Issuu on Google+

Diário

de Petrópolis 57 anos

E-mail: redacao@diariodepetropolis.com.br

Site: www.diariodepetropolis.com.br

Preço do exemplar: R$ 1,80

Nº 16.099 - Domingo, 18 de março de 2012 Sérgio Bello / Ascom CMP

desabrigados das chuvas

Estado abre licitação para construção de 96 casas Festa da Câmara no Quitandinha comemora Dia 16 de Março O principal homenageado da noite foi o desembargador Miguel Pachá, petropolitano, ex-presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) e presidente da Câmara aos 25 anos de idade. Ele recebeu do presidente da Câmara, vereador Paulo Igor, a Medalha Koeler, no grau “Cruz de honra”. (Página 3)

O edital de licitação, publicado no Diário Oficial do estado do último dia 14, é para a construção de casas em Benfica, Itaipava, pelo programa federal Minha Casa, Minha Vida. No imóvel, de 47 mil metros quadrados, serão construídas 96 unidades habitacionais para o reassentamento dos que ficaram desabrigados após a catástrofe de 12 de janeiro. As casas serão destinadas às famílias com renda de até três salários mínimos. Em maio do ano passado, o terreno havia sido desapropriado pelo governo do estado. As construtoras interessadas deverão apresentar carta de manifestação de interesse e o projeto de implantação do empreendimento imobiliário até o dia 18 de maio. (Página 3)

Mais de 28 mil pessoas vão a show de Seu Jorge, em Itaipava Alexandre Peixoto/Ascom PMP

Centro de Inclusão Digital inaugurado em Itaipava

(Página 12)

especial O aniversário propriamente dito foi na sexta, dia 16, mas o fim de semana ainda é de celebração para o aniversário da cidade que nos abriga desde sua fundação, há 169 anos.

(Página 5)

(Página 7)

Licitação dos ônibus será na terça-feira

bairros Os pés de café e o Orquidário Binot são remanescentes do século XVIII no Retiro. A localidade é a última do distrito sede e conhecida como passagem para a área distrital. Serviços executados na localidade foram informados e outros que precisam ser feitos são reivindicados por associações e estão hoje divulgados na página Diário nos Bairros.

O cantor Seu Jorge se apresentou, na noite da última sexta-feira (16), pela primeira vez em Petrópolis. O show, em comemoração ao aniversário da cidade, começou por volta das 21h e terminou às 22h30, empolgando o público. Mesmo com a chuva, mais de 28 mil pessoas foram ao Parque Municipal, em Itaipava. “As pessoas aqui têm uma energia incrível e o show foi sensacional”, disse Seu Jorge após a apresentação.

Seu Jorge durante o show de sexta-feira: o cantor disse que, 14 anos atrás, esteve em Petrópolis e sempre quis fazer um show na cidade

(Página 5) Alan Alonso

Alan Alonso

(Página 9)

esportes

Hoje, dia 18 de março, as equipes Sub-11 e Sub-13 do Petropolitano jogarão amistosamente com o Vera Cruz, a partir das 9h, no Estádio Carlos Guinle. Tanto o Petrô quanto o Vera Cruz já confirmaram a presença no Campeonato Municipal.

Piscina onde morreu afogada, em janeiro, criança no Alto Independência

Agência do Banco do Brasil com cartazes da greve, que completará uma semana

Comandante dos Bombeiros dá dicas para evitar afogamentos de crianças

Greve dos vigilantes poderá acabar na próxima terça-feira, após audiência

O tenente-coronel Rafael Simão, comandante do 15º Grupamento de Bombeiros Militares, dá recomendações para diminuir os riscos de afogamentos – acidente mais comum com crianças. Na semana passada, um menino de dois anos morreu afogado após cair dentro do rio Santo Antônio, na Estrada do Gentio. No mês passado, dois irmãos também morreram afogadas no rio Piabanha.

Na terça-feira (20), vigilantes e o sindicato patronal se reunirão em uma audiência no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro para tentar entrar em acordo. Após a audiência, os vigilantes farão assembleia para decidir se mantêm ou não a greve. Os vigilantes querem ganho real de 10%, plano de saúde, bonificação por risco de vida de 30% e aumento do tíquete refeição.

(Página 11)

(Página 5)

nesta edição

(Página 22)

Hoje tem:

Todos

Arthur Virgílio Pág. 2

Aristóteles Drummond

Pág. 2

Moreira Franco Pág. 2

Leonardo

Mauro

Boff

Peralta Pág. 4

Pág. 4


57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

DRUMMOND

A

Identificar Paul Krugman

propaganda política tem uma irresistível atração para esconder perfis de pessoas, pensamentos e tentar vender gato por lebre. Desde que a II Guerra Mundial terminou, a Internacional Comunista optou em usar, em sua propaganda, intelectuais, escritores e jornalistas. Servindo-se deles para a defesa aberta ou disfarçada de teses que pudessem enfraquecer o capitalismo e, em especial, prejudicar a imagem dos Estados Unidos. Para tal, a seleção de instrumentos sempre incluiu autores norte-americanos, que, supostamente, seriam incapazes de defenderem posições antiamericanas e capitalistas. Era como se os EUA fossem uma democracia sem marxistas e seu modelo político e econômico fosse uma unanimidade nacional. O nome do momento é o economista e jornalista do New York Times Paul Krugman, publicado em centenas de jornais de todo o mundo. O Prêmio Nobel de Economia é badalado como um economista insuspeito, o que está longe da verdade. Ele defende teses da esquerda americana, que, hoje, com o fim a URSS, é a Não quero tirar os mé- maior fonte de propaganritos do economista, e mui- da do neoto menos o seu direito de marxismo. Na economia, a ordem é se ter opiniões e posições combater o capitalismo, através da desmoralização de suas instituições, de se ignorar o papel social da livre empresa, sua ligação com a liberdade política.

Para abater o capitalismo, o doublé de economista e jornalista sabe aproveitar a crise mundial, em especial a europeia e americana, para lançar as teses mais confusas com vistas a impedir definições pragmáticas pelos governos envolvidos. Na política americana, está sempre afinado com os liberais do Partido Democrata, eufemismo para denominar a esquerda americana. Certamente o amor ao palco e seus refletores o influenciou na evolução ideológica, uma vez que, no início dos anos 80, participou de grupo de assessoramento econômico ao presidente Reagan. Caso, talvez, semelhante ao do ministro da Defesa, Celso Amorim, com formação de esquerda desde sempre, que aceitou alegremente a presidência da Embrafilme, no governo do presidente João Figueiredo. A esquerda sem dúvida evoluiu. Desistiu de tomar conta do mundo pelas armas e partiu para criar embaraços entre países, defendendo programas que torne o Estado mais forte e influente na economia. Além de usar nomes que possam passar por independentes. Outro novo personagem é o ex-juiz espanhol Balthazar Garzon, que circula pela América Latina, paparicando os regimes cercados de suspeições de toda ordem, como Equador e Argentina. Krugman foi festejado, mês passado, em Lisboa, dando palestras e entrevistas em conflito com a política de austeridade que está sendo implantada no país em crise. Quando fala sobre questões que envolvem as ameaças do Irã, sua condição de judeu e americano valoriza suas opiniões em favor dos radicais. Assim também é quando aborda a confusão em que mergulharam os países livres de regimes ditatoriais condenáveis, mas que pelos anos de estabilidade estavam, de certa maneira, como o Egito, servindo de segurança para a região em conflitos internos graves. Ocorre que, embora tenha nascido em lar israelita, o professor de Princeton é ateu.

domingo, 18 de março de 2012

Vai mal

ARISTÓTELES

2

n Arthur

Virgílio

O

governo Dilma Rousseff está paralisado. Não realiza as obras dos PACs por inapetência administrativa e/ou por restrições naturais que o TCU opõe a superfaturamentos e corrupção. Montou base “aliada” fisiológica, exageradamente numerosa, disforme, sem identidade, sem programa de país que supostamente pudesse uni-la. Em apenas 14 meses, Dilma perdeu 14 Ministros, a maioria deles sob pesadas acusações de corrupção. Falta expelir a extensa lista dos incompetentes. Inexiste a articulação política. Dilma entende pouco do assunto e as peças-chave do seu esquema são neófitas, conhecem pouco Brasília, desconhe-

cem os meandros de cada partido, parecem matutos deslumbrados com os arranha-céus da cidade grande. A Presidente virou refém do mais deslavado “tomalá-dá-cá” da história brasileira. O projeto montado por Lula funcionava porque ele, inegavelmente, é hábil político e porque tinha a protegê-lo as reformas do período Fernando Henrique, e a conjuntura internacional extremamente benigna. Agora, a margem de manobra é menor e, paradoxalmente, as demandas dos “aliados” são maiores, até porque o exército do rei Xerxes, flácido, frouxo, sem combatividade, era o maior do mundo. A oposição precisa encontrar o seu viés, numa e noutra Casa. Vozes isoladas a representam e isso dá fôlego a um governo fraco, deficiente, incompetente e inseguro. A corrupção grassa e

o exemplo vem de cima. Não há tecido da máquina oficial que, espremido, não produza secreção purulenta. O aparelhamento político do Estado, com fins corruptos, chegou ao paroxismo. As agências reguladoras viraram apêndices dos Ministérios, perderam a independência, elas que nasceram para representar o Estado, que é permanente, e não os governos, que são transitórios, e que deveriam também proteger os interesses dos consumidores, hoje ignorados. O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, admite ter recebido R$50 mil do laboratório Hipolabor, quando dirigia a Anvisa. A Procuradoria–Geral da República afirma tratarse de suborno. O acusado, “defende-se” dizendo tratar-se de “empréstimo” que fez a um lobista da União Química, outra indústria farmacêutica, e que esses

n Jornalista - aristotelesdrummond.com.br

n Diplomata, foi líder do PSDB no Senado Twitter: @ArthurVirgilioAM Facebook: artur451@mail.com

A mulher e o mercado de trabalho n Moreira

N

Franco

este mês de março, quando o Dia Internacional da Mulher se destaca nas celebrações do calendário, os jornais voltam a chamar atenção para o tratamento diferenciado que ocorre entre os sexos no mercado de trabalho. Muitos dos levantamentos divulgados pela mídia até agora apontam a desigualdade na remuneração paga ao homem e à mulher pelas empresas mesmo quando ambos exercem funções semelhantes. Segundo pesquisa do IBGE, no ano passado uma profissional do sexo feminino ganhava o equivalente a 72,3% do homem, isso considerando o mesmo cargo e formação. Em 2003,

as mulheres recebiam cerca de 70,8% do salário do homem. Ou seja, embora a situação tenha melhorado, esta diferença vem se reduzindo em um ritmo ainda lento. A ampliação dos direitos das mulheres deve acompanhar as conquistas que elas já vêm obtendo com esforço e coragem no mercado de trabalho. Ao longo das últimas décadas, elas vêm quebrando tabus, ocupando vagas até então exclusivamente masculinas. Um exemplo da mudança deste processo está nas plataformas de petróleo. Na década de 1970, havia apenas homens trabalhando embarcados na bacia de Campos. Hoje, as operações para a exploração de petróleo e gás não podem prescindir da força feminina. E essa partici-

pação não é exclusiva da Petrobras. As demais companhias privadas que têm contratos com a estatal já empregam um grande contingente de trabalhadoras. Na construção civil, setor considerado até pouco tempo um reduto masculino, o quadro começa a dar sinais de mudanças. (Nas) obras dos estádios de futebol que passam por reformas ou estão sendo construídos visando a Copa do Mundo Fifa 2014, encontramos mulheres tanto nos trabalhos mais pesados como em funções de comando. São engenheiras, arquitetas, motoristas, auxiliares de serviços gerais ou cozinheiras presentes nos canteiros de obra. E a tendência é que essa participação da mão de obra se expanda cada vez mais e que a mulher esteja cada vez mais presente nos di-

versos setores da economia nacional. A discriminação no mercado de trabalho é vergonhosa e precisa ser combatida por toda a sociedade nas esferas política e governamental. Neste momento, o Congresso Nacional discute uma iniciativa neste sentido que estabelece punição, por meio de pagamentos de multas elevadas, para as empresas que insistem em pagar valores menores para as trabalhadoras. A lei será muito bem-vinda, mas é preciso manter uma postura vigilante para que homens e mulheres possam ter suas diferenças valorizadas, o que é bom; mas a (desigualdade) jamais deve ser admitida, tendo em vista que é uma forma intolerável de injustiça. n Ministro da Secretaria de

Assuntos Estratégicos

A Erosão da “Relational Matrix” n Leonardo Boff

H

á muitos hoje no mundo inteiro, das mais diferentes procedências, preocupados com a crise atual que engloba um complexo de outras crises. Cada um traz luz. E toda luz é criadora. Mas, de minha parte, vindo da filosofia e da teologia, sinto necessidade de uma reflexão que vá mais fundo, às raizes, de onde lentamente ela se originou e que hoje eclode com toda a sua virulência. À diferença de outras crises anteriores, esta possui uma singularidade: nela está em jogo o futuro da vida e a continuidade de nossa civilização. Nossas práticas estão indo contra o curso evolucionário da Terra. Esta nos criou um lugar amigável para viver mas nós não estamos nos mostrando amigáveis para com ela. Movemos-lhe uma guerra sem trégua em todas as frentes, sem nenhuma chance de vencer. Ela pode continuar sem nós. Nós, no entando, precisamos dela. Estimo que a origem próxima (não vamos retroceder até o homo faber de dois milhões de anos atrás) se encontra no paradigma da

modernidade que fragmentou o real e o transformou num objeto de ciência e num campo de intervenção técnica. Até então a humanidade se entendia normalmente com parte de um cosmos vivente e cheio de propósito, sentindo-se filho e filha da Mãe Terra. Agora ela foi transformada num armazém de recursos. As coisas e os seres humanos estão desconectados entre si, cada qual seguindo um curso próprio. Essa virada produziu uma concepção mecanisista e atomizada da realidade que está erodindo a continuidade de nossas experiências e a integridade de nosso psiqué coletiva. A secularização de todas as esferas da vida nos tirou o sentimento de pertença a um Todo maior. Estamos desenraizados e mergulhados numa profunda solidão. O oposto à uma visão espiritual do mundo não é o materialismo ou o ateismo. É o desenraizamento e o sentimento de que estamos sós no universo e perdidos, coisa que uma visão espiritual do mundo impedia. Esse complexo de questões subjaz à atual crise. Precisamos, para sair dela, reencantar o mundo e perceber a Matriz Relacional (Relational Matrix) em erosão, que nos envol-

Diretor-Presidente e Jornalista responsável: Paulo Antônio Carneiro Dias Editora: Jaqueline Gomes

ve a todos. Somos urgidos a comprender o signficado do projeto humano no interior de um universo em evolução/criação. As novas ciências depois de Einstein, de Heisenberg/Bohr, de Prigogine e de Hawking nos mostraram que todas as coisas se encontram interconectadas umas com as outras de tal forma que formam um complexo Todo. Os átomos e as partículas elementares não são mais consideradas inertes e sem vida. Os microcosmos emergem como um mundo altamente interativo, impossível e ser descrito pela linguagem humana, mas apenas por via da matemática. Forma uma unidade complexa na qual cada partícula é ligada a todas as outras e isso desde os primórdios da aventura cósmica há 13,7 bilhões de anos. Matéria e mente comparecem misteriosamente entrelaçadas, sendo difícil discernir se a mente surge da matéria ou a matéria da mente ou se elas surgem conjuntamente. A própria Terra se motra viva (Gaia) articulando todos os elementos para garantir as condições ideais para a vida. Nela mais que a competição, funciona a cooperação de todos com todos. Ela mostra um impulso para a complexidade,

de Petrópolis Diário 57 anos Uma publicação da PJ Editora e Gráfica e Jornalística Ltda

Não quero tirar os méritos do economista, e muito menos o seu direito de ter opiniões e posições. Mas é importante que o público saiba que ser americano, do New York Times, não implica em não ter um alinhamento mais à esquerda.

R$50 mil seriam o ressarcimento do empréstimo. Por que o lobista de uma empresa pagaria “empréstimo” através de uma concorrente? E é justo, legal, decente, legítimo, um dirigente de agência reguladora “emprestar” dinheiro a lobista de setor que ele deveria fiscalizar com rigor, isenção, sem promiscuidades? O Brasil está virando um “clube dos cafajestes”. Os exemplos dados às novas gerações são os da amoralidade e da imoralidade. Nesse rumo, não iremos a lugar nenhum. Sermos o 6o PIB do mundo, com renda cruelmente repartida e corrupção institucionalizada, nos define como uma grande republiqueta, jamais como uma grande nação.

Preço do Exemplar 3ª a sábado R$ 1,20 Domingo R$ 1,80 Atrasado R$ 2,50

Assinatura Trimestral Petrópolis R$ 80,00 Rio e outros R$ 160,00

Assinatura Mensal Petrópolis R$ 28,00 Rio e outros R$ 56,00

Assinatura Semestral Petrópolis R$ 152,00 Rio e outros R$ 304,00

para a diversidade e para a irrupção da consciência em níveis cada vez mais complexos até a sua expressão atual pelas redes de conexões globais dentro de um processo de mundialização crescente. Esta cosmovisão nos alimenta a esperança de um outro mundo possível, a partir de um cosmos em evolução que através de nós sente, pensa, cria, ama e busca permanente equilíbrio. As idéias-mestras como interdependência, comunidade de vida, reciprocidade, complementariedade, corresponsabilidade são chaves de leitura e nos alimentam uma nova visão mais harmoniosa das coisas. Esta cosmologia é que falta hoje. Ela tem o condão de nos fornecer uma visão coerente do universo, da Terra e de nosso lugar no conjunto dos seres, como guardiães e cuidadores de todo o criado. Esta cosmovisão nos impedirá de cair num abismo sem retorno. Nas crises passadas, a Terra sempre se mostrou a nosso favor, nos salvando. E não será diferente agora. Juntos, nós e ela, sinergeticamente poderemos triunfar. n Leonardo Boff é autor de Preservar a Terra-cuidar da Vida. Como evitar o fim do mundo, Record, RJ 2011 Site: www.diariodepetropolis.com.br

E-mail: redacao@diariodepetropolis.com.br

Diretoria 2246-3807 Assinatura 2246-3807 Publicidade 2237-7849 Classificado 2246-3807 Redação 2235-7165

Rua Joaquim Moreira 106 Centro - Petrópolis - RJ Cep 25.600-000 CNPJ 02.424.864/0001-66

ABRAJORI - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS JORNAIS DO INTERIOR

As opiniões emitidas em artigos assinados não representam, necessariamente, o pensamento do jornal e são de inteira responsabilidade de seus autores. Da mesma forma, as informações e opiniões nas colunas são de responsabilidade de seus titulares.


57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

DOMINGO, 18 de março de 2012

3

cidade

Sites do governo terão que divulgar desaparecidos Em quatro anos, aumentou o número de desaparecidos no estado do Rio. Os registros subiram de 4.562 casos, em 2006, para 5.473 em 2010. Nos primeiros nove meses de 2011, as ocorrências em delegacias aumentaram 5,2% em relação ao mesmo período de 2010. Entidades que apoiam parentes de desaparecidos, em especial crianças e adolescentes, apelam pela disseminação das informações e atualização dos sites que disponibilizam imagens. Neste sentido, o deputado estadual Bernardo Rossi (PMDB) apresentou projeto tornando obrigatória nos sites de propriedade do governo, inclusive as administrações indiretas, a reserva de um espaço exclusivo à veiculação de fotos, nomes e outras informações relativas a crianças e adolescentes desaparecidos. - São milhares de acessos por dia nos portais de serviços einformações do governo. É a possibilidade de as pessoas ajudarem nas buscas – afirmou. Natural de Petrópolis, Bernardo Rossi cita como exemplo mais recente na cidade o caso da estudante Stefanini Freitas Monken da Conceição, de 18 anos, cujo

desaparecimento vai completar seis meses no próximo dia 30. Ela foi vista pela última vez a caminho da escola. A família chegou a espalhar cartazes com fotos pela cidade e a polícia ainda investiga pistas de Stefanini. - A disponibilização de imagens nos sites oficiais ajudaria e muito em casos como este – afirmou. O projeto de lei determina que os layouts, tamanhos e informações sigam padrões usados pela Fundação para a Infância e Adolescência (FIA) e também que o serviço, gratuito, seja feito mediante requisição por escrito dirigido ao Serviço de Investigações de Crianças Desaparecidas da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Rio de Janeiro. Segundo os dados do ISP de 2011, do total de crianças e jovens sumidos, 71,3% tinham reaparecido vivos e 14% não reapareceram. Os encontrados mortos somam 6,8% e ainda outros 4,4% casos continuam sem informação. Também estão contabilizados os 2,9% casos em que a família informou não ter havido desaparecimento, embora constasse um registro de ocorrência na polícia. Divulgação

O presidente Paulo Igor aponta rachaduras no interior do Legislativo

Restauração da Câmara começa na segunda-feira Com aprovações ao projeto de recuperação do Palácio Amarelo emitidas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac), a empresa Studio G, vencedora da licitação, inicia nesta segunda-feira (19) as obras de recuperação do prédio, sede da Câmara de Vereadores. As intervenções, orçadas em R$ 1,5 milhão, preveem recuperação de toda extensão da fachada, cobertura do prédio, restauração de parte do teto da sala do plenário, revisão e substituição da parte elétrica e ainda a cobertura da casa anexa. Construído em 1850, o Palácio Amarelo tem características neoclássicas e é um dos mais importantes imóveis do conjunto arquitetônico do Centro Histórico de Petrópolis. As obras devem se estender por pelo menos cinco meses. - Aberto à visitação desde 2009, o Palácio se consolida também como um dos atrativos turísticos da cidade, uma preocupação a mais nessa restauração – frisou o presidente da Câmara de Vereadores, Paulo Igor (PMDB). O planejamento da reforma começou com a contratação de um arquiteto que fez a avaliação estrutural e funcional do prédio. A apuração técnica inclui levantamento fotográfico, plantas e um relatório com uma memória de cálculo que possibilitou orçar, dentro do

documento, o valor da intervenção. A obra prevê ainda a restauração de mármores e pisos, de portas e janelas, através de decapagem química ou mecânica, e recuperação de guarda-corpos na fachada. Conforme prevê o contrato com a empresa que venceu a licitação para executar as obras, todas as intervenções deverão seguir orientações do Iphan, órgão máximo federal, de preservação histórica e cultural. - Solicitamos mais detalhes sobre alguns pontos do projeto e fizemos algumas orientações sobre os produtos a serem utilizados, mas o projeto está aprovado e as intervenções podem começar – disse a chefe do escritório técnico do Iphan em Petrópolis, Érika Machado. O Palácio passou por restauração em 2002 e desde 2009 está aberto à visitação pública, passando a ser parte do roteiro turístico da cidade. Neste período, o prédio recebeu mais de 20 mil turistas entre petropolitanos e visitantes nacionais e estrangeiros. O Palácio está aberto à visitação diariamente (inclusive domingos e feriados), de 10h às 17h. As visitas, gratuitas, são guiadas por estagiários bilíngües. O que mais encanta os visitantes é a decoração da sala das sessões, o Salão Hermogênio Silva, considerada como a mais bela do gênero, que leva a assinatura do escultor Henrique Levy.

Estado publica licitação para construção de 96 moradias nVinicius Henter viniciushenter@diariodepetropolis.com.br

O governo estadual publicou nesta semana o edital de licitação para a construção de casas em Petrópolis pelo programa federal Minha Casa, Minha Vida. O imóvel tem 47 mil metros quadrados, localizado em Benfica, Itaipava. No local, serão construídas 96 unidades habitacionais para o reassentamento dos que ficaram desabrigados após a catástrofe de 12 de janeiro. O terreno fica na rodovia Philuvio Cerqueira Rodrigues, que liga Petrópolis a Teresópolis, depois do Hotel Capim Limão. Em maio do ano passado, o terreno foi desapropriado

pelo governo do estado. Segundo o decreto do governador Sérgio Cabral, “o imóvel se mostra adequado no que concerne a medidas e localização para a construção das unidades habitacionais”. As habitações serão destinadas às famílias com renda de até três salários mínimos. As construtoras interessadas deverão apresentar carta de manifestação de interesse e o projeto de implantação do empreendimento imobiliário até o dia 18 de maio, na Secretaria de Estado de Obras, na Rua da Ajuda, 5, 9º andar, no Centro do Rio de Janeiro. A empresa, antes da elaboração do projeto de implantação, deverá agendar e fazer uma visita de inspeção no local. O comunicado da lici-

tação foi publicado no Diário Oficial do estado do dia 14 de março (quarta). É vedada a participação de empresas que estejam inadimplentes com a Caixa Econômica Federal. Mais informações sobre a licitação poderão ser obtidas na sede da secretaria, das 10h às 17h, até o dia 3 de abril. MILHARES DE DESABRIGADOS Em publicação do Diário Oficial de maio de 2011, o governo estadual lembrou que as vítimas encontramse alojadas provisoriamente em abrigos, igrejas e instituições de ensino, “o que demanda medidas urgentes no sentido de restabelecer o

direito de habitação e moradia”. Ainda no comunicado que desapropriou o terreno, o governo lembrou que “há premente necessidade de se abrigar tais famílias, com a construção emergencial de unidades habitacionais” devido à catástrofe que deixou milhares de desabrigados e desalojados e centenas de residências destruídas no município. A desapropriação do terreno foi possível, como cita a nota do governo estadual no Diário Oficial, porque o prefeito Paulo Mustrangi decretou Estado de Calamidade Pública no dia 14 de janeiro de 2011, dois dias após a tragédia, tendo o decreto sido homologado pelo governador Sérgio Cabral no mesmo dia.

Aniversário da cidade comemorado com homenagens no Quitandinha A tradicional solenidade realizada anualmente pela Câmara Municipal de Petrópolis e Instituto Histórico, que marca as comemorações do aniversário de fundação da cidade, a entrega dos Títulos Honoríficos de Cidadania e Medalha Koeler conferidos no ano de 2011, ocorreu na noite da última sexta-feira, 16 de março, no Teatro Sesc Quitandinha. A Medalha Koeler é outorgada anualmente pela Câmara a personalidades que prestam “extraordinários serviços ao município”, contribuindo para o desenvolvimento e renome da cidade. A medalha foi criada em 1957 e pode ser concedida em três graus: Cruz de Distinção, Cruz de Mérito e Cruz de Honra, sendo cada grau prérequisito para a contemplação do grau seguinte. Em 2011, a Câmara outorgou cinco Medalhas de Koeler. Uma delas, no grau “Cruz de Mérito”, por indicação do presidente da Casa Legislativa, vereador Paulo Igor (PMDB), foi recebida em sessão especial, em 22 de dezembro do ano passado, pelo bispo Dom Filippo Santoro, nomeado arcebispo para servir em Táranto, na Itália, deixando meritória passagem no comando da diocese de Petrópolis. Na solenidade da última sextafeira, foram entregues as demais Medalhas Koeler. O desembargador Mi-

Sergio Bello/Ascom-CMP

O vereador Jorginho Banerj entrega a Medalha Koeler à diretora da FMP/Fase, Maria Isabel de Sá Earp

guel Pachá, petropolitano, ex-presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) e ex-presidente da Câmara aos 25 anos de idade, recebeu a honraria no último estágio, o grau “Cruz de Honra”, por indicação do vereador Paulo Igor. Miguel Pachá é o único petropolitano detentor dos três graus da Medalha Koeler. Receberam a Medalha Koeler, no grau “Cruz de Distinção”: Maria Isabel de Sá Earp de Resende Chaves, educadora, dirigente da Fa-

culdade de Medicina da Faculdade Arthur de Sá Earp Neto (FMP/Fase), entidade de ensino superior que se encontra entre as primeiras em excelência do país, por indicação do vereador Jorginho Barnerj; Paulo Gratacós, arquiteto, político de expressão com duas importantes passagens pelo executivo municipal (representado por sua filha, Ellen Gratacós), por indicação do vereador Marcio Muniz; e, em concessão “Post-Mortem”, ao pensador, filósofo e escritor Alceu Amoroso Lima, de admirável

vida pública, que residiu em Petrópolis, à Rua Mosela, em casa que hoje reverencia sua memória e feitos como “Centro Alceu Amoroso Lima para a Liberdade”, por indicação do vereador Samir. Alceu Lima Filho recebeu a homenagem, representando o seu pai. Durante a solenidade, a TV Adonai foi homenageada com uma placa pela comemoração de seus 10 anos de existência, recebida pelo seu diretor Gilberto Haubrich, das mãos do presidente da Câmara, vereador Paulo Igor.

