Page 1

g diário de guarulhos d 1

ANO 33

Guarulhos, terça-feira, 27 de agosto de 2013

josé luiz/pmg

mundo animal Onça achada em Arujá voltará à selva após tratamento página 4

Nº 4087

música Sessão de rock pesado em Guarulhos

divulgação/matanza

www.diariodeguarulhos.com.br www.dgnews.com.br

página 7

Dilma demite ministro Patriota

coragem “Não me omiti”, diz diplomata que salvou senador

crise chanceler cai depois que opositor de evo morales escapa da Bolívia página 5 fábio nunes teixeira/pmg

página 5

segurança Homicídios dolosos param de cair em Guarulhos página 4

trapalhada Jovem perde voo para Bali após piada sobre terrorismo página 3

alencar santana “Médicos cubanos são vítimas do preconceito” página 6

afinação O prefeito Sebastião Almeida assinou nesta segunda (26) decreto que aumenta a bolsa dos músicos da Orquestra Jovem de Guarulhos Página 4

Dia de sol com algumas nuvens e névoa ao amanhecer. Chuvoso durante o dia e a noite Noite com poucas nuvens..

Mín. hoje MÁx. Tempo

21° 13° 16°c IUV: 7 (muito alto) 9°c UR: 100% 54% 6h21

17h54

10

índice ultra violeta muito alto 6h40 17h28

iBovespa 1,47% | 51,429 pontos Dólar comercial 1,29% COMPRA R$ 2,3831 VENDA R$ 2,3837

Fonte: uol economia

Indicadores

Fonte: Climatempo/tempo agora

Tempo hoje

Câmara aprova anistia de juros e multas de tributos governo sessão extraordinária aprova parte do pacote tributário do executivo pág. 3


2

protesto

O Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos promete para o dia 30 um ato de protesto contra o projeto do deputado Sandro Mabel (PMDB-GO), a favor das terceirizações.

que diria?

Probleminha: as terceirizações - para todos os setores econômicos - são defendidas por ninguém menos do que o ministro do Trabalho, Manoel Dias.

trombada

Outro problema: Manoel Dias é do PDT, o mesmo partido de José Pereira, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos.

Pergunta

Os líderes sindicais pedirão a cabeça do ministro do Trabalho?

Terça-feira, 27 de agosto de 2013

“Eu escolhi a porta estreita e lutei o bom combate. Eu não me omiti. Optei pela vida e salvei a honra do meu país, que eu defendo sempre” eduardo saboia, embaixador brasileiro em La Paz, depois de trazer o oposicionista Roger Pinto Molina a salvo ao Brasil, contrariando o Itamarati.

OlhoVivo

XXcultura

da redação redacao@diariodeguarulhos.com.br

Rômulo na contramão

eleições 2014

N

a sessão juros e multas extraorda dívida ativa dinária dos contribuinda Câmara desta tes de Guarusegunda(26), lhos. Queria que R ô m u l o dívidas superioOrnellas(PT) res a R$ 246 mil debateu abertanão tivessem mente com seus “É uma aberração” anistia de juros colegas de partiou multas. “Rico do. Ele reclamou do veto à não precisa de anistia sua emenda ao projeto de de impostos, isso é uma lei que prevê redução de aberração”, disse.

polêmica

Marcelo Seminaldo não gostou do solo de Rômulo Ornellas contra os ricos. Disse que o projeto de anistia de IPTU da Prefeitura deve valer “para todos”, e não apenas para um nicho da população. Rômulo não se deu por vencido. E citou as leis sobre cotas raciais.

Participaram representantes da macrorregiões de Guarulhos, Osasco, ABC e São Paulo, com o presidente estadual Edinho Silva.

encontro

O Encontro do PT da Região Metropolitana será nos dias 13 e 14, no Sindicato dos Bancários de São Paulo, com a presença de Lula e Alexandre Padilha.

panos quentes

O líder Samuel Vasconcelos (PT) preferiu colocar panos quentes no bate-boca. E enalteceu o “processo democrático” dentro do seu partido.

metropolitano

Petistas da região metropolitana se reuniram nesta segunda em São Paulo.

“O projeto da terceirização é um ataque violento aos trabalhadores” Josinaldo José de Barros, o Cabeça, vice-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos, sobre o projeto de terceirizações do Congresso.

Almeida dá reajuste a bolsa de músicos Instrumentistas ganharão até R$ 800 ❙❙Da Redação

O prefeito de Guarulhos, Sebastião Almeida, reajustou para R$ 800 a bolsa dos instrumentistas do corpo estável da Orquestra Jovem Municipal. Ele se reuniu com os músicos e assinou o decreto 3.155 durante ensaio da orquestra, no Conservatório Municipal. Prometeu ao maestro Emiliano Patarra que fará reajustes anuais. “Voltarei aqui no ano que vem”. A bolsa dos instrumentistas passou de R$ 600 para R$ 800 a partir de agosto. “Através da música não se aprende só a tocar um instrumento, se aprende a

viver, a ser cidadão, a trabalhar em equipe”, disse o prefeito. Ele participou do ato de assinatura ao lado do secretário de Cultura Edmílson Souza e do diretor do Conservatório, Paulo Moraes, além de Emiliano Patarra. Edmilson também elogiou o trabalho dos músicos. “Ter uma orquestra na cidade faz com que outros jovens queiram estar aqui, queiram melhorar para fazer parte deste que é o principal grupo musical do município”. Os músicos fizeram uma apresentação ao prefeito antes e depois da assinatura. A Orquestra Jovem faz 10 anos em 2013.

Megavelocidade com Megaoportunidade.

10 MEGA

R$29, POR

80 MÊS

+ ANTIVÍRUS

E WI-FI GRÁTIS

NO NET COMBO HD, POR 5 MESES. APÓS, R$ 59,90/MÊS. PACOTE NET COMBO HD POR R$ 159,90/MÊS.

Com a banda larga da NET, você recebe a velocidade contratada e navega com megavelocidade. Além disso, os NETs ainda têm Wi-Fi nas principais ruas, cidades e aeroportos do País. Se você quer uma NET, assine a NET.

ASSINE JÁ:

4004-8844 n e t c o m b o.c o m.b r

Oferta válida até 31/8/2013 para novas assinaturas do NET Combo HD com o NET Vírtua 10 Mega, com pacote NET Mais HD. A velocidade anunciada, de acesso e tráfego na Internet, é a máxima nominal, estando sujeita a variações decorrentes de fatores externos. O custo das ligações realizadas com o NET Fone não está incluso no valor do pacote. Ligações locais gratuitas válidas entre NET Fones. O sinal do modem Wi-Fi pode sofrer limitações, de acordo com obstáculos e a distância do local de acesso à Internet. O acesso ao NET Vírtua :L)LpLOLPLWDGRHJUDWXLWRSDUDWRGRVRVFOLHQWHV1(7SRUWHPSRLOLPLWDGR VDLEDPDLVHPZZZQHWFRPERFRPEUQHWYLUWXDZLÀ &RQVXOWH as condições desta oferta em sua cidade, as características e a disponibilidade técnica dos serviços anunciados para instalação em seu endereço ligando para 4004-8844 ou acessando www.netcombo.com.br/10mega. A banda larga que mais entrega a velocidade contratada – Fonte: Anatel. Medição de abril a junho de 2013, realizada em SP, RJ, PR e MG.


3

Terça-feira, 27 de agosto de 2013

Câmara aprova financiamento da CEF

Após ouvir ‘pega ladrão’, PM prende bandido

A Câmara aprovou nesta segunda (26) projeto de lei que autoriza a Prefeitura a obter financiamneto de R$ 108 milhões com a Caixa Econômica Federal para pavimentar ruas com trânsito de ônibus.

Um bandido que havia assaltado uma clínica de estética no Centro foi preso após passar correndo pelo 1° DP de Guarulhos. Os policiais militares ouviram gritos e prenderam o suspeito em flagrante.

XXtributação

Câmara aprova a anistia Sessão extraordinária começa a liberar pacote tributário enviado pela Prefeitura

Piada sobre terrorismo barra passageira na fila ❙❙Da Redação

GABRIEL ESPINOSA

GABRIEL ESPINOSA ❙❙Especial para o DG

Na sessão extraordinária desta segunda (26), a Câmara de Guarulhos aprovou o projeto de lei que prevê anistia total ou parcial de juros e multas sobre impostos ou taxas atrasados, de qualquer natureza. O projeto beneficia os devedores de IPTU e ISS, entre outras taxas, com novas modalidades de parcelamento. A Prefeitura ampliou para 120 meses o parcelamento das dívidas municipais. O desconto será gradativo: quem optar pelo menor número de parcelas terá maior desconto, e vice-versa.

Duas emendas foram apresentadas, porém só a que previa uma correção técnica foi aprovada. A outra, que estipulava limite para anistia de juros ou multas para devedores de até R$ 246 mil, de autoria de Rômulo Ornellas (PT), foi rejeitada. Samuel Vasconcelos (PT), líder do governo na Câmara, disse que o projeto será benéfico para a população. “É um projeto positivo para a cidade; vai ajudar quem possui dívida”. A sessão extraordinária foi convocada para dar tempo de o projeto ser sancionado pelo prefeito, virar lei e ser publicado ainda esta semana no “Diário Oficial”, para valer a partir de 1º de setembro.

Votação Vereadores aprovaram os projetos de lei

Thais Buratto da Silva, 24 anos, foi impedida de embarcar no Aeroporto de Guarulhos para Bali, Indonésia, na madrugada deste domingo (25). O motivo foi uma piada feita pelo pai na fila do embarque. Ele teria feito um comentário e falado a palavra “terrorismo”. A palavra foi ouvida por funcionários. Foi o que bastou para a direção da Qatar Airways barrar a passageira. A frase dele teria sido apenas: “Ainda bem que não acharam que você é terrorista”. O pai de Thais confirmou que a abordagem da empresa aérea foi

“muito grosseira” e que nem filha e nem fizeram qualquer insinuação sobre terrorismo. Eles ainda tentaram chamar a Polícia Federal para atestar que ela não é terrorista. Em vão. Thais perdeu o voo. Em nota, a Qatar Airways disse que o impedimento à passageira aconteceu por “questões de segurança”. Thais registrou a ocorrência no Aeroporto por orientação do advogado. Ela acionará a empresa na Justiça por danos morais e materiais. Ela é formada em gestão ambiental pela USP. Iria para um congresso sobre ecossistemas, com as despesas pagas pela universidade.


4

Terça-feira, 27 de agosto de 2013

Já classificado, Flamengo perde por 2 a 1

Jéssica Levadinha vence prova em Itaquá

O Flamengo perdeu por 2 a 1 para o Bragantino no sábado (24), no final da primeira fase do Paulista Sub-20. Jogará a fase seguinte no Grupo 10, com Mogi Mirim, Penapolense e Novorizontino.

