Issuu on Google+

DIVULGAÇÃO

www.destakjornal.com.br

destakbrasil

COM GOL CONTRA DE DANIEL ALVES, BRASIL PERDE PARA SUÍÇA • 16

PM MORTA HAVIA SIDO CONVIDADA A ROUBAR CAIXAS ELETRÔNICOS • 5

@DestakBRA | Edição nº 1702 Ano 8. Jornal de distribuição gratuita. Venda proibida DIVULGAÇÃO

O DESTAK É IMPRESSO EM PAPEL VINDO DE FLORESTAS COM MANEJO RESPONSÁVEL, COMO INDICA O SELO FSC®.

LIVRO REÚNE CARTAS DE UM FÃ FICTÍCIO AO CANTOR INGLÊS MORRISSEY • 14

CINEMA PERCY JACKSON VOLTA ÀS TELAS AMANHÃ

15.08.2013 Quinta-feira SÃO PAULO

PLACAR

PÁGINA 14

BRASILEIRO FLUMINENSE 0 X 0 CORINTHIANS • SANTOS 1 X 1 VASCO

BRASIL • 6

MUNDO • 10 FOTOS AP

CCJ aprova mudança em cassações de deputados ‘PEC dosmensaleiros’,quepropõeperda demandatoaparlamentarescondenados naJustiça,agorairáavotaçõesnoCongresso BRASIL • 6

Royalties do petróleo: 75% para educação, 25% para saúde

SÃO PAULO • 4

Manifestantes tentam invadir Assembleia e Câmara de SP

DIVERSÃO E ARTE • 13

Falabella leva ‘A Madrinha Embriagada’ à geral por 11 meses

MASSACRE O governo egípcio desocupa acampamentos de apoiadores do presidente deposto Mohamed Morsi. Ação gerou a maior onda de violência desde a revolução de 2011, com 278 mortos e imposição de toque de recolher DIVULGAÇÃO/CAIO GALLUCCI


QUINTA-FEIRA

SÃO PAULO

TEMPO

13°C

SERÁ A MÁXIMA temperatura hoje

www.destakjornal.com.br

6°C

SERÁ A MÍNIMA sensação de frio continua

0°C

SERÁ A SENSAÇÃO TÉRMICA registro deve ocorrer à noite

Tentativa de invasão a Alesp e Câmara acaba em confronto com a PM MARLENE BERGAMO/FOLHAPRES

Manifestantes usaram pedras contra policiais, que revidaram com bombas de efeito moral e com gás lacrimogênio DA REDAÇÃO redacao@destakjornal.com.br

Protestos realizados ontem contra o suposto cartel em licitações de fornecimento de trens e equipamentos para o Metrô e CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) acabaram em depredação e confronto com a PM. Até por volta das 21h de ontem, a PM confirmou apenas uma prisão por depredação e porte de drogas. Os embates ocorreram em tentativas de invasão à Câmara de Vereadores, no centro, e à Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo), na região do Ibirapuera (zona sul). A primeira concentração ocorreu no Anhangabaú e teve início às 15h. Cálculo feito pelo Datafolha indica 3 mil manifestantes. Eles reuniam sindicatos e do MPL (Movimento Passe Livre).

15.08.2013

De lá, eles seguiram em passeata pelas ruas do centro antigo. No meio do caminho, na frente da Secretaria de Transportes Metropolitanos, queimaram catracas e um boneco do governador Geraldo Alckmin (PSDB). Na Câmara, alguns tentaram invadir o local e foram contidos pela PM. Em revide, jogaram pedras contra as vidraças, quebrando algumas. A polícia reagiu com bombas de efeito moral e de gás lacri-

EM DEZ SEGUNDOS # MENORES

Polícia detém suspeitos de atear fogo em dentista em SJC A Polícia Civil deteve, na noite de segunda, três menores suspeitos de atear fogo no dentista Alexandre Pessanha Gaddy, no dia 27 de maio, em São José dos Campos. Os policiais encontraram duas estudantes, de 15 e 17 anos, em uma casa na Vila Ester. Já o garoto, também de 17, estava na escola. Os três foram apresentados à Vara da Infância e Juventude. REPRODUÇÃO

4

Haverá um novo ato no dia 28 deste mês, uma marcha rumo à sede do governo do Estado, no Morumbi

PMs tentam conter participantes que queriam invadir Câmara de Vereadores

mogêneo. Alguns manifestantes conseguiram entrar após negociação com a direção da Casa. Os demais foram dispersos. O ato em frente à Alesp começou por volta das 17h, com cerca de mil pessoas. A confusão começou quando um grupo tentou invadir o local. A PM usou bombas de efeito moral para dispersar os manifestantes, que responderam com o arremesso de pedras.

DIVULGAÇÃO

Painéis com mensagens de trânsito voltam a operar hoje

EMÍLIO RIBAS PASSARÁ POR REFORMA Até o fim do ano, governo do Estado vai investir R$ 100 milhões na modernização do Instituto, que tem 133 anos. A previsão é de que o número de leitos de internação cresça 50,7%, passando dos atuais 199 para 300

A partir de hoje a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) reinstala 23 PMVs (painéis de mensagens variáveis) dentro e na proximidade de túneis. Os equipamentos estavam sem funcionar há três anos. Eles são usados para informar os usuários sobre as condições do trânsito, como interferências na região. O valor é de R$ 5 milhões e o contrato vence em 2017.

