Page 1

Diário

de Petrópolis 56 anos

E-mail: redacao@diariodepetropolis.com.br

Site: www.diariodepetropolis.com.br

Preço do exemplar: R$ 1,20

Nº 15.885 - Sexta-feira, 1 de julho de 2011

desabrigados das chuvas

Divulgação

438 casas começam a ser construídas em agosto Banco Central comemora superávit histórico A economia feita pelos governos federal, estaduais e municipais para pagar os juros da dívida pública, o superávit primário, em 12 meses encerrados em maio, R$ 126,639 bilhões, é a maior da série histórica do BC, iniciada em 2001. O resultado está acima da meta para o ano. Segundo o chefe do Departamento Econômico do BC, Tulio Maciel (foto), o resultado mostra uma situação de normalidade. (Página 10)

Escolas devem municipalizar anos iniciais até 2015

As obras para construção de 438 casas para os desabrigados das chuvas começarão até o início de agosto, segundo o secretário de Trabalho, Assistência Social e Cidadania, Luís Eduardo Peixoto, durante audiência pública na UCP. A Caixa Econômica Federal, que executará as obras, já aprovou três dos seis terrenos apresentados pelo município ao governo do estado: em Benfica, Mosela e no Vale do Cuiabá. (Página 3)

Divulgação

O bispo da Diocese de Petrópolis, Dom Filippo Santoro, discursa durante audiência pública sobre a assistência aos desabrigados pelas chuvas

Petropolitanos aproveitam o feriado para prestigiar a 22ª Bauernfest Vagner Batista

(Página 8)

Nesta edição

Dora Kramer Página 3 O comparecimento dos petropolitanos agradou aos comerciantes, que esperam mais visitantes no fim de semana

No feriado municipal do Dia do Colono Alemão, os petropolitanos aproveitaram para visitar a Bauernfest. Os comerciantes que alugaram uma barraca na festa comemoram os bons resultados e esperam que o movimento aumente até domingo, último dia do evento. Quem optou por fazer compras, encontrou as lojas do Centro Histórico e do Polo de Modas do Bingen abertas, somente a Rua Teresa não funcionou no feriado. Segundo José Aníbal dos Prazeres, diretor do Sindicato dos Comerciários, 202 lojas funcionaram normalmente e o movimento foi (Página 5) tranquilo.

luto

Emoção no enterro de Álvaro Bastos O enterro do jornalista Álvaro Carneiro Bastos, na manhã de ontem, no Cemitério Municipal de Petrópolis, foi marcado por muita emoção. Álvaro morreu no início da madrugada da última quarta-feira e deixou a esposa, três filhos e dois netos. (Página 5)

agenda A diretoria do Sesc Quitandinha recebeu a imprensa petropolitana para uma coletiva ontem, acompanhada de um café da manhã, para explicar quais serão as atrações do Festival de Inverno da entidade, que começa no próximo dia oito e segue até 31 de julho, no Sesc e em outros locais da cidade. (Página 6)

bairros Depois de muitos anos, os trabalhadores rurais dos bairros Caxambu e Brejal vão ter confirmada a fundação de um sindicato da categoria. A confirmação é da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Rio de Janeiro – FETAG/RJ – ao anunciar encontro com as lideranças do campo nas duas localidades com data ainda a ser marcada. (Diário nos Bairros, página 9)

Esportes

Familiares e amigos acompanharam o sepultamento do jornalista, que morreu aos 58 anos de idade

A diretoria do Serrano divulgou o planejamento do clube para a sequência do ano de 2011. Agora, o Leão da Serra se concentra no Campeonato de Juniores, em agosto. (Página 12)


2

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

Adeus, Professor Paulo Renato! n Raul Christiano

E

stou chocado com a morte de Paulo Renato Costa Souza, um homem que aprendi a admirar quando passei a conhecer a sua capacidade de trabalho e dedicação na Secretaria de Estado da Educação de São Paulo, durante o governo de Franco Montoro, em 1985. Dez anos mais tarde, no governo Fernando Henrique Cardoso, tive a honra de fazer parte da sua equipe no Ministério da Educação em Brasília. No começo da madrugada deste domingo (26), fui avisado pela também amiga Gilda Portugal Gouvea, que Paulo Renato passava o feriado em um hotel no município de São Roque e teve um infarto fulminante. Registrei o meu primeiro impacto de tristeza no twitter. Repassei a informação por telefone a colegas da nossa equipe de trabalho dos últimos 25 anos. Começo a ler as repercussões na internet e na Globo News. Mas confesso que até agora minha ficha não caiu. Relembro a morte do ex-prefeito de Campinas e também amigo de Paulo Renato, José Roberto Magalhães Teixeira (Grama), em 1996. Ambos eram muito ligados, mas quando Grama morreu, depois de enfrentar doença que fragilizava o seu organismo, Paulo Renato me pediu que o ajudasse a escrever um artigo sobre a importância dele para Campinas e para o nosso campo de atuação política, que seria publicado na Folha de São Paulo. Estou tão catatônico quanto daquela vez. Não vamos mais comemorar juntos o nosso aniversário no dia 10 de setembro (ele completaria 66 anos em 2011), meu sempre chefe, meu grande amigo. Acompanho os movimentos dessa madrugada longa, estancando a minha emoção com a leitura e com essa tentativa de registrar a minha angústia. Os anos passam em minha mente como numa retrospectiva. Quando Paulo Renato assumiu o MEC, no primeiro dia do governo FHC, permanecendo no cargo até a despedida do presidente em janeiro de 2003, fez história, como o ministro da Educação mais longevo desde Gustavo Capanema, na Era Vargas. Paulo Renato ocupou o segundo lugar em permanência a frente do MEC em toda a história do Brasil. Mas nunca antes na história deste país houve um ministro da Educação que promovesse mais mudanças do que Paulo Renato. Gaúcho, economista e professor universitário na Unicamp, Paulo Renato foi catapultado para transformar a coisa pública durante o governo restaurador de São Paulo (Franco Montoro). Nesse período assessorou José Serra na Secretaria de Estado do Planejamento, dividindo sala com Barjas Negri (atual prefeito de Piracicaba) e Raul do Valle (atual assessor da secretaria de recursos hídricos do Estado). Depois assumiu a presidência da Prodesp (Companhia Estadual de Processamento de Dados), a Secretaria da Educação e a reitoria da Unicamp. Quadro técnico de primeira foi para Washington, responder pela Vice-Presidência de Operações do BID (Banco Interamericano para o Desenvolvimento), de onde retornou para coordenar o programa de governo do então candidato a presidente da República, FHC. No MEC, comandou a Educação como uma urgência do Brasil, priorizando o ensino fundamental, com a criação do Fundef (Fundo de Desenvolvimento da Educação e Valorização do Magistério), a nova LDB (Diretrizes e Bases da Educação), os Parâmetros Curriculares Nacionais, o Dinheiro Direto na Escola, a Bolsa Escola Federal. Não foi fácil lidar com as corporações universitárias, que ele atendeu com um amplo programa de equipamentos e modernização do ensino superior, com incentivo à docência de mestres e doutores que sempre usufruíram dos programas de bolsas da Capes e do CNPq, além criar a implantar um programa nacional de avaliação das universidades públicas e privadas. Cada peça mexida na engrenagem da educação nacional gerava tensão, incompreensão política, reacionarismo principalmente do PT que votava contra todas as iniciativas do MEC no Congresso Nacional. Paulo Renato entra para a história como o ministro que universalizou o acesso das crianças na escola, encerrando o governo FHC com 98% delas matriculadas e com material didático compatível com as suas idades-séries de aprendizado. Paulo Renato era o meu candidato preferido a presidente da República nas eleições de 2002, mas ele não teve os apoios necessários dentro e fora do PSDB e do próprio governo. Pensou em eleições somente em 2006, quando se candidatou a deputado federal pelo PSDB e se elegeu com mais de 120 mil votos. No Congresso Nacional, a sua integridade pública e autenticidade política falaram mais alto, principalmente quando revelou a todos nós o descompromisso da maioria do parlamento brasileiro com a Educação. Decepcionado, deixou a Câmara dos Deputados para assumir novamente a Secretaria de Estado da Educação de São Paulo, no governo de José Serra, com ânimo de não voltar mais ao mandato ou de disputar a reeleição. Nos últimos tempos, Paulo Renato havia se afastado das atividades governamentais e partidárias. Nossa última conversa sobre o tema me desanimou e angustiou. Ele disse que radicalizaria na sua dedicação às consultorias privadas e me pediu para dizer que não militaria mais no partido, nada especificamente contra o PSDB, mas porque já não acreditava tanto que era possível realizar mudanças somente pelo caminho da política, dos partidos, do parlamento. Agora, Paulo Renato morre, sem se despedir. Sei que a história fará justiça aos seus feitos! Descanse em paz, Paulo Renato! n Jornalista, escritor, poeta e professor universitário. Foi Secretário Particular e Assessor Especial do Ministro da Educação (Paulo Renato Souza)

sexta-feira, 1 de julho de 2011

A pergunta n Delfim Netto

A

grande pergunta a ser feita à sociedade brasileira (e, em particular, ao poder incumbente de plantão) é: como vamos proporcionar empregos de boa qualidade a quase 150 milhões de cidadãos com idade entre 15 e 65 anos que viverão em 2030? Talvez seja bom recordar alguns preliminares: 1) Nossa memória é curta e nosso entusiasmo é grande. Esquecemos que “quebramos” duas vezes nos últimos 16 anos (1998 e 2002) e fomos socorridos pelo FMI para honrar nossos compromissos externos, o que garantiu a continuidade de nossa democracia; 2) Todas as crises que abortaram o crescimento

do Brasil nos últimos 50 anos foram produzidas por dificuldades no financiamento do deficit em contacorrente ou por uma crise de energia; 3) A grande mudança da situação externa não foi resultado de particular melhoria na política macroeconômica. Foi consequência da expansão mundial (da China, especialmente), que aumentou a demanda dos produtos que estávamos preparados para exportar (alimentos e minérios), cujos preços beneficiaram-se, adicionalmente, de um fantástico aumento. Parte importante de tal aumento deve-se à desvalorização do dólar promovida pela política monetária americana. Tais setores são poupadores de mão de obra. Suas cadeias de serviços são suscetíveis de serem ampliadas, mas absoluta-

mente incapazes de dar resposta à grande pergunta. É uma grave ilusão supor que nada vai mudar nos próximos 20 anos. A “oferta” de alimentos e minérios está sendo estimulada em quase todos os países, inclusive pela própria China. Não existe, portanto, razão para acreditar que o nosso modelo agromineral-exportador induzido seja bem sucedido no longo prazo. Além do mais, quem pode garantir que a China manterá, por mais 20 anos, a estrutura política atual (que já dá alguns sinais de fadiga)? A alegre aceitação dessa “nova” divisão internacional do trabalho (para a China a indústria, para a Índia os serviços e para o Brasil alimentos e minérios) põe em risco o futuro da economia brasileira

como necessário instrumento de construção de uma sociedade mais justa, com pequeno desemprego e suficiente emprego de boa qualidade em 2030. Precisamos aproveitar a oportunidade (os bônus!) dos setores agrícola e mineral (o pré-sal) para nos livrar da trágica dependência externa e impedir que o pré-sal nos leve a outra dependência. O que precisamos mesmo para responder à grande pergunta é continuar a aproveitar com inteligência os dois “bônus” e dar condições isonômicas a nossos empresários e trabalhadores para que construam o mercado interno que vai assegurar os bons empregos para nossos filhos e netos. n Ex-ministro da Fazenda

Muito obrigado, Paulo Renato n Demóstenes

Torres

G

rande parte dos jovens que estão ingressando agora na universidade perdeu no fim de semana o responsável por essa conquista, Paulo Renato Souza. Como ministro da Educação nos mandatos de Fernando Henrique Cardoso, Paulo Renato foi eficiente nas duas pontas, ao cuidar das crianças que começam a busca pelo conhecimento e ampliar as vagas no terceiro grau para quem atravessa o funil – alargado por ele. Assim, o Brasil agradece a esse grande benfeitor da humanidade, que um dia será reconhecido inclusive nos livros escolares. Ele próprio, avesso ao pavoneamento, seria contra. Jamais estamparia no material dos alunos qualquer louvação a governo ou seus integrantes, muito menos o festival de aberrações ora imposto. O que se viu, após sua saída, foi a instrumentalização do ministério a ponto

de as obras distribuídas pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação bajularem o presidente da República e exibirem cartazes de seus feitos. Paulo Renato dedicouse à entrada da criança na escola, oferecendo oportunidade para nenhuma ficar fora da sala de aula, e à qualidade do que ela receberia durante os estudos. Era do que mais se orgulhava, de apresentar a chance a todo pai de ter uma carteira escolar à disposição do filho. Para acabar com a antiga política segundo a qual “o governo finge que paga, alguns fingem que ensinam e o aluno finge que aprende”, criou os mecanismos de aferição. Os exames de desempenho confeririam o que o estudante aprendeu, não sua capacidade de organizar passeatas e registrar ONGs. O Sistema de Avaliação da Educação Básica funcionou como balizador de investimentos pessoais e de estrutura, tanto os que estavam sendo aplicados quanto os que serviriam

aos novatos. O Exame Nacional de Cursos teve tamanho êxito que nem com seus detratores assumindo o poder apareceu coragem para extingui-lo – mudaram o nome, estabeleceram a doutrinação, mas rejeitaram a desfaçatez de o deletar. O motivo é simples: além de inovador, o Provão passou no teste da eficiência. As notícias ruins surgiriam depois, com o agora desmoralizado Enem. O balanço macro de sua gestão aponta para um sucesso estrondoso. Traduzindo os números, as matrículas em todas as fases cresceram ano a ano, reduziu o analfabetismo, premiou o mérito, valorizou o professor, agigantou o fundamental. A universidade chegou aos rincões. Os profissionais da Educação tiveram acesso à licenciatura. Um dos efeitos da formação superior de quem ensina é melhorar o currículo de quem capta. Foi providencial. O Brasil vivia o início da estabilidade econômica, do

acolhimento à tecnologia, da prosperidade advinda com o Plano Real. Itamar Franco e FHC prepararam o Brasil para o desenvolvimento, Paulo Renato preparou os jovens para o mercado aberto por ele. O que o Brasil colhe hoje em Educação, da inclusiva à profissional, do fundamental ao superior, do rio Ailã ao Chuí, do matutino ao noturno, é atributo da política pública do lavrador que a semeou: Paulo Renato Souza. Chegou como operário da ruína, saiu como engenheiro de magnífica obra. É merecedor de todas as homenagens e a maior delas colheu em vida a cada criança que punha o pé na escola pela primeira vez, a cada cerimônia de colação de grau, a cada pesquisador que abria um flanco. Muito obrigado, Paulo Renato, por tornar o Brasil melhor e mais inteligente. Deixa um país saudoso e que, a cada matrícula, se mostra grato. n Procurador de Justiça e senador, Democratas-Goiás

Superar a miséria n Cândido Vaccarezza

O

programa “Brasil sem Miséria”, lançado no mês de junho pela presidenta Dilma, inaugura novo capítulo nas políticas sociais do governo. O objetivo: remover da miséria mais profunda todos os 16 milhões de brasileiros que ainda vivem à margem das oportunidades que surgiram nos últimos anos no país. No governo Lula, o Bolsa Família tirou da miséria 28 milhões de brasileiros e fez outros 36 milhões ascenderem à classe média. O combate à pobreza se mostrou uma bem-sucedida estratégia para pavimentar o caminho do desenvolvimento do país. Com a nova classe média, o mercado consumidor interno foi ampliado de forma extraordinária e, junto com ele, as oportunidades

de negócios para as empresas brasileiras. Agora, o Estado vai atrás daqueles milhões de brasileiros que, de tão desamparados, não conseguem sequer se inscrever em programas sociais muito conhecidos. Isso ocorre, entre outros motivos, porque é uma pobreza que se esconde, perdida em grotões longínquos do nosso imenso território ou em zonas segregadas de grandes cidades. O ponto de partida do trabalho foi um estudo encomendado pelo governo federal ao IBGE, que identificou onde estão esses 16 milhões de compatriotas e quais são suas condições de vida. A pesquisa detectou que 46,7% desses brasileiros vivem na zona rural e que, destes, 30,3% são analfabetos, metade tem até 19 anos, 55% são mulheres e 70,8% são negros ou pardos. As regiões Norte e Nordeste concentram 75% desses excluídos do país.