Cada vereador entregou três títulos honoríficos de cidadania petropolitana Baninho (PSD) Jochen Siegfried Klemperer Ana Luzia de Souza da Costa Rosane Ellen dos Santos Antunes

Vadinho (PSB) Leonardo Garcia Martins Maria de Lojan Garcez Caldas Barreto Douglas Gilberto da Silva Baptista

Gil Magno (PSD) Maria Esmeralda Barros Collares George Carneiro da Cunha Bauer Deputada Claise Maria Zito

Paulo Igor (PMDB) Aguinaldo Ferreira da Silva Aline Ciuffo Faver Carlos Alberto Lancetta

João Tobias (PPS) Irmã Maria da Penha Fiórido Irmã Marinete Tibério Irmã Jeny Borges da Silva

Renato Thomé (PSDC) Gilberto José da Silva Leal José Sancler de Faria Anésio da Silva Marcelino

Jorginho Banerj (PSB) João Alexandre Rezende Assad Sueli Meira Vieira Monsenhor Geraldo Policarpo de Carvalho

Samir Yarak (PSC) Ricardo Ferreira Chermont Eduardo Akira Asso João Marçal de Souza

Dudu (PSDC) Pastor Everaldo Dias Pereira Deputado Wagner Montes dos Santos Jairo Paulo Pessoa

Silmar Fortes (PMDB) Fernando Leite Fortes Bernardo Filho Virgínia Gonçalves Rocha

Márcio Arruda (PMDB) Maria de Fátima Santana Bandeira Daniel Lucien Leburgue Luiz Barbosa Nunes

Thiago Damaceno (PP) Marcelo Florêncio Ferreira de Almeida Terezinha Maria do Carmo Feital Alberico Aniel dos Santos

Márcio Muniz (PSC) Luiz Felipe Cortizo Gonçalves de Azevedo Padre Rogério Dias da Silva Carmo Nunes Almeida

Wagner Silva (PPS) Vera Maria Müller Taulois Márcio Salles Gomes Pastor Jorge Vitor Rodrigues Martins


4

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

domingo, 18 de março de 2012

Aniversário da Cidade Ser assessor parlamentar não é muito bom n Dinizar Araújo

M

uito se tem dito a respeito dos assessores parlamentares. Tem cidadão que possue toda a sua ocupação na assessoria parlamentar. Nada contra, porque esta função é indispensável a quem foi eleito pelo voto popular. Tudo que tem relação com o poder legislativo tem o interesse dos eleitores, sem dúvida. Veja-se por exemplo o assunto que diz respeito com o número de vereadores que a legislação agora permite para as próximas eleições. Os senhores vereadores tem discutido exaustivamente o número de vereadores que deve ter na Câmara nas próximas eleições. Para uns deve ter os mesmos 15 que a atual Câmara possui, para outros o número deve ser aumentado para 21, e outros desejam que tenha 19 vereadores e finalmente tem vereador que deseja que a Câmara deve ter apenas 9 vereadores. Seja o número que for, e os eleitores certamente assumem o que for votado, porém tem-se a impressão que a preferência do eleitorado petropolitano é que permaneçam os atuais 15 vereadores. Entretanto, o assunto para esta coluna é o que foi publicado no O GLOBO, da úlltima segunda feira sobre o Senado da República, com o título do “Milagre da Multiplicação”. Os senadores valendo-se de um artifício das normas internas do Senado, pegaram este artifício para elevar os 12 assessores a que todos tem direito para multiplicar por muitos assessores, e elevando em muitíssimo o custo do dinheiro que constitucionalmente cabe aos sehores parlamentrares. Os senadores com a elevação que fizeram foi para 157%, o que deu um aumento de RS 7.441 milhões para RS 19.178 milhões, isto somente para auxílio refeições. E os senadores , observando os 12 a que eles têm direito, elevam os pagamentos dos demais benefícios a um valor imensurável. Entre os senadores que indicaram um maior número, está o Senador Ivo Casol, que transformou os 12 cargos em 67; o Senador João Ribeiro, transformou os 12 em 53 pessoas no Gabinete; o Senador Fernando Collor tranformou os 12 em 46 cargos e o Senador Eduardo Lopes dos 12 em 43 cargos, daí por diante cada senador aumentou em número um pouco menor sucessivamente. Assim, é muito bom ser asssessor parlamentar, porque os eleitos ajudam a dar vantagens aos assessores que escolhem para trabalhar em seus Gabinetes, pois a maioria deles nem vão ao Senado a não ser para receber a sua comissão. E isto é um ato imoral, e que não deve servir de exemplo para outos parlamentares que venham a ser eleitos. Agora, as próximas eleições serão para as Câmaras de Vereadores e para os Prefeitos municipais, não entrando nesta lista de senadores que buscam agradar aos seus cabos eleitorais que os ajudaram nas útimas eleições. É preciso que haja uma escola para dar sentido ético aos que desejam serem parlamentares, pois ser Assessor Parlamentar Éticamente Não é tão bom assim.

D E S T A Q U E S. . . A prefeitura conseguiu suspender a CPI montada na Câmara Municipal, que tem como presidente o vereador Thiago Damaceno, que reclamou porque entendeu que o Juiz interferiu num outro poder, o legislativo. O Mandado de Segurança foi acolhido pela Juiza Drª Christiane Ferrari, da 4ª Vara Civel. u O Ministro Guido Mantega deu entrevista defendendo o câmbio flutuante para o Brasil, e disse que o país não pode ser inoperante depois da guerra câmbial. u A turma que deseja as obras da Rua Teresa está acertando as obras naquela rua. Agora acertaram a inclusão da Rua Aureliano Coutinho no projeto de obras da Rua Teresa. E isto é muito bom. u A Guarda Municipal recebeu sete veículos novos por iniciativa do ex-deputado Federal Antônio Biscaia. u Os profesores e o pessoal de apoio escolar fizeram greve na educação e parece que o apoio foi quase da maioria. A secretária de educação Claudia Quintanilha deu entrevista dizendo que a greve é ilegal. u A greve proposta pelos vigilantes está atrapalhando a vida econômica da cidade, pois nenhum banco está abrindo pela falta de vigilantes. u O vereador João Tobias fez um oportuno discurso na Câmara sobre o dia Internacional da mulher. Falou com muita empolgação sobre as atividades permanentes das mulheres. u Dos pré-candidatos a prefeito, o pré Nelson Sabrá é que está trabalhando com mais interesse, pela cidade toda. u A Câmara Municipal, por proposta do vereador Wagner Silva, recorre da decisão da Juiza da 4ª Vara Civel que impediu que a CPI da Câmara parasse de funcionar. Agora no recurso o T.J. que vai decidir. u A Tribuna do Advogado deste mês, informa que a sala do CAB no Tribunal de Justiça ganhou 28 computadores novos. Tudo Bem. u O presidente da CPTrans, Roberto Naval está tocando as obras do terminal do Centro. Para não atrapalhar o movimento de todos os dias, o trabalho é feito à noite. Muito bom. u O líder do governo vereador Márcio Arruda tem agido com inteligência no exercício da liderança. u

dinizar@hotmail.com *Advogado

n Mauro Peralta

N

ormalmente aniversário é uma data de comemoração de mais um ano de vitórias e conquistas. Nossa querida cidade comemora, dia 16 de março, 169 anos de vida. Conhecida como Cidade Imperial, visto ter sido moradia de reis, pois tivemos a felicidade de termos tido imperadores, que eram cultos e preparados para governar e gostavam realmente daqui, isso no século dezenove. Em parte do século 20 fomos moradia de presidentes. Getúlio Vargas, acompanhado somente de seu “anjo negro”, Gregório Fortunato, caminhava pela Av. Koeler, Rua da Imperatriz, Av. do Imperador, e podia facilmente ser parado pelos transeuntes. Tivemos ainda em nossa cidade os presidentes Eurico Gaspar Dutra, Café Filho e Juscelino Kubitschek de Oliveira. Os governadores de estado se hospedavam no Palácio Itaboraí, no Valparaíso, e os presidentes no Rio Negro, na Koeler. Várias embaixadas aqui tinham casas de veraneio, como a da Inglaterra na Rua Monsenhor Ba-

celar e até o mesmo o Haiti, de Duvalier, tinha casa nos Duques, perto da rampa de pulo de asa-delta, infelizmente também abandonada pelo poder público atual. Tempos áureos, conhecida como a Capital Cultural do Brasil, as beiras de rios repletas de flores, que fizeram que também ficássemos conhecidos como Cidade das Hortênsias, flores de difícil manejo, que hoje infelizmente, tirando o fabuloso sítio do inesquecível e saudoso Dr Laert Goulart, no Moinho Preto, são raras em nossos canteiros. Tempos de indústria pujante, Gelli, Dona Isabel, Aurora, Cometa, Lanifício, Veludo, Papel, Bijuterias, Fleischamann Royal, Lobera, Fagan, Shane, Telewwatte, Bijuterias, Rocca, Planeta, São Pedro, IFF, Cia. Petropolitana, Cindam, Cascata, Bohemia, Bacherini, Pellegrine, Malharias Lima, PeWeCe, Catalina Águia e tantas outras que nos deixaram ou morreram. Saudades das Casas Xavier, Móveis Martins Filho, Copacabana, Sloper, Rittemeiyer, Orquídea, Formidável, Musical, Gelli, Regador, Itararé, Casanova, Copacabana, Paulista, Margaridas, até mesmo o tradicional restaurante Falconi.

Nossos tradicionais colégios, Sion, Carlos Alberto Werneck, Plínio Leite, Externato Modelo, Cedi, Opção e outros precocemente desaparecidos. Sem falar na grande emissora de ondas médias e curtas, nossa querida Difusora do Wilson Carneiro Malta, sem esquecer de seu irmão Benjamim. Nosso atendimento de saúde, conhecido como exemplar, atraía gente de toda a Baixada, Magé, Caxias, Três Rios, para aqui, agora fazemos o trajeto inverso, vamos para o Rio de Janeiro, Teresópolis, Juiz de Fora, e agora Saracuruna e Magé, sem falar em Paraíba do Sul, com o Hospital D. Lindu e Belfort Roxo, para onde são levados nossos pacientes que necessitam operar catarata. Nosso transporte. Não volto ao tempo dos bondes, mas, era de qualidade. É claro que a cidade inchou, mas agora que transporte? Só existe nas manchetes de jornal, com acidentes, quebra de ônibus sucateados, ou supressão de horários, deixando a população à beira de um ataque de nervos. Assim, nesse aniversário de 169 anos, existe pouco a comemorar. Pois mesmo com a beleza da nossa terra, nosso

Museu Imperial, que é o mais visitado do Brasil, brilhantemente dirigido pelo grande historiador Maurício Ferreira Vicente Junior, a Casa de Santos Dumont, nossas lindas AV Ipiranga e Koeler, o futuro museu Stefan Zweig, Museu do Colono, polo de malhas do Bingen e Rua Teresa, polo gastronômico de Itaipava, Quitandinha, e outras tantas belezas naturais e construídas, não tivemos sorte na gestão pública. Nos últimos anos, ao invés de vitórias, só tivemos derrotas, seja na saúde, seja no transporte, e ou na educação pública. Exceção na privada, com o Colégio Ipiranga, considerado um dos melhores do Brasil, mas, infelizmente, não acessível à classe pobre. Esperança que 2013, sem a crise mundial, sem enchentes e outras catástrofes, possamos sonhar com uma cidade pujante, com outro prefeito e secretários mais preparados, para sorte de todo o Brasil, que ama a Cidade Imperial. Afinal, nosso hino, escrito por Geraldo Ventura Dias diz: ”quem acha que é feliz em outras terras, é porque ainda não viveu aqui “ n Médico www.casadomedicode petropolis.com.br.

Viagem Virtual & Real

n Nelson Feitosa

D

e tempos em tempos, arranjamos um jeito de viajar. Sair de casa, do aconchego do lar, da doce e conhecida terrinha, dos nossos costumes habituais, das nossas coisas e loisas, muita gente não gosta. Pena, pois perdem o lado bom de viajar; pensam somente no lado ruim: a canseira, a demora a mais das vezes desnecessária e sinal da falta de respeito e profissionalismo das entidades responsáveis pelo bom andamento dos aeroportos; os aviões com assentos demais e apertados (ganância das companhias aéreas); os fusos horários que estuporam a todos. Quem sabe no futuro não possamos nos teletransportar de um continente ao outro como já se faz nos filmes de ficção, tipo “Jornada nas Estrelas”, num átimo de tempo? Fico matutando: Acordo em Petrópolis, entro no meu teletransporte caseiro e vou calmamente tomar um banho de mar em Fernando de Noronha, Taiti ou Bora-bora... Beleza, não? Enquanto essa tecnologia não chega, temos que nos conformar com a existente. Um dos meus sonhos é

viajar de navio, direto, Rio – Europa; já imaginou? Piscinas, salões de festa, jantar, academia de ginástica, massagens, ioga, mini-golfe, jogos de raquete, comida de boa qualidade, diversão a toda hora, cinema, shows e outros baratos... Como já temos um túnel entre a ilha Inglesa e a França, porque não um entre a América e a Europa, percorrido por trens bala, rapidíssimos, confortáveis e seguros? Pois então... Desta vez, começamos por renovar o passaporte: polícia federal no Galeão (porque será que acabou aqui em Petrópolis, que era no Quitandinha?) espera na fila, volta depois de uma semana para apanhar os passaportes. Ida ao consulado Americano para o visto de entrada no país. O consulado manda para o correio, pagamos o Sedex no mesmo e... Esperamos...esperamos...esperamos... e nada! Quando demos por conta, a notícia desagradável: o transporte do Sedex foi assaltado na subida da serra para Petrópolis! Resultado: tiramos a ocorrência na delegacia, e tivemos que fazer tudo de novo: polícia federal no Galeão (pagamento em dobro da taxa: se perdemos o passaporte, somos desleixados; se fomos roubados, quem sabe não fomos e estamos traficando passaportes?) Es-

pera por mais 10 dias para que a Casa da Moeda confeccione os passaportes. Ida ao Consulado “again” Desta vez a surpresa agradável: vamos, por exceção, apanhar em mãos os ditos cujos. Coisa boa nessa barafunda: Os correios arcaram com todas as despesas desta segunda vez e puseram à nossa disposição uma funcionária modelo: gentil, prestativa que só faltou nos carregar no colo para nos ajudar na feitura dos novos passaportes e vistos no Consulado. O nome desse anjo é D. Mariza, encontrada nos Correios da Presidente Wilson, 165, no Rio de Janeiro. UFA! Pretendemos ir a Las Vegas, quem sabe ganhar um monte de dólares nas máquinas caça – niqueis ou na roleta? No poker não porque não sou “poker-face”; quando tenho uma boa mão, até o faxineiro vem lá de longe, bate nas minhas costas e diz: “Ai, mermão, aposta todas as fichas que vais ganhar um tutu alto, hein?” O engraçado é que todo mundo acha que pertence ao grupo dos 1% que ganham alguma coisa e não ao grupo dos 99% que perdem seu rico dinheirinho para os donos dos cassinos... E queremos ir na Torre Eiffel de mentirinha mas grandinha de Las Vegas, almoçar no 11º andar onde tem um

bom restaurante; andar de gôndola nos canais do Hotel “The Venetian” igualzinho ao que acontece na Veneza original, ver show do “Cirque du Soleil” que apresenta cerca de 5 ou 6 espetáculos todos os dias por todo o ano na cidade considerada a Disney dos adultos, Las Vegas. Assistir em plena rua uma abordagem de corsários num galeão espanhol antigo, enfim, pretendemos encher a vista de coisas novas, esquecer até de quem somos, o que fazemos, das nossas habituais preocupações, das coisinhas corriqueiras e chatinhas, das mesmices e nos soltar, tal e qual avezinhas de arribação, que procuram o melhor clima para passar suas férias. Fazer uma faxina na mente faz muito bem. Ver coisas novas, também. Passar alguns apertos na viagem, faz parte. Algum desconforto também. Vamos desconsiderar o conselho de amigos: “Dormir? Que é isso? Em viagem queremos tudo, menos dormir!” Não é preciso exagerar; mesmo porque, viajar é também espairecer, descansar e gozar do que os italianos chamam de “Dolce Vita”: Beber, comer, amar, dormir... e viajar. n Médico, psicoterapeuta Site: www.hipnosemedica.

Filomena ra!

U

n Carmen Felicetti

m galo boêmio, que se perdera das horas, insistia em cantar, embora o dia já tivesse levantado da cama naquela fria manhã de minha cidadezinha mineira. O sol piscava faíscas nas folhas orvalhadas e ia, com seu imenso mata-borrão, enxugando os vestígios da madrugada. Levantei um pouco mais o cachecol para proteger as orelhas e apressei o passo porque D. Mena não perdoava um minuto de atraso que fosse. -- Parece castigo! Será que toda primeira aula do dia tem que ser de matemática? Ainda se fosse com o professor Marcos... mas, com a “fera”?! E hoje ainda é terça-feira... Quando cheguei em sala, ela já nos aguardava, magra e espigada, sentada em sua cátedra. Entramos, como sempre, em absoluto silêncio (porque a gente não era besta nem nada) e cada qual se manteve de pé junto à sua carteira. - Bom dia, srs. alunos!

- Bom dia, sra. professo-

- Podem se sentar, sem arrastar as cadeiras! Ordem cumprida à risca, ela segue o ritual lançando a cada aluno um olhar em ordem alfabética, enquanto marca as presenças na pauta. - Carmen, por que faltou ontem? Estremeci só de ouvir meu nome. - É que ontem nasceu minha irmãzinha, D. Mena. Ela afrouxou um pouco as linhas de seu rosto e, numa entonação quase carinhosa, perguntou: - E como vão chamá-la ? - Ainda não resolvemos porque, lá em casa, cada um quer um nome. Nada mais ela perguntou e nada mais falei. Seguiu dando suas fórmulas, problemas e equações e cada aluno se apegando aos santos e promessas para não ser chamado ao quadro-negro. Só havia um momento bom em sua aula; aliás, ótimo: era quando a campainha tocava anunciando seu final. Mesmo assim, ela seguia pelo intervalo corrigindo

deveres e nos enchendo de lições de casa. E ai daquele que demonstrasse a menor insatisfação ou desinteresse... No dia seguinte, assim que nos sentamos, ela perguntou: - E aí, Carmen, já decidiram o nome de sua irmãzinha? - Decidimos não, D. Mena. Resposta dada e a aula entrava em seu ritmo. Por mais dois ou três dias a pergunta se repetiu e a resposta, também. Mais um dia de aula. Encorajada pela pequena brecha de intimidade que ela me dava, respondi à pergunta habitual com certa descontração: - Ainda não. A gente escolhe, escolhe, escolhe tanto que vai acabar colocando nela um nome gaiato assim que nem “Filomena”. Ela se levantou, apoiando as duas mãos na escrivaninha e me atingiu com dois dardos azuis que as grossas lentes de cristal faziam mais brilhantes. E aqueles seus lábios, que eram um fio de linha, se moveram pausada e cadenciadamente:

- É o meeeeu nome! Quis morrer, que a terra se abrisse, que acordasse do pesadelo. Como me xinguei por dentro! – bem feito, sua palhaça! Por que não respondeu: - não sra., e pronto! Não! Tinha que inventar moda, fazer gracinha... Será, sua tonta, que você nunca desconfiou que “Mena” seria uma abreviação de “Filomena”? Por que você não falou Eleutéria, Creusolina, Rosemunda? Tinha que ser Filomena, que nem é um nome assim tão ruim??? O silêncio pesava algumas toneladas. Acho que os colegas nem respiravam. Meu rosto, de tão vermelho, chegava a pulsar. E aquele olhar de bisturi cortando minha carne. Eu tropeçava nas patas do meu pensamento que trotava sem rumo. Sem ter o que dizer, eu me saí com essa “pérola”: - Mas, seu “Filomena” é com “f” ou com “ph”? - Com “ph”. - Ah! Então eu acho lindíssimo, chique. Até parece nome de princesa!


57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

domingo, 18 de março de 2012

5

cidade

Aniversário: show de Seu Jorge reúne 28 mil Alexandre Peixoto

Seu Jorge cumprimenta o prefeito Paulo Mustrangi, sendo observado por Gilson Domingues

Vigilantes: audiência na justiça será na terça-feira Uma audiência para tentar um acordo na justiça entre os vigilantes e o sindicato patronal está marcada para o dia 20 deste mês no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Segundo o presidente do Sindicato dos Vigilantes de Petrópolis, Adriano Linhares, a medida pode pôr fim à greve, caso o acordo seja aceito pela categoria. - Vamos para o Rio acompanhar a proposta que eles vão fazer. Quando chegar em Petrópolis vou fazer uma assembleia com os vigilantes para apresentar para a categoria o acordo. Vamos votar. Se não for aceito, o movimento continuará – explicou. Enquanto não é realizada a audiência, os vigilantes prometem manter o movimento de greve. Segundo o sindicato, a adesão é de quase 100% em Petrópolis. Entretanto, profissionais do Rio de Janeiro estão sendo trazidos para o município para realizar a segurança de algumas agências bancárias, descumprindo o plano de segurança realizado pela Polícia Federal, que aponta um número mínimo de vigilantes em cada unidade. Os vigilantes estão pleiteando ganho real de 10%, plano de saúde, bonificação por risco de vida de 30% (hoje é de 8% e eles querem mais 22%), aumento do tíquete refeição de R$ 8,85 para R$ 16,50 e redução dos descontos deste benefício mais o INPC do período de fevereiro do ano passado a março deste ano.

Para os clientes dos bancos que estão apenas com os caixas eletrônicos em funcionamento, alguns entraves vêm ocorrendo, como por exemplo o pagamento de contas com valores altos, que não são aceitos nem nas casas lotéricas, que recebem contas de até R$ 750. Para evitar que o cidadão tenha que pagar juros, o Sindicato dos Bancários de Petrópolis dá algumas dicas. De acordo com o secretário do sindicato, Marcos Alvarenga, os clientes com conta comum, em média, podem sacar ou realizar pagamentos de até R$ 1 mil. - Alguns clientes especiais têm direito até R$ 5 mil, dependendo da agência, mas nos outros casos varia de instituição para instituição, mas a média é de R$ 1 mil, até por uma questão de segurança quando o banco está fechado – explicou. É importante procurar a instituição que está em débito para tentar realizar o pagamento diretamente no local ou tentar renegociar uma data futura; entrar em contato com o gerente da conta para que seja feita uma transferência ou mudança de data ou para que dê outra alternativa, já que as agências estão com funcionamento interno normal; fazer o pagamento para a instituição credora em cheque, já que as compensações estão ocorrendo normalmente. E, somente em último caso, após todas essas tentativas, recorrer juridicamente para não pagar os juros.

PMP realiza licitação dos ônibus no próximo dia 20 Na próxima terça-feira, dia 20, será realizada a licitação do transporte coletivo aberta pela Prefeitura de Petrópolis. A proposta mínima dos dois lotes, que compreendem 93 linhas para atuar no lugar das empresas Esperança, Petrópolis e Autobus, somam R$ 10 milhões. As propostas devem ser entregues entre 8h e 9h para que a sessão pública de abertura dos envelopes seja realizada às 9h30 do mesmo dia no Palácio Sérgio Fadel. A contratação do licitante vencedor será efetuada em cinco dias após a homologação da concorrência. Como valor da outorga, os interessados terão que realizar proposta mínima de R$ 4.124.241,83 para explorar os serviços para o primeiro lote, composto por 74 linhas e que tem como previsão de transporte médio por mês

781.211 passageiros. Já para o segundo lote, com 52 linhas e previsão de 1.112.982 passageiros transportados por mês, a proposta mínima é de R$ 5.875.758,17. Os valores poderão ser pagos em 12 parcelas mensais, iguais, fixas e consecutivas. O julgamento das propostas será combinando os critérios de maior oferta com o de melhor técnica. De acordo com o edital, o contrato para operação das linhas tem prazo de 20 anos, podendo ser prorrogado por mais 20. A avaliação das propostas será realizada a partir de atribuição de notas individualizadas para cada item a ser julgado e que estão estabelecidos no edital. A pontuação total e final da proposta será a soma dos pontos obtidos por cada licitante em cada capítulo.

Nem a insistente chuva que caiu durante a noite da última sexta-feira (16) conteve a empolgação das mais de 28 mil pessoas que foram comemorar o aniversário dos 169 anos de Petrópolis, no show do cantor Seu Jorge, realizado no Parque Municipal, em Itaipava. O cantor, que pela primeira vez se apresentou no município, lembrou que sua primeira viagem teve Petrópolis como destino. - Eu tinha 14 anos na época e vim para cá com a minha tia. Sempre quis voltar para realizar uma apresentação e agora a prefeitura nos proporcionou que viéssemos com a equipe completa e numa época tão importante para a cidade, que é a comemoração do seu aniversário. Fico muito feliz por isso, as pessoas aqui têm uma energia incrível e o show foi sensacional. Parabéns a Petrópolis pela alegria e pelos 169 anos

- declarou Seu Jorge após a apresentação. O show, que começou por volta das 21h, terminou às 22h30 e empolgou o público. A animação do cantor contagiou o público. - Foi a cidade quem ganhou um presentão com a vinda do Seu Jorge. Ele tem uma história de vida incrível e, embora não seja petropolitano, retrata bem o povo trabalhador e guerreiro de nossa cidade. Parabéns à organização que trouxe esse belíssimo espetáculo - declarou a vendedora Maria de Fátima Mello. Para o prefeito Paulo Mustrangi, que conversou com o cantor após o show, “foi uma apresentação diferenciada, digna dos moradores de Petrópolis.” Durante a conversa, Mustrangi e Seu Jorge contaram a trajetória difícil de ambos, e o cantor parabenizou o prefeito pela belíssima cidade.

- Continue investindo no jovem, na educação, na qualificação do cidadão. Sei que o povo de Petrópolis merece tudo o que vem sendo feito e sei também do trabalho sério que vem sendo realizado aqui - incentivou Seu Jorge. Já o presidente da Fundação de Cultura e Turismo de Petrópolis, Gilson Domingos, declarou que o show superou suas expectativas. - Nem a chuva foi capaz de conter a animação das pessoas, que lotaram o parque e cantaram e dançaram as músicas durante todo o show. É uma grande alegria vermos que a população gostou e aplaudiu a apresentação - declarou. Os eventos em comemoração ao aniversário da cidade continuam neste domingo (18), com Missa Solene e apresentação do Coral Municipal de Petrópolis, na Catedral São Pedro de Alcântara, às 11h30.

