Issuu on Google+

Diário

de Petrópolis 57 anos

E-mail: redacao@diariodepetropolis.com.br

Site: www.diariodepetropolis.com.br

Preço do exemplar: R$ 1,20

Nº 15.943 - Quarta e quinta-feira, 7 e 8 de setembro de 2011 Fotos: Divulgação

CNI é contra a criação de tributo para a saúde A Confederação Nacional da Indústria (CNI) é contrária à criação de um tributo para financiar a saúde. O gerente executivo da Confederação, Flávio Castelo Branco (foto), lembra que é possível buscar outras alternativas (Página 8)

Confira o que vai funcionar em Petrópolis no feriado Os supermercados, mercados e minimercados funcionarão normalmente no 7 de setembro. O comércio nos distritos, incluindo Itaipava, também funcionará normalmente graças a um acordo entre os sindicatos, que permite a abertura das lojas em todos os feriados. (Página 5)

lixo reciclado vira artesanato

Coleta seletiva chega à marca de 500 toneladas Com o objetivo principal de recolher o lixo diferenciado das residências e encaminhá-lo para os Centros de Inclusão Social (cooperativas), para que o material seja reciclado e transformado em artesanato, o projeto “Coleta Seletiva” chegou à marca de 500 toneladas de material reciclável recolhido nos bairros que participam do programa (Mosela, Morin e Valparaíso). São cerca de 35t por mês de lixo a menos no meio ambiente. (Página 5)

Fotos: Ascom/PMP

De acordo com a Comdep, responsável pelo programa Coleta Seletiva, cerca de 80% do lixo doméstico pode ser reciclado

Paulo Mustrangi participa de reunião da Frente Pró-Petrópolis

Aposentados realizam no Rio manifesto por reajuste Cerca de 250 aposentados de vários estados se reuniram aos pés da estátua do Cristo Redentor para protestar contra o veto da presidenta Dilma Rousseff ao aumento real para os que ganham acima do mínimo. O presidente do Sindicato Nacional dos Aposentados, João Batista Inocentini, disse que a mobilização “Cristo abraça os aposentados” contou com o apoio da Igreja Católica por meio da Arquidiocese do Rio de Janeiro. (Página 7)

Acompanhado pelo secretário de Governo, Charles Rossi, o prefeito participou das discussões

O prefeito Paulo Mustrangi participou na manhã de ontem de uma reunião com integrantes da Frente Pró-Petrópolis (FPP), que engloba 36 entidades. Entre os assuntos discutidos estavam o início dos trabalhos com o objetivo de elaborar o planejamento municipal, o Plano Diretor de Petrópolis e a situação do Vale do Cuiabá. A reunião foi conduzida pelo coordenador da FPP, Philippe Guedon. Ainda ficou acertada a presença de Mustrangi na quarta audiência pública que ocorrerá no dia 15 deste mês. (Página 3)

Alan Alonso

Preço do botijão de gás na cidade é um dos mais baixos do país Uma pesquisa revelou que em alguns estados, o aumento do preço do botijão de gás chegou a ser de 10%. Em Brasília, onde se cobra o preço mais caro, o botijão é vendido por R$ 50, valor 25,3% superior ao que é cobrado pelas revendedoras em Petrópolis. Aqui, é possível comprar o botijão de 13kg por R$ 35,90. Esse preço é um dos mais baratos do país. (Página 5)

agenda Hoje, feriado da Independência do Brasil, o Museu Imperial terá visitação gratuita para os petropolitanos e moradores da cidade. O benefício é parte do projeto ‘O Museu é Nosso’, que oferece gratuidade a esse público todas as quartas-feiras e no último domingo do mês. O espetáculo ‘Som & Luz’ será apresentado. (Página 6)

Bairros Acometida de desnutrição e esperando filhotes, a cadela Nora foi resgatada em março na Fazenda Inglesa por voluntários do Grupo de Assistência e Proteção aos Animais e Meio Ambiente – GAPA/MA. Tratada e exposta nas feirinhas de adoção em Itaipava, no sábado ela conquistou um lar definitivo em Nogueira. O GAPA completou dez anos e como Nora, mais de dois mil animais abandonados foram adotados neste período. (Página 9)

Esportes A equipe de futebol de mesa do Petropolitano conquistou em São Paulo, o título de Campeão Brasileiro na categoria Masters Bronze. O time venceu o América do Rio na partida final. Os preços mais baratos cobrados pelo botijão foram registrados nas regiões Norte e Nordeste

Anuncie no Classidiário. É grátis até 12 palavras n Escreva cada letra ou sinal de pontuação nos quadradinhos n Entre uma palavra e outra, deixe um quadradinho em branco n Preencha com letra de forma bem legível e entregue na sede do Diário

Nome:........................................................................................................................................... Identidade:................................................................................................................................... Endereço:.....................................................................................................................................

(Página 10)


2

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

O flagelo do crack

A crise da Federação

n Everardo

n Edinho

Maciel

Araújo

N

ão há como subestimar a importância das forças regionais na política brasileira. Foram elas que garantiram nossa integridade territorial e, por consequência, uma diversidade econômica, cultural e ecológica que confere ao Brasil papel de relevo no cenário internacional. De outro lado, como uma espécie de paga pelo esforço em favor da unidade territorial, sempre reclamaram uma maior descentralização político-administrativa, da qual resultou, por exemplo, uma meticulosa partilha de rendas, em boa parte abrigada no texto constitucional. Infelizmente, à minuciosa partilha não correspondeu uma minimamente consistente discriminação de encargos públicos, gerando sobreposição de competências e desperdícios, para não falar da irracionalidade das transferências de recursos oriundos de emendas parlamentares, que, por sua vez, se inscrevem em um tenebroso jogo de barganhas políticas e de corrupção. Esse federalismo imperfeito, em maior ou menor grau, sempre viveu em ebulição. Agora, especificamente, se avizinha uma crise de grandes proporções. A possibilidade de aprovação, no Congresso Nacional, de projetos que pretendem aumentar os recursos destinados à saúde e fixar um piso nacional para as polícias estaduais implicarão dispêndios incompatíveis com a já elevada carga tributária brasileira. Aqui não se faz um juízo de valor sobre esses projetos, mas uma simples constatação de incompatibilidade com os recursos disponíveis. Governar exige arbitrar conflitos de razão e eleger prioridades. Tratamentos preferenciais para determinadas políticas públicas é um ato de escolha que repercute em desfavor de outras. Quando não se cuida adequadamente dessas equações fiscais o desastre costuma bater à porta, a exemplo do que se ora se vê em vários países europeus. Em outra linha de raciocínio e tendo em conta a histórica indisposição para tornar mais eficiente a administração pública brasileira, aqueles projetos, se aprovados, sem nenhuma dúvida, irão exigir aumento da carga tributária, o que significa drenar maior volume de recursos da sociedade para o Estado, em detrimento dos investimentos privados. Os problemas, todavia, não se encerram aí. Decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) considerou inconstitucionais os vigentes critérios de rateio do Fundo de Participação dos Estados (FPE), modulando seus efeitos até 31 de dezembro de 2012. Findo esse prazo, sem a construção de novas regras compatíveis com a Constituição a sanção será suspender as transferências à conta daquele Fundo. Caso isso venha a acontecer, teremos um caos jamais visto nas contas estaduais. As perspectivas de elevação das transferências para os Estados, em virtude dos royalties decorrentes da exploração do pré-sal, motivaram o Congresso a alterar os controversos critérios de rateio, em vigor, substituindoos pelos do FPE. Ainda que a norma aprovada pelo Congresso tenha sido vetada pelo Poder Executivo, a simples possibilidade de apreciação do veto faculta imaginar uma situação absolutamente esdrúxula, que consiste em substituir critérios inconsistentes por outros tidos como inconstitucionais. Sempre afirmei que a guerra fiscal do ICMS decorria de flagrante descumprimento de lei. Instaurou-se uma anomia generalizada, às vezes hipocritamente censurada pelos próprios praticantes da ilegalidade. Ainda que não se possa comprovar a existência de nexo causal, a guerra fiscal ganhou proporções espetaculares a partir da exagerada autonomia concedida aos Estados, pela Constituição de 1988, na formulação da política do ICMS combinada com o completo alheamento do Governo Federal em relação a essa mesma política, simbolizado pela extinção, no início dos anos 1990, da Secretaria de Economia e Finanças (SEF), no Ministério da Fazenda, e da Secretaria de Articulação com os Estados e Municípios (SAREM), no Ministério do Planejamento. Os legisladores constitucionais e o Governo Federal não entenderam que o ICMS só por absurdo conceptual é tributo cometido aos Estados. Admitida, contudo, essa incongruência como fato político definitivo, jamais se poderia prescindir de uma coordenação nacional, capaz de prevenir conflitos e articular interesses virtualmente antagônicos. Nesse contexto, o ICMS converteu-se em um primor de complexidade e de anarquia, no qual prosperam a farra das alíquotas e bases de cálculo, e a guerra fiscal. Na busca de caminhos para lidar com os escombros da guerra fiscal, algumas ideias me assustam. Já apontei a impropriedade da adoção do princípio do destino. Vejo agora algumas propostas que pretendem alterar a exigência de unanimidade nas deliberações do Conselho de Política Fazendária (CONFAZ), visando à concessão de benefícios fiscais. A fixação de um quórum para decisões colegiadas é função da natureza da matéria. Alterações constitucionais, como se sabe, são mais exigentes, em termos de quórum, do que a aprovação de uma lei ordinária, justamente para conferir maior estabilidade ao texto constitucional. A unanimidade requerida no CONFAZ decorre da simples evidência de que a concessão de um benefício fiscal por um Estado repercute sobre receitas de outros. Tal exigência é também verificável na União Europeia em relação ao IVA (imposto sobre o valor agregado). Não se trata, portanto, de uma idiossincrasia tributária. Ao contrário dos ortodoxos, não considero herética a concessão de incentivos no âmbito do ICMS, desde que nos termos de uma competição fiscal lícita, em que se abdique de soluções inconstitucionais. Percebo, todavia, que inexistem iniciativas voltadas para coordenar o diálogo entre os entes federativos. Nesse contexto, causa espanto a apatia do Congresso Nacional e do Governo Federal. O risco é que as restrições temporais findem por produzir remédios improvisados, conflituosos e iníquos. n Ex -secretário da

