Page 1

Diário

de Petrópolis

E-mail: redacao@diariodepetropolis.com.br

Site: www.diariodepetropolis.com.br

57 anos

Preço do exemplar: R$ 1,20

Nº 16.096- Quarta-feira, 14 de março de 2012 Divulgação

licitação dos ônibus

Mantega defende câmbio flutuante e diz que Brasil não pode ser manipulado

O ministro da Fazenda, Guido Mantega (foto), defendeu ontem o câmbio flutuante, ao participar de audiência na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado, e disse que o Brasil não pode fazer papel de bobo e ser manipulado pela guerra cambial. Mantega disse aos senadores que a situação tem se complicado ante a crise (Página 8)

Restaurante Popular já tem nova empresa contratada (Página 7)

agenda Na semana de 18 a 24 de março, será oficialmente lançado em Petrópolis o Madrigal Maestro Guerra Peixe. O projeto sócio cultural, além de levar música para jovens de 7 a 14 anos, gratuitamente, ainda pretende oferecer aos envolvidos, conhecimentos acerca da vida e obra do famoso maestro e de outros compositores importantes do Brasil e do mundo. (Página 6)

Juíza suspende CPI a pedido da prefeitura

Arquivo

A juíza Christianne Ferrari, da 4ª Vara Cível de Petrópolis, expediu mandado de segurança contra a CPI que investigava o transporte público de Petrópolis. Como argumentou o procurador geral do município, Henry Grazinoli, autor do pedido de suspensão da CPI, a comissão cria “um ambiente de insegurança jurídica, o que acaba por afastar possíveis interessados” na licitação. (Página 3)

Ônibus das viações sob intervenção: a CPI divulgaria nesta semana um parecer parcial para que saísse antes da licitação do dia 20

Petrópolis adere à paralisação nacional de 24h da educação

Profissionais de Petrópolis, das redes estadual e municipal, devem aderir à paralisação nacional de 24h da educação, de acordo com o Núcleo Petrópolis do Sindicato Estadual dos Professores do Rio de Janeiro (Sepe). O grupo estará hoje, às 15h, nas escadarias da Câmara Municipal para cobrar apoio dos vereadores às reivindicações. Por meio de nota oficial, a Secretaria de Educação do município disse que “a suspensão do trabalho dos servidores municipais não é justificável. A mobilização está sendo organizada no âmbito nacional com o objetivo de conquistar ajustes no Piso do Magistério Nacional”. E completa afirmando que “uma paralisação que vai atingir diretamente as crianças que são atendidas pela rede municipal não será apoiada pela Secretaria de Educação”. (Página 3)

bairros Alan Alonso

Ao reclamar de prejuízos por causa da proibição de estacionamento em um trecho da Rua Washington Luiz, no Centro, comerciantes estão querendo a extensão de vagas do estacionamento rotativo implantado recentemente. Queixaram-se também da dificuldade da entrega dos fornecedores que não podem estacionar próximos dos estabelecimentos..

Ascom PMP / Daniel Carvalho

(Página 9)

Esportes

O jogo de ida da final do Campeonato Municipal de Futebol de Campo Sub-17 entre Petropolitano e Carangola foi realizado neste domingo no Estádio Carlos Guinle. O confronto terminou em 0 a 0. Adolf, Kevim e Sassá jogam no Petrô. (Página 10)

A adesão à greve dos vigilantes foi de quase 100% em Petrópolis

O trabalho começou na Avenida Ministro Salgado Filho, no Vale do Cuiabá

Greve dos vigilantes segue para o terceiro dia e não tem data para acabar

PMP inicia obras da nova rede de captação de águas pluviais no Cuiabá

A greve dos vigilantes segue hoje para o terceiro dia e deve continuar por tempo indeterminado. Segundo o presidente da categoria, Adriano Linhares, exceto à agência do banco Itaú, no Alto da Serra, todas as demais permaneceram fechadas ontem, com atendimento apenas nos caixas eletrônicos.

A Secretaria de Obras iniciou na manhã de ontem o trabalho de construção da nova rede de captação de águas pluviais da Avenida Ministro Salgado Filho, no Vale do Cuiabá. Ao todo, serão instaladas 60 manilhas que farão o direcionamento correto das águas das encostas para o leito do rio, beneficiando todas as famílias residentes daquela localidade.

(Página 5)

Anuncie no Classidiário. É grátis até 12 palavras n Escreva cada letra ou sinal de pontuação nos quadradinhos n Entre uma palavra e outra, deixe um quadradinho em branco n Preencha com letra de forma bem legível e entregue na sede do Diário

Nome:........................................................................................................................................... Identidade:................................................................................................................................... Endereço:.....................................................................................................................................

(Página 3)


2

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

Mais e melhor

Ita Speratur! n Marco Antônio

Cabral

n Fernando

Costa

É

tradição, pelo menos é o que a maioria diz: o ano só começa depois do carnaval. Por isso, seria fácil falar do tilintar dos cristais, dos fogos de artifício e das iguarias saudando 2012. Junto aos votos de felicidades, se leia justiça social. Ficamos a refletir, a avaliar, a considerar e a reconsiderar. Um dos temas da atualidade é a sucessão aos cargos políticos. No entanto, haverá um dia em que o Governo, os Estados e Municípios não estarão preocupados em somente fazer o seu sucessor, mas sim e, sobretudo, inaugurar a descência. Discurso desgastado e rotineiro, por exemplo, que se arrasta há anos após anos é o parco salário dos professores. Se formos enfatizar quanto ao restante da população, quer dizer, os 90 % dos brasileiros assalariados não restará alternativa se não a de chorar... Os respectivos Ministérios geralmente dizem: não há verba. O Plano econômico estável, em que pese o preço que estamos pagando, mas “se é para o bem de todos” que cada qual de nós dê sua parcela. É belo vivermos, habitarmos um país onde há verde intenso, espaço geográfico satisfatório, riquezas minerais e vegetais, sem guerras, sem vulcões, no entanto será livre em sua plena acepção se erradicar a pobreza, o analfabetismo, a educação; quando houver igualdade de condições e oportunidade no trabalho, saúde, moradia... No tocante à casa própria, ao que consta, concedem financiamentos, mas o assalariado está longe de realizar tal quimera. É muito fácil dizer que as primeiras providências devem começar de casa. Na verdade devem. Mas é questão estrutural, já que um chefe de família deixa sua casa bem cedo para o trabalho na conquista do pão de cada dia, a pé, de ônibus, metrô, barca, a cavalo, de trem (alguns até arriscam-se como pingentes lá pelo subúrbio) e deixam os filhos entregues à sorte – e que sorte! Puro contra-senso. Comem mal, vestem-se mal, enfim, uma lástima. Daí por diante surgem naquelas mesmas famílias, salvo exceções, o tóxico, a prostituição infantil, os meninos de rua, os subempregados dessas vítimas. A sociedade mais uma vez pagando o preço. Sofrendo por algo que não merece. Cabe ao Estado garantir a paz, a ordem, a segurança social, a liberdade, o direito de ir e vir, a vida. É princípio da Carta Magna desde os tempos de João Sem Terra. É justo pagar-se um preço que não se deve ? Mas essa outra parcela da sociedade chamada de excluída, é como penso, uma espécie também, de vítima. É fruto de um processo. Isto não quer dizer que concordamos com tal situação ou procedimento; ao contrário; já que mesmo nos lares mais sacrificados, deve-se lutar com todas as forças a um caminhar digno e reto, em que pesem as circunstâncias. Não se deve permitir o comodismo, ele jamais deve tomar conta. São da essência de nosso povo, mesmo aquele mais simples, a dignidade e honradez. Embora conhecidos como “Caipiras”, “Bregas”, “Roceiros”, não importa somos todos brasileiros. Resta-nos a tenacidade. Ainda que não se disponha das mesmas condições sociais, redobrem-se a perseverança e espírito de luta, caso contrário,a escravidão continuará reinante. É certo que uns nascem em berço de ouro, outros acreditam nas lotos da vida, quer tele sena, papa tudo (e papa mesmo!) etc., outros descendem de tradicionais berços, outros enveredam, pelos caminhos da política, infelizmente alguns preferem os caminhos da corrupção, furtos, roubos e similares, mas todo aquele que não se encaixa, não se enquadra ou não aceita tais condições, deve agir e perseverar. Nunca me esqueço das palavras do célebre estadista americano John Kennedy: “o pessimista senta-se e lastima, o otimista levanta-se e age”. E pelo visto, aliás, historicamente falando não é de hoje, para não dizer que remontam séculos tais aberrações na Terra de Santa Cruz. Não faz tantos anos assim, o grande vate da cultura, o Jurista Rui Barbosa a nossa “Águia de Haia” num de seus lampejos disse: “De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto” Literariamente falando é uma reflexão, mas não houve jamais, creio eu, nas palavras de Rui intenção e dar conotação de que os valores a partir dali estariam sendo negados. Quis, na verdade, chamar atenção por tudo quanto o país estava passando e a tudo quanto estava presenciando. Confiamos no plano de estabilidade econômica. Que passe esta fase tão cruel e renasçam melhores dias. É evidente que a crise é grande lá pela Ásia, Europa, África, pelo mundo. Mas nosso povo merece ser feliz. Há insegurança e preocupação. Mas jamais prevaleça a descrença. “Tudo passa, tudo passará” como entoa a linda voz do amigo Agnaldo Timóteo. Cada qual deve arregaçar as mangas, ir à luta, redobrar-se em esforços, mesmo consciente de que terá de “matar” um leão por dia. É quase uma “guerra”, provar-se que é bom, que é capaz, competente, que tem cultura. Ainda assim, um mínimo percentual na escalada das oportunidades a você está reservado; segure-a com unhas e dentes, porque ninguém se usurpará de sua cultura, de seu preparo, aprendizado. Eu sei, você dirá, não tenho livro, não disponho de dinheiro para cursos, aulas particulares. Enfrente seu primeiro “provão” “vestibular” à independência. Constituir-se-á em vencer a tudo. Não conte com as soluções fáceis e falsas promessas. É mais que evidente; o tóxico traz dependência e é crime, o roubo, furto e demais procedimentos ilegais e imorais são contrários às leis e aos bons costumes. Não devem ser os caminhos a trilhar. Por mais pieguice pareça, agarre-se como um náufrago à fé em Deus, em Maria, nas Sagradas Escrituras e nunca perca a esperança, porque compete a nós todos mudarmos o mundo em que vivemos, já que ele não é intrinsecamente mal, depende da ótica que o vejamos. Você pode, eu posso, nós podemos e haveremos de conquistar nosso espaço e confiamos nos planos de Deus. E nesses planos, com certeza são o equilíbrio e a felicidade entre os povos. Ita Speratur. n Jornalista e advogado

quarta-feira, 14 de março de 2012

L

evar benefícios como o Bolsa-Família aos miseráveis e fazer da Educação a porta de saída definitiva da pobreza são os grandes desafios da política social no Brasil. Não por acaso, são também as duas metas principais do programa Brasil sem Miséria. Aqui no Estado do Rio, estamos caminhando na direção certa,focando a distribuição de renda nos bolsões de pobreza extrema e, ao mesmo tempo, incentivando o estudo dos jovens. Mais preparada, com qualificação profissional e formação de cidadania, a juventude fluminense terá melhores condições de lutar pelos seus direitos. É o Bonde da Educação, o

Bonde do Bem, que vai literalmente fazer a cabeça da galera para os novos tempos. O programa Renda Melhor Jovem distribuirá os primeiros benefícios mês que vem, para 6.284 pessoas de três cidades (Belford Roxo, Japeri e São Gonçalo). Até o final deste ano, serão 43.697 jovens, em 52 municípios de todas as regiões do estado. A chegada das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), libertando bairros inteiros do jugo do tráfico e aumentando as matrículas em todos os níveis de ensino, abre perspectivas para novas ampliações dos programas sociais nas comunidades do Estado do Rio. O programa prevê a abertura de uma caderneta de poupançapara os jovens das famílias do Renda Me-

lhor. Um depósito é feito na conta do aluno, por sua aprovação em cada série do Ensino Médio. Caso ele conclua o Segundo Grau sem reprovação, poderá sacar o saldo da conta. O valor acumulado permite ao jovem beneficiado iniciar um pequeno negócioou até mesmo investir esse dinheiro de maneira mais rentável. Como a ideia é abrir horizontes, cuidar do futuro e não apenas do presente, o Renda Melhor Jovem prevê bônus de incentivo à Educação Continuada. São R$ 500 por desempenho acima da média no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e R$ 1.200 pela conclusão do curso profissionalizante, que requer mais um ano de estudo no Segundo Grau. É um empurrão e tanto, para quem vem

de famílias que brigaram a vida toda contra a miséria, mas tem a contrapartida de um esforço grande para se qualificar, ficando pronto para as oportunidades que o crescimento do Estado do Rio e do País abrem para os jovens. Nos dias 16,17 e 18 de março o Rio de Janeiro vai sediar o 2º Congresso Nacional da Juventude do PMDB. Jovens de todas as partes do País terão oportunidade de trocar experiências e debater sobre o futuro. Com programas sociais combinados a transferência de renda e educação, poderemos, sim, alcançar o crescimento sustentado, inteligente, de inclusão de todos os jovens brasileiros. n Presidente da Juventude do

