Page 1

DIÁRIO DA MANHÃ - CARAZINHO QUARTA-FEIRA, 13 DE FEVEREIRO DE 2019

QUARTA-FEIRA, 13 DE FEVEREIRO DE 2019 - ANO 38 - Nº 559

DIÁRIO DA MANHÃ

diariodamanha.com

DESDE 1980 NOSSO COMPROMISSO DIÁRIO É COM VOCÊ

1

R$ 2,50

Aumenta a procura por previdência privada Adriano Dal Chiavon | Diário

Alta é atribuída, especialmente, pelo retorno da discussão da reforma da Previdência Social no cenário político do país. Página 8

RODOVIA CONTROLADA

BR 285 será fiscalizada por 39 pardais Dnit fechou contrato com nova empresa para instalação de pardais em rodovias federais no Rio Grande do Sul. Saiba onde estarão os equipamentos. Página 7

EDUCAÇÃO

DIÁRIO ENTREVISTA

Emei São Lucas muda para outro espaço

“A educação está sendo usada para desequilibrar o jogo político”

Por uma questão de segurança, a Smec e o poder Executivo da cidade decidiram mudar a Escola Municipal de Educação Infantil São Lucas para um outro local, no qual já inicia o ano letivo. Página 6

A afirmação é do advogado Miguel Nagib, um dos fundadores do movimento Escola Sem Partido. Páginas 4 e 5


2 radar

DIÁRIO DA MANHÃ - CARAZINHO QUARTA-FEIRA, 13 DE FEVEREIRO DE 2019

Se você tem um smartphone e um aplicativo de QR Code instalado, posicione o leitor desta imagem e tenha acesso direto ao nosso site!

Disque 100

Benefício de Prestação Continuada

O Disque 100 passa a receber denúncias que envolvam a violação de direitos em alojamentos e Centros de Treinamento (CT’s) esportivos. A medida foi anunciada pelo Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos para prevenir incidentes como o do centro de treinamento do Flamengo. O serviço já funciona 24 horas por dia, em todo o país. As ligações podem ser feitas de todo o Brasil por meio de discagem gratuita, de qualquer terminal telefônico fixo ou móvel (celular), bastando discar 100. O serviço também pode ser acionado por meio do aplicativo Proteja Brasil e do site Humaniza Redes.

Feliz aniversário 13/02

Cerca de 1,1 milhão de brasileiros que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) ainda não se inscreveram no Cadastro Único do governo federal. O registro é obrigatório e deve ser realizado até 31 de março por todos os beneficiários que fazem aniversário nos três primeiros meses do ano. Se a regularização não for feita até a data-limite, o auxílio pode ser suspenso. Com o valor de um salário mínimo, o BPC é pago mensalmente a idosos com mais de 65 anos e pessoas com deficiência com renda familiar per capita de até ¼ do salário mínimo (R$ 249,50, atualmente). Quem não regularizou sua situação deve procurar um dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) de seu município. É necessário ter em mãos o Cadastro de Pessoa Física (CPF) e o comprovante de residência. O responsável familiar também pode fazer a inscrição, desde que leve os documentos das pessoas que moram com o beneficiário. O calendário para regularização foi organizado com base na data de aniversário dos beneficiários. Quem ainda não se inscreveu no Cadastro Único já está sendo notificado pela rede bancária sobre os prazos. Até o momento, mais de 3,4 milhões de beneficiários já realizaram o registro no sistema.

HCC

Representantes da Paróquia do Planalto Médio, das comunidades de Coqueiros do Sul, Xadrez e Santo Antônio do Planalto, estiveram reunidos com a direção do Hospital de Caridade de Carazinho (HCC) para oficializar a doação de roupas de cama à instituição de saúde – sendo 88 lençóis e 43 fronhas, totalizando o valor de R$ 2.040,00. O HCC também recebeu a doação do valor proveniente da campanha “Troco Amigo”, promovida pela Rede de Farmácias Panvel. Na ocasião, foi oficializada a entrega de R$ 13.328,47, arrecadados pela filial de Carazinho, durante o ano de 2018. Esses valores serão investidos em reformas, aquisição de novos equipamentos e melhorias no atendimento à população.

Adriana Schuch Rosa Álvaro Antunes Batista André Luiz Rossotti Batista Ângela M. de Pádua Bernardo Becker Guimarães Cintia Malta Kovaski Elélia Celi Fleck Eloisa Eccel Emanuele Almeida Fernando Funk Giuliano Moraes Figueiro Jaci J. de Jesus Juliana Azevedo Gonçalves Lucas Dal Pizzol Luci Giaretta Stefanello

Os estudantes do 6º ao 9º ano do ensino fundamental e do ensino médio já podem se inscrever para participar da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep). Nesta 15ª edição, a competição presta homenagem aos povos indígenas do país. As escolas devem cadastrar os alunos interessados em competir pela página da Obmep até 15 de março. Os vencedores serão anunciados em 3 de dezembro. Os competidores passam por duas provas para testar os conhecimentos na disciplina. No ano passado, mais de 18,2 milhões de estudantes participaram do evento, no qual foram distribuídas 6,5 mil medalhas e 46,2 mil certificados de menção honrosa. Os medalhistas também são beneficiados com oportunidades de participar de programas de iniciação científica.

Luisa Giaretta Marcelo Silveira de Ávila Maria Lourdes de Quadros Marisa Margarete de Oliveira Maurício dos Santos Silva Odali Casali Rafael Soares Tânia Mara de Moraes Waldyr do C. Kraemer

Foto: Arquivo | Diário

Divulgação

Obmep

É notícia na Diário Jarbas Bohrer, capitão do 38º BPM, participou nesta terça-feira (12) da programação da Diário AM 780. Ele comentou ações recentes da Brigada Militar.

Fundador Jornalista Túlio Fontoura (1935 1979) PresidenteS-EméritoS Dyógenes Auildo Martins Pinto (1972 1998) Vinícius Martins Pinto (1997 2003)

Presidente Janesca Maria Martins Pinto Vice-Presidente Ilânia Pretto Martins Pinto DIRETOR EXECUTIVO Túlio Pretto Martins Pinto

Editora geral: Nadja Hartmann Editor: Rodolfo Sgorla da Silva - MTE 18546/RS www.diariodamanha.com


política 3

DIÁRIO DA MANHÃ - CARAZINHO QUARTA-FEIRA, 13 DE FEVEREIRO DE 2019

REFORMAS ESTRUTURANTES

Assembleia quer clareza do Governo para aprovar fim do plebiscito para estatais Segundo a presidência da ALRS, transparência sobre futuro dos recursos angariados com a venda e o destino dos servidores facilitaria aprovação do projeto em plenário Foto: Ana Cláudia Capellari|Diário

por DANIEL ROHRIG politica@diariodamanha.com

O

Lara aponta que governo deve ser mais claro em relação ao futuro dos servidores de estatais a serem privatizadas

transparência em relação ao projeto diminuiria a resistência entre os demais deputados. “Se passar por cima de um direito adquirido, daqui há dez anos vai ficar a conta para outro governador pagar, em função das leis trabalhistas. Então, se ficar claro por quanto será vendido e o que será feito com o dinheiro, me parece que o ambiente é propício para as reformas do Estado. Agora, estes pontos devem ficar claros, até para que se diminua o tempo, o temor e a resistência. Se vai acontecer o que aconteceu com outras estatais, que se vendeu e não se deu encaminhamentos para os servidores, virou depois um grande problema para o Estado e para vida dos servidores. Isso deve ser feito com diálogo e transparência”, reafirmou o presidente da Casa.

Se ficar claro por quanto será vendido e o que será feito com o dinheiro, me parece que o ambiente é propício para as reformas do Estado. Agora, estes pontos devem ficar claros, até para que se diminua o tempo, o temor e a resistência

presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, Luís Augusto Lara (PTB), afirmou que o Governo do Estado precisa esclarecer qual será a destinação dos recursos obtidos na hipótese da venda de estatais gaúchas e qual será o destino dado aos servidores de cada empresa. A declaração foi feita durante o lançamento da 20ª da Expodireto Cotrijal, ocorrido em Porto Alegre, na manhã da última segunda-feira (11). O posicionamento de Lara serviu como um recado ao Executivo como condição para a aprovação do Projeto de Emenda à Constituição (PEC) enviado pelo governador Eduardo Leite (PSDB) à Casa que propõe o fim da necessidade de plebiscito para a privatização da CEEE, Companhia Rio Grandense de Mineração (CRM) e a Sulgás. O presidente do legislativo gaúcho disse ainda que a missão dos governos é de dinamizar, agilizar e tornar o Estado mais leve. “Claro, com transparência, sempre deixando muito claro, se vai mexer em alguma estatal, como ficará a vida dos servidores. Afinal de contas, eles têm direitos adquiridos. Além disso, esclarecer o que será feito com os recursos da vendas das estatais, porque também não adianta vender patrimônio para usar em pagamento de folha, por exemplo, que é custeio. Então, tu tem que vender patrimônio e deixar claro qual será o futuro daqueles servidores, por quanto vai vender e o que será feito com aquele dinheiro”, exemplificou Lara. Ao ser questionado a respeito do “clima” entre os parlamentares sobre a recepção do projeto de Leite – que precisa de 33 votos para aprovar a PEC – Lara comentou que a

André Luis Augusto Lara (PTB),

presidente da Assembleia Legislativa do RS

O perfil das estatais na mira Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica – CEEE É uma empresa de economia mista pertencente ao Grupo CEEE, concessionária dos serviços de distribuição de energia elétrica na região sul-sudeste do RS. Com área de concessão que compreende a região Metropolitana, Sul, Litoral e Campanha gaúcha, a CEEE Distribuição atende a 72 municípios, abrangendo 73.627 km², o que corresponde aproximadamente a 34% do mercado consumidor do Rio Grande do Sul, através de seus 72.138 km de redes urbanas e rurais. Está subdividida em duas empresas: a CEEE-D e a CEEE-GT. De acordo com o último relatório de sustentabilidade divulgado por ambas as instituições e disponível no site da estatal, a CEEE-D registrou prejuízo de R$ 87,5 milhões no encerramento do exercício de 2017, enquanto CEEE-GT encerrou o mesmo período com lucro líquido de R$ 395,08 milhões, uma variação negativa de 57,23% frente aos R$ 923,78 milhões do ano de 2016. A empresa com maior número de colaboradores é a deficitária CEEE-D, que encerrou o ano de 2017 com 2.399 empregados. Durante o período, teve uma admissão através de concurso externo e 80 empregados desligados. Já a CEEE-GT encerrou 2017 com 1.128 empregados. Durante o ano, não apresentou admissões através de concurso externo e 50 empregados foram desligados.

Companhia Rio-grandense de Mineração (CRM) A CRM é uma empresa de economia mista controlada pelo Governo do Estado, detentora de um potencial de 2,5 bilhões de toneladas de carvão. Sua unidade mineira em atividade está situada no município de Candiota, com exploração a céu aberto. Embora a produção das termoelétricas a carvão represente aproximadamente 4,2% do sistema elétrico nacional, conforme a Empresa de Pesquisa Energética. A estatal possui vínculo com 319 servidores atualmente. Questionada sobre se gerou lucrou ou despesa no último exercício, a CRM informou que o balanço de 2018 ainda não foi fechado, mas deverá ser concluído e apresentado ao Conselho até o mês de março. Com relação a receita bruta da estatal, a CRM custa ao Estado R$ 105.584.377,29. Já a folha de pagamento líquida de janeiro de 2019 chegou a R$ 2,1 milhões. Todas as informações constam no Portal da Transparência da CRM.

