Page 1

Diário

de Petrópolis

E-mail: redacao@diariodepetropolis.com.br

Site: www.diariodepetropolis.com.br

Preço do exemplar: R$ 1,20

Nº 15.982 - Terça-feira, 25 de outubro de 2011

luto Arquivo

Morre o exvereador Ari Silveira, vítima de infarto Morreu ontem o exvereador Ari Silveira, de 64 anos. O corpo está sendo velado desde ontem à noite na Câmara Municipal e será enterrado hoje, às 13h, no Cemitério de Itaipava. Ari foi vereador na legislatura de 1993 a 1996. (Página 3)

agenda Até sábado, dia 30, o Espaço Alternativo do Centro de Cultura Raul de Leoni exibe a exposição “Mostra de Arte dos Alunos do Instituto Social São José, de terça a sábado, 13h às 18h, domingos, 12h às 17h. A mostra foi organizada com o intuito de expandir os significados da arte para as crianças. (Página 6)

tragédia

Carro capota na BR-040 e mata jovem de 26 anos Um acidente trágico tirou a vida do jovem universitário Felipe Dias Danelon, de 26 anos, na tarde do último domingo. O jovem seguia pela BR040, para ir a um churrasco na casa de amigos em Araras, quando perdeu o controle do automóvel Ford Focus, que bateu no guard rail e capotou na altura do km 68 da rodovia, sentido Juiz de Fora. Felipe não resistiu ao ferimento na cabeça e morreu no local. Amigos manifestaram sua tristeza em uma rede social da internet. (Página 5)

Fotos: Divulgação

Felipe Danelon morreu no local, antes de receber socorro. O corpo do rapaz foi removido cerca de quatro horas após o acidente

Donos de restaurantes aprovam lei para sistema detector de gás Alan Alonso

Bairros O estacionamento irregular de veículos está preocupando o síndico Roberto Paulo da Silva, o Paulão, do Condomínio do Parque Residencial Príncipe do Grão Pará – BNH do Alto da Serra. Informou que tem até gente de fora do conjunto que estaciona nas vagas do pátio interno, autorizados por quem tem apartamento alugado.

O Imperial Futebol apresentou na última sextafeira o zagueiro Elton, que jogou a primeira divisão do Campeonato Carioca deste ano, pelo Olaria. Este é mais um reforço que se junta a equipe que começou a treinar no início deste mês e está se reforçando para a disputa da série B estadual, em 2012 (Página 10)

nesta edição Sebastião Nery Pág. 2

Dora Kramer Pág. 3

O projeto de Lei nº 2.791/2011 que prevê a implantação de sistema eletrônico de alarme detector de gás em centros comerciais, bares, restaurantes, lanchonetes e afins, que está tramitando na Câmara dos Vereadores, já tem o apoio de donos de estabelecimentos em Petrópolis. O objetivo do projeto, de autoria do vereador João Tobias (PPS), é minimizar os riscos de explosões provocadas por vazamento de gás. (Página 7)

Câmara decide hoje o número de vereadores

A Câmara decide hoje o número de vereadores para a próxima eleição, se continuam as atuais 15 cadeiras ou se serão 21. No entanto, há dúvidas sobre o prazo para esta decisão. Caso tenha expirado, vai vigorar o número que constar na Lei Orgânica Municipal.

(Página 9)

Esportes

57 anos

O gerente do restaurante Majórica, Gilmar Marcos Pacheco, acha importante este novo sistema

(Página 3)

Alan Alonso

Servidores do Judiciário Federal ainda em greve Os servidores do Judiciário Federal continuam em greve, pelo menos até amanhã, quando será quando o Projeto de Lei (PL) que prevê reajuste para a categoria será votado na Comissão de Finanças e Tributação, na Câmara dos Deputados, em Brasília. Em Petrópolis, tanto os servidores da Justiça Eleitoral, na Rua Dom Pedro, quanto o das Varas Federais, na Avenida Koeller, aderiram ao movimento. (Página 7)

Após o Enem, alunos da rede estadual de ensino agora vão ser avaliados no Saerj (Página 5)

A greve dos servidores do Judiciário Federal teve início no último dia 19 em todo o estado do Rio

Anuncie no Classidiário. É grátis até 12 palavras n Escreva cada letra ou sinal de pontuação nos quadradinhos n Entre uma palavra e outra, deixe um quadradinho em branco n Preencha com letra de forma bem legível e entregue na sede do Diário

Nome:........................................................................................................................................... Identidade:................................................................................................................................... Endereço:.....................................................................................................................................


2

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

Petróleo: por uma divisão justa e uma aplicação responsável do dinheiro

www.sebastiaonery.com.br

A FABRICA DE ONGS RIO – Zé Baioneta, sapateiro e muito prendado lá de Remanso, à beira do São Francisco, na Bahia, bebia muito, bebia demais. Recebeu um dinheiro do cabo chefe do destacamento policial para fazer uma bota, bebeu o dinheiro, não comprou o couro, começou a se esconder do cabo. Uma tarde, ia voltando para casa bem chumbado, encontra o cabo: - Zé Baioneta, e minha bota? - Vou fazer, seu cabo. Tive uns problemas mas vou fazer. - Faça logo, urgente. Você recebeu meu dinheiro e está me deixando desmoralizado com essa bota toda estragada, toda furada. Uma vergonha. - Nada disso, seu cabo. Pois eu vou lhe dizer uma coisa. Aqui em Remanso não tem ninguém com o prestigio do senhor. O senhor é mais importante do que o prefeito Marcelino Régis, o deputado Carlos Ribeiro. - E do que Deus? Zé Baioneta pensou um pouco: - Aí empata. PC DO B O PCdoB jogou no lixo suas velhas glorias e entrou numa disputa mais vergonhosa do que a bota furada do cabo do destacamento de Remanso. Quer ser o partido mais corrupto do governo Dilma. Mais do que o PT,o PP.E,como sabia o sapateiro Zé Baioneta,está empatando com o PR. Nos tempos dos bravos João Amazonas, Mauricio Grabois, Arruda Camara, o PC do B se dizia representante no Brasil de Mao Tse Tung e do Partido Comunista Chinês. Deve ter sido de lá que trouxe a ideia de montar aqui uma fabrica de ONGs para arrancar dinheiro publico dos governos. Logo aparecem tres baianos comandando a empreitada : Renato Rabelo presidente do PC do B, Orlando Silva ministro do Esporte, Agnelo Queiroz governador de Brasília. A Bahia não merecia essa suja baianada. O Procurador Geral da Republica, Roberto Gurgel, que já os denunciou, diz que o escandalo não é só no governo e em Brasilia:-“Tem caráter nacional” ONGs Em cada Estado o partido cria suas ONGs que fazem convenios com o ministério, a “capitania partidária” deles. Não têm suquer o pudor de deixar a mulher fora da maracutaia.A denuncia do “Estadâo” é devastadora: - “Mulher de Orlando Levou Verba Publica – Empresa de Anna Petta foi contratada por ONG do PC do B que recebeu recursos”... (autorizados pelo marido, de quem tem procuração.O dinheiro sai e volta para o partido) Nesse fim de semana, a “Veja” continua com novos documentos: -“A Coisa Fugiu do Controle – Assessores de Orlando Silva orientam sobre como enganar a fiscalização do próprio ministerio”. E a “Veja” publica a gravação de “uma reveladora conversa entre o policial João Dias (que denunciou o escândalo) e dois assessores do ministro. Ela prova que o policial, classificado agora pelo ministro como “bandido”, gozava de inacreditaveis privilegios dentro do ministerio” E, para completar, a revista “Época” diz tudo nas bancas com uma incendiada capa vermelha, a foice e o martelo e dez paginas sobre o “comunismo de resultados : - Como o ex-nanico PC do B instalou-se no centro do poder e tornou-se um foco de escandalos no governo Dilma”: - “PC do Bolso”. KADAFI Durante quase meio século o cruel e barbaro ditador Kadafi,, da Libia, ali nas barbas da Europa, prendeu, torturou e matou milhares de adversários políticos. E a Europa, a OTAN, a ONU nada disseram. Agora, Kadafi, cercado, acuado e tentando fugir da cidade onde nasceu, numa carreata de mais de cem automoveis, foi interceptado por bombas de mísseis da OTAN e literalmente entrou pelo cano de um esgoto publico e foi arrancado lá de dentro como um rato imundo, chutado, arrastado e executado com dois tiros por um comando de jovens rebelados. Vem o hipocrita e inútil Conselho de Direitos Humanos da ONU e exige um “inquérito para apurar quem atirou em Kadafi já desarmado”. Por que a ONU não denunciou o torturador e assassino Kadafi? Todo o mundo sabia. Em 24 e 26 de fevereiro ultimo escrevi aqui duas colunas sobre os crimes de Kadafi em 42 anos de escancarada ditadura : - “O Heroi Genocida” e “Um Assassino Sozinho”. LIBIA Em agosto de 1989, meus amigos Eliana e Brasil Helou, presidente da Fearab (Federação das Entidades Árabes) no Brasil, me convidaram para o “Congresso do Mundo Árabe” em Trípoli, na Líbia. Brasileiros de vários Estados. De São Paulo, os deputados Aldo Rebelo, Samir Achoa, Ricardo Izar e Maluly Neto. Do Rio Grande do Sul, o deputado Amaury Muller e a slamita Samira. Do Amazonas, a deputada Bete Azize. De Alagoas, o deputado Alberico Cordeiro. De Brasília, os jornalistas Jorge Jardim e Celina, Silvestre Gorgulho e Regina, e eu. Em doze dias, Kadafi não apareceu um sequer, com medo do mundo. Vivia enterrado nas suas tendas e bunkers no deserto. Morreu como viveu. www.sebastiaonery.com.br - sebastiaonery@ig.com.br

terça-feira, 25 de outubro de 2011

n José Serra

P

rojeto de lei do Senado, aprovado na semana passada e que ainda precisa ser votado pela Câmara, consagra a idéia de que as receitas decorrentes de royalties e participações especiais sobre petróleo e gás devem ser distribuídas também a estados e municípios não diretamente ligados à produção desses insumos. Mas, ao contrário da intenção inicial do governo Lula, que introduziu o tema na pauta nacional, o projeto vai além das receitas futuras de produção no pré-sal e avança sobre as receitas provenientes de campos que já produzem ou foram licitados. Segundo estimativas, se, em 2011, não estivesse em vigor a atual legislação, mas sim o projeto do Senado, somente o Rio de Janeiro perderia mais de 25% da receita decorrente dos royal-

ties e participações. É evidente que, independentemente de quaisquer outros juízos, a perspectiva de redução de receitas de estados produtores – principalmente Rio e Espírito Santo, pois São Paulo ainda produz pouco – gere forte reação contrária. À Câmara vai caber a responsabilidade de encontrar uma fórmula, digamos, mais justa, a qual dificilmente escaparia, entre outras coisas, de uma elevação da fatia de estados e municipios em seu conjunto. Aliás, é interessante lembrar que, segundo análise do FMI que abrangeu 16 países, o Brasil é o país que tem a mais baixa tributação média efetiva sobre petróleo. Mas eu quero voltar aqui a um tema que já tratei neste site (Dois Comentários sobre os royalties): a ausência de preocupação do Congresso e do governo quanto à destinação dos recursos estaduais e municipais a serem obtidos

do petróleo e do gás. Pode ser até impossível modificar a curto e médio prazos a alocação das receitas que já são apropriadas por essas esferas de governo, que vão predominantemente para custeio. Mas não há por que manter esse esquema para os recursos “novos” oriundos daquelas fontes. É preciso, sim, estabelecer uma vinculação desses recursos a investimentos, ao contrário do que defendeu o líder do governo na Câmara, Cândido Vacarezza (PT-SP), para quem estados e municípios poderão fazer o que quiserem com as receitas adicionais (O Globo, 21/10/2011). Alguém duvida que, na maioria dos casos, esses recursos iriam financiar consumo? Inchar máquinas? O essencial é introduzir na lei a previsão de que os recursos novos, recebidos por força da redistribuição a estados e municípios não produtores, ou por conta da

exploração de novos campos na partilha, deveriam ser destinados integralmente a investimentos fixos nos dois ou três primeiros anos. Depois, uma parcela crescente, até um quinto ou um quarto, poderia ser canalizada para o custeio das ações decorrentes daqueles investimentos. Outra possibilidade, que pode ser viável em casos de estados e municípios mais aquinhoados, seria criar fundos de poupança, cujos rendimentos iriam sendo destinados a áreas como Educação, Saúde ou Previdência. Isto traria um benefício para essas setores e, ao mesmo tempo seria sustentável a longo prazo. Não se trata de consumir o principal dos recursos do petróleo, mas de utilizar esse principal para promover benefícios sociais permanentes. n Foi deputado, senador,

prefeito e governador de São Paulo

Disputa olímpica n Cristóvam

Buarque

N

o próximo ano, Londres sediará as Olimpíadas, mas este ano, entre 5 e 8 de outubro, a cidade realizou a 41 WorldSkills Competition — as Olimpíadas Mundiais do Ensino Técnico. Durante quatro dias, 944 competidores, de 51 países de todos os continentes, disputaram medalhas em provas que simulam o dia a dia do trabalho em 46 profissões. Para receber a medalha de ouro, prata ou bronze na sua especialidade, os estudantes precisavam demonstrar habilidades técnicas e pessoais para executar as tarefas dentro de padrões internacionais de qualidade e no prazo estipulado. Em um imenso galpão onde estavam montadas as 46 oficinas, o público assistia a jovens disputando qual deles seria o melhor cozinheiro, costureiro, mecânico, torneiro, jardineiro, webdesigner, joalheiro, marceneiro, carpinteiro, pedreiro e tantas outras profissões. Algumas das profissões em disputa despertavam mais ou menos a atenção do público que acompanhava e torcia por seu país como numa competição esportiva.

