Page 1

2013

ANO IV


PREMIAÇÃO DO BENCHMARKING SAÚDE: mais de 300 convidados, entre empresários e gestores, compareceram na noite dedicada aos melhores da saúde baiana


O EVENTO FOI REALIZADO NO CASARÃO CUNHA GUEDES, NO CORREDOR DA VITÓRIA, CENTRO DE SALVADOR


ÍNDICE

APRESENTAÇÃO 07 VENCEDORES 09 - 73 AÇÃO SOCIAL 09 ARQUITETURA HOSPITALAR 11 EMPRESA DE HOME CARE 13 EMPRESA DE TI 15 EMPRESÁRIO DO ANO 17 EXECUTIVO DO ANO 19 GESTOR PÚBLICO 21 HOSPITAL-DIA 23 – 25 HOSPITAL FILANTRÓPICO 27 HOSPITAL PRIVADO (INTERIOR DO ESTADO) 29 – 31 – 33 HOSPITAL PRIVADO DE PEQUENO E MÉDIO PORTES 35 – 37 – 39 INDÚSTRIA DE GASES MEDICINAIS 41 LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLÍNICAS 43 – 45 – 47 MEDICINA DE GRUPO 49 OPERADORA DE AUTOGESTÃO 51 – 53 SEGURADORA 55 SERVIÇO DE DIAGNÓSTICO POR IMAGEM 57 – 59 SERVIÇO DE OFTALMOLOGIA 61 SERVIÇO DE ONCOLOGIA 63 – 65 BENCHMARKING BRASIL 67 DESTAQUE GESTÃO 69 DESTAQUE INTERIORIZAÇÃO DA SAÚDE 71 DESTAQUE ORGANIZAÇÃO SOCIAL 73

FESTA DE PREMIAÇÃO 75 MEMORIAL 89 CONTATOS 96


TROFÉUS ‘OURO’, ‘PRATA’ E ‘BRONZE’ FORAM ENTREGUES A TODOS OS 65 VENCEDORES


APRESENTAÇÃO

UM PRÊMIO DO MERCADO

A

trajetória de quase cinco anos de existência do Prêmio Benchmarking Saúde pode ser resumida como uma iniciativa que trouxe para o mercado de saúde baiano um espelho de si próprio. Mais do que saber quem é o melhor, ou ser uma referência a ser seguida, fazer benchmarking, afinal, é uma forma de descobrir o quão distante, ou próximo, seu negócio está em relação ao concorrente. Um termômetro precioso na trajetória de qualquer empreendimento. Mas as vantagens de se comparar, em um processo formal e aberto – como propõe o prêmio Benchmarking –, sugere algo mais. Como a capacidade de partilhar informações estratégicas em prol do mercado, inconscientemente ou não. Ao descrever suas proezas e feitos em cada um dos critérios previstos na premiação, cada candidato ao troféu Benchmarking faz de sua própria experiência mercadológica um acervo aberto a todos, a partir de um clique. Informação destinada tanto para definir um voto – objetivo maior – ou para simplesmente servir de bússola, inspiração ou mera consulta para o concorrente. Assim, o que não é objeto-fim é, em essência, o grande legado do Prêmio Benchmarking Saúde: fazer do mercado de prestadores, tradicionalmente fechado para troca de experiências, um manancial inesgotável de troca de informações entre seus pares. Em 2015, o prêmio que elege os melhores do mercado de saúde baiano completa seu primeiro ciclo de cinco anos de existência. Motivo de orgulho para nós. Afinal, a cada ano que passa, o mercado vem se apropriando do Benchmarking Saúde, com contribuições cada vez mais importantes para a sustentabilidade da iniciativa, seja sugerindo mudanças, zelando pelas conquistas e até mesmo questionando consensos. Que seja sempre assim. Até 2015!

Reinaldo Braga Publisher


Responsável Técnico: Dr. Ricardo Madureira - CRM 12793

AÇÃO SOCIAL I SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DA BAHIA

AO CENTRO, O PROVEDOR DA SANTA CASA, ROBERTO SÁ MENEZES, ACOMPANHADO À ESQUERDA PELAS GESTORAS LÍCIA VALENTE E LISE WECKERLE E, À DIREITA, PELAS COORDENADORAS ANA CRISTINA MATOS E MIRIAN TOURINHO


Nosso trabalho não existe em um ambiente de concorrência. Somos mais um braço que contribui para a promoção social daqueles que precisam ROBERTOSÁMENEZES,PROVEDORDASANTACASADEMISERICÓRDIADABAHIA

Tradição secular em boas práticas e assistência social

C

om 464 anos de história, a Santa Casa de Misericórdia da Bahia realiza diversas ações sociais que ajudam milhares de pessoas todos os anos. A estrutura administrativa com mais de cinco mil funcionários permite a realização de projetos nas áreas de saúde, educação, cultura e assistência social, o que possibilitou a conquista do ouro no Prêmio Benchmarking Saúde Bahia, na categoria Ação Social, pelo segundo ano consecutivo. Para o provedor Roberto Sá Menezes, o prêmio é de extrema importância porque, ao mesmo tempo que destaca as boas práticas de assistência realizadas, reforça o senso crítico das instituições e o seu estímulo para o fortalecimento e a manutenção de ser viços ofertados com qualidade. “Atribuímos esta conquista ao compromisso ininterrupto de promover ação social, transformando o assistencialismo em promoção humana e a caridade em investimento de responsabilidade social”, completou o provedor. Menezes informa que a instituição já contemplou um grande número de cidadãos, em especial os que vivem em situação de vulnerabilidade social. “Em 2013, contabilizamos mais de três mil atendimentos a jovens e adultos. Destes, 1.152 concluíram cursos gratuitos de qualificação em 28 diferentes profissões”. Dentre as atividades sociais desenvolvidas, Menezes ressalta os sete Centros de Educação Infantil (CEIs), que assistem crianças de 2 a 5 anos de idade. Em 2013, 800 crianças foram beneficiadas com educação gratuita em regime inte-

gral, que mescla atividades pedagógicas e lúdicas, quatro refeições diárias orientadas por nutricionistas, além de acompanhamento psicológico, médico e odontológico. Também no Bairro da Paz, a Santa Casa da Bahia mantém o Avançar, um centro de promoção social e capacitação, criado com o objetivo de atenuar as necessidades sociais e culturais dos moradores da co munidade. O espaço oferece cursos profissionalizantes gratuitos, com o propósito de aumentar as chances de inserção no mercado de trabalho. O Avançar também abriga a Escola de Informática e Cidadania, o Balcão de Justiça e Cidadania e o Programa de Protagonismo Juvenil, que mantém, entre outros projetos, a Banda Sinfônica da Paz, composta por 100 crianças e adolescentes, sob a orientação do Neojiba. Além disso, a Santa Casa mantém a Casa da Saúde da Criança Solange Fraga, que oferece assistência gratuita a crianças e adolescentes.

11

“O grande desafio é manter uma obra deste porte exclusivamente com recursos próprios e o apoio de alguns parceiros. Não recebemos recursos governamentais. Esta condição dificulta a ampliação dos nossos projetos e limita os nossos campos de atuação em atividades de suma importância para a comunidade”, explica Roberto Sá Menezes. Segundo o provedor, os passos são dados em torno de um objetivo central e propósito infindável: continuar ofertando assistência, educação e profissionalização gratuitas e qualificadas à comunidade. “Nosso trabalho de ação social não existe em um ambiente de concorrência, nós somos mais um braço que contribui para a promoção social daqueles que precisam”, finaliza o provedor.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2013

11


Responsável Técnico: Tânia Barros Correia - CREA 0205970141

ARQUITETURA HOSPITALAR I PROTÉCNICA

TÂNIA BARROS (SÓCIA-FUNDADORA DA PROTÉCNICA)


Nosso serviço começa desde a escolha do local de implantação do empreendimento até o seu funcionamento. Este acompanhamento garante um resultado satisfatório TÂNIABARROS,SÓCIA-FUNDADORADAPROTÉCNICA

Liderança, inovação e qualidade na prestação de serviços

M

aior empresa especializada na elaboração de projetos arquitetônicos de estabelecimentos assistenciais de saúde da região Nordeste, a Protécnica se diferencia por oferecer projetos em todo o país que vão além do convencional e do cuidado com os custos de execução. A empresa, que conquistou credibilidade junto aos seus clientes ao longo dos últimos 13 anos, foi reconhecida pelo mercado de saúde baiano e ficou com o troféu ouro do Prêmio Benchmarking Saúde 2013, na categoria Arquitetura Hospitalar. Preocupada com questões relacionadas ao meio ambiente e à humanização, além do cuidado com o uso de materiais harmoniosos e de fácil manutenção, a equipe liderada por Tânia Barros, sócia-fundadora da Protécnica, é especialista em oferecer soluções arquitetônicas inovadoras e eficientes. “Nosso serviço começa desde a escolha do local de implantação do empreendimento até o seu funcionamento. Este acompanhamento garante um resultado satisfatório”, declara. A abertura de novas frentes de trabalho nas regiões Norte e Centro-Oeste, onde alguns projetos arquitetônicos já estão sendo desenvolvidos, resultou em uma ampliação dos investimentos em equipe e em seu parque tecnológico. Além de manter um ambiente agradável para os seus colaboradores, novos equipamentos de alta eficiência e softwares que deram celeridade e precisão

ao trabalho foram implantados na Prótécnica no último ano. “Melhoramos constantemente nossas instalações para que todos se sintam confortáveis e seguros”, relata Tânia. O staff também recebeu novos profissionais, como arquitetos, engenheiros e técnicos. Recentemente, um arquiteto especializado no gerenciamento ambiental e construções sustentáveis e um engenheiro de segurança do trabalho foram contratados para contribuir com questões ligadas a meio ambiente e segurança. Além disso, os colaboradores são incentivados a participar de cursos de especialização e congressos para que estejam sempre em contato com o que há de mais moderno na área.

13

Ao ter a ética como um dos pilares básicos para prestação de seus serviços, a Protécnica oferece o máximo de detalhamentos em seus projetos. Por conta disso, os clientes têm acesso até às peças que fazem parte de outras áreas da engenharia, como o projeto elétrico, hidrossanitário, luminotécnico, equipamentos e mobiliário. “Apresentamos as peças que produzimos em perspectivas reais. Desta forma, nosso cliente acompanha o nível de seriedade e agilidade da nossa empresa”, afirma Tânia. Além do Prêmio Benchmarking, o ano de 2013 foi marcado por outro reconhecimento importante para a equipe da Protécnica. A empresa recebeu a Láurea de Gestão Hospitalar dos Países de Língua Portuguesa, fornecida pelo Conselho Consultivo da Conferência de Gestão Hospitalar dos Países de Língua Portuguesa.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2013

13


Responsável Técnico: Dr. Leonardo Salgado - CRMA/BA 13985

HOME CARE I ASSISTE VIDA

DR.LEONARDOSALGADO(SÓCIOEDIRETORTÉCNICO);AYLLADOMIZIO(SÓCIAEDIRETORAEXECUTIVA)EMARCOAURÉLIOREIS (SÓCIO E DIRETOR DE OPERAÇÕES)


Priorizamos a humanização na assistência prestada ao paciente no domicílio, focando o cuidado e o acolhimento LEONARDOSALGADO,SÓCIOEDIRETORTÉCNICODAASSISTEVIDA

Filosofia do acolhimento e da humanização na assistência domiciliar

C

rescer 15% em número de atendimentos todos os anos, além de exigir uma equipe de gestores qualificada e comprometida, demanda tecnologia e planejamento em uma organização. A Assiste Vida, empresa especializada em internação e atendimento domiciliar com atuação em Salvador, Lauro de Freitas e Simões Filho, investe na filosofia do acolhimento e em inovação para oferecer o melhor atendimento aos seus pacientes. Esforço que rendeu o troféu bronze do Prêmio Benchmarking Saúde 2013, na categoria Empresa de Home Care. “Priorizamos a humanização na assistência prestada ao paciente no domicílio, focando o cuidado e o acolhimento”, afirma o sócio e diretor técnico da Assiste Vida, Leonardo Salgado. “Entendemos que, quando uma pessoa adoece e passa a ser cuidada em sua casa, toda a família precisa ser acolhida. Ensinamos que cuidar é bom”, completa. Uma das características da empresa, que completou cinco anos e apresenta crescimento notável, é a atenção especial para pacientes com indicação de cuidados paliativos. Uma equipe multidisciplinar nesta área está sempre pronta para lidar com os desafios que este serviço impõe. Para Marco Aurélio, sócio e diretor de operações da empresa, os investimentos em capacitação humana e tecnológica são essenciais para o su-

cesso dos negócios. Uma importante aquisição em 2013 foi o sistema de business inteligence (B.I.), que favoreceu a integração dos processos e a agilidade operacional: “Esta tecnologia tem nos auxiliado na tomada de decisões estratégicas, através da geração de relatórios de gestão do negócio e de análise técnica sobre o perfil dos pacientes”, avalia o gestor. Na área de recursos humanos, a Assiste Vida mantém o Programa Anual de Treinamentos, que inclui capacitação em temas como “Trabalho em Equipe” e “Foco no Cliente” dentre outras abordagens de grande importância durante a relação entre pacientes e familiares, que tendem a apresentar um estado emocional fragilizado.

15

Além disso, a alta e a média liderança vêm se aprimorando através de trabalhos como o “Programa de Desenvolvimento de Líderes”, que inclui também a equipe técnica. “Incentivamos as competências dos colaboradores e este é um dos principais valores da empresa”, declara Aylla Di Domizio, sócia, diretora executiva e responsável pelos recursos humanos da Assiste Vida. A Assiste Vida vem realizando um trabalho de promover o conceito de Home Care para a sociedade com base na gestão de recursos. A empresa tem se posicionado em busca do alinhamento político e estratégico com os seus parceiros comerciais, respeitando suas características operacionais e introduzindo mudanças no modelo organizacional que contemplem a necessidade de todos.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2013

15


EMPRESA DE TI I MEDICWARE

ANDRÉSILVEIRA(DIRETOREXECUTIVODAMEDICWARE)EMARCELOKUTTER(DIRETORCOMERCIAL)


As metas foram atingidas com êxito e estamos otimistas com a possibilidade de aumentar o volume de negócios nos próximos anos MARCELOKUTTER,DIRETORCOMERCIALDAMEDICWARE

Experiência, tecnologia e busca por novos desafios

A

MedicWare completa 20 anos de história aliando experiência e inovação para atender às demandas do mercado por novas tecnologias. Com atuação nacional, a companhia, que conquistou pelo quarto ano consecutivo o troféu ouro na categoria Empresa de TI do Prêmio Benchmarking Saúde, tem investido em ações para melhorar ainda mais a qualidade do atendimento e a entrada em novos mercados ainda pouco explorados. Os resultados se refletem nos índices da empresa, que cresce a uma taxa acima dos 30% e registra mais de 40 mil usuários e 300 clientes das Soluções Smart em todo o Brasil. “As metas foram atingidas com êxito e estamos otimistas com a possibilidade de aumentar o volume de negócios nos próximos anos”, comemora o diretor comercial da MedicWare, Marcelo Kutter. No último ano, a companhia realizou uma série de iniciativas organizacionais importantes, como, a implantação de uma política de indicadores, mudanças nos processos de gerenciamento de projetos e acompanhamento de processo de vendas, além do aumento da estrutura dos estandes em 25% e do número de colaboradores em 48%. Em busca de novos desafios, a MedicWare, que foi pioneira no desenvolvimento de sistemas de gestão para saúde em Windows, em 1994, se prepara para consolidar o projeto “Ensino a Distância MedicWare”, um programa voltado para

capacitação dos colaboradores. “O projeto é uma oportunidade de fortalecer a nossa atuação junto ao mercado e otimizar ainda mais a utilização da Solução pelos clientes”, explica Kutter. Outra ação voltada para este público são os meetings, realizados a cada três meses com todos os colaboradores para alinhar estratégias e fortalecer o posicionamento da empresa. A expertise em criar soluções e novidades, com a tendência do maior uso dos dispositivos móveis, como, smartphones e tablets, resultou na criação da tecnologia SmartManager. Através deste recurso, o usuário pode acessar pelo dispositivo móvel, em tempo real e de qualquer parte do mundo, diversas informações gerenciais da unidade, como indicadores e parâmetros de risco, com a mudança da cor do indicador conforme sua criticidade atingida.

