Issuu on Google+

ITABUNA 08 a 11 de novembro de 2013 Sexta a Segunda-feira

Ano XV - Nº 3.199

R$ 1,00 www.diariobahia.com.br

Foto: Arquivo

Nuvem azul contra escuridão do diabetes

Eleição no PT: hora do ‘batechapa’ entre Flávio e Zaquêl Cerca de 1.300 filiados estão aptos a votar no PED (Processo de Eleição Direta) do PT em Itabuna. O “bate-chapa” entre Flávio Barreto e Zaquêl Oliveira ocorrerá neste domingo (10). P.11

Cyro de Mattos faz novas incursões pela literatura mundial

A tendência é que o mutirão repita o mesmo sucesso dos anos anteriores

I

O escritor Cyro de Mattos (foto), empossado no Pen Clube do Brasil, acaba de chegar de Portugal e Espanha, onde lançou livro e participou de encontro entre poetas. O autor é membrofundador da ALITA (Academia de Letras de Itabuna). P.2

O funcionário “cartão postal” da Cinquentenário Carismático e dono de sorriso largo, o comerciário Aldo Santos Cerqueira (foto) transformou-se no “cartão postal” da avenida do Cinquentenário, em Itabuna. Em entrevista ao Diário Bahia, ele menciona noções que bem caberiam num manual, como “a arte de conquistar clientes”. P.3

Foto: Celina Santos

tabuna sedia neste sábado (09) o Mutirão do Diabético, evento que pinta a cidade de azul e a projetou em nível nacional na luta contra o silêncio maléfico do diabetes. A previsão é que sejam realizados 15 mil atendimentos, com a participação de 800 voluntários, na Praça Rio Cachoeira. P.6

“Pobre região Rica” O título acima é do mais famoso artigo escrito pelo sociólogo Selem Rachid Asmar, que ele republica nesta edição. O texto aborda as inúmeras contradições presentes na “Microrregião Cacaueira”. P.5

Coluna Wense “O acirramento entre o PCdoB e o PRB vai ficar mais intenso com a proximidade da eleição de 2014”. P.11

USOS DO PORTUGUÊS O deus enfurecido P.2


2

Itabuna-BA, 08 a 11 de Novembro de 2013

Cyro de Mattos: Portugal, Espanha e Rio de Janeiro

Educação e Literatura

Odilon Pinto

Mestre e doutor em LingUística, pela Universidade Federal da Bahia. Professor da Uesc.

USOS DO PORTUGUÊS O deus enfurecido Dia 21 de junho: o dólar sobe a uma de suas cotações mais altas, a bolsa de São Paulo em queda e o risco Brasil fica abaixo apenas da Argentina. Os noticiários dizem que o deus Mercado está nervoso. O supremo sacerdote, na catedral do FMI, pede misericórdia, garantindo que os sacerdotes nacionais e o Ministro da Fazenda, estão cumprindo os rituais e impondo as penitências adequadas ao povo brasileiro. Estes dois confirmam: “Os fundamentos da economia estão corretos!” Mas o deus Mercado continua enfurecido. O discurso político está subjugado hoje ao discurso econômico e este transformou-se num discurso tão misterioso e baseado na fé, tal como o discurso religioso. Os desígnios do deus Mercado, como os de qualquer deus, são insondáveis. Alguns atribuem sua ira contra o Brasil à nossa dívida públi-

ca. Mas a dívida dos Estados Unidos, seu filho imperialmente abençoado, é cem vezes maior que a nossa. Todas as penitências e sacrifícios humanos exigidos do povo brasileiro estão sendo religiosamente executados pela santíssima equipe econômica do governo: desemprego, corrupção, violência, achatamento salarial, falta de investimento público, risco de apagão, poder paralelo do crime organizado, ,falência na educação e na saúde, falta de crescimento econômico e até “flexibilização” das relações trabalhistas. Nem assim o deus Mercado do neoliberalismo se sensibiliza. Os sacerdotes nacionais e os do FMI não sabem mais o que fazer. Sacrificar mais brasileiros é impossível. Só nos resta, como em qualquer religião, orar, pedir, prostrar-se ao chão, até que o Mercado neoliberal tenha piedade de nós...

Coisas da Vida O carro A chave do carro sempre na mão, escorregando ou balançando entre os dedos. A mãe, aniversariante de 82 anos, rindo feliz com a visita do filho Juarez, depois de quatro anos para os lados de Rondônia. Os irmãos chegando para o almoço. Juarez sentou-se na sala, de onde podia avistar o Silverado, a caminhonete de luxo, estacionada na porta. Enchia-se de orgulho quando um dos irmãos perguntava: “Esse carro é bom em estrada de chão?” Juarez deliciava-se nos detalhes, embora fingisse um ar de banalidade: “Tração nas 4. Quando tem lama eu boto correntes nos pneus e não fico em lugar nenhum!” Há quatro anos, havia fechado o pequeno comércio em Itabuna e fora tentar a sorte em Rondônia. Os irmãos com pena, vendo que ele estava em situação difícil. Agora, depois de quatro anos, voltava para rever a mãe e os irmãos. Fizera questão de vir naquele carro, para mostrar a todos que estava bem, que tinha vencido, que não precisavam mais ter pena dele. Um irmão curio-

so: “E lá, tu trabalha com quê?” Juarez assumiu um ar sério: “Eu tenho uma fazendinha de gado. Mas tou começando. O que eu faço mais é negociar com carro. Compro e vendo!” Aquele jeito de falar era bom. Respondia a tudo sem precisar explicar nada. A mãe ouvia calada, mas orgulhosa do filho, satisfeita de ele ter vencido e agora estar mais rico que os outros irmãos. Depois do almoço, todos cantaram parabéns e ela apagou duas velinhas com números, no bolo. A maior felicidade de Juarez foi quando os irmãos fizeram roda, na porta de casa, para apreciar o carro. No outro dia, já na estrada de volta a Rondônia, estava satisfeito da impressão que causara na família. Todos tinham ficado impressionados e ninguém tivera a menor suspeita dos que ele realmente fazia. Conseguira esconder seu endereço exato: “Moro num município já perto da fronteira!” Não podia deixar que nem a mãe nem os irmãos soubessem que ele e um grupo contrabandeavam e vendiam carros roubados...

Com 75 anos de idade, o escritor Cyro de Mattos continua em plena atividade de criação literária e expansão do reconhecimento de sua obra, que, nos meses de setembro e outubro últimos, foi divulgada em Coimbra, Portugal, e em Salamanca, Espanha. Em Coimbra, no final de setembro, o escritor lançou em edição portuguesa o livro “Vinte e Um Poemas de Amor”, com ilustrações da baiana Edsoleda dos Santos, na Casa da Escrita, um dos espaços culturais mais importantes de Portugal, situado no Centro Histórico da Universidade de Coimbra e que pertence à Câmara Municipal. A leitura pública do livro foi realizada pela Professora Doutora Graça Capinha, da Universidade de Coimbra. Nos dias 2 e 3 de outubro, o escritor e poeta de Itabuna participou como convidado do XVI Encontro de Poetas Iberoamericanos organizado pela Universidade de Salamanca. Leu poemas no Teatro Liceu e inaugurou a exposição de seus livros publicados, narrativa e poesia, no Centro de Estudos Brasileiros da Universidade de Salamanca. Fez lançamento de seu livro Onde Estou e Sou/Donde Estoy y Soy, prefácio e tradução do poeta Alfredo Pérez Alencar, no Centro de Estudos Brasileiros, com leitura de seus poemas. O livro foi apresentado na oportunidade pelo filólogo e professor mexicano Juan Ángel Rechy, licenciado em Língua e Literatura Hispânicas pela Universidade de Vera Cruz , México. De retorno ao Brasil, o escritor e poeta baiano foi empossado no Pen Clube do Brasil, no dia 23 de outubro, tendo sido saudado na ocasião pela Professora Emérita Doutora Olívia Barradas, da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Em um dos trechos de seu discurso, ele disse: “ Precisamos da literatura como a atmosfera. Dela nos servimos para inaugurar novos sentidos da vida. Sem querer polemizar, penso que a literatura é uma profissão da qual não pode fugir quem a abraçou de verdade. É condição, ato ou efeito de professar, perseguir, proferir crenças e valores. Declarar publicamente ao outro que não vivemos sozinhos, navegamos em águas precárias em que as perplexidades

