Issuu on Google+

revista

A revista da Vida

Ano 02 | Nº 08 | Maio 2011

pense bem

HOMOFOBIA página 10 novidade NOVA ORTODONTIA página 14 dicas de saúde Batata frita pode? página 24

E-Profissionalizando formação profissional ao alcance de todos páginas 1

16 e17


2


3


4


5


6


7


editorial

r e v i s t a

A revista da Vida

U

ma empresa que nasceu com o objetivo de levar o ensino profissionalizante para todas as pessoas que necessitam entrar no mercado de trabalho, que precisam se aperfeiçoar para conseguir uma promoção, ou se manter atualizadas, mas não tem tempo ou dinheiro para fazer um curso em uma escola tradicional. E ainda conta com 700.000 pessoas matriculadas em todo Brasil. Em Mantena temos o privilégio de ter o E-profissionalizando, empresa comandada pelos competentes Samuel Gonçalves e Milena Queiróz Gonçalves. Os cursos do E-Profissionalizando, são todos de baixo custo, não possuem mensalidades, e o aluno pode estudar em casa, ou no trabalho, bastando para isso ter acesso a internet. O E-profissionalizando trabalha também com cursos preparatórios para concursos, onde oferecem cursos online para todos os concursos do país, além de curso preparatório para OAB. Cursos estes elaborados pelos melhores professores do país, e o aluno poderá estudar a qualquer momento bastando ter acesso à internet. Tudo isso e um pouco mais você confere numa super entrevista nas páginas 16 e 17. Nesta 8ª edição continuamos a expor temas diversos dentro da área da saúde, que é o nosso foco principal, mas nesta edição temos uma reflexão sobre um tema que está na moda e tem provocado grandes debates em todo o nosso pais: Homofobia . Como sempre, matérias de fitness, dicas, curiosidades, artigos na área do direito e fotos de gente nossa, nas páginas sociais. Agradecemos mais uma vez a você, leitor, empresário, médicos, dentistas, profissional liberal, pela confiança e que Deus continue abençoando a todo nós. Boa leitura, muita saúde pra você e tenha sempre muita fé em Deus! John Martins editor

8

REVISTA SAÚDE E FÉ

Revistas & Autos Martins Ltda CNPJ: 12.825.472/0001-62 Mantena - MG EDITOR John Martins Depto. Financeiro Michele Aguiar Martins PUBLICIDADE OU ANÚNCIO Michele Aguiar Martins/ John Martins (33) 3241-4853 / 8812-7076 / 8415-1049 Revistamais2010@bol.com.br COLABORADORES Alan Brizotti Dr. Júlio Riva Juliana Brandão Dr. Rodrigo Marques Dra. Andrea Negreli Dra. Cristina Almeida Rev. Hernandes Dias Lopes Michele A. Martins Dr. Paulo Lício DIAGRAMAÇÃO Finotrato Design Fone: (33) 3221-7784 www.finotrato.com.br IMPRESSÃO Gráfica JEP Vitória-ES Fone (27) 3198-1900 TIRAGEM Distribuição gratuita 1.000 exemplares DISTRIBUIÇÃO Mantena, Barra de São Francisco, Ecoporanga, Águia Branca, São João do Manteninha, Central de Minas. MANDE SEU EMAIL PARA REVISTA (sugestões, críticas, elogios) Revistamais2010@bol.com.br Os artigos assinados e anúncios são responsabilidades exclusivas de seus autores e produtores, e não representam necessariamente a opinião da revista.


sumário

20

PREVENÇÃO Hanseníase

40

Saúde Bucal Gengivite

22

Em Forma Verdade sobre musculação feminina

42

fique por dentro Rir faz bem mesmo à saúde?

44

Saúde Nutracêuticos

46

Cotidiano Apenas 8% das mulheres estão satisfeitas com o corpo

50

Dicas De Saúde Ar ou Ventilador

53

você sabia? Os seus porquês Tire suas dúvidas com os melhores especialistas

10

PENSE BEM Homofobia

24

Dicas De Saúde Batata frita pode?

