Issuu on Google+

Diário

de Petrópolis

E-mail: redacao@diariodepetropolis.com.br

Site: www.diariodepetropolis.com.br

Preço do exemplar: R$ 1,20

Nº 15.989 - Quarta e quinta-feira, 2 e 3 de novembro de 2011 Divulgação

ANS estuda fundo para plano de saúde de aposentados Até o início de 2012, a Agência Nacional de Saúde (ANS) deve apresentar formalmente a proposta de criação do fundo de capitalização que bancará os planos de saúde dos aposentados. O presidente do órgão, Maurício Ceschin (foto), disse que esse fundo receberá contribuições de empresas e de trabalhadores em atividade. (Página 8)

agenda O Museu Imperial recebeu recentemente uma importante doação para seu acervo. O casal Eduardo e Sônia Soares Sampaio doou 91 peças das chamadas “roupas brancas”, que consistem em roupas de uso íntimo. Todas são datadas do século XIX e primeiras décadas do XX. (Página 10)

Bairros Bastou o prefeito Paulo Mustrangi visitar a Comunidade Vitória, da Duarte da Silveira, na semana passada para uma luminária ser instalada em menos de 24 horas. A benfeitoria estava sendo aguardada há semanas, embora a associação de moradores local viesse solicitando a instalação quase que diariamente. As lideranças comunitárias agradeceram ao prefeito.

mais de 700 cápsulas de cocaína

P2 faz maior apreensão de drogas deste ano

Um homem foi preso em flagrante na tarde de ontem quando agentes da P2 (Serviço Reservado da Polícia Militar) encontraram com ele mais de 700 cápsulas de cocaína, dois tabletes de maconha e uma pedra de crack. Esta foi a maior apreensão de drogas do ano.A operação foi montada, após uma denúncia anônima, na altura do bairro Duques, na BR-040. Ele confessou que comprou a droga com o dinheiro da rescisão do antigo emprego. (Página 5)

Divulgação P2

Uma denúncia anônima colaborou para que agentes da P2 fizessem a maior apreensão de entorpecentes deste ano no município

Após denúncia, posto da PRF funciona no Belvedere Alan Alonso

Balança de pesagem da ANTT continua desativada

Esportes

(Página 10)

Após publicação no Diário, que denunciava a falta de um policial no posto da PRF no Belvedere, ontem um agente foi encontrado no local pela equipe de reportagem do jornal, às 16h25. Mas, um usuário da rodovia informou que às 17h05 não havia mais ninguém. De acordo com o assessor de imprensa da PRF, Erlei Molter, o posto está funcionando 24 horas, e completou dizendo que ontem houve uma queda no sistema de informática que fez com que o policial tivesse que se ausentar, pouco antes das 17h. (Página 5)

(Página 9)

O Projeto Municipal de Detecção de Talentos do Tênis de Mesa já atinge 1,4 mil crianças em 10 escolas da rede municipal. Agora o projeto está instalado no Vale do Cuiabá, local atingido pelas chuvas de janeiro. As aulas acontecem nas escolas Paula Buarque, Theodoro Machado e Santo Antônio. O lançamento contou com a presença da primeira-dama Marileine Mustrangi.

57 anos

Sem a balança de pesagem da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), caminhões puderam trafegar com excesso de carga, pelo segundo dia consecutivo, na BR-040. Um agente da Polícia Rodoviária Federal foi encontrado ontem à tarde no posto do Belvedere

(Página 5) Divulgação

Serra Velha está se tornando uma opção para motoristas Para escapar dos riscos, acidentes e engarrafamentos constantes na BR-040, pista de subida para Petrópolis, alguns motoristas estão preferindo utilizar a Serra da Estrela, mais conhecida como Serra Velha. Com a limpeza e aplicação de paralelos e asfaltos em alguns trechos, a via está mais larga e mais segura e está absorvendo o tráfego de pelo menos oito mil veículos ao dia, mais do que o dobro do usual. (Página 3)

SMH pode encerrar convênio com o Geap, plano de saúde dos servidores federais (Página 7)

A Serra Velha está sendo uma boa opção para quem quer fugir dos problemas da BR-040

Anuncie no Classidiário. É grátis até 12 palavras n Escreva cada letra ou sinal de pontuação nos quadradinhos n Entre uma palavra e outra, deixe um quadradinho em branco n Preencha com letra de forma bem legível e entregue na sede do Diário

Nome:........................................................................................................................................... Identidade:................................................................................................................................... Endereço:.....................................................................................................................................


2

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

Copa: Dinheiro, Soberania e Catarse n Gaudêncio Torquato

O

maior espetáculo da terra, a Copa do Mundo de 2014, é uma miragem no horizonte de 957 dias que faltam para sua abertura, mas as escaramuças que está causando ameaçam deixar mortos e feridos bem antes que os exércitos de 32 países entrem nas arenas de 12 estádios, uns em fase inicial de construção, outros em reforma. A tensão que o evento provoca com tanta antecedência deve-se não apenas ao fato de que a disputa terá a maior audiência acumulativa de todos os tempos – 26 bilhões 260 milhões de espectadores em 214 Nações, com transmissão em 376 canais – mas por ser o futebol a paixão brasileira por excelência. Como tal, é motor das emoções, arrastando multidões às praças esportivas, abrindo clamor e indignação, gerando contrariedades, promovendo, enfim, a explosão coletiva. O objeto dos conflitos, por enquanto, não é a bola de futebol, cujo peso e formato certamente ganharão um capítulo novelesco mais adiante, mas as normas que as autoridades organizaram para determinar como será realizada a Copa no Brasil. Como o dono da flauta dá o tom, a Federação Internacional de Futebol (FIFA), entidade de direito privado, proprietária exclusiva do certame, impõe regras, fazendo com que o projeto de lei 2.330, chamado de Lei Geral da Copa, seja a expressão de sua vontade. O imbróglio se forma quando o tom que a FIFA quer dar à flauta soa estranho nos arranjos orquestrados pela banda social. A polifonia se estabelece. E, para coroar a liturgia cívica que embala corações no anelo coletivo, emergem polêmicas intermináveis, sob a égide do conceito que abriga o arsenal da guerra: soberania. Traduzindo: aprovada a Lei Geral da Copa, nos termos encaminhados pelo Poder Executivo ao Congresso, a soberania nacional estaria conspurcada. O futebol, como é sabido, canalizador da avalanche catártica do país, ingressa profundamente no hemisfério emotivo, deixando estreita margem para uma análise mais racional. Sob essa hipótese, é complexa a tarefa de distinguir os pólos (certo/errado, ético/aético, justo/injusto) que balizam a organização da Copa do Mundo em nosso país. É razoável começar o exercício pelo campo que abre a polêmica, a soberania. Se soberania, segundo Rousseau, é o exercício da vontade geral, “que não pode ser alienada ou dividida e jamais concentrada nas mãos de um homem ou de um grupo”, é evidente que a FIFA não tem razão para impor sua visão particular sobre o anseio coletivo. A soberania de uma Nação exprime o poder de uma autoridade superior, não devendo este ser limitado por nenhum outro poder. Essa é a lição do Direito. É evidente que os organizadores da Copa sabem disso, até porque se defrontam, a cada quatro anos, com argumentos contrários a suas pretensões. A Federação, como empresa privada, objetiva auferir lucro, cooptando governos dos países - sedes do evento, que se dobram às exigências por saberem que o futebol é um dos imãs mais poderosos que a política dispõe para atrair as massas. A catarse produzida pelos espetáculos acabará compensando os governantes com expressivos resultados eleitorais. É evidente que o negócio privado quer apitar todo o jogo: escolher parceiros, definir projetos, contratar consultores, fornecedores, estabelecer sistemas de promoção e vendas para comercializar marcas, símbolos, produtos e serviços. Até aí tudo bem. É compreensível que os países, quando se candidatam a sediar uma Copa, procurem oferecer aos donos do empreendimento uma carta de compromissos e vantagens, que lhes garantam elementos de diferenciação em relação aos demais competidores. Foi assim que o Brasil ganhou a condição de sediar o próximo evento mundial, a ocorrer 64 anos após a memorável Copa de 50. Quando as intenções entram, porém, no plano das ações, o caldo entorna. E é nessa encruzilhada que se encontram os parceiros do campeonato. A Lei da Copa, como se apresenta, está eivada de aberrações jurídicas, de afrontas aos direitos dos consumidores. Pior, joga no lixo disposições integradas aos costumes sociais. A questão da extinção de meia-entrada para idosos e estudantes já estaria equacionada com a decisão do governo de fazer valer a atual regra. Mas situações absurdas persistem, a começar pela extravagante ideia de que títulos como Copa do Mundo, Mundial de Futebol, Brasil 2014 só poderão ser usados sob licença da Federação. Torcedor que decida enfeitar o boné com aquelas expressões poderá ser condenado à prisão ou multa. Se uma pessoa pintar o muro de sua casa com o mascote da Copa será ameaçado de entrar em cana. Ou se comprar algo – ingresso, produto ou serviço – pela Internet, por exemplo, não poderá ser ressarcido caso desista da aquisição. Comprou, pagou, levou, mesmo com o pacote deteriorado. Não há como deixar de observar que o bom senso passou longe da confecção do índex de vedações. Ao moldar a Lei à sua vontade, a FIFA invade a seara da cultura popular, apropriando-se de sua linguagem, reescrevendo tradições e fazendo vista grossa ao Estatuto do Torcedor, ou seja, à lei 10.671. Não se discute o domínio sobre direitos de comercialização de produtos e serviços pela cadeia de vendas e difusão de imagens pela mídia. Inaceitável é a suspensão da legislação brasileira para atender a objetivos mercadológicos da organizadora, incluindo-se a revogação da proibição de bebida alcoólica em estádios e venda exclusiva da marca patrocinadora do evento. O que poderá ocorrer caso o Congresso decida conformar as regras ao gosto social? A realização da Copa em outro país seria inexequível ante o apertado calendário de que se dispõe pelo conflito que a decisão proporcionaria. Resta aplicar critérios plausíveis, justos e regrados pelo máximo de consenso entre as partes. Por último, deixar que a galera das gerais se manifeste livremente sobre a disputa, usando inclusive a verve ferina para reclamar que falta quase tudo para fazermos uma boa Copa, sobretudo uma boa seleção de futebol. n Jornalista, é professor titular da USP, consultor político e de comunicação Twitter @gaudtorquato

quarta e quinta- feira, 2 e 3 de novembro de 2011

Sexo bom é sexo seguro n Rafael Picciani / Allan Borges

T

odo mundo sabe que não deve jogar papel no chão, que lixo não pode ser despejado nos rios, que o uso do cinto de segurança é obrigatório e que bebida e direção não combinam, mas acabam correndo o risco em algum momento da vida. Não é regra geral, mas vale para uma grande maioria. O mesmo acontece com o uso da camisinha. Todo mundo sabe, por meio de uma série de campanhas de prevenção, que ela é item obrigatório na vida sexual de qualquer pessoa, mas muitos acabam assumindo o risco, sem medir conseqüências. E elas estão aí: no Brasil, mais de 10 milhões de pessoas já tiveram algum tipo ou sintoma de Doença Sexualmente Transmissí-

vel, as DSTs. São doenças que, no passado, eram associadas à vida promíscua e à prostituição, mas que na verdade fazem parte do cotidiano de quem tem vida sexual, independentemente de profissão, cor, raça, crença, etc. Entre essas doenças, o HPV (Papiloma Vírus Humano) é a que mais preocupa os especialistas, por ser o principal causador do câncer de colo de útero, segundo tipo de câncer que mais mata mulheres em todo o mundo. São 18 mil casos da doença a cada ano em nosso País, enquanto no mundo surgem 500 mil novos casos anualmente. A estatística é assustadora. Segundo a OMS, a estimativa é de que 80% das mulheres sejam infectadas pelo HPV até completarem 50 anos. Isso não significa que todas terão o

câncer de colo uterino, já que na maioria dos casos há uma regressão espontânea da infecção, persistindo em cerca de 5 a 10% dos casos. Como evitar a doença? Se prevenindo, e uma das maneiras de fazer isso, além da camisinha, é a vacina contra o HPV. Ao todo, 40 países já a disponibilizam gratuitamente, mas, no Brasil, só existe na rede privada: cada dose (são necessárias três para uma imunização que vale dez anos) custa R$ 300. O Estado do Rio acaba de dar um grande passo no combate ao HPV. Um programa de vacinação contra o vírus e de educação sobre a doença foi recentemente transformado em Lei a partir de um projeto que tivemos orgulho de apresentar. A Alerj o aprovou por unanimidade e o governador Sergio Cabral teve a sen-

sibilidade de sancioná-lo. Agora, resta apenas a regulamentação da lei e a definição de prazos. É claro que são muitas as etapas a serem cumpridas antes de oferecer a vacina nos postos, a primeira delas é levar informação e conscientização, além do preparo da mão-de-obra que vai lidar com o programa, afinal estamos falando em vacinar crianças a partir dos 9 anos. A lei – que também vem sendo discutida no Congresso Nacional e em outros estados brasileiros, a partir da nossa iniciativa – é apenas a primeira batalha vencida. n Rafael Picciani, tem 25 anos, é deputado estadual e presidente da Juventude do PMDB no município do Rio de Janeiro. n Allan Borges, tem 25 anos, é Superintendente de Estado de Políticas Públicas para Juventude do Rio de Janeiro.