O plano de Leite O que se sabe até agora é que o governo estadual busca retirar a necessidade de plebiscito para utilizar a CEEE, CRM e Sulgás como garantias no Regime de Recuperação Fiscal dentro da estratégia de renegociar a dívida do RS com a União. Se cair a obrigatoriedade do plebiscito, o Governo terá um trabalho a menos para seguir com o RRF, já que poderá privatizar, federalizar ou capitalizar as três empresas a partir de conceitos técnicos. Para conseguir a quantidade de votos necessárias para aprovar a PEC, o governo promete trabalhar pela formação de consenso estratégico, o que começou pelo diálogo aberto com os deputados eleitos para o primeiro mandato – 23 já foram ao encontro do governador desde a primeira quinzena de janeiro. “Não queremos a anulação de diferenças. Respeito a autenticidade e as diferentes ideologias e acredito que podemos avançar a partir das diferenças, buscando o que é melhor para o Estado”, ponderou o governador durante a sessão de abertura dos trabalhos no parlamento, na semana passada. O segundo paradigma, afirmou, trata da autoridade e da legitimidade que a Assembleia Legislativa tem para fazer escolhas, já que a democracia representativa não diz respeito apenas à impossibilidade de reunir os 11 milhões de gaúchos, mas delega a responsabilidade da decisão ao governo e os deputados eleitos pela maioria. Sobre a PEC que dispensa a exigência de plebiscito para a venda ou federalização das três estatais, Leite considerou que “um plebiscito joga para uma decisão da massa um tema complexo, que necessita análise de custos operacionais, de oportunidades de mercado, de alterações tecnológicas. Lança para a decisão de todos e, consequentemente, para a responsabilidade direta de ninguém”, defendeu Leite.

Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul (Sulgás) É a empresa responsável pela comercialização e distribuição de gás natural canalizado no Estado. Criada em 1993, atua como uma sociedade de economia mista, tendo como acionistas o Estado do Rio Grande do Sul e a Petrobras Gás S/A – Gaspetro. Iniciou a comercialização do gás natural em 2000, com a conclusão do gasoduto Bolívia-Brasil. Até o fechamento desta edição do Diário, a reportagem não conseguiu contatar nenhum representante da estatal sobre questões de orçamento, quadro de funcionários, receitas e despesas. O portal da transparência apresentou, ainda, instabilidade nas tentativas de apuração das informações para a matéria. Contudo, por meio dele, foram obtidos apenas dados referentes à folha de pagamento da empresa, que atingiu no mês de janeiro, R$ 1,5 milhão.


4 educação

DIÁRIO DA MANHÃ - CARAZINHO QUARTA-FEIRA, 13 DE FEVEREIRO DE 2019

DIÁRIO ENTREVISTA

“A educação está sendo usada A afirmação é do advogado Miguel Nagib, um dos fundadores do movimento Escola Sem Partido Divulgação

por ANA CLÁUDIA CAPELLARI anaclaudia@diariodamanha.com

C

om a eleição de Jair Bolsonaro à presidência e o seu amplo apoio à pauta, o movimento Escola Sem Partido (ESP) voltou ao debate público no início de fevereiro, quando um novo projeto de lei, elaborado pela deputada federal Bia Kicis (PSL-DF), foi protocolado. A reportagem do Diário conversou com um dos fundadores do movimento Escola Sem Partido, o advogado Miguel Nagib. Por telefone, Nagib explicou, entre outros assuntos, o início do debate e os próximos passos desse que é um projeto que mexe com a educação brasileira. Com as redes sociais, a proposta ganhou força e se espalhou por todo o Brasil, tendo não apenas projetos de lei na Câmara Federal, como também em Assembleias Legislativas e Câmaras de Vereadores. Diário da Manhã: Como surgiu o movimento Escola Sem Partido? Miguel Nagib: O Escola Sem Partido surgiu a partir de uma iniciativa de pais, estudantes e professores que perceberam que as escolas e as universidades estavam sendo usadas para fins de propaganda partidária, político-ideológica. E aí, como reação a essas práticas de propaganda e doutrinação nas escolas, essas pessoas decidiram criar uma página na internet, essa foi a origem do movimento, para dar visibilidade a essas práticas ilegais que estavam acontecendo nas escolas e universidades. Em 2004 começamos e já com, no mínimo, 10 anos de atraso. Esses problemas já estavam perfeitamente delineados, essas realidades abusivas das escolas, perfeitamente delineadas, 10 anos antes, então quando a gente criou o proble-

ma já estava muito avançado. Nós criamos a página para dar visibilidade ao problema da doutrinação nas escolas. Diário: E os Projetos de Lei sobre o assunto, quando surgiram? Nagib: A partir de 2014, nós passamos a defender a aprovação de um projeto de lei contra a doutrinação. É uma proposta de lei cujo único objetivo é promover o respeito à Constituição Federal dentro das escolas e das universidades. De que maneira? Informando aos estudantes sobre os direitos constitucionais que eles têm ao pluralismo de ideias, a impessoalidade como usuários do serviço público, à liberdade de consciência e de crença, à laicidade do Estado, isso também é um direito do estudante, o direito à educação, à liberdade de aprender, o direito à intimidade, então, o projeto Escola Sem Partido, a nossa proposta expressa numa linguagem acessível aos alunos, aos estudantes da educação básica, são crianças na faixa de 6 a 17 anos, esses princípios e garantias que estão presentes na Constituição Federal (CF), mas que na CF são expressos de uma maneira técnica. Tudo aquilo que está no projeto ESP já está na CF, mas na CF isso

aparece em uma linguagem técnica e nós traduzimos para uma mais acessível. Um exemplo: no artigo 37, a Constituição estabelece que entre os princípios da administração pública está a impessoalidade, mas não adianta nada você dizer isso para um garoto de 13, 14 anos de idade. O que o projeto ESP faz? Ele diz o seguinte: o professor não pode fazer propaganda político-partidária dentro da sala de aula, isso o aluno da educação básica é capaz de entender, isso corresponde ao princípio da impessoalidade. O projeto repete em uma linguagem mais acessível. Diário: De 2004 até hoje o senhor já perdeu muitos amigos estando envolvido no Movimento? Nagib: Não, pelo contrário, ganhei mais amigos. Não tenha dúvida nenhuma disso. É claro que a proposta do ESP desagrada as pessoas e os grupos que estão lucrando com a doutrinação nas escolas, mas ela tem muito mais apoio entre a população do que a doutrinação. A população não quer saber de doutrinação nas escolas. Quem

está lucrando com a doutrinação, que é uma minoria, esses não querem abrir mão da posição hegemônica que conquistaram, mas conquistaram ilegalmente, contra a Constituição e de forma abusiva, conquistaram com o sacrifício dos direitos fundamentais de milhões de brasileiros, então essas pessoas, naturalmente, estão insatisfeitas com o Escola Sem Partido, são os partidos de esquerda e os movimentos e as organização que são satélites desses partidos, inclusive na administração pública, dentro do próprio Estado, nas universidades e no Ministério Público, por exemplo. Diário: Quais são as situações de doutrinação mais frequentes nas salas de aula? Nagib: Há muitos alunos que são humilhados em salas de aula, eu não saberia precisar um único exemplo, mas muitas vezes o aluno perde o interesse na matéria e abandona o curso porque se sentiu mal em sala de aula e foi estigmatizado pelo professor e consequentemente pelos colegas, isso acontece muito e é um tipo de situação. Existem outras situações, por exemplo, que ocorrem em livros didáticos. Até 2007, o MEC distribuía para todas as escolas do Brasil uma coleção de História chamada 'Nós da história crítica' e essa coleção, se eu não estiver enganado quanto ao número, chegou a vender 10 milhões de exemplares, foi uma mina de dinheiro para a editora e era um livro completamente enviesado. Tinha uma ilustração que fazia uma comparação entre o capitalismo e o socialismo, que é uma coisa hilária, realmente é bizarro. Não é o caso do ponto de vista do conteúdo, mas isso atingiu tan-

tas pessoas que o dano causado foi imenso. Essa coleção, de tão escandalosamente tendenciosa, acabou sendo banida do guia de livro didático do MEC no governo do PT e do catálogo que eles enviam para as escolas. Diário: De que maneira o senhor vê os próximos passos do ESP? Nagib: O ESP é um movimento que atua em diversas direções, nós temos projetos de lei nas esferas municipal, estadual e federal. Na Câmara dos Deputados eu acho que o projeto, esse que foi apresentado agora, vai ficar um pouco em “banho-maria”, por causa da reforma da Previdência, que é prioritária, o Rodrigo Maia [presidente da Câmara] já deixou claro, por isso acho que vai ficar uns dois ou três meses em “banho-maria” até que o Congresso defina a reforma e depois vai começar a discussão. Enquanto isso, nada impede que o poder Executivo, que agora tem compromisso em combater a doutrinação, ao contrário dos governos anteriores, que, ou se beneficiavam, no caso do governo do PT ou então o governo Temer, que fechou os olhos, no caso do então ministro da educação, Mendonça Filho, que fingiu que não era com ele, simplesmente ignorou o problema. Agora, o atual ministro, Ricardo Vélez, já falou que não vai aceitar o uso do sistema educacional para fim de propaganda ideológica e político-partidário e que é contra a doutrinação. Acho que o MEC, com o ministro Velez, vai adotar as providências que existem e são possíveis para combater a doutrinação, independentemente da aprovação do projeto de Lei ESP. O ESP não está criando nenhuma novidade, tudo aquilo que diz já é lei no Brasil. A


educação 5

DIÁRIO DA MANHÃ - CARAZINHO QUARTA-FEIRA, 13 DE FEVEREIRO DE 2019

para desequilibrar o jogo político” Diário: Qual é a sua avaliação sobre a parte do novo projeto em que diz que os alunos podem gravar as aulas? Nagib: O aluno pega um gravador, coloca em cima da mesa do professor e grava a aula, pronto. Depois, o aluno pode ouvir a aula em casa para fixar melhor o conteúdo, os pais podem ouvir para saber se a escola é boa ou ruim e eles têm o direito de saber se a escola está prestando um bom serviço ao filho. Os pais podem ouvir a aula do professor de química, história, biologia, português e ver se é boa aula ou não. Isso é um direito que os pais e os alunos já têm e o projeto apenas explicita isso em direitos, para que ninguém possa dizer, como dizem, que os alunos não podem gravar, o que é um absurdo. O professor que não quer que grave tem medo, esses professores que se opõem a que os alunos gravem, o que eles estão fazendo é reivindicar

A partir de 2014, nós passamos a defender a aprovação de um projeto de lei contra a doutrinação. É uma proposta de lei cujo único objetivo é promover o respeito à Constituição Federal dentro das escolas e das universidades

doutrinação já é uma prática ilegal, qualquer professor que faça propaganda político-partidária em sala de aula pode e tem que ser mandado embora, qualquer professor que persiga, humilhe o aluno em sala de aula por causa das suas crenças, das suas opiniões políticas, ideológicas, esse professor já pode ser processado hoje por danos morais, é uma conduta abusiva. Não é necessário que o PL seja aprovado para que o poder público tente coibir essas práticas dentro das escolas. Nós queremos aprovar o projeto de lei para que isso se torne ainda mais claro, para que ninguém possa alegar que desconhece isso, a verdade é que nós estamos querendo proteger os professores, para que eles saibam aquilo que eles não podem fazer, para que eles não caiam na conversa de sindicato e partido político que querem usar isso, mas não se responsabilizam pelo o que é feito em sala de aula.