17

Outro recurso é a parametrização, associando indicadores por perfil profissional, tanto na área médico-hospitalar, com o monitoramento do censo dos leitos, como financeira, logística, farmácia, tempos e movimentos de atendimento e serviços, entre outros. Uma solução efetiva e inteligente que oferece mais controle, segurança e agilidade. A MedicWare vem comemorando os excelentes resultados registrados nas duas décadas de atuação no mercado. “Evoluir faz parte da nossa história” só comprova o comprometimento de uma empresa focada na evolução, tanto tecnológica como nas melhores práticas de gestão.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2013

17


EMPRESÁRIO DO ANO I DELFIN GONZALEZ

DELFIN GONZALEZ (PRESIDENTE DO GRUPO DELFIN)


Como empresários, nós temos que ter uma participação social junto a nossa comunidade, e eu estou indo em busca desse objetivo DELFINGONZALEZ,PRESIDENTEDOGRUPODELFIN

Melhor Empresário do ano pelo quarto ano consecutivo

R

eferência não apenas pela carreira como profissional de saúde, mas também pelo empreendedorismo, o presidente do Grupo Delfin, Delfin Gonzalez Miranda, conquista, pelo quarto ano consecutivo, o troféu Ouro do Prêmio Benchmarking Saúde Bahia, na categoria Empresário do Ano. “É o reconhecimento dos nossos pares no mercado, pessoas como nós, que estão no dia a dia do trabalho, e isso é muito gratificante”, comemorou Delfin Gonzalez, presidente-fundador do Grupo Delfin. O médico que se tornou empresário e dono de um dos mais importantes empreendimentos de diagnóstico por imagem do país, com atuação focada na região Nordeste, explica que a premiação aumenta a responsabilidade. “A essa altura, crescer é o único caminho possível. E, para tanto, só nos resta trabalhar mais para continuar a oferecer o melhor serviço de imagem”, disse. Dentre as principais realizações do Grupo Delfin, está o recém-inaugurado Complexo Médico Delfin (CMD), em Lauro de Freitas (BA). Trata-se de um espaço especializado no tratamento do câncer, que abrange todas as etapas da radioterapia. Além disso, é o primeiro centro brasileiro deste tipo pertencente inteiramente à iniciativa privada. Inaugurado em julho de 2014, o CMD recebeu aporte de R$ 60 milhões e irá gerar mais de 300 empregos. Dividido em quatro setores, o complexo oferece serviços de radioterapia, diagnóstico por imagem, centro de medicina nuclear, além da Biofármaco, primeira unidade do Norte-Nordeste a produzir e comercializar o Fluordeoxiglicose-18 (FDG), biomarcador

necessário para a realização de uma das modalidades de exames mais precisas no diagnóstico do câncer: o PET-CT. Além da Bahia, a Biofármacos também atende a demanda de estados como Pernambuco, Ceará, Sergipe, Rio Grande do Norte, Paraiba, Rio de Janeiro e Brasília. O empreendimento é o reflexo de um crescimento expressivo em 36 anos de história do Grupo Delfin, com uma aceleração notável nos últimos quatro anos. Fundado em 1986, atualmente o Grupo administra uma rede de 14 empresas, sendo dez unidades de medicina diagnóstica com atuação no Nordeste, e tem faturamento na ordem dos R$ 120 milhões. Além disso, a empresa realiza todos os tipos de exames de diagnóstico por imagem e também é a que possui o maior número de ressonâncias magnéticas em uma única unidade.

19

“Um trabalho realizado com a preocupação em oferecer qualidade, segurança e tranquilidade aos nossos clientes e, principalmente, fazer com que nossos médicos tenham a tranquilidade de resolução e de se posicionar em relação ao tratamento”, declarou Gonzalez. “O desafio é a nossa praia. E agora, a principal meta é nos manter neste caminho, pensando em um crescimento estável, sem muitas invenções”, disse. Ainda segundo o empresário, o premio Benchmarking Saúde Bahia é um parâmetro de qualidade necessário para o mercado de saúde porque estimula o crescimento e a concorrência. “Além disso, penso que, como empresários, nós temos que ter uma participação social junto a nossa comunidade, e eu estou indo em busca desse objetivo”, completou Gonzalez.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2013

19


EXECUTIVO DO ANO I EDUARDO QUEIROZ

EDUARDO QUEI ROZ (SUPERINTENDENTE DE SAÚDE)


Busco na simplicidade a forma de conduzir o direcionamento das soluções das equações por vezes consideradas impossíveis EDUARDOQUEIROZ,SUPERINTENDENTEDESAÚDEDASANTACASADEMISERICÓRDIADABAHIA

Experiência e foco na melhoria da qualidade da prestação dos serviços

S

uperintendente de Saúde da Santa Casa de Misericórdia da Bahia desde 2011, Eduardo Queiroz venceu pela terceira vez o Prêmio Benchmarking Saúde Bahia, na categoria Executivo do Ano. Tricampeonato que o gestor atribui à forma como ele cultiva os relacionamentos e consegue entender os anseios dos seus públicos. “Trata-se de um grande presente concedido pelos meus colegas, representantes do mercado de saúde do nosso estado. E isso me deixa muito feliz e ainda mais motivado para a continuidade da minha carreira”, comemorou o gestor, que há 15 anos atua no setor de saúde. Pernambucano, Eduardo Queiroz iniciou a carreira aos 16 anos, e aos 21 se tornou gerente de uma grande empresa. Após entrar no mercado de saúde, a perspectiva de continuar participando de projetos que proporcionam uma melhoria de acesso da população aos serviços de saúde, além da perspectiva de gerar novos valores para a cadeia, é um dos fatores que movem o executivo. “Tenho a convicção de que, apesar do subfinanciamento do sistema, ainda somos muito ineficientes. A ausência de padrões bem definidos nos diversos processos de gestão tem provocado um relevante desperdício de recursos na maioria das instituições. Portanto, precisamos ser incansáveis na busca pela eficiência e pela padronização dos processos, de modo que os eventos subjetivos envolvidos na gestão dos serviços não ganhem espaço e não sejam argumentos para a perpetuidade de problemas”, complementa o executivo.

“Atuamos através da promoção de ações que contribuam com um ambiente de aprendizado contínuo em torno das melhores práticas, tanto com referência às técnicas aplicadas na assistência aos pacientes, como o aprimoramento da gestão que auxilia no uso inteligente dos recursos e maximiza o acesso da população a um ambiente seguro e de alta resolubilidade”. É dessa forma que Eduardo Queiroz contribui para que os conceitos de liderança corporativa sejam aplicados de forma eficiente no ambiente hospitalar e nos processos de qualidade. Tudo isso, acrescenta o executivo, deve estar apoiado por um amplo estabelecimento e acompanhamento de políticas organizacionais que priorizem o indivíduo, seja ele colaborador, ou cliente, como centro das atenções, traduzindo-se em bem-estar e motivação. Sobre liderança, o executivo acredita que este seja um atributo que todo profissional deve buscar. “Um líder consegue formar equipes de alta performance em ambientes de alta motivação, independente dos desafios. Um verdadeiro líder tem qualidades que vão desde o foco no alcance dos objetivos até a dedicação aos detalhes inerentes às pessoas, aos projetos e à instituição”, acrescenta Queiroz.

21

Para tanto, Eduardo Queiroz faz questão de agradecer a todos os colegas da Santa Casa de Misericórdia da Bahia pela contribuição que ele considera decisiva para a coquista do Prêmio Benchmarking Saúde. “Foram várias ideias e ações patrocinadas pela equipe. Manifesto aqui o meu agradecimento e o prazer de fazer parte desse time de profissionais e de uma organização longeva como a Santa Casa de Misericórdia”, completa.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2013

21


GESTOR PÚBLICO I JORGE SOLLA

JORGE SOLLA (SECRETÁRIO DE SAÚDE DO ESTADO DA BAHIA ENTRE 2007 E 2014)


Nossa gestão foi marcada pela quebra de tabus. Foram firmadas parcerias muito positivas, com bons resultados para os dois lados, a exemplo do Hospital do Subúrbio JORGESOLLA,EX-SECRETÁRIODESAÚDEDOESTADO

Experiência e dedicação marcam gestão pública de saúde

C

om um perfil negociador e experiente na execução de projetos ligados à área de saúde pública, Jorge Solla traçou uma trajetória de sucesso à frente da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia, pasta que comandou de janeiro de 2007 a janeiro de 2014. Vencedor do troféu ouro do Prêmio Benchmarking 2013 na categoria Gestor Público, ele acredita que o maior desafio na administração do sistema de saúde do estado é buscar ter mais possibilidades para atender novas demandas que surgem a cada dia. “É uma tarefa que demanda um perfil de negociação e articulação de esforços para integrar diversos atores do Sistema Único de Saúde e fazer o máximo com o pouco de recursos disponíveis para a saúde pública”, analisa o gestor. Solla reconhece a importância da longa experiência que acumulou atuando na área de saúde pública, seja na academia ou nas diferentes esferas de governo. Ele relembra sua atuação como sanitarista da Secretaria da Saúde do Estado nos anos 90, na coordenação de residência de Medicina Social da Ufba, do doutorado concluído em paralelo à atual gestão e do trabalho realizado no Instituto de Saúde Coletiva. Em sua passagem à frente da Saúde do Estado, Solla faz uma avaliação positiva do legado que deixou para a população. “A marca mais forte que deixarei é a ampliação do acesso, com o crescimento do SUS na capacidade de acolher o cidadão e resolver os seus problemas”, afirma. Ele também elenca cada uma das realizações da Secretaria da Saúde do

Estado da Bahia (Sesab), desde o início do governo de Jaques Wagner, entregas que vão dos cinco novos hospitais, com a criação de 1.300 leitos, passando pelos mais de mil postos de Saúde da Família construídos com recursos federais e estaduais, a realização do primeiro concurso público estadual para médicos em 15 anos e a contratação de mais de oito mil servidores, entre outras. Na esteira do desenvolvimento do sistema de saúde pública no estado, o ex-secretário também destaca as parcerias importantes com mercado de saúde privado na Bahia. “Nossa gestão foi marcada pela quebra de tabus. Foram firmadas parcerias muito positivas, com bons resultados para os dois lados, a exemplo do Hospital do Subúrbio”, apontou Solla. Esta unidade foi a primeira construída através de parceria público-privada no Brasil. “Além disso, estamos recuperando instituições privadas que, se não fosse a atuação do poder público, não estariam funcionando”, reflete o gestor, que lista também as contratações feitas pelo governo estadual de leitos hospitalares junto ao Hospital da Bahia, Hospital Salvador, Hospital Agenor Paiva, Hospital Evangélico e Hospital Alaíde Costa, todos localizados em Salvador.

23

No interior da Bahia, o ex-secretário planejou e executou reformas em hospitais nas cidades de Vitória da Conquista, Ilhéus, Jequié, Feira de Santana, Juazeiro e Camaçari. “Não podemos deixar de destacar a prioridade que o governador Jaques Wagner tem dado para a saúde. Mais do que dobramos os recursos nesta área na Bahia e isso possibilitou a melhora da rede”, pontua.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2013

23


Responsável Técnico: Dr. João Braulio N. Macedo - CRM 3706

HOSPITAL-DIA I ITAIGARA MEMORIAL

EQUIPE DO ITAIGARA MEMORIAL HOSPITAL DIA


Nosso objetivo é propiciar um ambiente que ofereça melhores condições de trabalho e menor tempo de espera para os pacientes EDUARDOCRUZ,GERENTECOMERCIALDOITAIGARAMEMORIAL

Qualidade, humanização e tecnologia são diferenciais do Itaigara Memorial

C

riado no final da década de 1990, o Itaigara Memorial é um dos pioneiros no Brasil no conceito de hospital-dia com múltiplas especialidades. A instituição de saúde foi criada com o objetivo de suprir uma lacuna que existia no setor hospitalar baiano. O conceito é baseado no regime de assistência de procedimentos de pequeno e médio portes em que a permanência do paciente dure no máximo de 12 horas. Com uma filosofia de atendimento que tem como essência a aplicação de protocolos de segurança, a unidade do grupo Brasil Memorial S/A Empreendimentos e Participações foi vencedora de todas as edições do Prêmio Benchmarking Saúde, na categoria ouro do segmento hospital-dia. A premiação, em sua quarta edição, elegeu os melhores do setor no Nordeste, apresentando uma avaliação criteriosa, transparente e com credibilidade. Buscando sempre superar as expectativas de pacientes, médicos e fornecedores, a humanização é um dos destaques, pois as vantagens oferecidas pela instituição são inúmeras, como a excelência dos equipamentos e das instalações, assistência personalizada, agilidade no atendimento, conforto, comodidade, além do acolhimento e segurança para pacientes e corpo médico. “Nosso objetivo é propiciar um ambiente que ofereça melhores condições de trabalho, menor tempo de espera no centro cirúrgico e o mínimo de burocracias para o agendamento de um procedimento, podendo o profissional utilizar o seu tempo para melhor atender a seus pacientes ou mesmo atender um maior número deles”, acrescenta Eduardo Cruz, que ressalta a segurança,

a tecnologia e a humanização como alguns pontos fortes da filosofia de atendimento da instituição. Demonstrando a preocupação em oferecer um serviço com credibilidade e respaldo, em 2013 o Itaigara Memorial iniciou o processo de acreditação, através da contratação do Consórcio Brasileiro de Acreditação (CBA), representante no Brasil da Joint Commission International (JCI), entidade acreditadora, para avaliar uma série de requisitos e padrões de atendimento aos pacientes, com foco na melhoria da segurança e na qualidade do cuidado. “Demos continuidade às práticas de assistência e segurança do paciente, realizando cada vez mais ações efetivas, proporcionando redução de atos inseguros na prática assistencial, levando à obtenção do melhor resultado para o paciente e mais credibilidade para a instituição”, explica Eduardo Cruz. Para acompanhar as ações, a instituição criou um comitê de segurança do paciente, constituído por uma equipe multiprofissional com a atribuição de desenvolver, acompanhar e avaliar a efetividade das práticas diárias das metas internacionais de segurança.

25

Para ampliar em até 75% o número de atendimentos na área, o Itaigara Memorial Hospital Dia (IMHD) inaugurou em agosto de 2014, um novo e moderno centro especializado em Gastro-Hepato Endoscopia. A nova unidade faz parte do complexo médico do IMHD e funciona em um espaço exclusivo, localizado na Alameda das Espatódeas, no bairro Caminho das Árvores, em Salvador. Contando com nove consultórios, sete salas de exames e 24 leitos, o centro proporcionou 120 empregos diretos, entre equipe administrativa e técnica.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2013

25


Responsável Técnico: Dr. Ruy Cunha - CRM/BA 5775

HOSPITAL-DIA I DAYHORC

RUY CUNHA (PRESIDENTE DO DAYHORC HOSPITAL DE OLHOS)


Nossa missão é entregar um serviço de excelência, mas também pretendemos nos tornar um conceito no segmento de oftalmologia RUYCUNHA,PRESIDENTEDODAYHORCHOSPITALDEOLHOS

Tradição e tratamento humanizado em serviços de oftalmologia

N

os últimos 30 anos, novas técnicas, equipamentos e tecnologias surgiram para aprimorar os procedimentos e resultados dos serviços oftalmológicos e o DayHORC – Hospital de Olhos Ruy Cunha sempre trabalhou atento a essa demanda. Ao mesmo tempo, a empresa exerce esse processo de atualização em paralelo com uma cultura de benefícios através não só da redução de riscos, mas também da redução de custos. Cultura que levou o DayHORC a ser premiado com o segundo lugar do Prêmio Benchmarking Saúde Bahia, na categoria Hospital-Dia, além de figurar em todas as quatro edições do Prêmio em outras categorias, como melhor Serviço de Oftalmologia do Estado. Empresa de origem familiar, fundada no município de Itabuna (BA), há mais de 30 anos, o DayHORC se tornou uma referência nacional em o ftalmologia, sempre atento às novidades do setor, especialmente em relação às novas técnicas a laser e à realização de tratamentos menos invasivos. “Este é o reconhecimento de um trabalho de muitas mãos: desde os consultores, passando pela alta gestão e, especialmente, médicos e colaboradores que, ligados diretamente ao público, entregam a excelência aos pacientes”, comemora o fundador e cirurgião master do hospital, o médico Ruy Cunha, presidente do DayHORC. Reunindo conforto e segurança, dentro dos padrões normativos de um hospital, o DayHORC apresenta uma estrutura humanizada que abrange

quatro unidades espalhadas por todo o estado. O hospital conta também com um centro cirúrgico equipado com laser de Femtosegundo e Excimer – combinação que tem possibilitado excelentes resultados visuais e refrativos em diversos pacientes para tratamento da catarata e cirurgia refrativa –, além de equipamentos de última geração para o diagnóstico precoce, tecnologias de ponta, e uma equipe qualificada e com capacitação contínua. “O objeivo é manter uma equipe médica e de colaboradores bem selecionada, treinada e capacitada continuamente para diagnosticar e tratar as enfermidades oculares com muito humanismo, dedicação e amor”, acrescenta Cunha.

27

“A saúde ocular é algo mais amplo do que a oftalmologia, uma vez que a nossa tarefa é conseguir fazer chegarem todos os recursos disponíveis para a população. O oftalmologista é apenas uma ponta da entrega de todos esses benefícios”, ressalta Ruy Cunha, que investiu continuamente nessas últimas décadas em novos suportes tecnológicos. Atualmente, o empreendimento abrange as cidades de Itabuna, Eunápolis, Salvador e outros municípios no estado, através do projeto Saúde em Movimento, em parceria com a Secretária de Saúde do Estado da Bahia (Sesab). “Também pretendemos nos tornar um conceito no segmento de oftalmologia”, explica Cunha. Ainda segundo o presidente do DayHORC, ser referência e se manter no topo não é fácil. “Em todos os momentos, nos remetemos aos ensinamentos que nos ajudam a solidificar a nossa humildade, trocando conhecimentos e respeitando os nossos concorrentes, pois são eles que nos motivam a crescer”, completa.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2013

27


Responsável Técnico: Ricardo Madureira - CRM 12793

HOSPITAL FILANTRÓPICO I SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DA BAHIA

AO CENTRO, O PROVEDOR DA SANTA CASA, ROBERTO SÁ MENEZES, ACOMPANHADO À ESQUERDA PELOS DIRETORES RICARDO


As intervenções para o envolvimento do corpo multiprofissional da Santa Casa de Misericórdia da Bahia fortaleceram a gestão profissionalizada ROBERTOSÁMENEZES,PROVEDORDASANTACASADEMISERICÓRDIADABAHIA

Investimentos, tradição e o paciente no foco da assistência

O

s mais de quatro séculos de história somados aos investimentos constantes na modernização de equipamentos, instalações e na capacitação dos profissionais levaram o Hospital da Santa Casa da Bahia – o Santa Izabel – a se tornar uma instituição de referência nos setores de cardiologia (reconhecido como centro de alta complexidade pelo Ministério da Saúde), neurologia, oncologia e ortopedia. A gestão que privilegia princípios éticos e filosóficos levou a instituição ao segundo lugar no Prêmio Benchmarking Saúde Bahia, na categoria Hospital Filantrópico. “É o reconhecimento do trabalho e da dedicação de todos os nossos colaboradores na prática da medicina moderna e responsável”, disse o provedor da Santa Casa, Roberto Sá Menezes. Antigo Hospital da Caridade, fundado por Thomé de Souza, em 1549, o Santa Izabel é uma unidade geral de alta complexidade que atende mais de duas mil pessoas diariamente, entre usuários do SUS, beneficiários dos principais planos de saúde e pacientes particulares. Recentemente, atravessou uma das mais abrangentes reestruturações da história, em sintonia com a vocação secular de colocar o paciente como foco central da assistência. “Em 2013, os investimentos foram da ordem de R$ 16,1 milhões. Parte deles foi direcionada para o fortalecimento e a ampliação dos serviços ofertados, por meio da atualização e do aprimoramento das nossas equipes, aquisição de equipamentos, tecnologias e realização de obras, sobretudo no que se refere às especialidades estratégicas do

hospital – cardiologia, ortopedia, neurologia e oncologia”, explica Menezes. “As intervenções para o envolvimento do corpo multiprofissional dos mais de cinco mil colaboradores da Santa Casa – 3,7 mil apenas no Hospital Santa Izabel – fortaleceram a gestão profissionalizada, além de consolidarem a cultura de avaliação do desempenho”. Ainda segundo Menezes, o corpo clínico, que adotou o modelo da assistência humanizada na relação entre médicos, pacientes e familiares, tem participação nas medidas institucionais, a exemplo do planejamento estratégico, gestão técnica assistencial e elaboração do conjunto de protocolos multiprofissionais, com foco na acreditação, recentemente conquistada em Nível Pleno. Certificado desde 2012 pelos ministérios da Educação e da Saúde como Hospital de Ensino e Pesquisa, o Santa Izabel é o principal centro formador de saúde da Bahia, com 116 vagas anuais de residência médica, em 16 especialidades, 270 de estágio, 100 de internato médico e convênio com sete instituições de ensino superior. Com uma estrutura de 525 leitos, sendo 85 de UTI, a unidade realiza anualmente 160 mil consultas ambulatoriais, 14 mil cirurgias, 230 mil procedimentos e 1,4 milhão de exames.