12

ESTÉTICA Lipoaspiração

28

social Dia a Dia

14

Novidade Nova Ortodontia

32

PSICOLOGIA Timidez

16

Matéria Capa E-Profissionalizante

34

Artigo Especial Ultrasom na Gravidez

18

Direito O divórcio celebrado no Cartório de Notas

37

Toque Masculino Pequenos segredos da barba

9

54

Reflexão Não creio no Deus da religião


por Por Hernandes Dias Lopes 1ª Presbiteriana de Vitória

PENSE BEM

Homofobia, um esclarecimento necessário

A

palavra homofobia está na moda. No mundo inteiro discute-se a questão do homossexualismo. Em alguns países já se aprovou a lei do casamento gay. Aqui no Brasil, tramita no congresso um projeto de lei (PL 122/2006), que visa à criminalização daqueles que se posicionarem contra a prática homossexual. O assunto que estava adormecido, em virtude de firme posição evangélica contra o referido projeto de lei, mormente na efervescência da campanha política de 2010, ganhou novo fôlego com a nova proposta da senadora Marta Suplicy (PT-SP), que pleiteia a reclusão de cinco anos, em regime fechado, para quem se posicionar publicamente contra o homossexualismo. Diante desse fato, quero propor algumas reflexões: Em primeiro lugar, esse projeto de lei fere o mais sagrado dos direitos, que é a liberdade de consciência. Que os homossexuais têm direito garantido por lei de adotarem para si o estilo de vida que quiserem e fazer suas escolhas sexuais, ninguém questiona. O que não é cabível é nos obrigar, por força de lei, concordar com essa prática. Se os homossexuais têm liberdade de fazer suas escolhas, os heterossexuais têm o sagrado direito de pensar diferente, de serem diferentes e de expressarem livremente o seu posicionamento. Em segundo lugar, esse projeto de lei cria uma classe privilegiada distinta das demais. O respeito ao foro íntimo e à liberdade de consciência é a base de uma sociedade justa enquanto a liberdade de expressão é a base da democracia. Não podemos amordaçar um povo sem produzir um regime totalitário, truculento e opressor. Não podemos impor um comportamento goela abaixo de uma nação nem ameaçar com os rigores da lei aqueles que pensam diferente. Nesse país se fala mal dos políticos, dos empresários, dos trabalhadores, dos religiosos, dos homens e das mulheres e só se criminaliza aqueles que discordam da prática homossexual! Onde está a igualdade de direitos? Onde está o sagrado direito da liberdade de cons-

ciência? Onde o preceito da justiça? Em terceiro lugar, esse projeto de lei degrada os valores morais que devem reger a sociedade. O que estamos assistindo é uma inversão de valores. A questão vigente não é a tolerância ao homossexualismo, mas uma promoção dessa prática. Querem nos convencer de que a prática homossexual deve ser ensinada e adotada como uma opção sexual legítima e moralmente aceitável. Os meios de comunicação, influenciados pelos formadores de opinião dessa vertente, induzem as crianças e adolescentes a se renderem a esse estilo de vida, que diga de passagem, está na contramão dos castiços valores morais, que sempre regeram a família e a sociedade. O homossexualismo não é apenas uma prática condenada pelos preceitos de Deus, mas, também, é o fundo do poço da degradação moral de um povo (Rm 1.18-32). Em quarto lugar, esse projeto de lei avilta os valores morais que devem reger a família. Deus criou o homem e a mulher (Gn 1.27). Ninguém nasce homossexual. Essa é uma prática aprendida que decorre de uma educação distorcida, de um abuso sofrido ou de uma escolha errada. Assim como ninguém nasce adúltero, de igual forma, ninguém nasce homossexual. Essa é uma escolha deliberada, que se transforma num hábito arraigado e num vício avassalador. Deus instituiu o casamento como uma união legal, legítima e santa entre um homem e uma mulher (Gn 2.24). A relação homossexual é vista na Palavra de Deus como abominação para o Senhor (Lv 18.22). A união homossexual é vista como um erro, uma torpeza, uma paixão infame, algo contrário à natureza (Rm 1.24-28). A Palavra de Deus diz que os homossexuais não herdarão o reino de Deus, a não ser que se arrependam dessa prática (1Co 6.9,10). Porém, aqueles que se convertem a Cristo e são santificados pelo Espírito Santo recebem uma nova mente, uma nova vida e o completo perdão divino (1Co 6.11).