Miguel Nagib

advogado e fundador do Escola Sem Partido

o direito ao sigilo dentro da sala de aula, onde já se viu uma coisa dessas? Ainda mais com crianças e na escola pública. Não existe direito ao sigilo nem em escola pública e nem em particular em sala de aula. Diário: Como o senhor analisa o crescente apoio que o movimento recebeu nos últimos anos? Nagib: No começo, era meia

dúzia de pais e hoje o movimento é nacional, é espetacular, realmente um milagre o que está acontecendo, pois estamos lutando, afinal de contas, contra as forças mais poderosas que existem, que é a imprensa, na sua maioria, contra o ESP, as universidades totalmente contra, o Ministério Público (MP) é contra, é inacreditável isso, se você falar ninguém acredita que o MP possa ser contra, e, no entanto, é. Enfim, nós temos inimigos muito poderosos, até a ONU

se manifestou contra e, apesar disso, o movimento não para de crescer porque ele está tocando numa questão vital tanto para as famílias, para os alunos como para a democracia brasileira. Então, quando um partido, por meio dos seus militantes, usa o sistema educacional em seu benefício próprio, como acontece hoje, você tem uma fraude ao regime democrático. A máxima do Estado, que é a educação, está sendo usada para desequilibrar o jogo político a favor de determinados competidores, isso é uma trapaça. Os partidos que estão lucrando com a doutrinação são trapaceiros da democracia. De qualquer forma, o Escola Sem Partido é uma proposta 100% sem partido e o objetivo não é favorecer nem prejudicar nenhum grupo que disputa o poder na sociedade, ocorre que apesar disso, ou justamente por ela ser sem partido, aqueles grupos que hoje estão se beneficiando da doutrinação serão prejudicados e sabem disso.


6 educação

DIÁRIO DA MANHÃ - CARAZINHO QUARTA-FEIRA, 13 DE FEVEREIRO DE 2019

Emei de mudança para nova sede Smec traz mais uma novidade neste início de ano letivo, a mudança de sede da Emei São Lucas, que agora passa a atender no prédio do Instituto Federal

Transferência O prefeito Milton Schmitz conta que essa tratativa com o Instituto Federal já vem acontecendo des-

Nesta semana, os professores já começaram a levar os materiais da Emei para a nova sede, preparando-a para o início do ano letivo

Ano letivo

Um evento para marcar a abertura do ano letivo 2019 será realizado nesta quarta-feira (13), em Novo Hamburgo, pela Secretaria estadual da Educação. Com a presença do secretário da Educação, Faisal Karam, começa às 14h na Escola Estadual 25 de Julho. As aulas da rede estadual se iniciam dia 20 de fevereiro, quando cerca de 900 mil estudantes começam as atividades escolares em mais de 2.500 instituições. Atualmente, existem mais de 400 obras em andamento nas escolas da rede estadual e cerca de 230 estão em fase de licitação ou elaboração de contrato com o objetivo de promover melhorias estruturais nas instituições de ensino.

Apoio Sobre a comunicação com as famílias, Lopes afirma que está sendo dada uma atenção especial aos alunos que vêm do bairro São Lucas, porém, ressalta que o local segue sendo acessível para quem tem suas crianças frequentando a

Emei. “Nós vamos dar atenção especial aos alunos que vêm do bairro, já fizemos contato com as famílias e queremos tranquilizá-las,

pois estamos primando pela segurança dos nossos alunos. Esse é o principal motivo para a mudança”, esclareceu o secretário. FOTOS: Adriano Dal Chiavon | Diário

de que a então secretária Sandra Citolin – falecida no início do ano passado – ainda estava no comando da Smec. “Já vinhamos falando disso, percebendo que tinha um espaço público municipal no Instituto e então chegamos a um acordo de que, com duas salas daquelas, conseguem executar toda a atividade que tem hoje proposta em Carazinho, sobrando sete, que a gente transferiu à São Lucas”, relatou Schmitz. A mudança já aconteceu no início do ano letivo pois, segundo o prefeito, os Bombeiros decidiram que, por bem, seria ideal mudarem de sede imediatamente e a receptividade tem sido positiva. “É claro que alguns pais preferiam continuar onde estava, mas, não podemos. O prédio não oferece condições e não podemos reformá-lo, porque não é nosso, então gerava uma dificuldade enorme de conservação”, avaliou o prefeito. Sobre o espaço, Lopes afirma que se trata de um local amplo, com bastante área verde que pode ser aproveitada também para o aprendizado dos pequenos. “As salas são maiores, arejadas, é um espaço novo, diferente, já tem uma nova proposta de trabalho”, comentou o secretário.

Toda a estrutura foi preparada para acomodar os trabalhos da Escola e também do Instituto, que continua funcionando normalmente

Não queremos que aconteça uma tragédia para resolver o problema, então, estamos nos antecipando. Tivemos uma conversa com o Corpo de Bombeiros e já estávamos tratando disso desde o ano passado

Matrículas na rede estadual

Estudantes que perderam os prazos para realizar a matrícula na rede estadual terão mais uma oportunidade: até 29 de março, o gerenciamento das vagas será diretamente nas escolas da rede pública estadual. A assessora técnica do Departamento de Planejamento (Deplan) da Secretaria estadual de Educação (Seduc), Neri Barcelos, destaca que nenhum estudante ficará sem vaga. “Para aqueles que perderam os dois períodos de matrículas, solicitamos que compareçam diretamente nos estabelecimentos de ensino com os documentos necessários”, afirma. No ato da matrícula, será solicitada a apresentação do atestado de vacinação atualizado para os alunos do 1º ano do Ensino Fundamental. O objetivo é fortalecer, entre os pais, a importância da vacinação das crianças nesta idade. São exigidos também: identidade ou certidão de nascimento do aluno; identidade do responsável; comprovante de residência e comprovante de escolaridade.

Lucas Lopes

secretário municipal de Educação e Cultura

Arquivo | Diário

par o espaço que não estava sendo utilizado. “É um espaço amplo, algumas salas estavam ociosas, então, nós acordamos em dividir. O Instituto continua funcionando em duas salas e o restante transferimos à Emei, em virtude da questão da segurança das crianças e dos nossos servidores”, explicou o secretário da pasta. Ele ainda reforça que o antigo prédio onde funcionava a Escola, não é da Prefeitura, portanto, não conseguiam fazer reformas ou melhorias. “É um prédio que já está condenado e a gente prima pela segurança das nossas crianças e funcionários”, complementou Lopes.

A

pós um tempo de conversas sobre o assunto, a mudança da Escola Municipal de Educação Infantil (Emei) São Lucas foi confirmada nas últimas semanas pelo secretário municipal de Educação, Lucas Lopes. A partir do início deste ano letivo, a escola já estará funcionando na sua nova sede, no prédio do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha. A decisão foi tomada também por uma questão de segurança, tendo em vista que o prédio onde a São Lucas funcionava não estava em boas condições. Segundo Lopes, é preciso agora tranquilizar as pessoas sobre a decisão, afinal, a tratativa já vem desde o ano passado, afinal, as atividades do Instituto vão permanecer lá, a Emei só chega para ocu-


conexão 7 conexão 5

DIÁRIO FUNDO, DIÁRIO DA DA MANHÃ MANHÃ -- PASSO CARAZINHO QUARTA-FEIRA, QUARTA-FEIRA, 13 13 DE DE FEVEREIRO FEVEREIRO DE DE 2019 2019

PASSO FUNDO - CARAZINHO PASSO FUNDO - CARAZINHO

MONITORAMENTO

BR-285 será uma das mais fiscalizadas Segundo o DNIT, toda a extensão da rodovia federal receberá 39 pontos de fiscalização. Saiba onde estarão localizados por ANA CLÁUDIA CAPELLARI anaclaudia@diariodamanha.com

D

e Bom Jesus até São Miguel das Missões, a rodovia federal BR-285 receberá novos controladores de velocidade. Isso porque o contrato com a antiga empresa, a Kopp, foi encerrado em janeiro. De acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (DNIT) os equipamentos da Kopp serão retirados pela empresa, que tem previsão de realizar o serviço em até 30 dias. Um novo contrato, firmado com a empresa Fontosensores, será o responsável por instalar novos equipamentos de controle nos locais que já existiam e também em novos pontos durante este ano. De toda a faixa de extensão da BR-285, que compreende mais de 300 quilômetros, 39 pardais serão colocados, nos sentidos interiorcapital e vice-versa. Na região

Norte, Passo Fundo e Carazinho se destacam pelo número de controladores, com oito e quatro, respectivamente. A rodovia federal está enquadrada no ‘lote 02’ da empresa, que tem outras 266 faixas monitoradas e possui valor contratual de mais de R$45 milhões. Segundo o DNIT, o contrato com a empresa terá duração de cinco anos e ao final do prazo estipulado os equipamentos serão retirados. Comparando com outras BRs contempladas pelo contrato com a empresa Fotosensores, a 285 será uma das mais controladas. Na BR116, 35 pardais deverão funcionar entre os municípios de Vacaria e Picada Café. Já na rodovia 153, 12 pardais serão instalados entre Cachoeira do Sul e Erechim. Além dessas, a empresa Fontosensores será responsável por colocar equipamentos nas BRs 158, 287, 290, 293, 386 (somente na parte que compreende o município de Estrela), 392, 448,470,471 e 472.

