Issuu on Google+

Diário

de Petrópolis

E-mail: redacao@diariodepetropolis.com.br

Site: www.diariodepetropolis.com.br

Preço do exemplar: R$ 1,20

Nº 15.890 - Quinta-feira, 7 de julho de 2011 Fotos: Divulgação

56 anos

professora é levada por engano

Tentativa de sequestro frustrada pela polícia Lobão discute divisão de royalties com governadores O governador Sérgio Cabral se reuniu na última terça-feira com o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão (foto), e outros governadores para definir a divisão dos royalties do petróleo. A proposta é de que não haja perda de receita aos estados produtores. (Página 8)

Apenas 11% dos alunos da UCP passam na OAB De 74 alunos da Universidade Católica de Petrópolis (UCP) inscritos no exame da OAB, apenas oito foram aprovados. A média da universidade, de 11%, foi próxima a nacional, 12%. No estado, a UCP ficou com o 14° melhor resultado. (Página 3)

Uma Professora foi sequestrada por engano na noite da última terça-feira, no Vale dos Esquilos, Retiro, quando saía da casa do verdadeiro alvo dos bandidos, uma ex-apresentadora de TV. Os criminosos se passaram por pastores de uma igreja evangélica para se aproximar da vítima. Ela foi levada em seu próprio carro até o Vale do Carangola, mas a polícia foi acionada e conseguiu frustrar o sequestro, mas os bandidos fugiram. (Página 5)

Alan Alonso

Na fuga, um dos sequestradores bateu com o carro no muro de uma casa na Rua Vicenzo Rivetti e eles tiveram que continuar a pé

Ministro dos Transportes entrega cargo após ser alvo de denúncias

O ex-ministro Alfredo Nascimento volta a assumir sua cadeira no Senado Federal e a presidência nacional do PR

O ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, encaminhou no fim da tarde de ontem pedido de demissão, em caráter irrevogável, à presidente Dilma Rousseff. Nesta semana, a revista Veja publicou reportagem denunciando um esquema de cobrança de propina no ministério comandado por ele. Segundo nota divulgada pelo Ministério dos Transportes, o ministro decidiu pedir demissão para poder esclarecer as denúncias. (Página 8)

ProInfo chega a mais duas escolas municipais nesta edição

Sebastião Nery Pág. 2

Essa semana mais duas escolas entraram para o hall das instituições municipais de ensino contempladas, atingindo 90 laboratórios de informática: Escola Municipal Professora Hermínia Matheus, no São Sebastião, ontem, e Escola Municipal Irineu Marinho, em Corrêas, na última terça-feira, com 14 e 16 computadores, respectivamente. Mais de 50% dos alunos da rede municipal já estão sendo beneficiados. (Página 7)

Os alunos da Escola Municipal Irineu Marinho, em Corrêas, já estão utilizando o laboratório de informática Alan Alonso

Dora Kramer Pág. 3

O Proerd é aplicado durante um semestre letivo a crianças de 9 a 11 anos

Cerca de 1,4 mil alunos recebem diploma do Proerd Cerca de 1,4 mil alunos petropolitanos de 31 escolas públicas estão se formando esta semana no Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd). A primeira solenidade aconteceu ontem e a última turma de estudantes receberá os diplomas hoje no Petropolitano Foot-ball Club. Durante a solenidade, o tenente Lima, coordenador do Proerd, disse que o objetivo é formar 160 mil crianças (Página 10) até o fim deste ano.

agenda

Zeca Baleiro fará uma retrospectiva da carreira hoje, no Theatro D. Pedro. O Solar do Império será palco do Chá Musical intitulado Célebres árias para flauta, com o duo Sofia Ceccato na flauta, e Edilson Leal no piano. ‘Sombras na Arquitetura’ na fachada do Theatro Dom Pedro. Tudo parte do Festival de Inverno da Dell’Arte. (Página 6)

bairros Moradores do Alto da Serra e Quitandinha se manifestaram a favor das mudanças de direção e voluntariado na Cruz Vermelha de Petrópolis. Confirmaram que os trabalhos devem ser executados com seriedade junto às comunidades por meio dos voluntários que agora são lideranças comunitárias em maior número. (Diário nos Bair-

ros, página 9)

esportes O Imperial Futsal empatou, na última terçafeira, 5, o primeiro jogo da semifinal do Campeonato Carioca com o Casa de España/Botafogo, em 2 a 2, no ginásio Pedrão, em Teresópolis. (Página 10)


2

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

quinta-feira, 7 de julho de 2011

O papel do Congresso na luta por um Brasil sem miséria www.sebastiaonery.com.br

A SAUVA E O SUPLENTE RI O – Depois de 12 anos de governador e 16 de senador, Benedito Valadares (1892-1973) havia acumulado toda a sabedoria da política mineira. Estava conversando com alguns jornalistas no palácio Monroe, ali na Cinelândia, onde ficavam os escritórios do Senado no Rio, antes de ser destruído pela insensibilidade do governo militar, quando passa o quase deputado Clóvis Stenzel, cumprimenta-os e sai. Benedito pergunta: - Quem é aquele? - É o Clóvis Stenzel, suplente do Rio Grande do Sul. - Ih!, tenho pavor de suplente. E foi embora rápido. CAMARA E SENADO O suplente virou uma praga nacional, como a saúva de Monteiro Lobato (- “Ou o Brasil acaba com a saúva ou a saúva acaba com o Brasil”). O suplente de deputado menos um pouco, mas mesmo assim, depois de cada eleição, há dezenas de brigas na Justiça Eleitoral, pelo pais a fora, para saber a quem cabem os mandatos de suplentes federais ou estaduais, se às coligações, aos partidos ao apenas ao próprio candidato. No Senado, é muito pior. É o escândalo permanente, institucional. O suplente é um berne. Está colado no senador como uma larva no animal. Se o senador morre, ele pula dentro do caixão e só sai no cemitério, para voltar correndo e herdar a cadeira, o gabinete, os direitos, tudo. E sem ter tido um voto. Se o senador renuncia, vai ser governador ou ministro, o suplente também se senta na cadeira, no gabinete, nas regalias do titular e fica plantado ali, até o final do mandato. E sem um só voto.

n Marco

E

Maia

m mensagem ao Congresso Nacional durante sua cerimônia de posse, a presidenta Dilma Rousseff estabeleceu a erradicação da fome e da miséria como prioridades de seu governo. Seis meses depois, reafirmando seu compromisso, a presidente lançou o Brasil Sem Miséria, um plano inovador que articula ações de diversos ministérios e tem como eixos de atuação a garantia de renda, o acesso aos serviços públicos e a inclusão produtiva da população com renda familiar per capita mensal de até R$ 70. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o número chega a 16,27 milhões de brasileiros. Para viabilizar o plano, o Governo Federal

ITAMAR Mas o PMDB mineiro era mais uma das fazendas do ex-governador Newton Cardoso. E Lula ainda se deu ao desplante de, como presidente da Republica, ir à convenção do PMDB para ajudar a impedir Itamar de ter a legenda para ser o candidato e garanti-la para Newton. Itamar perdeu a convenção, não foi candidato. Aécio humilhou Lula e o PMDB. Para substituir Itamar, lançou pelo DEM o ex-ministro Eliseu Rezende, que derrotou Newton Cardoso fragorosamente. E pôs como suplente de Eliseu o presidente da Confederação Nacional de Transportes, Clesio Andrade. Eliseu morreu, Clesio virou senador. Sem um voto. Com Itamar, repetiu-se a tragédia. Já fora do PMDB, que lhe havia negado a legenda, Itamar saiu candidato no ano passado pelo pequeno PPS (Partido Popular Socialista). Como sabiam Aécio imbatível, Lula e o PT imaginaram derrotar Itamar com o ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel. Aécio, com o ex-embaixador do Brasil em Cuba Tilden Santago na suplencia, e Itamar, ganharam e ainda elegeram o governador Anastásia. JOSÉ FERNANDO E quem seria o suplente de Itamar? O nome obvio era o ex-prefeito de Conceição do Mato Dentro, deputado federal e principal líder do PV (Partido Verde) em Minas, José Fernando Aparecido, filho do exministro da Cultura e ex-governador de Brasília José Aparecido, o maior amigo de Itamar em toda a sua vida política, desde quando prefeito de Juiz de Fora. Itamar convidou o José Fernando, com apoio natural de Aécio, mas José Fernando não pôde aceitar, porque precisava sacrificar-se para assegurar em Minas um palanque jovem à candidatura de Marina Silva à presidência da Republica, saiu candidato a governador pelo PV e fez um belo papel, terminando a campanha como o quarto mais votado. PERRELLA Itamar e Aécio convidaram o ex-senador, ex-ministro e presidente da Academia Mineira de Letras Murilo Badaró, que já estava preparando os papeis para inscrever-se na Justiça Eleitoral, quando morreu de repente, em 14 de junho passado.Aécio pôs no lugar de Murilo o Perrela do “Cruzeiro”. Veio a eleição, elege-se Itamar, que adoece e morre. E foi assim que Minas caiu numa esparrela, dando oito anos de mandato ao sem voto Perrella, que nem Perrella é, porque é José Costa. Como trabalhava em um açougue Perrella, incorporou o açougue ao nome e virou senador Perrella, Minas precisa rezar. É muita esparrela em um ano só. www.sebastiaonery.com.br - sebastiaonery@ig.com.br

um em cada quatro habitantes encontra-se em situação de extrema pobreza, foi editada a Medida Provisória 535/11. Ela institui os programas de Apoio à Conservação Ambiental e de Fomento às Atividades Produtivas Rurais e evidencia o compromisso do Governo Federal com a sustentabilidade ambiental casada à geração de renda no meio rural. O primeiro programa permite que o Governo auxilie financeiramente as famílias extremamente pobres que desenvolvam atividades de conservação de recursos naturais. Já o Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais irá estimular a geração de trabalho e renda e promoverá a segurança alimentar e nutricional dos seus beneficiários. Ele também prevê a transferência de recursos para pequenos produtores e ainda disponibilizará serviços de assistência técnica. A execução do Brasil

sem Miséria passa, portanto, pelo Congresso Nacional, que compromete-se em trabalhar pelo sucesso do plano. Nos últimos anos, obtivemos excepcional crescimento econômico, aliado ao desenvolvimento social e à distribuição de renda. Por meio da ação conjunta do Executivo e do Legislativo, conseguimos tirar 28 milhões de brasileiros da pobreza absoluta e 36 milhões entraram na classe média. Mas ainda há muito o que fazer. A Presidência da Câmara dos Deputados, em especial, trabalhará com firmeza e determinação para que as proposições que viabilizam o Brasil Sem Miséria sejam aprovadas na Casa no menor prazo possível. Pois como diria o sociólogo Betinho, “quem tem fome não pode esperar”. n Presidente da Câmara dos

Deputados - PT/RS

Altruísmo e bem-estar

MINAS Pode-se chamar o suplente de senador? Legalmente, constitucionalmente, sim. Para assegurar a Federação, a Constituição garante 3 senadores por Estado, do maior ao menor. Se qualquer um dos três senadores abre vaga, o suplente assume e tapa o buraco. Sem voto. Mas de repente surgem situações absurdas. Minas, o segundo maior Estado da Federação, está submetida agora a ter um só senador e dois suplentes, que legalmente são senadores, mas politicamente são zero voto. Em 2006, Itamar Franco era o maior nome político de Minas e, alem disso, com o apoio do governador Aécio, eleição garantida para senador.

enviou ao Congresso Nacional dois projetos de lei que visam abrir crédito suplementar para os Ministérios do Desenvolvimento Agrário, do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, do Meio Ambiente e da Integração Nacional, totalizando mais de R$ 1,2 bilhão. Em linhas gerais, esses recursos vão permitir a ampliação do Bolsa Família e do Programa de Aquisição de Alimentos, o PAA (promovendo a inclusão produtiva dos agricultores familiares); fortalecimento do Fundo Nacional de Assistência Social, que irá viabilizar serviços de proteção social a famílias, crianças e adolescentes; orientação profissional; execução de obras para oferta de água; e o pagamento a famílias em situação de extrema pobreza pela prestação de serviços de conservação de recursos naturais no meio rural. Especialmente direcionada ao campo, onde

n Paiva Netto

C

ontinuo recebendo correspondência referente ao meu artigo “Quer saber o que é amizade?”. De São José dos Campos/ SP, chegou este e-mail da leitora Sônia Clariano: “Sempre acompanho suas colunas. Emocioneime com o texto ‘Quer saber o que é amizade?’. A atitude dos meninos [de Governador Valadares/ MG] em solidariedade ao amigo foi marcante, acolhedora e uma prova de companheirismo, de altruísmo, em um momento desafiador na vida do jovem Arthur. Lê-lo transformou o meu dia para melhor”. Grato, Sônia. Quem já não sentiu uma sensação de bemestar ao ajudar o seme-

lhante, seja por meio de uma palavra de incentivo ou da ação incisiva de amparo e socorro? Pois bem, esse sentimento prazeroso foi objeto de estudo liderado pelo neurocientista brasileiro Jorge Moll Neto, MD e Ph.D., pesquisador do Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos. Ele também é coordenador do Centro de Neurociência da Unidade de Neurociência Cognitiva da Rede Labs D’Or (Rio de Janeiro/RJ). O trabalho foi publicado na revista científica PNAS (Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America). O site da Academia Brasileira de Ciências traz esta conclusão do dr. Moll Neto: “Hoje sabemos que as boas ações estão relacionadas a um bem-estar mais prolongado do que as conquis-

tas particulares, que têm um efeito momentâneo. Nós acreditamos que essa descoberta pode ter uma aplicação muito grande em termos de qualidade de vida e altruísmo”. O mundo precisa de compaixão Pesquisas dessa importância trazem significativa lição, não somente por sabermos do sentimento benéfico que nos alcança, mas pelo que isso pode representar de efetivo e concreto na melhoria da sociedade. No meu ensaio literário “O Capital de Deus” (Editora Elevação), assevero: O que alguns até agora não compreendem é que Caridade é sinônimo de Amor, e, por isso, a menosprezam, como se pudessem viver sem ela. E quem pode viver sem Amor? A pessoa que disser que não quer ser

amada é mentirosa ou se encontra enferma, o que para mim é o mesmo. Quem mente não tem saúde boa. Porém, no Novo Mandamento de Jesus, “Amai-vos como Eu vos amei. Somente assim podereis ser reconhecidos como meus discípulos” (Evangelho segundo João, 13: 34 e 35), o Ser Humano ama ao Ser Humano com o Amor que o Pai Celestial moldou como realidade divina, para que cada um de nós o siga. Esse sentimento elevado constitui expressão sublimada de solidariedade, fraternidade, compaixão. (...) E tudo isso significa instinto de sobrevivência, pois se trata do respeito que todo cidadão deve ter para com os demais. n Jornalista, radialista e escritor.