29

Ao SUS, destina 225 leitos, sendo 25 de UTI. “O Santa Izabel é um dos dois hospitais que realizam o maior número de cirurgias cardíacas na Bahia. Detém a maior produção de procedimentos em cardiologia intervencionista e uma das maiores produções de procedimentos de alta complexidade, especificamente em ortopedia, além de oferecer o segundo maior centro de cirurgias oncológicas do estado”, completa Menezes.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2013

29


Responsável Técnico: Dr. José Ernesto Oliveira Gomes - CRM 10622

HOSPITAL PRIVADO INTERIOR DO ESTADO I HOSPITAL SAMUR

EQUIPE DO HOSPITAL SAMUR


O Hospital SAMUR possui diversas especialidades e serviços à disposição da comunidade, com equipe multidisciplinar capacitada LÚCIADÓRIA,GESTORADENEGÓCIOSDOHOSPITALSAMUR

Atendimento de excelência que serve ao interior do estado

H

á 43 anos oferecendo atendimento de excelência no interior do estado da Bahia, o Hospital SAMUR – Serviço de Assistência Médica e Urgência S.A. – promove o crescimento do setor de saúde além da capital baiana, com profissionalismo, humanização, integração com a comunidade e inovação. Sediado em Vitória da Conquista (BA), a unidade conquistou, pelo terceiro ano consecutivo, o troféu ouro no Prêmio Benchmarking Saúde Bahia, na categoria Hospital Privado (Interior do Estado). “Esta premiação significa para nós o reconhecimento de todo um trabalho voltado para a satisfação dos nossos clientes, e é também um incentivo para melhorarmos cada vez mais os nossos serviços”, comemora Lúcia Dória, gestora de negócios do Hospital SAMUR. Ainda segundo a gestora, a premiação é uma iniciativa consagrada, que engrandece o mercado de saúde da Bahia e que precisa ser aperfeiçoado a cada ano. Investimentos realizados em novos equipamentos – como o recém-inaugurado setor de radioterapia –, implantação da Gestão pela Qualidade com a certificação ISO 9001, processo de humanização no atendimento, capacitação periódica dos colaboradores e constante qualificação dos profissionais que trabalham no hospital. Estas foram as principais medidas que, segundo Lúcia Dória, tornaram a instituição referência em saúde no interior do estado da Bahia. “Além disso, o Hospital SAMUR é uma instituição de saúde que possui diversas especialidades e serviços à disposição da comunidade, com equipe multidisciplinar capaci-

tada”, completa a gestora. Pioneiro na região do Sudoeste baiano na obtenção da certificação ISO, pode-se dizer também que o Hospital SAMUR está em constante processo de desenvolvimento. Depois de montar o moderno Centro de Imagem e Hemodinâmica – considerado um serviço de excelência em oncologia e com certificação ISO –, a unidade, que também realiza procedimento, oferece serviços de alta complexidade e possui a maior UTI da região, prevê ainda novos investimentos. Além disso, Lúcia Dória reforça o empenho do hospital na valorização dos colaboradores, fornecedores e parceiros e concorrentes. Ela reforça ainda, que o Hospital SAMUR vem investindo constantemente em equipamentos de alta tecnologia, infraestrutura e, inclusive, respeitando questões que envolvem sustentabilidade, já que foi a primeira instituição de saúde, em todo o estado da Bahia que conseguiu, no ano de 2006, uma licença ambiental.

31

Preocupado com a qualidade dos serviços prestados, o Hospital SAMUR também mantém um cronograma de educação continuada para todos os colaboradores da instituição, com foco na humanização do atendimento aos pacientes da unidade, que recebem cuidados e atenção especiais, promovendo, assim, alto índice de satisfação por parte destes. “Trabalhamos sempre buscando a excelência nos processos e há 43 anos respeitando a vida”, reforça Lúcia Dória. Com investimento de aproximadamente R$ 11 milhões, em 2013 foram concluídas as instalações do moderno Serviço de Radioterapia, que envolveu a aquisição de equipamentos modernos, e contratação e treinamento de equipe multidisciplinar.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2013

31


Responsável Técnico: Dr. José Tomaz do Nascimento - CRM 4613

HOSPITAL PRIVADO INTERIOR DO ESTADO I MATERNIDADE SANTA EMÍLIA

JOSÉ TOMAZ DO NASCIMENTO (DIRETOR MÉDICO DA MATERNIDADE SANTA EMÍLIA)


A previsão é aumentar os investimentos nos serviços ambulatoriais, devido ao aumento significativo da demanda por esse tipo de JOSÉTOMAZDONASCIMENTO,DIRETORMÉDICODAMATERNIDADESANTAEMÍLIA

Serviços de qualidade em ginecologia, obstetrícia e neonatologia

A

tuando há mais de 20 anos no mercado de saúde de Feira de Santana (BA), a Maternidade Santa Emília oferece serviços na área de ginecologia e obstetrícia. Ao longo dos anos, o grupo de empreendedores que compõe a instituição percebeu a necessidade de aumentar o número de leitos destinados às gestantes devido ao crescimento econômico que a cidade vem atravessando. Expertise que, aliada à tradição, permitiu à unidade a conquista do terceiro lugar do Prêmio Benchmarking Saúde Bahia, na categoria Hospital Privado (Interior do Estado). Segundo José Tomaz do Nascimento, diretor médico da Maternidade Santa Emília, todo esse tempo garantiu à empresa embasamento suficiente para se adquirir conhecimento técnico e transmitir ao público segurança nos serviços oferecidos. “A terceira colocação significa o reconhecimento do nosso trabalho não somente por parte do nosso público-alvo, mas também por profissionais da área de saúde de todo o estado”, afirma o gestor. Tomaz explica ainda que o ano de 2013 foi um período de desafios. “Ousamos em ser a primeira maternidade da cidade de Feira de Santana a implantar uma UTI neonatal da rede hospitalar privada. Além disso, tivemos o cuidado de trabalhar com uma equipe especializada em neonatologia e hoje, após pouco mais de um ano, conseguimos superar as expectativas do mercado. Portanto, a premiação é altamente gratificante, afinal são colegas que entendem da área de saúde e isso é uma garantia de que estarmos trilhando o caminho certo”, disse. Em

2005, a Santa Emília foi reconhecida pelo mercado de saúde como uma das empresas que realmente se preocupam com a qualidade de vida e o bem-estar dos seus clientes. Mas a grande alavancada ocorreu em junho de 2013, quando a unidade inaugurou a primeira UTI neonatal particular. “Quando decidimos presentear a população com mais de 40 novos leitos, idealizamos minimizar os previsíveis problemas da dificuldade de encontrar vaga disponível em UTI neonatal pública e o risco ao qual o paciente ficava exposto durante essa transferência. Para a concretização de uma estrutura que atendesse às novas exigências do mercado, com os melhores equipamentos, a unidade também precisou realizar elevados investimentos. “Contudo, posso garantir que a nossa preocupação atualmente é manter a satisfação dos nossos pacientes e investir em qualquer novidade que venha a surgir na área de ginecologia, obstetrícia e neonatologia”, disse o gestor.

33

“A previsão para os próximos anos é aumentar os investimentos nos serviços ambulatoriais, devido ao aumento significativo da demanda por esse tipo de atendimento, uma vez que as gestantes começaram a perceber que a Santa Emília encontra-se preparada para acolher também recém-nascidos prematuros”. Com isso, a Santa Emília vem reafirmar os valores estimados pela empresa, tais como fascinar seus clientes através da excelência no atendimento e melhoria contínua. Além disso, o gestor assegura que é imprescindível investir em treinamento para adicionar cada vez mais conhecimento à equipe.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2013

33


Responsável Técnico: Dr. Edvaldo Barros CRM/BA 4128

HOSPITAL PRIVADO INTERIOR DO ESTADO I HOSPITAL SEMED

DR. LUIZ PEDROZA (DIRETOR PRESIDENTE), HÉRIKA PEDROZA (DIRETORA ADMINISTRATIVO-FINANCEIRA) E DR. EDVALDO BARROS (DIRETOR MÉDICO)


É gratificante ter o reconhecimento pelos esforços realizados ao longo dos nossos 40 anos LUIZ PEDROZA, DIRETOR PRESIDENTE DO HOSPITAL SEMED

Tradição e inovação para se tornar referência no interior do estado

H

á 40 anos, o Hospital Semed iniciou sua trajetória em prestação de serviços médicos e hospitalares para a promoção da saúde. Localizado na cidade de Camaçari, no interior da Bahia, a instituição busca, desde o seu nascimento, inovação e excelência nos processos para ser fonte de referência hospitalar aos mais de 281 mil habitantes da cidade onde possui presença de atuação. Pautada no comprometimento e nas boas práticas de gestão, a instituição foi reconhecida como segunda colocada do Prêmio Benchmarking Saúde Bahia, na categoria Hospital Privado (Interior do Estado). “Esse é o resultado de um trabalho planejado e executado com toda dedicação e empenho”, ressalta Dr. Luiz Pedroza, diretor presidente do Hospital Semed. Em acordo com as transformações e avanços tecnológicos do setor de saúde, o Hospital Semed busca aperfeiçoar de forma contínua todas as conquistas alcançadas pela instituição, cujo foco é oferecer o que há de melhor aos seus pacientes. Pensando nisso, no ano de 2013, investiu na transformação estrutural da unidade e passou a contar com novos investimentos em espaço físico, que possibilitaram a ampliação dos serviços prestados, e realizou aquisição de equipamentos de alta tecnologia, que permitiu aos médicos especialistas maior agilidade nos resultados e trouxe mais segurança no diagnóstico ao paciente. Além disso, concretizou a otimização do sistema de gestão e deu prioridade à capacitação dos profissionais que fazem parte do hospital. “Utilizamos estratégias que viraram números de sucesso, pois o nosso crescimento, desde 2010, foi notório

e significativo. O resultado desse trabalho é termos nos transformado em uma empresa hospitalar mais planejada, com ações expressivas que orientam os rumos do nosso futuro e oferecem aos nossos pacientes, instalações modernas, confortáveis e que garantem acolhimento e atendimento diferenciado”, explica Dr. Pedroza, que ressalta, ainda, a contribuição de todas as transformações realizadas pelo hospital para o avanço do setor de saúde no estado. “Acredito que quando uma parte busca evoluir, desafia e convida todas as outras envolvidas na causa a melhorar e crescer juntas”. Dentre os principais feitos que visaram preparar o Hospital Semed para a conquista do Prêmio Benchmarking Saúde 2013, pode-se elencar a execução do planejamento estratégico da instituição, que prima pela padronização dos processos internos e a excelência na prestação dos serviços de assistência médica e de enfermagem; a otimização do sistema de gestão, que permite uma visão macro dos procedimentos e orienta a visão de futuro do hospital; a ampliação e o aprimoramento de serviços já prestados, terceirizando serviços laboratoriais e de bioimagem com empresas que são referência no estado e que, de forma significativa, somaram à qualidade da instituição. Seguindo essas premissas, o Semed investe também em práticas de credibilidade, como a implantação de protocolos clínicos, segurança para o paciente e a padronização de procedimentos internos. “É gratificante ter o reconhecimento pelos esforços realizados ao longo dos nossos 40 anos. Eles refletem a preocupação do hospital com a qualidade e o bem-estar daqueles que confiam em nosso trabalho”, finaliza Dr. Pedroza.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2013

35

35


Responsável Técnico: Magda Vasconcelos - CRM 8303

HOSPITAL PRIVADO (PEQUENO E MÉDIO PORTES) I CÁRDIO PULMONAR

DIRETOR SUPERINTENDENTE, FRANCISCO PELTIER (CENTRO), AO LADO DOS DIRETORES MÁRCIO SILVEIRA (ADMINISTRATIVO), MAGDA VASCONCELOS (DIR. TÉCNICA), IOLANDA ROCHA (QUALIDADE E SEGURANÇA) E GUILARDO FIGUEIREDO (FINANCEIRO)


No novo símbolo, estão exteriorizadas as premissas do Cárdio Pulmonar, com foco na excelência do atendimento para a promoção da saúde integral do paciente e de suas famílias IOLANDAPELTIER,DIRETORADEQUALIDADEESEGURANÇA

Crescimento sólido e planejado tem foco na sustentabilidade

D

os 13 leitos de 1977, quando da sua inauguração, aos 230 projetados para 2016, o CP200, como é chamado o projeto do novo Hospital Cárdio Pulmonar, é mais do que um plano de expansão da capacidade de atendimento e modernização dos recursos diagnósticos e terapêuticos. Significa a consolidação de um modelo de assistência multidisciplinar, construído com base na ética, na competência, na humanização e no comprometimento. Ganhador do troféu ouro do Prêmio Benchmarking Saúde na categoria Hospital de Pequeno e Médio Porte, o Cárdio Pulmonar implantou uma cultura organizacional que valoriza a participação de todos os líderes da instituição, permite a integração das equipes e tem a satisfação dos clientes como principal meta. “Nosso objetivo é difundir a cultura organizacional e garantir o crescimento sustentado, baseado em descentralização, autonomia, confiança e com foco nos resultados”, afirma o diretor-superintendente, Francisco Peltier. O processo de reforma e ampliação do hospital, que dará origem a uma unidade de alta complexidade, será feito sem a interrupção das atividades, uma vez que acontece de forma gradual e criteriosa, com vistas a manter a excelência da prestação de serviços. A partir da realização de amplos estudos, modernos recursos tecnológicos e da área de en-

genharia serão utilizados para gerar o mínimo de resíduo, reduzindo, inclusive, as interferências na vizinhança e os impactos ambientais. Como explica a diretora de Qualidade e Segurança, Iolanda Peltier Rocha, “para dar suporte à ampliação e garantir o pleno funcionamento do hospital, foram implantadas duas unidades externas no seu entorno”. O Centro Médico permite a continuidade do atendimento ambulatorial e dos serviços diagnósticos e terapêuticos e o prédio administrativo (PAD) abriga diversos setores de apoio hospitalar. Com vistas a aprimorar o Plano de Expansão Operacional do Hospital Cárdio Pulmonar, foi contratado o Instituto Israelita de Consultoria e Gestão Albert Einstein. A parceria técnico-científica entre as instituições inclui consultoria em Gestão Hospitalar, Programa de Capacitação para as equipes multidisciplinares e Programa de Gestão do Corpo Clínico, elaboração e acompanhamento do Planejamento Estratégico e do processo de consolidação da Gestão da Qualidade e busca pela Acreditação Hospitalar pela Joint Comission International (JCI).

37

Como reflexo de todos estes investimentos, a marca da instituição também foi totalmente reestruturada, reforçando os valores da cultura organizacional. “No novo símbolo, estão exteriorizadas as premissas do Cárdio Pulmonar, com foco na excelência do atendimento para a promoção da saúde integral do paciente e de suas famílias”, sintetiza Iolanda Peltier Rocha.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2013

37


Responsável Técnico: Dra. Eliane Noya - CREMEB 7990

HOSPITAL PRIVADO (PEQUENO E MÉDIO PORTES) I HOSPITAL JORGE VALENTE

LUIZ AUGUSTO VASCONCELLOS (GERENTE MÉDICO) E ELIANE NOYA (DIRETORA TÉCNICA DO HOSPITAL JORGE VALENTE)


A segurança precisa estar sempre em nosso foco quando se trata de assistência ao paciente ELIANENOYA,DIRETORATÉCNICADOHOSPITALJORGEVALENTE

Modelo assistencial inovador garante maior resolutividade

E

quipe multidisciplinar, promoção de atendimento humanizado e aplicação de metodologias que garantem a segurança e a padronização dos atendimentos são a fórmula encontrada pelo Hospital Jorge Valente (HJV) para oferecer uma assistência moderna, com maior resolutividade. A instituição, que levou o troféu prata do Prêmio Benchmarking Saúde 2013, na categoria Hospital Privado (Pequeno e Médio Portes), investe em processos que permitem um maior nível de interação com seus diferentes públicos, com eficiência nos tratamentos.

pitalistas, que definem, continuamente, a conduta integral a ser adotada em cada caso. Eles se relacionam diretamente com médicos especialistas, equipe multidisciplinar e familiares, promovendo mais segurança e qualidade no atendimento oferecido ao público. “Conseguimos diminuir o tempo de permanência do paciente no ambiente hospitalar. Investimos na desospitalização e home care”, explica o gerente médico do HJV, Luiz Augusto Vasconcellos. A unidade conta, hoje, com uma estrutura de 150 leitos e equipes técnicas integradas e qualificadas para o atendimento em várias áreas, como na emergência, nas unidades de tratamento intensivo e semi-intensivo e no centro cirúrgico.

