Issuu on Google+

Foto: Chlorus

da

NEWSLETTER MENSAL

Exclusive interview with

FOTO DO ANO 2016 Escolha dos leitores, com 104 votos.

Manila's Rising Sun

Edição nº 53 - Fevereiro 2017


da Nesta edição

e muitos +


Destaque do mês

'02

MARIANA CAMPEÃ

'17

A abrantina Mariana António, do Sporting Clube de Portugal, integrou a formação sportinguista 4x200m que venceu que no Campeonato Nacional de Juniores, em pista coberta, disputado em Braga. A vitória foi alcançada no dia 29 de Janeiro, com o tempo de 1.47,29. Mariana foi ainda Vice-Campeã Nacional nos 60m barreiras, com a marca de 8,80. No dia anterior havia sido 5ª na final dos 60m (7,90).

O Clube de Triatlo de Abrantes marcou presença na Festa do Triatlo, realizada no dia 22 de Janeiro, na Chamusca, tendo sido premiado pelo seu 3º lugar colectivo na Taça PorTerra (Femininos).

p. 3


Bruno de Carvalho

'02

NO TRAMAGAL 

'17

O Presidente da Direcção do Sporting Clube de Portugal, Bruno de Carvalho, esteve no dia 7 de Janeiro no Tramagal, onde visitou o Núcleo Sportinguista daquela vila do concelho de Abrantes. Bruno de Carvalho conviveu com os associados e simpatizantes do clube, que esgotaram o Núcleo, antes de rumar a Torres Novas e Santarém. O Presidente do clube passou o dia em visitas a diversos núcleos, casos de Cadaval (nº 163), Caldas da Rainha (nº 180), antes de visitar o Tramagal (nº 8).  

5º SPRINT ENDURO Nélson Tomás, da Tomás Competição, alcançou o 3º lugar na Class Hobby, do 5º Sprint Enduro Praia das Rocas, realizado em Castanheira de Pera, no dia 15 de Janeiro.


Octávio Vicente vence

'02

DUATLO DAS LEZÍRIAS 

'17

O abrantino Octávio Vicente, ao serviço do Núcleo Sportinguista da Golegã, venceu no dia 29 de Janeiro, o Duatlo das Lezírias, primeira prova a contar para a Taça de Portugal PORTerra. O atleta fez o tempo de 1:35:40, triunfando não só na Geral, como no escalão de Seniores. Alexandre Coimbra, também de Abrantes (e do mesmo clube), triunfou em Cadetes, com Gonçalo Pedro e Guilherme Henriques (Clube de Triatlo de Abrantes), a chegarem na 3ª e 4ª posições. João Serras e Arlindo Brás (Clube de Triatlo de Abrantes), foram 2º e 4º no escalão V5 e V2, respectivamente. Em femininos, Margarida Marques (Clube de Triatlo de Abrantes), conquistou a primeira posição em S23. Beatriz Marques e Rute Leonardo (do mesmo clube), chegaram na 2ª e 3ª posição, em Cadetes e Juniores, respectivamente. Colectivamente, a formação de Abrantes foi 3ª em femininos e 11ª em masculinos.

MADALENA MOSTRA-SE A NORTE  A abrantina Madalena Silva, do Sporting Clube de Braga, participou no XVII Torneio Cidade da Maia, disputado no dia 14 de Janeiro. A atleta alcançou o 2º lugar nos 200m Bruços e integrou a formação que venceu os 4x100m Estilos. O clube de Madalena venceu colectivamente.


Filipa Matos marca

'02

GOLO DECISIVO

'17

A abrantina Filipa Matos marcou o golo decisivo, na vitória do CA Ouriense frente ao CF "Os Belenenses", na 4ª eliminatória da Taça de Portugal. O jogo disputou-se no dia 22 de Janeiro, com a vitória da equipa de Filipa por 1-2.

SELECÇÃO SUB16 FEMININOS

A Selecção Distrital Sub16 Femininos terminou a 1ª Fase do Torneio Inter-Associações, disputado em Vila Nova de Paiva, com duas derrotas. A competição teve lugar nos dias 7 e 8 de Janeiro, com os seguintes resultados: AF Viseu - AF Santarém (5-1) AF Coimbra - AF Santarém (3-0) Recorde-se que a Selecção Distrital foi representada por várias jogadoras de Abrantes, com Ana Pereira a integrar a equipa técnica.


CD Patos no 

'02

NACIONAL DE JUVENIS

'17

A equipa de juvenis do CD "Os Patos" concluiu na 6ª posição, a 1ª Fase do Campeonato Nacional de Futsal (Zona Sul). A formação comandada por Jorge Ramos teve pela frente adversários como o Sporting Clube de Portugal e Sport Lisboa e Benfica.

PEDRO JANUÁRIO O abrantino Pedro Januário, ao serviço do IDV, venceu o 11º GP "18km do Vidreiro", disputado no dia 22 de Janeiro, na Marinha Grande. Pedro fez o tempo de 1h00m49s.


Pão vs Bolachas: quem sairá vitorioso?