Mustrangi ressalta importância de Koeler nos 169 anos de Petrópolis O prefeito Paulo Mustrangi participou dos eventos realizados em comemoração aos 169 anos da fundação de Petrópolis. O prefeito depositou uma coroa de flores no busto do major Júlio Frederico Koeler, na Praça Princesa Isabel, em frente à Catedral São Pedro de Alcântara. Em seu discurso, Mustrangi ressaltou a importância de Petrópolis no cenário nacional e afirmou que a cidade superou todas as dificuldades durante esses três anos de mandato. - Ficamos muito tempo resolvendo problemas financeiros que herdamos. Nossa capacidade de investimento foi prejudicada de maneira grave. Depois tivemos as chuvas de janeiro, quando fomos obrigados a investir na reconstrução das áreas atingidas. Enfrentei tudo isso com galhardia e responsabilidade, coma ajuda dos governos federal e estadual. Hoje estamos com uma série de investimentos por todo o município e em todas as áreas. Inauguramos o CEI e o PSF do Pedras Brancas, estamos reformando o HMNSE e vamos iniciar a reforma da urgência do HAC, transformando em uma espécie de UPA, com investimentos de R$1,6 milhões. Implementamos o PCCS da Educação, um plano progressista que colocou os salários da categoria acima do piso nacional muito antes da reivindicação que

Daniel Carvalho

A solenidade na Praça Princesa Isabel reuniu várias bandas marciais e militares do Exército

se faz em todo país. Estamos tornando a cidade em um dos maiores polos cervejeiros do país, com as cervejarias Bohemia, Itaipava e a Cidade Imperial. A cidade progride e cresce economicamente. Estou trabalhando para honrar o passado, realizar no presente e transformar o futuro. Tenho orgulho de ser petropolitano e do seu patrimônio natural e histórico, moldado principalmente pelos colonizadores alemães. Parabéns Petrópolis pelos seus 169 anos - exaltou o prefeito. Luis Carlos Gomes, presidente do Instituto Histórico de Petrópolis, lembrou o trabalho urbanístico do major Júlio Frederico Koeler e disse que “a figura de Koeler é presente em todos os mo-

mentos da vida da cidade. Devemos honrar e referenciar todos os colonizadores que, em seu árduo trabalho, ajudaram a construir uma das cidades mais bonitas do país”. A banda do 32º Batalhão de Infantaria Motorizado abrilhantou a festa com a execução do Hino Nacional e de Petrópolis. Participaram ainda do evento em homenagem a Koeler, secretários municipais, autoridades militares e religiosas e representantes de associações e entidades de classe da cidade. Bandas Marciais A novidade deste ano na comemoração do aniversário dos 169 anos de Petrópolis foi a apresentação de 13 bandas

marciais do município. Com temas e melodias variadas, o evento contagiou o público petropolitano e os turistas. - Temos que valorizar e divulgar o trabalho primoroso que é feito por diversas instituições e unidades de ensino da cidade. Esse é o momento perfeito e fiquei muito feliz com o desfile promovido nesta data tão significativa - ressaltou o prefeito Paulo Mustrangi. - Muito bonita a apresentação das bandas. Fiquei surpreso com a riqueza do trabalho realizado aqui em Petrópolis – disse o aposentado Emanoel dos Santos Silveira, da cidade mineira de Ubá e que estava passeando com a família.

Preços se mantêm estáveis nos mercados A pesquisa semanal de preços do Diário apontou estabilidade nos preços praticados por cinco dos principais mercados do Centro Histórico. Os supermercados Extra e Grandelli, ambos na Rua Paulo Barbosa, modificaram os preços de dois dos

13 itens que integram a lista. O Celma, da Rua Floriano Peixoto, e Xodó de Minas, da Rua Caldas Vianna, mudaram o preço de um produto, enquanto que o Terê, único estabelecimento em que foi possível encontrar todos os itens, não fez modificações.

As pequenas alterações, no entanto, foram suficientes para onerar o preço do carrinho cheio em relação à última semana. O preço das carnes se manteve estável em três dos estabelecimentos em que puderam ser encontrados. O quilo da alcatra, por

exemplo, chega a custar R$ 17,99 e o patinho R$ 15,49. Somando apenas os valores mais em conta cobrados para cada um dos produtos, o carrinho saía por R$ 63,60, aproximadamente R$ 2 mais caro em relação à última semana.

Produtos

Terê

Extra

Xodó de Minas

Grandeli

Celma

Arroz Tio João 5 kg

R$ 12,95

R$ 10,59

11,99

R$ 11,99

R$ 12,95

Feijão Combrasil 1 kg

R$ 3,75

R$ 3,29

R$ 3,28

R$ 3,59

R$ 3,49

Sal Cisne 1 kg

R$ 2,35

R$ 1,65

R$ 1,69

Acúçar Ref. União 1 kg

R$ 2,49

R$ 2,69

R$ 2,49

Óleo Lisa 1 l

R$ 3,15

R$ 3,15

3,28

Leite Int. Elegê 1 l

R$ 2,35

R$ 2,35

R$ 2,29

R$ 2,19

R$ 1,99

Macarrão Espag. Amália N° 8

R$ 2,59

R$ 2,09

R$ 1,79

R$ 1,88

Bisc. Maiz. Piraquê 200 g

R$ 2,59

R$ 2,18

R$ 2,24

R$ 2,19

R$ 2,09

Farinha de Trigo Dona Benta 1 kg

R$ 2,79

R$ 2,29

R$ 2,38

R$ 2,29

R$ 2,29

Fubá Granfino 1 kg

R$ 1,99

R$ 1,45

R$ 1,59

R$ 1,59

Café Pilão 500 g

R$ 7,99

R$ 7,98

R$ 6,49

R$ 6,48

Patinho kg

R$ 15,49

R$ 14,50

R$ 12,95

Alcatra kg

R$ 17,99

R$ 13,70

R$ 16,89

R$ 7,98

R$ 1,59 R$ 2,59

R$ 2,25 R$ 3,39


6

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

57 anos

DOMINGO, 18 DE MARÇO DE 2012

Meninas Cantoras

O mais famoso coro de vozes do Brasil abriu seleção para novas integrantes. Para participar do Coral das Meninas Cantoras de Petrópolis as candidatas devem ter entre 7 e 12 anos e não é necessário ter experiência vocal. As inscrições podem ser feitas pelo telefone (24) 2231-7711, das 16 h às 20 h.

Artes

Crianças, jovens, adultos e terceira idade que desejarem participar dos cursos do Projeto Ciranda das Artes, nas áreas de Artes Visuais, Áudio, Artes Cênicas, Práticas Corporais, Dança, Música e Artesanato, poderão efetuar as inscrições a partir de amanhã, segunda na gerência do Centro de Cultura, das 10h às 18h, até o dia 23 de março.

socialmarise@yahoo.com.br

Cidadão Petropolitano Luis Felipe de Azevedo, que foi o primeiro cavaleiro a viver do esporte no Brasil – isto quando tinha apenas vinte e poucos anos – tendo participado de todas as principais provas de salto disputadas pelo mundo, recebeu das mãos do vereador Marcio Muniz o título de Cidadão Petropolitano. Felipinho, como é conhecido na intimidade, é detentor de diversos títulos, possuindo, inclusive, duas medalhas olímpicas de bronze (Atlanta e Sidnei) e uma medalha de ouro obtida no pan-americano de Havana (Cuba), além do título de Campeão Americano e do recorde de potência, alcançado em Roma (Itália), em 2001. Prestigiaram a cerimônia os amigos José Calmon Júnior e Cristina de Orleans e Bragança, Marcelo Barreto e Monica Barreto Marcos Segreto, Nelson Almeida e Debora Lattouf, Ricardo Pimentel e esposa.

Pós-graduação Para atender as expectativas de qualificação da geração Y, que está cada vez mais exigente, a Fase lança dois novos cursos de pós-graduação “MBA em Gestão Financeira e Controladoria” e “Gestão em Marketing”. Os cursos, com o início previsto para o mês de abril, tem como objetivo auxiliar na formação e, consequentemente, em uma melhor colocação no mercado de trabalho. Fotos: Érico Leoni

Planeg

CONVIDADO ILUSTRE. No coquetel em comemoração aos 40 anos da Unimed Petrópolis, Dr. José Carlos Sant´Anna de Araujo, presidente da Unimed Petrópolis, recebeu o carinho do engenheiro Julio Talon, presidente da Ge Celma. Eles comemoraram a duradoura parceria entre as duas maiores empresas da cidade

Doações A Paróquia do Sagrado e o Programa Giro pelas Paróquias de Petrópolis lança a campanha: "Adoce a Páscoa de uma criança carente!" A ideia é estimular a doação de chocolates, balas e doces nesta Páscoa para que sejam entregues a crianças carentes. Os interessados podem entregar as doações na secretaria do Sagrado até dia 08 de abril.

Volta aos trilhos I Já estão abertas as inscrições para o seminário “O Brasil de volta aos trilhos”, que ocorrerá nos dias 23 e 24 de março no Museu Imperial. O evento debaterá a retomada do transporte ferroviário no país. Entre os aspectos abordados no seminário, está a reativação da Estrada de Ferro Príncipe do Grão Pará, que liga a Raiz da Serra, em Magé, ao Alto da serra, em Petrópolis.

Volta aos trilhos II BASTIDORES. Lenise Knibel (marketing Unimed), a empresária Maria Luiza Campos e Dj Carlinhos não mediram esforços para o sucesso da confraternização que marcou os 40 anos da Unimed Petrópolis no Solar Portugal

Na ocasião do Seminário, que terá entrada franca, será assinado um Acordo de Cooperação Técnica entre o Governo do Estado e as prefeituras de Magé e Petrópolis prevendo a captação de recursos e a elaboração de projetos pelas três instâncias para viabilizar a retomada da ferrovia.

Direitos Autorais Registro de Músicas Livros Eventos Culturais Agente: Domingos Capistrano Operando no Mercado a 32 anos

Tels.: (24) 2237-3210 (24) 9832-0327 Petrópolis - RJ (22) 9907-4947 Cabo Frio - RJ

Poucas & Boas  AMAURY Jaime de Lima assinou a decoração da festa promovida pelo legislativo municipal sexta, no Palácio Quitandinha. Ele usou e abusou de florais nas cores da bandeira de Petrópolis para elaborar os arranjos, depositados nos salões onde ocorreram a cerimônia e confraternização.  ALUNOS do 9º ano do Centro Educacional e Cultura, Barra da Tijuca, visitaram a cidade para complementar os conteúdos nas aulas de história. O grupo conheceu o Museu Imperial, Catedral Museu de Cera e ainda assistiram ao espetáculo Som e Luz.  A BANDA Marcial Professor Amadeu Guimarães vai ser o Brasil na Disney por mais um ano. O grupo de alunos do Colégio São José e toda a comitiva se preparam para uma nova apresentação internacional, a 10ª em sua história. A Banda fará uma exibição na parada do “Magic Kingdom”, no dia cinco de abril.  EMOÇÕES EM PINCELADAS é o nome da mostra organizada por Tânia Dickie, que traz em cada um dos estilos um pouco da soma de cada momento de da vida da artista. A mostra agita a Galeria Van Dijk do Centro de Cultura Raul de Leoni até o dia 25 deste mês.  ATRAÇÃO INSPIRADA nos tradicionais Mercados de Pulgas de Paris e na Feira de Santelmo, em Buenos Aires, agita a Praça do Sol do Shopping Vilarejo, só até este domingo, dia 18. Lá é possível encontrar raridades, como peças de acervos de antiquários e brechós da região.

A ELEGANTE Thereza Castro, esposa do médico João Manuel de Castro, um dos fundadores da Unimed Petrópolis, homenageado durante o evento


DOMINGO, 18 de março de 2012

Comsocial

Neste final de semana, Neyse Lioy participa da 1ª COMSOCIAL - Conferência Estadual de Transparência e Controle Social, como delegada de Petrópolis. Neyse estará no grupo que discute o Eixo 3 – “A Atuação dos Conselhos de Políticas Públicas como Instâncias de Controle”. São esperados cerca de 600 delegados das diversas cidades fluminenses.

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

Cidade Aberta Paulo Roberto

cidadeabertadp@gmail.com

7

Lixo Os moradores da Rua Henrique Raffard, no Bingen, estão reclamando da bagunça na coleta de lixo que, além de não ser realizada, ainda deixa tudo espalhado.

Doação

Parabéns!

Há 16 anos, o Rotary Petrópolis mantém um banco que empresta ou doa cadeiras de rodas aos necessitados. No último dia 10, foram doadas cinco cadeiras à APPO. A entrega foi feita pelo presidente Antônio Eugênio Taulois e pelos rotarianos responsáveis pelo banco, Antônio Savioli e José Ailton Paulo.

Parabéns ao Colégio São José, que completa amanhã (19), 85 anos de existência. Haverá grande festa de comemoração e a inauguração do novo campo do colégio, que se transformou em uma arena oficial de Futebol 7, podendo abrigar partidas do campeonato do Estado.

Banda Falando no Colégio São José, sua Banda Marcial estará fazendo sua décima participação no desfile da Disney World, no próximo dia 05 de abril.

CPTrans

Perigo Iminente

A foto é de Nelson Ekhardt Santos, que nos avisa sobre o local onde o ônibus da Comunidade do Fragoso faz seu retorno estar localizado em cima de uma laje superperigosa, sem fortes alicerces. Além disso, por baixo da laje tem uma barreira que caiu e até hoje não foi retirada. Os moradores estão muito assustados. Perigo iminente!

Vai entender!

Baninho e Ana Luzia

Cidadania A elegante e dinâmica Ana Luzia de Souza da Costa recebeu o título de cidadania petropolitana concedido pelo vereador Albano Filho (Baninho). Ana Luzia é natural de Três Rios e ingressou em 1990 no escritório Costa e Barbosa Advogados. Com competência e seriedade, atua junto aos segmentos comunitários de Petrópolis onde presta notórios serviços de relevância pública. Parabéns!

A CPI dos Transportes, realizada pela Câmara Municipal, foi impedida pelo Ministério Público de levar seu trabalho adiante. Dá para entender?!

Futebol Americano O clube Petropolitano vai inaugurar uma escolinha de futebol americano. As aulas terão início na primeira semana de abril e serão aos sábados.

A CPTrans vai mudar o itinerário das linhas 302 e 306 para Centro x Rua Silva Jardim x Bairro, os moradores da região estão muito satisfeitos, mas, ainda solicitam um redutor de velocidade na entrada do bairro.

Mérito Walter da Rocha Valle, técnico ótico, com 56 anos de atividades em nossa cidade, teve seu mérito profissional reconhecido pelo Rotary Clube Petrópolis. Em reunião no restaurante Solar do Império, foi lembrada a sua formação em 1964 e sua trajetória de trabalho. Na foto, Walter sendo homenageado por Benjamim Carneiro Malta. Equipe DP

aniversário

Petrópolis está celebrando seus 169 anos nMárcio Salerno

A festa de aniversário foi na última sexta, mas ainda estamos sob os efeitos da mesma neste final de semana. Estamos falando de mais um aniversário de comemoração de Petrópolis, que acaba de completar 169 anos de existência. A história de sua fundação, como já se sabe, tem ligação com as viagens que o imperador Pedro I fazia por esta região, daí o nome da cidade, Pedro = Petrópolis. Numa dessas viagens, em direção a Minas Gerais via Caminho do Ouro, Pedro I pernoitou em uma fazenda de propriedade de um padre chamado Correia. Ele ficou maravilhado com a beleza natural do local e decidiu comprar a fazenda (Córrego Seco). Como o imperador também sentia necessidade de construir um palácio fora das cercanias do Rio de Janeiro, aquele local veio bem a calhar. Assim, ele comprou as terras (por vinte contos de réis, segundo reza

a História) e a escritura de compra foi assinada em 1830. Depois que Pedro I abdicou e, mais tarde, morreu, seu filho, Pedro II, herdou as terras e o sonho de seu pai, de aqui construir um palácio de verão. Dito e feito! O palácio em questão é o Museu Imperial, um dos pontos mais procurados por turistas que visitam a cidade. Aí tem a história da colonização alemã, de Paulo Barbosa e Julio Koeler, que elaboraram o plano piloto de Petrópolis etc. Tudo isso faz parte da História do Brasil. Nem tudo foram flores desde então. A cidade, construída na Serra, é ponto de frequentes enchentes e catástrofes trazidas pelas águas, e os moradores do Vale do Cuiabá ainda se perguntam quando as coisas vão voltar ao normal, desde a tragédia que lá se abateu, por causa destas mesmas enchentes, em janeiro de 2011. Mas nem tudo são cravos, há rosas, também. Os alemães foram os

Vários monumentos estão à disposição dos visitantes em Petrópolis

Reprodução do ‘4 Bis’, de Santos Dumont, outra atração da cidade

primeiros colonizadores, mas há gente provinda de quase todo o mundo vivendo por aqui, italianos em especial. E, além das muitas atrações que o Museu Imperial traz para à população e os turistas, a cidade serve como pano de fundo para muitas obras de arte de artistas famosos que aqui se instalaram, como o cartunista Lan. Trabalhos destes artistas costumam ser tema de exposições frequentes em

espaços dedicados à arte, na cidade. Que ainda não são muitos. Tirando o Centro de Cultura Raul de Leoni, atualmente a principal galeria de mostra de artes plásticas na cidade, faz falta por aqui a presença de galerias propriamente ditas, e de ‘marchands’, que saibam analisar as obras apresentadas e como e onde vendê-las. Mas há progresso, também. Artistas de vanguarda estão começando

a ter espaço para levar suas obras ao público por aqui, isto depois de muito tempo lá nos subterrâneos. Se bem que tais subterrâneos tenham suas vantagens... Enfim, é o aniversário de nossa cidade. Exposições dedicadas a comemorar a ocasião podem ser visitadas nas quatro galerias do Centro de Cultura. O Museu Imperial está em festa duas vezes, uma vez que celebra não apenas o aniversário de Petrópolis,

mas o seu próprio, pois o velho Palácio de Verão de D. Pedro II faz 72 anos em 2012. Lá também podem ser encontradas muitas atividades comemorativas, desde o replantio de uma velha palmeira até sessões extras do projeto ‘Som & Luz’, palestras e visitas ao seu interior, que guarda a pompa e circunstância daqueles dias. E é isso. Feliz aniversário, Petrópolis, e muitos anos de vida!


Fotos: Flavio Filho

8

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

domingo, 18 de março de 2012

opções de compras

Comércio do Retiro é destaque em Petrópolis

Rodrilar Market Há 20 anos oferecendo produtos de qualidade e ótimo atendimento, além da mercearia o cliente conta ainda com hortifrut e açougue, tudo com variedade e ótimos preços. Faça uma visita e aproveite as ofertas de aniversário de 20 anos! Aceitamos todos os cartões de crédito e entregamos em domicílios. Rua Dr. Hermogênio Silva, 102/108 Retiro. Tel. (24) 2242-8545

Belém - Máquinas e Equipamentos Venda de equipamentos para self-service, peixarias, lojas de conveniências, restaurantes, móveis de aço, inox, lanchonetes, farmácias, açougues, padarias e cozinhas industriais. Profissionais qualificados para melhor atender. Aceitamos todos os cartões de crédito e parcelamos sem juros. Agende uma visita com nossos representantes www.belemmaquinas.com Rua Barão do Rio Branco, 3.186, Retiro. Tel. (24) 2242-1295 / 2245-8989 ID: 112*86684

Ramari Distribuidora de Doces do Retiro Na Ramari você encontra uma grande variedade de balas, biscoitos, bombons e pirulitos. Além de artigos para presentes e artigos de papelaria.

Tornoson

Palhoça Churrascaria

Mercadinho Retiro

Tudo em rodas de liga leve e pneus, marcas e medidas. Fazemos também recuperação de rodas. Trabalhamos com carros importados e nacionais. Mecânica em geral, alinhamento e balanceamento, injeção eletrônica, acessórios e insulfilme. Pessoal qualificado e ótimo atendimento. Confira nossos preços.

Funcionamos de segunda a segunda, das 11 às 24h. Com os mais variados acompanhamentos, a Palhoça também conta com rodízio de pizzas a partir das 17h. Sem falar no seu tradicional rodízio doe churrasco e ótimo atendimento. Palhoça, o mais saboroso churrasco de Petrópolis.

Há 35 anos servindo seus clientes e amigos, com qualidade, preço e um maravilhoso atendimento. Aceitamos cartões de crédito e entregamos em domicílios. Nosso lema é: Mercadinho Retiro, seu amigo de sempre!

Rua Barão do Rio Branco, 2.847, Retiro. Tel. (24) 2243-8090

Rua Dr. Hermogênio Silva, 1.591, Retiro. Tel. (24) 2242-1398

Rua Dr. Hermogênio Silva, 41 e 47, Retiro. Tel. (24) 2248-5660 / 2237-3593

Rua Dr. Hermogênio Silva, 115, Retiro. Tel. (24) 2237-4562 / 9229-4914 ID: 104*202976

Flora Baltar

Drogaria Boa Saúde

Além de manutenção e projeto de jardins, a Flora Baltar vende no atacado e no varejo: plantas, vasos, terra vegetal, estrume e execução.

Confira nossa ampla variedade de perfumaria, medicamentos com preços populares e genéricos com descontos especiais. Temos convênios e aceitamos todos os cartões. Venha nos visitar e conheça nosso atendimento especial. Entregamos em domicílios.

D’minas Restaurante O melhor self-service e o menor preço. Com uma ampla variedade e sabor de comida caseira, o D’minas oferece um ambiente familiar e ótimo atendimento. Venha se deliciar com a mais saborosa comida mineira da região! Entregamos em domicílios.

Rua Dr. Hermogênio Silva, 113, Retiro. Tel. (24) 2245-6913

Rua Dr. Hermogênio Silva, 244, Retiro. Tel. (24) 2291-5179

Rua Dr. Hermogênio Silva, 42, Retiro. Tel. (24) 2231-4332 / 9229-4914 ID: 104*202976

Recanto do Sabor Bar e Restaurante

Petro Bike

Mais conhecido como Bar do Bigode, o Recanto do Sabor funciona de segunda a sábado servindo uma comida caseira feita com muito carinho e sabor, além de lanches em geral. À noite, o ambiente sempre muito agradável convida para tomar uma cerveja gelada acompanhada por deliciosas porções de petiscos variados. Venha nos conhecer!

Tudo em bicicletas nacionais

Rua Barão do Rio Branco, 3.180, Retiro. Tel. (24) 2242-0766

Rua Dr. Hermogênio Silva,

e importadas. Temos peças e acessórios em geral para você equipar ou reformar sua bike. Traga sua bike e conheça a nossa oficina especializada. Parcelamos em até 10x. Venha conferir nossa variedade e qualidade.

435, Retiro. Tel. (24) 2243-4390


D

iário nos

B

airros

diarionosbairros@diariodepetropolis.com.br

Retiro (2). Bairro que ainda tem plantio desde o período imperial Localizado abaixo de duas das montanhas mais altas da cidade, a Pedra do Retiro e Seio de Vênus, a localidade é originária de uma fazenda de café. Uma das partes geográficas da região pertenciam ao padre Antonio Thomaz de Aguiar Corrêa da Silva Goulão, que no século XVIII denominou o lugar como Retiro de São Thomaz e São Luiz. Uma parte das terras foi adquirida em 1845 pelo casal Pedro Gonçalves e pelo belga Jean Baptiste Binot quando foi implantado o cultivo de plantas e flores. Binot em 1854 assinou um contrato com a Casa Imperial e foi o responsável pelo plantio e ornamentação do Palácio Imperial, tornandose amigo do Imperador D. Pedro II. Ainda hoje uma das

marcas do bairro, o Orquidário Binot ainda está em pleno funcionamento na Rua Fernandes Vieira, 390. Pés de café ainda são vistos na mata secundária, onde também animais silvestres são encontrados cujas autoridades do meio ambiente anunciam o pedido de preservação das espécies que habitam o lugar historicamente. Rodeado por comunidades carentes como a do Alemão, Neylor e a parte alta do Vale dos Esquilos, o Retiro também possui casarões e condomínios de classe média. O bairro é basicamente residencial, possuindo um comércio na Rua Hermogênio Silva, passagem de ligação com os distritos de Petrópolis. Sua população é estimada em aproximadamente cinco mil habitantes.

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

domingo, 18 de março de 2012

9

SERVIÇO ÔNIBUS

r

São muitas as linhas que servem os usuários do centro do Retiro. Todos os ônibus que vão e vêm dos distritos passam pelo final da Avenida Barão do Rio Branco e início da Rua Hermogênio Silva, no centro do bairro. As comunidades dos arredores da área central todas elas são servidas pelas linhas São Luiz, Neylor, Alemão e Vale dos Esquilos. IGREJA

r

Na Matriz de Santo Tomás de Aquino, na Rua Fernandes Vieira, as missas são celebradas aos sábados 19h e aos domingos 8h30, 10h e 19h. Recentemente, com as obras construídas na Capela de São Francisco de Assis, no Vale dos Esquilos, as celebrações são todos os segundos e quartos domingos de cada mês, às 17h. Informações: 2246 1872. r

TÁXI

Quatro carros estão à disposição dos usuários desde as primeiras horas da manhã no ponto número 62 do início da Rua Felipe Camarão, esquina com Rua Hermogênio Silva. Durante a semana os taxistas ficam até as 23h e aos sábados e domingos eles fazem plantões durante a madrugada. Viagens podem ser agendadas pelo telefone 2248 5615. r

Área central do bairro. Ligação com os distritos

COMÉRCIO

O comércio é todo na área central da localidade com bares, açougue, posto de gasolina, dois mercados, materiais de construção, entre outros. O funcionamento é de segunda a sábado no horário comercial e aos domingos as lojas abrem até o meio-dia. O Restaurante D`Minas é um dos destaques do bairro com ambiente familiar e funcionamento até as 21h. r

SAÚDE

O Posto de Saúde do Retiro fica localizado no final da Avenida Barão do Rio Branco, próximo ao Sacolão Municipal. Médicos, enfermeiros, auxiliar de enfermagem e dentista atendem desde as 8h até as 16h com intervalo de uma hora para o almoço ao meio-dia. O atendimento é exclusivo para os moradores da comunidade e as informações são pelo telefone: 2231 6707. r Padre João Ricardo com a imagem de Santo Tomás de Aquino em frente à Matriz do Retiro

Diocese transfere pároco que deixou serviços e saudades Responsável pela ideia e a criação junto com seguidores diretos do hino do padroeiro, o padre João Ricardo Ventura celebrou ontem às 19h sua última missa como pároco da Paróquia de Santo Tomás de Aquino, no Retiro. Durante cinco anos à frente dos trabalhos religiosos, ele arrebanhou fiéis em grande número na comunidade. - O mais importante que fiz durante o período como pároco foi anunciar a presença de Deus nos corações das pessoas – afirmou na quintafeira pela manhã. – Conseguimos trazer pessoas em grande número para o lado da Igreja não só com a presença, mas com a participação na religiosidade. Agora vamos levar a experiência que adquirimos para outra comunidade. Durante o período em que o padre João Ricardo es-

teve na Santo Tomás de Aquino, ele reformou a sacristia, a cantina com pintura, letreiro, forro e azulejo e promoveu a reforma do salão paroquial. Há dois anos criou a Capela de São José na Comunidade do Alemão, que passou a contar com dois templos. O outro é de Nossa Senhora Aparecida. Também foi criada a de São Francisco de Assis, no Vale dos Esquilos. Para a noite de ontem estava marcada uma confraternização de despedida após a missa das 19h. Já hoje pela manhã às 8h haverá uma missa concelebrada na Matriz de São Judas Tadeu, da Mosela, para onde foi transferido, quando o pároco Luiz Garcia Melo vai apresentar João Ricardo como vigário paroquial. Uma coisa é certa: a saudade já está nos corações dos fiéis católicos do Retiro.