paivanetto@lbv.org.br www.boavontade.com

Hugo Chaves & Fidel n Horta

O

s dois polêmicos personagens nas relações diplomáticas entre as Américas do Sul e Central e os Estados Unidos, estão ambos enfermos, com seu estado de saúde abalado. Fidel já de algum tempo a esta parte teve sua saúde extremamente abalada e tanto que passou o cargo presidencial a seu irmão Raúl que o vem ocupando e praticando a atividade presidencial de forma bastante discreta se comparada

à polêmica e irrequieta personalidade do líder cubano. Cuba anseia pela sua normalidade interna e externa. O óbice tem sido as desavenças ininterruptas com a América do Norte. Cuba é praticamente o único país com regime comunista autentico do ocidente e o único país desprotegido de um real apoio internacional. Já foi pior, mas ainda é uma situação de país estagnado, sem possibilidade alguma para um pleno desenvolvimento. A Venezuela muito pelo contrario é um país de economia bas-

Diretor-Presidente e Jornalista responsável: Paulo Antônio Carneiro Dias Editora interina: Jaqueline Gomes

D

tante estável, com fartura alimentar, dotado de recursos naturais que favorecem a vida dos venezuelanos. O destaque de sua economia é o petróleo. Exporta exatamente para os Estados Unidos, um milhão de barris por dia retirados de sua reserva superior a 200 bilhões de barris, reserva esta que ira alçar-se a 297 bilhões, tão logo sejam certificados, as novas reservas descobertas. Tem por outro lado total liberdade para negociar e relacionar-se com quaisquer outros países do mundo, e tem encontrado na toda po-

iário de Petrópolis 56 anos

Uma publicação da PJ Editora e Gráfica e Jornalística Ltda

Preço do Exemplar 3ª a sábado R$ 1,20 Domingo R$ 1,80 Atrasado R$ 2,50

Assinatura Trimestral Petrópolis R$ 80,00 Rio e outros R$ 160,00

Assinatura Mensal Petrópolis R$ 28,00 Rio e outros R$ 56,00

Assinatura Semestral Petrópolis R$ 152,00 Rio e outros R$ 304,00

derosa China um novo parceiro, tanto para a área petrolífera, como e também para negócios na habitual escala chinesa – sempre volumosa. Assim, se estes dois presidentes – Fidel e Chavez, devido às suas abaladas saúde, arrefecerem seus ataques verbais aos Estados Unidos, isto poderá significar que contarão com a aproximação com o governo Obama com recíprocos benefícios e alívio destas periódicas tensões que terminam sempre e inevitavelmente preocupando toda a área diplomática das Américas. n Bacharel em Direito Site: www.diariodepetropolis.com.br

E-mail: redacao@diariodepetropolis.com.br

Diretoria 2246-3807 Assinatura 2246-3807 Publicidade 2237-7849 Classificado 2246-3807 Redação 2235-7165

Rua Joaquim Moreira 106 Centro - Petrópolis - RJ Cep 25.600-000 CNPJ 02.424.864/0001-66

ABRAJORI - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS JORNAIS DO INTERIOR

As opiniões emitidas em artigos assinados não representam, necessariamente, o pensamento do jornal e são de inteira responsabilidade de seus autores. Da mesma forma, as informações e opiniões nas colunas são de responsabilidade de seus titulares.


DORA KRAMER Montanha-russa

N

o governo José Sarney o nome do presidente era sinônimo de crise. Ficou famosa frase do então senador Fernando Henrique Cardoso - “a crise viajou” - numa ocasião em que se referia à ausência dele do País. Em circunstâncias distintas Dilma Rousseff vai cumprindo o mesmo destino. Diferença fundamental é que Sarney governava em ambiente de inflação alta, economia desorganizada, vaivém de planos econômicos e um Congresso Constituinte todopoderoso, protagonista absoluto da cena política e social. O que seria uma vantagem, na comparação, acaba contando pontos contra a presidente, que conta com estupenda maioria na Câmara e no Senado, fun-

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

QUINTA-FEIRA, 7 DE JULHO DE 2011

damentos da economia postos, popularidade alta e oposição desarticulada. Em tese, portanto, Dilma teria tudo para governar com relativa tranquilidade, em ambiente de brandura. Na prática, porém, o que se vê é um permanente alvoroço. Em seis meses desde a posse há no País crises demais e governo de menos sob a gerência de Dilma. E isso por que a oposição não lhe cria problema algum, ao contrário: há semanas não faz outra coisa que não seja se embasbacar com uma carta enviada à figura mais alta do maior partido adversário que, no entanto, já não pretende mais disputar o poder. A sociedade guarda dela uma boa imagem - por ser mu-

lher, “durona”, nada afeita às deselegâncias do antecessor etc. - e a imprensa, se já não saúda seu “estilo” como nas primeiras semanas, ao menos lhe dá o benefício da dúvida. Não obstante as condições favoráveis, o que se tem é uma rotina preocupante de avanços inúteis e recuos desnecessários. São seis meses e seis revezes. O mais grave, por erro de condução do próprio governo, produziu nada menos que a perda do chefe da Casa Civil em episódio de hesitação presidencial ao longo de 23 dias. Só aí, foi-se quase um mês. Houve a administração atabalhoada da votação do Código Florestal na Câmara, houve o tira e põe em relação à Lei de Acesso à Informação (sigilo

eterno de documentos oficiais), houve o episódio das emendas parlamentares remanescentes de 2009, há ainda preocupação com o comportamento dos aliados em relação a uma possível convocação do ex-diretor do Banco do Brasil Expedido Veloso para falar sobre a participação do ministro Aloizio Mercadante na operação aloprados e agora houve a crise no Ministério dos Transportes. Demitido ontem (6) em função do surgimento de novas provas de corrupção na pasta, Alfredo Nascimento esteve por dois dias como cadáver insepulto que 48 horas antes figurara em nota oficial da Presidência como merecedor de “toda a confiança” por parte da chefe do governo. Dá a impressão de que ou o governo não tem todas as informações ou não se dispõe a usá-las, a menos que saiam na imprensa. Se o plano original era demitir, e era, pois do próprio Palácio do Planalto saiam informações de que Nascimento não emplacaria o fim de semana no cargo, por que a nota? Por que a expressão de confiança, por que o titubeio? Para nada, a não ser para aumentar a nada lisonjeira série de

3

mandos e desmandos de uma presidente a caminho de consolidar a suspeita de que não fazia a mais pálida ideia do que a esperava quando aceitou se candidatar à Presidência sem experiência real de poder, desprovida da compreensão de que o trato competente da política numa democracia não é uma escolha. É um imperativo. Bom combate - O senador Mário Couto bateu-se ferrenhamente por longo tempo no Senado contra a indicação de Luiz Antônio Pagot para a diretoria-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), denunciando a conduta que viria a resultar em sua demissão. Couto combateu só, sob a complacência silente de seus pares, que agora, com a volta de Alfredo Nascimento à Casa, conviverão como iguais com um ministro demitido por denúncia de corrupção. O fato de não ser o único nessa condição a transitar pela República não ameniza. Antes agrava a situação daquilo que certa vez o ministro do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio Melo definiu como “a rotina de desfaçatez” que assola o Brasil.

CIDADE Ascom/CMP

UCP tem índice de aprovação de 11% na prova da OAB Arquivo

Vinicius Henter

viniciushenter@diariodepetropolis. com.br

O vereador durante pronunciamento ontem na sessão da Câmara

Jorginho Banerj retorna à Câmara após sofrer infarto O vereador Jorginho Banerj (PSB) voltou ontem à Câmara, 54 dias após sofrer um infarto. Da tribuna da Casa, ele fez um pronunciamento, agradecendo o apoio dado no período por vereadores, amigos, familiares e eleitores. Ele afirmou que seu principal erro foi ter ficado dois anos sem ir a médicos, e recomendou o acompanhamento médico frequente para evitar acidentes como o infarto que teve. Em relação à política, ele frisou que será candidato a vereador em 2012, pondo fim aos boatos de que não concorreria

às eleições, já que, por ser um processo muito desgastante, o recomendável para sua saúde seria não entrar na disputa. Na manhã do dia 3 de maio, Banerj sofreu o infarto e foi internado no Hospital Santa Teresa. Na época, o infarto surpreendeu amigos e familiares, já que Jorginho, aos 51 anos, é conhecido por praticar esportes. O vereador agradeceu ontem à sua esposa e à sua filha, que ficaram no hospital nos 15 primeiros dias de sua internação. Ele também afirmou que Deus foi fundamental para sua recuperação.

Anteprojeto para mestrado pode ser entregue até dia 15 A prefeitura anunciou ontem que o prazo para entrega do anteprojeto para mestrado em Educação gratuito foi prorrogado para o dia 15 de julho. Até a próxima sexta-feira (8), os profissionais da Educação poderão se inscrever no campus Benjamin Constant da Universidade Católica de Petrópolis (UCP) para pleitear uma das 12 vagas disponibilizadas pelo convênio firmado pela prefeitura. De acordo com o secretário de Educação, William Campos, a intenção para 2012 é ampliar a participação no curso. O prefeito Paulo Mustrangi quer dobrar o número de profissionais de educação com mestrado até 2012. De acordo com o levantamento realizado pela Secretaria de Educação para compor o PCCS, atualmente 55 pessoas possuem o título de mestre. Para garantir a capacitação dos profissionais, a

Secretaria de Educação está investimento aproximadamente R$ 300 mil. Isso significa que, sem o convênio, os interessados em realizar esse mestrado teriam que desembolsar cerca de R$ 25 mil para poder realizar o curso. Os kits contendo os procedimentos para se candidatar a uma das 12 vagas disponíveis já estão sendo retirados pelas diretoras de cada instituição de ensino municipal para apresentá-los aos servidores da unidade. O curso prevê duas linhas de pesquisa que são: Políticas e instituições educacionais e seus atores e Instituições educacionais e suas práticas pedagógicas. Para dar mais prazo aos interessados, a UCP estendeu até o dia 15 de julho a apresentação do anteprojeto para seleção dos mestrandos, que antes deveria ser entrega até o último dia da inscrição. Mais informações pelo site www.ucp.br.

A Universidade Católica de Petrópolis (UCP) teve índice de aprovação de 11% na última edição do exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), o que significa que, de cada dez estudantes formados em Direito na UCP inscritos no exame, apenas um está apto a exercer a profissão. No entanto, apesar de baixo, o índice de aprovação está dentro da média nacional, quando analisados todos os alunos inscritos: nas 610 faculdades de Direito do país, somente 12% dos estudantes foram aprovados. Em todo o estado do Rio de Janeiro, há 37 faculdades de Direito, e a UCP ficou com o 14º melhor índice de aprovação. As que tiveram os melhores resultados foram: Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), com 56,64%; Universidade Federal Fluminense (UFF), com 53,91%; Escola de Direito do Rio de Janeiro, da Fundação Getúlio Vargas (FGV), com 45,83%; Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com 45,2%; e Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio), com 43,75%. Outras três faculdades no estado não tiveram nenhum aluno aprovado: Faculdade Gama e Souza (FGS), Faculdade Paraíso (FAP) e Faculdade São José (FSJ). Na UCP, foram 74 inscritos, e somente oito apro-

Campus da Rua Benjamin Constant da UCP: a faculdade de Direito foi a 14ª colocada em todo o estado

vados. Em todo o país, foram 12.534 aprovados dentre 106.891 inscritos. Para passar no exame, o candidato precisa acertar 50% das questões. Presidente da OAB de Petrópolis: “Números falam por si” O presidente da 3ª Subseção da OAB (Petrópolis), Herbert Cohn, defendeu a importância do exame, afirmando ser fundamental para garantir a qualidade da advocacia no país, mas não quis entrar em detalhes sobre o resultado da UCP. - Os números falam por si, já que a Uerj teve uma aprovação de 56%. Mas a

UCP ficou na média, porque outras faculdades tiveram resultados piores – disse Herbert. Ele frisou que quem não for aprovado não poderá exercer a profissão. Herbert Cohn lembrou que já houve casos em Petrópolis em que bacharel em Direto reprovado no exame entrou na Justiça para poder atuar como advogado, mas sempre sem sucesso. - Em Petrópolis, eu não permito. Quando a pessoa que não foi aprovada consegue a liminar na Justiça, em 24 horas nós cassamos a liminar. A prova é necessária, visa afastar os que não es-

tão preparados para atuar no mercado – disse. Para o presidente da OAB no município, o exame não é rigoroso. - Em concursos para promotor público, defensor público e juiz, às vezes são cinco mil candidatos e a média de aprovados é de 1% a 2% - disse. Por ser período de férias na UCP, a diretora do Centro de Ciência Jurídicas da universidade, Adriana Sheremetieff, e o reitor, José Luiz Rangel Sampaio Fernandes, não foram encontrados para se pronunciar sobre o resultado dos alunos da UCP no exame da OAB.