# CARANDIRU

Associação dará R$ 300 mil para defensores A Associação de Cabos e Soldados da PM anunciou ontem que destinará R$ 300 mil para pagar advogados que defendem réus do Massacre do Carandiru. O caso, ocorrido em 1992 na Casa de Detenção, deixou 111 mortos. Já foram realizados dois júris sobre o caso, com a condenação dos PMs. # ACIDENTE COM MOTOS

67% das vítimas não têm CNH Uma pesquisa do Instituto de Ortopedia da USP revela que a maior parte dos motociclistas acidentados usam o veículo para ir e voltar ao trabalho (77%). Homens são maioria (90%), com idade média de 30 anos. Mais de um quinto (21%) consumiram álcool ou drogas antes dos acidentes e 67% não têm CNH.


15.08.2013

QUINTA-FEIRA

SÃO PAULO

www.destakjornal.com.br

57% DOS JOVENS DEIXARAM DE USAR CARROS

5

Uma pesquisa feita pelo Ipespe em maio apontou que 57% dos paulistanos deixaram de usar o carro como principal meio de transporte nos últimos dois anos: 19% abandonaramtotalmente, e 38% restringiram o uso aos fins de semana.

J. DURAN MACHFEE/FUTURA PRESS/FOLHAPRESS

Policial morta com família foi convidada para furtar caixas Deputado Major Olímpio falou à Corregedoria: Andreia fez denúncia a seu capitão, mas ele foi trocado de batalhão DA REDAÇÃO redacao@destakjornal.com.br

O deputado estadual Major Olímpio (PDT) disse ontem ao Destak que a cabo Andréia Regina Pesseghini, encontrada morta na semana passada junto à família, na Brasilândia (zona norte), havia sido convidada por outros policiais militares para participar de furtos a caixas eletrônicos. Segundo o deputado, a informação foi levada na última segundafeira ao conhecimento do coronel Rui Conegundes, corregedor da Polícia Militar. “Os policiais me trouxeram essa informação, logicamente me fazendo portador disso à Corregedoria”, disse o Major. Ainda de acordo com ele, em vez de aceitar o convite, Andréia deu conhecimento do fato ao capi-

tão dela, Fábio Paganotto, que se esforçou ao máximo para buscar alguma prova sobre a denúncia. “Depois, ele foi movimentado para o 9º Batalhão, como uma forma de preservá-lo. Esta foi a palavra usada pelos policiais”, afirmou. A suspeita de que Andréia havia denunciado colegas já havia sido levantada pelo coronel Wagner Dimas, comandante do 18º Batalhão, durante entrevista à Rádio Bandeirantes. Dimas, entretanto, voltou atrás sobre o que disse. Para o Major Olímpio, o caso pode ou não ter relação com a morte da família Pesseghini. “Cabe investigar. O que não dá é falar que não aconteceu”, disse. “O fato de não haver registro formal [sobre a denúncia da cabo], não significa que o caso não tenha ocorrido”, completou.

Corregedoria A Corregedoria da PM não respondeu aos pedidos de informação. Questionada via Twitter em seu perfil, a PM informou que haverá investigação a respeito.

Sandro Dota assume morte de cunhada em 2011 Em carta escrita no presídio de Tremembé (interior de São Paulo), o motoboy Sandro Dota confessou ter matado a estudante Bianca Consoli, em 2011. Porém, ele nega a violência sexual. O advogado Márcio Gomes Modesto, integrante da nova equipe de defesa do motoboy, diz que partiu dos defensores a proposta de ele fazer o documento e assiná-lo. A carta data de 2 de agosto. Ela só foi divulgada ontem porque na primeira visita dos novos advogados Dota não assinou os papéis. O primeiro júri, em julho deste ano foi dissolvido três dias após seus início. Nele, Dota negou o crime. Depois, o motoboy destituiu seu advogado à época. O novo júri será em 16 de setembro. REPRODUÇÃO

Bianca foi encontrada morta dentro de casa, com um saco na cabeça

SOFAZÃO A peça de 5 m de comprimento por 3 m de altura, de uma marca de alimentos que promove sua nova pipoca, ficará até o dia 20 no shopping Center 3

Comissão da Câmara aprova decreto para homenagear Rota A Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara Municipal aprovou ontem, por seis votos a dois, um projeto que visa homenagear a Rota (Batalhão Tobias de Aguiar), a tropa de elite da PM paulista, com a “Salva de Prata”. De autoria do vereador Coronel Telhada (PSDB), que foi tenente do batalhão, o texto prevê ainda a

honraria conferida em sessão solene, e justifica o projeto “pelos relevantes serviços prestados”. Os votos contrários foram dos vereadores Jair Tatto e Paulo Fiorilo, ambos do PT. Para que a homenagem ocorra, entretanto, ela deve ser aprovada por pelo menos 37 dos 55 vereadores em votação simbólica (não nominal).


6

QUINTA-FEIRA

BRASIL

PROJETO DE LEI PROIBIÇÃO NAS ESCOLAS

www.destakjornal.com.br

15.08.2013

O Senado aprovou ontem projeto que proíbe venda de bebidas e alimentos com altas taxas de açúcar, gordura ou sódio, em escolas de ensino básico. Lei ainda depende da aprovação dos deputados e sanção da presidente Dilma Rousseff.