Jéssica Levadinha foi vencedora na faixa etária 20 até 29 anos da Corrida da Igreja Metodista de Itaquaquecetuba, neste domingo (25). Foi a primeira vez que ela venceu esta competição.

XXtransportes

XXlotado

reprodução/facebook

Violência para de cair em Guarulhos Número de homicídios dolosos em julho fica igual ao de junho

❙❙

bruno bezerra ❙❙Especial para o DG

Os casos de homicídios dolosos e de estupros em Guarulhos em julho ficaram em patamar semelhante ao do mesmo período de 2012, segundo números da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, divulgados nesta segunda-feira (26). Já o número de roubo de cargas aumentou. Em julho, houve 13 homicídios dolosos, contra 15 casos em junho. Em 2012, houve 12 casos em junho e 13 em julho. Não foi o caso do número de roubos de carga. Eles aumentaram con-

sideravelmente de junho (28) para julho (41). Comparados com os números de 2012, os roubos de carga ficaram mais ou

deste ano para 33 casos em julho. Em comparação com o mesmo período de 2012, junho do ano passado teve 31 casos de estupro e julho, 38 casos. O auge dos homicídios dolosos no ano em Guaurlhos aconteceu em junho deste ano com 15 casos. Em todo o Estado, a queda dos homicídios dolosos em julho deste ano foi de 10%, em comparação com julho do ano passado. Na cidade de São Paulo, a queda foi de 7,6% (85 este ao e 92 em julho do ano passado). Já os roubos aumentaram 14,5% no Estado, no período (julho sobre julho).

Queda no Estado foi de 10% em julho, sobre o mesmo mês do ano passado menos na mesma faixa: 43 em junho e 44 em julho de 2012. O número de estupros caiu de 44 casos em junho

religião Mais de 120 mil pessoas, segundo a Prefeitura, ocuparam a Praça Transguarulhense na 10ª edição da Marcha para Jesus de Guarulhos. O evento terminou com um grande show de música gospel, no sábado (24). O tema foi: Guarulhos Diz Não às Drogas.

XXmundo animal

DIVULGAÇÃO

Onça parda voltará à selva Bicho achado em Arujá está internado no Zoo de Guarulhos

❙❙Da Redação

O Zoológico de Guarulhos trata desde o dia 12 de agosto de uma onça parda (suçuarana) que foi encontrada em Arujá. O animal, um macho, com cerca de um ano e meio de idade, foi encontrado pelo Corpo de Bombeiros de Arujá no dia 6 de agosto. Inicialmente, a onça foi levada para o Centro de Reabilitação do Parque Ecológico do Tietê, onde recebeu os primeiros socorros. Mas o local não tem a estrutura necessária para o trata-

co. “A onça tem lesões nas quatro patas e no abdômen”, disse. As lesões são dermatites (inflamação da pele) que podem ter sido causadas por produtos químicos. A onça está sendo medicada com um antibiótico e um anti-inflamatório, além de ter as feridas limpas para que não causem mais inflamação. O tempo previsto para a onça ficar no Zoológico é de um mês. O veterinário não soube informar onde vai acontecer a soltura do animal.

mento. Por isso, a onça foi transferida para o Zoológico de Guarulhos no dia 12.

Lesões nas patas e abdômen foram causadas por produto químico O veterinário Gilberto Nogueira, 28 anos, é quem está cuidando da onça desde a sua chegada ao Zoológi-

selvagem A onça parda, ou sucuarana, é um macho de um ano e meio de idade, com lesões causadas por produto químico. O animal foi recolhido pelo Corpo de Bombeiros e deverá ser devolvido a seu habitat, depois de se recuperar.

gilmar Foi enterrado nesta segunda (26) o ex-goleiro bicampeão mundial Gylmar dos Santos Neves (seu nome nos jogos era grafado sem o “y”), aos 83 anos. Estava internado no Hospital Sírio-Libanês e

sofria com complicações de um acidente vascular cerebral (AVC), há 13 anos. Sua saúde se agravou devido a uma infecção. Gylmar iniciou sua carreira no Corinthians, passou pelo Santos e foi titular da seleção em 1958 e 1962.

divulgação/ corinthians

Poucas Palavras proguaru A Proguaru promoveu no domingo (25) a 4ª Corrida dos Trabalhadores e comemorou 34 anos de fundação da empresa. Os vencedores foram Maria José Silva e Maurício Gonçalves Fonseca.

RECLAMAÇÕES TRABALHISTA ACIDENTE DO TRABALHO APOSENTADORIA

SAMUEL SOLOMCA ADVOGADO Tel.: 2408-6500

RUA MARIA DE CASTRO MESQUITA, 76 CENTRO - GUARULHOS-SP

(ESQ. DA ENTRADA ENERGIA BANDEIRANTES)

s.solomca@terra.com.br


5

Terça-feira, 27 de agosto de 2013

TRIBUNA LIVRE reprodução/tv

Educação O Brasil é um dos campeões mundiais de injustiça social. Mesmo assim, os nossos governantes, com o argumento de que vão ajudar os mais pobres, obrigam a classe média a pagar os impostos mais altos do mundo, sem oferecer a contento uma contraprestação dos serviços essenciais, quais sejam: educação, saúde e segurança. Além de pagar os impostos mais altos do mundo, já que não existe escola pública de boa qualidade, uma das maneiras de diminuir as desigualdades – visto que permitiria a todos as mesmas oportunidades de competir no mercado de trabalho –, os que têm uma renda melhor são obrigados a colocar seus filhos em escola privada, não porque gostem de pagar mensalidades, mas porque a qualidade da escola pública é ruim. Logicamente, aqueles que estudaram nas melhores escolas irão ter mais oportunidades na vida, o que significa que as diferenças vão se perpetuando. No Brasil, a educação continua não sendo levada a sério. É só prestar atenção: os filhos dos vereadores, deputados, prefeitos, senadores, ministros, presidente da República etc não estudam em escolas públicas. Estou falando de pré-escola, ensino fundamental e médio. Isso prova que não existe nenhuma prioridade quanto ao ensino da criança e do adolescente. Percebe-se claramente que só haverá uma melhora quando os responsáveis pela qualidade do ensino no Brasil colocarem seus filhos na escola pública. Ou alguém tem uma ideia melhor?

XXcrise-1

ações milimétricas, dignas de cinema? O assunto já não está mais tão presente na mídia, outros assuntos tomam pauta dos noticiários, e o nebuloso caso continua, como tantos outros no nosso País, dentro de um emaranhado de dúvidas. Dúvidas que permanecem em outro caso recente, o do Mc Daleste. Nesse já nem se fala mais, já não importa mais para uma boa parte da mídia, não rende mais tanta audiência assim. Afinal de contas, não há interesse em punir os culpados. No país da piada pronta, existe mais interesse num selinho. No país da impunidade, o que importa para a maioria é o que traz retorno econômico. Votase por emprego, mantémse um caso na mídia enquanto há audiência, defende-se uma causa quase sempre em interesse próprio. Aqui, impunemente, vai se construindo uma nação, vai se construindo uma história, e a culpa não é só dos políticos, não é só da mídia, a culpa é nossa, cidadãos, que vamos escolhendo os políticos, que vamos escolhendo os canais, que esquecemos tão facilmente de Marcelinhos, Dalestes e tantos outros. Somos nós que temos o poder da escolha, somos nós que decidimos se queremos continuar construindo uma nação impune, ou se vamos continuar com o grito das ruas, nas nossas atitudes, nas nossas escolhas diárias. Markinhos Sonier Parque Mikail

João Florêncio Sobrinho Centro

TRIBUNA LIVRE tribunalivre@diariodeguarulhos.com.br.

Responsabilidades O crime que chocou o País ainda continua sem provas concretas, continua a cruel dúvida: teria o Marcelinho, aquela aparentemente tão dócil criança, cometido o assassinato dos pais? Teria ele arquitetado e executado todas aquelas

Endereço: Avenida Emílio Ribas, 407, Jd. Tijuco, Guarulhos, SP, 07050-001. Tel.: 2461-6100. As mensagens devem conter nome completo, RG, endereço e telefone ou e-mail. A Redação reserva-se o direito de resumi-los e/ou corrigi-los. Máximo de aproximadamente mil caracteres, com espaço, ou 15 linhas. Não serão publicados textos contendo ofensas pessoais, proselitismo político ou religioso, apologia de crimes ou incitamento à violência. Críticas a instituições privadas ou empresas serão publicadas dando-se o direito de resposta, na mesma edição, à parte criticada.

Dilma demite Patriota Presidente troca ministro das Relações Exteriores depois da crise com a Bolívia antonio cruz/abr

❙❙Da Agência Brasil

A crise aberta com a remoção do senador boliviano da embaixada brasileira em La Paz resultou na demissão do ministro das Relações Exteriores Antonio Patriota, no início da noite desta segunda (26). O novo ministro será o representante do Brasil na Organização das Nações Unidas, embaixador Luiz Alberto Figueiredo. Segundo a Agência Brasil, a presidente Dilma

saindo Patriota ficará no lugar de seu sucessor na ONU Rousseff “aceitou o pedido de demissão do ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota”. Ao mesmo tempo,

nomeou o ex-ministro para a Missão do Brasil na ONU, exatamente o lugar ocupado por seu sucessor. A conversa de Dilma com

XXcrise-2

‘Não me omiti’, diz diplomata brasileiro Embaixador tirou asilado boliviano da embaixada em La Paz

reprodução/tv

divulgação

Da Redação

O diplomata brasileiro Eduardo Saboia declarou em entrevista ao “Fantástico” que tomou por conta própria a decisão de remover o senador boliviano Roger Pinto Molina da embaixada brasileira em La Paz, onde ele estava asilado havia 15 meses, e levá-lo a salvo até o Brasil, no sábado (24). “Protegi um perseguido político, como a presidenta Dilma foi perseguida”, reagiu Saboia à nota do Ministério das Relações Exteriores, que anunciou um inquérito para apurar a saída do líder boliviano da embaixada, sem o salvo-conduto do governo de Evo Morales. “Eu escolhi a porta estreita e lutei o bom combate. Eu não me omiti. Eu optei pela vida e eu salvei a honra do meu país, que eu defendo sempre”, disse. Saboia acusou o governo brasileiro de fazer negociações “de faz de conta” ao conceder asilo a Molina na embaixada

divulgação

coragem Saboia (esq.) salvou Molina e irritou Evo e, ao mesmo tempo, não se empenhar em obter do governo boliviano a autorização para ele ser trazido ao Brasil. Molina ficou por 15 meses num cubículo na embaixada, sem contato com o exterior, até o dia 24, quando chegou a Corumbá (MT). Viajou num carro da embaixada por 22 horas

seguidas desde La Paz. na companhia de Saboia e do senador brasileiro Ricardo Ferraço (PMDB-ES), presidente da Comissão de Relações Exteriores do Senado. Em Corumbá, um jatinho providenciado pela família de Ferraço levou o senador boliviano a Brasília. Leia Editorial na Página 6

Patriota durou 50 minutos, no final da tarde. Ela ocorreu depois que o diplomata Eduardo Saboia, responsável por remover o senador boliviano Roger Molina da embaixada em La Paz, depois de 15 meses de asilo, passou a tarde no Itamarati para explicar sua decisão. Saboia havia afirmado que tomou a iniciativa de remover Molina, trazendo o ao Brasil, sem autorização do governo brasileiro e sem o salvo-conduto boliviano (ver texto abaixo).