Diretor-Presidente e Jornalista responsável: Paulo Antônio Carneiro Dias Editora interina: Jaqueline Gomes

D

O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, que planejou e implementará o “Brasil sem Miséria”, programou ações nacionais e regionais a partir de três eixos: renda, inclusão produtiva e acesso aos serviços públicos. Serão montados dois grandes diagnósticos: o Mapa da Pobreza do Brasil e o Mapa de Oportunidades. A partir dos dados obtidos, o governo federal incentivará o aumento da pequena produção agrícola. Um dos componentes inovadores do “Brasil sem Miséria” deverá ser a Bolsa Verde, programa de apoio à conservação ambiental que autorizará a transferência de recursos a famílias carentes que colaborarem para a preservação e recuperação do meio ambiente. Isto é combinar, na prática, desenvolvimento econômico e conservação ambiental. Os programas sociais do governo, como o Bolsa Fa-

iário de Petrópolis 56 anos

Uma publicação da PJ Editora e Gráfica e Jornalística Ltda

Preço do Exemplar 3ª a sábado R$ 1,20 Domingo R$ 1,80 Atrasado R$ 2,50

Assinatura Trimestral Petrópolis R$ 80,00 Rio e outros R$ 160,00

Assinatura Mensal Petrópolis R$ 28,00 Rio e outros R$ 56,00

Assinatura Semestral Petrópolis R$ 152,00 Rio e outros R$ 304,00

mília, o Brasil Alfabetizado, o Saúde da Família, o Brasil Sorridente, o Mais Educação e o Rede Cegonha, serão ampliados, e o acesso a eles será facilitado. O governo federal também irá se articular com governos estaduais e prefeituras para somar esforços. Não basta a criação dos programas e o mérito de cada um; o mais significativo de tudo é fazer chegálos a todos os brasileiros que precisam. O programa “Brasil sem Miséria” será decisivo para que políticas públicas corretas lancetem de vez a chaga da exclusão social. E para que os milhões de brasileiros resgatados da marginalidade ajudem a manter funcionando o mecanismo do crescimento econômico com distribuição de renda, esse segredo nada secreto do sucesso do Brasil de hoje. n Médico, é Deputado federal

PT-SP, é líder do governo na Câmara

Site: www.diariodepetropolis.com.br E-mail: redacao@diariodepetropolis.com.br

Diretoria 2246-3807 Assinatura 2246-3807 Publicidade 2237-7849 Classificado 2246-3807 Redação 2235-7165

Rua Joaquim Moreira 106 Centro - Petrópolis - RJ Cep 25.600-000 CNPJ 02.424.864/0001-66

ABRAJORI - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS JORNAIS DO INTERIOR

As opiniões emitidas em artigos assinados não representam, necessariamente, o pensamento do jornal e são de inteira responsabilidade de seus autores. Da mesma forma, as informações e opiniões nas colunas são de responsabilidade de seus titulares.


DORA KRAMER Lei forte e carne fraca

N

ão é verossímil que o governador do Rio de Janeiro em seu segundo mandato, tendo sido deputado, presidente da Assembleia Legislativa de seu Estado e durante alguns anos senador, não conheça as restrições legais impostas a um agente público. Impossível que Sérgio Cabral Filho nesta altura da vida desconheça o que é correto e o que é incorreto, conveniente ou inconveniente na conduta de um detentor de delegação popular para chefiar um governo. Tanto sabia que sua ida à festa de aniversário de empresário fornecedor do governo em avião cedido por outro, dono de negócios para os quais as

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

SEXTA-FEIRA, 1 DE JULHO DE 2011

relações com o poder são imprescindíveis, em casa de ex-doleiro enrolado com a Justiça, não era ato aceitável, que sua assessoria no primeiro momento da queda do helicóptero que transportava parte dos convidados, negou que o governador já estivesse em Porto Seguro. Soa até ofensivo ao discernimento geral que o governador venha a público em meio às inevitáveis críticas ao seu comportamento para propor a criação de um código de conduta ética para governantes. Se o propósito era mostrar arrependimento, melhor teria sido apenas apresentar suas desculpas, assumir o erro e mostrar-se disposto a assumir as consequências, caso o Ministério Público resolva

tomar alguma providência. “Adoro direito comparado”, disse ele ao se propor a fazer uma pesquisa sobre “o que existe em outros Estados e no mundo” a respeito de ética pública, a fim de elaborar o tal código e a partir daí, então, seguir as regras. É a maneira mais fácil de sair de uma sinuca: não havendo resposta convincente, muda-se de assunto dando a entender que se toma uma iniciativa moralizante. Quando o escândalo é político, se propõe uma reforma política. Quando tem a ver com distorção de princípios, sugere-se um novo compêndio ético. Logo após o escândalo do mensalão, o PT dedicou-se à elaboração de um código de

ética. Assim como no Congresso se criaram os conselhos de ética quando suas excelências iniciaram a temporada de exorbitâncias ainda em cartaz. O governador se dispõe a fazer o “debate” a respeito dos limites entre o certo e o errado. Se ainda não aprendeu a distinguir, não será a experiência do que “existe em outros Estados e no mundo” que vai ensiná-lo. A frase ouvida de Roberto Campos certa vez em Brasília é de uso recorrente aqui, mas vale ser repetida por adequada à situação: “Minha filha, não é a lei que precisa ser forte, é a carne que não pode ser fraca”. Emendas - Se no final era para ceder à pressão pela prorrogação do prazo para pagamento das emendas parlamentares remanescentes de 2009, a presidente não deveria ter feito pose de valente dizendo que enfrentaria a “rebelião” do Congresso a qualquer custo. Com essa, Dilma Rousseff incluiu mais um item no vaivém de seu processo de (in) decisão. Se a ideia é ganhar tempo e não pagar as emendas, a esper-

3

teza tem pernas curtas. Daqui a três meses vence a prorrogação e o problema voltará a bater com mais força à porta do gabinete presidencial. Osso duro - Depois de uma campanha presidencial marcada pela falta de firmeza na oposição ao governo Lula, José Serra parece disposto a assumir uma posição oposicionista. Em 24 horas bateu em Aloizio Mercadante, propôs ao PSDB documento de confronto com o governo Dilma e, na homenagem a Fernando Henrique no Senado, foi para cima do PT. Deve ter entendido que fazendo média não chega a lugar algum. Agora só falta o partido deixar que faça oposição. Público-privado - Ajuda do BNDES a Abílio Diniz para a incorporação do Pão de Açúcar ao grupo Carrefour explica o servilismo de certos empresários a governos que lhes pareçam maleáveis. Nenhuma diferença em relação aos políticos tão mal falados por colocarem seus mandatos à disposição de benesses do Estado.

CIDADE Ascom/CMP

Neyse de Aguiar Lioy se emocionou ao falar sobre o Clube 29 de Junho

Clube 29 de Junho recebe homenagem da Câmara A solenidade em homenagem ao Dia do Colono Alemão e a entrega dos Títulos de Utilidade Pública 2011 foram realizadas pela Câmara e o Clube 29 de Junho na última quarta-feira (28). Neyse de Aguiar Lioy, representando o Clube 29 de Junho, discursou: - Estamos no período de homenagear e comemorar a segunda data mais importante da cidade: a chegada de gente e calor humano em Petrópolis. Como hoje estou romântica, peço licença para convidá-los a uma viagem pela imaginação através de 90 quilômetros de margem do rio Reno, entre as cidades de Mainz e Koblenz, de onde saiu a maior parte de nossos colonizadores. Na margem esquerda deste rio, em Mainz, nasceu Júlio Frederick Koeler. O presidente da Fundação de Cultura e Turismo, Charles Rossi, afirmou que esse ano a Bauernfest foi ampliada e já superou as expectativas, trazendo uma responsabilidade muito maior para as próximas edições. Ele disse que a questão da hotelaria ainda é uma preocupação, pois o número de hotéis se mostra insuficiente para atender a todos os turistas. São apenas 4,5 mil leitos que nessa festa chegou próximo aos 100% de ocupação. Charles declarou que a prefeitura entrega em breve à Câmara o projeto “Cama & Café”, no qual residências poderão receber turistas dentro de normas estabelecidas. - Amanhã completa 166 anos da chegada dos colonos, marco importante, pois eles chegaram com a responsabilidade de transformar Petrópolis em um lugar habitável. Eu sou um desses descendentes, tenho Klein em meu nome e esse está gravado no Obelisco, e posso falar em nome de todos eles: antes mesmo da Bauernfest, o Clube 29 de Junho já celebrava a chegada dos colonos – disse Rossi.

O vereador Renato Thomé (PSDC) entregou moção congratulatória à presidente do Clube 29 de Junho, Emydia Noel Lyrio, ao representante do Bauerngruppe Danças Folclóricas, Rafael Silva, e à primeira voluntária dançarina que deu início às apresentações de danças folclóricas em Petrópolis, Maristela Maruso. No evento, ainda foram entregues os títulos de utilidade pública. De acordo com a lei de 1985, poderão ser declaradas de utilidade pública as instituições filantrópicas, de educação, de pesquisa científica ou de cultura, inclusive artísticas, bem como as associações de ação social, recreativas ou esportivas, que prestem, efetivamente, serviços ou benefícios que correspondam às suas finalidades. Cada vereador, por ano legislativo, tem o direito de apresentar até duas propostas de concessão do título, que apenas concede a garantia do uso exclusivo, pela instituição, de emblemas, flâmulas, bandeiras ou distintivos próprios e da menção do título concedido. Receberam o título de utilidade pública Associação Amigos da Música – “AAMÚSICA” Associação de Moradores e Amigos da Rua Antônio Soares Pinto e Adjacências Lions Clube Petrópolis Associação Movimento de Mulheres da Serra da Estrela Centro Espírita Caboclo 7 Flechas Centro Educacional Terra Santa Fundação Cultural Casa Lygia Bojunga Centro de Apoio ao Comprador e Empresário da Rua Teresa ONG PC Vida Associação de Moradores da Manoel Torres e adjacências Entidade Filosófica dos Anjos

Três terrenos aprovados pela CEF para construção de casas A audiência pública realizada na manhã de ontem na Universidade Católica de Petrópolis (UCP) foi encerrada com boas notícias para os atingidos pelas chuvas de janeiro. Dos seis terrenos propostos pelo município ao governo do estado para construção de moradias destinadas aos desabrigados, três já foram aprovados pela Caixa Econômica Federal, executora da obra: no Benfica, Mosela e Vale do Cuiabá. Entre o final de julho e início de agosto, as obras para a construção de 438 casas devem começar nestas localidades. Até abril de 2012, 80% das residências, do total de 1,5 mil, devem ser entregue às famílias contempladas com o aluguel social, vítimas de chuvas de diversos anos. De acordo com os secretários de governo, a localização dos terrenos garante a continuidade dos vínculos comunitários e profissionais das famílias beneficiadas. As previsões foram anunciadas pelo secretário de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setrac), Luis Eduardo Peixoto, na terceira audiência pública convocada pelo bispo da diocese de Petrópolis, Dom Filippo Santoro, na UCP para discutir o plano de reestruturação do uso de áreas de risco em Petrópolis. A chefe de Gabinete, Sheila Guimarães, explicou que o governo não está medindo esforços para agilizar os diversos processos burocráticos que giram em torno da desapropriação de terrenos e construção das casas. - Temos que avançar na

Fotos: Divulgação

O bispo Dom Filippo Santoro discursa durante a terceira audiência pública sobre a tragédia das chuvas

busca de soluções rápidas, mas eficientes. Não estamos preocupados somente com as vítimas das chuvas de janeiro deste ano, mas também com as diversas famílias que vem dependendo de aluguel social, desde 2001. Desta forma, conversamos com o governo federal e conseguimos ampliar de mil para 1,5 mil residências a serem construídas – informou. Dom Filippo Santoro cobra plano de prevenção O bispo de Petrópolis cobrou um projeto maior para cidade sobre a prevenção, frisando que foi com esta preocupação que iniciou as audiência públicas, tendo como tema central a reconstrução urbanística e humana da cidade. - Hoje, saímos desta au-

diência com algo mais concreto, que é a construção das casas na Posse e no Vale do Cuiabá, com data para inicio e fim, porém, um plano de prevenção precisa ser elaborado, assim como um cronograma para obras de infraestrutura e retirada das famílias das áreas de risco – disse o bispo. Com relação à prevenção e às obras de infraestrutura, Dom Filippo Santoro chamou atenção para necessidade dos mapas de riscos para os distritos, como foi feito no primeiro distrito. O secretário de Planejamento, Aguinaldo Goivinho, disse que o processo está na pauta de trabalho da Caixa Econômica Federal, com custo de R$ 400 mil. O deputado federal Hugo Leal (PSC) também falou da ne-

criada na época da tragédia das chuvas na Região Serrana para acompanhar as ações governamentais nas cidades atingidas. Jandira, que foi quem solicitou a criação da comissão à Presidência da Câmara, fará um relato sobre o funcionamento e o andamento dos trabalhos da comissão. Ela também deverá prestar conta do seu mandato para os militantes, já que no ano passado foi bem votada em Petrópolis, recebendo mais

de mil votos. O partido realizará convenção municipal no dia 22 de julho. Apesar de ainda não ter anúncio oficial do PCdoB, o presidente municipal da legenda, Renato Freixiela, já é considerado pré-candidato a prefeito no ano que vem. Com a vinda de Jandira, que é do comitê nacional da sigla, o diretório municipal espera já começar a formar uma nominata forte para a disputa para a Câmara no ano que vem.

cessidade imediata de se elaborar um sistema de alerta, lembrando que novamente estaremos no período de chuvas fortes na cidade. O Instituto Estadual Ambiental (Inea) participou da reunião e, segundo seu representante, Edson Falcão, o instituto já possui o mapeamento de risco do Vale do Cuiabá e Benfica. Ele explicou que não poderia dar detalhes, pois na tarde de ontem teria uma reunião com o Ministério Público no Rio, quando seriam definidas as medidas a serem tomadas para as famílias que serão removidas definitivamente da região. - Quem estiver na área de exclusão em Benfica e no Vale do Cuiabá, não vai poder ficar e terá que deixar as casas – frisou Edson Falcão.