Posse de Cyro de Mattos no Pen Clube do Brasil

avultam. Nosso discurso não é feito para agradar a grupos. Com a diversidade que celebra seres e coisas, costuma perdurar nas lembranças, incertezas e esperanças. Se quiserem, pode ser uma missão, pois tudo dá ao outro sem nada querer de volta. A literatura é capaz de salvar o mundo. É o caminho para que os povos encontrem-se como irmãos, sintam-se em total união do amor como verdade”. Enquanto isso, no dia 25 de outubro, no Rio, recebeu o Prêmio Jean Paul Mestas, da União Brasileira de Escritores, no salão nobre Raimundo Magalhães Junior, da Academia Brasileira de Letras, por seu livro De tes instants dan le poème/ De teus instantes no poema, tradução de Pedro Vianna, publicado em Paris, em 2012, pelas Editions du Cygne, na Coleção Poesia do Mundo (WWW.editionsducygne. com). Contista, poeta, novelista, cronista, autor de livros infantojuvenis, organizador de antologia e advogado aposentado, Cyro de Mattos possui cerca de quarenta prêmios literários expressivos, no Brasil e exterior, e é autor de mais de quarenta livros. Publicou, neste ano, os seguintes livros: Vinte e Um Poemas de Amor, Editora Palimage, Coimbra, www.palimage.pt; Il Bambino e Il Trio Elétrico,infantil, Editora Romar, Milão, Itália, www.romar-editrice.it; Onde Estou e Sou/Donde Estoy y Soy,poesia, Ler Editora, Brasília; “Ecológico”, poesia, Editora da Universidade do Estado da Bahia (EDUNEB), Coleção Nordestina, Salvador; O que eu vi por aí, infantil, Editora Biruta, São Paulo; “Berro de fogo e Outras Histórias”, segunda edição, Editora da Universidade Estadual de Santa Cruz. Tem no prelo: Nada Era Melhor, romance juvenil, Editora Biruta, São Paulo; Um Grapiúna em Frankfurt e Outras Crônicas, Editorial Dobra, São Paulo, e Os Brabos, novelas, segunda edição, Ler Editora. Cyro de Mattos tem livros pessoais publicados em Portugal (3), Itália (3) , Alemanha (1) e França (1). Além disso, possui contos e poemas inclusos em mais de 60 antologias importantes, no Brasil, Portugal, Alemanha, Dinamarca, Rússia, Estados Unidos e Itália,


Itabuna-BA, 08 a 11 de Novembro de 2013

O que

Cotidiano

Aldo Cerqueira pensa sobre a

avenida do Cinquentenário

””

o sorriso atrai o cliente; você tem que conviver com ele. A arma do comércio é o quê? O cliente”

Por Celina Santos Há quanto tempo você é funcionário da lanchonete Kiko’s Lanhes? 30 anos. Eu já tive vários empregos, só que estou aqui há 30 anos já. Na sua opinião, o que melhorou na avenida do Cinquentenário nesses 30 anos? O movimento tá bom. Tem mais gente circulando, mais emprego, muita gente vem de fora, pro comércio, fazer suas compras. Esse ano mesmo vai movimentar muito o comércio de Itabuna. Por quê? Porque tá chegando o Natal! Aí o comércio começa a movimentar. E esse sorrisão todo? É porque você ganha comissão com o movimento da lanchonete (risos)? Não, é porque o sorriso atrai o cliente; você tem que conviver com ele. A arma do comércio é o quê? O cliente. E o que piorou na Cinquentenário nesses anos? O que piorou? (pausa) Acho que não piorou nada. Pra mim, não piorou nada. Agora, está faltando mais segurança. Falta mais policiamento no comércio, entendeu? Essa parte pode melhorar. Só isso. Conte uma história marcante desses 30 anos, uma de que você não se esqueceu mais. (pausa) Meu negócio é só o dia a dia, é só o trabalho. Todo dia é marcante. Você faz tudo aqui na lanchonete? Tudo! Eu faço suco de laranja, eu chamo, eu vendo, brinco com o cliente,

3

converso com o cliente. Essa é minha história: estar sempre junto com eles e com elas. Dá para perceber que você tem prazer no que faz. É um prazer trabalhar junto com o cliente. Poderia ser um palestrante da área de Administração. Risos e mais risos. Onde você mora? No [bairro] Lomanto.

E vem de ônibus pra cá, de segunda a sábado? Estou aqui todo dia, de 7 horas da manhã a 7 da noite. Venho de bicicleta. Em época de campanha política, passam muitos candidatos por essa esquina onde você trabalha... Na época da política, aí é que movimenta mais ainda! Qual foi a promessa mais absurda que você ouviu de um político passando por aqui? A promessa mais absurda é ele dizer que vai trazer emprego pra Itabuna e ninguém vê. Você fala dos candidatos a deputado? É tudo! Todos eles prometem e os empregos não vêm. Só o comércio gera empregos em Itabuna... É só o comércio, a Trifil e a Penalty. Como você resumiria as pessoas que passam todos os dias pela Cinquentenário? Eu conheço quase a metade, tanto de fora como daqui. O pessoal compra, brinca, come, be-

“Olha o suco de laranja!”; “Abaixou hoje, hein?”; “Olá, doutor!”; “Oi, minha querida”... É assim, chamando a atenção para os produtos da lanchonete em que trabalha, cumprimentando de forma gentil e distribuindo sorrisos, que Aldo Santos Cerqueira tornou-se o “cartão postal” da avenida do Cinquentenário, principal artéria comercial de Itabuna. O comerciário de 42 anos, casado com Cosmira Ribeiro de Souza, é pai de três filhas (Rafaela, Samille e Rosana) e avô de dois netos (Pablo e Kauane). Ele faz muito mais do que a dita obrigação, domina na prática a arte de vender e, por isso, ganha notoriedade no que faz. Além, é claro, de exibir uma visão totalmente positiva da vida.

Todos eles (políticos em época de campanha, ao passar pela esquina da lanchonete) prometem e os empregos não vêm”

be, traz mais animação ainda. E eu fico mais alegre por vender. Diria, então, que o povo de Itabuna é alegre, assim como você... Sim, é um povo alegre. [a colega Neide Rodrigues completa: Elogiam, botam ele lá em cima, falam que é o ‘cartão postal’ de Itabuna e que sem ele aqui não vai pra frente. Ele conhece todo mundo. Tem gente que passa, não quer nem comer e aí come por causa dele. Fizeram um facebook pra ele, falam que tá famoso...] Você se considera o cartão postal da avenida do Cinquentenário? Eu considero. Porque sou conhecido na região todinha e sou considerado [cartão postal]. Tem gente que vem de Ilhéus, Ibicaraí, Coaraci, Pau Brasil, Feira de Santana, Salvador e chega aqui, toma um suco de laranja, come um pastel e diz que veio [à lanchonete] por minha causa. E a eficiência lhe trouxe aumentos de salário nesses 30 anos? Já, já. Meu patrão aqui é ‘dez’, eu não posso reclamar de nada. De comerciante a comerciário, de médico a advogado ..., todo mundo procura aqui? Tudo mundo. E todos eles são meus amigos. Você nunca teve vontade de abrir uma lanchonete? Claro! Oxente! (risos) Deus proverá, não é? Tem muito tempo pra isso.

João Otavio Macedo Médico e ex-vereador em Itabuna

SOCIEDADE QUASE CENTENÁRIA As sociedades organizadas pelos cidadãos e cidadãs de qualquer cidade, todas sem fins lucrativos e visando, sobretudo, estreitar a amizade e fazer o bem, têm contribuído para melhorar a qualidade de vida nas sociedades e dão uma imensa contribuição ao poder público, pois como se sabe, esse poder não pode fazer tudo, seja pela escassez de recursos, seja pela incompetência ou seja, como tem ocorrido ultimamente, pela corrupção que parece estar entranhada na alma brasileira. Aqui em nossa cidade, temos instituições respeitáveis, de bons serviços prestados à comunidade e, uma delas, é a Sociedade Montepio dos Artistas que, no último dia primeiro completou 94 anos de existência, cuja sessão solene, em comemoração ao aniversário, foi realizada na sua sede social e a qual, infelizmente, não pude comparecer, por estar ausente da cidade e, desse modo, não me foi possível atender ao gentil convite do meu amigo Argeu Fontoura Santos, um dos baluartes daquela veneranda instituição. Efetivamente, foi no dia 01 de novembro de 1919 que foi criada a Sociedade Montepio dos Artistas de Itabuna, sob a liderança de Flaviano Moreira, contando com a participação de alguns artífices da jovem cidade, como Ismael Casaes, Eliseu Pedra, Manoel da Hora, Manoel Vidal, Manuel da Matta Virgem, Joaquim Vidal e tantos outros, que se reuniram para oferecer à comunidade, uma instituição que daria muitos frutos e muitas alegrias; conheci, pessoalmente, alguns desses fundadores; um ano após a inauguração, era lançada a primeira pedra para a construção da sua sede, na rua Ruy Barbosa, que foi inaugurada no dia 7 de setembro de 1922; três anos após, fazia a sua primeira apresentação, a Filarmônica Euterpe, mantida pelo Montepio; essa filarmônica teve uma participação enorme nas festividades cívicas e religiosas da cidade; lembro-me dos dobrados e marchas executados nas datas mais importantes de Itabuna, da