Cassação imediata é aprovada em comissão

PARA FECHAR

DIVULGAÇÃO/GOVERNO DA BAHIA

WILSON DIAS/AGÊNCIA BRASIL

Jair Bolsonaro (PPRJ) será investigado, acusado de racismo

Bahia é Estado que receberá maior número de médicos, segundo ministério

DIVULGAÇÃO/AGÊNCIA SENADO

O ministro do STF Luis Roberto Barroso autorizou inquérito por o deputado responder a Preta Gil acusando de ‘promiscuidade’; Jair disse não ter entendido a pergunta, sobre suposto racismo.

Embratur: Copa deixa hotéis até 538% mais caros no próximo ano Só 100 brasileiros vão participar do teste de visto rápido aos EUA Senadores Eduardo Braga (PMDB-AM) (à esquerda) e José Pimentel (PT-CE)

PEC estabelece perda de mandato de parlamentar condenado em instância final, mas valerá só para crimes de improbidade DA REDAÇÃO redacao@destakjornal.com.br

A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado aprovou ontem, por unanimidade, mas com modificações, a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que determina perda de mandato dos parlamentares condenados na Justiça em decisão definitiva, independente de votação para cassação no Congresso. Ela foi apelidada de PEC dos Mensaleiros devido aos deputados condenados no processo do mensalão não terem perdido seus mandatos, como queria o STF. Entretanto, seu texto não prevê a cassação pelos crimes do mensalão, como corrupção – somente por improbidade administrativa. Natan Donadon (RO), preso desde junho por peculato e formação de quadrilha também não perderia seu mandato – cujo processo por cassação ainda tramita. A proposta original, de Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE), tam-

bém incluía os crimes contra a administração pública, mas estes foram retirados pelo relator, Eduardo Braga (PMDB-AM), líder do Governo do Senado. Sua justificativa é de que, nesses casos, a perda do mandato já é determinada pela legislação criminal. A PEC ainda precisa ser aprovada pelo plenário, antes de ser enviada pelo Senado à Câmara.

Senador Ivo Cassol (PP-RO) nega crimes, após condenação PT, PSB, PDT e PC do B insistem em proposta de reforma política Vereador de Ribeirão Preto queima jornal www.destakjornal.com.br

Aumentam seleções para o Mais Médicos Pouco mais de décimo das vagas foram preenchidas para o programa Mais Médicos, em que o Ministério da Saúde tenta aumentar o número de profissionais em cidades carentes de atendimento. Ainda assim, há melhora em relação à 1ª fase, com a inclusão de estrangeiros e brasileiros formados no exterior – que, somados, superam a metade dos 1.086 médicos formados no Brasil. A lista de médicos formados em outros países é liderada pela Ar-

gentina (141), seguida por Espanha (100), Cuba (74), Portugal (45) e Venezuela (42) – segundo o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, nenhum dos 74 médicos formados em Cuba é cubano. Dentre os médicos, 67,3% irão a áreas de extrema pobreza e distritos indígenas. Os outros 32,7% vão para periferias de capitais e regiões metropolitanas. A Bahia receberá o maior número (144), seguida por São Paulo (134), a partir de setembro.

EM NÚMEROS

10,5% 358 # DOS PROFISSIONAIS foram

# ESTRANGEIROS e mais 164

chamados: 1.618 médicos, contra 938 (6%) há nove dias, no primeiro balanço

brasileiros formados no exterior foram convocados, para 579 das 3.511 cidades

STF volta para o mensalão e rejeita recursos

Royalties do petróleo: 75% na educação

O Supremo Tribunal Federal retomou ontem o mensalão rejeitando os primeiros recursos finais. A principal decisão foi contra o pedido de mudança do relator, que continuará o presidente da Corte, Joaquim Barbosa. O STF também negou recursos e manteve as condenações do deputado federal Valdemar Costa Neto (PR-SP), por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, do exdeputado federal José Borba, por corrupção passiva, e de Jacinto Lamas, ex-assessor do PL (atual PR) por lavagem de dinheiro. Os julgamentos seguem hoje.

Após acerto entre Governo e líderes partidários, a Câmara dos Deputados aprovou ontem o projeto que destina 75% dos royalties do petróleo para Educação e 25% para Saúde. Pelo acordo, o Palácio do Planalto aceitou destinar 50% do Fundo Social – poupança dos recursos da União na produção do pré-sal – a essas áreas. Antes, o Governo desejava apenas que os juros fossem destinados. A Câmara, por sua vez, retirou a exigência de que ao menos 60% do excedente em óleo do campo a ser explorado vá para a União. Já aprovado pelo Senado, o pro-

FABIO RODRIGUES POZZEBOM/AGÊNCIA BRASIL

jeto agora segue para sanção da presidente Dilma Rousseff.

Presidente da Câmara, Henrique Alves (PMDB-RN) costurou acordo

Orçamento impositivo Também na Câmara, foi aprovada, em 1º turno, na terça-feira, a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que obriga o Governo Federal a pagar emendas parlamentares individuais, de deputados e senadores, apresentadas ao orçamento da União. O “Orçamento Impositivo” ainda será votado outra vez na Câmara, para depois ir ao Senado. Lá, o Governo tentará de novo impor que parte do dinheiro vá para a saúde.