Mas era uma Olimpíada diferente, porque, além da medalha, como em um esporte, os concorrentes criam e produzem; saem com empregos garantidos graças ao desempenho de uma habilidade profissional. Cada coreano vencedor recebe um prêmio de cem mil dólares. Não é por acaso que outra vez a Coreia foi o país que recebeu mais medalhas. O Brasil ficou em segundo lugar. O honroso segundo lugar do Brasil se deve especialmente ao trabalho do Senai, que enviou 23 alunos, e do Senac, que enviou 5. Foram essas duas instituições que deram a formação aos brasileiros que participaram do maior torneio de educação profissional e tecnológica do mundo. Os 28 estudantes da equipe brasileira conquistaram seis medalhas de ouro, três de prata, duas de bronze e dez certificados de excelência. As medalhas de ouro foram conquistadas por Wilian de Souza (DF), em mecânica de refrigeração; Natã Barbosa (SC), webdesign; Rodrigo Ferreira da Silva (RJ), joalheria; Gabriel D’Espíndola (PR), eletrônica industrial; Guilherme Augusto (SP), desenho mecânico em CAD; e a dupla gaúcha Maicon Pasin e Christian Alessi, em mecatrônica. Se nossas escolas técnicas federais tivessem participado, certamente teríamos

um número ainda maior de campeões. O número de campeões realmente crescerá quando o Brasil fizer duas coisas. Primeiro, quando der mais importância ao Ensino Fundamental. No mundo de hoje, para ter um bom Ensino Técnico, o aluno precisa ter tido uma boa base no Ensino Fundamental, conhecer os princípios da aritmética, álgebra, geometria e saber um pouco de inglês. Temos grandes campeões graças ao Senai e ao Senac, mas o número dos que puderam disputar — apenas 28 estudantes — foi pequeno. Imagine se, no lugar de apenas alguns milhares, tivéssemos milhões de jovens na escola técnica, todos eles com uma boa formação fundamental. Em segundo lugar, quando os jovens, os pais e os governos entenderem que, de hoje em diante, um bom emprego será mais seguro para quem tiver uma boa formação técnica do que para quem possuir um deficiente curso universitário. No Brasil, ainda dividimos a educação entre Universidade e Nada, como se o futuro estivesse apenas no Ensino Superior. Mas, quando se analisa o apagão de mão de obra de que o Brasil padece, percebe-se que a verdadeira falta é de profissionais técnicos, e não de profissionais universitários.

Por isso, se você quer um bom futuro para seu filho, deve pensar também em uma universidade, mas pense antes em um bom curso técnico. Com sua profissão garantida, com emprego certo, ele poderá pensar em um curso superior, para atender a vocação, mas não por causa do salário, que poderá ser maior como técnico especializado. Para melhorar o Ensino Fundamental, é preciso que os governos percebam a importância da boa escola, desde a primeira infância, e também que as famílias estejam atentas, visitem a escola e cobrem a qualidade educacional. Para ressaltar a importância do Ensino Técnico seria bom que o Brasil assistisse ao espetáculo da competição entre os alunos no WorldSkills. O presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, com o apoio das federações estaduais, apresentou em Londres proposta para sediarmos a 43 WorldSkills, em 2017. Até lá temos algum tempo para que as famílias incentivem os jovens na escolha de cursos técnicos, de modo a que a nação brasileira faça sua revolução educacional, criando um Ensino Fundamental de qualidade para todos. n Professor da Universidade de Brasília e Senador pelo PDT/DF

Pré-sal, educação e soberania n Domingos Neto

D

esde seu anúncio pela Petrobras no fim de 2007, o Pré-sal tem sido motivo de polêmicas e discussões intensas, seja na esfera política seja na imprensa. A partir do pré-sal, esta camada rochosa repleta de petróleo e que se estende por 800 quilômetros do litoral brasileiro, muitos têm visto a oportunidade de fortalecer os orçamentos públicos dos estados e municípios. Até aqui tudo bem. Mais que isso, a sociedade precisa mobilizar-se e estabelecer um novo enfoque sobre o pré-sal. A discussão

sobre a distribuição de recursos entre os diversos entes da Federação sem dúvida é legítima, não questiono. Lembro, porém, que se for feita tal divisão sem definir formalmente como prioridades a Educação e a Tecnologia perderemos a grande chance de fazer história e aplicar esses recursos em benefício das novas e atuais gerações, do desenvolvimento nacional e da soberania. Entretanto, os debates têm sido exclusivamente pautados pela disputa dos royalties, recursos pagos por empresa exploradora do recurso natural. De um lado, há aqueles

Diretor-Presidente e Jornalista responsável: Paulo Antônio Carneiro Dias Editora: Jaqueline Gomes

que desejam beneficiar em maior proporção os estados produtores de petróleo, especialmente Rio de Janeiro, São Paulo e Espírito Santo, distribuindo em 2012 recursos da ordem de R$ 8,8 bilhões para a União; R$ 8 bilhões para os estados nãoprodutores e R$ 12 bilhões para os estados produtores. De outro, há os que defendem a distribuição igualitária dos royalties com 30% destinados aos Estados; 30% aos municípios e 40% à União; sem tratamento diferenciado para os estados produtores, fazendo valer a chamada "Emenda Ibsen Pinheiro". Definidos os critérios de di-

de Petrópolis Diário 57 anos Uma publicação da PJ Editora e Gráfica e Jornalística Ltda

Preço do Exemplar 3ª a sábado R$ 1,20 Domingo R$ 1,80 Atrasado R$ 2,50

Assinatura Trimestral Petrópolis R$ 80,00 Rio e outros R$ 160,00

Assinatura Mensal Petrópolis R$ 28,00 Rio e outros R$ 56,00

Assinatura Semestral Petrópolis R$ 152,00 Rio e outros R$ 304,00

visão entre os estados, é fundamental preocuparmo-nos com uma questão que ainda não entrou na agenda da sociedade civil, pois há uma tendência de que os recursos oriundos do pré-sal sejam usados para os chamados "gastos ordinários", ou seja, para pagamento de despesas como folha de pagamento e materiais de consumo. O pré-sal é recurso não-renovável e não se sabe quanto tempo vai durar. É uma riqueza nacional e uma oportunidade única. Por isso, somamos nossa voz aos que clamam: 50% pra Educação já! n Deputado federal pelo PSB-CE

Site: www.diariodepetropolis.com.br E-mail: redacao@diariodepetropolis.com.br

Diretoria 2246-3807 Assinatura 2246-3807 Publicidade 2237-7849 Classificado 2246-3807 Redação 2235-7165

Rua Joaquim Moreira 106 Centro - Petrópolis - RJ Cep 25.600-000 CNPJ 02.424.864/0001-66

ABRAJORI - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS JORNAIS DO INTERIOR

As opiniões emitidas em artigos assinados não representam, necessariamente, o pensamento do jornal e são de inteira responsabilidade de seus autores. Da mesma forma, as informações e opiniões nas colunas são de responsabilidade de seus titulares.


DORA KRAMER As piores razões

O

ministro do Esporte foi mantido no cargo e, segundo reza a versão oficial, sua permanência depende da capacidade dele de estancar a enxurrada de denúncias sobre as atividades do ministério e substituir o noticiário negativo por uma agenda positiva, cujo primeiro item seria debater com o Congresso a Lei Geral da Copa. Quer dizer, se o assunto corrupção sair de cena, tudo bem: fica o dito pelo não dito. O problema não é a notícia, mas o efeito que ela produz ou deixa de produzir. Os convênios fantasmas, o descontrole na distribuição de recursos, o favorecimento a empresa da família, os assessores que ensinam o denunciante qua-

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

TERÇA-FEIRA, 25 DE OUTUBRO DE 2011

lificado como “bandido” o caminho das pedras para se safar de punições por fraudes cometidas no próprio ministério, os repasses de verbas para beneficiar correligionários do PC do B, a assinatura de contratos com gente inidônea, nada disso é levado em conta. Na ótica do governo, expressa pelo secretário-geral da Presidência, Gilberto Carvalho, a presidente Dilma Rousseff não pode “entrar na onda” nem embarcar no “clima de histeria”. Vai analisar as coisas com calma e esperar que surjam provas (um recibo de próprio punho?) contra o ministro para decidir se Orlando Silva é, ou não, uma pessoa ética, profissional, moral e tecnicamente capaz de conduzir o ministério que estará

à frente da organização da Copa de 2014 e da Olimpíada de 2016. Essas são as razões oficiais. No paralelo, são outros e mais variados os motivos pelos quais Orlando Silva por ora fica. Fica porque a presidente não quer atritos com a “base”, reabrindo a temporada de demissões de ministros. Fica porque Lula aconselhou o PC do B a vestir a “casca grossa” e deu aval como defensor junto a Dilma. Fica porque não interessa ao governo ver explodir uma briga de “famiglias” entre PT e PC do B, por conta das digitais do governador petista Agnelo Queiroz (DF) - antecessor e ex-chefe de Orlando Silva - nas atividades suspeitas do Ministério do Esporte que fizeram o procura-

dor-geral da República pedir ao Supremo Tribunal Federal uma investigação conjunta. Fica porque o PC do B é, considerando a questão sob o aspecto ideológico, “da casa”, diferentemente de partidos como PMDB e PR Fica porque os atritos com a Fifa e a CBF servem como um ótimo álibi na construção de uma tese conspiratória. Fica, sobretudo, porque o governo aposta na possibilidade - bastante plausível - de que o assunto canse a caia no vazio. Em resumo, Orlando Silva fica pelas piores razões: não por suas qualidades, mas pelos defeitos de um sistema torto e viciado. De uma sistemática de alianças que captura as melhores intenções que porventura tenha um governante para torná-lo refém (na hipótese mais generosa) de uma lógica, em si, corrupta. Sendo assim, é difícil conferir credibilidade e confiabilidade à dita disposição da presidente da República de, a partir de janeiro, montar uma equipe à semelhança da imagem de eficiência administrativa e rigor ético que ela busca transmitir ao pú-

3

blico Se Lula tem hoje liberdade para afiançar a permanência de ministros sob o argumento da luta de preservação de espaços políticos, por que deixaria de ter daqui a três ou quatro meses? ameaças entre partidos valem agora, deixariam de valer a partir da virada do ano? Se a presidente receia desagradar a seus aliados com imposição de regras mais limpas em outubro, em que bases sustentar a veracidade de um presumido destemor a ser adquirido em janeiro? Se critérios de competência e idoneidade não prevaleceram na escolha do primeiro ministério da presidente, difícil crer que prevalecerão para o segundo em condições exatamente iguais. Tempo ao tempo - O governador Geraldo Alckmin está batendo o martelo com os précandidatos tucanos à Prefeitura: as prévias no PSDB serão no primeiro trimestre de 2012. A escolha inicialmente seria no fim deste ano, mas Alckmin acha que o cenário político, notadamente de alianças, estará mais nítido em janeiro ou fevereiro.

CIDADE

Convenção do PDT elege Sabrá presidente Fotos:Arquivo

Cadeiras da Câmara: vereadores devem hoje manter em 15

Número de vereadores será definido hoje pela Câmara  Vinicius Henter viniciushenter@diariodepetropolis. com.br

A Câmara votará hoje, às 16h, qual será o número de vereadores nas próximas legislaturas. O mais provável é que os atuais vereadores cedam à pressão popular e optem pela manutenção das 15 cadeiras, sem, no entanto, saber se a votação ainda está dentro do prazo. Caso o prazo tenha expirado no dia 7 de outubro – um ano antes das eleições –, vigoraria o que constar na Lei Orgânica Municipal (LOM). Porém, a LOM de Petrópolis não define o número de vereadores no município – o que está gerando polêmica nos partidos da cidade favoráveis ao aumento do número de cadeiras. Petrópolis, por ter entre 160 mil e 300 mil habitantes, pode ter até 21 vereadores. Caso seja confirmada a perda do prazo da votação, há quem acredite na Câmara que a Justiça Eleitoral determinará que Petrópolis tenha 19 vagas no Legislativo, por ser o máximo de vereadores que os municípios com mais de 120 mil e menos de 160 mil habitantes – faixa populacional inferior a Petrópolis – podem ter, segundo a emenda à Constituição Federal que modificou o número de vereadores nas câmaras municipais de todo o país. Com a Justiça Eleitoral aumentando o número de vagas no Legislativo petropolitano de 15 para 19, os vereadores teriam mais chances de se eleger no ano que vem sem precisar passar pelo desgaste de serem os responsáveis pelo aumento. O vereador Vadinho (PSB) é a favor do aumento

para 19, seguindo orientação do seu partido. O líder do governo na Casa, vereador Márcio Arruda (PMDB), defende o aumento para 21. Ele argumenta que o orçamento da Câmara será o mesmo, independentemente do número de vereadores: 6% do orçamento municipal. PSOL, PDT e PCdoB já se posicionaram a favor do aumento para 21. Os outros vereadores afirmam que votarão em 15, com o argumento de que as despesas da Casa aumentariam, enquanto que a receita seria a mesma. Indefinição sobre os prazos para a votação Segundo a assessoria de imprensa do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ), o entendimento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é que o número de cadeiras nos legislativos municipais tem que estar definido até o início do calendário eleitoral. Porém, entre os ministros do TSE, não há consenso sobre quando começa o calendário eleitoral. Há, pelo menos, quatro entendimentos sobre o tema. Um deles é que o calendário começa um ano antes das eleições. Outro entendimento é que a votação poderia ser até o dia 1º de janeiro, já que é o início do ano das eleições. Julho, quando começa a campanha, e junho, quando são definidos os candidatos, também são considerados início do calendário eleitoral. O presidente da Confederação Nacional de Município (CNM), Paulo Ziulkoski, afirma que o prazo final termina no dia 30 de junho de ano que vem, já que esta é a data para fim da realização das convenções partidárias para as eleições de 2012.

O PDT de Petrópolis realizou sua convenção na manhã do último domingo (23), na Câmara Municipal, ocasião em que foi eleito o novo diretório da legenda na cidade. A chapa Vamos em Frente: Trabalho, Educação e Saúde foi eleita por aclamação, tendo Nelson Sabrá como presidente, Rubens Roberto Rezende (1º Vice-Presidente), Pitágoras Castilho Müller (2º Vice Presidente), José Francisco Scudese (Secretário), Alex Soares (Tesoureiro), Roberto Arruda Nóbrega (1º Vogal) e Alexandre Carlos da Rocha (2º Vogal). O ministro do Trabalho e presidente licenciado do PDT nacional, Carlos Lupi, que viria a Petrópolis para a convenção, teve que participar de um evento em outra cidade a pedido da presidente Dilma Rousseff. Após a eleição do diretório municipal, a Juventude Socialista do PDT Petrópolis realizou seu congresso municipal, com debates sobre temas diretamente ligados à juventude petropolitana, como desenvolvimento econômico, esporte e lazer, cultura, educação e saúde. Os participantes do congresso elaboraram um documento apresentando sugestões nas áreas discutidas, que foi entregue à nova executiva para que posteriormente possa ser incorporado ao programa de metas a serem defendidas pelo PDT nas eleições municipais de 2012. O Congresso Municipal da Juventude Socialista do PDT também contou com presença de Vicente Goulart, neto do ex-presidente João Goulart, que veio a Petrópolis especialmente para prestigiar o evento.