Governo da Bolívia se irritou Da Ag. Brasil e da Redação

O ministro boliviano Juan Ramón Quintana, disse nesta segunda (26) que o senador Roger Pinto Molina deixou seu o país como um “criminoso comum”, já que tem ordem de prisão decretada e uma sentença de prisão de um ano por causar “prejuízos econômicos ao Estado”. Líder da oposição a Evo Morales, Molina asilou-se na embaixada brasileira há 15 meses, depois de denunciar o envolvimento do governo boliviano com o narcotráfico. Segundo Quintana, o governo brasileiro terá que explicar as circunstâncias de entrada de Molina no Brasil. O Itamarati informou que abrirá inquérito. O salvo-conduto era negado pelas autoridades bolivianas, que alegavam que o parlamentar responde a processos judiciais na Bolívia. A Bolívia admite exigir a extradição de Molina, que já tinha recebido o status de asilado político.


6

Terça-feira, 27 de agosto de 2013

fausto

Presidente Alexandre Polesi alexandre@diariodeguarulhos.com.br

Diretora Executiva Cuca Fromer cuca@diariodeguarulhos.com.br

opinião

Ordem de Rio Branco Algum dia, em tempos menos picaretas, o diplomata Eduardo Saboia ainda rece- Coragem do berá mais um medalha da Or- embaixador dem de Rio Branco, a máxima brasileiro em condecoração do Itamarati. Ele honrou as melhores La Paz merece tradições da diplomacia brauma medalha sileira ao contrariar seus chefes e tomar a iniciativa de tirar da embaixada de La Paz, na Bolívia, o senador oposicionista Roger Pinto Molina, asilado havia 15 meses, trazendo-o em segurança ao Brasil em seu próprio carro. O governo brasileiro só ficou sabendo da operação quando o político perseguido por Evo Morales chegou a Corumbá, escoltado pela PF e pelo senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES), presidente da Comissão de Relações Exteriores do Senado. Saboia foi insubordinado e temerário, mas resolveu o impasse criado pela pusilanimidade do ministro Antonio Patriota e da presidente Dilma Rousseff. Estes, durante 15 meses, não se empenharam minimamente em obter de Morales o salvo-conduto que permitiria a Molina ser trazido ao Brasil na condição de asilado político, depois de denunciar o envolvimento do governo boliviano com o narcotráfico. Saboia provavelmente será punido pelo Itamarati, cúmplice do regime de Morales, mas o fantasma do barão do Rio Branco deve estar orgulhoso de seu gesto. fale com a gente Diário de Guarulhos Editorial Ltda. Fundado no dia 31 de janeiro de 1981 www.diariodeguarulhos.com.br

Avenida Emílio Ribas, 407 Jd. Tijuco • Guarulhos • SP Cep 07050-001 Tel/fax 2461-6100

Redação: 2461-6110

Distribuição: 2461-6106 • 99267-5488 distribuicao@diariodeguarulhos.com.br

Repórteres: Bárbara Cunha Gerente de Distribuição: Celso Rezende celso.rezende@diariodeguarulhos.com.br

barbara.cunha@diariodeguarulhos.com.br Bruno Bezerra bruno.bezerra@diariodeguarulhos.com.br Eurico Cruz

Publicidade e Comercialização: 2461-6106 • 2461-6103

eurico.cruz@diariodeguarulhos.com.br Gabriel Espinosa

Gerente Comercial: Dayane de Souza dayane@diariodeguarulhos.com.br

gabriel.espinosa@diariodeguarulhos.com.br Vinicius Martins vinicius.martins@diariodeguarulhos.com.br

Representantes Comerciais: Waldemar Arantes arantes@diariodeguarulhos.com.br Tiago Kairovsky

Web designer: Victor Gonçalves victor.goncalves@diariodeguarulhos.com.br

tiago.kairovsky@diariodeguarulhos.com.br Classificados 2461-6133 - De 2ª a 6ª, das 8h às 18h.

ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS 2461-6105

Andréa Nascimento Débora Araújo Eduardo Ferrara

Gerente Executiva: Rosana Rosante rosana.rosante@diariodeguarulhos.com.br

Coordenadora Administrativa: Amanda Santos Velis Maia amanda@diariodeguarulhos.com.br

Eimy Martins Miriam Ribeiro superclassificadosdg@diariodeguarulhos.com.br Produção Gráfica:

ALENCAR SANTANA alencar.santana@diariodeguarulhos.com.br

Médicos sem preconceito Preconceito vem da junção de duas palavras: pré + conceito, ou seja, uma ideia antecipada, normalmente de cunho discriminatório, daquilo que o observador ainda não conhece. É exatamente isso que a maior parte da classe médica e o Conselho Federal de Medicina vêm disseminando pelos quatro cantos do País referente à vinda dos médicos cubanos para atuar nas regiões mais pobres do interior e nas periferias dos grandes centros urbanos, através do programa Mais Médicos. Numa atitude de puro preconceito, desqualificam os profissionais, dizem que não poderão atuar no País e que não possuem conhecimento e competência para a prática da medicina. Mas a experiência mostra o diferente. Médicos de lá atuam em 58 países, como Portugal, onde a medida foi aprovada pelo povo e a parceria renovada sob pressão popular. Percebemos um discurso preconceituoso focado nos médicos cubanos. Uma atitude contrária que parece xenofobia. Não é da cultura brasileira o preconceito com outros países.

Pelo contrário, recebemos estrangeiros de portas abertas, sejam cidadãos, empresas e profissionais para trabalharem aqui. Vamos mandar as empresas embora que aqui lucram e remetem parte do dinheiro ao exterior? Não estamos e não somos contrários aos médicos brasileiros. Mas se eles, que possuem prioridade no programa,

“Que os cubanos venham, sejam bem recebidos e ajudem a saúde pública do Brasil” não querem atender ao chamado do governo para atuar nas regiões mais necessitadas, por que os cubanos não podem vir, como vieram outros estrangeiros? Não podemos permitir que interesses corporativistas se sobreponham ao interesse público, ou que a disputa ideológica prevaleça em detrimento da saúde. Os médicos que vierem serão avaliados e só traba-

Fabiano R. Soares e Marcelo Russo arte@diariodeguarulhos.com.br

alencar santana é deputado estadual pelo PT de Guarulhos.

lharão no Brasil os que estiverem aptos. Eles vêm para ajudar a população brasileira, como disse a médicas Jaiceo Pereira: “Somente queremos ajudar e apoiar, dar saúde a todas aquelas pessoas que não tem acesso aos serviços médicos”. É acertada a atitude do governo brasileiro, em especial do ministro Alexandre Padilha, que desde o início vem enfrentando a resistência de grande parte da classe médica e não titubeou em defender a necessidade da população brasileira. Já passou da hora de os grupos conservadores e da classe médica aceitarem que existe, sim, a necessidade de mais médicos e que ninguém virá para tomar seus lugares. Pelo contrário, vão preencher uma lacuna que os brasileiros, quando se recusam a trabalhar nas periferias, por exemplo, deixam no próprio País. Que os cubanos venham, sejam bem recebidos e que possam realizar seu trabalho pela saúde pública dos brasileiros sem qualquer tipo de discriminação e preconceito.


7

Terça-feira, 27 de agosto de 2013

“Estava encantada com o ritmo, feliz por dançar a valsa que não tive nos meus 15 anos. Dancei com o coração, com a alma, com amor!” carol castro, atriz, depois de participar do quadro “Dança dos Famosos”, do “Domingão do Faustão”.

XXshow

Leitura na Monteiro Lobato Da Redação

O texto “Carícias”, do dramaturgo espanhol Sergi Belbel, será o tema da Trupe Reticências, de Guarulhos, no projeto Leituras Dramáticas. A obra, encenada por diversos grupos teatrais, mostra um retrato dos conflitos, frustrações e fragilidades das relações humanas. Haverá um debate com artistas e o público. SERVIÇO Leitura Dramática. Biblioteca Monteiro Lobato. Rua João Gonçalves, 439, Centro. 27/8, às 19h. Grátis.

Novelas

Matanza e Velhas Virgens Banda guarulhense Reboco fará o show de abertura no dia 8 de setembro

bárbara cunha ❙❙Especial para o DG

Os grupos Matanza e Velhas Virgens se apresentam em Guarulhos, no final da Semana da Pátria, em setembro. Será a segunda vez que a banda de hardcore Matanza toca em Guarulhos. A primeira foi em outubro de 2012. O grupo foi criado em 1994. Apresentarão sucessos como “Bom é Quando Faz Mal”, “Ele Roubou meu Caminhão” e “A Arte do Insulto”. Já o grupo Velhas Virgens apresentará músicas como “Hino Dos Solteiros” e “O Amor É Outra Coisa”. A banda surgiu em São Paulo com letras abusadas e irreverentes, que falam

Os resumos dos capítulos de todas as novelas são de responsabilidade de cada emissora. Para mais informações acesse www.globo.com, www.sbt.com.br e www.rederecord.com.br.

