Page 1

Diário

de Petrópolis 57 anos

E-mail: redacao@diariodepetropolis.com.br

Site: www.diariodepetropolis.com.br

Preço do exemplar: R$ 1,20

Nº 15.961 - Quinta-feira, 29 de setembro de 2011 Divulgação

Continua o impasse sobre a distribuição de royalties O relator do projeto de lei que trata da redistribuição dos royalties de petróleo, Vital do Rêgo (PMDB-PB), disse que há espaço para se tentar uma negociação com os estados produtores até a próxima terça-feira (4) e, assim, evitar o veto presidencial à Emenda Ibsen. (Página 9)

II Encontro de Leitura lota o Theatro Dom Pedro Cerca de 450 educadores prestigiaram o II Encontro de Leitura da Subsecretaria de Educação Infantil que teve como palestrante a escritora Roseana Murray, na última terça-feira, no Theatro Dom Pedro. (Página 5)

aposentadorias

INSS quer aumentar tempo de contribuição

Divulgação

A elevação da expectativa de vida da população brasileira, constatada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), poderá aumentar o tempo mínimo de contribuição dos trabalhadores celetistas (regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho) para a Previdência Social. Atualmente, para se aposentar, é preciso contribuir por, no mínimo, 30 anos, no caso das mulheres, ou 35 anos, no caso dos homens. (Página 7)

Para o presidente do INSS, Mauro Hauschild, essa é uma das mudanças que poderão dar sustentabilidade ao sistema no futuro

Inea e PMP iniciam trabalho de limpeza e dragagem dos rios Matheus Quintal / Ascom PMP

Emenda do Executivo para esporte é aprovada A Câmara Municipal aprovou ontem, em segunda discussão, a emenda do governo que permite ao município realizar obras em quadras de esportes particulares. Porém, a Câmara vai ter que ser consultada sobre as intervenções.

Técnicos do INEA e representantes da empresa contratada para execução de intervenções nos rios da cidade se reuniram ontem com o secretário de Obras, Stênio Nery, para definir quais os pontos onde serão feitas a limpeza e dragagem. Quitandinha, Bingen, Centro e proximidades, Retiro, Corrêas, Itaipava são as localidades contempladas. (Página 5)

Pesquisar preços vale a pena na hora de construir

(Página 3)

A Secretaria de Obras explica que as intervenções dos rios e vias são feitas em pontos estratégicos

Recuperação da Cohab está em andamento Quatro dos dez blocos de apartamentos da Cohab da Coronel Veiga já foram reformados As obras foram iniciadas no mês de julho e o prazo de entrega é de 1 ano. O projeto faz parte do Programa de Recuperação Habitacional do Governo do Estado e está orçado em R$ 1.221.794,38. Outros quatro condomínios no município também serão recuperados.

(Página 5)

(Página 5) Alan Alonso

agenda O diretor do Museu Imperial, Maurício Vicente Ferreira Júnior, irá representar a instituição na 34ª Reunião Anual da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (ANPED), a convite da comissão organizadora. O evento ocorrerá em Natal (RN), de dois a cinco de outubro. (Página 6)

Bairros O Grupo de Assistência e Proteção aos Animais e Meio Ambiente – GAPA/ MA – de Itaipava, aderiu a campanha que pretende aprovar uma lei que proíbe a participação de animais em eventos públicos como circo, por exemplo. A instituição lembra de pesquisas realizadas pela Câmara dos Deputados e emissora de TV cujo índice de aprovação da medida atinge quase 100%. (Página 9)

Esportes Serrano e Petropolitano se enfrentam hoje, dia 29, a partir das 19h, no Ginásio Afonso Paoni. Os jogos nas categorias Sub9, Sub-11 e Sub-13 são válidos pela última rodada do turno do Campeonato Municipal de Futsal.. O returno será aberto no próximo sábado. (Página 10)


2

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

Câmbio

A régua civilizatória n Gaudêncio Torquato n Delfim Netto

C

ena pungente 1: crianças de olhos vidrados, pele e osso, e bandos de moscas passeando sobre os rostos côncavos. O documentário na TV mostra o campo de refugiados de Badbaabo, o maior de Mogadício, capital da Somália, país que, ao lado de Djibuti, Etiópia e Eritréia, integra o Chifre da África. Na região devastada pela pior seca em 60 anos, há 10 milhões de crianças dilaceradas pela fome, das quais 29 mil morreram, nos últimos 3 meses, por absoluta carência de proteína. Iman Abdi Noono, 60, andou 10 dias até o acampamento, mas 6 dos 9 filhos morreram no caminho. Um dado arremata a lúgubre paisagem: a fome no mundo mata uma criança a cada 5 segundos. Cena pungente 2: flagrante de um menino preparando uma pedra de crack, no centro de São Paulo (capa de O Estado, 21/09), ilustrando matéria sobre usuários da droga, que se igualam (38%) aos viciados em álcool na rede pública de saúde em cidades paulistas entre 50 e 100 mil habitantes. Cena pungente 3: no hospital de Emergência e Trauma, em João Pessoa (PB), o vídeo mostra uma furadeira de parede sendo usada para abrir o crânio de um paciente que sofreu um acidente de moto. As três cenas, mesmo diferentes, deixam transparecer sua origem comum, eis que são raízes da frondosa árvore da miséria com que se defronta o planeta nesse inicio de segunda década do Terceiro Milênio. Já se disse que o mundo está dividido, hoje, em três espécies de nações: aquelas onde as pessoas gastam rios de dinheiro para não ganhar peso; aquelas em que milhões de seres comem para viver e os devastados territórios onde os famintos não sabem de onde virá a próxima refeição. Na perspectiva do pão sobre a mesa, a visão planetária é aterradora, pois um bilhão de pessoas passa fome, ao lado de outro bilhão e meio que vive na pobreza. Aqui, em nossos trópicos, fez-se e faz-se enorme esforço para aliviar as cotas de miséria. Mas, é forçoso reconhecer, há, ainda, milhões de barrigas vazias, ao lado dos olhos sem vida de milhares de crianças desnutridas. Temos, sim, um pouco de Somália resvalando pelas beiradas sociais. Como o solo devastado extrapola a fronteira do alimento, conveniente seria que este planeta cada vez menos azul usasse um termômetro mais sensível para medir o grau de desenvolvimento dos 195 países independentes que o integram, algo como uma régua capaz de aferir se a condição humana recebe vitamina para desenvolver seus plenos potenciais. A régua civilizatória – eis o que se propõe – teria função maior do que a de medir o Índice de Desenvolvimento Humano, o IDH que compara países por vetores da economia e qualidade de vida, com base numérica entre 0 e 1 (lembre-se que, nesse modelo, o Brasil registra 0,699, 73ª posição entre 169 países). Nossa régua abrigaria todo o escopo dos direitos humanos fundamentais, a partir da pletora de valores éticos, morais e políticos, base da vida com dignidade, liberdade e igualdade. No compartimento político, por exemplo, o apetrecho seria aplicado para examinar a qualidade de costumes e práticas. Como estaria nossa esfera representativa? Seguramente, em maus lençóis, ganhando pontuação muito baixa numa escala de 0 a 100. Os rastros da velha política se deixam ver por todos os lados. Amarras ao passado impedem avanços, bastando olhar para a tão propalada reforma política. Quem nela acredita? Os entes partidários praticam um jogo de soma zero. O ganho de uns é a perda de outros. Já no palanque, a expressão dos grandes atores causa arrepios: “político tem que ter casco duro. Se tremer cada vez que alguém disser uma coisa errada sobre ele e não enfrentar a briga para dizer que está certo, acaba saindo mesmo”. O ator/autor, Luiz Inácio, simplesmente sugere aos políticos envolvidos em escândalos reagir. Não baixar a cabeça. O mandonismo, o caciquismo, o fisiologismo e o patriarcalismo, frutos da seara patrimonialista, continuam a escapar de seu tradicional reduto para se infiltrar em outros compartimentos institucionais. A perplexidade avulta. Não é outro o sentimento que se espraia por vertentes sociais ante situações surpreendentes, como a do Superior Tribunal de Justiça, que, de modo inusual, acelera a anulação de provas conseguidas pela Polícia Federal. A recente decisão sobre a Operação Boi Barrica deixou uma interrogação no ar. A bem da verdade, registre-se a boa avaliação da régua nos respeitados espaços do Supremo Tribunal Federal. Há bom tempo, nossa mais alta Corte coloca em pauta e decide sobre matérias de transcendental importância para a harmonia das relações sociais. Notas positivas, como se pode constatar, começam a aparecer no painel das decisões de impacto para a vida social. Veja-se esta Comissão da Verdade. Trata-se de instrumento que poderá propiciar ao país e ao seu povo o encontro com sua verdadeira história. Contribuirá para a montagem do acervo de injustiças, agressões e violências aos direitos humanos. E servirá de alerta para que o Estado Democrático de Direito jamais se desvie de seu caminho. A nossa régua civilizatória registra, por último, que o país tem passado por grandes transformações. As distâncias entre os estratos sociais da base e do meio da pirâmide diminuem. Mas sua medida para determinados setores (política, saúde, educação) continua sofrível. Pois o andar é vagaroso e cheio de tropeços. O Brasil, esta é outra imagem, é submetido permanentemente a uma disputa de cabo de guerra: uns puxam para a frente, outros, para trás. O exército de vanguarda carrega o país para o futuro. O grupo de retaguarda sustenta os feudos do passado. Em nossas vitrines, vêem-se as mais revolucionárias ferramentas do desenvolvimento e da tecnologia. A face moderna do Brasil - quase-potência. Ao lado da estética de Mogadício, de crianças sem forças para verter uma lágrima. Um território bárbaro. Um faroeste. Ainda longe da Pátria e da Nação, habitat de civilidade, igualdade e dignidade. n Jornalista, é professor titular da USP, consultor

político e de comunicação Twitter @gaudtorquato

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

O

comportamento dos bancos centrais dos EUA e da Eurolândia são preocupantes. Nos EUA, Obama não conseguiu sequer nomear os dois diretores faltantes do Fed. A repetição da “operação Twist” (vender títulos de curto prazo e comprar de longo), usada nos anos 60 do século passado com resultado pífio, sugere que o Fed esgotou o seu estoque de mágicas. Inundou a economia de liquidez, mas não conseguiu induzir nem os consumidores a aumentar seus dispêndios (por temor do desemprego e pela tremenda queda do valor de

seus ativos, qualquer coisa como US$ 7 trilhões), nem os empresários a aumentar seus investimentos (por falta de perspectiva de demanda), nem restabelecer plenamente o financiamento interbancário. Na Eurolândia, a situação não é melhor. Seu Banco Central parece paralisado à espera da substituição do seu presidente, Jean-Claude Trichet, pelo já escolhido, Mario Draghi, um competente, experiente e pragmático economista italiano que desperta as maiores desconfianças dos puristas monetários alemães... É hora, portanto, de insistirmos num programa social e econômico capaz de, em 2030, dar emprego de boa qualidade para 150 milhões de cidadãos que terão entre 15 e 65 anos de idade.

O cabo de guerra entre os analistas financeiros e a administração econômica do país vai continuar enquanto o poder incumbente não convencê-los de que o programa está, e vai continuar, a ser promovido sob a égide de um controle fiscal calibrado, sem exageros nem leniência, perseguido tenazmente, ano após ano, sem fantasias contábeis. Não há razão objetiva para imaginar que esteja acontecendo no Brasil uma mudança no famoso tripé da política econômica canônica. Se existe ainda alguma dúvida de que ele deve ser condicionado pelo pragmático e pelo oportunismo conjuntural, basta olhar para o que fez a Suíça com a sua moeda nas últimas semanas. A propósito, seria a recente desvalorização do

real só consequência das medidas de restrição cambial adotadas recentemente no Brasil? Certamente, não! Todas as moedas do mundo (menos o yen) se desvalorizaram frente ao dólar. O dólar americano se fortaleceu porque continua, na opinião dos investidores mundiais e a despeito de ter perdido um “A”, o refúgio mais seguro para seu capital. O efeito inflacionário dela decorrente deve ser amenizado devido à relação inversa entre o valor do dólar e o preço das commodities: quando o dólar sobe seus preços caem. O efeito final será, talvez, positivo e de magnitude incerta, mas provavelmente menor do que sugerem os “terroristas” que apanharam no câmbio... n Ex-Ministro da Fazenda

De volta ao desenvolvimentismo n Luiz. Carlos Bresser Pereira

D

esde 1991 a política econômica do Brasil se pautava pelo ortodoxia convencional ou o consenso de Washington. A partir, porém, de 2006, já com Guido Mantega no Ministério da Fazenda e Luciano Coutinho no BNDES, o governo Lula começou a mudar a estratégia de desenvolvimento em direção ao novo desenvolvimentismo. Em 2009 um passo decisivo nesse sentido foi dado com o início do controle da entrada de capitais. Agora, no nono mês do governo Dilma Rousseff, a decisão do Banco Central de baixar a taxa de juros, surpreendendo o mercado financeiro, e a decisão do governo de taxar a importação de automóveis com menos de 35% de conteúdo nacional consolidam essa mudança. O aprofundamento da crise mundial tendo a Europa como epicentro e o desaquecimento da economia

brasileira confirmam a boa qualidade da decisão. O novo desenvolvimentismo não é uma panaceia, mas está ancorado teoricamente em uma macroeconomia estruturalista do desenvolvimento, tem como critério o interesse nacional, e sabe que este só pode ser atendido por governantes que em vez de aplicarem fórmulas prontas avaliam cada problema e cada política com competência. Adotado com firmeza e prudência, o Brasil crescerá a taxas mais elevadas, com maior estabilidade financeira, e com a inflação sob controle. Enquanto o tripé ortodoxo é “taxa de juros elevada, taxa de câmbio sobreapreciada, e Estado mínimo”, o tripé novo-desenvolvimentista é “taxa de juros baixa, taxa de câmbio de equilíbrio, que torna competitivas as empresas industriais que usam tecnologia moderna, e papel estratégico para o Estado”. Enquanto para a ortodoxia convencional os mercados financeiros são autorregulados, para o novo

desenvolvimentismo apenas mercados regulados podem garantir estabilidade e crescimento. Novo desenvolvimentismo e ortodoxia convencional defendem a responsabilidade fiscal, mas o mesmo não pode ser dito em relação à responsabilidade cambial. Enquanto o novo desenvolvimentismo rejeita os deficits em conta corrente, a ortodoxia convencional os promove, e, assim, se comporta de maneira populista (populismo cambial). Argumenta que a “poupança externa” aumentaria o investimento do país, mas, as entradas de capitais para financiar esses deficits aumentam mais o consumo do que o investimento, endividam o país, o tornam dependente do credores e de seus “conselhos”, e resultam em crise de balanço de pagamentos. O Brasil, ao retornar ao novo desenvolvimentismo, está voltando a se comportar como uma nação independente. Havia deixado de agir assim em 1991, porque vivia profunda crise, e

porque a hegemonia neoliberal americana sobre todo o mundo era, então, quase irresistível. Mas desde meados da década passada a sociedade brasileira começou a perceber que o projeto neoliberal era um grande equívoco, e que havia uma alternativa para ele. Como a crise financeira global de 2008 demonstrou de maneira cabal, as políticas econômicas neoliberais não eram boas nem mesmo para os países ricos. Dessa maneira, a hegemonia neoliberal entrou em colapso, e as forças desenvolvimentistas - os empresários industriais, os trabalhadores e uma parcela da classe profissional - fortaleceram-se, o que abriu espaço para que o governo Dilma aprofundasse seus compromissos para com elas. Um novo e amplo pacto político está se formando no Brasil. Vamos esperar que leve o Brasil mais depressa para o desenvolvimento. n Economista