A diretoria da Associação de Moradores e Amigos do Vale dos Esquilos – AMAVE – é composta só por mulheres. Ela promove constantemente trabalhos sociais na comunidade, além de intensificar o serviço junto às autoridades no sentido de conquistar melhorias. Este grupo está na porta da sede e, na ocasião, discutia seguimento de atuações na comunidade

Nárzara, satisfeita, lembrou troca de coletoras e obras prioritárias

Líder comunitária enfatiza obras e critica o transporte A presidente Nárzara da Silva Pereira, da Associação de Moradores e Amigos do Vale dos Esquilos – AMAVE – confirmou que serviços prioritários foram executados e continuarão sendo feitos pela administração municipal. Mas, por outro lado, criticou o transporte coletivo, lamentando que os ônibus que servem a localidade continuam quebrando muito. O secretário de Obras Stênio Nery dos Santos esteve na comunidade na terça feira passada vistoriando locais onde existem necessidades dos serviços públicos. - Ele constatou que a Rua dos Pinheiros precisa de saneamento urgente. E assegurou que uma rede de captação de águas pluviais será colocada – afirmou Nárzara, na manhã de quinta feira, lembrando que o secretário classificou a obra como prioritária e que terá iní-

cio nos próximos dias. A líder comunitária informou que a Companhia do Desenvolvimento de Petrópolis – COMDEP – retirou as coletoras velhas e pequenas e colocou lixeiras novas e maiores. Segundo Nárzara, agora os moradores estão tranquilos. - Antes as lixeiras ficavam abarrotadas de detritos que atraiam insetos e até ratos – lembrou. Ao finalizar, a presidente da AMAVE criticou os ônibus. Disse que a manutenção dos veículos da Viação Cascatinha está péssima e que já pediu a empresa atenção ao problema, pois usuários constantemente ficam a pé. Entretanto, enfatizou que a ida do corujão agora até o final da Rua Sebastião Pinho da Silva está contribuindo com trabalhadores nos horários de madrugada quando retornam do trabalho para casa.

Dona Carmem Pereira Peixoto dos Santos. Ela tinha um espaço ao lado de sua residência na Rua Sebastião Pinho da Silva, no Vale dos Esquilos, e doou para a construção da Capela de São Francisco de Assis onde hoje de quinze em quinze dias são celebradas missas. O trabalho foi possível com a união dos fiéis

LAZER

Os espaços de lazer são nas comunidades aos arredores do bairro. São campinhos de futebol e as lideranças comunitárias locais reivindicam das autoridades um espaço mais amplo no centro da comunidade no sentido de atender os moradores da área central e também de localidades adjacentes carentes de espaços de divertimento.

Sede do Centro Social dos Anjos, no Retiro. Grupo mantém instituição

Filosófica dos Anjos sela parceria com o Carangola A Entidade Filosófica dos Anjos concretizou uma parceria com a Associação de Moradores do Conjunto Habitacional Ângelo Zanatta, do Carangola, e está prestando atendimento à comunidade. Fisioterapia, psicologia são as áreas de saúde desenvolvidas e reforço escolar e alfabetização para adultos na educação. A presidente Cláudia Matta informou que isto está sendo possível porque a diretoria da Associação alugou uma loja na Estrada do Divino, em frente ao antigo campo do Carangola. - A entidade não pode ter uma sede no interior do condomínio porque as autoridades não permitem. Por isso é que o espaço foi alugado – informou. A Filosófica comple-

tou um ano e meio este mês e o grupo de diretores mantém os trabalhos da sede do Centro Social dos Anjos, na Rua Hermogênio Silva, 719, no Retiro, se cotizando. - Não temos apoio de autoridades e as despesas,que atingem a aproximadamente R$ 2 mil são pagas por nós – esclareceu. Na sede do Retiro os trabalhos continuam sendo desenvolvidos. Em dias e horários alternados são ministrados cursos de inglês, informática e corte e costura. O atendimento de fisioterapia e psicologia também é feito. O público alvo é das comunidades carentes do bairro Alemão, Neylor e São Luiz e, além delas, existe frequência também de pessoas do Carangola.


10

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

domingo, 18 de março de 2012

cidade

Seminário da Mulher reúne 200 profissionais O Seminário da Mulher – Parte 2, realizado na última quarta-feira, dia 13, no Instituto Teológico Franciscano, reuniu cerca de 200 profissionais da saúde que atuam na rede pública do município. A educação continuada dos profissionais de saúde de Petrópolis, neste mês de março, está sendo voltada para a saúde da mulher por meio ainda de oficinas e painéis. Os temas abordados durante o seminário foram Mortalidade infantil; Infecção pelo estreptococos do grupo B na gestante; Patologias ginecológicas na atenção

básica; A triagem sorológica no pré-natal com papel filtro; Transmissão vertical das DSTs e hepatites e Quando encaminhar para a especialidade o pré-natal de alto risco. As palestras foram apresentadas por profissionais especialistas. Após as apresentações, foram realizadas mesas-redondas para a discussão dos temas. A secretária de Saúde de Petrópolis, Aparecida Barbosa, abriu o seminário e falou sobre a importância de se abordar mais intensamente neste mês os temas ligados às mulheres. - Essa é a nossa forma de comemorar o mês dedicado às

mulheres, nos preocupando com a saúde e a qualidade de vida da mulher - disse Aparecida Barbosa. Segundo a coordenadora de programas da Secretaria Municipal de Saúde, doutora Adriana Jacques, a participação dos profissionais foi ativa. - Eles avaliaram o seminário como sendo de “alto nível técnico” - acrescentou. O treinamento teve como objetivo atualizar e sensibilizar os profissionais da rede de saúde nas questões referentes à saúde da mulher em Petrópolis e fortalecer a rede de assistência do SUS.

Divulgação

Treinamento foi realizado para atualizar os profissionais da rede pública de saúde da cidade

Paulo Mustrangi entrega escola da Posse reformada Ascom PMP

a qualidade de vida das pessoas e melhor ainda é podermos oferecer umlocal adequado para as crianças desta comunidade. Quero dizer que no meugoverno a Posse está recebendo uma série de melhorias na educação. Vamos inaugurarem breve uma creche para mais de 100 crianças no antigo prédio da Light,fizemos diversas obras de infraestrutura e estamos reurbanizando o centro daPosse. Por muito tempo este distrito ficou no esquecimento, mas agora todospodem se orgulhar de viver aqui. Estamos mudando a vida dos moradores dessedistrito -, exaltou Mustrangi. O vice-prefeito Oswaldo Costa Friasdestacou que o distrito da Posse “voltou para o mapa do município com o governodo prefeito Paulo Mustrangi” e ressaltou que

participou da inauguração d a escola, nos anos 70. - Estive aqui com meu pai inaugurando esta escola e hoje estou presente novamente neste momento de felicidade com a reforma da unidade. Os moradores do Córrego Grande agradecem ao prefeito por esta melhoria e fica aqui registrado que este é um governo que trabalha muito em prol de todos os cidadãos petropolitanos. Da Posse ao Quitandinha, o governo investe em melhorias em todos os setores e muito me orgulho de fazer parte dessa história - disse. A secretária de Educação, Claudia Quintanilha, também exaltou o trabalho realizado na área de Educação e lembrou que “Petrópolis é uma das poucas cidades que possui o piso salarial acima da média nacional. O PCCS, as refor-

mas em diversas escolas, as inúmeras creches instaladas, são exemplos positivos de tudo que este governo fez e ainda fará pela educação municipal”, afirmou. A Escola está localizada à Estrada Silveira da Motta, Km 2,5, em Córrego Grande, Posse, funcionando desde 1951. Domingos Caiu doou o terreno à Prefeitura de Petrópolis para a construção do atual prédio que foi inaugurada em 1970 e que passou agora por uma reforma geral, ampliando suas instalações e dependências com uma sala de informática, uma dispensa, uma sala de leitura, ampliação da cozinha e do refeitório, rampa de acesso e armários. Possui três salas de aula, três banheiros, uma secretaria, uma cozinha, dispensa e um refeitório.

DOM

Prefeito e vice com alunos da E.M. Hildebrando de Carvalho

O prefeito Paulo Mustrangi entregou na tarde desta terçafeira (13) as obras de reforma da Escola Municipal Hildebrando de Carvalho, que fica localizada no distrito da Posse. A unidade educacional atende 97 crianças do ensino fundamental. Acompanhado pelo viceprefeito e subprefeito dos distritos, Oswaldo da Costa Frias, Mustrangi destacou o trabalho intenso que o governo municipal está promovendo no distrito da Posse. - Hoje é um dia muito especial para os moradores do Córrego Grande, aqui na Posse. Lembro quando o Oswaldo disse que esta unidade precisava de uma reforma urgente e agora estamos aqui reunidos para entregar esse beneficio para a comunidade. É muito gratificante podermos melhorar

P R A Z O PR ORROGADO

30 2012 MARÇO

O seu IPTU ajuda a con struir

uma cidade melhor


Domingo, 18 de março 2012

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

11

especial

CB orienta sobre a prevenção de acidentes n João Vitor Carvalho

Especial para o Diário

Semana passada, o menino Emilian Vieira Rodrigues, de apenas dois anos, morreu afogado após cair dentro do Rio Santo Antônio, na Estrada do Gentio, em Itaipava. Ele brincava no quintal de casa e teria seguido um cachorro até a beira do rio, de onde já foi tirado sem vida por parentes e vizinhos. No mês passado, dois irmãos também morreram vítimas de afogamento, dessa vez no rio Piabanha, quando pescavam, próximo à casa deles, em Pedro do Rio. Flávio dos Santos Gonçalves, de 9 anos, caiu na água. Na tentativa de resgatar o caçula, Miguel dos Santos Salvador, de 13, pulou no rio, mas também se afogou. Somando estes casos ao de Maicon Pereira dos Santos, de 5 anos, que morreu em janeiro, após cair na piscina do sítio onde morava, no Independência, já são quatro episódios trágicos de afogamento envolvendo crianças em 2012. O tenente-coronel Rafael Simão, comandante do 15º Grupamento de Bombeiros Militares (GBM), fez algumas recomendações para que os riscos desse tipo de acidente e de outros aos quais crianças estão mais suscetíveis, sejam minimizados. A recomendação principal do comandante é de que crianças estejam sempre sendo vigiadas pelos pais. - Os pais devem observar os filhos a vida inteira, mas os cuidados devem ser redobrados com as menores,

principalmente nessa fase em que as crianças começam a andar, que coincide com uma fase mais criativa e de descoberta das crianças. Se a criança vê um cachorro, por exemplo, ela tende a ir atrás, por curiosidade - disse o comandante, remetendo-se ao caso que vitimou Emilian. No fim do ano passado, um jovem de 13 anos morreu no poço do Bela Vista, em circunstâncias parecidas com a dos dois irmãos que pescavam em Pedro do Rio. Ao ver o colega se afogar, o jovem pulou para salvá-lo, o que lhe custou a vida. - Existe toda uma técnica de salvamento e a recomendação é de que a pessoa nunca pule na água para tentar salvar uma outra. No afã de se salvar, a pessoa perde a razão e buscará de todas as formas alcançar a superfície, e muitas vezes puxará para baixo a pessoa que veio resgatá-la - explicou o comandante. Ao ver uma pessoa se afogando, deve-se imediatamente acionar o Corpo de Bombeiros. Enquanto o resgate não chegar, a recomendação é que se procure qualquer objeto que possa ser estendido à vítima para puxá-la à margem, ou objetos flutuantes. - No Corpo de Bombeiros nós chamamos de “elementos de fortuna”, que são justamente aqueles que você tem à mão no momento em que o acidente acontece. Pode ser um galho, uma corda, um cinto, qualquer coisa que possa trazer a pessoa até a margem. Após o resgate, a pessoa pode fazer a respi-

Arquivo

Todo cuidado é pouco

Tenente-coronel Rafael Simão faz algumas recomendações

ração e massagem cardíaca, mas existe toda uma técnica, uma posição certa para fazer esses procedimentos. Se não for feito da maneira correta, de nada vai adiantar - afirma o coronel. Na semana de aniversário do Corpo de Bombeiros, que ocorre em julho, a corporação promove cursos e palestras sobre técnicas de salvamen-

to. Instituições como a Cruz Vermelha também realizam esse tipo de serviço. - As pessoas que tiverem interesse podem apreender. Quem dera esses cursos pudessem vir na formação educacional. Uma pequena orientação, uma pequena noção, já seria capaz de habilitar uma criança a salvar uma vida - ressalta Simão.

Os acidentes envolvendo crianças naturalmente não se restringem a afogamento. Existem também os casos de acidente doméstico, novamente causados pelo instinto criativo e de descoberta dos pequenos. Por isso, os pais devem ter cuidados redobrados e se manterem sempre atentos e próximos. - Nessa fase, tudo atrai a criança. Cores, sabores, sons, formas, tudo é uma descoberta para elas. Os pais devem manter afastados produtos de limpeza, de beleza, remédios, produtos em geral que tem cheiro bom, no caso dos remédios, até gosto bom, gosto de tuti-fruti. Uma criança pode acabar ingerindo grande quantidade desses produtos e vir a óbito. Também é preciso manter sempre as tomadas tampadas, porque, novamente, pela curiosidade da criança, ela pode colocar algum objeto lá dentro e causar um acidente. Outro cuidado importante é manter sempre os cabos das panelas voltadas para dentro do fogão - orienta o comandante Simão, que atenta ainda para outros perigos e que demandam atenção especial. - Agora não falando apenas das crianças, mas em geral, os moradores de uma casa devem adaptar as instalações para todos que vivem ali. Se um idoso é morador, o ideal é que casa tenha corrimãos, alças e o piso seja antiderrapante. Para pessoas com necessidades especiais, cadeirantes, por exemplo, o ideal é que existam rampas na casa – orienta. Em casos de acidentes domésticos, segundo o comandante, a responsabilidade do atendimento é do serviço de emergência do município. Os bombeiros prestam atendimentos quando os casos ocorrem em via pública. De acordo com Simão, casos de quedas, são uma das ocorrências mais frequentes e é necessário muito cuidado no atendimento. - Uma criança quando cai o instinto da mãe é trazêla ao colo. Mas isso pode ser muito perigoso. Às vezes a criança sofreu alguma pequena fratura e nesse ato de fazer um movimento inadequado, pode causar uma lesão mais grave. Se uma criança cai e fratura uma costela, por exemplo, o ato da mãe trazê-la ao colo, puxando a caixa torácica, pode fazer com que a costela transpasse o tecido, transpasse algum órgão e a situação fica muito pior - ressalta o comandante, lembrando que em casos de emergência deve-se acionar o Corpo de Bombeiros pelo número 193, cuja a ligação é gratuita. - A partir do momento em que recebemos a emergência, o tempo em que saímos para fazer o resgate é de no máximo um minuto - completou.


12 57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

DOMINGO, 18 DE MARÇO DE 2012

ANOREG e As Regras do Jogo...

Célio Thomaz

A Associação dos Notários e do Estado de Rio de Janeiro Registradores, na pessoa de seu presidente, o tabelião Renaldo Bussiere, convidando para o coquetel e noite de autógrafos do livro sobre os Royalties do Petróleo do Senador Lindbergh Farias, “As Regras do Jogo” , dia 16, às 18 h no Restaurante Atrium, no Paço Imperial, Centro do Rio de Janeiro.

Etiqueta... celiothomaz@celiothomaz.com.br

Dia Mundial do Sono Carminha, e Alfredo Jacques e a neta visitando a sala do mestre cervejeiro...

Família Bohemia visitou o Museu da Cerveja!!! Carminha Jacques, neta do fundador da Bohemia esteve, acompanhada de seu marido, o ortopedista boa gente Alfredo Jacques, há cerca de 10 dias, visitando a cervejaria, a convite e deferência da diretoria da AMBEV, e lá e aprovaram todo o complexo da cervejaria Bohemia, que foi reformado pela Cervejaria Antarctica, atual proprietária, que a adquiriu da família de Carminha e faz parte atualmente do gigante consórcio AMBEV. Carminha nos narrou que ficou encantada com a manutenção do acervo real e verdadeiro, como as caldeiras de cobre e outras peças que foram restauradas, existindo inclusive no museu o histórico familiar com o retrato de sua avó, que se chamava Caroline em evidência. Vale a pena conhecer e visitar este mais novo espaço cultural de nossa Petrópolis .

Dia Mundial do Sono é comemorado sempre no dia 16 de março. É um evento anual, destinado a ser uma celebração a favor do sono com o objetivo de conscientizar a população sobre questões importantes que estão diretamente relacionadas com o sono não reparador, incluindo a sonolência excessiva durante o dia, a fadiga crônica, indisposição e problemas cognitivos os quais prejudicam o desempenho no dia a dia, nos estudos e aumenta os riscos de acidentes de trânsito e de trabalho.

Pórtico – Estacionamento? É lamentável que as proximidades do Pórtico do Quitandinha, que deveria funcionar apenas como um logradouro público, tranquilo e de acesso às residências, esteja virando estacionamento durante todo o dia, de segunda a sexta-feira, já que muitos que descem e sobem a serra para trabalhar no Rio de Janeiro deixam seu carro naquele local pela manhã, pegam uma condução até a nova rodoviária e no retorno a Petrópolis descem no ponto existente nas proximidades da Casa do Alemão e retiram seu carro no novo estacionamento e no dia seguinte começa tudo de novo. É lamentável...

Quando for homenagear algum cidadão, os convidados não devem ficar separados em ambientes distintos, já que assim o homenageado e os convidados que ficarem a certa distância do homenageado não terão oportunidade de participar, de estar próximo ao mesmo.

85 anos do Colégio São José e parceria com futebol espanhol Amanhã, o Colégio São José, que é tão bem dirigido pela família Mesquita, professor Mário, seus filhos Marinho e Fernando, estará completando 85 anos e a partir das 10 h estarão recebendo o diretor de projetos internacionais do Clube Espanyol, da Espanha, Oscar Riera Alvarez, para o início da parceria do Colégio com o clube para o desenvolvimento e aperfeiçoamento de atletas do futebol petropolitano, através da escolinha oficial do Espanyol que será implementada nas instalações do Colégio. O encontro também marca a abertura do novo campo do CSJ, que se transformou em uma arena oficial de Futebol 7, podendo até abrigar partidas do campeonato do Estado.

Redutor de velocidade Moradores da Avenida Presidente Kennedy, antiga Piabanha, não aguentam mais o excesso de velocidade de caminhões e carretas que estão passando naquela via pública de paralelepípedos, bem no coração do Centro Histórico de Petrópolis e pedem que sejam colocados em todo o trecho redutores de velocidade já que se trata de uma rua estritamente residencial.

Onda de assaltos

Detalhes de um dos espaços do Museu da Cerveja, tendo em destaque a foto de uma das fundadoras, Sra, Caroline, avó de Carminha Jacques

Segundo informações, estão acontecendo novos assaltos e furtos na Serra de Petrópolis. Nesta última semana, tivemos mais um assalto a ônibus que faz a Linha Petrópolis-Rio de Janeiro, desta vez foi uma linha do Castelo no sentido centro do Rio e nas semanas anteriores um tivemos mais três assaltos em linhas entre Petrópolis e o Rio. Seria muito bom que fosse realizada uma operação policial para aniquilar com estes maus elementos.

Poeta Fernando Costa, a atriz Regina Duarte e seu marido, o aniversariante Carlos Alberto Valentim e sua mulher, a querida chef de cuisine Guilhermina Valentim

Níver hoje – 80 anos!!! Quem está aniversariando neste domingo e completando 80 anos, é o querido Embaixador Cultural de Itaipava, o pioneiro na gastronomia no Vale dos Gourmets, Carlos Valentim, que é o fundador e foi proprietário do Parrô do Valentim, o mais antigo restaurante de Itaipava. Passará a data na intimidade da família.

CIDADE

Mustrangi inaugura Centro de Inclusão Digital Ciranda das Artes abre inscrições nesta segunda Crianças, jovens, adultos e terceira idade que desejarem participar dos cursos do Projeto Ciranda das Artes, nas áreas de Artes Visuais, Áudio, Artes Cênicas, Práticas Corporais, Dança, Música e Artesanato, poderão efetuar as inscrições a partir de segunda-feira, na gerência do Centro de Cultura Raul de Leoni, das 10h às 18h, até o dia 23 de março. São 16 cursos com valor mensal de R$ 10,00, que é facultativo aos idosos. Os documentos necessários são: foto 3x4; xerox da certidão de nascimento ou carteira de identidade; xerox

do comprovante de residência; atestado de saúde para os cursos de atividades físicas; e declaração da escola no caso de crianças, comprovando que estão cursando este ano. O início das aulas será no dia 26 de março, com término em dezembro deste ano. O Projeto Ciranda das Artes é gerido pela Fundação de Cultura e Turismo, em parceria com o Conselho Municipal de Cultura. O Centro de Cultura Raul de Leoni está localizado na Praça Visconde de Mauá, 305, no Centro.

Cursos O Ciranda das Artes é um projeto que oferece 16 cursos de iniciação artística com aulas no Centro de Cultura Raul de Leoni. Os cursos são: dança de salão para 3ª idade – a partir de 60 anos; dança de salão para adultos – de 18 a 59 anos; yoga para 3ª idade; yoga para adultos – 18 a 59 anos; jazz – a partir de 12 anos; desenho e pintura para crianças – de 7 a 14 anos; ballet infantil – de 7 a 12 anos; ballet juvenil – de 13 a 18 anos; violão – de 7 a 14 anos; violão – a partir de 15 anos; cavaquinho – de 7 a 14 anos; cavaquinho – a partir dos 15 anos; flauta doce – de 7 a 12 anos; teatro infantil – de 7 a 12 anos; teatro juvenil - de 13 a 18 anos; teatro adulto - de 19 a 59 anos; teatro para 3ª idade – a partir de 60 anos; dança do ventre infantil – de 7 a 12 anos; dança do ventre juvenil – de 13 a 17 anos; dança do ventre para adultos – a partir de 18 anos; danças urbanas para crianças – de 7 a 12 anos; danças urbanas para jovens – de 13 a 18 anos; fotografia – a partir de 14 anos; artesanato – a partir de 16 anos; artes plásticas – a partir de 18 anos; grafite – a partir de 14 anos; áudio – a partir de 16 anos.

O prefeito Paulo Mustrangi inaugurou mais um Centro de Inclusão Digital (CID) em Itaipava na última terça-feira, dia 13. O telecentro, que foi instalado com provimentos do governo federal e contrapartida do município, oferecerá aos moradores do distrito cursos profissionalizantes a partir do final deste mês, além de acesso à internet. O espaço conta com 16 computadores, impressora, TV de 42 polegadas, data show e uma lousa digital interativa. Monitores foram treinados para atender a população. O novo CID está localizado no Centro de Cidadania Desembargador Jorge Loretti, que já atende a comunidade com os serviços da Defensoria Pública, TRE, Detran, Defesa Civil, Cras e um posto de saúde. Mustrangi destacou a importância do espaço para o trabalho de inclusão digital e dos cursos que serão oferecidos. - Temos efetuado um trabalho sério e responsável para promover a inclusão digital de diversas comunidades, com a instalação de 39 CIDs por toda cidade. Em Itaipava, além do acesso a internet, os cursos profissionalizantes capacitarão diversas pessoas a terem uma melhor condição de adentrar no mercado de trabalho. O nosso olhar, a nossa atribuição como servidores públicos é proporcionar sempre a me-

Alexandre Peixoto - Ascom/PMP

Prefeito Paulo Mustrangi e o vice-prefeito Oswaldo Costa Frias inauguraram o CID de Itaipava

lhora da qualidade de vida da população. É isso que estamos fazendo durante esses últimos três anos e ainda faremos muito mais - afirmou Mustrangi. O vice-prefeito e subprefeito dos distritos, Oswaldo Costa Frias, ressaltou a coragem e a responsabilidade com que Mustrangi vem conduzindo o governo municipal e enalteceu todas as ações da atual gestão municipal. - Não é fácil assumir um governo com uma prefeitura desmantelada e com diversos

problemas. Mas, hoje, estamos colhendo os frutos de um trabalho exaustivo em prol dos petropolitanos. A inauguração deste telecentro de última geração demonstra o compromisso e a responsabilidade deste governo com seu povo. O secretário de Ciência, Tecnologia, Desenvolvimento Econômico e Agricultura, Robson Cardinelli, exaltou a importância do CID para os moradores de Itaipava. - O distrito de Itaipava agora passa a ter um espaço

de alto nível para a realização de cursos profissionalizantes. Aqui não funcionará como uma lan-house. Aqui temos o que há de melhor em tecnologia e o espaço estará aberto para a comunidade. Tenho certeza que muitos jovens terão suas oportunidades aumentadas após a realização dos cursos que vamos oferecer. Quero agradecer ao prefeito Paulo Mustrangi pelo apoio e a toda minha equipe pelo empenho e dedicação - completou Cardinelli.

Tecnologia de Ciência disponibiliza portal A Secretaria de Ciência e Tecnologia, Desenvolvimento Econômico e Agricultura já disponibiliza as informações referentes à pasta no portal http://sta.petropolis.rj.gov. br. Na página da web serão oferecidas informações sobre

todos os departamentos da secretaria, voltadas a empresários, agricultores e pessoas interessadas em tecnologia, além da população petropolitana e turistas. Além disso, o portal foi criado com a tecnologia

Joomla. Dessa forma, além de ser acessado por navegadores de computadores e laptops, também poderá ser visto em smartphones, celulares e tablets. Segundo o secretário da STA, Robson Cardinelli, essa

tecnologia será usada na página oficial da prefeitura. - Essa forma de acesso é muito mais leve e dinâmica. Vamos migrar todos os portais relacionados ao governo para essa plataforma - explicou.