10


11


por Julio Riva

ESTÉTICA

Cirurgião Plástico | CRM-ES 6313

LIPOASPIRAÇÃO

1 - Qualquer pessoa pode ser submetida à lipoaspiração? Não. A lipoaspiração, em sua essência, deve ser utilizada para se modelar partes específicas do corpo humano, e jamais deve ser encarada como uma forma de emagrecer o indivíduo. O que se faz é dar uma forma mais harmoniosa obedecendo-se um limite de 7% do peso corporal. Para pacientes com sobrepeso é claro que a lipoaspiração não terá o mesmo efeito. Porém, em alguns casos, esta cirurgia poderá ser realizada quando se tiver por objetivo eliminar gordura de determinada área específica. 2 - O paciente poderá engravidar após a lipoaspiração? Com certeza. Não há contra-indicação para uma posterior gestação. O que se espera é que a paciente apenas não aumente mais que 09 quilos durante a gravidez. Desta forma, a recuperação e o retorno a forma física original será algo bastante possível. 3 - Qual é a quantidade máxima de gordura que poderá ser lipoaspirada? De 5 a 7% do peso corporal. Este é um número que foi estudado e determinado pela SBCP e deverá ser respeitado. Portanto uma pessoa de 60 quilos poderá ser submetida a uma lipoaspiração limite de aproximadamente 4 litros, que se for retirada de locais específicos do corpo humano, poderá atribuir uma sensação de emagrecimento de mais de 10 quilos. 4 - É comum a pessoa engordar novamente? A pessoa pode realizar a lipoaspiração mais de uma vez? Infelizmente não é incomum o aumento do peso após a cirurgia de lipoaspiração. Isto se dá exclusivamente pelo fato do paciente não adotar ne-

nhum tipo de conduta saudável no pós- operatório. É importante o indivíduo encarar a cirurgia como um divisor de águas em sua vida. Se ela mantiver hábitos desregrados, a perda do resultado da cirurgia será uma questão de tempo. 5 - Pacientes em uso de medicamentos para emagrecer podem ser submetidos a lipoaspiração? Não. Todo e qualquer medicamento deverá ser comunicado ao médico, e em especial os medicamentos para emagrecer, que deverão ser suspensos de preferência definitivamente, ou pelo menos 20 dias antes da cirurgia. 6 - Pacientes que fazem cirurgia de redução de estomago podem fazer lipoaspiração? Sem duvida. Após uma perda ponderal muito grande, as cirurgias de eleição são sem dúvida os liftings, ou seja, as retiradas de pele para um melhor ajuste da forma do paciente. No entanto, lipoaspirações em cintura e quadris são muito utilizadas para se obter um melhor refinamento do lifting realizado. 7 - Quais são as áreas mais comumente lipoaspiradas? Quadris, culotes, cintura e abdome sem dúvida são as áreas mais amplamente operadas. No entanto pode-se retirar gordura de papadas, axilas anteriores, nuca, joelhos, coxas e até mesmo da região pubiana. 8 - Qual é a anestesia indicada para lipoaspiração? A melhor anestesia é a que o anestesista indica. O anestesista é o médico que irá conduzir todo o transcorrer da cirurgia. É como se fosse um avião em pleno vôo. O anestesista é o piloto deste avião. Ele é quem vai dar a segurança e o conforto necessário para o cirurgião trabalhar. 9 - Pode- se associar lipoaspiração a outras cirurgias? Sim. Porém, atualmente existe uma tendência a não se prolongar por demais o tempo cirúrgico. Deve-se evitar ao máximo grandes associações. Quanto menor o tempo, menos anestesia, menos traumatismo, mais rápida a recuperação, melhor para o paciente. 10 - É necessária a drenagem linfática? Em lipoaspiração, diria essencial. A drenagem linfática irá “conduzir” todos aqueles remanescentes da lipoaspiração, que ficam soltos no subcutâneo do paciente, para os gânglios linfáticos, que são como filtros. E por último, estes remanescentes irão para os rins, onde serão descartados pela urina.