O vale “quase” tudo que nocauteia o Brasil n Cláudia

Cataldi

D

eparei-me com a notícia de que as autroridades brasileiras determinaram a redução da mistura de etanol na gasolina de 25 para 20%. Imediatamente pensei: estamos piorando a atmosfera do nosso planeta, afinal, está provado que os biocombustíveis chegam a emitir 10 vezes menos CO2 do que os chamados combustíveis fósseis, como é o caso da gasolina. No entanto, refletindo melhor, lembrei-me de um episódio recente. Estava participando como palestrante do Seminário Green Rio 2011 promovido pelo Sebrae em parceria com o Planeta Orgânico, quando ouvi de um de meus colegas de mesa, o ambientalista Claudio Langoni, um comentário que foi marcante. Disse ele: “Outro dia recebi aqui no Brasil um amigo estrangeiro que se vangloriava de possuir em seu país um green fuel,

porque o mesmo ostentava inacreditáveis 2% de etanol na mistura!” Naturalmente o visitante ficou desconcertado ao saber que a nossa mistura quando reduzida ao piso, (20%) ainda é 10 vezes superior àquela empregada no seu decantado combustível. Esse fato, fez-me pensar como somos tímidos na divulgação dos enormes esforços que temos tido na busca da sustentabilidade. Muitos países, ao invés de respeitarem o Brasil pelo pioneirismo dessas iniciativas, preferem manter suas populações acreditando na falácia de que plantamos cana na Amazônia, ou de que substituimos a produção de alimentos pela indústria do combustível. Aliás, vale a pena repensar esse ponto: a cana é uma gramínea cuja sobrevivência não suporta o excesso de umidade. Precisa de chuvas equivalentes a no máximo 1500 mm/ano, enquanto na região a precipitação média chega ao dobro disso em determinadas épocas. Essa crise de auto confiança nas próprias rea-

Diretor-Presidente e Jornalista responsável: Paulo Antônio Carneiro Dias Editora interina: Jaqueline Gomes

D

lizações que nosso país demonstra, precisa ser estudada até mesmo num divã, eu diria. Porque ela se revela em vários quadrantes da vida brasileira. Vejamos por exemplo, o caso do esporte, onde recentemente abrigamos um mega evento internacional que rende milhões de dólares aos seus patrocinadores/realizadores, valendo ressaltar que se trata da modalidade que mais cresce no mundo, o vale tudo. Pois bem, expertise genuinamente brasileira, que está sendo apropriada pelos grandes promotores internacionais de eventos sem o devido crédito à legião de pioneiros do esporte que floresceu em solo brasileiro e tem entre seus quadros lutadores daqui oriundos mas que fazem a fama da América do Norte, principalmente. Poderíamos ficar aqui gastando laudas e laudas de papel mas como isso pode ser exaustivo e anti ecológico, retorno a discussão da sustentabilidade chamando a atenção sobre a necessidade de mantermos a

iário de Petrópolis 57 anos

Uma publicação da PJ Editora e Gráfica e Jornalística Ltda

Preço do Exemplar 3ª a sábado R$ 1,20 Domingo R$ 1,80 Atrasado R$ 2,50

Assinatura Trimestral Petrópolis R$ 80,00 Rio e outros R$ 160,00

Assinatura Mensal Petrópolis R$ 28,00 Rio e outros R$ 56,00

Assinatura Semestral Petrópolis R$ 152,00 Rio e outros R$ 304,00

comunidade internacional corretamente informada sobre nossos avanços. Temos problemas sim, e não são poucos. Falta-nos investimentos em estruturas de rastreamento e fiscalização de florestas. Ainda temos baixo nível de consciência ecológica nas cidades. Mas é inegável que estamos neste momento realizando o maior debate de que se tem notícia na área da conciliação entre atividades produtivas e o meio ambiente. Refiro-me aqui ao Código Florestal, cuja forma final será o resultado do embate profundo entre todos os atores que compõe o universo desse tema, dando ao Brasil a vanguarda absoluta da normatização e do regramento desses parâmetros. Oxalá desta vez tenhamos aprendido a lição: o Brasil tem muito mais a contribuir com o planeta do que supõem as arcaicas e ultrapassadas visões do arrogante mundo desenvolvido. n Jornalista e apresentadora do Programa Responsa Habilidade claudiacataldi@ responsahabilidade.org.br Site: www.diariodepetropolis.com.br

E-mail: redacao@diariodepetropolis.com.br

Diretoria 2246-3807 Assinatura 2246-3807 Publicidade 2237-7849 Classificado 2246-3807 Redação 2235-7165

Rua Joaquim Moreira 106 Centro - Petrópolis - RJ Cep 25.600-000 CNPJ 02.424.864/0001-66

ABRAJORI - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS JORNAIS DO INTERIOR

As opiniões emitidas em artigos assinados não representam, necessariamente, o pensamento do jornal e são de inteira responsabilidade de seus autores. Da mesma forma, as informações e opiniões nas colunas são de responsabilidade de seus titulares.


DORA KRAMER O 28º elemento

A

lém do fato de agora não serem mais 27 e sim 28 as legendas que compõem o quadro partidário brasileiro, a entrada do PSD em cena não acrescenta grande coisa ao cenário. A rigor, naquilo que é fundamental, não influi nem contribui. E o que é fundamental? A modernização do nosso sistema de representação, parado no tempo, arcaico, carcomido de vícios e deformações. O partido surge já com presença significativa no Congresso (50 deputados federais), dois senadores, dois governadores e seis vices. É possível que venha a desempenhar-se razoavelmente bem nas eleições municipais de 2012, visto que seus espertos e

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

QUINTA-FEIRA, 29 DE SETEMBRO DE 2011

experientes arquitetos engendraram uma fórmula quase infalível de sucesso rápido: no plano nacional imprimem uma feição independente de viés governista e, no regional, apresentam-se como sublegenda de praticamente todos os governadores. O PSD se compôs de tal forma que possa se apresentar como a segunda opção dos partidos já consolidados nos Estados. Não dispõe de doutrina definida, como convém a quem não se propõe a construir, mas a acomodar interesses hoje insatisfeitos, e tem como marca de origem o senso de oportunidade: uma vez minguado o DEM, o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, precisou encontrar uma maneira de garantir a continuidade de sua carreira até então engatada

na trajetória ascendente de José Serra, tal como se configurava até a derrota em 2010. Até aí, nada demais, interesse legítimo. Do prefeito e de todos os outros que se dispuseram e se dispõem à empreitada. A legitimidade do propósito, porém, não lhe confere o dom da representação de quaisquer transformações nem um lugar ao sol do “novo”. O partido é, como diz o lugar-comum, mais do mesmo. Um discurso tímido, cauteloso mesmo, típico de quem não tem outra pretensão a não ser a de se inserir como mais um ator de peso no espetáculo em cartaz. Mas, para que não se diga que o PSD não tem nada a propor, o partido propôs logo no dia seguinte à oficialização de seu

registro pelo Tribunal Superior Eleitoral, a formação de uma Assembleia Constituinte revisora a ser eleita em 2014 sob o nome de “Câmara Revisional exclusiva” que trabalharia por dois anos. A justificativa genericamente óbvia: considerando que a Constituição de 1988 já recebeu 73 emendas e se encontra em constante processo de revisão, que se eleja uma assembleia para fazer de uma vez todas as modificações necessárias - preservadas as atuais cláusulas pétreas - a fim de se chegar a um texto “constitucional garantidor dos princípios gerais basilares que não cometa o equívoco de querer constitucionalizar a vida das pessoas”. O objetivo é nebuloso. Para que mesmo uma Constituinte neste momento? Não houve ruptura da ordem institucional nem alteração de regime como o que justificou a Constituinte na passagem do regime totalitário para a democracia, na década dos 80. Qual o sentido de ter dois Congressos funcionando paralelamente por dois anos se não estamos dando conta de assegurar o funcionamento de um só dentro do parâmetro fundamental da República que é a indepen-

3

dência dos Poderes? Se de boa-fé, o PSD fez uma proposta inócua, apenas para criar um fato de repercussão no ato de sua fundação. Se não na posse de intenções transparentes, o PSD propõe a abertura de um caminho mais fácil para que os donos do poder façam alterações institucionais que lhes interessam e não conseguem fazer no Congresso por causa da exigência do quórum de três quintos. O PSD tem todo o direito de não se dispor à discussão de fundo sobre o que realmente anda mal, mas não pode esperar aplausos quando se presta ao patrocínio de atalhos erráticos. Pedra na cruz - A corregedora do Conselho Nacional de Justiça, Eliana Calmon, nada mais fez além de uma constatação quando falou nos “bandidos que se escondem atrás da toga”. Assim como os há no Executivo, no Legislativo, na imprensa, nas Forças Armadas, nas igrejas, nas empresas, nas escolas, na vida, enfim, os há no Judiciário. Seus críticos perdem excelente oportunidade de se aliar ao bom combate em prol da excelência da magistratura.

CIDADE

Obra em quadras precisará de aval da Câmara

Fotos:Arquivo

 Vinicius Henter viniciushenter@diariodepetropolis. com.br

O deputado Hugo Leal é considerado pré-candidato a prefeito

Hugo Leal transfere título de eleitor para Petrópolis  Vinicius Henter

O vereador Márcio Muniz (PSC) anunciou ontem, durante sessão da Câmara, que o deputado federal Hugo Leal (PSC) irá transferir o título de eleitor, hoje da cidade do Rio de Janeiro, para Petrópolis. Segundo Muniz, o partido terá, “com certeza”, candidato próprio para a disputa à prefeitura em 2012, e já seriam três os pré-candidatos da legenda: Hugo, Muniz e um terceiro que, ainda de acordo com Muniz, também mudará seu domicílio eleitoral para Petrópolis. - Junto com o Hugo, mais duas pessoas de grande participação na sociedade vão se filiar em Petrópolis, para enriquecer as fileiras do partido – disse Muniz. Nas eleições de 2010, quando se reelegeu deputado federal, outros candidatos apontavam Hugo Leal como não sendo mais um representante de Petrópolis, já que era presidente municipal do PSC carioca. - É importante que ele tenha transferido o título para cá. Agora ele está mais petropolitano de novo – disse Muniz. O anúncio, a noves dias do prazo final de filiações para a disputa das eleições do ano que vem, é visto como um grande sinal de que Hugo será candidato a prefeito. - A transferência é o primeiro sintoma. Tudo indica que ele vai ser candidato a prefeito, o que vai engrande-

cer a disputa – disse o vereador Jorginho Banerj (PSB), após afirmar que o PSB deverá ter candidatura própria em 2012. DAMACENO

DE MALAS PRONTAS PARA O PP Já Thiago Damaceno (PV) deu novos sinais de que está prestes a deixar o PV para ingressar no PP. Ontem, durante pronunciamento na Câmara, ele convidou quem estava presente para participar da cerimônia de posse da nova executiva do PP, partido presidido por seu pai, o empresário José Damaceno. O evento será no próximo sábado (1º), no Salão Nobre da Universidade Católica de Petrópolis (UCP). - É um momento importante para a cidade. O senador Francisco Dornelles (PP), um dos senadores mais combativos do Rio de Janeiro, estará no evento. Ele foi um dos primeiros a se posicionar em defesa do Rio de Janeiro na questão dos royalties. Estarei muito feliz participando desta conquista para a cidade – disse. Em seguida, Gil Magno (PSB), que conseguiu um recurso para permanecer no PSB após ser expulso do partido em abril, agradeceu os convites feitos para que ele se filiasse em outras legendas, citando o PP. - Recebi convite por parte do Damaceno pai, e também de Vossa Excelência – disse Gil, referindo-se ao vereador Thiago Damaceno.