Bahia e do Brasil e, também, das execuções próprias para as procissões de São José e da Sexta-Feira da Paixão. Ainda tenho na memória o desfile da Filarmônica, com Elpídio Soares do Rosário, todo garboso, à frente e os músicos, em formação, logo atrás; parece que estou vendo Ambrosino, Herculano, Nelson, Tibúrcio, José Ribeiro e tantos outros, tocando seus instrumentos e enchendo de alegria as ruas da cidade. Muitas vezes, à noite, ia assistir aos ensaios da filarmônica e acompanhava o esforço e a dedicação daqueles músicos amadores, muitos cansados após a faina diária, mas que não faltavam ao ensaio, para que a filarmônica atuasse com desenvoltura e recebesse os aplausos merecidos. A voragem do progresso, com as suas benesses e os seus malefícios, foi deixando para trás as filarmônicas, que não mais atuam nos coretos dos jardins, nas famosas retretas dominicais; também não existe mais Paulo Roberto, doublé de médico e radialista que, nos anos dourados da Radio Nacional do Rio de Janeiro apresentava, sábados à noite, o seu programa “Lira do Xopotó”, de grande audiência, com a participação de bandas e filarmônicas deste imenso Brasil. A tenacidade de Argeu Fontoura, seus pares de diretoria e o atual maestro, vão mantendo, com muita dificuldade, a Filarmônica Euterpe, atraindo jovens estudantes que queiram enveredar pelo caminho diáfano e rico da música. Muito tem feito e muito ainda fará, a Sociedade Montepio dos Artistas de Itabuna, entidade quase centenária, criada quando a nossa cidade não tinha a pujança dos dias atuais; mas, também, não havia essa violência assustadora que, de qualquer maneira, acaba recolhendo as pessoas às suas casas. Mas, enquanto houver ainda uma pouco de solidariedade e um senso do bem comum, haverá lugar para sociedades como o Montepio de Itabuna que sobrevive graças ao trabalho desprendido de verdadeiros construtores de uma sociedade.


4

D

Itabuna-BA, 08 a 11 de Novembro de 2013

Burburinho petista

Aquino na Squina

ireto ao

Ramiro Aquino E-mail: aquino05@uol.com.br

Assunto

A eleição do PT, que ocorre no próximo domingo (10), é assunto na maior parte das rodas políticas em Itabuna. De um lado, os geraldistas de carteirinha apostam que o grupo emplacará Flávio Barreto como comandante da nau petista nos próximos quatro anos. De outro, todos os anti-geraldistas se uniram para levar Zaquêl Oliveira ao posto de presidente. Só resta descobrir quem será o Davi e quem ficará com a pecha de Golias nessa história.

Miralva e Josias

A atual presidente do PT, Miralva Moitinho, é uma das mais entusiasmadas apoiadoras da candidatura de Zaquêl Oliveira. Ela utiliza a página pessoal no facebook, inclusive, para deixar claro de que lado está. O candidato também tem o apoio do deputado federal Josias Gomes, de quem Miralva tornou-se aliada após romper com Geraldo Simões.

MUITO JUSTA A HOMENAGEM QUE A ASSOCIAÇÃO BAHIANA DE MEDICINA prestou ao médico itabunense Jaime César Nascimento Oliveira, com o Diploma do Mérito Médico. O evento aconteceu em Salvador e contou com a presença de vários colegas grapiúnas do querido profissional, como Célia e Antonio Mangabeira (Foto com o presidente da ABM) e do presidente da AGRAL, Ivann Montenegro e a cujo quadro pertence o homenageado.

Aberta ao futuro Questionada sobre o quê ficou com o fim da aliança com GS, Miralva respondeu com toda classe: “Hoje estou em outra vertente, mas poderei estar com ele em outro momento. Se em 2016 o projeto do partido for Geraldo, estarei com ele. Eu não defendo pessoas, defendo o projeto do PT”.

O retorno

corho sobre 2016, aliás, também A afirmativa de Miralva Moitinição, para tentar reverter as sure pela cidade: na próxima eledos Trabalhadores já cogitaria o cessivas derrotas, o Partido retorno de Geraldo Simões.

Jabes defende pacto

), eiro, defendeu quarta-feira (06 O prefeito de Ilhéus, Jabes Rib em a, ento dos novos ônibus da Rot s ao discursar durante o lançam tivo pode salvar os município era fed to pac um só que a, Itabun da crise. tada Bahia que mais tem enfren Jabes é um dos prefeitos do sul o. O pronunciamento do gestor açã do problemas em sua administr e-governador Otto Alencar, que vic o pel foi ouvido, atentamente, strutura do Estado. também é secretário de Infrae

PCB em conferência

co ex-candidato a prefeito de êmi pol o o iad fil é l qua ao O PCB, partido conferência mulizará neste sábado (09) sua vai discuItabuna Pedro Eliodorio, rea antes do diretório estadual, ent res rep com , nto eve O l. O enconnicipa local, estadual e nacional. ca íti pol na la sig da o à açã tir a atu , bairro Califórnia (próximo s/n , nco Bra Rio rua na ado tro será realiz 14 horas. Igreja Católica), a partir das

SERÁ NESTE SÁBADO, DAS 8 ÀS 15 HS, O MUTIRÃO DO DIABÉTICO uma realização do Hospital de Olhos Beira Rio e da ASDITA, considerado o maior evento do gênero no país. NÃO DEIXEM DE IR. NESTE DOMINGO, 10, VAI ACONTECER A 2ª CORRIDA DA PRIMAVERA. Tendo à frente Luiz Ferreira e Marcelo Marques, a iniciativa esportiva é da Promo Esporte, Hidrocenter Academia e da AIA - Associação Itabunense de Atletismo. Atletas de todas as idades e cadeirantes poderão participar. COM PASSEATA NO DIA 14, A PARTIR DAS 9 HS será lançada a campanha Natal Solidário, uma iniciativa que já dura 15 anos e que atende famílias carentes da cidade. Este ano a campanha, que vai de 14.11 a 13.12, pretende atingir 2 mil famílias que receberão cestas básicas. Participam do evento a Justiça do Trabalho (idealizadora do projeto), Polícia Militar, Tiro de Guerra, Lions, Rotary, Maçonaria, Sindicom, CDL, Associação Comercial, com apoio da produtora Ícone e cobertura completa da TV Record/Cabrália. Os postos permanentes para recolher os donativos (alimentos não perecíveis) são: stand da CDL na praça Adami, JUCEB no 9º andar do prédio da ACEI, TRT, no São Caetano.

Diretor e Editor: Valdenor Ferreira Redação: Celina Santos

Rua A, Nº 56 - Lot. Rufo Cunha Centro - Itabuna - Bahia Fone/Fax: (73) 3613- 3040

Assinatura semestral: R$ 90,00 Nº atrasado: R$ 1,50

> E-mail: comercial@diariobahia.com.br > E-mail: redacao@diariobahia.com.br > Site: www.diariobahia.com.br

Preço avulso: R$ 0,70

Repórter: Simone Nascimento

Designer Editorial: Silvando Farias Deptº Comercial: Vanusa de Jesus

Publicidade: Nelson Moreira > 73.8829.3851 Impressão: Wilson Araújo

Auxiliar de Impressão: Benildo Melo Circulação: Paulo Robério

COM A CHEGADA DO PAPAI NOEL ÀS 18 HS DESTA TERÇA, 12, o Shopping Jequitibá (Foto) inaugura a decoração dos festejos natalinos 2013, que terá como tema “Um doce de Natal”, produzida pela empresa local O Formigueiro. Durante o período novembro/dezembro o Jequitibá oferecerá uma série de atrações. A ARRANCADA PARA A GRANDE CAMPANHA DE NATAL 2013 da CDL de Itabuna vai ser nesta quarta, 13, com carreata saindo no Jardim do O, às 14 hs. O lançamento oficial da promoção “Natal Cinquentão no Comércio de Itabuna”, aconteceu ontem, na sede da entidade para autoridades, parceiros e imprensa. A CDL vai sortear este ano 50 vales compras de R$500,00, 2 motos e 1 carro. O BISPO DOM CESLAU STANULA (Foto Ary Rodrigues) COMPLETOU 24 anos como Bispo. Foi homenageado pela Academia Grapiúna de Letras-AGRAL a cujo quadro pertence, quando discorreu uma breve história desde a sua sagração em 1989, pelo Cardeal baiano Dom Lucas Moreira Neves.


Itabuna-BA, 08 a 11 de Novembro de 2013

5

Câmara realiza audiências para aprovação do PPA e LOA

Opinião

Selem Asmar Selem Rachid Asmar é doutor em Sociologia pela Universidade de Paris e Diretor–Presidente da Selem Sondagem de Opinião.