Veja onde os pardais estarão instalados: Passo Fundo

Passo Fundo 8 pardais Carazinho 4 pardais

Km 290,850 Km 291,000 Km 291,625 Km 292,265 Km 296,360 Km 296,555 Km 298,115 Km 298,215

Carazinho KM 335,350 KM 335,570 KM 336,300 KM 336,400

Os controladores pela rodovia

Lagoa Vermelha

Passo Fundo Entre Ijuís 4 pardais

São Miguel das Missões 4 pardais

Ijuí

Bozano

4 pardais

2 pardais

5 pardais

8 pardais

Carazinho 4 pardais

Capão Bonito do Sul 2 pardais

Mato Castelhano 1 pardal

Caseiros 2 pardais

Vacaria

2 pardais

Bom Jesus 2 pardais

viagens com até

de desconto*

6 ,18 5 ,80 11

Passo Fundo Alpestre

6x

Passo Fundo Erechim

4x

Passo Fundo Porto Alegre

6x

R$

R$

R$

,28

valor total R$ 37,72

valor total R$ 20,71

valor total R$ 70,80

Compre agora unesul.com.br *Passagens emitidas com origem em Porto Alegre, o desconto é válido apenas para compras de Rodoviária. Consulte linhas participantes.


conexão 6 8 conexão

DIÁRIO DADA MANHÃ - PASSO FUNDO, DIÁRIO MANHÃ - CARAZINHO QUARTA-FEIRA, 13 DE FEVEREIRO DE 2019

PASSO FUNDO - CARAZINHO PASSO FUNDO - CARAZINHO

Cresce procura por previdência privada Gerentes de instituições que oferecem o serviço relatam maior interesse das pessoas após reforma da Previdência voltar a ser pauta no cenário político nacional Foto: Adriano Dal Chiavon | Diário

por ADRIANO DAL CHIAVON adriano@diariodamanha.com

D

esde a eleição de Jair Bolsonaro e, principalmente, após sua posse em janeiro, a principal expectativa no cenário político-econômico do país é sobre o teor do projeto de reforma da Previdência. Como até o momento nada de concreto foi apresentado, muitas dúvidas ainda pairam sobre o tema e é com grande expectativa que a população e o próprio mercado aguardam as definições. Mas, o que se espera é um projeto robusto e que deverá aumentar a idade mínima para aposentadoria. Diante desse cenário, as pessoas estão em busca de alternativas para garantir ou projetar renda no futuro. E uma das opções que vêm sendo muito procuradas é a previdência privada. O serviço financeiro oferecido por quase todas as instituições bancárias, sejam privadas, públicas ou cooperativas de crédito, consiste no armazenamento de uma quantia durante alguns anos, para ao fim do contrato escolhido, reaver os recursos guardados com correção. De acordo com gerentes de cooperativas de crédito que ofertam esse tipo de serviço financeiro, a procura por previdências privadas tem aumentado desde que a reforma da Previdência Social voltou a tomar conta do debate nacional. “Após a eleição, houve uma procura bem significativa porque se passa por uma crise de segurança quanto a questões da Previdência. Por isso, as pessoas estão buscando por mais estabilidade e ela está diretamente ligada com a qualidade de vida. Nesse aspecto, existe uma procura muito grande e a previdência privada se destaca, diante

Procura por previdência privada deve-se também à busca por mais segurança e por garantia de renda no futuro Foto: Adriano Dal Chiavon | Diário

Fábio Pedroso, Gerente Regional de Desenvolvimento do Sicredi

da rentabilidade”, analisa o Gerente Regional de Desenvolvimento do Sicredi, Fábio Pedroso. Renda complementaR Para o especialista em produtos de vida e previdência de uma seguradora de abrangência nacional, Vinícius Müller, a previdência privada precisa ser encarada como uma forma de complemento da renda. “Na previdência privada, a gente tem como resumo, você guardar um pouquinho a cada mês e fazer o tempo trabalhar. Nessa lógica, quanto mais novo começar, melhor, mas estamos nos deparan-

do cada vez mais com muitas pessoas de 50 anos vindo guardar um valor para chegar aos 65 anos e ter uma renda. Claro que nessa realidade o degrau para essa pessoa manter o padrão de vida que ela tem hoje depois de apenas 15 anos é maior. As pessoas precisam analisar para decidir sobre a contratação ou não de uma previdência privada: hoje você tem um salário, um padrão de vida bom, mas o que será feito quando esse ritmo diminuir? Qual será a alternativa para manter o mesmo ganho? É nesse ponto que colocamos a previdência privada como um complemento da renda”, analisa Müller. Foto: Adriano Dal Chiavon\Diário

Vinícius Müller, especialista de uma seguradora com abrangência nacional

PReSIDeNte Janesca Maria Martins Pinto Vice-Presidente Ilânia Pretto Martins Pinto

Clélia Fontoura Martins Pinto - ME Matriz: Rua Independência, 917, sala 3 - Passo Fundo Contato: (54) 3316-4800

tipos de pRevidência pRivada No mercado existem atualmente dois tipos básicos de previdência privada e diversas variações em questões como taxas, cobranças, rentabilidade, entre outras, que mudam de instituição para instituição. Nas duas grandes categorias existentes de previdência complementar há a Vida Gerador de Benefício Livre (VGBL), caracteri-

zada pela incidência de Imposto de Renda apenas sobre o rendimento, e a Plano Gerador de Benefício Livre (PGBL), caracterizada pela incidência de Imposto de Renda sobre todo o valor investido. “No PGBL se coloca um valor bruto e 12% pode ser retirado da sua renda que pode ser contribuída e posteriormente restituído. Se caso algum dia esse valor for sacado ou tornado em renda, a pessoa vai pagar o Imposto de Renda sobre todo o patrimônio. Já o VGBL é como qualquer outra operação financeira, toda a tributação será em cima do rendimento”, detalha Vinícius Müller. O gerente da unidade do Sicoob de Carazinho, Gleizer Durante, detalha o funcionamento base dos planos de previdência. “A estrutura de boa parte dos planos contempla contribuições mensais e possibilidade de aportes eventuais, sempre que o contribuinte desejar. Oferece também a possibilidade de contratação de cobertura de risco por invalidez e morte. Os recursos empregados na previdência privada são geridos com profissionalismo e competência por especialistas em investimentos”, afirma Durante. Vinícius Müller conclui destacando a necessidade de planejamento que as pessoas precisam ter. “Infelizmente, hoje no Brasil não há uma consciência de futuro. Geralmente se trabalha em um dia para comer no próximo, não se pensa para daqui 10, 15 ou 20 anos. E uma forma de planejamento a longo prazo é justamente a previdência privada e ela é para qualquer público, basta apenas haver um planejamento de quanto a pessoa consegue guardar a longo prazo e ele formalizar a renda”, afirma o especialista. RefoRma da pRevidência social é necessáRia Na visão do economista e diretor da Ulbra Carazinho, Gilmar Maroso, a reforma da Previdência Social é necessária. Para ele, o que vem sendo ventilado pelo governo é um modelo que distingue o que é previdência de assistência, além de um projeto que pretende extinguir o rombo bilionário que existe atualmente na área. “Nós tivemos uma transição demográfica da população muito grande, onde se registra constan-

Foto: Arquivo | Diário

Gleizer Durante, Gerente do Sicoob de Carazinho

temente uma redução no número de filhos por mulher no Brasil. Isso significa que a quantidade de futuros contribuintes será menor do que a população aposentada. Outro fator é o envelhecimento da população, que está vivendo por mais tempo. Então, isso pressiona a previdência”, afirma Maroso. Foto: Alessandro Tavares | Diário

Gilmar Maroso, economista e diretor da Ulbra Carazinho

O economista também cita o rombo que os servidores públicos e militares causam na previdência. “Hoje, nós temos mais de um milhão de pessoas, entre funcionários públicos e militares, que estão aposentadas e que a previdência precisa bancá-las. Isso gera um deficit de mais de R$ 80 bilhões. Então, não é somente o setor privado que gera o deficit na previdência, mas também o setor público”, aponta o especialista. A expectativa é de que o Governo Federal divulgue nesta semana os detalhes do projeto que será encaminhado para apreciação do Congresso Nacional. O tema será a pauta prioritária do governo no Legislativo neste primeiro semestre de 2019.


conexão 7 conexão 9

DIÁRIO DA DA MANHÃ MANHÃ -- CARAZINHO PASSO FUNDO, DIÁRIO QUARTA-FEIRA, 13 13 DE DE FEVEREIRO FEVEREIRO DE DE 2019 2019 QUARTA-FEIRA,

PASSO FUNDO - CARAZINHO PASSO FUNDO - CARAZINHO

Impasse da tabela do frete continua Medida criada para conter a paralisação de motoristas se tornou um enredo judicial intrincado e confuso ainda sem solução

por ALESSANDRO TAVARES alessandro@diariodamanha.com

U

m estudo publicado ainda este mês pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) aponta que expansão da economia brasileira foi diretamente impactada, em 2018, pela decisão do governo federal de criar a tabela do frete rodoviário. O comunicado revela que o Produto Interno Bruto (PIB) foi reduzido em 0,11%, ou R$ 7,2 bilhões. Além do impacto na produção, o CNI denota que 203 mil postos de trabalho deixaram de ser criados com a medida. Alega também que, sem a tabela, a inflação teria fechado o ano em patamar de 0,34 ponto inferior ao registrado, de forma que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) teria sido de 3,41%, e não de 3,75%. O tabelamento foi adotado pelo governo do ex-presidente Michel Temer em resposta à greve dos caminhoneiros, que parou o Brasil em maio do ano passado. Decisões juDiciais Na última semana, o Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, decidiu suspender todas as ações judiciais em curso nas demais instâncias da Justiça brasileiras relacionadas ao tabelamento do frete. Fux atendeu a um pedido de suspensão feito pela AdvocaciaGeral da União (AGU) diante da quantidade de ações que proibiram a cobrança das multas nas instâncias inferiores e contrariaram a decisão do ministro. Tamanha indefinição tem feito com que a lei seja descumpri-

da. “Pouco mais da metade dos embarcadores estão praticando a tabela. O mercado não adotou a ideia como um todo, e virou uma polêmica muito grande. Embora seja uma lei federal. Lei não é feita pra discutir, é feita para cumprir”, revela Afrânio Rogério Kieling, presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística no Estado do Rio Grande do Sul (SETCERGS). Opiniões Diversas Caminhoneiros e representantes dos profissionais dos transportes argumentam que há uma distorção no mercado e que, sem a tabela, não há condições de extrair renda suficiente para o próprio sustento. “A tabela é legítima, pois por mais de quatro anos, os valores do frete não cobriam os custos de manutenção. Pense no taxista: se a gasolina sobe, ele tem que cobrir isso. E o IPVA, os pneus aumentem o preço, ele tem de repassar isso também. Mas os fretes só se baseavam no preço do diesel, e faziam do mercado insustentável”, defende o caminhoneiro André Pretto. Pretto entende que a rejeição à tabela foi semelhante ao que ocorreu em outras legislações. “Essa recepção negativa aconteceu porque a diferença entre o que era pago de frete, e o que deveria ser pago, era muito grande. Quando a tabela surgiu, esse valor pegou muita gente de surpresa. Igual ao que aconteceu com a lei das empregadas domésticas, que não recebiam o adicional noturno quando dormiam na casa do patrão. Quando a lei mudou, muitas tiveram de virar diaristas”, compara o caminhoneiro. Para Kieling, a discussão está longe de terminar. “Ainda é um as-

Alexandre Garcia EM OUTRO MUNDO

No próximo 1º de março vai completar 33 anos que multidões saíram para rua com um distintivo na lapela “eu sou fiscal do Sarney”, fechando supermercados e farmácias que não cumpriam o congelamento de preços. A aventura terminou logo. Pensei que as multidões que saíam as ruas não iriam mais voltar para casa; iriam permanecer, fiscalizando o governo e os políticos. Mas tudo terminou na passividade de outrora. Em 1992 vieram os carapintadas, enchendo as ruas para derrubar Collor. Conseguiram o impeachment e voltaram para casa, emudecendo de novo. Ainda não havia redes sociais