Jandira Feghali estará hoje na cidade em encontro com militantes A deputada federal Jandira Feghali (PCdoB) estará hoje pela manhã em Petrópolis, em evento fechado com militantes do partido, e concederá uma entrevista coletiva. A proposta da visita é fortalecer o diretório municipal da legenda, já visando às eleições de 2012. No evento, ela receberá os novos filiados do PCdoB na cidade. Um dos assuntos que deverão ser debatidos hoje pela deputada é a comissão externa da Câmara dos Deputados


4

56 anos

“PAI, COMEÇA O COMEÇO!” Quando eu era criança e pegava uma tangerina para descascar, corria para meu pai e pedia: - “pai, começa o começo!”. O que eu queria era que ele fizesse o primeiro rasgo na casca, o mais difícil e resistente para as minhas pequenas mãos. Depois, sorridente, ele sempre acabava descascando toda a fruta para mim. Mas, outras vezes, eu mesmo tirava o restante da casca a partir daquele primeiro rasgo providencial que ele havia feito. Meu pai faleceu há muito tempo (e há anos, muitos, aliás) não sou mais criança. Mesmo assim, sinto grande desejo de tê-lo ainda ao meu lado para, pelo menos, “começar o começo” de tantas cascas duras que encontro pelo caminho. Hoje, minhas “tangerinas” são outras. Preciso “descascar” as dificuldades do trabalho, os obstáculos dos relacionamentos com amigos, os problemas no núcleo familiar, o esforço diário que é a construção do casamento, os retoques e pinceladas de sabedoria na imensa arte de viabilizar filhos realizados e felizes, ou então, o enfrentamento sempre tão difícil de doenças, perdas, traumas, separações, mortes, dificuldades financeiras e, até mesmo, as dúvidas e conflitos que nos afligem diante de decisões e desafios. Em certas ocasiões, minhas tangerinas transformam-se em enormes abacaxis... Lembro-me, então, que a segurança de ser atendido pelo papai quando lhe pedia para “começar o começo” era o que me dava a certeza que conseguiria chegar até ao último pedacinho da casca e saborear a fruta. O carinho e a atenção que eu recebia do meu pai me levaram a pedir ajuda a Deus, meu Pai do Céu, que nunca morre e sempre está ao meu lado. Meu pai terreno me ensinou que Deus, o Pai do Céu, é eterno e que Seu amor é a garantia das nossas vitórias. Quando a vida parecer muito grossa e difícil, como a casca de uma tangerina para as mãos frágeis de uma criança, lembre-se de pedir a Deus: “Pai, começa o começo!”. Ele não só “começará o começo”, mas resolverá toda a situação para você. Não sei que tipo de dificuldade eu e você encontraremos pela frente em nossas vidas. Sei apenas que vou me garantir no Amor Eterno de Deus para pedir, sempre que for preciso: “Pai, começa o começo!”

Tombamento O Conselho Municipal de Tombamento Histórico, Cultural e Artístico deu início ao processo de tombamento de mais dois imóveis em Petrópolis: a Casa de Nair de Tefé (antiga Fundação Cultural Paulo César Amorim) – atualmente o local abriga uma creche municipal –, na Estrada da Saudade, nº 673, e o Centro Alceu Amoroso Lima para a Liberdade, na Rua Mosela, nº 289.

Ouvidor do Povo O professor Lauro Mendes Barbosa e a líder comunitária Claudia de Menezes Dias estão colaborando com o ouvidor do povo Julio César Borges, na sala da Ouvidoria instalada na Câmara Municipal. Eles prometem muito trabalho e defender a população petropolitana.

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

SEXTA-FEIRA, 1 DE JULHO DE 2011

O Repórter edyrraposo@ig.com.br

Edyr Raposo

Sem o direito de criticar, nenhum elogio é válido

Rua Teresa Representantes da Prefeitura de Petrópolis, da Associação da Rua Teresa (Arte) e da Secretaria Estadual de Obras se reuniram no auditório da Arte para criar a Comissão de Obras da Rua Teresa, que visa discutir o projeto básico de revitalização dessa localidade.

Espião Divulgação

Companhia de Desenvolvimento de Petrópolis (Comdep) instalou duas câmeras de vigilância e sensores no monumento Relógio das Flores. O objetivo da nova ferramenta de segurança é coibir atos de vandalismo e depredação do local.

Festival de Inverno Começa nesta sexta-feira, dia 1º de julho, às 20h, na Catedral São Pedro de Alcântara, o 11º Festival de Inverno de Petrópolis promovido pela Dell’Arte. A Abertura de Gala é composta de três imperdíveis obras.

PCCS Amanda ao lado do seu namorado, o médico recém-formado Raphael Cortásio Júnior, Sonia F. Silva e Wagner Silva

Na semana em que completou 200 dias à frente da Secretaria de Educação de Petrópolis, o secretário William Campos comemora a aprovação por unanimidade do Plano de Carreira e Remuneração dos Profissionais da Educação (PCCS) em primeira votação na Câmara Municipal.

CPI das Chuva

Bauernfest é sucesso

A CPI das Chuvas da Alerj vai convocar a presidente do Instituto Estadual do Ambiente, Marilene Ramos, para que o Inea explique porque passados 162 dias da tragédia de janeiro no Vale do Cuiabá, o Instituto ainda não determinou quais as áreas onde há risco iminente e as construções devem ser proibidas. A Comissão Parlamentar de Inquérito instalada na Assembleia Legislativa do Estado do Rio a partir do novo depoimento da presidente do Inea pode denunciar o Instituto à justiça por omissão. Mais de 50 famílias já estariam reformando e retornando aos imóveis em áreas de risco.

Hotéis, pousadas e o comércio local comemoram o bom resultado do feriado prolongado que teve como sua principal atração a Bauernfest – Festa do Colono Alemão. A vinda maciça de turistas para Petrópolis resultou, segundo o Disque-Turismo, em 99% de ocupação no Centro Histórico e 87,8% nos demais distritos.

Deficientes Uma iniciativa da Prefeitura Municipal de Petrópolis vem mudando a vida de portadores de deficiência: tratase da doação de cadeiras de rodas, cadeiras de banho e próteses adaptáveis entregues a essas pessoas. A parceria com a Associação Fluminense de Reabilitação de Niterói e a Associação Pró-deficiente de Petrópolis já garantiu, desde setembro do ano passado até agora, que mais de 120 famílias fossem beneficiadas, mais 24 cadeiras de rodas foram entregues.

Pão francês - R$ 5,99kg (somente no balcão) Entrega em domicílios

Rua Epitácio Pessoa, 100 (atrás dos Correios) Centro - Petrópolis - RJ Tel. 2231-2160

Direitos Autorais Registro de Músicas Livros Eventos Culturais Agente: Domingos Capistrano Operando no Mercado a 32 anos

Tels.: (24) 2237-3210 (24) 9832-0327 Petrópolis - RJ (22) 9907-4947 Cabo Frio - RJ

Levantamento de peso A Prefeitura de Petrópolis, a Confederação Brasileira de Levantamento de Peso e o Petropolitano Foot-ball Club, inauguram no sábado, dia 2 de junho, o Centro de Referência de Levantamento de Peso de Petrópolis. A instalação tem como objetivo a preparação da cidade como sede de treinamento dos Jogos Olímpicos Rio-2016.

Embaixador de Petrópolis Presidente de Honra da Federação Internacional de Futebol e decano do Comitê Olímpico Internacional, João Havelange será o “Embaixador de Petrópolis” junto à Fifa e ao COI. O convite foi feito pelo deputado estadual Bernardo Rossi (PMDB) e prontamente aceito por Havelange.


sexta-feira, 1 de julho de 2011

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

5

cidade

Turistas e petropolitanos lotam Bauernfest Petropolitanos e turistas não se importaram com o frio e compareceram mais uma vez à 22ª edição da Bauernfest no último dia 29, feriado municipal do Dia do Colono Alemão. As pessoas puderam curtir diversas atrações, tanto para crianças como para adultos. Mais uma vez os donos de barracas comemoraram as boas vendas no evento. Já o comércio da Rua do Imperador e do polo de modas do Bingen registrou o movimento tranquilo. Durante toda a quarta-feira muitas pessoas compareceram à Bauernfest e puderam se divertir com as apresentações de grupos folclóricos alemães. As comidas típicas e as músicas também chamaram atenção. Os donos de barracas

que este ano trabalham na 22ª Bauernfest acreditam que de hoje até domingo o movimento deva aumentar. – Acho que vou vender tudo novamente – acredita Helio Damaceno, que participa da festa pelo quarto ano consecutivo. Comércio – Muitos petropolitanos aproveitaram o feriado municipal para comparecer ao polo de modas do Bingen e às lojas da Rua do Imperador. Apesar do grande número de pessoas, as lojas estavam vazias e o movimento foi tranquilo durante todo o dia. No Bingen praticamente todas as lojas abriram as portas. Segundo José Aníbal dos Prazeres, diretor do Sindicato dos Comerciários, apenas 202 lojas funcionaram normalmente.

Fotos: Alan Alonso

Como no último feriado de Corpus Christi, turistas e petropolitanos compareceram à 22ª Bauernfest, a Festa do Colono Alemão

Palestra ‘O Brasil que dá certo’ com ex-prefeito de Gramado reúne mais de 170 pessoas na Fase

Os motoristas tiveram que ter muita paciência na Rua Bingen

Fechamento de quatro ruas provoca congestionamentos Os motoristas que saem do Bingen em direção ao Centro Histórico da cidade precisam ter muita paciência. Devido à 22ª Bauernfest, o trânsito no entorno das ruas Alfredo Pachá, Presidente Kennedy e Piabanha foi fechado. Ontem à tarde um grande congestionamento se formou na Rua Bingen no sentido Centro. Apesar da Companhia

Petropolitana de Trânsito e Transporte (CPTrans) desviar parte do fluxo de veículos para a Rua Duque de Caxias, no bairro Vila Militar, muita gente ficou retida. Com o fechamento das vias o trânsito nas ruas Bingen, Paulino Afonso, Montecaseros e Roberto Silveira ficou completamente congestionado durante parte do dia de ontem.

Cerca de 170 pessoas acompanharam a palestra “O Brasil que dá certo”, com o ex-prefeito de Gramado, Pedro Bertolucci. O encontro foi realizado pelo Sindicato do Comércio Varejista de Petrópolis (SICOMÉRCIO), em parceria com o Petrópolis Convention & Visitors Bureau (PC&VB) e a Faculdade Arthur Sá Earp Neto (Fase), na última quartafeira, 29. Durante o encontro, Bertolucci destacou a importância do Plano Diretor para a cidade. “O plano tem que ser uma ferramenta de trabalho para qualquer prefeitura. Temos que construir isso junto com a sociedade. O Plano Diretor não vem pronto do Ministério das Cidades”, afirmou. O ex-prefeito mostrou como o planejamento do poder público pode levar a excelentes resultados, em diversas áreas e

explicou como a cidade gaúcha se tornou uma potência. “Vendemos Gramado como um produto turístico. O que vale é o entorno, o complemento e a inovação. Não ficamos só no clima. Hoje, a cidade abriga um dos cinco melhores spas do mundo. Não ressaltamos apenas a contemplação do verde. A iniciativa privada buscou a inovação e o empreendedorismo é que fez a diferença”, destacou Bertolucci. Bertolucci ainda citou outros eventos que atraem turistas, como o tradicional Festival de Cinema (que teve grande importância na promoção da cidade), o Festival de Publicidade e o Natal Luz, que transforma a cidade em um parque temático, e hoje é um dos eventos mais importantes da cidade, trabalhando o conceito do Natal durante todo o ano.

Pedro Bertolucci ressaltou que a participação da população é fundamental. “A comunidade tem que ser a primeira parceira, temos que criar uma cultura de preservação, despertar o espírito participativo”, disse. Hoje, o turismo movimenta 90% da economia de Gramado. “Nosso grande problema é a sazonalidade. O desafio é diminuir o efeito negativo das baixas temporadas e, para isso, realizamos mais de 300 eventos durante estes períodos para ocupar os 12 mil leitos existentes”, disse. Atualmente, a cidade gaúcha é o terceiro destino turístico mais desejado do Brasil, além de ser a oitava cidade do país que mais recebe eventos internacionais. O presidente do Sicomércio, Marcelo Fiorini, destacou a importância do intercâmbio

de experiência entre cidades com características parecidas. Para ele, assim como acontece em Gramado, Petrópolis precisa ter um calendário anual e planejar as ações para evitar que os eventos causem transtornos para a cidade. “É fundamental que todas as entidades, públicas e privadas, trabalhem juntas para aproveitar melhor os eventos”, disse. O vereador Thiago Damaceno, presidente da comissão especial de revisão e Estudos do Plano Diretor da Câmara, lembrou que a palestra do Pedro Bertolucci vem ao encontro dos debates promovidos pela comissão, em parceria com a Novamosanta. “A iniciativa é maravilhosa. É importante poder aprender com cidades que possuem características próximas a Petrópolis e que deram certo”, afirmou o vereador.