POBRE REGIÃO RICA Como “Estranho Sociológico”, isto é, aculturado e vivendo em outro “habitat” eu tinha a observação e a sensibilidade mais fáceis do que os aqui residentes, registrando alguns indicadores de maior evidência de fuga de expectativa, da Região que me acolhia. Com certeza, apesar de se situar no Nordeste, a Região Cacaueira da Bahia tinha todos os requisitos, que a diferenciasse pra melhor. Seja por que a Natureza (ou Deus) foi mais pródiga ou dadivosa em recursos para com ela, se comparada ao Sertão baiano ou aos Estados ao norte da Bahia. A transcrição desse artigo de 1973 conserva as palavras no seu original, permitindo, hoje, ao leitor, comparação desses 40 anos, observando o que mudou, e se mudou pra melhor ou se a previsão pessimista de então se confirmou ou não. Enquanto censuras o garçon que derramou vinho no teu sapato lembro-me daqueles infelizes que fuçam restos disputando aos cães a tua aprte. Revolvem o lixo, como ratos E dormem felizes seu repasto. (Telmo Padilha) Quando, no ano de 1973, criamos a frase “Pobre região rica”, mais do que uma expressão de efeito buscávamos uma síntese da realidade socioeconômica de uma Microrregião Homogênea do Sul da Bahia, dependente da produção e da política do cacau. Imigrante, vindo do Sul de Minas Gerais e um tanto viajado, assustavam-me os contrastes existentes no interior da Microrregião Cacaueira, o “filé mignon” do Nordeste, como a apelidara. Àquela época não imaginávamos que a expressão “Pobre Região Rica” seria incorporada ao linguajar do cotidiano da Região e, principalmente, lembrada em épocas de eleições e de crise. A Microrregião Cacaueira é:

• Rica, por que tem relativa

abundância de recursos naturais: matas, minerais e rios. Pobre, por que esses recursos são mal-aproveitados. A irracionalidade do desmatamento é um crime contra a ecologia; os rios desperdiçam seu potencial piscoso e de energia; os minerais continuam debaixo da terra.

• Rica, por que o cacau como terceiro ou quarto produto agrícola de exportação rende, anualmente, em torno de 700 milhões de dólares ao País sendo importante a quota de I.C.M. e Funrural dele retirada.

Pobre, por que quase toda essa riqueza sai da região num processo de sangria contínua, alimentando pólos industriais e a capital do Estado restando pouco a retornar à lavoura, às cidades e à maioria de sua população.

• Rica, por que nela nasceram muitos artistas, poetas e romancistas, alguns de fama internacional. Pobre, por que a pintura, a poesia e o canto, muitas vezes desengajados, desses homens, não chegam a despertar os homens responsáveis para a repartição da altamente concentrada e injusta riqueza. Nem para os 62% de analfabetos. Pelo contrário, eles emitem líricas mensagens de conteúdo cor-de-rosa. Mascarando a cinzenta realidade, impedindo a formação de uma consciência regional e uma cultura solidária. • Rica, por que criou a Universidade de Santa Cruz. Pobre, por que oficialmente não é reconhecida como tal e seus recursos dão pouca opção, não impedindo que filhos da Região sigam para realizar cursos técnico-cientificos em Salvador. Esses jovens são acompanhados de seus familiares e de grande parte da renda aqui gerada. •

Rica, por que só a Microrregião Cacaueira tem quase um milhão de habitantes. Pobre, por que essa população raramente elege deputados, e estes, quando eleitos, quase nada fazem pela região. Ademais, quando são escolhidos os secretários de Estado e os técnicos, políticos e cidadãos da região do cacau não são convocados.

• Rica, por que tem organizações da estirpe de um CCPC, Ceplac, Coograp, ICB, Sudhevea, cuidando do desenvolvimento agrícola. Pobre, por que o esforço dessas instituições não é suficiente para eliminar da Região as características de subdesenvolvimento. •

Rica, por que tem o verde o ano todo. Pobre, por que quinze dias sem chuva significa seca. E o verde ou é destruído ou não chega às cidades. Aí não cria abrigo do sol, da poeira; não embeleza a paisagem tornando menos agressivas nossas Urbis.

• Rica, por que seu vasto território permite o cultivo de produtos de subsistência, outrora convivendo com o cacau. Pobre, por que o que a população consome, aqui não é produzido, e o que aqui é produzido a popula-

ção não consome. • Rica, por que as cidades são cortadas pelos rios que se apresentam como o grande amigo das camadas marginalizadas: dão-lhes o banho, lavam-lhes a roupa, sobretudo alimentam-lhes. Pobre, por que suas cidades beira-rio não têm um plano contra enchentes e, em determinadas épocas, esses rios tornam-se inimigos: alagam as ruas e trazem o tifo; desabrigam famílias e matam pessoas; arrastam criações e arrasam plantações, servem de depósito de lixos, poluídos.

• Rita, por que o mar, as praias, os frutos tropicais, a abertura e a alegria natural de sua gente, o exótico manejo das tarefas do cacau, dão à Região atributos de boa pra turismo. Pobre, por que os turistas voltam falando mal: do custo de vida e dos furtos; do lixo nas ruas e do esgoto nas praias; da falta de infra-estrutura e do despreparo dos encarregados, onde a ausência de uma secretaria específica dá provas de que a Região se perpetua como boa pra turismo. • Rica, por que 52% de nossa

população é jovem, de menos de 20 anos, recurso humano que as regiões desenvolvidas, envelhecidas, não possuem. Pobre, por que esses jovens não têm perspectivas de um razoável emprego, de um amanhã melhor que o da geração de seus pais, estando a um passo de um comportamento desviante.

Rica, por que concentra quase 400 médicos e possui aparelhados hospitais. Pobre, por que não tem hospitais ou eles estão fechados no seu interior e assiste à morte de cinco crianças por dia, em média, com menos de um ano de idade, somente em Itabuna. Nos anos 70 esperávamos e torcíamos por uma “Rica Região Rica”. Bastava que se minimizassem as contradições e as distâncias, pois a economia regional enriquecera. Nessa época, o bolo crescera (1977 / 78 / 79), mas não foi dividido na forma de melhoria da qualidade de vida para os habitantes regionais. Dependente do mercado externo a “Pobre Região Rica” está ameaçada de transformar-se em uma “Pobre Região Pobre”. Contudo, não desejamos, com esta cinzenta previsão, transformar-nos em profeta da catástrofe. A situação não chega a tanto, mas exige novas idéias e novos rumos numa visão prospectiva.

A Câmara de Ilhéus realizará, nesta sexta-feira (08), no bairro Nova Brasília, a primeira de uma série de audiências para discutir o PPA (Plano Plurianual) e LOA (Lei Orçamentária Anual).

As audiências têm como objetivo cumprir o princípio da publicidade, estimulando a participação popular na decisão dos investimentos e projetos realizados pelo município. Tais encontros possi-

bilitam a participação popular, através de pergunta e sugestões elaboradas – oralmente e por escrito. Esta primeira audiência será realizada no Colégio Estadual Padre Luiz Palmeira.


6

Itabuna-BA, 08 a 11 de Novembro de 2013

Mutirão do Diabético transforma Itabuna na “Cidade Azul”

Será realizado neste sábado, dia 9, a partir das 8 horas, o Mutirão do Diabético de Itabuna, que se consolidou como o maior evento de tratamento e prevenção do diabetes do país. Promovido pelo Hospital de Olhos Beira Rio e Associação dos Diabéticos de Itabuna (ASDITA), o mutirão acontece no HOBR e na Praça Rio Cachoeira. Em 2012, o evento atendeu cerca de 13 mil pessoas, entre atendimento médico no HOBR , ações educativas e serviços multidisciplinares na praça Rio Cachoeira, denominada Cidade do Diabetes. Em 2013, a previsão é de que esse número chegue a 15 mil atendimentos, com a participação de 800 voluntários. Na área interna do Hospital de Olhos acontece a parte médica de avaliação das complicações do Diabetes, onde

são realizados aplicação de questionário clínico epidemiológico, dilatação pupilar e exame de mapeamento de retina feito por retinólogos especialistas em atendimento em massa, exame do pé diabético e orientação médica para todos os diabéticos. Os pacientes com retinopatia diabética grave ou edema macular diabético serão submetidos a tratamento imediato e gratuito com fotocoagulação a laser de retina, estes pacientes são encaminhados para avaliação renal com equipe da Nefrologia, fazendo exame de urina, com resultado imediato, e fazem também exames bioquímicos. Estes pacientes, além da orientação medica, passam também por equipe da endocrinologia para serem monitorados durante todo o ano.

CIDADE DO DIABETES Também será feita a detecção de novos casos em diabetes, através de exames de glicemia. Outra ação é a Feira Multidisciplinar de Saúde também que ocorre na Cidade do Diabetes, com os estandes para medição

da hipertensão arterial, avaliação da saúde, atividade física, conhecendo a insulina, oficina do pé diabético, oficina nutricional, orientação bucal, gestação e diabetes, além de estandes de patrocinadores e da Associa-

ção dos Diabéticos de Itabuna. O idealizador e coordenador do Mutirão do Diabético, Dr. Rafael Andrade, destaca que “esse é um evento que envolve todos os setores da sociedade organizada e que

tem como foco a prevenção através da informação e orientação”. “É uma maneira de levar a um número cada vez maior de pessoas a maneira de conviver com o diabetes, uma das doenças que mais vítimas fazem em

todo o mundo”. O Mutirão do Diabético de Itabuna está inserido no calendário mundial da Federação Internacional do Diabetes e tem o aval da Sociedade Brasileira de Oftalmologia.


