Page 1

Diário

de Petrópolis 57 anos

E-mail: redacao@diariodepetropolis.com.br

Site: www.diariodepetropolis.com.br

Preço do exemplar: R$ 1,20

Nº 16.024 - Quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Rio de Janeiro impulsiona crescimento do turismo no país O bom momento econômico e a pacificação de comunidades do Rio de Janeiro têm atraído mais turistas estrangeiros ao Brasil. O Rio lidera o ranking do destino mais procurado para o lazer, concentrando 27,3% da demanda nacional. (Página 11)

vereadores votam projeto hoje

ISS dos autônomos pode chegar a R$ 820 por ano Arquivo

GGI-M avalia positivamente as ações em 2011

(Página 8)

bairros Na assembléia geral de hoje à noite no Condomínio Parque Residencial 29 de Junho – BNH da Mosela – a síndica Ana Cristina Kroker Pelka vai tentar a eleição ao quinto mandato consecutivo. Ela tem como trunfo uma grande relação de serviços realizados durante os quatro anos e o mais forte: a administração está com todas as contas em dia, inclusive contribuições trabalhistas. (Página 9)

agenda Cancelada no último sábado devido as fortes chuvas, o primeiro desfile da Parada de Luz será realizado amanhã, às 20h, na Rua do Imperador. A segunda apresentação acontece no dia domingo, também às 20h. Totalmente reformulado, o projeto contará com nova trilha sonora, além de muitas novidades. (Página 10)

Esportes O Imperial intensificou seus treinamentos para chegar forte no dia 4 de fevereiro, data de estreia na série B do Campeonato Carioca, diante da Portuguesa. O elenco já havia iniciado a preparação em outubro, mas o treinador, Gilson Maciel, destaca que agora é que realmente começa a pré-temporada. (Página 12)

Os vereadores decidem hoje se a forma de cobrança do ISS para os autônomos vai ser alterada conforme proposta do governo

Os vereadores vão votar hoje um projeto de lei polêmico enviado pelo governo, em regime de urgência, que altera a cobrança do Imposto Sobre Serviço (ISS) dos profissionais autônomos no município. Segundo a proposta, ao invés de pagar 2% do que recebem por mês, será pago um valor único anual, variando apenas de acordo com a formação do profissional, podendo chegar até a pouco mais de R$ 820. O projeto gera polêmica. (Página 3)

Câmara Federal aprova por unanimidade Lei da Palmada

Divulgação

Foi aprovada ontem por unanimidade pela comissão especial da Câmara dos Deputados o texto do projeto de lei nº 7.672/10, que altera o Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei nº 8.069/90 - ECA). A proposta, apelidada de “Lei da Palmada”, tem como objetivo estabelecer o direito da criança e do adolescente a uma educação e cuidados sem o uso de agressões físicas ou de tratamento cruel ou degradante, proibindo pais de baterem nos filhos. A matéria será encaminhada direto para o Senado. (Página 5)

Museu Imperial tem atividades e horários especiais no fim do ano (Página 7)

O projeto de lei prevê punição para quem praticar agressão física contra crianças e adolescentes Alan Alonso

Comandante geral da PM visita batalhão de Petrópolis O 26º Batalhão da Polícia Militar de Petrópolis recebeu ontem a visita do comandante geral da corporação do Rio de Janeiro, coronel Erir Ribeiro da Costa Filho. O comandante, que assumiu o cargo recentemente, veio se apresentar aos policiais do município. (Página 5)

Conselho Municipal de Cultura tem novo presidente O coronel Erir Ribeiro da Costa Filho se apresentou aos policiais e expôs sua linha de trabalho

(Página 7)


2

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

O Brasil das calamidades n Gaudêncio Torquato

O chiste é conhecido. Ao criar o mundo, Deus distribuiu as catástrofes pela Terra, enquanto comentava com o anjo ao seu lado: “aqui eu vou localizar os EUA com seus terremotos e furacões; ali vai ser a Europa, que vai ter vulcões e também terremotos; acolá, vou instalar a Ásia, com desertos, terremotos e tsunamis”. Curioso, o anjo indagou: “e nesse local vai pôr o quê?” Deus respondeu: “aqui será o Brasil”. Insistiu o arcanjo: “e ele não vai ganhar catástrofes naturais”? A resposta divina: “não, de jeito nenhum, mas você vai ver os políticos que eu vou botar lá”. Ou a versão sobre a criação do mundo não é correta ou a galhofa sobre o Brasil não resiste aos solavancos da natureza neste início de século XXI. Pois os nossos trópicos começam a frequentar o ranking das grandes catástrofes do planeta. Em janeiro deste ano, o país registrou o maior desastre climático de sua existência, na região serrana do Rio de Janeiro, que contabilizou 820 mortos. Foi o 8º pior deslizamento de terras da história mundial. O ano chega ao fim com o grave acidente no poço da Chevron, no campo de Frade (Bacia de Campos/RJ), que derramou no mar 440 mil litros de petróleo. De desastre a desastre e milhares de vítimas, vivenciando incidentes que deixam marcas profundas na anatomia de cidades e regiões, o Brasil já não é o território seguro tão admirado em comparação com outras Nações. Seu mapa faz parte da geografia de vorazes predadores da natureza. Quando se efetivar a extração de óleo do pré-sal, ganharemos o título de terceiro maior poluidor do mundo, ficando apenas atrás dos Estados Unidos e da China. Subimos celeremente no ranking da poluição. A planilha de calamidades se adensa. Em 2010, a Petrobrás, empresa-orgulho da Nação, bateu o recorde de autos de infração, registrando 57 vazamentos. O volume de petróleo e derivados derramado cresceu 163%, pulando de 1.597 mil barris, em 2009, para 4.201 mil barris espalhados na natureza no ano passado. Pairam ameaças por todos os lados. Semana passada, um supercargueiro da Vale do Rio Doce, ao ser carregado com 385 mil toneladas de minério de ferro, no porto de São Luis, no Maranhão, exibia rachaduras no tanque de lastro. Despejada no mar essa carga ocasionaria tragédia sem precedentes em nossa costa. Na paisagem devastada por acidentes/incidentes, muitos dos quais resultam de incúria, a nota de destaque: o Brasil não dispõe de um plano de contingência para administrar catástrofes. A cada evento, seja um temporal arrasador, o vazamento de óleo de um poço, ou uma epidemia de dengue, como a que se prenuncia em cerca de 300 cidades, as providências revelam traços de improvisação. Mas não faltam discursos conflitantes, passeios de autoridades por destroços, uma ou outra verba liberada para dourar a imagem dos governos de plantão e multas que não se sabe quando e como serão pagas pelos responsáveis. O país é useiro e vezeiro na arte de improvisar soluções para suas tragédias. Todos os anos, as mesmas regiões sofrem com enchentes e enxurradas, principalmente Santa Catarina, Rio Grande do Sul e cidades serranas do Rio. As mortes e o número de acidentados se expandem. As rotinas se banalizam. Após os impactos físicos e emocionais, a vida volta ao normal e as populações passam a conviver com obras de recuperação, as quais, com raras exceções, não vão ao cerne dos problemas. As calamidades tornarão a ocorrer. Se não dispomos de programas (robustos) para administrar os previsíveis eventos de nossas estações climáticas, imagine-se o caos que um acidente nuclear poderia gerar. É lorota argumentar que nossas usinas são seguras e confiáveis. Não era seguro o reator 4 da Central nuclear de Chernobyl, que, ultrapassando o nível de aquecimento, explodiu e provocou uma nuvem radioativa sobre a ex-União Soviética e Europa Oriental em 1986, matando milhares de pessoas? Dois anos antes, em Bhopal, na Índia, um vazamento de 42 toneladas de isocianato de metila de uma fábrica, em contato com a atmosfera, ceifou a vida de 20 mil pessoas e de milhares de animais. O Brasil saberia administrar um acidente nuclear na região de Angra dos Reis? Se alguém responder positivamente, estará cometendo um desatino. Não sabemos lidar com tragédias. Em face do potencial brasileiro na exploração do petróleo (9 mil poços em operação em mar e terra e perspectiva de produzir 6 milhões de barris diários até 2020) e tendo em vista a perspectiva do pré-sal, é razoável prever que os riscos iminentes se localizam nesses campos. Este episódio provocado pela americana Chevron remete ao maior desastre ambiental da história dos Estados Unidos, ocorrido em abril do ano passado, quando 172 milhões de galões de óleo foram despejados no Golfo do México, ocasionando prejuízos materiais e ambientais inestimáveis. Dessa teia de eventos terríveis, sobra para as nossas autoridades o conselho de redobrar a atenção. Urge não apenas planejar sistemas de prevenção, mas fazer mapeamento minucioso das frentes consideradas de risco (alto, médio e pequeno) em todos os espaços do território nacional. Há uma pletora de estruturas com responsabilidades sobre os espaços de risco - agências reguladoras, órgãos de controle e monitoramento ambiental nas instâncias federal, estadual e municipal, ministérios e frentes de defesa civil etc. Ressente-se de clareza normativa e operacional para tais órgãos. Quem coordena o quê e quem? Como é sabido, são comuns, entre nós, duplicações de estruturas e consequentes acusações recíprocas de culpas. Os governantes, por sua vez, desenvolvem certa ojeriza em relação a ações que não dão voto, como planos de prevenção, obras escondidas (saneamento básico), códigos de controle ambiental ou conceitos abstratos como desenvolvimento sustentável. De tropeço a tropeço, a imagem do Éden, que nos é impingida desde quando Cabral, deslumbrado, arren Jornalista, é professor titular da USP, consultor político e de comunicação Twitter @gaudtorquato

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Crianças e adolescentes, sujeitos de direitos n Teresa Surita

P

roibir os tratamentos cruéis na educação de crianças e de adolescentes será mostra de que efetivamente desejamos tratá-los como seres humanos Bater não educa e é uma violação dos direitos humanos. O uso de força física e de atos degradantes tem o efeito perverso de fragilizar os vínculos de autoridade e afeto, muito mais do que corrigir pedagogicamente condutas desviantes. É consenso que crianças e adolescentes devem ser educados e protegidos; que o diálogo é melhor que o conflito; que as experiências na infância determinam a personalidade; e que maltratar crianças é um abuso e é desproporcional. Mas, ao mesmo tempo em que vemos crianças e adolescentes como seres humanos e portadores de direitos, toleramos que

sejam agredidas. Oitenta por cento das violências ocorrem em casa. Menores infratores comumente apanham ou são humilhados. É incômodo constatar que os excessos são frequentes e graves. Nos últimos meses, foi debatido intensamente o projeto de lei que propõe a proibição do uso de castigos corporais ou tratamentos cruéis ou degradantes na educação de crianças e adolescentes, chamado por alguns de “Lei da Palmada”. Após ouvir especialistas, governo e sociedade, apresentamos um substitutivo ao projeto de lei nº 7.672/2010, aperfeiçoando-o. Ele foi revisado para que guardasse estrita concordância com o Estatuto da Criança e do Adolescente. Fortalecemos a natureza preventiva da lei, propondo ações de educação e orientação, bem como a garantia de uma linha de cuidados multidisciplinares para vítimas e vitimizadores. Indicamos como responsa-

bilidade dos três níveis de governo a articulação para o planejamento e atuação intersetorial, na perspectiva da promoção social e da resolução pacífica de conflitos. Especial atenção foi dada ao desenvolvimento nos agentes públicos das competências necessárias para promoção, proteção, defesa de direitos e enfrentamento de todas as formas de violência. Pretende-se proteger o agente público qualificando-o, e assim prevenir erros e abuso de autoridade. Também pretende-se responsabilizar possíveis omissões. Não acrescentamos novas hipóteses de responsabilização criminal de agressores. São previstas medidas educativas e terapêuticas, além de advertência, de acordo com a gravidade do caso. O agressor deve ter a oportunidade de rever seu comportamento. Em casos extremos, permanecem inalterados os crimes já previstos legalmente.

