 3,5% e 4%. - Nossa projeção [de crescimento da economia] consta do Orçamento que mandamos este ano e está em 4,5%. O Banco Central recentemente soltou uma projeção de 3,5%. Nossa projeção agora está sendo reavaliada. Está hoje em torno de 4%, mas acredito que o crescimento [da economia brasileira em 2011] está entre 3,5% e 4% - disse o secretário, que ocupa interinamente o cargo de ministro da Fazenda, enquanto Guido Mantega participa da reunião do G20, na Europa. Barbosa garantiu que, apesar das revisões previstas para a projeção de crescimento da economia em 2011, ainda não é o momento de reavaliar a estimativa para 2012. - Para o ano que vem, a

Nelson Barbosa disse que a projeção está sendo reavaliada após a redução da estimativa do BC

gente mantém a projeção de 5%, que é o que está no Orçamento. Vamos reavaliar essa projeção, mas no momento correto, dentro da tramitação do Orçamento no Congresso Nacional. Esse crescimento que apresentamos é uma estimativa inicial e, até a promulgação do Orçamento, essa estimativa será revisada junto

com a assessoria econômica do Congresso Nacional. Barbosa reafirmou a confiança do governo na prorrogação da Desvinculação de Receitas da União (DRU) pelo Congresso Nacional, nos termos em que foi proposta. - Até porque ela tem viabilizado uma política econômica bem-sucedida, e o momento

internacional recomenda que a gente continue com essa flexibilidade, que é utilizada de modo transparente por parte do governo. A DRU permite ao governo definir livremente a destinação de 20% do Orçamento. As discussões na Câmara visam a analisar sua prorrogação até o final de 2015.

Projeção para crescimento da indústria em 2011 cai para 2,2% n Jorge Wamburg/ABr

A projeção da Confederação Nacional da Indústria (CNI) para o crescimento do setor em 2011 passou de 3,2% para 2,2%. A previsão da entidade para o desempenho do Produto Interno Brasileiro (PIB) também teve redução, de 3,8% para 3,4%. A razão para o menor crescimento está, principalmente, na menor expansão da indústria de transformação, de acordo com o Informe Conjuntural divulgado ontem pela entidade, em Brasília. A indústria continua sendo o setor mais afetado da economia na atual situação de desaceleração, segundo o estudo da CNI. A expansão do PIB

industrial do segundo trimestre de 2011 foi “irrisória” (0,2% ante o trimestre anterior), de acordo com as Contas Nacionais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), diz o Informe Conjuntural. Nos dois primeiros meses do terceiro trimestre, a produção industrial não mostrou recuperação: cresceu 0,3% em julho e caiu 0,2% em agosto, na comparação com os respectivos meses anteriores. A forte competição internacional dos produtos importados continua a prejudicar o setor, bastante afetado também pela valorização cambial nos primeiros oito meses do ano, segundo o gerente executivo da Unidade de Política Econômica da CNI, Flávio Castelo Branco.

Flávio Castelo Branco culpa a forte competição internacional

O Informe Conjuntural do terceiro trimestre faz a revisão das expectativas da entidade sobre a economia brasileira em 2011. Entre outros indicadores, além das previsões sobre o desempenho do Produto Interno Bruto (PIB) e do PIB industrial,

o documento faz a análise sobre a situação atual e projeções do consumo e dos investimentos. Inclui também as expectativas para o comércio exterior, a inflação, os juros, o câmbio e as contas do setor público em 2011.


12

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

quarta e quinta-feira, 12 e 13 de outubro de 2011

ESPORTES

esportedp@gmail.com

Pan de Guadalajara terá corredor da Pé de Vento O atleta da equipe Pé de Vento, Giovani dos Santos, viajou neste domingo, (9) para o PanAmericano de Guadalajara. Após aproximadamente dois meses se preparando para a competição mais importante das Américas, ele viajou para San Luiz de Potosi, no campo La Loma, onde a seleção de atletismo está fazendo a aclimatação. Giovani ficará lá até o dia 19, quando embarca com a delegação brasileira para Guadalajara. Giovani vai disputar os 10 mil metros pista no Pan; e perto de uma competição como essa é inevitável lembrar por tudo que ele já passou. O atleta trabalhou como lavrador, teve problemas com o alcoolismo e dificuldades financeiras. Hoje, aos 30 anos, ele viaja para a competição mais importante de sua curta carreira, de um pouco mais de dois anos. - Eu já passei por muitas dificuldades na minha vida, tive problemas financeiros, na