Itabuna-BA, 08 a 11 de Novembro de 2013

7

SociAll

Manuela Berbert

E-mail: manuelaberbert@yahoo.com.br

Grata, sempre... “Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!” Com essas palavras de Vinícius de Moraes peço licença aos meus 298 leitores neste Diário Bahia para agradecer às festas surpresas que ganhei no último final de semana pela passagem do meu aniversário. Na casa de praia do irmão Marcelo, na casa dos amigos Dr. Renan e Rafael Moreira, na segunda-feira na Santa Casa e já na quarta, na redação deste jornal. Procuro palavras para escrever e não acho, resumindo em um MUITO OGRIGADA por tanto carinho! Em tempos de questionamentos, parece que Jesus dá um jeitinho de resgatar a nossa Fé na vida...

Guga, Julia e Miron

A turma “do camarote”

A turma do chat no whatsapp, liderada por Rafa Moreira.

Amigos do Grupo Diário Bahia

A turma do segundo chat no whatsapp, liderada por Jamilly Nascif

Nat, Néia, Rafa, Juliana, Marcelo, Gói e Michella

Na praia, em família, o primeiro presente que A animação da festança de domingo ficou sob a batuta de Léo do Cavaco e sua turma Deus nos dá

Dr. Renan, o anfitrião. Grata!

Clívia, Alê, Ana Paula, Maya, Karyne, Heminho e Marcus Silvane

Grata à turma da Santa Casa por todo carinho sempre


8

Itabuna-BA, 08 a 11 de Novembro de 2013

Inside Betânia Macedo Bellas...Bellas...Bellas! A festa do ano! Ainda repercute o sucesso da festa realizada pela Revista Bellas, em comemoração aos seus cincos anos. Mais de 800 pessoas prestigiaram o evento, que aconteceu em grande estilo, no dia 24 de outubro, na AABB de Itabuna, Os lei-

tores da Bellas aguardam ansiosos pela próxima edição da revista, que vai contar tudo sobre a festa mais comentada deste ano. Aguardem! Confira aqui algumas personalidades que marcaram presença. Fotos Eraldo Dantas.


Itabuna-BA, 08 a 11 de Novembro de 2013

9

Inside Bet창nia Macedo


10

Itabuna-BA, 08 a 11 de Novembro de 2013

Desespero! Iolanda visita Mundo no hospital e chora ao saber que seu estado é grave

Sua Novela Malhação

Globo, 17:30H

SEXTA-FEIRA

Antônio diz a Anita que seu pai biológico é um militar de alto escalão. Bernardete pensa em ligar para Caetano e pedir perdão, mas Abelardo a incentiva a antes aproveitar o seu dia de conquistas. Caetano vê Abelardo e Bernardete juntos e deduz que os dois o estão traindo. Flaviana decide participar do musical de Meg ao saber que Martin está no elenco, e Sofia desaprova. Caetano e Bernardete se entendem.

SEGUNDA-FEIRA

Ben exige que Antônio se afaste de Anita, e o menino garante que não ficará por muito tempo no casarão. Sofia expõe seu incômodo com a falta de privacidade para Vera, que compreende a filha. Tita diz a Hernandez que não quer se afastar dele ou de Antônio. Sofia mostra o vídeo com o tombo de Antonia nos ensaios do musical, e Vera repreende Meg. Ben se incomoda com as insinuações de Martin para Meg. Hernandez conversa com Antônio sobre seu pai biológico. Ronaldo fica contrariado com o sucesso de Vera no restaurante. Bernardete fica entediada na Barra e sente falta do Grajaú.

ALÉM DO HORIZONTE globo, 21H

SEXTA-FEIRA

William investiga o galpão vazio. Líder Jorge cumprimenta os participantes da reunião e usa o mesmo discurso de Paulinha em sua mensagem de despedida para Rafa. William encontra um livro perdido no chão do galpão com o título “Felicidade Concreta”. Lili decide entrar no galpão assim que William vai embora. Marcelo e Álvaro se divertem com duas amigas em um bar. Heloísa assiste a seu programa na TV e se preocupa com seu visual. Inês discute com Thomaz. Rita implica com Selma e Fátima.

AMOR A VIDA

globo, 21H

SEXTA-FEIRA Bruno pede que César consiga fotos de Félix para que Efigênio possa reconhecê-lo. Elias repreende Herbert por tentar obrigar Gina a falar com ele. Patrícia e Michel vão ao mesmo motel que Silvia e Guto. Bruno não conta para Paloma que encontrou o dono do bar onde ela teve Paulinha. César diz a Aline que vai tirar Félix do hospital, se confirmar o que ele fez com a filha de Paloma. Bruno faz as pazes com Paulinha. Michel e Patrícia usam Daniel e Perséfone como álibi para justificar o atraso ao chegar em casa. Daniel reclama da comida que Perséfone faz para o café da manhã. Paloma desconfia de que Bruno esteja escondendo alguma coisa. SEGUNDA-FEIRA Bruno e Márcia chegam ao culto e procuram Efigênio. Elias pede para acompanhar Gina. Ignácio expulsa Carlito, e Valdirene fica arrasada. Gina tenta não se aproximar de Elias. Ordália pensa em ficar com Herbert para afastá-lo de sua filha. Efigênio pede para Bruno levar as fotos impressas. Márcia lembra de algo de seu passado e teme prejudicar Félix. Eron pede para Niko ajudá-lo a pagar a

SEXTA-FEIRA

receita

A S T R OLO G I A

• 1 kg de batatas • 500 g de carne moída • 200 g de queijo mussarela • 1 fio de azeite • 1 cebola • 1 dente de alho amassado • Sal, pimenta branca • Cheiro verde a gosto • 1/2 copo de leite • 2 colheres de manteiga MODO DE PREPARO • Descasque as batatas corte ao meio, cozinhe com água e sal, depois de cozidas amasse as batatas, adicione o leite e a manteiga, mexa bem até formar um purê, reserve • Em uma panela adicione o azeite,cebola o alho e refogue a carne moída, tempere com sal, pimenta branca e o cheiro verde, cozinhe até secar a água que se formou na panela e reserve • Em um refratário forre a metade do purê de batatas,uma camada de queijo e a carne moída, o restante do purê finalize com mais queijo mussarela e polvilhe queijo ralado por cima • Leve para derreter o queijo, e retire quando estiver douradinho

conta de Amarilys no hospital. Joana pede para Marilda trocar o horário de trabalho de Luciano. Carlito canta e faz sucesso com os clientes no bar. Patrícia e Michel vão ao mesmo motel que Silvia e Guto. Pilar sai com Jacques. Bernarda passa a noite com Lutero. Guto e Silvia chegam em casa antes de Patrícia e Michel. Félix vê Jacques deixar Pilar em casa e fica furioso. Globo, 18h

SEGUNDA-FEIRA Thomaz marca um encontro com André para falar sobre Lili. Priscila surpreende a amiga ao sair da Superintendência da Polícia Federal. Inês confirma a presença de Marcelo na degustação para o bufê do casamento. Celina discute com Kléber para conseguir que ele faça compras para a escola. Nilson tem mais um pesadelo com a floresta. Romildo entrega para Celina as fotos dos casos de morte pela suposta “besta” da floresta.

INGREDIENTES

Ioiô visita o amado no hospital e fica arrasada com seu estado

joia rara Sonan garante a Pérola que eles ajudarão Mundo a se recuperar. Sílvia conta para Ernest, Viktor e Manfred que está grávida. Ernest alerta Manfred para a possibilidade de Mundo melhorar e se lembrar do que aconteceu. Matilde diz a Sonan que está feliz por ele ter voltado. Volpina pede ajuda a Tenpa, que lhe aconselha a dizer a verdade sobre o assunto que a aflige. Volpina conta para Amélia que Ernest planejava atacar Mundo. Amélia procura Franz e revela que Ernest organizou um atentado contra Mundo.

Escondidinho de carne moída

Assim que descobre que Mundo (Domingos Montagner) está em coma, Iolanda (Carolina Dieckmann) vai visitar o amado no hospital. Ao ver o comunista inconsciente, Ioiô se declara: “Meu amor, você tem que resistir. Você não pode morrer, Mundo! A nossa história não acabou”, diz.

SEGUNDA-FEIRA

Manfred orienta Valter a manter Volpina calada sobre o que sabe e o banqueiro dá dinheiro para que ela saia da cidade. Mundo tenta convencer Volpina a ir à delegacia denunciar Ernest, mas ela foge. Sílvia garante a Viktor que o filho que está esperando é de Franz. Sílvia confessa a Pilar que quer se vingar de Ernest e provar a inocência de seu pai. Sonan deixa Matilde emocionada ao lhe dar um colar de proteção que trouxe dos Himalaias.