Acrescentamos, nos ensinos fundamental e médio, como tema transversal, a educação para os direitos humanos e a prevenção de violências, base para uma formação orientada para uma cultura de paz. Não é proposta a intervenção do Estado na família ou a invasão dos lares por forças policiais, mas a educação para o não uso de qualquer forma de violência e seus benefícios na formação e no crescimento da pessoa. A expressa proibição de castigos corporais e tratamentos cruéis ou degradantes na educação de crianças e adolescentes atende à Convenção dos Direitos da Criança e será demonstração de que desejamos tratá-los, efetivamente, como seres humanos e sujeitos de direitos. n Deputada federal pelo PMDB de Roraima, vice-líder do PMDB, membro titular do Conselho de Altos Estudos da Câmara dos Deputados, vice-presidente da Comissão Especial do Plano Nacional de Educação, é relatora do Projeto de Lei nº 7672

Quem tem medo do PT? n Paulo de

E

Carvalho

m Petrópolis, muita gente tem medo de um segundo mandato do Partido dos Trabalhadores, e com razão. Em geral, quando o PT assume pela primeira vez uma prefeitura ou governo de estado – e o mesmo se deu com a república - seus militantes se deparam com o caos administrativo, com os mais diversos esquemas fraudulentos, com a corrupção e o descaso com a coisa pública. Pois o que encontrou o PT quando assumiu a Prefeitura de Petrópolis? Uma dívida de zilhões, escolas abandonadas e sem equipamentos, a Saúde em estado terminal, transporte coletivo na sucata e um enfeite no centro da cidade pra distrair incautos turistas de final de semana. E o que faz o PT ao assumir o governo? Um levantamento preciso das mazelas deixadas por tantos governos passados; um planejamento minucioso para colocar as contas do município em dia e, assim, pleitear verbas estaduais e federais negadas a municípios inadimplentes; e a elaboração de projetos

que atendam, realmente, às necessidades de uma grande população carente de políticas públicas que vive fora do centro, histórico e “imperial”. E é isso que o Partido dos Trabalhadores está fazendo desde que assumiu a Prefeitura de nossa Cidade, em janeiro de 2009. Pra começar, as contas da prefeitura foram postas em dia e nosso município tem sido contemplado com diversos projetos em parceira com os governos estadual e federal. Isto e mais os recursos próprios da administração municipal permitiram a construção e o aparelhamento de duas UPAs, a reforma no Pronto Socorro e em diversos centros de saúde. Na Educação foi outra festa: obras de reforma em 68 unidades escolares, 123 laboratórios de informática na rede municipal de ensino, qualidade de verdade na merenda escolar, laptops com internet para quase 200 diretoras de escolas, o Programa Mais Educação, equipamentos diversos e, por fim, o tão sonhado Plano de Cargos, Carreiras e Salários, o PCCS da Educação. No transporte coletivo, diante do terrível quadro

encontrado, nada mais restou que não a intervenção, um processo difícil e doloroso que não deixou de prejudicar a população mas que foi enfrentado com coragem pelo prefeito Paulo Mustrangi. Neste episódio, que ainda não terminou, o prefeito mostrou-se consciente não só da necessidade das medidas adotadas, mas também do desgaste a que seria exposto até o final do processo. Foram meses de matérias na imprensa oposicionista e cobranças imediatistas na Câmara dos Vereadores, ataques histéricos e calúnias na internet, mas o processo seguiu seu caminho e comemoramos este mês a audiência pública que será seguida da licitação para as linhas de ônibus do município. Mais um tiro n’água da oposição. E é dessa forma que o PT caminha no governo Paulo Mustrangi, com empenho e trabalho árduo, tratando a coisa pública com transparência e honestidade. Mas isso não basta, e o governo então inovou com a proposta do Instituto Koeler, com a tão falada “Revolução na Educação”, e com o concurso público que será realizado em janeiro, com

1.658 vagas. Num segundo mandato, o Partido dos Trabalhadores, depois de deixar a casa em ordem, poderá realizar muito mais e, também, acabar de vez com esquemas de fraude e corrupção dos quais a cidade, dita “imperial”, ainda não conseguiu escapar. E é disso que têm medo aqueles que gritam suas lamúrias a cada dia na imprensa e na internet: têm medo que o PT, com mais quatro anos na Prefeitura de Petrópolis, elimine de vez a possibilidade do retorno a um passado de desmandos e descaso com nossa cidade e sua população. Mas quando escrevo estas linhas não o faço como assessor da Prefeitura, ou mesmo da Secretaria de Educação, mas como um militante do Partido dos Trabalhadores que acredita ser o governo do PT o melhor para Petrópolis. E escrevo, hoje, com a mesma convicção que me levou, em dezembro de 1993, a defender e votar pela filiação do então presidente do Sindicato dos Bancários ao Partido dos Trabalhadores em Petrópolis. n Jornalista

Natal de Jesus n Paiva Netto

A

ambiência do 25 de Dezembro deve ser a da Fraternidade Total, agora, mais do que nunca, imprescindível ao mundo, para que o ser humano de fato se transforme no cidadão planetário, que positivamente saiba defender-se da exploração mundial endêmica. Não somente o corpo fica enfermo, a sociedade também. Visando contribuir para melhorar esse estado de coisas, erguemos em Brasília/DF o Templo da Boa Vontade (TBV), que é o Templo do Ecumenismo Irrestrito, ou, ainda, o Templo do Coração, pronto a agasalhar toda e qualquer criatura

humana e espiritual, isto é, o Capital de Deus. O TBV, com o Parlamento Mundial da Fraternidade Ecumênica (ParlaMundi da LBV), é o monumento mais visitado de Brasília/DF, segundo dados da Setur (Secretaria de Turismo do Distrito Federal). Recebe por ano mais de um milhão de visitantes do mundo inteiro. Realçamos a necessidade imperiosa de viver-se o Natal Permanente, o Natal diário para a fome (física e espiritual) do povo, que também é diária. O Novo Mandamento de Jesus — “Amai-vos como Eu vos amei. Somente assim podereis ser reconhecidos como meus discípulos. Não há maior Amor do que doar a própria Vida pelos seus amigos” — é o denominador comum capaz de, frater-

Diretor-Presidente e Jornalista responsável: Paulo Antônio Carneiro Dias Editora: Jaqueline Gomes

D

nalmente unindo, pacificar os corações. É a Religião da Amizade, do Bom Companheirismo, destacado por João Evangelista, no Apocalipse. É a Lei da Solidariedade Universal, portanto espiritual, moral e social. Religião é para dirimir conflitos que nascem da intimidade, enquanto egoísta, do ser humano. Asseverou Giuseppe Mazzini (18051872), patriota e revolucionário italiano: “A Vida nos foi dada por Deus para que a empreguemos em benefício da Humanidade”. O saudoso fundador da LBV, Alziro Zarur (19141979), ensinava que: “O ser humano foi criado de tal forma que só pode ser feliz praticando o Bem”. E Augusto Comte (17981857), o filósofo do Positivismo, concluía: “Viver para

iário de Petrópolis 57 anos

Uma publicação da PJ Editora e Gráfica e Jornalística Ltda

Preço do Exemplar 3ª a sábado R$ 1,20 Domingo R$ 1,80 Atrasado R$ 2,50

Assinatura Trimestral Petrópolis R$ 80,00 Rio e outros R$ 160,00

Assinatura Mensal Petrópolis R$ 28,00 Rio e outros R$ 56,00

Assinatura Semestral Petrópolis R$ 152,00 Rio e outros R$ 304,00

os outros é não somente a Lei do dever, mas também da felicidade”. (...) Ora, Amigos e Irmãos, quando há pobreza de Amor, há fartura de ódio. E o resultado disso é a miséria terrena. Rico é aquele que ama. Se conseguirmos como cidadãos do mundo, nesta época de globalização, finalmente ser mais humildes e generosos, saberemos tirar do Natal de Jesus seu grande ensinamento para todos os dias. Eis a grande lição que fica: é necessário que o Natal de nosso Divino Mestre se multiplique como a expansão da Fraternidade, pois não haverá sobrevivência sem ela. n Jornalista, radialista e escritor.

paivanetto@lbv.org.br www.boavontade.com

Site: www.diariodepetropolis.com.br E-mail: redacao@diariodepetropolis.com.br

Diretoria 2246-3807 Assinatura 2246-3807 Publicidade 2237-7849 Classificado 2246-3807 Redação 2235-7165

Rua Joaquim Moreira 106 Centro - Petrópolis - RJ Cep 25.600-000 CNPJ 02.424.864/0001-66

ABRAJORI - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS JORNAIS DO INTERIOR

As opiniões emitidas em artigos assinados não representam, necessariamente, o pensamento do jornal e são de inteira responsabilidade de seus autores. Da mesma forma, as informações e opiniões nas colunas são de responsabilidade de seus titulares.


quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

3

cidade

Projeto altera cobrança do ISS dos autônomos n Vinicius Henter viniciushenter@diariodepetropolis. com.br

O governo enviou ontem à Câmara projeto de lei polêmico, em regime de urgência, alterando a cobrança do Imposto Sobre Serviço (ISS) dos profissionais autônomos no município. Os vereadores da base governista entraram em acordo e pediram vista do projeto por uma sessão, então a matéria deverá ser votada hoje, às 15h. Segundo a proposta, os autônomos não pagarão mais por mês 2% do que receberam, e sim um valor único anual, variando apenas de acordo com a formação do profissional, podendo chegar até a pouco mais de R$ 820. Durante toda a discussão do projeto, o secretário de Fazenda, Hélio Volgari, acompanhou a sessão da Câmara, mas não conseguiu convencer os vereadores a aprovarem o documento. Os vereadores da oposição – Vadinho (PSB), Marcelo Motorista (PR) e Silmar For-

tes (PMDB) – queriam que a votação fosse adiada para o ano que vem. Até vereadores da base governista admitiram que a proposta beneficia os autônomos que ganham mais e prejudica os que ganham menos. - O projeto está beneficiando só as classes altas, e diminuindo a receita do município. Já que é para diminuir a receita do município, a lei poderia beneficiar as categorias mais humildes – disse o presidente da Câmara, vereador Paulo Igor (PMDB). Como calculou o vereador Thiago Damaceno (PP), a mudança na cobrança do ISS será positiva para os autônomos que ganham mais que R$ 3 mil por mês, e negativa para os que ganham menos que R$ 3 mil. Para Volgari, são poucos os autônomos com nível superior com rendimentos abaixo de R$ 3 mil. O secretário de Fazenda ainda argumentou que o município poderá até perder na arrecadação, mas ganhará na

Arquivo

quantidade de contribuintes, já que a sonegação, com a cobrança de uma cota única, tende a diminuir. - Tem médicos que hoje não pagam o ISS, mas vão passar a pagar – disse o vereador Gil Magno (PSD). Imposto mais caro para os com ensino superior De acordo com o projeto, os profissionais autônomos que exerçam, pessoalmente e em caráter privado, atividade cujo seu desenvolvimento exija formação em nível superior, pagarão 10 UFPEs (Unidade Fiscal de Petrópolis – equivalente a cerca de R$ 82). Os com formação em nível técnico ou médico pagarão 5 UFPEs, e os de cargos que não exijam qualquer formação específica, 2,5 UFPEs. O autônomo, pessoa física, com atividade manual que não requeira formação técnica e habilitação específica, e que tenha como ponto de referência a própria residência, estará isento do ISS.

Médicos criticam proposta do governo Apesar de o secretário Hélio Volgari argumentar que o projeto busca atender a uma reivindicação antiga dos autônomos, os médicos da cidade são contra a proposta. Desde 2005, quando a prefeitura modificou a cobrança do ISS, passando de três carnês de R$ 50 para 2% dos vencimentos, o Sindicato dos Médicos e o Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (Cremerj) vêm realmente cobrando a volta da lei antiga. No entanto, os representantes das duas entidades consideraram alta a cobrança anual de R$ 820. Para o presidente do Sindicato dos Médicos, Mauro Peralta, o ideal é que a cobrança antiga de R$ 150 fosse corrigida pela inflação dos últimos seis anos. - Nós pagávamos muito menos na lei antiga. Este valor é muito alto. A maioria dos médicos autônomos ganha menos que R$ 3

mil – disse Peralta. O coordenador da seccional de Petrópolis do Cremerj, Jorge Gabrich, afirmou que, na prática, é pouco comum um médico trabalhar somente como autônomo, já que parte da semana o profissional trabalha como empregado. - A grande massa dos trabalhadores autônomos está sendo penalizada com esse valor, e uma pequena minoria está sendo privilegiada. A maioria dos médicos trabalha como empregados, com carteira assinada, e fica pouco tempo no consultório, onde ganha entre R$ 2 mil e R$ 3 mil, tendo ainda que pagar secretária – disse Gabrich. A alteração na forma de cobrança, passando de um percentual dos vencimentos para um valor único, também foi causada por uma ação judicial dos médicos contra a lei de 2005.

Alexandre Peixoto/Ascom PMP

Funcionário da Comdep durante a doação de sangue: ação já faz parte da rotina da companhia

Quinze funcionários da Comdep doam sangue

Um grupo de 15 funcionários da Companhia Municipal de Desenvolvimento de Petrópolis (Comdep) dedicou parte da manhã de ontem a uma ação que já se tornou rotineira pela equipe da empresa: doar sangue. Periodicamente, os servidores se reúnem em grupos para colaborar com o Banco de Sangue do Hospital Santa Teresa, que atende a quase todos os hospitais do município – com exceção da Sociedade Médica Hospitalar (SMH), que possui banco de sangue próprio. Por isso, para alguns colaboradores da companhia, a ação já não é novidade. É o caso de Eudes Fernando, do setor de manutenção. - Já sou veterano aqui, dôo sangue de duas a três vezes ao ano. É sempre bom poder ajudar – declarou.