Depois de se tornar o primeiro hospital baiano a receber a certificação de Acreditado com Excelência, concedida pela ONA, em 2006, a instituição, que completou 38 anos de história, se prepara para a conquista da Acreditação Internacional pela JCI, maior e mais respeitada agência acreditadora do mundo, que avalia a qualidade e a segurança dos serviços prestados na área de saúde. “Já estamos adaptando todas as políticas, rotinas e protocolos. Estas mudanças beneficiam diretamente os nossos pacientes”, avalia Eliane Noya, diretora técnica do HJV. Segundo ela, todos os integrantes da unidade de saúde estão comprometidos com este objetivo. “A segurança precisa estar sempre em nosso foco quando se trata de assistência ao paciente”.

Além disso, o investimento em governança clínica também permite uma série de benefícios na questão da segurança da assistência. O hospital promove treinamentos com os profissionais, se concentra em ações para gestão de riscos, direção e planejamentos estratégicos, além das certificações. O destaque vai para a área de recursos humanos, que oferta cursos in company, como o MBA corporativo de gestão de serviços de saúde, que está em curso e visa ao aprimoramento da equipe de gestores do hospital.

Apesar da dedicação aos padrões internacionais, o Hospital Jorge Valente mantém as estratégias do seu modelo assistencial que o destacou no mercado. Um exemplo é a equipe de médicos hos-

39

Os planos para 2015 vão além da busca do selo da JCI. O Hospital Jorge Valente planeja concluir o projeto de ampliação da sua estrutura, o que permitirá um aumento em 20% da capacidade de atendimento da instituição. “Este investimento tem como objetivo promover, para os nossos pacientes, ainda mais conforto e qualidade”, declara a diretora.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2013

39


Responsável Técnico: Dr.ª Débora Machado de Andrade - CRM 12894

HOSPITAL PRIVADO (PEQUENO E MÉDIO PORTES) I HOSPITAL AEROPORTO

CLARISSA PAIVA, BRÁULIO BRANDÃO E DÉBORA ANDRADE (DIRETORES DO HOSPITAL AEROPORTO)


Nossa estrutura, equipamentos e equipe nos permitem que tenhamos todas as condições de prestar atendimento de emergência sem que o paciente precise sair daqui para nada ALFONSOMANUELCARVALHO,GESTOREXECUTIVODOHOSPITALAEROPORTO

Novos investimentos e gestão profissional garantem reconhecimento

P

ouco mais de uma década após a sua fundação, o Hospital Aeroporto, localizado no limite entre Salvador e Lauro de Freitas, município da Região Metropolitana da capital baiana, continua investindo em seu parque tecnológico e estrutura física. Ganhadora do troféu bronze do Prêmio Benchmarking Saúde 2013, na categoria Hospital Privado de Pequeno e Médio Portes, a instituição adquiriu recentemente um aparelho de ressonância magnética nuclear de 1,5T, um tomógrafo multislice, um aparelho de hemodinâmica, um sistema de radiologia digital e PACS. “Tratam-se de tecnologias mais modernas, com técnicas mais seguras e atualizadas, que garantem resultados mais precisos”, avalia o gestor executivo da unidade, Alfonso Manuel Carvalho. O investimento visou à adequação tanto da tecnologia, quanto do atendimento pessoal, buscando a excelência na prestação dos cuidados ao público. Além da atualização do parque tecnológico, os gestores do Hospital Aeroporto se preparam para iniciar uma reforma na fachada e a ampliação do setor de emergência para atender a demanda de uma das regiões que mais crescem na Região Metropolitana de Salvador. As equipes também passam por treinamentos contínuos, cursos e palestras com o objetivo de atender melhor o público. “Este é um trabalho de longo prazo e que temos dado continuidade a fim

de preparar os nossos colaboradores para oferecer um tratamento humanizado”, garante Carvalho. A equipe de gestores formada por médicos que cuidam da parte administrativa do hospital é apontada como outra estratégia que garante a qualidade do atendimento prestado pela instituição. A diretoria profissionalizada tem se preocupado bastante em executar ações visando à fidelização e atração de novos pacientes. Além de uma equipe profissionalizada e um parque tecnólogico atualizado, a unidade possui quatro recepções externas para os setores ambulatoriais, internação, bioimagem e emergência, além de 81 leitos, que incluem a UTI, apartamentos, unidades de operação clínica e enfermarias. A Unidade de Internação Cirúrgica de alta complexidade conta com salas modernas capazes de realizar atividades como Transfusão de Sangue, Anatomia Patalógica, Anestesiologia, Análises Clínicas, FIsioterapia, entre outras.

41

O Hospital Aeroporto pode atender cerca de 200 pessoas por dia na emergência e 300 no setor ambulatorial. Por conta de sua capacidade de oferecer serviços de alta complexidade, como cirurgias cardíacas, a unidade é comparável às melhores instituições de grande porte da cidade. “Nossa estrutura, equipamentos e equipe nos permitem que tenhamos todas as condições de prestar atendimento de emergência sem que o paciente precise sair daqui para nada”, explica Carvalho.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2013

41


INDÚSTRIA DE GASES MEDICINAIS I WHITE MARTINS

EQUIPE DA WHITE MARTINS


Nossa relação com o setor de saúde é pautada na confiabilidade de nossos serviços e na busca constante de soluções inovadoras para nossos clientes ORLANDOAMORIM,GERENTEREGIONALDENEGÓCIOSDAWHITEMARTINS

Cem anos de história e liderança continental em gases medicinais

E

mpresa centenária, criada em 1912, a White Martins é a maior companhia de gases industriais e medicinais da América do Sul e possui forte presença também no mercado de saúde baiano, onde atua há cerca de 40 anos. E a história no estado da Bahia está sendo celebrada através da conquista do tetracampeonato do Prêmio Benchmarking Saúde Bahia. De acordo com Orlando Amorim, gerente regional de negócios na White Martins, trata-se de um reconhecimento importantíssimo. “Sabemos que a escolha dos vencedores é feita com base em pesquisas realizadas com as principais lideranças do setor hospitalar na Bahia. Uma premiação como essa nos mostra que estamos no caminho certo e nos incentiva a continuar investindo na qualidade de nossos produtos e serviços”, comemorou. “Nossa relação com o setor de saúde é pautada na confiabilidade de nossos serviços e na busca constante de soluções inovadoras”, disse. Ainda segundo o gerente, a companhia foi a primeira indústria de gases a investir na construção de plantas e filiais para atender ao segmento hospitalar, ao polo industrial e às demais indústrias da Bahia com confiabilidade e excelência operacional. “Nossa liderança é fruto de um amplo trabalho realizado nas regiões Norte e Nordeste”, completou o gestor, frisando que a empresa não poderia se limitar às regiões Sul e Sudeste. Visão que demonstra entrosamento com o atual momento de fortalecimento da economia do Nordeste, que atualmente é a maior fronteira de oportunidades do país. Com atuação em nove países, na Bahia, a White Martins foi por

muito tempo a única empresa a atuar no segmento de gases medicinais e também a primeira a construir plantas de separação de gases do ar. E, por isso, sempre teve condições de atender o mercado baiano com tecnologia de ponta, confiabilidade no abastecimento e produtos com alto padrão de qualidade. “Conhecemos as necessidades do setor de saúde na região e não medimos esforços para garantir que os nossos gases medicinais sejam entregues com a pureza que o cliente necessita e no prazo ideal”, explica Amorim. “A liderança é fruto deste relacionamento de longa data e do fato de estarmos sempre trabalhando para a melhoria contínua dos serviços”.

43

“Estamos sempre atentos às novas oportunidades de negócios e não abrimos mão de nosso compromisso com qualidade e inovação. Nossa expertise é compartilhada com os profissionais que ingressam na companhia e contamos com um ambiente de trabalho diverso, onde a geração de ideias é estimulada”, disse Amorim, referindo-se à postura proativa focada na excelência operacional da empresa. Ele afirma ainda que a White Martins continuará investindo nas áreas operacionais para continuar sendo uma referência de qualidade. “Também vamos investir para crescer mais no segmento de atendimento domiciliar”, complementa. “A White Martins não mede esforços para se antecipar às necessidades dos clientes e oferecer as soluções mais inovadoras do mercado, e por isso nós fomos a primeira empresa a obter a Autorização de Funcionamento de Empresa – AFE e as Licenças Sanitárias da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)”, conclui.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2013

43


Responsável Técnico: Dr. Thomaz Cruz - CRM/BA 1869

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLÍNICAS I LEME

DR. THOMAZ CRUZ (PRESIDENTE E FUNDADOR DO LEME) E DRª. MARLA CRUZ (SÓCIA-DIRETORA)


O cuidado é a palavra que melhor define nossa relação com colaboradores e pacientes ao longo de nossa história DRª. MARLA CRUZ, SÓCIA-DIRETORA DO LEME

A cultura do cuidado explica por que o LEME é o laboratório baiano mais premiado

I

nvestir no cuidado de forma global é uma diretriz tão trabalhada no Laboratório LEME que acabou se tornando seu mote corporativo. Adotar o cuidado como premissa no relacionamento com os pacientes, os médicos, os colaboradores, o meio ambiente ou a comunidade traduz o respeito e a importância que o laboratório tem com tudo que o cerca. A dedicação do LEME em proporcionar aos pacientes qualidade, precisão e rapidez nos resultados, sem descuidar do conforto e requinte, foi mais uma vez reconhecida pelo mercado de saúde. Pelo terceiro ano consecutivo, o LEME levou troféu ouro do Prêmio Benchmarking Saúde, na categoria Laboratório de Análises Clínicas. “O cuidado é a palavra que melhor define nossa relação com colaboradores e pacientes ao longo de nossa história”, afirma a sócia-diretora do LEME Drª. Marla Cruz. Esse cuidado com a equipe levou o laboratório a ser reconhecido como uma das melhores empresas na gestão de pessoas no Brasil pela Revista Valor Carreira (2013) e uma das melhores empresas do Brasil para se trabalhar, pela Revista Você S/A (2014) e pelo Great Place To Work Brasil (2014). A adoção de estratégias ambientalmente sustentáveis também é outra preocupação do LEME. Desde 2004, o laboratório funciona com a Licença de Operação Ambiental e, nos últimos dois anos, tem inaugurado unidades ecoconscientes, projetadas dentro do conceito de responsabilidade ambiental, o que envolve aproveitamento de águas pluviais no sistema hidráulico, utilização de

móveis com madeira de reflorestamento, entre outros diferenciais. Além disso, ainda com foco no meio ambiente, um trabalho vem sendo realizado para a implementação dos critérios da ISO 14.001. O cuidado com a comunidade é traduzido através do Programa de Voluntariado Corporativo Sementes do LEME. “Promovemos e incentivamos a participação dos colaboradores na disseminação de conhecimentos com foco em gestão em organizações públicas e/ou sem fins lucrativos da área de saúde”, explica Drª. Marla. Todo este cuidado tem em sua essência a verdadeira razão de ser do LEME: proporcionar aos pacientes a qualidade, a precisão nos resultados e a rapidez necessárias quando o assunto é saúde, sem descuidar do conforto e requinte que se tornaram a marca registrada das unidades de atendimento. O comprometimento da organização com a comunidade e com a vida das pessoas se reflete numa relação de cuidado continuada.

45

O Laboratório LEME é hoje uma referência em seu segmento, com uma história de pioneirismo, inovação e crescimento constante. Este ano, foi apontado novamente pela revista Exame como uma das 250 Pequenas e Médias Empresas que mais crescem no Brasil. E é o Dr. Thomaz Cruz, presidente e fundador do LEME, quem dá a receita para tanto sucesso: “O LEME não sou eu, o LEME não é Drª. Marla apenas, o LEME é toda uma equipe que veste a camisa e que luta pelo nosso sucesso”.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2013

45


Responsável Técnico: Dr. Josemar Fonseca Silva - CRM 1290

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLÍNICAS I LABCHECAP

NOVO CA 1500 AVALIA A COAGULAÇÃO DO SANGUE ATRAVÉS DE TRÊS METODOLOGIAS, QUE GARANTEM UM PROCESSO MAIS SEGURO, RÁPIDO E EFICAZ


Investimentos em inovações como o CA 1500 dão mais qualidade e segurança aos exames dos clientes MAURÍCIOBERNARDINO,DIRETOREXECUTIVODOLABCHECAP

Qualidade do atendimento e foco no cliente garantem crescimento sadio

O

ano de 2013 foi marcado pela expansão do Labchecap. Troféu prata do Prêmio Benchmarking Saúde na categoria Laboratório de Análises Clínicas, a instituição somou 21 unidades em Salvador e Região Metropolitana no último ano, depois de abrir quatro novas unidades nos bairros de Caminho de Areia, Stella Maris, Estrada do Coco, além do Labchecap Kids, no Itaigara. Outra conquista comemorada pela equipe e que representa a estratégia de expansão e gestão focada na satisfação dos clientes foi a compra da Seimi Vacinas, que está disponível nas unidades Kids, Vilas do Atlântico, Barra e Estrada do Coco. Todo este plano de crescimento das estruturas tem se refletido nos números do Labchecap, que completou 30 anos de história. Somente nos últimos 12 meses, foram 25% a mais de exames realizados do que no ano anterior, totalizando 4,9 milhões de testes. Para receber os cerca de 370 mil pacientes por ano, o Labchecap executa estratégias que visem à comodidade e à satisfação dos pacientes. Na nova unidade localizada na Av. Paulo VI, na região da Pituba, por exemplo, o conceito “one stop” foi implantado. “A ideia é que o cliente precisa parar apenas em um lugar para realizar exames laboratoriais ou de diagnóstico por imagem”, afirma Mauricio Bernardino, diretor executivo. Outra novidade foi a implantação do serviço de envio de laudos dos exames pelo endereço de e-mail.

Na área de tecnologia, novos equipamentos cada vez mais precisos e com alto padrão de qualidade foram adquiridos. Entre os novos investimentos está o CA 1500, que avalia a coagulação do sangue através de três metodologias, que garantem um processo mais seguro, rápido e eficaz. “Investimentos em inovações, como o CA 1500, dão mais qualidade e segurança aos exames dos clientes”, avalia Mauricio. Junto ao seu staff, o Labchecap promoveu uma reestruturação do RH, implantou novas políticas de capacitação da equipe e submeteu seus gestores a um curso de gestão de projetos, com o intuito de promover melhorias internas e externas na organização. Além disso, o Programa de Reconhecimento e Recompensa e o Plano de Cargos, Carreiras e Remunerações foram desenvolvidos e implantados.

47

Outro investimento da instituição é na certificação, que confere ainda mais precisão e segurança no atendimento realizado junto aos seus pacientes. O Laboratório tem a Certificação ISO 9001:2008, concedida pela Bureau Veritas Certification, e participa do Programa Nacional de Controle da Qualidade (PNCQ), da Sociedade Brasileira de Análises Clinicas. Os esforços realizados pela equipe do Labchecap acabaram se refletindo no índice geral de satisfação da rede de laboratório. Em 2013, 98% das pessoas que receberam atendimento e participaram da pesquisa de opinião qualificaram a experiência no Labchecap como ótima ou boa.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2013

47


Responsável Técnico: Dr. Tatiana Ferraz - CRF 3437 BA

LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLÍNICAS I LABORATÓRIO SABIN

SANDRA SOARES COSTA E JANETE VAZ (VICE-PRESIDENTE E PRESIDENTE DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DO GRUPO SABIN)


A premiação representa a confiança que nós conquistamos perante a população baiana. Por isso, estamos orgulhosas com o resultado JANETEVAZESANDRASOARESCOSTA,PRESIDENTEEVICE-PRESIDENTEDOCONSELHODEADMINISTRAÇÃODOGRUPOSABIN

Qualidade e inovação tecnológica conduzem expansão

H

á 30 anos as bioquímicas Janete Vaz, goiana de Anápolis, e Sandra Soares Costa, natural de Inhapim, Minas Gerais, tiraram do papel o sonho de empreender e fundaram a primeira unidade do Laboratório Sabin, em Brasília (DF). Inicialmente com apenas três funcionários, o negócio prosperou e hoje o Sabin conta com 138 unidades distribuídas por todo o país. São 74 no Distrito Federal, 13 em Goiás, seis em Minas Gerais, seis em Tocantins, sete no Amazonas, dez no Pará e 22 na Bahia, onde a marca acaba de conquistar o terceiro lugar no prêmio Benchmarking Saúde Bahia, na categoria Laboratório de Análises Clínicas. Para Janete Vaz e Sandra Soares Costa, presidente e vice-presidente do Conselho de Administração do Grupo Sabin, o prêmio representa um indicador de que o Sabin atingiu a estratégia de se consolidar no estado. “É uma validação de tudo o que a gente já realizou em Salvador e Barreiras”, disse Janete Vaz. “Também representa a confiança que nós conquistamos perante a população baiana. Por isso, estamos orgulhosas”, completou Sandra Costa. Dentro do processo de expansão iniciado em 2009, a Bahia foi o primeiro estado contemplado pelo Sabin, através de uma unidade na cidade de Barreiras (BA). Atualmente, são três unidades em Barreiras e mais 19 distribuídas na capital. “O negócio prosperou, impulsionado por três fatores: tecnologia, qualidade e inovação. Somos uma empresa fundamentada em valores e princípios facilmente percebidos na relação entre nossos colaboradores e clientes”, explicou Sandra. Desde 1999, o Sabin possui um sistema integra-

do de gestão, que conta com programas de acreditação e certificações que chancelam sua busca pela excelência. Entre eles, a ISO 9001:2008, norma técnica que estabelece um modelo de gestão de qualidade para organizações; o PALC (Programa de Acreditação para Laboratórios Clínicos); o PELM (Programa de Excelência para Laboratórios Médicos), que atestou índice de 99% de adequação alcançado pelo laboratório, além da ISO 14001, norma de responsabilidade ambiental. Além disso, o Laboratório Sabin é signatário do Pacto Global, iniciativa da ONU e demais empresas para disseminação de práticas e políticas de sustentabilidade social, ambiental e econômico-financeiras. Sandra Soares Costa acrescenta a importância de se investir constantemente em treinamento dos profissionais e inovação tecnológica. “Os pilares da nossa empresa são: qualidade, inovação, tecnologia, sustentabilidade e gestão. Tudo isso nos sustenta e nos ajuda a construir uma organização forte, capaz inclusive de sobreviver em cenários instáveis”, completou.