10

MUNDO

QUINTA-FEIRA www.destakjornal.com.br

‘Sinto muito que minhas ações tenham causado dano a pessoas e aos Estados Unidos’

15.08.2013 BRADLEY MANNING Soldado, fonte dos Wikileaks

Confronto político no Egito causa 278 mortes FOTOS: AP

Ação do governo contra a Irmandade Muçulmana termina em violência; mais de 1,4 mil feridos e crise agravada no país DA REDAÇÃO redacao@destakjornal.com.br

O governo temporário do Egito decretou estado de emergência e instalou toque de recolher para controlar a revolta iniciada com o desmonte dos acampamentos de apoio ao ex-presidente deposto, Mohamed Morsi. O dia mais sangrento desde a revolução de 2011, com 278 mortos e mais de 1,4 mil feridos, começou com a ação policial ao amanhecer, para expulsar os manifestantes dos dois acampamentos. Os apoiadores de Morsi, revoltados, confrontaram a polícia. Há relatos de pessoas queimadas vivas em barracas e jovens e crianças mortos na operação, o que inflamou ainda mais os ânimos contra a polícia. De acordo com o Ministério do Interior, 43 policiais militares foram mortos.

Futuro político “Este é o início de um desmantelamento sistemático da Irmandade Muçulmana, de outros islamistas e opositores do golpe militar. É uma tentativa de iniciar uma nova fase de um Estado policial sob controle militar atrás de uma fachada civil”, criticou o professor de ciência política na Universidade Americana do Cairo, Emad Shahin, ao “New York Times”. O vice-presidente, Mohamed ElBaradei, renunciou e justificou: “Ficou difícil continuar a ter responsabilidade por decisões com as quais não concordo e cujas consequ��ncias temo. Não posso carregar a responsabilidade por um derramamento de sangue”. ElBaradei é um ganhador do prêmio Nobel da Paz por sua atuação na agência nuclear da ONU. O governo anunciou que o estado de emergência e o toque de recolher serão mantidos por um mês, período em que o Exército poderá realizar prisões em nome da segurança nacional.

Manifestantes a favor do presidente deposto Mohamed Morsi saíram às ruas do Cairo após ação violenta do governo

Comunidade internacional condena ação

Policial agride militante da Irmandade Muçulmana durante operação, ontem

Ativistas detidos depois de a polícia desocupar acampamentos pró-Morsi

Líderes de diversos países e organizações expressaram seu medo de uma escalada na violência no Egito e condenaram a ação violenta do Estado. “As autoridades escolheram usar da força para responder as demonstrações em andamento”, disse o secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon. John Kerry, secretário de Estado dos EUA, classificou de “deplorável” a ação so governo egípcio contra os acampamentos. “O mundo está observando de perto o Egito e está profundamente preocupado com os eventos de hoje”, disse Kerry. Reino Unido, França, Suécia, Irã, Qatar e Turquia também denunciaram a violência do governo egípcio. O ministro das Relações exteriores sueco, Carl Bildt disse em seu Twitter: “A responsabilidade principal é das forças do regime. Extremamente difícil retomar o processo político.”

VIATURA ARREMESSADA FLAGRANTE Uma viatura

da polícia egípcia foi atirada de uma ponte, no Cairo. O policial que estava no carro, ferido com a queda, foi arrastado por manifestantes que o agrediram com chutes e pisões.


12 INDICADORES

FECHAMENTO 14.08.2013

+0,58%

www.destakjornal.com.br

IBOVESPA 50.895 pontos

+0,61%

DÓLAR COMERCIAL

R$ 2,3230

+0,56%

Com inflação, comércio tem pior junho em 10 anos AGÊNCIA BRASIL

Vendas do varejo sobem 0,5% no mês, a menor alta desde 2003; lojas de roupas e supermercados foram os mais afetados

EURO R$ 3,0800

PARA FECHAR REPRODUÇÃO

Com Abilio, BRF tem novo presidente e reduz 1% do pessoal ABRF, dona das marcas Sadia e Perdigão, ganhou a cara de Abilio Diniz, que assumiu a presidência do conselho da empresa em abril. Ele contratou Claudio Galeazzi (foto), ex-Pão de Açúcar, para presidente executivo e anunciou corte de cerca de 1,1mil funcionários.

DA REDAÇÃO redacao@destakjornal.com.br

As vendas no varejo brasileiro cresceram abaixo do esperado em junho, com queda em setores importantes como supermercados e tecidos e vestuário, mais uma evidência de que a recuperação da atividade econômica continua sem fôlego e de que a inflação freia o consumo no país. De acordo com o IBGE, em junho, as vendas varejistas no país tiveram alta mensal de 0,5%, o menor avanço para junho desde 2003. Com isso, o varejo encerrou o primeiro semestre com crescimento acumulado de 3%, o mais baixo desde o segundo semestre de 2005 quando houve queda de 1,9%. “Esse processo de desaceleração do comércio tem a ver com o crescimento menor da renda, impacto da inflação, efeitos dos juros sobre o crédito e uma desocu-

15.08.2013

QUINTA-FEIRA

SEU VALOR

Tesouro aporta mais R$ 650 milhões para manter corte na luz Brasil chega à marca de 76 milhões de usuários do Facebook Alta dos preços dos alimentos leva à mudança de hábitos: sobe a troca de itens mais caros por produtos mais em conta

pação estável”, explicou a economista do IBGE, Aleciana Gusmão.