12


13


por Dr. Paulo Lício Guimarães Ortodontia auto-ligada – CRO 1107

NOVIDADE

Nova ortodontia Fazendo do seu sorrir, uma nova experiência em sua vida

U

m sorriso bonito faz muita diferença em nossa vida pessoal e também na profissional. O sentimento de ter dentes bem posicionados e um lindo sorriso sempre aumenta a nossa auto- estima e autoconfiança em qualquer idade, além de melhorar a sua saúde oral. Corrigir seus dentes é um excelente investimento para você melhorar sua aparência e sua saúde! E se tornar mais feliz. As pessoas não precisam mais se preocupar com a duração do tratamento ortodôntico. Isto ficou no passado, quando a única opção era aparelhos fixados com borrachinhas. Elas reduzem a movimentação devido a sua aderência (atrito). Hoje, os aparelhos auto-ligados sem atrito tornam mais dinâmico o tratamento em todas as idades. Crianças, adultos, pessoas de meia idade, todos tem se beneficiado com esta tecnologia.

Ortodontia do século vinte e um.

Os novos sistemas auto-ligados possuem sistemas de fechamento e travamento do fio ortodôntico nos braquetes, sem os inconvenientes causados pelas borrachinhas. Destes, devemos destacar o Sistema Damon.

O que é o Sistema Damon?

É um sistema que elimina a necessidade do uso de ligaduras (borrachinhas). Sem o freio causado por elas, a movimentação dos dentes é o muito mais eficaz, com menos forças no tratamento. E menos força aplicada significa menos dor e desconforto: permite que eles se movimentem de maneira muito mais gentil e confortável, para a posição correta.

O aparelho Damon de braquetes auto-ligados que elimina a necessidade de elásticos ou ligaduras de metal. Com o aparelho Damon “sem borrachinhas” você pode experimentar um tratamento sem medo dos apertos. Seus arcos ortodônticos de última tecnologia, com memória de forma e super leves, que movimentam o seu dente muito mais rápido e necessitam de menos visitas para ajuste. Associado a isto, foi criada uma nova abordagem clínica do tratamento que alinha seus dentes e melhora a sua estética facial. Ela assegura um maior conforto ao longo de todo o tratamento.

O Damon System foi desenhado para ser discreto, confortável e de fácil limpeza. Sem o uso de elásticos que facilitam o

aumento da quantidade de placa na cavidade oral, torna a sua higienização bucal mais fácil durante o tratamento.

Tratamentos mais rápidos, com menos consultas.

Ele também e necessita de menos consultas ao seu dentista, o que o torna ideal para pessoas com pouco tempo, ou que tenham dificuldade de se deslocar até o consultório. O intervalo de tempo entre as consultas é de oito a dez semanas. A maioria dos tratamentos completam-se em 18 meses, a metade do esperado com um aparelho convencional, e com uma média de nove consultas profissionais.

Uma ortodontia voltada para a estética facial.

Com o Sistema Damon podemos tratar a maior parte dos casos sem extração. Um sorriso mostrando todos os dentes, normalmente, é mais amplo, mais natural e mais estético. Isto se reflete em um rosto mais bonito. E ninguém gosta de extrair dentes, não é? Ele acaba com aquelas sombras negras na lateral do sorriso. Com isto, obtém sorrisos mais marcantes, em que aparecem mais dentes e trazem mais luminosidade a esta área de sombra da boca.

Ortodontia para todas as idades.

Hoje, 60% dos pacientes em tratamento ortodôntico, são adultos, com mais de 18 anos. Um terço destes são pacientes de meia idade. Dentes tortos, apinhados, difíceis de higienizar, protrusões dentarias, mordidas cruzadas, são alguns exemplos de problemas que podemos tratar, independente da idade. Toda a tecnologia do Sistema Damon se desenvolveu de tal maneira, que tornaram este processo mais fácil, mais rápido e mais confortável do que nunca. Muitas pacientes concluíram que a plástica do sorriso Damon é como uma operação plástica ao redor da área da boca.

Como se informar sobre o sistema?