Receita Federal

quarta e quinta-feira, 7 e 8 de agosto de 2011

P

esquisas realizadas por diferentes e respeitadas instituições atestam, em números, o flagelo que o vício do crack representa para a família brasileira, reforçando a necessidade de imediata mobilização da sociedade e dos políticos para encarar de frente este mal dos tempos (ditos) modernos. Um estudo da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) mostra que os usuários de crack ficam mais tempo presos do que em tratamento contra o vício. A pesquisa acompanhou, por 12 anos, 107 dependentes e conclui que, em média, os usuários ficaram presos por um ano e oito meses, e permaneceram em tratamento, em média, por apenas três meses. Os números atestam o drama da dependência e as conseqüências funestas

da droga para o futuro dos jovens brasileiros e seus efeitos devastadores na unidade da família. Preocupa ainda mais o fato de que a droga, aos poucos, vai ganhando espaço em outros públicos e faixas etárias. Outra pesquisa, esta da Faculdade de Enfermagem da Universidade de São Paulo (USP) de Ribeirão Preto, feita junto a um grupo de 191 idosos, entre 60 e 80 anos, visando a medir o índice de alcoolismo, apontou que 80% dos que procuravam o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) queriam de fato tratamento contra o ácool, mas, surpreendentemente, os outros 20% eram viciados em droga e não conseguiam largar o crack. Outro indicador da gravidade do problema é o estudo realizado em centros de atendimento em dependência química de São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Salvador, que revelou que 39% dos pacientes que buscaram

tratamento queriam abster-se do uso de crack e não conseguiam. Droga barata e de fácil acesso, o crack tem sua repressão dificultada não apenas nas cidades grandes e médias, mas também nas pequenas comunidades, aonde chega pelas mãos de pequenos traficantes. Ao mesmo tempo, pacientes e familiares de viciados de baixa renda enfrentam outro problema. Não há centros de recuperação de dependentes químicos que tratem os pacientes pelo SUS. A maioria das clínicas particulares cobra mensalidades acima dos R$ 1.000,00, valor elevado demais para a família brasileira. É preciso agir antes que seja tarde demais. Tramita na Câmara Federal projeto de lei de minha autoria destinando 2% da arrecadação das loterias, e mais um prêmio anual da Mega Sena,

para o FUNAD (Fundo Nacional Antidrogas), para investimento em campanhas educativas e no tratamento gratuito visando á recuperação dos viciados em drogas. A matéria já recebeu parecer favorável do relator, deputado Gonzaga Patriota, e será analisada agora nas comissões de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado; de Finanças e Tributação; Constituição e Justiça; e de Cidadania. Minha expectativa pessoal é de que o projeto seja aprovado em caráter terminativo nas comissões ainda este ano e que os recursos ajudem na luta – atualmente desigual – que a sociedade brasileira trava para salvar seus filhos da dependência química. Deputado federal pelo PMDB-SP e 1º vice-presidente da Comissão Especial de Reforma Política da Câmara Federal.

Coisas do poder n Edgar Flexa

Ribeiro

H

á um tipo, uma modalidade de poder, que consiste basicamente em fazer crer que existe esse poder. Quando se ocupa um cargo ou uma posição assume-se o poder correspondente: pode isso e aquilo, pois tem o dever disso e daquilo outro. É o poder ostensivo, claro e nítido. Mas há outras fontes de poder, que derivam da manipulação de instrumentos disponíveis para fins diferentes ou acessórios: por exemplo, o dinheiro. Ele é uma importantíssima base de poder. Há poderes derivados. Alguém se aproxima de quem tenha controle sobre uma dessas fontes de po-

der e passa a exercê-lo em parte. É o poder do subordinado, do assessor ou do assecla. Esse é o poder que se fundamenta essencialmente na convicção dos outros de que ele existe. Sustentase da fama. Isso compreende o jogo das aparências. Pode não existir, mas é necessário que pareça existir o poder. Ou ainda, pode existir algum poder, em determinado grau ou em certa posição, mas providencia-se para que pareça maior e mais extenso. Fazem parte desse tipo os processos de expansão do poder, muitos e tortuosos. Assumem formas bem conhecidas. Entre nós a criação de dificuldades desnecessárias para poder oferecer facilidades convenientes, criando oportunidade de lucros, é bem

conhecida. Nas organizações esse tipo de poder se difunde e se afirma. Há o líder, reconhecido dentro e fora da organização, e há o assecla que ganha o poder para dentro, como “aparatchick” que serve ao chefe, e controla a organização para uso do chefe e, aos poucos, a seus próprios interesses. E o “aparelho” aos poucos passa a pertencer a ele, ao “aparatchick”. E antes que se perceba, ele toma o comando e faz crer que o poder real é seu. E, sempre pretendendo servir ao líder, decide quem faz o quê, como, quando e onde. O “aparatchick” exerce esse poder às ocultas, faturando nas beiradas. Mas não tanto às ocultas que não o reconheçam. É necessário vez ou outra fazer lembrar aonde de

verdade mora o poder. Isso precisa ser divulgado. As pessoas, de dentro e de fora da organização, têm que saber quem manda de verdade, com ou sem o poder explícito de fazê-lo. E é aí que surgem as formas oblíquas de mostrar poder, aquele poder oculto, mas cujo valor facial ninguém pode discutir. Dirceu reclamou muito, mas deve ter adorado a matéria da Veja. De repente, não seria de espantar se as fotos dos ministros e autoridades visitando a suíte de José Dirceu num hotel de Brasília tiverem sido vazadas por ele mesmo. Casa bem com o perfil psicológico e interesse tático do personagem. n Educador, radialista e presidente da Associação Brasileira de Educação- fonte blog do Noblat

Crises & Crises - As diferentes crises n Horta

A

parentemente a crise financeira euro-americana não se confunde com a situação no Oriente-médio. A crise euroamericana tem sua comum origem na má gestão fiscal, tanto dos Estados Unidos, quanto dos diversos e principais países da zona do euro – gastam muito sem levar em conta a receita originária das atividades econômicas – PIB’s, gerando déficits aparentes ou manipulados por manobras fiscais, ao invés de superávits. Mas em um ponto existe grande diferença entre as capacidades de gerar recursos na América do Norte e na Europa. A vitalidade norte-americana é muito superior às velhas e acomodadas economias européias; isto

posto verificamos que nos Estados Unidos o descontrole dos gastos proveio da incompetência de repetidos governos, guerreiros contumazes e maquiavélicos inveterados na “arte” de apavorar o mundo com guerras (Iraque-Afeganistão) e demonstrações de hegemonia militar, e na área privada, a jogatina bancária e a especulação com títulos e ações dos bancos e empresas: vale lembrar o setor imobiliário. Mas os Estados Unidos continuam sendo o país mais avançado em capacidade técnica e científica, o mais avançado na área do empreendedorismo, com uma sociedade que faz do comércio e da indústria atividades geradoras de altos desempenhos. Assim, concluímos que a crise da Europa e a dos Estados Unidos são diferentes, mas, entretanto, são iguais nas origens (gastanças), e nas conseqüências – impossibilidade de

Diretor-Presidente e Jornalista responsável: Paulo Antônio Carneiro Dias Editora interina: Jaqueline Gomes

D

cumprir seus compromissos financeiros internacionais de forma normal, isto é, nos seus vencimentos – não têm ambos neste momento, caixa suficiente. O que interessa agora é não perder a oportunidade de reformar o sistema monetário internacional e deixar para trás Bretton Woods em definitivo; criar um superior organismo financeiro internacional que deve ter nascedouro na ONU, órgão que abriga e congrega mais de 190 países e onde deverá ser discutida e coordenada a criação do órgão que gerencie uma moeda mundial útil ao giro da economia global, afastada e protegida das hipóteses dos erros tão comumente praticados pelos governos e seus bancos centrais, os quais não têm independência política. A China em Março/2009 já propunha a criação de

iário de Petrópolis 57 anos

Uma publicação da PJ Editora e Gráfica e Jornalística Ltda

Preço do Exemplar 3ª a sábado R$ 1,20 Domingo R$ 1,80 Atrasado R$ 2,50

Assinatura Trimestral Petrópolis R$ 80,00 Rio e outros R$ 160,00

Assinatura Mensal Petrópolis R$ 28,00 Rio e outros R$ 56,00

Assinatura Semestral Petrópolis R$ 152,00 Rio e outros R$ 304,00

uma moeda internacional para substituir o dólar: só que este pedido veio tarde pelo menos uma década, e não se sabe se contará com o apoio europeu, mas já se sabe que não contará com o apoio americano, pelo simples fato de que eles, os americanos estão convictos e convencidos de sua capacitação, e encaram a situação atual como passageira: e é mesmo. Terão, entretanto, que pular a vala da recessão interna, fantasma que desnuda a crítica situação do desemprego causado pela estagnação temporária da economia e é aqui que sobressai a disputa presidencial em 2012, complicadora do quadro interno do país, e sabemos todos que nesta hora os políticos de lá, usam viceiras: só enxergam a meta, ou como eles dizem o gol, que é ocupar a Casa Branca. n Bacharel em Direito Site: www.diariodepetropolis.com.br

E-mail: redacao@diariodepetropolis.com.br

Diretoria 2246-3807 Assinatura 2246-3807 Publicidade 2237-7849 Classificado 2246-3807 Redação 2235-7165

Rua Joaquim Moreira 106 Centro - Petrópolis - RJ Cep 25.600-000 CNPJ 02.424.864/0001-66

ABRAJORI - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS JORNAIS DO INTERIOR

As opiniões emitidas em artigos assinados não representam, necessariamente, o pensamento do jornal e são de inteira responsabilidade de seus autores. Da mesma forma, as informações e opiniões nas colunas são de responsabilidade de seus titulares.


quarta e quinta-feira, 7 e 8 de setembro de 2011

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

3

cidade

Frente Pró-Petrópolis se reúne com prefeito Ascom/Camara

Das 18 leis de autoria do vereador, duas não saíram do papel

Wagner diz que 89% de suas leis estão vigorando De acordo com o que o vereador Wagner Silva (PPS) combinou com a equipe de reportagem do Diário de Petrópolis, o seu gabinete realizou um levantamento de quais leis apresentadas por ele não estão sendo cumpridas e de quais estão em pleno vigor. Segundo Wagner Silva, o resultado foi positivo, já que 89% das leis em que é autor estão vigorando. Na edição do último domingo, o Diário de Petrópolis mostrou leis aprovadas pela Câmara e sancionadas pelo prefeito que não são colocadas em prática. - Temos um percentual de 89% de eficácia nas leis aprovadas. Dos 18 projetos apresentados, apenas dois ainda não viraram realidade no município – disse Wagner. Uma que não virou realidade é a lei municipal 6.856, de junho de 2011, que determina a fixação de placa informativa nos postos revendedores de combustíveis com os dizeres: “Todo revendedor

varejista é obrigado a realizar análise de qualidade do combustível, sempre que solicitado pelo consumidor”. A outra que também não está em pleno vigor é a lei municipal 6.831, de março de 2011, que determina a fixação de placa informativa em farmácias e drogarias no município, contendo advertência quanto aos riscos da automedicação. Segundo o vereador, é importante uma ação fiscalizadora mais ágil por parte da prefeitura, para que estas leis tenham eficácia, da mesma forma, segundo ele, que as demais têm tido. - Com leis eficazes, é a população que sai ganhando, porque tem seus direitos garantidos e pode se sentir prestigiada e protegida. Por isso peço mais uma vez ao Executivo que exerça esta fiscalização, mas isso não quer dizer que não faremos a nossa parte e, sabendo que uma delas não está sendo cumprida, estaremos sinalizando - disse Wagner.

