Issuu on Google+

Diário

de Petrópolis 57 anos

E-mail: redacao@diariodepetropolis.com.br

Site: www.diariodepetropolis.com.br

Preço do exemplar: R$ 1,20

Nº 16.152 - Quarta-feira, 23 de maio de 2012 Divulgação

Cláudia quintanilha se reúne com vereadores

Governo quer melhorar regras do crédito habitacional

Falta de professores está sanada, afirma secretária Divulgação

O ministro da Fazenda, Guido Mantega (foto), disse que o governo trabalha para melhorar as regras da portabilidade do crédito habitacional. “Na medida em que os juros vão caindo, cairão também para o crédito habitacional”, afirmou o ministro. (Página 8)

agenda Hoje, às 20h30, acontece o lançamento do coro modelo do programa ‘Canta Petrópolis’, na Escola São Judas Tadeu, na Mosela. O Coral Dó Ré Mi reestreia, sob regência do maestro Leonardo Randolfo, com a importante tarefa de ser o referencial para os regentes aprendizes, que irão multiplicar este trabalho nas escolas do município. (Página 6)

bairros Proprietários de residências da Rua Joaquim Gomes dos Santos, do Itamarati, agradeceram ontem a Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes – CPTrans – pela proibição do estacionamento ao longo da via. Lembraram que agora o ônibus da linha Rodolfo Alberto Pires, da Viação Cascatinha, está podendo ir até o ponto final, o que antes não acontecia.. (Página 9)

Esportes

A secretária Municipal de Educação, Cláudia Quintanilha, se reuniu ontem com os vereadores para prestar esclarecimentos

Por quase duas horas e a portas fechadas, a secretária Municipal de Educação, Cláudia Quintanilha, prestou esclarecimentos ontem aos vereadores na Câmara sobre a falta de professores e o fechamento de escolas do município. Após a reunião a secretária não quis falar com a imprensa, mas vereadores disseram que ela garantiu que, desde a última sexta-feira o problema já vem sendo sanado, com a contratação de professores e com a extensão temporária de jornada. (Página 3)

Guarda Civil retoma a operação Calçada Livre e multa irregulares

Fotos: Alan Alonso

A partir dessa semana, as ações para coibir os estacionamentos irregulares em vários pontos da cidade estão sendo retomadas pela Guarda Civil Municipal, a chamada Operação Calçada Livre. De acordo com o comandante da instituição, Eliel Silveira, muitos motoristas acabam parando irregularmente por comodidade. Ainda segundo ele, a Guarda recebeu muitas reclamações neste mês referentes ao estacionamento irregular de veículos, principalmente sobre as calçadas. As multas para este tipo de infração variam de R$ 50 e R$ 191. (Página 5)

Governo municipal faz convênio de cooperação técnica na área fiscal com prefeitura de Vitória (Página 7)

A Operação Calçada Livre foi reiniciada ontem e quem estacionou em local proibido foi multado

Centenas de fiéis visitam paróquia de Santa Rita Ontem foi comemorado o Dia de Santa Rita de Cássia, a Santa das Causas Impossíveis. Durante todo o dia foram realizadas missas na paróquia que fica no Bairro Castrioto. Os organizadores da festa disseram que mesmo com movimento inferior a anos anteriores, centenas de fiéis compareceram para homenagear a Santa. (Página 7)

Após a derrota por 3 a 2 no último domingo contra o Carangola, no Estádio da Amizade, o Petropolitano, procurará durante os treinamentos desta semana a melhor formação para a próxima partida. Leone (foto) é um dos destaques do Sub-11. (Páginas 9 e 10)

Concessionárias esperam crescimento nas vendas de veículos com a redução do IPI Os devotos compareceram ontem à paróquia para homenagear a Santa das Causas Impossíveis

Anuncie no Classidiário. É grátis até 12 palavras n Escreva cada letra ou sinal de pontuação nos quadradinhos n Entre uma palavra e outra, deixe um quadradinho em branco n Preencha com letra de forma bem legível e entregue na sede do Diário

Nome:........................................................................................................................................... Identidade:................................................................................................................................... Endereço:.....................................................................................................................................

(Página 5)


2

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

A nova ordem e a força social

Rio + 20 e cidades (in)sustentáveis n Rômulo

Silveira da Rocha Sampaio

n Gaudêncio Torquato

M

aquiavel dizia: “nada é mais difícil de executar, mais duvidoso de ter êxito ou mais perigoso de manejar do que dar início a uma nova ordem de coisas”. E o cardeal de Richelieu lembrava em seu testamento político: “o que é apresentado de súbito em geral espanta de tal maneira que priva a pessoa dos meios de fazer oposição, ao passo que quando a execução de um plano é empreendida lentamente a revelação gradual do mesmo pode criar a impressão de que está sendo apenas projetado e não será necessariamente executado”. Entre as trilhas abertas por esses dois grandes formuladores da ciência política, caminha o Brasil. Quem garante que o país não tem se esforçado para abrir uma nova ordem de coisas pode estar acometido de cegueira partidária, essa que confere aos adversários (momentâneos) dos governos a capacidade de enxergar apenas por um olho, o da oposição. E quem defende a tese de que o edifício das reformas já está construído – e que tudo anda às mil maravilhas – é um habitante passional do condomínio governamental. Por sua lupa de lentes grossas, os feitos batem nas alturas. Nem uma coisa nem outra. O país faz consertos, sim, nas estruturas, mas o trabalho é lento. Os avanços não seguem o modelo “arrombar a porta” da blitzkrieg. Por aqui, a estratégia lembra mais a do general Quintus Fabius (275 a.C – 203 a.C), conhecido por fustigar o cartaginês Aníbal Barca, nas guerras do sul da Itália, nunca recorrendo ao confronto direto, mas “comendo pelas bordas”. Faz mais nosso estilo. Quem não se lembra da angustia provocada pelo abrupto confisco da poupança na era Collor? Nas últimas duas décadas, avançamos no terreno da racionalidade. Implantaram-se sistemas, métodos e programas voltados para o aprimoramento da gestão pública, da moralização dos padrões da política, da defesa dos direitos humanos, da igualdade entre classes e gêneros. Nossa democracia foi bastante lapidada. Nesta semana mesmo, o país instalou a Comissão da Verdade com o objetivo de investigar crimes perpetrados por agentes públicos e ganhou a Lei de Acesso à Informação, pela qual os cidadãos tomarão conhecimento do que se passa nos municípios, Estados e União, na esfera de todos os poderes. No rol de mecanismos para moralizar a gestão pública, vale destacar a lei de responsabilidade fiscal, de maio de 2000, que condiciona gastos de Estados e municípios à capacidade de arrecadar tributos. É mecanismo central para barrar a “gastança” de administradores que tentam se pendurar na gangorra eleitoral. Mesmo assim, não é pequeno o número de entes federativos que levantam dificuldades para aplicar na plenitude aquele dispositivo, sob o argumento de que os orçamentos têm se estreitado. Como se vê, por aqui a cultura moralizante baixa a conta gotas. E sob muita lentidão. Ainda na trilha dos Direitos Humanos e da Cidadania, pode-se apontar um conjunto normativo de muita significação como a lei Maria da Penha, contra agressões à mulher no ambiente doméstico e familiar; a lei da Ficha Limpa, que torna inelegíveis candidatos e governantes às voltas com a justiça; o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA); a lei das cotas, que garantem reservas em vestibulares para negras e negros; o dispositivo que pune empresas por estabelecer menor remuneração para as mulheres que exercem a mesma função dos homens; a lei para o refugiado, considerada uma das mais avançadas do mundo no gênero, e que deverá ampliar os direitos dos imigrantes. O acervo de instrumentos legais, como se pode concluir, é vasto e contempla as mais variadas esferas, categorias e núcleos. Ao longo das legislaturas, vão ganhando reparos, passando por ajustes e se incorporando às culturas administrativa e política. Moldam-se, paulatinamente, às pautas cotidianas e mesmo as leis que recebem protestos de setores organizados – no caso a Lei Seca – acabam sendo aplaudidas. Chama a atenção o fato de que a nova ordem que se esboça resulta de uma forte ação social. Essa é a boa novidade. O país alarga o caminho do aperfeiçoamento das instituições sob o empuxo de uma efervescente democracia participativa, como se vê na mobilização de caravanas que comparecem às Audiências Públicas no Congresso e às sessões do STF, cuja sintonia com a sociedade nunca foi tão afinada. O movimento centrípeto – das bases para o centro da política tradicional – sinaliza horizontes promissores, eis que abre a perspectiva de uma sólida democracia participativa. Ou seja, funcionando como aríete contra os vetustos bastiões dos exércitos que tomam assento no Congresso, os pólos de poder que nascem nas vanguardas sociais forçam partidos a assumir posições inovadoras e a desconcentrar a velha política. O Estado oxigena suas estruturas e a Nação passa a ganhar altas taxas de civismo. Exemplo dignificante dessa força centrípeta é a vassoura ética simbolizada pela lei da Ficha Limpa. Construída nas oficinas sociais, foi transportada ao Parlamento com o registro de mais de 1,3 milhão de assinaturas. A conclusão emerge: o Brasil não é mais um gigante dormindo em berço esplêndido. Está despertado. Uma bandeira reformista tremula por todos os espaços. É claro que a representação política faz a sua parte. Daí se aduzir que vivemos, hoje, sob o signo de uma feliz interação entre a macropolítica, sob as cúpulas do Parlamento, e a micropolítica, sob o império dos novos circuitos de representação (organizações, núcleos, grupos etc). Outra hipótese floresce. A mudança, a inovação, a renovação são processos que começam a inspirar a sociedade em sua caminhada. Um Brasil racional, mais justo e ético, está sendo plasmado nos fornos sociais. Ao contrário do que alguns ainda verberam, as massas não desejam apenas pão e circo. Querem serviços de qualidade. Se a democracia representativa não atende ao seu clamor, levantarão com vigor a bandeira da democracia supletiva. Uma leitura dos eventos de nossa política mostra que o aviso é para valer. n Jornalista, é professor titular da USP, consultor

político e de comunicação Twitter @gaudtorquato

quarta-feira, 23 de maio de 2012

S

ustentabilidade urbana. Este é um dos temas que serão tratados durante a Rio+20. O cenário mundial é preocupante: 50% da população mundial vive em cidades. Na América Latina, a situação é ainda pior: mais de 80% da população é urbana. As razões são históricas. Fruto de processos de colonização excludentes e regimes de propriedade elitistas. As duas últimas semanas foram de inúmeras reportagens demonstrando a insustentabilidade das cidades brasileiras. No Rio de Janeiro, sede da grande conferência, lagoas e mares poluídos, ocupações irregulares

e de risco, especulação hoteleira e, como se não bastasse, infraestrutura de mobilidade urbana caótica e ineficiente. Cada um desses problemas é assunto suficiente para várias colunas. Preferi focar no último. A mobilidade urbana. Por que ela é tão ruim em países da América Latina? São múltiplas as razões, é claro. Mas uma delas chama a atenção. Toda vez que o Brasil ensaia uma estagnação econômica, fala-se em políticas públicas para esvaziar o pátio das montadoras. As montadoras adoram os países emergentes. E os políticos adoram as montadoras. Na falta de políticas públicas eficientes de mobilidade urbana, é conveniente facilitar a compra do automóvel. O automóvel é também

símbolo de ascensão social. É uma equação aparentemente vantajosa. Para o governo, e para o indivíduo. Mas é desastrosa para a coletividade. Na cidade sede da Rio+20, em 20 anos, a frota triplicou. Passou de 838.521, para 2.529.432 veículos. Essa frota é responsável por 77% das emissões de poluentes no Rio. Enquanto perde-se tempo com a tentativa de viabilizar o trem bala entre as duas maiores cidades do país, a mobilidade dentro delas avança muito lentamente. O congestionamento já não tem mais hora. O trânsito não provoca apenas prejuízos nos atrasos. É prejudicial à qualidade de vida desses mais de 80% da população que vive nas cidades. Impede que as pessoas habitem e vivam os seus

bairros, que se desloquem com qualidade e segurança pelo centro e pelo subúrbio. É a falta de transporte adequado que desvaloriza o subúrbio. O contrário do que ocorre em países desenvolvidos. Neles, o subúrbio é prazeroso e valorizado. A Rio+20 não dará uma solução para este sério problema. Mas pode ser uma oportunidade para nós, dos emergentes, começarmos a prestar mais atenção nas políticas locais. Essas sim, com impacto direto e imediato nas nossas vidas e que, quando bem sucedidas, contribuem para melhoria do ambiente global. n Doutor em Direito Ambiental

pela Pace Law School em Nova York, Coordenador do Programa em Direito e Meio Ambiente e professor da FGV DIREITO RIO

Longe de ser "impossível" n Mario Neto

N

ão chegaria ao ponto de dizer que o Fluminense joga o semestre amanhã contra o Boca Juniors, porque para alguns tricolores, que vou logo dizendo que não é o meu caso, o fato de ganhar o estadual, encostando no Flamengo novamente na contagem geral de títulos conquistados, já valeu os primeiros seis meses. Em compensação, a maioria da torcida sonha com uma vitória logo mais contra o Boca Juniors, passando assim para a semifinal. Claro que é uma tarefa difícil, mas longe, muito longe mesmo de ser “impossível”. Antes de tudo: não tenho duvidas de que, com o time completo, o Fluminense não perderia o jogo, mas isso agora pouco importa.