Muito prazer, eu sou o Brasil n Edgar Flexa

Ribeiro

O

país, já meio exausto, está se apresentando aos educocratas do Ministério da Educação. Eles não se conheciam ainda. Eles, os educocratas, sempre olharam o país de longe, de binóculo. O Brasil deles é ainda uma nação inerme, indecisa, rural. Um país pequeno, que precisa e pode ser educado conforme um modelo único, central, uniforme e padronizado. A primeira lei de diretrizes e bases da educação, que descentralizou entre estados e municípios competências antes exercidas pela União, foi sendo consistentemente sabotada e superada. Pelas beiradas, aos

poucos, o ensino foi novamente sendo centralizado. Brasília onipotente e o educocrata rampante voltaram a tentar impor o que todas as crianças e jovens brasileiros tinham que saber. Em delírios dos governos militares, e na balbúrdia da recuperação de liberdades democráticas, legislou-se desvairadamente sobre ensino. Novas disciplinas – todas obrigatórias! - foram criadas sem que houvesse professores para ensiná-las e escolas que as conhecessem. O país todo mudava. No ensino trocavam os nomes, mas tudo ficava igual: da formação dos professores aos currículos efetivamente praticados. Os educocratas, à espreita, aguardavam sua hora. E finalmente surgiu o estratagema para que dominassem o acesso ao

saber. Ergue-se um ícone, um marco, um limite: sob forte propaganda, o ENEM resumiria o que todo brasileiro tem que saber para ser considerado como bem formado. Mas aí a verdade se afirma, e o que é incontornável ganha. O país é muito, mas muito maior do que pensavam os educocratas. O edifício que montavam desaba. Não pela visão, pela crítica, pela razão. Apenas por motivos físicos, geográficos, concretos. Não por afirmação de autonomia por parte das universidades - forçadas, elas renunciaram a isso. Não por consciência das elites políticas, pelo reconhecimento de que união só tem sentido entre diferentes, e não é a uniformização dos díspares. Não pela voz da cidadania,

que pouco se importa com o que dizem os educocratas, e vai se educar com ou sem o aval deles. Mas porque somos muito grandes e diversos. E pretender que seremos submetidos com êxito a uma única prova, em mesmas datas, todo território nacional é negar eloqüentes evidências. Não há teoria estatística que dê conta: provas vazam, confusão e desconfiança se instalam. Já não somos tão facilmente manipuláveis, nem disponíveis. Somos enormes, diferentes, crescidos e não podemos mais ser submetidos a uma fôrma. Somos complicados demais para marchar em ordem unida. Nós somos o país real. Muito prazer. n Educador, radialista e presidente da Associação Brasileira de Educação- fonte blog do Noblat

Drummond não era imortal. Sua obra, sim n Deonísio

da Silva

O

mineiro Carlos Drummond de Andrade deixounos no dia 17 de agosto de 1987. Nascera no dia 31 de outubro de 1902. Seus livros permanecem. Eis o poema “Memória”, com que abro essas maltraçadas linhas: “Amar o perdido/ deixa confundido/ este coração./ Nada pode o olvido/contra o sem sentido/apelo do Não./ As coisas tangíveis/ tornam-se insensíveis/à palma da mão/ Mas as coisas findas/muito mais que lindas,/ essas ficarão.” Mas seus 109 anos cederam espaço a outros assuntos. A primeira página dos jornais reduz o Brasil a esportes – mas com a hegemonia do futebol; a crimes, mas sem a antiga predominância dos conflitos de periferia, resolvidos a pauladas, facadas e

tiros, pois agora destacamse entre os infratores os crimes cometidos sem faca, sem tiro, sem paulada, apenas com assinaturas em cheques, mas não em recibos (ninguém passa recibo de dinheiro vivo recebido em porta-malas de automóveis chiques, privados ou públicos, estacionados em garagens suspeitas), e senhas bancárias, todos reunidos sob a rubrica dos corruptos, entretanto sem que os corruptores sejam citados. Delatores se imolam nas primeiras páginas, não para salvar a pátria, mas para salvar a pele, vingando-se de antigos comparsas que todavia negam tudo, mesmo perdendo recentes postos obtidos justamente porque foram nomeados para fazer o que fizeram. Ainda assim, os delatores são tratados como heróis. O Brasil parece de pontacabeça. Contudo, para inserir alguma outra estação na dolorosa via-crúcis, fala-se também de um celular po-

Diretor-Presidente e Jornalista responsável: Paulo Antônio Carneiro Dias Editora: Jaqueline Gomes

pular, com o qual se fala, naturalmente, e também se passa mensagem, pois 80% dos usuários mandam torpedos em profusão. Mas a semana trouxe outras novidades: o futebol cedeu um pouco de seu latifúndio a outros esportes, afinal estávamos em plenos Jogos Pan-Americanos. Um lixeiro, Solonei Silva, ganhou medalha de ouro em disputada maratona em Guadalajara, no México, e o Brasil ficou em terceiro lugar com 48 medalhas de ouro, atrás de Cuba, em segundo, com 48, e dos EUA, em primeiro, com 92. Ah, sim, mas o ex-presidente Lula tem câncer na laringe e vai ficar um bom tempo sem falar, sem beber e sem fumar. Conhecendo-o como a mídia o conhece, difícil mesmo será ficar sem falar. E mais difícil ainda será a mídia deixá-lo recuperar-se em paz. Será difícil também para ele deixar a mídia em paz enquanto se ele recupera ou enquanto ela se recu-

de Petrópolis Diário 57 anos Uma publicação da PJ Editora e Gráfica e Jornalística Ltda

Preço do Exemplar 3ª a sábado R$ 1,20 Domingo R$ 1,80 Atrasado R$ 2,50

Assinatura Trimestral Petrópolis R$ 80,00 Rio e outros R$ 160,00

Assinatura Mensal Petrópolis R$ 28,00 Rio e outros R$ 56,00

Assinatura Semestral Petrópolis R$ 152,00 Rio e outros R$ 304,00

pera de sua onipresença. Drummond morreu em idade avançada (85 anos) para os padrões do século passado, mas média para o que a Medicina e disciplinas de domínio conexo anunciam para o homem, que vai obter a eternidade ainda neste século. É o que afirma o livro hoje mais vendido no mundo, escrito pela chinesa Wang Xiaoping, de apenas 25 anos, autora do bestseller mundial A Segunda Declaração, no Brasil publicado em silêncio pela Cultrix, ano passado. A tradução é de Lúcia Helena Seixas, tem 400 páginas e custa R$ 62. Em resumo, traz inventivas leituras de pesquisas e experimentos sobre células-troncos e terapia genética, atestando que a vida eterna é questão de algumas décadas. Por enquanto, nenhum homem é imortal, mas muitos livros podem ser. n Escritor, doutor em Letras pela Universidade de São Paulo, professor e um dos vice-reitores da Universidade Estácio de Sá, do Rio de Janeiro

Site: www.diariodepetropolis.com.br E-mail: redacao@diariodepetropolis.com.br

Diretoria 2246-3807 Assinatura 2246-3807 Publicidade 2237-7849 Classificado 2246-3807 Redação 2235-7165

Rua Joaquim Moreira 106 Centro - Petrópolis - RJ Cep 25.600-000 CNPJ 02.424.864/0001-66

ABRAJORI - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS JORNAIS DO INTERIOR

As opiniões emitidas em artigos assinados não representam, necessariamente, o pensamento do jornal e são de inteira responsabilidade de seus autores. Da mesma forma, as informações e opiniões nas colunas são de responsabilidade de seus titulares.


DORA KRAMER Saudações partidárias

A

cerimônia de posse de Aldo Rebelo no Ministério do Esporte não foi a primeira a se transformar em ato de desagravo ao demitido, nesse verdadeiro dominó de queda de ministros em série na administração Dilma Rousseff. Orlando Silva, a despeito de todas as denúncias que levaram a presidente da demissão à ordem para uma devassa nos convênios da pasta com ONGs, foi celebrado, elogiado, aplaudido de pé e condecorado com a condição de “vítima” pelo sucessor. Em junho, a posse de Gleisi Hoffmann na Casa Civil já fora uma sessão de homenagem a Antonio Palocci, demitido por não conseguir explicar a legalidade do crescimento de seu patrimônio Na ocasião, Palocci também foi

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

QUARTA E QUINTA-FEIRA, 2 E 3 DE NOVEMBRO DE 2011

aplaudido de pé pela plateia e chamado de “amigo” pela presidente. Esquisito, já que a saída se deu por motivo de quebra de confiança, mas com boa vontade e algum cinismo compreende-se que o aspecto estritamente partidário pesa. Ademais, o PT daquela vez não estava envolvido na confusão. Já com o PCdoB a coisa foi diferente. Contra Orlando Silva há inúmeras evidências de que dirigia o ministério com mãos excessivamente frouxas e todas envolviam o partido, sobejamente favorecido com dinheiro do ministério. Levantamento feito pelo jornal O Globo a partir de documentos de tribunais de contas mostra que 73% das verbas liberadas irregularmente foram para entida-

des ligadas ao PC do B. Partido que consagra em seu estatuto o princípio de que os filiados ocupantes de cargos públicos devem estar “a serviço do projeto político partidário”. Em comparação com o PT - com presença forte no Parlamento e em todo o País, além de três vezes vitorioso na eleição presidencial - as reverências em relação ao PCdoB, que até direito a discurso do presidente da legenda teve na posse de Aldo, suscitam a dúvida: o que deve o governo tanto ao PCdoB? Alguma carta muito poderosa essa agremiação com 14 deputados federais, 18 estaduais, 2 senadores e 608 vereadores guarda na manga para merecer tanta atenção. A representatividade popular é que não é.

Seja qual for a razão, a festança de segunda-feira no Palácio do Planalto consolidou a impressão de que na coalizão governamental há partidos de primeira e segunda categorias. E é nas despedidas, nas posses dos substitutos, que essas diferenças ficam marcadas. Há os demitidos de luxo, por assim dizer, que merecem tratamento especial, são tratados como legítimos heróis da resistência e há o pessoal que viaja para fora do governo na classe econômica, relegado à frugalidade. Se não, vejamos por ordem de entrada em cena. Depois de Palocci foi demitido Alfredo Nascimento (PR), dos Transportes, cujo substituto, Paulo Sérgio Passos, nem sequer contou com cerimônia de posse alegadamente por já ser o secretário executivo da pasta Ficou só com a nomeação no Diário Oficial. Sem discursos nem reverências ao demitido. Na verdade, o PR manifestou-se de fora, esperneando e ameaçando romper. Para Nelson Jobim (PMDB), que nem esteve presente à posse do sucessor Celso Amorim no Ministério da Defesa, não houve agradecimentos.

3

Em seguida, deu-se a demissão de Wagner Rossi (PMDB), da Agricultura, que, apesar de indicado (ou talvez por isso mesmo) pelo vice-presidente Michel Temer, mereceu na cerimônia de posse de Mendes Ribeiro apenas uma declaração protocolar da presidente sobre a “herança de êxito”. Pedro Novais (PMDB) tampouco recebeu referências e nem estava presente na troca por Mendes Ribeiro, cuja posse ocorreu em cerimônia restrita numa sala de audiências tão pequena que a imprensa não pôde entrar por falta de espaço. Mas, para Orlando, nem o céu foi o limite para tantas saudações. Não se esperava que a presidente o humilhasse ou coisa parecida. Mas tantos elogios só encontram explicação na necessidade de governo e partido falarem “para dentro”. Quando caberia que falassem “para fora”, aos brasileiros que nas últimas semanas souberam que o Ministério do Esporte era um braço avançado do PC do B. Dilma emitiu um sinal dúbio e, na prática, tornou menos verossímil a presumida disposição de dar um choque de ordem na Esplanada.

CIDADE

Serra Velha já virou rota de fuga da BR-040

Campus da Rua Benjamin Constant da UCP: sete cursos novos

UCP traz sete cursos novos para o vestibular de 2012 A Universidade Católica de Petrópolis (UCP) está lançando sete novos cursos em seu Vestibular 2012, cujas provas da primeira edição já estão marcadas para as 9 horas do dia 27 de novembro. Entre as novidades, uma em especial vem colaborar diretamente com a demanda regional: a criação do curso de Arquitetura e Urbanismo, único na Região Serrana. O projeto pedagógico do novo curso também contempla o município de Petrópolis pelo perfil histórico e urbanístico. - Desta forma, a Instituição poderá contribuir ainda mais para o Plano Diretor do município e para movimentos como o Frente Pró-Petrópolis, criado recentemente pelo nosso bispo e Grão-Chanceler, Dom Filippo Santoro e conduzido pelo presidente do Comitê Gestor do Portal Dados Municipais, Philippe Guedon – disse o reitor da UCP, engenheiro José Luiz Rangel Sampaio Fernandes. Segundo o diretor do Centro de Engenharia e Computação da UCP, professor Giovane Quadrelli, o enfoque do curso será direcionado à área de restauro, mas sem comprometer o estudo das construções atuais, atento ainda às questões de sustentabilidade. - Essa linha já é adotada inclusive no nosso curso de Engenharia Civil – disse Giovane. A proposta chamou a atenção de órgãos como o Iphan, que demonstrou interesse em contribuir para a formação de profissionais com um olhar diferenciado para o conjunto arquitetônico do município. O curso também inicia sua trajetória com um Laboratório de Materiais total-

mente equipado para a reprodução dos aspectos de época de cada construção. Juntando-se à área de pesquisa, o laboratório se transforma em um modelo por seu desempenho já testado no curso de Engenharia Civil. QUATRO NOVOS CURSOS TECNÓLOGOS Integrada às necessidades do município, a UCP lança quatro novos cursos tecnólogos em áreas essenciais para o desenvolvimento econômico. São eles: Tecnólogo em Gestão Comercial, Tecnólogo em Gestão Financeira, Tecnólogo em Processos Gerenciais e Tecnólogo em Comunicação Institucional, todos vinculados ao Centro de Ciências Sociais Aplicadas da UCP. - Estes cursos são considerados complementares à formação de profissionais que desejam atuar nos mais variados segmentos empresariais – disse o diretor do CCSA, professor Marlone Wilson Souza. Dois outros cursos também retornam à grade da UCP: o de Geografia e o de Letras/ inglês. Ambos fazem parte da história da Instituição, pois eram oferecidos desde a década de 1950. Também contribuem de forma decisiva para a demanda estadual de novos professores nestas áreas, além de atenderem à política nacional do MEC de incentivo às licenciaturas. As inscrições para o vestibular 2012 serão através do site www.ucp.br até o dia 24 de novembro e presenciais nos dias 25 e 26 de novembro, no Atendimento de Alunos da UCP, campus da Rua Benjamin Constant, 213, Centro. Telefone para informações (24) 2244-4004.