Câmara pode abrir CPI sobre radares desativados n Vinicius Henter viniciushenter@diariodepetropolis. com.br

A notícia de que os radares do município estão sem funcionar há meses repercutiu ontem na Câmara. Após as críticas do presidente da Casa, vereador Paulo Igor (PMDB), à desativação dos 18 medidores de velocidade em Petrópolis, o vereador João Tobias (PPS) propôs a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o tema. Já Silmar Fortes (PMDB) afirmou que na semana que vem enviará ofício ao presidente da CPTrans, Hélio Moura, solicitando respostas sobre a atual situação do processo licitatório para que uma nova empresa opere os radares. - Essas coisas todas têm que vir à tona. Uma CPI para que o presidente anterior esclareça a população por que não houve licitação – disse Tobias. O presidente Paulo Igor cobrou esclarecimentos da CPTrans sobre os custos de manutenção dos radares e os valores recebidos com as multas. Samir Yarak (PSC) lembrou que, no início, houve uma rejeição dos motoristas em relação aos radares, mas depois acabaram sendo

favoráveis aos medidores de velocidade, devido à maior segurança nas vias. - Há quatro anos, quando os primeiros radares começaram a funcionar, vários carros tinham o adesivo “visite Petrópolis e leve uma multa” – disse Samir, que ainda acrescentou. – Atualmente nós não sabemos qual é a situação. Quais não estão funcionando, se tem algum que está funcionando. Acho que esta Casa tem que fazer uma investigação sobre o assunto. - A minha preocupação é com a interinidade da CPTrans. Desde que eu assumi o mandato, ninguém ficou na presidência por mais de um mês. É brincar com o transporte da cidade – disse Silmar. Na semana passada, o presidente da CPTrans, Hélio Moura, não quis se pronunciar sobre o assunto. Em nota, a assessoria de comunicação da prefeitura informou que os radares “foram desativados em função de um questionamento feito pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado)”. Ainda de acordo com a nota, “os trâmites necessários à regularização do serviço de radares já estão bastante adiantados, com a conclusão do termo de referência e breve publicação de novo Edital”.

O prefeito Paulo Mustrangi participou na manhã de ontem da reunião com integrantes da Frente Pró-Petrópolis (FPP), que engloba 36 entidades. Acompanhado pelo secretário de Governo, Charles Rossi, o prefeito participou das discussões sobre o início dos trabalhos com o objetivo de elaborar o planejamento municipal, como também o Plano Diretor de Petrópolis (PDP). Além destes assuntos, a situação do Vale do Cuiabá também foi abordada durante o encontro. Ainda ficou acertada a presença de Mustrangi na quarta audiência pública que ocorrerá no dia 15 deste mês, na Universidade Católica de Petrópolis (UCP). A reunião foi conduzida pelo coordenador da FPP, Philippe Guedon. - É de fundamental importância manter o diálogo com todas as entidades participantes. Estamos abertos para qualquer tipo de ajuda que venha somar – disse Mustrangi, que ainda ressaltou o trabalho desenvolvido após as chuvas de 12 de janeiro. – Tudo que estava ao nosso alcance nós fizemos. Mobilizamos esforços nunca vistos no município e tivemos presença ostensiva dentro do Vale do Cuiabá. Até hoje estamos entregando cestas básicas. Quero também deixar claro que a prefeitura recebeu apenas os R$ 7 milhões enviados pelo governo federal e nada mais. O custo da recuperação foi altíssimo e ainda tivemos que usar verbas próprias, que são escassas, para realizar o trabalho.

Ascom/PMP

O coordenador da FPP, Philippe Guedon, discursa ao lado do prefeito e de secretários de governo

Mas conseguimos atender de maneira satisfatória a todas as demandas. Mustrangi também falou sobre os serviços que ainda faltam ser realizados nas áreas atingidas. - Estamos em contato direto com o Inea, que irá realizar a limpeza dos rios da cidade por meio do projeto ‘Limpa Rio’, que deverá estar acontecendo dentro de uns 30 dias. Também estamos em contato direto para que as obras de competência do governo estadual possam ter início com a maior brevidade possível. Sei que ainda alguma situação está passível de execução, mas o problema em certos aspectos é maior do que a própria prefeitura.

Por isso, a FPP tem grande importância, já que muitas vezes, no apagar dos holofotes, o prefeito da cidade fica muito só. O movimento terá grande valia para que possamos caminhar juntos em direção as soluções dos problemas – disse. Mustrangi também ressaltou a necessidade de se ter um planejamento adequado para a administração municipal. - Quando assumi encontrei a prefeitura vazia, sem nenhum projeto arquivado, os computadores vazios. Além da dívida, tivemos que conviver com esse quadro. Isso é uma covardia com a cidade, pensar apenas no próprio umbigo. Tão logo assumimos

realizamos a revisão do Plano Diretor, que não era feita há 20 anos. O planejamento administrativo é de suma importância para que exemplos como este não perdurem mais. Temos que pensar a cidade para daqui a 30 anos. Hoje a administração é uma colcha de retalhos e existe uma necessidade clara de se realizar a reforma. O poder público sozinho não resolve todos os problemas, é preciso vislumbrar algo maior e estarmos juntos das pessoas de bem, para que a cidade seja pensada de maneira correta, concreta e como um organismo vivo que necessita sempre estar se adequando as mudanças que ocorrem com o tempo – concluiu.

PSC volta a falar em candidatura própria para 2012 durante reunião O Partido Social Cristão (PSC) realizou na semana passada, em Nogueira, uma reunião com os pré-candidatos a vereadores e novos filiados, com a presença do deputado federal Hugo Leal e do deputado estadual Márcio Pacheco, assim como dos vereadores Márcio Muniz e Samir Yarak. - Foi um encontro importante, pois mais uma vez reafirmamos nosso compromisso de disputar a eleição de 2012 com chapa completa para vereador e com a possibilidade de lançar candidatura própria – disse o presidente do partido, Paulo Cleffs. Hugo Leal, também ressaltou a importância da candidatura própria na cidade. Segundo ele, a cidade precisa de projetos para cinco, dez e vinte anos. - Precisamos nos preparar para apresentar isso à população – disse, argumentando ainda que a União possui muitos recursos, mas todos dependem de projetos para serem liberados. Cerca de 60 pessoas participaram do encontro. O vereador Márcio Muniz frisou que o partido está construindo uma base sólida e de qualidade, referindo-se às pré-candidaturas para vereador e as filiações de pessoas interessadas em apoiar o partido.

Divulgação

O deputado Hugo Leal, durante a reunião, ressaltou a importância da candidatura própria do PSC

- Este tem sido o trabalho do PSC nos últimos anos, preparar o partido para disputa eleitoral de 2012, buscando formar um grupo de qualidade e não somente quantidade – disse Muniz, ressaltando que o PSC vem discutindo também um programa de governo, aproveitando o material já elaborado na eleição passada. O presidente do PSC Petrópolis deixou claro que o partido mantém sua postura de contribuir com o desenvolvimento da cidade, buscando

alternativas para a solução de problemas em diversas áreas da cidade e aproveitando a presença do deputado Hugo Leal em Brasília para conseguir mais recursos para Petrópolis. - Estamos também pedindo a nossa bancada na Assembléia Legislativa do Estado para reivindicar junto ao governo do estado a aceleração na construção das casas populares em Petrópolis – disse Cleffs, lembrando que o vereador Muniz foi um dos membros da CPI da Chu-

va na Casa. Para o vereador Samir Yarak, é fundamental a unidade do partido, principalmente no momento em que a política petropolitano não apresenta uma liderança forte capaz de unir todas as forças políticas. - Temos condições de apresentar um bom projeto para população, pois temos representação de todos os segmentos da cidade e o mais importante, somos um partido aberto ao diálogo – disse Samir.

PSOL faz ato hoje em defesa da democracia O PSOL fará hoje, no Dia da Independência, um ato no Centro em defesa da democracia. A direção do partido está convidando a população para que participe da manifestação com blusa preta “para demonstrar nossa insatisfação com os maus políticos”. A concentração será às 9h30 em frente ao Edifício Vitrine, na Travessa Vereador Prudente Aguiar, 38, Centro. Além da manifestação

contra os maus políticos, o diretório petropolitano do PSOL também está defendendo o aumento do número de vereadores de 15 para 21, “para ampliar a representação popular”, a redução do orçamento para a Câmara, a redução do salário do vereador, redução dos gastos e um orçamento participativo para a Câmara, “que a sociedade tenha controle sobre esta verba”, como explicou a presidente do

partido, Ester Mendonça. - A lei orgânica do Município, artigo 40, fala em 21 vereadores, nós já tivemos 21 vereadores, quando diminuiu para 15 , não houve redução da verba, a Câmara continua comendo 6% do orçamento municipal – disse Ester, que acrescentou. – Convidamos toda a cidade a entrar na campanha ‘Grito dos Excluídos’ ligando para a Câmara e exigindo que os vereadores votem por uma

representação de 21 vereadores para que pelo menos seja dada a chance de haver mandatos populares. As reuniões do PSOL são às segundas-feiras, às 19h30, na sala 207 do Edifício Vitrine. No dia 17, haverá uma mesa redonda para discutir o país e a cidade, das 9h30 às 13h30, na Câmara. Também na Câmara, no dia 25, a partir das 9h30 será realizada a conferência municipal da legenda.


4

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

quarta e quinta-feira, 7 e 8 de setembro de 2011

Célio Thomaz Momento do parabéns a você com a bisneta, filhas e nora.

celiothomaz@celiothomaz.com.br

Rosane de Freitas, Wilma Bugallo, Edna Horta e Fátima Thomaz

Paulo Kapps e Alejandro Bugallo

Niver de 85 de Jorge Dosdworth foi devidamente festejado... No sábado, dia 27, foi comemorado o aniversário de Jorge Dumont Dosdworth que completou 85 anos bem vividos, com almoço oferecido por seus filhos Sandra, Sylvia, Leninha, Jorginho, genros e nora. Daí Jorge quando comunicado pelos filhos que não queriam deixar passar em branco a data, abriu seu lindo apartamento na Praia do Flamengo que estava fechado, sem realização de festejos, tinha exatamente 5 anos. O almoço foi preparado pelo tradicional e renomado bufê carioca do Sr. Isidro. Estavam presentes quatro gerações dos Dosdworths, Jorge, o patriarca, seus filhos, netos e a bisneta. Entre os convidados todos os familiares de Jorge, seus amigos, alguns por mais de cinquenta anos. Antes do parabéns a você Jorge emocionado com o carinho dos filhos que organizaram a festa, agradeceu a presença de todos e pediu aos presentes uma oração, Ave Maria para Maria Odila, a dona da casa que não pode estar presente por motivo de força maior. Foi uma tarde muito agradável. Podemos destacar, entre outros, as presenças de Elvirinha De Carolis, Elizinha de Albuquerque Lima, Martha e Meton Soares, Wanda D'Angelo, Arnaldo Paulo, Edna e cel. Horta Ferreira, ministro Rocha Lagoa e Beatriz, Ernani Fonseca e Maria Dulce, Sebastião Figueira, Ana Botafogo, Fátima e Celio Thomaz Jr, Paulo Kaps e Rosane de Freitas, Almirante Walter Maciel, Wilma e Alejandro Bugallo e a tabeliã Sônia Pereira. Parabéns ao Jorge e sua linda família e que possamos comemorar com muita saúde muitos dos seus aniversários...