O fato de ter que vencer por dois gols de diferença não é uma situação nova para os tricolores. No ano em que chegou à grande final da Libertadores, em 2008, passou pelo mesmo aperto (no primeiro jogo no Morumbi o São Paulo ganhou de 1 a 0), pegando um adversário na época tão ou mais “chato” do que o Boca do momento. Mesmo precisando de dois gols, o Fluminense não pode entrar em campo para conseguir de qualquer maneira o seu objetivo. Claro que tem que atacar, mais não ao “Deus dará”. O Boca Juniors, como eu disse no ultimo artigo, é uma das poucas equipes que conheço para a qual quase não faz diferença jogar em seu alçapão ou em outros estádios. Este Boca Juniors de

hoje tem como trunfo o Riquelme (claro), somente ele (ao contrário de outras decisões em que tinha outros ótimos jogadores), que por isso mesmo deve ser vigiado constantemente. Não sei se por uma marcação individual ou não, seja qual for a tática a ser usada, não pode ter espaço para jogar. O Boca Juniors vai tentar jogar no erro do Fluminense, vai fazer o tempo passar, entre outras coisas, como irritar ao máximo os adversário e se o Fluminense cometer erros defensivamente certamente irá aproveitalos. Sabe usar o contra ataque como poucos. Sem poder contar com os três jogadores, Fred, Deco e Wellington Nem, que fazem a diferença e mais a ausência do Valencia, Abel repetira o mesmo time sem o Carlinhos,

que cumpre suspensão depois da sua expulsão idiota na Argentina. Caberá ao Tiago Neves, ao Vagner e ao Rafael Sobis “comandarem” a partida, multiplicando-se em campo e fazendo a bola chegar no Rafael Moura. E este, por sua vez, não pode ficar imóvel no campo, facilitando e muito a marcação. Quem sabe não baixa nele o espirito do Goiás na Copa Sul americana de 2010? Não é novidade para ninguém que a torcida do Tricolor pode fazer e muito a diferença. Mesmo que não goste deste ou daquele jogador, tem que incentiva-lo. E tem que ter muita calma, pois será uma partida nervosa onde a vaia tem que ficar longe das quatro linhas. Haja coração! n Jornalistar

Porcos na lama n Maria Eli

de Queiroz

N

ão gosto de falar em política, porque este assunto me deixa doente de indignidade. Porém, não posso calar dentro de mim a revolta sentida nessa semana. Em uma conjuntura de crise política brasileira, quando o povo se encontra boquiaberto diante da cachoeira de ilegalidades e crimes que a cada momento lhe são revelados, assistimos estarrecidos ao desvio das atenções. Projetar um futuro melhor para a Nação seria muito piegas e hilariante, uma vez que ninguém mais acredita em

promessa de governantes (espero não estar sendo otimista demais...). Então, o retorno ao passado foi o álibi sugerido para mudar o rumo da atenção nacional aos escândalos, um verdadeiro tsunami de contravenções e enriquecimentos ilícitos dentro do Planalto. Povo brasileiro, esqueça o presente, pois tudo anda bem no Brasil! Retorne ao passado e venha aplaudir a presidente Dilma Rousseff, pois esta grande mulher resolveu passar a limpo a nossa história, instalando a Comissão da Verdade! Vejam, senhoras e senhores! Brota de seus olhos um veiozinho de água salgada, uma biquinha, coitada, fruto da emoção dessa pobre ví-

Diretor-Presidente e Jornalista responsável: Paulo Antônio Carneiro Dias Editora: Jaqueline Gomes

D

tima das Forças Armadas no período da repressão! Esqueçam a CPI do Cachoeira, oriunda da Operação Monte Carlo! Não há nada mais importante agora do que resgatar o nosso passado sofrido! Nem mesmo o fato de jorrarem dessa cachoeira de escândalos, aos borbotões, os colossais lucros obtidos com o assalto aos cofres públicos - onde atuaram os bandidos Demóstenes Torres, Marcone Perillo, a corja da Delta, a penca de deputados federais, delegados de polícia, arapongas e funcionários públicos - será bastante para desviar nosso foco das lágrimas que escorrem dos tristes olhos espertos de nossa presidente! Não! Nem mesmo o processo

iário de Petrópolis 57 anos

Uma publicação da PJ Editora e Gráfica e Jornalística Ltda

Preço do Exemplar 3ª a sábado R$ 1,20 Domingo R$ 1,80 Atrasado R$ 2,50

Assinatura Trimestral Petrópolis R$ 80,00 Rio e outros R$ 160,00

Assinatura Mensal Petrópolis R$ 28,00 Rio e outros R$ 56,00

Assinatura Semestral Petrópolis R$ 152,00 Rio e outros R$ 304,00

do Escândalo do Mensalão deverá prosseguir, pois novos expedientes urgem para embotar a inteligência nacional! Que venham alguns poucos esclarecidos denunciar a estratégia vergonhosa do poder, que venham esses pobres toureiros à imprensa (e aqui me incluo, pobre de mim...), pois o touro solto na arena é muito mais poderoso! Qual! O diabo veste Prada, minha gente! Parodiando José Roberto Torero (Carta Capital), que se referia ao futebol brasileiro, digo a todos: “Política se faz nos gramados de Brasília, mas chafurda na lama”. n Mestra em Literatura Brasileira,

professora universitária, jornalista e escritora.

Site: www.diariodepetropolis.com.br E-mail: redacao@diariodepetropolis.com.br

Diretoria 2246-3807 Assinatura 2246-3807 Publicidade 2237-7849 Classificado 2246-3807 Redação 2235-7165

Rua Joaquim Moreira 106 Centro - Petrópolis - RJ Cep 25.600-000 CNPJ 02.424.864/0001-66

ABRAJORI - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS JORNAIS DO INTERIOR

As opiniões emitidas em artigos assinados não representam, necessariamente, o pensamento do jornal e são de inteira responsabilidade de seus autores. Da mesma forma, as informações e opiniões nas colunas são de responsabilidade de seus titulares.


Fotos:Arquivo

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

quarta-feira, 23 de maio de 2012

3

cidade

Alan Alonso

Quintanilha garante que falta de professores está sanada

Fotos: Divulgação

n Vinicius Henter viniciushenter@diariodepetropolis. com.br

Farmácia Popular do estado, na Rua General Osório, no Centro

Poucos medicamentos na Farmácia Popular estadual Pacientes que precisam da Farmácia Popular do Estado, na Rua General Osório, no Centro, continuam reclamando da falta de medicamentos e, principalmente, da fralda geriátrica tamanho M na unidade. Para tentar resolver a situação, manifestantes estarão hoje, a partir de 8h, e permanecerão durante todo o dia no calçadão do Colégio Estadual Pedro II (antigo Cenip) para recolher assinaturas que irão compor um abaixo assinado pedindo a reposição do estoque da farmácia e ainda que ela não seja fechada, já que alguns funcionários informaram que há possibilidade de fechamento da unidade. Em nota, o Instituto Vital Brazil informou que seriam entregues 500 fardos de fralda ainda ontem e mais 100 hoje em Petrópolis. Disse ainda que “não procede a informação de que a Farmácia Popular irá fechar”. Em todo o estado, alguns medi-

camentos estão em falta nas Farmácias Populares do Estado. São eles: carbamazepina, hioscina, sinvastatina e benzoato de benzila. Da mesma forma, a Farmácia Popular está com falta de fralda geriátrica. Apenas a unidade de Resende tem fralda tamanho G em estoque. O tamanho M pode ser encontrado nas unidades de Bangu, Campo Grande, Méier, Niterói, Nova Friburgo, Resende e Volta Redonda, ainda de acordo com o instituto. A falta de fraldas se deve a um problema com a matéria-prima, segundo o fabricante. Esta não é a primeira vez que pacientes reclamam da falta de produtos na unidade de Petrópolis. Na semana passada, uma mulher chegou a instalar uma faixa na Praça Dom Pedro pedindo a reposição das fraldas e remédios. De acordo com uma mãe de um paciente, ela não encontra fraldas no tamanho M na farmácia desde o último dia 2.

Wagner quer mudanças no projeto do Instituto Koeler n Vinicius Henter

O vereador Wagner Silva (PPS) voltou a criticar o projeto que criará o Instituto Júlio Koeler, com funções semelhantes às da Secretaria Municipal de Planejamento e Urbanismo. A entrega do projeto da prefeitura à Câmara estava prevista para a última sexta-feira (18), mas foi adiada para esta semana pelo secretário de Governo, Charles Rossi, com a justificativa de que o governo pretende realizar uma grande cerimônia para marcar o ato. Wagner, no entanto, espera que o governo mude de ideia em relação à criação do instituto. Para o vereador, o ponto mais polêmico do projeto é a criação de 15 cargos comissionados, que ainda estarão no instituto no próximo governo. Ele ainda comparou o instituto com as agências reguladoras, aprovadas pelo governo de Rubens Bomtempo e que teriam funcionários comissionados para além da duração dos governos. Porém, antes mesmo de serem postas em práticas, a criação das agências foi cancelada. - Acredito que o prefeito tenha tido um bom senso – disse Wagner, referindo-se ao fato de a prefeitura não

ter enviado o projeto à Câmara. – É mais uma autarquia sendo criada. Se aprovarmos, o próximo prefeito vai ter que engolir esses 15 cargos. Acho que não vamos estar sendo éticos se fizermos isso. Como foi com as agências reguladoras, não podemos cometer esse erro. No dia 19 de novembro do ano passado, foi criada uma coordenadoria com prazo de seis meses para apresentar estudos sobre a fundação do instituto. Como o prazo terminou na sextafeira, a coordenadoria já foi extinta. Os vereadores descartaram, na semana passada, a votação em regime de urgência do documento. Eles afirmaram que pretendem dar tramitação normal ao projeto, passando por todas as comissões, para que a matéria possa ser votada com profundidade. Uma das preocupações dos vereadores é com a possibilidade de os cargos comissionados terem mandatos mais longos do que prefeito e vereadores. Também na semana passada, Charles Rossi declarou, no entanto, que, ao contrário do que os vereadores demonstraram, o governo não deverá ter dificuldade em aprovar o projeto na Câmara.