49

Janete Vaz lembra ainda que a gestão de pessoas é também um dos principais diferenciais na garantia dos serviços de qualidade do Sabin. “Nós temos a seguinte filosofia de gestão: desenvolver, desafiar, reconhecer, recompensar e comemorar. E essa cultura motiva cada vez mais os nossos colaboradores a produzir mais e melhor”, afirma a presidente do Conselho do Grupo Sabin, que acrescenta: “O Prêmio Benchmarking Saúde Bahia mostra de fato quem realmente oferece um trabalho de qualidade, e isso é um grande incentivo para que o mercado de saúde como um todo possa cada vez mais oferecer serviços de excelência”.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2013

49


MEDICINA DE GRUPO I PROMÉDICA

TEREZA VALENTE (PRESIDENTE DA PROMÉDICA)


O Grupo continuará priorizando a relação com a rede de clientes, parceiros e prestadores de serviços, buscando novos desafios e desenvolvimento TEREZA VALENTE, PRESIDENTE DA PROMÉDICA

Comprometimento, tradição e ética na promoção da saúde

A

filosofia empresarial implementada pela Promédica, ao longo de 45 anos de existência, tornou-se uma referência no mercado de saúde. Ganhadora do troféu ouro no Prêmio Benchmarking Saúde de 2013, na categoria Medicina de Grupo, a instituição aposta, tradicionalmente, em programas de Medicina Preventiva para a promoção da saúde e do bem-estar em seus beneficiários. Outro grande diferencial da empresa é sua rede própria de atendimento, formada por seis centros médicos, sendo um especializado em cardiologia e um em fisioterapia, rede de laboratórios Datalab, com unidades em regiões estratégicas de Salvador e Região Metropolitana, além de uma ampla rede credenciada. Atualmente, mais de 30 mil atendimentos mensais são realizados somente nos centros médicos Promédica, entre consultas, exames e procedimentos. Esta rede própria plural e atualizada possibilita um completo atendimento aos beneficiários, com praticidade e segurança, a partir do gerenciamento das unidades. A prova de que o modelo é bem-sucedido se reflete na carteira fidelizada de clientes, que confiam na Promédica ao longo destas décadas de serviços prestados no mercado baiano. Com uma equipe multidisciplinar formada por médicos, enfermeiros, técnicos, nutricionistas, psicólogos, fisioterapeutas e assistentes sociais, a Promédica se compromete em prestar um aten-

dimento que busca prevenir doenças. Entre os programas desenvolvidos pela empresa, estão o Grupo de Diabetes, inscrito na Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), o Serviço de Tratamento para Obesidade da Promédica (Stop), o Grupo de Gerenciamento de Peso e Estilo de Vida, além de programas para Gravidez de Alto Risco, Curso para Gestantes e Planejamento Familiar. Todas estas iniciativas não oferecem custos adicionais para empresas e beneficiários. A administração local das atividades também é apontada como uma vantagem pelos gestores. “Esta realidade permite uma proximidade maior com os clientes, e facilita a tomada de decisões”, garante Tereza Valente, presidente da Promédica. Serviços de orientação aos beneficiários, além de central de marcação de consultas e procedimentos, são controlados diretamente na administração central, em Salvador, permitindo um atendimento de qualidade e personalizado. A empresa também dispõe de uma ouvidoria, com o objetivo de aproximar, ainda mais, os beneficiários da empresa, acolhendo elogios, sugestões e críticas.

51

Mantendo a ética e a responsabilidade social, a Promédica planeja realizar investimentos constantes em unidades próprias com foco em áreas como o diagnóstico por imagem e central de informações médicas, continuando, também, os investimentos em medicina preventiva. “Além disso, o Grupo continuará priorizando a relação com a rede de clientes, parceiros e prestadores de serviços, buscando novos desafios e desenvolvimento”, conclui Tereza Valente.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2013

51


OPERADORA DE AUTOGESTÃO I PLANSERV

MARCO AURÉLIO BORGES (COORDENADOR DE CONTROLE), VITÓRIO TIBIRIÇÁ (COORDENADOR DE RELACIONAMENTO COM BENEFICIÁRIOS), SÔNIA CARVALHO (COORDENADORA-GERAL), VIRGÍNIA ARAÚJO (COORDENADORA DE TI), HÉLIO BRITO (COORDENADOR DA ASTEC) E JOSÉ RAIMUNDO MOTA (COORDENADOR DO FUNSERV).


A assistência conquistou credibilidade no mercado, aumentando o interesse das empresas em manter uma relação negocial com o Planserv, contribuindo assim para ampliação da rede de SÔNIACARVALHO,COORDENADORA-GERALDOPLANSERV

Credibilidade e satisfação dos beneficiários asseguram sustentabilidade

O

equilíbrio econômico-financeiro é apenas um dos resultados do salto gerencial vivenciado pelo Planserv nos últimos anos. Troféu ouro do Prêmio Benchmarking Saúde 2013, na categoria Operadora de Autogestão, a organização tornou-se um case de sucesso ao ressignificar sua imagem fragilizada para uma marca de grande credibilidade, que é pontual no pagamento de contas médicas, promove a satisfação dos seus beneficiários e demonstra sustentabilidade no mercado. “O volume de reclamações caiu e o Planserv é uma marca exposta com destaque em muitas unidades de saúde da rede credenciada”, explica a coordenadora-geral do Planserv, Sônia Carvalho. Além disso, o número de prestadores tem apresentado um forte aumento nos últimos cinco anos, de cerca de 66%. O crescimento de forma sustentável exigiu investimentos em tecnologia. Recentemente, a operadora criou o Planserv Mobile, uma ferramenta que permite o acesso a serviços e informações sobre a rede credenciada, informativos internos e notícias através de celulares e tablets. Outra novidade foi a implantação do Captador Online, um sistema que facilita o envio do faturamento eletrônico ao prestador, tornando este processo mais seguro, uma vez que possibilita a entrada de dados fidedignos e reduz a incidência de glosas referentes às autorizações prévias, be-

neficiários ou biometria inválidos e relatórios de auditória internos incorretos. “Eliminamos o retrabalho da equipe de contas médicas e do próprio prestador”, avalia Sônia. Foi preciso também mudar o processo de credenciamento de prestadores de serviços de saúde, que se tornou mais transparente e passou a exigir qualificações técnicas e regularidade jurídica e fiscal dos interessados. Desde 2007, foram 14 editais de credenciamento de serviços. Atualmente, o Planserv possui 1,5 mil unidades entre clínicas e hospitais em todo o estado. Todas elas possuem um sistema de identificação biométrico, que permite um controle maior em relação ao uso da assistência pelo beneficiário, dificultando o atendimento de pessoas não elegíveis ao plano.

53

O Planserv teve um incremento nas receitas através da Lei 11.615, de 2009, que permite a inclusão de netos de titulares na condição de agregado com permanência máxima até os 35 anos – os quais já somam mais de 52 mil beneficiários. As estratégias gerenciais, a motivação da equipe e implantação da tecnologia impactaram nos resultados da operadora e na qualidade do serviço prestado aos seus públicos. “A assistência conquistou credibilidade no mercado, aumentando o interesse das empresas em manter uma relação negocial com o Planserv, contribuindo assim para ampliação da rede de prestadores”, conclui Sônia.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2013

53


OPERADORA DE AUTOGESTÃO I PETROBRAS

CARLOS ALBERTO RIBEIRO DE FIGUEIREDO (GERENTE-GERAL DA REGIONAL NORTE-NORDESTE DOS SERVIÇOS COMPARTILHADOS DA PETROBRAS)


A companhia evita que o beneficiário se desloque à unidade de alta complexidade para tratamentos de saúde que não requisitem o uso dessas instalações CARLOSALBERTORIBEIRODEFIGUEIREDO-GERENTE-GERALNORTE-NORDESTEDOSSERVIÇOSCOMPARTILHADOSDAPETROBRAS

Satisfação dos beneficiários e investimento em novas tecnologias

C

om olhar voltado para o futuro e sempre atenta às necessidades dos seus beneficiários, a Assistência Multidisciplinar de Saúde (AMS) conquista o troféu prata do Prêmio Benchmarking na categoria Operadora de Autogestão, tendo como importantes investimentos, a otimização dos seus processos e foco na melhoria contínua. Atualmente, a AMS oferece ampla cobertura nacional para cerca de 290 mil beneficiários do Sistema Petrobras e Petros, movimentando R$ 1,4 bilhão por ano com atendimento a usuários de todas as faixas etárias, sejam ativos ou aposentados e seus respectivos dependentes. Para o gerente geral da Regional Norte-Nordeste dos Serviços Compartilhados da Petrobras, Carlos Alberto Ribeiro de Figueiredo, uma característica marcante da AMS é a inovação na assistência, já que, em 2013, foram promovidas melhorias no Benefício Farmácia e no Programa de Assistência à Saúde dos Aposentados. “Nossa equipe tem mantido um olhar cuidadoso e, muitas vezes, minucioso sobre as necessidades dos beneficiários. Um diferencial que nos coloca não só entre as melhores operadoras de saúde do Brasil, como também nos proporciona o grato reconhecimento pelo trabalho desenvolvido”, destaca. No último ano, a AMS atingiu a maior faixa de pontuação do Índice de Desempenho da Saúde Suplementar (IDSS) da União Nacional das Instituições de Autogestão em Saúde (Unidas). Além disso, em pesquisa realizada pela ANS com 1.100 beneficiários da AMS, 88% dos entrevistados afirmaram que a recomendariam como plano de saúde. Em

2013, o programa atendeu 289.470 beneficiários em todo o Brasil, contando com 21.739 instituições/profissionais credenciados, com cerca de 17.639.038 atendimentos que geraram 901.568 autorizações. Em abril deste ano, a AMS ampliou a cobertura do serviço de Assistência Pré-Hospitalar (APH) para o município de Feira de Santana. A APH é a assistência à saúde, para casos de urgência e emergência, fora do ambiente hospitalar. Uma central médica está disponível 24 horas por dia, sete dias por semana, sempre que o beneficiário precisar – desde o esclarecimento de uma dúvida sobre saúde, até orientações para primeiros socorros. “A companhia evita que o beneficiário se desloque à unidade de alta complexidade para tratamentos de saúde que não requisitem o uso dessas instalações. O beneficiário conta com um serviço de urgência e emergência no qual ele não tem custos, pois é totalmente absorvido pela Petrobras. É um benefício importante e que pretendemos estender para outras cidades do Brasil”, esclarece.

55

A Petrobras também está se preparando para uma grande mudança de gestão no benefício AMS, com um investimento significativo em novos sistemas informatizados e novos padrões operacionais, que tornarão os processos mais ágeis e com maior qualidade. A unidade administrativa da AMS na Bahia, que será centralizada no novo prédio Torre Pituba – empreendimento que já é considerado um marco da Petrobras no estado - foi escolhida como polo desenvolvedor destas novas tecnologias que trarão benefícios para toda a comunidade de beneficiários e credenciados da Petrobras em todo o Brasil.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2013

55


SEGURADORA I BRADESCO SAÚDE

MARCIO CORIOLANO (PRESIDENTE DA BRADESCO SAÚDE E DA MEDISERVICE)


Buscamos sempre servir aos colaboradores das empresas que nos confiaram o benefício do seu seguro saúde com excelência de produtos e serviços MARCIOCORIOLANO,PRESIDENTEDABRADESCOSAÚDEEDAMEDISERVICE

Liderança e qualidade no atendimento ao cliente

L

íder no mercado de saúde suplementar no segmento de planos e seguros coletivos, a Bradesco Saúde e sua controlada Mediservice, ambas integrantes do Grupo Bradesco Seguros, contabilizam mais de 92 mil empresas como clientes no Brasil e atendem mais de 4,3 milhões de beneficiários . Os números do conglomerado, que conquistou, pelo quarto ano consecutivo, o Prêmio Benchmarking Saúde Bahia, na categoria Seguradora, demonstram a amplitude dos serviços prestados em todo o país: mais de 90 mil médicos que atendem em mais de 1,8 mil hospitais, 14,2 mil clínicas e cerca de 9,7 mil serviços de imagem e análises laboratoriais, totalizando mais de 90 mil referenciados no país. A operadora é também líder na Bahia, com uma carteira de 340 mil segurados e mais de 12 mil empresas clientes. Em todo o estado, a Bradesco Saúde também conta com rede composta por 2.823 unidades de atendimento – sendo 1.290 clínicas especializadas, 293 consultórios isolados, 153 hospitais, 151 prontos-socorros e 936 serviços de diagnósticos. “A conquista reforça a importância da seguradora no mercado de saúde. Buscamos servir com excelência de produtos e serviços”, declarou Marcio Coriolano, presidente da Bradesco Saúde e da Mediservice. Apostando em produtos que atendem aos diferentes perfis de empresas, o tetracampeonato é o reflexo do comprometimento dos colaboradores. Em 2013, a Agência Nacional de Saúde (ANS) divulgou os resultados da pesquisa inédita de Satisfação dos Beneficiários, por operadora. A Bradesco Saúde e a Mediservice obtiveram ava-

liações muito boas dos clientes: a Bradesco Saúde alcançou percentual de 75,6%, somados os segurados “Satisfeitos” e “Muito Satisfeitos”. Entre os clientes da Bradesco Saúde, 88% o recomendariam o seu plano de saúde para outras pessoas. Já a Mediservice ficou entre as dez operadoras com maior percentual de consumidores “Muito Satisfeitos” (42,5%) e 91,5% de recomendação. A Bradesco Saúde também foi a primeira operadora de saúde brasileira certificada pela metodologia da Acreditação, conferida por instituição externa e independente, nos padrões da ANS, tendo obtido nota máxima, nível 1, consolidando a diretriz quanto ao cuidado com a saúde dos clientes. Além disso, em recente pesquisa realizada pela ABA (Associação Brasileira de Anunciantes), em parceria com a TopBrands Consultoria, a Bradesco Saúde foi apontada como a marca mais defendida pelos clientes na categoria “Planos de Saúde”.

57

De acordo com Marcio Coriolano, o mercado brasileiro de saúde suplementar tem grandes desafios, entre os quais o financiamento sustentável das assistências à saúde, que vem observando custos crescentes em razão da incorporação acrítica de tecnologias e do aumento indiscriminado da demanda por tratamentos sem adequada orientação médica. “Por outro lado, são unânimes as avaliações de que a adoção de hábitos saudáveis por parte da população pode contribuir decisivamente para a reversão da tendência altista de custos médicos. Nesse sentido, as operadoras privadas de saúde têm um papel cada vez mais importante para estimular a mudança de hábitos mediante programas de promoção da saúde e de prevenção de doenças”.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2013

57


Responsável Técnico: Dr. Delfin Gonzalez Miranda - CRM 4875

SERVIÇO DE DIAGNÓSTICO POR IMAGEM I CLÍNICA DELFIN IMAGEM

SEDE DA CLÍNICA DELFIN, NO BAIRRO DO ITAIGARA (SALVADOR-BA)


Temos uma vocação empresarial e, por isso, o nosso objetivo é ser uma referência nacional, com base no Nordeste. GRUPODELFIN,EMCOMUNICADOOFICIAL

Consagração e crescimento expressivo em 36 anos de história

M

aior empresa de diagnóstico por imagem do Nordeste, o Grupo Delfin acaba de conquistar, pelo quarto ano consecutivo, o Troféu Ouro do Prêmio Benchmarking Saúde Bahia, na categoria Serviço de Diagnóstico por Imagem. Considerada o “Oscar” do setor médico-hospitalar, a premiação contempla os principais gestores e instituições de saúde que se destacaram durante o ano, eleitos pelo próprio trade de saúde do estado. “É a coroação da nossa estratégia do ponto de vista empresarial e o reconhecimento do nosso valor por parte dos clientes e colaboradores”, declarou a Delfin Imagem, em comunicado oficial. Aspectos como transparência, tecnologia de ponta e qualificação profissional foram decisivos para que o mercado de saúde contemplasse a Delfin Imagem com o tetracampeonato do Benchmarking Saúde. Título que a companhia classifica como de extrema importância para seguir em frente. “Nos sentimos recompensados e estimulados a buscar novas conquistas”. Pode-se dizer que este é o resultado de um crescimento expressivo em 36 anos de história, com uma aceleração notável nos últimos quatro anos. Fundado em 1986, atualmente, o Grupo Delfin administra uma rede de 14 empresas, sendo dez unidades de medicina diagnóstica com atuação no Nordeste e faturamento na ordem dos R$ 120 milhões. A empresa realiza todos os tipos de exames de diagnóstico por imagem e é a que possui o maior número de ressonâncias magnéticas em uma

única unidade. “Crescer é o único caminho possível e precisamos trabalhar mais para continuar a oferecer o melhor serviço de imagem”, declarou Delfin Gonzalez Miranda, presidente e fundador do Grupo Delfin. Premiado pelo próprio trade de saúde do estado, o Grupo classifica a escolha como parte da estratégia de atingir os stakeholders do mercado. “Temos uma vocação empresarial e, por isso, o nosso objetivo é ser uma referência nacional, com base no Nordeste”, informou a Delfin, que é considerada uma das quatro maiores empresas de diagnóstico do país e única que não tem sede na região Sudeste. “Condição de extrema importância e necessária para que o mercado nos reconheça e para que a gente tenha força para continuar nessa estratégia”.