MALHAÇÃO 17h30 – GLOBO Bernardete desfaz a confusão e garante que ama Caetano. Flaviana encontra Lia, e elas decidem bolar um plano para se vingar de Martin. Anita repreende Martin por colocar sua vida em risco. Junior conta para Sidney que vai sair com Zelândia. Ben prepara um lanche com Anita, e Sofia observa a aproximação dos dois. flor do caribe 18h – GLOBO Cassiano avisa a Alberto que ele só verá Laurinha acompanhado por Lindaura. Doralice propõe a Quirino que eles se divorciem, e manifesta interesse em levar William com ela. Guiomar tenta convencer Alberto a procurar ajuda para se tratar. Dionísio afasta Alberto e assume a presidência do Grupo em seu lugar. sangue bom 19h20 – GLOBO Bento tenta impedir Fabinho de atear fogo na Toca do Saci, mas bate a cabeça em um móvel e desmaia. Giane tem um mau pressentimento com Bento. Érico expulsa Natan da casa de Verônica. Maurício confessa que não acredita na relação entre sua mãe e Érico. Renata fica arrasada ao descobrir que seu ex-noivo foi morar com Verônica. amor à vida 21h – GLOBO Bruno vê Alejandra e se mantém escondido. A vilã diz para Ninho que Paloma chegou ao Peru sozinha. Paulinha sente-se mal, e Ninho cuida dela. Alejandra avisa a Ninho que marcará um encontro entre ele e Paloma. Jonathan convence César a continuar pagando o salário de Félix. Ordália afirma que acabará com o namoro de Luciano e Joana. saramandaia 23h – Globo Risoleta ajuda Aristóbulo a controlar o lobisomem. Gibão e Marcina têm sua primeira noite de amor. Encolheu e Dona Redonda preparam a festa para as suas bodas. Marcina concorda em preservar o segredo de Gibão. dona xepa 22h15 – RECORD Rosália e Benito ficam surpresos com o novo visual de Xepa. Benito leva Xepa ao jantar de negócios. Vitor Hugo diz a Júlio César que decidiu voltar a morar em casa. A antiga enfermeira do hospital liga para Pérola. Matilda e Xepa discutem sobre o jantar. Cíntia fica preocupada ao ver Édison bêbado. chiquititas 20h40 – sbt As meninas decidem ir ao quarto para ver se está Mili melhor. Bia e Pata ficam com os meninos na sala. Mosca, Rafa e Binho contam a garota sobre a passagem secreta que leva para o porão. Bia entra na passagem e os meninos a trancam no porão. Bia fica revoltada e os garotos se divertem com a situação.

Divulgação

de muito sexo e bebedeiras. Apesar do nome, a banda tem só uma mulher em sua formação atual. A abertura do show, no Rancho Sertanejo, será da banda guarulhense Reboco, que surgiu em 2010. A Reboco apresentará “Serpentes”, “Tela Quente” e “Bullying na Obra”, entre outras composições próprias. O show é para maiores de 18 anos. Os ingressos podem ser comprados pelo site: https://ticketbrasil.com.br.

Seus relacionamentos não estão bem. Um namoro pode chegar ao fim. Procure manter a calma.

Você terá problemas difíceis de resolver imediatamente. Procure ter paciência e utilize sua razão.

Gêmeos 21/5 a 20/6 Você está com dificuldades num relacionamento. Esse é um momento bastante decisivo em sua vida.

câncer 21/6 a 21/7

Seus problemas estão mais intensos. Você perderá a paciência com mais facilidade. Mantenha a calma.

leão 22/7 a 22/8 Você pode enfrentar um problema sério com um amigo. O momento envolve muita tensão em sua vida.

virgem 23/8 a 22/9

rock Matanza e Velhas Virgens fazem show em setembro

XXconcurso

Kausachum na Expomusic Banda guarulhense pode ser atração do palco do Music Hall Divulgação

❙❙

vinicius martins ❙❙ Da Redação

A banda guarulhense Kausachum participa de um concurso virtual para tocar no Espaço MusicHall, na Expomusic. O evento acontece de 18 a 22 de setembro em São Paulo. Criada em 2007, a Kausachum terá de ficar entre as cinco bandas mais votadas para mostrar seu repertório, que une heavy metal à música tradicional peruana. Com 79 votos até o

áries 20/3 a 20/4

touro 21/4 a 20/5

SERVIÇO Matanza e Velhas Virgens. Rancho Sertanejo. Avenida Guarulhos, 2212, Ponte Grande. 8/9, 15h. De R$ 30 a R$60.

HORÓSCOPO www.euniceferrari.com.br

som Buscando o sucesso momento, a banda escolheu a música “Decisiones” para concorrer. O grupo é formado pelo vocalista e flautista

Patro Vargas, pelo baterista Guilherme Caballero, o guitarrista Cruz Vargas e o baixista Rafael Correa. Para votar, acesse o site da Expomusic. O período de votação vai até 2 de setembro. Os cinco selecionados serão revelados dia 9, no site e nas redes sociais do evento.

Mantenha suas finanças sob controle, pois gastos inesperados podem desequilibrar seu orçamento.

libra 23/9 a 22/10 Você pode passar por algumas dificuldades. Procure manter a calma,- pois a solução vai aparecer logo mais.

escorpião 23/10 a 21/11 Questões mal resolvidas do passado podem voltar. Reflita sobre as escolhas e decisões que você já fez.

sagitário 22/11 a 21/12 Bom momento para fazer alguns contatos de trabalho e apresentar projetos. Os resultados positivos virão.

capricórnio 22/12 a 20/1

SERVIÇO Expomusic. Expo Center Norte. Rua José Bernardo Pinto, 333, São Paulo. De 18 a 22/8, das 11h às 21h.

Poucas Palavras discovery

grávida

Batman

A Discovery Networks anunciou a nomeação de Mônica Pimentel, ex-RedeTV!, como vicepresidente de conteúdo no Brasil. A executiva estará baseada em São Paulo.

A atriz Nívea Stelmann, 39 anos, espera seu segundo filho. O anúncio acontece pouco mais de um mês após o casamento de Nívea com o empresário Marcus Rocha.

Ben Affleck será o próximo Batman. Zack Snyder, que também dirigiu “O Homem de Aço”, trabalhará em “Superman-Batman”, previsto para estrear em julho de 2015.

Algumas mudanças em seus projetos de carreira podem acontecer. Tenha bastante calma ao tomar decisões.

aquário 21/1 a 19/2 Uma viagem pode ser adiada. Nesta fase sua fé e seu otimismo estarão um pouco abalados.

peixes 20/2 a 20/3 Procure se preservar mais. O momento pede mais reflexão. Não tome nenhuma decisão definitiva. eunice ferrari é astróloga, terapeuta e professora de meditação. (eunice.ferrari@terra.com.br)


8

Terça-feira, 27 de agosto de 2013

publicações legais COOPERATIVA DE CRÉDITO MÚTUO DOS EMPRESÁRIOS DO MUNICÍPIO DE GUARULHOS E REGIÃO - COOPERSIGMA BALANÇOS PATRIMONIAIS PARA OS SEMESTRES FINDOS EM 30/06/2013 E 30/06/2012 (Valores expressos em milhares de reais)

ATIVO Nota Explicativa 2013 2012 Circulante 7.033 6.531 Disponibilidades 98 113 Títulos e Valores Mobiliários - 5 Relações Interfinanceiras 4 3.667 1.616 Operações de Crédito 5 3.154 4.427 Outros Créditos 6 104 344 Outros Valores e Bens 7 10 26 1.890 1.427 Realizável a Longo Prazo Operações de Crédito 5 1.890 1.427 Permanente 87 102 Investimentos 8 10 24 Imobilizado de Uso 9 77 55 Diferido 9 - 23 TOTAL DO ATIVO 9.010 8.060 As Notas Explicativas são parte integrante das demonstrações contábeis. PASSIVO Nota Explicativa 2013 2012 Circulante 8.036 7.748 Depósitos 10 7.318 7.692 Depósito à Vista 1.813 1.966 Depósito a Prazo 5.505 5.726 Relações Interfinanceiras 11 2 6 Obrigações por Empréstimos 12 608 Outras Obrigações 108 50 Sociais e Estatutárias 13 20 8 Fiscais e Previdenciárias 14 12 12 Diversas 15 76 30 Patrimônio Líquido 974 312 Capital Social 16 2.138 1.233 Reservas de Lucros 47 Perdas Acumuladas 17 -1.211 -921 TOTAL DO PASSIVO 9.010 8.060 As Notas Explicativas são parte integrante das demonstrações contábeis. DEMONSTRAÇÃO DE SOBRAS E PERDAS - SEMESTRES FINDOS EM 30/06/2013 E 30/06/2012 (Valores expressos em milhares de reais) 2013 2012 Ingressos da Intermediação Financeira 1005 914 Operações de Crédito 877 914 Resultado de Operações com Tit. e Valores Mobiliários 128 Dispêndios da Intermediação Financeira (569) (260) Operações de Captação no Mercado (185) (200) Operações de Empréstimos e Repasses (35) Provisão para Operações de Créditos (349) (60) Resultado Bruto Intermediação Financeira 436 654 Outros Ingressos/Rec. (Dispêndios/Desp.) Operacionais (744) (462) Ingressos/Receitas de Prestação de Serviços 91 91 Dispêndios/Despesas de Pessoal (232) (179) Outros Dispêndios/Despesas Administrativas (619) (379) Dispêndios/Despesas Tributárias (3) (2) Outros Ingressos/Rendas Operacionais 19 7 Resultado Operacional (308) 192 Sobras/(Perdas) Líquidas do Semestre (308) 192 As Notas Explicativas são parte integrante das demonstrações contábeis. DEMONSTRAÇÃO DAS MUTAÇÕES DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO DO SEMESTRE FINDO EM 30/06/2013 E 30/06/2012 (Valores expressos em milhares de reais) Capital Reservas Perdas Eventos Subscrito de Lucros Acumuladas Total Saldo em 01 de janeiro de 2012 759 - (1.330) (571) Movimentações de Capital: Rateio de Perdas - - 217 217 Por Subscrição/Realização 480 - - 480 Por Devolução ( - ) (6) - - (6) Perdas Líquidas do Exercício - - 192 192 Saldo em 30 de junho de 2012 1233 - (921) 312 Saldo em 01 de janeiro de 2013 1.869 47 (865) 1.051 Movimentações de Capital: Rateio de Perdas - - 83 83 Por Subscrição/Realização 172 - - 172 Por Devolução (-) (6) - - (6) Capitalização de Sobras 103 - (103) Sobras/Perdas Líquidas do Exercício - - (308) (308) Atos não Cooperativos - - (18) (18) Saldo em 30 de junho de 2013 2.138 47 (1.211) 974 As Notas Explicativas são parte integrante das demonstrações contábeis. DEMONSTRAÇÃO DO FLUXO DE CAIXA PARA OS SEMESTRES FINDOS EM 30/06/2013 E 30/06/2012 (Valores expressos em milhares de reais) DESCRIÇÃO 2013 2012 Atividades Operacionais Sobras/Perdas do Período (308) 192 Depreciações e Amortizações 12 11 (Aumento) redução em ativos operacionais Operações de Crédito 563 (1.674) Outros Créditos 80 37 Outros Valores e Bens 13 4 Aumento (redução) em passivos operacionais Depósitos à Vista 206 (110) Depósitos a Prazo 668 1.673 Outras Obrigações 27 (9) Caixa Líquido Aplicado em Atividades Operacionais 1.569 (68) Atividades de Investimentos Imobilizado de Uso (67) (4)