Quedas O setor de hiper e supermercados registrou queda de 0,4% em junho ante maio, enquanto o setor que engloba tecidos, vestuário e calçados mostrou recuo de 1,4%.

A alta dos preços dos alimentos foi o principal motivo para o desempenho fraco dos mercados. Enquanto a inflação oficial encerrou junho com alta em 12 meses de 6,7%, os alimentos em domicílio somaram avanço de 13,6%. “Há uma adaptação nos hábitos de consumo porque o aumento

nos preços é forte”, disse Aleciana. A inflação, diz, tem levado à compra de menos alimentos e à substituição de produtos mais caros por opções mais em conta. E o resultado não foi pior graças às vendas de combustíveis, que subiram 0,9%, puxadas pelo aumento da frota de veículos.

Indústria de SP fecha 5,5 mil vagas em julho Dólar vai a R$ 2,32 pela primeira vez em quatro anos www.destakjornal.com.br

AP

Projeto amplia para US$ 1.200 limite de gastos no free shop REPRODUÇÃO

O limite para compras isentas de tributos em lojas francas (free shops) para os passageiros que desembarcam no Brasil poderá ser ampliado de US$ 500 para US$ 1,2 mil, conforme projeto aprovado na terça-feira pelo Senado. O texto não modifica o limite de compras que podem ser feitas no exterior com isenção de impostos, que é de US$ 500 para quem entra por portos e aeroportos. O projeto foi aprovado na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado. O texto seguirá para votação na Câmara dos Deputados se não houver recurso para ser analisado pelo plenário da Casa. Autor da proposta, o senador Cyro Miranda (PSDB-GO) disse

Hoje, teto para compras em lojas francas é de US$ 500 por pessoa

que o limite dos free shops está desatualizado há 30 anos e, por isso, precisa de correção. “O limite de compras com isenção de tributos nesses estabelecimentos hoje é modesto. O projeto contribui com os esforços para diminuir a carga tributária brasileira e incentivar a vinda de turistas para o nosso país”, disse ele. “Até pelos eventos que o Brasil vai receber, Copa do Mundo e Olimpíadas, é necessário atualizar essa quantia”, afirmou. A discussão sobre o aumento do teto de gastos ocorre em um momento em que os gastos de brasileiros de viagens a outros países continuam batendo recordes, a despeito da alta do dólar.

FIM DA RECESSÃO Após seis trimestres de queda, a economia da Zona do Euro teve alta de 0,3% entre abril e junho. França e Alemanha puxaram resultado


15.08.2013

QUINTA-FEIRA

DIVERSÃO & ARTE

www.destakjornal.com.br

O TERNO FAZ SHOW HOJE

21H

Escalado para tocar no festival Planeta Terra, no dia 9 de novembro, o trio paulistano apresenta no Sesc Ipiranga (tel. 3340-2000) canções do CD ‘66’.

Falabella leva sua nova peça à geral Diretor assina adaptação ‘A Madrinha Embriagada’, musical da Broadway que fica 11 meses em cartaz com entrada gratuita LUISA COELHO luisa.destak@gmail.com

A crescente produção de musicais no Brasil ganha montagem que deve fazer o público do gênero crescer muito. A partir de sábado, durante 11 meses, “A Madrinha Embriagada”, versão nacional do espetáculo da Broadway “The Drowsy Chaperone”, é apresentada no teatro do Sesi em sessões gratuitas.

13

O espetáculo é dirigido e adaptado por Miguel Falabella. “Eu sempre trabalhei para a rapaziada da geral. Quando a geral diz sim, não há quem diga não”, declarou ele, em entrevista coletiva. “Os musicais no Brasil são caros, nem todo mundo tem acesso. Neste, quem nunca assistiu tem a possibilidade, sem gastar nada”, disse ao Destak Sara Sarres, que vive Jane Valadão, a protagonista, musa do teatro que vai deixar os palcos para se casar. Segundo Don MC Kellar, coautor do texto original, a produção sempre quis que o espetáculo tivesse letras em português, pois nos anos 1920 (época em que se passa a história), a música brasi-

leira se tornava moda nos EUA. “Fica mais natural quando a transposição é completa, não só as canções, mas a cultura também”, afirma. Além das letras e nomes das personagens, a peça ganha novo cenário: São Paulo. O original homenageia atores da Broadway. Aqui, o tributo é feito a artistas brasileiros como Zé Trindade e Oscarito, segundo Falabella. “Somos um país de poucos elogios e pouca memória”, criticou, lembrando que o povo esquece de seus astros do passado. “A gente faz uma homenagem aos diversos estereótipos do teatro”, conta Saulo Vasconcelos, que

Os atores Cleto Baccic e Stella Miranda

interpreta o canastrão Sr. Iglesias. “As vozes seguem essa estética”, complementa. Outra figura caricata é a madrinha embriagada, vivida por Stella Miranda. “Não bebo, mas

Montagem estreia no teatro do Sesi, e homenageia atores brasileiros como Zé Trindade e Oscarito estou gostando, quem sabe até vou aderir”, brincou a atriz. Não há mais ingressos para as sessões de agosto. No dia 20, começam as reservas, via site, para setembro.