Áries (21 mar. a 20 abr.) Você está mais ambicioso hoje. É bom que tenha metas e conquistas, pois seu faro está perfeito pra isso. Elabore estratégias infalíveis. Na vida intima, dia de purgar emoções danosas, limpar o corpo, entender algo profundamente.

Leão (22 jul. a 22 ago.) Sol e Saturno em conjunção poderosa trazem percepção e responsabilidade à vida familiar e doméstica. Obrigações assumidas com parentes podem pesar. O dia pede demais de você, com tarefas e encargos de trabalho. Saúde frágil.

Sagitário (22 nov. a 21 dez.) É possível escrever um romance sobre você - a vida secreta de um sagitariano! Enquanto você esconde seu inferno pessoal dos outros, sua objetividade é valorizada, e rende dinheiro, oportunidades e segurança pessoal.

Touro (21 abr. a 20 mai.) Vênus, Lua e Plutão em Capricórnio anunciam conexão com assuntos filosóficos e espirituais, possibilidade de um encontro importante nesta área, e informações preciosas nesses campos. Viagens atraem e inspiram você.

Virgem (23 ago. a 22 set.) Difícil manter o equilíbrio num cenário de cobranças afetivas e urgências de todo tipo. Evite se envolver com pessoas obsessivas. Um filho ou seu amor atrai toda atenção, e você está a fim de dar exemplo e aceitar novos desafios.

Capricórnio (22 dez. a 20 jan.) Três astros no seu signo, juntinhos, hoje, tornam o dia ótimo pra investir em curas, limpezas energéticas e emocionais, faxinas de todo tipo etc. Emocional, instável e obcecado com algum assunto, melhor será se esconder e se cuidar mais!

Gêmeos (21 mai. a 20 jun.) Você faz parte da tribo que incorpora facilmente o lado inesperado da vida, sabedor que é das soluções inesperadas, que surgem quando menos se espera. Exerça essa capacidade hoje e avance em um propósito pessoal decisivo.

Libra (23 set. a 22 out.) Dia de organizar os gastos e as finanças. Pode ser que um familiar pegue pesado com você hoje - disfarce e não entre no jogo de manipulação! Mesmo sem querer, alguém pode leva-lo a agir contra seus gostos pessoais.

Aquário (21 jan. a 19 fev.) Ser deixado em paz é desejo secreto de hoje. Para conseguir chegar mais perto disto hoje, faça algumas concessões básicas aos burocratas, evite discussões com conservadores renitentes, fuja de gente tacanha. Obrigações a mais no trabalho.

Câncer (21 jun. a 21 jul.) Sintonia fina com um cliente e com sócios. Um companheiro de vida é elemento que traz conforto, reforço e acolhida num momento de provas e desafios como agora. Mesmo que ele seja meio durão, ranzinza e controlador.

Escorpião (23 out. a 21 nov.) É ótimo quando você sabe quando falar e quando guardar pra si mesmo seus pensamentos. Hoje é um dia assim: bom pra perceber um monte de coisas das pessoas e não falar quase nada a respeito. Ainda não é hora. Colha mais informações.

Peixes (20 fev. a 20 mar.) Cenário astral perfeito pra você usar todo seu potencial argumentativo, seu poder de expressão e comunicação, articular informações etc. Trabalho com linguagens traz abertura em novo campo. Ajuda de amigos em hora inesperada.


Itabuna-BA, 08 a 11 de Novembro de 2013

Eleição do PT pode mobilizar mais de 1.300 filiados em Itabuna

Coluna Wense Marco Wense E-mail redacao@diariobahia.com.br

Oposição ao PCdoB

Dois candidatos, Flávio Farias Barreto e Zaquêl de Lima Oliveira, disputam a preferência dos correligionários, para comandar o partido pelos próximos quatro anos

Flávio busca passar da vice-presidência à presidência do PT

Um mandato dobrado (agora, são quatro anos de duração), para comandar os destinos do Partido dos Trabalhadores nos níveis municipal, estadual e federal. É o que conquistarão os escolhidos no PED (Processo de Eleição Direta), que ocorrerá neste domingo (10), das 8 às 17 horas. Em Itabuna, onde 1.328 filiados estão aptos a votar, dois candidatos – Flávio Farias Barreto e Zaquêl de Lima Oliveira – disputam o cargo de presidente do diretório local. A votação ocorrerá no térreo da Câmara de Vereadores. A apuração, por sua vez, será realizada no Plenário daquela Casa, tão logo os filiados terminem de votar. Segundo a atual presidente do diretório local, Miralva Moitinho, a expectativa é que até 21 horas seja divulgado o resultado. “Queremos convocar a todos

Zaquêl quer voltar ao comando do PT com o apoio de sete correntes internas

para esse dia de festa. Que votem em quem seu coração mandar. O PT é isso: deixar as pessoas livres para fazer suas escolhas”, conclamou. O empresário Flávio Barreto, de 32 anos, é o atual vice-presidente do PT em Itabuna. Ele encabeça a chapa 680, intitulada “Construindo Um Novo Rumo”, e conta com o apoio de duas correntes internas da sigla. Entre elas, a “Articulação”, liderada pelo deputado federal Geraldo Simões. Em entrevista à Rádio Difusora, esta semana, o candidato disse que uma de suas ações, caso eleito, será “aproximar a militância das instâncias do partido, dar uma atenção especial aos núcleos, organizar os setoriais e a juventude do PT”. Além disso, destacou a importância de manter viva a história da legenda. “Um dos meus compromissos é fazer o me-

morial das lutas e vitórias, como as duas gestões do PT em nossa cidade”, adiantou. Já o microempresário Zaquêl Oliveira, de 57 anos, foi presidente do PT-Itabuna nos anos 80 e representa a chapa 530, batizada como “O PT de todos nós”. O candidato é fruto do consenso entre sete tendências. Uma delas, a “CNB Articulação”, é capitaneada pelo deputado federal Josias Gomes e pela presidente do diretório municipal, Miralva Moitinho. Em entrevista ao Diário Bahia, Zaquêl mencionou a importância de “um partido plural, que seja uma escola de formação política, e não apenas um partido cartorial, para homologar candidaturas”. Também destacou a importância de resgatar a militância e permitir que ela participe das decisões.

Palestra apontou estratégias de negócios Com apresentação de dicas importantes para o atendimento ao cliente, o especialista em marketing e economia, Carlos Alberto Carvalho conseguiu atrair a participação de vários representantes do comércio e do setor de prestação de serviço, na última quarta-feira (6), no auditório da Associação Comercial e Empresarial de Itabuna (ACI). Aliada a técnica da motivação os profissionais puderam atualizar suas estratégias de atuação no Mercado de Trabalho. Levando-se em conta que o atendimento ao cliente exige atenção, cordialidade e relacionamento, o profissional lembra que é necessário, antes de tudo, “entender o cliente, atendê-lo

para depois vender o produto. Isso fará com que o cliente se sinta valorizado e volte a comprar no mesmo empreendimento”. Nesse contexto, a motivação deverá ser um ingrediente necessário para o bom desempenho, tanto de um vendedor como de profissionais que atuam em outras áreas. Atuando no ramo de confecções há 14 anos, com a loja Planet Surfe, em Itabuna, o empresário Iran Júnior aprovou a iniciativa de qualificação dos profissionais que atuam no comércio, um ramo cada vez mais competitivo. “Destaco a postura da ACI e do Sebrae em estar apoiando essa iniciativa e espero que as entidades possam conti-

nuar promovendo mais capacitações, pois precisamos estar inovando sempre”, avaliou. Realizada em parceria com a Secretaria de Indústria, Comércio e Turismo da Prefeitura de Itabuna, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae, a Associação das Pequenas e Microempresas de Itabuna – Apemi, a palestra integra uma série de capacitações que serão ampliadas em 2014. De acordo com o presidente da ACI, Luiz Ribeiro, a ideia é fazer, junto ao Sebrae, uma pesquisa para identificar a maior necessidade do pequeno e médio empresário e, a partir daí construir um planejamento de capacitações.

11

x De início é bom dizer que a oposição ao Partido Comunista do Brasil, o velho e aguerrido PCdoB, tem duas vertentes: dentro do governo Vane e fora dele. Do lado externo, os petistas comandam o oposicionismo com o deputado federal Geraldo Simões na linha de frente. O alvo principal é Davidson Magalhães, presidente da Bahiagás. Aqui em Itabuna, o PT e o PCdoB se juntaram em várias sucessões municipais, mas tudo em nome da sobrevivência política, como aliados pragmáticos e circunstanciais. O relacionamento PT e PCdoB sempre foi marcado por muito cinismo, tapeação, desconfiança e sabedoria de ambos os lados. O pega-pega vem do movimento estudantil. Em priscas eras, como diria o saudoso jornalista Eduardo Anunciação, enfrentei o PT e o PCdoB na eleição para o Diretório Central dos Estudantes, o DCE da então FESPI, hoje Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). Sob pena de perderem o co-

mando do DCE para o PDT, comunistas e petistas se uniram contra minha candidatura. Derrotado, continuei na luta. O troco veio depois: fui eleito presidente do DA de Direito. Internamente, o PCdoB tem o PRB, legenda do prefeito Claudevane Leite, na sua cola. O secretário de Assistência Social, José Carlos Trindade, com o aval silencioso do bispo Márcio Marinho, é o adversário-mor. O conceituado blog Pimenta não é de inventar nada. Trindade disse mesmo que Davidson Magalhães não teria cinco mil votos em Itabuna para deputado federal. Continua dizendo, agora mais precavido. A tendência, com a proximidade do pleito de 2014, é de um acirramento cada vez mais intenso entre o PCdoB e o PRB, com cada qual defendendo seus candidatos. Em relação ao Parlamento estadual, tudo com bolinhas azuis. Ângela Sousa (PSD-reeleição) já tem o explícito e empolgado apoio do prefeito Vane. O céu é de brigadeiro.