A iniciativa vai ao encontro da necessidade do Banco de Sangue, cujos estoques estão em baixa. São necessários cerca de 50 doadores por dia para atender à demanda. - Tem dia que temos 40 doadores, e em outros, 20. Estamos sempre precisando, especialmente nesse período de festas até o fim de fevereiro, em que muitas pessoas já doaram em novembro, durante a campanha, e não podem doar novamente por no mínimo dois meses. Por isso, pedimos ajuda a empresas e igrejas – explicou Márcia dos Santos Alves, responsável pelo setor de captação do Banco de Sangue. Outro complicador é que, neste período, muitas pessoas viajam, aumentando o número de acidentes e diminuindo o de possíveis doadores.

- Com a demanda em alta, as parcerias com empresas e com a Prefeitura são muito importantes. Falta a cultura entre as pessoas saudáveis de doar sangue voluntariamente, e não apenas durante as campanhas – salientou a coordenadora técnica do Banco, Patrícia Perez Paula. Para doar, basta se dirigir ao Banco de Sangue do Hospital Santa Teresa (Rua Paulino Afonso, 477 – Bingen). Podem contribuir os adultos entre 18 e 65 anos, acima de 50 quilos. Todos os doadores passam por uma triagem para determinar se estão aptos. É obrigatório apresentar, sempre, um documento de identidade com foto. O Banco de Sangue funciona de segunda a sexta-feira, de 7h às 14h, e aos sábados, das 7h às 11h.

Vereadores durante sessão: projeto que altera cobrança do ISS deverá ser votado hoje, às 15h

Alerj aprova Ficha Limpa para alto escalão do estado AAssembleia Legislativa do Rio (Alerj) aprovou ontem, em primeira discussão, o projeto de lei que regulamenta a Ficha Limpa para o alto escalão da administração pública dos três poderes no estado do Rio. Presidente da Comissão de Constituição e Justiça que deu parecer favorável ao projeto, o deputado estadual Bernardo Rossi (PMDB) confia em sua na aprovação definitiva, em segunda discussão, hoje. O projeto 902/11, do deputado Nilton Salomão (PT), foi aprovado na forma de um substitutivo com a adição de quatro emendas apresentadas pelos deputados. - É um passo importante que a Alerj deu hoje, um dos mais relevantes dessa legis-

latura pela amplitude da lei que incluiu desde secretários, subsecretários até chefes das forças de segurança, passando por diretores de escolas. O servidor público se sente valorizado com um gestor de boa atuação também – disse Rossi. Relator do projeto junto com o deputado Luiz Paulo Corrêa da Rocha (PSDB), o petebista Marcus Vinicius também comemorou a aprovação da lei, por unanimidade no plenário da Alerj. - Mostra que, independente de questões partidárias, o parlamento está afinado com essa nova mentalidade, que uma boa gestão do bem público passa, obrigatoriamente, pelo comando das instituições – disse.

Na prática, a norma impedirá a nomeação em cargos em comissão da administração direta e indireta ex-membros de parlamentos (federal, estadual e municipal) e ex-governadores e vice-governadores que perderam seus mandatos/cargos. Também os que tenham contra si representações julgadas procedentes pela Justiça Eleitoral, em decisão transitada em julgado ou proferida por órgão colegiado, em processo de apuração de abuso do poder econômico ou político e os condenados por diversos crimes, que o texto lista. A Ficha Limpa estadual também barrará ex-gestores com contas rejeitadas, entre outros. Para todos os casos, a proibição valerá pelo prazo de oito anos.

Cidade receberá da União academia da terceira idade Petrópolis terá Academias da Terceira Idade (ATIs). O deputado federal Hugo Leal (PSC/RJ) anunciou ontem a aprovação das ATIs para a cidade, em função da liberação de recursos previstos no orçamento. Petrópolis receberá uma academia na Comunidade São João Batista, em Duarte da Silveira, uma no Alto da Serra e adjacências, uma no Vale do Cuiabá, outra no bairro Jardim Salvador/Roseiral, uma no Vale do Carangola e

outra no Quitandinha. - O projeto das academias prevê a instalação dos equipamentos em locais públicos, mas representa também um trabalho de saúde preventiva para a terceira idade. O investimento em qualidade de vida é muito maior do que estimamos em recursos, se multiplica, porque reduz o custo com tratamento de doenças que passam a ser evitadas. Estamos investimento em saúde – comemorou Leal.

Como vice-presidente da Frente Parlamentar em Defesa do Idoso, na Câmara dos Deputados, Hugo Leal apresentou este ano projetos para garantir benefícios aos idosos. O projeto de lei 328/11, que dispõe sobre a obrigatoriedade do fornecimento de fraldas descartáveis aos portadores de necessidade especial e a idosos, ganhou parecer favorável do relator e está pronto para a pauta na Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara.


4

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

57 anos

QUINTA-FEIRA, 15 DE DEZEMBRO DE 2011

Parada I

Parada II

Cancelada no último sábado devido as fortes chuvas, o primeiro desfile da Parada de Luz será realizado amanhã, às 20h na Rua do Imperador. A segunda apresentação do desfile ocorrerá no próximo dia 18 (domingo) também no mesmo horário.

Totalmente reformulado, o projeto Parada de Luz que leva a assinatura do Diretor de Cultura da FCTP, Arthur Varella, contará com nova trilha sonora, 15 alas, quatro carros alegóricos e seis tripés (04 carros de doces e 02 guirlandas gigantes).

socialmarise@yahoo.com.br

Concerto 500 vozes no Sagrado O Concerto 500 Vozes com a participação especial da cantora italiana Mafalda Minozzi, promete ser de grande emoção, dia 22 de dezembro, às 20h, na Igreja do Rosário, na praça da Inconfidência. Cerca de 20 corais com cantores dos 5 aos 80 anos de idade vão repetir o feito do ano passado, com o acompanhamento do quarteto de sopros, órgão e percussão da Orquestra Filarmônica de Petrópolis.À frente desse grande concerto estão os maestros reunidos através do Segmento de Canto Coral, cujo representante é o regente Leonardo Randolfo. Vale conferir e a entrada é franca.

Brigitte Quem pensa em passar por Búzios durante o verão tem mais uma opção pra curtir a noite. Os sócios da Cinco Entretenimentos, empresa responsável pelo sucesso da festa M.I.S.S.A em todo o Brasil, vão inaugurar no próximo sábado, dia 17 de dezembro, a boate Brigitte. Com capacidade para 700 pessoas, a casa vai receber convidados e patrocinadores em sua festa de estréia.

Capital da Moda Projeto de lei do deputado Luiz Paulo (PSDB) que intitula Petrópolis como "Capital da Moda" do Estado do Rio de Janeiro está tramitando na Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj) e poderá ser aprovado ainda este ano. A proposta tem o apoio do deputado petropolitano Bernardo Rossi (PMDB) que mobiliza os parlamentares em prol da aprovação do projeto.

Combate à dengue A Faculdade de Medicina de Petrópolis/Fase recebeu, na última sexta-feira, o curso de Capacitação em Serviço: “Dengue em 15 minutos”, promovido pela Secretaria Estadual de Saúde. O objetivo é capacitar médicos e enfermeiros das unidades de saúde para um atendimento padronizado aos pacientes com suspeita de dengue. Participaram do curso cerca de 50 representantes de 16 municípios que contemplam o Pólo Região Serrana.

IRMÃ RUTH DA SILVA, Destaque Feminino na categoria Educação, foi agraciada com o título de Personalidade Petropolitana por seu excelente trabalho no Colégio Santa Isabel e Santa Luiza de Marilac. (Foto: Cia Fotográfica / André Carvalho)

Prato cheio O pizzaiolo gourmet Pedro Pernambuco estará em Itaipava no próximo sábado, 17, para ministrar workshop no Espaço Gourmet Chauffage sobre pizzas. No mesmo local, também como convidado, Vitor Pizzi vai ensinar a preparar massa fresca.

Pré-vestibular social

Ensino Religioso

Estão abertas as inscrições para o preenchimento de 320 vagas para o polo do Pré-Vestibular Social (PVS) administrado pela Escola do Legislativo do Estado (Elerj), da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). Gratuito, o curso oferecido pelo Centro de Ciências e Educação Superior à Distância do Estado (Cederj) é voltado para estudantes de baixa renda. As inscrições podem ser feitas pelo site www.pvs.cederj.edu.br. Maiores informações: 0800 282 0636.

Ensinar a ética, os valores humanos e a postura de respeito à diversidade religiosa são as atribuições constantes no Projeto de Lei enviado pelo prefeito Paulo Mustrangi à Câmara dos Vereadores, que insere o ensino religioso no currículo escolar das escolas municipais a partir do próximo ano. O edital do concurso público, publicado no último sábado disponibilizou 200 vagas para a categoria de professor da disciplina.

Direitos Autorais Registro de Músicas Livros Eventos Culturais Agente: Domingos Capistrano Operando no Mercado a 32 anos

Tels.: (24) 2237-3210 (24) 9832-0327 Petrópolis - RJ (22) 9907-4947 Cabo Frio - RJ


quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

5

cidade

Comissão da Câmara aprova Lei da Palmada A comissão especial da Câmara dos Deputados aprovou ontem por unanimidade o texto do projeto de lei nº 7.672/10, que altera o Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei nº 8.069/90 - ECA). Apelidada de Lei da Palmada, a proposta tem como objetivo estabelecer o direito da criança e do adolescente de serem educados e cuidados sem o uso de agressões físicas ou de tratamento cruel ou degradante, proibindo pais de baterem nos filhos. A matéria será encaminhada direto para o Senado. De acordo com a Agência Câmara de Notícias, deputados da bancada evangélica defenderam a substituição da expressão “castigo corporal” por “agressão física” no primeiro texto do projeto, o que acabou adiando a votação, que seria na última terça-feira, para ontem. O texto prevê medidas como tratamento psicológico, encaminhamento a programas de proteção à família, advertência, perda da guarda da criança ou do adolescente e outras medidas ao agressor. Para o conselheiro tutelar de Petrópolis Rodrigo Lopes, o projeto quer inibir a violência física contra a criança. – O problema é que as pessoas não estão querendo gastar tempo educando e acham que tem um retorno mais rápido com a palmada. Mas o que se acha que é uma simples palmada pode parecer ter efeito, mas futuramente pode gerar uma agressão porque a própria criança começa a achar normal e o adulto acaba tendo que usar mais força. Já a lei visa o contrário. É preciso usar de uma forma mais pedagógica para dizer aos pais que a violência

gera violência. Que o fato de apanhar, a criança está sendo coagida e oprimida, já com a conversa a criança aprende – destacou. A psicóloga Andréa Lopes concorda com a lei e afirma que em suas experiências profissionais já verificou agressões a crianças e adolescentes. – Realmente as agressões, que iam muito além de uma palmada, eram causas frequentes da ida das crianças para o abrigo. Acredito que nesses casos a lei será muito bem vinda, pois assustaria e inibiria os agressores – declarou. De acordo com a psicóloga, “em geral, os adultos que agridem crianças utilizam a agressão como válvula de escape para nervosismo e frustrações, fora os portadores de problemas psiquiátricos que o fazem por resultado da própria doença. Também temos os que apanharam na infância e repetem o que aprenderam, quando, de fato, o verdadeiro aprendizado seria não bater, pois sabem o que sofreram e o quanto é ruim – explicou. A psicóloga salientou ainda que “não podemos deixar de levar em conta que a palmada tem suas raízes antropológicas/ sociais. Desde os primórdios ela é utilizada como correção. Podemos encontrar passagens no Antigo Testamento – Bíblia – onde é indicado educar os filhos batendo com a vara. Aos poucos esse tipo de cultura agressiva, se assim podemos chamar, vem se desfazendo. Até a década de 50, muitos pais ainda batiam com varas em seus filhos. E, até a década de 60, os professores usavam a palmatória – com a qual batiam na palma da mão dos alunos desobedientes - fora o milho

Divulgação

adolescente vitimizado, tendo tal decorrência um custo altíssimo para a sociedade em geral. A Sociedade Brasileira de Psicologia se une aos esforços da sociedade civil para auxiliar nessa mudança paradigmática,

pois temos concordância nas pesquisas psicológicas de como educar os filhos e demais crianças e adolescentes sem a utilização do castigo corporal de modo que cresçam felizes, produtivos e saudáveis”.