Divulgação

Nelson Sabrá presidindo a convenção municipal do PDT: o ministro Carlos Lupi não pôde participar

Em seguida, o PDT Mulher realizou o seu congresso, com temas relevantes nas áreas da educação, da saúde e do trabalho, entre outras. Foram debatidas questões como a violência contra a mulher, campanhas de prevenção de doenças como o câncer, diabetes e DST/Aids, maiores oportunidades para a mulher no mercado de trabalho, sua profissionalização, através de acessibilidade a cursos técnicos, além do investimento na qualificação e na formação continuada do profissional da educação. Sabrá defendeu o fortalecimento da figura da mulher na política petropolitana: - Contamos aqui hoje com a presença de setores representativos das mulheres na sociedade petropolitana, muitas delas pré-candidatas à Câmara Municipal nas eleições de 2012, se organizando

para estabelecer uma série de ações para a criação de políticas públicas eficientes que tenham como principal finalidade o bem estar da Mulher em nossa cidade. Ainda segundo Sabrá, os quatro principais movimentos dentro do PDT petropolitano já estão plenamente organizados, através da ação de seus coordenadores: Jamil Sabrá Neto (Juventude Socialista do PDT), Rose Silveira (PDT Mulher), Robson Silva de Paulo (Movimento Comunitário do PDT) e José Fernando Assumpção (Movimento Sindical do PDT). Além da militância pedetista na cidade, participaram da convenção personalidades, fundadores e figuras históricas do PDT: Luiz Martins, deputado estadual e líder da bancada do PDT na Alerj, Augusto Lopes Ribeiro, secretário de Trabalho e Emprego da pre-

feitura do Rio de Janeiro, Trajano Ribeiro, ex-deputado e ex-presidente da Riotur, Irani Brizola e João Leonel Brizola, respectivamente primo e sobrinho-neto do fundador do PDT, o ex-governador Leonel Brizola. Nelson Sabrá, que é précandidato a prefeito, destacou a importância da legenda como a principal opção de renovação na política municipal nas próximas eleições. - Carregamos hoje o legado do trabalhismo de Getúlio Vargas, João Goulart e Leonel Brizola, e é uma grande responsabilidade e também uma obrigação oferecer nossa candidatura própria à população petropolitana. Temos uma nominata forte de pré-candidatos a vereador, formada por homens e mulheres com credibilidade junto aos cidadãos, e o mais importante, com as mãos limpas – ressaltou.

Morre o ex-vereador Ari Silveira  Vinicius Henter

O ex-vereador Ari Silveira, de 64 anos, morreu ontem de infarto. O corpo está sendo velado desde ontem à noite na Câmara Municipal e será enterrado hoje, às 13h, no Cemitério de Itaipava. Ele deixa esposa, Beatriz Rodrigues Lopes da Silveira, e três filhas: Érica, de 26 anos, Danúbia, 30, e Carla, 32. Nascido em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, Ari Silveira foi inspetor da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e se elegeu vereador em 1992 pelo PMDB, para a legislatura de 1993 a 1996. No governo de Leandro Sampaio, entre 1997 e 2000, Ari foi di-

retor de trânsito da antiga CPT (Companhia Petropolitana de Trânsito). Como vereador, Ari foi o autor da lei que criou o Dia da Hortênsia, comemorado no dia 29 de maio, e da lei que autorizou a prefeitura a construir os pórticos na entrada da cidade, um no Bingen e outro no Quitandinha. Ele, no entanto, dizia que sua proposta era diferente da que foi posta em prática, já que defendia que os pórticos fossem interligados, com comunicação entre eles e cabines de informações turísticas. O ex-vereador já foi vice-presidente do PMDB e, em 2010, presidente da PTC. Atualmente estava sem parti-

do, mas ministrava cursos de estratégia de campanha para o PSDB nos municípios da região. Ramon Mello, ex-presidente do PSDB petropolitano, lamentou a morte de Ari. - É uma perda muito grande para a cidade. Uma pessoa extremamente íntegra, competente, bom caráter, difícil de encontrar hoje na política. Ele tinha visão e ainda poderia ajudar muito para o futuro de Petrópolis, porque tinha muita experiência na vida pública – disse Ramon. Ari Silveira sofreu o infarto no início da tarde de ontem em casa, no Retiro. Foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Centro, onde morreu.

O ex-vereador Ari Silveira


4

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

57 anos

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Curtas

Alexandre Machado

Acontece, de 4 a 6 de novembro, no Parque Municipal, em Itaipava, o II Encontro de Viaturas Militares Antigas. n

n Vai até o dia 31 deste mês, a exposição Reciclagem

colunadoalexandre@gmail.com 8131-6401

com Arte, no jirau do Arcádia Mall, em Itaipava.

Parabéns aos aniversariantes de hoje: Gabriela Rodrigues, Gabriel de Oliveira Fonseca e Junior de Paula. n

Circulando domingo na loja Sra. Serafina, Renata Fadel, que acabou comprando um lindo móvel para incrementar a decoração de sua maison. n

n A atriz Angela Vieira, que esbanja beleza, fazia suas

comprinhas no Hortomercado de Itaipava, no último fim de semana. Quinta-feira, dia 27, a Serenata Imperial se apresenta, às 20h, no Palácio de Cristal. Entrada Franca! n

Roberto Junior, assessor do deputado Bernardo Rossi, comemora aniversário amanhã! Quem vai ao escritório do deputado, no edifício Pio XII, é recebido por esta figura querida, simpática e respeitada na cidade. Ao Junior, o nosso especial abraço!

AgNews

Márcia de Paula, secretária executiva do Petrópolis Convention & Visitors Bureau, vestindo a camisa e apoiando a campanha Outubro Rosa, da APPO.

Maria Maria No restaurante do Empório Maria Maria, comandado pela chef Rosani Simas, o bom gosto e a sofisticação são notados em todos os ambientes. E o cardápio, nem se fala! é algo fantástico! Ele fica bem no centro de Itaipava, pertinho do Arcádia Mall, numa linda casa.

Mônica Funck clicada por Thiago Terres

Pra curtir! No dia 28, às 20h, o consagrado cantor João Bosco se apresenta no Theatro Dom Pedro. No show, um apanhado de antigas e novas composições. Os sambas da década de 70, da incontornável parceria com Aldir Blanc, entre dezenas de outros. Ingressos a R$ 20.

Belo exemplo! Na tarde do útimo domingo, a bela atriz da Globo, Totia Meireles circulava pela mais nova loja de decoração de Itaipava, a Sra. Serafina, das queridíssimas Manuela Carreira e Andréa Rosa.

O Grupo Detonação/Doce Textura está apoiando o movimento Outubro Rosa, conscientizando as mulheres sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama. E para isso, durante o mês de outubro, estão revertendo parte das vendas realizadas aos sábados para a APPO (Associação Petropolitana de Pacientes Oncológicos). Entre nessa causa também.

Tranqüilidade para a sua empresa

Contabilidade de última geração, sistema avançado de informática Escrita Fiscal – Rotinas Trabalhistas e Folha de Pagamento Sistemática Departamento Jurídico – Direito Cível – Direito Trabalhista Projetos Econômicos – Análise de viabilidade e capacidade de sua empresa – Administração de Bens e Serviços – Corretagem e Administração de Imóveis – Equipe com treinamento especializado Direção Técnica: Márcio Tesch Economista – Corecon 10582 Advogado – OAB/RJ 59.566 Tec. Contab. – CRC/RJ 25.384-0

Rua do Imperador, 772 – Gr 105/106 – Centro Petrópolis – RJ. Tel/Fax: (024) 2231-6212 / 2231-3322

Pão francês - R$ 5,99kg (somente no balcão)

Entrega em domicílios Rua Epitácio Pessoa, 100 (atrás dos Correios)

Centro - Petrópolis - RJ Tel. 2231-2160

Direitos Autorais Registro de Músicas Livros Eventos Culturais Agente: Domingos Capistrano Operando no Mercado a 32 anos

Tels.: (24) 2237-3210 (24) 9832-0327 Petrópolis - RJ (22) 9907-4947 Cabo Frio - RJ


terça-feira, 25 de outubro de 2011

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

5

cidade

Motorista morre após carro capotar na BR-040 O universitário Felipe Dias Danelon, de 26 anos, morreu na hora ao capotar o Ford Focus que dirigia, na altura do km 68 da rodovia BR-040, pista sentido Juiz de Fora. O acidente ocorreu no último domingo, por volta das 14h. Felipe perdeu o controle do veículo, bateu contra

o guard rail, capotou e não resistiu após sofrer o impacto na cabeça. O corpo dele foi removido do local pelos bombeiros cerca de quatro horas após o acidente. O carro ficou com a frente toda destruída. Segundo informações de um amigo da vítima, Felipe havia acabado de sair de casa,

Divulgação

no bairro Siméria, e estaria indo para um churrasco na casa de amigos, em Araras. A namorada de Felipe teria preferido ficar em casa para concluir um trabalho e por isso ele estava sozinho no carro. Tudo O corpo dele foi sepultado às 16h30 de ontem, no Cemitério Municipal.

Morte do jovem causa comoção entre amigos Amigos do jovem Felipe Danelon mostraram toda tristeza e comoção pela morte dele através de postagens em redes sociais como o Facebook. Na página do rapaz foram deixados vários comentários lamentando a perda e mensagens de apoio à família e a namorada do jovem. - Um anjo que trouxe alguém muito especial de volta pra minha vida. Graças a Deus eu tive tempo de agradecer. Obrigada, Felipehttp://www.facebook.com/felipe.danelon. Descanse em paz - comentou uma amiga. - Uma pequena homenagem a perda de um camarada que com certeza ficaria feliz em ver seu time hoje liderar o brasileirão. Felipe vá com Deus – escreveu um outro colega, em

referência ao amigo, que era vascaíno. Alguns outros demonstravam total incredulidade com a morte de Felipe. - Muito difícil de entender. Desejo muito força aos amigos e familiares. - Grande pessoa, alto astral e que deixará muitas saudades. Enfim, que descanse em PAZ meu amigo. E muita força pra família – desejou o amigo. A página da namorada de Felipe também ficou repleta de mensagens de apoio. - Que Deus te ilumine nessa hora tão difícil, não existem palavras para confortar essa dor, mas saiba que pode contar comigo para o que você precisar. Força e muita força sempre – postou uma amiga.

Comércio otimista para o Natal, mas com cautela Apesar da expectativa para este Natal ser um aumento de 9% nas vendas do comércio de Petrópolis em relação ao mesmo período no ano passado, comerciantes estão cautelosos com a preparação dos estoques. Depois da tragédia, no Vale do Cuiabá, provocada pelas chuvas, em janeiro, o movimento começou a cair e, até agora, não conseguiu atingir uma boa meta este ano. O clima frio e a greve dos bancos também contribuíram para uma queda nas vendas e, por isso, os empresários preferem tomar cuidado com exageros. Segundo o diretor do Sindicato do Comércio Varejista de Petrópolis (Sicomércio), Jorge Machado, em 2010, principalmente no fim do ano, as vendas “vieram em uma crescente” e a expectativa era que continuasse assim já que o Carnaval de 2011 estava marcado para março, o que nem sempre ocorre. Com isso, os consumidores costumam fazer compras de verão até este período. Mas as chuvas que atingiram, principalmente, a região de Itaipava e arredores, mudaram os rumos do comércio. - Naquele período as vendas caíram muito. Ficaram abaixo do nosso esperado. A minha loja mesmo ficou com um estoque de 13 mil peças. Nos meses seguintes, até houve uma melhorada, mas nada significativo. Em setembro, quando começou a melhorar de fato, veio o clima frio, a chuva e a greve dos bancos

– o que diminuiu a circulação de dinheiro, pois as pessoas não tinham como tirar muito de suas contas – explicou o diretor. Mas, apesar disso, ele ressalta que a expectativa é boa para este Natal. Como os consumidores deixaram de comprar durante todo o ano, os comerciantes acreditam que as vendas vão começar a crescer já no próximo mês e o movimento seja normalizado. Uma pesquisa anual realizada pelo Sicomércio, em parceria com a FecomércioRJ, com o objetivo de analisar a preparação do comércio e a expectativa de faturamento para o Natal, mostrou que Petrópolis espera que as vendas aumentem 9% (em 2010, os empresários acreditavam em acréscimo de 7,8%). A pesquisa foi realizada com 163 estabelecimentos comerciais, entre os dias 1º e 9 de setembro, em toda a cidade. No total, 71,4% dos empresários acreditam que as vendas serão maiores que as do ano passado – índice 10% maior que em 2010. Os números revelam ainda que 65% dos comerciantes da cidade fizeram ou vão fazer encomendas para o Natal. Destes, 57% farão os pedidos ainda este mês e 46% em novembro. 31,9% farão encomendas nos dois meses. A estimativa é que as encomendas sejam 2,1% maiores do que no ano passado. Em 2010, o número de empresários que encomendaram era menor: 58,6%.

Alunos da rede estadual fazem hoje prova do Saerj Depois do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), os alunos da rede estadual de ensino farão o Saerj, que é o Sistema de Avaliação da Educação do Estado do Rio de Janeiro, para analisar o desempenho nas disciplinas de português e matemática. As provas serão aplicadas hoje, amanhã e quinta-feira para os estudantes do 5º e 9º ano do ensino fundamental e 3º ano do ensino médio na própria escola em que está matriculado e no horário de aula normal. Hoje os alunos do 5º ano do ensino fundamental regular fazem a prova do Saerj, enquanto as aulas das demais séries acontecem normalmente. Amanhã será a vez dos estudantes do último ano do segundo segmento. Já no dia 27 de outubro, os alunos do 3º ano do ensino médio que já enfrentaram no fim de semana

passado o Enem farão mais uma prova. O objetivo do Saerj é avaliar os estudantes para que o resultado possa ajudar na melhoria do processo de aprendizagem nas escolas e, além disso, monitorar a aplicação das políticas públicas de educação traçadas pela Secretaria de Estado de Educação. Esse ano, o diagnóstico dos alunos, pela primeira vez, contou com o Saerjinho. Essa nova modalidade foi realizada bimestralmente, já preparando os alunos para o Saerj. De acordo com Jelcy Corrêa, que faz parte da Diretoria Regional Serrana I, antiga Coordenadoria Regional Serrana III, Petrópolis conta com 13 escolas estaduais com 15 mil alunos no total. A diretoria abrange ainda os municípios de Teresópolis, São José do Vale do Rio Preto, Magé, Guapimirim, Itaboraí e Tanguá.