Os 25 quilômetros da Serra da Estrela que separam Petrópolis de Duque de Caxias estão sendo fundamentais para motoristas que veem na “Serra Velha” a única opção para escapar dos riscos, acidentes e engarrafamentos constantes na BR-040, pista de subida. O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) conclui limpeza e capina em toda a extensão da estrada, a BR107, atendendo indicação do deputado estadual Bernardo Rossi (PMDB). O pedido foi feito ao órgão em março e também decorria de medidas para reestruturar a cidade pós chuvas de janeiro. Com a limpeza e aplicação de paralelos e asfaltos em alguns trechos a via está mais larga e mais segura e está absorvendo o tráfego de pelo menos oito mil veículos ao dia, mais do que o dobro do usual. - Mais do que nunca, a estrada velha, uma das mais antigas do país que começou a surgir em 1724, está sendo usada, só que como rota de fuga da BR-040 que fecha sem qualquer aviso diante de graves acidentes com veículos de carga. A estrada da Serra da Estrela se tornou a opção mais segura do momento – disse. Em cinco dias – entre 27 e 31 de outubro – foram três graves acidentes que fecharam por horas a estrada. No mais recente, na segunda-feira, um

Fotos: Divulgação

Serra Velha: 25 quilômetros entre Petrópolis e Duque de Caxias são alternativa para motoristas

caminhão emparelhou com outro veículo transportando refrigerantes, para evitar que a carga caísse na pista. Não houve feridos, mas a estrada ficou totalmente fechada até que os caminhões fossem retirados. Foram cinco quilômetros de engarrafamento que se estendeu até o pedágio, em Xerém, e mais de três horas para chegar à Petrópolis. Excesso de peso e velocidade, uma pista sem manutenção, iluminação e sinalização, aliados à falta de fiscalização

tornaram a BR-040, pista de subida, um risco. - Sem contar que não há como prever quanto dura uma viagem. Um percurso feito em 25 minutos ou menos agora dura duas, três horas – disse Rossi. Ainda que o DER tenha atendido ao pedido e realizado melhorias na Serra Velha da Estrela, Bernardo Rossi está solicitando que o órgão reveja a estrada – e promova mais melhorias – como o principal meio de acesso à

Petrópolis. A estrada é tombada pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac) e o parlamentar solicita um projeto que alie mobilidade e preservação. - Existe e apoiamos o projeto da volta do trem à Serra Velha, mas até que ele seja colocado efetivamente em prática temos de cuidar da Serra da Estrela como opção viável para acessar Petrópolis. Já pedimos mais intervenções e também policiamento – disse Rossi.

Para PSOL, campanha a favor de 15 vereadores é despolitizada  Vinicius Henter viniciushenter@diariodepetropolis. com.br

O PSOL é um dos partidos da cidade que defendem o aumento do número de vereadores de 15 para 21 em Petrópolis. Entre os argumentos, está o de que ter mais vereadores não significa mais custos para os cofres públicos, já que, independentemente do número de cadeiras, a Câmara receberá 6% do Orçamento total do município. Em 2011, foram R$ 14,4 milhões para o Legislativo. Para o presidente da legenda, Enivaldo Gonçalves, a campanha de diferentes setores da sociedade civil, entre eles a imprensa, pela manutenção de 15 cadeiras no Legislativo é “despolitizada”, já que não estaria informando à população o que realmente está em jogo nesta

discussão. Na terça-feira da semana que vem (8), deverá ser a segunda votação sobre a emenda à Lei Orgânica Municipal (LOM), de autoria do vereador Wagner Silva (PPS), que prevê a continuidade de 15 vereadores em Petrópolis. - Se ficar em 15, a Câmara não vai economizar nenhum centavo. Vai continuar recebendo o teto de 6%. Eles querem 15 para não ter que dividir 6% para 21, e sim para 15. Com 15, eles podem ter mais viagens, mais carros, mais festas – disse Enivaldo. Na primeira votação da emenda, no dia 25 de outubro, militantes do PSOL levaram faixas e cartazes para a Câmara, defendendo o aumento do número de vereadores. Na ocasião, a emenda foi rejeitada, já que eram necessários dez votos favoráveis, mas só foram oito, com sete contrários. Caso sejam mantidos

os 15, o PSOL deverá entrar na Justiça, por entender que o mínimo de vereadores no município é 19, por ser o máximo de vereadores que podem ter os municípios com mais de 120 mil até 160 mil habitantes – Petrópolis está na faixa seguinte, com o máximo de 21 vereadores, por ter mais que 160 mil até 300 mil habitantes. Enivaldo frisa que o PSOL defende a diminuição dos salários dos vereadores – hoje em R$ 9,3 mil – do número de assessores – cada vereador tem sete – dos salários dos vereadores e do repasse da prefeitura para a Câmara. Para Wagner Silva, muitos partidos e políticos querem mudar o foco do assunto para a inconstitucionalidade da lei. Ele lembrou ainda que a população já externou via imprensa local, e-mails e redes sociais o desejo de que

não quer o aumento do número de vereadores. - O argumento de que a cidade de Petrópolis, por estar na faixa populacional entre 160 a 300 mil habitantes, e de que por isso não poderia ser classificada com o número de 15 cadeiras, pois este seria correspondente à faixa populacional de cidades entre 50 a 80 mil habitantes, é muito sedutor, reconheço. Porém, trata-se de tema longe de ser pacífico uma vez que, se antes a própria Constituição determinava o mínimo, ao nosso sentir, a supressão do termo pela referida emenda, manifesta uma situação em que caberá a Lei Orgânica do Município fazê-la. O status do município foi elevado a um patamar que o texto anterior não visualizava e por isso a necessidade de haver uma decisão sobre o assunto – disse Wagner Silva.


4

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

57 anos

QUARTA E QUINTA-FEIRA, 2 E 3 DE NOVEMBRO DE 2011

Célio Thomaz celiothomaz@celiothomaz.com.br Fátima Thomaz, Maria da Glória e Waldir Garcia com o aniversariante Celio Thomaz Jr.

Jantar de aniversário surpresa em grande estilo...

Paulo Schotz, o aniversariante Célio Thomaz Jr, Guilherme Tannure, o anfitrião Amaro Leandro e Luiz Felipe Francisco.

Pedimos licença aos nossos amigos leitores para apresentar a homenagem que recebemos em meados de outubro pelo cerimonialista carioca Amaro Leandro que ofereceu a este colunista pelo seu niver e sua mulher Fátima Peres Thomaz, jantar de aniversário em seu lindo apartamento em Copacabana, no Rio de Janeiro para cerca de trinta convidados. Foi uma excelente noite que nada faltou.. foi impecável...As fotos de Beth dizem tudo...

Celio Thomaz, Claudio Aboim e Cintia Ventura Tenório.

Cristina Dourado de Gusmão Aboim, Bernadete Froes, o anfitrião Amaro Leandro e Waleska Carvalho.

Fatima e Célio

Luis Eduardo Tenório e Amaro Leandro.

Thomaz, homenageado

O casal Silvinha e Leandro Esteves e Claudio Aboim.

com jantar de aniversário.

Isabel e Eduardo Dias com Celinho Diva e Paulo Schotz com Cintia Tenório

Thomaz Isabela Francisco, Amaro Leandro e Cristina Tannure.

Pão francês - R$ 5,99kg (somente no balcão) Entrega em domicílios

Rua Epitácio Pessoa, 100 (atrás dos Correios) Centro - Petrópolis - RJ Tel. 2231-2160

Direitos Autorais Registro de Músicas Livros Eventos Culturais Agente: Domingos Capistrano Operando no Mercado a 32 anos

Tels.: (24) 2237-3210 (24) 9832-0327 Petrópolis - RJ (22) 9907-4947 Cabo Frio - RJ


Quarta e quinta-feira, 2 e 3 de novembro de 2011

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

5

cidade

P2 faz maior apreensão de droga deste ano n Roberta Müller e João Vitor Carvalho

robertamuller@diariodepetropolis. com.br

Mais de 700 cápsulas de cocaína, dois tabletes de maconha e uma pedra de crack foram apreendidos, na tarde de ontem, por agentes do Serviço Reservado (P2) da Polícia Militar. Esta foi a maior do ano. Um homem ficou preso em flagrante e confessou que havia acabado de ser demitido do emprego, no qual trabalhava como garçom, e comprou o entorpecente com o dinheiro da rescisão, cerca de R$ 2 mil. Também ontem, três mulheres foram presas e autuadas por tráfico de drogas, na localidade conhecida como “Boca do Mato”, no Quitandinha. Elas estavam com 34 cápsulas de cocaína. Na última apreensão, os

agentes da P2 informaram que receberam uma denúncia dizendo que um homem, com casaco e calça pretos, estaria indo para a Favela do Jacaré, no Rio de Janeiro, comprar as drogas, por volta de 12h30. Eles então, montaram uma operação, na altura do bairro Duques, na BR-040, e horas depois conseguiram encontrar o suspeito. Ele subia a Serra em uma motocicleta, uma Suzuki Yes, preta, carregando todo entorpecente. O homem foi preso em flagrante e levado para a 105ª Delegacia (Retiro). Extraoficialmente, ele teria dito aos policiais que pretendia revender as drogas na comunidade onde mora, no Quitandinha. Alguns usuários já estariam até na porta da casa dele esperando o carregamento chegar. Ele não tinha antecedentes criminais.

Três mulheres presas por tráfico no Quitandinha Já no caso das três mulheres, elas foram presas na Rua Espírito Santo, em uma localidade conhecida como “Boca do Mato”, no Quitandinha. Com as acusadas foram apreendidas 34 cápsulas de cocaína, um aparelho celular e R$ 170 em espécie, proveniente da venda de drogas. A operação, feita em conjunto entre Grupamento de Ações Táticas (GAT) e também agentes do Serviço Reservado (P2) da Polícia Militar, aconteceu graças a uma denúncia anônima. Um homem que também estaria traficando no local conseguiu fugir ao perceber a chegada dos policiais.

-Nós fomos até o local, ficamos observando a movimentação e percebemos que essas mulheres toda hora iam até uma pedra buscar a droga e entregavam o dinheiro da venda para um homem. Demos a volta e conseguimos prender as três mulheres e encontrar as cápsulas debaixo da pedra. O homem conseguiu fugir - explicou um dos policiais que participou da ocorrência, acrescentando que a droga foi adquirida na favela da Fazendinha, no Rio de Janeiro. Uma Policial Militar foi chamada a delegacia para revistar as acusadas e acabou encontrando os R$ 170 nos bolsos de uma delas. As mulheres eram velhas

Documentos, telefone celular e a droga apreendidos pela polícia

conhecidas da Polícia, todas já tendo sido presas pelo mesmo crime. Duas delas, inclusive, estavam em liberdade condicional. De acordo com um dos policiais, uma delas foi presa em junho do ano

passado, pelo próprio GAT, com grande quantidade de cocaína, quando vinha para Petrópolis em um ônibus de Caxias. As três foram levadas para 105ª DP, onde ficaram detidas.

Policial estava no posto do BR-040: Sem fiscalização Belvedere após reportagem para coibir excesso de carga Por causa das constantes reclamações dos leitores sobre a ausência de um agente de trânsito no Posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na BR-040, localizado na subida da Serra, no Belvedere, a equipe do Diário esteve ontem e segunda-feira, no local para verificar as denúncias de que o posto estaria desativado novamente. Após a publicação da reportagem de ontem, diferentemente do dia 31 de setembro, quando a equipe passou em dois horários diferentes pelo posto e o mesmo estava fechado, ontem um agente permanecia no local às 16h25. Entretanto, um leitor informou que às 17h05 a cabine estava vazia. De acordo com o assessor de imprensa da PRF, Erlei Molter, o posto está funcionando normalmente com policiamento 24 horas, e completou dizendo que ontem houve uma queda no sistema de informática que fez com que o policial tivesse que comparecer pouco antes das 17h ao posto localizado antes do Túnel Quitandinha para incluir um registro anterior no sistema. A preocupação dos motoristas que trafegam na estrada é de que o posto seja fechado novamente, como ocorreu no período de março até setembro de 2011, quando a unidade foi reaberta. O período em que ficou desativado foi devido a falta de condições estruturais para manter um policial no local. Após reivindicações de políticos e da imprensa, o posto recebeu obras na parte elétrica, acabamento, esgoto, pintura e infiltração. A unidade é considerada estratégica por ser próxima aos retornos nas pistas de descida e de subida. Entre as reclamações

Alan Alonso

Policial estava na cabine no momento em que a repórter chegou

mais recentes dos leitores sobre a ausência de policial no local informadas ao jornal estão anteontem ao meio-dia; no sábado passado, dia 29 de outubro, às 17h e às 21h30; e no domingo retrasado, dia 23 de outubro, às 18h30. Construído em 2006 durante o governo do ex-prefeito Rubens Bomtempo, o investimento foi de R$ 230 mil. Todo o gasto para melhoria na estrutura, iluminação e área externa foram realizadas pela prefeitura. Na ocasião, Bomtempo explicou que o objetivo do empreendimento era inibir a ação de bandidos na região. Por isso, o posto foi instalado em um local que facilitasse a movimentação dos agentes pelas duas pistas da Serra, próximo aos retornos nos dois sentidos. A insegurança gerada pelo fechamento do posto no Belvedere havia sido denunciada pelo Diário de Petrópolis na edição do dia 19 de maio, quando a unidade já estava há dois meses sem funcionar. Na época, dois sequestros envolvendo a Serra de Petrópolis comprovaram o risco por que passam os

motoristas que trafegam na via, já que em um deles os bandidos, de posse de um casal de idosos, conseguiram percorrer a BR-040 no sentido Petrópolis, fazer o retorno no Belvedere, próximo ao posto da PRF, que no período estava fechado, e descer a serra. Os dois idosos ficaram em poder dos sequestradores por mais de seis horas e foram libertados nas proximidades da refinaria de Duque de Caxias (Reduc). O outro sequestro foi de um empresário equatoriano do ramo do petróleo por seis criminosos fortemente armados com fuzis e pistolas em Magé. Os bandidos também conseguiram passar sem ser percebidos por toda a subida da Serra de Petrópolis para soltar os dois funcionários em uma rua do Quitandinha e depois ainda voltaram para a rodovia com o empresário. Próximo ao antigo Hotel Alpes, na descida da BR-040, os criminosos abandonaram o veículo da vítima às margens da via e continuaram a viagem sem terem sido notados por nenhum policial rodoviário federal.