Votação

Deputada Teresa Surita (PMDB-RR) é a relatora do projeto

no chão em que os alunos ajoelhavam em cima, também como punição. Hoje esses comportamentos são vistos como verdadeiros absurdos, mas na época eram normais. Acredito que uma boa proposta seja a constituição de Escolas de Pais em todas as escolas, municipais e particulares, com propostas psicopedagógicas para que os pais possam ser trabalhados em todos os sentidos em relação aos filhos, principalmente no da agressão. A psicóloga dá algumas dicas para os pais lidarem com seus filhos. - Sinceramente não gosto nem mesmo da palavra castigo, acho forte demais para uma criança, prefiro sempre utilizar o termo ‘aprendizado’, porque na verdade é esse o nosso dever como adultos: levar as crianças a aprenderem, mesmo que seja através de seus

pequenos erros. Pais inteligentes educam seus filhos pedagogicamente, ou seja, os levem a compreender o que fizeram de errado, para que não o façam mais. Mas, ainda é grande o número de pais que precisa aprender isso – declarou. A Sociedade Brasileira de Psicologia declarou durante a reunião com profissionais e o Poder Executivo, em outubro de 2011, que “as pesquisas na ciência psicológica têm apontado de modo inequívoco o prejuízo individual para a saúde do ser humano das práticas violentas, seja tal violência praticada por parte de pais ou cuidadores ou por profissionais de diversas instituições. Adicionalmente, as práticas violentas podem estar associadas ao surgimento de comportamentos agressivos por parte da criança ou do

A relatora do projeto de lei, deputada Teresa Surita (PMDB-RR), havia acatado o termo anterior, mas, após a reunião de terça-feira, mudou para a expressão “agressão física”. Em entrevista concedida ao Movimento pela Ética, com a participação de internautas, a deputada, questionada por internautas, explicou alguns pontos abordados na matéria. - O projeto de lei ajusta o Estatuto da Criança e do Adolescente, justamente no sentido de conscientizar os pais. Uma das perguntas que mais ouço é “se eu não bater no meu filho, como vou educá-lo?”. Esse ajuste, entre outros pontos, é para ter a obrigatoriedade de campanhas educativas dos estados, municípios e governo federal, mostrando o quanto prejudicial é bater numa criança. Outro ponto importante é dar assistência a essa família que está em crise, porque o agressor também precisa de ajuda; capacitar os médicos nos hospitais a receber crianças agredidas com mais cuidado; capacitar agentes de saúde, professores, no pré-natal, a gestante deve receber informações sobre como educar um filho, para que essa mudança cultural possa acontecer com o passar dos anos. Além dos pontos citados na entrevista, o projeto de lei também prevê o acréscimo das sanções previstas no artigo 130 do ECA, que trata do afastamento do agressor da mesma moradia que a criança ou o adolescente, caso seja verificada a hipótese de maus-tratos, opressão ou abuso sexual impostos pelos pais ou responsável, para os casos previstos no projeto de lei – castigos corporais (modificado para agressões físicas) ou de tratamento cruel ou degradante. Também foi incluída a alteração do artigo 245 do ECA para que não somente os médicos, professores, responsáveis por estabelecimentos de atenção à saúde ou de educação, mas também “qualquer pessoa que exerça cargo, emprego ou função pública” respondam por infração administrativa, que não comunicar à autoridade competente casos de que tenham conhecimento envolvendo suspeita ou confirmação de maus-tratos, como já previstos, mas também castigos corporais ou de tratamento cruel ou degradante contra criança ou adolescente. Além disso, a emenda do deputado Eduardo Barbosa prevê que as famílias com crianças e adolescentes com deficiência tenham prioridade de atendimento nas ações e políticas públicas de prevenção e de proteção.

Manutenção dos pedalinhos em Comandante da PM exige boa Petrópolis é feita com frequência conduta de seus comandados A diversão de dois adolescentes quase acabou em tragédia, quando o pedalinho onde eles estavam afundou, na Lagoa Rodrigo de Freitas, no último domingo. Os dois se atiraram na água e um homem de 24 anos, que tentou socorrê-los, teve princípio de afogamento, mas passa bem. O fato chamou a atenção da reportagem do Diário para o estado de conservação dos pedalinhos que operam na cidade - no Lago do Quitandinha e no Parque Cremerie. Segundo os responsáveis pelo brinquedo, nunca houve fato semelhante em Petrópolis. Para evitar que eles não aconteçam, o proprietário dos pedalinhos do Parque Cremerie, Erly de Souza, informou que a manutenção dos 13 brinquedos é feita sempre que necessária, evitando o acúmulo de serviço - Há dois meses, foi concluída a reforma de todos os pedalinhos e fizemos a pintura padronizada. A manutenção é constante. Existem alguns que são consertados várias vezes, outros que não dão problema. Nós temos pedalinhos que agüentam somente o peso de duas crianças e temos outros que suportam adultos - informou, ressaltando que sempre que as embarcações estão sendo utilizadas, dois funcionários fazem a fiscalização para evitar que as medidas de segurança, como não ficar em pé sobre o brinquedo, sejam desrespeitadas. - Para um pedalinho afun-

Fotos: Alan Alonso

No Parque Cremerie, funcionários ficam auxiliando os usuários

dar só existem duas possibilidades: excesso de peso ou “bagunça”. Um simples ato de abaixar para pegar alguma coisa na água já pode fazer com que entre água no brinquedo e ele comece a afundar. Sempre quando existe algum desrespeito às regras, a pessoa é logo retirada - explicou. Por meio da assessoria de comunicação, o Sesc Rio informou que a empresa parceira que aluga os pedalinhos que operam no lago Quitandinha possui o Certificado de Registro de Embarcação Miúda, emitido pelo Corpo de Bombeiros, que autoriza o funcionamento e a operação das locações dos pedalinhos. As embarcações possuem identificação numérica visual e são mantidas em boas condições de apresentação, manutenção, segurança e navegabilidade. As áreas de uso permitido pelas embarcações, deter-

minadas pelo Grupamento Marítimo dos Bombeiros, são demarcadas com o auxílio de boias. O guardião de piscinas, devidamente habilitado, responde pela segurança dos usuários. Os equipamentos de segurança e salvamento (coletes salva-vidas, boias, cordas e barco a motor, entre outros), instalados no local de operação, visam à prevenção e ao atendimento em casos de eventuais acidentes. O uso dos pedalinhos somente é permitido se forem observadas as recomendações de segurança, como uso de coletes, capacidades de lotações máximas, limites mínimos de idade para menor usuário desacompanhado de adultos (12 anos). Atualmente operam, no máximo, 16 barcos simultaneamente, embora sejam ao todo 20 (quatro a mais, caso seja necessário substituir ou repor).

ONG Pró-Deficiente homenageia empresas Empresas com mais de 100 funcionários são obrigadas a ter uma cota de trabalhadores com algum tipo de deficiência. Em Petrópolis, ao que tudo indica, elas instituições vêm cumprindo a lei 8213 de 1991, tanto que hoje, a partir de 18h, a Associação Pró Deficiente promove uma homenagem a

algumas empresas com sede na cidade que estão ajudando os portadores de deficiência. O evento acontece no auditório do prédio da Firjan, na Rua Dom Pedro, número 579. - Nosso objetivo é conseguir ainda mais empregos, mas temos que agradecer a conquista destas 916 vagas

e homenagear quem nos apoiou neste ano – explicou o presidente da ONG, Marcelo da Silveira, lembrando que dos 916 empregos, 126 foram conseguidos este ano. Em Petrópolis, cerca de 40 mil pessoas vivem, atualmente, com algum tipo de deficiência.

O comandante geral da Polícia Militar (PM) do Rio de Janeiro, coronel Erir Ribeiro da Costa Filho, esteve ontem em Petrópolis visitando o 26º Batalhão. Ele, que assumiu o comando da corporação em setembro deste ano, declarou que o objetivo das visitas, que seriam feitas em todos os batalhões da Região Serrana, é de se apresentar aos policiais e informar sobre a linha de trabalho que será adotada por ele. Em um discurso de pouco mais de 20 minutos para cerca de 70% do efetivo da PM na cidade ( ao todo pouco mais de 400 policiais), o comandante frisou a importância do trabalho da polícia ser feito em conjunto com a sociedade. - Precisamos unir a sociedade a Polícia Militar, unir a instituição, pois sem esse

Erir: linha dura na polícia

apoio não vamos ter sucesso no policiamento ostensivo - ressaltou, enaltecendo os baixos indicies de criminalidade em Petrópolis. O coronel também comentou a importância da

abordagem dos policiais a população, de modo a melhorar a imagem da PM frente à sociedade, e fez questão de destacar que o comando não será complacente com desvios de conduta por parte dos policiais. - Algumas políticas, como a implantação das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), ajudaram a melhorar a imagem da PM. Mas precisamos combater constantemente a corrupção. Às vezes uma atitude impensada de um policial mancha toda a corporação. Não seremos tolerantes - afirmou. Ontem, o comandante visitaria, além do 26º Batalhão, os batalhões de Teresópolis, Nova Friburgo, Magé e Três Rios. Até o final do ano, todas as 39 unidades, em todo estado, serão visitadas.


QUINTA-FEIRA, 15 DE DEZEMBRO DE 2011

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

7

CIDADE

Parada de Luz acontece nesta sexta e domingo Arquivo

Palácio Imperial era o local de Natal e de verão do imperador

Museu tem ações e horários especiais para o fim de ano À época de d. Pedro II, o período das festas de final de ano era um dos mais movimentados em Petrópolis. O imperador gostava de chegar à cidade ainda em novembro e passar o Natal e o verão com a família em seu Palácio Imperial. Da mesma forma, outros nobres se refugiavam na Serra nessa época do ano. Em homenagem a essa tradição, o Museu Imperial oferece ao seu público uma edição especial de Natal do espetáculo Som e Luz. A apresentação acontece no dia 18 de dezembro, domingo, às 20h, e contará com ingressos ao preço promocional de R$ 5,00. Além do espetáculo especial, quem estiver na cidade poderá também desfrutar do Som e Luz regular, que acontece às quintas, sextas e sábados, às 20h, com ingressos a R$ 20, e de um Sarau Imperial, nas sextas, às 18h30, com entrada a R$ 10. Contudo, devido aos feriados, não haverá apresentações do Som e Luz nos dias 24 de dezembro (véspera de Natal) e 31 de dezembro (Réveillon). No período, também haverá horários especiais de visitação. Nos dias 24 e 31 de dezembro, o palácio estará aberto das 11h às 14h. Já em 25 de dezembro e 1º de janeiro, não haverá visitação. Para mais informações sobre os eventos do Museu Imperial, acesse www.museuimperial.gov.br ou entre em contato pelo e-mail

mimp.someluz@museus.gov. br ou pelo telefone (24) 22454668. OS ESPETÁCULOS O espetáculo Som e Luz oferece ao público a oportunidade de reviver alguns dos mais importantes momentos do Segundo Reinado no Brasil. Essa superprodução, com duração de 45 minutos, utiliza efeitos especiais de iluminação e sonorização para dar ao público a impressão de uma viagem no tempo, diretamente para o baile das princesas Isabel e Leopoldina. Ao longo do trajeto, os participantes são conduzidos pelos jardins, observam as silhuetas do imperador e dos convidados nas janelas do Palácio e assistem a um filme projetado em uma cortina d’água, que se torna um espetáculo à parte. Um Sarau Imperial proporciona a vivência de uma atividade de lazer comum no século XIX. Durante uma dramatização de 45 minutos, os visitantes são convidados para um sarau oferecido em 1878 pela princesa Isabel e seus amigos: o pianista Isidoro Bevilacqua, a condessa de Barral, a baronesa de Loreto e Adelaide Taunay. Ao longo do espetáculo, eles conversam sobre aspectos políticos, sociais, econômicos e culturais do período, com diálogos baseados em correspondências da família imperial, embalados por modinhas imperiais e declamação de poesias.

Serviços Som e Luz especial de Natal Data: 28 de dezembro de 2011 – 20h Local: Jardins do Museu Imperial Ingressos: R$ 5,00 - bilheteria do Museu Imperial Informações: mimp.someluz@museus.gov.br / (24) 2245-4668 Horários especiais de visitação 24 e 31 de dezembro: das 11h às 14h 25 de dezembro e 1º de janeiro: não haverá visitação Museu Imperial Endereço: Rua da Imperatriz, 220 – Centro – Petrópolis, RJ Telefones: (24) 2245-5550 / (24) 2245-5560 E-mail: mimp.faleconosco@ museus.gov.br Site: www.museuimperial. gov.br Preços: Adultos: R$ 8,00 Estudantes, professores e maiores de 60 anos: R$ 4,00 Menores de 7 anos e maiores de 80: gratuito Moradores de Petrópolis e

petropolitanos, às quartasfeiras e no último domingo do mês: gratuito Som e Luz Quintas, sextas e sábados, às 20h Preços: Adultos: R$ 20,00 Estudantes, professores e maiores de 60 anos: R$ 10,00 Menores de 7 anos e maiores de 80: gratuito Moradores de Petrópolis e petropolitanos, às sextasfeiras: R$ 5,00 Informações: (24) 22458962 ou (24) 2245-4668 Um Sarau Imperial Sextas às 18h30 - mediante compra de ingressos Preços: Adultos: R$ 10,00 Estudantes, professores e maiores de 60 anos: R$ 5,00 Pacotes promocionais visita Museu + Sarau + Som e Luz Informações ao público: (24) 2245-8962 ou (24) 22454668 Agendamento de escolas: (24) 2245-7735, de segunda a sexta-feira, das 11h às 17h.

