Page 11

DIÁRIO DO COMÉRCIO

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

c

11 O mundo precisa dessa cultura de paz, inclusive nos negócios. Alencar Burti, presidente da Associação Comercial de São Paulo

idades

Fotos de Zé Carlos Barretta/Hype

Na foto acima, da esquerda para a direita, Gaetano Brancati Luigi, Alencar Burti, Norma Burti e o padre Carlos Alberto Contieri durante a celebração dos dez anos do Marco da Paz. Na foto à direita, Alencar Burti, presidente da Associação Comercial de São Paulo, exibe uma reprodução do monumento, que estará presente nos cinco continentes. Ele já está em cinco países: Brasil, México, Argentina, Uruguai e China.

Marco da Paz celebra seu 10º aniversário Símbolo da paz no mundo fez ontem dez anos. O presidente da ACSP, Alencar Burti, disse que todos devem cooperar na formação de uma cultura da paz. Ivan Ventura

UM MARCO NO MUNDO

S

DC

ímbolo da luta pela paz no mundo, o monumento Marco da Paz comemorou ontem 10 anos de existência. Ao longo desse período, o símbolo formado pelo arco, pela pomba e pelo sino ganhou o mundo e marcará presença nos cinco continentes (veja arte nesta página). Atualmente, são 11 monumentos espalhados por cinco países (principalmente pelo Brasil, que possui cinco deles). Além do Brasil, o Marco da Paz está no México, na Argentina, no Uruguai e na China. Para os próximos anos, o Marco da Paz continuará a levar a mensagem de paz, desta vez para Israel, Itália, Estados Unidos, Portugal, Espanha, Suíça, Costa Rica e Gana, na África. A celebração pelos 10 anos de existência do Marco da Paz foi realizada na noite de ontem no auditório da Secretaria de Justiça do Estado. Inicialmente, a festa ocorreria no Pátio do Colégio, onde existe um Marco da Paz. No entanto, a chuva impediu a realização do evento ao ar livre. Rapidamente, a celebração foi transferida para o auditório da Secretaria de Justiça, também localizada no Pátio do Colégio. O evento foi organizado pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP), patrona do projeto, e pelo idealizador do Marco da Paz, o assessor especial da presidência da entidade, Gaetano Brancati Luigi. No evento, Luigi preferiu não discursar sobre os 10 anos do Marco da Paz. No entanto, parte de sua infância foi lembrada no evento, em especial o episódio sobre um sino que

Garotas do Coral da LBV fazem uma pomba com as mãos, símbolo da paz

O Marco da Paz foi idealizado por Gaetano Brancati Luigi, assessor especial da presidência da Associação Comercial de São Paulo

soou em parte de sua Itália natal, no final Segunda Guerra Mundial. Na ocasião, Luigi tinha apenas oito anos. "Era 1945, lembro bem do toque de um sino. Era o sino da paz. Era o fim da guerra", lembra ele. O público ouviu atentamente a comovente história de Luigi, entre eles o presidente da ACSP, Alencar Burti. "É uma bela história. Especificamente sobre o Marco da Paz, a ideia surgiu há dez anos. Na época, a semente foi plantada, cresceu e virou esta bela árvore. O mundo precisa dessa cultura de paz, inclusive nos negócios. Na paz é que os negócios são fechados", afirmou.

Em seu discurso, Burti agradeceu a cessão do auditório pelo secretárioadjunto de Justiça e da Defesa da Cidadania, Gustavo Húngaro. Por sua vez, o secretário, que substituiu o governador Alberto Goldman no evento, agradeceu o convite e enviou sua mensagem de paz aos convidados. "Foi um prazer receber a ACSP e o Marco da Paz nesta importante data. Lembro-me bem da inauguração do primeiro Marco da Paz, há dez anos, aqui no Pátio do Colégio, pois já trabalhava na secretaria. Para todos, a mensagem que levo é: o importante é que sem paz não há Justiça", disse.

Outro convidado foi o padre Carlos Alberto Contieri, que lembra com carinho da chegada do Marco da Paz. Responsável pela paróquia no Pátio do Colégio, o padre disse que a paz é fruto de um esforço humano em busca de algo em comum. "São Paulo nasceu desse esforço, algo parecido com o esforço empreendido pelo Marco da Paz. Isso deve continuar", avaliou Contieri. Além dele, outros religiosos estiveram presentes ao evento. Eles falaram sobre os conflitos armados no mundo, alguns deles com motivação religiosa. Falaram em união pela paz. Mais tarde, foram homenageados com a

entrega de miniaturas do Marco da Paz, semelhante ao monumento existente no Pátio do Colégio. Os dez anos do Marco da Paz contou com diversas apresentações musicais. A cerimônia foi aberta pela Orquestra Juvenil de Violinos. Depois se apresentaram o Coral Infantil da Legião da Boa Vontade (LBV), o Coral Batista e a cantora lírica Paula Zamp. A celebração

terminou com a Aleluia, de Handel, cantada pelo Coral Batista. "Quero agradecer à grande família ACSP, ao atual presidente Alencar Burti e ao anterior, Guilherme Afif Domingos. Agradeço a todos que possibilitaram a criação do Marco da Paz, um símbolo que deseja um mundo melhor. Deseja a paz no mundo", disse Luigi, ao final do evento já emocionado.

www.maximarcas.com.br

TORK PAR PARAFUSOS E FERRAGENS LTDA

Via Anchieta, 413 - CEP.: 04247-000 Fone: (11) 2272-9866 Fax: (11) 2063-1220 Email: torkpar@torkpar.com.br

COMPRA

Adegas - Artes Plásticas Cofres - Coolers - Desumidificadores Fragmentadoras e muito mais 5666-5656

Fone: 11 Rua Olávio Vergílio dos Santos, 50 - Vila Califórnia - São Paulo/SP

DC

A mais Completa Linha de Parafusos e Elementos de Fixação DESDE 1978.

CRECI 66.740

DC

VENDA ADMINISTRAÇÃO

Saiba como lucrar com a prevenção de acidentes, na sua empresa e nos seus clientes.

DE IMÓVEIS

PABX (11) 3501-2211 www.ricardoimoveis.com.br Av. Dr. Guilherme Dumont Vilares nº 296 Morumbi - São Paulo

Logística em Segurança, Saúde e Meio Ambiente. Sua empresa está atendendo as exigências e aplicações da Portaria 3.214/78? Fones/Fax:

11

Normas Regulamentadoras Leis Ambientais Leis Previdenciárias Visite o nosso site:

www.libra.net.br

2098 3805 - 7142 2284 - 7870 7948 - ID 84*35.211

Rua André Vidal, 85 - Cj. 53-A - Tatuapé - São Paulo/SP

www.oficinaag3.com.br oficinaag3@oficinaag3.com.br Av. Casa Verde, 3.064 Cep: 02520-200 - São Paulo - SP Fone: 55 11 3951-1585

atendimento on-line: oficinaag3@hotmail.com

Diário do Comércio  

22 set 2010

Diário do Comércio  

22 set 2010

Advertisement