A polêmica emenda à Lei Orgânica Municipal (LOM), enviada pelo governo, sobre a prática de esporte em Petrópolis foi aprovada ontem na Câmara em segunda discussão. No entanto, três emendas ao projeto do governo também foram aprovadas, limitando o poder do Executivo sobre o assunto. Na prática, o município poderá realizar obras com verba pública em quadras e outras dependências esportivas particulares e também destinar espaços públicos para construções de áreas destinadas ao esporte. Porém, diferente do que previa o projeto original, a Câmara vai ter que ser consultada. As três emendas apresentadas são de autoria do vereador Wagner Silva (PPS). Duas delas foram aprovadas pelos 13 vereadores presentes – Dudu (PSDC) não compareceu, e João Tobias (PPS), que alegou estar passando mal, deixou a sessão. Outra emenda teve a rejeição apenas do líder do governo na Casa, Márcio Arruda (PMDB). - As emendas em nada prejudicam o projeto como um todo. Só faz com que, amanhã, se o governo vier a privatizar um espaço público, a Câmara tenha o direito de vetar – disse o presidente da Câmara, vereador Paulo Igor (PMDB). ALTERAÇÕES

DÃO MAIS PODER À CÂMARA No inciso IV do artigo 155 da LOM, o governo determinava que “A oferta de espaço público para a construção

Vereadores em sessão: a Câmara aprovou o projeto do governo, mas emendas limitam o Executivo

de áreas destinadas ao desporto e ao lazer será definida, observadas as prioridades, pelo Poder Executivo, ouvidos os representantes das comunidades interessadas, organizadas na forma de associações de moradores ou grupos comunitários”. Com a emenda de Wagner Silva, ficou acrescentado no final do texto: “bem como dependerá da aprovação da Câmara Municipal, através do voto favorável de dois terços dos seus membros”. Já no inciso VI, que informava que “Ao município é facultado celebrar convênios, na forma da lei, com associações desportivas sem fins lucrativos, assumindo encargos de reforma e restauração das dependências e equipamentos das entidades conveniadas se assegurado

ao poder público o direito a utilização das instalações para fins comunitários de esporte e lazer, a serem oferecidos gratuitamente à população”, ficou acrescentado que “os convênio deverão ser celebrados de acordo com os critérios estabelecidos pela lei municipal 6.766 de 2010 – Fundel”, com a alegação de Wagner de que já existe lei sobre o tema. O outro inciso com modificação foi o XI. Antes, a redação enviada pelo governo era: “As empresas que se instalarem no município e que tenham mais de duzentos empregados devem manter áreas específicas e adequadas a atividades sócio-desportivas e de lazer de seus funcionários”. Com a emenda de

Wagner Silva, o inciso ficou com a redação: “As empresas que se instalarem no município devem incentivar seus funcionários a prática de atividades sócio-desportivas e de lazer”. PREOCUPAÇÃO COM ESVAZIAMENTO DA CIDADE - Esta alteração busca fazer com que as empresas utilizem os espaços que já existem na cidade, que as empresas aluguem espaços, como o do Serrano e o do Palmeira, para os seus funcionários – explicou Wagner Silva, em relação à modificação no inciso XI. - Essa obrigatoriedade seria mais um empecilho para que novas empresas venham para a cidade – concordou Paulo Igor.

Contratação de 500 monitores gera polêmica entre vereadores  Vinicius Henter

Vereadores, da base governista e da oposição, criticaram ontem o secretário de Educação, William Campos, em função do edital para preenchimento de 500 vagas de monitoria do programa Mais Educação, publicado no último domingo. O presidente da Câmara, vereador Paulo Igor (PMDB), e os vereadores Vadinho (PSB) e Márcio Muniz (PSC) questionaram a convocação, a um ano das eleições. Segundo os vereadores, o edital seria uma medida eleitoreira para o go-

verno contratar “cabos eleitorais”. Já o secretário William Campos respondeu às críticas, afirmando que os vereadores estão “desinformados”. Ele argumentou que cada monitor receberá R$ 60 por cada monitoria e poderá acumular, no máximo, cinco, totalizando uma bolsa de R$ 300. - Não é emprego fixo, não tem carteira assinada, não tem concurso, não tem nada. É voluntariado. É uma forma de fazer o Amigos da Escola, mas com outro nome. Não são cabos elei-

torais, são muito mais que cabos eleitorais. São pessoas especiais que estarão ajudando o município a manter as crianças na escola. Os meus cabos eleitorais são as mães e as crianças, que estão felizes – disse Campos. Outra crítica dos vereadores foi em relação aos prazos. O edital foi publicado no dia 25 de setembro, mas as inscrições foram abertas no dia 19 e irão até o dia 28. Campos respondeu que as inscrições serão prorrogadas em novo edital a ser publicado no próximo domingo (2). - A preocupação é se vai

ser só mais um projeto para apadrinhar as pessoas – disse Paulo Igor. – O edital fala de.matemática, xadrez, basquete de rua, canto coral e danças. Talvez não precise de formação para dar aula de dança. Pode chegar alguém lá com o “rebolation”. Basquete de rua? Talvez qualquer um de nós poderia dar aula de basquete de rua, já que não deve ter muita regra. - Eu quero saber se essas 500 vagas para monitores serão mais um “cabidaço” de emprego – questionou Márcio Muniz.


4

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

57 anos

QUINTA-FEIRA, 29 DE SETEMBRO DE 2011

Curso de Pizzas

Expoentes da Literatura

O Senac Petrópolis está com inscrições abertas para o Curso de Pizzas. Será aos sábados, das 08h às 12h, com início no dia 5 de novembro. O curso será ministrado pelo pizzaiolo gourmet Pedro Pernambuco. Mais informações pelo telefone (24) 2231-7001. As vagas são limitadas.

O Centro de Teologia e Humanidades da UCP promove nesta quinta, uma palestra para debater as obras da autora Adélia Prado. A professora Dra. Suzana Sá Klôh é a ministrante e o encontro acontece no Salão Nobre do campus BC da instituição, das 19h às 20h40.

socialmarise@yahoo.com.br

Museu Imperial na ANPED

Fotos: Divulgação

O diretor do Museu Imperial, Maurício Vicente Ferreira Júnior, irá representar a instituição na 34ª Reunião Anual da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (ANPED), a convite da comissão organizadora. O evento ocorrerá em Natal (RN), de 02 a 05 de outubro. Maurício participará da sessão especial intitulada “Patrimônio e memória: artes de guardar”. Na mesma mesa, estarão ainda as professoras Maria Cristina Menezes, da UNICAMP, e Maria do Carmo Guedes, da PUC-SP. A professora Maria Teresa Santos Cunha, da UDESC-SC, será a coordenadora do debate.

Ordem do Caos O lançamento do livro “A Ordem do Caos”, da jornalista Christiane Michelin, realizado no último sábado na Casa Cláudio de Souza, foi um sucesso. Estavam lá os pais corujas da escritora, Fernando e Nicinha Magno, Wanda D´Angelo com um grupo de amigas, Fernando Costa, Célio Barbosa, Vera Abad, presidente da ABP, Carmen Felicetti e Gustavo Wider, Marilu Cruzick Maciel, Marta e o professor Ataualpa, Cátia Rasina e Joamir Reuther com seu Gabriel e o Dr. Cléber Francisco Alves entre muitos outros. O livro de poemas supera expectativas.

Feijoada da Afipe Como todos os anos acontece a tradicional feijoada realizada pela Associação Filantrópica de Petrópolis, realizada no último domingo, no Castelinho, foi prestigiadíssima. Nem a chuva nem o tempo frio conseguiram afastar os amigos, que somaram cerca de cem. Doces caseiros deliciosos preparados pelas afipenses e sorteio de brindes deram um charme a mais no evento. Que venham outros! CHRISTIANE MICHELIN, durante noite de autógrafo, recebendo Wanda D’Angelo e amigas

Pós-graduação

INTEGRANTES DA AFIPE posam para um foto especial para a coluna

A pós-graduação em Saúde Pública da Faculdade de Medicina de Petrópolis está com as inscrições abertas no site www.fmpfase.edu.br. O curso, com duração de 20 meses e início em abril de 2012, é destinado a todos os profissionais de saúde com nível superior. O curso pretende formar profissionais para realizar atividades de diagnóstico, análise, planejamento, implantação e avaliação de políticas públicas, serviços e tecnologias em organizações públicas e privadas do setor saúde, com foco na atuação prática.

Dia da Secretária Para marcar o Dia da Secretária, comemorado em 30 de setembro, no próximo dia 5 de outubro, a Unimed Petrópolis presta uma homenagem a todas as secretárias das suas unidades e dos seus médicos cooperados. Neste ano elas vão assistir a comédia “Strassados.com”, às 20h, no Teatro D. Pedro. As secretárias também serão agraciadas com sorteios de brindes.

Pão francês - R$ 5,99kg (somente no balcão) Entrega em domicílios

Rua Epitácio Pessoa, 100 (atrás dos Correios) Centro - Petrópolis - RJ Tel. 2231-2160

Direitos Autorais Registro de Músicas Livros Eventos Culturais Agente: Domingos Capistrano Operando no Mercado a 32 anos

Tels.: (24) 2237-3210 (24) 9832-0327 Petrópolis - RJ (22) 9907-4947 Cabo Frio - RJ


quinta-feira, 29 de setembro de 2011

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

5

cidade

Prefeitura inicia trabalho de limpeza dos rios Obras na Cohab da Coronel Veiga estão em andamento Quatro blocos do Conjunto Habitacional Horto Botânico, a Cohab da Coronel Veiga, como é conhecido, já estão prontos e o trabalho de recuperação está sendo realizado em outros três prédios. As obras foram iniciadas no mês de julho e o prazo de entrega é de 1 ano. O projeto faz parte do Programa de Recuperação Habitacional do Governo do Estado e está orçado em R$ 1.221.794,38. A última reforma do local, que é composto por 10 blocos com 200 apartamentos, foi realizada há 21 anos. Na obra atual, que conta com 35 profissionais trabalhando, estão incluídas as reformas da fachada e das caixas d´água, novos telhados, impermeabilização, entre outras melhorias nos ambientes comuns, além de revisões do esgoto sanitário que é um antigo pedido dos moradores. - Vim morar aqui com a minha filha há dois anos e acho que realmente precisava ser feita essa reforma. A gente fica até mais feliz – disse o morador João de Souza.

Alan Alonso

Em alguns blocos da Cohab o serviço está bem adiantado

Novas reformas em Petrópolis O Programa de Recuperação Habitacional foi lançado em 2009. O pontapé inicial em Petrópolis foi dado com a obra do BNH do Thouzet e agora está em andamento o da Cohab na Coronel Veiga, mas outros quatro condomínios também serão contemplados. De acordo com a assessoria de comunicação da Secretaria de Estado de Habitação, estão em período de licitação – que contempla uma série de etapas – os conjuntos habitacionais do Sargento Boening, Quitandinha, Alto da Serra (IAPI) e Mosela, que já passaram por estudo. Este último estaria com o processo mais adiantado, com a licitação prevista para ser iniciada em novembro deste ano. A previsão é de que as reformas comecem até o fim de 2011, segundo afirmou o secretário estadual de Habitação, Leonardo Picciani e o deputado estadual Bernardo Rossi (PMDB) quando anunciaram o início da obra na Coronel Veiga.

Matheus Quintal / Ascom PMP

A escritora Roseana Murray foi a palestrante do encontro

Encontro de Leitura reúne mais de 450 educadores A Prefeitura de Petrópolis, por meio da Secretaria Municipal de Educação, realizou na terça-feira (27), no Teatro Dom Pedro, o II Encontro de Leitura da Subsecretaria de Educação Infantil que teve como palestrante a escritora Roseana Murray. Cerca de 450 educadores prestigiaram o evento. O secretário de Educação, professor William Campos, abriu o Encontro de Leitura e deu as boas vindas à Roseane Murray. O secretário fez um breve panorama sobre a ampliação da Educação Infantil no município. - A Educação Infantil é um investimento que com certeza dará muitos resultados no futuro - afirmou. O secretário disse ainda que a Educação Infantil também será priorizada pelo concurso público municipal, - que terá seu edital lançado em breve -, com a abertura de vagas específicas para este segmento do ensino. - O concurso vai abrir vagas para diferentes áreas da Prefeitura e grande parte das vagas da Educação será destinada à Educação Infantil - disse. A estrela do encontro, Roseana Murray, falou sobre a importância da leitura na

Educação Infantil. - Acho que a criança que passa pela Educação Infantil está bem preparada para o resto de sua vida escolar - disse. Em sua palestra, Roseana falou também da necessidade e desafios dos educadores em incutir nas crianças valores como generosidade, compaixão e altruísmo. - Estamos entrando em um novo tipo de civilização – onde estamos dependentes e ligados às máquinas. É preciso manter a humanidade - observou. O II Encontro de Leitura foi organizado e apresentado pela subsecretária de Educação Infantil Valéria Albuquerque. O evento, segundo ela, faz parte das ações da Secretaria para a qualificação dos agentes de educação e professores. O II Encontro de Leitura contou ainda com a presença de alunos do Centro de Educação Infantil (CEI) Carangola, que apresentaram uma peça teatral baseada no livro A Bruxa Beleza Pura. O título faz parte da coleção composta por mais de 200 livros da Preteca (biblioteca infantil adquirida pela Prefeitura de Petrópolis para todos os CEIs e unidades que contam com Educação Infantil).

O pedido do prefeito Paulo Mustrangi já vem sendo atendido pelo Instituto Estadual do Ambiente (INEA). Ontem, o secretário de Obras do município, Stênio Nery, esteve reunido com técnicos do INEA e representantes da empresa contratada para execução no intuito de determinar os pontos onde serão feitas a limpeza e dragagem dos rios. As intervenções serão realizadas nas extensões das seguintes localidades: Quitandinha, Bingen, Centro e proximidades, Retiro, Corrêas, Itaipava. Vale lembrar que os trabalhos já iniciaram em dois pontos em Itaipava e no Buraco do Sapo, no Vale do Cuiabá. A Secretaria de Obras do município explica que todo o processo de intervenções dos rios e vias é feito em pontos estratégicos, onde é verificado maior estrangulamento no leito e no curso das águas. Esse trabalho faz parte do programa de manutenção dos rios e vias da cidade. Para o secretário de Obras, Stênio Nery, - os moradores podem ficar tranquilos, pois o trabalho de prevenção está sendo feito. A Secretaria vem trabalhando intensamente em diversos distritos do município, com o objetivo de preparar a estrutura da cidade para as chuvas de verão.