Mulher flagrada com crack na rodoviária Uma mulher de 24 anos foi presa em flagrante na noite de segunda-feira, no Terminal Rodoviário Leonel Brizola, no Bingen, autuada por tráfico e associação para com o tráfico de drogas. A prisão foi feita graças a uma denúncia anônima aos agentes do Serviço Reservado(P2) da Polícia Militar, que informava que duas mulheres chegariam à rodoviária em um ônibus vindo de Duque de Caxias, transportando drogas. Na abordagem, os agentes encontraram com a acusada 20 papelotes de crack, totalizando

10,1 gramas da droga. Ela foi conduzida à 105ª DP(Retiro), juntamente com a menor de 16 anos que a acompanhava, que foi apreendida e seria apresentada ontem à vara de infância e juventude. Além dos crimes de tráfico, a maior responderá por corrupção de menores. De acordo com o depoimento dos policiais, a denúncia sobre as mulheres chegou ainda na parte da tarde. A informação era detalhada, dando conta das características físicas, das roupas que as mulheres estariam vestindo e dos nomes das duas. Dois

agentes chegaram ao terminal por volta das 16h e ficaram esperando, quando, por volta das 20h50, avistaram as duas mulheres tais como foram descritas. Antes de abordálas, os policiais informaram sobre a denúncia e a mulher de 24 anos acabou entregando a droga, que estava escondida nas roupas dela. As duas confessaram ter ido juntas à Favela Dois Irmãos, em Duque de Caxias, e disseram que venderiam a droga no Bairro da Glória, em Corrêas. Cada uma das pedras de crack teria sido comprada por R$ 10.

Pelo segundo dia consecutivo, caminhões com excesso de carga puderam trafegar normalmente pela BR-040. Isso porque a balança para verificar o peso dos produtos transportados nas carretas que utilizam a Serra de Petrópolis não entrou em funcionamento. A pista de acesso dos veículos para a pesagem estava fechada com placas de sinalização e blocos de concreto comprovando que não houve fiscalização na segunda e na terça-feira, dias 31 de outubro e 1º de novembro. Por ser caminho para o Rio de Janeiro, a movimentação de carretas é intensa e elas devem seguir os limites de peso e dimensões estabelecidos pela Resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) nº 210 de 13 de dezembro de 2006. O equipamento está instalado na descida da Serra de Petrópolis no Km 99. Ele chegou a ser desativado em fevereiro e reaberto em abril, após um inquérito civil do Ministério Público Federal contra a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). De acordo com Mílton Valente, que é dono de uma oficina mecânica localizada ao lado da balança e teve o filho atropelado em agosto deste ano no acostamento em frente à fiscalização de volume de carga, os agentes estiveram durante uma parte da manhã de ontem no local, mas não abriram a pista para permitir a pesagem. Na segunda-feira, a equipe do Diário chegou ao local na parte da tarde e a pista

estava fechada. - O posto não funcionou. Eles chegaram umas 6h30, ficaram em pé na frente do local e às 9h foram embora. Eram duas mulheres e um senhor. Não estava a PRF, só a equipe da ANTT – declarou o mecânico. Milton afirma que, além da pesagem de cargas de caminhões, a balança também funciona como um inibidor de velocidade para os veículos de passeio. Por conta da imprudência de um motorista, o filho do mecânico continua em coma no Hospital Santa Teresa. - Quando está funcionando, os motoristas avistam a equipe de pesagem e ficam intimidados, passando mais devagar. Sem balança, eles passam voando. Meu filho foi atropelado por um louco que quis fazer uma ultrapassagem pelo acostamento. Ele teve traumatismo intracraniano, quebrou também os dois braços, o úmero e o tórax – declarou Mílton. Ele afirmou que o serviço de pesagem não vem funcionando regularmente, embora na via trafegue frequentemente veículos de carga. Por minuto, passam entre 8 e 10 caminhões. - Eles ficam aqui no máximo quatro horas por dia com o serviço de balança, mas não é todo dia. Hoje e ontem (segunda e terça-feira), eles nem fizeram a pesagem, ficou fechado – disse o mecânico. O inquérito, além de pedir a volta da fiscalização, também abordava o posicio-

namento da balança, localizada já no fim da descida, possibilitando que um caminhão desça toda a Serra de Petrópolis até chegar em Xerém sem passar por nenhum posto de pesagem. Durante o inquérito, a ANTT informou que estudava um novo local para o posto de pesagem. Na segunda-feira, o Diário de Petrópolis ligou para a assessoria de imprensa da ANTT, mas caiu em um serviço eletrônico. Ontem, a equipe encaminhou um e-mail para a assessoria solicitando uma resposta sobre a paralisação na fiscalização e sobre o estudo para a nova localização da balança, mas não obteve resposta. n Pista bloqueada por causa de cargas Anteontem a carga de um caminhão que transportava refrigerantes se desprendeu e, para evitar que os engradados caíssem na pista, outro caminhão emparelhou com ele e escorou a carga, bloqueando, assim, as duas faixas da pista de subida. Recentemente uma carreta bi-trem que transportava 24 toneladas de chapas de madeira tombou na pista de subida da Serra sobre um automóvel Corsa, provocando a retenção de quatro quilômetros ao longo de todo dia de 26 de setembro, a partir do Km 99, em Duque de Caxias. No dia 20 de setembro, outro caminhão tombou na descida da Serra entre os quilômetros 86 e 84 da BR-040. O acidente bloqueou completamente o tráfego e chegou a registrar


6

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

quarta e quinta-feira, 2 e 3 de novembro de 2011

Agenda Cultural

marciosalerno@diariodepetropolis.com.br

Preservação INSTITUTO OMAR CARDOSO

HORÓSCOPO Áries - (21/03 a 20/04) Um feliz encontro pode marcar o início de uma amizade mais proveitosa e duradoura. Há prenúncios de notícias agradáveis que poderão sugerir a ideia de uma viagem. Conte com a ajuda de educadores e autoridades.

Touro - (21/04 a 20/05)

Dia em que poderá solicitar a colaboração de amigos e parentes para resolver algum problema sério que tiver. O tempo está passando e lhe traz novas ideias que podem ainda ser utilizadas para enfrentar os obstáculos que teimam em lhe fechar o caminho

Gêmeos - (21/05 a 20/06)

Possibilidades de lucro e sucesso no campo comercial. No terreno amoroso, perfeita correspondência sentimental. Êxito técnico, intelectual, artístico e científico. Os astros estão enviando boas vibrações, emanando sentimentos de amor e comunhão.

Câncer - (21/06 a 22/07)

Um aspecto astral muito poderoso está contribuindo para uma ampliação de seus poderes intelectuais e de sua capacidade de progredir financeiramente. Você também estará sentindo muita segurança junto aos amigos

Leão - (23/07 a 22/08)

Fluxo astral neutro em quase tudo. Apenas as pequenas compras estarão beneficiadas, assim como o trabalho rendoso. Mas, mediante uma atitude positiva as coisas darão certo. Os astros indicam um dia impróprio para discussões em todos os sentidos.

Museu Imperial recebe nova doação de coleção com 91 peças O Museu Imperial recebeu recentemente uma importante doação para seu acervo. O casal Eduardo e Sônia Soares Sampaio doou 91 peças das chamadas “roupas brancas”, que consistem em roupas de uso íntimo. Todas são datadas do século XIX e primeiras décadas do XX. A família Soares Sampaio descende de Heloísa Leal e Joaquim Elísio Pereira Marinho, viscondessa e visconde de Guaí. Entre as peças doadas, encontram-se artigos que pertenceram à viscondessa, como uma blusa e um lenço. Na coleção, existem ainda camisolas, toucas, calçolas, camisinhas de pagão, lençóis, fronhas e toalhas de mesa. Os itens são confeccionados em cambraia de linho, fustão e rendas de diversos materiais. Segundo Ana Luisa Alonso de Camargo, chefe do setor de Museologia do Museu Imperial, “essa doação vem enriquecer ainda mais a

CINE BAUHAUS R. Dr. Nelson de Sá Earp, 89 Shopping Center Bauhaus Centro SALA 1

Um dos itens que foram doados ao acervo do Museu Imperial

coleção de indumentária do Museu e, em especial, de indumentária infantil”. As peças serão preservadas na reserva técnica do Museu, sob responsabilida-

De graça

Filme comemora o Dia da Consciência Negra na sexta

Virgem - (23/08 a 22/09)

Libra - (23/09 a 22/10)

Dia que promete sucesso nas investigações, nas pesquisas e na medicina. Sua inteligência será exaltada, devido ao bom aspecto dos astros em seu horóscopo. Cuide da saúde e do seu dinheiro. Espere o tempo certo para novos acontecimentos.

 Escorpião - (23/10 a 21/11) O posicionamento dos astros, a partir de hoje, vai beneficiar você em todos os sentidos. Todavia, continue zelando pela saúde e prevenindo-se contra acidentes e inimigos ocultos. A comunicação, um dos fatores decisivos para os nativos de seu signo, estará lhe beneficiando bastante.

Sagitário - (22/11 a 21/12)

Ótimo dia para tratar de questões financeiras, profissionais e associativas. Fluxo benéfico para os exames, os concursos, os testes vocacionais e os assuntos amorosos. Acautele-se quanto aos problemas judiciais, dívidas ou cobranças.

 Capricórnio - (22/12 a 20/01) Será bem sucedido hoje se adotar uma atitude otimista. Dia excelente para viagens, estudos, testes, férias, amor e contatos pessoais. Melhor ainda para contar com favores, endosso, fianças, etc.

Aquário - (21/01 a 19/02)

Dia em que sua mente estará bastante alerta para obter novas e valiosas informações em relação aos amigos. As boas vibrações dos astros causarão algumas modificações no seu comportamento, deixando-o menos tenso e mais alegre.

 Peixes - (20/02 a 20/03) Alguém da sua família poderá lhe dar valiosas sugestões ou orientações hoje. Dia promissor de felicidade sentimental e harmonia doméstica. Não estranhe se você sentir vontade de modificar alguns setores de sua vida.

SINUSITE? cloreto de sódio

Alívio contra a sinusite SINUSTRAT É UM MEDICAMENTO. SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE O MÉDICO E O FARMACÊUTICO. LEIA A BULA. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO

SINUSTRAT DESCONGESTIONANTE NASAL - Composição: Cloreto de Sódio. Medicamento de Notificação Simplificada RDC Anvisa n° 199/2006. AFE n° 1.00174-0. Indicação: fluidificante e descongestionante nasal. Contraindicação: hipersensibilidade individual aos componentes da formulação. SINUSTRAT DESCONGESTIONANTE NASAL ADULTO - Composição: Cloreto de Sódio.Reg. M.S 1.0174.0034.008-3. Indicação: fluidificante e drenador das secreções nasais e paranasais e redutor da obstrução nasal, em casos de resfriados, rinites e sinusites agudas ou crônicas. Contraindicação: hipersensibilidade individual aos componentes da formulação.

Um filme que traz à tona a mensagem da consciência negra

Nesta sexta-feira, dia quatro, às 19h, tem Cinegro - Sessão do Cinema 360° em homenagem ao dia da Consciência Negra. O filme a ser apresentado é “O Vento Forte do Levante”. O filme pretende reconstruir caminhos e descaminhos de um dos maiores poetas brasileiros: Solano Trindade. Homem de palavras, ideias e ação, Trindade não se curvou diante da opressão de cor, de

classe e de cultura. Morou em Caxias, andou no “Trem sujo da Leopoldina” que tem um “freio de ar todo autoritário”, assim como os motivos que levaram Vargas a ordenar sua prisão. Após a sessão haverá debate com o diretor do filme e historiador Rodrigo Dutra. No Cine Humberto Mauro do Centro de Cultura Raul de Leoni, censura livre, entrada franca.

de do setor de Museologia. Mais informações sobre o setor e agendamentos para consulta ao acervo podem ser feitas pelo e-mailmimp. museologia@museus.gov.br.

ATENÇÃO Uma mensagem para os agentes culturais ligados ao segmento Artes Plásticas na cidade. Ficam convocados todos os artistas e profissionais do mesmo para a reunião que acontecerá no próximo dia 11 de novembro, as 19h no Centro de Cultura Raul de Leoni, Sala Silvia Ortoff, localizado na Praça Visconde de Mauá, 305, Centro. A pauta será a eleição do próximo representante do segmento no Conselho Municipal de Cultura. Os interessados em concorrerem à vaga de conselheiro deverão possuir no mínimo três anos de atuação no segmento e apresentarem a candidatura até o dia seis de novembro deste ano. Mais informações e inscrições através dos telefones 2243-0537 ou 9948-1549.