Emoção marca enterro do jornalista Álvaro Bastos Intercontinental confirma O enterro do jornalista O jornalista faleceu no fechamento de supermercado Álvaro Carneiro Bastos, re- início da madrugada da úl-

Roque Navarro/Tribuna de Petrópolis

A diretoria do Supermercado Intercontinental enviou nota à redação do Diário de Petrópolis confirmando o fechamento da loja da rede na Rua do Imperador. “Em atendimento à sua demanda, informamos que a empresa está suspendendo temporariamente as suas atividades em Petrópolis”. A nota é assinada por Rosa Cunha, diretora de marketing do grupo. Segundo ela, a atual instalação da loja é pequena e inadequada para a operação e atendimento ao público com a qualidade de uma rede de supermercados do porte do

Intercontinental. - Estamos em busca de um novo espaço para retornarmos com nossas atividades - explicou. Ela disse ainda que o Intercontinental atua em Petrópolis há aproximadamente 13 anos e o grupo possui 22 lojas, completando esse ano seu 20º aniversário. - Queremos nessa oportunidade agradecer ao público de Petrópolis, em especial nossos clientes, a preferência e todo o carinho que nos foi dispensado ao longo desses anos e informar que em breve estaremos de volta – encerrou a nota.

alizado na manhã de ontem, reuniu familiares e amigos. O sepultamento foi marcado por muita emoção, às 10h, no Cemitério Municipal de Petrópolis. O jornalista deixou a esposa, três filhos e dois netos. Segundo a esposa Ivanete Isickê, Álvaro tinha 58 anos e há 20 sofria de Hepatite C, contraída durante uma transfusão de sangue. Há aproximadamente um ano e meio, o jornalista teve que se afastar do emprego para realizar o tratamento. Ivanete informou ainda que Álvaro estava ciente da situação e em nenhum momento deixou a doença o abater. - O Álvaro tinha uma personalidade muito serena. Ele não deixava passar a dor, enfrentou toda a doença como ele sempre viveu, com serenidade – disse.

tima quarta-feira, às 00h30. Após ter sido internado no Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Hospital Casa Providência, com um quadro de hemorragia intensa na última segunda-feira. Durante os dias de internação os médicos fizeram transfusão de sangue para reverter o quadro, mas Álvaro não resistiu. Ele fazia acompanhamento médico da doença em Petrópolis e no Rio de Janeiro, no entanto, não poderia realizar o tratamento porque o deixaria ainda mais debilitado. Ainda de acordo com a esposa do jornalista, Álvaro era uma pessoa muito fácil de lidar, com bom humor e de pensamento positivo, além de ser um ótimo companheiro. - Ele via sempre o lado bom das coisas, por isso deixou tantos amigos – analisou.

Roberta Müller robertamuller@diariodepetropolis.com.br

fora da rodovia, como a ponte de Pedro do Rio. Há quase 10 anos, a ponte que liga a BR-040 ao centro do distrito não tem qualquer fiscalização que impeça a entrada destas carretas e caminhões com excesso de peso no município, a não ser operações pontuais feitas pela Guarda Municipal. Na quarta-feira, de acordo com o comandante da corporação, Eliel Silveira, uma equipe da PRF, chefiada pelo agente Reis, ficou baseada na rodovia (entrada da ponte) e outra, da GM, próximo ao depósito da Cervejaria Itaipava, na Estrada União e Indústria. Ao todo, sete agentes trabalharam na fiscalização.

Jornalista Álvaro Carneiro Bastos também trabalhou no Diário

Álvaro Carneiro Bastos era formado na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro – PUC, na área de comunicação. Começou sua carreira como repórter no Diário de Petrópolis, onde se tornou colunista e posteriormente editor. Integrou também as equipes dos extintos jornais Petrópolis Post e Ga-

zeta Petropolitana. O último emprego foi como subeditor na Tribuna de Petrópolis, de onde se afastou há um ano e meio para cuidar da saúde. - Na área profissional vai ficar um vácuo, ele aprimorou um dom de Deus e contribuiu muito para o jornalismo na cidade – comentou Ivanete.

Caminhões são multados em operação da GM Tanto o etanol quanto a gasolina mantiveram os preços

Preço dos combustíveis se mantém estável nos postos O preço da gasolina e do etanol praticado nos postos de Petrópolis não se alterou nos últimos 20 dias. O Diário verificou o valor dos dois combustíveis em nove postos. A reportagem percorreu postos de diversas bandeiras e em vários pontos. A exemplo do que pôde ser verificado nas últimas pesquisas, o preço do combustível sofreu redução, mas se estagnou.

Em média, o etanol sai por R$ 2,09 e o litro da gasolina está sendo vendido a R$ 2,99. A novidade ficou por conta da redução do preço da gasolina, que caiu de R$ 3,05 para R$ 2,99 no posto Shell da Rua General Rondon. Nos demais postos o preço dos combustíveis se manteve o mesmo apurado no dia 10 de junho.

A Guarda Municipal, em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal (PF), voltou a realizar, na noite desta quartafeira (Dia do Colono Alemão), operações para fiscalizar a entrada de caminhões e carretas em situação irregular no centro de Pedro do Rio. Em quatro horas de blitz, 16 veículos foram notificados. A multa é prevista em um decreto de 1997 e aplicada a quem utiliza a via transportando mais de cinco toneladas. A prática já é comum, diversos caminhoneiros fogem do pedágio de Areal utilizando rotas alternativas

Nos anos 1990, a Concer – concessionária que administra a BR-040 – e o município entraram em um acordo. Nele, a GM ficou responsável pela ponte e a região. Mas, em 2001, a concessão terminou. Apesar disso, os agentes do município continuaram trabalhando até o início de 2009 e, desde então, a cabine que fica no local está abandonada, sem previsão de reativação. Esta semana, depois de perceber a grande movimentação de carretas e caminhões no distrito, o comandante decidiu realizar uma nova operação. - Estava supervisionando a Festa de Pedro do Rio, quando notei a circulação

destes veículos. Imediatamente entrei em contato com o chefe da 8ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal, agente Montes, e montamos a operação – explicou ele. Os caminhões foram multados de acordo com o artigo 231 do Código de Trânsito, que prevê pena para veículos que transitarem com carga superior à definida para a via. Além de tumultuar o trânsito na cidade, os veículos pesados, segundo Silveira, “prejudicam a malha viária e danificam a estrutura das casas históricas”. Veículos com cargas superiores à permitida só podem entrar em Petrópolis se tiverem a cidade como destino ou origem.


6

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Agenda Cultural

INSTITUTO OMAR CARDOSO

HORÓSCOPO Áries - (21/03 a 20/04) Alegre disposição mental para novas amizades e para tratar de assuntos íntimos. Melhora profissional e financeira e bastante êxito social também está previstos. Ótimo para passeios e ao amor. Fará ótimas relações sociais e novas amizades.

Touro - (21/04 a 20/05) Melhora total em todos os assuntos profissionais, sociais e financeiros se farão sentir neste dia. Terá uma noite feliz, aos passeios e para unir-se com amigos e entes queridos. Controle suas despesas domésticas. Boas chances no setor amoroso e da amizade.

Gêmeos - (21/05 a 20/06) Excelente dia aos novos empreendimentos e bons lucros na compra e venda de bens imóveis. Novas amizades poderão alertálo em algum sentido. Sucesso em diversões e na vida romântica. Dê importância às conveniências sem se esquecer da utilidade prática das coisas.

Câncer - (21/06 a 22/07) Neste dia, que lhe será de todo promissor, haverá muita produção profissional e muita facilidade para arranjar empréstimos de dinheiro para solucionar suas dificuldades financeiras. Excelente ao amor. A construção, sem estabilidade de qualquer assunto, pode trazer aborrecimentos imediatos.

Leão - (23/07 a 22/08)

Disposição um tanto quanto precipitada. Tendência ao nervosismo e as ações mais violentas, estão previstas para você. Evite tais coisas para que possa coordenar melhor sua vida. Êxito em assuntos ocultos. Pense e fale de modo mais agressivo para conseguir o que pretende. Virgem - (23/08 a 22/09) Com energia mental, com otimismo realizará muito neste dia, principalmente no que possa contar com a colaboração de pessoas amigas. Evite atrasos na execução de tarefas importantes.

Libra - (23/09 a 22/10) Muita disposição, otimismo e compreensão para com os outros. Assim estará você neste dia que tem tudo para lhe ser maravilhoso. Mas evite estragar tudo isso por causa do ciúme e do orgulho pessoal.

 Escorpião - (23/10 a 21/11) Evite a falta de persistência e dê continuidade nos empreendimentos ou negócios, que conseguirá bons resultados neste dia. Bom para tratar com pessoas importantes ao seu progresso. Pode iniciar longas viagens, o fluxo favorece. Sagitário - (22/11 a 21/12) Alegre disposição mental para novas amizades e para tratar de assuntos íntimos. Melhora profissional e financeira e bastantes êxitos sociais também estão previstos. Boas chances para fazer novas experiências científicas ou psíquicas para a assinatura de contratos e diversões, prazer e para a vida sentimental e amorosa

 Capricórnio - (22/12 a 20/01) Notícia e novidades do seu interesse devem ser esperadas para o período desta tarde. Fase boa para questões de dinheiro, inventário ou herança. Bons lucros através de parentes ou propriedades agrícolas. Confie mais na pessoa amada e terá vantagens com isso.

Inverno

Sesc dá pontapé inicial de seu 10º Festival de Inverno com coletiva

Alan Alonso

Márcio Salerno

O 10º Festival de Inverno do Sesc começa no próximo dia oito. A diretoria da entidade em Petrópolis convocou a imprensa local para um café da manhã na última sexta, acompanhado de explicações a respeito do evento e encerrando com uma apresentação do grupo petropolitano Serra Velha Quarteto, tocando clássicos do jazz. O grupo será um dos destaques da programação local do Festival. O evento acontecerá até o dia 31 e promete esquentar o inverno do petropolitano, com muitas atrações, a maioria delas grátis. “Cerca de 60% das atrações em 2011 serão de graça, para levarmos uma programação de qualidade a todas as faixas da população”, garante Anderson Braga, gerente do Sesc Rio na cidade. Conhecido também como “Eu tô no Clima”, o Festival traz cerca de 750 artistas à cidade. “Estar no clima tem várias interpretações”, afirma Anderson. “Estar em um clima frio, propício para eventos que aqueçam o corpo e a alma, estar em um clima longe das chuvas, que não são comuns no inverno por aqui e, principalmente, já que falamos em chuvas, estar no clima certo para receber os turistas que nos visitam, apesar das chuvas de janeiro último. Aquilo passou e a cidade, e o Sesc, estão prontos para aquecer todos com o Festival de Inverno”.

O duo Gabriela e Daniel fecha a abertura do Festival da Dell’Arte

O Festival acontece em todas as cidades de serra do Estado do Rio, incluindo Teresópolis e Nova Friburgo, que também sofreram com as chuvas de janeiro. “Esperamos a visita de cerca de 85 mil pessoas em todas as cidades, todos os dias, este é o maior evento cultural do Estado”, continua Anderson. O evento está abrindo espaço para artistas locais, como o próprio Serra Velho Quarteto e o violonista André Henríquez. “Eles viram meu trabalho na internet e me convidaram”, informa André, músico profissional desde os 17 anos de idade (hoje tem 35). Alguns dos espetáculos serão pagos, mas a preços populares. “Este ano vai ser mais fácil, haverá venda de ingressos pela internet e em um ponto no Centro da cidade, na Copiosa Cópias, que funciona na Rua do Imperador, 866, e no próprio Sesc Qui-

Sétima arte

Cinema em Cordel é atração desta sexta em projeto petropolitano Após exatos nove anos de sua morte, o Cinema360° homenageia Patativa do Assaré com filmes sobre a cultura nordestina. “Santa Helena em Os phantasmas da Botija”, de Petrônio Lorena e Tiago Scorza, produção de 2004, com 18 minutos de duração, será uma das atrações.

O cordelista, a cidade de Santa Helena e seus phantasmas contam uma história sobre a busca pelo ouro, o imperialismo americano e a poesia de cordel. “Patativa do Assaré - Ave Poesia” de Rosenberg Cariry, produção de 2007, com 84 minutos de duração será a outra. O filme aborda a vida e

a obra do poeta Patativa do Assaré, destacando a relevância dos seus poemas, o significado político dos seus atos e a sua imensa contribuição à cultura brasileira. A entrada é franca e a exibição será na Sala de Cinema Humberto Mauro do Centro de Cultura Raul de Leoni, hoje, a partir de 19h.

Música

Rapper de New Orleans esquenta a noite desta sexta na Tamboatá

Hoje, a partir de 22h, a Tamboatá recebe o rapper Baby Boy Da Prince, de New Orleans. Baby Boy Da Prince é o nome artístico de Laywrence Cennett, irmão do rapper e boxeador Choppa. Nascido em New Orleans em 1986, o cantor iniciou a carreira em 2002, ainda com 16 anos, participando de coletâneas do selo No Limit Records. O nome Baby Boy foi dado pelo agente, Melvin, pois o artista sempre foi chamado de “Da Prince”.

O Rapper estourou no mundo todo com o primeiro single “The Way I Live” e logo em seguida assinou com a Universal Republic Records. No CD de estreia tiveram outras músicas que viraram febre em pistas do mundo toco como “Nawmeen” e “Damela”. A Tamboatá fica localizada à Estrada União & Indústria, 12.360, Itaipava. Mais informações: Facebook (http:// www.facebook.com/tamboata) e Twitter (http://twitter. com/tamboata).

Divulgação

Baby Boy faz seu show hoje à noite, na Tamboatá

Aquário - (21/01 a 19/02)

Excelente aspecto astral para as experiências psíquicas e ao aumento e a evolução de sua inteligência e conhecimentos. A saúde será bastante boa o que lhe dará maiores condições de sucesso geral. Todavia, evite tensões, entendendo-se da melhor maneira possível com todos.

tandinha”, informa Anderson. Haverá atrações ao ar livre, no Palácio de Cristal, no Parque Municipal, em Itaipava, na Praça D. Pedro. “Estamos em parceria com o comércio local, pois uma das intenções do Festival de Inverno é fomentar a atividade econômica de Petrópolis”, continua. A venda de ingressos pela internet começa hoje e o endereço é www.ingressorapido.com.br. O espetáculo abre dia oito, com João Carlos Martins regendo a Orquestra Filarmônica Bachiana. Mas, além da música, os destaques também incluem o Teatro, com várias peças que entraram em cartaz há pouco, no Rio de Janeiro, exposições de artes plásticas, fotografia e encontros literários. O Teatro do Sesc Quitandinha tem capacidade para 800 pessoas e o endereço é Rua Joaquim Rolla, 02, Quitandinha. Maiores informações pelo telefone (24) 2245-2020.

512

marciosalerno@diariodepetropolis.com.br

SINUSITE? cloreto de sódio

lho

e ju 8 a 31 d

a andinh sc Quit

Se

DESTAQUES DA 1ª SEMA 9/7 - Dom

10/7 - Dom

Sesc Quitandinha

Sesc Quitandinha

Sesc Quitandinha

20h - Show Maestro João Carlos Martins e Orquestra Bachiana

REALIZAÇÃO

SINUSTRAT É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE O MÉDICO E O FARMACÊUTICO. LEIA A BULA. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO

SINUSTRAT DESCONGESTIONANTE NASAL - Composição: Cloreto de Sódio. Medicamento de Notificação Simplificada RDC Anvisa n° 199/2006. AFE n° 1.00174-0. Indicação: fluidificante e descongestionante nasal. Contraindicação: hipersensibilidade individual aos componentes da formulação. SINUSTRAT DESCONGESTIONANTE NASAL ADULTO - Composição: Cloreto de Sódio.Reg. M.S 1.0174.0034.008-3. Indicação: fluidificante e drenador das secreções nasais e paranasais e redutor da obstrução nasal, em casos de resfriados, rinites e sinusites agudas ou crônicas. Contraindicação: hipersensibilidade individual aos componentes da formulação.