Matheus Quintal / Ascom PMP

Segundo a prefeitura o trabalho de prevenção está sendo feito

Pesquisa pode ajudar na hora da obra Para quem está pensando em construir a casa própria, a pesquisa é uma importante “arma” para encontrar o menor custo e economizar na obra. A diferença de preço pode chegar a 20%, de acordo com a pesquisa realizada pelo Diário de Petrópolis. O jornal pesquisou sete itens em cinco lojas de materiais de construção, nos dias 23 e 26 de setembro. Os preços são referentes a pagamentos à vista e retirando o produto na loja. A maior variação de preço encontrada nos locais pesquisados foi de 20%, referente ao metro de areia. De acordo com o orçamento emitido pela Santanna Materiais de Construção, no Quarteirão Brasileiro, o metro de areia sai por R$ 74,00, mas cai para R$ 70,00 no preço final com desconto, assim como na Matriz de Cascatinha. A Ferpedras Materiais

Ferragens Ltda, no Centro, em seu orçamento apresentou o valor de R$ 84,00, mas informou, assim como as outras lojas, que encontrando um valor mais barato é possível estudar uma nova proposta. A segunda maior variação de preço foi em relação ao preço do ferro 3/8”, que foi de 16,5%. O valor mais barato foi verificado na Fimaco-Figueirinha Materiais de Construção, no Samambaia, a R$ 22,82. O metro da pedra 1 também apresentou uma grande diferença entre as lojas, que chegou a 14%, sendo o mais alto na Dois Irmãos, no Quissamã. O cimento teve a menor diferença de preço entre as lojas pesquisadas – 6%, seguido do milheiro do tijolo, que foi de 8,43%. Já o saco de filito e o ferro 3/16” apresentaram variação de 11,43% e 12,5%, respectivamente. Santanna

Alan Alonso

Bárbara Ramos garantiu que investe na pesquisa de preços

Para a costureira Bárbara Vieira Ramos, que está construindo sua casa, vale a pena investir na pesquisa de preço. Ela já começou a obra e está conseguindo economizar mais de 20%. - Pesquisamos 52 lojas antes de comprar o material. Acabou que foi na loja em frente da nossa casa que

Matriz de Cascatinha

Fimaco

Metro de areia 70,00 70,00 78,54 Metro de pedra 1 114,00 108,00 123,20 Milheiro tijolo 20x20 490,00 531,30 Saco de filito 3,60 3,60 3,50 Ferro 3/8” 26,60 22,90 22,82 Ferro 3/16” 4,50 4,20 4,00 Cimento Holcim 17,00 18,02 Obs.: Os valores são referentes ao pagamento à vista e a retirada do produto na loja.

conseguimos os preços mais baratos. A dica é pesquisar porque em uma obra não se pode esquecer da parte elétrica, hidráulica, depois vem acabamento, porta, janela. Nossa economia permitiu que a gente já comprasse até mais coisas, como o piso que ainda iríamos esperar mais um pouco – disse.

Dois Irmãos

Ferpedras

78,00 120,00 520,00 3,60 25,00 17,90

84,00 113,00 499,00 3,90 24,70 4,20 -

UCP oferece duas palestras gratuitas hoje Dez anos após o maior atentado terrorista da história, o mundo acompanhou as cerimônias em homenagem às vítimas do 11 de setembro. No intuito de fazer um resgate da história, mostrar as consequências da tragédia e a complexa convivência entre o Ocidente e o mundo islâmico, o curso de História da Universidade Católica de Petrópolis convidou um dos maiores especialistas em conflitos e guerras para palestrar sobre o assunto: o professor Francisco Carlos Teixeira da Silva. Autor e organizador de diversos livros sobre o tema,

como “Terrorismo na América do Sul”, “O Século Sombrio” e “Enciclopédia de Guerras e Revoluções do Século XX”, o professor Francisco Carlos Teixeira da Silva ministra a palestra 11 de setembro – 10 anos depois hoje, dia 29 de setembro, às 19h, na sala 104 do campus da Rua Benjamim Constant, 213. Francisco Carlos Teixeira da Silva tem Graduação e Licenciatura em História pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Especialização em História, Mestrado em História do Brasil pela Universidade Federal Fluminense, Magister

in Geschichtewissenschaft (Freie Universität, Berlin, 1983), Doutorado em História Social pela Universidade de Berlin/UFF e Pós-doutorado pela Universidade Técnica de Berlin e USP. Ele também é professorconferencista da Escola Superior de Guerra e da Escola de Guerra Naval. Articulista do Jornal das Dez, GloboNews e consultor de várias empresas na área de relações internacionais. Assessor da Presidência da Finep e Membro dos Comitês Pro-Sul e Pro-África do CNPq. Francisco Carlos é ainda Professor Emérito da Escola de

Comando e Estado-Maior do Exército brasileiro, detentor da Medalha do Pacificador, a Ordem de Tamandaré e da Medalha Amigo da Marinha. Expoentes da Literatura - O Centro de Teologia e Humanidades da UCP também promove nesta quinta uma palestra para debater as obras da autora Adélia Prado. A professora Dra. Suzana Sá Klôh é a ministrante e o encontro acontece no Salão Nobre do campus BC da instituição, das 19h às 20h40. Informações sobre as duas palestras gratuitas pelo: (24) 2244-4032.


6

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Agenda Cultural

marciosalerno@diariodepetropolis.com.br

Especial INSTITUTO OMAR CARDOSO

HORÓSCOPO Áries - (21/03 a 20/04) Os assuntos de ordem espiritual estão beneficiados. Ótimo para uma cirurgia plástica. Tenha um pouco mais de atenção, porque no transcorrer do período, há indícios fortes de que possa se desentender com pessoas amigas.

Touro - (21/04 a 20/05)

Criaturas ou ocorrências dispersivas, poderão desviar sua atenção dos compromissos e problemas mais importantes. Fluxo excelente para o amor. Se o seu trabalho está de alguma maneira relacionado com a imprensa,então tudo sairá as mil maravilhas.

Gêmeos - (21/05 a 20/06)

Período dos mais favoráveis para realizar, com muito sucesso, pequenos empreendimentos. Você pode sentir uma tendência a um maior ajustamento aos estados emocionais dos outros.

Câncer - (21/06 a 22/07)

Aproveite uma oportunidade que surgirá para fazer uma viagem curta Um presente ou uma visita o agradará bastante. Você deve desenvolver a sua capacidade de conquista, apelando para o seu charme Assim agindo, você estará estimulando a curiosidade de algumas pessoas do sexo oposto.

Leão - (23/07 a 22/08)

Todas as portas se abrirão, bastando encarar a vida com otimismo e aproveitar as boas oportunidades. Não se entregue a sanha dos inimigos ocultos nem descuide de sua saúde. Ouça e aprecie as sugestões que receber.

Virgem - (23/08 a 22/09)

Os assuntos financeiros, deverão ser tratados com cautela. O dia pode começar favorável às transações comerciais e todas as especulações financeiras. Esteja preparado para enfrentar algum contratempo ligado a pessoa amada.

Libra - (23/09 a 22/10)

Você atravessa um grande período de vantagem material e financeira. Apenas não permita que possíveis fantasias mentais desvirtuem essa indicação. Muita dispersão nos seus envolvimentos afetivos, poderão cansar a pessoa que você ama.

 Escorpião - (23/10 a 21/11) Ótimo dia para obter a colaboração de outras pessoas para mudar sua vida para melhor. Seja mais determinado. Uma predisposição otimista atuando sobre sua personalidade, vai ajudá-lo a ser mais realista quanto aos seus objetivos.

Sagitário - (22/11 a 21/12)

Período astral neutro em quase tudo. Apenas as pequenas compras estarão beneficiadas, assim como o trabalho. Mas, mediante uma atitude positiva e otimista, as coisas darão certo. Não esmoreça ante obstáculos e procure enfrentar os problemas de modo mais direto.  Capricórnio - (22/12 a 20/01) Os outros irão notar sua tenacidade e persistência podendo lhe dar o dobro de crédito. No amor, haja com sinceridade. O período pode apresentar algumas dificuldades, mas se você souber agir mais humildemente, tudo estará bem.

Aquário - (21/01 a 19/02)

Bom ganho de dinheiro proporcionado pelo esforço nos negócios iniciados anteriormente. Cuidado com perigos de acidentes provocados por produtos inflamáveis. Os cuidados com a saúde devem ser levada em conta.

 Peixes - (20/02 a 20/03) O dia indica êxito em tudo que está relacionado com o seu progresso. Pode solicitar a colaboração alheia, que será prontamente atendido. Tendência a se iludir com os amigos. Procure distrairse, inclusive praticando algum tipo de esporte do qual goste.

SINUSITE? cloreto de sódio

Alívio contra a sinusite SINUSTRAT É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE O MÉDICO E O FARMACÊUTICO. LEIA A BULA. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO

SINUSTRAT DESCONGESTIONANTE NASAL - Composição: Cloreto de Sódio. Medicamento de Notificação Simplificada RDC Anvisa n° 199/2006. AFE n° 1.00174-0. Indicação: fluidificante e descongestionante nasal. Contraindicação: hipersensibilidade individual aos componentes da formulação. SINUSTRAT DESCONGESTIONANTE NASAL ADULTO - Composição: Cloreto de Sódio.Reg. M.S 1.0174.0034.008-3. Indicação: fluidificante e drenador das secreções nasais e paranasais e redutor da obstrução nasal, em casos de resfriados, rinites e sinusites agudas ou crônicas. Contraindicação: hipersensibilidade individual aos componentes da formulação.

Museu Imperial participa de reunião anual da ANPED O diretor do Museu Imperial, Maurício Vicente Ferreira Júnior, irá representar a instituição na 34ª Reunião Anual da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (ANPED), a convite da comissão organizadora. O evento ocorrerá em Natal (RN), de dois a cinco de outubro. Maurício participará da sessão especial intitulada “Patrimônio e memória: artes de guardar”. Na mesma mesa, estarão ainda as professoras Maria Cristina Menezes, da UNICAMP, e Maria do Carmo Guedes, da PUC-SP. A professora Maria Teresa Santos Cunha, da UDESC-SC, será a coordenadora do debate. Para mais informações sobre o evento, acesse http:// 34reuniao.anped.org.br/.

O diretor do Museu participa de encontro em Natal, em outubro

Na cidade

Comédia de humor negro será exibida na H. Mauro Hoje e amanhã, sempre com início ás 19h, será exibida a comédia “Nicotina” no Cine Humberto Mauro do Centro de Cultura Raul de Leoni. A censura é 14 anos e a entrada, franca. Trata-se de uma comédia de humor negro na qual um hacker de computador se vê encrencado com gângsteres russos depois de entregar um CD errado. A direção é de Hugo Rodriguez. Hoje, às 20h, tem Serenata Imperial. O projeto, fundado em maio de 1997, tem o objetivo de resgatar a música de boa qualidade e grandes nomes da MPB, cantando o amor das mais lindas canções. No Palácio de Cristal. Censura livre, entrada franca.

Alguns professores simplesmente não estão nem aí. Por exemplo, há Elizabeth. Desbocada, cruel e inapropriada; ela bebe, fica alta e mal consegue esperar para receber seu vale refeição e dar o fora do seu trabalho entediante. Quando ela é abandonada por seu noivo, logo traça um plano para conquistar um professor substituto rico e bonito -- mas que tem a atenção disputada por uma colega excessivamente enérgica, Amy. PLANETA DOS MACACOS A ORIGEM – Censura 12 anos – com James Franco – Horários: 15h e 19h20 todos os dias, exceto 2ª feira Planeta dos macacos - A origem, combina uma narrativa fantástica com o próximo salto da tecnologia de efeitos visuais, obtendo como resultado um filme com uma textura de ação e emoção inédita. A arrogância do Homem deflagra uma cadeia de acontecimentos que leva os símios a ter um outro tipo de inteligência e a desafiar nosso posto de espécie dominante no planeta. Caesar, o primeiro símio inteligente, é traído pelos humanos e se revolta passando a liderar a incrível corrida de sua espécie rumo à liberdade e ao inevitável confronto com o Homem. Ingressos: terças e quartas ingresso promocional a R$ 6 para todos (exceto feriados). Preço de ingressos as quintas e sextas - inteira R$ 14 e meia R$ 7. Preço de ingressos aos sábados e domingos - inteira R$ 16 e meia R$ 8.

SALA 1 QUERO MATAR MEU CHEFE – Censura 14 anos – com Jason Bateman – Horários: 14h Comédia americana sobre secretária que não suporta mais os desmandos de seu patrão. CONAN, O BÁRBARO – Censura 16 anos – com Stephen Lang – Horários: 14h, 16h, 18h15 e 20h30 Volta às telas o bárbaro das ‘pulp fictions’ e das histórias em quadrinhos, depois de ter sido encarnado por Arnold Schwarzenegger, no início da década de 80. SALA 2

Uma comédia cheia de correrias na Humberto Mauro, hoje

Mágica

XI Petrópolis Gourmet deste ano homenageia a Itália quezas culturais. A cidade recebe visitantes de todos os lugares do Brasil e do mundo, e o Petrópolis Gourmet impulsiona diversos setores da economia como turismo, gastronomia, hotelaria, comércio e serviços. Mantendo a tradição de escolher o tema do festival com base em datas importantes ou comemorações históricas, a ideia foi destacar a gastronomia italiana, já que 2011 é o Ano da Itália no Brasil, que será marcado por um calendário especial de eventos em todo o país até meados de 2012. Os restaurantes participantes deverão elaborar então um menu inspirado nesta culinária, buscando seus ingredientes mais peculiares e seus sabores mais característicos.

