Page 8

08

Janeiro/Fevereiro 2012

D isputa

Sindicato Rural tem a primeira eleição politizada

Sabino e Ribinha travaram uma corrida pré-eleitoral que movimentou diversos segmentos de Imperatriz A proximidade das eleições municipais influenciou a disputa no Sinrural, com uma segmentação ideológica que já dá pistas da polarização no pleito para a Prefeitura. Apesar destas influências, o setor acomoda-se agora em torno de se fortalecer unido e na expectativa de maior abertura para participação na entidade Janaína Amorim

C

om 140 votos, a chapa União e Trabalho, encabeçada pelo empresário Sabino Costa, foi a vencedora nas eleições do Sindicato Rural de Imperatriz. A concorrente, União e Trabalho, que tinha como cabeça de chapa o empresário José de Ribamar Cunha Filho, conhecido como Ribinha, teve 112 votos. A disputa aconteceu no dia 16 de janeiro no Parque de Exposições Lourenço Vieira da Silva e contou com 255 votos, sendo que 310 sócios estavam aptos a votar. Duas pessoas votaram em branco e uma anulou o voto. Entre os votantes, estava o presidente da Câmara de Vereadores de Imperatriz, Hamilton Miranda. Segundo o vereador, as eleições oportunizam o debate sobre as questões do Sindicato Rural. “Vários temas foram debatidos. São debates como esses que fortalecem o Sindicato. Espero que a nova diretoria dê continuidade ao trabalho já desempenhado”, acrescentou Miranda. As eleições para a escolha da diretoria do Sinrural acontecem a cada três anos. Para votar, os sócios devem estar filiados há

mais de seis meses e em dias com as obrigações sindicais. O prazo para a regularização dos associados terminou no último 14 de janeiro. Esse ano, de última hora, a Justiça foi acionada e impediu votos por procuração. De acordo com o presidente em exercício, Karlo Marques, o que levou o sindicato a acreditar no grupo eleito foi a parceria já realizada entre os membros da chapa e o Sinrural. “Este é um grupo que estou junto desde 1989, quando fui eleito pela primeira vez. Mas são dois bons nomes. Acredito que o Sinrural será bem representado”, afirmou Marques. Ele acrescentou que a eleição é um reflexo do regime democrático adotado pela instituição. “Além da confraternização entre sócios, é uma forma democrática de promover abertura para os associados participarem do sindicato”, disse. Sabino Costa pretende trabalhar para “fortalecer a entidade e defender os interesses dos produtores” diante de problemáticas como a Febre Aftosa e de questões ambientais, como a do Código Florestal.

Perfil do novo presidente Sabino Costa é produtor rural e empresário no ramo de veículos e distribuição de alimentos. Natural do Piauí, há cerca de dez anos vive em Imperatriz. Foi vicepresidente do Sinrural na última gestão e participa do sindicado desde 1998. Além de participação nos movimentos sociais, o novo presidente é também secretário de Desenvolvimento Econômico e Social de Imperatriz.

DIÁRIO DA FAZENDA

Sabino e Ribinha se cumprimentam durante votação no Parque de Exposições no dia 16 de janeiro

Conheça a nova diretoria do Sinrural Presidente

Sabino Siqueira da Costa Vice Renato José Nogueira Pereira 1º secretário Karlo Marques 2º secretário Paulo Roberto Machado 1º tesoureiro Erivaldo Marques Abreu 2º tesoureiro George Araújo Raposo

Conselho Fiscal José Aparecido Machado Pedro Filho Mota Luis Moreira Gomes José Martins Jales Sobrinho José Genivaldo Silva Costa José Benedito Garcia Pereira Diretoria Executiva Aluísio Fernandes Oliveira Cosme Otoni Mesquita Chagas Damasio Dias do Nascimento Emanuel Geraldo Carneiro de Oliveira José Alfredo de Farias Júnior Judas Tadeu Vieira Coutinho Mendes Luis Augusto Araújo Pereira Marcelino Cortez Moreira Dourado Paulo Roberto Machado Filho Roberto Cotta Pacheco Vilmar Franco do Nascimento Vinicius Oliveira Machado

DIário da Fazenda Ed07  

Jornal Diário da Fazenda - Edição 07

Advertisement