PCCS da educação poderá ser votado na sessão de hoje pelos vereadores Vinicius Henter

O Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) da educação poderá ser votado, em segunda discussão, hoje pela Câmara, como já havia anunciado a possibilidade o presidente da Casa, vereador Paulo Igor (PMDB). Porém, ele afirmou ontem que estava analisando qual seria o melhor dia para colocar o plano em pauta. Então, caso não seja hoje, o PCCS terá a sua segunda votação na próxima terça-feira (12). A expectativa entre os servidores é grande, mas diretoras do Sindicato Estadual dos Profissionais da Educa-

ção (Sepe) acreditam que o documento somente entrará na pauta na terça-feira, já que um acordo entre sindicato, vereadores e governo definiria que o PCCS apenas entraria na pauta após assembleia da categoria, que será realizada na próxima segundafeira (11). Ontem, na agenda do secretário de Educação, William Campos, não constava a ida à Câmara para acompanhar a votação do plano. Aposentadoria e reajustes por tempo e por formação No dia 21 de junho, a Câmara aprovou o plano em primeira discussão, sem pre-

juízo das emendas. Agora, servidores aguardam a segunda votação, quando são analisadas as emendas. Tanto Sepe quanto Sindicato dos Servidores Municipais (Sisep) propuseram alterações na versão enviada pelo governo, que vêm sendo analisadas pelos vereadores. Uma das mudanças deverá ser o artigo sobre a aposentadoria que fala sobre o chamado “período de carência”. Na versão do governo, o servidor que hoje tivesse em condições de se aposentar teria que aguardar dois anos para poder se aposentar de modo a ser enquadrado no plano. Os vereadores deverão

retirar esse artigo. Outros pontos polêmicos do plano são os reajustes por formação e por tempo de serviço. É possível que os vereadores votem valores intermediários entre o reivindicado pela categoria e o que foi oferecido pelo governo. O Sepe reivindica 12% de aumento para cada cinco anos de trabalho e 10% para cada especialização. Na versão do governo, são 5% de aumento para cada cinco anos de serviço. Na progressão por formação, o governo propõe 12% para quem passar do normal para graduação, 10% para pós-graduação, 8% para mestrado e 6% para doutorado.


4

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

56 anos

Reinauguração

Hoje, a partir das 17h será reinaugurado o Educandário Terra Santa. A escola é um convênio entre Prefeitura Municipal de Petrópolis, através da Secretaria de Educação e do Centro Educacional Terra Santa. Frei Moser, diretor do Terra Santa alegrasse com as reformas e conta com a presença de todos os envolvidos.

QUINTA-FEIRA, 7 DE JULHO DE 2011

Show musical

O cantor Zeca Baleiro se apresenta logo mais, às 21h, no Theatro Dom Pedro. Neste show ele fará uma retrospectiva da carreira tendo como meta valorizar canções com arranjos acústicos e contagiantes. A apresentação integra a programação do 11ª Festival de Inverno de Petrópolis, promovido pela Dell’Arte.

socialmarise@yahoo.com.br

Dia dos Avós

Embaixador do Rio II

A biblioteca infantil do Museu Imperial, Biblioteca Rocambole, preparou uma programação especial para julho. Ao longo do mês, serão realizadas rodas de leitura, contações de história, exibições de vídeos e oficinas com o objetivo de incentivar as crianças à leitura. Logo mais, às 14h, será comemorado o Dia das Avós. Na data, haverá contação de história da obra “O Livro da Avó”, de Luís Silva, seguida de oficina de criação de texto coletivo e de desenho, com Alaíde Guedes. A atividade é voltada para a faixa etária de 4 a 6 anos de idade e grupos de, no máximo, 15 alunos.

O prêmio já foi concedido a personalidades como: Luiza Brunet, os atores José Wilker, Lázaro Ramos, Samantha Schmutz e Alcione Mazzeo; o produtor musical Ricardo Cravo Albin; Sérgio Malta, presidente do Sebrae/RJ; o cantor Zeca Pagodinho; o diretor da US AIR no Brasil Rogério Schaeffer; o criador do projeto Bed and breakfast, Carlos Magno; o presidente do movimento PRO-RIO, Francis Bogossian; o carnavalesco Fernando Barros; o pai da bossa nova Moyses Fuks.

Cláudio de Souza Após um importante processo de restauro que durou cerca de oito meses, a Casa Cláudio de Souza, pertencente ao Museu Imperial, reabre suas portas como mais um centro de cultura e lazer no próximo dia 12, às 18h30. O evento contará com uma leitura de peças literárias de autoria do acadêmico Cláudio de Souza. O historiador, professor e diretor de teatro e cinema Flávio Kactuz irá apresentar dois contos do livro Sol e Sombra, publicado em 1945, com o intuito de homenagear o escritor, ressaltando seu estilo inovador e grande originalidade como contista. A solenidade será aberta ao público, com entrada franca.

MARCOS OLIVEIRA com Bayar Boiteux, coordenador do Prêmio Embaixador do Rio. (Foto: divulgação)

Embaixador do Rio I O Rio ganhou mais 23 Embaixadores do Turismo na noite da última sexta-feira. Agora mais 23 ‘diplomatas’ se unem aos 200 já nomeados. Todos tem a missão de auxiliar o governo municipal e a iniciativa privada na divulgação do Rio de Janeiro. O prêmio foi idealizado pelo professor Bayard Boiteux, diretor do curso de Turismo da UniverCidade, há 13 anos, como uma forma de buscar ferramentas não convencionais para a divulgação da cidade nos mercados nacional e internacional. Foram homenageados: a chef Cecilia Borges, a hoteleira Monica Paixão, o cirurgião Rawilson de Thuin, os colunistas Marcia Bahia e Acyr Mera, a radialista Alice Silveira, a nutricionista Bia Rique, a fotógrafa Cristina Lacerda, o arquiteto André Piva, as professoras Andrea Nakane e Ligia Azevedo. A modelo Vanessa Oliveira, Aristoteles Drummond, o colunista social Franklin Toscano, Isabel Bartholomeu, Paulo Pimenta, Nilton Valle, Sergio Arantes, Tania Malheiros.

Jantar Romântico A JORNALISTA Carla Coelho posa para foto com seu afilhado, o pequeno Kauã Dantas Patuléa, filho de Bruna e Ricardo Patuléa. A coluna registra o carinho. (Foto: divulgação)

A chef Caroline Geoffroy – leia-se Gastronomia Fase – vai ensinar os noivos a preparar um delicioso jantar romântico durante a programação da sexta edição do Casar na Serra. A oficina será realizada no sábado, dia 16, às 18h, no Solar Portugal. O evento agita a cidade de 15 a 17 de Julho, no Quitandinha, com direito a degustações, desfile de vestidos de noiva, desfile de cabelo e maquiagem, além das últimas tendências do setor.

Embaixador do Rio III O jornalista Marcos Junior T. Oliveira foi reconhecido por seu trabalho de difusão de Petrópolis no Rio de Janeiro e fazer a comunhão entre o interior e a capital. Atualmente trabalha como jornalista do Turismo no Diário do Turismo e na Assessoria de Imprensa Scritta. Por aqui passou pelo Museu Imperial, Universidade Católica de Petrópolis e Mitra Diocesana.

Livro no Ponto Repercutindo com sucesso, o lançamento da primeira Biblioteca Pública do Projeto Livro no Ponto, em Itaipava, no posto Alcatraz. A unidade tem o patrocínio da GE Celma e apoio do Ministério da Cultura, Editora Ediouro, Estácio de Sá, Sapiens e Unimed. A realização é da MultiCriações Culturais.

Pão francês - R$ 5,99kg (somente no balcão) Entrega em domicílios

Rua Epitácio Pessoa, 100 (atrás dos Correios) Centro - Petrópolis - RJ Tel. 2231-2160

Direitos Autorais Registro de Músicas Livros Eventos Culturais Agente: Domingos Capistrano Operando no Mercado a 32 anos

Tels.: (24) 2237-3210 (24) 9832-0327 Petrópolis - RJ (22) 9907-4947 Cabo Frio - RJ


QUINTA-FEIRA, 7 DE JULHO DE 2011

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

5

CIDADE

Tiros e perseguição durante sequestro A polícia continua procurando dois homens que, na noite da última terça-feira, sequestraram uma professora de 26 anos, quando ela saía de uma aula particular, no Vale dos Esquilos, Retiro. Os criminosos, que estavam bem vestidos e levavam bíblias, se passaram por pastores de uma igreja evangélica para se aproximar da vítima. Ela foi levada em seu próprio carro até o Vale do Carangola, mas a polícia foi acionada e por pouco não conseguiu interceptar o veículo no bairro. Houve perseguição e os bandidos acabaram conseguindo fugir. Antes, eles libertaram a professora. Na fuga, um dos acusados chegou a bater com o carro roubado, um Meriva, cor preta, no muro de uma casa da Rua Vicenzo Rivetti, e precisou continuar seguindo a pé. Passou pelos quintais de algumas residências até encontrar um matagal, por onde conseguiu escapar. Os policiais chegaram a disparar tiros para tentar impedir a ação,

Fotos: Alan Alonso

Bandidos queriam sequestrar ex-apresentadora de TV

Os sequestradores acabaram batendo o Meriva preto em uma casa no Vicenzo Rivetti

mas os disparos não acertaram o bandido. De acordo com as primeiras informações recebidas pela polícia, eles

Município é condenado a pagar R$ 200 mil a casal O município de Petrópolis foi condenado a pagar R$ 200 mil de indenização por dano moral a um casal que perdeu seis membros da família no desabamento de sua casa, durante as chuvas de dezembro de 2001. A decisão é da 11ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio. A prefeitura já informou que irá recorrer. Silas e Marilene Monteiro perderam dois filhos, um genro e três netos no acidente, ocorrido devido às chuvas de dezembro de 2001. Além disso, os autores perderam todos os bens materiais que estavam dentro da casa que, com o deslizamento de terra, foi reduzida a escombros. Na 1ª instancia, o pedido dos autores da ação foi julgado improcedente pela 4ª Vara Cível da Comarca de Petrópolis. Eles recorreram e os desembargadores decidiram reformar a sentença de primeiro grau. Para os desembargadores, que também mandaram a prefeitura ressarcir o valor da casa totalmente destruída, houve omissão do ente estatal, pois, apesar de o local ser considerado área de risco, era feita a cobrança do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). - É certo que os autores e seus parentes vitimados habitavam encosta, sendo dito logradouro denominado ‘local de risco’. Entretanto, a casa habitada pelos autores

fora construída há décadas e a municipalidade reconhecia a edificação, eis que cobrava o respectivo imposto predial urbano – destacou a relatora do processo, desembargadora Marilene Melo Alves. – Não há escusa para a omissão, inconcebível em qualquer país com nível mínimo de civilização. PREFEITURA VAI RECORRER A Procuradoria Geral da Prefeitura de Petrópolis informou, através da assessoria de comunicação da prefeitura, que irá recorrer ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) e ao Supremo Tribunal Federal (STF) para reformar o acórdão proferido pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ), com o objetivo de manter a sentença do juiz da 4ª Vara Cível da Comarca de Petrópolis, que havia julgado totalmente improcedente o pedido dos solicitantes. O município tem 30 dias para impetrar o recurso. “Vale lembrar que os eventos que deram ensejo à condenação (desmoronamento das construções) ocorreram durante os dias 24 e 25 de dezembro de 2001, período diverso da atual gestão municipal. O evento não está relacionado com os acidentes ocorridos em janeiro deste ano que atingiram a Região Serrana”, informou nota enviada pela assessoria de comunicação da prefeitura.

teriam raptado a professora por engano, pois, na verdade, ao que tudo indica, estariam planejando o sequestro de

uma ex-apresentadora de televisão que mora na casa onde a vítima estaria dando aulas particulares.

O caso está registrado na 105ª Delegacia (Retiro) e investigado pelo delegado titular Marcello Braga Maia, que esteve no local no dia do sequestro. Segundo ele, a professora teria sido abordada por dois homens vestidos com camisa e calça sociais, além de gravatas, que tentaram se aproximar usando assuntos relacionados à religião. Logo em seguida, um deles colocou a arma na cabeça da vítima e anunciou o sequestro. Todos entraram no carro e um dos criminosos teria assumido o controle da direção. Eles seguiram em direção ao Vale do Carangola e ligaram para o marido da professora exigindo uma quantia de R$ 300 mil para a libertação. Neste momento, teriam começado a fazer perguntas a ela e perceberam que poderiam ter pegado a pessoa errada. Amigos da vítima conseguiram informar o caso ao delegado, que iniciou diligencias pelos arredores do Vale dos Esquilos. Um cerco também foi feito na cidade por equipes da Polícia Militar, inclusive do Grupamento de Ações Táticas (GAT). Ao chegarem ao Vale do Carangola, um dos criminosos desceu do carro com a vítima, na altura da Associação Atlética do Banco do Brasil (AABB) e o outro seguiu no carro roubado, que minutos depois teria sido surpreendido pela polícia e a perseguição foi iniciada. Na fuga acabou provocando um acidente e conseguiu escapar. Já o outro criminoso, que estava com a professora, também foi encontrado pela polícia nas proximidades de um matagal. Ele acabou libertando a sequestrada e fugiu em seguida.