DIVULGAÇÃO/CAIO GALLUCCI

TEATRO DO SESI Tel. 3146-7405. Qua. a sex., 21h; sáb., 16h e 21h; dom., 19h. Até 29/6. Grátis. sesisp.org.br


14

QUINTA-FEIRA

DIVERSÃO & ARTE

www.destakjornal.com.br

‘O que eu provavelmente escreveria agora seriam só uns três parágrafos no meu blog, contando quais personagens [de ‘Crepúsculo’] morrem. Estou mais interessada em passar meu tempo em outros mundos, como a Terra Média’.

15.08.2013 STEPHENIE MEYER Autora da saga ‘Crepúsculo’

DIVULGAÇÃO

Percy Jackson perde a graça na segunda aparição nas telas DIVULGAÇÃO

Novo longa da série escrita por Rick Riordan estreia amanhã, mas não chega a empolgar como o primeiro filme

Personagem fictício fala sobre o cantor, ex-vocalista da banda The Smiths

Em livro, fã escreve cartas a Morrissey

THAÍS FREIRE thais.destak@gmail.com

Os deuses do Olimpo ficariam revoltados se vissem a mais nova adaptação da série literária juvenil de Rick Riordan, “Percy Jackson e o Mar de Monstros”, que estreia amanhã. O segundo filme da trama está longe de empolgar como o primeiro, “Percy Jackson e o Ladrão de Raios”, principalmente porque o posto de diretor, antes ocupado por Chris Columbus (“Harry Potter e a Pedra Filosofal”), agora foi dado a Thor Freudenthal (“Diário de um Banana”). A história acompanha o semideus Percy (Logan Lerman), filho de Poseidon, que vive com seus amigos em um acampamento onde treina para combates. Quando o rebelde Luke (Jake Abel) ataca o local, envenenando uma árvore que mantém o feitiço de proteção da área, e soltando um touro mecânico em cima de seus ex-colegas, Percy se une a seus amigos, Annabeth (Alexandra Daddario) e Grover (Brandon T. Jackson), para encontrar o Velocino, uma pele de carneiro encantada que irá restaurar a árvore que está morrendo. Para complicar a situação, uma

O ex-vocalista da banda inglesa The Smiths foi a inspiração para o músico Willy Russell lançar “Caro Morrissey...”. O livro é uma reunião de cartas escritas pelo personagem fictício Raymond Marks, 19, fã incondicional do cantor, que no mês passado cancelou apresentações que faria no Brasil. A obra mostra os desabafos, lembranças e acontecimentos da vida do personagem-narrador.

PARA FECHAR Logan Lerman (ao centro) estrela ‘Percy Jackson e o Mar de Monstros’

profecia ao estilo da série “Harry Potter”, sobre Percy ser o escolhido para exaltar ou derrubar o Olimpo, aparece, junto à descoberta de um meio-irmão ciclope, Tyson (Douglas Smith). De modo infantil, os conflitos e tensões desnecessárias são resolvidos rapidamente. Os efeitos especiais do longa

não convencem na maioria das cenas, e os novos personagens da trama demonstram ter aprendido muito pouco as lições sobre amizade e aceitação. Para completar, “Mar de Monstros” ataca a base do pensamento grego, da ideia de predestinação de cada um, com frases como “eu escolho meu próprio destino”.

Anathema vem ao Brasil em outubro DIVULGAÇÃO/ROD MAURICE

Conhecido também por cancelar shows no Brasil, o Anathema parece ter se acertado com produtores e marcou uma apresentação em São Paulo. A banda inglesa de heavy metal toca no dia 13 de outubro, no Carioca Club. O grupo insere no repertório faixas do disco “Weather Systems”, lançado no ano passado. O Anathema surgiu nos anos

1990, e gravou discos cultuados, como “Pentecost III” e “Eternity”. A formação atual inclui os irmãos Vincent Cavanagh (guitarra), Daniel Cavanagh (guitarra/teclado) e Jamie Cavanagh (baixo).

Integrantes da banda inglesa de heavy metal, que fará show em SP

CARIOCA CLUB Tel. 3813-8598. Dia 13/10, 18h. R$ 70 a R$ 150. ticketbrasil.com.br

DIVULGAÇÃO

Estreia, às 23h, a quarta temporada de ‘Top Gear’, no History Filme ‘Snabba Cash’ é exibido hoje, às 17h45, no canal Max Prime US$ 500 milhões é a dívida deixada por Michael Jackson John Williams vai compor a trilha dos novos ‘Star Wars’ www.destakjornal.com.br

Acompanhado por um caderno de músicas e um violão, Marks sai de casa em busca de emprego e, no caminho, passa a narrar sua vida para Morrissey em cartas, mesmo sabendo que não terá coragem de entregá-las. CARO MORRISSEY... Ed. Nossa Cultura. 364 págs. R$ 55

Wagner Moura vai dirigir filme sobre a vida de Marighella Depois de atuar em “Elysium’, filme de Neill Blomkamp (“Distrito 9”) previsto para estrear dia 20 de setembro no país, Wagner Moura fechou um novo projeto para o ano que vem. Segundo o UOL, o ator vai estrear na direção em um longa sobre a vida do ativista político e exdeputado baiano Carlos Marighella, morto em 1969. O roteiro será escrito pelo cineasta Sérgio Machado (“Cidade Baixa”) e vai narrar os últimos cinco anos da vida de Marighella. A base da trama é inspirada no livro “Marighella — O Guerrilheiro que Incendiou o Mundo”, do jornalista Mário Magalhães. Moura já conseguiu apoio de Maria Marighella, neta do ativista. As filmagens devem começar em 2014. A produção será da O2 Filmes, de Fernando Meirelles.