Na UCP

Duas palestras de interesse sobre temas diversos hoje O Centro de Teologia e Humanidades da UCP traz hoje, de 19h às 20h40, o projeto “Expoentes da Literatura”, com a autora Adélia Prado, ministrada pela professora Susana Sá Klôh. No Salão Nobre do Campus BC, Rua Benjamin Constant. Também hoje, às 19h, na sala 104 do Campus BC, o historiador Francisco Carlos Teixeira da

PROFESSORA SEM CLASSE – Censura 14 anos – com Cameron Diaz – Horários: 17h10 todos os dias, exceto 2ª feira – Sessão extra sexta e sábado, 21h20

CINE BAUHAUS R. Dr. Nelson de Sá Earp, 89 Shopping Center Bauhaus Centro

Paladar

A gastronomia está em festa. As saborosas garfadas do Petrópolis Gourmet estão de volta em sua 11ª edição, que será realizada no período de três a 26 de novembro de 2011. Com grande destaque ao roteiro gastronômico da Cidade Imperial, o festival esse ano homenageia a culinária italiana, uma das mais completas, ricas e deliciosas do mundo. Petrópolis é famosa por ser o quinto melhor pólo gastronômico do país. Possui vasta rede de restaurantes, bares, cafés, o lugar perfeito e adequado para quem aprecia a boa comida. Nada melhor então do que um festival para destacar toda essa boa gastronomia, além das belezas naturais, patrimônio histórico e ri-

CINE ITAIPAVA Est. União & Indústria, 11.000 Itaipava

Palestras diversas agitam a UCP hoje

Silva faz uma palestra intitulada “11 de Setembro – Dez Anos Depôs”, no mesmo endereço.

Show de ilusionismo em Itaipava é atração no sábado A magia e o encantamento do ilusionista Gustavo Vierini tomarão conta do Teatro Itaipava, no Shopping Estação Itaipava. Durante todo o mês. A primeira apresentação ocorrerá no dia 1º, sábado, às 18h, e o evento será aberto ao público. Vierini é mágico profissional há mais de 10 anos e recebeu o título de campeão no Festival internacional de Mágicos em 2007. O ilusionista também já se apresentou no SBT, nos programas Concurso de Mágicos e Qual é o seu talento. Para a primeira apresentação no Shopping Estação Itaipava, Gustavo promete animar o público com música, mágicas com fogo, números de levitação e uma apresentação surpresa. A apresentação marcará a volta do mágico ao Brasil, após uma temporada no Chile, onde ministrou um workshop para mágicos profissionais e se apresentou no Gala, o encontro internacional de mágicos. Sobre a experiência internacional, Gustavo afirma que a vivência em outro país e a aproximação com outros artistas do segmento o ajudaram a desenvolver um trabalho mais aprimorado.

PREMONIÇÃO 5 – Censura 16 anos – com Tony Todd – Horários: 15h, 17h, 19h e 21h Um homem tem a premonição de que ele e um grupo de colegas de trabalho irão morrer em um grave acidente em uma ponte suspensa. Todos escapam, só que isto vai de encontro ao que a morte previa. Desta forma estranhos eventos acontecem com cada um deles, de forma a matá-los. Preços: Segunda é dia de cinema. Ingressos a R$ 3 em todas as sessões. Terça a quinta (exceto feriados): Sessões iniciadas até 15h59min Inteira: R$ 10 (meia: R$ 5). Após 16h inteira: R$ 12 (meia: R$ 6). Sexta a domingo e feriados: Sessões iniciadas até 15h59min inteira: R$ 12 (meia R$ 6) Após 16h inteira: R$ 14 (meia R$ 7). Lembrando que estamos com uma promoção de terça a domingo: todas as pessoas pagam meia entrada. TOP CINE HIPERSHOPPING ABC Rua Teresa, 1415 / 2º piso Alto da Serra – Petrópolis Cine Fone: (24) 2249-9900 www.cinemaxx.com.br SALA 1 MANDA CHUVA – o filme – Censura livre – Horários: 15h 2ª feira – dia 26 – não haverá sessão A vida de Manda-Chuva é abalada por uma nova onda de crimes

em Nova York. Quem comanda este cenário é um vilão poderoso, que usa recursos tecnológicos para dominar a cidade. O Guarda Belo anda preocupado porque seu chefe está insatisfeito com sua atuação e pede providências urgentes. Manda-Chuva e sua turma estão prontos a ajudar e, claro, também a atrapalhar no meio disso tudo. PLANETA DOS MACACOS – a origem – Censura 12 anos – com James Franco – Horários: 16h40 e 20h50 2ª feira – dia 26 – não haverá sessão PRONTA PARA AMAR – Censura 12 anos – com Kate Hudson – Horários: 18h40 2ª feira – dia 26 – não haverá sessão Nova Orleans. Marley Corbett é uma jovem divertida que tem medo de se entregar completamente em um relacionamento. Ela tenta usar o humor para impedir que os problemas se agravem, mas é pega de surpresa quando, ao visitar o médico Julian Goldstein, descobre que está com uma doença grave. SALA 2 OS SMURFS – Censura livre – Horários: 14h50 2ª feira – dia 26 – não haverá sessão Gargamel e seu gato Cruel enfim encontram onde fica a pacata vila encantada dos Smurfs, graças a um descuido de Desastrado. Eles invadem o local, o que provoca uma debandada dos Smurfs. Desastrado segue o caminho errado e, devido a ser noite de lua azul, se vê diante de um portal mágico. Ele, Papai Smurf, Smurfette, Gênio, Ranzinza e Corajoso entram no portal, para escapar das garras de Gargamel. O HOMEM DO FUTURO – Censura 12 anos – com Wagner Moura – Horários: 17h e 21h 2ª feira – dia 26 – não haverá sessão Zero é um cientista genial, mas infeliz porque há 20 anos atrás foi humilhado publicamente na faculdade e perdeu Helena, o grande amor de sua vida. Certo dia, uma experiência acidental com um de seus inventos faz com que ele viaje no tempo, mais precisamente, à data da festa onde foi humilhado. Depois da chance de mudar a sua história, Zero retorna ao presente totalmente modificado e percebe uma realidade a qual não acreditava ser possível. PROFESSORA SEM CLASSE – Censura 14 anos – com Cameron Diaz – Horários: 19h 2ª feira – dia 26 – não haverá sessão TOP CINE HIPERSHOPPING MERCADO ESTAÇÃO Rua Paulo Barbosa, 310 / 1º piso Centro - Petrópolis Cine Fone: (24) 2249-9900 www.cinemaxx.com.br SALA 1 SEM SAÍDA – Censura 14 anos – com Lily Collins – Horários: 14h50, 16h50, 18h50 e 20h50 2ª feira – dia 26 – não haverá sessão Nathan descobre, sem querer e com a ajuda de Karen, que sua foto estava num site de crianças desaparecidas. Desconfiado de seus pais, ele resolve investigar o que poderia ter acontecido, mas de uma hora para outra todos que estão a sua volta começam a morrer e sua vida também está em jogo. Agora, ele enfrenta uma corrida contra o tempo para descobrir quem quer acabar com ele e porquê. SALA 2 PREMONIÇÃO 5 – Censura 16 anos – com Tony Todd – Horários: 15h, 17h, 19h e 21h 2ª feira – dia 26 – não haverá sessão SALA 3 CONAN – o Bárbaro – Censura 16 anos – com Ron Perlman – Horários: 15h40, 18h10 e 20h40 2ª feira – dia 26 – não haverá sessão

Filmes na TV

UM CAMINHO PARA DOIS – GLOBO – 16H05 – COM TOM SELLECK Fazendeiro divorciado recebe visita da filha, que está internada em um colégio, para passar as férias com ele. Só que a menina não consegue se adaptar ao estilo de vida rude do pai.


56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

QUINTA-FEIRA, 29 DE SETEMBRO DE 2011

7

CIDADE

Fundação de Saúde abre concurso para 4.554 vagas Devido à urgência em sanar os problemas no setor hospitalar do Estado do Rio de Janeiro, a Fundação Saúde está realizando concurso para contratação em empregos públicos de níveis superior e médio técnico, com salários que chegam a R$ 6.077,43. As partir das 10h de hoje, a Fundação Ceperj (Centro Estadual de Estatísticas, Pesquisas e Formação de Servidores Públicos do Rio de Janeiro), a organizadora, disponibiliza em seu site – www.ceperj.rj.gov.br - as fichas de inscrição que devem ser preenchidas até as 23h59 de 26 de outubro. São oferecidas 4.554 vagas, sendo 20% destinados a negros e índios e 5% aos portadores de deficiência. Médicos de várias especialidades e técnicos de várias áreas de atuação trabalharão nos Hospitais de Urgência e Emergência, Institutos de Saúde, Unidades de Pronto Atendimento (UPA’s) e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). O diretor de Concursos e Processos Seletivos da Fundação Ceperj aconselha os interessados a fazerem logo suas inscrições no site da organizadora, não deixando o procedimento para os últimos dias, evitando sobrecarga no sistema de processamento de dados. Segundo ele, a expectativa é de que este concurso atraia milhares de candidatos. O diretor lembra que para os candidatos sem possibilidade de acesso à internet será disponibilizado posto de inscrição presencial, que funcionará durante todo o período na sede da instituição, na Avenida Carlos Peixoto, 54, térreo, Botafogo, Zona Sul do Rio. O atendimento será feito de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h, exceto feriados e pontos facultativos. Também a partir das 10h desta quinta-feira, além das fichas de inscrição estarão no portal da Ceperj, o edital, o cronograma, quadro de provas, vencimentos, carga horária, quadro de provas e todos os anexos com as normas que regem este concurso

público da Fundação Saúde. A bibliografia de referência para todos os empregos será publicada em 4 de outubro e estará disponível no site da organizadora, ficando sob a responsabilidade do candidato acompanhá-la. Os rendimentos para os empregos de nível médio técnico são de R$ 1.210,93; para os cargos de nível superior com várias áreas de atuação chegam a R$ 2.402,64; e para o emprego de médico com várias especialidades os salários são de R$ 6.077,43. A estratégia desta seleção terá duas etapas: provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório para todos os empregos; e avaliação de títulos, de caráter estritamente classificatório, somente para os empregos de nível superior. O prazo de validade do concurso será de um ano, contado da data da publicação de sua homologação – de competência da Fundação Saúde – podendo ser prorrogado uma única vez e por igual período, a critério da Administração. Como aconselha Marcus São Thiago, antes de se inscrever, o candidato deverá se certificar de que preenche todos os requisitos exigidos. Ao preencher a ficha, ele deverá indicar o emprego/especialidade/área de atuação a que concorre e optar pelo tipo de vaga – ampla concorrência, reservada para pessoas com deficiência ou reservada para negros e índios. Também deverá optar pelo município para a realização da prova objetiva: Rio de Janeiro, Niterói, Duque de Caxias, Araruama, Petrópolis e Volta Redonda. O valor da taxa de inscrição para o emprego de médico é de R$ 150; para as outras carreiras de nível superior custa R$ 100 e para as de nível médio técnico, R$ 50. Depois de preencher todos os dados necessários, o candidato deverá imprimir o boleto bancário disponibilizado ao término do procedimento. O pagamento da taxa poderá ser efetuado em qualquer agência bancária, dando preferência às agências do Banco Itaú, obrigatoriamente por meio do boleto.

Presidente do INSS defende prazos mais longos de contribuição no país  Lourenço Melo / ABr

O tempo mínimo de contribuição dos trabalhadores celetistas (regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho) para a Previdência Social, que garante direito à aposentadoria, poderá ser alterado em função da elevação da expectativa de vida da população brasileira, constatada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Para o presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Mauro Hauschild, essa é uma das mudanças que poderão dar sustentabilidade ao sistema no futuro.

Atualmente, para se aposentar, é preciso contribuir por, no mínimo, 30 anos, no caso das mulheres, ou 35 anos, no caso dos homens. Na aposentadoria por idade, só a partir dos 60 anos de idade (mulheres) ou 65 anos (homens), regra que também poderá ser reconsiderada. Os segurados podem requerer aposentadoria quando completam qualquer uma das duas exigências básicas. Se esperar o cumprimento das duas exigências, o valor do benefício fica mais alto. Hauschild disse que a “necessidade de mudanças” é grande porque já há segurado recebendo aposentadoria por

tempo superior ao que levou contribuindo para o sistema quando estava em atividade. A mudança das regras, segundo ele, deverá evitar o agravamento do déficit da Previdência nos próximos 10 a 15 anos. Este ano, a conta deverá ficar negativa em R$ 40 bilhões. - Não há nada decidido ainda, temos que discutir isso com a sociedade, a fim de que fique garantido o futuro daqueles que estão contribuindo e que não podem vir a ser prejudicados - disse Mauro Hauschild. Outra conta deficitária preocupa o governo: o déficit anual no pagamento das apo-

Jornalista do Diário de Petrópolis recebe o Prêmio Embaixadores do Rio e é diplomada A jornalista Marise Simões, do Diário de Petrópolis, integra o grupo dos 23 Embaixadores do Rio de Janeiro em 2011. Ela e a atriz Tassia Camargo – que por motivo de força maior não puderam comparecer à premiação que ocorreu no dia 1º de julho na Casa Julieta Serpa (Flamengo) – foram diplomadas na última terçafeira, dia 27, no Hotel Pestana (Copacabana), durante a solenidade do Prêmio Joana Palhares, dentro da programação do Dia Mundial do Turismo. O prêmio foi concedido à jornalista pelo professor Bayard Boiteux, coordenador do projeto, em reconhecimento a sua atividade como profissional de comunicação como também por sua atuação como empresária de eventos que traz à cidade peças e espetáculos de grande porte dos palcos cariocas, através de sua empresa Petrópolis em Cena Produções. O Prêmio Embaixadores do Rio, idealizado há 13 anos, foi criado com a missão de auxiliar o governo municipal e a iniciativa privada na divulgação da Cidade Maravilhosa. Para Marise Simões, o

Divulgação

O título já foi entregue a Eike Batista, Luiza Brunet, Zeca Pagodinho, o carnavalesco Paulo Barros, entre outros. O prêmio Embaixadores do Rio é uma promoção da UniverCidade, Fundação Cesgranrio, da Planet Work e do site consultoria em Turismo - Bayard Boiteux.  EMBAIXADORES

A jornalista Marise Simões ao lado da atriz Tássia Camargo

anúncio da indicação ao Prêmio foi uma resposta ao trabalho realizado em prol do fomento à cultura e ao turismo. – Fiquei muito honrada ao saber que o nosso trabalho ultrapassa fronteiras e que é reconhecido na capital. Vamos continuar contribuindo cada vez mais com iniciativas que promovam o Rio de Janeiro e também as cidades do

interior – afirma a jornalista que há cerca de 4 anos já assinou a produção de cerca de 100 espetáculos teatrais e musicais, além de outras iniciativas culturais em Petrópolis e outras cidades. A proposta do prêmio é prestigiar empresários, deputados, artistas e jornalistas que promovem a Cidade Maravilhosa no Brasil e no exterior.