Carro após acidente na tarde do último domingo no km 68 da BR-040: no detalhe, Felipe Danelon

Ministério Público Federal passa a funcionar na Rua Dom Pedro O Ministério Público Federal, que funcionava no Shopping Bauhaus Expansão, mudou sua sede para a Rua Dom Pedro, número 275, onde ficava a Firjan. Desde o fim do mês passado, os 21 servidores, 10 estagiários e dois procuradores do órgão já estão atendendo o público e trabalhando no local. O telefone também mudou, agora, o atendimento é feito através do número (24) 2220-9250. De acordo com coordenador administrativo do Ministério, Juarez Cavalcante, ao longo dos anos, o número de trabalhadores aumentou e o antigo espaço já não comportava os servidores. Por isso, a sede foi transferida para um local maior. Lá, devem trabalhar também outros dois novos procuradores. Ontem, o órgão abriu as inscrições para o 26º concurso público para o cargo de Procurador da República. Os candidatos têm até o dia 22 de novembro para concluírem sua inscrição para o concurso, que oferece 126 vagas em todo o Brasil, sendo 23 no

Fotos: Alan Alonso

Sede do MPF, na Rua Dom Pedro, 275, onde ficava a Firjan

estado do Rio de Janeiro, para os municípios, além de Petrópolis, também de Itaperuna, Macaé, Niterói, Resende, São Gonçalo, Teresópolis, Volta Redonda e a capital. Para se inscrever, os candidatos devem acessar o endereço www.pgr.mpf.gov. br/concurso-procurador para preencher o formulário de préinscrição e emitir a GRU para o pagamento da taxa de R$190 no Banco do Brasil. Depois disso, devem comparecer a uma das procuradorias habilitadas para fazer a inscrição presencial (Rio de Janeiro, Campos, Niterói, Petrópolis e Volta Redonda) com os seguintes documentos: comprovante de pagamento da taxa de inscrição, original e cópia da identidade e do CPF, duas fotos 3x4 tiradas nos últimos 90 dias e laudo médico (para portadores de deficiência). Para mais informações, acesse o edital em http://www.pgr. mpf.gov.br/para-o-cidadao/ concursos-1/procurador/ultimo-concurso/26o-concurso/ 26o-concurso-documentos/ edital_abertura_26.pdf/view.

Construção Civil em Petrópolis na contramão do crescimento no país Apesar de uma pesquisa da Associação Brasileira de Materiais de Construção (Abramat), feita em setembro, ter revelado um crescimento de 7% nas vendas em relação ao mesmo mês do ano passado, Petrópolis segue na contramão. Segundo comerciantes da cidade, o mau tempo pode ser um dos fatores para a queda no movimento. Nos últimos dois meses, eles calculam uma diminuição entre 7% e 10% nas vendas em relação ao mesmo período de 2010. A expectativa é elas comecem a crescer já no mês que vem, com o recebimento dos 13º salários e a proximidade das festas de fim de ano. A pesquisa da associação, divulgada na semana passada, ainda mostra que, apesar do aumento no mês de setembro, na comparação com agosto, porém, o faturamento do setor apresenta declínio de 0,5%. No acumulado do ano até setembro as vendas aumentaram 2,2% em relação ao mesmo período do ano anterior. Em 12 meses foi apurada expansão de 2,7%. Já o número de empregados na indústria de materiais de construção cresceu 6,1%

frente igual período do ano anterior e 0,9% na comparação com agosto. O gerente da loja de materiais de construção Varetão, Marco Antônio da Conceição, disse que, apesar da queda nas vendas nos últimos meses, a loja acredita na melhora. – Esperamos que no fim do ano dê uma melhorada. As pessoas começam a receber o 13º salário, querem reformar a casa para o Natal e o Ano Novo, pintar as paredes, trocar os azulejos, então acho que o movimento vai começar a crescer. Nestes últimos meses, não sei o que aconteceu, acredito que as pessoas tenham colocado as obras em segundo plano – explicou ele. Em outra loja, na Construmil, o gerente Leonardo Vicente Ferreira, ressalta que o clima frio e chuvoso foi um dos principais motivos para a cidade estar na contramão do crescimento do setor. – Nos últimos dois meses registramos uma queda de cerca de 8% a 9%. Quando chove não conseguimos vender, o mau tempo influi muito nas compras – completou. Sobre a pesquisa, a associação ainda explica que

Venda de cimento em Petrópolis diminuiu em relação a 2010

atribui o resultado abaixo das expectativas à redução do ritmo das grandes obras e ao aumento das importações de materiais. Por segmento, a venda de materiais básicos cresceu 4% ante setembro do ano passado, mas recuou 1,5% em relação a agosto. Entre os materiais de acabamento as vendas aumentaram 12,4% e 1,2%, respectivamente. Entre janeiro e setembro a queda na indústria de produtos básicos chega a 1,3%, enquanto o setor acabamento apresenta alta de 9,1% no período. Já nos últimos 12 meses o primeiro

segmento acumula queda de 1,3%, enquanto no segundo o faturamento cresceu 10,5%. Ao mesmo tempo, o nível de emprego entre as fabricantes de materiais básicos cresceu 6% no mês passado em relação a um ano antes, enquanto na indústria de acabamento aumentou 6,3%. Na comparação com agosto foram informados acréscimos de 1,2% e 0,3%, respectivamente. Diante do desempenho abaixo do esperado, em agosto a entidade revisou a perspectiva de crescimento para 2011, que era de 9% no início do ano, para 5%.


6

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Agenda Cultural

marciosalerno@diariodepetropolis.com.br

Especial

INSTITUTO OMAR CARDOSO

HORÓSCOPO Áries - (21/03 a 20/04) Desenvolver aptidões pessoais e tornar-se útil são objetivos primários na sua vida. Qualquer que seja a sua área de atividade, você tende a introduzir nela forte eficiência e meticulosidade.

Touro - (21/04 a 20/05)

O excesso de confiança em si e de otimismo, principalmente ao lidar com seu dinheiro, poderá acarretar-lhe sérios problemas. Faça tudo dentro de suas condições. Êxito, todavia, social e em viagens.

Gêmeos - (21/05 a 20/06)

Dia em que conseguirá realizar boa parte de seus anseios e desejos, principalmente porque estão ligados ao campo profissional. Fluxo propício, também, ao amor, às diversões e as reuniões sociais e festividades.

Câncer - (21/06 a 22/07)

Faça tudo com originalidade que é uma das suas melhores qualidades, que conseguirá influenciar pessoas importantes para seu progresso. Muito bom fluxo para obter sua independência financeira e a liberdade de espírito.

Leão - (23/07 a 22/08)

Não invente coisas novas hoje. Deixe para uma época mais propícia. Tome cuidado com acidentes, causados por inflamáveis e corrosivos, e cuide de sua saúde e reputação. Neutro ao amor. Confie em si mesmo.

Virgem - (23/08 a 22/09)

Criaturas ou ocorrências dispersivas poderão desviar sua atenção dos compromissos e problemas mais importantes do dia. Não permita que isto aconteça. Fluxo excelente para o trabalho, a saúde e o amor.

Libra - (23/09 a 22/10)

Notícias, aparentemente exageradas ou formuladas com o intuito de pressioná-lo, deverão ser pura e simplesmente desacreditadas. Esteja alerta para o que vier. Bom fluxo ao amor e ao casamento.

 Escorpião - (23/10 a 21/11) Boas relações com parentes, vizinhos e amigos, poderão ser esperadas para hoje. Pode solicitar favores, e por em prática novas ideias. Êxito profissional e financeiro. Grandes chances em loterias.

Sagitário - (22/11 a 21/12)

Disposição tranquila e excelente estado mental para entabular novas coisas visando sua melhora geral. A elevação da personalidade será o ponto máximo de seu sucesso. Melhora da saúde, mas não se descuide.

 Capricórnio - (22/12 a 20/01) Evite prejudicar sua saúde não cometendo excessos alimentares, alcoólicos e profissional. Não confie demais, também, em subordinados e estranhos. Todavia o sucesso pessoal e a evolução da personalidade serão evidentes.

Aquário - (21/01 a 19/02)

Grandes possibilidades de sucesso estão ao seu redor. Basta estender as mãos confiantemente. Procure ser mais amigo e cortês a fim de ganhar dinheiro e conquistar simpatias. Possibilidades de ganho na loteria ou ter sua situação mudada para melhor.

 Peixes - (20/02 a 20/03) Dia em que haverá muita paz no âmbito familiar. Muita felicidade íntima e proteção na vida social. Faça higiene mental divertindo-se, passeando e conhecendo novas coisas à noite. Excelente ao trabalho e aos negócios.

SINUSITE? cloreto de sódio

Alívio contra a sinusite SINUSTRAT É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE O MÉDICO E O FARMACÊUTICO. LEIA A BULA. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO

SINUSTRAT DESCONGESTIONANTE NASAL - Composição: Cloreto de Sódio. Medicamento de Notificação Simplificada RDC Anvisa n° 199/2006. AFE n° 1.00174-0. Indicação: fluidificante e descongestionante nasal. Contraindicação: hipersensibilidade individual aos componentes da formulação. SINUSTRAT DESCONGESTIONANTE NASAL ADULTO - Composição: Cloreto de Sódio.Reg. M.S 1.0174.0034.008-3. Indicação: fluidificante e drenador das secreções nasais e paranasais e redutor da obstrução nasal, em casos de resfriados, rinites e sinusites agudas ou crônicas. Contraindicação: hipersensibilidade individual aos componentes da formulação.

Profissionais de todo o país debatem acervos do Museu Digitalizar para preservar e difundir. Esse foi o grande ponto em comum entre as palestras e apresentações de trabalhos ao longo dos três dias do ‘Seminário Nacional de Digitalização, Preservação e Difusão de Acervos Patrimoniais’. O evento, organizado pelo Museu Imperial entre 19 e 21 de outubro, contou com pesquisadores e especialistas de diversas instituições públicas e privadas de todo o país. A ideia do Seminário surgiu a partir da própria experiência do Museu Imperial, que, desde 2009, desenvolve o Projeto de DAMI – Digitalização do Acervo do Museu Imperial. Através do projeto, já foram disponibilizadas oito coleções no portal do Museu, e o objetivo é concluir a digitalização dos cerca de 360 mil itens museológicos, bibliográficos e arquivísticos do acervo do Museu. No evento, foram reunidos profissionais de instituições que possuem projetos semelhantes e realizam, cada uma com suas especificidades e métodos, processos de digi-

Mesas redondas sobre processos de digitalização no Museu

talização de seus acervos. Os palestrantes do Seminário também destacaram a necessidade de um planejamento antes da digitalização. No caso de instituições com acervo variado – como é o caso do Museu Imperial, com itens museológicos, arquivísticos e bibliográficos –, esse planejamento deve passar ainda por ações de integração. Além disso, como chamou a atenção o engenheiro químico do Arquivo Nacio-

nal, professor Antonio Gonçalves da Silva, um documento em estado de conservação ruim não gerará uma imagem digital legível. Além da preservação, os palestrantes destacaram a importância do tratamento técnico dos itens a serem digitalizados. Segundo eles, não basta disponibilizar uma imagem avulsa, sem seus dados técnicos (os chamados metadados), imprescindíveis para os pesquisadores.

Arte

Mostra traz trabalhos de alunos de escola pública da cidade Até sábado, dia 30, o Espaço Alternativo do Centro de Cultura Raul de Leoni exibe a exposição “Mostra de Arte dos Alunos do Instituto Social São José, de terça a sábado, 13h às 18h, do-

mingos, 12h às 17h. A mostra foi organizada com o intuito de expandir os significados da arte para as crianças que vivenciam suas primeiras experiências nas artes plásticas, levando para

além dos limites da escola as criações e ensaios dos alunos. Trata-se de uma programação artística em homenagem ao mês da criança. A organização é de Sigrid Haack.