Na cidade

Teatro infantil e viaturas antigas são as atrações para esta semana Nesta quinta, dia três, às 15h, o projeto Sesi Cultural 2011 apresenta “De Férias no Sítio”. O espetáculo infantil do Centro Teatral e Etc. e Tal apresenta, através da técnica corporal da mímica, uma bela história envolvendo personagens criados por Monteiro Lobato, gênio da

literatura infanto-juvenil. No Theatro D. Pedro, censura livre, ingressos a R$ 10. A partir da próxima sexta, até domingo, de 09h às 18h, acontece o “II Encontro Imperial de Viaturas Militares Antigas”. O evento que traz o acervo de veículos milita-

res que tiveram destaque e uso nas Forças Armadas e nos conflitos mundiais, da Associação Imperial Jeep Club e de sociedades coirmãs como o CVMARJ do Rio de Janeiro, e de outros estados. No Parque de Itaipava, censura livre, entrada franca.

Especial

Seminário voltado para inovação, cultura e estratégias no LNCC O Seminário i9 Ideias visa ampliar os conhecimentos dos participantes em temas ligados à inovação, cultura, estratégias e práticas de gestão da inovação. Nele serão apresentadas metodologias, tecnologias, estratégias e práticas inovadoras, visando criar oportunidades, através da aplicação de princípios e ferramentas que incrementam a criatividade, a geração, promoção e avaliação de novas ideias. A inovação exerce um impacto direto no desenvol-

AMIZADE COLORIDA – Censura 14 anos – Com Justin Timberlake - Horários: 15h, 17h20 e 19h40 todos os dias, exceto 2ª feira – Sessão extra sexta e sábado 21h50 O filme acompanha uma caçatalentos e um jovem talentoso, que começam a trabalhar juntos e acabam se tornando ótimos amigos. Quando o relacionamento avança e começa a ficar mais íntimo, as coisas se complicam. Eles tentam amenizar a situação impondo uma regra: tudo não passa de atração física e qualquer emoção deverá ser deixada de lado. Mas, será que funciona impor regras ao coração? Ingressos: terças e quartas ingresso promocional a R$ 6 para todos (exceto feriados). Preço de ingressos as quintas e sextas - inteira R$ 14 e meia R$ 7. Preço de ingressos aos sábados e domingos - inteira R$ 16 e meia R$ 8.

Sua vontade de vencer na vida estará exaltada neste dia. Os negócios deverão lhe trazer ótimos lucros, o trabalho será progressivo e a sua vida social e amorosa deverá prosperar. Evite expor as suas ideias sem uma direção mais racional.

CINE ITAIPAVA Est. União & Indústria, 11.000 Itaipava

vimento local, regional e nacional. O i9 Ideias também irá abordar temas como: a inovação na competitividade brasileira, o fomento à inovação, a política brasileira de inovação, ciência e tecnologia. O i9 Ideias é o resultado de uma parceria da empresa Mestres e Doutores e do LNCC - Laboratório Nacional de Computação Científica. O Seminário i9 Ideias faz parte da Semana Global de Empreendedorismo 2011, promovido pela Endeavor.

Palestrantes no evento: representantes da Mestres e Doutores, FINEP, INPI, Sebrae, CRA e UFRJ. Públicoalvo: Empresários e empregados, profissionais liberais, estudantes e pesquisadores das áreas privada, administração pública e terceiro setor O seminário acontece no Auditório do LNCC, no Quitandinha, no próximo dia 10 de novembro, de 09h às 17h. Incrições e informações: i9info@mestresedoutores. com.br.

CONTRA O TEMPO – Censura 12 anos – com Jake Gyllenhaall – Horários: 15h, 19h10 e 21h10 Ficção científica em que agente policial corre em e através do tempo, para impedir assassinatos. SALA 2 LARRY CROWNE – O AMOR ESTÁ DE VOLTA – Censura 10 anos – com Tom Hanks – Horários: 17h Romance americano, onde um casal maduro se apaixona e passa a viver aventuras que poderiam ter quando eram mais jovens. OS TRÊS MOSQUETEIROS – Censura 12 anos – com Mila Jovovich – Horários: 14h30, 16h40, 19h e 21h20 Versão moderna do clássico de Alexandre Dumas, desta vez dando a uma mulher a oportunidade de ofuscar a presença de Athos, Portos, Aramis e D’ Artagnan. Preços: Segunda é dia de cinema. Ingressos a R$ 3 em todas as sessões. Terça a quinta (exceto feriados): Sessões iniciadas até 15h59min Inteira: R$ 10 (meia: R$ 5). Após 16h inteira: R$ 12 (meia: R$ 6). Sexta a domingo e feriados: Sessões iniciadas até 15h59min inteira: R$ 12 (meia R$ 6) Após 16h inteira: R$ 14 (meia R$ 7). Lembrando que estamos com uma promoção de terça a domingo: todas as pessoas pagam meia entrada. TOP CINE HIPERSHOPPING ABC Rua Teresa, 1415 / 2º piso Alto da Serra – Petrópolis Cine Fone: (24) 2249-9900 www.cinemaxx.com.br SALA 1 GIGANTES DE AÇO – Censura 10 anos – Horários: 15h30, 18h e 20h30 2ª feira, dia 31, não haverá sessão Charlie Kenton é um boxeador que viu sua carreira acabar quando a luta entre humanos foi proibida e, em seu lugar, surgiu o boxe entre robôs. Ele passa a ganhar a vida como um promotor de lutas clandestinas que usa robôs de baixa qualidade. Quando ele se vê no fundo do poço, Charlie e seu filho Max constroem e treinam um novo robô, que se torna um grande lutador e lhes dá a chance de voltar ao topo. SALA 2 O ZELADOR ANIMAL – Censura livre – com Kevin James – Horários: 15h e 17h 2ª feira, dia 31, não haverá sessão Griffin Keyes tinha um trabalho que era o bicho: ser zelador de um jardim zoológico. Para ele, nada era mais normal do que conviver com leões, elefantes, girafas, ursos e gorilas. Seu problema era com os humanos, mais especificamente, com as mulheres e aí ele teve a ideia de arrumar um trabalho mais respeitável para melhorar a sua situação com elas. Foi a deixa para a bicharada entrar em pânico e querer ajudá-lo a conquistar uma namorada. O detalhe é que eles vão fazer isso “falando” e Griffin não estava preparado para essa surpresa animal. QUAL SEU NÚMERO? – Censura 12 anos – com Anna Faris – Horários: 19h e 21h 2ª feira – dia 31 – não haverá sessão

Boston. Ally Darling fica horrorizada ao ler, em uma revista feminina, que as mulheres têm em média 10,5 parceiros sexuais ao longo da vida. Acreditando que o número é baixo demais, ela puxa da memória todos os homens com quem já transou e passa a investigar junto a amigas qual é o número delas. É quando percebe que já teve relações sexuais com 19 homens, um número bem acima das colegas. Para piorar ainda mais a situação, a matéria diz que as mulheres que tiveram 20 ou mais parceiros têm muito mais dificuldades para se casar. TOP CINE HIPERSHOPPING MERCADO ESTAÇÃO Rua Paulo Barbosa, 310 / 1º piso Centro - Petrópolis Cine Fone: (24) 2249-9900 www.cinemaxx.com.br SALA 1 CAPITÃES DE AREIA – Censura 14 anos – Horários: 17h 2ª feira – dia 31 – não haverá sessão O longa narra as aventuras de meninos que viviam à margem da lei, nas ruas e praias de Salvador da década de 1940. Por terem a habilidade de sumir sem serem notados, eles ficaram conhecidos como os Capitães da Areia. A obra de Jorge Amado foi publicada em 1937 e é dividida em três partes: “Sob a lua, num velho trapiche abandonado”, “Noite da Grande Paz, da Grande Paz dos teus olhos” e “Canção da Bahia, Canção da Liberdade”. Atores-mirins de Salvador passaram meses se preparando para o longa. A direção é assinada por Cecília Amado, sobrinha do escritor baiano. AMIZADE COLORIDA – Censura 14 anos – com Justin Timberlake – Horários: 15h 19h e 21h 2ª feira, dia 31, não haverá sessão SALA 2 UMA PROFESSORA MUITO MALUQUINHA – Censura livre – com Paola Oliveira – Horários: 14h50 e 16h50 2ª feira – dia 31 – não haverá sessão Catharina foi enviada à cidade grande para estudar, quando era criança. Hoje, aos 18 anos, retornou à sua cidade natal e passou a lecionar em uma escola primária. O único problema é que sua chegada começa logo a provocar certos rebuliços na cidade porque seu comportamento totalmente diferente do tradicional, pessoal e profissionalmente falando, começa a incomodar as pessoas. Mas a cidade também recebe o padre Beto (Joaquim Lopes), discípulo de Monsenhor Félix, que também retorna e acaba sendo procurado pela tradicionais professoras que querem derrubar a querida professorinha que conquistou o coração de sua turma com seus métodos não convencionais de ensino. OS TRÊS MOSQUETEIROS – Censura 10 anos – com Milla Jovovich – Horários: 18h50 e 20h50 2ª feira, dia 31, não haverá sessão O clássico Romance francês Os Três Mosqueteiros que foi escrito por Alexandre Dumas está de volta nas telas dos cinemas, no filme D´Artagnan vai a Paris buscando se tornar membro do corpo de elite dos guardas do rei, os mosqueteiros. Chegando lá, após acontecimentos singulares, ele conhece três mosqueteiros chamados “os inseparáveis”: Athos, Porthos e Aramis. SALA 3 WINTER – o golfinho – Censura livre – com Nathan Gamble – Horários: 15h10 e 17h10 2ª feira - dia 31 - não haverá sessão O menino Sawyer, de apenas 11 anos, encontrou por acaso um golfinho encalhado na areia da praia, preso numa rede de pesca. Depois de ver o resgate do animal ser concluído pelo hospital marinho de sua cidade, Clearwater (Flórida), ele se sente atraído por saber mais sobre o destino do pobre animal e vai ao local visitá-lo. Lá, ele conhece o responsável pelo local, o Dr. Clay, e sua filha (Cozi Zuehlsdorff), e começam uma nova amizade. NÃO TENHA MEDO DO ESCURO – Censura 12 anos – com Guy Pearce – Horários: 19h10 e 21h10 2ª feira - dia 31 - não haverá sessão Sally Hurst é uma criança solitária e curiosa, que foi morar com seu pai Alex e Kim numa mansão do século 19. Um dia, enquanto explorava a enorme propriedade, ela descobre um local escondido e isolado, desde que o construtor da residência desapareceu um século atrás. É quando a menina acaba libertando estranhas criaturas que pretendem levá-la para o mundo das trevas e precisa convencer os adultos de que não se trata de uma fantasia, mas de uma assustadora realidade.

Filmes na TV TINKER BELL, UMA AVENTURA NO MUNDO DAAS FADAS – GLOBO – 16H25 Tinker Bell, duvidando de suas próprias habilidades, vai reunir suas amigas para fazer uma revolução no mundo das fadas. LUCAS, UM INTRUSO NO FORMIGUEIRO – SBT – 15H45 Um garoto é reduzido ao tamanho de uma formiga e vai viver um monte de aventuras junto com estes insetos.


57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

quarta e quinta-feira, 2 e 3 de novembro de 2011

7

geral

SMH pode encerrar convênio com Geap do servidor federal Fotos: Alan Alonso

n Roberta Müller

robertamuller@diariodepetropolis.com.br

A pesquisa foi realizada pelo Sicomércio e Fecomércio-RJ

IPCV-Amplo aponta alta de 0,25% em setembro O Índice de Preços do Comércio Varejista – Amplo (IPCV-Amplo) de Petrópolis registrou alta de 0,25% em setembro, se comparado ao mês anterior. O levantamento aponta ainda que o reajuste mais acentuado foi no item Alimentação, cujos produtos ficaram, em média, 0,82% mais caros na comparação com agosto. Outros grupos, como Saúde e Higiene Pessoal (0,65%), Veículo (0,49%) e Despesas Pessoais (0,28%) também tiveram leve crescimento. Em setembro de 2010, o IPCV-Amplo havia registrado aumento de 0,56%. A pesquisa foi realizada pelo SICOMÉRCIO em parceria com a Fecomércio-RJ. A maior variação foi registrada no subitem Frutas (do item Alimentação): aumento de 4,97%. Registraram quedas consideráveis os índices de Vestuário (1,27%), Artigos de Residência (-0,87%) e Manutenção predial (-0,60%), impedindo maior reajuste do índice. Os produtos que mais pesaram no bolso do consumidor foram limão (31,03%), banana d’água (18,92%), cenoura (12,75%) e pimentão (11,09%). No sentido

inverso, apresentaram quedas significativas a vagem (15,26%), abacaxi (-13,20%), beterraba (-12,58%) e cebola (-10,24%). Nos índices acumulados de 2011, os preços subiram 1,23% (estando, portanto, abaixo da taxa de 1,93% registrada no mesmo período do ano passado). Os grupos Saúde e Higiene Pessoal e Manutenção Predial tiveram as maiores altas (respectivamente 3,88% e 3,08%). O único item a ter o preço abaixado foi Despesas Pessoais, com índices 1,94% menores. Desde janeiro, os itens que mais aumentaram de preço foram o tomate (80,99%), agrião (51,64%), alface (43,57%) e couve (42,98%). Os itens que mais baratearam foram a laranja lima (-26,26%), filé mignon (-14,24%), feijão preto (-13,99%) e laranja pêra (13,53%). Em setembro de 2010, o IPCA-Amplo havia apresentado reajuste de 0,56%. Neste ano, a taxa se situou em 1,23%. Já nos últimos doze meses, o aumento foi maior: 5,21%. A pesquisa foi realizada entre os dias 01 e 30.