A secretária Municipal de Educação, Cláudia Quintanilha, se reuniu ontem por quase duas horas, a portas fechadas, com os vereadores para dar esclarecimentos sobre a falta de professores e o fechamento de escolas do município. Segundo vereadores que participaram da reunião, ela garantiu que, desde a última sexta-feira (18), o problema já vem sendo sanado, com a contratação de professores e com a extensão temporária de jornada (ETJ) dos professores que já faziam parte da rede. Na saída da reunião, Cláudia Quintanilha não quis falar com a imprensa, que a aguardava na Câmara. Fugindo dos microfones e andando com pressa em direção ao estacionamento do Legislativo, ela somente afirmou que a falta de professores “já está suprida” e que a conversa com os vereadores foi positiva. Quintanilha prometeu que explicará na próxima sexta-feira (25) à imprensa as medidas que vem sendo realizadas pela pasta. - O que ela garantiu é que toda a demanda apresentada até então foi sanada. Então nós vamos verificar através da Comissão de Educação da Câmara – disse o presidente da Câmara, vereador Paulo Igor (PMDB). Reclamação em Secretário Em relação ao último concurso público realizado pela prefeitura, Quintanilha afirmou aos vereadores que solicitou à Secretaria de Administração a convocação dos aprovados. Nos próximos dias, ela se reunirá com diretores das escolas para

A secretária de Educação, Cláudia Quintanilha, observada pelo presidente Paulo Igor na reunião

apresentar uma planilha com um plano de reposição das aulas das turmas que ficaram sem professores. Do lado de fora da reunião, membros do Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (Sepe) e mães de alunos protestaram, com cartazes pedindo a saída de Quintanilha do cargo e eleições diretas para a direção de escolas. - Já estamos no mês de maio, o primeiro semestre está se esvaindo. Queremos uma solução para agora – disse Rose Silveira, diretora do Sepe. – A solução é a chamada dos concursados e, em alguns casos, reverter o fechamento das escolas. As escolas precisam de reforma e atenção, e não serem fe-

chadas. A maioria das mães presentes na Câmara era de Secretário. Lá, três escolas foram fechadas: Benjamin Simas, José Neves e Major Teófilo de Carvalho. Alunos e servidores foram transferidos para a Escola Barros Franco. A Secretaria de Educação argumenta que o fechamento das escolas é para “otimizar” a rede, já que turmas estavam com poucos alunos. A empregada doméstica Ana Maria da Costa era uma das mães que reclamavam na Câmara do fechamento de escolas. O filho dela, de oito anos, cursava o 3º ano do ensino fundamental na Escola Major Teófilo de Carvalho, em uma turma de 14 alunos.

Ele foi transferido para a Escola Barros Franco, para uma turma com cerca de 40 estudantes. Ana Maria, no entanto, admite que não está faltando transporte escolar para o filho. - Mal atendido, ele não está sendo, mas a escola não tem estrutura para receber quatro escolas – disse Ana Maria. – A escola está sobrecarregada. Tem sala com 30, 40 alunos. O vereador Samir Yarak (PSC) afirmou que a otimização da rede deveria ser feita no fim do ano, e não no meio. Ele também criticou o fato de as mudanças terem sido postas em prática sem que a secretária consultasse pais, alunos e professores.

Paredão construído em 1988 no São Sebastião sofre com o tempo Em 1988, nas enchentes, o bairro São Sebastião foi um dos mais duramente atingidos pelas chuvas. Uma das soluções para a segurança dos moradores foi a construção de um muro de contenção. Desde então, a manutenção não é feita. Vegetação, rachaduras e sujeira estão comprometendo o muro de seis metros de altura na Rua Vital Brasil que protege quem passa pelo local. Um abaixo assinado, com 300 nomes, feito pelos moradores, foi endossado pelo vereador Baninho (PSD) e entregue à prefeitura com pedido de urgência para o serviço. O documento foi enviado há dois meses e não houve resposta. - A obra, pós-enchente de 88, foi estrutural para o bairro. Esse apelo público que fazemos vai garantir a segurança dos moradores. A encosta não recebe o cuidado necessário e a vegetação está pressionando a estrutura – apontou Baninho. O pedreiro Paulo César Eccard, 62 anos, é dos organizadores do abaixo-assinado encaminhado por Baninho à Comdep. Ele conta que há cerca de um ano um engenheiro da prefeitura esteve no local: - Ele veio aqui, olhou, foi embora e nada foi feito. Temos medo dos riscos, afinal, o cimento está estourando. Além disso, fica um

aspecto feio, descuidado e que atrai bichos – reclamou o morador. Baninho, residente do São Sebastião, acredita em uma obra de baixo custo. - É preciso que um especialista avalie o estado da encosta para apontar o que deve ser feito para que a obra nos dê segurança por mais 20, 30 anos – ressaltou o vereador. O pedreiro Paulo Roberto Medeiros, 41 anos, é um dos que caminha diariamente pela rua em frente ao paredão de cimento com o filho pequeno. - É uma vergonha. Lá para cima deve estar tudo rachado, acredito que seja preciso refazer algumas partes. Esperamos providências urgentes – pontuou. Estrutura de quadra de esportes ameaça cair Outra solicitação do vereador feita através de ofício encaminhado ao órgão há seis meses diz respeito à quadra esportiva localizada na Rua Capitão Paladini, do bairro São Sebastião, cuja estrutura de ferro ameaça cair. - A quadra, que é usada diariamente, até mesmo por crianças, está com a estrutura de ferro inclinada, podendo desabar a qualquer momento. É muito preocupante. São situações que requerem

Baninho (E) observa o paredão: cobranças por manutenção

manutenção. A conservação de obras e equipamentos é uma economia para os cofres públicos. Deve ser encarada dessa maneira – alertou o vereador. A quadra é um dos poucos locais de lazer do bairro, por isso, mesmo diante do perigo, os moradores não deixam de usá-la. O eletricista Bruno Macedo, 34 anos, conta que muitas crianças frequentam a área. - Eu mesmo jogava futebol aqui depois do trabalho,

mas agora não tem mais como vir à noite, já que a energia teve que ser cortada porque, se isso cai estando energizado, a tragédia seria ainda maior – disse o eletricista, ressaltando que o serviço não é complexo, já que os tubos podem ser aproveitados, bastando serem desentortados. – Fora isso é só trocar alguns pedaços de tela e então a luz pode ser religada, já que eu mesmo vedei alguns cabos para evitar que alguém levasse um choque.


4

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

57 anos

Aprende com o silêncio... “Aprende com o silêncio a respeitar a sua vida, a valorizar o seu dia, enxergar em você as qualidades que você possui, equilibrar os defeitos que você tem e sabe que precisa corrigir e enxergar aqueles que você ainda não descobriu.”.

QUARTA-FEIRA, 23 DE MAIO DE 2012

Cultural

Célio Thomaz

Na sexta-feira, teremos roda de leitura com a obra de Lygia Bojunga na Casa de Cláudio de Souzal. O evento será às 18h, com entrada franca, e é realizado em parceria com a Fundação Cultural Casa Lygia Bojunga e a Academia Petropolitana de Educação.

celiothomaz@celiothomaz.com.br

Bauernfest 2012

Curso a mil...

As reuniões relativas à Bauernfest estão movimentando o Clube 29 de Junho, dentre eles podemos destacar o Concurso de Rainha e o grande almoço. Em breve mais detalhes...

O empresário e professor Jayro Bragança, está a mil por hora com o seu curso de lingus Yazigi, eis que possui a franquia em Petrópolis. Segundo consta é um dos mais fortes do Brasil. Vale a pena conferir. Fica na Avenida Tiradentes no Centro Histórico de nossa Petrópolis. As instalações com alta tecnologia e ensino de primeira.

Novos pratos O Restaurante Majórica sempre à frente...Agora está com muitas novidades, em seu cardápio. A Majórica hoje é considerado point de almoços e jantares dos Executivos, políticos, empresários petropolitanos.

Grande Arraia Uma grande Festa Junina será realizada no final de junho, um evento fechado, bem familiar. Muita comida típica a cargo de bufê especialmente contratado, músicos de uma banda de forró, todos com traje típico e a tradicional dança de Quadrilha. Depois contamos.

Fernanda no Sem Censura

Me escreva Se você quiser mandar alguma sugestão, fique super à vontade, escreva para mim através do e-mail

No clique a turismóloga Gisele Goulart de Sá que recebeu moção congratulatória na Câmara de Vereadores semana passada pelo seu talento e competência na área do turismo do vereador Wagner Silva.

Conselho oriental Há um antigo conselho oriental que diz “Case com alguém com quem você goste de conversar. Na medida em que vocês forem envelhecendo, seu talento para a conversa se tornará tão importante quanto os outros todos”.

Beleza em pauta Em recente reunião familiar as cunhadas e sempre de bem com a vida Nely e Denise Binato de Castro

Na tarde da última segunda Educandário Terra Santa no Valparaíso promoveu o Dia da Beleza, para quase cem mães de alunos dentro dos projetos “Aquarela” e “Cultura pela Paz”.

Pão francês - R$ 6,99kg (somente no balcão) Entrega em domicílios

Rua Epitácio Pessoa, 100 (atrás dos Correios) Centro - Petrópolis - RJ Tel. 2231-2160

Direitos Autorais Registro de Músicas Livros Eventos Culturais Agente: Domingos Capistrano Operando no Mercado a 32 anos

Tels.: (24) 2237-3210 (24) 9832-0327 Petrópolis - RJ (22) 9907-4947 Cabo Frio - RJ

Hoje, as 16 horas quem estará participando do programa SEM CENSURA de Leda Nagle na Tv Brasil é a nutricionista petropolitana Fernanda Machado Soares, que abordará o tema “nutrição e insônia”.

Coleção de Marzio Fiorini O designer e estilista petropolitano, Marzio Fiorini lançou no último domingo a coleção “Tutti Frutti” com desfile no hotel La Suite, no Joá. As peças são lindas e bem coloridas e deram o tom da nova coleção...


57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

QUarTa-feira, 23 de maio de 2012

5

cidade

Concessionárias esperam crescimento em vendas As concessionárias esperam um crescimento nas vendas nos próximos meses por causa da redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para a compra de carros até o dia 31 de agosto, publicado esta semana no Diário Oficial da União. Em janeiro, o setor esteve num bom momento em Petrópolis, com aumento de 2,9% e, agora com essa medida a previsão é de que venha aquecer o mercado de automóveis, já que o mês atual está apresentando uma movimentação menor do que nos meses anteriores. - Acredito que o momento é totalmente favorável, e veio em ótima hora. Em janeiro estava melhor, esse mês a gente percebe que está parado. Por isso, acredito que essa redução incentivará o consumidor a comprar e a trocar de carro – declarou o gerente da concessionária Auto Imperial, Marcelo Furtado. O decreto acrescenta

ainda a redução do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) para as operações de crédito de pessoas físicas, que passam a valer a partir de hoje, como divulgado pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, que pretende estimular a atividade econômica do país. No caso das operações de crédito ao consumidor, CDC, financeiro de automóveis, cartão de crédito, financiamento e crédito consignado a alíquota anterior era de 2,5%, passando agora para 1,5%. A redução cai de 7% para zero no caso de carros 1.0 para as empresas instaladas no Brasil, já para veículos importados do México e de fora do Mercosul a alíquota cai para 30%. Para os carros 2.0 flex, a taxa cai para 5,5% e 35,5%, respectivamente, sendo esta última alíquota a mesma para os importados. Veja a tabela completa:

Alíquotas Montadoras instaladas no Brasil Carros 1,0 Flex e álcool até 2.0 Gasolina até 2.0 Utilitários

Anterior 7% 11% 13% 4%

Até 31 de agosto 0 5,5% 6,5% 1%

Montadoras de fora do Mercosul e México Carros 1,0 Flex e álcool até 2.0 Gasolina até 2.0 Utilitários

Anterior 37% 41% 43% 34%

Até 31 de agosto 30% 35,5% 36,5% 31%

POLÍCIA

Preso traficante que atuava na Região da Fazenda Inglesa Um homem de 29 anos foi preso em flagrante por tráfico de drogas na manhã de ontem, no bairro Fazenda Inglesa. A prisão foi feita por agentes do Serviço Reservado (P2) da Polícia Militar (PM), que apuravam denúncia no local. Na casa do acusado, foram apreendidas mais de 350 gramas de maconha, 53 cápsulas e 10 sacolés de cocaína. Além disso, também foi apreendida uma pequena balança. De acordo com relato dos policiais, a denúncia informava ainda a participação de um outro homem no movimento de tráfico na comunidade. Com este, no entanto, nada foi encontrado. Ainda segundo os agentes, o acusado não apresentou qualquer resistência a prisão. - Ele não reagiu e confessou que estava

traficando, segundo ele para conseguir pagar as contas da moto que tem. A moto era usada para circular na comunidade vendendo drogas - informou um dos policiais que participou da ação. A droga foi toda encontrada na casa do acusado, dentro de um armário no quarto dele. Segundo a polícia, o homem informou que havia comprado o entorpecente na favela Dois Irmãos, em Duque de Caxias. Ele disse ter comprado 500 gramas de maconha por R$ 280 e que dividia o entorpecente em pequenas trouxinhas, revendendo cada uma a R$ 10. Já por cada uma das cápsulas e sacolés de cocaína, ele informou ter pago R$ 5 reais , fazendo a revenda por R$ 15. Conduzido à 105ª DP (Retiro), ele foi autuado e ficou preso.