DOMINGO, 18 de março de 2012

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

13

cidade

Prefeitura incentiva mais microempresários Os pequenos e microempresários do município continuam sendo contemplados com o auxílio do Crédito Cidadão da Prefeitura de Petrópolis. Foram entregues na Secretaria de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setrac) mais 27 cheques na última quinta-feira, dia 15. O Crédito Cidadão nasceu do projeto “Banco do Povo” e funciona desde 2002, realizando empréstimos a juros de apenas 1%. Para se ter uma ideia, o programa já emprestou R$ 3.481.658,31, e, deste total, a administração atual concedeu R$ 1.869.850,00, o que representa 48,67% do valor. Para Luís Eduardo Peixoto, secretário responsável pela pasta, o incentivo é primordial, já que os micros e pequenos empresários são responsáveis por um grande número de pessoas contratadas no município. - É uma forma de fortalecer e com isso gerar empregos para outras pessoas - explicou. A intenção do programa é conceder pequenos finan-

Daniel Carvalho/Ascom-PMP

Os contemplados foram: Cliente: Abel Zerbinato Atividade: Bombeiro Eletricista Finalidade: Reforma Bairro: Centro Cliente: Ademir Ferreira (Cadastro Positivo) Atividade: Peixeiro Finalidade: Compra de equipamentos Bairro: São Sebastião Cliente: Aldecir Zerbinato Atividade: Facção Finalidade: Reforma Bairro: Floresta Cliente: André Gustavo Pavão Rios e Silva (Cadastro Positivo) Atividade: Comércio Fixo (Feirinha de Itaipava) Finalidade: Capital de giro Bairro: Itaipava Cliente: Alexandre Lima da Silva (Cadastro Positivo) Atividade: Oficina mecânica Finalidade: Reforma Bairro: Cascatinha Cliente: Anetes Teixeira Danelon (Renovação) Atividade: Comércio (Feirinha de Itaipava) Finalidade: Compra de mercadoria Bairro: Centro

Helio Moura, secretário de Segurança, Luiz Eduardo Peixoto, da Setrac, uma contemplada e Cláudio Pomin

ciamentos a empreendedores e profissionais autônomos. A finalidade é possibilitar os microempresários a realizarem melhorias em seus negócios, seja na compra de equipamentos, matéria-prima, reformas ou até mesmo como capital de giro.

Contemplada pela quarta vez com o empréstimo, a vendedora autônoma Rita Maria Fernandes comemorou o auxílio. - Já estou terminando minha casa graças ao microcrédito. Com o dinheiro, compro a mercadoria em

São Paulo e vendo aqui. Sem dúvida mudou a minha vida. Na época em que consegui o empréstimo pela primeira vez, estava endividada e sem muita expectativa na vida, mas agora as coisas mudaram. Estou muito feliz - contou.

Cadastro positivo O microcrédito conta ainda com o Cadastro Positivo para clientes que já retiraram o empréstimo uma vez e realizaram o pagamento em dia, fizeram o investimento para qual solicitaram o dinheiro e não

ficaram mais de seis meses sem renovar. Para estes, o valor da solicitação pode chegar até R$3.500 mil, a taxa de juros passa para 0,65% e parcelamento pode ser feito em 16 vezes.

Para o diretor do Departamento do Trabalho da Setrac, Claudio Pomin, o projeto tende a se ampliar. - Estamos fechando uma parceria com a Caixa, na qual será possível fazer empréstimo de até R$ 15

mil a juros baixíssimos. Sabemos que esse cheque cidadão tem ajudado muitos a mudar de vida, e é por isso que estamos nos empenhando para fazer esse projeto crescer cada vez mais - finalizou.

Cliente: Carlos Eliziar Granja Atividade: Pedreiro Finalidade: Compra de ferramentas Bairro: Fazenda Inglesa Cliente: Cosme José Varrichio (Confia) Atividade: Ambulante Finalidade: Compra de mercadoria Bairro: Alto da Serra Cliente: Daniela de Paula Salles (Renovação) Atividade: Vendedora autônoma (Avon) Finalidade: Compra de mercadoria Bairro: Centro Cliente: Devanir Baur (Cadastro Positivo) Atividade: Transporte escolar Finalidade: Manutenção do veículo Bairro: Castelânea

Cliente: Elisabete Montemor Leal Atividade: Vendedora autônoma (Avon e Natura) Finalidade: Capital de giro Bairro: Itaipava Cliente: Élson Gomes de Moraes (Renovação) Atividade: Dogueiro Finalidade: Manutenção e compra de mercadoria Bairro: Saldanha Marinho Cliente: Jairo Clavery da Silva (Cadastro Positivo) Atividade: Depósito de água mineral Finalidade: Capital de giro Bairro: Itaipava Cliente: Jorge Luiz Danelon de Oliveira (Renovação) Atividade: Confecção Finalidade: Compra de matéria-prima Bairro: Centro Cliente: Márcia Costa e Souza Ribeiro Atividade: Comércio fixo (Feirinha Itaipava) Finalidade: Reforma Bairro: Bingen

de

Cliente: Marco Antônio Teixeira Monteiro Atividade: Sonorização Finalidade: Manutenção de veículo Bairro: Nogueira Cliente: Maria das Graças de Faria Atividade: Vendedora autônoma (Natura) Finalidade: Compra de mercadoria Bairro: Alto da Serra Cliente: Maria do Carmo de Oliveira Stumpp (Renovação) Atividade: Mercearia Finalidade: Compra de mercadoria Bairro: Itaipava Cliente: Miriam Bernardo Depoli (Cadastro Positivo) Atividade: Salão de beleza Finalidade: Compra de equipamento e reforma Bairro: Mosela

Cliente: Dircelene Conceição Carius Atividade: Facção Finalidade: Manutenção de equipamento e reforma Bairro: Quarteirão Brasileiro

Cliente: Osvaldo Guimarães de Lima Filho (Cadastro Positivo) Atividade: Pintor de automóveis Finalidade: Compra de equipamento e reforma Bairro: Castelânea

Cliente: Douglas Affonso Rempto Atividade: Oficina de insulfilme e adesivos para carro Finalidade: Compra de matéria-prima Bairro: Centro

Cliente: Rita Maria Fernandes (Cadastro Positivo) Atividade: Vendedora autônoma Finalidade: Compra de mercadoria Bairro: Centro

Cliente: Edmilson Bento Alves Atividade: Facção Finalidade: Compra de equipamento Bairro: Independência

Cliente: Valdomiro dos Santos (Renovação) Atividade: Artesanato Finalidade: Compra de matéria-prima Bairro: Bingen

Cliente: Elaine Gomes de Mello Atividade: Vendedora autônoma (Acessórios femininos) Finalidade: Compra de mercadoria Bairro: Madame Machado

Cliente: Vera Regina de Azevedo Neves (Renovação) Atividade: Vendedora autônoma (Natura) Finalidade: Compra de mercadoria Bairro: Morin


14 57 anos

DIĂ RIO DE PETRĂ“POLIS

DOMINGO, 18 DE MARÇO DE 2012

Agenda Cultural

marciosalerno@diariodepetropolis.com.br

Literatura

Touro - (21/04 a 20/05)

Alguma prudĂŞncia ĂŠ bastante aconselhĂĄvel, uma vez que afastarĂĄ a possibilidade de vocĂŞ se perder em pequenos negĂłcios. As inuĂŞncias sĂŁo benĂŠďŹ cas. Pode tratar de assuntos importantes. Os astros aconselham que vocĂŞ preencha a sua cabeça com pensamentos prazerosos.

ď  

GĂŞmeos - (21/05 a 20/06)

Dia benĂŠďŹ co e favorĂĄvel em tudo o que pretenda realizar ou conceber. Excelente aspecto astral para iniciar negĂłcios e empreendimentos de vulto, e para tratar de questĂľes jurĂ­dicas que estĂŁo em pendĂŞncia.

ď Ą

Câncer - (21/06 a 22/07)

Procure falar pouco e escutar mais, neste perĂ­odo. Seja cauteloso no campo dos negĂłcios, e nĂŁo revele suas ideias a ninguĂŠm. Bom, contudo, para tratar de questĂľes legais e de escritos, de modo geral.

ď ˘

LeĂŁo - (23/07 a 22/08)

Com a posição do sol, agora você terå maiores chances de lucrar inesperadamente atravÊs de jogos, sorteios e da loteria. Felicidade amorosa, conjugal e familiar. Você anda muito dispersivo. Você pode sentir-se com maior vigor físico e emocional.

ď Ł

Virgem - (23/08 a 22/09)

Alegre disposição mental as novas amizades e para tratar de assuntos Ă­ntimos. Melhora proďŹ ssional e ďŹ nanceira e bastante ĂŞxito social, tambĂŠm estĂŁo previstos. Ă“timo a passeios. Procure dizer tudo o que sente.

ď ¤

Libra - (23/09 a 22/10)

SerĂĄ muito bem sucedido nas prĂłximas horas. A posição de Marte haverĂĄ de favorecĂŞ-lo em trabalho de toda ordem. Cuidado com o amor Ă  primeira vista. ConďŹ e em si, e farĂĄ associaçþes que trarĂŁo bons resultados.

ď Ľ EscorpiĂŁo - (23/10 a 21/11) Evite a falta de persistĂŞncia e dĂŞ continuidade nos empreendimentos ou negĂłcios, que conseguirĂĄ bons resultados neste dia. Bom para tratar com pessoas importantes ao seu progresso. O trabalho de transformar os seus sonhos em realidade, precisam passar por vĂĄrios estĂĄgios.

ď Ś

SagitĂĄrio - (22/11 a 21/12)

Muito cuidado com escândalos, perda de reputação e tudo àquilo que possa prejudicå-lo de alguma forma. Haja com bastante meticulosidade que tudo tenderå a ir cada vez melhor. Cuide da saúde e dê mais atenção ao lar.

SALA 1

CINE BAUHAUS R. Dr. Nelson de SĂĄ Earp, 89 Shopping Center Bauhaus Centro

GUERRA É GUERRA – Censura 12 anos – com Tom Hardy – Horårios: 14h20, 16h30, 18h40 e 20h50 2ª feira – dia 19 – não haverå sessão

SALA 1

A Marca de Fantasia lança mais um estudo crítico sobre a mídia em geral

do da Anålise do Discurso, com ênfase nas formulaçþes de Michel Pêcheux e Michel Foucault. Os artigos aqui reunidos são oriundos de pesquisas – algumas jå concluídas, outras em curso – desenvolvi-

das pelo Círculo de Discussão em Anålise do Discurso (Cidadi), cujos pesquisadores integram o Programa de Pós-Graduação em Linguística (Proling) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

SALA 2 PODER SEM LIMITES – Censura 14 anos – Horårios: 15h e 19h 2ª feira – dia 19 – não haverå sessão

TĂƒO FORTE E TĂƒO PERTO – Censura 10 anos – com Tom Hanks – HorĂĄrios: 16h30 e 21h15

ANJOS DA NOITE 4: O Despertar – Censura 14 anos – com Kate Beckinsale – Horårios: 17h e 21h10 2ª feira – dia 19 – não haverå sessão

SALA 2 OS DESCENDENTES – Censura 14 anos – com George Clooney – Horårios: 14h, 16h15 e 18h30

SALA 3

MILLENIUM – OS HOMENS QUE NĂƒO AMAVAM AS MULHERES – Censura 16 anos – com Christopher Plummer – HorĂĄrios: 21h

O GRANDE MILAGRE – Censura livre – com Drew Barrymore – Horårios: 14h30 2ª feira – dia 19 – não haverå sessão

Preços: Segunda Ê dia de cinema. Ingressos a R$ 3 em todas as sessþes. Terça a quinta (exceto feriados): Sessþes iniciadas atÊ 15h59min Inteira: R$ 10 (meia: R$ 5). Após 16h inteira: R$ 12 (meia: R$ 6). Sexta a domingo e feriados: Sessþes iniciadas atÊ 15h59min inteira: R$ 12 (meia R$ 6) Após 16h inteira: R$ 14 (meia R$ 7). Lembrando que estamos com uma promoção de terça a domingo: todas as pessoas pagam meia entrada.

A DAMA DE FERRO – Censura 12 anos – com Meryl Streep – Horårios: 18h50 2ª feira – dia 19 – não haverå sessão

Especial

MĂşsica

PRISCILLA – A RAINHA DO DESERTO – BAND – 01H45 – COM TERENCE STAMP, HUGO WEAVING, GUY PEARCE

Cultura: PrĂŞmio Guerra-Peixe serĂĄ hoje Ă  noite no Dom Pedro

Rock e blues com o Bando da Esquina hoje no MpBar

TrĂŞs ‘drag queens’ viajam pelo deserto australiano, apresentando um divertido show e deixando para trĂĄs um passado que as persegue. O transporte ĂŠ um Ă´nibus caindo aos pedaços, batizado de ‘Priscilla’. Durante a viagem, acabam descobrindo os segredos umas das outras, aprendendo a conviver com suas diferenças e a encarar o preconceito de forma divertida.

O prĂŞmio serĂĄ entregue hoje, a quem se destacou na Cultura

Hoje, Ă s 19h, acontecerĂĄ a cerimĂ´nia de entrega do PrĂŞmio Guerra-Peixe de Cultura aos que se destacaram na ĂĄrea durante o correr de 2011. SerĂĄ a solenidade de entrega da 3ÂŞ edição do prĂŞmio. As categorias que concorrem sĂŁo: MĂşsica Popular e MĂşsica Erudita, Artes Visuais, Teatro, Literatura, Dança, Comunicação, Categoria Especial, NotĂłrio Reconhecimento, Audiovisual, e Produção Cultural. Este ano, a grande homenageada da noite serĂĄ a professora Myriam Dauelsberg, que receberĂĄ o prĂŞmio ‘NotĂłrio Reconhecimento’, pelo conjunto da obra. No Theatro D. Pedro. Censura livre, entrada franca.

Hoje, a partir de 14h, o MpBar Restaurante abre as portas para receber os apaixonados por boa mĂşsica e comida de qualidade. A partir de 17h, tendo como convidado especial o pĂ´r do sol e a vista deslumbrante para o Rio de Janeiro, a casa apresenta o show ao vivo do Bando da Esquina, tudo isso com o suporte do DJ Raphael Millington. Formado em 1997 em PetrĂłpolis, o Bando da Es-

inglês, francês ou espanhol: nome, sexo, nacionalidade e data de nascimento de todos os presentes na foto; e-mail de contato e endereço de um responsåvel; nome do museu, cidade e país onde a foto foi tirada. Entre os critÊrios para escolha dos vencedores, estão a criatividade e o entusiasmo dos participantes, alÊm do respeito às normas do museu em questão no momento de fotografar. Os vencedores receberão kits-surpresa contendo brindes de museus de todo o mundo.

A DAMA DE FERRO – Censura 12 anos – com Meryl Streep – Horårios: 14h15 e 19h

tes possam utilizĂĄ-la em suas fotos. SerĂŁo distribuĂ­dos ainda folhetos explicativos que tambĂŠm conterĂŁo a marca. As fotografias devem ser enviadas ao ICOM atravĂŠs do e-mail imd@icom. museum, de acordo com o regulamento do concurso, que pode ser encontrado no site http://network. icom.museum/imd2012/ (em inglĂŞs). Junto com a imagem (que precisa estar em formato Jpeg e tamanho entre 1 e 2MB), devem ser enviados os seguintes dados em

AquĂĄrio - (21/01 a 19/02)

Peixes - (20/02 a 20/03)

TOP CINE HIPERSHOPPING MERCADO ESTAĂ‡ĂƒO Rua Paulo Barbosa, 310 / 1Âş piso Centro - PetrĂłpolis Cine Fone: (24) 2249-9900 www.cinemaxx.com.br

Para comemorar o 35Âş aniversĂĄrio do Dia Internacional de Museus, hoje, o Conselho Internacional de Museus (ICOM) promove o concurso de fotograďŹ as “Eu e meu museuâ€?. Os participantes devem tirar uma foto junto ao seu museu favorito, sozinhos ou em grupo, com a marca do concurso aparecendo, e enviĂĄ-la ao ICOM atĂŠ 22 de abril. O Museu Imperial/ Ibram/MinC participa dessa campanha, disponibilizando a marca do concurso em sua fachada para que os visitan-

Muito bom dia para mudar de residência ou ocupação. As coisas novas que inventar serão coroadas de êxito e suas ambiçþes, sonhos e desejos serão bem sucedidos. Ótimo para as amizades e a vida romântica.

ď Š

JOHN CARTER: Entre Dois Mundos – Censura 12 anos – com Taylor Kitsch – Horårios: 15h40, 18h10 e 20h40 - 2ª feira – dia 19 – não haverå sessão

Ingressos: terças e quartas ingresso promocional a R$ 6 para todos (exceto feriados). Preço de ingressos as quintas e sextas - inteira R$ 14 e meia R$ 7. Preço de ingressos aos såbados e domingos - inteira R$ 16 e meia R$ 8.

Conselho Internacional de Museus lança concurso

ď § CapricĂłrnio - (22/12 a 20/01)

VocĂŞ estĂĄ vivendo um dos melhores perĂ­odos do ano em todos os sentidos, mas deverĂĄ evitar o gasto desnecessĂĄrio de dinheiro e tudo que possa prejudicĂĄ-lo de um ou de outro modo. O planeta marte indica que as suas opiniĂľes serĂŁo fortes e decisivas hoje.

SALA 2

A INVENĂ‡ĂƒO DE HUGO CABRET – Censura livre – com Ben Kingsley – HorĂĄrios: 17h10, terça a domingo

Fotografias

Trate de seus interesses sociais. Estude suas possibilidades de ĂŞxito e ponha-as em prĂĄtica. Boas oportunidades ďŹ nanceiras e proďŹ ssionais, tambĂŠm deverĂŁo se apresentar. Boa saĂşde e sucesso amoroso.

ď ¨

A DAMA DE FERRO – Censura 12 anos – com Meryl Streep – Horårios: 15h e 19h40 terça a domingo – Sessão extra sexta e såbado, 21h40

quina faz questão de levar o rock e blues a qualquer esquina da vida fazendo releituras de artistas e bandas como B. B. King, Gary Moore, Lynyrd Skynyrd, Eric Clapton, Led Zeppelin, entre outros. O endereço Ê Rua Paula Buarque, 999, Parque São Vicente, antigo Espaço nas Nuvens. Mais informaçþes: Facebook (http:// w w w. f a c e b o o k . c o m / p a ges/MpBar-Restaurante34 5530235457974?sk=wall).

SALA 1

Filmes na TV

CAÇA-PALAVRAS

www.coquetel.com.br

Š Revistas COQUETEL 2012

Procure e marque, no diagrama de letras, as palavras em destaque no texto.

Ria e cace t 2VBMĂ‘PGJNEBQJDBEB

B

P M O L

I

R V

U O Ç

E

C U

E N O F T Q Z

E

L

A B

L

E

T

Y D M N R

U T M O S Q U

I

T O F

 32VBOEPPMOSQUITO vai embora.

N O U K

R Ăƒ W A V C Ç

t $PNPTFGB[QBSBHBOIBSVN CHOKITO

R N L

T

A

R.: É só colocar o dedito na tomadita. t 2VBMPVINHO que não tem à LCOOL R.: Ovinho de CODORNA. t 0RVFPCANIBAL vegetariano DPNF R.: A planta do pÊ e a BATATA da PERNA.

R.: MACACOS me mordam.

Drama francês Ê atração amanhã na H. Mauro

t 2VBMĂ‘PDOCE preferido do Ă TOMO

AmanhĂŁ, terça e quarta-feira, a Sala de Cinema Humberto Mauro do Centro de Cultura Raul de Leoni apresenta o ďŹ lme ‘Indochina’, um drama dirigido por RĂŠgis Wagnier, dando continuidade ao ciclo de homenagens ao cinema francĂŞs, que o espaço estĂĄ prestando neste mĂŞs de março. As sessĂľes começam Ă s 19h. Na Indochina, em tempos de colonialismo francĂŞs nos anos 1930,

t $PNPPELÉTRON atende ao TELEFONE

Eliane Devries (Catherine Deneuve) vive com a filha adotiva Camille (Lihn Dan Pham) em sua plantação de borracha. Mãe e filha vivem muito bem atÊ ambas se apaixonarem por um jovem oficial da marinha francesa (Vincent PÊrez). O filme ganhou o Oscar de filme estrangeiro e Catherine recebeu uma indicação ao Oscar de melhor atriz. A censura Ê 14 anos.

O ARTISTA – Censura 12 anos – com Jean Dujardin – Horårios: 16h40 e 21h 2ª feira – dia 19 – não haverå sessão Vencedor de 5 oscar 2012 – incluindo melhor Filme, Ator e Diretor Vencedor de 3 Globos de Ouro 2012 – incluindo Melhor Ator

TOP CINE HIPERSHOPPING ABC Rua Teresa, 1415 / 2º piso Alto da Serra – Petrópolis Cine Fone: (24) 2249-9900 www.cinemaxx.com.br

t 0RVFĂ‘RVFBBANANA suicida GBMPV

De graça

Vencedor de 2 Oscar 2012 – Incluíndo melhor Atriz Meryl Streep Vecedor do Globo de Ouro 2012 – Melhor Atriz Meryl Streep

R.: PÊ de molÊculas. t 0RVFÑVNBMOLÉCULA R.: É uma meninola muito sapÊcula.

R

K

L

T

V R

C

L O O M A C A C O S

M S

T

Ăƒ

I

V

I

N H O O A Ç O A

E Q H T

Z

Ç K

L

J

S Q B

N Y O P

B

P

Z

R M W S

S Ă•

X O S Q

E N H F

A R

Z O C

J

N T H R

Y

R

X

J

A O S D N O C

A R N M Ç O O A O

R

T

R

E

L

P

L

C N Ăƒ

J

N E O B I

E Q Z O M

A O Y J

T

C

D T

K Q E

P U E

I

P U D

E G H O

A V K

M O C A N

C N L

C

R M N

S M R

B A

Ç M Y

C C

L

L N L

A

Ăƒ Ç

L

C G W Ç Ăƒ M M

R.: PRĂ“TON! t 0RVFVNCROMOSSOMO disse QBSBPPVUSP

ilustração: arionauro

ď &#x;

O discurso enquanto lugar teĂłrico por onde se enredam as importantes questĂľes acerca da lĂ­ngua, da histĂłria e do sujeito empreende, atravĂŠs do dispositivo da AnĂĄlise do Discurso, um conjunto de estreitas relaçþes entre esses trĂŞs elementos. No interior dessas relaçþes, entrecruzam-se diferentes representaçþes inscritas na ordem da linguagem e da histĂłria, que acenam para a possibilidade da inserção de novos e diferentes objetos no âmbito dos estudos do discurso. É neste sentido que os textos que integram o segundo volume de ‘PrĂĄticas Discursivas Contemporâneas: Corpo, Identidade e MĂ­dia’, lançamento da editora paraibana Marca de Fantasia, lançam um olhar para objetos discursivos distintos. NĂŁo obstante a multiplicidade de objetos e temĂĄticas, os trabalhos ora apresentados estĂŁo ancorados teĂłrica e analiticamente no campo de estu-

MOTOQUEIRO FANTASMA: ESP�RITO DE VINGANÇA – Censura 12 anos – com Nicolas Cage – Horårios: 20h50 2ª feira – dia 19 – não haverå sessão

R.: Oh! Cromossomos felizes! t $PNPBTFO[JNBTTFSFQSPEV[FN R.: Fica uma ENZIMA da outra.

5

Solução

M O L E C U L A E N O F E L E T

O planeta MercĂşrio, em bom aspecto, indica que conseguirĂĄ obter os mais propĂ­cios resultados, no trabalho, no setor ďŹ nanceiro, social e amoroso. Aproveite. Muita paz Ă­ntima. VocĂŞ estĂĄ tambĂŠm, passando por uma fase de sofrimentos provindos de sua prĂłpria mente.

CINE ITAIPAVA Est. UniĂŁo & IndĂşstria, 11.000 Itaipava

M O S Q U I T O A C T R A C O S T M A O B S S O R M D N O C O A O C D E O R B A L N A

Ă ries - (21/03 a 20/04)

O corpo, a identidade e a mĂ­dia no discurso atual

O M A C T I N H O K O B P H A E C N A O A N M L A O C T O A O C A N I L

HORĂ“SCOPO

PEQUENOS ESP�ÕES 4 – Censura livre – com Jessica Alba – Horårios: 15h20, 17h10 e 19h

P R O T O N A M I V Z N E N O R T E L E

INSTITUTO OMAR CARDOSO


57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

domingo, 18 de março de 2012

15

INTERNACIONAL

Sérgio Guimarães

sergioguima@uol.com.br

Turismo e poluição generalizada ameaçam as geleiras do Himalaia

Turismo e poluição ameaçam geleiras do Himalaia Amarnath Yatra é o nome hindu pelo qual é conhecida a peregrinação que centenas de milhares de habitantes da Índia fazem anualmente até uma caverna sagrada situada nas geleiras do Himalaia, perto da fronteira com o Paquistão. Segundo notícias chegadas de Nova Delhi, o número de peregrinos que anualmente percorrem o caminho atingiu praticamente o dobro do que era em 2006, alcançando quase 650 mil pessoas só no ano passado. Entretanto, o trafego intenso que esse acúmulo de viajantes, principalmente entre os meses de junho e agosto, traz para a região começa a ameaçar o frágil ecossistema regional. A par do ir e vir desses milhares de peregrinos, já começou também a ser intensificado o fluxo de turistas estrangeiros interessados não só nos motivos religiosos da rota, boa parte das dezenas de milhares de turistas preferem chegar até a caverna por meios menos cansativos, mas muito mais poluentes. Entre

esses está a utilização de helicópteros, dos quais já existem 300 na região que se propõem a voar direto até junto ao local por apenas 200 dólares. Todo esse aumento de visitantes, é lógico, só faz aumentar o perigo trazido pelo acúmulo de lixo e a contaminação que ele causa. A trilha que leva até a caverna, antes quase sempre coberta pelo gelo, hoje já exibe às suas margens pilhas de garrafas plásticas, cilindros de gás, fezes humanas e, às vezes até carcaças de cavalos que ficaram pelo caminho. Pesquisadores e cientistas indianos estão muito preocupados com essa elevação da poluição no local, situada junto às geleiras de onde nasce um dos principais rios do país, o Indo. Para sua formação e continuação no apoio ao 1,3 bilhão de pessoas que dele dependem anualmente da água que desce das geleiras do Himalaia para sobreviver e para a agricultura e a energia, o rio está ameaçado se não puder utilizar a água proveniente do derretimento dessas geleiras no verão.

Suspensa nos EUA taxação do suco de laranja do Brasil Em decisão adotada pela unanimidade de seus seis integrantes, na última quarta-feira, a Comissão Internacional de Comércio (ITC, na sigla em inglês) dos EUA decidiu revogar a cobrança das alíquotas antidumping que incidiam sobre as importações de suco de laranja brasileiro. O cancelamento dos impostos deveu-se à conclusão da comissão de que as importações do produto do Brasil já não representam ameaça imediata aos produtores americanos. A notícia chegada de Washington informou que as alíquotas impostas a três grandes produtoras brasileiras, Cutrale Citrus Juice, Citrosuco Paulista e Louis Dreyfus, estavam em vigor desde 2009. E que as normas da Organização Internacional do Comércio (OIC) exigem que, a cada cinco anos, os países revisem suas determinações contra dumping e outras práticas comerciais desleais. Como em qualquer outro lugar do mundo, também nos Estados Unidos “o choro é livre”, a mídia norte-americana publicou declarações dos produtores de laranja da Flórida que se declararam “extremamente decepcionados com a deci-

são da ITC e que pretendem apresentar recurso contra a mesma. O vice-presidente da Florida Citrus Mutual, Michael Sparks declarou em comunicado que nos últimos 5 anos os processadores brasileiros continuaram enviando produção barata aos EUA, como seu mercado residual, e não vejo nenhuma razão para que eles se detenham, sobretudo se for eliminada a taxação antidumping”. A mídia americana informou ainda que fontes da área diplomática brasileira disseram que a medida foi bem recebida pelo governo brasileiro, mas que a mesma resultou de um processo normal de revisão de tarifas antidumping. As mesmas fontes também informaram que, este ano, o Brasil, que é o maior exportador mundial de suco de laranja aos EUA foi obrigado a trocar seus embarques para a variedade não concentrada -- que ocupa maior espaço no transporte do suco –. O fato ocorreu após a FDA (Food and Drug Administration), a agência sanitária do país, descobrir a presença do fungicida carbendazin nas exportações brasileiras, mas o fato já foi superado.