Cel. Horta Ferreira, Meton Soares e comandante Arnaldo Paulo

Jorge com a bisneta Rafaela, o neto Alexandre e sua mulher Erika

Direitos Autorais Registro de Músicas Livros Eventos Culturais Agente: Domingos Capistrano Operando no Mercado a 32 anos

Tels.: (24) 2237-3210 (24) 9832-0327 Petrópolis - RJ (22) 9907-4947 Cabo Frio - RJ

O aniversariante com o amigo de longa data o ex-ministro Rocha Lagoa e sra Beatriz


quarta e quinta-feira, 7 e 8 de setembro de 2011

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

5

cidade

Comdep recolhe 500t de material reciclável O projeto “Coleta Seletiva”, desenvolvido pela Companhia de Desenvolvimento de Petrópolis (Comdep), chegou à marca de 500 toneladas de material reciclável recolhido nos bairros que participam do programa (Mosela, Morin e Valparaíso). Isso representa cerca de 35 toneladas por mês de lixo a menos no meio ambiente. Na Mosela - primeiro bairro a ter o projeto implantado – o volume de lixo domiciliar diminuiu 10% quando comparado ao período anterior à implementação do projeto. O programa também foi estendido para o Bataillard

e as equipes da Comdep registraram mais de uma tonelada de material recolhido em apenas três ações na localidade. O diferencial desta ação é que sete catadores receberam parte deste montante para a manutenção de uma cooperativa. O presidente da Comdep, Anderson Juliano, ressaltou que o objetivo é implantar o serviço em toda a cidade. - Estamos levando o programa Coleta Seletiva aos poucos para cada bairro da cidade, e precisamos que toda a população se conscientize e faça a separação do lixo doméstico, que são os restos de

Cidade oferece opções de lazer para o feriado de hoje Com o feriado caindo justamente no meio da semana, pouca gente terá a oportunidade de viajar neste 7 de Setembro. A comemoração da Independência do Brasil deve ficar mesmo pelas atrações da cidade. Mas não faltam opções, além do tradicional desfile cívico, durante a manhã no Centro Histórico, moradores e visitantes poderão conferir também exposições, o encerramento da Serra Serata – a festa italiana de Petrópolis, na Praça da Liberdade, ou visitar os pontos turísticos. Para quem preferir fazer compras ou ir para os distritos, o Parque de Exposições de Itaipava, assim como todo comércio da região funcionará normalmente. Já as lojas dos pólos de moda da Rua Teresa do Bingen e Centro Histórico estarão fechadas no feriado. Os empresários não manifestaram interesse em fazer acordo com os funcionários por conta do desfile cívico, que ocupará as ruas do Centro da cidade. Os supermercados, mercados e minimercados funcionarão normalmente. O comércio dos demais distritos, incluindo Itaipava, também funcionará normalmente graças a um acordo entre os sindicatos, que permite a abertura das lojas em todos os feriados. O feriado da Independência também será dia para valorizar um dos mais importantes patrimônios culturais do país: a música. A Praça Dom Pedro II servirá de palco

para Independência e Arte!, com apresentações dos grupos Taruíra, Tribo de Gonzaga e Tokaia, a partir das 18h. A mescla de ritmos brasileiros, que vão do forró ao chorinho, passando pelo jazz e pelo pop rock, promete agradar a todos os gostos. Segundo Breno Morais, flautista do Taruíra, é essa deliciosa mescla que faz a identidade do grupo. “Teremos, como sempre, canjas dos nossos queridos amigos músicos que tocarão conosco um repertório seleto, temperado com muitas fusões. Como já é sabido, esta é a nossa proposta. Não é choro, não é bossa, não é samba... É Taruíra!”, contou. Os pontos turísticos, com exceção do Palácio Rio Negro – que continua em greve, funcionam normalmente. Outras opções de lazer na cidade neste feriado podem ser conferidas na Agenda Cultural, na página 6 da edição de hoje. Já a assessoria de comunicação da prefeitura informou que as repartições públicas municipais não funcionarão hoje, ao contrário da Guarda Municipal e a Defesa Civil, que funcionam normalmente. Os serviços essenciais de urgência também estarão funcionando nos hospitais Alcides Carneiro, Nelson de Sá Earp, Leônidas Sampaio, Posse, Pedro do Rio e nas Unidades de Pronto Atendimento do Centro e Cascatinha. A Companhia de Desenvolvimento de Petrópolis (Comdep) informou que a

Errata Diferente do publicado na edição de ontem do Diário nas páginas 1 e 5, o nome do sequestrador preso no último sábado, durante operação em conjunto entre policiais da 105ª e da PRF, é Diego Benedito Duarte, de 25 anos. O rapaz foi apanhado durante uma blitz em Seropédica. Diego é um dos autores do sequestro de uma professora no mês de julho, no Vale dos Esquilos, Retiro.

comida, e do lixo diferenciado - que são o papel, plástico, vidro e metal - explicou. O programa de Coleta Seletiva tem como objetivo principal recolher o lixo diferenciado das residências e encaminhá-lo para os Centros de Inclusão Social (cooperativas), para que o material seja reciclado e transformado em artesanato (entre outros produtos que podem ser confeccionados com a reciclagem), possibilitando assim o reaproveitamento do material antes destinado ao aterro sanitário. De acordo com a Comdep, cerca de 80% do lixo doméstico podem ser reciclados.

Ascom/PMP

Funcionários trabalham no Projeto ‘Coleta Seletiva’, nos bairros Mosela, Morin e Valparaíso

Botijão varia entre R$ 35,90 a R$ 39,90 Em pesquisa realizada em todas as capitais brasileiras, ficou revelado o aumento médio de R$ 3 no preço cobrado pelo botijão de gás. Em alguns estados, o aumento chegou a ser de 10%. Em Brasília, onde se cobra o preço mais caro, o botijão é vendido por R$ 50. Esse preço é cerca de 25,3% superior ao que é cobrado pelas revendedoras em Petrópolis. Aqui, é possí-

vel comprar o botijão de 13kg entre R$ 35,90 e R$ 39,90. Esse preço se aproxima dos valores mais baratos cobrados em algumas das capitais. Os preços mais baratos cobrados pelo botijão foram registrados nas regiões Norte e Nordeste. Em Manaus (AM), era cobrado R$ 33, seguido de Aracaju (SE), R$ 34 e João Pessoa (PB), R$ 35. Nas regiões e municípios

onde o gás apresenta valores mais baratos, a tendência é de que haja aumento de até R$ 10, enquanto que para os lugares onde o preço está na faixa de R$ 45, o aumento deve fazer o valor chegar a R$ 50, segundo estimativas da Associação Brasileira de Revendedores GLP. A preocupação dos revendedores é que, quando ocorre esse aumento, normalmente

existe uma redução média de até 10% nas vendas. Com o aumento, quem tem dois botijões em casa, por exemplo, espera o reserva acabar para comprar apenas um. O aumento além de pesar no bolso dos consumidores de forma direta, também implica em maiores gastos indiretamente. Restaurantes e bares, por exemplo, tendem a repassar o aumento para o menu.

Preço dos combustíveis se mantém estável Apenas o preço do etanol, no posto Shell do Bingen, variou em relação a última apuração do preço dos combustíveis, realizada regularmente pela reportagem do Diário de Petrópolis, em oito estabelecimentos. Se no dia 22 de agosto o litro do combustível era vendido por R$ 2,29, ontem ele saía por R$ 0,10 a mais. Tanto o litro da gasolina quanto do álcool foram encontrados pelo preço mais barato em um posto sem bandeira da Rua Bingen, R$ 2,79 e R$ 1,99, respectivamente. No comparativo entre os postos, a gasolina variou entre R$ 2,79 e R$ 2,99 (Preço cobrado em três dos estabelecimentos). A diferença percentual entre o mais caro e mais barato foi de 7,1 pontos. Já o preço cobrado pelo litro etanol, apresen-

Alan Alonso

Em um posto de combustível o preço do etanol está a R$ 2,299

tou oscilação considerável, pouco mais de 20%, sendo vendido entre R$ 1,99 e R$ 2,39. A análise da pesquisa permite dizer que, na média,

os estabelecimentos sem bandeira praticam preços inferiores, principalmente para o álcool. Para esse combustível, os postos Shell, Petrobrás e Ipiranga não apresentaram

preços inferiores a R$ 2, 28. O valor mais alto cobrado pelo etanol nos postos sem Bandeira foi de R$ 2,09, diferença de 9,09% em relação ao menor preço nos postos com bandeira . A pesquisa revela que, aos proprietários de carros flex, continua sendo mais vantajoso o abastecimento com gasolina na cidade. O abastecimento com etanol, que apresenta menor rendimento, só vai representar maior custo-benefício se seu valor for de no máximo 70% do que é cobrado pela gasolina, algo impossível de ser verificado nos postos que fazem parte da pesquisa. No entanto, o abastecimento com álcool no posto que vende o produto a R$ 1,99 é mais vantajoso do que abastecer com gasolina nos postos onde esta é vendida

Saúde investe em novo aparelho de ultrassonografia Após 15 anos sem renovação, a Secretaria de Saúde de Petrópolis acaba de colocar em funcionamento um novo aparelho de ultrassonografia, no Centro de Saúde da Rua Santos Dumont. É um investimento

Semana da Pátria Nota 1000 Magistério, todos os funcionários da Secretaria de Educação, o município de Petrópolis e o povo, Corrêas, Posse, Alto Independência, Cascatinha, Alto da Serra, Pedro do Rio além do Centro, estão radiantes de felicidade com o sucesso alcançado nos desfiles cívicos na semana da Pátria, que contou com a presença de diversas autoridades civis e militares e do poder legislativo e com a cobertura da imprensa falada, escrita e televisionada. Desde já agradeço o apoio incondicional prestado pelo nosso prefeito Paulo Mustrangi e pelo comando de 32º Batalhão de Infantaria Motorizada.

Parabéns prefeito Paulo Mustrangi Parabéns Wilian Campos Comandante Arnaldo Paulo

de cerca de R$ 100 mil. A cada mês, o Centro de Saúde realiza cerca de 1.200 exames e pretende, com o novo e moderno aparelho, realizar mais exames de diagnóstico com agilidade, precisão e eficácia. Além disso,

a Secretaria treinou seus funcionários para operar o aparelho. O equipamento possibilitará ainda a realização de exames das articulações, tireóide e doppler. Segundo a Coordenadora do Centro de Saúde: “A aquisi-

ção do novo aparelho resultará em mais agilidade nos processos e facilitará os diagnósticos médicos, além de beneficiar toda população petropolitana com exames de qualidade”, destacou.


6

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

quarta e quinta-feira, 7 e 8 de setembro de 2011

Agenda Cultural

marciosalerno@diariodepetropolis.com.br

Feriado INSTITUTO OMAR CARDOSO

HORÓSCOPO Áries - (21/03 a 20/04) Novas e propícias amizades, prosperidade profissional, financeira e social e muito otimismo quanto a uma vida tranquila e feliz em um futuro próximo, é o que lhe indica o fluxo astral para hoje.

Touro - (21/04 a 20/05)

Pense no êxito e não dê importância a boatos e impressões negativas. Atravessa o melhor período material do ano. Pessoas bem humoradas poderão melhorar este seu dia.

Gêmeos - (21/05 a 20/06)

Dia dos mais benéficos para tratar com o sexo oposto, padres, pastores, políticos e militares. Poderá, também se você for livre de compromissos, iniciar romance com pessoa de bons princípios.

Câncer - (21/06 a 22/07)

Tenha um pouco de cautela com a saúde, principalmente os rins. Será preciso cuidar mais do seu organismo bem como dos interesses da família, do lar e da sua estabilidade. Complemente sua alimentação, abusando das frutas.

Leão - (23/07 a 22/08)

Grandes chances de destacar-se nos jogos, na vida pública, nos esportes e na loteria. Se você pretende ter uma conversa franca e direta com o seu par amoroso, este é o momento adequado.