Mulheres são procuradas por furto em farmácia do Centro Duas mulheres estão sendo procuradas por terem sido flagradas furtando produtos de uma farmácia na Praça Dr. Nelson de Sá Earp, no Centro. De acordo com funcionários, elas teriam entrado no local por volta de 11h, no último sábado, e levado alguns produtos como vitaminas e lubrificantes. No total, o estabelecimento teve um prejuízo de R$ 1.500. Recentemente, a mesma farmácia também foi vítima de um bandido. Ele furtou escovas de cabelo, mas foi preso em seguida.

De acordo com o gerente Eleandro de Castro, uma funcionária havia arrumado as prateleiras antes das criminosas entrarem. Em determinado momento, após elas saírem, ela observou que estavam faltando muitos produtos naquele espaço e desconfiou. Eles, então, consultaram as câmaras de monitoramento da farmácia e viram a ação das duas. Nas imagens elas aparecem colocando os produtos na bolsa. Uma delas chega a se abaixar para cometer o crime.

‘Operação Calçada Livre’ é retomada pela Guarda Civil A Guarda Civil Municipal promete intensificar, a partir dessa semana, as ações para coibir os estacionamentos irregulares em vários pontos da cidade. De acordo com o comandante da instituição, Eliel Silveira, nesse mês houve muitas reclamações referentes ao estacionamento irregular de veículos, principalmente sobre as calçadas. Ainda segundo ele, a população vem cobrando ações mais efetivas em ruas do Centro, como Roberto Silveira, 13 de Maio, Oscar Weinschenck, Santos Dumont e nas vias ao entorno da Catedral. - Recebemos muitas reclamações nesse mês e por isso estamos reiniciando com a operação Calçada Livre para coibir o estacionamento irregular. Em locais onde a nossa fiscalização ainda não

Fotos: Alan Alonso

Guarda Civil anota placa de um veículo estacionado irregularmente

passou vamos advertir os motoristas e, naqueles onde já realizamos o trabalho, vamos punir - afirmou o comandante da Guarda Civil. De acordo com Silveira, muitos motoristas acabam parando irregularmente por

comodidade. Ele afirma ainda que muitos ainda “fingem” não enxergar a sinalização e acabam cometendo as infrações, cujas multas variam entre R$ 50 e R$ 191. - Nossa intenção é, em um primeiro momento, orientar os

motoristas e, em caso de novo descumprimento, aplicar as multas. O que pedimos é muito simples. Queremos que os motoristas respeitem a sinalização, nada mais do que isso. Tem gente que para embaixo da placa de proibido estacionar e liga o pisca alerta, achando que desse modo não está cometendo infração - critica Silveira. O estacionamento irregular também é alvo de críticas em outros pontos da cidade, que não só o Centro. É o caso de ruas no Bairro Duarte da Silveira, no Bairro Castrioto, São Sebastião e a Rua Chile, no Alto da Serra. Ontem pela manhã, pelo menos três carros foram advertidos próximo a Igreja Santa Rita, no Bairro Castrioto, onde fiéis compareceram para celebrar o dia da “Santa das Causas Impossíveis”.

Imóveis precisam de manutenção O estado de conservação de imóveis antigos em Petrópolis continua em discussão após o princípio de incêndio em um prédio na Rua Floriano Peixoto, no Centro, e um desabamento parcial de um edifício no Rio, que ocorreram na semana passada. De acordo com a Associação de Moradores e Amigos (AMA) do Centro Histórico, pelo menos 17 bens culturais estão em estado de abandono na cidade, “o que é preocupante”. Por outro lado, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) informou que cumpre um cronograma de vistorias e que não há nenhum imóvel tombado sob a responsabilidade do órgão em risco. A Associação Petropolitana de Engenheiros e Arquitetos (Apea) já havia explicado que a manutenção nestes sobrados e prédios antigos é fundamental para evitar tragédias como as ocorridas recentemente. No Centro Histórico estão instalados diversos imóveis antigos, que preocupação, alguns tombamentos são federais, de responsabilidade do Iphan, outros estaduais e municipais. De acordo com a Chefe do Escritório Técnico do órgão em Petrópolis, Erika Machado, há um planejamento anual de vistorias, previsto na Portaria de Fiscalização nº 187/2010, “no sentido de orientar tanto a manutenção quanto, quando necessários, procedimento de

encontram-se sob investigação do Ministério Público Federal. Estes casos já saíram da esfera técnico-administrativa, onde há a atuação do IPHAN. Logo, este Instituto já tomou as providências cabíveis, aguardando o resultado dos respectivos processos. (...) Dos 08 casos que se encontram no âmbito de atuação deste Ipahn, há algumas situações em que o aspecto do imóvel aparenta uma situação ruim, mas nenhum deles está em risco”, ressaltou o órgão em nota. Fachada de prédios antigos na Rua do Imperador, no Centro Histórico

conservação e restauração, dependendo de cada caso”. Ela também concorda que os prédios antigos precisam de manutenção. - O que acontece, normalmente, é que esses casarões ficam fechados e o problema pode começar numa simples falta de limpeza na calha do telhado. Por exemplo, se ninguém limpa a calha pode infiltrar água, o que vai fazer apodrecer a madeira do telhado, o que vai fazer dar cupim e por ai vai. Se tiver manutenção isso não acontece. A questão não é nem restauro, muitos imóveis só precisam apenas de um restauro pontual – explicou a chefe do Iphan. Já a presidente da AMACentro Histórico, Myriam Born, afirmou que existem sim 17 imóveis em estado de abandono na cidade, entre eles a Casa de Franklin Sampaio, a Fábrica São Pedro de Alcântara, um pa-

lacete na Rua Souza Franco, entre outros. - Isso já foi denunciado para o Iphan e para o Ministério Público, mas até agora não conseguimos ver nenhuma mudança. Isso foi encaminhado há anos e até agora o problema não foi resolvido. Temos uma perda grande com isso. Petrópolis tem toda uma importância histórica, é importante a gente continuar vendo a beleza dessas casas. Na Fábrica São Pedro de Alcântara, por exemplo, uma chaminé caiu. Mas as providências demoram para ser tomadas – disse. Já o Iphan informou que a lista desses imóveis citados pela associação realmente foi apresentada e esclarecida em reunião entre o IPHAN e a AMA-Centro Histórico em abril de 2011, “bem como reiterada através do Ofício Escritório Técnico IPHAN”. Explicou ainda que “dos 17 imóveis, 09

VISTORIAS PERMANENTES No início da semana, a Apea lembrou que além de problemas estruturais, outras questões como a rede elétrica também são preocupantes. Recentemente, um prédio antigo na Rua Floriano Peixoto teve um princípio de incêndio e a provável causa é um problema com a fiação, segundo moradores. O presidente da associação, Luiz Amaral, explicou que, para evitar desastres como estes são necessárias, pelo menos de cinco em cinco anos, vistorias feitas por técnicos nos locais. A prefeitura é obrigada a fiscalizar os imóveis para garantir a segurança das pessoas, mas, de acordo com Amaral, os poucos fiscais do Código de Posturas não teriam condições de verificar todos constantemente. Por isso, para ele, “cabe aos proprietários o bom senso” de realizar a manutenção dos imóveis.

Grupo lembra Semana da Adoção O Dia Nacional da Adoção é comemorado na próxima sexta-feira. Durante toda esta semana, a data será lembrada para chamar a atenção para as crianças que vivem nos abrigos e que esperam por uma adoção que lhes permita viver em uma família, como lhes garante o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Os grupos de apoio à adoção - GAAs, que surgiram na década de 1980, têm importante papel nos avanços que a sociedade brasileira efetuou nas últimas décadas em relação ao tema. Em Petrópolis, Grupo de Apoio

à Família e à Adoção (GAFAP) completa dez anos de atuação este ano. A instituição foi fundada em junho de 2002 pela psicóloga Tania de Oliveira Luchi. É um grupo de apoio à família adotiva e de estímulo e divulgação da prática da adoção. Segundo os responsáveis, “pretende contribuir para avanços na compreensão, na sensibilidade e na formação de uma nova cultura da adoção, voltada para o direito que toda criança tem de viver em uma família”. Tem como objetivo implementar ações que estimulem as adoções

em geral e particularmente as “adoções necessárias” de crianças maiores de três anos, inter-racial, de grupos de irmãos, e de crianças com necessidades especiais - e contribuir com informações que esclareçam a sociedade sobre o processo da adoção. Ainda segundo eles, o objetivo é trabalhar com o apoio do Juizado da Infância, da Juventude, e do Idoso da Comarca de Petrópolis e manter contato com os abrigos, organizar palestras para universitários e para profissionais das áreas da educação, saúde, e direito, realizar workshops,

assim como, divulgar na mídia local o tema da adoção. A instituição não tem fins lucrativos e nada cobra pelos serviços à comunidade, e trabalha com uma equipe de voluntários. O GAFAP ainda mantém grupos diferenciados que visam à preparação dos pretendentes à adoção, assim como, apoio aos pais adotivos, coordenados por psicólogas especialistas em trabalho social com famílias. Esses grupos se reúnem na terceira sexta-feira de cada mês, das 9h às 11h30, na Rua Barão do Amazonas , 124, segundo andar, sl 205 e 206.

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) é a instituição com o maior número de licitações que foram vencidas pela empresa Delta, assim como de serviços prestados. Entre elas estão as obras de recuperação da

BR-495, que liga Itaipava à Teresópolis. Durante a ida do Diário à rodovia, máquinas e funcionários da Delta continuavam realizando o serviço normalmente na estrada. De acordo com a listagem de serviços prestados ao Dnit, uma delas é referente a

esta estrada prevendo desobstrução, restituição de drenagem e restauração de trafegabilidade, quando a rodovia foi atingida fortemente por causa das chuvas de 2011, cujo prazo de conclusão era no período de julho de 2011, no valor de R$ 16,5 milhões.

Segundo o informe no site do Dnit sobre as condições da rodovia, a BR-495 encontra-se liberada nos dois sentidos, sendo em sistema de pare e siga no Km 12, além de proibição para circularem carretas acima de três eixos no trecho.

Delta continua recuperando BR-495


DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Agenda Cultural

marciosalerno@diariodepetropolis.com.br

Canto

Período de recolhimento, de meditação e de contato com certos conflitos interiores. Será bom não forçar as situações nem tentar continuar certas atividades. Procure considerar as limitações do momento, aprendendo a se revigorar com elas.

Leão - (23/07 a 22/08)

Não deixe que invejosos e incapacitados estraguem sua paz no lar e no trabalho principalmente. Analise as pessoas, e só dê crédito àquelas que são realmente humanas e honestas. Tranquilidade com a pessoa amada. Saúde estável.

Virgem - (23/08 a 22/09)

Você estará ainda mais audacioso em relação ao seu relacionamento amoroso, principalmente no que se refere ao sexo. Neste período, seu desejo de realizar seus fetiches e fantasias sexuais estarão mais aflorados.

Libra - (23/09 a 22/10)

Muito boa influência para tratar de negócios e assuntos pendentes, para melhorar sua capacidade profissional e para iniciar tratamento de saúde. A vida amorosa necessita de paz. Depois, tudo passa a fluir de forma mais tranquila. Mesmo assim, cuidado com o que diz.

 Escorpião - (23/10 a 21/11) Muita habilidade literária, mente clara e penetrante e muita tendência aos assuntos elevados, estão previstos para você hoje, devido à benéfica influência de Júpiter. Sucesso profissional e financeiro.

Sagitário - (22/11 a 21/12)

Reveja suas disponibilidades financeiras e faça algum bom investimento se puder. Êxito no campo profissional, social e nos negócios comerciais que realizar. Muito bom ao amor e a loteria. Você não deve ficar achando que é capaz de fazer tudo ao mesmo tempo.

 Capricórnio - (22/12 a 20/01) Alguma surpresa agradável no setor amoroso irá melhorar este seu dia. Enfrente os problemas difíceis com tranquilidade e confiança em si. Dia em que tudo correrá de acordo com seus planos.

Aquário - (21/01 a 19/02)

Mercúrio e Vênus dificultarão o convívio familiar devido a divergências práticas e emocionais. Possibilidade de acumular mais dinheiro do que em outras épocas. Fortalecimento profissional.