Prefeitura inaugura o 103° laboratório de informática A prefeitura, por meio da Secretaria de Educação, inaugurou na tarde de terça-feira (27), o 103° laboratório de informática da rede na Escola Municipal Johann Noel, no Bingen. O laboratório possui 33 microcomputadores, impressora e acesso à internet 3G, beneficiando os cerca de 650 alunos da unidade. A inauguração contou com a presença do secretário de educação, William Campos, que fez a entrega oficial do laboratório aos alunos da Johann Noel. A diretora da escola, Elisabete Cunha Saldanha, agradeceu o empenho da prefeitura em relação aos investimentos na Educação e afirmou que a inclusão digital dos alunos vai ajudar no desenvolvimento do programa pedagógico da escola. Durante a solenidade, o secretário William Campos ressaltou que a Johann Noel está entre as cinco escolas da rede que receberam a maior quantidade de computadores. - A escola ganhou de presente um dos maiores laboratórios da rede municipal de Educação – disse. Até o final deste ano, a rede municipal de Educação contará com 123 laboratórios de informática. O programa do Governo Federal, que existe desde 1997, teve a adesão do governo Mustrangi, levando acesso à informática para milhares de alunos.

sentadorias dos servidores públicos federais, que chega a R$ 48 bilhões e corresponde a um universo de aposentados bem menor do que o da iniciativa privada. Segundo Hauschild, o peso dessa conta deverá ser amortecido no futuro com a instituição da aposentadoria complementar, matéria que está em tramitação no Congresso Nacional. Se a mudança for aprovada, quem entrar agora no serviço público deverá receber, quando se aposentar, o teto da Previdência Social (R$ 3.690). Para receber o salário da ativa, teria que contratar um plano de previdência complementar.

DO RIO 2011 Os agraciados foram: a modelo Vanessa de Oliveira; a atriz Tassia Camargo; o blogueiro Franklin Toscano, a chef Cecília Borges; a hoteleira Mônica Paixão; o cirurgião Rawilson de Thuin, a nutricionista Bia Rique; a fotógrafa Cristina Lacerda; a radialista Alice Silveira; os colunistas Márcia Bahia e Acyr Mera; o arquiteto André Piva; as professoras Andréa Nakane e Ligia Azevedo; o produtor Nilton Valle; o escritor Aristóteles Drummond; a empresária Isabel Bartholomeu; Paulo Pimenta - gerente de contas internacionais do Grupo Pestana; a cantora Tânia Malheiros; os jornalistas Marcos Oliveira e Marise Simões; o empresário Rogério Elmo e Sergio Arantes.

O Governo Federal, em parceria com as prefeituras, está investindo na construção de novas unidades de educação infantil para menores de seis anos em todo o Brasil, inclusive aqui na cidade. E quadras poliesportivas também serão construídas, o que ajuda a aumentar a frequência escolar e permite a realização de atividades por toda a comunidade. Conheça outros municípios beneficiados, acesse mec.gov.br

Você e o Brasil.

Com educação, o Brasil constrói um futuro melhor.

Você tem tudo a ver com o desenvolvimento do Brasil.


8

Cartório de 3º Ofício de Petropolis 57 anos

29/09/2011

Terceiro Ofícioquinta-feira, - Petropolis - RJ 29 de setembro de 2011

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

Pag: 4

R. do Imperador, 1021 - Centro

Relação do Edital dia 29/09/2011

AVISOS E EDITAIS

Acham-se afixados neste cartório, conforme a lei 9492/97, art. 15 $1 - Processo 89.877/99 CGJ/RJ, para serem protestados os títulos de responsabilidade de:

Cartório de 3º Ofício de Petropolis

29/09/2011

Pag: 1

R. do Imperador, 1021 - Centro

Relação do Edital dia 29/09/2011 Acham-se afixados neste cartório, conforme a lei 9492/97, art. 15 $1 - Processo 89.877/99 CGJ/RJ, para serem protestados os títulos de responsabilidade de: AMOR COR CONFECCOES LTDA ME

011740406000127

RUA DOM JOAO BRAGA, N 7

Emissão:31/08/2011

Cheque Administrativo

Custas

Valor:

Protestar em 30/09/2011 BRASIL STREET WEAR COMERCIO DE ROUPAS LT

Número: 939171759

DUPLICATA MERCANTIL

Vencto:

Emissão:13/05/2011

12/09/2011

Cheque Administrativo

Custas

Valor:

Protestar em 30/09/2011

011768891000147

Vencto:

Cheque Administrativo

Custas

Protestar em 30/09/2011

Valor:

011768891000147

Cheque Administrativo

Custas

Valor:

Protestar em 30/09/2011

011768891000147

Emissão:18/03/2011

Protestar em 30/09/2011

Cheque Administrativo 106,39 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

Portador/ Cedente / Sacador

Valor:

RUA MAL DEODORO 46 SALA 801

27/09/2011

Nota Promissoria

Cheque Administrativo 100,83 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

Portador/ Cedente / Sacador

238,16

Protocolo 14699

RUA MAL DEODORO 46 SALA 801

27/09/2011

Nota Promissoria

Cheque Administrativo 100,83 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

Portador/ Cedente / Sacador

238,16

Protocolo

Custas

Protestar em 30/09/2011

RUA MAL DEODORO 46 SALA 801

27/09/2011

Nota Promissoria

14,03 Total

267,06 29/09/2011

Protocolo 14702 Pag: 2 27/09/2011

R. do Imperador, 1021 FOKUS - Centro MIL D ALIMENTOS LTDA

RUA VISCONDE DO BOM RETIRO,, 306

Vencto: 29/03/2011 Cheque Administrativo

Emissão:01/03/2011 Custas

Valor:

004235746000135

RUA MAL DEODORO 46 SALA 801

Número: UNICA

Nota Promissoria

Vencto: 20/11/2008 Cheque Administrativo

Emissão:14/03/2008 Custas

Valor:

Protestar em 30/09/2011

004235746000135

Número: UNICA

Nota Promissoria

Cheque Administrativo

Emissão:14/03/2008 Custas

Valor:

Protestar em 30/09/2011

004235746000135

Número: UNICA

Nota Promissoria

Cheque Administrativo

Emissão:14/03/2008 Custas

Valor:

Protestar em 30/09/2011

004235746000135

Número: UNICA

Nota Promissoria

Cheque Administrativo

Emissão:14/03/2008 Custas

Protestar em 30/09/2011

TUA TERESA, 662

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

0,00 Tarifa

14,03 Total

Portador/ Cedente / Sacador

14777

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

27/09/2011

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

Custas

116,12 Total

DBF FOMENTO COMERCIAL LTDA

0,00 Tarifa

14,03 Total

Portador/ Cedente / Sacador

10.130,15

Protocolo

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

14778

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

27/09/2011

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

116,12 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

10.130,15

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

14779

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

27/09/2011

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

0,00 Tarifa

14,03 Total

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

116,12 Cpmf

0,00 Tarifa

10.130,15

Número: UNICA

Nota Promissoria

Vencto: 20/04/2009 Cheque Administrativo

Emissão:14/03/2008 Custas

116,12 Total

10.130,15

Protestar em 30/09/2011 DBF FOMENTO COMERCIAL LTDA

Valor:

Vencto: 20/05/2009 Cheque Administrativo

Emissão:14/03/2008 116,12 Total

Protestar em 30/09/2011 DBF FOMENTO COMERCIAL LTDA

Valor:

Vencto: 20/06/2009 Cheque Administrativo

Custas

116,12 Total

Protestar em 30/09/2011 DBF FOMENTO COMERCIAL LTDA

004235746000135

Vencto: 20/07/2009 Cheque Administrativo

Custas

116,12 Total

Protestar em 30/09/2011 DBF FOMENTO COMERCIAL LTDA

004235746000135

Vencto:

20/08/2009

Cheque Administrativo

Custas

116,12 Total

Protestar em 30/09/2011 DBF FOMENTO COMERCIAL LTDA

Valor:

Vencto: 20/09/2009 Cheque Administrativo

Custas

116,12 Total

14,03 Total

10.130,15

Protocolo

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

14783

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

27/09/2011

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

116,12 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

Portador/ Cedente / Sacador

10.130,15

Protocolo

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

14784

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

27/09/2011

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

116,12 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

Portador/ Cedente / Sacador

10.130,15

Protocolo

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

14785

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

27/09/2011

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

10.116,12 ou Dinheiro Custas

116,12 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF 004235746000135

Valor:

0,00 Tarifa

10000,00

Número: UNICA Emissão:14/03/2008

116,12 Cpmf

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF 004235746000135

RUA MAL DEODORO 46 SALA 801 Nota Promissoria

27/09/2011

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

10.116,12 ou Dinheiro Custas

Número: UNICA Emissão:14/03/2008

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

10000,00

RUA MAL DEODORO 46 SALA 801 Nota Promissoria

Protocolo 14782

CNPJ / CPF

Valor:

10.130,15

10000,00

Número: UNICA Emissão:14/03/2008

14,03 Total

Portador/ Cedente / Sacador

10.116,12 ou Dinheiro Custas

RUA MAL DEODORO 46 SALA 801 Nota Promissoria

0,00 Tarifa

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

CNPJ / CPF

Valor:

116,12 Cpmf

10000,00

Número: UNICA Emissão:14/03/2008

27/09/2011

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

10.116,12 ou Dinheiro Custas

RUA MAL DEODORO 46 SALA 801 Nota Promissoria

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

CNPJ / CPF 004235746000135

Número: UNICA Custas

14781

10000,00

RUA MAL DEODORO 46 SALA 801 Nota Promissoria

Protocolo

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

10.116,12 ou Dinheiro Custas

10.130,15

14786

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

27/09/2011

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

10000,00 116,12 Cpmf

0,00 Tarifa

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

27/09/2011

116,12 Cpmf

14,03 Total

0,00 Tarifa

14,03 Total

10.130,15 29/09/2011

Protocolo

14792 27/09/2011 Pag: 5

Valor:

Custas

106,39 Total

Protestar em 30/09/2011 PRAMIM COMERCIO E REP ROUPAS LTDA

Emissão:27/07/2011 120,27 Total

0,00 Tarifa

14,03 Total

10.130,15

Portador/ Cedente / Sacador

Protocolo

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

14794

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

27/09/2011

Valor:

0,00 Tarifa

14,03 Total

10.130,15

Protocolo

001 - BANCO DO BRASIL SA

14746

D B FACTORING FOMENTO MERCANTIL LTDA.

27/09/2011

LIPPE CONFECCOES LTD CNPJ095834768000177 693,33

808,06 ou Dinheiro Custas

114,73 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

822,09

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF 002404908000196

Valor:

116,12 Cpmf

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF 005294593000160

Protocolo

001 - BANCO DO BRASIL SA

14737

C.E.LINHAS TEXTEIS LTDA

27/09/2011

C.E.LINHAS TEXTEIS LTDA 405,00

511,39 ou Dinheiro Custas

106,39 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

525,42

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF 005731208000285

Valor:

116,12 Cpmf

10000,00

Protocolo

399 - HSBC BANK BRASIL SA BANCO MULTIPL

14635

HSBC BANK BRASIL S/A BANCO MULTIPLO

26/09/2011

DETROITH INDUSTRIA E COMERCIO LTDA

Número: 01219

Custas

27/09/2011

10.116,12 ou Dinheiro Custas

R DO IMPERADOR 75 LJ 14

Cheque Administrativo

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

Número: 1874-11 Emissão:14/09/2011

Protocolo 14793

10.116,12 ou Dinheiro Custas

RUA TERESA, 1180

Cheque Administrativo

Portador/ Cedente / Sacador JOSE MARIA ALVES DA SILVA

1090,00

1.210,27 ou Dinheiro Custas

120,27 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

1.224,30

Intimo-os a pagarem ( através de cheque administrativo ou dinheiro com guia de pagamento a ser retirada neste tabelionato ), ou no caso da falta de aceite, comparecer para aceita-lo, ou dar-me as razões por que não o faz. Ficando assim já intimado do respectivo protesto no prazo estipulado na forma da lei.

Petropolis, 29/09/2011 João Correia Lima Neto - Escrevente

MANUTENÇÃO E MELHORIA NA REDE COM INTERRUPÇÃO NO FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA Visando prestar um serviço de melhor qualidade, a AMPLA comunica a seus clientes que interromperá o fornecimento de energia elétrica, para possibilitar a execução de obras e melhoramentos da rede, nos municípios de Petrópolis e Areal nas seguintes localidades: s 02/10/2011, das 11:00h às 16:30h, Petrópolis - Provisória: Próximo da Rua Brigadeiro Castrioto e adjacências. Das 12:00h às 16:30h, Arcas: Próximo da Servidão 01, Estrada das Arcas, Rua Manoel Leal Nunes e adjacências. Cliente Especial: Uenclei de Carvalho Oliveira. Das 10:00h às 12:00h, Areal - Centro: Próximo da Rua Jorge Luis dos Santos, E. Barragens-A, Torres, BR 040, Mônica Mundo Novo, Condomínio Quinta do Ipê, Álvaro Quintela, Estrada Vila Dantas s/nº, Julioca Ilha Santa Maria e adjacências. Clientes Especiais: Advanced Nutrition Ind. Com. de Alimentos e Cereais, Darrow Laboratórios S/A e Rio Branco Alimentos S/A. O restabelecimento de energia poderá voltar antes do horário previsto.

SEPULTAMENTO quarta-feira, 28/09/2011 Cemitério Municipal

Maria José Miranda Silva, 76 anos, Corrêas, 15h30 Maria das Merces Messias Inácio, 74 anos, Mosela, 15h Nadyr Gabriela dos Santos, 97 anos, Bairro Castrioto, 16h Marco Antônio Rodrigues Coutinho, 53 anos, Quitandinha, 16h30 Nivaldo Dias, 48 anos, Centro, 16h30 Maria da Glória dos Santos Silva, 83 anos, Cremerie, 14h Cemitério de Itaipava Não houve sepultamentos OBS. AS INFORMAÇÕES ACIMA SÃO FORNECIDAS AO DIÁRIO POR FUNCIONÁRIOS DAS SECRETARIAS DOS CEMITÉRIOS,

Há 30 anos era publicado O DIÁRIO não circulou no dia 29 de setembro de 1981, uma terça-feira.