Foto Caetano Barreto | Diário

por CAETANO BARRETO caetano@diariodamanha.com

Lei foi sancionada em 2018 como solução para a cobrança do frete

sunto muito delicado, então estamos aguardando esse novo governo, que está fazendo algumas audiências públicas, contando com o auxílio de algumas entidades e universidades, para criar uma alternativa que não seja uma tabela”, comenta. Livre mercaDO Deveria preDOminar O diretor-presidente da TW Transportes, Alexandre Schmitz, entende que, embora a empresa esteja cumprindo a tabela, a demanda é que deveria regular os preços da atividade. “A TW tende a cumprir o que a legislação está prevendo. Esta lei entrou em vigor no final do ano passado, após a greve dos caminhoneiros, atendendo uma solicitação dos motoristas autônomos e como a TW trabalha com transporte, tanto contratando como fazendo com sua própria frota, assim acaba acatando o que diz a legislação, mas como empresário acreditamos que o mercado deve-

ria funcionar se autorregulando. Acreditamos em uma economia livre de mercado e que deve haver muita discussão daqui pra frente de como vai funcionar exatamente e que decisões serão tomadas com relação às ações de inconstitucionalidade”, argumenta o empresário. O presidente da transportadora defende a revisão do formato do cálculo que compõe a tabela. “A tabela, diante de nossas análises enquanto empresa, mostram que ela tem algumas incoerências en-

naquela época. Mas em junho de 2013, as redes sociais já estavam maduras e passaram a ser usadas para mobilizações populares. A faísca foi o aumento de passagens em São Paulo, e foi um rastilho para o país inteiro, porque ninguém mais aguentava a corrupção, o desemprego, a mentira. A Lava-jato, que eclodiu em março de 2014, mostrou o quanto a desonestidade, a safadeza, a corrupção, estavam entranhadas, institucionalizadas no governo. O jornalismo investigativo foi um auxiliar precioso da polícia e do Ministério Público. E se foi conhecendo a corrupção distribuída nos legislativos, nos tribunais, nas prefeituras, nos tribunais de contas, nos governos estaduais e federal. O povo descobriu porque paga tanto imposto e não tem serviços públicos decentes. Perdeu a paciência, assumiu a cidadania e abandonou a passividade. Saiu para as ruas xingando os vampiros que o suga. Entrou numa campanha eleitoral sem precisar de tutela, com a rede social na mão. E derrotou o dinheiro, derrotou os marqueteiros, derrotou a velha política e os velhos políticos, derro-

tre o real e o valor que está posto. Isso deveria ser feito por pessoas técnicas, sem conflito de interesse, para que o número seja mais realista. Mas enfim, hoje o que se tem é a tabela que está posta e vamos cumprir”, pondera Schmitz. O gestor comenta que a indefinição sobre o tema gera insegurança nas empresas do setor. “Se for olhar outras leis vigentes, esta que entra em conflito, por isso caiu no Supremo para que decida o que realmente vale, pois se existe condição de livre mercado, o tabelamento pressupõe um valor e isso acaba anulando esta questão do livre mercado. O problema, no entanto, é a insegurança jurídica, principalmente para quem não está cumprindo a tabela”, comenta o empresário. O economista-chefe do Sistema Farsul, Antônio da Luz, embora reconheça que na época da paralisação os autônomos tinham seus motivos, considera que a medida encontrada pelo governo federal para contornar o impasse ao anunciar o tabelamento é esdrúxula e no seu entendimento, no caso do setor primário, tem implicado drasticamente na elevação da formação dos custos do segmento e no desempenho das exportações do setor.

tou as velhas ideias, o velho populismo, a demagogia, a mentira, a corrupção. E, desta vez, não voltou para casa. Continua ativo, na democracia direta das redes sociais, a nova ágora onde se debatem ideias, se faz crítica, se dá sugestões, se manifesta. Renan foi testar a nova força, a nova opinião pública, ao buscar a presidência do Senado, só aparecendo candidato na véspera, como se temendo dar tempo à reação das ruas digitais. Nem assim. Os senadores sentiram o peso da cidadania virtual. No Supremo, pouco antes do Natal, dez minutos depois de ser anunciada a soltura de milhares de condenados em segunda instância, o povo já estava lá em frente, mostrando que é a origem do poder. O voto de outubro não foi uma brincadeira a para a maioria que era silenciosa. Foi voto em ideias e ideais, que não desaparecem nas urnas, mas ficam nos cérebros e corações. Quem não se adaptar a essa nova democracia, mais autêntica e de manifestações imediatas, é porque ainda está em outro mundo, em algum lugar do passado.


8 conexão conexão esporte 10

DIÁRIO DA MANHÃ - PASSO FUNDO, DIÁRIO13DA - CARAZINHO QUARTA-FEIRA, DEMANHÃ FEVEREIRO DE 2019 QUARTA-FEIRA, 13 DE FEVEREIRO DE 2019

PASSO FUNDO - CARAZINHO PASSO FUNDO - CARAZINHO

Foto: Divulgação

O goleiro Gordon Banks morreu nesta terça-feira (12) aos 81 anos. A divulgação foi feita pelo Stoke City, da Inglaterra, um dos clubes que ele mais defendeu na sua carreira. O goleiro, além de ter sido campeão do Mundo com a Inglaterra, em 1966, ficou conhecido por ter defendido a cabeçada do Pelé, no Mundial do México, em 1970. Na época, a defesa foi considerada a “defesa do século”. O Brasil venceu a Inglaterra por 1 a 0 naquela vez. Banks disputou 73 partidas com a camisa da Inglaterra. Ele precisou interromper sua carreira aos 33 anos, em razão de que perdeu parte da visão do olho direito depois de uma colisão de veículos. Com isso, ele abandonou o futebol. O protagonista do lance com o goleiro, o brasileiro Pelé se manifestou nas redes sociais nessa terça-feira e manifestou seus sentimentos e tristeza pela perda do ex-futebolista. Confira a mensagem de Pelé: ““Para muitas pessoas, a lembrança de Gordon Banks é definida pela defesa que ele fez contra mim em 1970. Entendo o porquê. Foi uma das melhorar defesas que já – ao vivo e em todos os milhares de jogos que já assisti desde então. Quando você é um jogador de futebol, você sabe quando acertou bem na bola. Fiz esse cabeceio exatamente como esperava. Exatamente onde eu queria que fosse. E eu estava pronta para comemorar. Mas depois este homem apareceu como um tipo de fantasma azul. Ele veio do nada e fez algo que

Pelé se manifestou sobre a morte do ex-futebolista inglês

eu não senti que era possível. Ele empurrou meu cabeceio de alguma forma para cima. E eu não consegui acreditar no que vi. Mesmo agora quando eu assisto, eu não consigo acreditar. Até agora não acredito como ele se moveu tão rápido. Marquei tantos gols na minha vida, mas muitas pessoas ainda me perguntam sobre essa defesa. Mas a minha memória de Gordon não é definida por isso – é definida pela sua amizade. Ele era um homem gentil com as pessoas. Por isso ainda bem que ele defendeu meu cabeceio – porque esse ato foi o início de uma amizade entre nós, que eu sempre vou guardar. Sempre que nos encontramos, sempre foi como se nunca tivéssemos nos separado. Tenho uma grande tristeza no meu coração hoje e mando condolências para a família que ele tinha tanto orgulho. Descanse em paz, meu amigo. Sim, você era um goleiro com magia. Mas você também foi muito mais. Você era um ótimo ser humano”, disse em pronunciamento.

Colorado testou reservas contra o São Paulo-RG em jogo-treino nessa terça-feira. Avaliações de atletas serão feitas nas semanas que antecedem a estreia na competição internacional por MATHEUS MORAES matheus@diariodamanha.com

J

á se planejavam alguns jogos-treinos para testar Paolo Guerrero antes de sua estreia na Libertadores, a partir da quarta rodada da competição. Após a vitória de domingo sobre o Juventude, o técnico Odair Helmann confirmou, também, que as partidas durante os treinamentos serviriam para criar alternativas na equipe colorada. A vitória no fim de semana, por exemplo, serviu para testar Nico López com maior liberdade pelo meio, e não pelas pontas, já que D’Alessandro acabou não viajando a Caxias do Sul. Os testes citados por Odair Helmann iniciaram nessa terça-feira (12), no jogo-treino realizado contra o São Paulo de Rio Grande no CT Parque Gigante com a equipe reserva. Até o fechamento desta edição, o Colorado vencia por 2 a 0, com gols de Bruno e Rafael Sobis, de falta. A oportunidade serviu para dar mais chances a alguns atletas, especialmente Guilherme Parede, Sarrafiore, Rafael Sobis e, especialmente, Paolo Guerrero. No entanto, o peruano ficou de fora da primeira atividade e correu no gramado com os titulares. Segundo Helmann, os testes servirão para testar alternativas a equipe que terá dois jogos pelo Campeonato Gaúcho até a estreia na Libertadores, em 6 de março. “Até a estreia, temos alguns jogos pela frente. Quero buscar algumas variações táticas, porque acho que Libertadores é muito estratégia”, relatou em coletiva. Quem também entra no radar nestes testes é Pedro Lucas, que precisará de novas oportunidades caso Odair queira utilizá-lo como centroavante titular para o início da competição internacional, já que o clube conta com ele, Tréllez, Pottker ou Sobis improvisados. Jonatan Alvez, que nem atuou neste ano ainda, deve ficar de fora dos inscritos. Sobre Nico López atuando na área central, atrás de um homem de referência – que pode ser Tréllez ou Pedro Lucas – o técnico colorado explicou que o atleta possui capacidade de armação, por isso foi

GAUCHÃO

Aimoré avalia prejuízos com queda de muro Clube interditou local e busca reconstrução antes do próximo jogo em casa, no dia 24 de fevereiro Um dos muros do Estádio do Aimoré, o Cristo Rei, em São Leopoldo, desabou na noite da última segunda-feira em razão de um forte temporal que atingiu a região metropolitana de Porto Alegre e o Vale dos Sinos. Apesar do susto, ninguém ficou ferido com a queda da estrutura. Logo após o fato, o clube emitiu um comunicado. Segundo o Aimoré, a direção já busca in-

formações sobre o tamanho do estrago na estrutura e qual será o suporte necessário para a reconstrução. O Aimoré deve jogar em casa em cerca de dez dias, no dia 24 de fevereiro, quando enfrenta o Novo Hamburgo. Ainda não há decisão do clube se a partida será realizada no Cristo Rei, com interdição de torcida ou não, ou será remanejada para outro estádio.

Foto: Ricardo Duarte | Internacional

Arqueiro que defendeu cabeçada de Pelé na Copa do Mundo morreu nessa terça-feira, aos 81 anos

Inter inicia fase de testes pré-Libertadores

O clube ainda garantiu que, momentaneamente, o local está interditado. Além disso, o Aimoré buscou contato com a Prefeitura de São Leopoldo com pedido de ajuda de remoção de escombros e início imediato da obra de reconstrução. Em 2016, a estrutura do Estádio tinha sido atingida também por um temporal. Na época, o fato adiou uma partida pelo Campeonato Gaú-

Nico López atuou 43 minutos em Caxias: fez o Inter jogar bem, marcou gol e foi expulso

Reservas atuaram diante do São Paulo de Rio Grande, na tarde de terça-feira, no CT Parque Gigante

realizado o teste. Vale lembrar que Nico López atuou pela mesma posição ainda no ano passado, quando o Colorado teve uma sequência de dez jogos sem perder no Brasileirão 2018. “O Nico foi centralizado. Ele pode ser meia, porque tem capacidade de armação. E ainda é um bom finalizador”, disse o treinador. Odair ainda anunciou que diante do Caxias, no próximo fim de semana, o Colorado terá novos testes de variações. “Contra o Caxias, vamos buscar variações de novo. Vamos para todo jogo muito fortalecidos, independente da equipe que começar o jogo”, completou.