 Peixes - (20/02 a 20/03) Dia em que pela influência e colaboração dos amigos, vizinhos e dos superiores poderá realizar seus desejos. Ótimo para o amor. A cor que dará sorte é o azul. Dedique-se à leitura. As coisas só irão se encaixar se você organizar-se

representante gerente escolhe um de seus coralistas mais adiantados, para funcionar como regente aprendiz, reproduzindo seus conhecimentos para os alunos.

Arte

Grafitti, pichação e similares em coletiva no Centro da Fase Até o dia 15 de junho, de segunda a sábado, de 09h às 18h, estará em cartaz no Centro Cultural Casa Hercílio Esteves – Campus da FMP/Fase, a d’A Rua – Mostra Coletiva de Street Art. A mostra exibe os trabalhos de cerca de 20 artistas da chamada arte de rua (‘street art’) e tem como objetivo gerar pensamentos questionadores, revelando as sutilezas, ideais e diferenças desse universo desconhecido pela grande maioria das pessoas. Variados segmentos que compõem a ‘street art’, como o graffiti, o bomb, a pichação, o sticker, o stencil e o lamblamb, serão representados em um cenário marcado pela di-

De graça Caminhada e alongamento são tema de aulas no Museu hoje Hoje, entre 08h e 8h30, tem caminhada, uma atividade promovida pelo Programa de Assistência Integral do Idoso (PAISI) da Secretaria Municipal de Saúde. Com Ana Lúcia Habib (fisioterapeuta gerontóloga). No Museu Imperial, jardins e pátio. Censura livre, aulas gratuitas. Também hoje, de 08h30 às 9h30, tem alongamento, atividade promovida pelo Programa de Assistência Integral do Idoso (PAISI) da Secretaria Municipal de Saúde. Com Ana Lúcia Habib (fisioterapeuta gerontóloga). Mesmo local, entrada franca, aulas grátis.

COMO AGARRAR MEU EX-NAMORADO – Censura 12 anos – com Katherine Heigls – Horários: 14h30 e 18h45

Várias tendências de ‘street art’ fazem parte da mostra

versidade de mídias, suportes e metodologias de criação.

A censura é livre e a entrada, franca.

Arredores

Turma da Mônica estará no Don Bistrô nesta quarta-feira O Don Bistrô recebe hoje 22 integrantes do elenco do espetáculo Turma da Mônica no Mundo do Circo para um jantar. Na ocasião, os atores vão se deliciar com os pratos elaborados pelo chef Sebanias Peixoto. Com turnê por todo o Brasil, esta é a primeira vez que o espetáculo está sendo apresentado na cidade. Em uma tenda montada no Parque Municipal, a magia do circo é somada ao carisma dos personagens da Turma, que prometem muita diversão

e alegria para crianças e adultos. Mônica, Cebolinha, Magali e Cascão, juntamente com palhaços, dançarinos e artistas, levam para o picadeiro cinco esquetes com números circenses: Cascão Equilibrista; Magali, a Engolidora de Sorvetes; Cebolinha Malabarista; Mônica, a Mulher Barbada e a Mágica do Sansão. O espetáculo pode ser visto até o dia 27 de maio. O endereço é Vila Luiz Salvador, Estrada União & Indústria, 10.550, Itaipava.

SALA 1

AS IDADES DO AMOR – Censura 14 anos – com Robert De Niro – Horários: 16h30 e 20h45

OS VINGADORES – Censura 10 anos – com Mark Ruaffalo – dublado – Horários: 15h10, 18h e 20h50 2ª feira – dia 21 – não haverá sessão

SALA 2

SALA 2

OS VINGADORES – THE AVENGERS - Censura 12 anos – com Robert Downey, Jr. – Horários: 15h30, 18h e 20h30

OS VINGADORES – Censura 10 anos – com StellanSkarsgaard – dublado – Horários: 15h10, 18h e 20h50 2ª feira – dia 21 – não haverá sessão

Preços: Segunda é dia de cinema. Ingressos a R$ 3 em todas as sessões. Terça a quinta (exceto feriados): Sessões iniciadas até 15h59min Inteira: R$ 10 (meia: R$ 5). Após 16h inteira: R$ 12 (meia: R$ 6). Sexta a domingo e feriados: Sessões iniciadas até 15h59min inteira: R$ 12 (meia R$ 6) Após 16h inteira: R$ 14 (meia R$ 7). Lembrando que estamos com uma promoção de terça a domingo: todas as pessoas pagam meia entrada.

Literatura

SALA 3 A PERSEGUIÇÃO – Censura 14 anos – com Liam Neeson – Horários: 18h40 2ª feira – dia 21 – não haverá sessão AMERICAN PIE: O Reencotro – Censura 16 anos – com Jason Biggs – Horários: 16h20 e 21h 2ª feira – dia 21 – não haverá sessão

Filmes na TV O CASTELO DO MEDO – GLOBO - 16H05 – COM VICTORIA JUSTICE Uma família da Califórnia herda um castelo na Romênia e isto é extremamente excitante para o filho mais novo, obcecado por monstros. E ele não irá se desapontar.

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br Combateu a febre amarela no Brasil

© Revistas COQUETEL 2012

abertas e destinadas a todas as idades. Segundo a pedagoga Francisca Valle, coordenadora da Fundação Cultural Casa Lygia Bojunga, o objetivo é incentivar e difundir a leitura. “Os encontros são para proporcionar o prazer de ler, para se reunir e socializar a leitura. Ler é uma ação libertadora e social, então nada melhor do que

ler juntos”. As próximas rodas serão realizadas nos dias oito e 22 de junho e seis de julho, sempre às 18h, na Casa de Cláudio de Souza. O endereço é Praça da Liberdade, nº 247, Centro, Petrópolis. Para mais informações, entre em contato através doe-mailmimp. casaclaudiodesouza@museus.gov.br.

Alternativa à ducha higiênica A Dupla Dinâmica (HQ)

Diz-se da perna mecanizada Espécie de pastel de massa cozida

As notícias mais recentes Vegetação típica do Sul brasileiro

Líquido de conservação de azeitonas

Que se instruiu sem professores (?) fiscais: Aruba e Malta

Minuto (abrev.) Muito curto

Local de filmagens Espancamento

Movimento oposto ao retorno Forma oblíqua de "eu" (Gram.)

Julgado com indulgência "A (?) da Gazela", obra de José de Alencar

Período histórico Antigo navio

Causar muita pressa a Dar nova finalidade a (orçamento)

A travessa que pode ser levada ao forno Festa folclórica brasileira

A parte mais íntima de um ser

Preposição que denota associação Estado do porto do Itaqui (sigla)

Rivais dos cristãos ibéricos (Hist.)

Ligam penínsulas a continentes

Marcelo (?), ator e humorista carioca

"Cor de ouro", em "aurogástreo"

Errar, em inglês Raio que lê CDs

N A U

Instituição de ensino superior

Marsupial arborícola australiano

Mais uma rodada de leituras na próxima sexta-feira Na próxima sexta-feira, 25 de maio, acontece a segunda roda de leitura com a obra de Lygia Bojunga na Casa de Cláudio de Souza/Museu Imperial. O evento será às 18h, com entrada franca, e é realizado em parceria com a Fundação Cultural Casa Lygia Bojunga e a Academia Petropolitana de Educação. As rodas de leitura são

SALA 1

(?) Thompson, atriz inglesa

Altar de holocaustos (Ant.) Milímetro (símbolo) Ou, em inglês

Peixe criado pelo ciprinicultor Autores (abrev.) Resposta lacônica

Cobertura curva de edifícios (Arquit.) Pessoas de grande saber (fig.)

BANCO

103

Solução

O D

Câncer - (21/06 a 22/07)

modelo, atende ao compromisso com a criação de um grupo que seja o exemplo para outros corais da rede municipal. Para a implantação de um coral em cada escola, cada

TOP CINE HIPERSHOPPING MERCADO ESTAÇÃO Rua Paulo Barbosa, 310 / 1º piso Centro - Petrópolis Cine Fone: (24) 2249-9900 www.cinemaxx.com.br

I U

O Coral Dó Ré Mi participa de atividade hoje, na São Judas Tadeu

CINE BAUHAUS R. Dr. Nelson de Sá Earp, 89 Shopping Center Bauhaus Centro

S U R R A

Momento em que poderá contar com as melhores condições nos negócios, nas especulações e obrigações sociais. Se for mais atencioso, Haverá melhoria no campo amoroso e familiar. Chances em jogos. Será mais fácil traduzir em palavras os seus pensamentos.

BATTLESHIP – A BATALHA DOS MARES – Censura 10 anos – com Liam Neeson – Horários: 18h10 e 20h50 2ª feira – dia 21 – não haverá sessão

R E N T E

Gêmeos - (21/05 a 20/06)

PIRATAS PIRADOS! – Censura livre – com Hugh Grant – Horários: 16h10 2ª feira – dia 21 – não haverá sessão

M A

SALA 2

A S T A L I M D O A U R I A M O I S T M O S

Melhora total em todos os assuntos profissionais, sociais e financeiros se farão sentir neste dia. Terá uma noite feliz, principalmente para o lazer, e para unir-se com amigos e entes queridos. As solicitações familiares e de amigos, podem gerar nervosismo e ansiedade.

Ingressos: terças e quartas ingresso promocional a R$ 6 para todos (exceto feriados). Preço de ingressos as quintas e sextas - inteira R$ 14 e meia R$ 7. Preço de ingressos aos sábados e domingos - inteira R$ 16 e meia R$ 8.

OS VINGADORES – Censura 10 anos – com Robert Downey, Jr. – Horários: 16h, 18h30 e 21h 2ª feira – dia 21 – não haverá sessão

E M M A

Touro - (21/04 a 20/05)

SETE DIAS COM MARILYN – Censura 16 anos – com Michelle Williams – Horários: 15h e 19h20, de terça a domingo

SALA 1

B R I B I D A S E T S M O L P A E N F E T A R C O E U B L I A D N P A D O F E R

A PERSEGUIÇÃO – Censura 14 anos – Horários: 17h, de terça a domingo – Sessão extra dias 18 e 19, 21h20

AR

Dia em que terá o máximo sucesso desde que aja de maneira mais prática e menos idealista. Se cometeu algum erro, evite culparse ou lastimar o tempo perdido. Tente outra vez. Será favorecido no campo amoroso e familiar.

Hoje, às 20h30, acontece o lançamento do coro modelo do programa ‘Canta Petrópolis’, na Escola São Judas Tadeu, na Mosela. O Coral Dó Ré Mi reestreia, sob regência do maestro Leonardo Randolfo, com a importante tarefa de ser o referencial para os regentes aprendizes, que irão multiplicar este trabalho nas escolas do município. Representante do segmento de Canto Coral e coordenador do programa Canta Petrópolis, o maestro Randolfo destaca a Escola S. Judas Tadeu como instituição que incentiva a cultura. “É uma referência no município, como escola que há décadas agrega as artes ao ensino e vem disponibilizando todo o suporte necessário para a realização desse trabalho com o coro modelo, formado por meninos e meninas”. O Dó Ré Mi, como coro

CINE ITAIPAVA Est. União & Indústria, 11.000 Itaipava

A

Áries - (21/03 a 20/04)

Coral Dó Ré Mi faz lançamento de coro modelo hoje à noite

U B L I T O MI N A I S C A A F R O E B A A L R O C A E R

HORÓSCOPO

TOP CINE HIPERSHOPPING ABC Rua Teresa, 1415 / 2º piso Alto da Serra – Petrópolis Cine Fone: (24) 2249-9900 www.cinemaxx.com.br

2/or. 3/err. 4/bidê — emma. 5/coala. 11/emílio ribas.