15.08.2013

QUINTA-FEIRA

PASSATEMPO

www.destakjornal.com.br

FASES DA LUA

Crescente dia 14, 7h57

AGOSTO E SETEMBRO DE 2013

Cheia dia 20, 22h45

PALAVRAS CRUZADAS

Minguante dia 28, 6h35

15

Nova dia 5, 8h36

SUDOKU

MEU DESTAK RAPHAEL BRUNO EDITOR DO DESTAK DF raphaelbruno2@gmail.com

Odilema deMarina esde junho ficou claro que a força eleitoral que mais poderia se beneficiar dos protestos populares era a ex-senadora e ex-ministra do Meio Ambiente, Marina Silva.

D SOLUÇÕES

Para anunciar, ligue 3077-3600

Uma série de fatores a aproximam dos anseios dos milhares de jovens que foram às ruas. Marina é ligada ao meio ambiente, tema cada vez mais valorizado pela juventude. Aposta como poucos nas redes sociais e nas novas formas de comunicação, tão incorporadas ao cotidiano e estilo de vida desta mesma juventude. Fala da importância de construir uma “nova política”, livre dos vícios e mazelas da atual. E, como a maioria dos manifestantes, não se assume nem de esquerda nem de direita e não se sente mais representada por partidos e políticos tradicionais, como sua saída do PT e do PV e a sua decisão de não apoiar nem Dilma nem Serra no segundo turno de 2010 demonstraram.

EXPEDIENTE. Destak Brasil Editora S.A. DiretorEditorial: Márvio dos Anjos. Editor-Chefe: Paulo Galdieri. Editora de Arte: Ana Paula Santos. Revisão: Kamila Queiroz. Redação: Av. Brigadeiro Faria Lima, 2954, 3° andar Pinheiros - CEP 01452-000 São Paulo - SP. E-mail: destak@destakjornal.com.br. Departamento Comercial: 3077- 3600 Gráfica: Oceano Indústria Gráfica e Editora LTDA (tel. 4446-7000)

HORÓSCOPO - POR ZANDER CATTA PRETA

ÁRIES 21/3 - 20/4

CÂNCER 21/6 - 21/7

LIBRA 23/9 • 22/10

CAPRICÓRNIO 22/12 • 20/1

Pense em algo diferente para fazer hoje, sem deixar de lado as obrigações. Busque a energia necessária para resolver seus problemas dentro de si.

A nossa vida coletiva é fundamental para tudo o que fazemos. Tudo que nos cerca, nos modifica, impulsiona e direciona para o que iremos fazer amanhã.

Há desafios mais importantes do que aqueles que satisfazem nossa ansiedade. Pensar a longo prazo é importante para mantermos o curso da vida.

Aumento e afloramento das emoções mais escondidas. Deixe seu lado perceptivo funcionar à toda e observe as boas respostas do mundo ao redor.

TOURO 21/4 - 20/5

LEÃO 22/7 - 22/8

ESCORPIÃO 23/10 • 21/11

AQUÁRIO 21/1 • 19/2

Acelere seus projetos e pense qual o seu real papel ali, no trabalho, na vida, nos seus relacionamentos. Reflita sobre seus atos, pensamentos e afetos.

Saber o que não se sabe é mais importante que ser um expert em algo. Saber o seu limite é o que o impulsiona para acima, além e melhor.

O próximo que você ignora pode ter respostas ou perguntas que o ajudarão a entender a vida, o trabalho e o amor. Escute o outro e abra seu coração.

Cuide das suas transações financeiras. Não bobeie com dinheiro parado no banco ou empréstimos a perder de vista. Faça contas do que tem que pagar.

GÊMEOS 21/5 - 20/6

VIRGEM 23/8 - 22/9

SAGITÁRIO 22/11 • 21/12

PEIXES 20/2 • 20/3

Se a exaustão chegar, coloque a vida em curso automático e leve as coisas gastando um mínimo de energia. Confie que as coisas mudarão para melhor.

Se a vida parece sem sentido é porque o mundo não tem essa obrigação. Nós é que ligamos os pontos desse desenho incompleto para nós mesmos.

Você sempre tem um olhar para frente, pensando no futuro. Agora é o momento de colocar esses projetos em prática e as mãos à obra. Trabalhe e colha.

Ficar na superfície não é necessariamente ruim ou bobo. Não há muito oxigênio nos abismos oceânicos e tampouco luz. Aflore o que é profundo.

Marina enfrenta, contudo, um dilema. Corre sério risco de não conseguir registrar a Rede Sustentabilidade dentro do prazo necessário para concorrer nas próximas eleições. Ela pode optar por disputar o pleito por outro partido, claro. Mas tal escolha revelaria certa dose de incoerência, uma vez que Marina sempre disse que o objetivo da Rede não era meramente eleitoral. Além disso, iria reduzir o apelo que ela tem por tentar construir uma nova política e ainda a deixaria exposta para ser atacada pelos defeitos do partido escolhido. A hora de decidir se aproxima. E não há solução fácil para esta equação política.


