Page 1

Informativo semanal do site www.diariocatolico.com.br (em construção) Nº 008

NOSSA MISSÃO É EVANGELIZAR

Cristo nos liberta da competição interesseira

O Senhor nos convida para uma conversa pessoal e nos revela sua missão: ser sinal de compaixão e solidariedade no mundo. A celebração do Dia Mundial das Missões nos recorda que “ser missionário alémfronteiras é assumir o serviço solidário até a mais extrema situação”. A missão além-fronteiras é uma grande e apaixonante proposta evangélica. Hoje Jesus, como Servo Sofredor, nos propõe o serviço, a doação e a vida em comunidade como dom gratuito de Deus. “Sofrer pelo outro é ser responsável por ele, suporta-lo, estar em seu lugar, consumir-se por ele”. Jesus Cristo, na eucaristia, é a força que consolida dia a dia o empenho missionário e solidário da Igreja. Que o Senhor nos liberte de toda a competição interesseira e da luta pelo poder e pela honra; que o Senhor nos abra ao despojamento e à simplicidade a fim de sermos na missão testemunhas da compaixão e de uma nova maneira de viver o projeto do Reino.


Página 2

Edição 008

CATEQUESE MISSIONÁRIA

Jesus critica a autoridade como po Jesus nos mostra o lado cada vez mais exigente e radical do seguimento. Quem deseja chegar com ele a Jerusalém e compartilhar da sua sorte terá de efetuar profundas mudanças no seu modo de agir e de pensar. O mistério da cruz é extremamente exigente, como é exigente deixar tudo e partir em missão, confiante de que o Deus da vida fará germinar novas sementes na seara das culturas. É eloqüente o fato de que Jesus nunca reclamou para si títulos e honrarias. Foge quando querem aclama-lo rei. Busca obstinadamente fazer a vontade do Pai, servindo a todos. Para os discípulos, apesar da longa convivência com o Mestre, é difícil assimilar o projeto da cruz. Observando as manifestações de nosso tempo, estranhamente parece que preferimos um Cristo glorioso, poderoso, milagreiro, capaz de solucionar de imediato as inquietudes humanas. Como é difícil aprender a lição do quanto as provações (sacrifícios e cruzes) da vida aproximam Jesus de nós,

humanos, e nós dele. A compaixão é atitude que une e revela a grandeza das partes. A solidariedade coloca o missionário em contato com os valores de um grupo de pessoas, as quais se abrem à grandeza da Boa-Nova anunciada. AUTORIDADE Jesus é o nosso modelo de liderança e de autoridade, porque veio para servir e dar a vida. Jesus critica a autoridade como poder de dominação e de exploração: “Aqueles que se dizem governadores das nações têm poder sobre elas, e os seus dirigentes têm poder sobre elas”. O mal está no fato de indivíduos se fazerem superiores aos demais, destruindo as relações de igualdade, de fraternidade e de participação. As ciências modernas afirmam com clareza que por causa das relações sociais assimétricas é impossível viver sem o exercício do poder. Certos tipos de poder são necessários para servir. Sem o poder que vem do conhecimento

– Órgão Oficial da Associação dos Benfeitores de São Vicente de Paulo, editado pelo Grupo Dom Geraldo Fernandes da Catedral Metropolitana de Londrina. Jornalista responsável: Wanderley J. Marlier. E-mail: abenvip@pop.com.br - Fone: 3336-5035


16/10 a 22/10/2006

Página 3

oder de dominação e de exploração da medicina, um médico não pode salvar vidas; sem o poder do jornal que proclama suas idéias, um jornalista não consegue defender a justiça com a mesma eficiência; pais sem autoridade não conseguem educar e proteger os filhos; o professor que não impõem respeito impede o aprendizado dos alunos... Todavia, a fronteira entre o poder-serviço e o poderdominação é muito frágil. O próprio serviço corre o risco de ser contaminado pelos vícios que procura sanar. Jesus responde aos dois discípulos que não têm privilégios a oferecer. O que possui é uma missão a cumprir, que exige sacrifício e despojamento. “Quem de vocês quer ser grande, deve tornar-se o servo de todos.” O ideal evangélico do poder é o serviço. A relação de dominação é substituída pela relação fraterna. Na comunidade, tem autoridade o irmão que serve, que é solidário, que não mede esforços para ajudar os semelhantes. É a partir da menoridade (do serviço) que se abrem os horizontes da autoridade. Não se trata do poder autoritário, repressivo, coercitivo, de força, mas um poder de outra natureza: do serviço e do amor. Poder que não se