INSTITUTO OMAR CARDOSO

M O U R O S

57 anos

E M A T P A D E P A R A B U C A E R I L A

6


quarta-feira, 23 de maio de 2012

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

7

CIDADE

Assinada cooperação técnica na área fiscal Caminhada marcará Dia da Doença de Crohn Para marcar o Dia Mundial da Doença Inflamatória Intestinal (Doença de Crohn e Retocolite Ulcerativa), será realizada uma caminhada, no domingo, dia 27 de maio, com saída às 9h30, da Praça da Liberdade, percorrendo as Avenidas Koeler e Tiradentes, terminando em frente à Câmara Municipal, onde haverá apresentação do Coral das Meninas Cantoras dePetrópolis. A ideia da caminhada partiu do diretor regional da Associação Brasileira de Colite Ulcerativa e Doenças de Crohn – Petrópolis/RJ (ABCD), Dr. José Francisco da Silva Vieira, com apoio do Dr. João Tobias. - A caminhada contará com a participação de profissionais da Saúde para esclarecer as possíveis dúvidas sobre a doença bem como distribuição de panfletos elucidativos, uma vez que a enfermidade ainda é pouco conhecida dificultando seu diagnóstico, tratamento e até mesmo a prevenção - declara o médico José Francisco. Cerca de 200 pessoas já confirmaram a participação no evento.

Doença de Crohn e RCUI A Doença Inflamatória Intestinal corresponde à Doença de Crohn e Retocolite Ulcerativa Idiopática – RCUI. A causa ainda é desconhecida, mas sabe-se que alguns fatores como genéticos, imunológicos, ambientais e infecciosos, participam do surgimento. A incidência é de 2 a 5 casos para cada cem mil habitantes e a faixa de maior acometimento está entre 12 e 40 anos de idade. A doença provoca comprometimento sócio econômico, pois afasta a pessoa das atividades profissionais, provocando manifestações como diarreia, sangramentos ao evacuar, dor abdominal, emagrecimento, febre, anemia, dificuldade de crescimento (em adolescentes), podendo também ocorrer manifestações extraintestinais como artralgias (dores nas articulações), dermatológicas como eritema nodoso, oftalmológicas como uveite e episclerite. Existem tratamentos que mantém remissão da doença por longo período, porém pode haver recidivas, pois até o momento não existe cura. Fotos: Arquivo

O secretário de Fazenda Hélio Volgari assinou um convênio com a Prefeitura de Vitória para o desenvolvimento de projetos de cooperação técnico fiscal com o objetivo de aperfeiçoar o planejamento e a execução da fiscalização e cobrança dos tributos municipais. Volgari destacou a iniciativa e espera que a ação seja a primeira de muitas parcerias com a cidade de Vitória. - Agradeço à Prefeitura de Vitória pela cessão do software, desenvolvido e testado aqui na capital e que permitirá a implantação da nota fiscal eletrônica em nosso município. Além disso, vai permitir o intercâmbio de informações econômicofiscais que contribuirão para a melhoria da administração do nosso município, inclusive com um incremento imediato de receita no ISS. Faço votos

Ascom/PMP

Subsecretários de Tecnologia e Receita, e secretários Hélio Volgari e Anckimar Pratissolli

de que essa seja a primeira de muitas parcerias com Vitória - declarou. O evento contou com

a presença do secretário de Fazenda da cidade capixaba, Anckimar Pratissolli e dos subsecretários de Tecnologia

da Informação e Receita de Vitória, Claudinete Ferreira e Ângelo Segatto, respectivamente.

Servidores estaduais da Educação podem receber bônus Os servidores da Secretaria Estadual de Educação estão ansiosos aguardando o resultado do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que faz parte da avaliação para verificar quais colégios alcançaram as metas estipuladas em 2011, como o Censo Escolar e o Ideb. Os profissionais das instituições que atingirem 85% receberão

no mês de junho bônus salarial que pode chegar a três salários a mais por ano. Petrópolis conta com aproximadamente três mil servidores estaduais da Educação. - É uma metodologia criada para verificar o desempenho das instituições porque, segundo palavras do próprio governador do Rio, ele quer passar o estado para a 5ª posição. Quando sair o

Inep, vamos saber. Ele avalia evasão escolar, distorção série/idade, rendimento do estudante, infraestrutura, entre outros fatores. Assim todos os profissionais que estiverem lotados nas escolas estaduais que alcançarem as metas receberão o bônus – afirmou Jelcy Corrêa, diretor da Diretoria Regional Serrana I. Os dados compõem o Indicador de Fluxo Escolar (IF)

que, somado ao Indicador de Desempenho (ID), compõem o cálculo do bônus. A previsão é de que os dados saiam nos próximos dias. Em Petrópolis, o Ideb observado em 2009 para as escolas estaduais foi de 4,6, ficando acima dos 4,5 projetados para o período. O projetado para 2011 é de 4,9, seguido de 5,2 para 2013, 5,5 para 2015, 5,7 para 2017, 6,0 para 2019 e 6,2 para 2021.

Sicomércio participa do 28º Encontro Nacional de Sindicatos Patronais

Quintanilha: trabalhando em defesa da educação infantil

Direito à educação é tema da Semana de Ação Mundial Mais de cem países unidos em busca do direito à educação infantil de qualidade. Com esse objetivo, a Campanha Global pela Educação promove, de 20 a 27 de maio, a Semana de Ação Mundial 2012 - SAM. Para participar da ação, professores petropolitanos da rede municipal de ensino montaram um cronograma com atividades lúdicas e exposição dos trabalhos montados pelas crianças, com o objetivo de mostrar o que professores, pais e alunos esperam de melhora na qualidade do ensino infantil. No Brasil, a SAM é organizada pela Campanha Nacional pelo Direito à Educação, que produz e distribui materiais de apoio e realiza inúmeras atividades junto com diversos parceiros. Este ano, ela será realizada em conjunto com a Semana Mundial do Brincar, organizada pela Aliança pela Infância, movimento mundial – Alliance for Childhood - uma rede que atua facilitando a reflexão e a ação das pessoas que se preocupam com o cuidado e com a educação das crianças. Nas escolas da rede pública, as crianças terão a oportunidade de mostrar o que desejam de melhoria no atendimento através de atividades que as professoras promoverão durante toda a semana nos CEI’s e EMEI’s (escolas que atendem à educação infantil e ensino

fundamental). A ideia é chamar a atenção da sociedade e dos governantes por meio de desenhos, histórias e cartazes. Os pais e responsáveis também poderão expor suas ansiedades e desejos durante as atividades. Tudo o que for produzido será colocado em exposição no Centro de capacitação Frei Memória, a partir das9h do dia 28 de maio. - O governo municipal vem trabalhando incansavelmente em defesa da educação infantil de qualidade. Não podemos permitir que os Centros de Educação infantil sejam considerados apenas espaços onde os pais deixam os filhos para serem cuidados. Além do cuidado, do amor e do lúdico, o pedagógico qualificado tem que estar presente. Nossos espaços defendem, desde 2009, o direito da criança a esta educação infantil de qualidade, pois todas as ações são pensadas e discutidas para o bem estar e desenvolvimento infantil disse a secretária de Educação, Cláudia Quintanilha. Qualquer pessoa, grupo ou organização pode participar da SAM, discutindo o tema e realizando atividades na creche, na escola, na universidade, na praça, no parque, no teatro, na biblioteca, enfim, juntando todos que acreditam na educação infantil de qualidade como direito das crianças e das famílias.

O presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Petrópolis (Sicomércio), Marcelo Fiorini, e a equipe participaram, entre os dias 16 e 18, do 28º Encontro Nacional de Sindicatos Patronais do Comércio de Bens e Serviços, realizado na cidade de Natal (RN). O evento tem por objetivo discutir, analisar e partilhar conhecimentos, com difusão de ideias, debates e a apresentação de diversos temas referentes ao desenvolvimento do comércio e do sindicalismo patronal. Representantes de outras cinco cidades do estado estiveram presentes: Barra Mansa, Volta Redonda, Barra do Piraí, Cabo Frio e Teresópolis. Foram realizados workshops e palestras, como a do ministro da Previdência, Garibaldi Alves Filho, e do economista Stephen Kanitz. - Procuramos sempre participar deste tipo de evento, porque trocamos experiências e estreitamos os laços com empresários e líderes de todas

as partes do Brasil - afirmou Marcelo Fiorini. O ministro Garibaldi Alves Filho explicou as mudanças na Previdência Social dos servidores federais e os impactos na economia. A partir de agora, as regras passam a ser as mesmas do setor privado: a aposentadoria dos futuros servidores será limitado ao teto do Regime Geral da Previdência Social (RGPS) – que, hoje, é de R$ 3.916,20. O projeto foi aprovado. - Estas medidas anticrise terão um papel muito importante no futuro. Se o governo não adotasse estas medidas agora, poderíamos ter os mesmos problemas pelos quais a Europa vem passando hoje - avaliou Fiorini, ressaltando que o pacote anticrise, mesmo cortando alguns benefícios, é positivo para a economia do país. Stephen Kanitz, por sua vez, abordou a atual conjuntura econômica. De acordo com o economista, com a redução de juros, o Brasil fica muito pró-

Marcelo Fiorini (ao centro) e equipe da Arte no encontro

ximo das taxas praticadas nas maiores potências econômicas mundiais – próximo de 2%. - Com a taxa de juros baixa, o especulador não vai conseguir lucrar, como antes. O dinheiro vai ter que ser injetado no mercado - afirmou Fiorini, ressaltando que, com isso, haverá maior circulação e, consequentemente, maior

movimentação em setores como o comércio. A equipe do Sicomércio participou, também, de debates sobre e-commerce e o uso das novas formas de dialogar, com ferramentas como as redes sociais e tecnologias, como o QR Code - que permite a compra de produtos através de smartphones.

Benção das Rosas atrai centenas de fiéis para paróquia de Santa Rita A movimentação de fiéis na paróquia de Santa Rita de Cássia, no Bairro Castrioto, foi pequena na manhã de ontem. No dia 22 de maio é celebrado o dia da “Santa das Causas Impossíveis” e, para comemorar a data, foram realizadas diversas missas ao longo do dia, desde às 7h. Mesmo com o movimento inferior ao de anos anteriores, era esperada a presença de muitos fiéis nas missas dos enfermos, realizada às 15h e, principalmente, na missa solene das 20h, com a tradicional benção das rosas.

- Domingo o movimento foi menor que o esperado, mas hoje (ontem) a gente espera mais gente, mesmo sendo um dia de semana. A missa das 20h é a mais procurada. Fica gente até sem conseguir entrar na igreja - afirmou a voluntária Aparecida Leal, que ficava na banca das rosas e artigos religiosos. Segundo ela, são vendidas cerca de 900 rosas durante os festejos. Número alto, se considerarmos que a concorrência é forte. Vários floristas aproveitam para vender rosas aos

fiéis nas ruas próximas a paróquia. É o caso da florista e devota de Santa Rita de Cássia, Dianéia Rodrigues, que diz vender de 40 a 50 dúzias de rosas no dia da santa. - Já faço isso há bastante tempo. Esse ano, o movimento foi bem mais fraco, mas de noite, com certeza vai melhorar - apostava a florista. Antes da missa solene, os fiéis realizariam procissão pelas ruas do bairro. Uma “animada” equipe do pastel garantia que nenhum

fiel deixasse a paróquia com fome. Uma das voluntárias, Linja Racco, afirmou que a chuva no fim de semana contribuiu para o menor movimento. Ela, no entanto, ressalta a fé dos que puderam comparecer. - A fé das pessoas em Santa Rita é uma coisa impressionante, muito bonita, é comovente. Todos nós aqui trabalhamos como voluntários para ajudar nossa paróquia e também como forma de retribuir as bençãos de Deus e Santa Rita em nossas vidas - destacou a fiel.


8 57 anos Governo quer melhorar o crédito habitacional n Eduardo Cucolo, Adriana Fernandes e Eduardo Rodrigues/Agência Estado

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse que o governo trabalha para melhorar as regras da portabilidade do crédito habitacional. “Na medida em que os juros vão caindo, cairão também para o crédito habitacional. Para quem já tomou o crédito, estamos trabalhando para implantar a portabilidade”, afirmou. Com isso, segundo o ministro, os bancos serão pressionados a baixar as taxas para que o cidadão não mude de banco. “Já estamos trabalhando nessa portabilidade para beneficiar aqueles que já entraram no sistema. Serão

facilitadas as negociações.” Mantega participa hoje de audiência pública da Comissão Mista da medida provisória 567, que trata das mudanças na caderneta de poupança. Segundo o ministro, o setor habitacional vai ter mais fluxo de recursos com a nova regra da caderneta de poupança, o que já pode ser visto por conta do aumento dos depósitos desde o anúncio da mudança. “É o que ficou demonstrado com o comportamento do poupador. Aumentaram os depósitos em R$ 4 bilhões, R$ 5 bilhões em uma semana. Aumentarão os depósitos de forma gradual, não explosiva. Não há problema de falta de recursos para o financiamento habitacional”, afirmou.