Biscateiro acusado de estupro é preso em casa no bairro Duques O delegado titular da 105ª DP Marcello Braga Maia com auxílio de policiais militares do 26º BPM prendeu na tarde de ontem o biscateiro J. O. N., de 50 anos, acusado de estupro de vulnerável. O homem será levado hoje pela manhã para a Polinter. Segundo o delegado, a adolescente T. C. S., de 17 anos, que possui encefalopatia (é um termo que significa doença do cérebro, danos, ou avaria) cerebral, foi molestava várias vezes no ano de 2010, data em que a família da jovem decidiu registrar Boletim de Ocorrência em 3 de dezembro daquele ano. No depoimento, T. junto dos familiares, relata tudo que o biscateiro havia feito com ela. Segundo o Termo de Declaração (TD), a madrinha percebeu o comportamento estranho de O., em relação a T. Na época toda a família da portadora de deficiência mental desconfiou que o acusado poderia ter abusado da jovem. Ao lado dos pais, a jovem contou detalhes de tudo que acontecia entre ela e O. que se aproveitava da ausência da companheira que saía para trabalhar para abusar da deficiente mental. A jovem

era vizinha do acusado. Ainda de acordo com o TD, T. C. S. foi levada a um posto médico onde foi feita uma ultrasom e constatada a gravidez da menor. – Nós solicitamos material de J. O. para realização de exame de DNA. O acusado sempre negou, mas o exame realizado na Acadepol (Academia de Polícia) deu positivo – disse o delegado. Ainda de acordo com Marcello Braga, a gravidez da menor prosseguiu normalmente e atualmente um membro da família cuida da menina que nasceu saudável. Com todas as provas técnicas e testemunhais, o pedido de prisão preventiva foi expedido ontem pelo Ministério Público e à tarde o acusado acabou preso em sua casa, em uma rua do bairro Duques. Segundo os policiais que participaram da operação ele resistiu à prisão. Provavelmente hoje pela manhã O. será levado para a Polinter, de onde deverá seguir para um presídio do Rio de Janeiro. Segundo o delegado, J. O. possui passagens pela polícia por furto e ameaça, infrações cometidas por ele em 2003.

Um policial militar conduz o acusado até a Delegacia do Retiro

Polícia Militar forma mais uma turma do Programa de Resistência às Drogas Cerca de 1,4 mil alunos petropolitanos de 31 escolas públicas estão se formando esta semana no Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd). A primeira solenidade aconteceu ontem e a última turma de estudantes receberá os diplomas hoje no salão central do Petropolitano Foot-ball Club da Avenida Roberto Silveira. Durante a solenidade de formatura, o tenente Lima, coordenador do Proerd no estado do Rio de Janeiro, disse que o objetivo da Polícia Militar é formar 160 mil crianças até o fim deste ano. – Já formamos 60 mil estudantes e até o fim de 2011 formaremos outros 100 mil – prometeu. O 26º Batalhão de Polícia Militar dispõe de cinco policiais instrutores do Proerd: os sargentos Feitosa, Da Costa

e Hermann, o cabo Farias e a soldado Mirian, que atuam nas escolas estaduais e municipais desde 1994. Juntos eles já formaram aproximadamente 29.351 até o segundo semestre de 2010. Em 18 anos de atuação em Petrópolis, o Proerd pode constatar eficácia do trabalho através dos vários depoimentos positivos das pessoas envolvidas no programa. – Não podemos esquecer a base importante da parceria – disse o tenente Lima. O Proerd é um programa da Polícia Militar que tem como objetivo principal, ensinar as crianças à resistência para o uso de drogas e maneiras de como evitá-las. Utilizando de metodologias educacionais aprendidas pelos policiais militares instrutores através do Curso de Forma-

ção de Docentes do Proerd, foi iniciado no estado do Rio de Janeiro em 1922, e depois levado para todo o Brasil. Este programa é desenvolvido nas escolas da rede pública e particular de ensino, e com auxílio de um livro organizado em 17 lições, o Proerd é aplicado durante um semestre letivo, direcionado a crianças na faixa etária de 9 a 11 anos de idade (5º ano do Ensino Fundamental. O programa também é aplicado atendendo as crianças das séries iniciais e Educação Infantil, alcançando assim as fases iniciais da vida do aluno e seu desenvolvimento social e psicológico. No final da formatura, os alunos do coral da Escola São Judas Tadeu fizeram uma apresentação especial para os estudantes e familiares.

ENTÃO... ROUBOU LÁ O DUDU NOBRE? CÊ CONSEGUIU PEGAR TUDO? VANDERLEY “VULGO LINGUIÇA”

CUMPADE... DEPENEI O CARA. LEVEI UNS VINTE MIL REAIS EM DIREITOS AUTORAIS. LEONARDO “VULGO LEOZINHO SERENO”

COMERCIALIZAR PRODUTO PIRATA É ROUBAR O ARTISTA. COMISSÃO CONTRA A PIRATARIA. 0800 282 6582.


6

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Agenda Cultural

marciosalerno@diariodepetropolis.com.br

Dell’Arte INSTITUTO OMAR CARDOSO

HORÓSCOPO Áries - (21/03 a 20/04) Os aspectos astrais indicam relações harmoniosas com o cônjuge, pessoas amigas, vizinhos e familiares. O êxito financeiro, profissional e social, também será evidente. Bom ao amor. Pode tratar de assuntos importantes. Touro - (21/04 a 20/05) As pessoas do seu signo, são, realmente, mais favorecidas nesta fase astrológica. Aproveite o dia para se dedicar à vida sentimental, cultural, intelectual e tiver um bom resultado nas relações humanas. Será bem sucedido nas próximas horas.

Gêmeos - (21/05 a 20/06) Muito bom aspecto astral para lucrar em negócios que há muito iniciou e para ser bem sucedido profissional e financeiramente. Sucesso romântico. Mais compreensão em tudo para você aproveitar os benefícios deste dia.

Câncer - (21/06 a 22/07) Dia em que sua inteligência se elevará devido ao bom fluxo de Vênus. Contudo, procure compreender melhor seus colegas de trabalho bem como os familiares e a pessoa querida. Loteria favorecida. Cuidado com o amor à primeira vista.

Leão - (23/07 a 22/08) Dia excepcional. Aproveite-o para colocar em dia seus assuntos pendentes e resolver uma situação com a pessoa amada. Se ainda não se casou, poderá ficar noivo ou casar-se agora. Fase propícia. Hoje, você poderá ter uma ideia brilhante e promissora de sucesso.

Virgem - (23/08 a 22/09) Dia em que deverá enfrentar alguns obstáculos em seu lar. Mas se usar de fato a inteligência, conseguirá superá-los com sucesso. Boa fase para adquirir a casa própria e para elevar-se no campo profissional. Controle-se em todos os sentidos e cuide de sua saúde e moral.

Libra - (23/09 a 22/10) Esmero e capricho demasiados, poderão resultar em perda de tempo. Cuidado com o perigo de escândalo que terá de passar. Faça o que tem a fazer com brevidade. Terá boas chances de viajar. Cuidado com acidentes, assaltos ou roubos nas vias públicas.

 Escorpião - (23/10 a 21/11) Boa influência astral para você. Terá paz no setor amoroso, a ajuda dos amigos, parentes e religiosos para elevar seu estado de espírito e será bem sucedido nos divertimentos. Obterá favor de pessoas religiosas ou de autoridades. Pense no seu êxito e não de importância a boatos.

Sagitário - (22/11 a 21/12)

Negativo fluxo astral para mudanças de emprego, atividades ou residência. Tendência à depressão psíquica, o que viria a lhe prejudicar mais ainda. Dia propício ao sucesso na investigação de todo e qualquer assunto oculto e místico. Você atravessa o melhor período material do ano.

 Capricórnio - (22/12 a 20/01) Procure agir de forma dinâmica e com mais tato, sem impor sua autoridade. Você tem gênio forte e nem sempre os outros aceitam. A pessoa amada está merecendo maior atenção da sua parte. No trabalho, haja com mais vontade. Controle-se em todos os sentidos e cuide de sua saúde. Aquário - (21/01 a 19/02) Conte hoje com a poderosa proteção das pessoas em quem confia. Boas influências para revelar planos para o futuro, fazer amigos, obter resultados positivos e práticos. As influências são benéficas. Dia bom para relações com pessoas de amigas.

 Peixes - (20/02 a 20/03) Notícias, aparentemente exageradas ou formuladas com o intuito de pressioná-lo, deverão ser pura e simplesmente desacreditadas. Esteja alerta para o que vier. Bom momento para o que disser respeito ao interesse pessoal e romântico.

SINUSITE? cloreto de sódio

Alívio contra a sinusite SINUSTRAT É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE O MÉDICO E O FARMACÊUTICO. LEIA A BULA. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO

SINUSTRAT DESCONGESTIONANTE NASAL - Composição: Cloreto de Sódio. Medicamento de Notificação Simplificada RDC Anvisa n° 199/2006. AFE n° 1.00174-0. Indicação: fluidificante e descongestionante nasal. Contraindicação: hipersensibilidade individual aos componentes da formulação. SINUSTRAT DESCONGESTIONANTE NASAL ADULTO - Composição: Cloreto de Sódio.Reg. M.S 1.0174.0034.008-3. Indicação: fluidificante e drenador das secreções nasais e paranasais e redutor da obstrução nasal, em casos de resfriados, rinites e sinusites agudas ou crônicas. Contraindicação: hipersensibilidade individual aos componentes da formulação.

Zeca Baleiro apresenta show de sucesso na Cidade Imperial

Fotos: Divulgação

Zeca Baleiro fará uma retrospectiva da carreira tendo como meta valorizar canções com arranjos acústicos e contagiantes. A apresentação, que integra a programação do 11ª Festival de Inverno de Petrópolis, promovido pela Dell’Arte, será realizada no Theatro Dom Pedro hoje, às 21h. Acompanhado apenas do violão e de Tuco Marcondes (guitarras, violões e vocais), além de uma proximidade maior com o público, Baleiro tem mais liberdade e espaço para improvisos, garantindo boas surpresas ao longo do show. O repertório inclui criativas releituras de canções já consagradas pelo públi-

co como: ‘Salão de Beleza’ (ZB), ‘Babylon’ (ZB), ‘Telegrama’ (ZB), ‘Quase Nada’ (ZB e Alice Ruiz), ‘Você Não

Liga Pra Mim’ (ZB) e ‘Vai De Madureira (ZB)’, e também algumas surpresas. Hoje, às 17h, o Solar do Império será palco do Chá Musical intitulado ‘Célebres árias para flauta’, com o duo Sofia Ceccato na flauta, e Edilson Leal no piano, dentro da programação do 11º Festival de Inverno de Petrópolis. Sofia Ceccato é natural de Angra dos Reis/RJ. Iniciou seus estudos musicais ao piano aos 5 anos, tendo aulas com a mãe Suzette Ceccato. Seis anos mais tarde iniciou a prática de flauta transversal com o professor Paulo César Castilho. Em 2000, passou a ser orientada por Eduardo Monteiro, no Rio de Janeiro.

Sombras

Intervenção cênica é a novidade deste festival na fachada do Dom Pedro ‘Sombras na Arquitetura’ é um trabalho hibrido que nasceu nas artes cênicas e dialoga com a arquitetura, cinema, dança e artes plásticas. Na Cidade Imperial a apresentação premiada integra a programação do 11ª Festival de Inverno de Petrópolis, promovido pela Dell’Arte, e será realizada na Fachada do Theatro Dom Pedro hoje, a partir de 19h, antes do show de Zeca Baleiro. A Intervenção Cênica é uma realização da Cia Quase Cinema e recebeu em 2009 e 2010 o prêmio FUNARTE Artes Cênicas na Rua pela forma contemporânea de intervir no cotidiano das metrópolis. O projeto ocorre à noite em espaços públicos. São sombras gigantes que aparecem nos prédios históricos, símbolos da cidade, de arquitetura colonial e transbordam de simbologia e entre a realidade e

Uma performance de vanguarda na fachada do D. Pedro

a fantasia da metrópole. É um convite para as pessoas olharem para o céu, observarem o desenho da arquitetura e as formas pouco percebidas no dia a dia dos prédios símbolos

e referências da cidade. ‘Sombras na Arquitetura’ é um trabalho que utiliza a cidade como suporte e como cenário, como parte integrante da obra, abrindo possibilidade de utilização do espaço público de forma lúdica e imagética. Na apresentação em Petrópolis será utilizada trilha sonora do flautista contemporâneo Nathan ‘Flutebox’ Lee que toca músicas clássicas e jazz com efeitos simultâneos do bitebox. Um musicista contemporâneo que dialoga com o espaço urbano através da flauta e do bitebox. A concepção da apresentação é de Ronaldo Robles e Silvia Godoy e tem duração média de 30 minutos. Os performers Samanta Barros, George Sander, Silvia Godoy e Ronaldo Robles farão as sombras na fachada do Theatro.

Projeto

Sucesso da ação social pela música em Petrópolis corre o mundo O sucesso do núcleo de Petrópolis da Ação Social pela Música, projeto que ensina música clássica a crianças de comunidades carentes, patrocinado pela GE Celma, atravessou o Oceano Atlântico. Impressionado com o que viu no último dia 20 de junho, quando foi inaugurado, Julio Talon, presidente da empresa, convidou dois dos principais executivos da GE Aviation para conhecer o trabalho, que tem mudado a vida de dezenas de crianças nos bairros Castrioto, Capela e Duarte da Silveira. Hoje, às 14h30, Tony Aiello (vice-presidente) e James McDonough (superintendente de recursos humanos) estarão na cidade para conhecer o projeto e assistir àquela que será a primeira apresentação da orquestra. Iniciado por crianças das escolas municipais São João

Gustavo Dudamel e o Dr. José Antônio Abreu com as crianças do Dona Marta

Batista, Santa Rita de Cássia e Santa Maria Goretti, todas vizinhas à Comunidade Cristã Menino Jesus de Praga, onde as aulas acontecem, o projeto repercutiu de tal forma na Secretaria Municipal de Educação e na Mitra Diocesana, parceiras do projeto, que pre-

cisou ser aberto a crianças de toda rede de ensino. Contando hoje com mais de 120 crianças, o núcleo Petrópolis da Ação Social pela Música ensina teoria e percepção musical, violino, viola, violoncelo, contrabaixo, flauta doce e canto coral.