Diferido 52 Caixa Líquido Aplicado / Originado em Investimentos (15) (4) Atividades de Financiamentos Aumento por novos aportes de Capital 172 480 Devolução de Capital à Cooperados (6) (6) Relações Interfinanceiras (5) 3 Obrigações por Empréstimos e Repasses (606) Ajuste de Exercícios Anteriores 83 Resultado com Atos Não Cooperativos (18) 217 Caixa Líquido Aplicado / Originado em Investimentos (380) 694 Aumento / Redução Líquida das Disponibilidades 866 814 Modificações em Disponibilidades Líquidas No Início do Período 2.899 920 No Fim do Período 3.765 1.734 Variação Líquida das Disponibilidades 866 814 Composição do Saldo de Caixa e Equivalentes de Caixa 30/6/2013 30/6/2012 Disponibilidades 98 113 Títulos e Valores Mobiliários - 5 Centralização Financeira 3.667 1.616 3.765 1.734 As Notas Explicativas são parte integrante das demonstrações contábeis. RELATÓRIO DOS AUDITORES INDEPENDENTES Srs. Conselheiros, Diretores e Associados da COOPERATIVA DE CRÉDITO MÚTUO DOS EMPRESÁRIOS DO MUNÍCIPIO DE GUARULHOS E REGIÃO - COOPERSIGMA Guarulhos – SP Examinamos as demonstrações financeiras individuais da COOPERATIVA DE CRÉDITO MÚTUO DOS EMPRESÁRIOS DO MUNICÍPIO DE GUARULHOS E REGIÃO - COOPERSIGMA que compreendem o balanço patrimonial em 30 de junho de 2013 e as respectivas demonstrações de sobras ou perdas, das mutações do patrimônio líquido e dos fluxos de caixa para o semestre findo naquela data, assim como o resumo das principais práticas contábeis e demais notas explicativas. Responsabilidade da administração sobre as demonstrações financeiras A Administração da COOPERATIVA DE CRÉDITO MÚTUO DOS EMPRESÁRIOS DO MUNICÍPIO DE GUARULHOS E REGIÃO - COOPERSIGMA é responsável pela elaboração e adequada apresentação dessas demonstrações financeiras de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil aplicáveis às instituições autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil - BACEN e pelos controles internos por ela determinados como necessários para permitir a elaboração de demonstrações financeiras livres de distorções relevantes, independentemente se causadas por fraude ou erro. Responsabilidade dos auditores independentes Nossa responsabilidade é a de expressar uma opinião sobre essas demonstrações financeiras com base em nossa auditoria, conduzida de acordo com as normas brasileiras e internacionais de auditoria. Essas normas requerem o cumprimento de exigências éticas pelos auditores e que a auditoria seja planejada e executada com o objetivo de obter segurança razoável de que as demonstrações financeiras estão livres de distorções relevantes. Uma auditoria envolve a execução de procedimentos selecionados para obtenção de evidência a respeito dos valores e divulgações apresentados nas demonstrações financeiras. Os procedimentos selecionados dependem do julgamento do auditor, incluindo a avaliação dos riscos de distorções relevantes nas demonstrações financeiras, independentemente se causadas por fraude ou erro. Nessa avaliação de riscos, o auditor considera os controles internos relevantes para a elaboração e a adequada apresentação das demonstrações financeiras da Instituição para planejar os procedimentos de auditoria que são apropriados nas circunstâncias, mas não para expressar uma opinião sobre a eficácia dos controles internos da COOPERATIVA DE CRÉDITO MÚTUO DOS EMPRESÁRIOS DO MUNICÍPIO DE GUARULHOS E REGIÃO – COOPERSIGMA. Uma auditoria inclui também a avaliação da adequação das práticas contábeis utilizadas e a razoabilidade das estimativas contábeis feitas pela Administração, bem como a avaliação da apresentação das demonstrações financeiras tomadas em conjunto. Acreditamos que a evidência de auditoria obtida é suficiente e apropriada para fundamentar nossa opinião. Opinião sem ressalva Em nossa opinião, as demonstrações financeiras referidas acima apresentam adequadamente, em todos os aspectos relevantes, a posição patrimonial e financeira da COOPERATIVA DE CRÉDITO MÚTUO DOS EMPRESÁRIOS DO MUNICÍPIO DE GUARULHOS E REGIÃO – COOPERSIGMA em 30 de junho de 2013, o desempenho de suas operações e os seus fluxos de caixa para o semestre findo naquela data, de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil, aplicáveis às instituições autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil. Outros Assuntos Auditoria do primeiro semestre de 2012 As demonstrações financeiras de 30 de junho de 2012, anexadas para fins de comparabilidade, foram por nós auditadas conforme parecer emitido em 22 de agosto de 2012 com ênfase para o plano de recuperação elaborado e com ressalvas quanto ao não reconhecimento de pendências a regularizar como Perdas de Capital e quanto à falta de composição da conta ativa Outros Pagamentos. Belo Horizonte - MG, 14 de agosto de 2013. BAUER AUDITORES ASSOCIADOS CRC/MG 6427 “S” SP

FÁBIO EDUARDO DE ALMEIDA BAUER Contador Responsável CRC MG 077699/O “S” SP

NOTAS EXPLICATIVAS DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS PARA O PERÍODO FINDO EM 30 DE JUNHO DE 2013 (Em R$ mil) 1. Contexto operacional A COOPERATIVA DE CRÉDITO MÚTUO DOS EMPRESÁRIOS DO MUNICÍPIO DE GUARULHOS E REGIÃO - COOPERSIGMA é uma cooperativa de crédito singular, instituição financeira não bancária, fundada em 04 de dezembro de 2006. A COOPERSIGMA não possui Postos de Atendimento Cooperativo - PAC. A COOPERSIGMA tem como atividade preponderante a operação na área creditícia, tendo como finalidade: (i) Proporcionar, através da mutualidade, assistência financeira aos associados; (ii) A formação educacional de seus associados, no sentido de fomentar o cooperativismo, através da ajuda mútua da economia sistemática e do uso adequado do crédito; e (iii) Praticar, nos termos dos normativos vigentes, as seguintes operações dentre outras: captação de recursos, concessão de créditos, prestação de garantias, prestação de serviços, formalização de convênios com outras instituições financeiras e aplicação de recursos no mercado financeiro, inclusive depósitos a prazo com ou sem emissão de certificado, visando preservar o poder de compra da moeda e remunerar os recursos. 2. Apresentação das demonstrações contábeis e principais práticas contábeis a) As demonstrações contábeis são de responsabilidade da Administração da Cooperativa e foram elaboradas de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil, consideradas as alterações exigidas


9

Terça-feira, 27 de agosto de 2013

publicações legais pelas Leis nº 11.638/07 e nº 11.941/09, adaptadas às peculiaridades da legislação cooperativista e às normas e instruções do Banco Central do Brasil – BACEN, bem como apresentadas conforme o Plano Contábil das Instituições do Sistema Financeiro Nacional – COSIF. Consideram ainda, no que forem julgados pertinentes e relevantes, os pronunciamentos, orientações e as interpretações técnicas emitidas pelo Comitê de Pronunciamentos Contábeis – CPC, tendo sido aprovadas pela administração em 30 de junho de 2013. Em aderência ao processo de convergência com as normas internacionais de Contabilidade, algumas Normas e suas Interpretações foram emitidas pelo Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC), as quais serão aplicadas às instituições financeiras quando aprovadas pelo Banco Central do Brasil. Nesse sentido, os Pronunciamentos Contábeis já aprovados pelo Banco Central do Brasil são: Resolução 3.566/2008 - Redução ao Valor Recuperável do Ativo (CPC 01), Resolução 3.604/2008 - Fluxo de Caixa (CPC 03), Resolução 3.750/2010 - Divulgação sobre Partes Relacionadas (CPC 05), Resolução 4.007/2011 - Políticas Contábeis, Mudança de Estimativa e Retificação de Erro (CPC 23) e Resolução 3.823/2009 - Provisões, Passivos Contingentes e Ativos Contingentes (CPC 25). Na elaboração das demonstrações contábeis é necessário utilizar estimativas para contabilizar certos ativos, passivos e outras transações. As demonstrações contábeis da cooperativa incluem, portanto, estimativas referentes à seleção das vidas-úteis do ativo imobilizado, provisão para perdas nas operações de crédito, provisão para contingências e outras similares. Os resultados reais podem apresentar variações em relação às estimativas; b) Para efeito de comparabilidade, as demonstrações financeiras encerradas em 30.06.2013 estão ladeadas pelas demonstrações de 30.06.2012; c) Em cumprimento à Resolução do CMN nº 3.380/06, esta instituição implantou estrutura de gerenciamento de Risco Operacional compatível com a natureza e a complexidade dos produtos, serviços, atividades, processos e sistemas da instituição, e que tem por objetivo identificar, avaliar, monitorar e controlar os riscos associados a falhas, deficiências ou inadequações de processos internos, pessoas e sistemas, ou de eventos externos. Esta estrutura contempla atualmente: • Diretor Responsável nomeado perante órgão regulador; • Política, Manual e Sistema de mensuração de riscos; • Comitê de Gestão de Riscos. As descrições das estruturas estão evidenciadas no site da Unicred do Brasil, e podem ser acessadas através do endereço eletrônico: www.unicred.com.br, assim como a Política, os Manuais e os Relatórios de Risco estão disponíveis na sede da instituição; d) Em cumprimento à Resolução do CMN nº 3.464/07, esta instituição implantou estrutura de gerenciamento de Risco de Mercado compatível com a natureza e a complexidade dos produtos, serviços, atividades, processos e sistemas da instituição, e que tem por objetivo identificar, avaliar, monitorar e controlar os riscos associados a perdas resultantes da flutuação nos valores de mercado de posições detidas pela instituição. Esta estrutura contempla atualmente: • Diretor Responsável nomeado perante órgão regulador; • Política, Manual e Sistema de mensuração de riscos; • Comitê de Gestão de Riscos. As descrições das estruturas estão evidenciadas no site da Unicred do Brasil, e podem ser acessadas através do endereço eletrônico: www.unicred.com.br, assim como a Política, os Manuais e os Relatórios de Risco estão disponíveis na sede da instituição; e) Em cumprimento à Resolução do CMN nº 3.721/09, esta instituição implantou estrutura de gerenciamento de Risco de Crédito compatível com a natureza e a complexidade dos produtos, serviços, atividades, processos e sistemas da instituição, e que tem por objetivo identificar, mensurar, controlar e mitigar os riscos de perdas associadas ao não cumprimento pelo tomador ou contraparte de suas respectivas obrigações financeiras nos termos pactuados, à desvalorização de contrato de crédito decorrente da deterioração na classificação de risco do tomador, à redução de ganhos ou remunerações, às vantagens concedidas na renegociação e aos custos de recuperação. Esta estrutura contempla atualmente: • Diretor Responsável nomeado perante órgão regulador; • Política, Manual e Sistema de mensuração de riscos; • Comitê de Gestão de Riscos. Além da apuração gerencial do risco de crédito é realizada também a apuração mensal da parcela referente ao risco de crédito (Pspr), parcela que compõe o PRE (Patrimônio de Referência Exigido), em atendimento à Resolução do CMN nº 3.490/07. As descrições das estruturas estão evidenciadas no site da Unicred do Brasil, e podem ser acessadas através do endereço eletrônico: www.unicred.com.br, assim como a Política, os Manuais e os Relatórios de Risco estão disponíveis na sede da instituição. 3. Principais Práticas Contábeis As principais práticas contábeis adotadas na elaboração dessas demonstrações contábeis estão definidas a seguir: a) Apuração do resultado Os ingressos e dispêndios são registrados pelo regime de competência. As operações de crédito com taxas pré-fixadas são registradas pelo valor de resgate, e os ingressos e dispêndios correspondentes ao período futuro são apresentados em conta redutora dos respectivos ativos e passivos. Os ingressos e dispêndios de natureza financeira são contabilizados pelo critério “pro-rata temporis” e calculados com base no método exponencial, exceto aqueles relativos a títulos descontados, que são calculados com base no método linear. O ingresso de operações com títulos e valores mobiliários é reconhecido em base proporcional ao tempo, levando em consideração o principal em aberto e a taxa efetiva ao longo do período até o vencimento, quando se determina que esse ingresso seja apropriado à cooperativa. As receitas e despesas são reconhecidas na demonstração de sobras em conformidade com o regime de competência. As receitas com prestação de serviços são reconhecidas na demonstração de sobras ou perdas quando da prestação de serviços a terceiros, substancialmente serviços bancários. Os dispêndios e as despesas e os ingressos e receitas operacionais, são proporcionalizados de acordo com os montantes do ingresso bruto de ato cooperativo e da receita bruta de ato não-cooperativo, quando não identificados com cada atividade. b) Estimativas contábeis Na elaboração das demonstrações contábeis faz-se necessário utilizar estimativas para contabilizar certos ativos, passivos e outras transações. As demonstrações contábeis da Cooperativa incluem, portanto, estimativas referentes à provisão para créditos de liquidação duvidosa, à seleção das vidas úteis dos bens do ativo imobilizado, provisões necessárias para passivos contingentes, entre outros. Os resultados reais podem apresentar variação em relação às estimativas utilizadas. A Cooperativa revisa as estimativas e premissas, no mínimo, semestralmente. O Comitê de Pronunciamento Contábil (CPC), criado pela Resolução do Conselho Federal de Contabilidade - CFC nº 1.055/2005, emitiu, até o término deste exercício, 45 pronunciamentos. Entretanto, o Conselho Monetário Nacional elaborou normativos direcionados para cinco destes pronunciamentos: a Resolução 3.566/2008 - Redução ao Valor Recuperável do Ativo (CPC 01), Resolução 3.604/2008 - Fluxo de Caixa (CPC 03), Resolução 3.750/2010 - Divulgação sobre Partes Relacionadas (CPC 05), Resolução 4.007/2011 - Políticas Contábeis, Mudança de Estimativa e Retificação de Erro (CPC 23) e Resolução 3.823/2009 - Provisões, Passivos Contingentes e Ativos Contingentes (CPC 25). c)Disponibilidades e Relações Interfinanceiras As disponibilidades e as relações interfinanceiras são avaliadas pelo custo ou valor de realização, incluindo, quando aplicável, os rendimentos e as variações monetárias auferidas. Compreendem dinheiro em caixa, depósitos bancários e outros investimentos de curto prazo de alta liquidez. d)Operações de Crédito