PMDB no Estado do Rio de Janeiro

O ministro e os militares n Sandro Vaia

L

ula passou 8 anos no poder e teve poucos atritos com militares. Passaram pelo ministério da Defesa José Viegas Filho, o falecido vice José Alencar, Waldir Pires e Nelson Jobim, que foi o que ficou mais tempo- 4 anos – na pasta. O mais notável esboço de crise aconteceu quando o general Augusto Heleno Ribeiro Pereira, então comandante militar da Amazônia, fez críticas à política indigenista do governo. A crise foi resolvida rapidamente com a exoneração do general e a consequente reafirmação constitucional da autoridade do presidente como comandante supremo das Forças Armadas. A habilidade que sobrou aos antecessores, principalmente a Nelson Jobim, faltou a Celso Amorim, que conseguiu, em muito menos tempo, arrumar mais encrenca

com os militares do que o governo anterior em 8 anos de mandato. Tudo começou com manifestações de desagrado de membros do Clube Militar a respeito da instituição da Comissão da Verdade e de manifestações públicas de duas ministras favoráveis à revisão da Lei da Anistia, cuja legalidade, aliás, foi reafirmada em decisão do Supremo Tribunal Federal. Os militares de pijama fizeram manifestos, que é o que costumam fazer os militares de pijama. Os militares da ativa ficaram quietos, que é o que a lei determina que eles façam. Eis que alguma fada maligna inspirou o ministro Celso Amorim a repreender os militares de pijama e mandar que retirassem do ar seus manifestos, além de ameaçar puni-los. Provavelmente, se o ministro tivesse respeitado a lei 7.524, os manifestos lá jazeriam, sepultados sob a indiferença da maior parte

da opinião pública, como jazem tantos outros. (A lei 7.524 diz: Respeitados os limites estabelecidos na lei civil, é facultado ao militar inativo, independentemente das disposições constantes dos Regulamentos Disciplinares das Forças Armadas, opinar livremente sobre assunto político, e externar pensamento e conceito ideológico, filosófico ou relativo à matéria pertinente ao interesse publico). A ânsia de demonstrar autoridade, porém, às vezes é mais forte, principalmente para quem acredita que a autoridade nasce da extrapolação do exercício do poder e não da clareza da legitimação moral. O fato é que a crispação inicial , artificialmente alimentada, transformou-se em crise e as 98 assinaturas iniciais de adesão foram crescendo como uma bola de neve e em poucos dias as assinaturas de adesão já passam de mil, entre militares da reserva e da ativa.

Criou-se um impasse político e semântico: um manifesto de militares critica o ministro Celso Amorim e diz que eles não reconhecem a sua autoridade. Mas não reconhecem a sua autoridade como ministro, pura e simplesmente, ou não reconhecem a sua autoridade para proibir e mandar tirar do ar o manifesto dos clubes militares? As palavras têm significados precisos: se for o primeiro caso, os militares estão errados e devem ser punidos. Se for o segundo caso, os militares estão certos e o ministro realmente não pode sobrepor-se à lei 7.524. Aliás, a nenhuma lei. Talvez, com essa crise, Celso Amorim aprenda que sempre é melhor governar pelo exemplo do que pela força. n Jornalista. Foi repórter, redator

e editor do Jornal da Tarde, diretor de Informação da Agência Estado e diretor de Redação de “O Estado de S.Paulo”. E.mail: svaia@uol.com.br

Erradicar o trabalho infantil n Paiva Netto

V

olto ao assunto nesta coluna com o objetivo de contribuir para a erradicação desse preocupante quadro social. É preciso maior discernimento de todos nós dos malefícios que o trabalho infantil traz às novas gerações. As mulheres — que, por sinal, comemoram o seu dia em 8 de março, detentoras do sublime dom da maternidade — compreendem bem essa proteção especial que a sociedade deve às crianças. Para a procuradora de Justiça dra. Maria José Pereira do Vale, o primeiro passo para o sucesso dessa empreitada é modificar a cultura que acha benéfico para os pequeninos o trabalho na fase infantojuvenil. Coordenadora colegiada do Fórum Paulista de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil, a dra. Maria José, ao participar do programa “Sociedade Solidária”, da Boa Vontade TV (canal 23 da SKY), apresentou providencial campanha que vem ocorrendo entre organizações da sociedade civil e o poder público, cujo

slogan esclarece: “Criança que estuda pode escolher o seu futuro. A que trabalha não”. Defendeu a procuradora: “Essa mudança de cultura que dá prevalência ao estudo requer uma conscientização dos pais. Eles têm de estar muito cientes de que o estudo é fundamental na vida dos filhos, que nessa fase têm de se ocupar com a escola, com as atividades e brincar. Brincar é um direito que está no nosso ordenamento jurídico, e a brincadeira influi, e muito, no crescimento da criança e estimula a criatividade. É muito importante também para a fase adulta”. Quanto aos adolescentes, de acordo com a legislação trabalhista, a dra. Maria José enfatizou que “eles podem trabalhar a partir dos 16 anos. Essa é a idade permitida por lei com registro em carteira, desde que não seja em hora extra, turno noturno e atividades que comprometam o desenvolvimento da sua moralidade”. Existem, porém, casos em que o indivíduo ingressa no mercado de trabalho a partir dos 14 anos. A procuradora explicou: “Tratase de um contrato de apren-

Diretor-Presidente e Jornalista responsável: Paulo Antônio Carneiro Dias Editora: Jaqueline Gomes

D

dizagem. Além do registro em carteira, ele propicia ao adolescente o estudo de uma ocupação, que o tornará, em dois anos, um profissional na área em que atua”. Conforme ela ressaltou, nosso país é signatário da Convenção Internacional 182, da Organização Internacional do Trabalho (OIT), que proíbe as formas mais graves de trabalho infantil, entre as quais a exploração sexual e o trabalho nos lixões e no meio de substâncias entorpecentes. As penas para esses crimes são severas. Você sabe que, em pleno terceiro milênio, o Brasil ainda possui 4,5 milhões de crianças envolvidas com o trabalho infantil? Os dados constam de pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de 2009. Se presenciar a exploração de crianças e adolescentes, ligue — de qualquer parte do território nacional — para o Disque-denúncia da Procuradoria Regional do Trabalho da 2a Região: 0800 11 1616. Grato, dra. Maria José, pelas elucidativas informações. Na Legião da Boa Vontade, há décadas, ofe-

iário de Petrópolis 57 anos

Uma publicação da PJ Editora e Gráfica e Jornalística Ltda

Preço do Exemplar 3ª a sábado R$ 1,20 Domingo R$ 1,80 Atrasado R$ 2,50

Assinatura Trimestral Petrópolis R$ 80,00 Rio e outros R$ 160,00

Assinatura Mensal Petrópolis R$ 28,00 Rio e outros R$ 56,00

Assinatura Semestral Petrópolis R$ 152,00 Rio e outros R$ 304,00

recemos o programa “LBV — Criança: Futuro no Presente!”, que atua no contraturno escolar. Colabora para o protagonismo de crianças de 6 a 12 anos em situação de vulnerabilidade social, considerando a história de vida e as singularidades delas. É uma ação que proporciona reforço didático, desperta, pelo lúdico, competências e habilidades, promove os valores éticos, ecumênicos e espirituais e integra a família. Em recente evento literário na cidade do Rio, com a presença de amigos e personalidades, o jornalista Sérgio Cabral autografou sua obra “Escolas de Samba do Rio de Janeiro”. Segundo ele próprio revela, contar a história das escolas de samba é uma tarefa a que se dedica desde 1961, quando escreveu uma série de 26 capítulos para o “Jornal do Brasil”. Meu agradecimento ao ilustre escritor pela honrosa dedicatória: “Ao velho amigo Paiva Netto, presidente da LBV, com o abraço do Sérgio Cabral”. n Jornalista, radialista e escritor.

paivanetto@lbv.org.br www.boavontade.com

Site: www.diariodepetropolis.com.br E-mail: redacao@diariodepetropolis.com.br

Diretoria 2246-3807 Assinatura 2246-3807 Publicidade 2237-7849 Classificado 2246-3807 Redação 2235-7165

Rua Joaquim Moreira 106 Centro - Petrópolis - RJ Cep 25.600-000 CNPJ 02.424.864/0001-66

ABRAJORI - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS JORNAIS DO INTERIOR

As opiniões emitidas em artigos assinados não representam, necessariamente, o pensamento do jornal e são de inteira responsabilidade de seus autores. Da mesma forma, as informações e opiniões nas colunas são de responsabilidade de seus titulares.


quarta-feira , 14 de março de 2012

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

3

cidade

CPI é interrompida por mandado de segurança n  Vinicius Henter viniciushenter@diariodepetropolis. com.br

A prefeitura conseguiu na Justiça, em uma decisão inédita na história do município, a suspensão dos trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Transporte Público. O mandado de segurança, expedido pela juíza da 4ª Vara Cível de Petrópolis, Christianne Ferrari, foi entregue ao presidente da CPI, vereador Thiago Damaceno (PP), no fim da tarde de segunda-feira (12). O presidente da Câmara, vereador Paulo Igor (PMDB), afirmou que irá recorrer da decisão no Tribunal de Justiça do Estado do Rio (TJRJ) ainda nesta semana. A CPI investigava a intervenção da prefeitura nas empresas de ônibus Autobus, Esperança e Petrópolis, iniciada no dia 19 de abril de 2010, e o edital de licitação para que novas empresas operem o setor. Estava prevista para esta semana a divulgação de um parecer parcial da CPI, para que os trabalhos da comissão ficassem disponíveis para o público antes da licitação, que ocorrerá na próxima terça-feira (20). O mandado de segurança foi expedido a pedido do procurador geral do município, Henry Grazinoli. Um dos argumentos usados pelo procurador no ofício encaminhado à Câmara foi o de que a CPI está “criando um ambiente nefasto de insegurança jurí-

Vereadores criticam decisão A suspensão da CPI foi vista como antidemocrática pelos vereadores. Damaceno, que assumiu uma postura de oposição à prefeitura neste ano, depois de três anos apoiando o governo, foi quem comunicou na sessão de ontem a suspensão da CPI. Em um longo discurso, Damaceno falou o histórico recente do transporte público em Petrópolis, não poupando críticas ao Executivo e à juíza. - Fere a independência dos poderes, A juíza deveria estar orgulhosa da Câmara em estar fazendo o papel de fiscalizador. Não cabe ao prefeito interferir na Câmara, nem Daniel Carvalho Ascom/PMP

Operação da prefeitura na Avenida Ministro Salgado Filho

Obras e melhorias chegam em rua do Vale do Cuiabá A Prefeitura de Petrópolis, por meio da Secretaria de Obras, iniciou na manhã de ontem o trabalho de construção da nova rede de captação de águas pluviais da Avenida Ministro Salgado Filho, no Vale do Cuiabá, próximo ao nº 5.600. Estima-se que toda operação no trecho, que envolve mais de cinco funcionários, seja finalizada na próxima sexta-feira (16). Ao todo, serão instaladas 60 manilhas, com um metro de comprimento por 50 centímetros de diâmetro, que farão o direcionamento correto das águas das encostas para o leito do rio, beneficiando todas as famílias residentes daquela localidade. - Todas essas intervenções fazem parte de um processo de melhorias para o Vale do Cuiabá. A prefeitura executa ininterruptamente trabalhos na região desde o incidente de janeiro. Lembramos que mais de cinco mil manilhas foram instaladas na localidade – disse o secretário de Obras, Stênio Nery dos Santos. Para o morador João Luiz da Silva, 43, a iniciativa foi necessária e agradará toda população que transita pelo local, levando-se em consideração os constantes problemas enfrentados durante as chuvas pelos moradores e motoristas. - Quando chovia, o acesso era comprometido. A rua ficava cheia de lama e escorregava bastante, pois não