Especial

Como abrir uma livraria no Brasil e conquistar clientes é tema de cursos Quem quer abrir uma livraria e tem disponibilidade de participar de cursos no Rio, aí vai uma ‘dica. A Estação das Letras iniciou este mês uma série de cursos intensivos para formação de livreiros, gerentes e donos de livrarias. Os cursos são voltados para formação de futuros livreiros, gerentes e donos de livrarias, com palestras ministradas por nomes atuantes e bem-su-

cedidos no mercado. O curso “Formação de Livreiros” começa no dia 11 e será ministrado por editores, livreiros, vendedores e especialistas em mercado editorial. Oferece treinamento básico para aplicação imediata nos locais de trabalho. Serão discutidos perfis e expectativas dos clientes de acordo com o tipo de livraria, como abordar e sugerir, e conhecimento do

acervo, entre outros. No último encontro, destaque para o batepapo “Sua majestade, o leitor” com o escritor Carlito Azevedo, que vai falar, da perspectiva do cliente, sobre pontos como a livraria ideal x a pior livraria do mundo e o vendedor favorito. O endereço é Estação das Letras, Rua Marquês de Abrantes 177, salas 107 e 108, Flamengo. Maiores informações: (21) 3237-3947.

CINE ITAIPAVA Est. União & Indústria, 11.000 - Itaipava TRANSFORMERS 3 - O LADO OCULTO DA LUA – Censura 12 anos – com Leonard Nimoy – Horários: 17h e 19h50 todos os dias, exceto segunda-feira Os Autobots, liderados por Optimus Prime, estão de volta em ação, em uma luta contra os terríveis Decepticons, que estão determinados a vingar a sua derrota em “Transformers: A Vingança dos Derrotados”. Neste novo filme, os Autobots e Decepticons se envolvem em uma perigosa corrida espacial entre os EUA e a Rússia, e uma vez mais humano Sam Witwicky tem de vir em auxílio de seus amigo robô. Há também novos personagens, incluindo um novo vilão, Shockwave, um transformer que governa Cybertron enquanto os Autobots e Decepticons se enfrentam na Terra. KUNG FU PANDA 2 – Censura livre – Dublado – Horários: 15h todos os dias, exceto 2ª feira Po e seus amigos voltam na continuação. Jack Black lidera o elenco como o panda Po, o animal mais tranqüilo do Vale da Paz. Dustin Hoffmann fará a voz de Shifu, o mestre de kung fu certinho e durão que recebeu a tarefa de transformar o indisciplinado Po em um lutador de kung fu. Ingressos: terças e quartas ingresso promocional a R$ 6 para todos (exceto feriados). Preço de ingressos as quintas e sextas - inteira R$ 14 e meia R$ 7. Preço de ingressos aos sábados e domingos - inteira R$ 16 e meia R$ 8. CINE BAUHAUS R. Dr. Nelson de Sá Earp, 89 Shopping Center Bauhaus Centro SALA 1 SE BEBER NÃO CASE – PARTE II – Censura 16 anos – com Bradley Cooper – Horários: 14h30, 16h30, 18h30 e 20h30 Depois de uma despedida de solteiro “marcante” e inesquecível em Las Vegas, Phil, Stu, Alan e Doug fazem uma viagem para a exótica Tailândia. Só que dessa vez, Stu não vai se casar com uma dançarina americana, mas fica noivo de uma moradora local. Agora, são estrangeiros em um país diferente onde a tradicional regra de que “o que acontece em Vegas, fica em Vegas” não faz o menor sentido e vão descobrir o que acontece em Bangkok. SALA 2 CARROS 2 – Censura livre – Horários: 14h, 16h, 18h e 20h Relâmpago McQueen resolve participar da Corrida dos Campeões, o que faz com que dispute corridas na Itália, Alemanha, França, Inglaterra e Japão. Ao seu lado está o amigo Mater, que acaba se envolvendo no mundo da espionagem internacional ao conhecer Finn McMissile, um investigador. Preços: Segunda é dia de cinema. Ingressos a R$ 3 em todas as sessões. Terça a quinta (exceto feriados): Sessões iniciadas até 15h59min Inteira: R$ 10 (meia: R$ 5). Após 16h inteira: R$ 12 (meia: R$ 6). Sexta a domingo e feriados: Sessões iniciadas até 15h59min inteira: R$ 12 (meia R$ 6) Após 16h inteira: R$ 14 (meia R$ 7). Lembrando que estamos com uma promoção de terça a domingo: todas as pessoas pagam meia entrada. TOP CINE HIPERSHOPPING ABC

Rua Teresa, 1415 / 2º piso Alto da Serra – Petrópolis Cine Fone: (24) 2249-9900 www.cinemaxx.com.br SALA 1 KUNG FU PANDA 2 – Censura livre – Horários: 14h30, 16h30, 18h30 e 20h30 - 2ª feira – dia 04 – não haverá sessão SALA 2 CARROS 2 – Censura livre – Horários: 14h, 16h e 18h segunda feira, dia 04, não haverá sessão X-MEN: primeira classe – Censura 12 anos – com Michael Fassbender – Horários: 20h - 2ª feira – dia 04 – não haverá sessão TOP CINE HIPERSHOPPING MERCADO ESTAÇÃO Rua Paulo Barbosa, 310 / 1º piso Centro - Petrópolis Cine Fone: (24) 2249-9900 www.cinemaxx.com.br SALA 1 QUALQUER GATO VIRALATA – Censura 12 anos – com Cléo Pires – Horários: 14h40, 16h30 e 18h20 - 2ª feira – dia 04 – não haverá sessão Tati é apaixonada por seu namorado, o mimado e riquinho Marcelo, fazia tudo para mantê-lo sobre controle, mas o cara era um mulherengo e eles acabaram dando um tempo. Disposta a reconquistá-lo, ela acaba se oferecendo como “cobaia” para o professor de Biologia Conrado (Malvino Salvador), que defende uma tese polêmica sobre a harmonia entre as conquistas amorosas dos humanos e as atitudes dos animais. No começo, a experiência acaba dando certo, mas na medida que os dias passam, aluna e professor começam a vivenciar um novo momento e pintou um cheiro de romance no ar. Será que vai dar certo? TRANSFORMERS 3: o lado oculto da lua – Censura 10 anos – com Leonard Nimoy – Horários: 20h20 - 2ª feira – dia 04 – não haverá sessão SALA 2 TRANSFORMERS 3: o lado oculto da lua – Censura 10 anos – com Sjia La Boeuf – Horários: 14h20, 17h20 e 20h20 - 2ª feira – dia 04 – não haverá sessão SALA 3 OS PINGUINS DO PAPAI – Censura livre- com Jim Carrey – Horários: 14h50, 16h50 e 18h50 - 2ª feira – dia 04 – não haverá sessão Tom Popperé um especialista em comprar imóveis antigos, para que sejam demolidos de forma que sua empresa possa construir modernos edifícios. Ele almeja se tornar sócio da empresa, mas para atingir o objetivo precisa cumprir uma última missão: convencer a senhora Van Gundy, dona de um tradicional restaurante localizado no centro de Nova York, a vender o imóvel. Algo que não será nada fácil, já que ela apenas aceita vender o local para alguém que tenha princípios. Paralelamente, Popper recebe a notícia de que seu pai, um aventureiro que rodou o mundo cujo contato quase sempre foi através do rádio, faleceu na Antártida. No testamento ele deixa para o filho um pinguim, entregue em uma caixa refrigerada. Sem saber o que fazer, Popper resolve ficar com ele após perceber a afeição que seus filhos nutrem pelo animal. QUALQUER GATO VIRALATA – Censura 12 anos – com Cléo Pires – Horários: 20h50 - 2ª feira – dia 04 – não haverá sessão

Filmes na TV

SINBAD - ENLOUQUECENDO MEU GUARDA-COSTAS – GLOBO – 16H – COM ROBERT GULLAUME - Agente deixa seus superiores furiosos com sua irreverência e métodos fora dos padrões. Como castigo é designado para guarda-costas do filho do presidente dos Estados Unidos, um menino solitário e superprotegido. O garoto vive conversando pela internet e sua grande amiga é uma cobra de verdade.


quinta-feira, 7 de julho de 2011

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

7

cidade

Em dois anos PMP já instalou 90 laboratórios do ProInfo O evento foi realizado no Colégio Estadual Princesa Isabel

Professores participam de oficina do Jovem Cientista O Prêmio Jovem Cientista (PJC) chega em 2011 a sua 25ª edição. A cada ano, os organizadores do prêmio, instituído em 1981 pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) elegem um tema de relevância nacional, propondo aos cientistas elaborar projetos que venham a contribuir para resolução de problemas diretamente relacionados a vida cotidiana das pessoas. Este ano o tema proposto foi o de “Cidades Sustentáveis”. Na última edição, cerca de 2.158 projetos foram inscritos. Alem do CNPq, a Fundação Roberto Marinho , Gerdal e General Eletric (GE) apoiam o prêmio, que é entregue em quatro categorias: Ensino Médio, Ensino Superior, Graduado e Institucional. O grande objetivo da premiação é revelar talentos e fomentar o interesse pela ciência nos jovens, conforme explicou Márcia Pinto, que coordena desde a última edição o PJC. - A intensão é estimular o jovem a se interessar pela ciência e incentiva-lo a transformar a realidade que o cerca. Através disso “plantamos a semente” e fazemos com que os alunos enxerguem na ciência uma forma de ascenção profissional e pessoal- eslareceu. O tema proposto este ano é de interesse universal. De acordo com censo demográfico de 2010, mais de 84% da população brasileira vive nas cidades e os espaços urbanos apresentam enormes desafios no que diz respeito à sustentabilidade, como a questão das moradias em áreas de risco e a impermeabilização do solo. Difícil encontrar um tema que seja mais atual para Petrópolis e região serrana. Até por isso, os professores da rede estadual de ensino pertencentes aos municípios englobados pela diretoria Regional Serrana I, foram escolhidos para participar da oficina de formação. - Escolhemos Petrópolis justamente porque o tema deste ano é muito atual para cidade e região, tendo em vista a tragédia que abalou a todos no inicio do ano. É muito importante que questões como construções em área de risco e outras sejam discutidas - considerou, lembrando que outras oficinas foram e serão realizadas em outras regiões, em especial no Norte e Nordeste, onde o número de pesquisas inscritas é menor. O objetivo da oficina, realizada ontem no salão do Colégio Estadual Princesa Isabel, é de capacitar e orientar os professores a lidar com as temáticas propostas junto aos alunos, conforme explica a pedagoga Cláudia Bisinella, que atua como formadora. - Propomos diversas atividades lúdicas, no sentido de mobilizar os professores em relação aos temas, para que eles então possam mobilizar os alunos e motiva-los a desenvolver suas pesquisas. A oficina é feita em cima do próprio material do prêmio, uma forma dos professores já começarem a se familiarizar

com as temáticas - esclareceu O material ao qual a pedagoga se refere é a cartilha elaborada pela CNPq e disponibilizadas aos professores. Os temas são explicados detalhadamente e existe até um roteiro de aula para a melhor exploração dos assuntos. - São propostas linhas de pesquisa. Para os Graduados, até pelo nível maior de conhecimento, as pesquisas devem ser mais elaboradas. Mas as temáticas são praticamente as mesmas. É importante também ressaltar que o material é multidiscplinar, então é possível explorar o tema de diversas maneiras- explicou Márcia Pinto, lembrando que a comissão julgadora é formada por doutores de cada uma das áreas trabalhadas nessa edição do prêmio. O professor de biologia Luis Antônio Bastos foi um dos 19 professores da região que participaram da oficina. - Agora estamos usando o material e propondo projetos em cima de cada um dos temas. É importante para nos familiarizarmos e poder passar melhor para os alunos. Fazendo isso, também vimos as dificuldades que os alunos irão enfrentar e seremos mais capazes na hora de orientálos- considerou. As premiações serão entregues em Brasília pela presidente Dilma Roussef. Como participar Na categoria Ensino Médio, que responde por quase 80% dos projetos enviados, a pesquisa deve se apresentada em texto com apresentação, desenvolvimento, conclusão e bibliografia, em no mínimo três páginas e no máximo dez. É obrigatório a todos os inscritos a orientação de um professor vinculado a uma instituição ou grupo de pesquisa. Na categoria graduado é necessário o concorrente ter menos de 40 anos; o Ensino Superior, menos de 30 e Ensino Médio, menos de 25 anos. As inscrições podem ser feitas até o dia 31 de agosto pelo site www.jovemcientista. org.br ou pelo correio, enviando a ficha de inscrição, anexando o trabalho de pesquisa e o comprovante de matrícula. Além das categorias Graduado, Superior, Médio e Mérito Instucional, há também a categoria de menção honrosa, para pesquisador com título de doutor com destaque em sua trajetória na área relacionada ao tema da premiação Os prêmios são entregues para os três melhores trabalhos de categoria. Na Graduado, os vencedores recebem, respectivamente, R$30 mil, R$20 mil e R$15mil, além de bolsas de mestrado, doutorado ou pós graduação. Na categoria Ensino Superior, os prêmios são de R$15mil , R$12 mil e R$10 mil, além de bolsas de iniciação cientifica ou metsrado. Na categoria Ensino Médio, os prêmios são laptops, impressoras e iniciação científica júnior. Mais informações no site.