Reeleição A declaração não partiu de um deputado qualquer, de um parlamentar desinformado e, muito menos, sem uma função importante no Congresso Nacional. Foi Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), presidente da Câmara Federal, quem verbalizou que “a reeleição não será mais permitida após 2014”, o que inclui, obviamente, o processo sucessório municipal. A impossibilidade de um segundo mandato consecutivo vai mudar o jeito de governar dos governantes. E mudar para melhor, já que a reeleição alimenta a impunidade. O exemplo mais elucidativo diz respeito ao governo Dilma. O PMDB, por exemplo, pode fazer de tudo e não será acusado de nada. A legenda é indispensável para a reeleição da petista.

Com a não-reeleição, o prefeito Claudevane Leite fica mais a vontade para fazer a esperada reforma administrativa, sob pena de um arrependimento incurável e irreversível. Como não bastasse a impunidade, a antecipação das eleições, com o uso escancarado da máquina pública, cria uma disputa desigual entre os pré-candidatos. Outro detalhe é que a defesa do instituto da reeleição é circunstancial, desprovida de qualquer posição ideológica. Quando ministra do então governo Lula, Marina Silva defendia a reeleição. Hoje é contra. Com efeito, Marina só foi para o PSB com a garantia de que Eduardo Campos não disputaria o segundo mandato se fosse eleito presidente da República.


12

Itabuna-BA, 08 a 11 de Novembro de 2013

Creas reabilita jovens para mercado de trabalho e convivência social Secom

Prefeitura de Itabuna atende pedidos de associações de moradores

Secretaria de Comunicação Social

Prefeito de Itabuna, Claudevane Leite, destaca a Educação de qualidade

O permanente diálogo entre a gestão municipal e os dirigentes das associações de moradores tem permitido à Prefeitura de Itabuna executar um leque de projetos, ações e serviços públicos em benefício da população nos bairros envolvendo principalmente as secretarias do Desenvolvimento Urbano – Sedur, Saúde e Educação. Segundo a secretária de Assuntos Governamentais e Comunicação Social, Cleide Sousa Oliveira, a partir de pedidos e sugestões apresentados ao prefeito Claudevane Leite, as ações administrativas resolvem problemas e atendem às necessidades das comunidades. A secretária Cleide Sousa considera que as audiências semanais do prefeito Vane com os dirigentes tem tido bons resultados para a cidade como um todo. “Os dirigentes das associações são democraticamente eleitos pelos cidadãos de cada bairro e têm a legitimidade para apresentar os pedidos, porque vivenciam os problemas de sua comunidade, conhecem

as necessidades e ajudam a Prefeitura a executar ações e serviços sempre apontando a melhor solução”, disse, acrescentando que a participação popular ajuda a administração da cidade. Na manhã de ontem, o prefeito Vane recebeu os pedidos de melhorias urbanas e serviços comunitários que lhe foram apresentados pelos presidentes das Associações de Moradores dos Bairros Monte Cristo, Nelito Pena, Novo São Caetano, Raimundo Soares dos Santos, e Nova Itabuna, Ana Lúcia dos Santos Dias. Vane ouviu os pedidos que, depois de formatados pela Assessoria Comunitária da Secretaria de Assuntos Governamentais e Comunicação, terão sua viabilidade técnica e financeira discutida com o secretário da área. A Prefeitura executou recentemente a revisão geral das redes de água da Emasa na Avenida Rio Branco, no bairro Califórnia, ao estender os serviços ao Condomínio Residencial Jardim América I e II. A demanda foi

apresentada ao prefeito no dia 10 de outubro pelo presidente da Associação de Moradores do Califórnia, Raimundo Ribeiro de Souza, que se disse satisfeito com os resultados da audiência com o prefeito Vane, já que a rede de esgotos também foi recuperada e melhorou o atendimento à população na Unidade Básica de Saúde Alberto Teixeira Barreto. A limpeza do canal de macrodrenagem do Nova Itabuna também agradou a dona Ana Lúcia dos Santos Dias, presidente da associação, que veio agradecer os serviços executados no bairro pela Prefeitura e apresentar novas demandas. “O canal ficou uma beleza. Sou grata ao prefeito Vane”, contou. As ações também agradaram aos moradores de Ferradas que apresentaram reivindicações como a melhoria do acesso à BR-415, revisão da iluminação pública, retirada de entulhos e varrição das ruas visando o aniversario de fundação do bairro há 15 dias.

O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas – MSE) de Ilhéus desenvolve várias oficinas para promover a reintegração social e profissionalização dos socioeducandos. Cursos de arte, espiritualidade, sexualidade, cidadania, identidade pessoal e cultural, além de atividades esportivas, como futebol, reforço escolar e aulas do Programa Todos pela Alfabetização (TOPA), são oferecidos pelo centro, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SDS). Todas as sextas-feiras os adolescentes participam da oficina de teatro que une teoria e prática. Para a atriz e facilitadora do Projeto Teatro Fórum, Andréa Bandeira, as atividades contribuem para a reintegração social ao exigir dos alunos disciplina e responsabilidade para o cumprimento das tarefas. “A arte pode transformar as vidas destes garotos”, afirmou. Os menores também participam de oficinas de panificação, onde aprendem a fazer pizza, e recentemente foram contemplados com o curso de puffs, promovido em parceria com a entidade Amparo Melhor. Há ainda a oficina de trufas direcionada às mães desses adolescentes. Segundo a coordenadora do Programa em Ilhéus, Fanny Rossi, através das oficinas os usuários do Creas aprendem na prática atividades como meio para gerar renda para si e a família. Conforme destaca Fanny Rossi “as

Salva Vidas são capacitados para dar mais segurança nas praias Para melhor atender à população de Ilhéus e aos visitantes, os 86 servidores que integram a equipe de salva-vidas da Prefeitura participaram de dois cursos de qualificação oferecidos pelo Grupamento do Corpo de Bombeiros sediado no Município. Segundo o coordenador do Corpo de Salva-Vidas da Prefeitura, Alexandre Mendonça, os treinamentos incluíram os temas n‘primeiros socorros e resgate aquático’ e ‘mergulho e resgate aquático’. Apesar da previsão para domingo ser de chuva, segundo o site Clima e tempo, no sábado o sol será propício à praia. Mendonça informa que, com a chegada da alta estação, a atuação do Corpo

de Salva-Vidas foi ampliada. “Neste mês de novembro, mais bem preparado e de posse dos novos equipamentos, o efetivo passará a atuar de quinta-feira a domingo, dividido em duas equipes: uma das 8 às 14 horas e outra das 12 às 18 horas”, completa. A área de atuação do Corpo de Salva-Vidas de Ilhéus situa-se entre a praia de Mamoan, na zona norte, e Águas de Olivença, na zona sul, cujo trecho possui cerca de 60 quilômetros de extensão. Além das praias do Cristo, da Concha e da área próxima à Catedral de São Sebastião, no centro da cidade, o trabalho também é realizado no Jóia do Atlântico, Norte

1 (Cabana Iemanjá), e nas praias do Sul. Segundo o último diagnóstico da Diretoria de Fiscalização e Monitoramento Ambiental (Difim), do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), órgão vinculado à Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), apenas um trecho da Praia do Marciano (nas proximidades do Bar Litrão), está inapropriado para o banho de mar. De acordo com o relatório, as praias da Barra de São Miguel, do Malhado, da Avenida, Praia do Cristo, do Opaba, do Ceplus, dos Milionários, do Cururupe e de Olivença estão aprovadas e são consideradas apropriadas para banho.

oficinas são importantes para trabalhar o desenvolvimento cognitivo e a valorização destes adolescentes”. A coordenadora salienta ainda, que para melhor funcionamento do programa e maior obtenção de resultados positivos, os adolescentes são acompanhados por psicólogos e assistentes sociais. “E um dos fatores imprescindíveis é a participação desses menores na escola, como incentivo para que os mesmos se reabilitem”, frisou Fanny. Programa esportivo – Há ainda um programa esportivo, no qual, a facilitadora de esportes e lazer Rosângela Espinheira, através de torneios e outras atividades, procura despertar nos adolescentes, o gosto pelas atividades físicas. Segundo o titular da SDS, Jamil Ocké, “a prática do esporte é uma maneira de incentivar a disciplina e responsabilidade, além de ser uma forma de ocupar o tempo e a mente desses jovens”. As atividades desenvolvidas pelo Creas de Ilhéus seguem as regras estabelecidas pelo Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase), Lei de nº 12594/12. Todo o trabalho é desenvolvido por uma equipe multidisciplinar, que tem como objetivo a implementação de políticas públicas destinadas especificamente aos adolescentes e suas famílias. As oficinas acontecem na sede do programa, que se localiza na Av. Uberlândia, 555 – Malhado/Ilhéus.