Banco do Brasil reduz ainda mais os juros para veículos n Agência Estado

O Banco do Brasil anunciou nesta terça-feira, 22, a terceira redução de taxas de juros para aquisição de veículos em menos de 60 dias. Segundo nota divulgada pelo BB, as taxas para financiamento de veículos novos, que variavam de 0,95% a 1,99% ao mês, com taxa média de 1,29%, agora passam para 0,77% a 1,79% ao mês, com taxa média de 1,09%. Outra medida anunciada ontem pelo Banco do Brasil é a ampliação do limite financiável para até 100% do valor do veículo. Conforme o comunicado, a nova redução, que vigora a partir desta quinta-feira, dia 24, reflete as medidas anunciadas ontem pelo governo federal para estimular o consumo de automóveis. A princípio, as novas taxas de juros serão oferecidas até o dia 30 de junho, acompanhando a alteração nas regras para liberação de depósitos compulsórios anunciada ontem pela resolução 3594 do Banco Central.

O vice-presidente de Negócios de Varejo do BB, Alexandre Abreu, disse, na nota, que a redução nas taxas de juros irá se somar a outras medidas anunciadas ontem pelo governo federal para reduzir o custo dos financiamentos de veículos. “Nossa expectativa é que as prestações dos financiamentos de veículos no BB tenham uma redução significativa com esta nova diminuição das taxas de juros, somada aos benefícios com a alteração no IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) e as mudanças no IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), que irão reduzir o custo final de aquisição dos veículos”, afirmou Abreu. O Banco do Brasil informou também que já está preparado para operar com as novas condições das linhas de crédito do Programa de Sustentação do Investimento (PSI), do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), destinadas a pessoas jurídicas, tão logo ocorra a normatização. A redução irá vigorar até 31 de agosto.

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

quarta-feira, 23 DE maio de 2012

ECONOMIA

Arrecadação de impostos bate recorde em abril e soma R$ 92,6 bi Divulgação

n Renata Veríssimo - Agência Estado

A arrecadação de tributos federais bateu novo recorde em abril ao totalizar R$ 92,628 bilhões, segundo dados divulgados pela Receita Federal nesta terça-feira, 22. O valor, que representa um crescimento real de 3,49% em relação a abril de 2011, é o maior para meses de abril. A arrecadação em abril superou a média das estimativas dos analistas consultados pelo AE Projeções, de R$ 92,050 bilhões, mas ficou dentro do intervalo previsto, entre R$ 86,600 bilhões e R$ 99,600 bilhões. No acumulado do primeiro quadrimestre, a arrecadação totaliza R$ 349,477 bilhões, 6,28% a mais em termos reais em relação a janeiro a abril de 2011. Ritmo de crescimento O ritmo de crescimento da arrecadação federal em abril desacelerou, segundo dados da Receita Federal. Em março, o crescimento real, na comparação com o mesmo mês de 2011, foi de 10,26%, enquanto que a alta real registrada no mês passa-

Zayda Manatta disse que a previsão de crescimento permanece

do foi de 3,49%, em relação abril de 2011. Com isso, também, reduziu o patamar de crescimento das receitas no acumulado do ano, passando de 7,32% no primeiro trimestre de 2012, para 6,28%, de janeiro a abril. Já em relação a março deste ano, a arrecadação de R$ 92,628 bilhões em abril representa um aumento real de 11,74%. Os dados da Receita mostram que houve uma queda de 31,5% em abril, ante abril de 2011, no recolhimento de IPI sobre automóveis. A diferença ocorreu principalmente em função da redução de 7,6% das vendas no mercado interno, no mês de março (fato gerador para o recolhimento

do IPI em abril). Além disso, houve uma compensação de tributos, no valor de R$ 200 milhões a mais do que em abril de 2011. Também houve queda em abril no Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (-0,64%)e na Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) (1,65%). Segundo a Receita Federal a queda na arrecadação nos dois tributos ligados ao lucro das empresas se deve a uma queda real de 20,39% no pagamento dos tributos por estimativa mensal. Ainda segundo dados da Receita, o Imposto de Renda Retido na Fonte sobre rendimentos de residentes no exterior teve queda de 7,04%,

enquanto que a queda no IOF foi de 6,10%, em abril, ante abril de 2011. Também houve uma redução de 52,96% no recolhimento da Cide da gasolina, em função da redução das alíquotas de R$ 0,23 o litro para R$ 0,09 e da Cide do diesel de R$ 0,07 para R$ 0,04 por litro. Previsão Segundo informou a secretária adjunta da Receita Federal, Zayda Manatta, foi mantida em 4% a 4,5% a previsão de crescimento real da arrecadação este ano, mesmo com a redução de R$ 10 bilhões na previsão de receitas administradas para 2012. “A gente manteve a estimativa, porque os R$ 10 bilhões fazem uma diferença pequena nesta margem”, explicou. A previsão de receitas administradas caiu de R$ 700 bilhões para R$ 690 bilhões. Zayda disse que o conjunto de medidas anunciado ontem pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, terá impacto na arrecadação, mas, por outro lado, ela espera que as medidas também tenham efeito sobre o comportamento da economia.

Juros do crédito consignado de aposentados e pensionistas não podem passar de 2,14% n Lourenço Melo/ABr

O Conselho Nacional de Previdência Social (CNPS) fixou em 2,14% ao mês o teto para a taxa de juros dos empréstimos consignados, destinado a aposentados e

pensionistas. Para o cartão de crédito dos beneficiários da Previdência Social, o limite da taxa de juros mensal foi definido em 3,06%. A medida vai ser publicada na edição de hoje (23) do Diário Oficial da União. Ofere-

cem empréstimos consignados 38 instituições bancárias, sendo 33 de pequeno porte, mais o Banco do Brasil, a Caixa, o Itaú, o Santander e o Bradesco. Duas em cada três instituições financeiras que oferecem planos de parcelamento em 60

prestações cobravam taxas superiores a 2,25% ao mês, segundo relatório apresentado na reunião desta manhã do CNPS, elaborado pelo Ministério da Previdência Social e pela Associação Brasileira dos Bancos Comerciais (ABBC).

AVISOS E EDITAIS

Há 30 anos era publicado

SEPULTAMENTO

Em sua edição número 2.392, do dia 23 de maio de 1982, um domingo, o DIÁRIO publicou os seguintes destaques:

22-05-2012 Cemitério Municipal

VISITA

Valdelenir Raposo Paulino, 51 anos, Estrada da Saudade, 9h José Carlos de Oliveira, 53 anos, Santa Rosa, 16h Maria de Lourdes da Silva, 47 anos, Roseiral, 16h30 Tereza Maria Amâncio, 72 anos, Quitandinha, 16h30 Yeda Souza Gatti, 83 anos, Bingen, 16h30

- O ex-presidente do Flamengo e candidato a deputado federal, Márcio Braga, visitou ontem a redação do DIÁRIO. Segundo ele, o futebol do interior só poderia ser estimulado através da contratação de grandes estrelas do esporte, que chamariam o público para assistir às partidas do time. CONVÊNIO - Para atender à comunidade, utilizando seu potencial de recursos especializados, a Universidade Católica de Petrópolis firmou convênio com o Inamps, para a prestação de serviços ambulatoriais especializados de Fisioterapia e Fomoaudiologia aos beneficiários, urbanos e rurais, do Inamps. PREÇO DOBRADO

Cemitério Itaipava

- Cebola a Cr$ 200 o quilo, abóbora a Cr$ 50 e couve-flor a Cr$ 150 cada uma, lideraram a alta dos preços da feira livre de ontem, no Centro da cidade. A ervilha em vagem está sendo vendida a Cr$ 220, considerada cara, como sempre. A batata inglesa estava a Cr$ 50, o tomate a Cr4 80 e as verduras a Cr4 50.

Enéas Goulart de Oliveira, 59 anos, Posse, 10h

DIADORIM PRODUÇÕES CULTURIAS LTDA. CNPJ: 04.362.553/0001-45 DISTRATO SOCIAL: Sede à Estrada Presidente Sodré, 2.095-A, Independência, Petrópolis/RJ. Baixa em 30/04/2012. Sócia Administradora: Ann Mary Fighiera Perpetuo.

OBS. AS INFORMAÇÕES ACIMA SÃO FORNECIDAS AO DIÁRIO POR FUNCIONÁRIOS DAS SECRETARIAS DOS CEMITÉRIOS,

Cartório de 3º Ofício de Petropolis

Tabeliâo de Protesto

R. do Imperador, 1021 - Centro - Petropolis - RJ

Tabelião Responsável

Cep. 25620-003

Telefone: 22420565

Listagem de titulos enviados para Edital em em 23/05/2012 Acham-se registrados neste cartório, conforme lei 9.492/97 Art. 15 - Processo 89.877/99 CGJ/RJ, para serem protestados os títulos de responsabilidade de : Sacado

CNPJ/CPF

FUCA SURF WEAR COM. E IND. DE ROUPAS LTD

Portador/Cedente/Sacador BANCO SANTANDER S.A.

13.630.515/0001-17

R. AURELIANO COUTINHO,67 LOJA 54 04/05/2012

122,23

06/03/2012 Total:

RESTAURANTE NOGUEIRA LTDA

Valor:

Cheque Administrativo: Custas :

Número:

1532002

Pagamento A CAIXA ECONOMICA FEDERAL

05.419.382/0001-06

BRASLISPORT COM EXTERIOR

Copia Duplicata Mercantil por Indicação 08/05/2012

570,00

692,23

AVENIDA LEOPOLDINA 286/290 Vencto:

21/05/2012 10:32:00

ATARAB DISTRIBUIDORA DE MALHAS LTDA

Emissão:

Cheque Administrativo: Custas :

7.930

ATARAB DISTRIBUIDORA DE MALHAS LTDA

Copia Duplicata Mercantil por Indicação Vencto:

Protocolo

24/05/2012 7.941 21/05/2012 00:00:00

BRASLISPORT LTDA

Emissão: 117,81

23/01/2012 Total:

Valor:

1.504,40

1.622,21

Número:

1092/A

Pagamento A

24/05/2012

Intimo-os a pagar ( através de cheque administrativo ou dinheiro, com guia de pagamento a ser retirada neste tabelionato ), ou no caso de falta de aceite, comparecer para aceita-lo, ou dar-me as razões por que não o faz. Ficando assim já intimado do respectivo protesto no prazo estipulado na forma da lei. Petropolis, 23/05/2012

L e i a o D i á r io n a I n t e r n e t : www.diariodepetropolis.com.br


MOSELA Hoje é o dia de São João Batista de Rossi e da juventude constitucionalista. Na paróquia de São Judas Tadeu na secretaria o expediente é de terça a sexta-feira de 16h30 as 18h30. Casamentos e batizados e outros eventos religiosos podem ser agendados após as celebrações ou no telefone 2245 7344.

D

iário nos

B

airros

diarionosbairros@diariodepetropolis.com.br

Adeus à cadela Vovó

Diretores e voluntários do GAPA lamentam perda de animal resgatado em 2006. Luta pela recuperação da saúde durou meses O Grupo de Assistência e Proteção aos Animais – GAPA/MA – registrou ontem uma nota triste. Morreu a cadela Vovó que foi resgatada no dia 17 de fevereiro de 2006, acometida de um câncer que vinha sendo tratado com acompanhamento intensivo dos diretores e voluntários da instituição de Itaipava. O coordenador do GAPA Carlos Eduardo Pereira recordou ontem que apesar da constatação de a doença ter progredido nos últimos meses, não foram medidos esforços para que a Vovó tivesse uma melhor qualidade de vida. - Infelizmente ela acabou nos deixando, mas não sem esperar por nossa

chegada do Rio de Janeiro – registrou na nota Carlos Eduardo. – Tivemos a oportunidade de dizer a ela o quanto era querida e quando a resgatamos em 2006 na BR 040 nunca mais ficou sozinha. Sua respiração foi diminuindo até parar serenamente. A diretoria do GAPA segue o trabalho de proteção a cães e gatos na área distrital e eventualmente atende até chamados de resgate na região central da cidade. Os animais são recolhidos, dentro do possível, a abrigos provisórios até que sejam adotados. Na última feirinha de sábado no Parque de Exposições de Itaipava, muitos deles encontraram novos lares.