família e graças ao esporte hoje eu estou bem, vivo uma fase boa e estou muito feliz de poder estar representando o Brasil nesse Pan-Americano. Hoje, eu estou bem na minha carreira e também na minha vida pessoal - relembra o atleta. Em 2004 Giovani já corria, porém não levava o esporte a sério e não tinha resultados considerados muito bons. Porém, isso mudou quando ele conheceu o treinador da Pé de Vento, Henrique Viana. O atleta vivia em Natércia, MG, sua cidade natal, o treinador levou Giovani para Petrópolis, onde ele vive e treina até hoje. - Ele me ajudou muito, hoje eu devo tudo a ele e tenho que agradecer muito pela ajuda que ele me deu e por ter apostado em mim mesmo sem eu ter tempos muito bons na época - lembra Giovani. Hoje, vivendo seu melhor momento na carreira, sendo o

atual campeão Sul-Americano, ele sabe que não chega entre os favoritos ao ouro, porém ele acredita que pode surpreender. - Eu sei que eu não chego apontado como favorito, que terei adversários fortes, mas acredito em mim e no meu potencial e sei que se eles derem bobeira eu posso aparecer lá no pódio. Meu objetivo é ganhar a medalha de ouro afirma o convicto corredor. O treinador de Giovani concorda com o atleta e acredita que ele possa surpreender. - Ele tem quatro adversários com boas chances, mas um deles foi derrotado por ele no Sul-Americano. O Giovani tem uma grande vantagem, pois ele não se intimida diante dos grandes desafios e sempre se supera. Acredito que lá na hora da prova ele vai se superar mais uma vez e surpreender os adversários - explicou Henrique Viana.

Luiz Doro-Adorofoto

Giovani dos Santos se preparou por dois meses para disputar a competição em Guadalajara

SUPER TENNIS GOURMET PRÁ MARCAR HISTÓRIA - Realmente desta feita o super casal Paulo Areas e Tânia, com toda a galera que apoia diretamente o Tennis Gourmet acertou em cheio e mandou muitíssimo bem. Tanto que o hiper sucedido evento teve fôlego para acontecer na noite de sexta e ter um bis no domingo, com mais de 100 pessoas nos dois dias, prestigiando a infindável quantidade e qualidade dos quitutes oferecidos aos presentes. Certamente esse Tennis Gourmet marcou história. E o casal 20 do tênis petropolitano não para, já programou para novembro uma super noite italiana em homenagem ao Petrópolis Gourmet e ao ano da Itália no Brasil, além de estar preparando um super haloween, surpresa para a galera e uma festança de confraternização de final de ano. Sucesso total e absoluto, citar os presentes nos dois eventos seria simplesmente transformar nossa coluninha em uma verdadeira lista telefônica. Encerramento do Tesão - E será no próximo dia 23 o encerramento da Olimpíada mais aguardada anualmente pelos tenistas e amigos da turma do tubarão, no

Valparaíso. Haverá pela manhã a última competição da Olimpíada que reúne modalidades como o futsal que será realizada neste dia, o bolão que aconteceu na Sociedade Coral Concórdia, que completa este ano nada mais nada menos que 148 anos de existência, do basquetebol e tênis de campo que são jogados também na sede do Petrô, na Avenida Portugal. No horário do almoço um super churrasco de confraternização da galera, com premiação para os destaques além das bandeiras que qualificarem-se em primeiro e segundo lugar. Parabéns ao simpático Tomás Frey criador do Tesão e ao Vitor Hugo coordenador mór do grande evento. ABERTAS INSCRIÇÕES PARA A COPA UNIMED OPEN - Frederico Frias comunicando que estão abertas as inscrições para a quarta etapa da Copa Unimed Open que acontecerão no Clube Campestre de Nogueira de onde tivemos notícia que o querido professor Fábio Soares seria candidato a eleição do clube substituindo o também querido amigo de todos, o boa gente Eduardo Leite. Conte com a coluna. MAIS UMA DERROTA

DO BELLUCCI- Não está sendo nada boa essa temporada para o tenista número1 do Brasil Thomaz Bellucci, nosso compatriota que não consegue se adaptar de forma alguma ao piso duro, como ele mesmo relata, sofreu sua segunda derrota na primeira rodada na temporada asiática. Bellucci que havia sido derrotado em Tóquio desta vez caiu na primeira rodada de Xangai. Dureza. TORNEIO HOSPITAL SANTA TERESA DE TENIS - Tenistas da Cidade animadíssimos com o Toneio Hospital Santa Teresa de Tênis, que será realizado na Academia Locatelli, o diretor do H.S.T. Vinícius animadíssimo com a boa repercussão da competição estará presente para dar aquela força aos tenistas, além claro de Arnaldo Rippel, ortopedista da casa, que está dando a maior força para a competição. PENA QUE A CHUVA ESTEJA APERTANDO, pois seria mais um dia de quadras lotadas na cidade, mas pelo menos a quadra coberta do Petropolitano deverá receber um grande contingente de tenistas nesse feriado de 12 de outubro. Fiquem com DEUS e até sábado.

diariodepetropolis  

artigos, cidade, colunistas, esportes

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you