Arquivo

dica o que acaba por afastar possíveis interessados no certame de 20 de março”. - Ainda hoje (ontem) vamos elaborar com o (departamento) jurídico da Casa o nosso recurso, que deve chegar às mãos do desembargados na sexta-feira (16) – disse Paulo Igor. Grazinoli também argumentou no pedido de suspensão que a CPI “não tem definição clara de objeto”. A CPI já havia escutado o Sindicato dos Rodoviários, o Conselho Municipal de Transportes (Comutran), advogadas das empresas sob intervenção e os interventores das viações Esperança e Autobus. A licitação valerá para 93 linhas de ônibus da cidade.

existia uma maneira eficaz de absorção das águas pluviais. Vínhamos pedindo esta rede há algum tempo e agora a prefeitura atendeu nossa solicitação – disse. Segundo o secretário de Obras do município, os moradores estavam muito preocupados com a quantidade de água concentrada na região. - O governo tem mantido este trabalho de prevenção, com o objetivo de evitar possíveis transtornos. Diversas regiões do município já receberam novas redes para o direcionamento adequado das águas. Continuamos operando a todo vapor para uma Petrópolis cada vez mais preparada e segura – disse. Outra reforma aconteceu na base de sustentação da ponte da Rua Maria Elvira Cabral, com reparos na estrutura, melhorando a estabilidade da mesma. Vale lembrar que o contínuo trabalho da Secretaria de Obras pelos distritos estabeleceu, só no ano de 2011, mais de 300 novas redes de captação de águas pluviais. As principais intervenções ocorreram nas seguintes localidades: Duarte da Silveira, Vale do Cuiabá (com cerca de cinco quilômetros de manilhas), Pedro do Rio, Caxambu, Gentio, Itaipava, Madame Machado, Araras e Nossa Senhora de Fátima (Posse), onde foi feita a recomposição do pavimento e construção de mais de 1.200 metros de rede de captação para águas provenientes das chuvas.

Ônibus de viações sob intervenção: a CPI dos transportes divulgaria nesta semana parecer parcial sobre o edital de licitação do setor

cabe a esta Casa executar. A suspensão foi feita de maneira covarde, passando por cima dos 15 vereadores. Sinto uma certa perseguição do prefeito com esta Casa – disse Damaceno. O presidente da CPI frisou que “em momento algum fizemos qualquer consideração preliminar” sobre o edital

de licitação. - Esta CPI poderia ser benéfica ao prefeito. O edital sofre uma série de ações jurídicas. Se a comissão concluir que o edital está de forma correta, que melhor respaldo teria o prefeito? Mas ele nem deixou nós concluirmos os trabalhos – disse Damaceno. Silmar Fortes (PMDB)

comparou o caso à ditadura militar e afirmou estar decepcionado com o PT, partido a que já foi filiado. - Considero uma afronta à democracia, um desrespeito a esta Casa, usurpação do poder. Me preocupa muito. Me lembra a época da ditadura – disse Silmar. O líder do governo na

Câmara, vereador Márcio Arruda (PMDB), também se posicionou contra a suspensão da CPI. - É uma invasão de competência. Estou profundamente chateado. Acho que isto poderia ser construído de outra forma. Estou profundamente decepcionado com o procurador – disse Arruda.

Cidade participa da paralisação nacional de 24 horas da educação Acontece hoje uma paralisação nacional de 24 horas dos profissionais da Educação que abrange a rede estadual e municipal. De acordo com o Núcleo Petrópolis do Sindicato Estadual dos Professores do Rio de Janeiro (Sepe), o movimento também acontecerá na cidade. O grupo estará às 15h nas escadarias da Câmara Municipal para cobrar apoio dos vereadores às reivindicações. Segundo uma das diretoras do Sepe, Gelza Gapera, a estimativa é de uma grande adesão de profissionais das redes estadual e municipal. Já o Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Petrópolis (Sisep) não aderiu ao movimento. Com pedidos semelhantes, a mobilização nacional tem como objetivo a defesa da educação pública e a valorização dos profissionais do setor. Para o estado, a pauta de reivindicações engloba o piso de cinco salários mínimos aos professores e de 3,5 para os funcionários administrativos, o retorno da matriz curricular de 30 tempos, a aplicação da lei federal nº 11.178 que prevê 1/3 da carga horária para atividades

extra-classe, a necessidade do aprendizado de uma segunda língua estrangeira aos profissionais com recurso do estado e a redução da carga horária de 40 para 30 horas. Solicitações da rede municipal Já os profissionais do município, que recentemente foram contemplados com o Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS), sancionado no dia 4 de agosto do ano passado, e que garante um piso de R$ 1.416,00 para cada 20 horas de serviço para os professores que têm até cinco anos trabalhados na rede e possuem graduação superior, e é bem superior à Lei do Piso Nacional do Magistério, que prevê o pagamento de R$ 1.430,00 por cada 40horas trabalhadas, têm outras reivindicações. - Em Petrópolis, nós recebemos acima, temos as nossas particularidades. Queremos a redução de 1/3 da carga horária para o setor administrativo, que 1/3 da carga horária do professor seja para planejamento, que são coisas do PCCS que não foram re-

gularizadas. A regência está atrasada desde novembro e alguns cargos que não foram contemplados no PCCS, como auxiliar de serviços externos e supervisoras de merenda. Não é rebeldia contra o governo, até porque a gente tem um bom diálogo, mas não está havendo ação. Esse é um ano eleitoral e as coisas têm que ser resolvidas em tempo hábil – declarou Gelza. Segundo a diretora do Sepe, o movimento será de apenas 24 horas. - Não estamos partindo para uma greve porque não há necessidade, até porque as reivindicações podem ser tranquilamente resolvidas. Vamos fazer nosso ato, passando de escola em escola para ver quem aderiu ao movimento. Estamos chamando também toda a sociedade até porque todo mundo conhece alguma situação desfavorável, como escassez de profissionais dentro das escolas – disse Gelza, mas lembrando também que recentemente foi realizado o concurso público. - Estão contratando agora emergencialmente, e quando começarem a entrar

as pessoas do concurso, os contratados já sabem que serão substituídos. Mas ainda vai demorar porque é preciso esperar o resultado dos recursos – disse. O Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Petrópolis (Sisep) não está participando do movimento. - Essa paralisação é direcionada ao não cumprimento de algumas reivindicações, mas eu acho que não era o momento, porque teremos uma reunião na semana que vem com o governo, que vem cumprindo quase tudo. Entraremos em pouco tempo na primeira negociação – declarou Carlos Freitag, vice-presidente do Sisep. Outros municípios De acordo com o Sepe RJ, um ato público será realizado às 10h, na Cinelândia, no Rio de Janeiro, e outros municípios do estado, como Angra dos Reis e Duque de Caxias também vão se mobilizar. Assim como Petrópolis, Friburgo, Barra Mansa e São Gonçalo farão uma paralisação de 24 horas, e Volta Redonda fará uma meia-paralisação.

Para Secretaria, paralisação não é justificável Por meio de nota oficial, a Secretaria de Educação do município declarou que “a suspensão do trabalho dos servidores municipais não é justificável. A mobilização está sendo organizada no âmbito nacional com o objetivo de conquistar ajustes no Piso do Magistério Nacional”. E completa afirmando que “uma paralisação que vai atingir diretamente as crianças que são atendidas pela rede municipal não será apoiada pela Secretaria de Educação”. A secretaria esclareceu

também que o PCCS existe há apenas quatro meses e já alcançou mudanças significativas na realidade dos servidores, como as gratificações por tempo de serviço, incentivo à formação de funcionários, gratificação por graduação e paridade para os aposentados. Em nota explica também que o planejamento e amadurecimento que devem ser levados em conta durante o processo de ajustamento do PCCS estão sendo seguidos rigorosamente pela autarquia municipal. E destacou ainda que, além do plano ter sido elaborado dentro dos

trâmites legais, o tempo previsto para o ajustamento do plano é de dois anos. Ainda por meio da nota, a Secretaria afirma que “outro fator que deve ser levado em consideração pela categoria é a realidade funcional dos servidores nos dias de hoje. O processo de contratação temporária está na fase final e os selecionados estarão atuando nas salas de aula nos próximos dias, o que vai diminuir significativamente todos os transtornos ocasionados neste começo de semestre. Além disso, com as equipes completas, os profissionais que

atuam na equipe de apoio poderão dedicar quatro horas de estudo semanais para qualificação profissional”. E finaliza pedindo “que todos os educadores da rede municipal de ensino levem em consideração todo o trabalho que tem sido feito em prol do reconhecimento da categoria e não deixem as crianças desassistidas nesta quarta-feira, 14. O PCCS é uma conquista dos servidores e estamos trabalhando em conjunto para que todas as adequações necessáriassejam feitas o mais rápido possível.”

Da


4

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

57 anos

QUARTA-FEIRA, 14 DE MARÇO DE 2012

Todo vendido Um condomínio de classe média que foi lançado após o Carnaval na Rua Washington Luiz na altura das Águas do Imperador foi totalmente vendido, não sobrou uma só unidade. E a previsão da entrega das unidades é de quatro anos. O mercado imobiliário está aquecido em Petrópolis.

Poeta

Célio Thomaz

Em Juiz de Fora a querida Daura Barbosa está a mil por hora já que está participando ativamente do Projeto Resgate da Memória – revivendo a vida e do Jornal do Poeta e faz acontecer no próximo dia 24 a partir das 18:30 hs naquela mineira cidade do evento denominado “Poeta”. Ela é uma grande guerreira !!! sucesso !!!

celiothomaz@celiothomaz.com.br

Museu da Cerveja

Asfalto retalhado !!!

O Museu da Cerveja será aberto ao público na próxima sexta-feira, feriado de aniversário de Petrópolis, ele funcionará na antiga fábrica da Cervejaria Bohemia. Um presente da AMBEV para Petrópolis. Vale a pena visitar.

Atenção autoridades municipais, alô COMDEP, o asfalto da Rua Cel Veiga, uma das principais vias de entrada de Petrópolis está todo retalhado, remendado, uma verdadeira vergonha, para nossa Petrópolis a única Cidade Imperial das américas !!!

Fábrica, restaurante e bar da Bohemia Já a micro fábrica, restaurante e bar da cervejaria Bohemia somente será inaugurada no mês de abril, e terá festejos em toda a cidade. A inauguração contará com a presença do governador do estado Sérgio Cabral, do prefeito Paulo Mustrangi e autoridades federais, estaduais e municipais, sem contar com toda a diretoria da AMBEV, proprietária da Bohemia.

Raimundos na Tamboatá

Majórica Itaipava Segundo os nossos informantes de plantão, o tradicional restaurante Majórica especializado em carnes estará brevemente montando a filial em Itaipava em um dos espaços mais concorridos daquela região. Será muito bem localizado.

Niver de Marly Quem aniversaria hoje é a querida e sempre presente na sociedade petropolitana, a veterinária Marly Baffa, que também é atual presidente do Elos Clube de Petrópolis e ex- presidente do Rotary Itaipava. Os nossos parabéns!!! Voce é gente que a gente gosta de gostar.

169 de Petrópolis na visão de Cocco No clique a tela do artista plástico Cocco Barçante, que desenvolveu este trabalho para registrar e homenagear os 169 anos de Petrópolis, exposto na mostra desenvolvendo no Programa de Artesanato do Estado do Rio de Janeiro que acontece até o dia 30 na Rua Real Grandeza, nº 293, Botafogo, das 10hs às 17hs.

Cultura vai a Brasília O presidente do Conselho Municipal de Cultura--CMC, maestro Leonardo Randolfo, estará em Brasília no próximo dia 19 de março, para uma audiência com o alto escalão do Ministério da Cultura. Ele vai apresentar o Sistema Municipal de Cultura de Petrópolis e ainda o Programa "Canta Petrópolis", que está sendo implantado na rede municipal de ensino, para ensinar música a milhares de crianças!