impõe, porém se propõe e espera ser aceito e acolhido pela liberdade. SERVIR COM ALEGRIA Há alguns sinais que indicam como estamos exercendo o poder. O poder-serviço gera alegria. “Amar os outros, doar-nos e liderar com autoridade nos forçam a quebrar nossos muros de egoísmo e ir ao encontro das pessoas. Quando negamos as nossas próprias necessidades e vontades e nos doamos aos outros, crescemos. Tornamo-nos menos autocentrados e mais conscientes dos outros. A alegria é uma conseqüência dessa doação [...]. Os únicos que serão realmente felizes são os que buscaram e descobriram o que é servir. Talvez serviço e sacrifício sejam o tributo que pagamos pelo privilégio de viver [...]. Enfim, há grande alegria em liderar com autoridade, servindo aos outros e satisfazendo suas necessidades legítimas. É essa alegria que nos sustentará na jornada através deste acampamento espiritual que chamamos Terra”. (Fonte: CNBB - Projeto Nacional de Evangelização “Queremos Ver Jesus, Caminho, Verdade e Vida)


CAMPANHA PERMANENTE CONTRA A MASSIFICAÇÃO

ANTES DE LIGAR A TV SINTONIZE DEUS A Palavra de Deus em 1º lugar LEITURAS DA SEMANA

SEGUNDA-FEIRA (16/10/2006): Dia de santa Edviges, Margarida Maria Alacoque e são Geraldo Magela. Primeira Leitura: Gálatas 4, 22-24.26-27.31-5,1; Salmo Responsorial: 112; Evangelho: Lucas 11, 29.32. TERÇA-FEIRA (17/10/2006): Dia de Santo Inácio de Antioquia, dia do Eletricista, Nacional de Vacinação, Internacional para a Eliminação da Pobreza e dia Internacional pela Democratização da Comunicação. Primeira Leitura: Gálatas 5, 1-6 ou Filipenses 3, 17-4,1. Salmo Responsorial: 118; Evangelho: Lucas 11, 37-41. QUARTA-FEIRA (18/10/2006): Festa de São Lucas, evangelista. Dia do Médico. Primeira Leitura: 2Timóteo 4,10-17b; Salmo Responsorial: 144; Evangelho: Lucas 10, 1-9. QUINTA-FEIRA (19/10/2006): Dia dos santos João de Brébeuf e Isaac Jogues, presbíteros, e companheiros, mártires. Primeira Leitura: Efésios 1,1-10; Salmo Responsorial: 97; Evangelho: Lucas 11,47-54. SEXTA-FEIRA (20/10/2006): Dia de são Contardo Ferrini, dia do Arquivista, dia do Poeta, dia Internacional do Controlador de Tráfego Aéreo e dia Mundial de Combate à Osteoporose. Primeira Leitura: Efésios 1,11-14; Salmo Responsorial: 32; Evangelho: Lucas 12, 1-7. SÁBADO (21/10/2006): Primeira Leitura: Efésios 1,15-23; Salmo Responsorial: 8; Evangelho: Lucas 12, 8-12. DOMINGO (22/10/2006): Dia Internacional do Radioamador, dia das Missões, dia da Juventude Missionária e dia da Santa Infância. Primeira Leitura: Isaías 53,10-11; Salmo Responsorial: 32. Segunda Leitura: Hebreus 4, 14-16; Evangelho: Marcos 10, 35-45. REGRAS PARA OBTER PROSPERIDADE 1 – Dar o primeiro lugar à Palavra de Deus; 2 – Meditar a Palavra de Deus; 3 – Praticar a Palavra de Deus e 4 – Obedecer a VOZ DO ESPÍRITO. Porque “O espírito do homem é a lâmpada do Senhor...” (Provérbios 20, 27) “Não cesses de falar deste livro da lei; antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer segundo a tudo quanto nele está escrito; então farás prosperar o teu caminho e serás bem sucedido”. (Josué 1,8)

INICIATIVA:

AB E N VI P

Associação dos Benfeitores de São Vicente de Paulo Grupo Dom Geraldo Fernandes

Travessa Pe. Eugênio Herter, 33 – Fone (43) 3324-5255 – CEP 86010-120 – Londrina.

Diário Católico  

Edição 08 do Jornal Diário Católico

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you