“Fogo amigo” pode desafiar regimes muito autoritários da China e do Irã Na última quarta-feira a mídia internacional deu grande destaque às declarações de dois líderes internacionais de grande projeção, Wen Jiabao, primeiro-ministro e principal figura do Governo da China, logo abaixo do presidente Hu Jintao; o segundo é o presidente do governo do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, também, sem dúvida, como seu colega chinês, em fase de muita projeção internacional por suas “artes” nucleares, mas que, agora parece ter caído em desgraça na política interna de seu país. É que ele entrou em rota de colisão com o todo-poderoso aiatolá Ali Khamenei, chefe supremo do regime e cujas decisões finais são irrecorríveis. Na semana que passou, o presidente iraniano, cujo mandato termina em 2013, foi convocado ao Majlis, o Parlamento do país, e é o primeiro Chefe de Estado a receber tal convocação, para responder a dez acusações. Entretanto, aos que já comemoravam antecipadamente sua humilhação pública pelo comparecimento perante os 290 deputados, ele respondeu sem se intimidar com inesperada energia, chegando a alternar tons de desafio, ironia e até mesmo deboche, em suas respostas às acusações que considerou primárias. E, em

O premier Wen Jiabao fez uma autocrítica ao sistema chinês de governo, em sua última entrevista

sua confrontação ao líder supremo do país ele chegou até a defender um afrouxamento nos rígidos códigos islâmicos que regem as vestimentas masculinas e femininas. Como se vê, um legítimo “fogo amigo” na política do Irã, não bastassem as pressões externas contra o programa nuclear do país. Por seu lado, Wen Jiabao, a pouco menos de um ano de deixar o cargo e, no que foi

considerado sua última entrevista coletiva como premier da China fez uma autocrítica bastante incomum à sua gestão e ao modelo de governo chinês, ao falar a jornalistas locais e correspondentes estrangeiros. Ele chegou a defender uma reforma no sistema de liderança política do país, alertando ainda que, caso isso não aconteça o acelerado crescimento econômico da segunda potência mundial

dos últimos anos poderá ser perdido e a China pode voltar a viver um segundo período trágico, como o da Revolução Cultural. Este foi o período final do governo de Mao TseTung, na década de 1966 a 1976, marcado por expurgos dos críticos de Mao e violência contra os dissidentes do regime. Enfim, tudo que não se vê e ouve há muito tempo de um líder chinês e com tanta autoridade.

Problemas com o uso da água em Portugal e um “apartheid” do líquido nos territórios palestinos Duas notícias chegadas de Portugal e da França na semana que passou chamaram atenção para problemas com o consumo da água naqueles países. De Lisboa veio a informação que, finalmente, depois de dois anos de discussão, a Comissão do Meio Ambiente do Congresso português decidiu manter em suas reuniões o consumo de água engarrafada ao invés da água de torneira. A polêmica havia sido iniciada em 2010,

quando foi descoberto que naquele ano, foram jogados no lixo 125 mil garrafas e copos de plástico vazios. Então, o conselho de administração da casa resolveu manter as garrafas e copos de plástico ao verificar que seria 30 vezes mais caro utilizar a conhecida e tradicional água da bica. É que foi constatado que a conta incluiria gastos elevados com pessoal “para enchimento, limpeza, colocação e arrumo

dos vasilhames”. Da França, onde se realiza o Fórum Mundial da Água, chegou a notícia de que a Assembleia Nacional Francesa recebeu um relatório do deputado socialista Jean Glavany no qual o parlamentar denuncia a existência de “um novo apartheid da água” nos territórios palestinos ocupados. Conforme o informado, os 450 mil colonos israelenses na Cisjordânia estariam utilizando

maior volume de água que os 2,3 milhões de palestinos lá residentes. Glavany conclui seu relatório afirmando que “no Oriente Médio, a água é mais que um recurso, é uma arma”. Por seu lado, o prefeito de Hebron, Khalen Osaily, afirma que o fornecimento de água é controlado pelos israelenses e que os palestinos receberiam apenas 50 litros de água/dia enquanto os israelenses disporiam, em média, de 400 litros diários.

Chávez voltou para casa, tem grande maioria nas pesquisas e quer ficar mais 20 anos no poder Hugo Chávez está de volta à Venezuela e à luta eleitoral mas, como ele mesmo disse em seu discurso de anteontem em cadeia nacional de rádio e TV ainda na pista do aeroporto de Caracas, tem que continuar se recuperando disciplinadamente do câncer pélvico do qual foi operado pela segunda vez em Cuba. E essa disciplina terá de ser rigorosa, como ele mesmo frisou, “disciplina de recruta”, ele disse. Mas, logo continuou com sua imbatível megalomania: “Rumo a 2021. Rumo a 2030”. Como se sabe, em outubro ele vai enfrentar seu opositor Henrique Capriles Radonski, mas um referendo por ele convocado em 2009 lhe conferiu a possibilidade de se reeleger indefinidamente. Vamos ver se a doença não lhe tirará muitos anos desse mandato vitalício que ele mesmo se conferiu. No que depender de votos, ele parece estar muito bem, pois as últimas pesquisas, de anteontem, o

Hugo Chávez voltou para casa e está feliz com as pesquisas, que lhe dão 55% de votos para outubro

colocavam com 55% das intenções de voto contra apenas 22% do representante da oposição. Quanto às dúvidas sobre sua saúde, ele criou

um bordão para calar seus desconfiados opositores: “viveremos e venceremos”; “e a Venezuela será a pátria do amor, a pátria feliz”, ele

ressaltou. E terminou convocando seus seguidores para acompanharem ainda ontem seu novo discurso da sacada do palácio presidencial.

Tranquilidade para a sua empresa

Contabilidade de última geração, sistema avançado de informática Escrita Fiscal – Rotinas Trabalhistas e Folha de Pagamento Sistemática Departamento Jurídico – Direito Cível – Direito Trabalhista Projetos Econômicos – Análise de viabilidade e capacidade de sua empresa – Administração de Bens e Serviços – Corretagem e Administração de Imóveis – Equipe com treinamento especializado Direção Técnica: Márcio Tesch Economista – Corecon 10582 Advogado – OAB/RJ 59.566 Tec. Contab. – CRC/RJ 25.384-0

Rua do Imperador, 772 – Gr 105/106 – Centro Petrópolis – RJ. Tel/Fax: (024) 2231-6212 / 2231-3322


16

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

O que vem por aí "MALHAÇÃO" – 17:30 H – GLOBO

O QUE VAI ACONTECER NAS NOVELAS A PARTIR DE 19 DE MARÇO

"AMOR ETERNO AMOR" – 18 H - GLOBO

"AQUELE BEIJO" – 19 H - GLOBO

Reencontro

Conflitos amorosos

Jovem de honra Nada como um dia após o outro e uma noite no meio. Essa velha máxima representa a realidade de Guido (Gil Coelho) nesta semana, em "Malhação". Depois de tanto se preocupar com a dívida que tinha com Laura (Letícia Spiller), o rapaz finalmente consegue juntar o dinheiro para quitar o empréstimo com a dona do brechó. Além disso, Guido está cada vez mais empolgado com o sucesso de seus salgados. Prova disso é que ele consegue usar a cozinha do bar da comunidade para fazer suas receitas. O problema é que Moisés (Alejandro Claveaux) vai querer cobrar uma tarifa para o uso do espaço. Guido não se faz de rogado e resolve conversar com o encrenqueiro. Os dois se entendem e fecham um acordo para que ninguém saia prejudicado nessa nova empreitada. Apesar de estar bem profissionalmente, Guido ainda precisa resolver uma pendência amorosa. Isso porque ele e Laura ainda não se acertaram. Com o passar do tempo, Fabiano (Danton Mello) tem feito de tudo para conquistar a dona do brechó, que agora está dividida entre o diretor e garoto. Será que Guido levará a melhor nessa também? Só Laura pode responder. (Gabriel Sobreira/PopTevê)

DOMINGO, 18 DE MARÇO DE 2012

Existe quem acredite que a conexão entre duas pessoas que se amam é muito maior do que se pode calcular – quase telepática. Em "Amor Eterno Amor", a ligação entre Carlos (Gabriel Braga Nunes) e Verbena (Ana Lúcia Torre) chega a ser espiritual. E, nesta semana, um momento será decisivo para o reencontro entre mãe e filho. Miriam (Letícia Persiles), que ajuda Verbena nessa busca, tenta insistir para levar Carlos até o Rio de Janeiro para conhecer a sua mãe biológica. Mas ele se recusa. Até que, com a interferência do espírito Lexor (Othon Bastos), Verbena toca uma música no piano de sua casa e Carlos escuta essa mesma música tocada em um restaurante onde almoça com Miriam. Ele se emociona muito sem saber o porquê e começa a amolecer em relação ao pedido da jornalista. Depois, Lexor entrega uma foto para o peão que o faz decidir ir para o Rio. Com isso, ele vai até o aeroporto encontrar Miriam e embarca para a Cidade Maravilhosa. Será que os interesseiros que são contra o reencontro conseguirão atrapalhar as coisas? (Manu Moreira/PopTevê)

"FINA ESTAMPA" – 21 H – GLOBO

Tem gente que pensa que o amor está relacionado com a posse. Mas existe quem leve o sentimento com tanta nobreza, que prefere deixar o amado livre para escolher seus caminhos e ser feliz. Em "Aquele Beijo", Vicente (Ricardo Pereira) e Claudia (Giovanna Antonelli) adotaram a segunda filosofia em sua relação. Pelo menos, o advogado escolheu deixar a amada livre. Acontece que, depois de um acidente, ele fica paraplégico. E, para não trazer mais preocupações para Claudia, ele decide terminar a relação. Obviamente que ele não consegue evitar que ela fique arrasada tanto pelo término quanto pela sua nova condição. Mas, mesmo assim, a apaixonada não desiste. E, nesta semana, dará uma força para o ex, que fará uma cirurgia para tentar voltar a caminhar. Ela, inclusive, vai até Joselito (Bruno Garcia) para saber se ele consegue ter alguma visão sobre o destino de Vicente. E Joselito afirma que ele voltará a andar. Mesmo com a boa notícia, Claudia seguirá angustiada, já que Vicente tenta manter-se afastado. Mas até quando o advogado será capaz de evitar a amada? (Manu Moreira/PopTevê)

"VIDAS EM JOGO" – 22 H – RECORD

Maldade infinita

Alianças e traições

"Fina Estampa" chega a sua reta final e está mais do que na hora de algumas coisas serem esclarecidas. Entre elas, o tão comentado segredo de Tereza Cristina (Christiane Torloni). Na última semana da novela, ela se desespera com a possibilidade de ser desmascarada e Álvaro (Wolf Maya) tenta acalmá-la. Para garantir que nada seja dito, a vilã dá dinheiro para Íris (Eva Wilma). Mas, antes de ir embora, atropela o primo que a consolava. E, pelo visto, Tereza Cristina vai deixar alguns rastros por aí. Marilda (Katia Moraes) grava a ameaça que recebe da patroa e provavelmente não vai hesitar em fazer uso do material quando necessário. Enquanto isso, a "rainha do Nilo" combina sua fuga no barco de Pereirinha (José Mayer).

Apesar de já ter sofrido muito na mão de Cleber (Sandro Rocha), Regina (Beth Goulart) está longe de ser uma pobre coitada. Depois de ter participado da morte de Andrea (Simone Spoladore), agora ela está tentando fazer uma nova vítima. Nas próximas semanas de "Vidas em Jogo", Margarida (Amandha Lee) aceita se tornar aliada da empresária. Mas a ex-cozinheira não irá cumprir o acordo e alertará Marizete (Betty Lago) que Regina está indo até a festa à fantasia para matá-la. Margarida conta que fingiu uma aliança para descobrir o que Regina estava planejando. O problema é que ela acaba se perdendo da amiga e Marizete se torna um alvo fácil. Regina chega à festa fantasiada e se aproxima da milionária com uma arma. José (Felipe Martins) percebe o que está acontecendo e consegue salvar sua amada. A empresária não desiste e se prepara para tentar novamente. Dessa vez, é Francisco (Guilherme Berenguer) que se intromete na frente. A loura desiste de atirar e foge. No meio do caminho, obriga um convidado a lhe dar sua fantasia. Ela consegue sair sem problemas da festa, mas fica enfurecida por ter sido traída por Margarida. Será que a ex-cozinheira se tornará mais um alvo da empresária? (Ana Paula Hinz/PopTevê)

REDE GLOBO

REDE GLOBO

REDE GLOBO

REDE GLOBO

MALHAÇÃO/17H15

AMOR ETERNO AMOR/18h

AQUELE BEIJO/19H15

FINA ESTAMPA/21H

RECORD VIDAS EM JOGO/22H

AMANHÃ

AMANHÃ

AMANHÃ

AMANHÃ

AMANHÃ

Depois do acidente de moto, Moisés leva Cristal para a emergência do hospital. Betão fica enciumado ao falar com Babi e percebê-la feliz com Guido. A médica diz a Cristal que seu estado de saúde é bom, mas seu bebê não resistiu. Cristal inventa para todos que está em Petrópolis, pois seu pai está com problemas de saúde. Babi, Ziggy, Gabriel e Alexia ficam preocupados quando o reitor da faculdade fecha a rádio. Moisés procura Cristal no hospital e ela afirma que seu bebê está bem.

Miriam chama Carlos para dançar lundu no bar de Carmem. Valéria pega um perfume de Jacira. Carlos pensa em Elisa. Clara fala para Verbena que Lexor cuida de seu filho. Valéria fica com ciúmes de Miriam com Carmem. Carlos pensa em assistir a Miriam dançando. Laís e Juninho começam a namorar. João reclama de Francisco para Regina. Fernando chega à birosca no momento em que Miriam está dançando com Carlos.

Grace Kelly pergunta a Henrique quando será o leilão da Comprare e Ana Girafa ouve. Rubinho sugere que Maruschka procure Deusa para tentar reverter o quadro da Comprare. Ana Girafa critica Marisol por não honrar seu contrato com a Comprare. Sebastião conta para Raíssa que fará um exame para confirmar se foi envenenado na noite da quermesse. Camila avisa a Brigitte que voltará a morar com Ricardo. Alberto se comove com a situação de Maruschka. Sebastião leva Vicente para o hospital e Claudia deseja boa sorte ao amado.

Tereza Cristina se desespera e Álvaro procura acalmá-la. Crô tenta contar para Celeste o que aconteceu na noite em que Baltazar passou em sua casa. Tereza Cristina paga a Íris para manter seu segredo guardado e atropela Álvaro antes de ir embora. Crô implora a Celeste que deixe Baltazar voltar para casa. Juan Guilherme convida os alunos de Letícia para o casamento. Patrícia conta para Tereza Cristina que está grávida.

Margarida aceita se unir a Regina. Mesmo após uma série de perguntas de sua nova aliada, Margarida não revela se é ou não a assassina do bolão. Ela deixa a dúvida no ar. Regina conta que ficou presa no cativeiro junto a Cleber e Elton. Ela revela que todos foram capturados por Lucas. Carlos volta para casa sem notícias de Wellington. O jogador decide se unir a Stella para roubar algumas coisas de sua casa.

TERÇA-FEIRA

TERÇA-FEIRA

TERÇA-FEIRA

TERÇA-FEIRA

TERÇA-FEIRA

Cristal mente para Moisés e garante que já deu o dinheiro da entrevista para Juninho. O reitor leva Gabriel para conversar com um investigador de polícia. Ziggy, Babi e Alexia temem serem acusados de ter feito a entrevista com Juninho. Gabriel pensa em procurar Cristal e convida Alexia para ir com ele a Petrópolis. Moisés fica indignado ao saber que Coxinha emprestou a cozinha de seu bar para Guido sem consultá-lo antes. Gabriel liga para Cristal.

Carlos diz a Miriam que irá com ela para Belém, mas desiste depois de ouvir de Fernando o verdadeiro motivo que a levou para a Vila dos Milagres. Valéria acusa Miriam pelo afastamento de Carlos. Miriam se desculpa com Carlos e pede que ele a acompanhe até o Rio de Janeiro. Valéria tenta fugir do quarto de Carmem. Valéria pede ajuda a Jacira para ir à casa de Carlos, mas se irrita quando Tobias não a deixa sair. Miriam se entristece por deixar Marajó sem Carlos.

Claudia procura Joselito. Mirta conta para Maruschka que Ana Girafa é sócia de Alberto na produção do creme de alisar cabelo. Iara se comove com os sentimentos de Claudia. Maruschka recebe a visita de Alberto e cogita desistir de derrubar o Covil do Bagre. Ricardo encontra Camila dormindo em seu quarto. Rubinho conversa com Maruschka e afirma que pretende se casar com Claudia. Raíssa pede que Damiana faça um novo teste de DNA e Felizardo apoia. Iara visita Vicente no hospital.

Tereza Cristina pensa em empurrar Patrícia da escada. Ferdinand fala com Tereza Cristina, observado pelo delegado Paredes. Clint avisa a Wallace que ele precisa se concentrar nos treinos. Esther e Paulo se reconciliam. Tereza Cristina exige que Ferdinand sequestre Griselda. Antenor e Renê repreendem Patrícia por ter ido falar com Tereza Cristina sozinha. Uma aeromoça tenta acordar Teodora e pede ajuda a uma colega de voo. O avião de Teodora volta para o aeroporto e Quinzé consegue falar com ela.

Doído, Wellington leva tudo que consegue roubar. Adalberto assiste uma conversa de Rita que foi gravada onde ela fala com alguém ao telefone. Na gravação, ela afirma que só vai conseguir dinheiro depois que se casar com Francisco. Carlos aparece de surpresa. Para não ficar longe do filho, o milionário sugere que o filho fume crack em casa. Wellington aceita a proposta e Stella decide acompanhar o amigo. Rita encontra o homem que se encarregou de acabar com a nova testemunha de Patrícia. Ela se compromete a enganar Francisco para conseguir mais dinheiro.

QUARTA-FEIRA

QUARTA-FEIRA

QUARTA-FEIRA

QUARTA-FEIRA

QUARTA-FEIRA

Cristal despista Gabriel repetindo a história que inventou sobre a saúde de seu pai e o convence a não visitá-la. Gabriel e Alexia discutem por causa de Cristal. Filipe tem uma ideia para pedir Isabela em namoro. Laura sugere que Alexia procure Gabriel. Cristal recebe alta do hospital. Filipe prepara uma surpresa para Isabela e ela aceita seu pedido de namoro. Débora tira fotos de Betão com duas garotas que o cumprimentam na praia. Alexia flagra Gabriel consolando Cristal.

Miriam conta para Gabriel que Carlos não quis ir para Belém com ela. Clara sugere que Verbena toque piano. Lexor toca a mesma música que Verbena no restaurante onde Fernando e Miriam estão. Carlos se emociona ao ouvir a música e Miriam observa a reação do vaqueiro. Miriam fala para Carlos que o estado de sua mãe biológica piorou e pede que ele vá com ela para o Rio de Janeiro. Verbena desmaia ao saber que Rodrigo não virá com Miriam. Lexor entrega a Carlos uma foto que estava com Miriam.

Felizardo decide fazer o exame de DNA com Agenor, Raíssa e Damiana. Alberto conta para Ana Girafa que Maruschka doará o terreno do Covil do Bagre para ela. Maruschka se lamenta pelos acontecimentos em sua vida. Claudia pede que Amália lhe dê notícias da cirurgia de Vicente. Marisol descobre que Odessa roubou os desenhos originais da coleção. Deusa avisa a Grace Kelly que não patrocinará seus delírios. Sarita conta para Vicente que o Covil do Bagre agora pertence a Ana Girafa. Vicente é levado para a cirurgia.

Ferdinand atinge um detetive enquanto foge da polícia. Quinzé pede para reatar com Teodora. Ferdinand consegue escapar dos policiais. O delegado Paredes vai até a mansão de Tereza Cristina. Íris e Alice partem de caminhão pela estrada. Teodora pede para Quinzé avisar Griselda onde ele está. Celina se enfurece por Beatriz ter aceitado fazer um acordo com Danielle. Wallace avisa que se aposentará depois que vencer sua luta. Tereza Cristina conta para Ferdinand seu plano para sequestrar Griselda.

Adalberto diz a Patrícia que Rita pode tentar matá-la. Ele afirma que não pode revelar como descobriu tudo. Patrícia fala sobre o CD que recebeu. Adalberto conta que Rita sempre fala ao telefone com um presidiário. Raimundo, Zizi, Adalberto e algumas outras pessoas que participam do plano para capturar o assassino do bolão na festa de Halloween fecham negócio com uma empresa de seguranças. Após um mês, Carlos decide que será melhor que Wellington seja internado. Mesmo a contragosto, ele é levado por enfermeiros que vão buscá-lo em casa.

QUINTA-FEIRA

QUINTA-FEIRA

QUINTA-FEIRA

QUINTA-FEIRA

QUINTA-FEIRA Cristal fica inconformada quando Gabriel confirma que o reitor fechou a rádio. Carmem fica surpresa com o comportamento de Babi, que procura por Betão. Laura avisa a Débora que vai jantar com Fabiano. Carmem tenta impedir Babi de ir para o quarto de Betão. Natália e Nelson se conhecem e se sentem atraídos um pelo outro. Gabriel e Alexia namoram. Carmem tenta restringir a intimidade de Betão e Babi. Laura e Fabiano se beijam.

Carlos procura por Lexor, mas não consegue encontrá-lo. Melissa pede que Verbena seja internada. Tereza teme ser despejada depois do falecimento de sua patroa. Carlos procura Miriam no aeroporto e Fernando tenta conter a raiva. Clara acorda Verbena com a notícia da volta de seu filho. Melissa e Dimas tentam convencer Kléber a pedir uma liminar para manter Carlos afastado de Verbena. Verbena recebe Carlos na porta de casa.

SEXTA-FEIRA

SEXTA-FEIRA

Betão e Babi discutem com Carmem. Babi estranha o comportamento de Cristal. Uma menina no colégio tenta criticar Jefferson, mas Filipe e Isabela o defendem. Moisés faz um acordo com o dono de uma empresa de transporte. Nelson fica pensativo depois que Ziggy devolve o uniforme que Natália pegou emprestado. Nelson avisa a Betão que ele não poderá mais dormir com a namorada em casa. Natália comenta com Babi que precisam de ajuda para cuidar de Cristal. Gabriel aparta uma discussão entre Maria e Kiko.

Carlos e Verbena lembram-se do último momento em que estiveram juntos e se abraçam. Fernando finge emoção ao falar com a tia. Pedro conta para Tobias que Carlos foi para o Rio de Janeiro. Gracinha observa o cartão que o jornalista entrega para o irmão. Dimas e Fernando tentam convencer Melissa a aceitar a presença de Carlos para não ser retirada do testamento. Carlos pega um ônibus para a praia, sem perceber que está sendo observado por dois bandidos.

SÁBADO

SÁBADO Miriam elogia Carlos para Priscila. Carlos é seguido pelos dois homens, que tentam assaltá-lo. Verbena não se preocupa com o sumiço do filho. Miriam vê Carlos tomando banho de mar. Laura se encontra com Dimas. Miriam leva Carlos para fazer o exame de DNA. Verbena dispensa Fernando. Miriam fica atônita quando Carlos afirma que vai embora depois que Verbena morrer. Fernando flagra Carlos e Miriam brincando no jardim da mansão de Verbena.

Não há exibição

Até o fechamento desta edição a emissora não disponibilizou o capítulo

Até o fechamento desta edição a emissora não disponibilizou o capítulo

SEXTA-FEIRA

SEXTA-FEIRA

Até o fechamento desta edição a emissora não disponibilizou o capítulo

Até o fechamento desta edição a emissora não disponibilizou o capítulo

SÁBADO

SÁBADO

Até o fechamento desta edição a emissora não disponibilizou o capítulo

Até o fechamento desta edição a emissora não disponibilizou o capítulo

Raimundo diz aos amigos que se der algo errado, o ponto de encontro será na entrada do labirinto de espelhos. Lucas planeja capturar Carlos durante a festa. Rita encontra Zizi e Guilherme na festa. Margarida sai do labirinto e encontra Lucas, que fala sobre a aliança dela com Regina. A milionária afirma que era tudo fingimento, mas diz que Regina contou tudo sobre a morte de Elton. Lucas chega ao estacionamento e aponta sua arma para Carlos.

SEXTA-FEIRA Carlos tenta fazer com que Lucas mude de ideia, mas ele se mostra irredutível. Lucas entrega algemas para Carlos e exige que ele mesmo as coloque. O exmotorista de van conduz Carlos até sua van, se irrita e acerta uma coronhada no milionário, que desmaia. Lucas prende Carlos, que ainda está desacordado, no cativeiro. Regina liga para Lucia e conta que foi traída por Margarida. Patrícia ouve a conversa e pergunta se a secretária está conversando com sua mãe.

Os resumos dos capítulos de todas as novelas são de responsabilidade de cada emissora. Os capítulos que vão ao ar estão sujeitos a eventuais reedições.