Os cerca de seis mil servidores federais, aposentados ou pensionistas que pagam mensalmente o plano de saúde Geap - Fundação de Seguridade Social – podem ficar desassistidos na cidade. Ontem, o Hospital SMH (Sociedade Médica Hospitalar), o único conveniado na região, notificou oficialmente o plano por falta de pagamento e deu um prazo de até 60 dias para que a dívida seja quitada ou os diretores encontrem outro hospital para atendimento. Atualmente, por mês, a unidade recebe entre 60 e 90 pacientes só na internação. No Centro de Terapia Intensiva (CTI), nove pessoas estão em tratamento, fora as consultas ambulatoriais. O SMH, que atende o plano há cerca de 15 anos, há três vinha realizando reuniões constantes para tentar solucionar o problema, mas obteve resultado. Tanto o SMH quanto a Geap não confirmaram o valor da dívida, mas informações extraoficiais dão conta que o débito seria de aproximadamente R$ 6 milhões. Com isso, para conseguir manter os atendimentos, segundo Jorge Oliveira, um dos diretores do hospital, a unidade precisou, por várias vezes, entrar com empréstimos financeiros e já não estava mais “suportando a situação”. Por mês, o gasto com pacientes do plano gira entre R$ 600 mil e R$ 700 mil. Os advogados já estariam até providenciando a rescisão do contrato. Caso a Geap pague toda a dívida, o convênio poderá ser mantido, mas esta

O hospital é o único conveniado na cidade para atender servidores, aposentados e pensionistas

possibilidade está praticamente descartada. -A dívida está muito grande. Fizemos várias reuniões e o problema continuou, só este ano foram três ou quatro encontros. Estávamos sendo prejudicados, com um recebimento em torno de 30% a menos do que era apresentado e este mês o número subiu para 50%. Por isso, não temos condições de continuar com essa situação. Vamos atender durante estes 60 dias, mas depois o convênio acaba. Lembrando, claro, que os pacientes internados continuarão com o tratamento – explicou o diretor, informando ainda que outro plano de saúde está em situação parecida e também pode perder o convênio. A situação é ainda pior para quem depende do plano. Na região, o SMH é o único hospital que atende pela Geap. Há cerca de 10 anos o Hospital Santa Teresa também prestava este serviço, mas segundo médicos, o contrato foi cancelado pelo mesmo motivo do

SMH – falta de pagamento. A dívida teria ficado em R$ 2 milhões. O vereador Márcio Muniz se diz duplamente prejudicado com esta situação. Além de ser médico do SMH, ele e sua família também têm o plano. – Nas cidades próximas também não têm hospital conveniado a Geap, vamos ficar sem hospital. Essa falta de pagamento deles já atingiu vários locais. E o número de unida-

des que atendem o plano só vai encolhendo. O plano nem pode reclamar que os servidores não pagam porque o valor é descontado na folha de pagamento, então estão todos em dia. O problema vai causar um grande transtorno na cidade. Imagina um idoso doente ter que sair e ir para Niterói (onde há uma unidade conveniada), por exemplo, para conseguir ser atendido pelo plano – explicou Muniz.

Resposta da gerência do Geap Em nota, a gerência regional da Geap no Estado do Rio de Janeiro informou apenas que desconhece o valor em questão, ou seja, R$ 6 milhões. E disse ainda que “desde o início deste ano, a GEAP/RJ tem recebido representantes do Hospital para tratar de possíveis pendências de faturamento. Nesta data (ontem), o hospital encaminhou uma carta informando que a Fundação está com pendência de pagamento para ser resolvida em 60 dias, conforme prazo contratual, sem nenhum prejuízo ao atendimento à carteira de assistidos da Geap”, disse, sem esclarecer se a dívida será ou não paga ou se o plano já tem outro hospital em vista. A fundação também não informou se os servidores serão prejudicados após o prazo de 60 dias.

Mais de 811 estudantes da cidade farão segunda fase da 7ª OBMEP A unidade será na Avenida General Osório, no Centro da cidade

Nova agência pode diminuir filas no Banco Bradesco Uma nova agência do Banco Bradesco já está sendo construída na cidade, na Rua General Osório, no Centro. A novidade é uma medida para não sobrecarregar as outras agências já que, a partir do ano que vem, a instituição terá a conta dos servidores estaduais. A agência também deverá oferecer novas vagas de emprego, mas o número do quadro de funcionários ainda não foi divulgado. De acordo com o Sindicato dos Bancários de Petrópolis, é sempre bom que novas agências cheguem a Petrópolis, tanto para os clientes quanto para os trabalhadores. Segundo o bancário Rodrigo Neiva Borges Silva, que será gerente da unidade (Agência Urbana General Osório do Bradesco), ainda não existe uma definição para inauguração, mas até o fim do ano ela já deverá estar aberta. Atualmente, o banco conta com seis agências; no Bingen, Alto da Serra, Centro, Itamarati e Itaipava.

Agora, além de outra no Centro Histórico, também será inaugurada uma, a primeira, em São José do Vale do Rio Preto. Para o presidente do sindicato, Luiz Cláudio Rocha, o Bradesco tem os mesmos problemas do resto das instituições de Petrópolis, a falta de funcionários é um deles. – A reclamação é a mesma em todos os bancos, longas filas, faltam bancários, e uma nova opção para os clientes é sempre bom, porque desafoga um pouco as outras agências. Também tivemos a inauguração recente de outra agência do Banco do Brasil que ajudou neste sentido – explicou. Mas, ainda segundo o presidente, algumas falhas devem ser mudadas em todos os bancos, como por exemplo, a rejeição por não clientes. – A pessoa que não é cliente do banco, mas quer pagar sua conta em outra agência, é jogada para os correspondentes, como lotéricas, supermercados, entre outros.

No próximo sábado (05), 811 alunos da rede municipal de Educação de Petrópolis farão a prova da segunda fase da 7ª Olimpíada de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP 2011). Eles estão entre os 16.420 estudantes de 53 escolas municipais de Petrópolis que se inscreveram para esta edição da olimpíada. A Prefeitura de Petrópolis incentiva a realização da OBMEP e vai homenagear estes alunos na sexta-feira (04). Em todo o Brasil, 18.719.916 estudantes de 44.691 escolas públicas (municipais, estaduais e federais) se inscreveram para participar desta 7ª edição. Destes, 935.995 passaram para a segunda fase, cujas provas serão aplicadas no mesmo dia em todo o território nacional. Em Petrópolis have-

rá quatro polos: Liceu Prefeito Cordolino Ambrósio (Campus I -Centro); Universidade Estácio de Sá (Bingen); Escola Municipal João de Deus Rodrigues (Pedro do Rio) e Colégio Estadual Rui Barbosa (Alto da Serra).Segundo Bianca Della Nina, chefe da divisão de ações e projetos de ensino fundamental da Secretaria Municipal de Educação, os alunos já receberam o cartão de confirmação constando o local onde farão a prova, que será aplicada das 14h30 às 17h30. Os alunos devem levar o cartão de confirmação, caneta, lápis e borracha. O secretário de Educação, professor William Campos, falou sobre a importância da participação dos estudantes da rede municipal nas olimpíadas. - É importan-

te que a cidade se orgulhe de seus professores de Matemática e destes 811 alunos. Eles simplesmente deixaram para trás 17.783.921 concorrentes. Na última edição, foram homenageados 61 alunos em Petrópolis, sendo 47 da rede municipal. Nesta edição, acredito que vamos passar de 100 com boas colocações - disse. Na sexta-feira, os 811 alunos que passaram para a segunda fase serão homenageados pela Prefeitura de Petrópolis, por meio da Secretaria de Educação, a partir das 14h, na Escola Municipal Dr. Rubens de Castro Bomtempo, no Vila Felipe. Segundo o secretário, depois da Prova Petrópolis, a OBMEP é o último passo para a Prova Brasil. - Estou muito confiante. Muitos pais vão se emocionar com a homenagem que o pre-

feito Paulo Mustrangi fará na sexta-feira - ressaltou. A OBMEP já é reconhecida como a maior olimpíada do Brasil. Os participantes são alunos de escolas públicas do Ensino fundamental (níveis 1 e 2) e Ensino Médio (nível 3). A primeira fase é feita nas escolas, onde as provas são corrigidas pelos professores. Já a segunda fase, ocorre nos centros de aplicação e participam os 5% com melhores classificações. A OBMEP é uma iniciativa de professores do Instituto de Matemática Pura e Aplicada e da Sociedade Brasileira de Matemática, mantida pelos ministérios da Educação e da Ciência e Tecnologia. Os melhores alunos recebem medalhas de ouro, prata, bronze e bolsas de estudo de iniciação científica do CNPq.

Veja o que funciona no Dia de Finados A assessoria de comunicação da Prefeitura Municipal de Petrópolis informa que, devido ao feriado nacional do Dia de Finados, as repartições públicas não funcionarão neste dia 02 de novembro. De acordo com a Companhia Petropolitana de Trânsito

e Transportes (CPTrans), os ônibus vão funcionar em horário de domingos e feriados. A Companhia acrescenta que haverá interdição ao trânsito de veículos na Rua Cel. Fabrício de Mattos, trecho que compreende o Cemitério Municipal, para a segurança dos pedestres que estarão fazendo

suas visitas neste local. A coleta de lixo irá acontecer normalmente, e também haverá coleta seletiva no bairro Valparaíso. Estarão em funcionamento as urgências dos hospitais Dr. Nelson de Sá Earp, Alcides Carneiro e Alto da Serra, além das Unidades

de Pronto Atendimento (UPAs) do Centro e Cascatinha. A Guarda Municipal e a Defesa Civil funcionam normalmente. De acordo com a Fundação de Cultura e Turismo, todos os pontos turísticos também terão funcionamento normal.


8

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

qUARTA E QUINTA-feira, 2 E 3 de novembro de 2011

economia

ANS quer fundo para saúde dos aposentados Fotos: Divulgação

n Marcos Chagas- ABr

Eduardo Braga é o relator da Comissão de Assuntos Econômicos

BC e CMN terão que se preocupar com desemprego n Lourenço Melo- ABr

Duas propostas aprovadas ontem pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado Federal definem competências socioeconômicas para o Banco Central e o Conselho Monetário Nacional (CMN). O projeto de lei complementar do senador Lindbergh Farias (PT-RJ), por exemplo, determina que o crescimento econômico e a geração de empregos estejam entre as preocupações do Banco Central, quando toma decisões de política monetária. Pela legislação atual, de acordo com o senador, o BC tem como definição de seus objetivos “apenas a estabilidade da moeda e do sistema financeiro, e não o foco direto no interesse da população”. Com relação ao CMN, projeto de autoria do senador Inácio Arruda (PCdoB/CE)

determina que o conselho leve em conta a plena utilização da capacidade produtiva nacional em função da geração de emprego e renda, especialmente quanto às medidas na área do crédito. - O controle da inflação conta com o crivo importante do CMN, pelo fato dele definir o centro da meta e o intervalo de tolerância - argumenta em parecer o relator Eduardo Braga (PMDB-AM). - O Banco Central, por sua vez, por meio do Comitê de Política Monetária (Copom), decide a taxa de juros de forma a atingir a meta estabelecida pelo CMN, o que tem implicações importantes para a produção nacional e a geração de empregos - diz o relatório. Essa proposta foi votada em caráter não terminativo e vai ser apreciada posteriormente em segundo turno pela CAE.

Até o fim do ano ou, no máximo, no início de 2012, a Agência Nacional de Saúde (ANS) deve apresentar formalmente a proposta de criação do fundo de capitalização que bancará os planos de saúde dos aposentados. O presidente do órgão regulador, Maurício Ceschin, disse que esse fundo receberá contribuições de empresas e de trabalhadores em atividade para “evitar um impacto financeiro muito grande” na data da aposentadoria e, consequentemente, perda de renda. Maurício Ceschin acrescentou que, ainda neste mês, a ANS publicará resolução normatizando uma série de pontos da Lei 9.656/98, que trata do funcionamento dos planos e seguros privados de saúde, pendentes de regulamentação do órgão. Entre eles está a possibilidade de aposentados e trabalhadores demitidos sem justa causa manter os planos de saúde oferecidos pela empresa. No caso dos trabalhadores demitidos sem justa causa, pela proposta em estudo, a empresa continuaria pagando o plano de saúde por um período de seis

Ceschin disse que o fundo receberá contribuições de empresas

meses a dois anos. Esse tema foi debatido, ontem, na Comissão de Direitos Humanos do Senado com a participação de sindicalistas, representantes das operadoras de planos de saúde e da ANS. A resolução em análise há um ano prevê “alguns avanços”, como a possibilidade de inclusão de novos cônjuges e dependentes; a possibilidade de o aposentado ou pensionista migrar para outro plano que não o oferecido pela empresa,

sem a necessidade de cumprimento de carência. No entanto, a lei prevê que, ao se aposentar, o trabalhador poderá continuar com o seu plano desde que tenha contribuído por um período mínimo de dez anos e assuma o pagamento integral das mensalidades. Essa questão norteou as exposições de todos os representantes de centrais sindicais. - Não adianta dizer que a mesma cobertura assisten-

cial está sendo oferecida se o aposentado ou trabalhador demitido pagar mais do que antes, quando gozava do benefício enquanto estava na ativa. Sugerimos que a ANS faça uma análise para que tome uma posição mais adequada disse o representante da Força Sindical Arnaldo Gonçalves. Já o representante da União Geral dos Trabalhadores (UGT) Raimundo Nonato dos Santos disse que a regra “nascerá morta” porque não especifica a coparticipação no pagamento dos planos de saúde entre empresa e trabalhador. O representante das operadoras e da Unimed Brasil, José Cláudio Ribeiro Oliveira, disse que o pagamento integral pelos aposentados foi amplamente debatido durante o processo de regulamentação ainda em andamento. Ele reconheceu que esse princípio “talvez não seja o ideal, mas é o possível”. Para viabilizar um acordo, o presidente da comissão, Paulo Paim (PT-RS), marcou para a próxima semana uma reunião com sindicalistas, representantes das operadoras de planos de saúde e da ANS.