Virgem - (23/08 a 22/09)

Dia neutro para a vida sentimental e amorosa. Haverá, também, muitas dificuldades que só serão solucionadas com bastante trabalho, otimismo e perseverança. Procure descansar mais, principalmente dormindo as horas suficientes.

Libra - (23/09 a 22/10)

Dê mais continuidade ao que têm que fazer. Cuide de sua aparência. Devido a sua maneira de ser, geralmente bastante alegre, extrovertido e com muita jovialidade, tudo isto poderá se evidenciar mais ainda.

 Escorpião - (23/10 a 21/11) No trabalho, contato com pessoas ligadas às artes, proporcionarão a você grandes chances de elevação social e profissional. Algumas perturbações passageiras na vida doméstica e depressão.

Sagitário - (22/11 a 21/12)

A partir de hoje, você entra em uma das melhores fases para lucrar através de escritos, propaganda e tudo que está relacionado com a imprensa e - comunicação. Favorável às mudanças de residência e emprego. Apegue-se às pessoas que estão a seu redor para melhorar o seu dia.

 Capricórnio - (22/12 a 20/01) Dia que lhe poderá trazer desentendimentos no ambiente de trabalho e até atritos e discussões, mesmo com pessoas desconhecidas. Para o amor e negócios, o dia também é negativo. O período é propício a todo trabalho.

Aquário - (21/01 a 19/02)

É um dos seus dias mais negativos para assumir compromissos importantes, para assinaturas de papéis que possam comprometê-lo e cuidado com os inimigos. Não tenha medo de tomar iniciativas no trabalho, por que elas serão reconhecidas.

 Peixes - (20/02 a 20/03) Dia em que sua inteligência se elevará devido ao bom fluxo de Júpiter. Contudo, procure compreender melhor seus colegas de trabalho, bem como os familiares e a pessoa querida. Se agir corretamente, terá grande expansão em todos os sentidos.

SINUSITE? cloreto de sódio

Alívio contra a sinusite SINUSTRAT É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE O MÉDICO E O FARMACÊUTICO. LEIA A BULA. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO

SINUSTRAT DESCONGESTIONANTE NASAL - Composição: Cloreto de Sódio. Medicamento de Notificação Simplificada RDC Anvisa n° 199/2006. AFE n° 1.00174-0. Indicação: fluidificante e descongestionante nasal. Contraindicação: hipersensibilidade individual aos componentes da formulação. SINUSTRAT DESCONGESTIONANTE NASAL ADULTO - Composição: Cloreto de Sódio.Reg. M.S 1.0174.0034.008-3. Indicação: fluidificante e drenador das secreções nasais e paranasais e redutor da obstrução nasal, em casos de resfriados, rinites e sinusites agudas ou crônicas. Contraindicação: hipersensibilidade individual aos componentes da formulação.

Museu Imperial oferece programação especial Hoje, feriado da Independência do Brasil, o Museu Imperial terá visitação gratuita para os petropolitanos e moradores da cidade. O benefício é parte do projeto ‘O Museu é Nosso’, que oferece gratuidade a esse público todas as quartas-feiras e no último domingo do mês. Outro estímulo para visitar o Museu na data será a edição especial do espetáculo ‘Som & Luz’. A apresentação será às 20h, com ingressos a R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia), que podem ser adquiridos na bilheteria do Museu. O espetáculo oferece ao público a oportunidade de reviver alguns dos mais importantes momentos do Segundo Reinado no Brasil. A superprodução utiliza efeitos especiais de iluminação e sonorização para transmitir a

ÁRVORE DA VIDA – Censura 10 anos – Horários: 17h10 todos os dias, exceto 2ª feira – Sessão extra sexta e sábado, 22h ‘A Árvore da Vida’ aproxima o foco na relação entre pai e filho de uma família comum, e expande a ótica desta rica relação, ao longo dos séculos, desde o Big Bang até o fim dos tempos, em uma fabulosa viagem pela história da vida e seus mistérios, que culmina na busca pelo amor altruísta e o perdão.

Um feriado especial hoje, é o que promete o Museu Imperial

impressão de uma viagem no tempo, diretamente para o século XIX, na qual os visitantes conhecem um pouco mais sobre a história do país. O espetáculo, que possui duração de 45 minutos, é ofe-

recido de forma permanente às quintas, sextas e sábados, às 20h. Mais informações e agendamentos para grupos estão disponíveis através do telefone (24) 2245-4668 e do e-mail mimp. someluz@museus.gov.br.

Especial

Abertas inscrições para o 2º Festival de Cinema de Petrópolis Luz, câmera, ação. Chegou à hora dos cineastas e produtores cinematográficos brasileiros entrarem em cena para inscreverem seus filmes no 2º Festival Nacional de Cinema de Petrópolis 2011, que será realizado entre os dias cinco e 12 de novembro. Podem concorrer produções nacionais de curtas e longas metragens de 35mm e digitais, ficção, documentários e animações. Em 2010 foram inscritos 110 filmes. As inscrições começam neste dia primeiro de setembro e vão até 30 de setembro. Para participar os produtores e cineastas interessados devem acessar o site: www.festcinepetropolis.com.br ou www. zazvisual.com/festcinepetropolis/index.html e ler o regulamento, procedendo de acordo com as instruções do link “Inscrições - Mostra Competitiva”. O 2º Festival de Cinema de Petrópolis segundo os organizadores Pery de Canti e Inez Petri é uma grande oportunidade para os produtores brasileiros divulgarem seus trabalhos. Paralelamente ao evento principal serão realizadas as ativi-

ONDE ESTÁ A FELICIDADE – Censura 12 anos – Horários: 15h e 19h50 todos os dias, exceto 2ª feira Até onde você iria para ser feliz? Nessa deliciosa comédia, a chef de cozinha Teodora embarca em uma jornada de descobertas que farão dela uma nova mulher. Crises no amor e na vida profissional a levarão – junto com o amigo Zeca e a espanhola Milena – à percorrer o Caminho de Santiago de Compostela, cenário ideal para encontros, reencontros e aventuras. Ingressos: terças e quartas ingresso promocional a R$ 6 para todos (exceto feriados). Preço de ingressos as quintas e sextas - inteira R$ 14 e meia R$ 7. Preço de ingressos aos sábados e domingos - inteira R$ 16 e meia R$ 8. CINE BAUHAUS R. Dr. Nelson de Sá Earp, 89 Shopping Center Bauhaus Centro SALA 1 OS SMURFS – Censura livre – Dublado - Horários: 14h e 18h Animação que traz de volta personagens que fizeram muito sucesso na década de 80. SALA 2 QUERO MATAR MEU CHEFE – Censura 14 anos – com Jason Bateman – Horários: 16h e 20h30 Comédia americana sobre secretária que não suporta mais os desmandos de seu patrão.

Um festival para quem gosta da Sétima Arte

dades das Oficinas de Cinema, e para tanto, os interessados devem acessar os links indicados, e clicar no item Inscrições – Oficinas. Todas as atividades do Festival são inteiramente gratuitas. Tradicionalmente o Festival também faz uma homenagem a nomes de destaque nacional na área de cinema. Já receberam essa homenagem a atriz Ittala Nandi, o ator Stepan Nercessian, e o cineasta Zelito Viana. Para esta segunda edição a organização do Festival

Na cidade

Bandas conhecidas, filme de graça e concurso de Miss Hoje, entre 18h e 22h, na Praça D. Pedro, acontece o projeto “Independência e Arte”, criado por João Felipe Verleun Lopes e Gabriel Tauk e promovido pelo Grupo Solstício, o movimento do Corredor Cultural de Petrópolis. Três bandas bem conhecidas da cidade estarão se apresentando: Tokaia, Taruíra e Tribo de Gonzaga. Amanhã, às 19h, e sábado, às 17h, será apresentado o filme “A Vida no Paraíso”, um drama dirigido por Kay Pollack. Daniel Daréus é um talentoso maestro que precisa se recuperar de um ataque do coração. Para isso, resolve voltar ao povoado onde passou sua infância. Enquanto enfrenta os demônios do passado, começa a se socializar com a comunidade local ao se tornar o professor do coral da igreja. No Cine Humberto Mauro, Centro de Cultura Raul de Leoni, censura 14 anos, entrada franca. Nesta quinta, às 20h, tem o 1º Concurso Miss Estado do Rio de Janeiro Latina. O concurso tem a finalidade de eleger a repre-

CINE ITAIPAVA Est. União & Indústria, 11.000 Itaipava

sentante da beleza Estadual Miss Estado do Rio a fim de representá-lo no Miss Brasil Latina em Pernambuco. Petrópolis receberá a Miss Rio de Janeiro (Petropolitana), Amanda Leontina, para coroar sua sucessora. A nova representante concorrerá ao título Miss Brasil e, em sequência, ao Miss América Latina Del Mundo, em Punta Cana, na República Dominicana. A coordenadora estadual do concurso é Teresa Scherer. No Teatro Afonso Arinos, cnsura livre, ingressos a R$ 25. Também nesta quinta, às 19h, volta à cidade o projeto “Petrópolis em Serenata - Homenagem ao compositor Jaime Rojas de Aragón Y Ovalle”. Os moradores da Castelânea recebem em noite de céu estrelado, os poetas e os seresteiros que levarão para o bairro a verdadeira poesia musicada. O show começa no início Rua Conde D´Eu, nº 199H, até a praça. Em caso de chuva a serenata será realizada na associação dos moradores. Censura livre, entrada franca.

fará divulgar no mês de outubro o nome do(s) homenageado(s) desta edição. O 2º Festival de Cinema de Petrópolis, conta com o apoio do Ministério da Cultura, Secretaria do Audiovisual, através da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, Apoios Institucionais da Prefeitura Municipal de Petrópolis, Theatro D.Pedro e Centro Cultural Raul de Leoni. O projeto é uma realização da Perfil Consultoria Cultural. (www.perfilconsultoriacultural.com.br).

Itália Último dia para conferir a festa da colônia italiana Hoje é o último dia para quem quiser conferir a Serra Serata 2011, a festa da colônia italiana em Petrópolis, que acontece na Praça da Liberdade, Centro da cidade, durante todo o dia. Hoje a festa é especial, uma vez que celebra também o dia do Brasil. Às 11h haverá a abertura dos festejos, às 12h, tem Toco de Graúna, um grupo de chorinho com Laio Simas. Às 14h tem Grupo Folclórico Estância Imperial, com Danças Gaúchas, às 16h, Trio Dubrá, às 18h, Banda Jompz e às 20h, Nívea Seabra & Banda. O Cine Humberto Mauro do Centro de Cultura Raul de Leoni também presta uma homenagem à Itália. Hoje será apresentado o filme “O Tigre e a Neve”, às 19h, dentro do Festival de Cinema Italiano. Trata-se de um romance dirigido por Roberto Benigni. A censura é 10 anos, a entrada, franca.