Itabuna-BA, 08 a 11 de Novembro de 2013

PM prende assaltantes de carro um dia após saírem do presídio

13

Prefeitura de Itabuna vai intensificar operação tapa-buracos

Deyvison Vicente Barreto e Michelangelo da Silva Oliveira foram levados primeiro ao Conjunto Penal de Itabuna, também devido a roubo de carro Após praticarem um assalto no último final de semana a um veículo tipo Fiat Siena, cor prata, modelo 2010, Placa Policial NTR-3293 que se encontrava no Distrito de São João do Panelinha, município de Camacan, foram presos por prepostos da 62ª Companhia Independente Deyvison Vicente Barreto e Michelangelo da Silva Oliveira. Um dia antes do assalto registrado no Distrito de São João do Panelinha, tanto Deyvisson quanto Michelangelo tinham deixado o presídio de Itabuna onde encontravam-se recolhidos após terem sido autuados no dia 23, também por furto de veículo. Segundo a assessoria do Major Rodrigues de Castro, o fato aconteceu por volta das 08h30min, quando Deyvison e Michelangelo tomaram o veículo de assalto, fugindo sentido Itabuna. Porém, A Polícia Militar fechou o cerco no percurso em que os acusados escaparam. Ao avistar as barreiras, eles abandonaram o veículo nas proximidades do município de São José da Vitória, onde fugiram para o matagal existente às margens da BR 101. Os dois foram alcançados, detidos e presos por policiais militares de Camacan e apresentados mais uma vez à Delegacia de Polícia, onde foram autuados em Flagrante. Outro flagrante Disse ainda o Comandante que os indivíduos tinham sido presos e autuados em flagrante, no dia 23 de outubro. Recém-chegados do Rio de Janeiro, foram presos com um veículo VW Saveiro, 2009, Placa Policial LKW 5135, que teria sido também

Deyvison e Michelangelo foram flagrados com dois carros roubados tomado de assalto. Na oportunidade, a dupla não portava qualquer tipo de documentação e teria, conforme informações locais, tentado assaltar o Posto de Gasolina Paraíso, momentos antes.

Quadrilha capturada agia em três estados Uma quadrilha interestadual, envolvida em roubos, tráfico de drogas, receptação e falsificação de documentos e com ramificações na Bahia, Espírito Santo e Minas Gerais, foi desarticulada com a prisão do líder Edmar Gomes de Souza, o “Biba” ou “Pipiu”, e de mais 15 comparsas, durante a Operação Caraíva. Investigadores da 23ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Eunápolis) cumpriram os mandados judiciais de prisão, expedidos pela comarca de Porto Seguro, com o apoio de policiais civis capixabas. Investigado desde janeiro deste ano, o grupo criminoso atuava na maioria das cidades do sul baiano, a exemplo de Itabuna, Porto Seguro, Eunápolis, Itabela, Teixeira de Freitas,

Medeiros Neto, Prado, Alcobaça e Ibirapuã, além de municípios capixabas e mineiros. Biba e os parceiros praticaram dezenas de roubos em propriedades (fazendas e sítios) situadas na zona rural de vários destes municípios e tomaram de assalto diversos veículos e motocicletas, em especial na BR-101. Capturado em Vila Velha, Biba estava em companhia da mulher Darlane Paula Batista, de Leonardo da Silva Matias, o “Léo Capivara”, e dos irmãos Bruno e William dos Santos Gomes. Eles escondiam duas pistolas calibre ponto 40, dois revólveres calibre 38, três carabinas calibre 38, quatro máscaras tipo brucutu, farta munição de diversos calibres, rádios comunicadores, coletes antibalísticos, notebooks,

dinheiro e joias. Com a prisão de Biba, foi elucidado um recente roubo em Vila Velha, praticado num armarinho. Os policiais prenderam Hélder Ferreira Gomes, em Eunápolis, oportunidade em que foi ainda capturado Eracto Bispo de Jesus. No mesmo dia, também foram presos Valmir Jesus dos Santos, Fabrício Ramaciote Santos, Severino Luiz de Mesquita Neto e Adnélia dos Santos, em Itabela, e Vagner Castro dos Santos, o “Fi”, em Teixeira de Freitas. Integrante da mesma quadrilha, Uilian Martins dos Santos foi preso em Itapebi. Já Carleonis Andrade Silva, o “Zóio”, Aílton Ribeiro de Jesus e Vagner Martins dos Santos tinham sido capturados no dia 24 de outubro, em Porto Seguro.

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano da Prefeitura de Itabuna – Sedur- intensifica, a partir da próxima semana, o trabalho de recuperação das vias públicas da cidade e, visando assegurar melhorar durabilidade, melhorou a qualidade do material usado para as operações tapa-buracos e de recapeamento. No primeiro momento, o serviço será realizado nas vias de maior fluxo de veículos, principalmente nos corredores de ônibus que ligam o centro aos bairros. O titular da Sedur, Marcos Monteiro, explicou que o serviço de melhoramento das ruas ganhará força a partir do dia 12, quando, segundo os institutos de meteorologia o período de sol no sul da Bahia será mais intenso. “O tempo é um dos nossos grandes aliados. Por isso, os próximos três meses serão de trabalho intenso para a melhoria das condições de tráfego nas ruas de Itabuna”. O secretário também afirmou que mudou o traço do concreto asfáltico para assegurar maior durabilidade no asfalto que está sendo aplicado nas ruas e avenidas da cidade.

Marcos Monteiro adiantou que está sendo montada mais uma equipe para acelerar a operação tapa-buraco e que, num segundo momento, será feito o recapeamento nas principais vias. “No ano passado Itabuna foi apontada como campeã nacional dos buracos. Foi divulgado na imprensa nacional que existia um buraco para cada habitante. Essa realidade aos poucos está sendo modificada”. Atualmente a operação tapa-buracos está sendo realizada na Avenida José Soares Pinheiro e nos próximos dias o trabalho chegará a outras avenidas e ruas do centro da cidade e de bairros como Santo Antônio, São Caetano e Fátima. Além da recuperação de vias públicas, equipes da Sedur estão trabalhando nos bairros Conceição, João Soares e Góes Calmon, com serviços de regularização de ruas, encascalhamento e patrolamento, beneficiando as ruas B, F e Jaqueira, no Góes, e Cassemiro Rego e Epinal, no Conceição. O trabalho também prossegue na zona rural, em regiões como Roça do Povo e Ribeiro dos Cachorros.


16

Itabuna-BA, 08 a 11 de Novembro de 2013

A banda itabunense Mendigos Blues lança CD O show de lançamento será neste sábado, 9, no complexo de lazer “O Bosque”, localizado na Rua Suíça, 106, bairro São Judas em Itabuna. Celebrando junto estará presente também a banda Manzuá, banda amiga de longa data. A compra antecipada do ingresso, que custa R$ 15,00, dará direito ao CD da Mendigos! Além dos shows das bandas a festa terá também exibições de vídeos em telão (exibindo a história da Mendigos), espaços tematizados, lounge, bar, lanchonete entre outras surpresas que estão sendo organizadas pela produção. A Banda Mendigos Blues, formada

no ano de 2008, conta com Jonnie Walker (Vocais e Guitarra), Ismerarock (Guitarra e Vocais), Marcelo Mendigo (Baixos), Chucri (Bateria) e Victor Brasileiro (Piano) na sua atual composição. Originou-se a partir de vários encontros etílicos e sonoros nas repúblicas universitárias da cidade de Itabuna, tendo começado a espalhar seu som com muitos shows nas cidades de Ilhéus, Itabuna e Ipiaú. O grupo já integrou os shows do projeto “Noites Fora do Eixo” com atuação em Feira de Santana - BA (05/2011) e Patos de Minas - MG (07/2011), além de ter concorrido ao Fun Music 2009,

em São Paulo, gravado nove músicas para o seu primeiro disco “Repúblicas e Mutretas”, e ter participado da gravação do primeiro vídeo clipe, com a música “Jeep”. Os Mendigos Blues, que recebem bastante influência musical do Blues, do Rock setentista, Jazz, Soul e da música regional, já consolidaram conquistas importantes na carreira neste pouco tempo de estrada, e tendem a expandir ainda mais as suas produções. “Queremos levar nossa música, e os sentimentos por ela gerados, ao maior número de pessoas”, afirma o guitarrista da banda Ismerarock.


08 11 2013