Indústria do petróleo vai precisar de 212 mil trabalhadores até 2014, diz estudo Gás Natural (Prominp), Marco Antônio Ferreira. Ferreira participou ontem de um debate sobre o pré-sal na sede da Federação das Indústria do Estado de São Paulo (Fiesp). Segundo ele, o Prominp fez no ano passado um estudo para saber qual a demanda de

n Vinicius Konshinski- ABr

A indústria do petróleo e gás deve contratar, pelo menos, 212 mil trabalhadores nos próximos três anos. A estimativa é do consultor da coordenação do Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e

mão de obra da indústria do petróleo até 2014. O estudo apontou que pelo menos 212 mil vagas de empregos serão abertas no setor. - Essas são as lacunas que verificamos em nosso plano de negócios - disse. O Prominp é um programa do governo federal

criado para treinar trabalhadores para atuarem no setor de petróleo e gás natural. Ferreira explicou que a coordenação do programa levanta os investimentos programados e estima quantos trabalhadores serão necessários para que os projetos sejam executados.

AVISOS E EDITAIS

Cartório de 3º Ofício de Petropolis

MANUTENÇÃO E MELHORIA NA REDE COM INTERRUPÇÃO NO FORNECIMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA Visando prestar um serviço de melhor qualidade, a AMPLA comunica a seus clientes que interromperá o fornecimento de energia elétrica, para possibilitar a execução de obras e melhoramentos da rede, no município de Petrópolis nas seguintes localidades: s 05/11/2011, das 08:30h às 12:00h, Samambaia: Próximo da Rua Luiz Mendes Rodrigues e adjacências. Cliente Especial: José Geraldo Moreira. s 06/11/2011, das 09:30h às 16:00h, Centro: Ruas Antonio Machado, B. Aires nº 201, de Águas Claras, Santos Dumont, Figueira de Mello e adjacências. O restabelecimento de energia poderá voltar antes do horário previsto.

Terceiro Ofício - Petropolis - RJ

Relação do Edital dia 02/11/2011 Acham-se afixados neste cartório, conforme a lei 9492/97, art. 15 $1 - Processo 89.877/99 CGJ/RJ, para serem protestados os títulos de responsabilidade de: Protestar em 04/11/2011 CASTOR MADEIRAS DE CONSTRUCAO LTDA

Número: 00097802

DUPLICATA MERCANTIL

Emissão:22/09/2011

Vencto: 25/10/2011

Custas

120,27 Total

CASTOR MADEIRAS DE CONSTRUCAO LTDA

Valor:

Cheque Administrativo

Custas

125,81 Total

Protestar em 04/11/2011 MG FAB. ALIM. PETROPOLIS LTDA

013291032000135

Valor:

Emissão:12/09/2011

Cheque Administrativo

Custas

106,39 Total

Protestar em 04/11/2011

Valor:

Cheque Administrativo

Emissão:01/10/2011 96,67 Total

Protestar em 04/11/2011 VIK RADICAL COM PECAS E AC DE

Valor:

Cheque Administrativo

Custas

106,39 Total

Protestar em 04/11/2011 VINICIUS DE SOUZA BARBOSA

Este órgão reserva-se no direito de proceder as alterações viárias que se fizerem necessárias.

ROBERTO FÁBIO PESSOA FRAGA Diretor Presidente

Emissão:15/06/2011 Custas

RONDONIA RURAL COMERCIO INDUSTRIA E CONS

011990

Valor:

114,73 Total

14,03 Total

5.418,84

Portador/ Cedente / Sacador

Protocolo 16930

A F CARTR COM ART INF L

31/10/2011

106,39 Cpmf

0,00 Tarifa

Cemitério Municipal Edem Alves, 76 anos, Alto da Serra, 11h José Faustino da Silva, 73 anos, São Sebastião, 14h Nair Maria Henrique, 72 anos, Quitandinha, 15h30 Cemitério de Itaipava Raimundo de Carvalho, 82 anos, Belford Roxo, 16h30

14,03 Total

357,42

Portador/ Cedente / Sacador

Protocolo

399 - HSBC BANK BRASIL SA BANCO MULTIPL

16914

RODONAVES TRANSPORTES E ENCOMENDAS LTDA

31/10/2011

OBS. AS INFORMAÇÕES ACIMA SÃO FORNECIDAS AO DIÁRIO POR FUNCIONÁRIOS DAS SECRETARIAS DOS CEMITÉRIOS,

RODONAVES TRANSPORTES E ENCOMENDAS LTDA

96,67 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

168,41

Portador/ Cedente / Sacador

Protocolo

341 - BANCO ITAU SA

16931

RODOLUB S.A. COM LUBRIFICANTES

31/10/2011

RODOLUB S.A. COM LUBRIFICANTES

310,00

416,39 ou Dinheiro Custas

106,39 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

430,42

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF 08294416703

Valor:

0,00 Tarifa

341 - BANCO ITAU SA

CNPJ / CPF 008963758000137

Protocolo

341 - BANCO ITAU SA

16944

CONFECCOES ANDRITEX LTDA ME

31/10/2011

CONFECCOES ANDRITEX LTDA ME

Número: 2195-4

DUPLICATA MERCANTIL

Cheque Administrativo

31/10/2011

125,81 Cpmf

SEPULTAMENTO

57,71

PRC 29 DE JULHO, 52

Vencto: 18/10/2011

16998

154,38 ou Dinheiro Custas

Número: 2 Emissão:22/03/2010

Vencto: 21/05/2010

001 - BANCO DO BRASIL SA

343,39 ou Dinheiro Custas

RUA SANTO ANTONIO, 60 DUPLICATA MERCANTIL

Protocolo

A F CARTR COM ART INF L

Número: 0567108685

Custas

3.165,30

237,00

RUA FREDERICO BULL 115

Vencto: 18/10/2011

14,03 Total

RONDONIA RURAL COMERCIO INDUSTRIA E CONS

CNPJ / CPF 008545878000114

008986990000190

DUPLICATA MERCANTIL

0,00 Tarifa

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF

SANTOS & MARCH ESE

120,27 Cpmf

O dia 02 de novembro de 1981 caiu em uma segunda-feira e o DIÁRIO não circulou nesta data.

TERÇA-FEIRA, 01/11/2011

5279,00

Número: 6068

DUPLICATA MERCANTIL

31/10/2011

RONDONIA RURAL COMERCIO INDUSTRIA E CONS

5.404,81 ou Dinheiro Custas

R. MOSELA, 1662 - D

Vencto: 12/10/2011

RONDONIA RURAL COMERCIO INDUSTRIA E CONS

CNPJ / CPF

Número: 80097802 Emissão:22/09/2011

Vencto: 25/10/2011

16996

3.151,27 ou Dinheiro Custas

Há 30 anos era publicado

Protocolo

001 - BANCO DO BRASIL SA

3031,00

RUA BERNARDO VASCONCELOS, 480 DUPLICATA MERCANTIL

Portador/ Cedente / Sacador

CNPJ / CPF 013291032000135

RUA BERNARDO VASCONCELOS, 480

Protestar em 04/11/2011

A Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes CPTRANS, através da Diretoria Técnico-Operacional e no uso de suas atribuições legais, comunica à população em geral e aos senhores motoristas em particular que, em virtude do feriado do Dia de Finados, 02/11/11, haverá interdição ao trânsito de veículos nos dias 01 e 02/11/11 da Rua Cel. Fabrício de Mattos, trecho que compreende o Cemitério Municipal, para a segurança dos pedestres que estarão fazendo suas visitas neste local .

Pag: 1

R. do Imperador, 1021 - Centro

Cheque Administrativo

AVISO DTR nº 044/10 – 28/10/11

02/11/2011

750,00

864,73 ou Dinheiro Custas

114,73 Cpmf

0,00 Tarifa

14,03 Total

878,76

Intimo-os a pagarem ( através de cheque administrativo ou dinheiro com guia de pagamento a ser retirada neste tabelionato ), ou no caso da falta de aceite, comparecer para aceita-lo, ou dar-me as razões por que não o faz. Ficando assim já intimado do respectivo protesto no prazo estipulado na forma da lei. Petropolis, 02/11/2011 João Correia Lima Neto - Escrevente

Leia e assine o Diário de Petrópolis - ( 2235-7165

Leia o DIÁRIO DIGITAL: www.diariodepetropolis.com.br


RETIRO A paróquia de São Tomás de Aquino, no Bairro Retiro, tem expediente de 2ª a 6ª feira de 13h até 18h e aos sábados de 8h até 12h. Ela atende as capelas de Nossa Senhora das Vitórias (Comunidade do Neylor), Santa Teresinha (Cocada), Nossa Senhora Aparecida (Alemão), entre outras.

D

iário nos

B

airros

diarionosbairros@diariodepetropolis.com.br

Velocidade excessiva no Bingen Nova queixa sobre trânsito. Morador critica abuso de motoqueiros e motoristas e pede apoio de autoridades No embalo da reclamação de moradores do Alto da Serra sobre a falta de guardas de trânsito aos domingos pela manhã, o morador Paulo Cardoso, do Bingen, queixou-se de abusos de motoqueiros e motoristas em todo o bairro. Segundo informou, o excesso de velocidade é visto constantemente pelas vias da comunidade. Paulo Cardoso citou que recentemente foi executado o serviço de pintura das faixas de pedestres e demarcação das paradas de ônibus. Apesar de o trabalho ter sido muito bem feito, de acordo com o morador “ele nada adianta com respeito aos abusos dos condutores de veículos e dos motoqueiros”. O morador enviou uma mensagem ao presidente

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

quarta e quinta-feira, 2 e 3 de novembro de 2011

Motos e carros em velocidade excessiva no Bingen

Roberto Naval, da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes – CPTrans – emitindo a sua opinião. Na mensagem ele também relata a situação do excesso de velocidade na Rua Bingen. Por outro lado, a leitora Maria Lúcia Glicério Pacheco, da Vila Felipe, emitiu uma mensagem de acordo com a queixa de moradores e comerciantes sobre o trânsito aos domingos pela manhã no Alto da Serra. Citando ser proprietária de um veículo da marca Gol, informou que “não nem uma, nem duas vezes” que ficou impedida de passar da Rua Teresa a Rua Santo Antônio por causa de carros estacionados irregularmente, conforme o DB vem publicando quase que semanalmente com os pedidos de guardas de trânsito no local.

9

ALCOÓLICOS ANÔNIMOS Hoje 19h: Grupo 27 de Maio, Rua Bingen, 261 Amor e Atração, Avenida Leopoldina, 596, Nogueira. 19h30: 28 de Janeiro, Rua Paulo Barbosa, 180, Centro; Estrela de Araras, Escola Estadual de Araras; Morin, Igreja de Nossa Senhora da Glória; e Petropolitano Rua Santos Dumont, 100, Centro.

Instalada luminária na Comunidade Vitória No mesmo dia em que o prefeito Paulo Mustrangi visitou a Comunidade Vitória, na Duarte da Silveira, um braço de luminária foi instalado no poste do final da Servidão Manoel Lourenço Tavares Filho. Moradores locais vinham solicitando o serviço há semanas e bastou a visita para que o atendimento fosse feito. A informação foi dada ontem

pelo vice presidente Fioravante Luiz Carvalho, da Associação de Moradores da Comunidade Vitória. Ele agradeceu ao prefeito e a Secretaria de Obras pela iluminação e lembrou que agora só falta a colocação de corrimão na escadaria, pois o trabalho de mutirão de um muro de contenção e a pavimentação do final da servidão já estão concluídos.

Usuários criticam linha de ônibus na Fazenda Inglesa Usuários estão ficando mais de uma hora esperando o ônibus da linha Fazenda Inglesa no Terminal Rodoviário do Bingen e ontem um deles criticou a situação. Identificando-se apenas como Wellington, informou que até combustível faltam nos coletivos que deixam passageiros a pé antes de completar o itinerário.

Solidário com uma amiga de trabalho ele citou que ao sair do serviço altas horas da noite, ela fica a mercê de carona quando o ônibus falta. Pediu que as autoridades do transporte fizessem uma fiscalização para constatar o problema. Ao finalizar lamentou que aos domingos e feriados os moradores da Fazenda Inglesa ficam sem condução.

Marcada outra reunião de Ampla explica reclamação de moradores do Boening e do Fragoso reestrutura do município

Com relação à matéria “Moradores reclamam luminárias públicas na Boening e Fragoso”, publicada no jornal, a Ampla informa que não é mais responsável pelo serviço de manutenção da Iluminação Pública da cidade de Petrópolis. Com o fim do contrato firmado entre a distribuidora e a Prefeitura

Municipal, em 31 de março de 2011, todas as solicitações e reclamações relativas à iluminação pública devem ser feitas, a partir de agora, ao poder público municipal. A Central de Atendimento da Prefeitura de Petrópolis funciona em horário comercial, pelo telefone 0800 024 1000. A Ampla esclarece,

no entanto, que continuará sendo agente repassador da verba de iluminação pública da cidade, recolhendo o valor por meio da conta de luz e transferindo para a Prefeitura da cidade, responsável pela execução dos serviços. A distribuidora de energia ressalta que o recolhimento está previsto na Constituição

Federal (art.149-A) e tem como objetivo o custeio do serviço de Iluminação Pública (IP) nos municípios. A Ampla informa que continua responsável por todo serviço de fornecimento de energia elétrica em Petrópolis, bem como em todos os outros 65 municípios de sua área de concessão.