SÁBADO

Não há exibição


DOMINGO, 18 de março de 2012

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

57 anos

17

literatura

AVISOS E EDITAIS

COMARCA DE PETRÓPOLIS SEGUNDA VARA CÍVEL EDITAL DE PRAÇA E INTIMAÇÃO DA DEVEDORA Edital de Praça e intimação da devedora, extraído dos autos da Ação de Ordinária ajuizada por ANTONIO BARRETO ARQUITETURA E CONSTRUÇÕES LTDA em face de MARIANNA RIBEIRO CAMPOS PEDROSO, na forma abaixo: O DOUTOR CARLOS ANDRÉ SPIELMANN, Juiz de Direito em Exercício na 2ª Vara Cível desta Comarca de Petrópolis - RJ, por nomeação na forma da Lei F A Z S A B E R aos que o presente Edital virem ou dele conhecimento tiverem e interessar possa, especialmente a Sra. MARIANNA RIBEIRO CAMPOS PEDROSO, que no dia 12 de abril de 2012 às 15:00 h., no Átrio do Edifício do Fórum, à Avenida Barão do Rio Branco, n. 2053, nesta cidade, pelo Leiloeiro Público Oficial, Ricardo Ignácio Xavier Corrêa será levado a Praça a quem maior lanço oferecer acima da avaliação de R$ 900.000,00 (novecentos mil reais), o bem que segue descrito: Apartamento n. 601 vagas de garagem vinculadas de ns. 11 e 12 do Edifício Residencial Liberdade, situado nesta cidade, na Av. Roberto Silveira, n. 43, e bem assim a correspondente fração ideal de 0,1125, do terreno constituído pelo Domínio Útil do prazo de terras n. 178-Resto do Quarteirão Vila Imperial, situado dentro do perímetro urbano do 1º. Distrito deste município, foreiro a Cia Imobiliária de Petrópolis. Prazo de terras n. 178-Resto do Quarteirão Vila Imperial, com a superfície de 1.148,39m2, fazendo testada para a Rua Roberto Silveira, onde mede 12,27m – 48º.09`SE, confrontando de um lado com o prazo n. 178-B, onde mede 88,00m – 42º.00`SO, fundos com o prazo n. 1.422-B, onde mede 13,83m – 48º.09`NO e do lado restante, confronta com o prazo n. 179, onde mede 88,00m – 43º.00`NE. Apartamento localizado em prédio de bom nível de construção, próximo ao centro da cidade, com aproximadamente 10 anos de construção, com serviços de portaria, dois elevadores, sendo um apartamento por andar (o prédio tem 08 andares), constando a referida unidade de quatro quartos (duas suítes), sala com 60m2, sala íntima, cozinha, banheiro social, lavabo, dependências completas e área de serviço, dispondo de duas vagas de automóveis, tendo a área construída total de 250,00m2. O apartamento encontra-se no estado original de construção. O imóvel encontra-se descrito conforme Auto de Penhora de fl. 91 e 92, Laudo de Avaliação de fl. 139 e RGI n. 8.319 – Cartório do 2º Ofício – 1ª.Circunscrição de Petrópolis. O executado foi intimado da Penhora conforme certidão de fl. 90, em 18/09/07, e vai a Praça nos autos da Ação Ordinária n. 2003.042.001848-1A atual 0001276-33.2003.8.19.0042 - 2ª Vara Cível. Caso não haja licitantes, o bem será alienado em 2ª Praça no dia 25 de abril de 2012, às 15:00 h., no mesmo local, pelo maior lanço oferecido, respeitando-se o disposto no art. 692 do CPC, Redação dada pela Lei n. 8.953 de 13.12.1994. Na forma do que dispõe o art. 686 inc V, comunica-se os débitos: Penhora – em favor de ANTONIO BARRETO ARQUITETURA E CONSTRUÇÕES LTDA; Execuções – tudo conforme certidões junto aos autos. O débito devido ao Condomínio bem como a Municipalidade (IPTU) porventura existente será informado pelo leiloeiro no ato do pregão e correrá por conta do arrematante. Fica esclarecido que o bem será alienado em estrita conformidade com o disposto nos artigos 705 e 686 e seguintes do CPC com as alterações introduzidas pela Lei nº 11.382, de 2006. Caso não seja encontrada pelo Oficial de Justiça, fica por este INTIMADA para ciência do dia e hora das Praças, suprindo-se assim a exigência da Legislação Processual Civil. E, para que chegue ao conhecimento dos interessados, mandei expedir o presente Edital que será afixado no lugar de costume e publicado na forma da Lei. Conforme o Regimento de Custas Forenses, ano 2012, Tabela 07, item 07 - praça ou leilão Judicial: 5% (cinco por cento) sobre o valor pelo qual forem os bens arrematados, vendidos, adjudicados ou remidos; Notas integrantes: item 6 – Os arrematantes ou adjudicatários remissos não ficarão dispensados do pagamento das custas de praça ou leilão. Os interessados ficam cientes de que a arrematação far-se-á em dinheiro, à vista ou a prazo de 15 dias mediante caução idônea (art. 690 do CPC), e que no ato da arrematação, adjudicação ou remição, deverão ser efetuados os seguintes pagamentos: Comissão do Leiloeiro de 5%, ISS de 0,25% e custas de Cartório de 1% até o máximo permitido por Lei. Petrópolis, 05/03/12. Eu, ________________________________, Substituto do Responsável pelo Expediente da 2ª. Vara Cível, subscrevo. Carlos André Spielmann Juiz de Direito

CONDOMÍNIO RESIDENCIAL ALOYSIO Rua Washington Luiz, 7 – Centro – Petrópolis – RJ – 25650-000 Petrópolis, 15 de março de 2012 EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA Prezado(a) Senhor(a) Condômino(a); Pelo presente Edital de Convocação, temos o grato prazer de convidar V.Sas, para a ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA que se fará realizar em 21 de março de 2012 (quarta-feira), às 19h00min em primeira convocação, com a presença de 2/3 dos condôminos; ou às 19h30min em segunda e última convocação, com qualquer número de condôminos, na sala de reuniões da Administradora Garin S/S Ltda, situada na Rua Dr. Nelson de Sá Earp, 232 sobreloja 02 – Centro – Petrópolis, a fim de tratar dos seguintes assuntos constantes da ordem do dia: Primeiro item: DELIBERAR SOBRE MONTAGEM DAS CAIXAS DE MEDIÇÃO DA AMPLA: MONTAGEM EM CAIXA MONOFÁSICA (PADRÃO ATUAL) SEM NECESSIDADE DE OBRA NA PORTARIA. – NÃO SERÁ POSSIVEL NO FUTURO AUMENTO DE CARGA NESTES MEDIDORES. Segundo item: DELIBERAR SOBRE MONTAGEM DAS CAIXAS BI-TRIFÁSICAS SENDO NECESSÁRIA OBRA NA PORTARIA COM AUMENTO NO COMPRIMENTO DO ARMÁRIO EM TORNO DE 01 METRO. COM POSSIVEL APROVAÇÃO DE COTA EXTRA – NO FUTURO PODE SER SOLICITADO AUMENTO DE CARGA INDIVIDUAL NAS UNIDADES. De acordo com a legislação pertinente e Convenção Condominial, os condôminos poderão se fazer representar por procuradores devidamente credenciados, só tendo direito a votos os condôminos quites com suas contribuições condominiais. Atenciosamente. Condomínio Residencial Aloysio P.p. Administradora Garin S/S Ltda.

Pão francês - R$ 5,99kg (somente no balcão) Entrega em domicílios Rua Epitácio Pessoa, 100 (atrás dos Correios) Centro - Petrópolis - RJ Tel. 2231-2160

Escritor faz reconstrução de vida e morte de Stefan Zweig No livro Lotte & Zweig, o escritor Deonísio da Silva faz uma reconstrução poética da vida e morte de Stefan Zweig, um dos escritores mais lidos na Alemanha, e de sua mulher, Charlotte Altmann. Rico, pacifista radical, Zweig trocou cartas com Gorki e Freud, biografou Dostoievski, Napoleão e Maria Antonieta. Opositor de Hitler, deixou a Alemanha com a mulher em 1934 depois que a casa foi invadida pelo exército do ditador. Fugiram para a Inglaterra. Sete anos depois desembarcaram no Brasil para morrer. O suposto suicídio do casal na noite de 22 de fevereiro de 1942, em Petrópolis (RJ), até hoje é um mistério. No ano em que se completa 70 anos da morte, Deonísio recupera os últimos dias do casal e faz um desenho delicado de Charlotte que, pela primeira vez, ganha voz na tragédia. O autor joga luz sobre uma história que jamais deve ser esquecida. A apresentação do livro é feita por Alberto Dines, mais um escritor que foi seduzido por aquela noite misteriosa. Com olhar mais investigativo do que poético, Dines escreveu Morte no Paraíso, que terá em breve sua quarta edição. Em 2005, o cineasta catarinense Sylvio Back transformou o livro de Dines no filme Lost Zweig. Stefan Zweig era escritor bem-sucedido quando virou alvo dos nazistas. O intelectual, que biografou figuras como Dostoievski, Dickens, Balzac, Nietzsche... de repente fica sem pátria, sujeito às perseguições nazistas. Como foi reconstruir esta vida, já que a ficção vem de uma história real? Deonísio: Primeiro me permita dizer que Lotte & Zweig é meu livro mais bonito e mais bem cuidado. A capa de Arlinda Volpato é um show. E a Michele Roberta da Rosa preparou muito bem o original antes de ele chegar à editora. Mas o berço do livro foi o seguinte: um dia estava assistindo a um documentário e vi que o Nilo, um dos maiores rios do mundo, começa com umas gotinhas escorrendo de umas pedras. Com meu romance Lotte & Zweig deu-se algo assim. Li as biografias de Stefan Zweig que fizeram o jornalista Alberto Dines e Donald Prater. Até então só tinha lido as biografias que Stefan Zweig fizera de célebres personalidades, como essas que você cita, e mais uma novela muito bem escrita, 24 Horas na Vida de uma Mulher. Todas essas leituras foram, porém, pequenas gotinhas no grande rio ou mar que deve ser um romance. Um conto é um riacho, uma lagoa, uma laguna, mas um romance, não! Fiquei com vontade de fazer um romance sobre Stefan e o neonazismo, mas a inspiração me levou a escrever outro livro, Orelhas de Aluguel, que

Reprodução internet

Stefan Zweig: opositor de Hitler, deixou a Alemanha em 1934

publiquei em 1987 e do qual Stefan Zweig está ausente. A vida me levou a morar no Rio de Janeiro, onde vivo desde 2004. Eu não queria morar no Rio. Mas, como comecei a trabalhar muito cedo, aos 54 anos estava aposentado por tempo de serviço e não queria parar de trabalhar. Gosto de ser professor, gosto de ensinar, embora goste mais de escrever. Quando os jornalistas que me pautam na imprensa escrevem sob meu nome, escritor e professor, é isso mesmo que eu sou. À luz dessas leituras, comecei a viajar, cada vez com mais frequência, a Petrópolis, onde viveram Stefan Zweig e Charlotte, sua segunda mulher, quase 30 anos mais jovem do que ele. A visita à casa, hoje Casa Stefan Zweig, mantida com verba da Alemanha, me permitiu ver os lugares que ambos dividiram: a sala, a cozinha, o quarto, o banheiro, a varanda, o jardim etc. Na recomposição de uma vida esquartejada o que foi possível perceber do ânimo do escritor em relação à vida? Será que Zweig desistiu de viver por desacreditar da possibilidade de voltar a ter uma vida normal ou de não se permitir uma vida normal? Deonísio: A melhor metáfora da perda da liberdade, das asas, de não ser pássaro, ser outra coisa, é ser pássaro preso na gaiola. Stefan era isso. Não apenas ele, os dois estavam presos do lado de fora. Eu acho que pelo menos ela não se suicidou. Não há indício nenhum disso. Lotte não escreveu nenhum bilhete de despedida, não disse nada sobre isso. Stefan Zweig dis-

se, mas se cometeu o gesto extremo não temos certeza. De todo modo, ele não disse que fez um pacto com ela. Não disse e não escreveu! O presidente Getúlio Vargas, que passava os dias de pós-Carnaval em Petrópolis — eles morreram na noite de 22 para 23 de fevereiro de 1942 — proibiu a autópsia e impediu que os judeus levassem os corpos para enterrarem no Rio. Ora, os judeus não dão enterro a suicidas em seus cemitérios. Então, por que razão queriam os corpos? Quanto a ficar preso ao passado, isto, sim: ele e ela. Ela era judia-polonesa. Ambos estavam enredados numa teia terrível. E os nazistas estavam ganhando a Segunda Guerra Mundial, em 1942. E mais: o Brasil só rompeu com a Alemanha um mês antes de os dois morrerem! Há muitos mistérios nessas duas mortes. No livro, você dá voz — ainda que silenciosa — para Lotte. A mulher que acompanhou o escritor sempre em segundo plano, ganha ares de quase-heroína nas horas que se seguiram à tragédia. Qual elemento fez com que você decidisse dar visibilidade a ela? Deonísio: Eu já estava escrevendo o romance, que comecei em 2007, quando Alberto Dines me disse: “consegui as cartas de Lotte, foram publicadas em inglês”. Ele me mandou uma cópia e comecei a ler essas cartas. O romance tinha então 400 laudas. Abandonei quase tudo o que tinha escrito e recomecei de outro ponto de vista. Fiz um romance como se eu fosse um engenheiro. Os alicerces são o que foi a vida real de Stefan, mas sem o silêncio

que os biógrafos impuseram a Lotte. No meu romance, a mulher dele tem o que dizer e diz muitas coisas, às vezes sem proferir palavra alguma, como é próprio das mulheres, que, ao contrário do apregoado, mais fazem do que falam, porque se ficassem falando o tempo todo, como dizem, não seriam o que são, as figuras referenciais na vida de qualquer homem. Os dois viveram asfixiados, tanto no Rio quanto em Petrópolis. E Lotte, além desses sofrimentos, tinha o da asma. Aliás, foi por causa disso que foram em busca dos bons ares da cidade imperial de Petrópolis. O que me fez dar visibilidade para Lotte foi que morto sempre fala. Naquela noite, algo de muito estranho aconteceu. E ninguém sabia até agora. Agora, quem ler o livro, saberá. Eu inventei. A literatura é isso: é a história proibida das pessoas, das personagens. Ao inventar, encontramos verdades incômodas. Se mortos falam, o certo é que até agora só tinha falado o marido! A mulher dele, não! Em Lotte: Pedaços de um Diário, longe de ser uma mulher submissa, ela aparece como uma pessoa culta e atenta ao que acontecia à sua volta. A submissão foi uma arma de domínio? Deonísio: Lotte era fluente em cinco línguas. E ajudava muito o seu amado, um homem mais velho, por quem ela se apaixonou no frescor dos seus verdes anos. Mas ele não falou dela nas despedidas que fez. Então, valeu a pena Lotte esperar por mim, sem vaidade eu digo, mas com orgulho! Betty Milan, psicanalista e escritora, sempre me diz: “Deo, você dá muita atenção às mulheres em seus romances e contos! Por quê?” Eu acho que é pela falta que elas me fizeram na adolescência: só tive professoras no primário e na universidade. Todo o ensino médio me foi ministrado por padres, que nem homens completos eram, porque o celibato os privava de conhecer a mulher, que acabavam conhecendo por frestas, as confissões, confidências contidas. Padres que foram meus professores nos seminários de São Ludgero e de Tubarão vieram me contar, em outra idade, quando os reencontrei por volta dos meus 40 anos, quando muitos deles não eram mais padres, que um homem sem mulher, por mais que se esforce, não é um homem pleno. Não me refiro apenas ao sexo, este pode ser obtido de outras formas. Eu me refiro à mulher, cuja ausência é tão sentida por todos nós, homens! Eu ouvi Lotte em confissão, digamos assim. Fui uma espécie de padre ou psicanalista para essa mulher extraordinária que tem tanto o que dizer. Afinal morreu abraçada ao cadáver do marido, tornando-se cadáver ela também!

SEPULTAMENTO CEMITÉRIO MUNICIPAL 16/03 Mayara Alexandra Maciel de Oliveira, 20 anos, São Sebastião, 9h João Pinheiro Fialho, 61 anos, Estrada da Saudade, 9h30 Francisco Taboas Balboa, 76 anos, Bairro Castrioto, 10h Leonir Neumann Guimarães, 70 anos, Centro, 10h30 Silvana Sant´anna, 43 anos, Caxambu, 10h30 Eugênio Felippe Justen, 91 anos, Bingen, 14h Neyda de Oliveira Medeiros, 70 anos, Valparaíso, 16h Marco Antonio Gonçalves Terra, Castelânea, 16h15 Patrícia Bianca de Melo Guerra Carius, 47 anos, Valparaíso, 16h15 Sandra Georgesau Stefanesti Marques, 90 anos, Centro, 16h30 17/03 Theresinha de Andrade Oliveira, 72 anos, Nova Cascatinha, 11h Yedda Caetano de Sylas, 89 anos, Fazenda Inglesa, 11h30 Fátima Maria Beck, 56 anos, Quitandinha, 16h30 Avelino Rocha, horário não informado CEMITÉRIO ITAIPAVA 16/03 Waldir Alves Barcelos, 69 anos, Itaipava, 9h 17/03 Antonio Muniz Satiro, 79 anos, Itaipava, 9h OBS. AS INFORMAÇÕES ACIMA SÃO FORNECIDAS AO DIÁRIO POR FUNCIONÁRIOS DAS SECRETARIAS DOS CEMITÉRIOS,


18

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

DOMINGO, 18 de março de 2012


20

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

57 anos

domingo, 18 de março de 2012

saúde

Conheça os benefícios do amendoim à saúde Fotos: Alex Silva

inusitado. O amendoim dá uma acelerada de 11% no metabolismo - pelo menos no dos roedores analisados pelos mineiros. - Na prática, isso quer dizer que seu corpo gasta energia mais rápido, e isso está ligado diretamente ao emagrecimento - atesta a pesquisadora Sandra Bragança Coelho, autora da investigação. Em seres humanos, Sandra constatou que indivíduos com peso normal deixavam de beliscar a torto e a direito depois de se deliciarem com amendoim. No entanto, esse fenômeno não se repetiu entre os obesos, que devoravam a leguminosa sem excluir itens pró-pneus do cardápio. - O ideal é substituir fontes de gorduras saturadas, como os embutidos,

n Hilda Sabino

Seja para acompanhar a cerveja, seja no pé de moleque da festa junina, o amendoim é uma preferência nacional: 75% dos brasileiros costumam comer a leguminosa (sim, ele é um parente do feijão e da soja). É o que revelou uma pesquisa recente do Ibope encomendada pela a Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados (Abicab). Apesar de agradar tanto ao paladar verde-amarelo, 63% dos entrevistados desconhecem as propriedades nutricionais da semente e 12% acreditam que ela é constituída apenas de gordura e colesterol ruim. Essa percepção negativa, porém, tem tudo para se tornar algo do passado. Recentemente, a nutricionista Vanderlí Marchiori, de São Paulo, publicou um levantamento de vários estudos que comprovam: embora bastante calórico, o amendoim é um aliado da boa forma. Um de seus principais predicados é promover a sensação de barriga cheia. - Ele precisa ser muito mastigado, o que ativa o centro cerebral que controla nossa saciedade e faz com que a fome demore mais para aparecer - explica Vanderlí. Além disso, é fonte de fibras, que demoram mais tempo para ser digeridas, prolongando esse efeito. Se comermos 30 gramas de

Trinta gramas de amendoim garante saciedade de duas horas

amendoim no lanche da tarde, ele garante uma saciedade de até duas horas, inibindo o consumo de opções até mais engordativas e provavelmente pouco nutritivas. Para dar um basta definitivo à má fama que ronda o petisco, pesquisadores da Universidade Federal do Espírito Santo observaram ratos que o consumiam regularmente e chegaram a duas conclusões importantes. A primeira é que, mesmo sem restrição de calorias, o amendoim ajudou a controlar o peso dos animais. A segunda está relacionada à

mastigação. - Até quando o amendoim é bem triturado pelos dentes, nem todas as moléculas de gordura são quebradas. Essas frações são eliminadas diretamente nas fezes, reduzindo a quantidade absorvida pelo organismo - observa a pesquisadora Neuza Maria Brunoro Costa, que liderou a investigação. Acelera o metabilismo Outro trabalho, dessa vez da Universidade Federal de Lavras, no interior de Minas Gerais, revelou algo

Milson de Castro

G

inkgo Biloba, Centella Asiática e Ginseng são uns dos grandes facilitadores do fluxo sanguíneo arterial, cerebral e periférico. Ativadores do metabolismo neuronal. Redutores da hiperagregabilidade de plaquetas e eritrócitos. Protetores da rede capilar, aumentando sua resistência e diminuindo sua hiperpermeabilidade. Protetores da integridade estrutural das membranas celulares contra ataque de radicais livres. Estão indicados para casos de déficit de memória, dificuldade de concentração, tonturas, vertigens, zumbidos. Claudicação intermitente, parestesias, cãibras noturnas, frialdade das extremidades, edemas ortostáticos, tratamento auxiliar das úlceras varicosas e distúrbios tróficos tratamento de microvarizes, ulceras varicosas, cansaço das pernas, artrite dos membros inferiores etc. Logo têm sua aplicação também nas doenças de Alzheimer etc. Processos causados pelo abastecimento deficiente de oxigênio e substâncias nutritivas. Casos de dor, palidez e cianose das extremidades com sensação de frio. Tratamento de toda isquemia seja cerebral ou periférica. Casos de vertigens, deficiências auditivas, perda de memória e dificuldade de concentração. Tratamento profilático do envelhecimento celular e tratamento estético pela sua ação protetora contra radicais livres |

e pela inibição da destruição do colágeno. Tratamento nos processos vasculares degenerativos. Prevenção de edema cerebral - Sabemos que o ginkgo tem sido confirmado em vários estudos, atuando na memória dos animais e dos seres humanos. Já dito acima que ele é um potente antioxidante, mas o seu maior valor está em retardar a doença de Alzheimer. Um estudo levado a efeito na Alemanha demonstrou que a combinação acima faz reduzir a ansiedade, sem prejudicar a mem��ria, diferindo de agentes farmacêuticos como o “Valium”, que prejudica a memória. Para se ter uma pequena ideia, o Ginkgo sobreviveu na China após a pré-história e idade do gelo. A palavra ginkgo originou-se no Japão, Gin = “prata”-, Kgo = “Damasco” uma referência às frutas comestíveis que surgem no verão. Ginkgo biloba, de origem chinesa, é uma árvore considerada um fóssil vivo. É símbolo de paz e longevidade, por ter sobrevivido às explosões atômicas no Japão. Constituintes químicos: ácido butanoico, ácido ginkgólico, ácidos graxos, alcanos, antocianina, asoginkgetina, benzenóides, bioflavonoides, caferol, carboidratos, carotenoides, catequina, diterpenos ginkgolídeos A, B, C, J e M, ésteres de ácido cumárico, esterois, fenilpropanoides, ginol, glicosídeos flavonoides

(principalmente ginkgobilina, quercetina e isoamnetina), kaempferol, lactona bilobalida, lipídeos, minerais, quercetina, sitosterol, triterpenos. Frutos: ácidos ginkgólicos, ginol. Propriedades medicinais: adstringente (folhas), antifungal, anti-helmíntica, antiblenorrágica, antiinflamatória, antioxidante, antiplaquetária, bactericida, béquica, cardiotônica, condicionante, demulcente, digestiva, estimulante da circulação periférica, fungicida, rejuvenescedora, revigorante, tônica, vasodilatadora periférica. Contraindicações, reações adversas, efeitos colaterais e precauções: Podem ocorrer distúrbios gastrintestinais e, especialmente em casos de predisposição alérgica, transtornos circulatórios, Incluindo queda de pressão arterial, cefaleia ou reações cutâneas, logo, tomem cuidado ao usar esses produtos. Pacientes com distúrbios de coagulação ou em uso de terapia com anticoagulantes em doses elevadas gestantes e lactentes não devem fazer uso da fórmula acima, sem que se tenha melhores estudos clínicos sobre as mesmas. Surgindo algo de novo sobre essas plantas voltarei ao assunto dando continuidade às pesquisas mais recentes, portanto caro leitor, quando tiver alguma dúvida pode nos contatar através dos Emails - milsondecastro@ hotmail.com ou milsondecastro@gmail.com

sempre saudáveis, afastando o risco de doenças cardiovasculares. É o caso dos fitoesteróis, substâncias que competem com o LDL na hora em que ele gruda em células específicas para ser assimilado. - Os fitoesteróis enganam o organismo, tomando o lugar do mau colesterol e favorecendo sua eliminação - esclarece a pesquisadora Neuza Maria Brunoro Costa.

Amendoim ajuda a perder peso, afasta o risco de doenças cardiovasculares e pode incendiar a libido

Atenção à mesa Nem todas as formas de consumo do amendoim freiam o ponteiro da balança. Conheça as mais populares e acerte na hora da compra: Torrado. Ele preserva todos os nutrientes da leguminosa. Paçoca. Na versão tradicional, o açúcar vem em excesso. In natura. Liberado! Sua casca vermelha é nutritiva. Pé de moleque. O caramelo é uma doce armadilha para a dieta. Japonês. O alto teor de sódio é seu ponto fraco

Plantas que curam Alzheimer pode ser tratado com plantas

por ela - adverte. Daí, vale o alerta: é preciso ter autocontrole para não fugir da recomendação de 30 gramas diários, o equivalente a uma mão fechada. Do contrário, o auxílio vira sabotagem. Além da mãozinha na hora de emagrecer, o amendoim também é um protetor do coração. Isso porque contém nutrientes fundamentais para diminuir o colesterol LDL, a faceta ruim da molécula, e manter as artérias

Resumo dos Tratamentos Odontológicos

Dr. Rafael Amado Silva CRO ES 5849 n

O que é uma Obturação? O dentista especialista na area da odontologia estética é o especialista em dentística. O que é uma restauração ou também chamada de obturação? A restauração é uma forma de fazer com que o dente fraturado ou afetado pela cárie volte à sua forma e sua função normal. Quando o dentista faz uma restauração, ele primeiro remove a parte do dente que esta deteriorada, limpa a área atingida e então preenche a cavidade limpa com um material de restauração. Ao fechar os espaços onde as bactérias podem se infiltrar, a restauração também ajuda a prevenir uma deterioração posterior. Os materiais utilizados para as restaurações podem ser ouro, porcelana, uma resina composta (restauração da cor do dente) e amálgama (uma liga de mercúrio, prata, cobre, estanho e algumas vezes zinco). Qual o melhor tipo de restauração? Não existe um único tipo ideal para todas as pessoas. O que é melhor para cada um será determinado pela extensão do preparo, a possível alergia a certos materiais, o local da boca que precisa ser restaurado e o custo. Algumas considerações a respeito de cada material: Restaurações de amálgama (prata) são resistentes e relativamente baratas. Entretanto, devido à sua cor escura, são mais aparentes

que a porcelana ou a resina, e não são utilizadas em áreas muito visíveis, como os dentes anteriores. Resinas compostas (da cor do dente) combinam com a cor dos seus dentes e, portanto, são utilizadas quando se deseja uma aparência mais natural. As resinas compostas não são o material ideal para grandes restaurações, pois podem lascar ou se desgastar com o tempo. Também podem manchar com pigmentos como o café, chá ou tabaco, e não duram tanto quanto outros tipos de restaurações - em geral de três a 10 anos. Restaurações de porcelana são chamadas de incrustações ou facetas. São feitas sob medida por um laboratório de prótese e, em seguida, cimentadas no dente. Podem combinar com a cor do dente e resistir à manchas. A restauração de porcelana geralmente cobre a maior parte do dente. Seu custo é mais elevado. Se a cárie ou fratura tiver danificado grande parte do dente, pode-se recomendar uma coroa ou um outro tipo de recobrimento. A cárie que atingiu o nervo ou polpa pode ser tratada de duas formas: através do tratamento

de canal (em que o nervo danificado é removido) ou através de um procedimento chamado capeamento pulpar, que é o recobrimento da polpa, e tenta manter o nervo vivo. Como saber se preciso de uma restauração? Apenas seu dentista poderá determinar se você tem uma cárie que precisa ser tratada. Durante uma avaliação, seu dentista utilizará um pequeno espelho para examinar as superfícies de cada dente. Qualquer aspecto que pareça anormal será, então, minuciosamente examinado com instrumentos especiais. Seu dentista poderá também fazer uma tomada radiográfica completa da boca ou apenas parte dela. O tipo de tratamento que seu dentista irá escolher depende da extensão do dano causado pela cárie. n Mestrado em Dentística /

Especialista em Atenção primária em saúde Contato e dúvidas: Rafael-amado@bol.com.br


22

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

domingo, 18 de março de 2012

ESPORTES

esportedp@gmail.com

Estádio Carlos Guinle completa noventa anos Divulgação

Equipe de futebol do Petropolitano que participou da primeira partida no estádio do alvinegro

Petropolitano no Carioca O árbitro petropolitano Leandro Laranja atuará hoje em uma partida do Campeonato Carioca. O confronto será entre Boavista e Nova Iguaçu, em Bacaxá, às 16h. O juiz principal será

Carlos Eduardo Nunes Braga, os assistentes Marcos Sivolella do Nascimento e Carlos Henrique Alves de Lima Filho. O quarto árbitro será Daniel Victor Costa Silva. Ari Gomes

Jogadores lutaram bastante mas acabaram perdendo o jogo

Sub-20 luta até o fim pela vitória, mas perde partida Imperial/Fluminense Sub-20 estreou nesta sextafeira no Campeonato Carioca de futsal contra o Botafogo/ Casa de España e perdeu por 2 a 1. A equipe petropolitana fez um bom jogo, mas não conseguiu superar o atual vice-campeão carioca. Os gols do jogo foram marcados por Marquinho, para o Imperial/Fluminense e José Carlos e Daniel marcaram para os botafoguenses. A equipe petropolitana se reapresenta no próximo domingo para se preparar para o confronto com o Vasco, na próxima terça-feira, no Miécimo, em Campo Grande. O Jogo O jogo começou muito equilibrado, com os dois times buscando o ataque. A equipe petropolitana começou a criar mais oportunidade e aos 7min10s o goleiro Marquinho defendeu um chute do goleiro adversário e arriscou da sua própria área para abrir o placar; 1 x 0. O gol animou ainda mais os atletas do Imperial/ Fluminense que seguia buscando o segundo gol, princi-

palmente com Júlio, Bitoca e Guilherme Luizeto, porém o goleiro botafoguense efetuou boas defesas. Faltando 1min30s pra o fim da primeira etapa o após contra-ataque rápido José Carlos empatou para o time visitante. Na volta para o segundo tempo, o time da casa seguia buscando a vitória, mas o forte time do Botafogo/Casa de España equilibrava bem a partida e também levava perigo ao gol do Imperial/Fluminense. A partida seguiu equilibrada até fim, quando faltando 2min para o fim do jogo o juiz marcou a sexta falta para o Botafogo e na cobrança do tiro de 10 metros Daniel marcou o gol da vitória do time visitante; fim de jogo 1 a 2. O treinador da equipe petropolitana, Ney Marcos, gostou da estreia do time. - No primeiro tempo não fomos muito bem, poderíamos ter ido melhor, mas na segunda etapa o time melhorou. No fim acabamos perdendo por ter estourado o número de faltas, agora vamos trabalhar para evoluir para o próximo jogo - explicou o treinador.