Foto: Divulgação | Aimoré

Morre Gordon Banks, goleiro da “defesa do século”

Muro desabou com temporal de segunda-feira em São Leopoldo


cidade 11

DIÁRIO DA MANHÃ - CARAZINHO QUARTA-FEIRA, 13 DE FEVEREIRO DE 2019

INCLUSÃO NO ESPORTE

Campanha de arrecadação para atleta surdo ultrapassa os 50% Pedro Henrique Rocha de Oliveira, de Passo Fundo, embarca no fim de semana para Brasília para o primeiro de vários treinamentos para o Mundial de Futsal de Surdos, na Suíça, no fim do ano Divulgação

por MATHEUS MORAES matheus@diariodamanha.com

A

campanha de arrecadação financeira para o passo-fundense Pedro Henrique Rocha de Oliveira, atleta do time de futsal de surdos da Associação de Surdos de Passo Fundo (ASPF), que sonha em disputar o Mundial de Futsal de Surdos, está com 51,7%. Desde janeiro em campanha, já foram arrecadados R$ 2,3 mil. O objetivo final é alcançar R$ 4,5 mil, recurso necessário para pagar as despesas das viagens em treinamentos mensais em Brasília. Neste fim de semana, Pedro embarca para a capital federal para treinar junto com a Confederação Brasileira de Desportos de Surdos (CBDS), da qual foi pré-convocado para disputar o Mundial de Futsal de Surdos em novembro, em Winterthur, na Suíça. De acordo com o professor de História Patrick Carvalho da Silva, que participa ativamente da campanha em prol do atleta, as viagens de fevereiro, neste fim de semana, e março estão garantidas. É primordial que ele não perca os primeiros treinamentos, já que dos 32 atletas pré-convoca-

Pedro (à esquerda) foi pré-convocado pela Confederação Brasileira de Desportos de Surdos (CBDS)

dos, apenas 16 integrarão a equipe que disputará o Mundial. “Ele não pode faltar de jeito nenhum. Conseguimos passar da metade, mas ainda temos o desafio de arrecadar fundos para a viagem internacional em novembro. Os valores são para despesas de viagem, alimentação e hospedagem em Brasília, de fevereiro a outu-

bro. Ele ainda irá fazer o passaporte neste mês”, explica. Além disso, as despesas no exterior serão todas por conta do atleta. Segundo o professor de Pedro, as contribuições têm acontecido de maneira voluntária de diversos estados do país. Entretanto, a quantia arrecadada até o momento é pouca perto das demais despe-

sas, o que causa preocupação para as pessoas próximas ao atleta. “Estamos conseguindo doações de diversos estados do país, de ouvintes e surdos. Profissionais de diversas áreas estão apoiando a causa. Os primeiros meses estão garantidos, mas estamos preocupados com o resto”, completa. Para que os gastos sejam menores,

Pedro sairá de Passo Fundo até Porto Alegre de ônibus. Da capital gaúcha ele embarcará num avião com destino a Brasília. O procedimento de retorno será o mesmo. Espera por edital Pedro aguarda a publicação de dois editais por parte da Prefeitura de Passo Fundo que visam, por meio da Secretaria de Esportes, promover e incentivar atividades esportivas na cidade. A ação que o atleta busca é a seleção de 20 atletas ou entidades esportivas. Por meio do programa de incentivo financeiro aos desportistas, eles receberiam recursos para representar a cidade em competições esportivas oficiais. O valor definido para custear viagens e alimentação é de R$ 1,5 mil. Por isso, Pedro aguarda o edital para se inscrever na modalidade e concorrer. Campanha Ajude o Pedro A campanha “Ajude o Pedro – inclusão e cultura surda no Esporte” iniciou em 10 de janeiro e se encerra em 10 de maio. Por meio do site “Vakinha”, a comunidade pode colaborar com qualquer contribuição financeira. O endereço para doação é pelo http://vaka.me/443642.

Últimas vagas para curso técnico em informática no Senac

O

profissional que atua como técnico em informática é indispensável às empresas públicas e privadas que utilizam os computadores como ferramenta essencial às suas atividades. Essa atual expansão do mercado está aumentando o campo de atuação dentro dessas empresas, pois praticamente todas as empresas tem redes de computadores para que a informação trafegue com mais agilidade e para que todos os funcionários tenham a mesma plataforma de trabalho, sendo assim, todas as atividades de operação, instalação, manutenção e suporte a computadores e redes de computadores, além do desenvolvimento de softwares e criação de websites, são as

que possibilitam a entrada no mercado de trabalho. O técnico em informática pode trabalhar em empresas de tecnologia nos setores de operação e manutenção de micros, suporte à informática, service desk, administrador de redes, desenvolvimento de software e websites, em centros de processamentos de dados, provedores de acesso à Internet ou administrando seu próprio negócio como consultor. Para qualificar pessoas nessa área, o Senac de Carazinho estará com uma nova turma iniciando no próximo dia 18 de fevereiro. As aulas serão de segunda a sexta-feira das 19h às 22h, com duração de 2 anos. Aproveite essa oportunidade e

garanta a sua vaga. As matrículas devem ser feitas no Senac Carazinho (Avenida Flores da Cunha, 2821).

Valores e outras informações podem ser consultados pelo telefone (54) 3331-5557 ou no site www.senacrs.com.br/carazinho.


12 cidade

DIÁRIO DA MANHÃ - CARAZINHO QUARTA-FEIRA, 13 DE FEVEREIRO DE 2019

LIRAa está em andamento Chuvas nos dois primeiros dias de atividades atrapalharam os trabalhos. Caso o cronograma não seja concluído até a sexta-feira (15), as 1.300 visitas deverão ser reiniciadas por ALESSANDRO TAVARES alessandro@diariodamanha.com

O

Arquivo | Diário

s agentes de combate a endemias de Carazinho estão literalmente em uma corrida contra o tempo. Ocorre que nesta semana foi dado início ao primeiro Levantamento Rápido de Índice de Infestação por Aedes aegypti (LI-

Veterinário da Secretaria municipal de Saúde, André Prado

RAa) do ano de 2019. Porém, com as pancadas de chuva registradas na segundafeira (11) e na terça-feira (12) o trabalho fica prejudicado, uma vez que a apuração, segundo preconiza o Ministério da Saúde, deve ser iniciada e concluída em uma semana contínua. Caso o levantamento não seja concluído neste período, o trabalho é anulado e precisa ser recomeçado do zero. O veterinário da Secretaria de Saúde e coordenador da Vigilância Ambiental de Carazinho, André do Prado, explica que na cidade 1.300 imóveis devem ser visitados nesta semana. No primeiro dia de atividades, mesmo com a chuva registrada ao final da tarde, a meta de visitas estabelecidas para o dia foi alcançada. Já na terça-feira a apuração ficou prejudicada devido à instabilidade do tempo. “Esperamos que o clima fique estável para que possamos concluir a atividade a tempo. Caso não seja

possível teremos de recomeçar na próxima semana, pois temos prazos para encaminhar estes dados ao Estado e ao Ministério da Saúde”, comenta Prado. O veterinário explica que, pela técnica adotada, a cidade é dividida em três macrorregiões, denominadas de extratos, que reúnem em cada um deles um aglomerado de bairros. Esse mapa é lançado em um software que apura os quarteirões e sorteia quais serão visitados em forma de amostra. Um em cada cinco imóveis, seja residencial ou comercial, é visitado, fazendo a alternância. Verificase um local, falha-se os quatro seguintes e averigua-se o sexto, e assim continuamente. - Geralmente, a visita é rápida e não tem cunho de educação em saúde no sentido de medida de prevenção. A metodologia é de averiguação de criadouros do mosquito a fim de detectar e coletar material biológico onde estes forem localizados – explica Prado.

O que o índice aponta? O índice de infestação predial (IP) é o resultado dos imóveis onde tenham sido encontradas larvas de Aedes dividido pelo total de imóveis pesquisados vezes 100. Quando o índice de infestação for menor que 1%, isso indica que a condição é sem risco de epidemia. Entre 1% e 3%, há risco de epidemia. Já se o indicador a ser verificado for acima de 3% representa alto risco de epidemia de dengue. No último Levantamento realizado na cidade, ao final de 2018, o indicador apurado ficou em 1,3% mas, embora a nova apuração ainda esteja a campo, a tendência é de que o índice futuro de infestação seja maior devido às condições climáticas favoráveis ao desenvolvimento do mosquito verificadas de lá para cá. ANÁLISE é uma obrigação O veterinário comenta que o LIRAa não é opção, e sim uma obrigação para com o Ministério da Saúde. Para tanto, o veterinário destaca que as pessoas que por ventura tiverem dúvidas quanto à identificação dos servidores no sentido de permitir o ingresso ou não do agente de saúde no imóvel podem fazer contato com a Secretaria Municipal de Saúde.

Prado confirma que está acordado com a Administração de que será necessária a contratação de agentes de combate a endemias. Para isso, um processo seletivo será providenciado. Por ora, os agentes de saúde têm auxiliado nas atividades, estes, no entanto, não procedem o controle químico do mosquito e das larvas, função que cabe aos agentes de combate a endemias.

N

a manhã desta terçafeira (12), foram divulgados no gabinete do prefeito Milton Schmitz os números referentes à primeira fase da campanha de destinação do Imposto de Renda 2019, que totalizaram o montante de R$ 252.702,76, que serão destinados às entidades. Agora, na segunda fase da campanha, as destinações devem ser feitas até o mês de abril e, novamente, o Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente (Comdicacar) deve mobilizar aqueles que podem participar. A Prefeitura participa repassando os valores obtidos para cada uma das entidades contempladas. Estiveram presentes na reunião, secretários municipais, vereadores, representantes das entidades de classe, das entidades beneficiadas, Comdicacar e imprensa. A presidente do Comdicacar Vânia dos Santos parabenizou as entidades pelo esforço na captação dos recursos, destacando o trabalho de todas em prol das crianças e adolescen-

tes. O prefeito Milton Schmitz também ressaltou a importância de cada doação, bem como o trabalho das entidades. Após a divulgação desses números, representantes da Fundação Cultural de Carazinho (Fuccar) também apresentaram os números referentes às arrecadações para o projeto Desperta Carazinho. Com previsão para arrecadar ao menos 20% do total dos recursos previstos no projeto, avaliado em R$ 294 mil, até o dia 28 de dezembro, a Fuccar obteve quantia superior a 50% na primeira etapa de arrecadação, sendo o valor arrecadado o montante de R$ 156 mil. O valor obtido, a partir de fevereiro, já passa a ser empregado nas primeiras ações do projeto. Em fevereiro, ocorre a capacitação dos professores voluntários que estarão à frente das oito oficinas artísticas contempladas pelo Desperta Carazinho. A partir de agora, a Fuccar promove a segunda etapa de captação e segue contando com o apoio da população durante todo o ano.