NA

8/7 - 6ª

Não recomendado para menores de 10 anos

Alívio contra a sinusite

TRANSFORMERS 3 - O LADO OCULTO DA LUA – Censura 12 anos – com Leonard Nimoy – Horários: 17h e 19h50 todos os dias, exceto segunda-feira Os Autobots, liderados por Optimus Prime, estão de volta em ação, em uma luta contra os terríveis Decepticons, que estão determinados a vingar a sua derrota em “Transformers: A Vingança dos Derrotados”. Neste novo filme, os Autobots e Decepticons se envolvem em uma perigosa corrida espacial entre os EUA e a Rússia, e uma vez mais humano Sam Witwicky tem de vir em auxílio de seus amigo robô. Há também novos personagens, incluindo um novo vilão, Shockwave, um transformer que governa Cybertron enquanto os Autobots e Decepticons se enfrentam na Terra. KUNG FU PANDA 2 – Censura livre – Dublado – Horários: 15h todos os dias, exceto 2ª feira Po e seus amigos voltam na continuação. Jack Black lidera o elenco como o panda Po, o animal mais tranqüilo do Vale da Paz. Dustin Hoffmann fará a voz de Shifu, o mestre de kung fu certinho e durão que recebeu a tarefa de transformar o indisciplinado Po em um lutador de kung fu. Ingressos: terças e quartas ingresso promocional a R$ 6 para todos (exceto feriados). Preço de ingressos as quintas e sextas - inteira R$ 14 e meia R$ 7. Preço de ingressos aos sábados e domingos - inteira R$ 16 e meia R$ 8. CINE BAUHAUS R. Dr. Nelson de Sá Earp, 89 Shopping Center Bauhaus Centro SALA 1 SE BEBER NÃO CASE – PARTE II – Censura 16 anos – com Bradley Cooper – Horários: 14h30, 16h30, 18h30 e 20h30 Depois de uma despedida de solteiro “marcante” e inesquecível em Las Vegas, Phil, Stu, Alan e Doug fazem uma viagem para a exótica Tailândia. Só que dessa vez, Stu não vai se casar com uma dançarina americana, mas fica noivo de uma moradora local. Agora, são estrangeiros em um país diferente onde a tradicional regra de que “o que acontece em Vegas, fica em Vegas” não faz o menor sentido e vão descobrir o que acontece em Bangkok. SALA 2 CARROS 2 – Censura livre – Horários: 14h, 16h, 18h e 20h Relâmpago McQueen resolve participar da Corrida dos Campeões, o que faz com que dispute corridas na Itália, Alemanha, França, Inglaterra e Japão. Ao seu lado está o amigo Mater, que acaba se envolvendo no mundo da espionagem internacional ao conhecer Finn McMissile, um investigador. Preços: Segunda é dia de cinema. Ingressos a R$ 3 em todas as sessões. Terça a quinta (exceto feriados): Sessões iniciadas até 15h59min Inteira: R$ 10 (meia: R$ 5). Após 16h inteira: R$ 12 (meia: R$ 6). Sexta a domingo e feriados: Sessões iniciadas até 15h59min inteira: R$ 12 (meia R$ 6) Após 16h inteira: R$ 14 (meia R$ 7). Lembrando que estamos com uma promoção de terça a domingo: todas as pessoas pagam meia entrada. TOP CINE HIPERSHOPPING ABC

SALA 1 KUNG FU PANDA 2 – Censura livre – Horários: 14h30, 16h30, 18h30 e 20h30 - 2ª feira – dia 04 – não haverá sessão SALA 2 CARROS 2 – Censura livre – Horários: 14h, 16h e 18h segunda feira, dia 04, não haverá sessão X-MEN: primeira classe – Censura 12 anos – com Michael Fassbender – Horários: 20h - 2ª feira – dia 04 – não haverá sessão TOP CINE HIPERSHOPPING MERCADO ESTAÇÃO Rua Paulo Barbosa, 310 / 1º piso Centro - Petrópolis Cine Fone: (24) 2249-9900 www.cinemaxx.com.br SALA 1 QUALQUER GATO VIRALATA – Censura 12 anos – com Cléo Pires – Horários: 14h40, 16h30 e 18h20 - 2ª feira – dia 04 – não haverá sessão Tati é apaixonada por seu namorado, o mimado e riquinho Marcelo, fazia tudo para mantê-lo sobre controle, mas o cara era um mulherengo e eles acabaram dando um tempo. Disposta a reconquistá-lo, ela acaba se oferecendo como “cobaia” para o professor de Biologia Conrado (Malvino Salvador), que defende uma tese polêmica sobre a harmonia entre as conquistas amorosas dos humanos e as atitudes dos animais. No começo, a experiência acaba dando certo, mas na medida que os dias passam, aluna e professor começam a vivenciar um novo momento e pintou um cheiro de romance no ar. Será que vai dar certo? TRANSFORMERS 3: o lado oculto da lua – Censura 10 anos – com Leonard Nimoy – Horários: 20h20 - 2ª feira – dia 04 – não haverá sessão SALA 2 TRANSFORMERS 3: o lado oculto da lua – Censura 10 anos – com Sjia La Boeuf – Horários: 14h20, 17h20 e 20h20 - 2ª feira – dia 04 – não haverá sessão SALA 3 OS PINGUINS DO PAPAI – Censura livre- com Jim Carrey – Horários: 14h50, 16h50 e 18h50 - 2ª feira – dia 04 – não haverá sessão Tom Popperé um especialista em comprar imóveis antigos, para que sejam demolidos de forma que sua empresa possa construir modernos edifícios. Ele almeja se tornar sócio da empresa, mas para atingir o objetivo precisa cumprir uma última missão: convencer a senhora Van Gundy, dona de um tradicional restaurante localizado no centro de Nova York, a vender o imóvel. Algo que não será nada fácil, já que ela apenas aceita vender o local para alguém que tenha princípios. Paralelamente, Popper recebe a notícia de que seu pai, um aventureiro que rodou o mundo cujo contato quase sempre foi através do rádio, faleceu na Antártida. No testamento ele deixa para o filho um pinguim, entregue em uma caixa refrigerada. Sem saber o que fazer, Popper resolve ficar com ele após perceber a afeição que seus filhos nutrem pelo animal. QUALQUER GATO VIRALATA – Censura 12 anos – com Cléo Pires – Horários: 20h50 - 2ª feira – dia 04 – não haverá sessão

Filmes na TV

Peixes - (20/02 a 20/03)

Dia que promete sucesso nas investigações, nas pesquisas e na medicina. Sua inteligência será exaltada, devido ao bom aspecto do planeta Mercúrio em seu horóscopo. Cuide, da saúde, da reputação e de seu dinheiro. Notícias negativas.

CINE ITAIPAVA Est. União & Indústria, 11.000 - Itaipava

Rua Teresa, 1415 / 2º piso Alto da Serra – Petrópolis Cine Fone: (24) 2249-9900 www.cinemaxx.com.br

18h - Teatro Deus da Carnificina

Não recomendado para menores de 14 anos

APOIO INSTITUCIONAL

APOIO

16h - Show Pequeno Cidadão Arnaldo Antunes Livre para todos os públicos

Programação completa: www.sescrio.org.br Acompanhe o Festival pelo twitter @sesc_rio

Vendas:

Sujeito à taxa de conveniência

Associado Sesc Rio tem 75% de desconto no valor do ingresso. Será obrigatória a apresentação da carteira do Sesc Rio acompanhada de documento com foto na entrada das atrações. Os ingressos só serão vendidos para carteiras dentro do prazo de validade. A renovação é feita em qualquer unidade do Sesc Rio. Verifique a classificação indicativa de cada atração cultural.

SUPER ESCOLA DE HERÓIS – GLOBO – 16H – COM KELLY PRESTON - O jovem Will Stronghold é filho de dois lendários super-heróis, mas parece não ter os mesmos superpoderes. Na escola de super-heróis, Will é designado para a categoria inferior de assistente. Quando seus poderes afloram, ele deixa o sucesso lhe subir a cabeça, o que pode comprometer a segurança da escola e talvez do mundo. Exibição em HD.


56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

sexta-feira, 1 de julho de 2011

OFERTAS VÁLIDAS

DE

2,85 cada

Óleo de soja Liza PET 900 ml

O MINISTÉRIO DA SAÚDE ADVERTE: O ALEITAMENTO MATERNO EVITA INFECÇÕES E ALERGIAS E É RECOMENDADO ATÉ OS 2 ANOS DE IDADE OU MAIS.

SÃO PROIBIDAS A VENDA E A ENTREGA DE BEBIDAS ALCOÓLICAS A MENORES DE 18 (DEZOITO) ANOS (art. 81, II do Estatuto da Criança e do Adolescente).

30/6 E 1/7/11

4,99 Arroz agulhinha Fantástico tipo 2 5 kg

1

,95

5,88

Leite longa-vida Parmalat - 1 litro

cada

Café Pilão vários tipos - 500 g

2

,99 cada

0

Margarina Qualy cremosa com ou sem sal - 500 g

,99

5

8

cada

Cerveja Itaipava lata 350 ml

,99

,98

Linguiça calabresa curada Seara - kg

Detergente em pó Omo Multiação 2 kg

(1) Desconto exclusivo para pagamento com os Cartões Extra, CompreBem e Sendas. Consulte condições na loja. Promoção válida de 30/6/2011 a 3/7/2011.

(2) Sujeito à análise de crédito.

Ofertas válidas para os dias 30/6/2011 e 1/7/2011 ou enquanto durarem os estoques. Após essa data, os preços voltam ao normal. Verifique a disponibilidade dos produtos na loja mais próxima. Garantimos a quantidade mínima de 5 unidades/kg de cada produto por loja em que ele esteja disponível. Para melhor atender nossos clientes, não vendemos por atacado e reservamo-nos o direito de limitar, por cliente, a quantidade dos produtos anunciados. Pagamento a vista pode ser feito em dinheiro, cheque, cartão de débito ou com os cartões de crédito Amex, Aura, Diners, Good Card, MasterCard, Policard, Sorocred, Unik, Vale Shop (aceito somente nas lojas do Rio de Janeiro) ou Visa. No site www.extra.com.br, as ofertas e formas de pagamento podem ser diferenciadas. Consulte condições para pagamento com cheque na loja. O Extra aceita vários vales-alimentação (confira relação na loja). Fica ressalvada eventual retificação das ofertas aqui veiculadas.

Ofertas válidas para a loja Extra Supermercado de Paulo Barbosa Horário de funcionamento: das 7 às 22 horas Não são todos os produtos que estão disponíveis nas lojas Extra Supermercado, podendo variar de acordo com o estoque ou sortimento de cada loja. Consulte a loja mais próxima.

ONDE:

*A campanha “PREÇO NÃO SE DISCUTE” é válida somente para as lojas físicas do Extra Hiper e Extra Supermercado, não valendo para as lojas Extra Fácil ou loja virtual www.extra.com.br. Não serão aceitas, para comparação de preços, as ofertas emitidas por comerciantes ou empresas atacadistas. Será válido somente o anúncio impresso da concorrência, do mesmo município, na forma de tabloide, lâmina, folheto ou anúncio de jornal de grande circulação, com o prazo de oferta dentro do período desta promoção, para produtos idênticos (mesma marca, tipo, voltagem, cor, sabor, quantidade etc.). O anúncio apresentado não será devolvido ao cliente e ficará retido pelo Extra. Esta condição não é válida para promoções especiais com múltiplos de produtos, do tipo “pague 2 e leve 3”, “leve 4 e, com mais um centavo, leve outro produto ou mais um exemplar do mesmo produto”. Não vendemos por atacado e reservamo-nos o direito de limitar, por cliente, a quantidade dos produtos vendidos, de acordo com esta promoção, em 5 unidades/kg por produto da categoria alimentos e 2 unidades por produto da categoria não alimentos. Consulte o SAC das lojas Extra Hiper e Extra Supermercado para mais informações.

7


8

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

sexta-feira, 1 de julho de 2011

CIDADE AVISOS E EDITAIS

CARLOS SODRÉ PORTELLA

Missa de 7º Dia

Vera e Christina, Luiz Paulo e Pedro Affonso, Luci Ane e Thereza, agradecem as manifestações de carinho e convidam para a Missa de 7º Dia do seu querido e saudoso esposo, pai, tio e cunhado CARLOS SODRÉ PORTELLA, que será celebrada no dia 03/07(domingo) às 11:30hs na Catedral São Pedro de Alcântara.

SINDICATO DOS CONTABILISTAS DE PETRÓPOLIS Professor Jelcy Corrêa, da Diretoria Regional Pedagógica Serrana I

Só três escolas do estado não são municipalizadas Roberta Müller

robertamuller@diariodepetropolis. com.br

A meta de municipalizar os anos iniciais do Ensino Fundamental até 2015 deverá ser facilmente cumprida em Petrópolis. Isso porque apenas três das 15 escolas estaduais da cidade ainda oferecem cursos de primeiro ao quinto ano – os Cieps Cecília Meireles, em Corrêas, e Santos Dumont, Alto Indepencência, além da Escola Estadual Rui Barbosa, no Alto da Serra. Neste último, apenas uma turma ainda está instalada no prédio e deverá acabar já no ano que vem. A expectativa é que todas as turmas sejam desativadas até 2013, dois anos antes da meta. Segundo Jelcy Correa, da Diretoria Pedagógica Serrana III, elas estão em fase de “terminalidade”. Na última quarta-feira, a subsecretária de Gestão de Ensino da Secretaria de Estado de Educação (Seeduc), Ana Paula Souza, garantiu, durante reunião da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), que todas as turmas do estado do Rio estarão municipaliza-

das até 2015. Já Jelcy lembrou que iniciou esse processo em 1999, quando foi titular da extinta Coordenadoria de Educação na cidade. - Naquele ano começamos a fazer o primeiro sistema de integração básica. No período em que fui coordenador, os anos iniciais de cerca de seis escolas foram transferidos para o município. Temos que nos adequar porque isto está previsto na Constituição. E os estudantes não serão prejudicados porque não entraram alunos novos nessas turmas. Quando eles passarem para o sexto ano a turma acaba, por isso estão em fase de terminalidade - explicou Correa. O objetivo da lei é a transferência só do primeiro ciclo. Dos 92 municípios do estado, 32 já fizeram a municipalização completa das matrículas dos alunos do primeiro ao quinto anos do ensino fundamental. Ainda segundo a subsecretária, o estado vem planejando esse repasse às prefeituras através de acordo e, gradativamente, vem deixando de ofertar os anos iniciais nesses locais. São 450 mil pessoas matriculadas nesses segmentos.