LANTERNA VERDE – Censura 10 anos – com Ryan Reynolds – Horários: 14h30, 16h40, 19h e 21h10 Filme baseado em heróis das histórias em quadrinhos da DC Comics. Hal Jordan presencia um desastre aéreo envolvendo uma nave alienígena e recebe um anel de poder do piloto, que está morrendo. A partir daí, ele se torna o Lanterna Verde. Preços: Segunda é dia de cinema. Ingressos a R$ 3 em todas as sessões. Terça a quinta (exceto feriados): Sessões iniciadas até 15h59min Inteira: R$ 10 (meia: R$ 5). Após 16h inteira: R$ 12 (meia: R$ 6). Sexta a domingo e feriados: Sessões iniciadas até 15h59min inteira: R$ 12 (meia R$ 6) Após 16h inteira: R$ 14 (meia R$ 7). Lembrando que estamos com uma promoção de terça a domingo: todas as pessoas pagam meia entrada. TOP CINE HIPERSHOPPING ABC Rua Teresa, 1415 / 2º piso Alto da Serra – Petrópolis Cine Fone: (24) 2249-9900 www.cinemaxx.com.br SALA 1 PLANETA DOS MACACOS – a origem – Censura 12 anos

– com James Franco – Horários: 16h10, 18h30 e 20h40 2ª feira – dia 05 – não haverá sessão San Francisco. Will Rodman é um cientista que trabalha em um laboratório, onde são realizadas experiências com macacos. Ele está interessado em descobrir novos medicamentos para a cura do mal de Alzheimer, já que seu pai sofre da doença. Ao seu lado conta com a ajuda de Caroline, uma especialista em primatas. As experiências realizadas fazem com que a inteligência dos macacos aumente bastante, ao ponto deles escaparem de suas gaiolas e enfrentarem os humanos pelo controle da Terra. SALA 2 O HOMEM DO FUTURO – Censura 12 anos – com Wagner Moura – Horários: 16h30, 18h50 e 21h 2ª feira – dia 05 – não haverá sessão Zero é um cientista genial, mas infeliz porque há 20 anos atrás foi humilhado publicamente na faculdade e perdeu Helena, o grande amor de sua vida. Certo dia, uma experiência acidental com um de seus inventos faz com que ele viaje no tempo, mais precisamente, à data da festa onde foi humilhado. Depois da chance de mudar a sua história, Zero retorna ao presente totalmente modificado e percebe uma realidade a qual não acreditava ser possível. TOP CINE HIPERSHOPPING MERCADO ESTAÇÃO Rua Paulo Barbosa, 310 / 1º piso Centro - Petrópolis Cine Fone: (24) 2249-9900 www.cinemaxx.com.br SALA 1 OS SMURFS – Censura livre – dublado – Horários: 14h50, 16h50 e 18h50 2ª feira – dia 05 – não haverá sessão QUERO MATAR MEU CHEFE – Censura 14 anos – com Jason Bateman – Horários: 20h 2ª feira – dia 05 – não haverá sessão SALA 2 LANTERNA VERDE – Censura 10 anos – com Ryan Reynolds – Horário: 16h, 18h20 e 20h40 2ª feira – dia 05 – não haverá sessão SALA 3 DEU A LOUCA NA CHAPEUZINHO 2 – Censura livre – Horários: 15h10, 17h e 19h 2ª feira – dia 05 – não haverá sessão Agora adolescente, Chapeuzinho Vermelho leva uma vida tranquila ao lado das misteriosas Irmãs de Capuz. Até que, um dia, é convocada pela agência Felizes para Sempre para, em companhia do Lobo Mau, liderar uma força tarefa que investiga o misterioso desaparecimento dos irmãos João e Maria. AMOR A TODA PROVA – Censura 12 anos – com Steve Carell – Horários: 21h 2ª feira – dia 05 – não haverá sessão Cal Weaver tem quarenta e poucos anos e leva uma vida perfeita, com um bom emprego, filhos e um casamento com a namorada do colégio, Emily. Até que, ao descobrir que Emily o está traindo e quer o divórcio, sua vida desaba por completo. Forçado a voltar ao mundo dos solteiros, ele enfrenta as dificuldades habituais de quem não sabe mais como se portar para se aproximar de uma mulher. É quando entra em cena Jacob Palmer, um amigo que passa a lhe dar algumas dicas.

Filmes na TV BEN 10: INVASÃO ALIENÍGENA – SBT – 14H15 – COM RYAN KELLEY - Ben vive um dilema: romper sua aliança com os encanadores para ajudar Elena, uma misteriosa garota que corre perigo por causa de uma ameaça alienígena; ou ouvir seu avô Max, que teme que Elena esteja preparando alguma armadilha, pois o pai dela é um traidor dos encanadores! HARRY POTTER E A CÂMARA SECRETA – SBT – 15H15 – COM RUPERT GRINT - Na casa dos seus tios, Harry Potter recebe a visita do Elfo doméstico Dobby, que o alerta sobre os perigos de seu retorno à Hogwarts! Ignorando o aviso, Harry, ao se dirigir à escola, descobre que a passagem entre os dois mundos foi fechada misteriosamente. Já em Hogwarts, fatos muito estranhos acontecem após sua chegada! Sem falar que o novo e arrogante professor de defesa contra a arte das trevas será mais um problema para o bruxo! OS INCRÍVEIS – GLOBO – 15H55 - Beto Pêra já foi um dos maiores super-heróis do mundo mas agora, 15 anos depois, ele e a mulher, outra super-heroína aposentada, tentam levar uma vida normal com os três filhos. Ele trabalha para uma seguradora e só luta contra o tédio e os pneus na cintura. Doido para voltar à ativa, Beto vê sua chance em um misterioso comunicado que o convoca a ir até uma ilha remota para uma missão. GRINDHOUSE - PLANETA TERROR – CULTURA – 22H15 - O casal de médicos William e Dakota Block é surpreendido no hospital por uma multidão de homens e mulheres cheios de feridas e mutilações, que vagam com um suspeito olhar perdido. Entre eles está Cherry, uma dançarina de boate cuja perna foi arrancada num ataque noturno. Com uma metralhadora no lugar da perna decepada, ela vai liderar, acompanhada por El Wray, um exército de inválidos assassinos.


quarta e quinta-feira, 7 e 8 de setembro de 2011

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

7

cidade

Alan Alonso

Aposentados pedem reajuste em manifestação no Cristo Divulgação

n Agênca Brasil

O Terminal de Integração do Centro ficou fechado na sexta

Banheiro do Terminal fica fechado por falta d’água Quem precisou utilizar o banheiro masculino do Terminal do Centro na última sexta-feira teve problemas. Por falta d’água, o local ficou fechado, o que provocou um grande movimento no banheiro público que fica na Praça Clementina de Jesus. O vendedor ambulante José Antônio, que trabalha vendendo sorvetes e picolés, contou que não havia nenhum tipo de aviso no banheiro orientando os usuários. - Eles podiam ter avisado a população. Muita gente que precisou ir ao banheiro teve problemas. Quando eu fui até a Praça Clementina de uma fila enorme estava formada. Assim fica difícil – disse. Ainda de acordo com

o vendedor ambulante é a primeira vez que este tipo de problema acontece. - Aquele banheiro é fundamental para as pessoas, principalmente quem chega do trabalho. Espero que a prefeitura tome as devidas providências – pediu seu José. No sábado e ontem tanto o banheiro masculino quanto o feminino funcionaram normalmente. Por meio de nota, a assessoria de comunicação da Prefeitura, informou que houve um problema na tubulação que leva água para os banheiros do Terminal do Centro. A nota diz ainda que o problema foi solucionado no mesmo dia e que os banheiros voltaram a funcionar normalmente. Divulgação

Adria Nobre, que estará no evento, pinta um de seus quadros

Artistas com síndrome de down participam de mostra A filial de Petrópolis da Cultura Inglesa realiza até o dia 16 de setembro a exposição de quadros do artista plástico Adriano Ghiggino, portador de Síndrome de Down. Adria Nobre, como assina seus trabalhos, transpõe em suas telas a sensibilidade da estação mais florida do ano, a primavera. Nesta mostra, o artista

desenvolve um trabalho sobre Petrópolis, pintando pontos de referência da cidade como a Pousada Alcobaça, em Corrêas, o trono de Fátima, e as margens do Rio Piabanha. A exposição é gratuita e aberta ao público. O horário de funcionamento é das 9h às 20h. A Cultura Inglesa de Petrópolis fica Avenida Tiradentes, número 128.

Casa Cláudio de Souza é reaberta após greve A Casa Cláudio e Souza que estava fechada há duas semanas, em Petrópolis, por causa da greve dos servidores federais da cultura, reabriu nesta terçafeira (6). O Museu Imperial também está funcionando normalmente. O único museu que continua fechado é o Palácio Rio Negro, conhecido como Palácio dos Presidentes. Não há previsão para a reabertura

ao público. Mas ontem tem uma grande novidade na área cultural em Petrópolis. Foi inaugurado o mais novo museu da cidade: o Museu de Cera! O museu fica na Rua Barão do Amazonas, número 35, pertinho do Relógio das Flores. O museu vai abrir de terça a domingo, das 10h às 17h. A entrada custa R$ 10 e a meia custa R$ 5.

Rio de Janeiro – Cerca de 250 aposentados de vários estados se reuniram aos pés da estátua do Cristo Redentor, no alto do Corcovado, para chamar a atenção dos governantes e da sociedade sobre como eles vivem. A mobilização “Cristo abraça os aposentados” foi organizada pelo Sindicato Nacional dos Aposentados e pela Arquidiocese do Rio de Janeiro. Eles vão protestar contra o veto da presidenta Dilma Rousseff ao aumento real para os aposentados que recebem benefícios acima do salário mínimo. O presidente do Sindicato Nacional dos Aposentados, João Batista Inocentini, disse que o apoio da Igreja Católica a um movimento organizado por aposentados é pioneiro. No entanto, ele está sem esperança de conseguir o aumento, após o veto. - O que nós queremos, na realidade, é chamar a atenção da sociedade e dos nossos governantes para a importância que o idoso e a criança têm. Nós temos essas duas pontas que são consideradas um custo, um gasto para

Presidente do Sindicato Nacional dos Aposentados, João Batista (D) pede tratamento digno

a União. Nós entendemos que não, porque a criança é o futuro e o idoso já contribuiu com a parte dele – disse. Inocentini diz que os aposentados querem ser tratados dignamente pela Previdência Social, que os veem como um gasto, segundo ele.

– Os aposentados têm direito a comprar medicamentos e a sobreviver, sem a necessidade de pedir esmola aos parentes ou viver nas ruas – disse o sindicalista. Segundo a Força Sindical, o presidente da entidade, Paulo Pereira da Silva, o Pau-

linho, irá ao Congresso Nacional pedir a reabertura das negociações com o governo, para tentar um aumento. O Sindicato Nacional dos Aposentados vai promover atos pelo reajuste em 16 estados, com datas a serem definidas pela entidade.

Moradores do Retiro reivindicam captação de água e pavimentação

Moradores da Rua Loio Gallucci, no Retiro, continuam solicitando à prefeitura a captação de águas da chuva e a pavimentação da via. Eles lutam por melhoras na região desde janeiro de 2009, quando enviaram um ofício à Secretaria de Obras, e, agora, querem uma solução. Eles explicam que, todos os anos, durante as fortes chuvas de verão eles precisam montar um mutirão para criar valetas maiores para o escoamento da água, mas caso ocorra mais intensidade das chuvas, eles temem ficar isolados, já que a rua pode ceder. - Moramos a menos de 15 minutos do Centro, porém a distância, comparada aos avanços de urbanização da nossa cidade, parece que moramos em um dos pontos mais distantes do Centro, mas me falta um exemplo de uma localidade distante que esteja passando a mesma

dificuldade, estive no Vale das Videiras em Araras e está tudo pavimentado, estive no Brejal e da mesma forma tudo pavimentado, todas as comunidades próximas a nossa rua, Neylor, Alemão, Atilio Maroti, Morro da Cocada, entre outras, já foram atendidas com captação das águas de chuva e pavimentação – reclamou um morador. - Após quase dois anos da solicitação nada foi feito, nem se quer uma melhoria. Acho que todos merecem atenção da prefeitura – completou. A Secretaria de Obras informa que recebeu o ofício dos moradores e que, na última sexta-feira (2), um engenheiro vistoriou a região. A partir de agora, será feito um orçamento e um estudo de viabilidade. A Secretaria tranquiliza a população informando que a via não apresenta riscos.