Leitura

Aniversário de Souza comemorado com encenação de suas peças Na última quinta, dia 20 de outubro, comemoraram-se os 135 anos de nascimento do escritor e dramaturgo Cláudio de Souza. Na data, o Teatro Experimental Petropolitano (TEP), em parceria com a Academia Petropolitana de Letras, realizou uma leitura dramatizada de peças do autor, na Casa de Cláudio de Souza, pertencente ao Museu Imperial. Foram encenados atos das obras ‘Eu Arranjo Tudo’ (1915), ‘A Matilha’ (1924) e ‘Flores de Sombra’ (1916), com participação dos atores do TEP Janine Meirelles, Fernanda Mury, Silvio Rafael, Joaquim Eloy, Patrícia Ávila e Sylvio Adalberto. Além disso, para ilustrar a época em que viveu Cláudio de Souza, foram

SEM SAÍDA – Censura 14 anos – com Taylor Lautner – Horários: 17h10 todos os dias, exceto 2ª feira – Sessão extra sexta e sábado, 21h20 Desde que pode se lembrar, Nathan Harper tem uma desconfortável sensação de que está vivendo a vida de outra pessoa. Ao se deparar com uma imagem de si próprio quando pequeno em um site de pessoas desaparecidas na internet, Nathan vê seus maiores medos virarem realidade: ele percebe que seus pais não são seus verdadeiros progenitores e que sua vida é uma mentira, fabricada cuidadosamente para esconder algo mais misterioso e perigoso do que ele jamais poderia imaginar. PRONTA PARA AMAR – Censura 12 anos – com Kate Hudson – Horários: 15h e 19h20 todos os dias, exceto 2ª feira Marley é uma mulher bem sucedida, independente e alegre. Mas para ela a idéia de apaixonar-se e viver feliz para sempre é uma grande mentira. Tudo muda quando ela é surpreendida por uma grave doença e por seu charmoso e tímido médico. Ingressos: terças e quartas ingresso promocional a R$ 6 para todos (exceto feriados). Preço de ingressos as quintas e sextas - inteira R$ 14 e meia R$ 7. Preço de ingressos aos sábados e domingos - inteira R$ 16 e meia R$ 8. CINE BAUHAUS R. Dr. Nelson de Sá Earp, 89 Shopping Center Bauhaus Centro SALA 1 CONTRA O TEMPO – Censura 12 anos – com Jake Gyllenhaall – Horários: 15h, 17h, 19h e 21h Ficção científica em que agente policial corre em e através do tempo, para impedir assassinatos. SALA 2 UMA DOCE MENTIRA – Censura 10 anos – com Audrey Tautou – Horários: 14h30 e 18h30 Comédia romântica à francesa, o que não deixa de ser uma raridade em um mercado dominado por produções americanas. LARRY CROWNE – O AMOR ESTÁ DE VOLTA – Censura 10 anos – com Tom Hanks – Horários: 16h30 e 20h30 Romance americano, onde um casal maduro se apaixona e passa a viver aventuras que poderiam ter quando eram mais jovens. Preços: Segunda é dia de cinema. Ingressos a R$ 3 em todas as sessões. Terça a quinta (exceto feriados): Sessões iniciadas até 15h59min Inteira: R$ 10 (meia: R$ 5). Após 16h inteira: R$ 12 (meia: R$ 6). Sexta a domingo e feriados: Sessões iniciadas até 15h59min inteira: R$ 12 (meia R$ 6) Após 16h inteira: R$ 14 (meia R$ 7). Lembrando que estamos com uma promoção de terça a domingo: todas as pessoas pagam meia entrada. TOP CINE HIPERSHOPPING ABC Rua Teresa, 1415 / 2º piso Alto da Serra – Petrópolis Cine Fone: (24) 2249-9900 www.cinemaxx.com.br SALA 1

Acadêmicos e atores lêem peça de Cláudio de Souza

apresentadas as cortinas poéticas: ‘Bon Soir Mademoiselle la Lune!’, ambientada na época da “Belle Époque”, e ‘Os Amores de Colombina’, recordando o teatro clássico italiano, ambos de J. Eloy Santos.

Fundado em 1956, o Teatro Experimental Petropolitano é um dos ícones do teatro da cidade. Desde sua fundação, encenou obras de diversos autores brasileiros, estrangeiros e petropolitanos.

De graça

Tema polêmico debatido em projeto na Humberto Mauro Em outubro o Cinema360° traz uma programação no mínimo esclarecedora. O tema é ‘Descriminalização e legalização das drogas’, em especial a cannabis sativa. Após a sessão, debate com o diretor Rodrigo Mac Niven e o advogado André Barros. Porque o que mata é a ignorância. Amanhã, às 19h (excepcionalmente nesta data em virtude da agenda nacional de lançamento do

CINE ITAIPAVA Est. União & Indústria, 11.000 Itaipava

filme) na Sala de Cinema Humberto Mauro, Centro de Cultura Raul de Leoni. A entrada é franca. Serão exibidos um episódio da série ‘Angu TV’ e o filme “Cortina de Fumaça”, do brasileiro Rodrigo Mac Niven. ‘Cortina de Fumaça’ é um projeto independente movido pela vontade de colaborar na construção de uma sociedade mais equilibrada e alinhada com os princípios de liberda-

de, diversidade e tolerância.

GIGANTES DE AÇO – Censura 10 anos – Horários: 15h30, 18h e 20h30 2ª feira, dia 24, não haverá sessão Charlie Kenton é um boxeador que viu sua carreira acabar quando a luta entre humanos foi proibida e, em seu lugar, surgiu o boxe entre robôs. Ele passa a ganhar a vida como um promotor de lutas clandestinas que usa robôs de baixa qualidade. Quando ele se vê no fundo do poço, Charlie e seu filho Max constroem e treinam um novo robô, que se torna um grande lutador e lhes dá a chance de voltar ao topo. SALA 2 O ZELADOR ANIMAL – Censura livre – com Kevin James – Horários: 14h50, 16h50 e 18h50 2ª feira, dia 24, não haverá sessão Griffin Keyes tinha um trabalho que era o bicho: ser zelador de um jardim zoológico. Para ele, nada era mais normal do que conviver com leões, elefantes, girafas, ursos e gorilas. Seu problema era com os

humanos, mais especificamente, com as mulheres e aí ele teve a ideia de arrumar um trabalho mais respeitável para melhorar a sua situação com elas. Foi a deixa para a bicharada entrar em pânico e querer ajudá-lo a conquistar uma namorada. O detalhe é que eles vão fazer isso “falando” e Griffin não estava preparado para essa surpresa animal. CAPITÃES DE AREIA – Censura 14 anos – Horários: 20h50 2ª feira – dia 24 – não haverá sessão O longa narra as aventuras de meninos que viviam à margem da lei, nas ruas e praias de Salvador da década de 1940. Por terem a habilidade de sumir sem serem notados, eles ficaram conhecidos como os Capitães da Areia. A obra de Jorge Amado foi publicada em 1937 e é dividida em três partes: “Sob a lua, num velho trapiche abandonado”, “Noite da Grande Paz, da Grande Paz dos teus olhos” e “Canção da Bahia, Canção da Liberdade”. Atores-mirins de Salvador passaram meses se preparando para o longa. A direção é assinada por Cecília Amado, sobrinha do escritor baiano. TOP CINE HIPERSHOPPING MERCADO ESTAÇÃO Rua Paulo Barbosa, 310 / 1º piso Centro - Petrópolis Cine Fone: (24) 2249-9900 www.cinemaxx.com.br SALA 1 AMIZADE COLORIDA – Censura 14 anos – com Justin Timberlake – Horários: 15h, 17h, 19h e 21h 2ª feira, dia 24, não haverá sessão Jamie é uma jovem recrutadora de Nova York que convence um cliente em potencial a deixar seu emprego em São Francisco para trás e aceitar um emprego na Big Apple. Apesar de haver uma atração mútua, ambos percebem que tudo de que eles estão fugindo é de um relacionamento e decidem se tornar amigos... com benefícios. É o arranjo perfeito – até que eles percebem que não há nada melhor do que estar amarrado. SALA 2 OS TRÊS MOSQUETEIROS – Censura 10 anos – com Milla Jovovich – Horários: 14h50, 18h50 e 20h50 2ª feira, dia 24, não haverá sessão O clássico Romance francês Os Três Mosqueteiros que foi escrito por Alexandre Dumas está de volta nas telas dos cinemas, no filme D´Artagnan vai a Paris buscando se tornar membro do corpo de elite dos guardas do rei, os mosqueteiros. Chegando lá, após acontecimentos singulares, ele conhece três mosqueteiros chamados “os inseparáveis”: Athos, Porthos e Aramis. EU QUERIA TER A SUA VIDA – Censura 14 anos – com Ryan Reynolds – Horários: 16h50 2ª feira, dia 24, não haverá sessão Mitch é um solteirão vida boa que deseja se estabilizar. Já Dave anda estressado com a rotina de pai de família e gostaria de um pouco mais de liberdade. Ao terem os pedidos realizados, ambos irão aproveitar o lado bom de ser o outro. Mas o que fazer quando a esposa do amigo quer mais intimidade ou a colega de trabalho pensa estar flertando com o solteiro conquistador? SALA 3 A HORA DO ESPANTO – Censura 16 anos – com Colin Farrell – Horários: 14h40 e 18h40 2ª feira – dia 24 – não haverá sessão Charley está encantado por sua namorada Amy, o que faz com que ele não dê muita atenção ao papo do amigo Ed sobre o fato do novo vizinho dele, Jerry Dandridge, ser um vampiro. Na verdade, nem mesmo sua mãe Jane acredita que ele possa fazer mal a alguém, mas o sumiço de Ed faz com que Charley começe a investigar e a sua descoberta coloca todos a sua volta em perigo. Sua única salvação parece ser Peter Vincent, um famoso mágico da cidade, que parecia entender tudo de vampiros, mas depois afirma ser tudo fantasia. E agora? Conseguirão eles se salvar das garras do terrível vampiro? PREMONIÇÃO 5 – Censura 16 anos – com Tony Todd – Horários: 16h40 e 20h40 2ª feira – dia 24 – não haverá sessão Um homem tem a premonição de que ele e um grupo de colegas de trabalho irão morrer em um grave acidente em uma ponte suspensa. Todos escapam, só que isto vai de encontro ao que a morte previa. Desta forma estranhos eventos acontecem com cada um deles, de forma a matá-los.

Filmes na TV NAS PROFUNDEZAS DO MAR SEM FIM – GLOBO – 16H15 – COM MICHELLE PFEIFFER Filhe de um casal desaparece durante uma festa. Alguns anos depois, os dois acreditam que ele esteja trabalhando como jardineiro na casa de um vizinho. A SAGA DE UM HERÓI – SBT – 23H – COM JET LI

O filme de Mac Niven será tema de debate na Humberto Mauro amanhã

Um patriota chinês do século XIX conta com a ajuda de sua mãe para derrubar uma sociedade Manchu repressora.


terça-feira, 25 de outubro de 2011

56 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

7

cidade

Donos de restaurantes à favor do alarme de gás Petrópolis conta atualmente com 349 bares e restaurantes, de acordo com o levantamento realizado no início do ano pelo sindicato do setor. Em Petrópolis, tramita na Câmara de Vereadores o projeto de Lei nº 2.791/2011 que prevê a implantação de sistema eletrônico de alarme detector de gás em centros comerciais, bares, restaurantes, lanchonetes e afins, como anunciado na edição do último domingo. Proprietários de estabelecimentos entrevistados pelo Diário e que já seguem a principal regra de segurança do Corpo de Bombeiros que é manter os botijões na área externa se colocaram à favor do projeto de lei. - Diante do ocorrido no Rio, acho importante implantar novos dispositivos. Existem normas de segurança que a gente já cumpre. Essa seria ótima, embora o gás já tenha um alerta, pois é inserido um

cheiro característico para que se possa detectar um vazamento – destacou o gerente do restaurante Majórica, Gilmar Marcos Pacheco. O objetivo do projeto, de autoria do vereador João Tobias (PPS), é minimizar os riscos de explosões provocadas por vazamento de gás, como o que aconteceu no restaurante no Rio, recentemente. - Tudo em termo de segurança é válido porque passa ainda mais confiança ao cliente e para o funcionário, além disso não é tão caro – disse o proprietário do restaurante Soberano, Luciano Castro. Caso o projeto de lei seja aprovado, os estabelecimentos terão que se adequar. Em pesquisa na internet, os sistemas encontrados vão de R$ 90 a R$ 400, dependendo do modelo. - Acho que é viável e vai ser mais um dispositivo de

segurança. Se virar lei, vou me adaptar – disse o proprietário do restaurante Maria Fumaça, Rodrigo Carneiro Nazareth. - Não acho que seja um gasto, mas um investimento em segurança. Se fosse feita a pergunta para o dono do restaurante que explodiu no Rio sobre o sistema, eu tenho certeza de que ele aprovaria – disse o comandante do 15ºGBM, tenente coronel, Rafael Simão. O projeto foi protocolado junto à Câmara Municipal oito dias antes da explosão de gás no Rio. - Um sistema para a segurança seria uma coisa boa, falta saber qual o impacto financeiro que o proprietário terá e se tem fornecedor suficiente, mas acho uma boa ideia – declarou o presidente do Sindicato dos Bares e Restaurantes, Germano de Freitas Melro Valente. - O risco é muito grande,

Fotos: Alan Alonso

Gerente do Majórica mostra local dos botijões de gás na área externa, como exige os Bombeiros

por isso me veio a ideia de fazer essa lei. Aproveitamos para outros estabelecimentos como hotéis, centrais de distribuição de gás, lanchonetes,

lavanderia a gás e demais locais que utilizem o GLP (gás liquefeito de petróleo) ou gás natural. O projeto já está na Comissão de Justiça e acredi-

to que seja aprovado porque é uma questão de segurança ao cidadão petropolitano – declarou o vereador João Tobias.

Reajuste dos servidores federais será votado amanhã em Brasília Klair Klim Gomes reside numa casa na localidade Carangola

Loira do cemitério espera receber casa da Prefeitura A pensionista e catadora de papel Klair Klim Gomes, de 57, que durante 28 anos morou em um mausoléu no Cemitério Municipal, ainda procura ajuda da Prefeitura para conseguir uma casa própria. Atualmente ela mora de aluguel em uma pequena moradia no bairro Carangola. A história de Klair é marcada por tragédia. Os pais da idosa morreram soterrados por uma barreira no bairro Quitandinha na década de 60 e devido a isso, 14 meses depois do acidente ela foi adotada por uma família do Vital Brasil. Depois de sofrer calada pelos maus tratos dos pais adotivos, aos 18 anos Klair Klim resolveu sair de casa. Sem ter para onde ir ela acabou morando por 28 anos no Cemitério Municipal e durante muitos anos acabou recebendo o apelido de ‘loira do cemitério’. Segundo a lenda, nos anos 70 havia uma bela loira que freqüentava as noites petropolitanas, quando a festa acabava ela ia até o cemitério e desaparecia. Hoje a idosa mora em uma casa no Carangola, mas pretende conseguir uma casa da Prefeitura. - Eu recebo um salário mínimo por mês (R$ 545) e pago R$ 140 de aluguel. Se conseguir morar num imóvel doado posso usar o dinheiro para outras coisas – contou a pensionista.

Há cerca de quatro anos Klair concedeu entrevista ao Diário e na época pediu uma casa popular para morar, mas o sonho da mulher continua até hoje. - Me acostumei a dormir em covas rasas. Por muitas vezes me alimentei com comidas de despacho, frango farofa e pães. Eu já vi o espírito da loira do cemitério, mas nunca cheguei a falar com ela porque sempre desaparecia entre as sepulturas – lembrou Klair. Durante a entrevista, a pensionista contou que terminou muitos namoros depois que os rapazes descobriam que ela morava no cemitério. - Um dos meus namorados chegou a esquecer os sapatos na porta do cemitério de tanto correr de medo. Já outro companheiro dormia comigo de luz acesa de tanto medo. Não tinha medo de dormir nas covas rasas, pois os mortos não fazem mal a ninguém – afirmou. Recentemente a pensionista disse que procurou a prefeitura para fazer uma inscrição para morar em casa popular, mas até o momento não obteve resposta. - O que não quero é voltar a morar na rua – finalizou Klair Klim. Até o fechamento, a assessoria de comunicação da prefeitura não havia respondido sobre o caso.