Se você se interessou, primeiro passo é marcar uma consulta com um profissional credenciado Damon para conhecer as diferenças e as vantagens deste novo sistema. Normalmente, ele te fará uma apresentação audiovisual do sistema e da evolução de seus casos. Você também pode obter informações no site www.damonbraces.com ou www.damonsystem. com ou ainda por email paulo.licio@hotmail.com

14


15


matéria capa

E-Profission

Seu centro de Educação

O E-Profissionalizando, nasceu com o objetivo de levar o ensino profissionalizante para todas as pessoas que necessitam entrar no mercado de trabalho, que precisam se aperfeiçoar para conseguir uma promoção, ou se manter atualizadas, mas não tem tempo ou dinheiro para fazer um curso em uma escola tradicional. Os cursos do E-Profissionalizando, são todos de baixo custo, não possuem mensalidades, e o aluno pode estudar em casa, ou no trabalho, bastando para isso ter acesso a internet. Os cursos foram elaborados para que o aluno tenha condições de estudar, sem auxílio de um professor presencial, e no final do curso o aluno recebe sem nenhum custo adicional seu certificado em casa. Trabalhamos também com cursos preparatórios para concursos, onde oferecemos cursos online para todos os concursos do país, além de curso preparatório para OAB. Nossos cursos são elaborados pelos melhores professores do país, e o aluno poderá estudar a qualquer momento bastando ter acesso à internet. A seguir uma entrevista com os sócios proprietários do E-profissionalizando Samuel Gonçalves e Milena Queiróz Gonçalves: SAÚDE E FÉ: Quais os cursos de inglês oferecidos por vocês? Milena: Temos vários níveis de cursos de Inglês. Oferecemos desde o básico, até o avançado, inclusive, cursos para professores de Inglês. SAÚDE E FÉ: Vocês oferecem que tipo de suporte aos alunos de inglês? Milena: Os cursos tem vídeo aulas e o sistema tira dúvidas, é o mais completo possível, incluindo suporte através de fórum, chat e inclusive um endereço de email exclusivo para que os alunos enviem suas perguntas. SAÚDE E FÉ: Os alunos conseguem ter realmente um bom aprendizado estudando a distância?

16 12

Milena: Com certeza. Os cursos apresentam todos os recursos necessários para um aprendizado efetivo e dinâmico. SAÚDE E FÉ: Aproximadamente quantos alunos estudam inglês com vocês? Milena: Temos aproximadamente setecentos mil alunos no curso gratuito (www.inglescurso.net) e mais de mil alunos no curso pago. (www.e-profissionalizando.com) SAÚDE E FÉ: O certificado emitido por vocês tem validade? Milena: Sim, nossos certificados são válidos em todo território nacional.


alizando

Profissionalizante

SAÚDE E FÉ: Samuel, quando vocês começaram a trabalhar com cursos a distância? Samuel: Bem, inicialmente comecei com o site www.inglescurso.net no ano de 2002 quando estava nos Estados Unidos. Esse site teve um grande sucesso, e temos hoje mais de 700.000 estudantes de todo mundo. Quanto aos cursos profissionalizantes e preparatórios para concursos, trabalhamos desde 2008 e temos uma média de mais de 1.000 novos alunos por mês, de todas as partes do país. SAÚDE E FÉ: Porque vocês decidiram colocar um Escritório para atender o público de Mantena? Samuel: A Educação à distância, é uma realidade hoje, e devido a isso, decidimos colocar um atendimento local para atender a demanda dos estudantes de Mantena e região, pois é muito grande a procura por cursinhos para concursos públicos. SAÚDE E FÉ: Quais os cursos preparatórios para concursos que vocês oferecem hoje? Samuel: Bem, na verdade nós temos condições de oferecer cursos preparatórios para todos os concursos do país, e para estudar a pessoa necessita apenas ter acesso a internet SAÚDE E FÉ: As aulas dos preparatórios para concursos são elaboradas por quem? Samuel: São mais de 100 professores, todos especialistas na sua área, a maioria com mestrado ou doutorado, além de ampla experiência em concursos. SAÚDE E FÉ: Como as pessoas podem se matricular nos cursos? Samuel: As pessoas podem acessar nosso site, www.apostilasnaweb.com, ligar para o nosso telefone (33) 3241-3643 ou 3241-3195 ou ainda em nosso escritório na Rua Presidente Tancredo Neves 330.