Alan Alonso

Rua Loio Gallucci, no Retiro: as reivindicações são desde 2009

Remédios trazem problemas à saúde quando descartados de forma errada O que fazer com os remédios com validade vencida? Por enquanto, o melhor a se fazer é guardá-los e isolálos. A recomendação é da farmacêutica Soraya Huertas, coordenadora do projeto “Remédio Solidário”. Ela esteve ao longo da tarde de ontem, em um estande montado no calçadão do Colégio Dom Pedro II, recebendo os remédios impróprios para consumo. Além disso, ela coletava assinaturas, que serão encaminhadas ao prefeito, solicitando a criação de um espaço permanente para o recebimento desses medicamentos. Até a tarde de ontem, cerca de 400 pessoas haviam assinado o documento. O descarte inadequado desses remédios vencidos pode representar um grande risco para a saúde da população. Se jogados no esgoto, os resíduos não são totalmente eliminados pelo tratamento. Os antibióticos, por exemplo, se combinados com micro-organismos presentes nas redes de esgoto, podem gerar bactérias resistentes às terapias

Alan Alonso

A farmacêutica Soraya Huertas, coordenadora do projeto, esteve no estande em frente ao Cenip

disponíveis. - Recentes estudos na Europa, demonstraram que já está havendo muitos problemas por conta do descarte inadequado dos remédios. Um dos estudos aponta a feminilização dos homens, por conta do consumo de alimentos ou água contaminada com hormônios femininos presentes nos anticoncepcionais descartados no meio-ambiente

- explicou a farmacêutica Soraya Huertas. Os remédios coletados ontem serão encaminhados ao depósito da Comdep, onde ficarão depositados em tambores lacrados. Posteriormente serão levados para serem incinerados. Na semana que vem, segundo informou a farmacêutica, haverá curso de capacitação de cerca de 280 agentes comunitários de

saúde. - Nesse curso vamos ensiná-los a identificar o que são remédios impróprios. As vezes, mesmo que estejam dentro da validade, os remédios já estão impróprios para o consumo. Muitas pessoas guardam esses medicamentos em lugares inadequados e isso também tira a eficácia deles – completou Huertas.


8

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

quarta e quinta-feira, 7 e 8 de setembro de 2011

economia

Prazo para pessoa física optar pelo Refis da n Daniel Lima - ABr

As pessoas físicas que optaram pelo Refis da Crise, programa de renegociação especial de dívidas com a União, têm prazo até hoje para realizar a consolidação dos débitos, informou a Receita Federal. É a segunda vez que a Receita e a ProcuradoriaGeral da Fazenda Nacional abrem o prazo. O primeiro foi entre os dias 2 e 25 de maio, quando 103 mil optantes fizeram a consolidação, totalizando R$ 8,7 bilhões. No prazo que se encerra amanhã (de 10 a 31 de agosto), estima-se que 137 mil façam a opção, embora o último balanço. realizado hoje, indique que apenas 41,1% tenham negociado os valores. No segundo grupo, a dívida

consolidada pode chegar a R$ 4,7 bilhões. Para fazer a negociação, o contribuinte deve acessar o site da Receita Federal ou da ProcuradoriaGeral da Fazenda Nacional e indicar os débitos para consolidação. Segundo a Receita, todos os integrantes desse grupo de pessoas físicas foram notificados por carta sobre a reabertura do prazo. De acordo com a Receita, o prazo para as pessoas jurídicas terminou no dia 29 de julho O programa ficou conhecido como Refis da Crise porque foi criado pelo governo durante as turbulências provocadas na economia brasileira, em 2008, após séria crise de credibilidade que atingiu o mercado financeiro internacional.

CNI é contrária à criação de tributo n Daniel Lima/ABr

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) é contrária à criação de um tributo para financiar a saúde. O gerente executivo de Unidade de Política Econômica da Confederação, Flávio Castelo Branco, lembra que há crescimento da arrecadação de impostos e contribuições federais e, por isso, é possível buscar outras alternativas na gestão dos recursos da União. - É preciso elencar prioridades e olhar dentro do Orçamento da União o que é prioridade e deixar [de lado] a saída fácil de criação de um tributo que vai acabar onerando a competitividade dos produtos - destacou. Para ele, um novo tributo irá onerar também as

famílias, porque irá refletir nos preços dos produtos nacionais e dificultará o crescimento da economia brasileira. Está em discussão no Congresso a regulamentação da Emenda 29, que prevê percentuais mínimos de aplicação de recursos na saúde para União, estados e municípios. A proposta é do ano 2000. Ela obrigou a União a investir em saúde 5% a mais do que havia investido no ano anterior e determinou que nos anos seguintes esse valor fosse corrigido pela variação nominal do Produto Interno Bruto (PIB). Os estados foram obrigados a aplicar 12% da arrecadação de impostos em saúde e os municípios 15%. A regra era transitória e deveria ter existido até 2004, mas

Divulgação

Flávio Castelo Branco aposta em outras alternativas para a saúde

continua em vigor por falta de uma lei complementar que a regulamente. Até dezembro de 2007, a saúde era financiada também por recursos arrecadados com a Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF). Na segunda-feira

(5), o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral Filho, defendeu a extinta CPMF. Ele anunciou que vai se juntar a outros governadores e assinar nota de apoio à criação de uma fonte de recursos para a saúde. A nota já teria adesão de mais de dez governadores.

AVISOS E EDITAIS

Há 30 anos era publicado O dia 07 de setembro de 1981, uma segunda-feira, foi feriado nacional e o DIÁRIO não circulou nesta data

SEPULTAMENTO Terça-feira, 6/09/2011 Cemitério Municipal Mercedes Passos Gonzales, 86 anos,14h – Centro Lilian T. de Freitas Garrido, 75 anos ,16h – centro Ademir Novo Guedes, 60 anos,16h – Alto da Serra Cassimiro Amorim Pereira, 84 anos,16h30 – Itaipava David da Fonseca Jones, 81 anos,16h30 – Nilópolis Cemitério de Itaipava Não houve sepultamentos OBS. AS INFORMAÇÕES ACIMA SÃO FORNECIDAS AO DIÁRIO POR FUNCIONÁRIOS DAS SECRETARIAS DOS CEMITÉRIOS,

MANUTENÇÃO E MELHORIA NA REDE COM INTERRUPÇÃO NO FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA Visando prestar um serviço de melhor qualidade, a AMPLA comunica a seus clientes que interromperá o fornecimento de energia elétrica, para possibilitar a execução de obras e melhoramentos da rede, no município de Petrópolis nas seguintes localidades: 10/09/2011, das 09:00h às 12:00h, Carangola: Estrada Carangola nº 1586, Praça C. Soares nº 63, Ruas Raul Pompéia nº 20, Nelson Silva nº 35, P. Fróes, FTE nº 128, Dr. Gabriel Bastos nº 150, Nossa Senhora Sion nºs 38 e 100 e adjacências. Cliente Especial: Anna Lúcia Frana. Das 09:00h às 14:00h, Independência: Ruas M. N. Independência nº 180, Leonor Maia nº 69/302 e adjacências. Das 15:00h às 17:00h, Rio da Cidade: Parte da Rodovia BR 040 e adjacências. 11/09/2011, das 08:00h às 11:00h, Centro: Rua Aureliano Coutinho nº 67-B e adjacências. O restabelecimento de energia poderá voltar antes do horário previsto.

ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA – EXTRAORDINÁRIA A AMOPAQ – Associação de moradores do conjunto do patrimônio arquitetônico-paisagístico do Hotel Quitandinha, convoca seus associados para Assembléia Geral que se realizará no dia 24 de setembro de 2011 às 17:00h no CEPTI – Centro Educacional Profissional em Tecnologia da Informação à Av. Getúlio Vargas nº 335 – Quitandinha. Os assuntos da pauta serão: 1 - Prestação de Contas - Gerenciais e Financeiras 2 - Planejamento de Atividades 3 - Programação para Convocação de Eleições Gerais Marcio Jesus MacCulloch Presidente da AMOPAQ

Leia o DIÁRIO DIGITAL: www.diariodepetropolis.com.br

Silvio Gelli FALECIMENTO

Irmãos, filhos, sobrinhos, esposa e demais familiares comunicam o falecimento de Silvio Gelli e convidam para o sepultamento, hoje, (dia 07 de setembro), às 15:00 horas, na Capela Oswaldo Cruz.


MOSELA Na paróquia de São Judas Tadeu a secretaria tem expediente de terça-feira a sexta-feira de 16h30 as 18h30 e os eventos religiosos podem ser informados pelo telefone 2245 7344. O pároco é o padre Luiz Garcia Mello e o vigário paroquial é o padre Nerel Quirino Damasceno.

D

iário nos

B

airros

diarionosbairros@diariodepetropolis.com.br

Nora ganha carinho em Nogueira Cadela que estava desnutrida foi resgatada por voluntários, tratada e conquistou o coração de arquiteta na feirinha de adoções Resgatada na Fazenda Inglesa em março deste ano a cadela Nora, na ocasião, estava esperando filhotes e totalmente desnutrida. Como sempre agem, os voluntários do Grupo de Assistência e Proteção aos Animais e Meio Ambiente – GAPA/MA – a apanharam, providenciaram o tratamento e, com carinho principalmente, o dia a dia do animal mudou completamente. Medicada e bem alimentada Nora vinha sendo exposta nas feirinhas de adoção que o GAPA promove periodicamente no estacionamento do Hipermercado Extra e também no Parque de Exposições de Itaipava. Até que no último sábado quando a instituição comemorou dez anos de atividades, aconteceu o final

feliz para a cadela. A arquiteta Gisele Rover não pestanejou ao ver Nora. Rapidamente acionou a assistente jurídica do GAPA Rosemary Hissa, que providenciou os papéis de adoção e Nora foi residir em Nogueira, na casa da sua nova protetora. A cadela, ainda sob a assistência dos voluntários, teve nove filhotinhos que também já têm os seus lares. Como Nora, durante os dez anos de atividades do GAPA, mais de dois mil animais já encontrou novos lares. A entidade no sábado agradeceu a todos os voluntários que participaram e continuam participando do trabalho. Confirmou que o percentual de 56,8% de adoções foram cães e 43,2% foram gatos.

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

quartA e quinta-feira, 7 e 8 de setembro de 2011

9

ALCOÓLICOS ANÔNIMOS Reuniões de hoje 19h: Grupo 27 de Maio, Rua Bingen, 261. 19h30: 28 de Janeiro, Rua Paulo Barbosa, 180, Centro; Estrela de Araras, Escola Estadual de Araras; Morin, Igreja de Nossa Senhora da Glória; São José do Itamarati, Matriz de São José; Petropolitano, Rua Santos Dumont, 100.