Pão francês - R$ 5,99kg (somente no balcão) Entrega em domicílios

Rua Epitácio Pessoa, 100 (atrás dos Correios) Centro - Petrópolis - RJ Tel. 2231-2160

Direitos Autorais Registro de Músicas Livros Eventos Culturais Agente: Domingos Capistrano Operando no Mercado a 32 anos

Tels.: (24) 2237-3210 (24) 9832-0327 Petrópolis - RJ (22) 9907-4947 Cabo Frio - RJ

Um dos melhores grupos de rock in roll brasileiro, os Raimundos retorna novamente a Tamboatá, no próximo sábado a partir das 22 horas. A Tamboatá é considerada uma das principais casas de shows de Itaipava. No repertório, o último trabalho, o CD/DVD Roda Viva e em seus grandes sucessos, em noite que promete muita energia e vibração para os amantes do rock.

Irmãos Naya Foram vistos jantando no badalado restaurante de Rosani Simas em Itaipava, na agradável noite do último sábado os irmãos Marco, Bruno e Marcelo Naya, estavam acompanhados de suas amadas Malu, Daniela e Betina.


quarta-feira, 14 de março de 2012

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

5

cidade

Greve dos vigilantes: apenas um banco abriu A adesão à greve dos vigilantes foi de quase 100% em Petrópolis e vai para o terceiro dia hoje e continua por tempo indeterminado devido à falta de negociação por parte do patronal. Segundo o presidente da categoria, Adriano Linhares, exceto à agência do banco Itaú, no Alto da Serra, todas as demais permaneceram fechadas ontem, com atendimento apenas nos caixas eletrônicos. Linhares afirma ainda que em alguns espaços o movimento acabou sendo enfraquecido com a vinda de profissionais de outras cidades. - O TRT (Tribunal Regional do Trabalho) funcionou normalmente com dois vigilantes que vieram do Rio e o Palácio Rio Negro teve quatro homens. Já o Museu Imperial está com o efetivo completo porque os vigilantes estão sendo ameaçados pelo gestor de segurança que disse que se aderissem à greve seriam demitidos – declarou o presidente do Sindicado dos Vigilantes de Petrópolis. Em nota, o Museu Imperial explicou a situação em relação à greve dos vigilantes. E afirmou que “o Museu Im-

perial possui contrato com a empresa Best, que venceu licitação para fornecer vigilantes para segurança da instituição. Cabe à empresa a contratação de funcionários para cumprir o contrato. Sendo assim, o Museu Imperial não possui relação direta na contratação ou demissão dos vigilantes. Da mesma forma, em caso de adesão dos vigilantes à greve, caberia à empresa fornecer reforços ao Museu para cumprir o seu contrato com a instituição. Além disso, o Museu Imperial possui um planejamento para manter a segurança em casos como esse. Desse modo, em nenhum momento o Museu ou algum de seus funcionários realizou nenhum tipo de ameaça ou pressão para que os vigilantes não aderissem à greve e nem teria razões para fazê-lo”. Tumulto em uma das agências Próxima ao Shopping Dom Pedro II, na agência do Bradesco, os grevistas informaram que tiveram que impedir para que funcionários de uma empresa do Rio de Janeiro trabalhassem em substituição aos profissionais que

Desmaio provoca queda O jovem Maxuel Nunes da Silva, de 23 anos, que sobreviveu a uma queda de uma altura de cerca de 50 metros, na manhã da última segundafeira, na Rua Pedro Elmer, no Itamarati, tem previsão de receber alta ainda hoje. Apesar da gravidade do acidente, ele não sofreu qualquer fratura, embora se queixasse de fortes dores. Segundo o relato do jovem a uma enfermeira do Hospital Santa Teresa, onde foi atendido e passou a noite em observação, ele sentiu-se mal e teve um desmaio, o que provocou sua queda. Ontem ele passaria por uma bateria de exames neurológicos por conta das pancadas que sofreu na cabeça. Apesar do quadro estável, ele ficou à noite de ainda em observação. O acidente ocorreu por volta das 11h30 de segunda-feira. O jovem sentiu-se mal

quando passava por uma passarela na comunidade onde mora, Spartaco Banal, e rolou por um barranco de 50 metros de altura antes de cair na Rua Pedro Elmer, próximo ao número 100. O pintor de automóveis Sebastião dos Santos Filho, de 53 anos, presenciou o fato e conta que Maxuel ficou por um bom tempo desacordado. O pintor também foi responsável por acionar o Corpo de Bombeiros, que chegou ao local cerca de 20 minutos após o ocorrido. Segundo informações de amigos de Maxuel e moradores das redondezas, ele é um jovem querido por todos na comunidade e, há cerca de seis meses, trabalha em uma loja de rações no Itamarati, próximo ao Terminal Rodoviário do bairro, segundo informaram os funcionários do estabelecimento.

Colégio não paga salários Um grupo de professores do ensino fundamental do Colégio Anglicano de Araras realizou uma paralisação ontem pela manhã. Eles cobraram o pagamento de salários que estavam atrasados havia dois meses. Segundo os mestres o problema sempre ocorre. À tarde as aulas foram normais. Insatisfeitos por não terem recebido o pagamento dos meses de fevereiro e março deste ano, os profissionais do Anglicano (parte conveniada com a Prefeitura), resolveram não dar aulas na manhã desta terça-feira. Com isso cerca de 800 estudantes foram dispensados das salas de aula. Uma professora que não quis se identificar, temendo represálias, contou que virou rotina o atraso no pagamento de salários dos profissionais. - Todo mês é a mesma

coisa e apesar de nossas reclamações nada é feito. A data do recebimento do salário é todo quinto dia útil do mês, mas isso nunca acontece – contou uma funcionária da instituição. Ela lembrou ainda que toda a parte do ensino fundamental é conveniada com a prefeitura. Atualmente o Colégio Anglicano de Araras possui 800 estudantes. Por meio de nota, a Secretaria de Educação informa que a verba do mês de março já foi repassada à instituição. O Diário entrou em contato com a direção do colégio, mas o atendente informou que nenhum, diretor do Anglicano estava na instituição para comentar a reclamação dos professores. No fim do dia uma professora confirmou que recebeu seu pagamento.

aderiram ao movimento. - Por volta das 11h30 houve tumulto porque uma firma de vigilância do Rio trouxe gente de lá para Petrópolis, mas nós não permitimos a entrada, até porque era uma segurança desarmada – disse o vigilante Cleber da Silva. E, Rodrigo Gonçalves, também vigilante, completou. – Iria colocar em risco a segurança dos profissionais e de todo mundo lá dentro – disse. Para os clientes, o movimento grevista acabou atrapalhando a realização de operações que dependem dos funcionários da área interna das agências. - Conseguir fazer algumas operações, como depósito, mas eu tinha que ir até à gerência e não pude. Então, atrapalha, sim – disse o comerciante Rafael Bordignon. Existe um plano de segurança feito pela Polícia Federal que determina o número mínimo de vigilantes para cada agência, de acordo com o tamanho. Devido à greve, mesmo as agências que tiveram apenas um vigilante, não puderam abrir, realizando apenas serviços internos.

Fotos: Alan Alonso

Na agência do Bradesco próximo ao Shopping Pedro II, clientes usaram os caixas eletrônicos

Reivindicações Os vigilantes estão pleiteando ganho real de 10%, plano de saúde, bonificação por risco de vida de 30% (hoje é de 8% e eles querem mais 22%), aumento do tíquete refeição de R$ 8,85 para R$ 16,50 e redução dos descontos deste benefício mais o INPC do período de fevereiro do ano passado a março deste ano. - Iniciamos a greve porque estávamos tentando negociar, sem sucesso. Foram feitas duas mesas-redondas no Ministério do Trabalho, no Rio de Janeiro, e não compareceram na primeira, sem justificativa, e na segunda, informaram que estavam viajando. Fizemos uma assembleia no dia 1º de março e decidimos entrar em greve, porque não estávamos conseguindo negociar. Hoje (ontem) fizemos nova reunião e decidimos permanecer com o movimento amanhã. Inclusive representante dos bancários estiveram aqui para nos dar apoio – disse Linhares.

Preços de materiais de construção variam em mais de 140% nas lojas de Petrópolis A diferença no preço dos materiais de construção, como um saco de pedras, chega a ser superior 140% nos estabelecimentos da cidade. Nossa reportagem percorreu quatro deles na manhã de ontem, pesquisando os preços dos seguintes itens: milheiro de tijolo 20 x 20, saco de areia, saco de cimento, pedra nº 1, vara de ferro 3/8 e filito. Estes dois últimos foram encontrados a preços bem próximos. O mesmo não pode ser dito sobre o milheiro de tijolos, que pôde ser encontrado à R$ 490 pelo valor mais em conta e à R$ 810, no preço mais caro. Variação que corresponde a 39,5%. Já o saco de cimento Holcim, apresentou diferença Lojas/itens

Algumas marcas de cimento o preço pode variar entre R$ 17,40 a R$ 20 nas lojas especializadas

entre o mais barato R$ 17,40 e o mais caro, vendido a R$ 20. O saco de areia foi encontrado por R$ 1,20 no valor mais em conta, em dois outros estabelecimentos era comercializado a R$ 1,30 e, no mais caro, saía

2 IRMÃOS -QUISSAMÃ

Matriz de Cascatinha

gue com o médico Antônio Luiz Chaves Gonçalves, infectologista e membro da CCIH (Comissão de Controle de Infecção Hospitalar) do HMNSE e em seguida será servido um café da tarde especial para os servidores desta unidade. O tema em questão tem como objetivo tornar este hospital uma referência contra a dengue, no atendimento e principalmente na prevenção.

trado em um estabelecimento à R$ 1,80 e por mais que o dobro do preço em outro, saindo a R$ 4,34. Na tabela você confere os preços e os nomes de cada um dos estabelecimentos pesquisados.

Fimaco -Cascatinha

Construmil -Retiro

Milheiro de Tijolo 20x20

R$ 550

R$ 490

R$ 570

R$ 810

Saco de areia

R$ 1,20

R$ 1,30

R$ 1,30

R$ 2,73

Pedra nº1

R$ 1,80

R$ 2

R$ 2

R$ 2

Cimento

R$ 20

R$ 17,40

R$ 17,40

R$ 18,30

Vara de ferro 3/8

R$ 25

R$ 23,50

R$ 24,50

R$ 23,60

Filito

R$ 3,60

R$ 3,60

R$ 3,60

R$ 4,05

Educação inicia ano letivo para novos alunos matriculados na “Tia Alice”

Café da tarde no HMNSE A direção e o serviço de Segurança do Trabalho do Hospital Municipal Dr. Nelson de Sá Earp, realizam nesta, quinta-feira, dia 15, das 16h às 16h30 o “3º Café Com Informações no HMNSE”. O evento faz parte de um projeto de valorização e qualificação dos servidores através de palestras com temas atuais e variados. Será realizada uma palestra sobre combate à den-

a R$ 2,73. A vara de ferro 3/8 também apresentou pequena variação, ficando entre R$ 23,50 e R$ 25. O saco de pedras foi o que apresentou a maior variação percentual, podendo ser encon-

O CEI Tia Alice fica na Rua Oswero Vilaça, no Alto da Serra

Como informado pela Secretaria de Educação, o início do ano letivo para os novos alunos matriculados no Centro de Educação Infantil (CEI) Tia Alice, no Alto da Serra, começou ontem, dia 13, cerca de um mês depois dos demais estudantes da unidade e do município. O atraso para receber os novos frequentadores da creche havia deixado a mãe de uma aluna nova, Michele Pires, apreensiva, assim como outros responsáveis. Mas, ontem, a filha de 2 anos começou a frequentar a unidade escolar. - Ela foi hoje (ontem) e eu já busquei porque ela está no período de adaptação. Falaram que ela ficou muito bem e, por isso, já vai poder ficar mais tempo amanhã (hoje). Estou adorando, para mim foi ótimo começarem as aulas – declarou Michele Pires, que antes precisava levar a filha

para o trabalho devido ao atraso para recebimento dos novos alunos. A creche foi reformada no ano passado para ter condições de contemplar um número maior de estudantes em 2012. De acordo com a Secretaria de Educação, o atraso se deu pela necessidade de aguardar a contratação de profissionais temporários, que começariam a trabalhar ontem. A Secretaria de Educação não informou quantos funcionários foram necessários para que o CEI Tia Alice pudesse iniciar o atendimento aos alunos novos e se, de fato, esses funcionários já estão atuando na unidade. Anteriormente, a Secretaria de Educação esclareceu ainda que os alunos antigos já estavam sendo atendidos pela mesma equipe pedagógica que atuou no CEI durante o ano letivo de 2011.