Divulgação

Divulgados os números da primeira fase da Campanha do IR 2019

Números foram divulgados no gabinete do prefeito Milton Schmitz


trânsito 13

DIÁRIO DA MANHÃ - CARAZINHO QUARTA-FEIRA, 13 DE FEVEREIRO DE 2019

Governo quer ampliar validade da CNH Diretor de CFC e motoristas comentam a possibilidade de passar de cinco para 10 anos a validade de exames médicos Anderson Favero | Diário

por SERENO AZEVEDO redacao.carazinho@diariodamanha.com

O

plano do presidente Jair Bolsonaro de rever o tempo de validade da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ainda não está claro dentro dos Centros de Formação de Condutores (CFC's). Bolsonaro divulgou a pretensão de ampliar o prazo de validade da CNH de cinco para 10 anos. Caso o presidente leve adianta a sua ideia, depois de deixar o hospital, o assunto deverá estar na pauta das discussões com o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e também com o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). A observação maior tanto dos motoristas como dos CFC's é quanto a questão da avaliação da saúde dos condutores, tanto física como de visão. Sereno Azevedo | Diário

Atualmente, CNH's precisam ser renovadas a cada cinco anos

O motorista Fábio Rafael Kochhann opinou sobre o tema

O diretor geral do CFC Weber de Carazinho, Renato Weber, analisa com ponderações a vontade do governo. “A saúde pode oscilar muito em um prazo de 10 anos. Depois dos 40 anos, por exemplo, é mais comum as pessoas terem problemas de visão. Prolongar de cinco para 10 anos é um tanto preocupante”, salienta. Ele afirma que na realidade o período de validade está relacionado aos exames de saúde do motorista. “Tem estudos fundamentados na área médica de que é necessária uma avaliação do motorista no período dos cinco anos, quando vence o exame médico”, explica. Conforme Weber, atualmente motoristas acima dos 65 anos revalidam o exame médico a cada três anos. “Acredito

que 10 anos vai ser muito tempo. Até agora não há nada de oficial sobre esta ideia”, completa. Opinião de motoristas Para o motorista Fábio Rafael Kochhann, de 39 anos, a proposta precisa ser bem avaliada na questão referente à idade do motorista. “Com o passar do tempo, vamos perdendo habilidades e comprometendo o movimento do corpo, situação que dificulta uma direção segura. Estar apto e com saúde perfeita é indispensável a um motorista”, comenta. No seu entendimento, a iniciativa do governo em sugerir a mudança deve estar voltada mais aos motoristas até uma determinada idade. “No meu caso, a pro-

posta do governo é boa, pois ter a carteira de motorista renovada por 10 anos é melhor do que cinco, mas pondero a questão da mudanças que acontecem em relação à nossa saúde. Caso seja aprovada a alteração, o motorista deverá ter consciência de não continuar dirigindo, principalmente, se tiver a visão afetada. Minha CNH vence em março deste ano. Seria muito bom renovar por 10 anos, mas certamente até lá não deverá estar valendo, o que hoje é apenas uma sugestão”, complementou. A motorista Marta Vainer Mockffa vê com bons olhos a sugestão, pois com ampliação do prazo de validade entende que haverá redução de custos. “Tem a questão da saúde que preocupa. O que é bom hoje, amanhã poderá não ser”, citou.


variedades 10 segurança 14

AQUÁRIO - Período que lhe será favorável, até mesmo nos negócios mais arriscados e no setor profissional. Contudo, não se deixe influenciar como é de costume, pelas coisas irreais. Vida familiar e amorosa tranquila. Para hoje, você deve se precaver contra o mau humor a que estará predisposto. PEIXES - Dia dos mais afáveis a você. Terá inclinação para realizar grandes negócios, ânimo no trabalho e ótimas ideias para ganhar dinheiro. Hoje você aceitará todos os seus deveres e obrigações, e isto, acontecerá de modo vigoroso para o seu êxito, principalmente dentro do seu trabalho.

UNIVERSAL 104 MIN. ANIMAÇÃO LIVRE qui, sex, sáb, dom, seg, ter, qua:

Psicanalista que desenvolveu a técnica Mesquita da livre de Istam- associação bul transformada em museu

Estudo das normas de acentuação (Gram.) Expedição aventureira de caça

O sonho de quem paga aluguel

Zombarias

CREED II – 2D LEG

Loja que vende artigos estrangeiros

Gênio do Folclore escandinavo

Bella Città II

UMA AVENTURA LEGO 2 – 2D DUB Cinco anos após os eventos do primeiro filme, a batalha contra inimigos alienígenas faz com que a cidade Lego torne-se Apocalipsópolis, em um futuro distópico onde nada mais é incrível. Neste contexto, Emmet constrói uma casa para que possa viver ao lado de Lucy, mas ela ainda o considera ingênuo demais. Quando um novo ataque captura não apenas Lucy, mas também Batman, Astronauta, UniKitty e o pirata, levando-os ao sistema planetário de Manar, cabe a Emmet construir uma espaçonave e partir em seu encalço. No caminho ele encontra Rex Perigoso, um navegante solitário que decide ajudá-lo em sua jornada.

WARNER 107 MIN. ANIMAÇÃO LIVRE qui, sex, sáb, dom, seg, ter, qua :

Castos; virtuosos Natalie Portman, atriz Tubo para assepsia de feridas Tipo de história contada pelo fanfarrão

Bella Città - 2 D Sex., Sáb., Dom. e Feriado: R$ 24,00 - Meia: R$12,00 Segunda, Terça e Quinta: R$ 20,00 - Meia: R$ 10,00 QUARTA-FEIRA ( PROMOCIONAL): R$ 9,00 Sábado MALUCO: R$ 10,00 Bella Città - 3 D Sex., Sáb., Dom. e Feriado: R$ 28,00 - Meia: R$ 14,00 Segunda, Terça e Quinta: R$ 26,00 - Meia: R$ 13,00 QUARTA-FEIRA ( PROMOCIONAL): R$ 11,00 Sábado MALUCO: R$ 12,00

Age como o artista de vanguarda

"(?) World", jogo eletrônico de sobrevivência Condição de Demóstenes, na Grécia Antiga Avenida Ausência (bras.) de governo Fora, em inglês Carro de corrida

Formação comum na música sertaneja

Cultura agrícola do Rio Grande do Sul

Período de representação do bumba meu boi

Próprio de crianças

O camarão de preço mais alto

UMA AVENTURA LEGO 2 – 3D DUB 19:00 - 21:20

Fenômeno acústico Criação do pantaneiro

Operação feita em detidos na delegacia

14:20 - 16:40

WARNER 107 MIN. ANIMAÇÃO LIVRE qui, sex, sáb, dom, seg, ter, qua :

Tudo, nas redes sociais

Tálio É sempre menor que (símbolo) o divisor Raiz, em (Mat.) inglês

WARNER 129 MIN. AÇÃO 12 ANOS qui, sex, sáb, dom, seg, ter, qua:

21:20

Joshua (?), parque nacional dos EUA

(?) Noturna, herói dos quadrinhos

17:00 - 19:10 Adonis Creed (Michael B. Jordan) saiu mais forte do que nunca de sua luta contra 'Pretty' Ricky Conlan (Tony Bellew), e segue sua trajetória rumo ao campeonato mundial de boxe, contra toda a desconfiança que acompanha a sombra de seu pai e com o apoio de Rocky (Sylvester Stallone). Sua próxima luta não será tão simples, ele precisa enfrentar um adversário que possui uma forte ligação com o passado de sua família, o que torna tudo ainda mais complexo.

Garante a pais divorciados o convívio igualitário com os filhos

Resposta inaceitável ao obstinado Comete adultério Oscar de "A Forma da Água", em 2018

BANCO

Taxa Referencial (sigla)

Elemento essencial no design gráfico

Física (?), estudo de Planck Letra que, em geral, indica o plural

Deus, em inglês

30

Fone(54) 3045-2814 OBS: Pessoas acima de 60 anos, munidas de documento com foto, estudantes com carteira estudantil e menores de 12 anos têm direito à meia entrada

Solução

GU

CAPRICÓRNIO - Mercúrio em bom aspecto em seu horóscopo deverá, neste dia, aumentar seu magnetismo pessoal, o que conseguirá, influenciando pessoas importantes para sua prosperidade profissional, social e material. Coloque maior atenção ao seu trabalho. Certos momentos de iluminação neste dia, farão você perceber

A animação acompanha o personagem Soluço e o desenvolvimento de seu maior sonho: arrumar um lar onde os dragões possam viver em paz. Mas, no meio deste plano, o perigo começa a rondar a sociedade viking quando o vilão Grimmel aparece para acabar com a liberdade dos dragões - especialmente Banguela.

© Revistas COQUETEL

PR

SAGITÁRIO - Ótima influência astral para solucionar questões domésticas que estão em pendência, tratar de assuntos financeiros que o preocupam. Será bem sucedido nas diversões. Na verdade, a fase é excelente para você sentir o que as pessoas pensam a seu respeito.

COMO TREINAR O SEU DRAGÃO 3 – 2 D DUB

www.coquetel.com.br

PA

ESCORPIÃO - Não assuma compromissos ou responsabilidade sem antes estudar suas reais condições. Mais energia, otimismo e determinação lhe são recomendado. Você poderá estar deixando passar um tempo precioso senão tomar atitudes mais sérias a partir de agora.

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

14:30

I A R T D R A E CO E M

LIBRA - Dia dos mais indicados para tratar de assuntos de seu máximo interesse pessoal, principalmente os referentes ao aprimoramento de sua personalidade. O aspecto positivo entre alguns planetas vai lhe permitir honrar com mais facilidades os seus compromissos, sejam eles de ordem financeira ou mesmo sentimental.

WALT DISNEY 113 MIN. ANIMAÇÃO LIVRE qui, sex, sáb, dom, seg, ter, qua :

O R U T S I A L H C A O D R A

VIRGEM - Período em que favorece extraordinariamente os seus interesses monetários. Pode comprar ou vender propriedades. Bom, também, a saúde. Poupe suas economias. O seu horóscopo hoje, indica que as suas amizades ficarão mais fortalecidas, fazendo com que as pessoas de um modo ou de outro, procurem ajudá-lo.

Ralph, o mais famoso vilão dos videogames, e Vanellope, sua companheira atrapalhada, iniciam mais uma arriscada aventura. Após a gloriosa vitória no Fliperama Litwak, a dupla viaja para a world wide web, no universo expansivo e desconhecido da internet. Dessa vez, a missão é achar uma peça reserva para salvar o videogame Corrida Doce, de Vanellope. Para isso, eles contam com a ajuda dos "cidadãos da Internet" e de Yess, a alma por trás do "Buzzztube", um famoso website que dita tendências.

O F S A O D O I A G A A D O K A T R R T I G N O

LEÃO - Sua personalidade estará ressaltada hoje, o que vai deixar você mais atraente e simpático. O fluxo benéfico de Vênus está lhe dando continuidade, persistência e objetividade. Grande sucesso à vista, especialmente se você se dedica às artes, medicina e enfermagem.