Na próxima segundafeira, 19 de março, o Estádio Carlos Guinle comemora 90 anos de inauguração, ocorrida exatamente no dia 19 de março de 1922, na gestão de Arthur Sá Earp Filho, presidente eleito na assembleiageral de reorganização do Petropolitano Foot-Ball Club, realizada em 20 de julho de 1920. Segundo relatos da época, a grande preocupação da diretoria era o campo de futebol, localizado no Terra Santa, que não só era precário como não atendia aos requisitos mínimos exigidos pela Liga Petropolitana de Desportos. Através de negociações da diretoria do Petropolitano com o presidente da Companhia Brasileira de Energia Elétrica, Arnaldo Guinle, o clube passou a ter posse do terreno, começando de ime-

diato as obras da nova praça de esportes. O campo da Avenida Portugal foi totalmente cercado por grades de madeira e recebeu os necessários melhoramentos, inclusive o replantio de todo o gramado. Foram construídas pista de atletismo, um campo para a prática de basquetebol, além da arquibancada social totalmente de madeira. E recebeu o nome de Estádio Carlos Guinle, mantido até os dias atuais. A primeira partida nele disputada ocorreu na tarde de 19 de março de 1922, contra Fluminense, do Rio de Janeiro, com a equipe carioca vencendo por 5 a 0. O primeiro título obtido pelo clube no novo campo data de 7 de janeiro de 1923 com a conquista do Campeonato Municipal de Futebol do 3º Quadro relativo à temporada de 1922 ao vencer o

Internacional por 6 a 2. Na época, a Liga Petropolitana promovia os campeonatos de 1º, 2º e 3º Quadros. O primeiro título da 1ª Divisão do Petrô foi conquistado em 18 de setembro de 1924, de forma invicta, ao vencer o Internacional por 2 a 0, em jogo realizado no Estádio Carlos Guinle. O último, também de forma invicta, em 2011, na categoria Sub-13, ao vencer o Carangola na partida final por 3 a 1. Foram inúmeros os jogos, as visitas e os eventos ocorridos no estádio, marcados pela presença de craques consagrados no futebol e de personalidades do cenário esportivo. A aquisição definitiva da praça de esportes do Valparaíso à Cia. Brasileira de Energia Elétrica ocorreu em 18 de outubro de 1939 durante a gestão do presidente Oldemar Hottum.

Petropolitano enfrenta o Vera Cruz hoje nas categorias Sub-11 e Sub-13 Divulgação Petrô

n Edson Cunha Especial para o Diário

Hoje, dia 18 de março, as equipes Sub-11 e Sub13 do Petropolitano jogarão amistosamente contra o Vera Cruz, a partir das 9h, no Estádio Carlos Guinle. Tanto o Petrô quanto o Vera Cruz já confirmaram a presença no Campeonato Municipal das duas categorias que a Liga Petropolitana de Desportos havia programado para começarem no dia 11 de março, o que não aconteceu devido à desistência de outras agremiações. No dia 26 de março, na sede da entidade haverá novos arbitrais com a presença dos clubes interessados na continuidade destes dois Campeonatos que por muitos anos são realizados dando a oportunidade às crianças da prática do campo. No futsal, as equipes alvinegras também continuam treinando preparando-se para os campeonatos programados pela Liga para serem realiza-

Atletas do clube do Valparaíso estão treinando forte visando o Campeonato Municipal de 2012

dos durante a temporada de 2012. Estão previstos para o dia 31 de março a realização dos torneios inícios das categorias Sub-15 e Sub-17 com a participação de cinco clubes em cada um deles: Petropolitano, Corrêas, Palmeira, Posse e Internacional. Os dois torneios deverão ser realizados no Ginásio José

Borzino, no Valparaíso, sendo o Sub-15 pela manhã e o Sub17 à tarde. - Nossas equipes continuam treinando, preparando-se para os quatro campeonatos previstos para se iniciarem em abril, numa expectativa de otimismo para que realmente aconteçam, apesar dos boatos da desistência de alguns clubes – explicou

Délio Kronemberger, vicepresidente de esportes do Petropolitano. Ele disse ainda que a direção da Liga Petropolitana de Desportos deve ficar atenta a todos os fatos e os acontecimentos que envolvam o esporte amador da cidade, a fim de não medir esforços para que as competições sejam realizados.

Imperial/Fluminense não perdoa e goleia pelo Carioca de Futsal 2012 O Imperial/Fluminense enfrentou, nesta sexta-feira, o Teresópolis/Comary, pela segunda rodada do Campeonato Carioca de futsal e goleou o adversário por 5 a 2, no ginásio do Corrêas, em Petrópolis. Os gols do confronto foram marcados por Dieguinho, Edgar, Sacha, Wilson e Sixel, para o Imperial/Fluminense, com Leozinho e Juninho descontando para o Teresópolis. Com a vitória, a equipe petropolitana chegou a seis pontos e está empatada na liderança do campeonato com o Cabo Frio, adversário que o Imperial/Fluminense enfrenta na próxima sexta-feira fora de casa. O treinador Paulo Mussalem elogiou a atuação da equipe petropolitana. - Fizemos um bom jogo e apresentamos um bom volume de jogo. Tivemos um pouco de dificuldades de enfrentar uma equipe que jogava muito fechada e saía apenas nos contra-ataques, mas eu gostei do que apresentamos e

Ari Gomes

O técnico Paulo Mussalem orienta jogadores durante partida

agora vamos seguir trabalhando para continuar evoluindo - afirmou o comandante. O Jogo A partida começou com o Imperial/Fluminense tendo maior domínio de jogo e buscando o ataque. Nos primeiros cinco minutos, a equipe petropolitana chegou oito vezes com perigo ao

gol do adversário, porém, em contra-ataque rápido, o Teresópolis saiu na frente com gol de Leozinho. Após o gol, o Imperial seguiu pressionando e dois minutos depois Sixel fez boa jogada pela direita e rolou para Dieguinho empatar o jogo. Em seguida, aos 14min, Edgar acertou um belo chute da direita no ângulo e virou o

placar para a equipe tricolor. O time comandado por Mussalem seguia pressionando e faltando apenas 24s para o fim da primeira etapa Sacha fez boa jogada individual, bateu para o gol, o goleiro salvou na primeira, mas no rebote ele marcou; Imperial/Fluminense 3 a 1. Na volta do Intervalo, a equipe petropolitana levou um susto quando aos 2min Juninho marcou para o Teresópolis; 3 a 2. Após o gol, o Imperial/Fluminense retomou o domínio do jogo e, aos 14min40s, Wilson recebeu na área e marcou o quarto gol: 4 a 2. Apesar dos dois gols de vantagem, o Imperial não diminui a pressão e seguiu buscando o ataque, a equipe criou diversas oportunidades e, aos 17min30, Sixel recebeu na área e fechou a goleada: 5 a 2. Agora, o elenco se reapresenta segunda-feira para iniciar a preparação para o jogo contra o Cabo Frio, na próxima sexta-feira.


Todos

Caderno Interativo DIÁRIO DE PETRÓPOLIS 57 anos

Domingo, 18 de março de 2012

Suplemento - Não pode ser vendido separadamente

Alexandre Badalando na Nix Machado

P

ara ilustrar a coluna de hoje selecionamos alguns flashes de quem anda circulando na badalada Nix Club & Lounge, em Itaipava. As fotos são de Thiago Lisboa, do L2 Studio Fotográfico...

Contatos com a coluna: colunadoalexandre@gmail.com (21) 8341-8558

Esteffani Weinem e Bruna Rangel Sabrina Sabrá Aline Antunes, Gabriel Szántó, Patty Caneca e Su Almeida

Paulo Costa e David RF

Guilherme Suave e Lhorrane Victoi

Lais Santos

Lucas Arruda e Fernanda Castro Roberta Müller e Rafael Buys

Mulheres de Expressão

O colunista mineiro Ricardo Cavalcanti vai promover a festa “Mulheres de Expressão”, em Juiz de Fora, dia 26 de abril, no Premier Park Hotel. Na lista das homenageadas, três nomes conhecidos em Petrópolis, Linda Tavares de Albuquerque, Kity Amaral e Daura Barbosa, atualmente residindo naquela cidade.

Festão a caminho

O queridíssimo Wagner Jordão Garcia, assessor do vice-governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, já está programando uma big festa para comemorar seus 50 anos de vida. Será no dia 29 de setembro, no Petropolitano F.C. A Promolter vai cuidar do cerimonial e organização.

Solidariedade

A próxima “Tarde Solidária”, iniciativa do padre Jac, para ajudar entidades necessitadas, está marcada para sexta-feira, 23 de março, às 15h, no salão paroquial da Catedral São Pedro de Alcântara. Um delicioso e variado lanche será servido, além do sorteio de muitos brindes. Os ingressos custam R$ 15. Reservas com a primeiradama Marileine Mustrangi, na secretaria da Catedral ou no Mosteiro da Virgem, entidade beneficiada no evento deste mês.

Talita Weber e João Caldara

Letícia Miguez e Jéssica Dias


2

TODOS

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS - 57 anos

DOMINGO, 18 DE MARÇO DE 2012

Perfil Por Andréa Lopes

Psicóloga Andréa Lopes Psicóloga - CRP: 05/17653 

D

Carinho

esde bebês associamos o prazer da alimentação, de receber carinhos e aconchegos e de nos sentirmos protegidos à presença de nossas mães. Desenvolvemos por elas afabilidade, criando uma dependência afetiva necessária para construirmos uma compreensão ainda rudimentar, mas profunda ao nível inconsciente, que demonstra nossa necessidade de receber carinho para nos sentirmos seguros. Quando um bebê é privado de afeto, em geral apresenta atraso no desenvolvimento, imunidade mais baixa para doenças, como também mais suscetibilidade a problemas emocionais. Muitos apresentam pouca concentração e comportamento anti-social. A falta de afeto pode desencadear vários fatores negativos, mas o tipo de afeto também interfere. Se mimarmos demais nossos filhos, estes poderão se tornar demasiadamente dependentes e também anti-sociais. Os filhos únicos costumam passar por experiências carregadas de mimos. Já os que precisam dividir a atenção dos pais com os irmãos, costumam ser mais sociáveis, pois desde pequenos aprendem a lutar pela conquista. Por isso é necessário todo cuidado quando se tem somente um filho. Uma vez que não há necessidade dele batalhar por atenção, pode ter dificuldade de fazê-lo fora do âmbito familiar e assim, desenvolver frustrações. Porém, se os carinhos e atenções forem oferecidos dentro de um padrão normal, os filhos constituirão uma interação sadia com o meio social. Crianças aborrecidas, apáticas, com pouca imaginação e desinteressadas refletem pouca atenção recebida por parte dos pais. Muitos problemas de aprendizagem também decorrem da falta de afeto. Há pais que não se interessam por qualquer tipo de manifestação do filho, seja boa ou ruim e essa é uma das maneiras de aniquilar o psicológico de uma pessoa, não valorizando absolutamente nada que faça. Esse tipo de situação é mais normal do que parece e as escolas estão cheias de alunos com déficits de aprendizagem, necessitando de apoio psicológico. Seria bastante interessante que alguns pais não vissem o profissional de psicologia como o remédio para todos os problemas de seus filhos. Há crianças que crescem visitando o psicólogo semanalmente. São filhos de pais que preferem deixá-los com um horário fixo semanal para receberem atenção e serem ouvidos, do que doar cinco minutos por dia para afagá-las, seja com abraços e beijos ou simplesmente com um ouvido atento. O meio social pode oferecer muitas possibilidades de superação para o combate às frustrações e traumas provindos da falta de amor na infância/adolescência. Através de bons amigos, de um professor companheiro, podemse fechar algumas lacunas. Quando adultos, caso o casamento aconteça, há uma chance de se recriar o contexto familiar com uma nova visão. A pessoa pode trazer uma bagagem de problemas psicológicos, mas se encontrar a pessoa certa, tudo pode ser reconstruído. Paciência e amor são as palavras-chave. Quando a pessoa se sente amada, percebe que também pode amar. Em qualquer tipo de relação, o amor, a atenção e o carinho são imprescindíveis. Como tudo na vida, o amor é uma questão de prática, basta começar. Depois que o amor se instala e se prolifera, sem exigir esforço, se traduz em uma vida coerente com sua própria essência, que nada mais é que o próprio amor. Andréa Cristina Lopes Garcia é graduada em Psicologia com Formação, Bacharelado e Licenciatura pela UCP; pós-graduada em Filosofia pelas Faculdades Integradas de Jacarepaguá; Formada em Webjornalismo pela Faculdade Tobias Barreto MTB: 31.572-RJ Escreva para: andrealopes@diariodepetropolis.com.br

O que estou lendo Gustavo Wider

Por Andréa Lopes

Escritor “NÃO HÁ SILÊNCIO QUE NÃO TERMINE: MEUS ANOS DE CATIVEIRO NA SELVA... INGRID BETANCOURT EDITORA COMPANHIA DAS LETRAS Filha de uma tradicional família colombiana, Ingrid Betancourt resolveu dedicar-se aos problemas de seu conturbado país. Elegendo-se sucessivamente deputada e senadora, Ingrid fundou em 1998 o partido Oxigênio Verde. Em 2002, candidata às eleições presidenciais, foi sequestrada por um comando das Farc, junto com diversos assessores e seguranças, num episódio até hoje mal explicado. Permaneceu 6 anos em cativeiro. Na obra Ingrid retrata seus algozes sem rancor, descrevendo-os em sua miséria política e humana. O bemsucedido fim do sequestro, em julho de 2008, encerra o livro num tom de cautelosa esperança, dedicado à preocupante situação dos reféns ainda em poder das Farc. Para Refletir “E cruza o espaço o poeta/furor na noite

Aline Damaceno

“Sou intensa e verdadeira”

A

line Damaceno é petropolitana, estudou no Colégio Werneck e concluiu o ensino médio no Colégio Opção. No momento cursa a faculdade de Administração Pública. Nossa jovem mulher guerreira está sempre em busca de uma causa, de uma missão, mesmo que perecível ao tempo. Não foge à luta mostrando ter garra de uma verdadeira brasileira. Aline está sendo a grande surpresa petropolitana na luta das mulheres por um lugar ao sol. Presidente do PP Mulher de Petrópolis (PP-Partido Progressista), vem desempenhando com muito carisma, simpatia, competência, autenticidade e altruísmo seu papel político sem perder sua doçura feminina. Nome: Aline da Silveira Damaceno Aniversário: 03/04/1982 Profissão: estudante de Administração Pública Opção religiosa: espírita Estilo: eclética Time: Flamengo Perfume: “Issey Miyake” Presente que gosta de ganhar: flores Prato preferido: comida japonesa Para beber: pró-seco Para manter a forma: alimentação equilibrada O que deixa você feliz: estar com as pessoas que amo Um livro: “A Cabana”, de William T. Young Uma música: “Índia”, na voz de Paula Fernandes com participação de Leonardo Um filme: “ Sociedade dos Poetas Mortos” Um lugar: Petrópolis Lazer preferido: viajar Um ator ou atriz: Débora Secco Uma pessoa que admira: Chico Xavier Amigos são: essenciais Um dia perfeito: o dia de hoje

ACADEMIA BRASILERIA DE POESIA CASA DE RAUL DE LEONI Silogeu Petropolitano, Praça da Liberdade, 247, Petrópolis, RJ Acadêmica Christiane Michelin Cadeira 35 Patrono: Raul de Leoni

É SEMPRE BOM LEMBRAR I O alagoano Sebastião Cícero dos Guimarães Passos nasceu em Maceio em 22 de março de 1867. Parnasiano, lírico e, às vezes, um pouco pessimista, Guimarães Passos usou também o humor, ao colaborar com O Filhote. Os textos bem humorados foram reunidos em um livro escrito em parceria com Olavo Bilac. Boêmio, como muitos escritores de sua época, morreu tuberculoso, em Paris aos 42 anos. Foi um dos primeiros membros da Academia Brasileira de Letras Guimarães Passos Saudades mal compensadas, Por que motivo as tomei? Como agora as deixarei? Voltas Hoje por coisas passadas, E só por vosso respeito, Varado vejo meu peito, ¬Senhora, por Sete Espadas, Saudades mal compensadas Destes-me rindo, e não sei Por que motivo as tomei ... Busquei-vos por brincadeira, Aceitastes-me por brinco; Quis-vos depois com afinco, Não me quis vossa cegueira. Vejo-me desta maneira ... Penas que eu próprio busquei, Como agora as deixarei? VAMOS DOAR PALAVRAS? O Hospital Mário Penna, em Belo Horizonte, que cuida de doentes de câncer, lançou o projeto “Doe Palavras”. Basta acessar o site http://www.doepalavras.com.br/ e escrever uma mensagem de otimismo, curta, e ela aparece no telão para os pacientes, na sala de quimioterapia.

UMA BOA IDEIA Acontece, até 31 de março, a Feira do Livro em Cabo Frio. Uma boa dica para quem curte a Região dos Lagos e uma boa ideia para ser copiada em nossa cidade.

Filosofia de vida: todo dia é um novo recomeço e uma chance de planejar a vida melhor. O importante na vida é: a família O que mudaria em você: a ansiedade O amor é: fonte de vida A palavra mais bonita: fé O que já fez por amor: passei a priorizar a vida de minha filha antes da minha Um momento inesquecível: quando minha filha veio aos meus braços pela primeira vez. Um desejo: que o espaço da mulher seja respeitado e que possamos exercer nossos direitos e deveres com dignidade e igualdade. Sua característica marcante: ser corajosa Virtude que admira: sinceridade A quem desejaria paz: àqueles que não estão em paz comigo Uma mensagem para alguém: que todas as mulheres tenham coragem de lutar pelos seus direitos. Você por você: intensa nas atitudes e verdadeira Contato: aline_damaceno@hotmail.com ou ppmulherpet@gmail.com LANÇAMENTO I “O senhor Eliot e as conferências” , de Gonçalo M Tavares ( Editora Casa da Palavra) homenageia a obra do poeta modernista inglês, como parte da série O Bairro, em que os personagens são inspirados em escritores, como Ítalo Calvino, Bertold Brescht e Paul Valery. LANÇAMENTO II “Poesia 61 - Hoje” é assinado por Jorge Fernandes da Silveira e Luis Maffei (Editora Oficina Raquel). O livro, ao contrário de que possa sugerir o título, é de ensaios, mas homenageia um grupo de poetas portugueses, dentre os quais Gastão Cruz, Luiza Neto Jorge e Casemiro Brito que, em 1961, editaram um conjunto poético intitulado “Poesia 6’”, mudando a cena literária do país. POESIA DIGITAL O especialista na relação entre poesia e tecnologia, Jorge Luiz Antônio, em seu livro “Poesia Digital: teoria, história, antologias” (Navegar Editora; FAPESP, 2010. 78 p. Inclui DVD) mergulha no assunto embasado no estudo sistemático a que se dedicou entre 2000 Poesia digital: teoria, história, antologias. Vale conferir! NIVER O sempre atuante e antenado confrade Sylvio Adalberto completa mais um verão no dia 17. Além de poeta, Sylvio é contista , cronista e fotógrafo. É membro da Academia Petropolitana de Letras e faz parte do conselho editorial do jornal Poiésis - Literatura, Pensamento & Arte. É autor do livro Silêncio Alucinado agraciado com o prêmio Carauta de Souza pela Academia Petropolitana de Letras. A ele, nossas congratulações. FALANDO NISSO Por falar no jornal Poésis, vale dizer que o periódico foi recentemente citado no blog do jornalista Juan Arias, correspondente do El Pais, por conta de uma entrevista do confrade Camilo Motta. Parabéns! PARA REFLETIR “E cruza o espaço o poeta/furor na noite orvalhada/na noite escura e quieta/seu canto é veia rasgada. Sylvio Adalberto


DOMINGO, 18 DE MARÇO DE 2012

TODOS

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS - 57 anos

Delícias do Che Salada de alface com laranja, feijão e queijo feta INGREDIENTES: 1 Alface cortada em juliana 200 grs de rabanetes

Contagem regressiva

200 grs de feijão cozido 1 laranja em segmentos 1 cebolinho picado

Christiane Michelin

50 grs de queijo feta (magro) 50 ml de vinagreta de laranja

s chocólatras de plantão já estão em contagem regressiva para uma das comemorações mais saborosas do ano – a Páscoa. E, para alegria de todos os que apreciam esse doce de leite, as lojas especializadas já se preparam para a festa.

PREPARAÇÃO: Junte todos os ingredientes numa saladeira. Mexa e misture bem com o molho vinagreta.

PARA O VINAGRETA DE LARANJA:

A WILLEMSEM

1,059 mg de potássio

A Confeitaria Willemsen, ( Rua16 de Março e Valparaíso) conhecida por seus produtos de qualidade e pelo capricho com que são apresentados, promete várias novidades para a ocasião. Ovos incrementados, recheados de confete de chocolate, cestas repletas de gostosuras, cupcakes temáticos, coelhinhos, biscoitos e saborosas plaquinhas decoradas para a ocasião e tortas em formato de ovo são apenas algumas das muitas sugestões. Os quadradinhos de menta e o suspiro de cookie com amêndoas – maravilhoso - são outras irresistíveis novidades. Vale dizer que, para os que não estão resistindo à espera, o Festival de Brigadeiro é um prato cheio. Panelinhas, tubinhos, mamadeirinhas, bisnagas e potinhos, todos devidamente recheados de brigadeiro, são uma verdadeira tentação. E, para que a festa seja completa, a casa oferece, ainda, salgados de qualidade e embalagens especiais para presentear.

84% DDR de folatos

PATRONE

sal e pimenta e volte a mexer.

Junte 1/3 de vinagre de cidra para a quantidade de azeite de desejar utilizar e misture até homogeneizar. Junte

INFORMAÇÃO NUTRICIONAL:

duas colheres de sopa de sumo de laranja, 1 pitada de

242 calorias 5 grs de gordura (2 grs saturada; 3 grs monoinsaturada) 8 mg de colesterol 38 grs de hidratos de carbono 13 grs de proteínas 15 grs de fibras 200% da Dose Diária Recomendada de vitamina A 160% DDR de vitamina C 621 mg de sódio

20% DDR de cálcio

Drink da Semana Frozen Sex Drink com Sorvete Ingredientes: Vodka – Meia xícara Kahlua (Licor de café) – Duas pitadinhas pra dar um gostinho. Pode substituir o Kahlua por outro licor de café, mas HIPER recomendo o Kahlua. Gelo – 8 cubos grandes Sorvete de Chocolate – 8 Colheres grandes. Como Fazer: Coloque 6 colheres de sorvete no liquidificador com os alcoólicos e bata em baixa velocidade. Quando estiver na consistência que vc achar legal, inclua o gelo mas não deixe bater muito e sirva. Decore com chantilly e sirva em um copo alto com canudos largos e/ ou uma colher pequena.

Para quem não abre mão da tradição, a Patrone, na Coronel Veiga, oferece ovos de variados tamanhos, com diferentes recheios, além de bombons sortidos que podem ser adquiridos em caixas pré montadas ou acondicionados ao gosto de cada cliente, formando presentes saborosos e personalizados. Recheados com brigadeiro, com licores finos, inclusive licor de nozes, e nossa boa e velha cachacinha - uma combinação surpreendentemente agradável - os bombons encantam a todos com uma variedade imensa de sabores, formatos e texturas: língua de gato, pingo de licor, crocantes, em forma de pastilhas de menta, envolvendo frutas secas, incrementados com pimenta ou em forma de pirulito são apenas algumas das opções. Possuem, ainda, sugestões diet tão saborosas quanto as tradicionais. MR PAUL

Uma outra boa opção para presentear na Páscoa são os brownies do Mr. Paul, no Quitandinha, um sucesso há 31 anos. O fruit cake, por sua vez, complementa a mesa da festa, assim como as geleias e chutneys da marca. Dentre os sabores, manga, abacaxi, maçã com passas e tomate, que se somam a conservas de berinjela, de vegetais e de pepino agridoce. Dentre as geléias, morango com hortelã, ameixa, amora, damasco, framboesa, jabuticaba, laranja, morango e tangerina, além da de hortelã – um excelente acompanhamento para pratos de carne, além das instigantes geleias de gengibre e de pimenta.

3


4

TODOS

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS - 57 anos

DECORANDO E...

Decore e construa sua casa com material reciclado R eciclar não é apenas separar papéis, latas, plásticos e metais. Coisas que seriam jogadas fora podem fazer bonito na decoração da sua casa A estante da foto acima foi feita com caixotes de feira do Atelier Helena Lunardelli. Opção barata que, com um toque de cor, deixa o ambiente moderno. Outra opção é lixar e passar verniz. Além de lindas, essas soluções, somadas, podem fazer muito pela sobrevivência do planeta. Então vamos aprender com quem é criativo. LANTERNA DE LATA Latas de leite em pó ou de achocolatados podem virar charmosas luminárias. Encha as latas de água e coloque no freezer até congelar (isso é para evitar amassá-las na hora de fazer os furos). Fure com prego e martelo, formando um desenho. Depois é só pendurá-las por aí com arame. Escolha uma vela gorda, que não tombe facilmente, para colocar dentro. VASO-EMBALAGEM Pote de sorvete vazio não serve para nada? Basta uma embalagem legal, uma flor bonita e está pronto o arranjo. O da foto foi feito com jacinto plantado em terra e musgo como acabamento. É meu caros leitores, recicclem e valorizem o nosso mundo! por Ana Luiza Dias Por: Regina Terraz Foto: Marcos Antônio

Estrada União Indústria, 10588 - Itaipava Tel.: 24 2222-2712 / 2232-2500 www.ceramicaluizsalvador.com.br central@ceramicaluizsalvador.com.br

DOMINGO, 18 DE MARÇO DE 2012


diariodepetropolis