57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

quarta-feira, 14 de março de 2012

Agenda Cultural

marciosalerno@diariodepetropolis.com.br

Homenagem

Problemas envolvendo finanças. Seja cauteloso. Evite decisões importantes. Sensualismo exagerado. Cuidado com o nervosismo e não se deixe envolver com pessoas estranhas que poderão atrapalhar os seus planos.

Leão - (23/07 a 22/08)

Procure começar o dia com deliberação e propósito de conseguir tudo àquilo que deseja no plano amoroso e profissional. Se o sucesso deste dia não for completo, terá um dia de possibilidades para levar a bom termo seus objetivos.

Virgem - (23/08 a 22/09)

Momento neutro no qual terá possibilidades só nos assuntos da profissão. Não será bem sucedido em outra empresa que já não tenha sido iniciada. No campo conjugal e, mesmo sentimental, procure ser cauteloso. Evite discussões e preocupações desnecessárias.

Libra - (23/09 a 22/10)

Este é um dia ideal para você. Vai progredir no campo profissional e financeiro. O amor também está em excelente aspecto astral. Toda e qualquer chance de melhorar em sua carreira, seja artística, pública, administrativa, cultural ou técnica deverá ser aproveitada.

 Escorpião - (23/10 a 21/11) Ótimo dia para tratar de questões financeiras, profissionais e associativas. Fluxo benéfico para os exames, os concursos, os testes vocacionais e os assuntos amorosos. Acautele-se quanto aos problemas judiciais, dívidas ou cobranças.

Sagitário - (22/11 a 21/12)

Sua natividade astral está favorecida neste dia. Os assuntos profissionais e financeiros merecem melhor atenção pois há prenúncio de lucros. Procure ser franco. Conte com a ajuda de todos. Cuide de sua saúde.

 Capricórnio - (22/12 a 20/01) A influência astral é pouco positiva as associações, noivados e casamentos. Cuide de sua saúde e de sua reputação, evite precipitações e pessoas de caráter duvidoso. Bom ao ocultismo. Mas não espere que as soluções dos seus problemas caiam do céu.

Aquário - (21/01 a 19/02)

Pessoas de projeção estarão a seu favor, neste dia. Aproveite para realizar seus anseio de desejos, principalmente os do campo social e profissional. Muito bom a e novas amizades. Oportunidades para negócios rendosos.

 Peixes - (20/02 a 20/03) Talvez não consiga hoje ou nestes próximos dias, gozar da inteira liberdade que quer e precisa. Mas é provável que, se meditar sobre a opinião dos outros terá maior recompensa num futuro próximo. Sucesso cultural, artístico e público. Boa influência para o romance.

de apoio cultural social, sem fins lucrativos, sem busca de visibilidade, partindo do pro-

LEMBRANÇA Hoje é comemorado o Dia Mundial da Poesia. E Petrópolis abriga um bocado de poetas, alguns que já se foram e emprestam seus nomes a instituições da cidade dedicadas aos versos, como Raul de Leoni.

Outros, ainda vivos e trabalhando. Outros ainda, começando agora, através de fanzines e eventos voltados para os poemas. A todos eles, portanto, fica a lembrança e a homenagem.

Aniversário

Membro da família imperial planta árvore em jardim O príncipe d. Pedro Carlos de Orleans e Bragança representará a família imperial em uma das solenidades que marcarão os aniversários da cidade de Petrópolis e da criação do Museu Imperial. Nesta sexta-feira, dia 16, às 15h, o descendente de d. Pedro II irá plantar uma palmeira no jardim do antigo palácio de seu tataravô, hoje Museu Imperial. A família Bragança tem relação estreita com a natureza há pelo menos dois séculos. Uma das primeiras iniciativas de D. João VI após a transferência da Corte portuguesa para o Rio de Janeiro, em 1808, foi a criação do Jardim Botânico da nova capital. Anos depois, seu neto, d. Pedro II, viria a se tornar um amante da natureza. Hoje, d. Pedro Carlos continua a tradição e também se dedica à natureza. O príncipe foi fundador e primeiro diretor do Jardim Botânico de Brasília e, atualmente, é diretor-presidente do Instituto Ecotema, uma organização não governamental que atua em prol da preservação ambiental e do desenvolvimento

Especial UCP discute questões acadêmicas em tempo real A Universidade Católica de Petrópolis é uma instituição tradicional e aderiu às modernidades tecnológicas para estar mais próxima de seus mais de 4 mil alunos. Hoje, às 10h, a página da UCP no Facebook promoverá um chat em tempo real com a pró-reitora acadêmica Sintia Coelho. Dúvidas sobre a área acadêmica de qualquer curso poderão ser tiradas on line por alunos, pais de alunos e pela comunidade. O espaço será o primeiro em tempo real oferecido pela Instituição e abrirá caminhos para um novo momento da Universidade com as mídias sociais. A organização do chat é da Publika Comunicação. Endereço para participar: www.facebook.com/UniversidadeCatolicadePetropolis.

TÃO FORTE E TÃO PERTO – Censura 10 anos – com Tom Hanks – Horários: 14h, 16h30, 19h e 21h30 SALA 2 MILLENIUM – OS HOMENS QUE NÃO AMAVAM AS MULHERES – Censura 16 anos – com Christopher Plummer – Horários: 154h, 18h e 21h a. Ingressos a R$ 3 em todas as sessões. Terça a quinta (exceto feriados): Sessões iniciadas até 15h59min Inteira: R$ 10 (meia: R$ 5). Após 16h inteira: R$ 12 (meia: R$ 6). Sexta a domingo e feriados: Sessões iniciadas até 15h59min inteira: R$ 12 (meia R$ 6) Após 16h inteira: R$ 14 (meia R$ 7). Lembrando que estamos com uma promoção de terça a domingo: todas as pessoas pagam meia entrada. TOP

HIPERSHOPPING ABC Rua Teresa, 1415 / 2º piso Alto da Serra – Petrópolis Cine Fone: (24) 2249-9900 www.cinemaxx.com.br

ANJOS DA NOITE 4: O Despertar – Censura 14 anos – com Kate Beckinsale – Horários: 16h50 e 20h50 2ª feira – dia 12 – não haverá sessão A DAMA DE FERRO – Censura 12 anos – com Meryl Streep – Horários: 14h40 e 18h40 2ª feira – dia 12 – não haverá sessão SALA 2 MOTOQUEIRO FANTASMA: ESPÍRITO DE VINGANÇA – Censura 14 anos – com Nicolas Cage – Horários: 17h e 21h 2ª feira – dia 12 – não haverá sessão CADA UM TEM A GÊMEA QUE MERECE – Censura 10 anos – com Adam Sandler – Horários: 15h e 19h 2ª feira – dia 12 – não haverá sessão SALA 3

CINE

SALA 1

A MULHER DE PRETO – Censura 14 anos – com Daniel Radcliffe – Horários: 16h30, 18h30 e 20h30 2ª feira – dia 12 – não haverá sessão

Filmes na TV UMA VIAGEM INESPERADA – GLOBO - 16H10 – COM AIDAN QUINN Quando Corrine Morgan descobre que seus filhos gêmeos são autistas ela decide proporcionar-lhes uma vida normal, superando os obstáculos impostos por uma sociedade que espera que eles se tornem reféns da doença. Um símbolo da natureza será plantado nesta sexta, no Museu

sustentável. Além do plantio da palmeira, o Museu Imperial preparou uma programação especial para comemorar a data. Durante todo o dia, haverá visitação gratuita ao palácio. Logo após o plantio, às 15h30, será inaugurada a exposição “Artistas italianos no Brasil Imperial”, que possui curadoria do diretor do Museu, Maurício Vicente Ferreira Jr., e apresenta 31 obras de artistas da península itálica

que retrataram o Brasil no século XIX. Na mesma cerimônia, será lançado também o folder do setor de Museologia do Museu Imperial. À noite, serão realizadas duas apresentações gratuitas do espetáculo Som e Luz. Os interessados já podem retirar ingressos de cortesia na bilheteria do Museu Imperial. Para mais informações sobre a programação do Museu Imperial, acesse www. museuimperial.gov.br.

Progressivo

Focus faz show especial hoje em teatro do Rio Claudio Fonzi, produtor petropolitano, conhecedor do rock progressivo e colecionador de álbuns, está trazendo para o Rio de Janeiro, através do Rio Prog Festival 2012, a lendária banda holandesa Focus, ícone do ‘prog rock’ na década de 70. O evento acontece hoje, às 19h30, no Teatro Rival, Rio de Janeiro. O ingresso antecipado custa R$ 100 e, na portaria, R$ 160. Petrópolis guarda em seu seio um número razoável de apreciadores do rock progressivo. Eis aí uma grande chance de conferir o som do pessoal ho-

landês, apesar de o grupo, que vem liderado pelo tecladista Thijs van Leer, já não lembra nem de longe os tempos de álbuns como ‘Moving Waves’ ou ‘Focus III’. Quem espera ver o guitarrista Jan Akkermann que, na década de 70, chegou a ser apontado como possível sucessor de Jimi Hendrix na guitarra, pode ‘tirar o cavalo da chuva’, pois ele segue em carreira solo e não quer nem saber do Focus. Além de van Leer, só o baterista Pierre van der Linden voltou à atual formação. Mas dá para matar a saudade.

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br

Ao (?): em torno Vogais de "dedo" O dia 31 de dezembro, para o ano Resulta de rutura de veia ou artéria

© Revistas COQUETEL 2012

Sentença (jur.) Decâmetro (símb.)

Grito da pessoa em risco de morte Reino (?): abrange Gales e Escócia

Países invadidos e ocupados pelos EUA Objetivo da arte marcial Predição baseada nas linhas das mãos

(?) policial, proteção de autoridades em Abandone lugares o recinto públicos

Substitui o zíper e os botões, em roupas

Volta, em inglês Reparo em (algo)

Correio Aéreo Nacional (sigla)

Conversar com Deus Produção como a tragédia, a comédia ou a tragicomédia Sequestro com fim libidinoso Senhor

Cópia oficial de documento

Que não cresceu psicologicamente

F

I

Entidade adorada pelas religiões

Coco-devassoura (bras.)

M

Isso, em francês Deus, em italiano

(?) Barbosa, jurista e político

O de Pitágoras aplica-se ao triângulo Avenida (abrev.) Empresa do Kindle

(?) Giardine, atriz paulista

Gálio (símbolo)

Barco do remo (?) Johnson, ator

Árvore que dá a fruta-deconde Sucesso de Dulce Maria Enorme

(?) de Nazaré, atração de Belém Faz-se ouvir Times italianos

BANCO

Perder, em inglês

Queimar Fase da psique infantil

Mal-estar estomacal Objetivo, em inglês Prefixo de "nanotecnologia"

Ezra Pound, poeta dos EUA Partido de ACM Neto (sigla) (?) hei!, saudação de Iansã (Candom.) 14

Solução

IR

Câncer - (21/06 a 22/07)

SALA 1

SALA 1

U N I D O

O maestro Guerra-Peixe é inspiração para um novo madrigal

CINE HIPERSHOPPING MERCADO ESTAÇÃO Rua Paulo Barbosa, 310 / 1º piso Centro - Petrópolis Cine Fone: (24) 2249-9900 www.cinemaxx.com.br

Q R

Dia em que sua moral e reputação estarão em jogo, se entrar em contato com pessoas de caráter duvidoso. Por outro lado, o fluxo será dos melhores para negócios relacionados com metais e materiais para construção.

TOP

H

Gêmeos - (21/05 a 20/06)

CINE BAUHAUS R. Dr. Nelson de Sá Earp, 89 Shopping Center Bauhaus Centro

JOHN CARTER: Entre Dois Mundos – Censura 12 anos – com Taylor Kitsch – Horários: 15h40, 18h10 e 20h40 2ª feira – dia 12 – não haverá sessão

A C

Ingressos: terças e quartas ingresso promocional a R$ 6 para todos (exceto feriados). Preço de ingressos as quintas e sextas - inteira R$ 14 e meia R$ 7. Preço de ingressos aos sábados e domingos - inteira R$ 16 e meia R$ 8.

SALA 2

S A A P I A A R A V T I O A T L O E S O E R E E M P A

Muita atividade profissional e êxito nos negócios e novos empreendimentos sociais e familiares, estão previstos para você neste dia. Ótimo estado mental o que lhe dará mais rapidez ao ter que tomar decisões importantes.