17


por Karla Vasconcelos de Abreu Advogada | OAB/MG 114.611

direito

Olympio Geraldo de Abreu Neto

Advogado | OAB/MG 121.866 - ES 14.632

O divórcio celebrado no Cartório de Notas

O divórcio extrajudicial é uma via mais rápida para a resolução dos conflitos

A

lei nº 11.441/07 acrescentou ao Código de Processo Civil o art. 1.124-A que permite a separação e o divórcio consensual pela via administrativa, isto é, por meio de escritura pública, lavrada no Cartório de Notas. Um dos grandes desafios da Justiça Brasileira é a busca pela celeridade processual e um dos obstáculos encontrados é a elevada demanda em tramitação. A referida lei, sem dúvidas teve a finalidade de retirar da via judicial procedimentos que podem ser resolvidos na via administrativa, sem a necessidade de interferência do Estado em questões concernentes à intimidade dos cidadãos. Antes de discorrermos sobre o procedimento a ser adotado nos Cartórios, importante trazermos ao conhecimento do leitor outro avanço no que tange à questão da dissolução do casamento, trazida pela Emenda Constitucional nº 66/2010, que deu nova redação ao §6º, art. 226 da Constituição Federal. A citada emenda constitucional tem dois aspectos importantes: o primeiro foi ter extinguido a separação judicial dos cônjuges casados por mais de 1 (um) ano e, o segundo, foi ter extinguido a exigência de prévia separação de fato por 2 (dois) anos. Anota-se que ambos eram requisitos que deveriam ser demonstrados tanto na esfera judicial quanto na administrativa (Cartórios) para que o Divórcio fosse possível. Podemos concluir então, que atualmente, os interessados em pôr fim ao casamento já podem divorciar-se, sem a necessidade dos requisitos de tempo. Os cônjuges, desde que tenham interesse em divorciar-se, consensual ou amigavelmente, e sendo plenamente capazes, podem comparecer ao Cartório e requerer ao Tabelião a lavratura de escritura pública de divórcio, mas existem outros requisitos a serem preenchidos. Vejamos: Não poderá, nos termos da lei, existir filhos menores ou incapazes, pois nesse caso, se faz necessário a participação do Ministério Público, como forma de preservar os interesses dos incapazes, devendo ser utilizada a via judicial. Existem, ainda, algumas cláusulas que devem constar da escritura pública, decorrentes do acordo entre as partes e dizem respeito à descrição da partilha dos bens comuns, à pensão alimentícia e a retomada no nome de solteiro ou a manutenção do nome de casado. Em relação à partilha dos bens, ressaltamos que não é obrigatória, assim, as partes podem inicialmente resolver a questão do divórcio e posteriormente, seja pela via judicial ou administrativa (consensualmente) solucionarem tal ponto.

No tocante aos alimentos, a falta de estipulação não impede as partes de pleitearem posteriormente, mas se forem combinados, deve ser fixado o valor. Importante dizer que a escritura lavrada nesses termos é título executivo extrajudicial e pode ser executada na Justiça, caso ocorra o descumprimento daquele que se obrigou ao dever alimentar. Em relação ao uso do nome de casado, se não constar na escritura pública o interesse de retirá-lo, haverá presunção de que se manterá o nome. As partes podem ser representadas no Cartório, por procuradores, sendo que as procurações devem ser outorgadas por escritura pública e conter poderes específicos para o ato, já que, como argumentado por diversos estudiosos, se o casamento pode ser celebrado por procuração, de semelhante modo a sua dissolução. De acordo com a lei, a assistência de advogado ou defensor público é obrigatório em tais procedimentos, o que se mostra adequado, pois as partes muitas vezes podem realizar acordos prejudiciais, em momentos tão delicados na vida de qualquer pessoa, necessitando da orientação do profissional habilitado e com conhecimento técnico das consequências de um acordo em que ocasionalmente exista o sacrifício excessivo de garantias jurídicas. Outro aspecto relevante da participação do advogado na verificação das cláusulas do acordo é o de as partes não poderem se retratar ou “voltar atrás” em relação ao acordo livremente celebrado após a lavratura da escritura pública de divórcio, ou seja, aquele negócio jurídico pactuado perante o tabelião só poderá ser desconstituído por meio de ação anulatória, por vício de consentimento. A escritura e demais emolumentos serão gratuitos para aquelas pessoas que se declararem pobres. É bom lembrar que as despesas eventuais com tributos decorrentes da dissolução, por exemplo, o imposto de transmissão inter vivos, não serão gratuitos. Após a lavratura da escritura pública de divórcio o tabelião deve enviar traslado ao Cartório de Registro Civil, para averbação na Certidão de Casamento e, caso haja acordo em relação à partilha de bens imóveis, deve ser encaminhado o traslado para o Cartório de Registro de Imóveis. O divórcio extrajudicial, sem dúvidas, é uma via mais rápida do que aquele celebrado na esfera judicial, evitando desgastes desnecessários àqueles que já se encontram em situação um tanto peculiar, do modo menos oneroso, tanto financeiramente quanto pessoalmente. Registre-se, por fim, a possibilidade de fazer o inventário e a partilha, também, por escritura pública, desde que todos os herdeiros sejam capazes e concordes.