59

O Grupo Delfin oferece o que há de mais moderno em tecnologia e equipamentos, equipe médica com qualificação internacional e contínua, e tudo isso a torna uma referência. Para tanto, a marca tem caminhado cada vez mais na direção de investir e se aperfeiçoar em outros pilares da medicina. “Atuamos em oncologia, em diagnóstico móvel, e temos também o nosso braço em produção de radiofármacos. Esses setores vão complementando os elos da cadeia de valor da medicina”. “O grande desafio é continuar investindo com rentabilidade para se obter sustentabilidade, já que o mercado de saúde funciona com margens estreitas por ter muito capital intensivo. E para tanto, é preciso investir continuamente, porque o nosso diferencial a gente precisa manter, que é o de realizar medicina de ponta”.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2013

59


Responsável Técnico: Dr. Marco Novaes - CRM 8202

SERVIÇO DE DIAGNÓSTICO POR IMAGEM I MULTIMAGEM

DR. JOSÉ ANTÔNIO BARBOSA (PRESIDENTE DO GRUPO MEDDI) E DR. GILENO PORTUGAL (DIRETOR EXECUTIVO)


Cobrimos praticamente todo o estado, levando alta tecnologia em diagnóstico por imagem a mais de 80% da população baiana JOSÉANTÔNIOBARBOSA,PRESIDENTEDOGRUPOMEDDI

Tecnologia de ponta e qualificação profissional garantem expansão

T

ecnologia de ponta e constante qualificação profissional são os pilares que marcaram a atuação da Multimagem, unidade que pertence ao Grupo Meddi, uma das maiores redes especializadas no setor de diagnóstico por imagem na Bahia. Com 12 anos de história e cada vez mais avançando em direção ao interior do estado da Bahia e pela região Nordeste, ao todo já são 16 unidades em municípios selecionados pelas suas potencialidades econômicas e por serem polos regionais de saúde.

gínquas da Bahia foi o desafio que o Grupo Meddi superou ao longo desses anos. E as inaugurações das unidades de Ilhéus, Vitória da Conquista e Luis Eduardo Magalhães consolidaram um ciclo virtuoso de realizações no estado”, completa.

A expertise no setor levou a Multimagem a conquistar o segundo lugar do prêmio Benchmarking Saúde Bahia 2013, na categoria Serviço de Diagnóstico por Imagem. “A Multimagem hoje cobre praticamente todo o Estado da Bahia, levando alta tecnologia em diagnóstico por imagem a mais de 80% da população baiana”, declara o presidente do Grupo Meddi, José Antônio Barbosa. O gestor coloca, como imprescindível para o crescimento da instituição, a cultura desenvolvida pelo Grupo Meddi que abraça o sentimento de compartilhar novas estratégias de negócios com parcerias regionais e a prática da meritocracia.

Em 2015, com a entrada da Multimagem no mercado de Pernambuco, o Grupo começou a levar essa cultura para outros estados do Brasil. “Além disso, novos potenciais mercados em cidades estratégicas do Nordeste passaram a ser alvo também do processo de expansão da Multimagem, com pelo menos três novos projetos a serem implementados no próximo ano”, disse Barbosa. “Investimentos da ordem de R$ 20 milhões já estão previstos para 2015, contemplando a instalação das novas unidades, além da ampliação e renovação do parque tecnológico dos 16 serviços já existentes”, completa.

Barbosa explica que o projeto de expansão é consequência de um planejamento estratégico bem definido, e também trata-se de uma das principais ações que levaram a Multimagem a se manter como referência no setor de diagnóstico por imagem do estado. “Levar a medicina diagnóstica de alta complexidade para as regiões mais lon-

A Multimagem Salvador realiza exames com excelente resolução e precisão, disponibilizando aos seus clientes a mais moderna tecnologia em equipamentos de diagnóstico por imagem e uma equipe de radiologistas experientes, que atestam a credibilidade e a confiança dos diagnósticos obtidos.

Ele explica ainda que a implantação de um conselho de administração profissional, onde são tomadas as decisões estratégicas e a instalação do CSC (Centro de Serviços Corporativos), comandando as ações operacionais das unidades, dão a segurança e a robustez necessárias para a consolidação e o desenvolvimento dos novos negócios.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2013

61

61


Responsável Técnico: Dr. Ruy Cunha - CRM/BA 5775

SERVIÇOS OFTALMOLOGIA I DAYHORC

RUY CUNHA (PRESIDENTE DO DAYHORC HOSPITAL DE OLHOS)


Objetivo é manter uma equipe médica capacitada para diagnosticar e tratar todas as enfermidades oculares com RUYCUNHA,PRESIDENTEDODAYHORCHOSPITALDEOLHOS

Referência nacional em oftalmologia atenta às principais novidades do setor

E

mpresa de origem familiar fundada no município de Itabuna (BA), há mais de 30 anos, o DayHORC – Hospital de Olhos Ruy Cunha se tornou uma referência nacional em Oftalmologia, sempre atenta às novidades do setor, especialmente em relação às novas técnicas a laser e à realização de tratamentos menos invasivos. Condição que elevou a companhia a figurar em todas as quatro edições do Prêmio Benchmarking Saúde Bahia e a conquistar, pela terceira vez, o troféu Ouro na categoria Serviço de Oftalmologia. “É o reconhecimento de um trabalho de muitas mãos: desde os consultores, passando pela alta gestão da empresa e, especialmente, pelos médicos e colaboradores que, ligados diretamente ao público, entregam o melhor aos pacientes”, comemora o fundador e cirurgião master do Hospital, o médico Ruy Cunha, presidente do DayHORC. O DayHORC possui estrutura humanizada e que abrange quatro unidades espalhadas por todo o estado, além de um centro cirúrgico que disponibiliza laser de Femtosegundo e Excimer – combinação que tem possibilitado excelentes resultados visuais e refrativos, visando os tratamentos de catarata, córnea e cirurgia refrativa. O hospital possui equipamentos de última geração voltados para o diagnóstico precoce, tecnologias de ponta, e equipe médica em processo de capacitação continua. “O objetivo é manter uma equipe médica e de colaboradores bem selecionada, treinada e capacitada para diagnosticar e tratar praticamente de todas as enfermidades oculares. Tudo com muito

humanismo, dedicação e amor”, acrescenta o presidente da instituição. Nos últimos 30 anos, o surgimento de novas tecnologias otimizou os procedimentos e resultados e inúmeras vezes o DayHORC esteve à frente desses benefícios, trabalhando sempre para que eles chegassem mais rápido aos pacientes, nas mais diversas subespecialidades, como a oftalmo-pediatria, plástica ocular, doenças da córnea e erros de refração, estrabismo, glaucoma, catarata, cirurgia refrativa, neuro-oftalmologia, uveítes, ceratocone, retinopatia diabética, entre outras, além das melhores lentes de contato e intraoculares.

63

Atuando nas cidades de Itabuna, Eunápolis, Salvador e também levando serviço de qualidade a outros municípios através do projeto Saúde em Movimento, em parceria com a Secretária de Saúde do Estado (Sesab), a intenção do DayHORC é sempre manter o foco na qualidade do atendimento, na alta tecnologia e, principalmente, na satisfação do cliente. “Nossa missão é entregar excelência e nos tornar um conceito no segmento de oftalmologia”, explica Cunha. Ainda segundo o presidente do DayHORC – Hospital de Olhos, ser uma referência nacional e se manter no topo de um mercado altamente competitivo não é uma tarefa nada fácil. “Em todos os momentos, nós nos remetemos aos ensinamentos que nos ajudam a solidificar a nossa humildade, trocando conhecimentos e também respeitando os nossos concorrentes, pois são eles que nos motivam a subir para o próximo degrau”, completa Ruy Cunha.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2013

63


Responsável Técnico: Dra. Gildete Lessa - CRM 3319

SERVIÇO DE ONCOLOGIA I NOB – NÚCLEO DE ONCOLOGIA DA BAHIA

EQUIPE DE GESTORES DO NOB NA UNIDADE LOCALIZADA NO BAIRRO DE ONDINA, EM SALVADOR


Participaremos de um intercâmbio das melhores práticas adotadas em clínicas de todo o país. E teremos um investimento ainda maior em gestão e governança MARIALÚCIAM.BATISTA,ONCOLOGISTAESÓCIADONOB

Acolhimento e qualidade assistencial em plena sintonia

C

onsiderada uma das empresas que mais se desenvolvem no país, o NOB (Núcleo de Oncologia da Bahia) inova constantemente em seus processos, estrutura e equipe em busca do melhor atendimento aos seus pacientes. Ouro pelo quarto ano consecutivo no Prêmio Benchmarking Saúde Bahia, em 2013, na categoria Serviço de Oncologia, a companhia segue investindo em seu Centro de Pesquisa Clínica, altamente requisitada pela indústria farmacêutica internacional, e que já registrou mais de 70 estudos desde sua criação há cerca de sete anos. “A participação do NOB em estudos científicos, além de nos inserir no avanço da medicina mundial, nos permite oferecer outras opções de tratamento para os nossos pacientes. Este sem dúvidas é o nosso maior ganho.” declara Dra. Eldsamira Mascarenhas, diretora da Pesquisa Clínica do NOB. No setor de atendimento, o NOB, que possui acreditação hospitalar em nível pleno, seguiu uma tendência mundial, com a criação do setor de concierge, cujo objetivo é dar maior comodidade aos pacientes e seus familiares. “Este profissional escuta sugestões de melhorias, providencia marcação de exames externos e está próximo às unidades quimioterápicas com um olhar atento às necessidades do paciente”, detalha a oncologista e sócia do NOB Clarissa Mathias. Ainda segundo ela, a clínica acaba de implantar um novo serviço, o Núcleo de Cuidados Paliativos, buscando com-

plementar a atenção multidisciplinar. Ao longo do ano de 2013, a empresa também promoveu uma atualização em seu parque tecnológico, com novos servidores, estações de trabalho, links de integração entre unidades e para videoconferências. As melhorias ampliaram a velocidade na troca dos dados internos e entre as unidades, além de garantir maior segurança das informações administrativas e dos pacientes. As participações em campanhas de utilidade pública, uma das marcas do NOB, foram intensas no último ano. No Outubro Rosa, por exemplo, a empresa chamou a atenção para a importância da atividade física, promovendo a 1ª Corrida Outubro Rosa de Lauro de Freitas.

65

Ao fazer parte da Oncoclínicas do Brasil – holding nacional do segmento de oncologia –, o NOB aproveita as vantagens da formalização de uma parceria para ampliar a sua excelência, fazendo parte de uma rede com troca simultânea de experiências entre o corpo assistencial e administrativo “Participaremos de um intercâmbio das melhores práticas adotadas em clínicas de todo o país. E teremos um investimento ainda maior em gestão e governança”, avalia a oncologista e sócia do NOB, Maria Lúcia M. Batista. “Além da Acreditação Nível 2, o maior destaque de 2013 foi a inauguração do NOS – Núcleo de Oncologia de Sergipe, que já celebra o seu primeiro ano de atendimento e levou para a população de Sergipe o acolhimento da equipe já tão característicos do NOB”, conclui Gildete Lessa, sócia e fundadora do NOB.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2013

65


Responsável Técnico: Dra. Lais Guimarães – CRM 6995

SERVIÇO DE ONCOLOGIA I CEHON

LUIZ FLÁVIO MAIA, MÁRCIA AMARAL, JÚLIO LIMA, LAÍS GUIMARÃES E RAFAEL VITA (MÉDICOS SÓCIOS DO CEHON)


Temos projetos importantes que contribuirão ainda mais com o mercado de saúde e podemos adiantar que continuaremos a investir em expansão RAFAELVITA,DIRETORDOCEHON

Investimento e aprimoramento contínuo em serviços de oncologia

C

riado em 1997 por médicos que se propuseram a oferecer um serviço especializado e durante toda a sua trajetória, o Centro de Hematologia e Oncologia da Bahia – CEHON primou pelos seguintes pilares: investimento e aprimoramento contínuo dos colaboradores e corpo clínico, avanço tecnológico e diferenciação no cuidado à saúde. Foi através dessa cultura que o CEHON conquistou o troféu bronze na quarta edição do Prêmio Benchmarking Saúde Bahia no ano de 2013, na categoria Serviço de Oncologia. “Um belo indicador de que estamos trilhando o caminho certo”, comemora Rafael Vita, diretor do CEHON. “Esse reconhecimento também nos motiva a continuarmos fiéis aos nossos valores e focados em nossa missão, que é a de proporcionar atendimento de excelência do diagnóstico ao tratamento do câncer”, completa o gestor. Pautado em valores como ética e humanização, o CEHON disponibiliza serviços de excelência em onco-hematologia. Além disso, a clínica é pioneira em levar o serviço da capital para o interior do estado, quando em 2009 implantou a unidade de Jequié (BA). Em 2011, foram inauguradas novas unidades em Teixeira de Freitas e Juazeiro, e em 2013 foi a vez da cidade de Barreiras. “O empreendedorismo é um dos nossos grandes valores, e ele está sempre em voga. Nós temos projetos importantes que contribuirão ainda mais com a saúde da população, e podemos adiantar que continuaremos a investir em expansão”, acrescenta Vita. Ainda conforme o diretor, as princi-

pais ações que levaram a instituição a se tornar referência em oncologia estão ligadas a um projeto pautado em qualidade técnica, segurança dos processos e profissionalismo. “O relacionamento com nossos parceiros é outro fator de sucesso”, afirma. “Buscamos aprimorar nossos serviços e, com toda a certeza, os profissionais que formam o Grupo Cehon são os nossos grandes diferenciais”. Após apostar no processo de interiorização, em 2012, o grupo inaugurou a Clínica Mastos – Centro Especializado no Atendimento de Mastologia e Diagnóstico, em Salvador (BA). O investimento objetivou a integração entre os serviços de mastologia e oncologia. A unidade foi estrategicamente pensada para aprimorar os serviços prestados aos pacientes, do diagnóstico ao tratamento, e oferece avançados serviços de diagnóstico por imagem, que incluem mamografia digital e ultrassonografia. “Qualidade é palavra de ordem no nosso dia a dia. Para mantê-la em índices elevados, estamos sempre em busca do aprimoramento e da qualificação técnica e profissional de todos os componentes da empresa”, completa Rafael Vita.

67

A clínica Mastos funciona no bairro do Canela, ao lado da sede da CEHON, facilitando o tratamento e o fluxo entre pacientes e corpo clínico. E, além da integração entre mastologia e oncologia, as vantagens com a proximidade entre as duas unidades é a agilidade no diagnóstico e no planejamento terapêutico, com uma equipe multidisciplinar.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2013

67


Responsável Técnico: Dra. Liliana Ronzoni - Diretora Médica - CRM/BA 9775

BENCHMARKING BRASIL I MONTE TABOR

HOSPITAL SÃO RAFAEL, EM SALVADOR, MANTIDO PELO MONTE TABOR, AMPLIARÁ OS SERVIÇOS E TERÁ 100 NOVOS LEITOS EM 2015


A curiosidade e a inquietação proativa dos jovens em formação contribuem para o aprimoramento em todas as atividades hospitalares LAURAZILLER,PRESIDENTEDOMONTETABOR/HSR

Tradição e vanguarda marcam atendimento de alto nível

F

undado em agosto de 1974 pelo sacerdote e professor italiano D. Luigi M. Verzé, o Monte Tabor/Centro Ítalo-Brasileiro de Promoção Sanitária sempre teve em sua essência valores como o altruísmo, o cuidado e a vanguarda nos processos e infraestrutura, que oferecem um cuidado integral aos seus pacientes. A associação sem fins lucrativos é mantenedora de unidades importantes no setor de saúde baiano, como o Hospital São Rafael (HSR), que contribui de forma completa para o desenvolvimento de todo o campo de saúde, desde a área da assistência até em ações de colaboração com instituições de ensino e pesquisa. “A curiosidade e a inquietação proativa dos jovens em formação contribuem para o aprimoramento em todas as atividades hospitalares”, explica Laura Ziller, presidente do Monte Tabor/ HSR. A instituição foi a grande homenageada na edição de 2013 do Prêmio Benchmarking Saúde na categoria especial Benchmarking Brasil. Ao longo dos últimos 40 anos, o Monte Tabor/ HSR sempre esteve na vanguarda na introdução de novas práticas e tecnologias na assistência. A primeira tomografia computadorizada, fundamental para o avanço da neurocirurgia, as pesquisas com células-tronco, além dos treinamentos de cirurgiões na prática da videolaparoscopia e da litotripsia marcam o pioneirismo da instituição. “Nossa grande satisfação é contribuir para a melhora da assistência na Bahia e cumprir a missão da instituição: Ide, Ensinai e Curai”, declara Laura.

Os programas sociais desenvolvidos pelo Monte Tabor/HSR junto à comunidade onde estão inseridos são motivadores de desenvolvimento e visão futura para as crianças e adolescentes atendidos, a exemplo de um dos programas socioeducacionais, cujo significado se evidencia no próprio nome: “Janelas para o Futuro”. “Todas as nossas ações retornam em forma de motivação para os colaboradores, residentes e estudantes do HSR, demonstrando que a solidariedade é uma via de mão dupla e enriquece a pessoa que a pratica”, avalia Laura. A Missão Barra e a Nova Esperança são os principais programas desenvolvidos pela instituição, que acontecem, respectivamente, no médio São Francisco e no bairro de Nova Esperança, em Salvador.