A MULHER DE PRETO – Censura 12 anos – com Daniel Radcliffe – Horários: 20h, terça a domingo

S P V T O D E F E C A N L R O M A N C O R O R R A P T O A O E O M A Ç D O R R A G I U I A V E I R A I L I M E N I O A R D A A Z I A N A N O D E M I LA N E

Touro - (21/04 a 20/05)

fundo amor do seu mantenedor pela arte, principalmente pela música. Com o único intuito de realizar uma ação social/ cultural através da música, o Madrigal Maestro Guerra Peixe não se proporá a envolvimentos políticos, não terá cunho religioso e não fará qualquer distinção entre os seus participantes, tendo apenas uma regra para participação: que amem a música e acreditem na arte. Será realizado pela empresa Bem Cultural Produções, sob coordenação geral da produtora e pedagoga Catarina Maul, e terá como maestro o mestre Carlos Eduardo Fecher, um dos maiores conhecedores em Petrópolis da vida e obra do maestro Cesar Guerra Peixe. As inscrições poderão ser feitas com Luana Lagreca, através do e-mail madrigalmaestroguerrapeixe@gmail.com.

I M A T U R O

Na semana de 18 a 24 de março, será oficialmente lançado em Petrópolis o Madrigal Maestro Guerra Peixe. O projeto sócio cultural, além de levar música para jovens de 7 a 14 anos, gratuitamente, ainda pretende oferecer aos envolvidos, conhecimentos acerca da vida e obra do famoso maestro e de outros compositores importantes do Brasil e do mundo. O nome “madrigal” foi adotado pelo mentor do projeto, por ser o mesmo referente à temáticas amplas, como assuntos heróicos, pastoris e até libertinos. Por sua flexibilidade, que nenhuma outra forma musical havia até então oferecido aos músicos no século XVII, assim como pela variedade dos textos sobre os quais se constrói, ele favorece a imaginação criadora e o lirismo de expressão. O projeto é fruto de uma benfeitoria em forma

HISTÓRIAS CRUZADAS – Censura 10 anos – com Viola Davis – Horários: 15h e 17h40, terça a domingo

REIS E RATOS – Censura 14 anos – com Cauã Raymond – Horários: 18h50 2ª feira – dia 12 – não haverá sessão

MA

O dia propicia feliz contatos com os pais, filhos, parentes e com pessoas de sua alta estima. Procure, também, levar a paz aos mais necessitados lhe transmitindo mais otimismo e confiança. O seu horóscopo de hoje, indica que está na hora de você ser mais discriminativo.

CINE ITAIPAVA Est. União & Indústria, 11.000 Itaipava

A Q U E E A F E G A N I S

Áries - (21/03 a 20/04)

Madrigal Maestro GuerraPeixe será lançado na cidade

HORÓSCOPO

BILLI PIG – Censura 12 anos – com Grazi Massafera – Horários: 16h50 e 20h50 2ª feira – dia 12 – não haverá sessão

2/ça. 3/aim — dio — lap. 4/lose — luna. 5/ariri — rapto. 6/amazon. 7/aparato.

INSTITUTO OMAR CARDOSO

R O

6


quarta-feira, 14 de março de 2012

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

7

geral

Saúde Pública: um dos desafios fluminenses A capital do Rio de Janeiro foi a que apresentou pior avaliação nos serviços oferecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) no país, totalizando 4,33 pontos, segundo o Índice de Desempenho do SUS (IDSUS), realizado pela primeira vez, pelo Ministério da Saúde. Como os dados revelam que as principais

causas estão na dificuldade de acesso e na qualidade dos serviços prestados, a atualização profissional representa uma alternativa para melhorar o nível de classificação do segmento no estado. Apesar do resultado negativo da capital fluminense, Petrópolis é umas das cidades da Região Serrana com melhor

Unimed Petrópolis festeja os 40 anos de atuação A Unimed Petrópolis realizou um coquetel para comemorar 40 anos de atuação na cidade na última sextafeira (9). O evento, intitulado “Celebre a Vida” reuniu mais de 400 pessoas dentre autoridades locais, diretores e médicos cooperados. A cerimônia homenageou 18 médicos fundadores, que criaram o modelo de cooperativismo médico na cidade. A comemoração teve início com a apresentação especial do médico José Carlos Sant´Anna de Araujo, presidente da Unimed Petrópolis, que agradeceu o empenho dos médicos cooperados, funcionários, parceiros e toda a rede conveniada. - A união sempre foi fundamental para vencer os desafios que surgiram em nosso caminho. Agradeço a confiança dos clientes e empresas conveniadas ao longo desse período - destacou. A empresa comemorou a entrada do seu mais novo

membro, o médico Rafael Gabrich, filho do Dr. Jorge Gabrich, um dos cooperados. A lista dos homenageados ainda incluiu a funcionária Márcia Werneck, que deixa a operadora após a dedicação de 19 anos de trabalho. A união da classe médica foi o assunto abordado pelo Dr. Jacy Monteiro, vice – presidente da Unimed Petrópolis e diretor do Hospital Unimed São Lucas. - Ao decorrer desses anos, tivemos inúmeras conquistas graças a nossa união e dos nossos colaboradores. Temos muito orgulho de estarmos juntos, pois só assim poderemos continuar vencendo as adversidades – enfatizou. Com forte atuação na área socioambiental, a operadora levou ao evento a campanha “Um Mundo Mais Verde”, o mais novo projeto apoiado pela cooperativa, arrecadando contribuições para compra de mudas da Mata Atlântica.

Home Bread vence licitação do Restaurante Popular Foi definida ontem a nova firma que passará a atender a demanda de mil refeições diárias a R$1 no Restaurante Popular. A empresa vencedora foi a Home Bread, do Rio de Janeiro, que atua há 16 anos no setor e passa a operar na cidade no prazo de 30 dias, oferecendo ainda 500 cafés da manhã a R$0,50 e cursos de capacitação profissional. O diretor da Home Bread, Antônio Carlos Monteiro, explicou que há 10 anos a empresa é responsável pela administração e fornecimento das refeições do Restaurante Cidadão na Cidade de Deus. - Estamos acostumados a prestar um excelente serviço nesse ramo. Além disso, trabalhamos com escolas, presídios, hospitais e eventos. Os profissionais que trabalharão no restaurante serão todos contratados em Petrópolis. Toda a equipe da empresa, no entanto, está preparada para assumir mais essa tarefa, que, para nós, é uma honra - declarou Monteiro.

A empresa apresentou toda a documentação e ofertou o menor lance, fechando o contrato em R$ 869 mil, com validade de um ano podendo ser renovado por mais 12 meses. Além disso, e, atendendo ao edital, disponibilizou 12 cursos que devem ser ministrados pela nova equipe. - Os cursos são fundamentados nos que já oferecemos no Rio, mas adequados à realidade do município - explicou Monteiro. O secretário de Trabalho, Assistência Social e Cidadania (Setrac), Luís Eduardo Peixoto, espera que a empresa corresponda às expectativas. - Atendimento com qualidade e eficiência é primordial. A população merece um serviço diferenciado, assim como essa empresa que vem realizando o serviço em caráter emergencial. Os usuários têm comentado positivamente sobre a comida e o serviço e é isso que o povo de Petrópolis merece - comentou Peixoto.

desempenho, com nota 5,53. Diante desse cenário, a Faculdade de Medicina de Petrópolis tem investido na qualificação de profissionais no segmento, por meio da pós-graduação em Saúde Pública, destinada a todos os profissionais de saúde com nível superior. Com o início previsto para abril, o curso, com duração de 20 meses, pre-

tende formar profissionais para realizar atividades de diagnóstico, análise, planejamento, implantação e avaliação de políticas públicas, serviços e tecnologias em organizações públicas e privadas do setor saúde, com foco na atuação prática. - O curso foca em um dos principais desafios en-

frentados pelo país, a Saúde Pública, que precisa de uma atenção especial para que possa atender a necessidades dos usuários. Por isso, investir na qualificação de profissionais representa, sem dúvida, um grande passo para o desenvolvimento do segmento - destaca Cristina Maria Rabelais Duarte, coordenadora

do curso. Os profissionais de saúde podem fazer a inscrição no curso pelo site da instituição (www.fmpfase.edu.br). No ato da matrícula, o aluno receberá um CD – ROM com o conteúdo das aulas, estudos dirigidos e referências não protegidas por direitos autorais.

Jacas ameaçam despencar em crianças no Bosque do Imperador Pais de crianças que costumam levar os filhos para brincar no Bosque do Imperador, nos fundos do Colégio Estadual Pedro II, estão preocupados com a segurança das crianças. Isso porque as frutas dos pés de jaca plantados ao redor do parquinho, onde ficam os brinquedos, ameaçam a cair. Eles temem que as jacas, que são grandes e pesadas, acabem machucando alguém, principalmente as crianças. Além disso, os brinquedos estão gastos e precisam de uma reforma. - Os órgãos responsáveis precisam tomar uma atitude. Há pouco tempo, duas pessoas conversavam aqui e uma jaca caiu ao lado delas, poderia ter machucado. Imagina se caísse em cima de uma criança. As frutas são pesadas, têm no mínimo cinco quilos, e a essa altura caem com uma força enorme – explicou o biólogo José Washington Aguiar, que tem uma filha pequena e está evitando brincar com ela no parque. Ele ainda lembrou que é

Alan Alonso

O biólogo José Washington Aguiar evita que a filha pequena brinque no parquinho do bosque

preciso uma visita periódica de técnicos da Secretaria de Meio Ambiente para analisar a condição das árvores e das frutas. E, assim, pedir a poda e retirada das jacas para evitar acidentes. Além disso, ele pede mais atenção aos brinquedos do local. Muitos estão enferrujados e necessitando

de reformas. O chão também está com buracos e as crianças correm o risco de se machucarem durante a brincadeira. - Estas praças precisavam de uma reforma constante, pessoas que cuidem destes lugares. Nestas condições fico com medo de levar minha filha pra brincar – completou.

Até o fechamento, a assessoria de comunicação da prefeitura não encaminhou resposta sobre o assunto. A Companhia Municipal de Desenvolvimento de Petrópolis (Comdep) informa que enviará uma equipe ao local para fazer os reparos necessários no parquinho.

foto do dia Fotos: Alan Alonso

Devido à escadaria na entrada principal, deficientes utilizam a entrada lateral dos Correios, que está com piso tátil solto

enquete V ocê

Adão Berini, 58 anos, aposentado “Não guardo nada, gasto tudo no mercado”

costuma guardar moedas em cofrinho ?

Antônio Ferreira Barcellos, 75 anos, serralheiro “Eu já tive esse hábito, mas como o pessoal do comércio costuma se queixar da falta de troco, então comecei a gastar mais as moedas”

Jorge Luiz de Oliveira, 53 anos, funcionário público “Estou tendo esse hábito agora. Guardo as moedas menores. É um dinheirinho que sempre dá pra comprar uma coisinha quando a gente tá ‘duro’.”

Priscila Balutine, 29 anos, operadora de caixa “Tenho esse hábito há pouco tempo. Decidi comprar um cofrinho e nele coloco todo tipo de moeda.”

João Batista de Carvalho, 68 anos, aposentado “Não tenho esse hábito, nunca fui de guardar moedas”


AVISOS E EDITAIS

8

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

ECONOMIA

AVISOS E EDITAIS CONTRIBUIÇÃO SINDICAL EXERCÍCIO 2012 – Art. 578 a 610, CLT - SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS GRÁFICAS, DA COMUNICAÇÃO GRÁFICA E DOS SERVIÇOS GRÁFICOS DE PETRÓPOLIS, CNPJ 31.170.236/0001-08, Código de Arrecadação Sindical 028.016.050.77-0, com sede em Petrópolis RJ, na Travessa Vereador Prudente Aguiar, 38 salas 117/118, Centro, CEP 25.620-090, Telefone (24) 2243-8525, por seu representante legal abaixo-assinado, comunica a todas as indústrias gráficas de Petrópolis, incluídas nesta atividade econômica as indústrias gráficas propriamente ditas, as empresas de serviços de pré-impressão, as indústrias de formulários contínuos, as indústrias de produtos gráficos editoriais, as indústrias de produtos gráficos para acondicionamento (embalagens), as indústrias de etiquetas adesivas impressas por qualquer processo, as indústrias de impressão digitalizada (gráficas rápidas), as empresas de serviços gráficos em brindes promocionais, as empresas de produtos gráficos comerciais e promocionais, as empresas proprietárias de jornais e revistas, bem como seus subgrupos e denominações assemelhadas, que deverão recolher a favor desta entidade sindical, através da Caixa Econômica Federal, a CONTRIBUIÇÃO SINDICAL, devida pelos seus respectivos empregados, correspondente à remuneração de 1 (um) dia de trabalho, referente ao Exercício 2012. O desconto deverá ser efetuado na folha de pagamento de Março/2012, para os empregados com contrato em vigor até o mês em referência, e o recolhimento deverá ocorrer até o dia 30 (trinta) de abril do corrente ano. Para os empregados que não estejam trabalhando no mês de Março/2012, ou para aqueles que venham a ser contratados após Março/2012, o desconto em folha deverá ser feito na folha de pagamento do primeiro mês subseqüente ao de retorno ao trabalho e/ou contratação, enquanto o recolhimento deverá ser feito no mês seguinte ao de efetivo desconto, exceto se os recém-admitidos comprovarem desconto no emprego anterior relativo ao presente exercício, tudo sob pena dos acréscimos legais previstos no Artigo 600 da CLT. O pagamento deverá ser efetuado por meio de boleto bancário emitido pelo Sindicato e Caixa Econômica Federal, e, no caso de nãorecolhimento ou recolhimento indevido para outra entidade sindical, serão tomadas as providências legais recomendadas no Artigo 606 da CLT, acionando judicialmente a empregadora. Dúvidas e esclarecimentos: (24) 2243-8525. Petrópolis, 12 de Março de 2012. Alex Palladino Neves – Presidente.