Estudo de cânticos será tema de encontro no Valparaiso O caráter dos cantos na liturgia eucarística; nos vários tempos litúrgicos; critérios na escolha de cantos e a própria escolha; missas inteiras e avulsas; cantos específicos; como cantar a missa; e técnicas vocais. Estas são as temáticas que serão abordadas no Encontro de Liturgia e Cântico Litúrgico que será realizado na paróquia de Santa Clara, no Valparaiso.

O evento começa na próxima sexta feira e vai até domingo. Um dos palestrantes será frei José Ariovaldo da Silva, doutor em liturgia e professor no Instituto Teológico Franciscano – ITF. O evento que é uma realização da Paróquia de Santa Clara e tem o apoio da Editora Vozes. Os interessados pagam apenas R$ 35,00 que é referente à alimentação e hospedagem.

Comunidade Católica Sião confirma chá no Quissamã

Rosemary a esquerda com Gisele e Nora depois de adotada

Vai ter sorteio de brindes no chá beneficente que a Comunidade Católica Sião vai promover no dia 15 a partir de 14h. O evento tem como objetivo angariar fundos que serão empregados em obras sociais, segundo os organizadores que estão convidando o público para prestigiar a instituição que periodicamente promove eventos neste sentido.

O chá beneficente vai ser realizado na Rua Quissamã, 1.212. Os convites individuais custam R$ 12,00 mais um quilo de alimento não perecível ou R$ 3,00. Os organizadores informam que o sorteio de brindes será realizado durante o evento e anunciam que os convites podem ser adquiridos na Papelaria Sião, no subsolo da Matriz de Nossa Senhora do Rosário, no centro.

Amigos do Bingen promovem jantar de apoio a Cruz Vermelha Mudança do local de aulas de Mais um evento está dia que aconteceu em parte pio carne assada, arroz, sal- ralmente com jantares dan- trânsito preocupa instituição

confirmado no sentido de angariar fundos que será destinado a recuperação da Cruz Vermelha Brasileira de Petrópolis. A instituição foi acometida de irregularidades, segundo denúncias de lideranças comunitárias da cidade, logo após a tragé-

do distrito de Itaipava, na madrugada de 12 de janeiro deste ano. O Grupo Amigos Solidários do Bingen vai promover um jantar dançante no dia 17 próximo com a animação do músico André Bernardo, no E. C. Centenário. No cardá-

picão e salada verde e os ingressos podem ser adquiridos na sede da Cruz Vermelha, na Rua Carlos Gomes, 6, no cruzamento com a Rua Mosela. O Amigos Solidários têm como tradição a cobertura aos necessitados e as promoções são mensais ge-

çantes. A instituição tem uma parceria com o E. C. Centenário desde o início do ano onde também é mantida operações de informática para a terceira idade. Os ingressos ao jantar do dia 17 custam RS 15,00. Informações pelo telefone 2231 6364.

A presidente Fernanda Ferreira, da Comissão Municipal de Atuação Comunitária de Petrópolis – COMAC – lembrou que a carta aberta enviada as autoridades sensibilizem elas no sentido de não permitir que o local de treinamento de auto escolas seja transferido para a Rua Dr. Sá Earp. Citou que ali transitam mais de mil crianças diariamente.

Estas mil crianças são alunos da Escola Germano Valente. Segundo Fernanda Ferreira a preocupação não é só da diretoria da COMAC e professores da instituição de ensino, mas também de pais dos menores. A carta foi enviada ao prefeito Paulo Mustrangi e ao Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro

Pão francês - R$ 5,99kg (somente no balcão) Entrega em domicílios Rua Epitácio Pessoa, 100 (atrás dos Correios) Centro - Petrópolis - RJ Tel. 2231-2160

Tranqüilidade

para a sua empresa

Contabilidade de última geração, sistema avançado de informática Escrita Fiscal – Rotinas Trabalhistas e Folha de Pagamento Sistemática Departamento Jurídico – Direito Cível – Direito Trabalhista Projetos Econômicos – Análise de viabilidade e capacidade de sua empresa – Administração de Bens e Serviços – Corretagem e Administração de Imóveis – Equipe com treinamento especializado Direção Técnica: Márcio Tesch Economista – Corecon 10582 Advogado – OAB/RJ 59.566 Tec. Contab. – CRC/RJ 25.384-0

Rua do Imperador, 772 – Gr 105/106 – Centro Petrópolis – RJ. Tel/Fax: (024) 2231-6212 / 2231-3322


10

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

quarta-feira e quinta-feira, 7 e 8 de setembro de

ESPORTES

esportedp@gmail.com

Petropolitano conquista título brasileiro de futebol de mesa

CIRCUITO UNIMED DE TENIS - Hoje é um dia especial para os participantes do Circuito UNIMED de Tênis que tem mais uma etapa disputada, desta vez no belíssimo Bomtempo Resort, hoje teremos um dia inteiro no aprazível local onde todos poderão assistir tenistas e convidados de um dia com piscina, churrasco no bar da quadra, recreação e outros atrativos, por módicos 60 reais. A terceira etapa do Circuito UNIMED DE TENIS, seguindo a tradição de Fred Frias de realizar jogos coincidindo suas etapas com um Torneio de Grand Slam, teve início no último dia 3 e finda no dia 11. As categorias em simples são M1M2-M3-M4-M5, F3-F4, l0 m, 12 m e 14 m, ou seja no masculino 10 anos, 12 anos, 14 anos, primeira, segunda, terceira, quarta e quinta classes e no feminino terceira e quarta classes. Boa sorte para a organização e em breve estaremos divulgando o resultado do torneio que agora também jogos transmitidos pela internet. FACIL PARA FEDERER Roger Federer derrotou Juan Monaco da Argentina por três sets a zero, parciais de 6/1-6/0-6/2, jogando pela madrugada, foi uma rodada de jogos muito longos e o suíço e o argentino entraram em quadra pela meia noite, sorte que o jogo foi rapidíssimo pois pouco depois de seu encerramento uma forte chuva caiu sobre o com-

plexo de Flushing Meadows em New York. TESÃO ENCERRA INSCRIÇÕES - Vitor Hugo e Tomás Frey comunicando que as inscrições para a décima quinta edição do Torneio Tesão que este ano homenageia o centenário do Petropolitano FootBall Club e os 148 anos do coral se encerram impreterivelmente neste final de semana.Vale lembrar que esse ano as modalidades esportivas do tesão serão o tênis de campo, basquete, bolão e o futsal. SUCESSO DO TENNIS GOURMET - Mais uma edição do Tennis Gourmet aconteceu nesta gelada sexta-feira na pérgula da piscina da sede social do Petropolitano Foot-Ball Club, com Tânia e Paulo Areas recebendo seus convidados para uma super vaca atolada. O Tennis Gourmet agora terá edições mensais e a próxima já tem sucesso garantido, uma super edição com comida de botequim, com os ingressos já praticamente vendidos, poderemos ter inclusiva a participação e um grupo de pagode. Paulo e Tânia animadíssimos com a programação de final de ano, que deverá ter uma noite e pastéis com a participação do Serginho Hot-Dog e claro uma mega confraternização de final de ano, reunindo todos os amigos que participaram dessa grande sacada do tênis petropolitano que certamente

foi a criação do Tennis Gourmet e podemos garantir que muita coisa boa vem por aí. RECUPERAÇÃO DE WOZNIACKI - Sinceramente achamos que a vaca tinha ido pro brejo com bezerro e tudo no jogo da número 1 do tênis mundial Caroline Wozniacki contra Kuznetsova no Arthur Ashe Stadium. A tenista russa vencia por 7/6 e chegou a fazer 40/15 com 4/2 a seu favor. De repente a coisa virou, Wozniacki manteve sua tática de rebater, rebater, rebater e o cansaço sobreveio a sua adversário. Woziniacki venceu o segundo set por 7/6 e detonou no terceiro por fácies 6/1, Para alegria de sua torcida organizada comandada pelo Peter e com muitos Sardinheiros evidentemente fazendo parte. Falar em Mesa da Sardinha nesse feriadão teremos reunião especial, com presença de muita gente boa como Décio Lobo Jr, Arnaldo Rippel, Paulo Areas, Luis Enéas Arrochellas, Nelsinho Loureiro, Nelsinho MILOSKI, Carlo Zennaro, Ricardo Pinto, Serjão, Aloysio, Renatão e Renatinho, professor Hugo Cross, professor Manoel e muitos e muitos de bem com a vida aproveitando essa maravilhosa quarta-feira dia da Independência e não nos esqueçamos que hoje termina a Festa da Itália muito bem montada na Praça da Liberdade. Ótimo feriado para todos. Fiquem Com DEUS.

A equipe de futebol de mesa do Petropolitano participou neste fim de semana, em São Paulo, do Campeonato Brasileiro da modalidade, categoria Masters e conquistou o título na série Bronze, vencendo o América na final. - É um título altamente significativo para o Petrô, pois é o segundo conquistado, a nível nacional, pelo clube nestes 100 anos de gloriosa existência – enalteceu Délio Kronemberger, vice-presidente de esportes do Petropolitano. Ele lembrou ainda que outro título conquistado também foi no futmesa, em 2007, na categoria Sub-15.

Foto: Divulgação

Membros da equipe do Petropolitano trouxeram o troféu para cidade

Clube dos Dez mostra sua força Na noite da última quintafeira, representantes do Movimento Esportivo de Petrópolis se reuniram com os clubes filiados a Liga Petropolitana de Desportos (LPD), onde foi acordada a manutenção do apoio do MEP. A parceria, feita no primeiro semestre deste ano, havia sido paralisada temporariamente, para uma reavaliação. Após um diagnóstico, estas questões foram discutidas e um novo modelo foi estabelecido para o segundo semestre. No encontro, ficou acordado que o MEP irá sanar as dívidas da LPD, para que esta possa obter as certidões negativas de débito junto aos órgãos públicos. Desta forma, no futuro, a própria Liga e os clubes, poderão fazer projetos por meio de Leis de Incentivo sem depender de apenas um investidor. A decisão dará

mais liberdade para a geração de renda e para que a Liga possa se manter. - Nosso objetivo não é simplesmente dar dinheiro para a LPD, mas sim pagar essa dívida e ajudá-los a se tornarem auto-suficiente, criar formas de gerar receitas e não apenas despesas - afirmou o diretor de negócios do MEP, João Henrique Areias. No acordo, também foi decidido que o MEP irá pagar a taxa de arbitragem dos campeonatos da Liga, no segundo semestre deste ano, servindo como uma ajuda financeira imediata para as equipes. O MEP passará a administração das Fan Pages dos clubes, no Facebook, para eles, além de ensinar como utilizá-las em prol de cada entidade, como uma forma de divulgar a imagem, os times e os eventos organizados pelos clubes. O recurso poderá

ser usado como uma fonte de geração de receitas. O representante do Clube dos 10 e diretor do Carangola, Robson Leandro, comemorou o acerto entre as duas partes. - Fico muito contente por mais esta iniciativa do Clube dos 10, que mostra a sua força e principalmente o atrativo que representamos para um projeto tão significativo como o do MEP - disse. O clube dos 10 é formado por Benfica, Carangola, Corrêas, Internacional, Laginha , Magnólia, Palmeira, Petropolitano, Santa Isabel e Vera Cruz. O presidente da LPD, Flávio Fiúza, também comemorou o acerto, que será bom para todas as partes. - Essa parceria foi de fundamental importância para a Liga e para os clubes – declarou Fiúza.


diariodepetropolis