Bianca Pastori

telefone 2242 0956 ou ser adquirido na sala da APPO no Centro de Terapia Oncológica – CTO – na Rua Dr. Sá Earp, 309, no centro. Durante o jantar a equipe da APPO vai apresentar o selo da campanha, que foi criado voluntariamente pelo designer gráfico Maurício Araújo, da

9

ALCOÓLICOS ANÔNIMOS Reuniões de hoje 19h: Grupo 27 de Maio, Rua Bingen, 261. 19h30: 28 de Janeiro, Rua Paulo Barbosa, 180, Centro; Amor e Atração, Av. Leopoldina, 596, Nogueira; Bingen, Rua Santa Rita de Cássia, 30, Castrioto; Castelânea, Praça Pasteur, 79; Petropolitano, Rua Santos Dumont, 100.

Proprietários da Joaquim Gomes, do Itamarati, agradecem CPTrans Proprietários de residências da Rua Joaquim Gomes dos Santos, do Itamarati, agradeceram ontem a Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes – CPTrans – pela proibição do estacionamento ao longo da via. Lembraram que agora o ônibus da linha Rodolfo Alberto Pires, da Viação Cascatinha, está podendo ir até o ponto final, o que antes não acontecia.

Um morador que pediu para não se identificar lembrou: - O excesso de carros estacionados impedia o tráfego tanto do ônibus como o caminhão coletor de lixo e do gás. Agora os guardas estão multando quem infringe a lei e a situação melhorou. Ao finalizar, lembrou que falava em nome dos outros proprietários e reforçou o agradecimento a CPTrans.

Cineclube Araras exibe amanhã a Professora Muito Maluquinha Está confirmado para amanhã a exibição do filme Uma Professora Muito Maluquinha no Cineclube Araras. O roteiro é uma adaptação do livro de Ziraldo, dirigido por André Alves Pinto, e conta a história de uma jovem professora que na década de 40, que com métodos de aprendizagem modernos conquista os seus alunos. GAPA que sempre anuncia trabalho com alegria, ontem anunciou tristeza com a perda de Vovó

Jantar de 20 anos da APPO é amanhã e ainda tem ingressos Ainda tem ingresso para o jantar comemorativo beneficente que vai comemorar amanhã os 20 anos da Associação Petropolitana de Pacientes Oncológicos – APPO. O evento será realizado no Centro Educacional Terra Santa, no Valparaíso e o convite pode ser reservado pelo

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Xdaquestão, e o plano de captação de recursos para a aquisição de uma casa. A iniciativa é para atender pacientes que possam ficar alojados enquanto se tratam com radiologia. Os ingressos estão à venda por R$50,00 por pessoa. O cardápio do jantar, preparado pelo Sandra’s Buffet será

frango ao molho de maracujá, escalopinho de filé mignon, arroz, salada verde e farfalle ao molho bolonhês e ao molho de queijos. Também estão inclusos no valor do convite as bebidas não alcoólicas, ou seja, água, refrigerante e sucos variados, além de sobremesa. O jantar começa às 20h.

Entretanto, a ousadia da professora desagrada os mais conservadores e provoca uma revolução na escola. O Cineclube Araras é organizado pelo Projeto Araras através de um programa cultural autorizado pelo Ministério da Cultura. As sessões são gratuitas com direito a pipoca e acontecem todas as quintas feiras às 18h no Colégio Estadual de Araras.

Convites para o Baile da Amizade ainda estão a disposição do público Os convites para o Baile da Amizade que será realizado domingo no Petropolitano continuam a venda no Restaurante Book`s na Rua do Imperador, 157, centro. O reforço da divulgação foi feito ontem pela promotora de eventos Maria Eliza Barros, responsável pela realização que terá início às 14h com o encerramento previsto para as 20h.

O evento será animado pela Banda Viagem, de Minas Gerais, com a participação especial do radialista e apresentador Laércio Junior, que pronunciará mensagens ao público presente. Maria Eliza lembrou que virão delegações do Rio de Janeiro e outros municípios: Niterói, Cabo Frio, Teresópolis, Valença, Magé, Duque de Caxias e Nilópolis.

ESPORTES

Sub-13 do Petrô treina forte Depois de ser derrotado por 3 a 2 no jogo do último domingo contra o Carangola, no Estádio da Amizade, o Petropolitano, dirigido pelo técnico Francisco Lima procurará durante os treinamentos desta semana a melhor formação para o seu time. O atual campeão da cidade e da Copa Zico de Verão, depois de um bom início de campeonato, vem de duas derrotas consecutivas, com falhas principalmente no setor defensivo. A equipe sente a ausência de Gabriel um dos seus principais jogadores e que continuará afastado por mais três rodadas devido à fratura do braço, ocorrida no jogo contra o Corrêas. No domingo, na partida contra o Carangola, depois de um péssimo primeiro tempo, o time chegou a estar

perdendo por 2 a 0, a equipe melhorou, chegando a empatar, mas levou o terceiro gol no final. O elenco alvinegro deverá fazer no próximo domingo o seu primeiro jogo do segundo turno enfrentando o Vera Cruz, no Estádio Sete de Setembro, no Moinho Preto. No turno, em jogo realizado no Estádio Carlos Guinle, no Valparaíso, o Petropolitano levou a melhor vencendo por 3 a 0. Já a equipe Sub-11 do Petrô conquistou a segunda vitória no Campeonato Municipal de Futebol de Campo ao vencer o Boa Esperança por 5 a 0 no Estádio Carlos Guinle, no domingo à tarde. O time bem entrosado dominou o jogo e fez vibrar a sua entusiasmada torcida demonstrando que é uma forte candidata ao título da temporada.

Rodolpho foi o artilheiro do jogo, marcando três vezes, enquanto Matheus e João completaram o placar. A equipe atuou com: Edson, Matheus Dias, Marcos, Miguel, David, Pedro, Marcelo, Rodolpho, Pedro Lucas, João, Matheus, Cristian, Caíque, Leone, Pedro Boti, Lucas, Heitor e Igor. Rafael Lima é o treinador sendo auxiliado por Felipe Silva. Na primeira rodada a equipe do Petropolitano derrotou o Vera Cruz por 3 a 0 e no próximo domingo, 27 de maio, enfrenta o Carangola, a partir das 15h30, no Estádio Carlos Guinle, encerrando o turno da competição. A equipe do Petropolitano participará da Copa Light e da Copa Zico, ambas com seu início previsto para o mês de julho.

Tranquilidade para a sua empresa

Contabilidade de última geração, sistema avançado de informática Escrita Fiscal – Rotinas Trabalhistas e Folha de Pagamento Sistemática Departamento Jurídico – Direito Cível – Direito Trabalhista Projetos Econômicos – Análise de viabilidade e capacidade de sua empresa – Administração de Bens e Serviços – Corretagem e Administração de Imóveis – Equipe com treinamento especializado Direção Técnica: Márcio Tesch Economista – Corecon 10582 Advogado – OAB/RJ 59.566 Tec. Contab. – CRC/RJ 25.384-0

Rua do Imperador, 772 – Gr 105/106 – Centro Petrópolis – RJ. Tel/Fax: (024) 2231-6212 / 2231-3322


10

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

quarta-feira, 23 de maio de 2012

ESPORTES

Divulgação

Palmeira goleia Internacional pela rodada de Futsal Sub-17 nEdson Cunha Especial para o Diário

Mestre Polonini está satisfeito com os resultados obtidos

Equipe de Polonini se dá bem e classifica 3 atletas A 2ª etapa do Campeonato Estadual de Taekwondo, aconteceu recentemente e contou com a participação da equipe do mestre Polonini, denominada Nioh Petrópolis que representou muito bem a cidade. O grupo levou para a competição 12 atletas dentre eles das categorias Mirim a Adulto. O evento aconteceu no ginásio do Colégio Santa Mônica, em São Gonçalo. A etapa contou com a presença de 400 atletas.

Atletas que participaram: mestre Polonini como técnico e atleta; Fabiano Barreto; Patrick Ferraz; Marlito Gomes, Pedro Vogel; Matheus Paiva (patrocinado pela empresa Digirotas); Victor Lacerda; Raquel Gomes; Karen Lacerda; Ian Gabriel e Alexandre Curzi. Com esta etapa o mestre Petropolitano realizou feito inédito, classificando três atletas para o Campeonato Brasileiro que será realizado em setembro.

Campeonato de Soçaite é aberto com vinte partidas Dividido em cinco polos, começou o 1º Campeonato de Futebol Soçaite promovido pela Secretaria de Esportes e Lazer. No último sábado com jogos simultâneos no Parque Municipal de Itaipava, no Boa Vista (Estrada da Saudade), na Vila São José (Centro), Parque Cremerie (Quitandinha) e Morin, também com a chave da Posse que iniciará seus jogos no mês de junho.

Foram realizados 20 jogos e a participação de 40 comunidades de todo o município, com 600 jovens da categoria Sub-13 representando seus bairros. No próximo sábado terá início o campeonato de Sub-15. Até o dia 21 de julho serão realizadas as partidas da 1ª fase. Irão se classificar as seis campeãs de cada chave e mais duas comunidades por índice técnico.

esportedp@gmail.com

O Palmeira se deu bem na rodada do Campeonato Municipal de Futsal. Jogando neste sábado no Ginásio Luiz Vedovani, no Quissamã, o Sub-15 tricolor goleou o Internacional por 13 a 4 e no Sub-17 por 8 a 4. No primeiro jogo, de Sub-15, o Palmeira mostrou maior volume de jogo e não teve trabalho para golear o adversário do Alto da Serra. O goleiro tricolor foi o destaque da partida. Gols: Pedro

Henrique (2), Leonardo Souza e André Franco (Internacional). Roberto Souza (4), André Pereira (3), Victor Cirilo (2), Matheus Mello, Francisco Silva, Sérgio Luiz Júnior e Murilo Esteve (Palmeira). Internacional: Anderson Lopes, Matheus Silva, André Franco, Igor Serafim, Yan Anderson, Leonardo Silva, Pedro Henrique, Michael Reis, Leonardo Souza, Pedro Henrique, Wallace Garcia, Lucas Felipe Rodrigues e Matheus Santos. Palmeira: Guilherme

Souza, Bryan Melo, André Pereira, Roberto Souza, Francisco silva, Murilo Esteves, Victor Cirillo, Caio Corrêa, Sérgio Luis, Jeferson Ferreira, Leonardo Caetano, Matheus Mello e Juan Carlos. José Luiz Neto e Wagner dos Santos apitaram. Já no segundo confronto da noite o Sub-17 do Palmeira também entrou em quadra com disposição e despachou o adversário por 8 a 4. Anderson, Guilherme Araújo, Romulo e Lucas (Internacional). Gabriel Rodrigues (3), Maycon (2), Francisco,

Rafael e Leonardo Costa (Palmeira). Internacional: Yann Barbosa, Guilherme Araújo, Anderson, Yago Nunes, Guilherme, Luiz Felipe, Edgar, Lucas, Jhonathan Fonseca, Ygor de Souza, Romulo Nascimento e Romulo Santos. Palmeira: Lucas Barros, Anderson Santos, Erick Ventura, Felipe Canário, Francisco Paixão, Lucas Carvalho, Rafael Ribeiro, David Palma, Tysson Felipe, Jeferson Ricardo, Leonardo Costa, Gabriel Rodrigues, Maycon Moreira e Matheus Roselio.

Imperial/Flu enfrenta a ADDP O Imperial/Fluminense enfrenta a ADDP neste sábado, às 20h no ginásio Vivaldo Barreto, em Cabo Frio, em busca de colar nos líderes do Campeonato Carioca de Futsal da categoria. A equipe petropolitana está na quarta colocação, com 14 pontos, três atrás de Vasco e Piedade, que estão empatados na ponta da tabela com 17 e um jogo a mais que o Imperial/ Fluminense. Para este confronto o treinador espera um jogo difícil. - Vamos ter um jogo complicado pela frente o time da ADDP já não tem mais chances no campeonato, mas mesmo assim eles vão querer tirar pontos dos adversários para terminar da melhor maneira a competição. Por isso, temos que ter muito cuidado - ressaltou Ney Marcos.

Gustavo Soares

Paulo Mussalém, à direita, orienta jogador do time durante treinamento no ginásio do Corrêas


diariodepetropolis