16

QUINTA-FEIRA

ESPORTES

AMISTOSOS A CAMINHO DA COPA

www.destakjornal.com.br

Alemanha 3 x 3 Paraguai; Itália 1 x 2 Argentina; Bélgica 0 x 0 França; Inglaterra 3 x 2 Escócia; Portugal 1 x 1 Holanda; Chile 6 x 0 Iraque; Colômbia 1 x 0 Sérvia; Suécia 4 x 2 Noruega; Turquia 2 x 2 Gana; Ucrânia 2 x 0 Israel

Corinthians fica no empate e deixa o G-4

Santos sai na frente, mas Vasco iguala já nos acréscimos: 1 a 1

ROBERTO FILHO/FOLHAPRESS

Em partida de poucas emoções, a equipe do técnico Tite parou no ameaçado Fluminense; Pato decepcionou DA REDAÇÃO redacao@destakjornal.com.br

Corinthians e Fluminense empataram em 0 a 0, no Maracanã, em jogo válido pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado não foi bom para o time do Parque São Jorge, que foi ultrapassado por Grêmio e Vitória e caiu para a 6ª posição. Em crise e preocupado em não sofrer gols, o Fluminense resolveu dar mais atenção a marcação e até conseguiu conter as investidas do Corinthians durante o primeiro tempo. A equipe comandada por Tite criou poucas chances na etapa inicial e nas duas oportunidades mais perigosas, os chutes de Pato e Sheik pararam nas mãos do goleiro Diego Cavallieri. Na volta do intervalo, o Fluminense tentou explorar os contraataques. Aos 17 minutos, Igor Julião mandou para o gol, Cássio es-

15.08.2013

Emerson Sheik sofreu com a dura marcação dos jogadores do Fluminense

palmou e no rebote Samuel cabeceou para fora. A noite não foi boa para Alexandre Pato, com apenas uma finalização na partida, o atacante saiu para a entrada de Douglas.

Expulsão O Corinthians conseguia manter a bola nos pés e quando partia

para o ataque causava desespero na defesa do Fluminense. Aos 33 minutos do segundo tempo, o alvinegro ficou com um jogador a mais. O zagueiro Gum cometeu falta dura em Sheik e levou cartão vermelho. Nos acréscimos, Emerson quase marcou. O atacante bateu e Cavellieri fez grande defesa.

FOTO: MARCELO SADIO/VASCO.COM.BR

O Santos derrotava o Vasco por 1 a 0 até os 46 minutos do segundo tempo, quando Rafael Vaz empatou o jogo ontem na Vila Belmiro, pela 14ª rodada do Brasileiro. O peixe chegou a sair na frente, com Edu Dracena, mas desperdiçou chances e deixou a vitória escapar já nos acréscimos. Com o terceiro empate seguido no campeonato, o time santista segue o calvário no nacional, com apenas 15 pontos, a apenas um ponto da degola. Já o Vasco, após vencer o Coritiba, arrancou um ponto importante fora de casa, chegando aos 19 pontos. O Santos começou a partida pressionando a saída de bola do cruz-maltino. Mas foi o Vasco quem dominou o primeiro tempo, marcado por chances desperdiçadas por ambos os lados. Os gols, então, só aconteceram no segundo tempo. Aos 31 minutos, Montillo cruzou da direita e o zagueiro Edu Dracena cabeceou para abrir o placar. Quando tudo caminhava para a vitória santis-

Foi o 3º empate seguido do peixe; Vasco arrancou ponto importante

ta, o também zagueiro Rafael Vaz aproveitou passe de peito de Wendel, e chutou forte para dar números finais ao jogo em Santos. Na próxima rodada, o Vasco recebe o Grêmio, no sábado, às 21h, em São Januário. Já o time santista vai à Fonte Nova para encarar o Bahia, no domingo. AP

Com gol contra de Daniel Alves, Brasil perde para Suíça por 1 a 0 Em seu primeiro jogo após a conquista da Copa das Confederações, a Seleção Brasileira decepcionou. Perdeu ontem da Suíça por 1 a 0, na Basileia. Com poucas alterações em relação ao time que bateu a Espanha por 3 a0 no Maracanã, o Brasil fez um primeiro tempo razoável e chegou a colocar uma bola no travessão do goleiro Benaglio. A Suíça, porém, também assustava. Suas principais chances na primeira etapa saíram de chutes de longa distância. Sem alterações no intervalo, o Brasil foi surpreendido logo aos dois minutos do segundo tempo. Após cruzamento despretensioso do atacante Seferovic, o lateral Daniel Alves, sozinho, cabeceou

RAFAEL RIBEIRO / CBF

Seleção teve dificuldade para infiltrar a melhor zaga das Eliminatórias

para o fundo da rede brasileira, marcando gol contra. Em desvantagem, o técnico Felipão foi obrigado a mexer na equipe. Em apenas 20 minutos, o treinador substituiu seis jogadores, alterando consideravelmente a formação, mas não o desempenho da Seleção. Apática, a equipe não foi capaz de furar o “paredão suíço”, e viu sua sequência de seis triunfos seguidos naufragar. “É difícil enfrentar uma equipe dessas, um time que dá muita porrada”, se queixou Neymar. “Sabíamos que íamos encontrar dificuldades”, completou o atacante, que teve atuação apagada. O próximo amistoso do Brasil acontece no dia 7 de setembro, contra a Austrália, em Brasília (DF).

MUNDIAL DE ATLETISMO Com um salto de 7,92 m, o brasileiro Mauro Vinícius da Silva se classificou para a final do salto em distância, amanhã, em Moscou


São Paulo - 1702