Cancelada no último sábado devido as fortes chuvas, o primeiro desfile da Parada de Luz será realizado nesta sexta-feira, dia 16, às 20h na Rua do Imperador. A segunda apresentação acontece no dia 18 no mesmo horário e local. Totalmente reformulado, o projeto que leva a assinatura do diretor de Cultura da Fundação de Cultura e Turismo de Petrópolis (FCTP), Arthur Varella, contará com nova trilha sonora, além muitas novidades. - A Parada de Luz este ano cresceu, ganhando novas alas e carros alegóricos tão bonitos quanto os do ano passado. Esperamos fazer um grande desfile - declarou Varella. A Parada de Luz contará com 15 alas, quatro carros alegóricos e seis tripés (4 carros de doces e 2 guirlandas gigantes). No total, 271 pessoas desfilarão pela Rua do Imperador, levando a ma-

gia e o encanto do Natal para petropolitanos e turistas. Anjos patinadores e de luz abrirão o desfile, seguidos das estrelas de Belém, dos pastores e os três Reis Magos em pernas de pau dando passagem para o menino Jesus no carro da Manjedoura. Bonecas, soldadinhos de chumbo e ursos de pelúcia farão parte da segunda parte do desfile que traz como carro tema “Loja do Papai Noel”. As delícias do Natal serão representadas por mestres cucas, pirulitos, a grande ceia dos países, além de carros de doces e a grande Arca de Natal. Para finalizar, gnomos, crianças, mamães Noel e os maquinistas abrem passagem para o Papai Noel em seu trem encantado. Outra novidade é a montagem de arquibancadas que oferecerá mais conforto ao público e uma área exclusiva para portadores de necessidades especiais.

Fotos:Divulgação

O direito de Cultura Arthur Varella, que assina o projeto

Novo presidente do Conselho de Cultura quer gerar novas alianças O Conselho Municipal de Cultura já tem novo nome na presidência: Leonardo Randolfo, liderança jovem que desponta através do segmento de Canto Coral, do qual é representante; e Pedro Troyack, gerente de programação cultural da Fundação de Cultura e Turismo, como o vice-presidente. O objetivo do jovem regente ao assumir o Conselho é levar sua experiência bem sucedida no Canto Coral aos demais segmentos da cidade. Seus planos giram em torno da busca de alianças com empresas, com vistas a possíveis patrocínios para propostas inseridas no plano municipal de cultura; junto à iniciativa privada quer conseguir a capacitação dos profissionais envolvidos com a cultura local e ainda promover parcerias com as tradicionais instituições locais, a fim de ampliar o acesso da população à cultura. Para Leonardo, é importante também a busca de alianças e parcerias que permitam uma maior participação dos artistas da cidade, na construção de estratégias para o desenvolvimento da área cultural. E outro ponto

Leonardo Randolfo tem apenas 23 anos e desponta no segmento de Canto Coral

que o jovem regente considera primordial em seu mandato é procurar acelerar o andamento da priorização de projetos incluídos no Plano Municipal de Cultura. Com apenas 23 anos, Leonardo Randolfo Pires atualmente é também coordenador do Programa “Canta

Petrópolis”,da Secretaria de Educação, e membro da Comissão Julgadora do Prêmio Maestro Guerra-Peixe de Cultura. Iniciou seus estudos de música aos seis anos de idade nos Canarinhos de Petrópolis e aos 12 anos começou a dar aulas de música numa escola municipal. Ingressou

no bacharelado em música na Escola de Música da UFRJ em 2007 e desde 2009 é regente do Coral Mirim do Colégio Bom Jesus Canarinhos. Recentemente viajou para a Alemanha e teve aulas de regência com o maestro Winfried Toll para aprimorar seus conhecimentos.

Universidade Católica oferece curso de férias em História Social da Música Os amantes e interessados em música e história não podem perder o curso de férias que o Centro de Teologia e Humanidades da UCP oferece em janeiro: História Social da Música - da Antiguidade ao Romantismo. Dividido em cinco encontros, o curso se propõe a dar aos alunos uma visão diferenciada da relação complexa e mútua entre a arte e a sociedade, demonstrando que na arte não existe apenas uma subordinação estética, mas também, um emaranhado

complexo de transferências e cruzamentos culturais e sociais. Os ministrantes do curso são Leandro Couto Carreira Ricon e Leonardo Perin Vichi. O primeiro é graduado em História pela UCP, mestrando em História pelo Programa de Pós-Graduação em História Comparada do Instituto de História - PPGHC-UFRJ e pesquisador do Laboratório de Estudos do Tempo Presente da mesma instituição. Já Leonardo é graduado em Letras

- Português-Alemão (bacharelado) - pela UFRJ, membro da Diretoria da Sociedade Bach do Brasil, tradutor do Laboratório de Estudos do Tempo Presente, pesquisador da Projekt Mittelalter da UFF. Durante as aulas os professores vão demonstrar a relação entre música e sociedade, analisar como a música pode ser reconhecida como fonte para compreensão da sociedade ao longo da história e avaliar como a música pode ser estruturada pela socie-

dade. As aulas são voltadas a graduandos em História, Letras, Pedagogia e demais interessados pelo tema. O curso tem início previsto na terceira semana de janeiro de 2012 com encontros nos dias 16, 17, 18, 19 e 20 das 19h às 22h. O investimento para alunos e ex-alunos da UCP é de R$ 15,90. Os demais participantes pagam R$ 21. Mais informações e inscrições no setor de Atendimento ao Aluno do campus da Rua Benjamim Constant.

Defesa Civil esclarece atuação e faz alerta sobre a cidade nas redes sociais Desde novembro, a Prefeitura de Petrópolis, através da Coordenadoria da Defesa Civil, em conjunto com o Instituto Estadual do Ambiente (Inea), vem utilizando as redes sociais para informar e alertar em qual estado encontra-se a cidade, antes ou após as chuvas. Há quatro tipos de aler-

tas: vigilância (sem chuvas ou chuvas fracas e espaças/nível de água normal); atenção (previsão de ocorrências de chuvas moderadas e fortes); alerta (registro de chuvas intensas/ subida do nível do rio acima do normal); e alerta máximo (continuação da chuva/rio atingindo 80% do nível de transbordamento).

Os comunicados são recebidos pela Defesa Civil quando há previsão de chuva forte ou possibilidade de transbordamentos dos rios, a partir de estatísticas das estações pluviométricas e fluviométricas distribuídas pelos distritos. Em seguida, o Centro de Operações do Inea envia um

alerta por meio de mensagem de texto para a coordenadoria da Defesa Civil, que é responsável por inserir as informações nas respectivas redes sociais. Para acompanhar os alertas, basta acessar as páginas do Facebook: http://facebook. com/pmpetropolis; ou do Twitter: http://twitter.com/ pmpetropolis.


8

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

cidade

AVISOS E EDITAIS

GGI-M avalia ações positivamente Ascom PMP

Os integrantes do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGI-M) se reuniram na tarde da última terça-feira, dia 13, para discussão e balanço das realizações deste ano. O destaque foi para os atendimentos no núcleo da Justiça Comunitária do Alto Independência, com 1.313 mediações realizadas no bairro, 1.063 orientações e 15 novos agentes contratados. Além disso, o secretário de Segurança, Hélio Moura, informou que já está em curso o processo de licitação para a compra de novos uniformes

A comissão se reuniu para avaliar as ações realizadas este ano

para os guardas municipais. O local da sede do GGI-M e da Secretaria de Segurança já foi definido e as obras começarão em breve. Informou, ainda,

que cinco novos veículos foram comprados e devem ser entregues este mês. Os carros vão ajudar nas rondas. Durante a reunião foram

acertadas medidas de prevenção e uma operação de choque de ordem em alguns pontos no município, com o objetivo de prevenir e coibir o consumo de bebida alcoólica por menores, tráfico de drogas, excesso de barulho, motoristas dirigindo sob efeito de álcool, entre outras irregularidades. Estiveram presentes representantes das secretarias de Segurança, Esporte, Meio Ambiente e Fazenda, Guarda Municipal, Defesa Civil, Fundação de Cultura e Turismo de Petrópolis e 105º Delegacia de Polícia.

AVISOS E EDITAIS

SEPULTAMENTO

Diário de Petrópolis S.A Assembléia Geral Extraordinária

Quarta-feira, 14/12/2011 Cemitério Municipal Sebastião Xavier de Oliveira, 41 anos, Quarteirão Brasileiro, 11h30 Marina da Silva, 63 anos, Madame Machado, 9h Zélia Campinho Guitas, 90 anos, Centro, 14h Josefa Dantas Tavares, 93 anos, Independência, 16h30 Manoel Paiva da Silva, 76 anos, Mosela, 16h30 Cemitério de Itaipava Não houve sepultamentos OBS. AS INFORMAÇÕES ACIMA SÃO FORNECIDAS AO DIÁRIO POR FUNCIONÁRIOS DAS SECRETARIAS DOS CEMITÉRIOS,

Pelo presente Edital de Convocação ficam convidados os senhores acionistas do DIÁRIO DE PETRÓPOLIS S.A, a se reunirem em Assembléia Geral Extraordinária no dia 30 de dezembro de 2011, às 17:00 horas, em primeira convocação ou às 17:30 horas em segunda convocação, com qualquer número de acionistas, em sua sede, na Rua Epitácio Pessoa, 84 – Centro – Petrópolis/RJ, a fim de deliberarem sobre a seguinte ordem do dia: a) Rerratificação da Ata realizada em 27 de junho de 2011. Petrópolis, 15 de dezembro de 2011 Paulo Antonio Carneiro Dias

Cartório de 3º Ofício de Petropolis

15/12/2011

Terceiro Ofício - Petropolis - RJ

Pag: 1

R. do Imperador, 1021 - Centro

Relação do Edital dia 15/12/2011 Acham-se afixados neste cartório, conforme a lei 9492/97, art. 15 $1 - Processo 89.877/99 CGJ/RJ, para serem protestados os títulos de responsabilidade de: Protestar em 16/12/2011 CEBEM PAPELARIA LIVRARIA LTDA. RUA DO IMPERADOR,264 - LOJA 13

Vencto: 14/11/2011 Cheque Administrativo

Emissão:13/10/2011 Custas

106,39 Total

Valor:

Protocolo

033 - BANCO SANTANDER S.A.

19835

EDITORA MARTIN CLARET LTDA

13/12/2011

EDITORA MARTIN CLARET LTDA

Número: 32487-2

DUPLICATA MERCANTIL

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF 003930095000130

340,33

446,72 ou Dinheiro Custas

106,39 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

460,75

Intimo-os a pagarem ( através de cheque administrativo ou dinheiro com guia de pagamento a ser retirada neste tabelionato ), ou no caso da falta de aceite, comparecer para aceita-lo, ou dar-me as razões por que não o faz. Ficando assim já intimado do respectivo protesto no prazo estipulado na forma da lei. Petropolis, 15/12/2011 João Correia Lima Neto - Escrevente

Tranqüilidade

para a sua empresa

Contabilidade de última geração, sistema avançado de informática Escrita Fiscal – Rotinas Trabalhistas e Folha de Pagamento Sistemática Departamento Jurídico – Direito Cível – Direito Trabalhista Projetos Econômicos – Análise de viabilidade e capacidade de sua empresa – Administração de Bens e Serviços – Corretagem e Administração de Imóveis – Equipe com treinamento especializado Direção Técnica: Márcio Tesch Economista – Corecon 10582 Advogado – OAB/RJ 59.566 Tec. Contab. – CRC/RJ 25.384-0

Rua do Imperador, 772 – Gr 105/106 – Centro Petrópolis – RJ. Tel/Fax: (024) 2231-6212 / 2231-3322

L e i a o D i á r io n a I n t e r n e t : www.diariodepetropolis.com.br

Há 30 anos era publicado Em sua edição número 2.370, de 15 de dezembro de 1981, uma terça-feira, o DIÁRIO publicou os seguintes destaques: AMEAÇA DE DESABAMENTOS - A região mais ameaçada por novos desabamentos é a Bela Vista, onde a Pedra Cabeça de Cavalo está solta, segundo o testem unho de moradores que foram ao local. Em consequência, a Defesa Civil interditou a área, evacuou cerca de mil moradores e acionou a Secretaria de Obras, para demolir as casas que correm o risco de ruir. EDIFICAÇÕES INTERDITADAS - A Secretaria de Obras anunciou ontem a interdição de novas edificações e ao uso de moradias nas áreas ameaçadas por novos desabamentos, ou que já foram atingidas. Segundo Marcelo Iliescu, é difícil relacionar as áreas incluídas nesta interdição, “porque Petrópolis é uma grande favela. O que o ministro Andrazza viu em sua visita não representa nem 10% do que realmente aconteceu à cidade”. MAIS SOTERRADOS - O Corpo de Bombeiros acredita que ainda há corpos soterrados no Morro da Bela Vista pois, de acordo com informações de alguns moradores do local, algumas pessoas continuam desaparecidas. Todo o efetivo da corporação na cidade está mobilizado no trabalho de cortes de árvores, retirada de barreiras e vários outros serviços na região.