69

No que diz respeito à assistência médico-hospitalar, o Monte Tabor/HSR desenvolve ações em 12 unidades – cinco hospitais e sete unidades ambulatoriais – localizadas em Salvador, Região Metropolitana e no interior do estado. No total, 4,5 mil colaboradores fazem parte da instituição, que realiza mais de 730 mil atendimentos ambulatoriais e 26 mil cirurgias todos os anos. Neste final de 2014, a instituição se prepara para a inauguração da ampliação do HSR, cujo prédio anexo deverá funcionar a partir de 2015, com mais 100 novos leitos. A unidade hospitalar, que prima pela excelência e resolutividade da assistência em todas as suas especialidades, é certificada com o nível 3 pela ONA e, segundo a presidente do Monte Tabor, o objetivo é torná-la um futuro polo de destaque e qualidade na pesquisa e ensino.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2013

69


Responsável Técnico: Dr. Lincoln Warley Ferreira - CRM/BA 12.308

DESTAQUE GESTÃO I SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE ITABUNA

O HOSPITAL CALIXTO MIDLEJ FILHO É UMA DAS UNIDADES ADMINISTRADAS PELA SANTA CASA DE ITABUNA


Graças ao esforço e dedicação de uma equipe formada por cerca de dois mil colaboradores, nossa instituição é referência na prestação de serviços

ANDRÉWERMANNEOPROVEDOR,ALMIRALEXANDRINO,DIRETORADMINISTRATIVO-FINANCEIRODASANTACASADEMISERICÓRDIADEITABUNA

Tradição referência em gestão e prestação de serviços

C

onsagrada como um dos maiores complexos filantrópicos de saúde do interior no Norte e Nordeste e prestes a completar um século de história, a assistência médico-hospitalar prestada pela Santa Casa de Misericórdia de Itabuna é referência em saúde e gestão. Consequentemente, toda uma estrutura administrativa e gerencial que garante o equilíbrio funcional levou a instituição a vencer o Prêmio Especial do Benchmarking Saúde Bahia, na categoria Destaque Gestão. “A maior condecoração do setor médico-hospitalar da Região Nordeste do país”, comemorou o provedor da Santa Casa de Itabuna, Almir Alexandrino. Coordenada pelo diretor administrativo-financeiro, André Wermann, a equipe gerencial da instituição trabalha em sintonia com a missão de promover a assistência à saúde e formação profissional com qualidade. “Graças à dedicação de uma equipe formada por cerca de dois mil colaboradores, a instituição é referência na prestação de serviços e excelência no atendimento”, afirma Wermann. Para tanto, um dos pontos fortes da gestão da Santa Casa de Itabuna ocorre através da Equipe de Gerenciamento Estratégico (EGE): um fórum consultivo e deliberativo que reúne coordenadores e gestores com o objetivo de aprimorar as rotinas e discutir os procedimentos nos diferentes setores da instituição. Um dos aspectos que também chamam a atenção é o posicionamento da Santa Casa em relação às ações de sustentabilidade ambiental. “Um desa-

fio constante”, afirma Alexandrino, em relação às condutas de responsabilidade socioambiental da unidade. “Graças ao empenho da equipe, esta tem sido uma iniciativa que faz parte da rotina da instituição: planejar, executar e avaliar as ações do cotidiano gerencial, administrativo e assistencial. Uma das bases desta difusão está na consolidação do conceito dos 3Rs – Reciclar, Reduzir e Reutilizar, já observado em programas e projetos em andamento”, explica o provedor. Alexandrino afirma ainda que a meta da Santa Casa é incrementar a assistência de média e alta complexidades para manter a instituição como referência na prestação de serviços e excelência no atendimento. “Somente em 2013, com exceção do hospital-dia, que passou a funcionar em fevereiro, os três hospitais da instituição – Calixto Midlej Filho (HCMF), Manoel Novaes (HMN) e São Lucas (HSL) – mantiveram 401 leitos ativos, distribuídos em apartamentos, enfermarias, CTI, UTI Coronariana Tipo II e UTI Neonatal”, assegura.

71

“Prestamos atendimento a pacientes de toda a macrorregião Sul da Bahia, além de um plano de saúde próprio – o Plansul”, afirma Wermann. Em oncologia, a rede disponibiliza uma unidade de alta complexidade (Unacon), que promove o tratamento integral ao paciente com câncer. E, para casos de insuficiência renal crônica, a unidade possui um dos mais modernos centros de diálise e transplante renal do estado. “Aliado à exclusividade de tantos serviços, a Santa Casa de Itabuna conta ainda com um corpo clínico altamente qualificado, com formação nos maiores e melhores centros médicos do Brasil”, completa Wermann.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2013

71


Responsável Técnico: Dr. Marco Novaes - CRM 8202

DESTAQUE INTERIORIZAÇÃO DA SAÚDE I MULTIMAGEM

DR. JOSÉ ANTÔNIO BARBOSA (PRESIDENTE DO GRUPO MEDDI)


Potencializamos em nosso modelo de gestão a segurança e a robustez necessárias à Multimagem e demais empresas do Grupo para a consolidação e desenvolvimento dos novos JOSÉANTÔNIOBARBOSA,PRESIDENTEDOGRUPOMEDDI

Qualidade e compromisso na oferta de serviços em todas as regiões do estado

U

m dos principais desafios do Grupo Meddi ao longo dos seus 12 anos de existência foi levar o segmento de medicina diagnóstica para as regiões mais longínquas da Bahia, com qualidade e a identidade de compromisso com o cliente. Para a empresa, receber o Prêmio Benchmarking Saúde na categoria especial Destaque Interiorização da Saúde foi um reconhecimento do trade de saúde de que imprimiu esforços para oferecer ao seu público um serviço de ponta voltado para o cuidado e com resolutividade. Presente em dez cidades da Bahia, com 16 unidades, a Multimagem, que faz parte do Grupo Meddi, cobre praticamente todo o estado e leva a alta tecnologia em diagnóstico por imagem a mais de 80% da população baiana. As cidades são escolhidas pelos gestores a partir de um rigoroso plano estratégico que considerou as potencialidades econômicas e sociais de cada um destes polos regionais. “Este ambicioso projeto expansionista é, ao longo dos anos, a principal ação propulsora da Multimagem”, explica José Antônio Barbosa, presidente do Grupo Meddi. O diferencial da companhia é a padronização operacional e administrativa, que faz parte da cultura desenvolvida no Grupo, respeitando as características de cada região e seu povo. Sem perder de vista suas convicções e diretrizes, a empresa está sempre pronta para compartilhar novas estratégias de negócios e parcerias regionais. O Grupo Meddi conta com um conselho de administração profissional em que são tomadas as decisões estratégias e o CSC (Centro de Serviços

Corporativos) comandando as ações operacionais das unidades. “Desta forma, potencializamos em nosso modelo de gestão a segurança e a robustez necessárias à Multimagem e demais empresas do Grupo para a consolidação e o desenvolvimento dos novos negócios”, declara Barbosa. A Multimagem comemora um ciclo virtuoso de realizações no estado com as recentes inaugurações de unidades nas cidades de Ilhéus e Vitória da Conquista, no Sul da Bahia, e a previsão da abertura da unidade no município de Luis Eduardo Magalhães, no Oeste baiano. Outra ação acompanhada com muita expectativa pelo Grupo é a entrada no mercado de Pernambuco. “Nosso objetivo é levar essa cultura para outros estados. Potenciais mercados em cidades do Nordeste são alvos do nosso processo de expansão”, afirma o executivo. Pelo menos três novos projetos estão sendo previstos para serem implementados no próximo ano.

73

Os investimentos do Meddi previstos para 2015 são da ordem de R$ 20 milhões. Além da instalação de novas unidades, o aporte também irá ampliar a renovar o parque tecnológico dos 16 serviços já existentes. Outra preocupação do Grupo é com a satisfação dos seus funcionários. Ao todo, cerca de 800 colaboradores fazem parte da equipe do Grupo Meddi. Para Barbosa, é preciso criar ações que façam o profissional ter orgulho do local onde trabalha e estar adaptado à função que desenvolve. “O mais importante não são os equipamentos, são as pessoas. Buscamos talentos em cada cidade em que estamos e os valorizamos”, garante o executivo.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2013

73


Responsável Técnico: Dr. Taciano Francisco de Paula Campos - CRM 1892

DESTAQUE ORGANIZAÇÃO SOCIAL I INSTITUTO FERNANDO FILGUEIRAS

JOSÉ ANTÔNIO ANDRADE E ALEX CARVALHO (DIRETORES DO INSTITUTO FERNANDO


“Recentemente nosso trabalho foi reconhecido através da certificação hospitalar concedida pela ONA, nível II, no Hospital de Santo Antônio de Jesus” ALEXCARVALHO,DIRETORDOINSTITUTOFERNANDOFILGUEIRAS

Inovação e valorização dos colaboradores com foco na satisfação dos clientes

F

undado há pouco mais dez anos, o Instituto Fernando Filgueiras, adotando um modelo de gestão compartilhada, gerindo importantes hospitais, dentre eles o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus, o Hospital Professor Carvalho Luz e o Hospital Geral de Itaparica, busca diferenciar-se no mercado, atuando com diversidade, tendo como foco programas inovadores na administração e planejamento hospitalar. Tendo sido reconhecido como destaque na categoria de Organização Social no Prêmio Benchmarking Saúde de 2014, o IFF realiza avaliações, planejamentos, elaboração de projetos, gestão e operacionalização de empreendimentos públicos e privados, predominantemente na área hospitalar. O grande diferencial do Instituto é a ênfase na qualificação e no aprimoramento profissional do corpo de colaboradores, com foco na satisfação dos clientes. A qualidade, mais do que uma prática, faz parte da essência do IFF. Os programas de melhoria da habilidade elaborados pela instituição ajudam a diminuir em até 50% os índices de ociosidade nas enfermarias, ambulatórios e nos centros cirúrgicos. Além disso, os custos para o tratamento de uma mesma patologia podem apresentar performances três vezes mais econômicas. “Os benefícios da aplicação de programas da qualidade em hospitais acabam sendo melhores do que os obtidos em outros setores da indústria, comércio e demais áreas”, explica o diretor do IFF José Antônio Andrade. Com profissionais experientes na atuação em administração hospitalar há mais de 20 anos, o IFF tem como fundamento básico “reconhecer e ele-

ger o paciente em primeiro lugar”. Por conta disso, o Instituto adota políticas empresariais e operacionais voltadas para a satisfação do cliente que valorizam o capital humano. Entre as estratégias, estão incluídas a motivação, o comprometimento, a participação da equipe em resultados, a maximização do aproveitamento do potencial individual e grupal, além da capacitação para a produtividade. A busca pela excelência faz com que o Instituto realize um trabalho de gestão focado em segurança, qualidade de atendimento e eficiência financeira. Demonstrativo do sucesso no trabalho desenvolvido pelo IFF foi a conquista da acreditação nível 2 no Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus pela ONA, uma organização não-governamental, que tem por objetivo promover a implantação de um processo permanente de avaliação e de certificação da qualidade dos serviços de saúde, permitindo o aprimoramento contínuo da atenção, de forma a melhorar a qualidade da assistência nos prestadores de serviços de saúde do país.

75

O diretor Alex Carvalho descreveu essa grande aquisição: “Recentemente nosso trabalho foi reconhecido através da certificação hospitalar concedida pela ONA, nível II, no Hospital de Santo Antônio de Jesus e nesta mesma ocasião recebemos a Certificação ISO 9001/2008, através da Bureau Veritas Certification”. Na ocasião, o diretor da ONA, Péricles Góes da Cruz, destacou a eficiência do trabalho do Instituto: “A equipe do Instituto Fernando Filgueiras desenvolve uma excelente gestão e asseguro que o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus não deixa nada a dever a hospitais do Sul do país”, disse.

PRÊMIO BENCHMARKING SAÚDE | BAHIA 2013

75


O Oscar

da Saúde na Bahia Cerimônia da quarta edição do Prêmio Benchmarking Saúde Bahia foi realizada no Espaço Solar Cunha Guedes, Corredor da Vitória, no dia 25 de setembro de 2014.


Fotos: Roberto Abreu

1 – A White Martins, de Orlando Amorim (centro) foi tetracampeã na disputa, seguida por Linde Gases (Alex Gomes) e Air Liquide (Karina Pontes), respectivamente, prata e bronze. 2 – O São Rafael, de Alfredo Martini (centro) foi vencedor na categoria Hospital Filantrópico, seguido do Santa Izabel (Eduardo Queiroz e Roberto Sá Meneses – à direita) e Hospital Português (Otoni Costa Filho). 3 – O Planserv, ouro na disputa, foi representado por Rodrigo Pimentel Souza (Saeb) – centro. Alberto Figueiredo (Petrobras AMS) e Neide Machado (Cassi) fecharam o pódio. 4 – Os vencedores na categoria Diagnóstico por Imagem: Antônio Carlos Borba (Diagnosson), bronze; Fernanda Gonzalez (Delfin Imagem), ouro, e Gileno Portugal (Multimagem), prata.

1

2

3

4


5

6

5 – O evento foi realizado no casarão Cunha Guedes, no Corredor da Vitória, centro de Salvador. 6 – O empresário Orlando Colavolpe, do COT (ouro na categoria Serviço de Ortopedia). 7 – O ex-secretário de Saúde do estado da Bahia, Jorge Solla, foi o grande vencedor na categoria Gestor Público 8 – Staff da Protécnica, vencedora na categoria Arquitetura Hospitalar. 9 – Teresa Valente, presidente da Promédica (ouro na categoria Medicina de Grupo). 10 – Vencedor da categoria Empresa de TI, Marcelo Kutter (Medicware), ao centro. À esquerda Thiado Uchôa (MV) e Humberto Guimarães (TOTVS) – prata e bronze, respectivamente.

7

9

8

10


11 – Alfredo Martini e Marla Cruz subiram mais uma vez ao palco para receber os troféus ouro e prata, respectivamente, na categoria Sustentabilidade. 12 – Discurso de Márcio Alírio (Cardiopulmonar) – ouro da categoria Hospital Privado de Médio e Grande Portes. 13 – Sidnei Neves (São Rafael), Antônio Brito (Olhos Freitas), Roberto Sá Meneses e Lise Weckerle (Santa Casa de Misericórdia da Bahia) foram os vencedoes na categoria Ação Social 14 – Tânia Barros, da Protécnica – troféu ouro na categoria Arqutetura Hospitalar. 15 – Lounge da Prima Empreendimentos Inovadores, que expôs no evento o Horto Barcelona. 16 – CEO da Bionexo, Maurício Barbosa entregou o troféu ouro a Eduardo Queiroz - tricampeão na categoria Executivo do Ano.

11

12 15

13

14

16


17 – Os troféus foram confeccionados em madeira nobre (corpo), metal fundido (medalha) e acrílico (base). 18 – A senhora Camilla Portugal, esposa de José Antônio Barbosa, do Grupo Meddi, vencedor na categoria Interiorização da Saúde. 19 – Feliz com o reconhecimento, André Wermann, diretor administrativo de financeiro da Santa Casa de Itabuna – ouro na categoria Gestão Interior do Estado 20 – José Antônio Barbosa, do Grupo Meddi – prêmio pela vanguarda. 21 – Reinaldo Braga, diretor executivo do Grupo Criarmed e publisher da Revista Diagnóstico. 22 – Discurso de Marcelo Kutter – agradecimento pelo tetracampeonato na categoria Serviço de TI.

17

19 21

18

20

22


23 – Alberto Figueiredo (Petrobras AMS) e sua esposa, Joilza dos Reis Cruz. 24 – A SulAmérica, de Marileide Cavalho, foi prata na categoria seguradora. 25 – Fábio Brinço, ao lado de Tania Chagas, exibe o troféu dourado na categoria Hospital-Dia 26 – Alex Carvalho, diretor geral do Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus, recebeu o troféu Desataque OS. 27 – A dama da filantropia baiana, Lise Weckerle, recebeu o troféu ouro pelo trabalho assuistencial à frente da Santa Casa de Misericórdia da Bahia.

23

24

25

26

27


28 – Fernanda Dias Gonzalez (Delfin Imagem) posa com o trofeu máximo na categoria Diagnóstico por Imagem. 29 – O superintendente do IFF, José Antônio Andrade, no discurso de agradecimento pelo prêmio Destaque Organização Social. 30 – José Espiño e Edmundo Ribeiro, da SOS Vida – ouro na categoria Home Care 31 – Laura Ziller e Alfredo Martini, grandes vencedores da noite na categoria Benchmarking Brasil. 32 – Os empresários Nilson Nóbrega e Luciano Lopes, da Prima Empreendimentos Inovadores. 33 – Presidente da Ahseb, Ricardo Costa, e esposa, a cirurgiã Ana Paula Costa. 34 – O Benchmarking Saúde é promovido pela Revista Diagnóstico.

29

28

30

31

32

33

34


35

36

39

37

38 35 – Laura Ziller – presidente do Monte Tabor – em seu discurso de agradecimento pelo prêmio Benchmarking Brasil, concedido à organização. 36 – Presidente da Oncoclínicas, Marcelo Guimarães, Gildete Lessa, Samira Mascarenhas, Giovanne Mura – gerente operacional do NOB, e Rafael Mendes, diretor executivo da Oncoclínicas do Brasil. 37 – Presidente do Desenbahia, Vitor César Ribeiro Lopes, ouro na categoria Serviços Financeiros. 38 – Roberto Sá Menezes, provedor da Santa Casa de Misericórdia da Bahia, e esposa Rosângela Sá Menezes. 39 – White Martins, de Orlando Amorim, foi a grande vencedora da noite na categoria Gases Medicinais. 40 – Essa foi a quarta edição do Prêmio Benchmarking Saúde.