COMARCA DE PETRÓPOLIS SEGUNDA VARA CÍVEL – REGIONAL ITAIPAVA RE-RATIFICAÇÃO DE EDITAL O DOUTOR RONALD PIETRE, Juiz de Direito da 2ª Vara Cível – Regional Itaipava da Comarca de Petrópolis - RJ, por nomeação na forma da Lei, F A Z S A B E R aos que o presente edital virem ou dele conhecimento tiverem que fica RETIFICADA a avaliação anteriormente publicada para R$ 220.000,00 (duzentos e vinte mil reais) do imóvel constante dos autos da Ação de Cobrança n. 0000192-80.2003.8.19.0079 (2003.079.0004804), ajuizada por CONDOMINIO VALE DAS SAMBAMBAIAS em face de MARCO ANTONIO DOS SANTOS D´OLIVEIRA E OUTRA, confirmandose, ou seja, RATIFICANDO-SE todo o restante teor do dito edital. Em virtude do que, expeço o presente edital que será afixado na forma da lei, publicando-se a retificação supramencionada. Dado e passado nesta cidade de Petrópolis, 07/03/12. Eu, Sonia Antunes Portela, Escrivã da 2ª Vara Cível, subscrevo. a. Ronald Pietre. Juiz de Direito.

EDITAL DE CONVOCAÇÃO REUNIÃO DE ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA Ficam os senhores diretores e associados efetivos da ASSOCIAÇÃO DE EMPRESÁRIOS E AMIGOS DA RUA TERESA E ADJACÊNCIAS convocados pelo presente edital de convocação e conforme previsão estatutária, para a Assembléia Geral Ordinária a ser realizada na sede da Associação na Rua Aureliano Coutinho, s/n°, esquina com a Rua Vinte e Quatro de Maio, no dia 21 de março de 2012, sendo: 1ª CONVOCAÇÃO: Início: 09:00 horas, com a presença no mínimo de 2/3 (dois terços) dos associados efetivos. 2ª CONVOCAÇÃO: Início: 09:30 horas, com a presença de qualquer número dos associados efetivos no gozo de seus direitos estatutários. A ORDEM DO DIA é a seguinte: 1) Aprovação de contas do exercício de 2011. Petrópolis, 14 de março de 2012. _____________________________________________________ Carlos Eduardo Dias Duarte Presidente EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA A AMOPAQ – Associação de Moradores do Conjunto do Patrimônio Arquitetônico-Paisagístico do Hotel Quitandinha, convoca seus associados à comparecerem na Assembléia Geral que será realizada no dia 24 de Março de 2012 às 17h no CEPTI – Centro Educacional Profissional em Tecnologia da Informação à Av. Getúlio Vargas nº 335 – Quitandinha, para tratar da seguinte ordem do dia: a)Prestação de contas b)Planejamento de atividades

quarta-feira, 14 de março de 2012

Mantega defende câmbio flutuante e diz que país não pode fazer papel de bobo n  Daniel Lima e Stênio Ribeiro/ABr

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, defendeu ontem o câmbio flutuante, ao participar de audiência na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado, e disse que o Brasil não pode fazer papel de bobo e ser manipulado pela guerra cambial. Mantega disse aos senadores que a situação tem se complicado ante a crise, com muitos países desvalorizando artificialmente suas moedas, com desequilíbrio para o comércio mundial. “Não podemos fazer papel de bobo e deixar nos levar pela manipulação no mercado mundial. Como era só um país, era mais fácil. A China faz isso há 20 anos. Mas o problema passou a ser generalizado”, disse. Segundo Mantega, quando os Estados Unidos e os países da Europa destinam um volume excessivo de dinheiro aos bancos da região a crise só se aprofunda, porque os recursos, em vez de estimularem o setor produtivo, terminam sendo des-

Divulgação

tinados ao Brasil, por exemplo, que tem taxas de juros elevadas, embora com fundamentos econômicos mais sólidos. Ele criticou ainda a competição desleal entre os produtos importados e os nacionais devido à desvalorização artificial das moedas. “É uma briga deles que termina afetando a nossa economia. Não queremos violentar os princípios da livre concorrência. Mas estamos tomando medidas [para defender a economia brasileira]”. Segundo Mantega, o governo tem procurado convencer o G20, grupo das economias mais desenvolvidas, a evitar esse tipo de política, mas, como ainda não houve decisão disso, o Brasil se antecipou em defender o real com medidas como o aumento do prazo da cobrança de 6% de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) nos empréstimos externos. “Dinheiro de curto prazo pressiona nossa moeda. Se não tivéssemos tomando medidas como essas e a compra de

Mantega diz que Brasil não pode se deixar levar pela manipulação

dólares, nós estaríamos com o câmbio a US$ 1,40 e toda a indústria estaria quebrada. Não teríamos competitividade”, justificou. Além de restringir a entrada de moeda estrangeira, Mantega citou, entre outras medidas para defender a economia brasileira na guerra cambial, o maior controle das

importações, a investigação de fraudes, com o objetivo de detectar subfaturamento e falsa declaração de origem de produtos, e a atuação de funcionários públicos ligados à inteligência da Receita Federal e do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior para identificar desvios.

AVISOS E EDITAIS

Cartório de 3º Ofício de Petropolis

Há 30 anos era publicado Em sua edição número 2.439, de 14 de março de 1982, um domingo, o DIÁRIO publicou os seguintes destaques: DESAPARECIMENTO - O DIÁRIO publica hoje um levantamento dos problemas de Corrêas, em que o assoreamento do rio, coleta de lixo deficiente e falta d’água são os principais. Todas as reivindicações foram feitas aos Comandos do Diário e a população tem medo que, qualquer hora, todo o bairro possa desparecer debaixo das águas, nos períodos de chuvas fortes. COMUNICADO - A Prefeitura Municipal publicava nesta edição um comunicado do prefeito Jamil Sabrá, firmando que o Executivo estava atento a todos os acontecimentos prejudiciais à vida do município, consequências das chuvas inclementes que estavam caindo, causando sérios prejuízos à economia. Segundo o prefeito, sempre que havia uma estiagem as secretarias da PMP se punham em campo para minorar os problemas.

14/03/2012

Terceiro Ofício - Petropolis - RJ

Pag: 1

R. do Imperador, 1021 - Centro

Relação do Edital dia 14/03/2012 Acham-se afixados neste cartório, conforme a lei 9492/97, art. 15 $1 - Processo 89.877/99 CGJ/RJ, para serem protestados os títulos de responsabilidade de: Protestar em 15/03/2012

003365956000185

RUA TEREZA, 1515 LJ.87

Emissão:01/12/2011

Cheque Administrativo

Custas

128,15 Total

Protestar em 15/03/2012 IF IND E COM DE MALHAS LTDA ME

Valor:

Vencto: 25/02/2012 Cheque Administrativo

Emissão:25/04/2011 113,35 Total

Protestar em 15/03/2012 MARCIA MARIA DOS REIS BORSATO

Vencto: 18/07/2011 Cheque Administrativo

Valor:

Emissão:18/06/2011 123,73 Total

0,00 Tarifa

14,72 Total

2.643,57

Portador/ Cedente / Sacador

Protocolo 4270

JACOSTURA COM MAQ ACESS LTDA

12/03/2012

JACOSTURA COM MAQ ACESS LTDA

434,50 113,35 Cpmf

0,00 Tarifa

14,72 Total

562,57

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF 82600546715

Valor:

128,15 Cpmf

341 - BANCO ITAU SA

547,85 ou Dinheiro Custas

Protocolo

ANDERSON DE OLIVEIRA DA SILVA

4295

ANDERSON DE OLIVEIRA DA SILVA

12/03/2012

ANDERSON DE OLIVEIRA DA SILVA

Número: 01 Custas

12/03/2012

CNPJ / CPF 010884224000167

RUA VIGARIO CORREA 1345 Nota Promissoria

TODOLIVRO DISTRIBUIDORA LTDA

2.628,85 ou Dinheiro Custas

Número: 33120-09

Custas

4354

2500,70

RUA TERESA, 1794 DUPLICATA MERCANTIL

Protocolo

001 - BANCO DO BRASIL SA TODOLIVRO DISTRIBUIDORA LTDA

Número: 20853/3

DUPLICATA MERCANTIL

Vencto: 28/02/2012

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF

F.P ALMADA - DE A a Z LIVRARIA

8400,00

8.523,73 ou Dinheiro Custas

123,73 Cpmf

0,00 Tarifa

14,72 Total

8.538,45

Intimo-os a pagarem ( através de cheque administrativo ou dinheiro com guia de pagamento a ser retirada neste tabelionato ), ou no caso da falta de aceite, comparecer para aceita-lo, ou dar-me as razões por que não o faz. Ficando assim já intimado do respectivo protesto no prazo estipulado na forma da lei. Petropolis, 14/03/2012

TRÊS PRÉDIOS

João Correia Lima Neto - Escrevente

- No próximo dia 27 serão inaugurados os três novos prédios da Clínica São Pedro, que agora vai dispor de dois mil e quinhentos metros quadrados de área à disposição de seus usuários. Na inauguração estarão presentes ministros de Estado, governadores, deputados federais e estaduais.

In Memoriam 20 anos de falecimento

Renato Rocha Pitzer

Liliana Breves Presidente da AMOPAQ

SEPULTAMENTO

n 06.11.1963

 14.03.1992

13-03-2012 Cemitério Municipal Maria Aparecida Rodrigues Antunes, 83 anos, São Sebastião, 11h30 Anselmo Ferreira, 67 anos, Alto da Serra, 14h Paulo Roberto Brusdzenski, 55 anos, Castelânea, 16h30

Na eterna saudade e feliz lembrança do tempo contigo percorrido.

Cemitério de Itaipava

Jorge Rocha Pitzer

Geraldo Ribeiro Soares, 100 anos, Pedro do Rio, 10h OBS. AS INFORMAÇÕES ACIMA SÃO FORNECIDAS AO DIÁRIO POR FUNCIONÁRIOS DAS SECRETARIAS DOS CEMITÉRIOS,

Leia e assine

Tranqüilidade para a sua empresa

o Diário de Petrópolis

( 2235-7165

Contabilidade de última geração, sistema avançado de informática Escrita Fiscal – Rotinas Trabalhistas e Folha de Pagamento Sistemática Departamento Jurídico – Direito Cível – Direito Trabalhista Projetos Econômicos – Análise de viabilidade e capacidade de sua empresa – Administração de Bens e Serviços – Corretagem e Administração de Imóveis – Equipe com treinamento especializado Direção Técnica: Márcio Tesch Economista – Corecon 10582 Advogado – OAB/RJ 59.566 Tec. Contab. – CRC/RJ 25.384-0

Rua do Imperador, 772 – Gr 105/106 – Centro Petrópolis – RJ. Tel/Fax: (024) 2231-6212 / 2231-3322


MOSELA Hoje é o dia de Santa Matilde e Dia Nacional da Poesia. Na paróquia de São Judas Tadeu na secretaria o expediente é de terça a sexta-feira de 16h30 as 18h30. Casamentos e batizados podem ser agendados no telefone 2245 7344. O pároco é o padre Luiz Garcia Mello.