Protocolo

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

10.116,12 ou Dinheiro Custas

Protocolo 14791

Protocolo 29/09/2011 14780 Pag: 3

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF

10.130,15

Portador/ Cedente / Sacador

27/09/2011

14,03 Total

14,03 Total

Protocolo

10000,00 Edital dia 29/09/2011

RUA MAL DEODORO 46 SALA 801

MASTERBORD ETIQUETAS E BORDADOS LTDA.

DUPLICATA MERCANTIL

Portador/ Cedente / Sacador

116,12 Cpmf

114,73 Total

Protestar em 30/09/2011

Vencto: 11/09/2011

10.116,12 ou Dinheiro Custas

004235746000135

Custas

Vencto: 17/09/2011 116,12 Cpmf

Acham-se afixados neste cartório, conforme a lei 9492/97, art. 15 $1 - Processo 89.877/99 CGJ/RJ, para serem protestados os títulos de responsabilidade de:

Protestar em 30/09/2011

Cheque Administrativo

DUPLICATA MERCANTIL

MARIA ALVES DA SILVA UNICA 1021 JOSE R. do Imperador, - Centro Número:

Emissão:14/03/2008Relação Valor: do

Protocolo

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

JOSE MARIA ALVES DA SILVA Terceiro Ofício - Petropolis - RJ

Nota Promissoria

10.130,15

10000,00

004235746000135

Emissão:22/08/2011

Vencto: 16/09/2011 116,12 Cpmf

0,00 Tarifa

10000,00

Número: 0546-01

DUPLICATA MERCANTIL

Cedente / Sacador CNPJ / CPF Cartório de 3º Ofício de Portador/ Petropolis

RUA MAL DEODORO 46 SALA 801

Cheque Administrativo

27/09/2011

10.116,12 ou Dinheiro Custas

116,12 Total

DBF FOMENTO COMERCIAL LTDA

Vencto: 20/03/2009

Valor:

116,12 Total

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

10000,00

RUA MAL DEODORO 46 SALA 801

Vencto: 20/02/2009

Protocolo

Custas

Protestar em 30/09/2011 GANGA ZUMBA COM DE ROUPAS LTDA

CNPJ / CPF

DBF FOMENTO COMERCIAL LTDA

Emissão:14/03/2008

14776

10.116,12 ou Dinheiro Custas

116,12 Total

296,16

10000,00

RUA MAL DEODORO 46 SALA 801

Vencto: 20/01/2009

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF

DBF FOMENTO COMERCIAL LTDA

14,03 Total

116,12 Cpmf

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

CNPJ / CPF

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

10.116,12 ou Dinheiro Custas

116,12 Total

0,00 Tarifa

Cheque Administrativo

Valor:

Número: UNICA

Vencto: 20/05/2010 100,83 Cpmf

27/09/2011

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

004235746000135

Nota Promissoria

10000,00

RUA MAL DEODORO 46 SALA 801

Vencto: 20/12/2008

RUA MAL DEODORO 46 SALA 801

CNPJ / CPF

DBF FOMENTO COMERCIAL LTDA

116,12 Total

27/09/2011

10.116,12 ou Dinheiro Custas

116,12 Total

Custas

FOKUS MIL D ALIMENTOS LTDA

CNPJ / CPF

DBF FOMENTO COMERCIAL LTDA

Cheque Administrativo

DBF FOMENTO COMERCIAL LTDA

282,13 ou Dinheiro Custas

100,83 Total

Protestar em 30/09/2011

004235746000135

Emissão:14/03/2008

14703

181,30

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

10000,00

Número: UNICA

341 - BANCO ITAU SA FOKUS MIL D ALIMENTOS LTDA

Número: 4735/1

DUPLICATA MERCANTIL

Protocolo 14790

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

RUA MAL DEODORO 46 SALA 801

Protestar em 30/09/2011

Protocolo

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF

DBF FOMENTO COMERCIAL LTDA

Nota Promissoria

Portador/ Cedente / Sacador

10.130,15

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

MARIA ALVES DA SILVA R. do Imperador, 1021 JOSE - Centro JOSE MARIA ALVES DA SILVA Número: UNICA

Protestar em 30/09/2011

Protestar em 30/09/2011

CNPJ / CPF

14,03 Total

Relação do Edital dia 29/09/2011

Vencto: 20/04/2010

011768891000147

0,00 Tarifa

10000,00 Emissão:14/03/2008 Valor: Vencto: 20/03/2010 Acham-se afixados neste cartório, conforme a lei 9492/97, art. 15 $1 - Processo 89.877/99 CGJ/RJ, para serem Cheque Administrativo Custas 116,12 Total 116,12 Cpmf 14,03 Total 10.116,12 ou Dinheiro Custas 10.130,15 0,00 Tarifa protestados os títulos de responsabilidade de:

167,60 Emissão:02/02/2011 Valor: Vencto: 02/03/2011 Acham-se afixados neste cartório, conforme a lei 9492/97, art. 15 $1 - Processo 89.877/99 CGJ/RJ, para serem Cheque Administrativo Custas 100,83 14,03 Total Total 268,43 282,46 0,00 Tarifa protestados os títulos de responsabilidade de: ou Dinheiro Custas 100,83 Cpmf

BRUNA DE LOURDES DA CRUZ MARQU

116,12 Cpmf

004235746000135 JOSE MARIA ALVES DA SILVA Terceiro Ofício - Petropolis - RJ

DBF FOMENTO COMERCIAL LTDA

14701

0,00 Tarifa

27/09/2011

Cartório de 3º Ofício de Portador/ Petropolis Cedente / Sacador CNPJ / CPF

FOKUS MIL D ALIMENTOS LTDA

100,83 Cpmf

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

10.116,12 ou Dinheiro Custas

116,12 Total

341 - BANCO ITAU SA

152,20

Valor:

Protocolo 14789

10000,00

004235746000135

Emissão:14/03/2008

10.130,15

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

Número: UNICA

Vencto: 20/02/2010

14,03 Total

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF

DBF FOMENTO COMERCIAL LTDA

FOKUS MIL D ALIMENTOS LTDA

FOKUS MIL D ALIMENTOS LTDA Número: Relação do4436/1 Edital dia 29/09/2011

DUPLICATA MERCANTIL

Protestar em 30/09/2011

341 - BANCO ITAU SA

Valor:

0,00 Tarifa

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

10.116,12 ou Dinheiro Custas

116,12 Total

116,12 Cpmf

10000,00

004235746000135

Emissão:14/03/2008 Custas

27/09/2011

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

Número: UNICA

Vencto: 20/01/2010

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

CNPJ / CPF

DBF FOMENTO COMERCIAL LTDA

14698

Terceiro Ofício - Petropolis - RJ 011768891000147 341 - BANCO ITAU SA

RUA VISCONDE DO BOM RETIRO,, 306

Protestar em 30/09/2011

Protocolo 14788

10.116,12 ou Dinheiro Custas

116,12 Total

FOKUS MIL D ALIMENTOS LTDA

Cartório de 3º Ofício de Portador/ Petropolis Cedente / Sacador CNPJ / CPF

BRUNA DE LOURDES DA CRUZ MARQU

Protocolo

Custas

341 - BANCO ITAU SA

253,03 ou Dinheiro Custas

100,83 Total

565,70

Valor:

10.130,15

10000,00

004235746000135

Emissão:14/03/2008

14,03 Total

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

Número: UNICA

Vencto: 20/12/2009

FOKUS MIL D ALIMENTOS LTDA

Número: 4878/1

DUPLICATA MERCANTIL

Custas

SUBURBAN I E C DE ROUPAS LTDA

123,30

RUA VISCONDE DO BOM RETIRO,, 306

Cheque Administrativo

Nota Promissoria

CNPJ / CPF

BRUNA DE LOURDES DA CRUZ MARQU

Vencto: 19/04/2011

RUA MAL DEODORO 46 SALA 801

0,00 Tarifa

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF

DBF FOMENTO COMERCIAL LTDA

27/09/2011

Valor:

116,12 Cpmf

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

10.116,12 ou Dinheiro Custas

116,12 Total

14693

224,13 ou Dinheiro Custas

100,83 Total

Custas

Protestar em 30/09/2011

BANCO SAFRA S/A

FOKUS MIL D ALIMENTOS LTDA

Número: 4596/2 Emissão:15/02/2011

Protocolo

123,30

RUA VISCONDE DO BOM RETIRO,, 306 DUPLICATA MERCANTIL

1.483,90

004235746000135

Emissão:14/03/2008

237 - BANCO BRADESCO S A

CNPJ / CPF

BRUNA DE LOURDES DA CRUZ MARQU

Vencto: 15/03/2011

Portador/ Cedente / Sacador

224,13 ou Dinheiro Custas

100,83 Total

14,03 Total

FOKUS MIL D ALIMENTOS LTDA

Número: 4596/1 Emissão:15/02/2011

0,00 Tarifa

445,28

RUA VISCONDE DO BOM RETIRO,, 306 DUPLICATA MERCANTIL

120,27 Cpmf

27/09/2011

10000,00

Número: UNICA

Vencto: 20/11/2009 Cheque Administrativo

CNPJ / CPF

BRUNA DE LOURDES DA CRUZ MARQU

08/03/2011

Nota Promissoria

JOSE MARIA ALVES DA SILVA

CNPJ / CPF

DBF FOMENTO COMERCIAL LTDA RUA MAL DEODORO 46 SALA 801

551,67 ou Dinheiro Custas

106,39 Total

Protestar em 30/09/2011

27/09/2011

Valor:

14787

10.116,12 ou Dinheiro Custas

116,12 Total

14759

CNPJ / CPF 012742507000108

Emissão:14/03/2008 Custas

W J F BORDADOS LTDA

1349,60

VL JOSE AUGUSTO GUERRA PEIXE, 06, ,

Cheque Administrativo

Protocolo

JOSE MARIA ALVES DA SILVA JOSE MARIA ALVES DA SILVA

Número: UNICA

Nota Promissoria

001 - BANCO DO BRASIL SA

1.469,87 ou Dinheiro Custas

120,27 Total

Protocolo

W J F BORDADOS LTDA

Número: 002610

DUPLICATA MERCANTIL

Vencto: 19/09/2011

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF

004235746000135

RUA MAL DEODORO 46 SALA 801

Vencto: 20/10/2009

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF

DBF FOMENTO COMERCIAL LTDA

Terceiro Ofício - Petropolis - RJ

Protestar em 30/09/2011

Protestar em 30/09/2011

10.130,15

Leia o DIÁRIO DIGITAL: www.diariodepetropolis.com.br


RETIRO A paróquia de São Tomás de Aquino, no Bairro Retiro, tem expedientede 2ª a 6ª feira de 13h até 18h e aos sábados de 8h até 12h. Ela atende as capelas de Nossa Senhora das Vitórias (Comunidade do Neylor), Santa Teresinha (Cocada), Nossa Senhora Aparecida (Alemão), entre outras.

D

iário nos

B

airros

diarionosbairros@diariodepetropolis.com.br

Contra demora da aprovação Entidade de Itaipava divulga texto de campanha contra a participação de animais em eventos. Lembra projeto de Lei que proíbe isso

O Grupo de Assistência e Proteção aos Animais e Meio Ambiente – GAPA/ MA – de Itaipava, está divulgando uma notícia sobre um projeto de Lei federal que proíbe a participação de animais em espetáculos. A informação virou campanha e os membros da entidade estão pedindo a adesão pública no sentido de fortalecer de vez a proibição. O texto é de Ângela Caruso e nele ela lembra que o projeto de Lei está um ano na fila esperando a votação na Câmara dos Deputados. Assinala ainda que se por ventura ele for votado ainda tem que voltar ao Senado de onde teve origem e, portanto, não existe previsão de transformar-se de vez em Lei Federal. Na campanha ela referese que uma enquete realizada

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Animais no circo. GAPA/MA adere campanha contra participação

pela Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados somou 285 mil participações computadas resultando em 82% de votos contrários a participação de animais em espetáculos, participações em circos e outros eventos afins. Lembra também de uma pesquisa com telespectadores em uma emissora de TV que obteve o resultado de 96% de pessoas contrárias aos bichos participar de promoções públicas. Outro lamento de Ana Caruso é que o texto do projeto ainda dá um prazo de oito anos para a retirada total dos animais em participações em eventos, principalmente em circos. No final do texto ela chama a atenção com um bordão: - Animal em circo não é cultura e nem diversão. É barbárie! Circo legal não tem animal.

9

ALCOÓLICOS ANÔNIMOS Hoje 19h: Grupo 27 de Maio, Rua Bingen, 261 Amor e Atração, Avenida Leopoldina, 596, Nogueira. 19h30: 28 de Janeiro, Rua Paulo Barbosa, 180,Centro; Estrela de Araras, Escola Estadual de Araras; Morin, Igreja deNossa Senhora da Glória; e Petropolitano Rua Santos Dumont, 100, Centro.

Evento na São Charbel festeja o aniversário e dedicação de amiga Grão de Bico a portuguesa, arroz, batata corada e salada. O cardápio é do almoço beneficente que a Associação Espaço Educativo São Charbel, do Caxambu, vai promover no domingo próximo a partir de 12h30 na sede da instituição, na Rua Flávio Cavalcanti, 51. Os organizadores estão convidando o público para participar.

O almoço beneficente vai comemorar os 60 anos de idade da amiga da Creche São Charbel, carinhosamente chamada de Carminha. A Associação lembra que ela dedica 25 anos de vida a instituição com esforço e simpatia. O preço do convite é R$ 10,00 não sendo incluídos sobremesas e bebidas e podem ser confirmados pelo telefone 2242 0027.