18


19


PREVENÇÃO

A

por Dra. Cristina Almeida da Mata Dermatologia e Medicina Estética CRM-MG: 45528 | CRM-ES: 7926

HANSENIASE, tem cura

hanseníase é uma doença crônica, infecciosa causada por uma bactéria denominada Micobacterium leprae e afeta a pele e os nervos. É chamada de “a doença mais antiga do mundo”, atingindo a humanidade há pelo menos 4000 anos e sendo os primeiros registros escritos conhecidos encontrados no Egito, datando de 1350 a.C. É uma doença endêmica e o Brasil inclui-se entre os países de alta endemicidade de hanseníase no mundo. Quase todo o corpo pode ser acometido, mas as regiões mais afetadas são as extremidades (braços, mãos, coxas, pernas, pés) e a face. Quando não tratada, a doença pode causar deformidades que incapacitam o indivíduo para o trabalho e socialmente. No momento atual, depois da introdução do tratamento poliquimioterápico, da Organização Mundial de Saúde (PQT-OMS) podemos afirmar que a hanseníase tem cura. O diagnóstico precoce, o tratamento regular e o acompanhamento da equipe médica poderão impedir o aparecimento das deformidades incapacitantes, modificando a imagem da doença no Brasil e no mundo. Como se pega a hanseníase? A hanseníase é uma doença infecto-contagiosa, transmitida diretamente da pessoa não tratada para a outra através das vias respiratórias, pelas secreções nasais ou pela saliva, mas é muito pouco provável a cada contato, o que significa que é preciso um contato intenso, diário, dentro do mesmo domicílio para se adquirir a doença, mesmo assim depende da imunidade de cada pessoa. A doença ocorre em pessoas de ambos os sexos, de qualquer idade, cor ou classe social, mas pode demorar muito tempo para se manifestar, por isso é mais comum em adultos, apesar de que as crianças também podem ser contaminadas, e funciona como um indicativo de alto índice da doença na região. Entretanto, a maioria das pessoas, mesmo entrando em contato com a bactéria, não adoece porque tem uma resistência natural, ou seja, muitas pessoas não desenvolvem a doença, mesmo estando em contato com pessoas doentes. Nem todos aqueles que adoecem são capazes de transmitir a doença, o que varia em geral conforme o estágio da doença. Após o início do tratamento o paciente multibacilar deixa de transmitir a doença, o que quer dizer que não oferece mais riscos para as pessoas que estão á sua volta. Como saber se está com Hanseníase? Um caso é suspeito de hanseníase quando uma pessoa apresenta um ou mais dos seguintes sinais: • Uma ou mais manchas esbranquiçadas ou róseas, ou mesmo avermelhadas e acobreadas, que tenham alteração na sensibilidade (dormência). • Qualquer área do corpo com alteração da sensibilidade, principalmente mãos e pés. Em alguns casos pode haver também diminuição da força muscular. • Podem surgir nódulos na pele em estágios mais avançados As formas de manifestação da hanseníase dependem da resposta imune do hospedeiro ao bacilo causador da doença. Os pa-