Abertura de gala do Festival de Inverno da Dell’Arte é hoje A Abertura de Gala do 11º. Festival de Inverno de Petrópolis/Dell’Arte será realizada hoje, às 20h, na Catedral São Pedro de Alcântara, e apresentará três imperdíveis obras. A primeira da noite é o admirável Prelúdio e Fuga sobre Bach, uma obra para órgão do compositor Franz Liszt interpretado por Marco Aurélio Lischt (órgão). Um programa dos mais sedutores, onde o recém-reformado grande órgão da Catedral terá um lugar de honra. Em seguida, este mesmo músico, Marco Aurélio Lischt entra em cena novamente, desta vez acompanhado do trompetista Vinicius Lugon,

Diário

de Petrópolis

interpretando o Concerto para Trompete e Orgão em Si bemol, de Tomaso Albinoni. Fechando a Abertura de Gala, a Orquestra de Câmara Jovem do Conservatório Brasileiro de Música apresenta a Sinfonia Concertante para violino e viola K364, de W. A. Mozart, com os solistas Daniel Guedes, na viola, e Gabriela Queiroz, no violino. A regência fica a cargo de Ueslei Banus. Marco Aurélio Lischt nasceu em Petrópolis/RJ e iniciou a carreira musical ao ingressar no Coral dos Canarinhos de Petrópolis. Formado em piano com o título Magna cum Laude pela Escola de Música da UFRJ.

Há 30 anos era publicado

Em sua edição número 2.283, de 1 de julho de 1981, uma quartafeira, o DIÁRIO publicou os seguintes destaques:

JAMIL REASSUME - O prefeito Jamil Sabrá reassumiu seu cargo nesta data, depois de 16 meses de afastamento por causa de um processo votado pela Câmara Municipal, que foi anulado por decisão judicial. O advogado do prefeito, Gusmar Alberto Visconti de Araújo, conseguiu o mandado de segurança contra a Quinta Câmara Cível do Tribunal de Justiça, que garantira o afastamento.

ZONEAMENTO CRITICADO - O presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação de Petrópolis, Décio Braga Leal, afirmou que os tombamentos e restrições que estavam sendo efetuados na cidade acabavam por conter o crescimento das atividades econômicas, coisa que, segundo ele, só traria prejuízos aos trabalhadores, com benefícios apenas para os veranistas.

SEM ÁGUA - Grande parte do Centro da cidade e alguns bairros foram atingidos pela falta d’ água, devido a reparos na rede de abastecimento, que apresentava defeitos em vários locais. O mais grave deles foi o estouro da adutora da Vargem Grande, no Moinho Preto. Além da área central, na Rua do Imperador e adjacências, faltou água também na Mosela, no Caxambu e na Rua Montecaseros.

ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA EDITAL DE CONVOCAÇÃO “O Presidente do Sindicato dos Contabilistas de Petrópolis no uso de suas atribuições estatutárias com dispositivos legais estabelecidos na CLT e no artigo 8º, inciso IV, da Constituição Federal, convoca os Contabilistas (Contadores e Técnicos em Contabilidade) em exercício na sua base territorial, sócios ou não do Sindicato, em dia com a Contribuição Constitucional, para Assembléia Geral Extraordinária, a realizar-se no dia 12 de julho de 2011, às 18:00 horas em primeira convocação ou às 18:30 horas em segunda, no Sindicato dos Contabilistas de Petrópolis, sito à Rua Irmãos D’Angelo, 48/401 – Centro – Petrópolis – RJ, com qualquer número de presentes para deliberar sobre a seguinte ordem do dia: item único: Fixar com base no artigo 8º Inciso IV da Constituição Federal, o valor para a Contribuição Constitucional do exercício de 2011, a ser enviados a todos os profissionais de Contabilidade na base territorial do Sindicato e, nos termos de seu regulamento”. Petrópolis, 01 de julho de 2011. Flavio Ottero Licht Presidente - SCP

www.diariodepetropolis.com.br

SEPULTAMENTO

Cartório de 3º Ofício de Petropolis

Quinta-feira, 30/06/11

R. do Imperador, 1021 - Centro

01/07/2011

Terceiro Ofício - Petropolis - RJ

Pag: 1

Relação do edital dia 01/07/2011

Cemitério Municipal Álvaro Carneiro Bastos Isickê, 58 anos, Centro, 10h Almir Feliciano Becker, 74 anos, Independência, 14h30 Eli Francisco, 58 anos, Estrada da Saudade, 16h30 Jurema Santos de Souza, 75 anos, Carangola, 16h Anna Maria Nardi, 62 anos, Morin, 16h15 Imaculada Conceição Estevão, 53 anos, Quarteirão Brasileiro, 14h Cemitério de Itaipava Eva dos Anjos Chaves, 45 anos, Araras, 9h30 Celeste da Costa Carvalho, 78 anos, Morin, 16h30 OBS. AS INFORMAÇÕES ACIMA SÃO FORNECIDAS AO DIÁRIO POR FUNCIONÁRIOS DAS SECRETARIAS DOS CEMITÉRIOS,

Acham-se afixados neste cartório, conforme a lei 9492/97, art. 15 $1 - Processo 89.877/99 CGJ/RJ, para serem protestados os títulos de responsabilidade de: Protestar em 04/07/2011 AROMA DA SERRA COM. DE PERF.E COSMETICOS ESTRADA UNIAO INDUSTRIA, 11000 LJ 56/B

Número: 00055013/A

DUPLICATA MERCANTIL

Emissão:08/04/2011

Vencto: 07/06/2011 Cheque Administrativo

Custas

Valor:

AROMA DA SERRA COM. DE PERF.E COSMETICOS

Cheque Administrativo

Emissão:07/04/2011

Valor:

RUA PAULO RUDGE 75

Emissão:03/05/2011

Valor:

Protestar em 04/07/2011 WASHINGTON LUIZ 1227

Número: 00002652501 Emissão:25/05/2011

Vencto: 15/06/2011 Cheque Administrativo

Custas

Valor:

011117625000154

Número: 0013051901 Emissão:09/05/2011

Custas

Valor:

0,00 Tarifa

280,12

Portador/ Cedente / Sacador

Protocolo 9978

MILLIU IND E COM DE PRODUTOS EM E V A

28/06/2011

120,27 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

1.325,97

Portador/ Cedente / Sacador

Protocolo

001 - BANCO DO BRASIL SA

10043

SUL MINEIRA ALIMENTOS LTDA

28/06/2011

SUL MINEIRA ALIMENTOS LTDA

106,39 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

340,24

Portador/ Cedente / Sacador

Protocolo

341 - BANCO ITAU SA

10000

TOTAL LUBR DO BRASIL LTDA

28/06/2011

TOTAL LUBR DO BRASIL LTDA

622,38

Cartório de 3º Ofício de Petropolis 737,11 ou Dinheiro Custas

114,73 Total

Protestar em 04/07/2011

14,03 Total

219,82

R WASHINGTON LUIZ, 1019 DUPLICATA MERCANTIL

100,83 Cpmf

237 - BANCO BRADESCO S A

CNPJ / CPF

RENE RAUL DOS SANTOS

Cheque Administrativo

28/06/2011

IPEC - IND DE PERFUMES E COSME

326,21 ou Dinheiro Custas

106,39 Total

Protestar em 04/07/2011

Vencto: 08/06/2011

TELECHANCE FOMENTO MERCANTIL LTDA

1191,67

012548375000170

DUPLICATA MERCANTIL

Protocolo 9977

CNPJ / CPF

MASTER PET COM ART PET SHOP LTDA

475,72

Portador/ Cedente / Sacador

1.311,94 ou Dinheiro Custas

120,27 Total

14,03 Total

MILLIU IND E COM DE PRODUTOS EM E V A

Número: 1061-2.

Custas

0,00 Tarifa

165,26

14136239726

DUPLICATA MERCANTIL

106,39 Cpmf

237 - BANCO BRADESCO S A

CNPJ / CPF

FRANCISCO CARLOS PONTI

Cheque Administrativo

28/06/2011

IPEC - IND DE PERFUMES E COSME

266,09 ou Dinheiro Custas

100,83 Total

Protestar em 04/07/2011

Vencto: 17/06/2011

TELECHANCE FOMENTO MERCANTIL LTDA

CNPJ / CPF 011483786000161

Número: 00054641A

Custas

9976

355,30

ESTRADA UNIAO INDUSTRIA, 11000 LJ 56/B DUPLICATA MERCANTIL

Protocolo

237 - BANCO BRADESCO S A

461,69 ou Dinheiro Custas

106,39 Total

Protestar em 04/07/2011

Vencto: 06/06/2011

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF 011483786000161

114,73 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

751,14 01/07/2011

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF Terceiro Ofício - Petropolis - RJ

RIFRAN CONFECCOES LTDA

008473887000147

VILA MATHIAS KREISCHER 03

GALPAI

DUPLICATA MERCANTIL

399 - HSBC BANK BRASIL SA BANCO MULTIPL

R. do Imperador, 1021 - Centro

HSBC BANK BRASIL S/A BANCO MULTIPLO

ILZE NUSSENBAUM ARTIGOS DO VESTUARIO E P Relação do2227/3 edital dia 01/07/2011 Número:

Protocolo 9995 Pag: 2 28/06/2011

Vencto: 13/06/2011 Acham-se Emissão: afixados21/02/2011 neste cartório,Valor: conforme a lei1998,50 9492/97, art. 15 $1 - Processo 89.877/99 CGJ/RJ, para serem protestados os títulos de responsabilidade de: ou Dinheiro Custas 120,27 Cpmf Cheque Administrativo Custas 120,27 Total 14,03 Total 2.118,77 2.132,80 0,00 Tarifa Protestar em 04/07/2011 RUBICAIRO CONFECCOES LTDA R AURELIANO COUTINHO,67,LJ.2

Número: 03075406-0

DUPLICATA MERCANTIL

Emissão:01/04/2011

Vencto: 10/06/2011 Cheque Administrativo

Custas

100,83 Total

Protestar em 04/07/2011 THOTH LOUNGE RESTAURANTE LTDA

Valor:

Vencto: 15/06/2011 Cheque Administrativo

Custas

120,27 Total

9986

BANCO ABC BRASIL SA

28/06/2011

SANTACONSTANCIA TECELAGEM LTDA

112,45

Valor:

100,83 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

227,31

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF 012262419000109

Número: 08414-1 Emissão:16/05/2011

Protocolo

399 - HSBC BANK BRASIL SA BANCO MULTIPL

213,28 ou Dinheiro Custas

ESTR.UNIAO INDUSTRIA 9314 LJS 01 A 05-IT DUPLICATA MERCANTIL

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF 002773429000147

Protocolo

001 - BANCO DO BRASIL SA

10100

RADIO TRIBUNA DE PETROPOLIS LTDA

28/06/2011

RADIO TRIBUNA DE PETROPOLIS LTDA

2524,20

2.644,47 ou Dinheiro Custas

120,27 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

2.658,50

Intimo-os a pagarem ( através de cheque administrativo ou dinheiro com guia de pagamento a ser retirada neste tabelionato ), ou no caso da falta de aceite, comparecer para aceita-lo, ou dar-me as razões por que não o faz. Ficando assim já intimado do respectivo protesto no prazo estipulado na forma da lei. Petropolis, 01/07/2011 João Correia Lima Neto - Escrevente

Leia e assine o Diário de Petrópolis

( 2235-7165


MOSELA

Na paróquia de São Judas Tadeu a secretaria tem expediente de terça-feira a sexta-feira, de 16h30 às 18h30 e os eventos religiosos podem ser informados pelo telefone 2245 7344. O pároco é o padre Luiz Garcia Mello e o vigário paroquial é o padre Nerel Quirino Damasceno.

D

iário nos

RJ Oto dos Santos adiantou que Petrópolis está entre os dez municípios que não têm uma instituição representativa dos trabalhadores rurais. Para ele, a cidade com um grande potencial de produção no campo, principalmente no Caxambu e Brejal, já deveria ter um sindicato dando atenção aos serviçais responsáveis por um grande percentual de alimentação de famílias.

Grão em Grão promove evento em Itaipava para reforçar caixa O Projeto Grão em Grão, de Nogueira, promove amanhã uma feijoada com o objetivo de angariar fundos que serão empregados na Costura Santa Rita. O evento também tem como objetivo homenagear o aniversário do padre José Carlos Medeiros Nunes, o padre Quinha, segundo informou a presidente Maria Elisa Cesário Alvim Modiano.

A feijoada terá início às 13h no Itaipava Golf Clube, na Estrada das Arcas, 3.673 e os convites custam R$ 30,00 podendo ser adquiridos no local. O Projeto Grão em Grão é integrado ao Centro de Pastoral Social mantido pela paróquia de Santo Antônio e Santo Agostinho, de Nogueira. As informações podem ser obtidas pelo telefone 2221 5634.

Até domingo público ainda pode visitar exposição em Nogueira Termina domingo a exposição Simples...Assim do pintor Yves Serpa no Centro Cultural Estação Nogueira. Os quadros do artista de Maricá (RJ) continuam expostos no salão principal do prédio histórico no centro do bairro e durante a mostra, dezenas de pessoas, incluindo turmas de escolas da região já fizeram visitas ao local.

B

airros

diarionosbairros@diariodepetropolis.com.br

FETAG lembra Caxambu e Brejal necessitados de apoio sindical A Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Rio de Janeiro – FETAG/RJ – confirmou que irá marcar uma data para encontro de diretores com representantes da classe em Petrópolis. O objetivo é a formação de um sindicato de trabalhadores rurais na cidade, com o objetivo de discutir e consolidar benefícios para a categoria. O presidente da FETAG/

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

sexta-feira, 1 de julho de 2011

O público ainda tem acesso hoje e amanhã de 9h às 18h e no domingo até as 13h quando encerra a mostra. A realização é da Fundação de Cultura e Turismo e do próprio Centro Cultural Estação Nogueira. Apoio: Roda D`Água Produtos Orgânicos, Orlando Bessa – Gabinete de Arte – e Sítio Solidão.

9

ALCOÓLICOS ANÔNIMOS

Reuniões de hoje 19h: Grupo 27 de Maio, Rua Bingen, 261. 19h30: 28 de Janeiro, Rua Paulo Barbosa, 180, Centro; Amor e Atração, Av. Leopoldina, 596, Nogueira; Bingen, Rua Santa Rita de Cássia, 30, Castrioto; Castelânea, Praça Pasteur, 79; Petropolitano, Rua Santos Dumont, 100.