WIFI RALPH – QUEBRANDO A INTERNET – 2D DUB

O N T A S O S A E L F O R T A S R T R I E N O O R V A T A I N I L A N A R G QU A N A I Ã H A S O

CÂNCER - Um obstáculo poderá surgir em seu trabalho que será criado por uma pessoa de sua confiança. Você saberá como contorná-lo. À tarde terá uma fase mais promissora. Ótimo período para a sua espiritualidade e felicidade pessoal.

Bella Città I

O SéTIMO GUARdIÃO Os guardiães se preocupam com a decisão de Gabriel sobre o casarão. Cássia invade o casarão, e Gabriel a convida para participar do jantar com os guardiães. Sampaio leva Feijão para a casa de Valentina. Luz procura por León. Neide vê Murilo e afirma a Firmina que o conhece. Lourdes Maria se atrasa para o seu primeiro dia de trabalho. Diana se enfurece ao saber que Walid empregou Rivalda. Olavo ataca Feijão, que é defendido por Valentina. Luz vai à casa de Valentina e exige que Feijão vá embora com ela. Stella tenta tranquilizar Stefânia depois de ouvirem as ameaças de Mirtes. Feijão tenta fingir para Sampaio que não reconhece o local de sua queda. Luz diz que lutará contra Gabriel para ajudar Serro Azul.

VERÃO 90 Sob a orientação de Jerônimo, Galdino liga para Mercedes anunciando que Quinzinho foi sequestrado. Janaína contrata Catraca para ajudá-la a fazer as marmitas para vender. Lidiane conta a Jofre sobre seu relacionamento com Patrick. Manu e Janaína incentivam João a aceitar a proposta de Herculano. Quinzão repara em uma marca de batom na camisa de Quinzinho e nota que a história do sequestro é uma farsa. Janaína é proibida de vender marmita no Centro Comercial após denúncia de Raimundo. João aceita a proposta de Herculano, mas o previne que Janaína não quer vê-lo por perto. Madá desmaia ao ter uma visão de João e Nicole desacordados no deque da casa oferecida por Quinzinho a Jerônimo.

C S A R I S G A I M P P U RO N P D R F I B R A E D U P O D U E T R T R IL

GÊMEOS - Evitar afobações e correrias e a precipitação serão muito importante. Demonstre domínio sobre si próprio e passará airosamente por um período difícil. Cuidado com inimigos ocultos. Seja sereno ao resolver problemas neste dia.

07/02 à 13/02/2019

ESPELhO dA VIdA Grace sente a presença de Felipe perto de Isabel e se preocupa com a filha. Solange e Emiliano se estranham durante a gravação de uma cena, mas Bola contém os dois. Todos comentam sobre Cris com Gigi. Cris/ Julia se sente mal, e Bendita percebe. Eugênio exige que Graça se afaste de Piedade, e a lavadeira o alerta sobre seu futuro. Margot pensa em seu filho Pedro. Daniel veste o escapulário que herdou do pai. Dora vê Hildegard e Danilo na porta da casa de Eugênio. Isabel ouve quando Grace e Margot falam sobre o portal da casa de Julia. Danilo rompe relações com Hildegard e Augusto. Dalton revela a Alain que Cris foi dopada. Isabel quer impedir volta de Cris.

3/god — out. 4/rain — root — tree. 8/prosódia.

TOURO - Há possibilidades de se sentir um pouco indisposto no período da manhã. À tarde e a noite, tudo estará melhor. Cuide do sistema nervoso. Você atravessa um grande período de vantagem material e financeira.

Novelas Novelas

Cinema Cinema

Horóscopo Horóscopo ÁRIES - O fluxo da Lua muito deverá beneficiá-lo, neste dia. Aproveite a influência para pôr em dia os seus negócios e compromissos que estão em atraso. Êxito amoroso e profissional. O seu interesse pela vida social ganha uma nova perspectiva, abrangendo uma maior área, inclusive fora daquelas a que você esta acostumado.

DIÁRIO DADA MANHÃ - PASSO FUNDO, DIÁRIO MANHÃ - CARAZINHO QUARTA-FEIRA, 13 13 DE DE FEVEREIRO FEVEREIRO DE DE 2019 2019 QUARTA-FEIRA,


segurança 15

DIÁRIO DA MANHÃ - CARAZINHO QUARTA-FEIRA, 13 DE FEVEREIRO DE 2019

POLÍCIA ALERTA

Pedido de ajuda nas redes sociais pode fomentar crimes relacionados a veículos

A

Divulgação de informações de veículos furtados ou roubados tem causado extorsões de vítimas na região

cena é comum. A vítima tem seu veículo furtado ou roubado e pede ajuda nas redes sociais. Ela disponibiliza o modelo, a placa, foto, um telefone para contato e como ocorreu o crime. As informações, um pedido habitual para ter de volta o bem, podem municiar criminosos especializados em um golpe que não é novo, mas que tem registrado aumento de ocorrências na região: o furto

ou roubo de veículos seguido da exigência de valores para a devolução ao proprietário. A Delegacia de Polícia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) é a responsável por investigar esta prática. Conforme o delegado Diogo Ferreira, a divulgação de informações nas redes sociais pode ser prejudicial na investigação. “Isso acaba despertando criminosos que nem praticaram o fur-

OFÍCIO DO REGISTRO CIVIL DAS PESSOAS NATURAIS Rua Venâncio Aires, 279 - Carazinho/RS - Fone: (54) 3329-5588 Sílvia Regina de Assumpção Carbonari, Oficial de Registro, faz saber que pretendem casar-se: PAULO JOSÉ DOS SANTOS ROCHA e NELCI TEREZINHA MENDES MONTEIRO.

Quem souber de algum impedimento, acuse- na forma da lei. Carazinho, 12 de fevereiro de 2019.

Rayra Mendes Oficial Escrevente Autorizada

to, não têm ideia de onde está o veículo e praticam as extorsões exigindo dinheiro para devolver o veículo que nunca tiveram posse”, disse. Os veículos, de diversos modelos, são os alvos porque as vítimas têm medo de perder valores investidos. “Eles pegam veículos que não têm seguro. Para não perder o valor total, como R$ 20 mil, R$ 30 mil ou R$ 50 mil, a vítima prefere pagar um resgate de R$ 2 mil, R$ 3 mil”, exemplifica o titular da Draco. Não se tem um número exato de casos registrados na região por semana ou por mês. Passo Fundo é uma das cidades que tem registrado vítimas nesse tipo de golpe. Orientações

A Polícia Civil orienta que as vítimas tomem cuidado na hora de divulgar as informações nas redes sociais, principalmente telefone pessoal e imagem do veículo. Além disso, é indicado que não se pague os valores exigidos. O pagamento fomenta ainda mais a prática criminosa. Por isso, a orientação é repassar à polícia todas as situações, para que uma investigação tenha início e os bandidos possam ser indiciados.

Operação 77

Para combater a prática criminosa, na segunda-feira (11), a Draco deflagrou a Operação 77, na qual foram cumpridas três ordens judiciais, com a prisão de um homem. Foram dois meses de investigação, a partir do furto de três veículos, casos em que houve a extorsão de valores praticados por uma quadrilha. O primeiro caso ocorreu no dia 2 de dezembro de 2017. A vítima informou que, por volta das 19h30min, estacionou uma Ford F1000, em frente a uma igreja na Rua Olavo Bilac, bairro Petrópolis, em Passo Fundo. Por volta das 21h, após sair do culto, o veículo havia sido subtraído. O segundo crime envolveu uma D20 e ocorreu no dia 21 de dezembro de 2017. O veículo estava estacionado na Rua Independência, no Centro de Passo Fundo, de onde foi furtado. Após o fato, um homem ligou para a vítima e exigiu R$ 5 mil para devolver a D20. O bandido enviou foto e disse para a vítima não envolver a polícia no caso. No entanto, não pagou o resgate. O terceiro furto foi no dia 15 de fevereiro do ano passado,

por volta das 15h20min. Um veículo S10 foi deixado no estacionamento de um mercado, no bairro Petrópolis, também em Passo Fundo. O dono fez compras e, quando retornou, percebeu que havia sido vítima de furto. Após o fato, um criminoso entrou em contato com a vítima e exigiu também R$ 5 mil para devolver o veículo. Investigação

Conforme a Draco, ao analisar as imagens das câmeras de segurança do mercado, foi constatado a utilização de um veículo Gol para auxiliar no furto da S10: três indivíduos estavam dentro do veículo no estacionamento do mercado. Após alguns minutos, o Gol sai do local apenas com dois tripulantes e o terceiro é visto com a S10 furtada. Após realizar diligências, o proprietário do Gol, de 30 anos, foi preso pela Draco no Loteamento Leonardo Ilha, na tarde da segunda-feira (11), em Passo Fundo. A operação prossegue e há outros investigados que rotineiramente praticam furtos e roubos de veículos com o intuito de realizar a extorsão das vítimas.

Jovem é vítima de assalto em Carazinho Uma jovem de 19 anos foi vítima de assalto na noite desta segunda-feira (11), por volta das 21h, enquanto caminhava pela Rua Felix Guerra para ir até a casa de um amigo jantar. De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima foi abordada por dois homens e um de-

les a ameaçou com uma faca, encostando-a em sua barriga, enquanto o outro lhe tirou o celular e saiu correndo. Após, o criminoso armado pegou sua bolsa e saiu correndo em direção a um mato. Os autores foram descritos como sendo de pele escura e

idade aparente de 19 e 16 anos. Ambos usavam moletom, um verde xadrez e o outro cinza, calção e chinelo de dedo. Dentro da bolsa havia um perfume, uma bíblia, além de passagens de ônibus. Até o momento, nenhum suspeito foi preso.


FRASE DA EDIÇÃO

Infelizmente, hoje no Brasil não há uma consciência de futuro. Geralmente se trabalha em um dia para comer no próximo, não se pensa para daqui 10, 15 ou 20 anos

Vinícius Müller

especialista em produtos de previdência

Página 8

www.diariodamanha.com

Anderson Favero | Diário

CARAZINHO, QUARTA-FEIRA, 13 DE FEVEREIRO DE 2019

CNH por mais tempo

Diretor de CFC e condutores comentam possibilidade da carteira de motorista ter a validade ampliada de cinco para 10 anos. Página 13 DIÁRIO PASSO FUNDO redacao@diariodamanha.com | (54) 3316.4800 DIÁRIO CARAZINHO redacao.carazinho@diariodamanha.com | (54) 3329.9666 DIÁRIO FM | 98.7MHz diariofm@diariodamanha.com | (54) 3311.1309 DIÁRIO AM PF | 570KHz jornalismo@diariodamanha.com | (54) 3311.7756 DIÁRIO AM CZO | 780KHz diarioam780@diariodamanha.com | (54) 3331.2422

diariodamanha.com

/DiarioAM

PREVISÃO DO TEMPO

CARAZINHO

PASSO FUNDO

11°C

11°C

Mínima PORTO ALEGRE

26°C Mínima

25°C

Máxima

25°C

Máxima

LUAS

17°C Máxima

@diariodamanhacarazinho

Mínima

Nova

04-02

54

9 9919 6453

Crescente

12-02

Cheia

19-02

54

Minguante

26-02

3329 9666

Profile for Diario da Manha

Carazinho  

13/02/2019

Carazinho  

13/02/2019

Advertisement