As operações de crédito com encargos financeiros pré-fixados estão registradas a valor futuro, retificadas por conta de rendas a apropriar. A provisão para perdas com as operações de crédito é constituída em montante julgado suficiente pela administração para cobrir eventuais perdas na realização dos valores a receber. Levando-se em consideração a análise das operações em aberto, as garantias existentes, a capacidade de pagamento e liquidez do tomador do crédito e os riscos específicos apresentados em cada operação contemplam todos os aspectos determinados na Resolução 2.682 do CMN, que determina a classificação das operações por nível de risco. e) Outros Créditos Os valores contabilizados em Outros Créditos se referem a importâncias devidas à Cooperativa por pessoas físicas ou jurídicas domiciliadas no País, inclusive as resultantes do exercício corrente. f) Investimentos Os investimentos são avaliados ao custo de aquisição. g) Imobilizado Equipamentos de processamento de dados, móveis, utensílios e outros equipamentos, instalações, veículos, benfeitorias em imóveis de terceiros e softwares, são demonstrados pelo custo de aquisição, deduzido da depreciação acumulada. A depreciação é calculada pelo método linear para baixar o custo de cada ativo a seus valores residuais de acordo com as taxas divulgadas em nota específica abaixo. h) Diferido O ativo diferido foi constituído pelas benfeitorias realizadas nas propriedades de terceiros, e pelos softwares adquiridos, registrados pelos custos incorridos nas benfeitorias e pelo custo de aquisição, respectivamente, e classificados nessa conta conforme determinação do COSIF. Esses gastos foram amortizados pelo método linear no período de 05 anos. Conforme determinado pela Resolução CMN nº 3.617/08, devem ser registrados no ativo diferido, exclusivamente, os gastos que contribuirão para o aumento do resultado de mais de um exercício social. Os saldos existentes em setembro de 2008 foram mantidos até a sua efetiva realização. i) Obrigações legais São aquelas que decorrem de um contrato por meio de termos explícitos ou implícitos, de uma lei ou outro instrumento fundamentado em lei. j) Provisões O reconhecimento é feito quando a cooperativa tem uma obrigação presente legal ou implícita como resultado de eventos passados, sendo provável que um recurso econômico seja requerido para saldar uma obrigação legal. As provisões são registradas tendo como base as melhores estimativas do risco envolvido. k) Imposto de renda e contribuição social O imposto de renda e a contribuição social sobre o lucro são calculados sobre o resultado apurado em operações consideradas como atos não cooperativos. O resultado apurado em operações realizadas com cooperados é isento de tributação. l) Demais Ativos e Passivos Circulantes e Não Circulantes Os demais ativos são apresentados ao valor de custo ou de realização, incluindo, quando aplicável, os rendimentos e as variações monetárias auferidas. Os demais passivos são demonstrados pelos valores conhecidos ou calculáveis, acrescidos, quando aplicável, dos correspondentes encargos e das variações monetárias incorridas. m) Valor recuperável de ativos – impairment A redução do valor recuperável dos ativos não financeiros (impairment) é reconhecida como perda, quando o valor de contabilização de um ativo, exceto outros valores e bens, for maior do que o seu valor recuperável ou de realização. As perdas por “impairment”, quando aplicável, são registradas no resultado do período em que foram identificadas. Em 30 de junho de 2013 não existem indícios da necessidade de redução do valor recuperável dos ativos não financeiros. n) Eventos subsequentes Correspondem aos eventos ocorridos entre a data-base das demonstrações contábeis e a data de autorização para a sua emissão. São compostos por: • Eventos que originam ajustes: são aqueles que evidenciam condições que já existiam na data-base das demonstrações contábeis; e • Eventos que não originam ajustes: são aqueles que evidenciam condições que não existiam na database das demonstrações contábeis. Não houve qualquer evento subsequente para as demonstrações contábeis encerradas em 30 de junho de 2013. 4. Relações interfinanceiras Referem-se a depósitos efetuados na centralização financeira da Cooperativa Central de Economia e Crédito Mútuo das Unicred do Estado de São paulo – UNICRED CENTRAL SÃO PAULO, com remuneração atrelada ao CDI - Certificado de Depósito Interbancário, conforme determinado no artigo 37º da Resolução CMN nº 3.859. Descrição 30/06/2013 30/06/2012 Centralização Financeira 3.667 1.616 Total 3.667 1.616 5. Operações de Crédito a) Composição da Carteira por tipo de operação, e classificação por nível de risco em conformidade ao artigo 11 da Resolução CMN 2.682/99 e artigo 3º da Resolução CMN 2.697/00: I – Distribuição das operações segregadas por tipo de cliente: Descrição 30/06/2013 30/06/2012 Pessoa Física 1.651 1.354 Empréstimos 1.481 997 Títulos Descontados 78 127 Adiantamentos a Dep. 1 21 Cheque Especial 91 209 Pessoa Jurídica 3.847 4.617 Empréstimos 2.794 2.463 Títulos Descontados 774 1.800 Adiantamentos a Dep. 17 17 Cheque Especial 262 337 Sub Total 5.498 5.971 (-) Provisões 454 117 Total 5.044 5.854 II – Distribuição por faixa de vencimento e nível de risco (normal e vencido): Empréstimos Cheque Títulos Especial Descontados Adiantamento Nível/Percentual Financiamentos a Depositante Total em Provisões Total em Provisões de Risco/Situação 30/06/2013 30/06/2013 30/06/2013 30/06/2013 30/06/2012 30/06/2012 A 0,50% B 1% B 1% C 3% C 3% D 10% D 10% E 30% F 50%