Cineclube prossegue hoje à noite Entidade faz pesquisa sobre preferência de filmes em Araras e comédias foram citadas em grande maioria por moradores do bairro Depois de pesquisar na comunidade a qual modalidade de filme que o público deseja assistir, o resultado foi que a grande maioria citou comédias. Por causa disso, o Projeto Araras vai exibir hoje seis curtas-metragens a partir de 19h na Escola Estadual Araras que narrarão contos engraçados, segundo informou a gerente Teresinha Almeida.

O primeiro deles será O Oitavo Selo, um filme que brinca com um assunto sério: a morte. Em seguida o Açaí Com Jabá vai apresentar o duelo de um paraense e um turista para ver quem consegue beber mais a fruta e comer a raiz. O terceiro vai ser o Dove Meneghetti, baseado na história real de um irreverente assaltante paulista na década de 20.

O P R Kadeira é o quarto curta que será exibido com garantia antecipada de gargalhadas sobre a instalação de uma rádio pirata por dois bandidos e que se torna um sucesso total de público. Depois de forma muito bem-humorada, No Princípio Era o Verbo faz todos refletirem sobre o conceito da verdade. O Cineclube Araras

está inserido no Projeto Araras desde o início do ano aprovado pelo Ministério da Cultura e as sessões são sempre às sextas-feiras na Escola Estadual. O último filme de hoje será o curta BMW Vermelho contando as situações vividas por uma família pobre que ganhou o carro em um sorteio, não pode vendê-lo e ninguém sabe dirigir.

Moradores alertam sobre acidentes em trecho da Rua Lopes Trovão As duas placas sinalizando o local onde aconteceu um acidente com um ônibus no final de maio na Rua Lopes Trovão, no Alto da Serra, foram solicitadas e colocadas pelo presidente Emerson Grion Teodoro, da Associação de Moradores do Centro Comunitário Lopes Trovão. O poste que tombou continua caído no lugar. A informação sobre as placas foi do próprio líder comunitário, que informou sobre ter solicitado e atendido pela Companhia Petropolitana de Trânsito e Transporte – CPTrans. Mas sobre o poste tomba-

do, a reclamação foi feita por um grupo de moradores que ao observarem ele caído, opinaram que as autoridades já deveriam ter recolhido e melhorado a aparência do lugar. Além disso, mostraram no final da semana passada que cacos de vidros também causam risco de acidentes no local, citando a passagem de menores estudantes. O acidente aconteceu com um ônibus da Transturismo Rei – TREL – quando o coletivo colidiu com o poste, ferindo passageiros e contribuindo para o bloqueio do trânsito no dia durante seis horas.

Placas sinalizam local do acidente que envolveu ônibus da TREL


10

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

sexta-feira, 1 de julho de 2011

economia

Superávit primário é o maior da série histórica do BC Fotos: Divulgação

Kelly Oliveira/ABr

Lobão quer que a Petrobras estude melhor o assunto e apresente alternativas

Conselho pede cortes no plano de negócios da Petrobras Vitor Abdala/ABr

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, disse ontem que a divulgação do novo plano de negócios da Petrobras depende de cortes orçamentários. Nas últimas reuniões do Conselho de Administração da estatal, foi solicitado o corte de 10% do orçamento proposto pela direção da empresa. A diretoria da Petrobras chegou a apresentar algumas propostas de cortes no orçamento, mas o Conselho de Administração, na última reunião, considerou insuficientes. - O conselho pediu à direção da Petrobras que fizesse uma reavaliação do plano em alguns aspectos. A direção da Petrobras levou ao conselho alguns pontos que deveriam ser cortados para

fazer essa redução. O Conselho preferiu que ela [a direção] estudasse melhor o assunto e apresentasse outras alternativas - disse Lobão. Os cortes ainda estão sendo estudados pela direção da Petrobras, mas, segundo o ministro, não afetarão os investimentos em andamento, em especial, nas refinarias. - Não acho que deva haver cortes de natureza nenhuma. Dificilmente uma empresa do tamanho da Petrobras consegue aplicar todo seu orçamento no ano - disse. Sobre a próxima rodada de licitações de blocos de petróleo, já autorizada pelo Conselho Nacional de Pesquisa Energética (CNPE), Lobão disse que presidenta Dilma fez questão de examinar pessoalmente o processo.

A economia feita pelos governos federal, estaduais e municipais para pagar os juros da dívida pública, o superávit primário, em 12 meses encerrados em maio, R$ 126,639 bilhões, é a maior da série histórica do Banco Central (BC), iniciada em 2001. O resultado está acima da meta para o ano, que é R$ 117,9 bilhões. Em relação ao Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país, o superávit primário correspondeu a 3,29%, no período de 12 meses, o maior resultado desde dezembro de 2008, quando ficou em 3,42%. De janeiro a maio, o superávit primário ficou em R$ 64,820 bilhões, o que corresponde a 55% da meta para este ano. No mesmo período do ano passado, o setor público havia cumprido 35% da meta. Em 2009 e 2008, também de janeiro a maio, esses percentuais estavam em 41% e 77%, respectivamente. Em maio, o superávit primário ficou em R$ 7,506 bilhões, contra R$ 487 milhões registrados em igual período de 2010. Segundo o chefe do Departamento Econômico do BC, Tulio Maciel, o resultado fiscal do mês passado mostra “convergência para uma situação de normalidade”. - Estamos em trajetória de pleno cumprimento da meta do ano - disse. Já os gastos com o pagamento de juros da dívida pública foram os piores da série do BC para o período tanto de janeiro ao mês passado

Segundo Maciel, o aumento se deve à mudança na estimativa do mercado financeiro para a cotação do dólar

(R$ 100,760 bilhões) quanto no resultado de 12 meses até maio (R$ 219,768 bilhões) e apenas em maio (R$ 22,175 bilhões). Em relação ao PIB, os gastos com juros em 12 meses encerrados em maio ficou em 5,71%. Segundo Maciel, o aumento dos gastos com juros se deve ao crescimento da inflação e aos aumentos da taxa básica de juros, a Selic, indicadores que corrigem parcela expressiva de títulos da dívida pública. - Além do efeito de acumulação do estoque [saldo] da dívida - disse Maciel. A expectativa do BC para os gastos com juros em rela-

ção ao PIB neste ano subiu de 4,8% para 5,4%. A estimativa para a relação entre PIB e déficit nominal (cálculo que leva em consideração o superávit primário e os gastos com juros) foi ajustada de 1,9% para 2,5%. Em 2010, esse relação ficou em 2,55%. A projeção para a dívida líquida (considerados ativos e passivos) do setor público em relação ao PIB subiu de 38% para 39%. De acordo com Maciel, o motivo para esse aumento é a mudança na estimativa do mercado financeiro para a cotação do dólar ao final do ano de R$ 1,70 para R$ 1,60, o que é levado em consideração na hora de o BC

fazer a projeção para a relação entre a dívida e o PIB. A influência do câmbio ocorre porque o país é credor em dólar, ou seja, as reservas internacionais e outros ativos são maiores do que a dívida externa. A dívida líquida do setor público chegou a R$ 1,531 trilhão em maio, o que correspondeu a 39,8% do PIB, com manutenção do percentual registrado em abril. Para este mês, a projeção do BC é 39,7%. A estimativa do Banco Central para a dívida bruta (considerados apenas os passivos) em relação ao PIB é 56%, em junho, e 55% neste ano, contra 55,5% previstos anteriormente para 2011.

seguro e econômico, porque o empreendedor inicia o processo, no site da Jucerja – www. jucerja.rj.gov.br , com o pedido da viabilidade de nome empresarial e a busca prévia do local, com preenchimento das informações sobre o empreendimento. As informações vão para a Junta Comercial e para a prefeitura solicitada. Esta tem o prazo de dois dias para responder se o negócio desejado pode ser aberto ou não, e se tem exigências a serem cumpridas. Feito isso, o empresário ou seu representante deve ir à Jucerja ou suas delegacias para dar entrada no pedido, levando o protocolo do Regin, o pedido do CNPJ da Receita Federal (DBE), o pedido da inscrição estadual (DOCAD) e o contrato social. Todo processo poderá ser acompanhado pelo portal da Junta Comercial. Depois, a autarquia, também via internet, encaminha os dados diretamente para a Secretaria de Fazenda do Estado, Corpo de Bombeiros, Vigilância Sanitária, Meio Ambiente, Receita Federal e Prefeitura Municipal. Se tudo estiver correto, sem cair em exigências, o empresário pode ter sua empresa em funcionamento em poucos dias. - Não tem por que o empresário utilizar o modelo an-

tigo. A expectativa é que muitas empresas sejam instaladas no estado, impulsionadas, inclusive, pela proximidade de grandes eventos no estado do Rio de Janeiro - complementa o presidente. La Rocque assegura ainda que se uma prefeitura não estiver integrada ao Regin, a Jucerja analisará o processo e poderá deferir ou não o pedido. Neste caso, é necessário ir à prefeitura solicitar o Alvará.

Internet será o único meio de abrir empresas no estado a partir de hoje Imprensa/RJ

A partir de hoje só será permitido abertura de novas empresas no estado através da internet, via Regin, que é o novo sistema de registro empresarial que facilita todo o processo. De acordo com a deliberação nº 44, da Junta Comercial, passa a ser obrigatória a busca prévia de nome e de local, via Regin, nos casos de constituição, alteração de nome, de endereço, e atividade. A expectativa é que o cidadão possa abrir sua empresa em poucos dias, se toda a documentação estiver correta, já que diversos órgãos estarão interligados. O sistema permite a integração das Prefeituras, Secretaria de Fazenda do Estado, Secretaria da Receita Federal e outros órgãos envolvidos. - Será obrigatório acessar o site para alguns registros empresarias, antes de ingressar com processo na Jucerja, independentemente do resultado, ou seja, se o processo será deferido ou não - esclarece o presidente da Jucerja, Carlos de La Rocque. A implantação do Regin vem sendo progressiva no estado. Já foram abertas 930 empresas pela internet até maio. - A nossa intenção é levar

Tranqüilidade para a sua empresa

Contabilidade de última geração, sistema avançado de informática Escrita Fiscal – Rotinas Trabalhistas e Folha de Pagamento Sistemática Departamento Jurídico – Direito Cível – Direito Trabalhista Projetos Econômicos – Análise de viabilidade e capacidade de sua empresa – Administração de Bens e Serviços – Corretagem e Administração de Imóveis – Equipe com treinamento especializado Direção Técnica: Márcio Tesch Economista – Corecon 10582 Advogado – OAB/RJ 59.566 Tec. Contab. – CRC/RJ 25.384-0

Rua do Imperador, 772 – Gr 105/106 – Centro Petrópolis – RJ. Tel/Fax: (024) 2231-6212 / 2231-3322

Carlos de La Rocque

o sistema para todo o estado. Os novos empresários vão encontrar facilidades com o Regin, como a redução de custos e de tempo - destaca. O sistema é o mesmo que vêm sendo usado em Santa Catarina, Espírito Santo e Bahia. Atualmente, 12 cidades do estado estão com o funcionamento completo do sistema: Maricá, Itatiaia, São João de Meriti, Três Rios, Bom Jardim, Japeri, Macuco, Miguel Pereira, Barra Mansa, Paty do Alferes, Santo Antônio de Pádua e Barra do Piraí. A meta da Jucerja é ter, até o final de 2011, 50 municípios integrados ao sistema, entre eles a capital e os principais municípios da Baixada e Região Metropolitana. Como é o processo de abertura de empresas • COM o Regin O processo é mais rápido,

• SEM o Regin O cidadão deverá efetuar uma busca prévia de local, objeto e nome empresarial no site da prefeitura onde se pretende empreender. Após aprovação, elaboração do Contrato Social, que pode ser LTDA ou Formulário de Inscrição de Empresário. Depois, ir à Jucerja para ingressar com os seguintes documentos em papel: capa de processo, processo em uma única via, cópia da identidade e CPF dos sócios (autenticadas), reconhecimento de firma dos sócios, DBE (Documento Básico de Entrada) do CNPJ/RFB, DOCAD (Inscrição Estadual) e pagamento dos serviços. Depois, deverá solicitar o alvará de funcionamento no Corpo de Bombeiros, na Vigilância Sanitária e na Prefeitura Municipal


sexta-feira, 1 de julho de 2011

Baía de Guanabara passará por processo de limpeza para os JMM A partir do dia 1º de julho a Baía de Guanabara passará por um processo de limpeza e manutenção do espelho d’ água na região da raia onde serão disputadas as provas de Vela. A limpeza será feita pela barca da Empresa BRISSONEAU – Projeto ACQUA e pela barca do Projeto Grael (Instituto Rumo ao Mar) – ÁGUAS LIMPAS. Criadas especialmente para esse fim serão utilizadas até o final do mês de julho, visando deixar a Baía em condições adequadas para as práticas esportivas durante os Jogos Mundiais Militares. A iniciativa foi possível graças ao investimento da concessionária Águas de Niterói, em parceria com o Ministério Público do Rio de Janeiro e o Projeto Grael. O Projeto Acqua utiliza uma embarcação inovadora desenvolvida a partir de novos conceitos de sustentabilidade, aplicados ao recolhimento de resíduos sólidos flutuantes, macrófitas e no emprego emergencial em eventuais acidentes com derramamento de hidrocarboneto. A embarcação “Águas Limpas” tem a função operacional de recolher o lixo flutuante – sólido e líquido – da Baía de Guanabara. Importada da França, é feita de alumínio (foto ao lado) e possui uma caçamba basculante que realiza um peneiramento das camadas superficiais da baía. Os resíduos sólidos são armazenados em um contêiner com capacidade para 500 kg. Já o óleo flutuante é depositado em uma caixa separadora, com capacidade para mil litros. Além das barcas, a limpeza terá a parceria da COMLURB, que irá recolher os resíduos e encaminhar para a reciclagem – completando o processo de sustentabilidade do ambiente. Essa iniciativa é única na Baía de Guanabara e será utilizada nos 5º Jogos Mundiais Militares sem ônus para a Escola Naval e para o CPO - Comitê de Planejamento Operacional.

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

56 anos

11

2 – OS ANIVERSARIANTES POUPEX Dia 01 – Geraldo Pinto; Dia 02 – Marli Vieira Dias, Schirley Garcia de Oliveira, Maria Elena Teixeira Torres e Luiz Carlos Loos; Dia 04 – Jessé Fernandes de Carvalho; Dia 05 – Ana Lucia Pomim Fogel; Dia 06 – Catharina M. S. de Souza César e Sebastião Bueno Olinto e Dia 07 – Helio da Frota Linhares Bastos. A todos votos de felicidade e progresso da sua POUPEX.