'02

CRÓNICA

'17

Se tem a ideia de que comer pão pode ser mais prejudicial que comer bolachas para a sua dieta, prepare-se. Muitas vezes o sentimento de culpa é diminuído quando se consegue eliminar o tão desejado pão e se troca por meia dúzia de bolachas. Nós, profissionais da área da nutrição, passamos gerações a apresentar planos nutricionais a dar as ditas 6 bolachas tipo Maria como equivalente nutricional a uma bola de pão. E porquê a bolacha Maria? Existem centenas de bolachas piores que a bolacha Maria presentes na nossa alimentação, no entanto por ser a melhor ou menos má das bolachas, esta está quase sempre presente nos planos alimentares convencionais. Na verdade, eles são equivalentes em relação aos hidratos de carbono (não tendo em conta a qualidade), sendo que as gorduras, açúcar, sal e aditivos são superiores nas bolachas.

Célia Lopes

As bolachas em média apresentam 350 a 550Kcal por 100g, quase o dobro das quilocalorias em relação ao pão (180 a 280Kcal por 100g). Já para não falar na gordura, em que 1 unidade de bolacha (6 a 13g) tem a mesma gordura ou mais que 100 gramas de pão. Já a fibra é inferior nas bolachas, sendo uma das razões apontadas para não ter tanto poder de saciedade como o pão. A maioria das bolachas, ao fornecer um teor de fibra mais elevado, fornece por vezes também mais gordura e açúcar simples. Atenção, não existem bolachas de dieta ou bolachas saudáveis. Aliás nenhum produto industrializado o é. Mesmo que sejam light, diet, sem glúten e sem açúcar! Pois se repararem bem nos rótulos, vão verificar que estão lá descritas palavras como dextrose, maltose, xarope, maltodextrina, glicose, sacarose, lactose, amido, entre outras, estando o açúcar sempre presente. Nos últimos anos, o açúcar é adicionado a quase todos os alimentos processados, limitando a escolha dos consumidores. Na lista de ingredientes das bolachas encontra-se a gordura hidrogenada. A hidrogenação é um processo no qual se adicionam moléculas de hidrogénio a gordura insaturada, transformando estes óleos, líquidos à temperatura ambiente, em gorduras sólidas mais saturadas, como é o caso da margarina. Ao ficarem mais consistentes o seu prazo de validade aumenta e servem também para serem adicionados a alimentos processados, como é o caso das bolachas de água e sal e outras. Embora a hidrogenação não faça com que a gordura seja totalmente saturada, ela cria ácidos gordos trans que atuam como gorduras saturadas que promovem o aumento de colesterol. Enquanto, o pão tradicional, sem adição de gordura, não fornece colesterol. O pão pode claramente contribuir para o aumento de peso quer pela quantidade consumida quer por aquilo que acolhe no seu interior. Onde pode ser claramente contraproducente é nas grandes refeições onde já existe arroz ou massa ou batata ou outras fontes de hidratos de carbono. Muitas vezes é consumido como entrada na refeição acompanhado por manteiga, queijo, patés… Por outro lado, controlar a quantidade de bolachas ingeridas também é difícil… São saborosas, pequenas, crocantes e quase um aspeto inofensivo, mas como percebeu, é puro engano… Passando de um contexto mais comportamental para um contexto mais técnico, do ponto de vista nutricional é necessário evitar a ingestão excessiva de açúcares ou de hidratos de carbono complexos despojados de fibra e que contenham alguma gordura. Neste contexto, dê preferência ao pão rico em fibra (pão de centeio, integral, com sementes), aliando assim uma dupla vantagem, dá saciedade e melhora o trânsito intestinal. A quantidade e tamanho da porção é igualmente importante. Moderação é a palavra-chave. O que os estudos científicos nos dizem é que o consumo de pão de forma moderada, nas suas versões mais integrais está associado a uma boa gestão do peso. O pão dentro do grupo de cereais e bolachas é sem dúvida a opção mais equilibrada e é erradamente substituído por bolachas e outros produtos de pastelaria. 


Ângela, António e José são

'02

CAMPEÕES REGIONAIS

'17

O Campeonato Regional de Juvenis, em Atletismo (Pista Coberta), realizou-se em Pombal, nos dias 14 e 15 de Janeiro, com a presença do Sporting Clube de Abrantes. Principais resultados: Dia 14 Triplo-Salto Femininos 1ª Ângela Batista 10,13 60m Femininos 3ª Ângela Batista 8,54 60m Masculinos 1º António Mendes 7,64 Dia 15 60m barreiras Masculinos 1º José Matos 8,61 Salto em Altura Femininos 4ª Inês Inácio 1,32

NÁUTICO NO REGIONAL SUB14 FEMININOS

A equipa Sub14 Femininos do Clube Náutico de Abrantes alcançou a 4ª posição no Campeonato Regional, disputado em Abrantes, no mês passado. A formação orientada por Vasco Gonçalves conquistou duas vitórias em cinco jogos. Resultados: Unidos/UBI - CNA (94-32) CNA - NDA Pombal (45-39) CNA - CD Torres Novas (52-62) Santarém Basket - CNA (76-29) CNA - Chamusca BC (59-50)


Trilhos dos Templários

'02

LUIS MOTA VENCE TRILHOS

'17

Luis Mota, da Casa do Benfica em Abrantes, venceu a edição 2017 dos Trilhos Nocturnos dos Templários, no escalão de veteranos M40. Na competição disputada no dia 7 de Janeiro, o atleta fez o tempo de 1h45m18s, para cumprir os 22kms, concluindo na 3ª posição da geral.

FOTO DO MÊS - JANEIRO

Escolha dos leitores, com 83 fotos.


Nº 53 Fevereiro 2017