Normal Normal Vencidas Normal Vencidas Normal Vencidas Vencidas Normal

1.763 1.516 180 335 601 - 133 1 7

222 93 22 20 4 - - - -

1.985 1.608 202 355 605 - 133 1 7

10 16 2 11 18 - 13 0 3

3.440 1.407 105 417 255 314 - - -

17 14 1 13 8 31 -


10

Terça-feira, 27 de agosto de 2013

publicações legais F 50% Vencidas 336 - 336 168 - G 70% Normal - 2 2 2 - G 70% Vencidas 178 - 178 125 - H 100% Normal - - - - - H 100% Vencidas 79 7 86 86 33 33 Total Normal 3.621 336 3.957 42 5.578 75 Total Vencido 1.508 33 1.541 412 393 42 Total Geral 5.129 369 5.498 454 5.971 117 Provisões 454 454 117 117 Total Líquido 5.044 5.854 III - Composição da carteira de crédito por faixa de vencimento – operações vencidas e vincendas (dias): Descrição 30/06/2013 30/06/2012 Adiantamento a Depositante 18 43 Cheque Especial 353 546 Inadimplentes > 15 369 68 Inadimplentes até 15 79 103 Vincendos até 30 659 1.433 Vincendos 31 a 60 422 822 Vincendos 61 a 90 294 345 Vincendos 91 a 120 219 210 Vincendos 121 a 150 200 165 Vincendos 151 a 180 185 159 Vincendos 181 a 210 153 127 Vincendos 211 a 240 154 112 Vincendos 241 a 270 165 131 Vincendos 271 a 300 137 112 Vincendos 301 a 330 142 111 Vincendos 331 a 360 134 97 Vincendos 361 a 540 657 576 Vincendos 541 a 720 426 337 Vincendos 721 a 900 277 222 Vincendos 901 a 1080 188 184 Vincendos 1081 a 1260 129 68 Vincendos 1261 a 1440 91 52 Vincendos acima de 1440 122 17 Sub Total 5.573 6.040 (-) Rendas Apropriar 75 69 Sub Total 5.498 5.971 (-) Provisões 454 117 Total 5.044 5.854 b) Movimentação da provisão para créditos de liquidação duvidosa de operações de crédito e outros créditos com características de concessão de crédito: Descrição 30/06/2013 30/06/2012 Saldo Inicial – Janeiro de 2013/2012 140 198 Reversões no exercício/Constituições 314 -81 Total 454 117 c) Concentração dos Principais Devedores % Carteira % Carteira Descrição 30/06/2013 Total 30/06/2012 Total Maior Devedor 156 2,82% 295 5,04% 10 Maiores Devedores 1.360 24,60% 2.064 35,26% 50 Maiores Devedores 3.756 77,21% 4.901 83,72% d) Créditos Baixados como Prejuízo, Renegociados e Recuperados. Descrição 30/06/2013 30/06/2012 Saldo Inicial – Janeiro de 2013/2012 1.428 1.262 Reversões no exercício/Constituições 27 136 Total 1.455 1.398 6. Outros créditos Valores referentes as importâncias devidas à Cooperativa por pessoas físicas ou jurídicas domiciliadas no País, inclusive as resultantes do exercício corrente, conforme demonstrado: Descrição 30/06/2013 30/06/2012 Adiantamento e Antecipações Salariais 2 1 Devedores Diversos (1) 102 343 Total 104 344 (1) Referem-se á diferença de cobrança, cartões de créditos e cheques devolvidos de cooperados. 7 Outros Valores e Bens Em Bens Não de Uso Próprio está registrado o valor de R$ 7 mil (Sete mil reais), referente a bens recebidos como dação em pagamento de dívidas, não estando sujeitos a depreciação, correção ou reavaliação. Estão registrados em Despesas Antecipadas a aplicação de recursos em pagamentos antecipados, de que decorrerão para a Cooperativa, benefícios ou prestação de serviços em períodos seguintes: Descrição 30/06/2013 30/06/2012 Veículos 7 25 Despesa com seguros a apropriar 1 1 Outras despesas antecipadas 2 Total 10 26 8. Investimentos O saldo é representado por aportes de capital à Cooperativa Central de Economia e Crédito Mútuo das Unicreds do Estado de São Paulo - UNICRED CENTRAL SÃO PAULO. Descrição 30/06/2013 30/06/2012 Banco Cooperativo Sicredi - 14 Unicred Central SP 10 10 Total 10 24 9. Imobilizado de Uso e Diferido Demonstrado pelo custo de aquisição, menos depreciação e amortização acumulada. As depreciações e amortizações são calculadas pelo método linear, com base em taxas determinadas pelo prazo de vida útil estimado conforme abaixo demonstrado. Descrição Taxa de Depreciação/Amortização 30/06/2013 30/06/2012 Imobilizações em Curso - 25 Instalações 10% 52 Móveis e Equipamentos 10% 15 33 Sistema de Processamento de Dados - Equipamentos 20% 49 37 Sistemas de Comunicação 10% 6 6 Sistemas de Segurança 10% 13 10 Benfeitorias 10% - 52 TOTAL 160 138 Depreciação Acumulada 83 60 TOTAL 77 78 10. Depósitos Os depósitos à vista não são remunerados. Os depósitos a prazo recebem os encargos

financeiros contratados. Os depósitos, até o limite de R$ 60.000,00, por CPF/CNPJ, estão garantidos pelo Fundo Garantidor de Depósitos (FGD), o qual é um fundo pelas cooperativas do sistema UNICRED, regido por regulamento próprio. a) Composição das operações segregadas por tipo de depósito e de clientes: Descrição 30/06/2013 30/06/2012 Pessoa Física 3.439 3.317 Depósito à Vista 543 584 Depósito a Prazo 2.896 2.733 Pessoa Jurídica 3.879 4.375 Depósito à Vista 1.270 1.382 Depósito a Prazo 2.609 2.993 Total 7.318 7.692 b) Concentração dos Principais Aplicadores Descrição 30/06/2013 % Depósito 30/06/2012 % Depósito a Prazo a Prazo Maior Aplicador 850 15,64% 801 13,98% 10 Maiores Aplicadores 3.387 62,36% 3.099 54,13% 50 Maiores Aplicadores 5.475 99,73% 5.093 88,94% 11. Relações Interfinanceiras Descrição 30/06/2013 30/06/2012 Outros Sistemas de Liquidação 2 6 Total 2 6 12. Obrigações por empréstimos e repasses São demonstradas pelo valor principal acrescido de encargos financeiros e registram os recursos captados junto à UNICRED CENTRAL SÃO PAULO para repasse aos associados em diversas modalidades (art. 37, da Resolução CMN nº 3.859/2010) e Capital de Giro. As garantias oferecidas são a caução dos títulos de créditos dos associados beneficiados. Contrato Taxa Vencimento 30/06/2013 201300002 CDI + 5% 29/07/2013 608 Total 608 13. Outras Obrigações – Sociais e Estatutárias Descrição 30/06/2013 30/06/2012 FATES - Resultado de Atos com Associados. 20 Cota Capital a Pagar - 8 Total 20 8 14. Outras Obrigações – Fiscais e Previdenciárias Descrição 30/06/2013 30/06/2012 Impostos e Contribuições a Recolher s/ Serviços de terceiros 2 2 Impostos e Contribuições sobre Salários 8 7 Impostos e Contribuições a Recolher 2 3 Total 12 12 15. Outras Obrigações – Diversas Descrição 30/06/2013 30/06/2012 Provisões para Despesas com Pessoal 32 24 Credores Diversos (1) 44 6 Total 76 30 (1) Diferença de Caixa, depósitos não identificados, valores de cooperados não creditados, provisão de fornecedores a pagar e valores da compensação própria, todos em processo de regularização. 16. Capital Social O Capital Social é representado por cotas no valor nominal de R$ 1,00 cada. Valor da Data Número de Associados Capital Cota Parte 31/12/2012 757 1.233 R$ 1 31/12/2013 935 2.138 R$ 1 17. Perdas Acumuladas A Cooperativa possui perdas acumuladas no valor de R$ 1.211 milhão e, conforme estabelece a Carta-Circular 3.300 do Banco Central do Brasil, apresentamos a composição, a forma e o prazo de realização das parcelas relativas ao rateio destas perdas: Perdas Exercícios Anteriores 1.330 Rateio das Perdas em 2012 385 Utilização das Sobras para Cobertura das Perdas 31/12/2012 80 Perdas Acumuladas em 31/12/2012 865 (-) Perdas Exercícios Anteriores 865 Rateio das Perdas em 2013 83 (-) Capitalização das Sobras 1º Semestre 103 (-) Perdas 1° Semestre 326 Perdas Acumuladas em 30/06/2013 1.211 18. Partes Relacionadas As operações são realizadas no contexto das atividades operacionais da Cooperativa e de suas atribuições estabelecidas em regulamentação específica. As operações com tais partes relacionadas não são relevantes no contexto global das operações da cooperativa, e caracterizam-se basicamente por transações financeiras em regime normal de operações, com observância irrestrita das limitações impostas pelas normas do Banco Central, tais como movimentação de contas correntes, aplicações e resgates de RDC e operações de crédito. As garantias oferecidas em razão das operações de crédito são: avais, garantias hipotecárias, caução e alienação fiduciária. a) Montante das operações ativas e passivas do 1º semestre 2013: MONTANTE DAS OPERAÇÕES ATIVAS 174 % em relação à carteira total 3,16 MONTANTE DAS OPERAÇÕES PASSIVAS 959 % em relação à carteira total 13,10 19. Cobertura de Seguros Em 30 de junho de 2013 os seguros contratados são considerados suficientes pela administração para cobrir eventuais sinistros relacionados a garantia de valores e bens de propriedade da Cooperativa. Guarulhos - SP, 30 de junho de 2013.

Adilson Quaranta Junior Presidente do Conselho de Administração Valdir Carleto Conselheiro Adm. Efetivo

Devair Cocci Junior Vice Presidente do Conselho de Administração Nilso Candido Carvalho Contador CRC: 1SP146712/O-8


SUPERCLASSIFICADOSDG

Terça-feira, 27 de agosto de 2013

CASAS

cursoS

cursos

11

LOJA PONTO CALÇADÃO Cento 2 vitrines, wc, coz., 40mts² Tel.

SOBRADO NOVO Cond. Recanto do Jatobá 2 dorms.,2 vgs, R$ 230 mil, doc.ok tel.:996572120.

SÍTIOS & CHÁCARAS CHÁCARA T GRANDE c/ água/luz e riacho nos fundos R$25 Mil Tel.2408-6688

98435-4442

VD JAZIGO Grs R$ 2.500,00 Tel.: 99935-8559

VD. QUIOSQUE

SERVIÇOS ELETRICISTA E-mail perdigaoeletricista@hotmail. com, tel.:4372-9203.

Shopping tel.:2087-1731/981715906.

TROCA COMIGO OPORTUNIDADE

RELAX

TROCO TV TELA PLANA 29” e Aparelho de Som AIWA .por algo

MASSAGEM COMPLETA

de meu interesse Tel.: 2509-5989

c/ Karla loira tel.:94609-4266

MASSAGEM MIX Relax/ Sensual Tel.: 97169-0834

veículos

saúde e bem estar APARTAMENTOS

ESOTERISMO

Lotes 15 X 50 = 750m², Frente p/ Asfalto, Prox. a Sorocaba, a Comércio e Escolas , p/ Residência ou Chácarra. Entr. R$ 1.750,00 Saldo a Combinar. Tel.: 2301-1110/97173-9305

CARTAS RUNAS E TARÔ

e Bebês para figuração em catálogos publicitários e comerciais de TV c/ ou s/ exp. Ótimos Cachês. Tel. 24096806/2409-6279

Trago seu amor aos seus pés 100% garantido, pagamento após resultado. Simpatias, banhos de energização e

FESTAS

lhos Tel.: 2443-0262/97300-4077 /7872-9889

Contrata manobrista c/ exp. para região de Itapegica, prox. Shop. In-

TELEMENSAGENS TELEMENSAGENS

TRABALHE EM CASA

SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO DE GUARULHOS. S.A.A.E

IMÓVEIS / LOCAÇÃO

26/08/2013

Divulgando prod alimenticios, otima oportunidade de renda Tel.: 44192310 c/ Nice

CONTRATA-SE Aux. Cabelereiro e Manicure Tel.:

QUARTOS E VAGAS ALUGO QTO P/RAPAZES Tel.: 2408-0229 7940-7996

SALAS COMERCIAIS

2441-4914 c/ vale Transp.