40


41

42

44

45

43

46

41 – A equipe do Hospital Samur, Norma Bulhões, Sebastião Castro e a CEO da unidade, Lúcia Dórea. 42 – Equipe do Bradesco Seguros. 43 – O provedor da Santa Casa de Misericórdia da Bahia, Roberto Sá Meneses, com Lise Weckerle – ouro na categoria Assistência Social. 44 – Jorge Solla e esposa, Marília Fontoura. 45 – O médico José Tomaz, diretor médico da Martenidade Santa Emília, ao lado da esposa, Mércia Marinho. 46 – Nilson Nóbrega (VP Prima Empreendimentos), Tais Carvalho (Juridico), Verônica Diniz (Revista Diagnóstico), Karla Melo (Gerente de Planejamento), Reinaldo Braga (Diagnóstico) e Luciano Lopes (Diretor executivo da Prima). 47 – O empresário Delfin Gonzalez, em seu discurso de agradecimento pelo tetracampeonato na categoria Empresário do Ano. 48 – Luiz Pedroza, diretor-presidente do Hospital Semed, sua esposa, Luzinete Pedroza, e filho, também médico, Tarcilo Pedroza.

47

48


49

50

51

49 – O staff da Promédica/Hospital Jorge Valente. 50 – Sérgio Colavolpe e esposa, Maria José Colavolpe, ao lado de Orlando Colavolpe, fundador da COT – ouro na categoria Serviço de Ortopedia. 51 – Karina Tinoco, gerente comercial do Hospital Santa Izabel e o casal Maysa Domenech, articulista da Revista Diagnóstico, e Alfonso Carvalho (Hospital Aeroporto). 52 – Aylla Domizio (Assiste Vida) e o esposo, Américo Gagliardi. 53 – Fádua Campello, executiva de Vendas da Bionexo Bahia, ao lado do CEO da empresa, Maurício Barbosa. 54 – Equipe da Cehon, um dos vencedores na categoria Serviço de Oncologia, Luiz Flávio Maia, Cristina Cagliari e Rafael Vita. 55 – Hérika Pedroza (Semed) e esposo Ricardo Sequeiros Tanure. 56 – João Giuseppe, superintendente de Seguros Nordeste da Bradesco Seguros, ao lado de Mariléa Souza, que recebeu o troféu ouro na categoria Seguradora.

52

54

53

55

56


57 – Camila Abreu e as oncologistas Gildete Lessa e Samira Mascarenhas, do Núcleo de Oncologia da Bahia. 59 – Jorge Solla (direita) e José Andrade (IFF) 59 – O Leme foi prata na categoria sustentabilidade. 60 – Eduardo Queiroz e esposa, Renata Queiroz. 61 – A equipe da Clínica Rita Lavínia, ciceroniada por Verônica Diniz – segunda à esquerda – da Revista Diagnóstico 62 – Alex Carvalho, do Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus, e esposa, Alessandra Magnavita.

57

58

59

60

61

62


64

65

63

68 63 – Mariléa Souza recebeu o prêmio máximo na categoria Seguradora. Na foto, ao lado do esposo e médico Alvaro Nonato.

66

67

64 – Equipe da A&G Comunicação com os empresários Nilson Nóbrega e Luciano Lopes,da Prima Empreendimentos Inovadores. 65 – Equipe vencedora do Laboratório Leme. 66 – Delfin Gonzalez e a filha, a radiologista Fernanda Gonzalez. 67 – Waleska Rocha e Cíntia Maciel, sócias da Santa Fé Comunicação 68 – Staff da Revista Diagnóstico – Ana Sobral, diretora financeira, Reinaldo Braga, diretor executivo, Verônica Diniz, diretora comercial, e Mara Rocha, redatora chefe 69 – Laura Ziller (Monte Tabor), concede entrevista à equipe da Revista Diagnóstico.

69

70

70 – Corpo executivo do Sabin – debutante no Benchmarking Saúde.


71 – Staff do LEME - prêmio conquistado em equipe. 72 – Equipe da DayHORC, campeã na categoria Serviço de Oftalmologia. 73 – Ruy Cunha, fundador do DayHORC, ao lado da esposa, Marigrácia Cunha. 74 – O público ficou atento aos discursos de cada um dos premiados. 75 – Eduardo Queiroz, ao lado dos pais (Oneide Queiroz e Eduardo Marinho), a quem ele sempre dedica o prêmio de Executivo do Ano. 76 – Equipe da White Martins, Ricardo Nóbrega, Sandra Dantas, Orlando Amorim e Jaqueline Souza.

71

72

73

75

74

76


78

77

79

77 – Família Promédica, Teresa Valente, Jorge Oliveira e Luciana Valente, prêmio máximo na categoria Medicina de Grupo. 78 – Staff do Labchecap – entre os três mellhores laboratórios da Bahia. 79 – O evento reuniu mais de 300 pessoas, entre empresários, executivos, médicos e demais profissionais do trade de saúde da Bahia. 80 – – Vencedores na Categoria Laboratório de Análises Clínicas – Maurício Bernardino (Labchecap); Marla Cruz (Leme), Lídia Abdalla (Sabin) e André Guedes (Sabin).

80


Prêmio Benchmarking Saúde 2013 Bahia Conheça a metodologia, o ranking dos vencedores e a pontuação obtida por cada um dos indicados em todas as categorias do Prêmio Benchmarking Saúde Bahia, edição 2013


MEMORIAL

FASE 01 | COMITÊ JULGADOR Empresários e executivos de instituições e entidades representativas do segmento médico-hospitalar da Bahia, assim como líderes de associações de classe e as principais lideranças de seguradoras e operadoras de planos de saúde, foram convidados para compor a comissão julgadora. No total, o comitê foi formado por 76 membros, representantes de pelo menos uma das 22 categorias em disputa no Prêmio Benchmarking Saúde.


METODOLOGIA O Benchmarking Saúde chega a sua quarta edição, elegendo as empresas e gestores que se destacaram em 2013. A avaliação foi feita pelo próprio trade de saúde baiano, através de voto secreto com base nos critérios de Inovação, Credibilidade/Relação com o Mercado/Assistência, Novos Investimentos e Visibilidade de Mercado. Os três candidatos com maior pontuação, somando todos os critérios, foram eleitos vencedores em sua categoria – primeiro, segundo e terceiro lugar. Em caso de empate, a decisão final tem como base a pontuação obtida nos critérios Inovação e Credibilidade.

FASE 02 | DIVULGAÇÃO Com o objetivo de garantir a transparência do processo de avaliação, ações dirigidas por e-mail marketing divulgaram todas as informações relativas ao Benchmarking Saúde, como a lista completa dos integrantes do comitê julgador e das empresas representadas por cada um deles. A Revista Diagnóstico também promoveu um encontro com representantes de todos os indicados com a intenção de apresentar a metodologia e os critérios de avaliação.


MEMORIAL

FASE 03 | OS INDICADOS A Revista Diagnóstico elaborou um pré-lista com até seis nomes por categoria, sugeridos por uma comissão de notáveis, integrada por dirigentes de classe, consultores, formadores de opinião e profissionais do trade de saúde. Também coube a essa comissão a escolha dos prêmios especiais, que elegeu, nesta edição, o Monte Tabor/Hospital São Rafael (Destaque Brasil), Destaque Gestão (Santa Casa de Misericórdia de Itabuna), Destaque Interiorização da Saúde (Multimagem), Destaque OS (IFF - Instituto Fernando Filgueiras).


CRITÉRIOS Inovação Deverão ser avaliadas as empresas e gestores que se destacaram por ações de empreendedorismo, projetos de gestão e/ou governança e iniciativas afins que os fizeram modelo a ser seguido em 2013. Peso 100.

Credibilidade/Relação com o Mercado Trata-se do posicionamento da empresa diante do mercado (relação com fontes pagadoras-credoras/ prestadores-clientes/ fornecedores e pós-venda). Se aplica às seguintes categorias: Arquitetura Hospitalar; Indústria de Gases Medicinais; Seguradoras, Medicina de Grupo e Operadoras; Empresa de TI e Serviço Financeiro. Peso 100. Credibilidade/Assistência Práticas de assistência e segurança médica em sua área de atuação. (peso variável e aplicado a todas as categorias que prestam assistência médica e a utiliza em seu core business).

FASE 04 | VOTAÇÃO Os vencedores do Benchmarking Saúde foram escolhidos através de votação no site www.benchmarkingsaude.com.br/bahia. Para garantir a segurança do processo, cada membro do comitê julgador teve acesso ao sistema por meio de login e senha exclusivos, expirados automaticamente após a avaliação. O sistema não permite que os jurados avaliem as categorias em que suas próprias instituições concorreram.


MEMORIAL


CRITÉRIOS Novos investimentos Refere-se a novas unidades, ampliação de serviços e investimentos em novas tecnologias executados ao longo de 2013. Peso 50.

Visibilidade de mercado Esse critério deve ser usado para avaliar o desempenho obtido pelos candidatos ao prêmio através de seus investimentos em marketing, publicidade e comunicação corporativa implementados junto a seus respectivos stakeholders. Peso 30.


COMISSÃO JULGADORA

Aderval Gomes – Perfil Gestão Empresarial Agnaldo Bahia – Inove Consultoria Alex Gomes – Linde Alexandre Guerra – Oftalmoclin Alfonso Carvalho – ADM Consultoria Alfredo Martini – Hospital São Rafael Alvaro Nonato – Hospital Espanhol André Menezes – Petrobras Saúde André Wermann - Santa Casa Itabuna Antônio Brito – Instituto de Olhos Freitas Antônio Carlos Borba – a+/ Diagnoson Arnaldo Murilo Nogueira – IFF - Instituto Fernando Filgueiras Bráulio Rego – Hospital Aeroporto Cândida Moura – Multimagem Cícero Andrade – Tecnosp/Fenaess Cristiane Pepe – Cristiane Pepe Cristiane Saturnino – Air Liquide Cristina Cagliari – Cehon Daniel Argolo – CLION Delfin Gonzalez – Grupo Delfin Déa Márcia – Hospital Santo Amaro Débora Mariele – Cárdio Pulmonar Eduardo Queiroz – Hospital Santa Izabel Eunivaldo Diniz – Febase Fabíola Mansur – Oftalmodiagnose Fábio Brinço – Itaigara Memorial Genaldo Vargas – Hospital Sagrada Família Gildete Lessa – Núcleo de Oncologia da Bahia Hélio Cruz – Diagnoson Hérika Pedroza – Hospital Semed – Camaçari Iracema Brandão – Hospital Emec Iracema Félix – Banco Santander Jairo Simões – Ortoped João Grossini – MV João Maurício Passos Maltêz – Vitalcare Jorge Bagdêve – Banco do Nordeste Jorge Solla – Secretaria de Saúde da Bahia José Alberto Muricy – Muricy Consultoria

José Antônio Barbosa – Grupo Meddi José Antônio Rodrigues Alves – Secretaria Municipal de Saúde de Salvador José Espino – SOS Vida José Tomaz do Nascimento - Maternidade Santa Emília Laila Crisna – Banco do Brasil Laura Ziller – Hospital São Rafael Leonardo de Almeida – Assiste Vida Lilian de Alencar – Grupo Leme Lúcia Dórea – Hospital Samur - Vitória da Conquista Mairla Pinheiro – Hapvida Maísa Domenech – ADM Consultoria Marcelo Britto – CNS Marcelo Kutter – Medicware Maria Das Graças Valverde – Caixa Econômica Federal Marileide Carvalho – SulAmérica Saúde Mariléa Souza – Bradesco Saúde Maurício Bernardino – Labchecap Mauro Adan – Ahseb Mário Rocha – Hospital Português Meire Menezes – Medlar Neide Machado – Cassi Nelson Pestana – AMO Newton Dias – Grupo Promédica Orlando Amorim – White Martins Osvaldo Viana – Camed Raimundo Correia – Sindhosba Ricardo Costa – Ahseb Ricardo D’ Albuquerque – Ricardo D’ Albuquerque Arquitetos Ricardo Galvão – Totvs Rita Lavínia – Clinica de Oftalmologia Dra. Rita Lavínia Roberto Sá Menezes – GACC Rose Caribé – DayHorc Sérgio Colavolpe – COT Sônia Carvalho – Planserv Tatiana Ferraz – Sabin Tânia Barros – Protécnica Arquitetura Vitor César Ribeiro – Desenbahia Zênia Araújo – Conamed


CONTATOS

Assiste Vida R. das Violetas, 55 - Pituba, Salvador - BA, 41810-080 Telefone:(71) 3415-9100

Itaigara Memorial R. Altino Serbeto de Barros, 119 – Itaigara, Salvador – BA CEP: 41830-907 | Telefone: (71) 3453-8500

Bradesco Saúde Av. Estados Unidos, 26, 1º andar – Comércio, Salvador – BA CEP: 40010-020 | Telefone: (71) 3327-7318

Labchecap Avenida Luís Viana, 2212 – Imbuí, Salvador – BA CEP: 41720-200 | Telefone: 3345-8200

Cehon Av. Araújo Pinho, 439 - Canela, Salvador - BA, 40110-090 Telefone:(71) 3496-3744

Laboratório Leme Av. Araújo Pinho, 490 – Canela, Salvador – BA CEP: 40110-150 | Telefone: (71) 3338-8500

Delfin Imagem Av. Antônio Carlos Magalhães, 442 – Itaigara, Salvador – BA CEP: 41830-000 | Telefone: (71) 3351-8062

Laboratório Sabin AV. ACM, n°56 – Pituba, Salvador – BA CEP: 41800-700 | TEL: 3261-1314

Day Horc Avenida ACM, 1116, Tropical Center, 4º andar Itaigara – CEP: 41854-900 – Salvador/BA TEL: (71) 3352-2300

Maternidade Santa Emília Rua Domingos Barbosa de Araújo, nº 1093 - Feira de Santana cep: 44075-095 | Tel: (75) 2101-2600

Ex-secretário de Saúde do Estado da Bahia Jorge Solla – Deputado Federal

Medicware R. Agnelo Brito, 90 – Federação, Salvador – BA CEP: 40170-100 | Telefone: (71) 3617-1176

Hospital do Aeroporto R. Edvaldo Santos Leite, 2028 – Lauro de Freitas – BA, CEP: 42700-000 | Telefone: (71) 3288-8100 Hospital Jorge Valente Av. Anita Garibaldi, 2135 – Ondina, Salvador – BA CEP: 40170-130 | Telefone: (71) 3203-4333 Hospital Samur Av.Yolanda Fonseca, 480 – Jurema, Vitória da Conquista – BA CEP: 45023-030 | Telefone: (77) 2102-8334 Hospital Santa Izabel / Santa Casa de Misericórdia da Bahia Praça Conselheiro Almeida Couto, 500 – Nazaré, Salvador – BA CEP: 40050-410 | Telefone: (71) 2203-8444 Hospital SEMED Rua Francisco Drumond, 238, Centro, Camaçari, BA, 42800-500, Brasil Tel: 71-3493-4306 HSR/Monte Tabor 40 Anos de Brasil Rua Alameda Antônio Carlos Magalhães, s/nº, São Marcos cep: 41253-190 Tel: (71) 3186-2400 IFF Rua Cosme e Damião s/n Bairro Andaiá Santo Antônio de Jesus – BA CEP: 44572-420 (75)3162-1400/ 31624147 Cardio Pulmonar Av. Anita Garibaldi, 2199 - Rio Vermelho, Salvador - BA, 40170-130 Telefone:(71) 3203-2200

Multimagem Avenida Manoel Dias da Silva, 675 e 677 – Pituba, Salvador – BA CEP: 41830-000 | Telefone: (71) 2108-9999 Núcleo de Oncologia da Bahia Av. Adhemar de Barros, 123 – Ondina, Salvador – BA CEP: 40170-110 | Telefone: (71) 4009-7070 Petrobras Av. Prof. Magalhães Neto, 1450 – Pituba, Salvador – BA CEP: 41810-012 | Telefone: (71) 3402-5257 Planserv Av. Antonio Carlos Magalhães, s/n, 4º andar – Iguatemi, Salvador – BA CEP: 41280-000 | Telefone: (71) 3273-4300 Promédica Av. Tancredo Neves, 450, Ed. Suarez Trade, 27º andar – Caminho das Árvores, Salvador – BA CEP: 41820-020 | Telefone: (71) 3271-9100 Protécnica Rua Rio Trobogi, 320, casa 6 – Piatã, Salvador – BA CEP: 41650-295 | Telefone: (71) 9107-0578 Santa Casa de Misericórdia de Itabuna Rua Antônio Muniz, 200,Pontalzinho Itabuna/ BA CEP:45603-023 Tel: 73. 3214-9100 White Martins Rodovia Salvador – Feira, s/n – Alta Alegre, Feira de Santana – BA CEP: 41310-450 | Telefone: 0800 709 9000


Book Benchmarking Saúde | 2013 Publisher/Diretor Executivo Reinaldo Braga | reinaldo@diagnosticoweb.com.br Diretora Comercial Verônica Diniz | veronica@diagnosticoweb.com.br Textos Adalton dos Anjos Eduardo César Fotos e Tratamento de imagens Roberto Abreu Diagramação Cacá Ponte Impressão Gráfica Grenscon Distribuição Correios Map Express

Realização

REVISTA

Criarmed Marketing de Saúde, Av. Centenário - 2411, Ed. Empresarial Centenário, salas 203/204 | Chame-Chame | CEP: 40.155-150 | Salvador-BA Tel.: (71) 3183-0360 www.benchmarkingsaude.com.br ® Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução parcial ou total do conteúdo desta publicação sem a expressa autorização do Grupo Criarmed.


REALIZAÇÃO

AUDITORIA

R

Benchmarking Saúde 2013  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you