Primeiro vencedor é cientista chefe da Microsoft O engenheiro Henrique Sarmento Malvar foi o primeiro vencedor na Categoria Graduado do PJC, em 1981. O então professor de engenharia elétrica da Universidade de Brasília (UnB) desenvolveu um estudo sobre filtros eletrônicos sintonizáveis, como técnica para eliminar o ruído das chamadas telefônicas. Ele tinha apenas 24 anos. Malvar conta que o PJC lhe deu projeção. Naquele mesmo ano, ganhou uma bolsa de estudos para o Massachusetts Institute of Technology (MIT). Depois regressou ao Brasil para dar aulas na UnB e voltou aos Estados Unidos como vice-presidente da Picture Tel, empresa que criou o primeiro sistema de videoconferência. Há 14 anos trabalha na Microsoft e hoje é o cientista-chefe da empresa.

Mais de 50% dos alunos da rede municipal de Petrópolis já estão sendo beneficiados com a inclusão digital, unindo aprendizado, entretenimento e tecnologia, graças ao ProInfo implantado apenas em 2009 no município, mas existente desde 2007 no Brasil. Esse é um programa do governo federal que tem como objetivo promover o ensino de informática nas escolas da rede municipal de ensino, incentivando novas práticas pedagógicas por parte dos professores e estimulando’ os alunos a estarem em sala de aula. Essa semana mais duas escolas entraram para o hall das instituições municipais de ensino contempladas, atingindo 90 laboratórios de informática: Escola Municipal Professora Hermínia Matheus, no São Sebastião, ontem, e Escola Municipal Irineu Marinho, em Corrêas, na última terça-feira, com 14 e 16 computadores, respectivamente. As máquinas são acompanhadas de monitores LCD, recursos digitais com conteúdos educacionais, roteador wireless, impressora laser, leitora de smart card e sistema Linux para ser mais uma ferramenta escolar para os alunos. - Já estamos quase chegando em 100 laboratórios de informática. É a realização de um sonho porque a cidade está vendo como funciona a parceria dos governos municipal e federal. Depois que inaugurarmos todos os 122 laboratórios começaremos com

Ascom/PMP

Os alunos da Escola Municipal Irineu Marinho também foram contemplados com um laboratório do ProInfo

a inauguração das 37 Salas de Recurso na cidade - declarou o secretário de Educação, professor William Campos. O vereador Baninho foi o homenageado na Escola Professora Hermínia Matheus, já que teve seu nome dado ao laboratório de informática. - Fico honrado com essa brilhante homenagem da direção e de toda a equipe. Sou nascido e criado no São Sebastião e espero poder estar sempre contribuindo por essa escola e por todo o bairro. Quero parabenizar também o secretário

de Educação que está 215 dias aqui em Petrópolis e mesmo em poucos dias já percorreu as escolas do bairro. Nos últimos anos era muito difícil ver um Secretário dessa pasta fazendo esse trabalho -declarou o vereador Baninho, que aproveitou a cerimônia de inauguração do laboratório para entrar uma moção congratulatória à diretora da escola, Verônica Pachá. - É primordial o acesso à tecnologia porque é uma forma dos alunos navegarem no mundo digital despertando interesse para o conhecimento em todas

as áreas. Isso vai fazer crescer o aprendizado e o interesse de cada um - disse Verônica. Já a diretora da Escola Municipal Irineu Marinho, Cristina Berredo Leal Ferreira, contemplada com o 89º laboratório de informática do município, decidiu dar a sala o nome de Roberto Marinho. - Conseguimos dividir as turmas para que todos os alunos pudessem desfrutar dos computadores, para que todos eles pudessem conhecer e utilizá-los. Estas aulas serão uma verdadeira alegria para todos - contou.

A sexta edição do evento Casar na Serra acontece no Solar Portugal De 15 a 17 de Julho, o Solar Portugal será palco de uma grande festa onde profissionais do setor apresentam novidades e tendências para casamento. Degustações, desfile e apresentações musicais fazem parte da programação. Organizar um casamento não é tarefa fácil! O vestido de noiva, os convites de casamento, o fotógrafo, a decoração, o buquê, a comida, além de toda burocracia que uma festa exige. E que tal se você pudesse encontrar num mesmo lugar todas as soluções para esse dia tão especial? Em contagem regressiva para a sexta edição, o Casar na Serra, principal evento dedicado ao segmento, está chegando para facilitar a vida dos interessados, os noivos. O evento que a cada ano apresenta uma infinidade de opções de serviços, seguindo temas variados, será realizado este ano em novo local: o Solar Portugal, entre os dias 15 e 17 de Julho. Os visitantes encontrarão as últimas tendências no

O solar de Portugal vai receber profissionais especializados no tema

mercado além de ter acesso a profissionais que vão ajudar a encontrar alternativas para ajudar a planejar sua festa, com foco no dia mais importante de suas vidas, o casamento. Em um novo formato e utilizando o tema preto e branco, com inspirações que vem desde a mitologia até o cinema antigo, as inovações não param. Os participantes prometem apre-

sentar o que há de melhor no setor, além das grandes novidades em toadas as áreas de atuação, incluindo a gastronomia, que este ano vem com um atrativo a mais para quem não quer fugir da dieta ou está em busca de uma alimentação saudável, mesmo durante uma festa. PARTICIPANTES Casa de Festas (Solar

Portugal), Bebidas DG Distribuidora/ Sítio Solidão), Bem Casados(Márcia Fontaine), Bolos Artísticos (Tânia Sabáia), Buquê e Cachetas (Bia Gelli), Buffet(Maria Luiza Buffet), Cabelo e Maquiagem (Duda Fashion), Cerimonial e Organização de Eventos (Janiques Cerimonial), Chocolates (Éternitè - Flávia), Convites (Gilmar Castro), Doces Finos (Lúcia Sattler), Decoração de Ambientes (Amaury Jaime de Lima), Locação de Veículos (Directa - Transporte Executivo), Lista de Presentes (Utilitá), Música ao Vivo (Gilson Bender e Ricardo Dutra), Foto e Filmagem (Profiml- Marcos Lara), Open Bar, Pista de Dança Personalizada e Lounges (Oswaldo Martins), Segurança, Manobra e Limpeza (Itatrade), Sonorização, Iluminação e Projeção (Pólux – Dj Carlinhos), Toldo, Piso e Mobiliário (Seriflex), Topo de Bolo (Bianca Pires), Venda de Imóveis (Lagos de Itaipava), Vestido de Noiva Venda e Aluguel (Isa Drummond)

Carne de frango sai mais em conta O frango vêm ocupando cada vez mais um lugar de destaque na mesa dos brasileiros, isso pode ser considerado reflexo do aumento da produção nacional deste produto, que atingiu o maior patamar desde 1997. Mais de 1,306 bilhão de aves foram abatidas somente no primeiro trimestre desse ano, o que representa um aumento de 3,4% em relação ao último trimestre do ano passado. Os números foram obtidos através da pesquisa trimestral sobre abate de animais, produção de leite, couro e ovos de galinha, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE). Se os números forem confrontados com os do primeiro trimestre de 2010, a alta foi de 8,2%. O aumento da oferta somada aos preços nada convidativos da carne bovina fazem a carne de frango agradar

paladares e, principalmente, os bolsos dos brasileiros. O Diário de Petrópolis percorreu alguns dos principais açougues e supermercados do Centro da cidade e verificou que a tendência é realmente essa. - Já viu quanto que está custando a carne de boi? Com o preço que estão cobrando, ter carne na mesa todo dia fica complicado - disse o eletricista Victor Prates. O preço do frango congelado varia de R$ 2,99 à R$ 3,99. Já o produto fresco pôde ser encontrado entre R$ 4,45 e R$ 5. - Já temos esse preço há um bom tempo. A carne de frango sai bastante, mas não dá pra dizer que saia mais que as outras.Vai da preferência do cliente - declarou um açougueiro do Atacadão das Carnes, na Paulo Barbosa, onde o frango é vendido a R$ 4,99. Na última pesquisa semanal de preços realizada

Alan Alonso

A produção nacional de frango teve o maior aumento desde 1997

pelo Diário, o quilo da peça embalada da alcatra não foi encontrado por menos de R$ 11,90. Já o patinho, saía por R$ 10,95 no lugar onde foi encontrado mais em conta. A dúzia de ovos variou de R$ 2,29 à R$ 2,49. Um aumento considerável de uns

tempos para cá. Há cerca de 2 meses, o produto era encontrado por até R$ 1,50. O que influencia essa elevação no preço é o aumento, desde o ano passado, do preço dos principais ingredientes que compõe a ração da galinha, soja e milho.


8

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

quinta-feira, 7 de julho de 2011

economia

Governadores discutem divisão dos royalties Divulgação

Marcelle Colbert/Imprensa RJ

O governador Sérgio Cabral se reuniu na última terça-feira com o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, e os governadores de São Paulo, Geraldo Alckmin, de Sergipe, Marcelo Déda, de Pernambuco, Eduardo Campos, da Bahia, Jaques Wagner, e do Espírito Santo, Renato Casagrande, para definir a divisão dos royalties do petróleo. A proposta é de que não haja perda de receita aos estados produtores e que os não produtores tenham alguma renda até que as áreas do pré-sal sejam licitadas e operem sob o novo marco regulatório. O acordo prevê fontes de recursos que poderão remunerar os não produtores no período de transição até a atividade plena dos campos do pré-sal; redistribuir aos não produtores os royalties da União em campos do póssal; repassar pelos critérios do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e do Fundo

o debate. Há um conjunto de ações; o governo federal tem um papel destacado nesse processo e nós, os estados, precisamos ajustar as nossas receitas. Reconhecemos que os estados não produtores precisam ter acesso ao petróleo, tanto do pré-sal quanto do pós-sal licitado. Discutimos sobre a antecipação da produção do campo de Libra, na Bacia de Santos, uma reserva de cinco bilhões de barris de petróleo, os royalties da mineração, o Fundo de Participação dos Estados e o ICMS interestadual. Essas propostas facilitam a União a encontrar um caminho - afirmou o governador Sérgio Cabral. Na última segunda-feira secretários de Fazenda e de Desenvolvimento do Rio, São Paulo, Espírito Santo, Pernambuco, Sergipe e Ceará se encontraram para elaborar os percentuais que caberão aos estados produtores e não produtores de petróleo. A reunião foi resultado de uma decisão preliminar estabeleci-

Sérgio Cabral e outros governadores se reuniram com o ministro Lobão para discutir a divisão dos royalties

de Participação dos Estados (FPE) a renda com a participação especial do pós-sal; transferir royalties e participação

especial das áreas já licitadas do pré-sal; elevar a alíquota da participação especial para remunerar os estados; e recur-

sos dos bônus de assinatura dos leilões da ANP (Agência Nacional do Petróleo). - A União se abriu para

Representantes da indústria têm audiência no Senado Ivan Richard/ABr

Representantes da indústria participaram ontem de uma audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado para tratar das dificuldades vividas pelo setor. A alta carga tributária, a competição com produtos chineses e o crescimento das exportações de commodities (produtos básicos com cotação internacional) em detrimentos dos produtos industrializados foram apontados como os principais motivos para o recuo da indústria nacional. Para o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), Luiz Aubert Neto, o atual modelo econômico brasileiro tem provocado uma “reprimarização” da economia, uma referência à vocação exportadora de produtos primários. Já o presidente do Conselho de Administração da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit), Aguinaldo Diniz Filho, estimou que o Brasil deixará de criar, este ano, cerca

Diário

de Petrópolis

de 200 mil vagas de emprego em virtude do déficit da balança comercial do setor. Pesquisa feita da Confederação Nacional da Indústria (CNI) em fevereiro mostrou que 45% das empresas nacionais que competem com produtos da China aqui no Brasil perderam participação no mercado e que 67% das empresas brasileiras exportadoras que concorrem com a China no mercado externo perderam clientes. Durante a audiência pública, os representantes da indústria reclamaram do chamado custo Brasil, destacando a valorização cambial de 39% do real frente ao dólar desde 2003, o aumento da carga tributária e a maior taxa de juros na comparação com os principais países desenvolvidos e emergentes do mundo. Segundo a CNI, o custo da mão de obra no Brasil dobrou nos últimos cinco anos, enquanto na França esse aumento ficou em 30% no mesmo período, 41% na Itália e -1,6% em Taiwan.

Há 30 anos era publicado

Em sua edição número 2.288, de 07 de julho de 1981, uma terçafeira, o DIÁRIO publicou os seguintes destaques:

JUÍZA À ESPERA - A juíza Leila Maria Cavalcanti Mariano, da 2ª Vara Cível, despachou na data anterior um mandado de segurança, impetrado pela Câmara Municipal, contra a posse do prefeito Jamil Sabrá e iria aguardar decisão superior, para tomar qualquer decisão quanto ao mesmo. O advogado de Jamil, Gusmar Alberto Visconti de Araújo, entrou com requerimento para o arquivamento do processo político contra seu cliente.

OUTRAS NOMEAÇÕES - Enquanto isso, o prefeito fazia novas nomeações para cargos na Prefeituras Municipal, depois de assinar várias exonerações de funcionários que vinham ocupando cargos de confiança. Entre os novos nomes estava o do oficial do Gabinete, Henrique Silva Netto, Carlos Roberto do Valle Rinaldi, na Secretaria de Administração e antônio de Souza, na Secretaria de Obras.

LEÔNIDAS NA APEC - O novo presidente da Associação Petropolitana de Agremiações Carnavalescas, Leônidas Ribeiro, o Leo, disse que lançara sua candidatura “meio que na brincadeira, achando que o antigo presidente precisava de ajuda, mas não é assim que começam as coisas sérias?”. Ele foi eleito no domingo anterior, por presidentes e representantes de blocos e escolas de samba da cidade.

Projeto de redistribuição está no Congresso Enviado ao Congresso no ano passado, o projeto de redistribuição dos royalties do pré-sal está na Câmara dos Deputados. Segundo estimativas dos estados produtores, as receitas com royalties de todos os campos do pré-sal vão atingir R$ 66 bilhões em 2020 para União, estados e municípios. A projeção considera produção diária de seis milhões de barris.