A Comunidade da Atílio Maroti vai reverenciar a Bíblia hoje à noite com a Procissão da Palavra que sairá do ponto final do ônibus na Rua Atílio Maroti em direção a Capela de Nossa Senhora do Carmo, no número 570. O cortejo dará partida as 19h30 e os fiéis iniciam a concentração uma hora antes da saída. As comemorações do mês da Bíblia tiveram inicio no

primeiro dia de setembro. No Quarteirão Brasileiro a Procissão da Palavra foi ontem com os fiéis percorrendo as ruas do bairro em direção a Capela de Nossa Senhora das Graças, na Rua Professor João de Deus, 345. Amanhã as 19h30 será celebrada a Missa de São Jerônimo, na Catedral São Pedro de Alcântara, no encerramento das comemorações.

Procissão da Palavra comemora a Bíblia hoje na Atílio Maroti

Ainda tem convite para almoço Presidente do SOS aplaudido em discurso sobre atos da instituição beneficente do Lions Itaipava

Na abertura das olimpíadas internas no inicio da semana na Escola Riscos e Rabiscos, na Castelânea, o presidente Antonio Carlos de Souza Pires, o Cal, do Grupo Assistencial SOS Vida, foi muito aplaudido em seu discurso. Ele agradeceu a instituição por con-

vidá-lo e homenageá-lo e deu ênfase ao histórico da entidade a qual preside. - O Grupo Assistencial SOS Vida nasceu de um sonho de melhor servir ao próximo, oferecendo dignidade e qualidade de vida aos irmãos menos favorecidos. A dedicação principal

é o atendimento aos portadores do HIV/Aids e dependentes químicos. Estes são os dois grandes desafios para a nossa sociedade: vencer a exclusão e trabalhar a promoção humana – enfatizou. Cal lembrou que o SOS Vida não foi construído por

uma pessoa só, lembrando e homenageando cada um voluntário, pacientes, religiosos, enfim todos os que caminharam com ele na obra. No final ele declamou um poema do médico Dinizar de Araújo Filho que é integrante do Banco de Horas de Medicina do SOS Vida.

Ainda há reservas de convites de participação no almoço beneficente que o Lions Clube Itaipava vai promover no domingo em benefício ao Grupo Assistencial SOS Vida. A renda será revertida em apoio aos projetos da instituição destinados aos portadores do vírus HIV/Aids, dependentes químicos e seus familiares.

O almoço beneficente será realizado no Instituto Estação do Saber, na Rua Afrânio de Mello Franco, 355, no Quitandinha e está previsto para iniciar as 12h30. Os coordenadores estão recebendo as reservas pelos telefones 2231 2927/9212 0423 (Creuza) ou 2245 0322/9112 0423 (Carlos Alberto).

ECONOMIA

Continua o impasse sobre a distribuição dos royalties n Marcos Chagas/ABr

O relator do projeto de lei que trata da redistribuição dos royalties de petróleo, Vital do Rêgo (PMDB-PB), disse que há espaço para se tentar uma negociação com os estados produtores até a próxima terça-feira (4) e, assim, evitar que seja colocado em votação, no dia 5 de outubro, o veto presidencial à Emenda Ibsen – que estipulou a partilha dos recursos de forma igualitária, com base nos fundos de participação do estado e do município.

Ontem, o presidente do Senado, José Sarney (PMDBAP), confirmou que convocará uma sessão do Congresso Nacional no dia 5 caso não haja acordo sobre a matéria. Para ganhar tempo, o relator disse que, dificilmente, apresentará nesta semana o seu parecer. - Creio que poderemos chegar a um acordo. Hoje, por exemplo, estou me dedicando a conversas com representantes dos estados produtores disse Vital do Rêgo. Sarney, por sua vez, reconheceu a dificuldade de se

chegar a um acordo no caso dos royalties por se tratar de um tema “controverso”. Ele considerou natural, no andamento das discussões em plenário, que sejam postas “posições de diversas bancadas que têm pontos de vista diferentes”. Para que a matéria seja votada, os senadores precisam, antes, apreciar quatro medidas provisórias que obstruem a pauta. O líder do PT, Humberto Costa (PE), disse que, hoje, é pouco provável que o Senado vote mais de uma dessas MPs.

Taxa de desemprego fica estável em agosto, apontam Dieese e Fundação Seade n Bruno Bocchini/ABr

O total de desempregados no mês de agosto nas sete regiões metropolitanas pesquisadas pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), em parceria com a Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade),

totalizou 2,414 milhões de pessoas, 27 mil a menos que no mês anterior. Segundo a Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED), divulgada ontem, na capital paulista, a taxa de desemprego ficou em 10,9% em agosto, praticamente a mesma da de julho (11%). Em agosto do ano passado, o

índice estava em 11,9%. A região metropolitana de Salvador registrou, em agosto, o maior percentual de desempregados (15,6%), seguida de Recife (13,8%) e Brasília (12,3%). A pesquisa é feita nas regiões metropolitanas de São Paulo, Belo Horizonte, Fortaleza, Brasília, Porto Alegre, Recife e Salvador.

Tranqüilidade

para a sua empresa

Contabilidade de última geração, sistema avançado de informática Escrita Fiscal – Rotinas Trabalhistas e Folha de Pagamento Sistemática Departamento Jurídico – Direito Cível – Direito Trabalhista Projetos Econômicos – Análise de viabilidade e capacidade de sua empresa – Administração de Bens e Serviços – Corretagem e Administração de Imóveis – Equipe com treinamento especializado Direção Técnica: Márcio Tesch Economista – Corecon 10582 Advogado – OAB/RJ 59.566 Tec. Contab. – CRC/RJ 25.384-0

Rua do Imperador, 772 – Gr 105/106 – Centro Petrópolis – RJ. Tel/Fax: (024) 2231-6212 / 2231-3322

Leia e assine o Diário de Petrópolis Tel.:2246-3807


10

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

ESPORTES

esportedp@gmail.com

Petropolitano e Serrano se enfrentam hoje Hoje, dia 29, a partir das 19h, no Ginásio Afonso Paoni, acontecerão os jogos das categorias Sub-9, Sub-11 e Sub-13 entre o Serrano e Petropolitano, válidos pela última rodada do turno do Campeonato Municipal de Futsal. Os confrontos foram adiados devido a um acidente com um jogador de Sub-9 do Petrô. As equipes do Petrô treinaram na terça-feira e estão definidas para as partidas, com os técnicos Leonardo, Ademilson e Berg procurando manter a melhor formação para continuar ocupando a posição de destaque na tabela da competição. As categorias Sub-11 e Sub-13, estão invictas nos dois campeonatos, enquanto o Sub11, com apenas uma derrota, têm uma semana de muitas atividades e de jogos bastante difíceis. - A nossa expectativa é que realmente seja uma noite de festa a ser proporcionada pelos pequenos atletas que irão reviver um clássico do futebol petropolitano que perdura desde 1920 e que no decorrer destes longos anos marca a história gloriosa do futebol amador de nossa cidade – disse Délio Kronemberger, vice-presidente de esportes do Petropolitano. Além de enfrentar o Serrano, as três categorias do Petrô voltam a jogar no próximo sábado, a partir das 17h30, no Ginásio José Borzino, contra o Palmeira, outra agremiação com equipes que vêm se apresentando bem no Municipal. Pela manhã, no sábado, os mesmos atletas que atuam no futsal, estarão à disposição dos técnicos Ademilson, no Sub-11, e de Francisco Lima, no Sub-13, para atuarem pela Copa Light de Futebol de Campo, contra o Bangu. Os jogos serão realizados no Es-

Fotos: Divulgação

tádio Carlos Guinle. Ambos, além dos técnicos Leonardo e de Berg, têm a incumbência de conciliar a formação das equipes de futsal com as de futebol de campo, procurando os melhores resultados para o alvinegro. - Eles procuram principalmente, meios para evitar o desgaste físico dos atletas – concluiu Délio. nRodada

de futsal Além de Serrano e Petropolitano que se enfrentam hoje pela última rodada, o returno será aberto sábado, de acordo com a Liga Petropolitana de Desportos. Sub-9 – 15h – Ginásio Casa de Portugal – Internacional x Serrano; 17h – Ginásio de Cuiabá – Boa Esperança x Vera Cruz; 17h30 – Ginásio José Borzino – Petropolitano x Palmeira. Sub-11 – 16h – Boa Esperança x Vera Cruz; 16h – Internacional x Serrano; 18h30 – Petropolitano x Palmeira. Sub-13 – 15h – Boa Esperança x Vera Cruz; 17h – Internacional x Serrano; 19h30 – Petropolitano x Palmeira. nROdada

de campo Já a 6ª rodada do turno do Campeonato Municipal de Futebol de Campo nas categorias Sub-15 e Sub-17 serão realizados no domingo. Os confrontos serão: Sub-15 – 9h – Estádio Luciano Ferreira da Costa – Divino – Carangola x Vera Cruz; 9h – Posse x Petropolitano; 9h – Estádio Osório Júnior – Cascatinha x Internacional. Sub-17 – 11h – Estádio Sete de Setembro – Moinho Preto - Vera Cruz x Secretário; 11h – Estádio Álvaro Catão – Alto da Serra – Internacional x Posse; 13h30 – Estádio Carlos Guinle – Valparaíso – Petropolitano x Cascatinha.

xxxxxxxxxxx

Os jogadores de Sub-9 e Sub-11 do Petropolitano terão um jogo difícil hoje à noite contra o Serrano, no Ginásio Afonso Paoni

Resultados do primeiro turno mostram equilíbrio entre os participantes Sub-9 1ª rodada – Vera Cruz 0 x 0 Boa Esperança, Serrano 9 x 2 Internacional, Palmeira 2 x 4 Petropolitano. 2ª rodada – Boa Esperança 0 x 11 Serrano, Petropolitano 12 x 1 Vera Cruz, Internacional 2 x 11 Palmeira. 3ª rodada – Vera Cruz 0 x 6 Serrano, Palmeira 12 x 0 Boa Esperança, Petropolitano 9 x 0 Internacional. 4ª rodada – Boa Esperança 1 x 15 Petropolitano; Internacional 3 x 0 Vera Cruz; Serrano 1 x 1 Palmeira.

5ª rodada – Vera Cruz 0 x 20 Palmeira; Internacional x Boa Esperança; Serrano x Petropolitano. Sub-11 1ª rodada – Vera Cruz 3 x 1 Boa Esperança; Serrano 5 x 4 Internacional; Palmeira 7 x 3 Petropolitano. 2ª rodada – Boa Esperança 1 x 6 Serrano; Petropolitano 9 x 2 Vera Cruz; Internacional 4 x 7 Palmeira. 3ª rodada – Vera Cruz 0 x 5 Serrano; Palmeira 7 x 1 Boa Esperança; Petropolitano

4 x 1 Internacional. 4ª rodada – Boa Esperança 1 x 4 Petropolitano; Internacional 8 x 1 Vera Cruz; Serrano 6 x 1 Palmeira. 5ª rodada – Vera Cruz 1 x 16 Palmeira; Internacional x Boa Esperança; Serrano x Petropolitano. Sub-13 1ª rodada – Vera Cruz 5 x 10 Boa Esperança; Serrano 11 x 1 Internacional; Palmeira 3 x 11 Petropolitano. 2ª rodada – Boa Esperança 5 x 2 Serrano; Petropolitano 10 x 1 Vera

Cruz; Internacional 3 x 2 Palmeira. 3ª rodada – Vera Cruz 0 x 9 Serrano; Palmeira 4 x 5 Boa Esperança; Petropolitano 6 x 3 Internacional. 4ª rodada – Boa Esperança 3 x 4 Petropolitano; Internacional 4 x 0 Vera Cruz; Serrano 4 x 4 Palmeira. 5ª rodada – Vera Cruz 1 x 13 Palmeira; Internacional x Boa Esperança; Serrano x Petropolitano. Obs.: Resultados de todos os jogos foram fornecidos pela diretoria de esportes do Palmeira.

Campeonato Interclubes de Futmesa será na cidade A Confederação Brasileira de Futebol de Mesa e a Federação de Futebol de Mesa do Estado do Rio de Janeiro oficializaram a realização do V Campeonato Brasileiro Interclubes - modalidade 12 Toques em Petrópolis. A competição inédita na cidade será realizada no ginásio de esportes do Petropolitano Foot-Ball Club (Valparaíso) que demonstra, mais uma vez, o seu apoio à modalidade. Petrópolis recebera de 12 a 15 de novembro a principal competição do futmesa nacional. Serão 24 equipes

representando oito estados. Estarão em ação os melhores jogadores de clubes como: Corinthians, atual campeão Brasileiro interclubes, Palmeiras, tricampeão Brasileiro interclubes 2007/08/09, Vasco da Gama, cinco vezes campeão Estadual, América, quatro vezes campeão Estadual, Curitibano, clube onde atuam Robertinho, tricampeão Brasileiro individual Adulto, e seu pai Nilson, quatro vezes campeão Brasileiro individual Master, Almo, três vezes campeão Brasileiro individual Máster e Fluminense.

Está programado para amanhã, (30), o confronto mais difícil e equilibrado da chave B do Campeonato Estadual de Futsal: o Poker/PEC do fixo Vinícius (foto) pega o Botafogo, atual campeão carioca. O mando de quadra será alvinegro, mas ainda não foram definidos local e horário da partida. O Imperial Futsal, time de Petrópolis que está na mesma chave folga na rodada, por isso o time aproveita para treinar

n5ª etapa do Estadual

Foi realizada recentemente na AABB-Tijuca (RJ) a 5ª etapa do Campeonato Estadual Individual de Futebol de Mesa. Pela primeira vez nesta temporada, o Petropolitano não teve nenhum de seus jogadores no pódio de uma etapa. Os melhores resultados foram o 4º lugar obtido por Luiz Carlos, na categoria Master Top 20 e também o 4º lugar de Diego Freitas, na categoria Adulto Top 50. Os botonistas do Petropolitano voltam às mesas no dia 12 de outubro para a disputa da 5ª etapa do Municipal.

diariodepetropolis  

artigos, cidade, colunistas, esportes

Advertisement