Page 1

Foto: Chlorus

da

NEWSLETTER MENSAL

LUÍSA CUNHA NO MUNDIAL Exclusive interview with

Manila ' s Rising Sun

Edição nº 50 - Novembro 2016


da Nesta edição

e muitos +


Destaques do mês

'11

LUÍSA CUNHA

'16

Luísa Cunha, da Casa do Benfica em Abrantes, ficou em 15º lugar, ex aequo com outra adversária (no escalão Youth E), no Campeonato do Mundo de Biatle. Na competição disputada no dia 23 de Outubro, em Sarasota (Florida, EUA), a atleta de Abrantes foi a segunda a chegar na sua faixa etária (9/10 anos), dentre 30 concorrentes. Venceu a prova uma atleta egípcia.

SANTINHO MENDES António Santinho Mendes venceu a primeira edição da Taça de Portugal de Ralicross (Iniciação). A competição disputou-se no dia 16 de Outubro, em Lousada. O piloto abrantino junta a esta vitória o BiCampeonato Nacional de Ralicross.

p. 3


Futebol INCUP 2016

'11

AMOREIRA VOLTA A VENCER

A formação de Amoreira venceu a edição 2016 da INCUP, ao bater no dia 9 de Outubro, na Final, a equipa de Sentieiras. Um golo solitário de grande penalidade valeu a vitória no Torneio.

'16


Candidatas a Desportistas do Ano

'11 A abrantina Francisca Laia e a atleta do COA - Clube Orientação e Aventura (de Abrantes), Marisa Costa, figuraram nas listas indicadas pelas Federações, para candidatas a Desportistas do Ano. O prémio, atribuído anualmente pela Confederação do Desporto de Portugal, será entregue durante a Gala do Desporto, no dia 16 de Novembro, no Estoril, após o apuramento dos resultados da votação online. Desportista do Ano (Atleta Feminina) Francisca Laia Categoria: Desporto Universitário/Canoagem Desportista do Ano (Jovem Promessa) - Marisa Costa Categoria: Orientação As duas atletas não chegaram à shortlist final.

ELAS SÃO TOP

'16


Madalena Silva e Mariana António

'11

GANHARAM ASAS

Maria Madalena Silva ingressou no Sporting Clube de Braga. A abrantina é estudante na Universidade do Minho, tendo motivado a sua saída do Clube Náutico de Abrantes.

'16

Mariana António será atleta do Sporting Clube de Portugal na próxima época. A abrantina, treinada por Susana Estriga, dá mais um passo no seu percurso desportivo.

ANA PEREIRA Ana Pereira, ex-treinadora da equipa de infantis masculinos da U.D. Abrantina, foi apresentada no dia 26 de Outubro, como treinadora da Selecção Distrital Sub16 Femininos, em futebol. A cerimónia de apresentação da estrutura técnica das diversas Selecções Distritais teve lugar na sede da Associação de Futebol de Santarém. A Selecção Sub16 Femininos participará no Torneio Inter-Associações, a iniciar no dia 6 de Janeiro.


CD "Os Patos"

'11

VENCE SUPERTAÇA

O CD "Os Patos" conquistou a Supertaça de Futsal Masculinos, ao vencer no dia 5 de Outubro o CA S. Vicentense (5-4). A partida disputou-se na Barquinha.

NIGHT URBAN TRAIL Competição disputada no centro histórico de Abrantes, no dia 29 de Outubro, na distância de 10.000 metros. Na classificação geral, vitória para Octávio Vicente (Individual) e Sofia Carvalho (Individual), em masculinos e femininos, respectivamente. A organização pertenceu ao COA - Clube Orientação e Aventura.

'16


Qual a importância da "cantera" para uma equipa brilhante?

'11

CRÓNICA

'16

Hoje recorremos a uma expressão oriunda de terras de “nuestros hermanos”. Essa expressão é a “cantera”. Porque é que trazemos à consideração esta expressão? E logo uma expressão espanhola? Muitos são os grandes exemplos, tanto no domínio desportivo, como no domínio musical, que vêm de Espanha e os mesmos influem na qualidade demonstrada, no aumento da competitividade, tanto desportiva, como musical, mas essencialmente na longevidade de projetos desportivos e musicais. Quando falamos no domínio desportivo, referimo-nos às grandes equipas do campeonato espanhol de futebol (Barcelona, Real Madrid, Atlético Madrid, entre tantos outros). No entanto, quando nos referimos ao domínio musical, gostaríamos de destacar o domínio das bandas de música (designação atribuída em Espanha) e aqui salientamos regiões como: Valência, Corunha, Altea, Andaluzia, entre outras.

José Rodrigues

Porque destacamos a cantera? Porque é na cantera que encontramos as jovens promessas do futebol espanhol, mas também é nas escolas de música das bandas de música (as nossas filarmónicas), que encontramos os jovens músicos promissores. Muitas das nossas bandas filarmónicas têm formado músicos profissionais de excelência e a nossa região não tem passado ao lado desta formação. No entanto, importa referir que, por vezes, existe alguma falta de visão das equipas diretivas das associações com banda, as quais, acabam de certo modo, por negligenciar a importância da sua “cantera”, apostando num ensino musical de serviços mínimos, centralizando toda a sua atenção na manutenção da banda. Quanto à manutenção da banda, a mesma só é possível se a cantera for forte e bem formada pedagogicamente, se não for, como se consegue a manutenção e a longevidade da banda? Se uma equipa de alta competição desportiva não tiver uma cantera que a alimente, como consegue ela subsistir? Talvez possa haver um mecenas que compre a equipa e assim será fácil, enquanto o dinheiro existir! MAS SERÁ QUE ACONTECE ASSIM COM TODOS? Daí surgem as escolinhas, as equipas de juvenis e afins. O mesmo pode ser transposto para a realidade das nossas bandas de música (filarmónicas), onde a escola de música exerce o papel mais importante na formação de futuros músicos, homens e mulheres, os quais podem, em conjunto, contribuir para a manutenção da banda e assim além de tocarem apenas nos “serviços mínimos obrigatórios”, podem alargar os seus horizontes musicais e em simultâneo as suas ambições e referências artísticas, acontecendo o mesmo com todos aqueles jovens sonhadores que querem ser como o “Cristiano Ronaldo”.


Siga-nos

'11

ESTAMOS NO INSTAGRAM

'16

S I G A N O S


Nacional de Juvenis em Futsal

'11

PATOS RECEBEU SPORTING

1ª Fase - Zona Sul 3ª jornada: CD "Os Patos" - Sporting Clube de Portugal (0-14) Jogo realizado no dia 22 de Outubro.

'16

BTT: OCTÁVIO VICENTE VENCE EM MAÇÃO

FOTO DO MÊS - OUTUBRO Escolha dos leitores, com 61 votos.

Octávio Vicente venceu a III Maratona d'Arrota a Presunto, disputada no dia 23 de Outubro, no Mação. O atleta da AC BTT do Fôjo concluiu a maratona no tempo de 3h1m47s, com cerca de 8 minutos de vantagem. Hugo Lopes, do mesmo clube, foi 4º classificado no escalão de Elites. Luis Marques venceu em Veteranos "C" e Sara Lopes concluiu na 2ª posição em femininos. Na Meia-Maratona, Anacleto António foi 2º, em Veteranos B.

Nº 50 Novembro 2016  

Newsletter Desporto em Abrantes

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you