Hugo Leal é autor do samba escolhido pela Beija-Flor O samba de 2012 da Beija-Flor tem como um dos autores o deputado federal Hugo Leal (PSC). Ao todo, são 12 compositores vencedores, que, além do deputado, integram a lista: Jr. Beija-Flor que é filho de Neguinho, J. Velloso, Carlinhos do Detran, Gilberto Oliveira, Thiago Alves, Silvio Romai, Rômulo Presidente, Adilson China, Samir Trindade, Ricardo Lucena e Serginho

Aguiar. A escolha aconteceu na madrugada de quinta para sexta-feira a partir da junção dos dois sambas finalistas. O enredo da azul e branca de Nilópolis que tentará o bicampeonato no próximo carnaval é São Luís – o poema encantado do Maranhão. Essa é a segunda vitória do deputado numa disputa de samba. Em 2001, Hugo Leal teve o samba escolhido pela escola Porto da Pedra.

A greve dos servidores do Judiciário Federal, que teve início dia 19 no estado do Rio, prossegue pelo menos até amanhã (26), quando o Projeto de Lei (PL) que prevê reajuste para a categoria será votado na Comissão de Finanças e Tributação, na Câmara dos Deputados, em Brasília. Nesse dia, os servidores organizarão uma manifestação para pressionar os deputados pela aprovação do PL. De acordo com o Sindicato dos Servidores das Justiças Federais do Estado do Rio (Sisejufe), também haverá mobilização dos servidores de todas as Zonas Eleitorais no mesmo dia, em frente à sede do Tribunal Regional Eleitoral(TRE), Centro do Rio. De acordo com levantamento da Sisejufe, até a última sexta-feira (21), 81 das 150 zonas eleitorais do estado haviam aderido à paralisação por tempo indeterminado. Os servidores, no entanto, se mantêm normalmente nos postos de trabalho, apreciando apenas às questões de urgência, conforme orientação do próprio sindicato após

Oitenta e uma das 150 zonas eleitorais aderiram à greve

reunião com a corregedoria do TRE. Em Petrópolis, tanto os servidores da Justiça Eleitoral, na Rua Dom Pedro, quanto o das Varas Federais, na Avenida Koeller, aderiram ao movimento. A paralisação, que teve início em 1° de junho, quando os servidores da Bahia foram os primeiros

a cruzarem os braços, atingirá hoje 15 estados, com a adesão ontem do sindicato dos servidores do Ceará e de Alagoas ao movimento. A intensificação do da paralisação tem como objetivo pressionar os deputados federais a votar o projeto que revisa os salários dos traba-

lhadores da categoria. O último reajuste foi concedido em 2006 e pago em seis parcelas. O projeto é de autoria do Superior Tribunal Federal e trata do Plano de Carreira dos Servidores (PCS) do Poder Judiciário da União. Na avaliação da Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário Federal (Fenajufe), é importante que o movimento cresça e atinja todo o país, uma vez que já se sabe que o PCS não foi incluído no relatório preliminar da proposta de Lei Orçamentária Anual de 2012. -O governo quer derrotar o servidor e nós vamos derrotar o governo. Não tem nenhum deputado que não saiba o que é o PL 6613/09, mas para garantir a sua aprovação é preciso convencê-los a votar a nosso favor. Então, nos próximos dias, é preciso que todos os sindicatos e a base cerquem os deputados de todas as formas, enviando e-mails, ligando e marcando reuniões a fim de garantir o apoio de todos- orienta Cledo Vieira, um dos coordenadores da Fenajufe.

CDL promove palestra sobre câncer de mama A Câmara de Dirigentes Lojistas de Petrópolis, em 2011, engajou-se na Campanha Outubro Rosa promovida pela Associação Petropolitana dos Pacientes Oncológicos (APPO) e programou para amanhã, a palestra gratuita “Auto cuidado: o caminho para o diagnóstico precoce do câncer de mama”, ministrada pela médica da família e comunidade Iara Loos Noel, no auditório da entidade, às 19h30. A palestra é direcionada a todos que queiram se informar melhor sobre as medidas

de prevenção da doença, mas especialmente para as comerciárias tanto das empresas associadas à CDL e ao Sicomércio Petrópolis que apóia a iniciativa, assim como se destina também às funcionárias das lojas que não são associadas às duas entidades, uma vez que o objetivo maior é conscientizar as mulheres para a importância do auto cuidado. Segundo o presidente da CDL Petrópolis, Cláudio Mohammad, a entidade, com o apoio do Sicomércio e juntamente com a APPO, mais uma

vez mostrou sua preocupação em se fazer presente no dia a dia da comunidade, dessa vez engajando-se numa campanha vitoriosa, como são vitoriosas as mulheres que lutaram e lutam contra o câncer de mama na cidade e no país. - Eu espero que essa palestra atinja os seus objetivos de conscientizar as mulheres para a importância do auto-exame, a fim de que possamos cada vez mais reduzir os números dessa doença tão terrível, mas que pode ter um final feliz a partir do diagnóstico

precoce – lembrou Cláudio. A campanha de 2011, segundo Ana Cristina Coelho Mattos, presidente da APPO, quer enfatizar a agilidade. Para a APPO Agilidade é vida e por isso a associação levanta a bandeira da importância da agilidade no tratamento, agilidade no diagnóstico, agilidade nos exames e agilidade na informação. O auditório da CDL Petrópolis fica na rua Irmãos D`Ângelo, 48 sobreloja, no centro e para maiores informações sobre a palestra basta ligar para 2244-1910.

A Companhia de Desenvolvimento de Petrópolis (Comdep) iniciou uma nova atividade para seus funcionários: o coral “Vozes da Comdep”, com o objetivo de integrar e oferecer aos funcionários mais uma oportunidade de desenvolvimento cultural. Regido pelo maestro Gilberto Bittencourt, o grupo já conta com 45 funcionários das áreas administrativas e operacionais. A expectativa é que o coro se apresente no “Natal de Luz” deste ano. Segundo o maestro, a

qualidade das vozes surpreendeu. - Embora tenhamos pouco tempo até dezembro, sei que vamos conseguir, porque todos são dedicados e estão se esforçando para o sucesso do grupo. Além disso, temos boas surpresas entre os alunos - disse. Diogo Moraes é um mineiro de 37 anos que mora e trabalha em Petrópolis há 11 e resume sua relação com a música. - É a minha vida, eu fico contando os dias para os en-

saios e mal posso esperar pelas apresentações. Não só eu, mas todo o grupo está contente com esta iniciativa - contou. O presidente da companhia, Anderson Juliano, salienta a importância desse tipo de atividade para os funcionários. - O coral é uma forma de qualificar o nosso profissional, além de incentivar a cultura e descobrir novos talentos. A Comdep acredita que essa iniciativa traz qualidade não só no trabalho, mas também na vida pessoal - disse. Os ensaios acontecem as

terças, quintas e sextas-feiras, no Centro de Cultura Raul de Leoni e na própria sede da companhia, e são divididos por “naipes”, de acordo com a tessitura das vozes dos participantes que podem ser tenores, barítonos e baixos. A funcionária Ilca Cristina Xavier está há dois anos na companhia e se sente valorizada com iniciativas como essa. Segundo ela, - esse projeto beneficia a auto-estima e impulsiona os funcionários a querer sempre melhorar - contou.

Vozes da Comdep se prepara para o Natal


8

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

terça-feira, 25 de outubro de 2011

AVISOS E EDITAIS

Cartório de 3º Ofício de Petropolis

25/10/2011

Cemitério Municipal

Terceiro Ofício - Petropolis - RJ

Pag: 1

R. do Imperador, 1021 - Centro

Relação do Edital dia 25/10/2011 Acham-se afixados neste cartório, conforme a lei 9492/97, art. 15 $1 - Processo 89.877/99 CGJ/RJ, para serem protestados os títulos de responsabilidade de: Protestar em 26/10/2011

068626662000105

RUA DO IMPERADOR 515

Emissão:13/06/2011

Cheque Administrativo

Custas

Valor:

Protestar em 26/10/2011

011740406000127

Emissão:31/08/2011

Valor:

Protestar em 26/10/2011 DOM JOAO BRAGA 07

Número: 021541B5 Emissão:29/08/2011

Vencto: 13/10/2011 Cheque Administrativo

Custas

Protestar em 26/10/2011

Valor:

011740406000127

Número: 021541A5

DUPLICATA MERCANTIL

Cheque Administrativo

Emissão:29/08/2011 Custas

Valor:

R. DOM JOAO BRAGA, 07

Cheque Administrativo

Custas

Protestar em 26/10/2011

METALURGICA DALLMAC LTDA

21/10/2011

METALURGICA DALLMAC LTDA

114,73 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

828,69

Portador/ Cedente / Sacador

Protocolo

001 - BANCO DO BRASIL SA

16121

METALURGICA DALLMAC LTDA

21/10/2011

METALURGICA DALLMAC LTDA

114,73 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

828,69

Portador/ Cedente / Sacador

Protocolo

341 - BANCO ITAU SA

15912

A F CARTR COM ART INF L

21/10/2011

Valor:

42,90 92,51 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

Cartório de 3º Ofício de Portador/ Petropolis Cedente / Sacador CNPJ / CPF 011740406000127 341 - BANCO ITAU SA Terceiro Ofício - Petropolis - RJ

AMOR E COR IND.E COMERCIO LTDA

Protocolo 16120

135,41 ou Dinheiro Custas

92,51 Total

1.526,60

A F CARTR COM ART INF L

Número: 5966 Emissão:17/08/2011

14,03 Total

699,93

011740406000127

DUPLICATA MERCANTIL

0,00 Tarifa

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF

AMOR E COR CONFECCOES LTDA

120,27 Cpmf

001 - BANCO DO BRASIL SA

814,66 ou Dinheiro Custas

114,73 Total

Protestar em 26/10/2011

Vencto: 07/09/2011

21/10/2011

699,93

DOM JOAO BRAGA 07

Vencto: 28/09/2011

16220

CNPJ / CPF

AMOR & COR CONFECCOES LTDA ME

Protocolo

W J F BORDADOS LTDA

814,66 ou Dinheiro Custas

114,73 Total

589,42

1392,30

011740406000127

DUPLICATA MERCANTIL

14,03 Total

001 - BANCO DO BRASIL SA

CNPJ / CPF

AMOR & COR CONFECCOES LTDA ME

0,00 Tarifa

Portador/ Cedente / Sacador

1.512,57 ou Dinheiro Custas

120,27 Total

106,39 Cpmf

149,44 25/10/2011

Protocolo

15919

R:DOM JOAO BRAGA 7

EMBALAGENS LTDA R. do Imperador, 1021 ADMA - Centro

DUPLICATA MERCANTIL

Número: 10373-B

Pag: 2 21/10/2011

ADMA EMBALAGENS LTDA

Relação do Edital dia 25/10/2011

724,50 Emissão:25/08/2011 Valor: Vencto: 06/10/2011 Acham-se afixados neste cartório, conforme a lei 9492/97, art. 15 $1 - Processo 89.877/99 CGJ/RJ, para serem Cheque Administrativo Custas 114,73 Total ou Dinheiro Custas 114,73 Cpmf 14,03 Total 853,26 0,00 Tarifa protestados os títulos de responsabilidade839,23 de:

Protestar em 26/10/2011 FABIO ALEX DA SILVA

65176863715

RUA AUGUSTO SEVERO - 92

Número: 53259*003

DUPLICATA MERCANTIL

Emissão:20/07/2011

Vencto: 03/10/2011 Cheque Administrativo

Custas

Valor:

HORTFRUTE GRANGEIRO OLIVEIRA BRANCO LTDA

Cheque Administrativo

Emissão:15/09/2011

Valor:

Cheque Administrativo

02868286771

Número: 000.000.187 Emissão:13/09/2011

Custas

Protestar em 26/10/2011

Valor:

RUA TEREZA, 608

Cheque Administrativo

Custas

Protestar em 26/10/2011

Valor:

012977956000127

Cheque Administrativo

Custas

Protestar em 26/10/2011

Valor:

15993

HELYENE CONFECCOES LTDA

21/10/2011

HELYENE CONFECCOES LTDA

106,39 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

Portador/ Cedente / Sacador

Rua Montecaseiros 168

R&A EQUIPAMENTOS LTDA

21/10/2011

106,39 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

502,58

Portador/ Cedente / Sacador

Protocolo

001 - BANCO DO BRASIL SA

16201

RADIO TRIBUNA DE PETROPOLIS LTDA

21/10/2011

1216,75 120,27 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

010256606000146 001 - BANCO DO BRASIL SA Terceiro Ofício - Petropolis - RJ

1.351,05 25/10/2011

Protocolo

16193

INDUSTRIA LTDA R. do Imperador, 1021 REHAU - Centro REHAU INDUSTRIA LTDA Número: 13247/4

DUPLICATA MERCANTIL

Protocolo 16033

Cartório de 3º Ofício de Portador/ Petropolis Cedente / Sacador CNPJ / CPF

Temperfil Com.De Esquadrias e Decora

406,04

001 - BANCO DO BRASIL SA

1.337,02 ou Dinheiro Custas

120,27 Total

Protocolo

RADIO TRIBUNA DE PETROPOLIS LTDA

Número: 08553-2 Emissão:15/08/2011

Vencto: 04/10/2011

395,41

382,16

RUA DO IMPERADOR, 68-CENTRO DUPLICATA MERCANTIL

14,03 Total

001 - BANCO DO BRASIL SA

CNPJ / CPF

TM4 TECNOLOGIA LTDA ME

0,00 Tarifa

Portador/ Cedente / Sacador

488,55 ou Dinheiro Custas

106,39 Total

106,39 Cpmf

R&A EQUIPAMENTOS LTDA

Número: 971/05 Emissão:18/04/2011

Vencto: 30/09/2011

20/10/2011

BEBIDAS ASTECA LTDA.