SALAS COMERCIAIS

PRECISA-SE MOÇAS

Para locação no Jd. Tranquilidade tratar nos Tel.: 2358-8933 / 2358-2933

Trab. como promotora de vendas R.Quinze de novembro,85.1andar

IMÓVEIS / VENDO

REVISTARIA E presentes Michel e Beth no posto Ipiranga próx. ao Inss tel. 3435-5801.

publicações legais

Para todas ocasiões, Tel.:24518389

ternacional Tel: 96531-0883/24251340

Ótimo local, c/ sacada, Edifício Garagem e lazer comp. 49m², 180mil Tel:3435-6780

5459 - 98706-9393 Tim

Sapateiro urgente, Centro de Guaru-

PREC. MANOBRISTA

APTO 2 DOMR ED GARAG

rituais p/ todos os fins. Tel.2836-

PRECISA-SE BOLSEIRO

R$180 mil. Tel. 98601-4563

LOTES E CASAS

EMPREGOS CRIANÇAS JOVENS

APTO CECAP - PARANÁ

REABERTURA DE LICITAÇÃO REABERTURA DE LICITAÇÃO CONCORRÊNCIA 006/13 – Proc 2558/13– Cont. de empresa de engenharia especializada em perfuração de poços tubulares profundos. – Comunicamos aos interessados que o Edital e anexos foram READEQUADOS pelo Departamento de Manutenção e Operação. – Os arquivos readequados encontra-se disponíveis para download no site www.saaeguarulhos. sp.gov.br. – A nova data de abertura da licitação será no dia 27/09/13 às 9h. Aquisição edital no site www.saaeguarulhos. sp.gov.br ou contra apresentação de CD-R gravável na Gerencia Licitações, Av Tiradentes, 3198 – Bom Clima – Guarulhos/ SP. Inf: 11 2463-7062/7065. Departamento Administrativo

GIGA MADEIRAS E COM DE MATERIAIS PARA CONSTRUÇÃO LTDA ME torna público que requereu da CETESB a Renovação da Licença de para Beneficiamento de Madeira, (corte, aparelhamento, etc.) sito à Avenida Otávio Braga de Mesquita, 1953 - Vila Barros – Guarulhos – S.P.

11ª Alteração Contratual, COLÉGIO MONTE VIRGEM LTDA- EPP.- NILZA APARECIDA BASSI, brasileira, casada, empresária, RG n° 13.014.481-SSP/SP eCPF/MF n° 842.002.008-72, residente e domiciliada na R.Antonio Lobo, nº 67Penha, CEP 03634-030- São Paulo – SP;VILMA PIOVEZANA BASSI, brasileira, casada, empresária, RG nº 8.819.214-3SSP/SP e do CPF/MF sob o nº 022.082.958-62, residente e domiciliada na R.Antônio Lobo, nº 67, Penha,CEP 03634-030 - São Paulo – SP; eCLEONICE JOÃO DE ANDRADE BASSI, brasileira, casada , empresária, RG nº 11.487.842-0- SSP/ SP e CPF/MF sob o nº 006.157.388-42, residente e domiciliada na R.Antônio Lobo, 67,Penha,CEP 03634-030, São Paulo – SP; únicas sócias cotistas do Colégio Monte Virgem Ltda- EPP, sociedade com sede a R. NªSrªde Montevergine, nº 63, Vila Santana- CEP 03613-070, São Paulo ,CNPJ/MFn°01.148.820/0001-98, com NIRE n° 35.218.796.896,regida pela Lei n° 10.406 de 10/01/2002, resolvemI - REDUZIR O CAPITAL SOCIAL e TRANSFORMAR a Sociedade de Responsabilidade Limitada em Empresa Individual de Responsabilidade Limitada – EIRELI conforme segue. Alteração da Claúsula 4ª - Saídas de sócias com redução de capital, pela devolução do capital investido – R$ 1.309.520,00-a)-A sóciaCLEONICE JOÃO DE ANDRADE BASSI, retira-se da sociedade, recebendo integralmente R$ 459.840,00 correspondentes á sua participação societária, representada pela parcela do imóvel no valor de R$ 331.524,82 e R$ 128.315,18 em dinheiro, para nada mais ter a reclamar a que titulo for. b)- A sóciaVILMA PIOVEZANA BASSI, retira-se da sociedade, recebendo integralmente neste ato, R$ 459.840,00 correspondentes á sua participação societária, representada pela parcela do imóvel no valor de R$ 331.524,82 e R$ 128.315,18 em dinheiro, para nada mais ter a reclamar a que titulo for.c)- A sócia Nilza Aparecida BASSI, informa que tem interesse em continuar com a sociedade, razão pela qual, concorda em receber parte de sua participação societária , vale dizer, R$ 389.840,00representada pela parcela do imóvel no valor de R$ 331.524,82 e R$ 58.315,51 em dinheiro , para nada mais ter a reclamar a que titulo for, mantendo uma participação societária no valor de R$ 70.000,00 e transformando a sociedade em empresa individual de responsabilidade limitada –EIRELI.II-Transformação da Sociedade de Responsabilidade Limitada em Empresa Individual de Responsabilidade Limitada - EIRELI - NILZA APARECIDA BASSI, brasileira, casada, empresária, RG n° 13.014.481-SSP/SP e CPF/MF sob o n° 842.002.008-72, residente e domiciliada na R. Antonio Lobo, nº 67- Penha, CEP 03634-030- São Paulo – SP, objetivando adequar o contrato social á nova realidade, resolve TRANSFORMAR a sociedade de responsabilidade limitada em Empresa Individual de Responsabilidade Limitada - EIRELI, nos termos da Lei nº 12.441/2011, a qual regerá doravante , pelo presente ATO CONSTITUTIVO. Cláusula 1ª:- Fica transformada esta sociedade de responsabilidade limitada em empresa individual de responsabilidade limitada - EIRELI, passando a denominação social a ser Colégio Monte Virgem-EIRELI. Cláusula 2ª:- O acervo desta sociedade, no valor de R$ 70.000,00 (setenta mil reais) passa a constituir o capital da Empresa Individual de Responsabilidade Limitada -EIRELI.Para tanto, firmamos a presente em 03(três) vias de igual teor e forma na presença de 02 testemunhas que a tudo assistiram. São Paulo, 30 de Julho de 2013. VILMA PIOVEZANA BASSI;NILZA APARECIDA BASSI ; CLEONICE JOÃO DE ANDRADE BASSI. Testemunhas: Rubens Hirokazu Arakawa, KoziAihara, Daniela Zanoni.

A empresa Adriana Freire do Nascimento Oliveira -ME, situada na Rua Dom João 25-Jardim Teresopolis-Guarulhos-SP CEP:07082-073, inscrita na IE nº336.740.790.119 e inscrição no CNPJ(MF) nº07.081.460/0001-30, vem através desta DECLARAR EXTRAVIO de 02 talões de nota fiscal em branco, numeração de 001 ao nº 100,modelo 01 série 1, em branco, referente AIDF nº2231.

Ajudante de Pintor - Uma vaga disponível na região do Jardim Eusónia. Exigese Ensino Fundamental completo e seis meses de experiência. Salário de R$ 934,00.

Auxiliar de Almoxarifado - Dez vagas disponíveis na região da Água Chata. Exige-se Ensino Fundamental completo e seis meses de experiência. Salário de R$ 766,00.

Eletricista - Duas vagas disponíveis no Centro. Exige-se Ensino Médio completo e seis meses de experiência. Salário de R$ 1.052,06.

Impressor de Silkscreen - Três vagas disponíveis na região do Jardim Presidente Dutra. Exige-se Ensino Fundamental completo e seis meses de experiência. Salário de R$ 1.100,00.

Assistente de Vendas Duas vagas disponíveis na região de Bonsucesso. Exige-se Ensino Médio completo e seis meses de experiência. Salário de R$ 964,44.

Auxiliar de Limpeza - Duas vagas disponíveis na região Jardim Presidente Dutra. Exige-se Ensino Fundamental completo e seis meses de experiência. Salário de R$ 755,00.

Encanador - Uma vaga disponível no Centro. Exige-se Ensino Fundamental completo e seis meses de experiência. Salário de R$ 1.048,43.

Inspetor de Qualidade Uma vaga disponível na região do Cidade Seródio. Exige-se Ensino Fundamental completo e seis meses de experiência. Salário de R$ 1.200,00.

Lavador de Carros - Três vagas disponíveis na região da Vila Augusta. Exige-se Ensino Fundamental completo. Não é necessário experiência. Salário de R$ 800,00.

FERNANDA BOMBASSEI ME torna público que recebeu da CETESB a Licença de Operação 15006499 para Beneficiamento de Madeira, (corte, aparelhamento, etc.) sito à Avenida Brigadeiro Faria Lima, 1005 - Cocaia - Guarulhos- SP.

Vendedor Interno - Dez vagas disponíveis no Centro. Exigese Ensino Médio completo e seis meses de experiência. Salário de R$ 1.000,00.

VAGAS PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA (PCD)

Recepcionista Atendente - Uma vaga disponível na região do Itapegica. Exige-se Ensino Médio completo. Não é necessário experiência. Salário de R$ 932,29.


12

Terça-feira, 27 de agosto de 2013

A LOCALIZAÇÃO PERFEITA PARA VOCÊ DESFRUTAR DO MELHOR DA VIDA

SUCESSO DE VENDAS

Foto do living - referente ao apto. de 82,29 m2 privativos

2 e 3 dorms. 59 e 82 m

2

(1 (1 suíte)

privativos

Vagas determinadas por unidade - Terraço com churrasqueira

Fotos da região

Fácil acesso a tudo que você precisa

VISITE O DECORADO

Foto ilustrativa

Informações:

2421-2920

Rua das Palmeiras, 215 - Guarulhos - Altura do nº 1.104 da Av. Guarulhos Intermediação Imobiliária:

Realização:

Delforte Empreendimentos Imobiliários S.A - Creci J19971; Acer Consultores em Imóveis S.A - Creci 19368J; Frema Consultoria Imobiliária S.A. - Creci 497J - Rua Estados Unidos, 1765 - Cep: 01427-002 - São Paulo - SP; Tel.: (11) 5586.5600 - www.brasilbrokers.com.br. Abyara Brokers Intermediação S/A: Av. República do Líbano, 1110, Ibirapuera - CEP 04501-000 - São Paulo/Tel.: 3888-9200 - Creci - 20363J. Memorial de Incorporação registrado no R.4 da Matrícula 101.631, com data de 21/02/2013 no 1º Cartório de Registro de Imóveis de Guarulhos - SP.

Diário de Guarulhos - 27-08-2013