SÃO SEBASTIÃO Hoje é dia de Santa Virginia e dia do jardineiro. A secretaria da Igreja de São Sebastião funciona de 3ª a 6ª feira de 15h às 18h na Praça Frei Leão. O pároco é o Padre José Rosa de Miranda que atende as capelas de São José, na Rua Olavo Bilac e Nossa Senhora de Fátima, no Siméria.

D

iário nos

B

airros

diarionosbairros@diariodepetropolis.com.br

Contas em dia e relação de obras Síndica Ana Cristina tenta o quinto mandato hoje em eleição no BNH da Mosela. Ela tem sequência de serviços prestados como trunfo A síndica Ana Cristina Kroker Pelka pode se eleger pela quinta vez na eleição de hoje no Condomínio do Parque Residencial 29 de Junho – BNH da Mosela – na Comunidade Alberto de Oliveira. A grande vantagem dela é a comprovação de todas as contas da administração em dia, incluindo os direitos trabalhistas dos funcionários. Reconhecida não só no condomínio pelos serviços prestados, mas em toda localidade por apoiar pessoas que necessitam de ajuda, Ana Pelka informa que quer continuar lutando pela administração do conjunto. - Conquistamos recentemente a reforma de todas as estruturas dos blocos e também serviços que serão

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

executados na área externa – lembrou, com respeito à obra que será feita pela Secretaria de Estado de Habitação.

A síndica destaca que na administração dela todas as contas do conjunto estão devidamente em dia.

- É uma coisa que eu sempre preservei e me empenhei em não deixar dívidas – revela. – Fundo de Garantia, Imposto Sobre Serviços, INSS, PIS, entre outros. Tudo está em dia. A primeira convocação da assembléia de hoje será às 19h no salão de festas do BNH. A segunda as 19h30 com qualquer número de moradores aptos a votar. Serão apresentadas as prestações de contas do exercício de 2010/11; previsão orçamentária para o ano de 2012; e assuntos gerais seguindo a eleição. - Acho que mereço ser a pentacampeã – concluiu Ana Pelka, com respeito ao grande número de serviços prestados nos quatro mandatos que teve e na expectativa de vitória na noite de hoje.

sentos do veículo da Viação Esperança. A reclamação foi feita ontem pelo morador Osório Batista. - Eu fui um dos prejudicados. Tinha compromisso no centro da cidade as 12h e não pude cumprir o horário. É um absurdo que isto aconteça – afirmou.

Osório identificou uma vizinha como Sebastiana Maria de Oliveira que, segundo ele, também foi prejudicada por causa do atraso em mais de uma hora da saída do ônibus.t A linha Centro/ Bataillard tem quatro ônibus desde as primeiras horas da manhã até as 20h quando o

número de carros diminui para dois. - O estado precário dos ônibus faz com que quebrem diariamente e os usuários fiquem prejudicados constantemente. Não é a primeira vez e acredito que nem será a última que isto acontece. – previu, ao encerrar.

BNH da Mosela. Moradores votam hoje em assembléia geral no salão de festas

9

ALCOÓLICOS ANÔNIMOS Hoje 19h: Nogueira, Rua Princesa Leopoldina, 596. 19h30: Bairro Castrioto, Rua Santa Rita de Cássia, 30; Castelânea, Praça Pasteur, 79; Araras, Estrada Bernardo Coutinho, 1.626; e Fazenda Inglesa, Estrada da Fazenda Inglesa, 4.583. No Centro, Rua Paulo Barbosa, 180, 17h e 19h30.

Depois da dificuldade, festa de Natal animada em Vista Alegre Foi animada a festa de Natal anteontem no Centro de Educação Infantil Vista Alegre, em Araras. Distribuição de brinquedos, doces, salgados, refrigerantes e um enorme bolo foram atrações no evento que contou com a presença de convidados do bairro, região e na grande maioria os pais dos menores que estudam e praticam o lazer na instituição. A professora Rosângela Ro-

cha lembrou que este ano a organização teve dificuldades para angariar recursos para promover a festa. Disse que um dia antes do evento os brinquedos não totalizavam o número das mais de quarenta crianças matriculadas na Vista Alegre e que uma colaboradora supriu o problema. Cursada em teatro ela encenou a peça A Princesa e o Sapo com os menores narrando.

Ainda estão faltando brinquedos e refrigerantes para serem distribuídos aos menores na festa de Natal que a Associação de Moradores do Alto Siméria – AMAS – vai promover no próximo domingo. Os diretores da entidade estão pedindo o apoio de segmentos diversos da comunidade para lembrarem da comunidade. A vice presidente da AMAS Simone Neves informou que já

estão certos cachorro quente e diversões como pula pula, futebol de sabão e piscina de bolinhas. Além disso, este ano serão sorteados noventa eletrodomésticos para adultos durante o evento que será realizado no centro comunitário da Rua Manoel Francisco de Paula. Quem puder colaborar pode fazer o contato com Simone pelo telefone 9215 8145.

Parece não ter fim as reclamações em Itaipava sobre o lixo acumulado e água empoçada na beira do Rio Piabanha no local onde seria construída a Praça da Confluência na ponte de acesso a Estrada da Manga Larga. Pedro Celestino, morador da Vila Rica, foi outro a queixar-se da situação e alertar sobre risco de doenças. - Se alguma criança brincar

próximo dos buracos abertos poderá contrair doenças. Além de correr o risco de quedas – afirmou ontem, por telefone e depois de ler a notícia do DD sobre a situação no local e dizer que passa no lugar dia sim dia não. Moradores estão reclamando da situação desde a semana passada e pedindo que as autoridades tomem providências para resolver a situação.

Siméria pede apoio para poder realizar festa de Natal domingo

Outra reclamação de acúmulo Moradores do Bataillard se revoltam por causa da longa espera por ônibus de lixo e buracos em Itaipava

Moradores do Bataillard ficaram revoltados no bairro no ponto final do ônibus no final da manhã e início da tarde de anteontem. O motivo foi a falta de coletivos desde as 11h até as 12h25 quando chegou um carro para transportar os usuários que, aquela altura do horário ocuparam todos os as-

CIDADE

Shopping faz programação especial para o fim de ano O Shopping Estação Itaipava traz uma programação completa para o último mês do ano. A magia do Natal é contemplada com o Papai Noel, que marca presença pela última vez em 2011. Além disso, oficinas de desenho e arte irão mostrar como fazer desenhos natalinos passoa-passo, cartões e enfeites para decorar a sua árvore de Natal. As oficinas acontecem no próximo sábado, dia 18, às 18h, no Teatro Itaipava. Para participar,

basta doar 1 kg de alimento não-perecível para a campanha “Um freio na fome”, da Concer (concessionária que administra a BR-040), que enviará as doações para instituições sociais. Nos dias 17 e 18, o Papai Noel faz a parada do trenó no ponto alto da Serra. O bom velhinho chega às 16h e só sai às 22h. - Quem estiver aqui vai poder tirar fotos e ver a inauguração da decoração de Natal - explica Priscila Amichi, assessora de ma-

Pão francês - R$ 5,99kg (somente no balcão) Entrega em domicílios Rua Epitácio Pessoa, 100 (atrás dos Correios) Centro - Petrópolis - RJ Tel. 2231-2160

rketing do shopping. Os espetáculos infantis também irão marcar presença no Estação: no dia 18, o coral Estrelinhas de Natal se apresenta no cenário do Papai Noel. Mas não para por aí: no Natal do Shopping Estação Itaipava, a sorte pode estar do seu lado, com o concurso cultural “Estação é mais Natal”, que levará uma pessoa para um resort na Bahia, com tudo pago. A cada R$ 100 em compras, a pessoa ganha um cupom e passa a concorrer.

Leia e assine o Diário de Petrópolis Tel.: 2246-3807


10 57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Agenda Cultural

marciosalerno@diariodepetropolis.com.br

Especial INSTITUTO OMAR CARDOSO

HORÓSCOPO Áries - (21/03 a 20/04) Tenha mais calma e compreensão, ao tratar com amigos, familiares e com a pessoa amada. Não se exalte. Fluxo benéfico para corresponder-se com alguém e aos passeios. Boas notícias. Este é um ótimo momento para iniciar novos cursos e aumentar a sua capacidade intelectual. Touro - (21/04 a 20/05)

Você terá, hoje, boas oportunidades de fazer amizades valiosas e propícias para o futuro. As relações pessoais e a vida conjugal e amorosa estarão muito harmoniosas. O trabalho lhe trará lucros compensadores. Prepare-se para um super-encontro amoroso. Gêmeos - (21/05 a 20/06)

Está fase do zodíaco influirá sobre o seu trabalho, denotando melhoria nos lucros, possibilidade de boas relações com empregados e bom período para comprar aparelhagem e equipamentos para seu consultório, escritório, ou ambiente de trabalho. Câncer - (21/06 a 22/07)

Não é um dia feliz para os negócios novos. Deverá deixar tais coisas para uma data mais propícia. Cuidado também com extravagâncias, com assuntos extraconjugais e com tudo que possa prejudicá-lo. Leão - (23/07 a 22/08)

Somente as questões de ordem amorosa e familiar estarão favorecidas nesta data. Por mais atrativo que seja um negócio, trate de evitar a precipitação e a curiosidade excessiva. Poderá se prejudicar. Tenha mais paciência.

Virgem - (23/08 a 22/09)

Com prudência e reserva, você chegará onde deseja. Propício no plano profissional, financeiro. Dia favorável para jogos, loterias, sorteios e casamento. Para as coisas do amor, muita neutralidade. Tudo o que fizer deverá ser revestido de sutileza.

Libra - (23/09 a 22/10)

Não deverá se precipitar neste dia, pois dará lugar a erros absurdos. Seja mais cauteloso e use sua inteligência para colher melhores frutos deste dia. Excelentes chances no amor. Cuide de sua saúde antes que um mal se torne crônico.

 Escorpião - (23/10 a 21/11) Excelente influência para a sua projeção profissional e social, e para tratar com personalidades governamentais e administrativas. Tendência a você procurar relacionamentos clandestinos, omitindo a verdade para conseguir o que deseja nesse sentido.

Sagitário - (22/11 a 21/12)

Notícias e novidades com maior interesse podem surgir no final deste dia. Ao tratar de negócios com outras pessoas, saiba avaliar suas possibilidades e as dos outros. Até depois de amanhã, algo poderá dar muito lucro.

 Capricórnio - (22/12 a 20/01) Não se torne insistente suas pretensões, junto aos seus superiores. O dia é favorável às relações familiares e com a pessoa amada. Cuidado com acidentes, principalmente os de trânsito. Seu desprendimento pessoal, faz as pessoas acreditarem mais em você.

HAPPY FEET 2 – O PINGUIM – Censura livre – Horários: 16h30 e 20h30 2ª feira – dia 12 – não haverá sessão

Ingressos: terças e quartas ingresso promocional a R$ 6 para todos (exceto feriados). Preço de ingressos as quintas e sextas - inteira R$ 14 e meia R$ 7. Preço de ingressos aos sábados e domingos - inteira R$ 16 e meia R$ 8.

dadinhos de chumbo e ursos de pelúcia farão parte da segunda parte do desfile que traz como carro tema “Loja do Papai Noel”. As delícias do Natal serão representadas por mestres cucas, pirulitos, a grande ceia dos países, além de carros de doces e a grande Arca de Natal.

Para finalizar, gnomos, crianças, mamães Noel e os maquinistas abrem passagem para o Papai Noel em seu trem encantado. Outra novidade é a montagem de arquibancadas que oferecerá mais conforto ao público e uma área exclusiva para portadores de necessidades especiais.