Ministro dos Transportes pede demissão

Dilma Rousseff seu pedido de demissão em caráter irrevogável”, diz a nota. “Com a determinação de colaborar espontaneamente para o esclarecimento cabal das suspeitas levantadas em torno da atuação do Ministério dos Transportes, Alfredo Nascimento também decidiu encaminhar requerimento à Procuradoria-Geral da República pedindo a abertura de

investigação e autorizando a quebra dos seus sigilos bancário e fiscal. O senador está à disposição da PGR para prestar a colaboração que for necessária à elucidação dos fatos”, acrescenta o documento. A nota informa ainda que Alfredo Nascimento reassumirá sua cadeira no Senado Federal e a presidência nacional do PR, além de colocar-se

à disposição dos colegas “para participar ativa e pessoalmente de quaisquer procedimentos investigativos que venham a ser deflagrados naquela Casa para elucidar os fatos em tela”. Em seis meses de governo, a presidenta Dilma Rousseff fez quatro alterações no primeiro escalão, sendo que dois ministros saíram em meio a suspeitas de corrupção. O primeiro cair foi Antonio Palocci, que chefiava a Casa Civil, e deixoou o governo em meio a suspeitas de enriquecimento ilícito. No rescaldo da queda de Palocci, homem que cuidava no Planalto, em grande parte, das conversas com deputados, senadores, governadores e prefeitos, Dilma Rousseff teve que fazer ajustes na articulação política e remanejou o ministro Luiz Sérgio, da Secretaria de Relações Institucionais para a pasta da Pesca. Em troca, a ministra Ideli Salvatti, que ocupava a pasta da Pesca, assumiu a de Relações Institucionais.

cerca de 2 mil pessoas participaram da manifestação, que fechou duas das seis vias do Eixo Monumental, uma das principais vias da capital federal. Os manifestantes saíram da Catedral de Brasília e seguiram para o prédio anexo da Câmara dos Deputados. Não houve registros de incidentes durante a

passeata. O presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva, conhecido como Paulinho da Força, disse que as mobilizações vão começar agora e que, no fim do recesso parlamentar, em agosto, as centrais irão voltar a Brasília. “Vamos fazer pressão aqui no Congresso para que seja

votada a proposta que reduz a jornada de trabalho, a proposta que trata do fim do fator previdenciário e a que regulamenta a terceirização”. Paulinho disse ainda que a Força Sindical está organizando uma grande manifestação em São Paulo, que deverá reunir 100 mil pessoas, em agosto.

Luciana Lima/ABr

Os representantes reclamam do aumento da carga tributária no país

da no dia 30 de junho. Para o governador da Bahia, Jaques Wagner, o encontro de hoje foi ainda mais positivo. - A marca de hoje foi a ponderação. Todo mundo sabe que o melhor caminho é do entendimento político, não só aqui nessa reunião, mas no Senado da República e na Câmara dos Deputados, que é onde se vota a matéria. Essa foi uma primeira reunião entre a União e os estados incumbidos do entendimento muito positiva - disse o governador Jaques Wagner.

O ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, encaminhou no fim da tarde de ontem pedido de demissão, em caráter irrevogável, à presidente Dilma Rousseff. Nesta semana, a revista Veja publicou reportagem denunciando um esquema de cobrança de propina no ministério comandado por Nascimento. De acordo com a denúncia da revista, a propina era paga para o PR – partido do ministro. A reportagem provocou o afastamento de quatro funcionários da cúpula do ministério. Nascimento é senador pelo Amazonas e deverá reassumir sua vaga. Segundo nota divulgada pelo Ministério dos Transportes, o ministro decidiu pedir demissão, em caráter irrevogável, para poder esclarecer as denúncias. “O ministro de Estado dos Transportes, senador Alfredo Nascimento, decidiu deixar o governo. Há pouco, ele encaminhou à presidenta

Nascimento deixa o governo após suspeitas de corrupção no Ministério

Força Sindical faz passeata em Brasília Roberta Lopes/ABr

Centrais sindicais participaram ontem de uma manifestação em Brasília para pedir a redução da jornada de trabalho de 44 para 40 horas semanais e o fim do fator previdenciário, entre outras reivindicações. Segundo cálculo da Polícia Militar,

AVISOS E EDITAIS

SEPULTAMENTO

Cartório de 3º Ofício de Petropolis Terceiro Ofício - Petropolis - RJ

Quarta-feira, 6/07/11 Cemitério Municipal Aníbal Rossi Filho, 75 anos, Cabo Frio, 14h Ely Soares, 56 anos, Alto da Serra, 10h30 Francelina de Carvalho Silvestre, 77 anos, São Sebastião Sueli da Silva Santos, 61 anos, São Sebastião, 15h Virgínia dos Reis, 94 anos, Castrioto, 16h João Rodrigues Freitas, 77 anos, Alto da Serra, 16h30 Cemitério Itaipava Milton Melquíades da Silva, 54 anos, Itaipava, 16h30 OBS. AS INFORMAÇÕES ACIMA SÃO FORNECIDAS AO DIÁRIO POR FUNCIONÁRIOS DAS SECRETARIAS DOS CEMITÉRIOS,

( 2235-7165

Pag: 1

R. do Imperador, 1021 - Centro

Relação do Edital dia 07/07/2011 Acham-se afixados neste cartório, conforme a lei 9492/97, art. 15 $1 - Processo 89.877/99 CGJ/RJ, para serem protestados os títulos de responsabilidade de: Protestar em 08/07/2011

011113072000161

RUA AURELIANO COUTINHO, 167

Número: 1624/2/2

DUPLICATA MERCANTIL

Emissão:03/05/2011

Vencto: 20/06/2011 Cheque Administrativo

Custas

114,73 Total

Protestar em 08/07/2011 RAFAEL DO AMARAL DE JESUS

Valor:

Cheque Administrativo

Emissão:19/05/2011 Custas

106,39 Total

Protestar em 08/07/2011 RISE ARTIGOS DE DECORACAO LTDA

Cheque Administrativo

Valor:

Emissão:28/03/2011 106,39 Total

05/07/2011

ALUMINIUM ART OBJ. E ART. ALUM

0,00 Tarifa

14,03 Total

919,76

Portador/ Cedente / Sacador

Protocolo 10469

EDAPA ESCOLA A C D A A LTDA

05/07/2011

EDAPA ESCOLA A C D A A LTDA

280,00 106,39 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

400,42

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF 002404099000112

Valor:

114,73 Cpmf

341 - BANCO ITAU SA

386,39 ou Dinheiro Custas

Número: 003721703

Custas

CLM SECURITIZADORA S A

CNPJ / CPF 10496595709

ESTRADA UNIAO INDUSTRIA, 12084

Vencto: 27/06/2011

10478

905,73 ou Dinheiro Custas

Número: 0000027286

DUPLICATA MERCANTIL

Protocolo

341 - BANCO ITAU SA

791,00

RUA BINGEN,936

Vencto: 15/06/2011

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF

EMPORIO CONTANZA

DUPLICATA MERCANTIL

Leia e assine o Diário de Petrópolis

07/07/2011

Protocolo

001 - BANCO DO BRASIL SA

10501

EUCATEX SA INDUSTRIA E COMERCIO

05/07/2011

EUCATEX SA INDUSTRIA E COMERCIO

467,74

574,13 ou Dinheiro Custas

106,39 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

588,16

Intimo-os a pagarem ( através de cheque administrativo ou dinheiro com guia de pagamento a ser retirada neste tabelionato ), ou no caso da falta de aceite, comparecer para aceita-lo, ou dar-me as razões por que não o faz. Ficando assim já intimado do respectivo protesto no prazo estipulado na forma da lei. Petropolis, 07/07/2011 João Correia Lima Neto - Escrevente


RETIRO

A paróquia de São Tomás de Aquino, no Bairro Retiro, tem expediente de 2ª a 6ª feira de 13h até 18h e aos sábados de 8h até 12h. Ela atende as capelas de Nossa Senhora das Vitórias (Comunidade do Neylor), Santa Teresinha (Cocada), Nossa Senhora Aparecida (Alemão), entre outras.

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

quinta-feira, 7 de julho de 2011

D

iário nos

B

airros Ailson Souza

diarionosbairros@diariodepetropolis.com.br

Voluntários sérios e interessados Moradores do Alto da Serra e Quitandinha se manifestaram a favor das mudanças na Cruz Vermelha. Criticaram dirigentes anteriores Ao tomar conhecimento de que a Cruz Vermelha de Petrópolis está com novos nomes de voluntários interessados em atender necessidades de carentes, moradores do Alto da Serra e Quitandinha se manifestaram ontem a respeito. Criticaram desvios de materiais através de responsáveis pelo órgão depois da tragédia de 12 de janeiro último. - A Cruz Vermelha

tem que ter pessoas sérias – afirmou José Carlos de Oliveira Antunes, morador da Rua Teresa, em um estabelecimento comercial ontem pela manhã. – É importante que a organização verifique as pessoas que realmente têm necessidade de serem atendidas, pois existem muitos aproveitadores. Já o comerciante Nelson Gouveia, do Quitandinha, opinou por e-mail e criticou responsá-

veis anteriores pelo órgão. - Durante a campanha de doações para vítimas das enchentes de janeiro em Itaipava, soube de muitas irregularidades na instituição. É muito importante que os voluntários atuais trabalhem com dignidade porque a Cruz Vermelha tem um nome mundial a zelar – cita um trecho da correspondência. A notícia sobre a participação de lideranças comunitárias como volun-

tárias da Cruz Vermelha de Petrópolis foi dada ontem no DB depois da informação de diretores de associações de moradores do bairro Mosela. Eles confirmaram que a instituição vai trabalhar junto aos carentes com a sobra do material que foi doado para as vítimas das enchentes de Itaipava, confirmando a Comunidade da Serrinha, do bairro Independência, como a primeira a ser contemplada.

Aposentada critica trânsito e estacionamento em Corrêas A dificuldade de travessia na Praça Luiz Furtado da Rosa ontem na hora do almoço, provocou a reclamação no local da aposentada Maria Stela Gross de Almeida. Ela criticou a falta de sinalização no lugar e aproveitando a oportunidade, reclamou também da desorganização no estacionamento de veículos ao redor. - Entra ano e sai ano e isto aqui continua a mesma coisa – afirmou

ela, quando esperava para atravessar. Dona Maria Stela disse morar no bairro há cinqüenta anos e ter acompanhado o seu desenvolvimento. - Vi isto aqui crescer e também acompanho a desorganização no trânsito que vem de muitos anos. A Associação de Moradores e Amigos de Corrêas – AMAC – vem trabalhando junto a Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes – CPTrans – com projetos

amac

9

ALCOÓLICOS ANÔNIMOS

Hoje 19h: Grupo 27 de Maio, Rua Bingen, 261 Amor e Atração, Avenida Leopoldina, 596, Nogueira. 19h30: 28 de Janeiro, Rua Paulo Barbosa, 180, Centro; Estrela de Araras, Escola Estadual de Araras; Morin, Igreja de Nossa Senhora da Glória; e Petropolitano Rua Santos Dumont, 100, Centro.

Lideranças de bairros se revezam na Ouvidoria Presidentes e diretores de associações de moradores estão se revezando em plantões na ouvidoria do povo que está atendendo de segunda a sexta-feira na Câmara de Vereadores. O atendimento é na sala 106 de 10h às 17h e o revezamento é de acordo com o horário disponível das lideranças comunitárias. A informação é de uma

das ouvidoras Carla Menezes, ao anunciar que o professor Lauro Barboza está na ouvidoria todos os dias pela manhã. No final da semana passada a secretária Cíntia Maria da Silva, da Associação de Moradores da 24 de Maio/1º de Maio, informou que no local são registrados os assuntos oriundo de todas as áreas comunitárias.

SOS Vida confirma evento na semana do advogado na UCP Aproveitando a comemoração da semana do advogado o Grupo Assistencial SOS Vida confirmou para o dia 12 de agosto o evento o Portador do HIV / Aids e o Acesso a Justiça. A realização será na Universidade Católica de Petrópolis – UCP – da Rua Benjamin Constant, no Centro, e as inscrições custam R$ 20,00 com vagas limitadas.

Depois da composição da mesa acontecerá as 9h15 a conferência de abertura com o tema políticas públicas voltadas para o portador do HIV/ Aids. Ainda pela manhã outra temática será sobre a participação do doente na família e comunidade. O presidente do SOS Antonio Carlos de Souza Pires, o Cal, está relacionado entre os debatedores.

Associação seleciona trabalhador rural para fundar um sindicato

Plebiscito sobre trânsito que a AMAC promoveu em Corrêas

no sentido de solucionar o problema de estacionamentos no bairro. A entidade promoveu no dia

22 de maio uma pesquisa com moradores locais para saber a opinião deles sobre a situação.

A Associação de Moradores do Cachambu/Santa Isabel está mobilizando lideranças trabalhistas do campo no sentido de consolidar o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Petrópolis. A iniciativa é oferecer de uma vez por todas os direitos da classe, além de atendimentos sociais como: médico, odontológico, jurídico, entre outros.