285,62

011703961000189

DUPLICATA MERCANTIL

Protocolo

BEBIDAS ASTECA LTDA

CNPJ / CPF

PRO SERRA COM COSMETICOS E SERVICOS L

1.608,42

15816

392,01 ou Dinheiro Custas

106,39 Total

14,03 Total

274,99

PRACA 29 DE JUNHO , 52 DUPLICATA MERCANTIL

0,00 Tarifa

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF

LILIA MARIA VIANA DE OLIVEIRA

120,27 Cpmf

237 - BANCO BRADESCO S A

381,38 ou Dinheiro Custas

106,39 Total

Protestar em 26/10/2011

Vencto: 08/10/2011

21/10/2011

SILMAQ S/A

CNPJ / CPF 031572159000104

Número: 210510-01

Custas

16224

SILMAQ S/A

1474,12

RUA TEREZA,2110 DUPLICATA MERCANTIL

Protocolo

001 - BANCO DO BRASIL SA

1.594,39 ou Dinheiro Custas

120,27 Total

Protestar em 26/10/2011

Vencto: 13/10/2011

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF

21/10/2011 Pag: 3

Relação do Edital dia 25/10/2011

1127,43 Emissão:14/06/2011 Valor: Vencto: Acham-se afixados neste cartório, conforme a lei 9492/97, art. 15 $1 - Processo 89.877/99 CGJ/RJ, para serem Cheque Administrativo Custas 120,27 Total 120,27 Cpmf 14,03 Total 1.247,70 ou Dinheiro Custas 1.261,73 0,00 Tarifa protestados os títulos de responsabilidade de: 12/10/2011

Protestar em 26/10/2011 VINICIUS NAVARINI DE ANDRADE MANANCIAIS RUA THEREZA 369 LOJ 01

Emissão:05/05/2011

Vencto: 04/07/2011 Cheque Administrativo

Custas

106,39 Total

Protestar em 26/10/2011

Valor:

Emissão:14/09/2011 114,73 Total

Protestar em 26/10/2011

Valor:

Cheque Administrativo

Custas

114,73 Total

Protestar em 26/10/2011

Valor:

Custas

114,73 Total

Valor:

0,00 Tarifa

14,03 Total

686,76

Portador/ Cedente / Sacador

Protocolo 16112

NATUMAXX COMERCIO DE COSMETICOS LTDA ME

21/10/2011

114,73 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

795,76

Portador/ Cedente / Sacador

Protocolo

001 - BANCO DO BRASIL SA

16115

NATUMAXX COMERCIO DE COSMETICOS LTDA ME

21/10/2011

NATUMAXX DIST. COSMETICOS LTDA

Número: 98 Emissão:02/08/2011

114,73 Cpmf

001 - BANCO DO BRASIL SA

781,73 ou Dinheiro Custas

07930072754

DUPLICATA MERCANTIL

Cheque Administrativo

21/10/2011

667,00

RUA ALFREDO BATISTA, 73

Vencto: 30/09/2011

NATUMAXX COMERCIO DE COSMETICOS LTDA ME

CNPJ / CPF

WALLACE CHRISTIAN

Protocolo 16087

NATUMAXX DIST. COSMETICOS LTDA

Número: 60 Emissão:19/05/2011

590,82

Portador/ Cedente / Sacador

672,73 ou Dinheiro Custas

RUA ALFREDO BATISTA, 73

Vencto: 30/09/2011

14,03 Total

558,00

07930072754

DUPLICATA MERCANTIL

0,00 Tarifa

001 - BANCO DO BRASIL SA

CNPJ / CPF

WALLACE CHRISTIAN

106,39 Cpmf

NATUMAXX DIST. COSMETICOS LTDA

Número: 128

Custas

21/10/2011

576,79 ou Dinheiro Custas

07930072754

DUPLICATA MERCANTIL

Cheque Administrativo

BELLOPRINT SERVICOS GRAFICOS LTDA ME

470,40

RUA ALFREDO BATISTA, 73

Vencto: 30/09/2011

15888

CNPJ / CPF

WALLACE CHRISTIAN

Protocolo

237 - BANCO BRADESCO S A MASTER BORD ETIQUETAS E BORDADOS LTDA

Número: 0454-2

DUPLICATA MERCANTIL

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF 007967718000109

679,00

793,73 ou Dinheiro Custas

114,73 Cpmf

0,00 Tarifa

Domingo 23-10-11 Paulo Fortunato Gonçalves, 52 anos, Itaipava, 16h Iracema Barroso dos Santos, 86 anos, Bingen, 16h30 Lizete José Leite Cunha, 75 anos, 11h, Retiro Segunda-Feira 24-10-11

W J F BORDADOS LTDA

Número: 002614

DUPLICATA MERCANTIL

Custas

21/10/2011

469,00

RUA DOM JOAO BRAGA, N 7

Cheque Administrativo

VCMARIANO CONSULTORIA E ASSESSORIA LTDA

CNPJ / CPF

AMOR COR CONFECCOES LTDA ME

Vencto: 21/09/2011

16063

575,39 ou Dinheiro Custas

106,39 Total

Protocolo

001 - BANCO DO BRASIL SA IBRASA INSTIT. BRAS.D CGC 60828225000162

Número: 000791/1

DUPLICATA MERCANTIL

Vencto: 16/08/2011

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF

ALEXANDRIA LIVROS LTDA

SEPULTAMENTO

14,03 Total

807,76

Intimo-os a pagarem ( através de cheque administrativo ou dinheiro com guia de pagamento a ser retirada neste tabelionato ), ou no caso da falta de aceite, comparecer para aceita-lo, ou dar-me as razões por que não o faz. Ficando assim já intimado do respectivo protesto no prazo estipulado na forma da lei.

Petropolis, 25/10/2011 João Correia Lima Neto - Escrevente

Leia o Diário na Internet www.diariodepetropolis.com.br

Artur Tavares, 85 anos, Siméria, 16h30 Paulo Sérgio de Almeida, 43 anos, Santa Rosa, 10h30 Felipe Dias Danelon, 26 anos, Siméria, 16h30 Almerinda Furtado Dias de Souza, 88 anos, Castelânea, 16h Antônio Pinto da Silva, 80 anos, Centro, 11h30 Celso Albernoz Rodrigues, 78 anos, Jardim Salvador, 15h30 Geraldo de Souza, 78 anos, Cascatinha, 16h30 Cemitério de Itaipava Domingo 23-10-11 Wanda Gomes da Silva, 84 anos, Pedro do Rio, 16h30 Manoel Souza da Silveira, 49 anos, Independência, 9h Segunda-Feira 24-10-11 José do Vale Orem, 63 anos, Corrêas, 14h Darci da Conceição, 52 anos, Itaipava, 9h OBS. AS INFORMAÇÕES ACIMA SÃO FORNECIDAS AO DIÁRIO POR FUNCIONÁRIOS DAS SECRETARIAS DOS CEMITÉRIOS,

Há 30 anos era publicado Em sua edição número 2.329, de 25 de outubro de 1981, um domingo, o DIÁRIO publicou os seguintes destaques: DESEMPREGO EM ALTA - Pelo menos 10% da população economicamente ativa de Petrópolis está desempregada, segundo levantamento feito pelo presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Fiação e Tecelagem do 1º Distrito de Petrópolis, Fausto de Paula Leite. Esse quadro está baseado nas homologações de demissões efetuadas do mês de abril até a presente data. SUCESSO - O bom tempo e a perfeita organização do trabalho permitiram que as equipes de vacinação atendessem ontem, sem filas e sem problemas, a todos os que procuraram os 57 postos fixos e 23 volantes e, pela estatística de atendimentos até as 12h, o coordenador de vacinação do Centro de Saúde, Saulo Gadelha, acredita que, praticamente, todos os que tomaram a 1ª dose procuraram os postos para a segunda. ÁREA INTERDITADA - Classificando como desafio e desrespeito ao poder público, o vereador Manoel do Carmo denunciou na Câmara que, mesmo após a interdição da área, depois da queda de uma pedra que colocou em risco a vida de centenas de moradores do Cascatinha, corretores continuam no local, negociando terrenos em áreas interditadas pela Prefeitura.

MANUTENÇÃO E MELHORIA NA REDE COM INTERRUPÇÃO NO FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA Visando prestar um serviço de melhor qualidade, a AMPLA comunica a seus clientes que interromperá o fornecimento de energia elétrica, para possibilitar a execução de obras e melhoramentos da rede, nos municípios de Petrópolis, São José Vale do Rio Preto e Areal nas seguintes localidades: s 25/10/2011, das 00:00h às 00:10h, São José do Vale do Rio Preto - Centro: Rua Antonio Coelho Guerra e adjacências.s 28/10/2011, das 10:00h às 15:30h, Petrópolis - Centro: Ruas Montevideo Cândido, Christ I. F. Silva, Arthur Barbosa Germain e adjacências. Cliente Especial: Águas do Imperador S/A. Das 09:30h às 17:00h, Simeria: Ruas Sodré, Manoel Francisco de Paula e adjacências. Das 09:00h às 15:00h, Nogueira: Ruas Amazonas, Goiás lote 274, Paraná lote 253 quadra 09 e adjacências. Das 12:00h às 16:00h, São José do Vale do Rio Preto - Barrinha: Rua Avelino Branco e adjacências. Das 09:30h às 14:30h, Areal - Centro: Estrada do Morro Grande s/nº e adjacências. O restabelecimento de energia poderá voltar antes do horário previsto.

SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS DE FIAÇÃO E TECELAGEM DO MUNICÍPIO DE PETRÓPOLIS – CNPJ 31.166.655/0001-68 AVISO REGISTRO DE CHAPA Em cumprimento as determinações Estatutárias, comunico que foi registrada uma chapa de numero 1 (um), abaixo discriminada, para concorer ás eleições a que se refere o Edital de convocação e o aviso resumido, publicado no Jornal Tribuna de Petrópolis e Diario de Petrópolis, do dia 16/10/2011. CHAPA 1 (UM) Diretoria Efetiva: 1) Wanilton Reis dos SantosPresidente 2) Marcos Jose de Oliveira Andrade - Vice - Presidente 3) Fábio da Silva Carvalho – 1º Secretário 4) Antonio Rezende dos Santos – 2º Secretário 5) Rafael Saldanha Neves – 1º Tesoureiro 6) Valdir de Paula Santos - 2º Tesoureiro 7) Alex Sandro da Silva – Diretor Social Conselho Fiscal Efetivo: Suplentes: 1) Ney Cogliatti 2) Eduardo Costa da Silva 3) Vicente Teodorio da Silva

Diretoria Suplente: 1) Jorge Eduardo Vieira 2) Alex de Souza Tavares 3) Almir Vicente Ferreira 4) Valdeci Elias da Silveira 5) Adão Adalberto do 6) Ronaldo Moreira dos Santos 7) Valter Cardoso da Silva Conselho Fiscal Suplentes 1) Nilnei Rodrigues 2) Joel Felipe da Silva 3) Carlos Roberto Martins Deleg. Repres. Feder. Efetivos: 1) Marcos Jose de Oliveira Andrade 2) José Pereira Narcizo Deleg. Repres. Feder. Suplentes: 1) Rita Maria Dias 2) Antonio Augusto da Cunha

Nos termos do Estatuto do Sindicato, (artigo 71) o prazo para impugnação de candidatos é de 05 (cinco) dias contados da data de publicação do registro de chapa, mantendo o Sindicato pessoa habilitada para receber as impugnações, conforme o edital de convocação das eleições afixado no quadro de aviso do Sindicato e aviso resumido. Publicado nos jornais Tribuna de Petrópolis e Diário de Petrópolis. Petrópolis, 21/10/2011. Wanilton Reis dos Santos Presidente


ALTO DA SERRA A secretaria da Paróquia de Santo Antonio, na Rua Santo Antonio, do Alto da Serra, funciona de 2ª feira a sábado de 14h30 às 19h. O Pároco é o Padre Francisco Montemezzo e o Vigário Paroquial é o Padre Antonio Teixeira Pinto. Informações pelo telefone 2242 4310.

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

terça-feira, 25 de outubro de 2011

D

iário nos

B

airros

diarionosbairros@diariodepetropolis.com.br

9

ALCOÓLICOS ANÔNIMOS Hoje 19h30: Grupo 27 de Maio, Rua Bingen, 261; 29 de Maio, Rua Hermogêneo Silva, 99, Retiro; 28 de Janeiro, Rua Paulo Barbosa, 180, Centro; Estrela de Araras, Escola Estadual de Araras; Cascatinha, Matriz de Santa e São Joaquim; São Sebastião, Matriz de São Sebastião.

Estacionamento “atropela” estatuto

Vendedor das Arcas concorda com falta de serviços públicos Famílias com até três carros em vagas, veículos de quem sequer mora em apartamentos e automóveis quebrados estacionados no pátio

Os estacionamentos irregulares no pátio do Condomínio do Parque Residencial Príncipe do Grão Pará – BNH do Alto da Serra – estão tirando o sono do síndico Roberto Paulo da Silva, o Paulão. As reclamações de proprietários de automóveis que muitas vezes chegam ao pátio e não encontram vagas são constantes. No domingo pela manhã Paulão era assediado a cada passo por proprietários reclamando do problema. - Tem famílias com três carros estacionados enquanto o estatuto do condomínio permite apenas uma vaga para cada proprietário de apartamento – afirmou um morador ao síndico próximo do bloco 20.

Paulão confirmou que o problema existe e que ainda tem um fato pior: - Tem gente que aluga o apartamento. O inquilino vem morar, não tem carro e aluga a vaga para outros donos de automóveis que moram fora do condomínio. Esta irregularidade é outra que precisamos resolver com urgência. No pátio do BNH também são vistos veículos quebrados e com pneus arriados estacionados nas vagas. Paulão confirmou que até o dia 20 de novembro uma assembléia será convocada e os proprietários serão intimados a resolver a situação do número de carros, aluguel irregular de vagas e veículos fora de circulação usando vagas no estacionamento.

emitiu uma nota noticiando a novidade e classificou como ótimo o trabalho. A líder comunitária lembrou que no Eu Amo Petrópolis promovido no dia 21 de setembro, além de iniciar um movimento de resgate do sentimento de

Augusto César reforçou que o Rio do Carvão está assoreado em todo o seu leito e que precisa do serviço de dragagem urgente. Informou que não mora na Estrada das Arcas e que reside em Pedro do Rio, porém como vendedor de biscoitos está sempre na localidade observando os problemas deixados pela tragédia de 12 de janeiro passado.