O artista plástico Luiz Aquila da Rocha Miranda, morador em Petrópólis há muitos anos, inaugurou uma exposição no último dia 13, na Galeria Patrícia Costa, Rio de Janeiro, Avenida Atlântica, 4.240, loja 226, Shopping Cassin o Atlântico. Visitação

de segunda a sexta, 11h às 19h e sábados, 12h às 18h. A expo é coletiva e, juntop com Aquila, estão os artistas plásticos Celeida Tostes, Manfredo de Souzanetto e Maurício Bentes. Para quem gosta de arte e vai estar no Rio de Janeiro, uma grande pedida.

Natal de Luz

Atrações para hoje no Centro e em alguns bairros da cidade

OS MUPPETS – Censura livre – Horários: 14h30 e 18h30 2ª feira – dia 12 – não haverá sessão

CINE BAUHAUS R. Dr. Nelson de Sá Earp, 89 Shopping Center Bauhaus Centro

CINE HIPERSHOPPING MERCADO ESTAÇÃO Rua Paulo Barbosa, 310 / 1º piso Centro - Petrópolis Cine Fone: (24) 2249-9900 www.cinemaxx.com.br

SALA 1

SALA 1

HAPPY FEET 2 – Censura livre – Horários: 14h30 e 16h40

OPERAÇÃO PRESENTE – Censura livre – Horários: 15h, 17h e 19h 2ª feira – dia 05 – não haverá sessão

A Parada de Luz promete iluminar ainda mais a cidade no fim de semana

Artes

As atrações do Natal de Luz 2011 continuam, hoje. No Centro Histórico, às 15h, tem Festival de Cinema Infantil Natal de Luz, com o filme “Menores Desacompanhados”, censura livre, entrada franca. No Cine Humberto Mauro do Centro de Cultura Raul de Leoni. Às 19h, Festival de Cinema Natal de Luz, com o filme “De Porta em Porta”, censura 14 anos, entrada franca, mesmo local. Às 19h30, Noite de Luz com Cláudia Viana, na Praça da Liberdade. Às 20h, Serenata Imperial Especial de Natal, no Palácio de Cristal. Às 20h, Coral Quartifusa na

SALA 2

TOP

O PREÇO DO AMANHÃ – Censura 12 anos – com Cillian Murphy – Horários: 18h45 e 21h

A SAGA CREPÚSCULO – AMANHECER – parte 1 – Censura 12 anos – com Robert Pattinson - Horários: Horários: 21h 2ª feira, dia 12, não haverá sessão

SALA 2 A SAGA CREPÚSCULO AMANHECER PARTE 1 – Censura 12 anos – com Kristen Stewart – Horários: 14h, 16h30, 19h e 21h15

SALA 2

Preços: Segunda é dia de cinema. Ingressos a R$ 3 em todas as sessões. Terça a quinta (exceto feriados): Sessões iniciadas até 15h59min Inteira: R$ 10 (meia: R$ 5). Após 16h inteira: R$ 12 (meia: R$ 6). Sexta a domingo e feriados: Sessões iniciadas até 15h59min inteira: R$ 12 (meia R$ 6) Após 16h inteira: R$ 14 (meia R$ 7). Lembrando que estamos com uma promoção de terça a domingo: todas as pessoas pagam meia entrada.

A SAGA CREPÚSCULO – AMANHECER – parte 1 – Censura 12 anos – com Robert Pattinson – Horários: 14h, 16h20, 18h40 e 21h 2ª feira – dia 12 – não haverá sessão SALA 3 O PALHAÇO – Censura 10 anos – com Selton Mello – Horários: 15h10 e 19h10 2ª feira – dia 12 – não haverá sessão

TOP CINE HIPERSHOPPING ABC Rua Teresa, 1415 / 2º piso Alto da Serra – Petrópolis Cine Fone: (24) 2249-9900 www.cinemaxx.com.br

OS ESPECIALISTAS – Censura 14 anos – com Jason Statham – Horários: 17h10 e 21h10 2ª feira – dia 12 – não haverá sessão

Filmes na TV SABRINA NA AUSTRÁLIA – GLOB O – 16H05 – COM MELISSA JOAN HART Baseado em uma série televisiva, o filme traz a estória de uma ‘patricinha’ americana que vai parar na Austrália e, lá, na terra dos cangurus, se mete em encrencas, ao encontrar um deus marinho sem sentidos, na praia. ‘Os Fantasmas de Scrooge’ hoje, no Duarte da Silveira

Igreja Santa Catarina. No Duarte da Silveira, às 19h, Festival de Cinema Itinerante, com o filme “Os

Fantasmas de Scrooge”, censura livre, entrada franca, na Quadra do Posto de Saúde Rua Luiz Winter.

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br Proibição tácita de caráter cultural Elementos usados na fabricação de pilhas

© Revistas COQUETEL 2012

Ângulos formados por dois planos

Ligar; unir

Cidadesede das Olimpíadas de 2016

Bastião (Mil.) Complexo (?), instalação que recebe aviões

Beque (fut.)

Férias

Sesi vai inaugurar colônia para crianças mês que vem

Barranco Como anda o naturista A velocidade da luz, na equação E=mc2

Dom (fig.) Desejo do artista de vanguarda

Suspiro (Cul.) Doutor (abrev.)

Achavam graça Substitui a carne na dieta vegetariana

Contemporâneos Cometa enganos Metro (símbolo)

Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (sigla) Vogal da vaia

Hábitat da onça

Olho, em espanhol A foto guardada no micro

Furiosa; irada

Aquário - (21/01 a 19/02)

Não será conveniente aventurar-se em novos negócios. Cuidado com o excesso de gastos. Mantenha-se em suas atividades rotineiras e muitos benefícios receberá em breve. Você tem a capacidade de ver o mundo com olhos abrangentes.

Proteger O acusado de um crime (?) Pires, a Estela Rangel de "Araguaia" (TV)

Casa de esquimós Antecessor da TV Leito portátil de ambulâncias

Enredo; intriga

Fruta conhecida como pinha Capacitar

 Peixes - (20/02 a 20/03) Marca o início da partida de basquete

O Sesi abre uma colônia de férias para a criançada em janeiro

O Sesi Petrópolis começa o ano garantindo muita diversão para a garotada, com a colônia de férias de verão. A programação, entre os dias nove e 27 de janeiro, de segunda a sexta-feira é voltada para crianças e adolescentes que têm entre 4 e 12 anos. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas diretamente no Sesi,

na Av. Barão do Rio Branco, 2.564, de segunda a sexta-feira das 7h às 22h e aos sábados das 9h às 18h. No ato da inscrição é preciso apresentar atestado médico liberando para atividades aquáticas e recreativas ou carteirinha de lazer em dia com o exame, cópia certidão de nascimento, uma foto 3X4 e carteira de identidade e CPF

BANCO

do responsável. As atividades da colônia de férias serão dividas por faixa etária (4 a 6 anos, 7 a 9 anos e 10 a 12 anos), de segunda a sexta-feira das 13h às 18h. Incluem desde atividades recreativas e esportivas a oficinas, caça ao tesouro e paintball de bexiga. Mais informações: assim. pet@firjan.org.br.

Modelo de carro criado por Ford

Objeto inanimado

3/ojo. 4/soja — tabu. 7/diedros. 10/resguardar.

Bom dia para iniciar negócios relacionados com a indústria e propriedades. Contudo, não deixe de olhar e zelar pelo bem de seus familiares e não fuja das suas responsabilidades e problemas.

(?) Bunny, a paixão de Pernalonga (HQ)

Capitão da Seleção do Tetra (fut.)

16

Solução A E R O P O R T U A R I O

AMANHECER - PARTE 1 SAGA CREPÚSCULO – Censura 12 anos – com Robert Pattinson – Horários: 15h, 17h10 e 19h30, exceto 2ª feira - Sessão extra sexta e sábado, 21h50

D F E I R O C E I R D O T I R E N O S O S E S O V J A R D A R A I I G L R V I O A L D O T A I S A O A L T

CINE ITAIPAVA Est. União & Indústria, 11.000 Itaipava

T J A G U B A N U T M A D E R R RE N S G U E U L E O V G A MA C O L A A

Cancelada no último sábado devido as fortes chuvas, o primeiro desfile da Parada de Luz será realizado amanhã, às 20h, na Rua do Imperador. A segunda apresentação acontece no dia domingo, também às 20h. Totalmente reformulado, o projeto contará com nova trilha sonora, além de muitas novidades. A Parada de Luz contará com 15 alas, quatro carros alegóricos e seis tripés (quatro carros de doces e dois guirlandas gigantes). No total, 271 pessoas desfilarão pela Rua do Imperador, levando a magia e o encanto do Natal para petropolitanos e turistas. Anjos patinadores e de luz abrirão o desfile, seguidos das estrelas de Belém, dos pastores e os três Reis Magos em pernas de pau, que abrirão passagem para o menino Jesus no carro da Manjedoura. Bonecas, sol-

GATO DE BOTAS – Censura livre – Horários: 15h, 17h, 19h e 21h 2ª feira – dia 12 – não haverá sessão

Z R I N C M O E M R E R C U T R I B O

Desfile de Natal vai acontecer nesta sexta e no domingo

SALA 1


quinta-feira, 14 de dezembro de 2011

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

57 anos

11

economia

Rio de Janeiro impulsiona turismo no país n Marcelle Colbert e Charline Fonseca / Imprensa RJ O bom momento econômico e a pacificação de comunidades do Rio de Janeiro têm atraído mais turistas estrangeiros ao Brasil. De acordo com a Secretaria de Turismo, o estado receberá 31% dos 5,4 milhões de visitantes que chegarão ao país até o fim deste ano. O Rio lidera o ranking do destino mais procurado para o lazer, concentrando 27,3% da demanda nacional. Além disso, a cidade registra os maiores índices de ocupação da rede hoteleira. - Até 2014, durante a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016, a expectativa é de que esse número cresça 15% ao ano e o Rio de Janeiro receba 3 milhões de estrangeiros - afirmou o secretário de Turismo, Ronald Ázaro. Segundo o Embratur (Instituto Brasileiro de Tu-

rismo), dos 5,1 milhões de turistas que chegaram ao Brasil em 2010, 1,6 milhão tiveram como destino o Rio de Janeiro. Ainda de acordo com a autarquia, vinculada ao Ministério do Turismo, o gasto médio per capita/dia do turista que visita o Rio em busca de lazer é de US$ 105,23.

Fotos: Divulgação

- Para comemorar o recorde deste ano, o instituto irá recepcionar e presentear os turistas estrangeiros que desembarcarem no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro, a partir da semana que vem - disse o presidente do Embratur, Flávio Dino.

n mais de 90% dos hotéis estão com quartos reservados para o réveillon

A última pesquisa realizada pela ABIH-RJ (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Estado do Rio de Janeiro) mostra que os hotéis da cidade do Rio já estão com 90,39% de quartos reservados para o réveillon. As taxas mensais de ocupação hoteleira em 2011 superam as expectativas de mercado, totalizando uma taxa anual de 80%. - Os bairros mais procurados são Ipanema e Leblon (97,67%), seguidos por Centro, Flamengo e Botafogo (97%). Copacabana já tem 94, 67% dos quartos ocupados e a Barra da Tijuca, 72,50%. Nossa expectativa é ultrapassar os 95% de ocupação até o último fim de semana do ano - ressaltou o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio de Janeiro, Alfredo Lopes.

O Rio de Janeiro é o destino mais procurado pelos turistas e impulsiona o crescimento do setor

Turismo doméstico em crescimento Com a pacificação nas comunidades e a diminuição dos índices de criminalidade , o SindRio (Sindicato de Hotéis, Bares e Restaurantes) estima que restaurantes e bares tenham um incremento de 30% no movimento de turistas neste verão. De acordo com o presidente do SindRio, Pedro de Lamare, a

maioria dos visitantes é brasileiro. - Apesar do aumento da visibilidade do Rio no Brasil e no mundo, em função da crise internacional, a grande movimentação de turistas na cidade em 2012 deve se dar pelo mercado interno aquecido - disse Pedro de Lamare.