Depois de relacionadas as lideranças, vai acontecer um encontro com diretores da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Rio de Janeiro – FETAG/RJ. O presidente Oto dos Santos confirmou que o planejamento para a formação do sindicato da categoria já existe, faltando apenas o entrosamento com o pessoal do Caxambu.

nacional

Cariocas inseguros com explosões de bueiros Divulgação

Da Agência Brasil

Após as seguidas explosões de câmaras subterrâneas, nos últimos dois dias, no centro e na zona sul da cidade do Rio de Janeiro, as pessoas que passam pelas ruas nessas regiões vivem um clima de insegurança. A Rua da Assembleia, no centro, onde quatro bueiros explodiram na segunda-feira, permanece interditada por tempo indeterminado. Equipes da Light, a concessionária de energia elétrica, continuam fazendo a manutenção da rede subterrânea do local. Por precaução, as tampas de bueiros continuam abertas. Dono de uma banca de revistas na esquina da Rua da Assembleia, a poucos metros da área interditada, André Carnevale, 33 anos, disse que teve prejuízo após o episódio. - Ontem não vendi nada e hoje, até agora, está fraco. Um absurdo isso. Para cortar luz, a Light corta imediatamente. E agora, como fica o prejuízo? - questionou Carnevele que presenciou a explosão. - Ouvimos uma explosão, só depois explodiu a

Ministério Público multa Light em R$ 100 mil Carolina Gonçalves Repórter da Agência Brasil

As explosões consecutivas têm deixado os cariocas inseguros

tampa da calçada. Estávamos bem em frente e o tampão deve ter subido uns 6 metros ou mais - explicou oi comerciante. A secretária Ana Cristina Pinheiro, de 43 anos, que trabalha na região, disse que tem evitado passar perto da câmaras nas calçadas. - Já falei com meu filho, com todo mundo em casa para evitar. É um absurdo. A Light tem que tomar uma providencia contra isso. Não é só o fato de ver uma fumacinha. Às vezes, uma tampa

pode bater na cabeça de alguém. É morte na hora. A Rua Sete de Setembro, que também teve uma área isolada por causa da explosão de uma tampa de bueiro na terça-feira, foi liberada ontem. Em decorrências das recentes explosões, no dia 5, a prefeitura do Rio aplicou 13 multas à Light por danos ao patrimônio público, execução de reparo em vias públicas sem licença e interrupção das vias. As penalidades somam R$ 10.282,80.

Tranqüilidade para a sua empresa

Contabilidade de última geração, sistema avançado de informática Escrita Fiscal – Rotinas Trabalhistas e Folha de Pagamento Sistemática Departamento Jurídico – Direito Cível ��� Direito Trabalhista Projetos Econômicos – Análise de viabilidade e capacidade de sua empresa – Administração de Bens e Serviços – Corretagem e Administração de Imóveis – Equipe com treinamento especializado Direção Técnica: Márcio Tesch Economista – Corecon 10582 Advogado – OAB/RJ 59.566 Tec. Contab. – CRC/RJ 25.384-0

Rua do Imperador, 772 – Gr 105/106 – Centro Petrópolis – RJ. Tel/Fax: (024) 2231-6212 / 2231-3322

A empresa de energia Light será multada em R$ 100 mil por qualquer explosão em bueiros da concessionária que provocarem danos ao patrimônio ou lesões e mortes. A multa foi formalizada ontem, com a assinatura do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público do estado do Rio de Janeiro. - O valor talvez pudesse ser mais pesado. O Ministério Público requereu à Justiça que fosse de R$ 1 milhão. Mas diante das circunstâncias e da necessidade de resolver o problema com a maior brevidade possível estes R$ 100 mil foram o ponto possível para concluir esse acordo o mais rápido - disse o promotor de Justiça de Defesa do Consumidor, Rodrigo Terra. A multa só passará a valer quando a Justiça homologar o documento que foi entregue ao juiz Mauro Martins,

da 4ª Vara Empresarial. - A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) tem o poder de apurar os eventos pretéritos e aplicar a penalidade e até, não só multa, mas até a perda da concessão, se for o caso - disse Terra. Todo o valor da multa deveria ser revertido ao Fundo de Defesa do Consumidor do estado, para ser usado em iniciativas como ações de educação no trânsito ou projetos de defesa do consumidor. Mas o promotor informou que o município e o estado do Rio não têm esse fundo constituído. - É preciso criar esse fundo para evitar que esse dinheiro fique parado na Justiça, ou seja enviado para Brasília (para o Fundo Nacional de Defesa do Consumidor) e seja distribuído pelo Brasil inteiro. Além da multa, o TAC estabelece um cronograma para recuperação das câmaras subterrâneas. O Ministé-

rio Público estipulou que 4 mil, das 40 mil câmaras administradas pela Light, são prioritárias e devem ser reformadas até julho de 2013. O número é superior ao indicado pela empresa, que inicialmente, apontava riscos em 130 bueiros. - Existe um mapeamento em relação a potência de uma possível explosão. Então, dentro dessas 4 mil, tem 1.170 que são prioritárias e serão reformadas até dezembro e as outras 2.830 serão reformadas até meados de 2013, que é melhor do que o cronograma inicial previsto pela empresa que seria (reformar os bueiros) até a Copa do Mundo. Segundo o TAC, a reforma vai ser feita em três fases que incluem a reforma da estrutura das câmaras subterrâneas, seguida pela instalação de sensores e a criação de uma central de comunicação que vai receber os dados em tempo instantâneo para monitorar os pontos.


10

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

quinta-feira, 7 de julho de 2011

ESPORTES

edsondiario@yahoo.com.br

Campeonato de Downhill será na pista do Morin A prática do downhill, uma modalidade do mountain bike, é cada vez mais comum na cidade. Por causa disso, neste fim semana, dias 9 e 10 de julho, acontece o I Campeonato Petropolitano de Downhill, na pista do bairro Morin. Além de promover o esporte entre os moradores do município, o evento também deverá contar com a presença de pilotos de diversos locais do país, como São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo, e, também, grandes nomes da modalidade, como o campeão brasileiro e estadual na categoria Expert, Diego Neumann, o Knob. Mas qualquer atleta pode participar, mesmo os iniciantes. As categorias disponíveis são: Elite, Master, Expert, Junior, Juvenil e Rígida. Com a organização da Prefeitura de Petrópolis, Secretaria de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setrac), Pró Jovem, com supervisão da FECIERJ e assessoria técnica de Rafael Buys e Diego Knob, o campeonato, além

de movimentar o esporte e incentivar cada vez mais praticantes, também deverá contribuir para a economia da cidade, com a hospedagem, alimentação, entre outros, dos competidores visitantes. Os treinos na pista, que fica próxima à entrada da conhecida trilha do Castelinho, na estrada que dá acesso às torres de transmissão do Morin, já começaram, mas as inscrições poderão ser feitas apenas no sábado (8), durante todo o dia, ou no domingo (9), até 9h30, com um acréscimo no valor. De acordo com a organização do evento, a pista é “relativamente nova”, pois foi adaptada há poucos meses para a prática do esporte. Ela é considerada extremamente técnica, porém divertida. Com o tempo aproximado de 2.40 minutos, o percurso teve trechos refeitos para o campeonato e ficou mais acessível aos atletas iniciantes. A pista é uma antiga trilha que foi aberta na mata e também costumava ser usada para a prática de “Trecking”, que é Fotos: Ari Gomes

Os jogadores do Serrano precisaram lutar muito para vencer

Serrano goleia em amistoso dos juniores O time dos juniores do Serrano goleou o Petropolitano por 7 a 1, na manhã desta quarta-feira, no Estádio Atílio Marotti. Apesar do resultado elástico, o treinador Gilson Maciel destacou que o resultado não era o mais importante. - Nosso objetivo era mesmo observar a movimentação dos jogadores e ver como eles estão e eu gostei. Para um primeiro treinamento foi bom - destacou o comandante. Gilson também aproveitou para analisar possíveis reforços do time adversário. - Eu gostei de alguns jogadores e eu vou avaliá-los - afirmou sem revelar os nomes. Além dos 13 jogadores que já faziam parte do elenco, o Serrano conta com cinco atletas, que estão em fase de teste, são eles: o volante Felipe, o lateral-direito Daniel e os atacante Diego, Thiago e Amorim. O jogo Durante todo o jogo, o Leão da Serra foi superior e deu poucas chances ao adversário. O lateral-direito Andrezinho, atuando como

meia, foi um dos destaques do time distribuindo bons passes para os companheiros, dando assistência para dois gols. O Serrano saiu na frente com um gol do meia Rodrigo cobrando falta. O segundo gol foi de Edvan, após boa troca de passes ele chutou forte e marcou. O terceiro foi de Ramon, após bela jogada de Marcelo, que deixou o atacante livre para balançar a rede. Na volta para o segundo tempo, o Petropolitano conseguiu descontar em bom contra-ataque. O treinador Gilson Maciel fez algumas mudanças no time e colocou os jogadores que estão em período de teste. Logo depois, Andrezinho cruzou na medida para Thiago fazer 4 a 1. Diego recebeu na área e escorou de cabeça, 5 a 1. Thiago recebeu mais uma bola na área e marcou o sexto. Já no finalzinho, Daniel fez boa jogada pela direita e fechou o placar; 7 a 1. Agora, o time segue com a preparação para o Carioca de Juniores e enfrenta o Secretário amanhã, às 9h, no Estádio Atílio Marotti. Divulgação

Divulgação

Serviço Dias: 9 e 10 de julho (sábado e domingo). Local: Estrada que da acesso às torres de transmissão do Morin (Castelinho). Categorias: Elite, Master, Expert, Junior, Juvenil e Rígida. Inscrições: Sábado (durante todo o dia) e domingo (até 9h30 com acréscimo no valor). Tanto os pilotos de Petrópolis como os de outros estados poderão aproveitar ao máximo a pista

um esporte constituído de provas onde se devem percorrer trilhas a pé. Recentemente, foi palco das Olimpíadas da empresa GE Celma. O I Campeonato

Petropolitano de Downhill ainda conta com o apoio das marcas: Pedal.com.br, Sram, Avid, Truvativ, RockShox, Mob e Panificação Retiro. A premiação terá troféus e

medalhas para os melhores do dia. Ainda segundo a organização, a ideia é promover outros campeonatos como esse na cidade utilizando, também, outras pistas.

Resgate: Particular e da organização. Premiação: Troféus e medalhas.

Imperial Futsal empata primeiro jogo da semifinal contra o Botafogo O Imperial Futsal empatou, na última terça-feira, 5, o primeiro jogo da semifinal do Campeonato Carioca com o Casa de España/Botafogo, em 2 a 2, no ginásio Pedrão, em Teresópolis. Agora as duas equipes se enfrentam hoje, às 21h em Araruama para decidir quem será o finalista do campeonato. Os gols do jogo foram marcados por Marcelo e Ramon para os petropolitanos e Gabriel e Davi converteram para os alvinegros. O treinador Ney Marcos analisou como positiva a atuação da equipe petropolitana, mas espera corrigir os erros para conseguir a vitória no jogo de volta. - O jogo foi muito equilibrado e nós fomos bem, mas não conseguimos a vitória. Eles foram melhor jogando no cinco contra quatro, no restante nós fomos melhor. Eles usaram bem o goleiro no ataque e agora nós vamos ter um dia para trabalhar para acertar a marcação - explicou Ney que está confiante para a partida de volta. - O jogo lá vai ser como foi aqui, aberto e os dois times vão buscar a vitória. Acredito que temos totais condições de nos classificar o time está muito focado para este jogo - declarou o treinador. O jogo A partida começou com 30 minutos de atraso, devido ao fato de o time do Botafogo ter esquecido as carteirinhas dos jogadores o que atrapalhou o início do jogo. Quando a bola rolou os dois times mostraram muita vontade de vencer, com ambos se lançando ao ataque desde o início. No primeiro lance do jogo Marcelo recebeu a bola na área girou e acertou uma pancada no peito do A equipe Nioh Petrópolis de Taekwondo do mestre Polonini participou da 4ª etapa do Campeonato Estadual no Cefam – unidade da Marinha do Brasil. Cerca de 300 atletas realizaram o poomsae e combate e a equipe que representa Petrópolis estava com sete atletas: mestre Polonini, Ian Silva, Saulo Carreiro, Mauricio Figueiras, Janisse Figueiras, Gabriela Barros, Victor Lacerda, Vitor Basso e Beatriz Basso. O grupo conquistou nove medalhas de ouro, três de prata e uma de bronze totalizando 13 medalhas.

O ala/pivô João é um dos atletas mais experientes da equipe do Imperial Futsal

goleiro botafoguense, Rafael. Em seguida o Imperial chegou com perigo de novo, Marcelo ajeitou para João, vindo de trás chutar forte, mas a bola foi para fora. Se o time do Imperial começou buscando o ataque o Botafogo não ficou atrás e aos 17 minutos chegou com muito perigo com dois chutes de fora da área obrigando o goleiro Douglas a fazer grandes defesas. A partida seguia equilibrada com os dois times lutando muito quando aos seis minutos, após cobrança de escanteio, Ramon recebeu na área e rolou para Marcelo chutar e abrir o placar para o Imperial; 1 a 0.

Em desvantagem no placar os alvinegros se viram obrigados a buscar o empate e começou a pressionar. Aos 13 minutos a pressão surtiu efeito e Walace cruzou para Gabriel dominar no peito e chutar para empatar o jogo; 1 a 1. Em seguida em bom contra-ataque do Botafogo Davi chutou de longe, a bola desviou no meio do caminho enganando o goleiro Douglas. Virada alvinegra; 1 a 2. O gol acabou esfriando a partida, indo assim para o intervalo. No começo do segundo tempo os petropolitanos foram para cima em busca do empate, o time do Botafogo marcava forte dando pouco espaço. O Imperial buscava

furar o bloqueio do adversário, e conseguiu aos quatro minutos quando Marcelo entrou na área e chutou para o goleiro espalmar e no rebote Ramon empatou para o time serrano; 2 a 2. Depois do gol o jogo ficou mais quente e os dois times muito nervosos. O juiz começou a distribuir cartões. Guilherme e Bananeira do Imperial e Marcos do Botafogo levaram cartão amarelo. Digão do time petropolitano ainda foi expulso por reclamação. Com os ânimos exaltados os dois times marcavam forte e houve poucas chances claras de gol. Com isso a decisão ficou para o jogo de volta.


Diario de Petropolis