Ao tomar conhecimento do incentivo a produção rural que vão acontecer nas comunidades do Brejal, na Posse e Bonfim, em Corrêas, o produtor Alcides de Oliva Tostes, aplaudiu a iniciativa da Secretaria de Estado de Habitação. Entretanto, opinou que o órgão deveria estender o programa a outras localidades. - Na Posse existem outros

locais de produção na extensão da Rodovia Silveira da Motta. E em Petrópolis tem o Caxambu com um grande número de agricultores – opinou, no domingo pela manhã na feira livre do Alto da Serra. A Secretaria de Habitação anunciou o programa na semana passada, informando que as famílias vão receber mudas de citros, farinha de osso, entre outros.

Produtor opina sobre o programa de incentivo

Paulão, preocupado, informou irregularidades no estacionamento

Vídeo do Eu Amo Petrópolis está a disposição do público A presidente Myriam Vianna Born, da Associação de Moradores e Amigos do Centro Histórico – AMACENTROHISTÓRICO – informou ontem que um vídeo sobre o evento Eu Amo Petrópolis já está à disposição do público na web. Ela

Após ler as reclamações de moradores da Estrada das Arcas, em Itaipava, sobre a falta de serviços públicos na localidade no DB de domingo, o leitor Augusto César Morelli Aladim, concordou com as notícias. Para ele o período das chuvas fortes está chegando e os proprietários ribeirinhos fatalmente vão voltar a sofrer com enchentes no lugar.

amor pela cidade, marcou também a comemoração dos 21 anos da Associação. Destacou que o evento foi realizado justamente na chegada da primavera. No vídeo aparecem os artistas voluntários da música, teatro, danças, ar-

tes plásticas, fotografia, entre outras apresentações. Myriam Born informou que o documentário está no canal da Televisual Filmes no You Tube: www.youtube.com/ watch e que espera um bom número de visitas no vídeo do Eu Amo Petrópolis.

Portal Casando com Estilo promove mostra no Valparaiso No próximo sábado e também no domingo o portal Casando com Estilo promove a II Mostra com o título no Espaço Terra Santa, no Valparaiso. O evento é a complementação do trabalho já promovido pela empresa e tem como meta apresentar aos visitantes da feira, profissionais das mais diversas áreas da produção de eventos.

No decorrer serão informados desde a primeira etapa ainda com a papelada do cartório, até os serviços de segurança e limpeza. Todos esses profissionais vão cuidar para que tudo esteja perfeito antes, durante e após a festa. No sábado o Casando com Estilo começa às 13h e no domingo às 11h. A entrada é franca.

ECONOMIA

Caderneta de poupança tem recursos garantidos 13° Salário: brasileiros devem planejar o que fazer n Daniel Lima e Kelly Oliveira/ABr

Os trabalhadores, aposentados e pensionistas, nesta época do ano, já podem começar a planejar o que fazer com o décimo terceiro salário pago em dezembro. Na avaliação de especialistas em finanças pessoais, o dinheiro extra pode vir como uma oportunidade para se livrar de dívidas e iniciar uma poupança. - O momento é oportuno. Estamos em outubro, portanto tem tempo para planejar o final do ano - lembra o professor de Finanças da Faculdade Ibmec, Marcos Aguerri Pimenta de Souza. Ele destaca que, primeiramente, o consumidor deve verificar quais são as prestações a vencer, as demais despesas futuras e, por último, levar em consideração “os desejos de final de ano”. Para o especialista em administração financeira, Érico Veras Marques, professor da Faculdade de Economia, Administração Atuária e Contabilidade, da Universidade Federal do Ceará (UFC), no caso das pessoas que estão com as contas em dia, parte do décimo terceiro pode ser separado

para as compras de Natal e outra parte para fazer poupança para complementar a aposentadoria no futuro, comprar um carro ou uma casa e fazer uma viagem, por exemplo. Mas se o consumidor já estiver endividado, a orientação é colocar as contas em dia para evitar pagar juros altos. - Tem ainda o superendividado. O décimo terceiro não vai acabar com a dívida dele. Mas ele pode ver qual é a dívida mais alta, com juros mais altos, e alocar o décimo terceiro em cima dessas grande dívidas, além de tentar negociar o restante a taxa menores com os credores, já que o volume de dívidas fica menor e é mais fácil negociar- diz Marques. De acordo com Aguerri, tomar crédito no banco pode ser uma boa ideia quando se quer pagar uma outra dívida com custo maior (taxas de juros). - Por exemplo, se está com dívida alta no cartão de crédito e não consegue pagar, pega um crédito consignado que tem juros menores para pagar essa dívida. Não é aconselhável pegar empréstimos para fazer compras do dia a dia - recomenda Aguerri.

n Flávia Alburquerque/ABr

Os recursos da caderneta de poupança para o mercado imobiliário estão garantidos para os próximos dez anos, disse ontem o presidente da Caixa Econômica Federal, Jorge Hereda, ao participar de uma audiência pública na Assembleia Legislativa de São Paulo. Segundo ele, o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) consegue deslocar para o mercado imobiliário cerca de R$ 30 bilhões por ano e, por isso, não haverá escassez de recursos para o financiamento nos próximos anos. - A Caixa está equacionada até 2013, não tem problema de recursos. Nesse período está havendo uma discussão com relação aos recursos da poupança, porque no FGTS, que financia o Programa Minha Casa, Minha Vida, tem R$ 125 bilhões para os próximos quatro anos. Então tem recursos para o Minha Casa, Minha Vida na faixa até dez salários mínimos, com mais de 2 milhões de casas para serem contratadas. Hereda ressaltou que o Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) terá que passar por uma transição, que deve ocorrer até os juros ficarem mais

Jorge Hereda disse que a Caixa Econômica Federal não tem problemas de recursos até 2013

baixos no país, para que assim se possa securitizar os créditos existentes, gerando mais recursos para os investimentos. - Quando os recursos estiverem em 7%, não se precisará mais dizer de onde vem, porque será possível aplicar recursos das tesourarias dos bancos como é em todo o mundo. De acordo com o presidente da Caixa, o círculo virtuoso do crédito imobiliário no Brasil ainda tem muito a

caminhar. - Temos um pouco mais de 4% do Produto Interno Bruto (PIB) para o crédito imobiliário, e se imaginarmos que o Chile tem 12% e o México no mesmo patamar, aqui no Brasil ainda temos um caminho longo a percorrer. A discussão é se vamos ter um crescimento de 50% ou 60% ou um pouco menor. Para ele, o crescimento do crédito imobiliário no Brasil será um pouco menor, porém sustentado.

Hereda disse que até o momento o financiamento imobiliário da Caixa passa de R$ 60 bilhões e a expectativa é a de fechar o ano em R$ 90 bilhões. Nesses três últimos meses do ano a contratação acelera. Está entrando agora a contratação para a faixa de zero a três salários mínimos para o Minha Casa, Minha Vida e queremos passar dos R$ 76 bilhões do ano passado.


10

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

TERÇA-feira, 25 de outubro de 2011

ESPORTES

esportedp@gmail.com

Imperial contrata zagueiro para a Série B O Imperial Futebol apresentou na última sexta-feira o zagueiro Elton, que jogou a primeira divisão do Campeonato Carioca deste ano, pelo Olaria. Este é mais um reforço que se junta a equipe que começou a treinar no início deste mês e está se reforçando para a disputa da série B estadual, em 2012. Elton foi recebido pela comissão técnica do clube e já faz planos para a próxima temporada. Ele diz que conheceu o projeto e acredita no sucesso, por isso resolveu acertar com a equipe petropolitana. - Pelo que eu já conheci e pelo que eu estou vendo vai dar para fazer um bom trabalho aqui - afirmou o atleta na apresentação. O zagueiro chega focado no objetivo de subir para a primeira divisão com o Imperial, já no primeiro ano de existência do clube. - O meu objetivo aqui é subir de divisão. Espero jogar bem cumprir meu papel e agradar a todos. Tenho feito um bom trabalho nos clubes em que passei e pretendo continuar - comentou. Elton se define como

Ari Gomes

um zagueiro que joga duro e gosta de exercer um papel de liderança. - Eu falo bastante no jogo, me considero um líder, gosto de chamar a responsabilidade. Eu jogo duro - disse o zagueiro canhoto. Ele se junta ao elenco e inicia os treinamentos nesta segundafeira. O gerente de futebol do Imperial Hingo Hammes comemorou a aquisição do jogador. - É uma contratação importante por se tratar de um jogador que já tem experiência na primeira divisão e com certeza vai acrescentar muito a equipe - destacou. Ficha técnica Nome: Elton Baia Data de Nascimento: 08/01/1986 Naturalidade: Carangola-MG Clubes onde passou: Independiente (ARG) Inter de Limeira (SP) XV de Jaú (SP) Olaria (RJ)

Hingo Hammes, gerente de futebol do Imperial; o zagueiro Elton Baia; e o treinador do time Gilson Maciel. Mais um contratado Fotos: Divulgação

PEC confirma favoritismo e vence a Drogaria do Povo O Poker/PEC segue firme em busca do pentacampeonato estadual. Confirmando seu favoritismo, o time venceu a Drogaria do Povo por 10 a 3 (Vander Carioca (3), Régis (3), Vinícius (2), Sixel e Pelé para os petropolitanos, com Tiago, Fernando e Paulo Vítor marcando para a equipe cabofriense), na noite desta sexta-feira (21), no Ginásio da UCP, no Bingen. Com este resultado, o Poker/PEC soma 16 pontos no Grupo B do Campeonato Estadual de Futsal, com um

jogo a menos que o Imperial, atual líder desta chave, com 19 pontos. Seguindo o exemplo das outras partidas desta competição, os petropolitanos começaram muito bem, impondo um placar inquestionável de 6 a 0 no primeiro tempo. Na segunda etapa, o time manteve o ritmo e reiterou a boa fase, finalizando a goleada. Para o técnico Cupim, o principal objetivo é ter o foco voltado para o título. O treinador lembra que, neste caso, o Poker/PEC garante vaga para

a Taça Brasil 2012, além de o próprio pentacampeonato ter grande importância para a carreira dos atletas: – Todo atleta vive de sua imagem. Isso é motivador. Terminar o ano com um título é importantíssimo. Acarreta na auto-estima, na classificação para uma competição nacional e na continuidade do trabalho – concluiu Cupim. A próxima partida do Poker/PEC pelo estadual será na sexta-feira (28), às 20 horas, contra o Imperial, no E. C. Corrêas, em Corrêas.

O time de Sub-11 do Palmeira, numa virada espetacular, conseguiu vencer a equipe do Serrano

Fim de semana de vitórias para os times do Palmeira Lances bonitos, muito talento e uma torcida entusiasmada. Estes foram alguns adjetivos de quem assistiu no último sábado as partidas entre Palmeira e Serrano, válidas pela penúltima rodada do returno do Campeonato Municipal de Futsal nas categorias Sub-9, Sub-11 e Sub-13. O time de Sub-9 foi muito ofensivo que, diferente do primeiro jogo (empate por 1 a 1), goleou o Serrano com 10 gols: Leonardo (4), Jonas (2), Matheus Cupim (2), Gabriel

(1) e Rômulo (1). O Serrano marcou apenas 1. Em quadra, um Sub-11 assustado que permitiu ao adversário encerrar o primeiro tempo com 6 gols contra apenas dois do Palmeira. Mas na volta do segundo tempo mais um gol deixou o placar favorecido ao Serrano. Porém, o quarteto, Guilherme, Thiago, Arthur e Felipe em quadra, inverteram o placar e proporcionaram uma emocionante vitória de 8 a 7. Luan, Pedro Affonso, Guilherme, Alex, Pedro Lu-

cas, Thiago, Leonan, Tom, Matheus, Arthur, Felipe, Dudu e Gabriel. Técnicos: Edmundo e Edmilson. Já o Sub-13 marcou a partida numa disputa fiel, gol a gol. Mostrando que não desistiram da classificação, o time buscou e obteve nova vitória 8 a 6 (Jeferson, o “nosso” Toró marcou 4 gols, Léo (3) e Caio (1). Destaque da partida para o jogador Léo que nos minutos finais marcou um lindo gol de bicicleta por cobertura.

Atuando muito bem contra a Portuguesa, o Sub-13 do Petropolitano acabou empatando em 0 a 0

Petropolitano empata com a Portuguesa: 0 a 0 Na manhã de sábado, no Estádio da Portuguesa Carioca, na Ilha do Governador, as equipes Sub-11 e Sub-13 do Petropolitano, jogaram pela 1ª rodada da 2ª fase da Copa Light. Os times passaram pela fase classificatória, enfrentando o Fluminense, o Vasco da Gama, o Bangu e Mangueira. Estes jogos foram realizados no Estádio Carlos Guinle. Segundo a diretoria do Petropolitano, as equipes obtiveram resultados expressivos, principalmente a categoria Sub-13, campeã Municipal da temporada 2011, que mantém-se invicta após 18 jogos oficiais realizados, incluindo os do Campeonato Municipal

e da Copa Light. Contra a Portuguesa, o time Sub-13, dirigido por Francisco Lima, empatou em 0 a 0, apesar de ter desperdiçado duas chances para marcar no segundo tempo. O próximo adversário da equipe será o Fluminense de Cabo Frio ou o América em jogo que deverá ser realizado neste fim de semana. O Petrô atuou com: Matheus Xavier, Robson, Gabriel Neves, Caio Neto, Gabriel Odone, Hugo Vitorino, Gabriel Dias, Gustavo, Guilherme, Matheus Mello, Breno, Herbert, Vítor, Marlon, Matheus Lima, Bernard, Rafinha, William e Hugo Peres.

A categoria Sub-11, dirigida por Ademilson, fazendo a preliminar, perdeu para o União Imperial por 3 a 2. Enfrenta na próxima rodada o Vasco da Gama. nMunicipal Jogando no último domingo, no Estádio Carlos Guinle, as equipes Sub-15 e Sub-17 do Petropolitano foram derrotadas pelo Vera Cruz, pelo mesmo placar de 2 a 1. Os dois times dirigidos por Silmar Assumpção e por Nahor Júnior, ainda atuarão em cinco jogos para encerrar o returno, porém têm reais chances de classificação para as fases semifinais da competição.

diariodepetropolis  

artigos, cidade, colunistas, esportes