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

quartA-FEIRA, 14 de março de 2012

D

iário nos

B

airros

diarionosbairros@diariodepetropolis.com.br

O fiel “cão católico”

Animal chama atenção de fieis por presença diariamente nas missas de 7h na Matriz do Sagrado Coração de Jesus Todos os dias na missa das 7h na Matriz do Sagrado Coração de Jesus um cão de cor preta participa da celebração. Curiosamente, ele entra na Igreja quando os fiéis também estão entrando, se acomoda sempre no corredor central em frente ao altar e ao encerrar a celebração, ele sai junto com as pessoas. Na missa de ontem a aposentada Angelina Fagundes Moura quando saia com o marido, disse: - Hoje ele entrou antes de todo mundo. Parecia aguardar o momento de o celebrante entrar. O “fiel cão católico” quando termina a missa ele se esfrega no tapete de entrada e sai da Igreja. Não

fica no pátio e tampouco nas ruas próximas do Sagrado, segundo informou um senhor que identificou-se apenas como Fernando. - Moro na Rua Paulino Afonso e já o procurei por aqui e não encontrei. Só vejo o cão na hora da missa das 7h todos os dias – afirmou. Na saída as pessoas ficam observando o cão que demonstra ser carinhoso com todos. Comentam que o fato de ele “assistir” a missa ocorre há algum tempo. - Este fato merece um registro público. O cãozinho merece – afirmou uma senhora ao tomar conhecimento da presença da imprensa e observando o animal retirar-se do pátio da Matriz.

Comerciantes da Rua Washington Luiz do trecho acima do número 275 estão reclamando da proibição do estacionamento de veículos. Lembram que foi implantado pela Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes – CPTrans – a parada rotativa dos au-

tomóveis, porém, com vagas apenas do início da rua abaixo do 275. Reunidos ontem pela manhã eles informaram que estão iniciando um movimento no sentido de fazer voltar o estacionamento. Disseram estarem prejudicados com a perca

9

ALCOÓLICOS ANÔNIMOS Reuniões de hoje 19h: Grupo 27 de Maio, Rua Bingen, 261. 19h30: 28 de Janeiro, Rua Paulo Barbosa, 180, Centro; Amor e Atração, Av. Leopoldina, 596, Nogueira; Bingen, Rua Santa Rita de Cássia, 30, Castrioto; Castelânea, Praça Pasteur, 79; Petropolitano, Rua Santos Dumont, 100.

Em Corrêas, AMAC destaca melhoramentos no trânsito Se na Rua Washington Luiz, no centro, estão acontecendo reclamações no trânsito, em Corrêas, os comerciantes informam que depois da implantação do estacionamento rotativo, a situação melhorou consideravelmente. Acabaram-se os congestionamentos no centro do bairro e o fluxo de veículos flui perfeitamente.

A informação é da Associação de Moradores e Amigos de Corrêas – AMAC – ao lembrar a reivindicação da entidade junto a Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes – CPTrans. Segundo ainda a AMAC, a pintura de faixas ao redor da Praça Luiz Furtado da Rosa também contribuiu com a melhoria.

Associação do Bataillard lança blog com o cotidiano do bairro O membro do conselho Enilson Fernandes, da Associação de Moradores do Bataillard – AMB – informou ontem que a entidade está lançando um blog no sentido de informar via internet o cotidiano da localidade. O endereço é www.amobataillard.blogspot.com e acessando, os leitores podem enviar comentários e sugestões.

Enilson Fernandes lembrou que o histórico do Bataillard também vai constar no blog, ressaltando a importância de as pessoas conhecerem a origem do seu bairro. No final ele elogiou a página divulgada sobre a comunidade no Diário nos Bairros no final do ano passado, lembrando no e-mail a utilidade dela para pesquisa.

Acomodado, o fiel cão católico durante a missa de ontem. Cena se repete todos os dias

Adoções de cães anunciadas Comerciantes da Washington Luiz reivindicam extensão do rotativo de modo virtual em Itaipava de clientes que se pararem os carros no trecho ficam sujeitos a multa. - O estacionamento rotativo deveria ser em todo o trecho onde existe o comércio local – opinaram. Além do problema com a perda de clientes, segundo ainda os comerciantes

locais, existe a dificuldade com os fornecedores. Os proprietários informaram que os caminhões e outros veículos menores de entrega, só podem parar nas proximidades da entrada da Rua Rocha Cardoso há quase duzentos metros da área comercial.

O Grupo de Assistência e Proteção aos Animais e Meio Ambiente – GAPA/MA – segue anunciando via internet as adoções virtuais. Atualmente, a entidade expõe com fotos os cães informados por Fernando Motta e que estão à disposição para encontrar novos lares. Eles estão alojados em Nogueira.

Entre eles estão o Lost que o GAPA informa ter engordado muito ultimamente por causa de um desequilíbrio hormonal associada a pouca movimentação. Outro é o Funk, que a entidade lembra ter sido muito maltratado e que hoje surpreende a todos demonstrando carinho e felicidade. Acesse www.gapaitaipava.org.br


10

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

quarta-feira, 14 de março de 2012

ESPORTES

esportedp@gmail.com

Empate no primeiro jogo da final de Sub-17 O primeiro jogo da final do Campeonato Municipal Sub-17 entre Petropolitano e Carangola foi realizado neste domingo no Estádio Carlos Guinle. O confronto terminou em 0 a 0. A segunda partida será na próxima semana, no Estádio da Amizade, no Divino. O resultado acabou sendo justo tendo as equipes apresentado um bom futebol, muito disputado e com alguns lances mais violentos, coibidos pelo árbitro e que resultou na expulsão de um atleta do Carangola ainda no primeiro tempo. O Petropolitano quase marcou no segundo tempo quando a bola cabeceada pelo Sássa bateu no travessão. A equipe dirigida pelo técnico Nahor Júnior se portou muito bem, dando exemplo de disciplina dentro de campo, preocupando-se apenas em jogar futebol, procurando a vitória desde o primeiro minuto. Para o jogo decisivo a ser realizado no próximo domin-

go no campo do adversário, o técnico contará com todos os titulares e a expectativa entre todos os integrantes do elenco alvinegro é de proporcionar um bom jogo na busca da vitória que, em caso positivo, representará o bicampeonato da categoria. O time treinará três vezes na semana, realizando o apronto final no sábado quando então o técnico Nahor definirá a equipe que começará jogando. Em caso de um novo empate haverá prorrogação com vantagem para o Carangola de conquistar o título caso o empate persista na prorrogação. Antes do jogo deste domingo, houve as preliminares entre Sub-11 e Sub-13 do Petropolitano e do Internacional tendo cada um vencido uma partida pelo mesmo placar de 4 a 1: o Internacional ganhou no Sub-11 e o Petropolitano no Sub-13. A realização dos dois campeonatos só será definida

na segunda-feira, 26 de março, quando acontecerão novos arbitrais para saber quais os clubes que estão interessados em participar das competições previstas para se iniciarem no dia 15 de abril. Os campeonatos seriam abertos no último domingo, 11 de março, mas devido a desistência de alguns clubes em participar, a Liga Petropolitana de Desportos, responsável pela sua organização, resolveu marcar uma nova reunião. - O Petropolitano espera que a Liga Petropolitana consiga promover os dois campeonatos, motivando e propiciando meios aos clubes de participarem, principalmente na categoria Sub-11, onde houve desistências e que há anos vem sendo realizado, com muito sucesso, representando o início oficial da trajetória esportiva das crianças na faixa etária dos 10 e 11 anos – disse Délio Kronemberger, vice-presidente de esportes do Petrô.

Fotos: Divulgação

Os jogadores do Petropolitano estão treinando diariamente para o segundo jogo da grande final

Juniores do Imperial vencem de virada por 2 a 1 Ari Gomes

Marcello fez o gol de pênalti e deu o empate para o Imperial

Os juniores do Imperial venceram neste sábado o Goytacaz por 2 a 1 de virada. Com a vitória a equipe permanece na quarta colocação, mas agora está apenas dois pontos atrás do segundo colocado. A partida foi muito disputada, o time visitante abriu o placar logo no começo do jogo e depois o Imperial passou a ter mais o domínio de jogo até conseguir chegar a virada.

O Jogo A partida começou com um susto para o Imperial. Com um minuto de jogo o atacante do Goytacaz Ismael arriscou um chute de longe e abriu o placar. 1 a 0. Após o gol o Imperial saiu mais para o jogo em busca do empate. Na primeira etapa o time pressionou, mas não conseguiu marcar e foi para o intervalo na desvantagem. Na volta do intervalo o

Imperial começou com tudo se lançando ao ataque e logo aos 12 minutos o time sofreu pênalti. Marcello cobrou no cantinho e deixou tudo igual no placar; 1 a 1. Após o empate o Goytacaz passou a sair mais para o jogo e o Imperial não abdicou do ataque e seguiu sendo mais perigoso. O time petropolitana buscava o ataque e aos 36min Lucas invadiu a área e sofreu pênalti, ele próprio foi para a cobrança mais acertou na trave.

Mesmo com o pênalti perdido o time não se abalou e seguiu buscando o ataque, até que aos 39min Carius invadiu a área driblou o marcador e bateu no cantinho para fazer o gol da virada; 2 a 1 Imperial. No fim Langoni ainda fez boa jogada individual e acertou no travessão, assim terminou o jogo com a vitória da equipe petropolitana. Agora o Imperial se prepara para enfrentar a Cabofriense, às 18h no Correão em Cabo Frio.

Tênis de mesa foi atração no Hipershopping ABC Aconteceu neste sábado, dia 10 de março, no Mall I do Hipershopping ABC mais um Festival de Tênis de Mesa com a presença de 40 atletas estreantes não federados de diversas faixas etárias com o objetivo de difundir a modalidade na cidade, motivar atletas e integrá-los. O evento é uma parceria da ALSA com a Liga Serrana de Tênis de Mesa Abaixo os mesatenistas premiados: Pré-mirim: 1 - Igor Machado (Bom Jesus); 2 - Bernardo Furtado (Bom Jesus); 3 - Caio Marchiori ( Bom Jesus); 3 Mateus Costa ( Bom Jesus ). Infantil: 1 - Leonardo Coelho; 2 - Jose Ricardo (Bom Jesus); 3 - Pedro Gelli (Bom Jesus); 3 -Michel Migos. Juvenil/Adulto: 1 - Le-

O treinador com os dois atletas que conquistaram medalhas

onardo Coelho; 2 - Pedro Silva; 3 – Philipp Silva (Teresópolis); 3 - Leonardo Abrantes (Bogari). No próximo mês o técnico

Leonar Bessa realizará uma etapa da Liga Serrana de Tênis de Mesa no Bogari Clube. As aulas seguem na academia Equilibrium e Olimpei.

PEC perde na estreia da Liga e Vander vai embora Mesmo não aproveitando as inúmeras oportunidades durante a partida, o Poker/PEC perdeu na estreia da Liga Futsal para o Botafogo por 5 a 1 (Pelé (2), Bruno, Daniel Sakai e Vitão, para os alvinegros, com Arthur descontando para os petropolitanos). O jogo foi nesta segunda-feira (12), no Ginásio da UCP. A saída de Vander Carioca do PEC foi o ponto fraco do confronto. Na primeira etapa, apesar de o Botafogo ter aberto o marcador logo no início e ampliado em seguida, o Poker/PEC perdeu algumas chances de igualar o placar. Numa dessas, Arthur assinalou o tento petropolitano. Mas o Botafogo fecharia o

primeiro tempo em 3 a 1. Na volta do intervalo, o panorama da partida não modificou muito. O Poker/ PEC atacava em bloco e o adversário saía em contraataques rápidos. Foi assim que ampliou e deu números finais ao jogo em 5 a 1. O próximo compromisso do Poker/PEC na Liga Futsal será no sábado (17), contra o Floripa Futsal, às 20h, no Ginásio Rozendo Vasconcelos, em Florianópolis (SC). Poker/PEC: Rogério, Chico, Daniel Miranda, Fabrício e Lenísio. Entraram: Fuste, Augusto, Jaiminho e Arthur. Técnico: Bernardo Miloski Dias. Botafogo: Diogo, Nenê,

Arquivo

Lenísio atuou pelo Petrópolis

Bruno, Daniel Sakai e Mancha. Entraram: Vitão, Maçarico, Sacon, Pelé, Pábrio, Christian e Cauê. Técnico: Fernando Malafaia.

diariodepetropolis  

artigos, cidade, colunistas, esportes

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you