Mais uma reunião de reestruturação e desenvolvimento dos municípios da Região Serrana está marcada. Ela está confirmada para a próxima sexta feira na sede da regional da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro – FIRJAN – na Rua Dom Pedro, no centro. As confirmações podem ser feitas pelo telefone 2237 0062.

Participarão autoridades, lideranças comunitárias, titulares de instituições, entre outros segmentos da sociedade, conforme antecipou a diretora Maria Helena Arrochellas, do Centro Alceu Amoroso Lima para a Liberdade – CAALL – que apóia o evento. O horário inicial está previsto para 9h e o encerramento 12h.

Tranqüilidade para a sua empresa

Contabilidade de última geração, sistema avançado de informática Escrita Fiscal – Rotinas Trabalhistas e Folha de Pagamento Sistemática Departamento Jurídico – Direito Cível – Direito Trabalhista Projetos Econômicos – Análise de viabilidade e capacidade de sua empresa – Administração de Bens e Serviços – Corretagem e Administração de Imóveis – Equipe com treinamento especializado Direção Técnica: Márcio Tesch Economista – Corecon 10582 Advogado – OAB/RJ 59.566 Tec. Contab. – CRC/RJ 25.384-0

Rua do Imperador, 772 – Gr 105/106 – Centro Petrópolis – RJ. Tel/Fax: (024) 2231-6212 / 2231-3322

Leia e assine o diário de petropolis Tel:

2246-3807


10

57 anos

DIÁRIO DE PETRÓPOLIS

quarta e quinta-feira, 2 e 3 de novembro de 2011

ESPORTES

esportedp@gmail.com

Tênis de mesa é sucesso no Vale do Cuiabá O Projeto Municipal de Detecção de Talentos do Tênis de Mesa que está colocando Petrópolis entre os maiores formadores de novos talentos do mesatenismo brasileiro, atingindo 1,4 mil crianças em 10 escolas da rede municipal, busca obter o mesmo sucesso entre os alunos no Vale do Cuiabá, local atingido pelas chuvas de janeiro. O projeto que já está sendo desenvolvido dentro da região nas escolas municipais Paula Buarque, Theodoro Machado e Santo Antônio, foi lançado oficialmente na última semana em evento que contou com a presença da primeiradama do município Marileine Mustrangi. Durante o lançamento na Escola Santo Antônio, Marileine mostrou grande habilidade batendo uma bolinha com a revelação do tênis de mesa petropolitano, Jessika Carmo, de apenas 11 anos, que em julho classificou-se para a seleção nacional. Mais do que buscar talentos, a missão do projeto que conta com o apoio da Prefeitura de Petrópolis, através do prefeito Paulo Mustrangi, é proporcionar cidadania e educação através de uma atividade esportiva capaz de, ao mesmo tempo, educar e divertir, desenvolvendo as

capacidades físicas e mentais, ainda agregando valores ao cotidiano das crianças. Os professores que vem desenvolvendo o projeto nas escolas do município são Bernardo Rodrigues, Tiago Souza e André Deister, mas o projeto ainda conta com o trabalho da fisioterapeuta Ana Paula Sá, responsável pela recuperação e principalmente a prevenção de lesões nas atividades desenvolvidas. Segundo o coordenador e idealizador do projeto, o técnico Daniel Ramos, embora os resultados alcançados até o momento estão indo além das expectativas, a capacitação dos profissionais envolvidos no projeto é uma prioridade. - Tô muito feliz com os resultados que o projeto está alcançando neste pouco tempo e principalmente com o excelente trabalho desenvolvido pelos professores que estão comandando as atividades - anunciou o treinador. O curso de capacitação para os professores de Petrópolis será ministrado por ninguém menos que o técnico paulista Nelson Machado, um dos maiores nomes do tênis de mesa brasileiro e técnico Expert da ITTF (Federação Internacional de Tênis de Mesa), a “FIFA” do tênis de mesa.

Posse vence o Laginha no Sub-15 e já está no G-4 Em partida realizada na Praça de Esportes Luiz Fernando Machado Fagundes, o Sub-15 do Posse obteve uma excelente vitória diante de uma equipe voluntariosa do Laginha. No primeiro tempo jogo bem disputado com chances de ambas mas em jogada individual do atleta Eliezer que sofreu pênalti,bem cobrado e convertido por Artur fazendo Posse 1 a 0 e terminou a primeira etapa com várias chances desperdiçadas. Veio o segundo tempo e o time da casa fez o dever direitinho e os gols foram saindo. Aos cinco minutos Nenen marcou 2 a 0. Em seguida veio o gol único dos visitantes, mas aos 12 Nenen novamente, aos 15 minutos gol de Eliezer, aos 38 novamente Artur e encerrando o placar Grilo fechou aos 41 minutos. Final: Posse 6 a 1 Laginha. Atuaram: Silvio, David, Diel, Wesley, Fernandes, Pimentel, Eliezer, Artur, Léo, Nenen e Neuman. No

banco: Portuga,Yan, Lambari, Ronaldo, Grilo, Eduardo, Matheus. Treinador: Luiz Preto e auxiliar: Tuninho. Pelo Sub-17 o Posse não teve a mesma sorte e fora derrotado pela forte equipe do Secretário por 2 a 0, onde também se destacou o ótimo goleiro do time visitante não dando chances para os comandados do treinador Mirin, e levando uma derrota do ponto de vista injusta. A partida foi bastante disputada com várias situações de gols ora desperdiçadas ora bem defendidas pelo arqueiro de Secretário. O Posse jogou com: Luiz Felipe, Sivestre, Jorginho, Marlom, Jonathan, Uri-Gueller, Beletti, Dedeco, Marcelo, Buiu e Douglas. Entraram: Romário, Welington, Gonzaga, Maicon. Treinador: Mirin e auxiliar: Lilinho. A diretoria do Posse elogiou a arbitragem nos dois confrontos. (Fonte: Ryclen Assessoria & Marketing Ltda).

Ari Gomes

A primeira dama, Marileine Mustrangi, é adepta da modalidade e fez questão de participar da primeira aula de mesatenismo

Petro Sport promove torneio de futebol no dia 5 de novembro O programa de responsabilidade do Petro Sport/Inec vai realizar no dia 5 de novembro nas dependências do Clube Balança Rede no Caxambu, mais uma edição dos torneios internos das comunidades atendidas pelo programa Esporte nas Escolas implantado recentemente em parceria com a Secretaria de Educação. Seguindo o cronograma elaborado pela direção do projeto, além da criançada do Caxambu, ainda no mês de novembro estão programados torneios internos nas comunidades do Vale do Carangola, Grão Pará no Alto da Serra e também no Duarte da Silveira. Segundo a coordenação do programa estes eventos servem para motivar as crianças que durante todo o ano participaram das atividades do projeto. - É o Petro Sport/Inec fazendo a diferença na questão de responsabilidade social na cidade, levando a prática esportiva as crianças de 16

Divulgação

A equipe do Petro Sport/Inec vem realizando competições em várias comunidades da cidade

comunidades petropolitanas – disse Luciano Palito, presidente do projeto. nnovo

patrocinador Através da parceria entre o Petro Sport e o Grupo Bramil de Supermercados a partir do próximo mês todos os atletas da escolinha de futebol do Cascatinha e também as equipe de competições passam a utilizar os uniformes fornecidos pelo patrocinador oficial de material esportivo. O acerto final

com os diretores do Bramil, que há três anos fornece todo material ao Petro Sport tanto nos projetos sociais quanto nas equipes de competição, aconteceu recentemente. Luciano Palito presidente do Petro Sport fez questão de agradecer ao amigo Josimar Salles do Grupo Mil que por mais uma oportunidade apoiou nossa instituição. - Em três anos de trabalho foram confeccionadas cerca de três mil camisas para nossa insti-

tuição, isso mostra credibilidade e ótimo relacionamento com a empresa – disse Palito. nRodada A LPD confirmou para hoje quatro partidas, Sub-15 – Estádio Osório Júnior – 9h – Cascatinha x Carangola. Estádio Álvaro Catão - 9h – Inter x Vera Cruz. Sub-17 – Estádio Osório Júnior – 11h – Cascatinha x Carangola. Estádio Álvaro Catão – 11h – Inter x Vera Cruz.

Futsal: marcada semifinais MELLO FATURA, DÁ SALTO NO RANKING E SE GARANTE NO AUSTRALIAN OPEN - A vitória no Challenger de São José do Rio Preto em São Paulo rendeu bons dividendos para Ricardo Mello, que subiu nada mais nada menos que 25 posições no ranking mundial, chegando a 84 posições no ranking. Com o resultado o tenista de Campinas se garantiu no Australian Open, primeiro torneio de grand-slam da temporada que é jogado nas quadras de Merlbourne. O tenista chega a posição de 84 na ATP, que caiu mais uma posição foi Thomaz BELLUCCI, que agora ocupa a posição de 38 no ranking mundial, pior colocação de nosso número 1 no ranking neste ano de 2011, muito, muito pouco para que acertou no início do ano parceira com Larri Passos e esperava encerrar o ano entre os Top 20 da ATP... TENNIS GOURMET HOMENAGEIA A ITÁLIA - A edição de novembro do Tennis Gourmet, nesse próximo dia 4, homenageia a Itália com uma super noite de massas que promete agradar a todos. Paulo Areas, que homenageou os tenistas da chamada Turma de Quinta com um strogonoffe preparado pela primeira dama do Petrô Patrícia, já está preparando os eventos de final de ano, nota, os convites para a noite de massas do Tennis Gourmet se esgotaram em poucas horas, prova que o evento já marcou definitivamente

para todos. WOZNIACKI MANTÉM LIDERANÇA APERTADA - A dinamarquesa Caroline Wozniacki consegue terminar a temporada em primeiro lugar mas a muito, muito custo, com a vitória da tcheca Pietra Kivitova em Istambul no ATP masters feminino, a diferença para a primeira do ranking agora é de 115 pontos e Wozniacki vai ter de lutar muito para manter sua posição no ranking na próxima temporada. Quem está vibrando com a posição da compatriota é o querido amigo Peter HJORTH e sua grande legião de fãs na Internacional Mesa da Sardinha. TORNEIO ARNALDO RIPPEL - Já é grande a movimentação dos tenistas da cidade para prestigiar o torneio que homenageia o presidente do Petrô e o centenário do clube alvinegro, uma das novidades que está sendo muito bem aceita é a classe D, que terá importantes presenças, como os irmãos Ana Paula Guerra e Paulo, em treinamentos secretos para surpreenderem na competição, os irmãos Milton e Gilberto Lopes, Arnaldo Rippel e Patrício, Otávio, Antônio Soares e Antoun e outras feras que prometem agitar a competição. Nas outras classes muita procura, a classe A, organizada por Rodolfo Abi-Daud terá grandes nomes do tênis Petropolitano como Brunão Fajardo, Eduardo Leite, Fernandinho Kronemberg, Luis Guilherme Tré, Serginho

Marcelino, professor Sydnei além do Rodolfo Calado. ENCERRAMENTO DO HST OPEN - Encerrado em grande estilo o HST OPEN, realizado na Academia Locatelli no último domingo, uma centena de pessoas prestigiaram as finais que teve como vencedor um jovem tenista carioca que derrotou ao Malla por dois sets a zero, pela, organização parabéns, principalmente ao diretor Vinícius Thadeu, que animadíssimo já garantiu a segunda edição da competição para o ano que vem e também, total apoio ao Torneio Santos Dumont que será realizado no próximo ano no PETROPOLITANO.....SHOW.... Ótimo feriado para todos e saudades que grandes amigos que nos deixaram neste anos todos, companheiros inesquecíveis das quadras como Dennis Cross, Kubisctcheck, Newton Torres Werneck, Feliciano Peixoto, Pedro Nunes, José Montezan dos Santos, Dircineu Pereira, Reinaldo Blum, Kléber Brand, Ruben de Almeida Nobre, Ronaldo Nobre, José Vieira - O Vieirinha Mathias Slanovich, Willie Fajardo, Kurt Richter, Kurt Zeidler, Lidia Zeidler, dona Elfie, dona Irene Guimarães, Isabel Martins, Paulo Tostes, José Montezano dos Santos, Jaime Querido e tantos e tantos outros que marcaram nossa vida nas quadras de tênis da cidade.....Que o Pai-Maior os ilumine sempre e quem sabe, até um dia desses.

A Liga Petropolitana de Desportos (LPD), confirmou para o próximo sábado, dia 5 de novembro, a abertura da semifinal do Campeonato Municipal de Futsal nas categorias Sub-9, Sub-11 e Sub-13. Com melhor campanha, as primeiras partidas do Petropolitano serão realizadas fora de casa. Mas no Sub-11 o alvinegro joga a segunda fora. O Sub-9 jogará às 16h no Ginásio da Casa de Portugal, em Quitandinha, contra o In-

ternacional. Às 17h será a vez do Sub-11 enfrentar o Serrano, no Ginásio Afonso Paoni. E, por fim, o Sub-13 que terá como adversário o Palmeira, atuará no Ginásio Luiz Vedovani, a partir das 18h. Os segundos jogos das semifinais não poderão ser realizados no sábado seguinte, no Ginásio José Borzino, que estará ocupado com o Campeonato Brasileiro de Futebol de Mesa, a ser realizado de 12 a 15 de novembro,

ocasião em que serão instaladas 40 mesas na quadra para os jogos que contarão com a participação das melhores equipes e botonistas do Brasil. Segundo a diretoria do Petropolitano as partidas de volta deverão ser realizadas na próxima semana em datas a serem marcadas de comum acordo com os adversários do Petrô, podendo inclusive serem antecipados para sextafeira, 11 de novembro.


diariodepetropolis