J. Teixeira Netto

3 – JUNTOS:

COMENTANDO 1 – Equipes preparam-se no CCFEX para os 5º Jogos Mundiais Militares

A menos de um mês dos 5º Jogos Mundiais Militares, as equipes do Brasil começam a se reunir para a preparação final das competições, que ocorrerão entre os dias 16 a 24 de julho de 2011, no Rio de Janeiro. Compostas por atletas da Marinha, do Exército e da Força Aérea, as equipes são formadas por militares de carreira, temporários e recrutas que cumprem o Serviço Militar Inicial. No centro de Capacitação Física do Exército (CCFEx), localizado no bairro da Urca, as equipes de basquete, pentatlo moderno, pentatlo militar, vôlei, vôlei de praia, futebol e esgrima reuniram-se completas pela primeira vez no dia 13 de junho. O Centro de Capacitação Física do Exército oferece apoio ao treinamento de todas as equipes militares, além de apoio médico, de fisioterapia, exames laboratoriais de análises clínicas e pesquisa e testes de biomecânica. Suas salas de preparação física, campos e quadras diversas atendem às equipes melhorando o rendimento dos atletas que representarão o Brasil nos 5º JMM.

Acho que os nossos pais são as pessoas mais importantes da nossa vida. O ciclo de vida de cada um é uma coisa muito interessante. Nascemos, nos tornamos crianças, crescemos, vivemos a juventude, depois nos tornamos adultos, nos casamos, vivemos as emoções da vida até nos tornamos idosos. O curioso é que na verdade quando atingimos o amadurecimento total, voltamos a ser crianças, necessitando de toda atenção por parte dos filhos que, por sua vez, seguem também pelo mesmo caminho. O detalhe é que quando entramos nessa segunda fase de criança precisamos da atenção dos filhos... É a vida... Vai ser assim com todo mundo... Hoje vivo exatamente esse tipo de momento com meu pai. Sinto ele no meu lugar ontem quando ele se tornou o meu maior amigo. Não estou retribuindo nada. Estou apenas sendo amigo desse homem que sempre admirei e em quem me espelhei a vida toda. Com ele só tenho uma exigência: Quero que ele melhore, meu amigo de fé, meu irmão camarada e volte a viver normalmente ao nosso lado como sempre foi. Melhore, meu amigo. Você ainda tem um tempo a mais pra gente viver... Juntos! À Dna Wanda D’ângelo, Dr. Donato, Cel. Julio, Cel. Jorge, Celina, Juarez Nassif, Dr. Valdecir, Montanha... A todos os amigos que têm ligado perguntando pelo colunista Teixeira Netto, sou seu porta-voz nesse momento e afirmo: Sua ansiedade de sair é muita e ele não vê a hora de estar de volta ao convívio dos amigos para contar suas histórias. A todos, o meu muito obrigado pela força dada ao meu pai... Cidinho Teixeira VM com Teixeira Netto, Mariana S. Lago e amigos

NOS PIORES MOMENTOS, ENCONTRAMOS SEMPRE MAIS FORÇA PARA AMAR E VIVER AS VIRTUDES DO MUNDO!!!

esportes

Equipe Salvini Racing apresentará novo caminhão O caminhão do piloto Guido Salvini, do navegador Flávio Bisi e do co-piloto Fernando Chwaigert sempre chama a atenção das pessoas. Grande, robusto e imponente, o Mercedes-Benz Atego 1725 chega para o 4º Rally Cuesta Off-Road com novo visual. Nos dias 1º a 3 de julho, o trio desfilará o veículo pelas ruas de Botucatu, SP, e na hora certa, acelerará pelas trilhas da região, atravessando propriedades de reflorestamento de eucalipto e a Serra da Cuesta, com paisagens que prometem empolgar os competidores. Para conquistar pontos para os campeonatos Brasileiro e Paulista de Rally Cross Country, a Salvini Racing exigirá toda a potência e robustez deste caminhão. Os participantes terão dois dias de disputas e 256 quilômetros de especiais, que trarão como desafios pedras, lombadas, poças, areia, grama, subidas e descidas, e muito mais. “A partir dessa prova, vestiremos também as cores do nosso novo patrocinador, a Mobil. Teremos como destaque as cores azul, prata e vermelho, que também se referem à Michellin e à MercedesBenz. Queremos registrar esse

Arquivo

O caminhão do piloto Guido Salvini sempre chama atenção das pessoas por ser grande e muito robusto

momento com uma vitória e ampliar a liderança que temos na classificação geral do Brasileiro e do Paulista”, salientou Salvini. E a população terá livre acesso ao parque de apoio das

equipes, que será instalado no Ginásio de Esportes Mário Covas. Devido ao tamanho, a máquina será vista por todos que passarem por ali. - Queremos a torcida dos moradores, é sempre importante que todos

prestigiem o evento e incentivem nosso esporte - comentou Bisi. A largada para o rali será no sábado, às 10h. A Equipe Salvini Racing é patrocinada pela Mercedes-Benz, Michelin e Móbil.


12

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

sexta-feira, 1 de juLho de 2011

ESPORTES

edsondiario@yahoo.com.br

No dia do aniversário, Serrano dispensa dez A diretoria do Serrano divulgou nesta terça-feira o planejamento do clube para a sequência do ano de 2011. Agora, o Leão da Serra concentra seus esforços para a disputa do Campeonato da Série C de Juniores, que será realizado em agosto. Na data de seu aniversário, comemorado no dia 29 de junho, o clube dispensou dez jogadores. O Serrano vislumbrava também disputar a Copa Rio. No entanto, como o clube petropolitano não disputou nenhuma competição profissional no ano passado, a presença na Copa Rio fica inviabilizada. Diante desta realidade, a diretoria do clube optou pela reformulação do elenco. A comissão técnica e os jogadores – 13 no total – com idade inferior a 20 anos permanecem no elenco. Oito atletas do elenco profissional também continuam no clube

e dez foram dispensados. Para a disputa do Estadual de Juniores o técnico Gilson Maciel, do elenco profissional, vai acumular o cargo de comandante da equipe júnior. Para formar o elenco para a disputa desta competição, outros jogadores devem chegar. Olheiros também observam atletas que disputam o Campeonato Municipal Sub-20. O diretor de futebol do clube, Carlos Alberto Lancetta, acredita que este planejamento e a manutenção da base podem gerar grandes frutos na competição de juniores: - Nós mantivemos esses 13 jogadores que estiveram na Série C e ficamos com uma boa base para disputar o campeonato de juniores. Acredito que com isso, o time irá seguir bem neste campeonato - explicou Lancetta que lamentou ter que dispensar

Fotos: Ari Gomes

Alexandre Dragão foi um dos dispensados pela diretoria

Já Léo Barcellos continua

também alguns atletas. - Infelizmente a federação não tem nenhum outro campeonato e então tivemos que tomar esta

a pré-temporada começar no dia 14 de novembro com a base que foi montada e com outros jogadores que chega-

decisão - afirmou. Pensando na Série C Profissional do Carioca em 2012, o Serrano vai iniciar

rão. Apesar da eliminação na competição em 2011, o planejamento do clube continua como foi traçado no início do novo projeto, que é chegar à Série A do Carioca em 2015, ano do centenário do Serrano. Jogadores profissionais que permanecem no clube: goleiro: Jonathan; zagueiros: Bruno Aguiar e Willian; laterais: Joel e Raí; volantes: Paulista, Brunão e Léo; meia: Maycon. Atletas com idade para juniores: goleiros: Jéferson, Felipe e Éwerton; zagueiro: Vitor Damião; laterais: Andrezinho e Marcelo; volantes: Renan e Guilhermo; meias: Iago e Rodrigo; atacantes: Edvan, Chininha e Ramon. Jogadores que deixaram o elenco: André Nunes, Alexandre Dragão, Douglas, Guilherme, Júlio, Chicão, Matheus, Rafinha, Vinícius e Victor Santos.

Centro de Levantamento de Peso já é real

Os corredores da cidade sempre ganham provas

Meia Maratona de Foz terá atletas de Petrópolis A equipe Pé de Vento/ MEP vai disputar a 5ª Meia Maratona de Foz do Iguaçu no próximo domingo, com cinco atletas. Os fundistas da equipe petropolitana serão Damião Ancelmo, Giovani dos Santos, Gilberto Silvestre Lopes, Paulo Sérgio e José Gutembergue. Damião é o atual campeão da prova e vai em busca do bicampeonato. Ele chega com credenciais muito boas, principalmente por no último domingo ter vencido a Meia Maratona Asics, no Rio de

Janeiro, o que mostra o bom condicionamento do atleta. Outro que chega para brigar pela vitória é Giovani, que foi o terceiro colocado em 2010 e promete brigar pela primeira colocação este ano. Os corredores da Pé de Vento/MEP além de competir entre si ainda terão outros grandes adversários, como o quarto colocado na Maratona de São Paulo, Laelson Santana e o queniano Amos Kipruto Choge, que disputa esta prova pela primeira vez.

Allen Esportes organiza passeio ciclístico Petrópolis vai receber no próximo domingo, em meio a Bauernfest o Bauern Bike, evento que contará com um passeio ciclístico e corrida trote, com o objetivo de colocar as pessoas para se exercitar. O evento está sendo organizada pela Allen Esportes com o apoio do Movimento Esportivo de Petrópolis e da Prefeitura Municipal de Petrópolis. O evento vai ter início às 10h da manhã, com saída do Palácio de Cristal, em frente ao palco de apresentação da festa e vai passar pelo centro

histórico, em ruas como a Imperatriz, 16 de Março e Nélson de Sá Earp, se encerrando no mesmo local de partida. Tanto o passeio ciclístico quanto a caminhada terão um total de três quilômetros de percurso e ambos seguirão em ritmo leve. Qualquer pessoa, de todas as idades está apta a participar, o evento é gratuito e basta chegar no ponto de partida na hora marcada para aproveitar o evento. Quem for participar do Passeio Ciclístico apenas precisa levar a bicicleta.

O Movimento Esportivo de Petrópolis, em parceria com a Prefeitura de Petrópolis, a Confederação Brasileira de Levantamento de Peso e o Petropolitano Football Club vão inaugurar amanhã, 2, às 11h, o Centro de Referência de Levantamento de Peso de Petrópolis. A instalação tem como objetivo a preparação da cidade como local de treinamento dos Jogos Olímpicos Rio2016. O local já estava definido desde março pelo coordenador do MEP e secretário de Esportes, Carlos Alberto Lancetta, e precisou passar por algumas reformas para estar apto a receber os apa-

Presidente da Unimed, Celso Barros vê com bons olhos a transferência e quer que o Flu aceite o negócio, pois, assim, poderia reaver parte da quantia investida no craque. “Se depender de mim, o Conca não sai. A proposta existe e está sendo estudada”, comentou o vice de futebol Sandro Lima, por telefone, logo que a proposta foi tornada pública. Sandrão se reuniu com o presidente Peter Siemsen e Celso Barros na madrugada de quarta-feira e o negócio foi amplamente

relhos necessários, duas plataformas de levantamento de peso, barras fixas e 500 quilos

em anilhas. Além do Centro de Treinamento de Levantamento

Imperial empata jogo e decide vaga hoje O Imperial Futsal empatou a primeira partida das quartas de final, em 1 a 1, com o Grajaú Coutry, fora de casa. Agora, a equipe petropolitana joga a decisão da vaga nesta sexta-feira, às 20h, no ginásio Pedrão, em Teresópolis. - O jogo foi muito equilibrado, os dois times se respeitaram muito e não quiseram errar, então o empate foi justo. Agora, o jogo de volta será difícil. Eles devem vir com a mesma proposta, de se defender, e nós vamos ter que buscar o resultado e acredito da nossa vitória - afirmou Ney. A partida começou com os dois times se estudando e com o Imperial Futsal tomando um pouco mais de iniciativa. Com isso, aos quatro minutos, Ramon armou bom ataque e chutou cruzado. O goleiro espalmou e, no rebote, Bananeira abriu o placar para a equipe petropolitana: Imperial 1 a 0. Apesar do bom início, 40 segundos depois, o goleiro

Conca troca as Laranjeiras pela China Conca está de saída do Fluminense. O argentino aceitou a proposta do Guangzhou Evergrande, da China. Desde o início do ano, os chineses assediam o craque tricolor e, na terceira tentativa, os dólares falaram mais alto. O clube chinês ofereceu US$ 12 milhões (cerca de R$ 7,6 milhões) pelos direitos econômicos do atleta, que é fatiado entre Fluminense (40%), Unimed (40%) e Traffic (20%). Caberá ao tricolor a quantia de US$ 4,8 milhões (R$ 7,9 milhões).

Carlos Alberto Lancetta estará na inauguração do centro

de Peso, Petrópolis já conta com outros dois locais que já estão prontos para receber delegações: o Bomtempo Resort, para receber uma seleção de tênis, e o Haras Fape Multisalto, para receber uma delegação de hipismo. Estarão presentes o prefeito Paulo Mustrangi, o secretário de Esporte e Lazer e coordenador do MEP, Carlos Alberto Lancetta, o presidente da Confederação Brasileira de Levantamento de Peso, Ricardo Mesquita Calmon, o técnico da seleção brasileira de levantamento de peso, o romeno Dragos Boru Stanica e o coordenador técnico da confederação, Fernando Tovar.

debatido até o raiar do dia. Apesar de perder o ídolo, o dinheiro da transferência viria numa boa hora e seria investido na construção do sonhado centro de treinamentos. Já Conca assinaria com o Guangzhou Evergrande por dois anos e meio e receberia mais de R$ 3 milhões como luvas, fora o salário, além de carro próprio, casa, entre outras regalias. O contrato ainda não foi assinado, mas a cláusula de retorno ao Brasil e prioridade para o Fluminense

O técnico Ney Marcos dá instruções aos seus jogadores

Breno, do Grajaú, foi ao ataque e chutou quase do meio da quadra e acertou o gol: 1 a 1. A partida seguiu com poucos lances de perigo até o fim da primeira etapa. No segundo tempo, o

time da casa mantinha a proposta de se defender e o Imperial não conseguia penetrar a defesa do adversário. Na maior parte da segunda etapa houve poucas emoções, apenas no fim o jogo ganhou um

pouco de emoção. Faltando sete minutos para o fim, o Grajaú chegou com perigo no ataque, Vinícius chutou cruzado e obrigou o goleiro Douglas a fazer uma grande defesa. Faltando um minuto e meio para o fim o Imperial teve uma boa oportunidade. Diego chutou forte e acertou a trave, no rebote João chutou no alto obrigou o goleiro a fazer uma grande defesa, jogando a bola para escanteio. Daí em diante, os petropolitanos passaram a pressionar mais, mas não conseguiram fazer o gol. Final de jogo tudo igual, 1 a 1, e a decisão fica para o jogo em casa. O Imperial Futsal será o mandante deste jogo, porém a única quadra que Petrópolis possui que pode receber jogos da fase final do Carioca é a da UCP, no Bingen, que é utilizada pelo PEC e a diretoria do clube não quis liberar para o jogo do Imperial, apesar do fato de que ela não será utilizada por nenhum evento.

Diario de Petropolis  

Artigos, Colunistas, Cidade, Esportes

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you