Fazenda descarta redução do IPI para carros nacionais em 2012 n Luciene Cruz - ABr

Andrade diz que seria necessário um aumento na taxa de 24%

CNI defende elevação da taxa de investimento n Daniel Mello - ABr

O presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, defendeu a elevação da taxa de investimentos no Brasil para que o país possa alcançar o crescimento de 5% do Produto Interno Bruto (PIB) almejado pelo governo. Segundo ele, seria necessário um aumento de pelo menos 24% na taxa de investimento para a economia brasileira alcançar o crescimento necessário. Robson Andrade ressaltou que é preciso dar atenção à massa de novos trabalhadores que entrará no mercado de trabalho nos próximos anos. Para ele, só com novos investimentos será possível suprir essa demanda na economia brasileira. - É preciso que tenhamos esses investimentos, principalmente em infraestrutura, onde há deficiência. Precisamos reduzir os gargalos. Também nossos portos e rodovias têm custos elevados. Para 2012, o presidente da CNI vislumbra um cenário um pouco melhor do que o de 2011, apesar da crise econômica internacional. A CNI revisou de 3,4% para 2,8% a projeção

do PIB em 2011 e projetou crescimento de 3% em 2012. Nas estimativas da instituição, o crescimento do PIB da indústria também será baixo este ano, 1,8%, subindo para 2,3% em 2012. - O que estamos vendo é que o cenário deve melhorar um pouco. Mas [o crescimento] é baixo, porque a indústria poderia crescer mais. Andrade apontou os prejuízos causados à economia do país pela elevada carga tributária e pelos custos trabalhistas. Segundo ele, embora o salário do trabalhador tenha crescido, esses custos continuam altos, resultando em prejuízos para o crescimento da economia. - Não sou contra o salário do trabalhador. Sou contra os altos encargos que a indústria paga - disse ele. Entre os vários problemas do setor, Andrade destacou ainda a concorrência dos produtos brasileiros com os importados, que deverá se acirrar com a queda da demanda nos Estados Unidos e na Europa por causa da crise. Para ele, a indústria asiática, com a redução da demanda nesses mercados, deverá destinar cada vez mais seus produtos para o Brasil.

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, descartou a redução da alíquota do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para veículos nacionais para o próximo ano. Por meio de nota, o titular da pasta informou que a medida deve ser adotada apenas em 2013. - Futuramente, e mediante programa de investimento e tecnologia, será constituído um sistema automotivo, visando ao aumento da competitividade no setor. Isso deverá ocorrer a partir de 2013 - diz o comunicado. A nota à imprensa des-

Mantega disse que a redução para os nacionais será só em 2013

mente matéria publicada ontem pelo jornal Folha de

S.Paulo. Segundo a nota, o jornal noticiou “a adoção

imediata de uma suposta política de redução do IPI de carros fabricados no Brasil para aumentar o índice de nacionalização dos veículos e reaquecer as vendas no mercado”. Em setembro, a Fazenda anunciou o aumento do IPI para carros importados fabricados fora da Argentina, do Uruguai e do México. Para não serem afetados pelo acréscimo da alíquota, os fabricantes devem seguir algumas regras como ter 65% de peças nacionais. Por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), o aumento deve entrar em vigor 90 dias após a publicação da medida, ou seja, amanhã (16).

Bancos diminuem mais uma vez previsão de crescimento da economia para este ano n Daniel Mello - ABr

Mais uma vez o setor financeiro diminuiu a previsão de crescimento da economia para este ano. Segundo pesquisa divulgada ontem pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban), que ouviu 30 analistas de instituições financeiras, o Produto Interno Bruto (PIB) deve fechar o ano em 2,9%, em novembro a expectativa era de 3,2%. Para 2012, a

estimativa caiu 2 pontos percentuais, ficando em 3,4%. A percepção de 65% dos bancos é que a atividade econômica desacelerou mais do que o previsto nos meses anteriores. As instituições financeiras também acreditam que as medidas anunciadas pelo governo para estimular o consumo terão impacto limitado. Na avaliação de 84% dos analistas a evolução da economia brasileira

em 2012 dependerá do cenário externo. A ações de flexibilização do crédito, entretanto, deverão ter impacto positivo, de acordo com o economista da Febraban Jayme Alves. A estimativa de crescimento do crédito em 2011 subiu de 17,1% para 17,7%. Em 2012, é esperada uma expansão de 16,1%, motivada em parte pelos empréstimos direcionados, que têm a previsão de aumento de 17,2%.

Quanto à inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), foi mantida a previsão da taxa de 6,5% em 2011. Para 2012, ela deve diminuir 3 pontos percentuais. Sobre os juros básicos (Selic) para 2012, os bancos acreditam que o Comitê de Política Monetária (Copom) decidirá por novos cortes, fechando o próximo ano em 9,5%, contra os atuais 11%.

Com mais saídas de dólares, fluxo cambial no mês fica negativo em US$ 424 milhões n Kelly Oliveira - ABr

As saídas de dólares continuam a superar as entradas, de acordo com dados divulgados ontem pelo Banco Central (BC). Neste mês, até o último dia 9, o saldo negativo do fluxo

cambial ficou em US$ 424 milhões. O segmento responsável pelo resultado negativo é o financeiro (registro de investimentos em títulos, ações, remessas de lucros e dividendos ao exterior, entre outras operações), com

saídas superando as entradas em US$ 890 milhões. Já o fluxo comercial (relacionado a operações do comércio exterior) ficou positivo em US$ 465 milhões. De janeiro a 9 de dezembro, o saldo do fluxo cambial é positivo em US$ 66,797

bilhões, contra US$ 25,214 bilhões registrados em igual período de 2010. No acumulado do ano até a semana passada, o fluxo financeiro ficou positivo em US$ 24,063 bilhões. O comercial também ficou positivo, em US$ 42,734 bilhões.

LEIA O DIÁRIO NA INTERNET: www.diariodepetropolis.com.br


12

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

ESPORTES

esportedp@gmail.com

Ari Gomes

Ari Gomes

O técnico Gilson Maciel, orienta a posição dos jogadores. Os treinos são realizados no Estádio Ernani Duarte (Corrêas), e estão sendo muito proveitosos, segundo a comissão técnica do Imperial

Imperial intensifica os treinos para a estreia O Imperial Futebol intensificou seus treinamentos a partir do início de dezembro para chegar bem forte no dia 4 de fevereiro, data de estreia na série B do Campeonato Carioca, diante da Portuguesa. O elenco já havia iniciado a preparação no dia 3 de outubro, mas o treinador, Gil-

son Maciel, destaca que agora é que realmente começa a prétemporada. - Antes nós estávamos em uma “zona de conforto”, treinávamos apenas em um período e treinos mais leves, porque se desde o começo estivéssemos muito forte os jogadores já estariam esgotados.

Com esse período os atletas já estão igualados fisicamente, também chegaram outros, então agora vamos puxar mais para todos os jogadores chegarem em seu melhor nível no jogo de estréia - afirmou Gilson. Faltando menos de dois meses para estreia o treinador Fotos: Divulgação

O time Sub-17 do Posse disputou recentemente o Campeonato Municipal de Futebol de Campo

Jogos equilibrados na 1ª Copa Juvenil de Campo Pela primeira rodada da I Copa Juvenil de Futebol de Campo do Posse, realizada no último sábado, as partidas foram bem movimentadas e com muita disposição de ambas os times. Na primeira partida empate entre o Nova Elite e Raça Jovem, com várias chances perdidas pelas dois times, e o gramado muito escorregadio, com poças d’água. Apesar disso, as duas equipes mostraram bom futebol e muita raça. O primeiro gol da copa foi assinalado por Lucas, do

Raça Jovem. Em seguida, Dedeco, do Nova Elite, empatou a partida. Mas numa boa chance não desperdiçada por Fernandinho o Raça Jovem ficou em vantagem de novo. Quando a equipe já comemorava a vitória, veio o tento de empate do Nova Elite com um belo chute de Naian, deixando tudo igual, com o resultado assinalado em 2 a 2. No segundo jogo, o gramado estava mais seco, mas também pesado. As duas equipes do Falcão e do CFZ

fizeram um belo duelo, com algumas jogadas até mais fortes e o Falcão saiu na frente com um de Uri-Gueller. Em seguida, em jogada bem trabalhada de todo o ataque, veio o gol de Romário marcando o empate, ou seja, um bom resultado para ambos. Final: Falcão 1 x 1 CFZ. A próxima rodada da competição será hoje, a partir das 14h30, entre Raça e CFZ. Às 16h se enfrentam Nova Elite e Falcão. (Fonte: Divulgação/Ryclen Assessoria & Marketing Ltda).

Em partida válida por mais uma rodada da Copa Zico, na categoria Sub-13, o Petropolitano venceu o União por 1 a 0, gol de Breno. Hoje o alvinegro de Petrópolis realiza sua última partida na fase classificatória. O time de Sub-13 do União é o ganhador de todas as edições da Copa Zico na

categoria. Segundo a diretoria do Petrô o elenco é de empresários que mantém uma parceria com o Vasco da Gama. Hoje, a partir das 12h, o Petrô faz o último jogo da fase classificatória contra o “Tudo pela Paz” jogando pelo empate para se classificar para as semifinais da

competição. O Petropolitano atuou com: Matheus Xavier, Robson, Gabriel Neves, Gabriel Odones, Caio Neto, Matheus Silva, Hugo Vitorino, Gabriel Dias, Breno, Matheus Mello, Guilherme Martins, Herbet, Bernard, Matheus Lima, Hugo Peres, Vitor e Rafael.

Petropolitano despacha o União por 1 a 0, no Rio

afirma que o grupo sabe da sua responsabilidade e que acredita que o time tenha experiência para obter um bom desempenho no campeonato. - Apesar de nossos jogadores serem jovens, eles já são rodados, tem experiência. Nós trouxemos alguns atletas

que jogaram juntos a série B deste ano, então já tem uma experiência na competição, já se conhecem e formam uma espinha dorsal do time. Eu acredito na continuidade do trabalho e que teremos um bom desempenho na série B - explica o treinador. Os atletas seguem trei-

nando diariamente em período integral, até o dia 23 de dezembro, quando param para as festas de fim de ano e voltam ao trabalho no dia 2 de janeiro. O treinador ainda planeja ter quatro amistosos no início do ano para terminar a preparação da equipe para o campeonato.

Caminhada Superar está confirmada para domingo No próximo domingo, dia 18 de dezembro, acontece em Petrópolis a primeira edição da “Corrida e Caminhada da Superação”. O evento, realizado pelo Instituto Superar em parceria com a prefeitura de Petrópolis, espera reunir 500 competidores e contará com a presença de atletas paraolímpicos de diversas modalidades. A largada está marcada para às 9h, na Rua Barão do Rio Branco, uma das principais vias da cidade e que ficará fechada durante o evento. Serão quatro quilômetros para corrida e um quilômetro e meio para caminhada. As inscrições estão abertas até o dia 16 (sexta-feira) e podem ser feitas através do site www.atletismorio. com.br . A taxa de inscrição é um quilo de alimento não perecível para ser entregue na retirada do kit antes da corrida. Todos os partici-

pantes receberão medalha e haverá um pódio montado especialmente para os cinco primeiros competidores que cruzarem a linha de chegada. Para os amantes do esporte será uma oportunidade de participar de uma prova que vai muito além da atividade física. A “Corrida e Caminhada da Superação” traz valores como a inclusão e a superação dos próprios limites, matériaprima do paradesporto. No próximo domingo, dia 18 de dezembro, acontece em Petrópolis a primeira edição da “Corrida e Caminhada da Superação”. O evento, realizado pelo Instituto Superar em parceria com a prefeitura de Petrópolis, espera reunir 500 competidores e contará com a presença de atletas paraolímpicos de diversas modalidades. A largada está marcada para às 9h, na Rua Barão do

A Liga Serrana de Tênis de Mesa comandada pelo técnico Leonar (foto) e seu pai Ary Bessa divulgaram pelo site oficial da Liga os nomes dos melhores atletas de cada categoria na temporada 2011. O resultado foi obtido com a somatória das quatro etapas

do torneio que aconteceu no Bogari Clube, onde atualmente é um dos melhores lugares para a pratica da modalidade com cinco mesas oficiais. Pré-Mirim - 1 - Igor Machado (Bom Jesus); Mirim - 1 - Victor Hugo (Bom Jesus); Infantil - 1 - Matheus Dias (Ubá).

Rio Branco, uma das principais vias da cidade e que ficará fechada durante o evento. Serão quatro quilômetros para corrida e um quilômetro e meio para caminhada. As inscrições estão abertas até o dia 16 (sexta-feira) e podem ser feitas através do site www.atletismorio.com.br . A taxa de inscrição é um quilo de alimento não perecível para ser entregue na retirada do kit antes da corrida. Todos os participantes receberão medalha e haverá um pódio montado especialmente para os cinco primeiros competidores que cruzarem a linha de chegada. Para os amantes do esporte será uma oportunidade de participar de uma prova que vai muito além da atividade física. A “Corrida e Caminhada da Superação” traz valores como a inclusão e a superação dos próprios limites, matériaprima do paradesporto.

Liga Serrana de Tênis divulga resultados de 2011

diariodepetropolis  

artigos,cidade,colunistas,esportes

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you