cientes com boa resposta imunológica geralmente manifestam formas mais brandas, ditas paucibacilares (poucos bacilos), em outro pólo, nos pacientes com baixa imunidade, podem aparecer mais comumente as formas multibacilares (muitos bacilos). Como verificar se a mancha é dormente? Um teste simples pode ser feito para a verificação da alteração na sensibilidade. Pode ser feito com um alfinete, e com a pessoa que está sendo examinada de olhos fechados ou sem olhar para a região do teste. A pele deve ser tocada suavemente na área suspeita de dormência e na pele sadia (Atenção: tocar suavemente! Cuidado para não espetar ou furar a pele!). Quando a pessoa sente de forma diferente o toque da ponta do alfinete ou não sente na área da mancha, pode se tratar de um caso de hanseníase. Nestes casos, a pessoa deve procurar um posto de saúde na região onde mora para um exame mais completo. Se o meu marido ou esposa estiver com Hanseníase, temos que nos manter mais afastados? Não, de forma alguma. A partir do momento em que é feito o diagnóstico da doença em uma pessoa, e ela inicia o tratamento, não oferece mais riscos pra ninguém, ou seja, não transmite mais a doença, portanto os familiares podem conviver normalmente, mesmo crianças menores. Também não é necessário separar copos, talheres, toalhas ou roupas de cama, nem se afastar de crianças. Onde procurar tratamento, e como é feito? O tratamento da hanseníase é fornecido gratuitamente pelo governo a todos os doentes. Recebe o nome de poliquimioterapia (PQT), porque é composto por 2 ou 3 medicamentos, pode ter duração em média de 6 meses a 1 ano, de acordo com a forma clínica da doença. O tratamento é seguro e apresenta ótimos resultados, principalmente quando é realizado sob supervisão médica regularmente. A Hanseníase tem cura mesmo? A hanseníase tem cura. O tratamento da hanseníase no Brasil é feito nos Centros Municipais de Saúde (Postos de Saúde) e os medicamentos são fornecidos gratuitamente aos pacientes, que são acompanhados durante todo o tratamento. Infelizmente ainda há pessoas que tem vergonha por ter apresentado a doença, e acabam escondendo de seus familiares, e isso atrapalha o controle da doença. Sempre que diagnosticamos um membro da família com a doença, as pessoas que moram na mesma casa devem procurar a Unidade de Saúde para fazer uma avaliação, e receberem as devidas orientações sobre a doença, o que a gente chama de Exame de Contato. Muitas vezes é descoberto um outro familiar com a doença, que pode ter sido até o contaminante. O paciente que inicia o tratamento não transmite mais a doença, por isso deve procurar o quanto antes o atendimento.

20


21


por Dra. Elisabete F. Almeida

EM FORMA

A verdade sobre musculação feminina

M

usculação para mulheres: você já entrou nessa onda? Veja os benefícios da musculação, que ajuda também a retardar o envelhecimento da pele e músculos, além de prevenir a osteoporose. Atualmente, mais e mais mulheres estão praticando musculação. Na verdade, treinamento com resistência é a forma de exercício físico que mais cresce nos últimos anos. As mulheres estão incluindo em seu condicionamento físico, quase na mesma freqüência que os homens, sessões de musculação. Muitas mulheres apresentam medos e conceitos equivocados sobre a prática da musculação. Aqui estão os mitos mais comuns:

1. Ficar muito musculosa

Talvez a idéia mais errada é a de que as mulheres irão desenvolver músculos enormes através da musculação. Isto não é verdade, pois a mulher em geral não produz quantidades significativas de testosterona para aumentar consideravelmente a massa muscular. Se você está pensando naquelas halterofilistas, flexionando músculos enormes na televisão, pesquisas apontam que um ou mais dos fatores abaixo podem desempenhar algum papel nestes casos: Estas mulheres podem apresentar menor relação estrógeno/ testosterona ou níveis de testosterona acima do normal ou uma predisposição genética para o desenvolvimento de músculos. Somente 6-8% da população se encaixa nessa categoria. Além disso, tenha em mente que essas mulheres não ficam assim por acidente. Elas treinam bastante. Para algumas, é um trabalho de período integral. Três sessões por semana não deixarão você como uma delas.

2. Ficar gorda - Algumas mulheres acreditam que adicionando músculos estarão aumentando alguns centímetros na sua aparência e por isso vão parecer gordas. Músculo e gordura são tipos diferentes de tecido. O músculo, mais denso que a gordura, ocupa muito menos espaço. É firme e bem definido, não é mole e sem forma, como a gordura. À medida que tecido mais magro se desenvolve, o potencial para queimar gordura aumenta, o que leva a perda da mesma. Aumentar o tecido magro aumenta a capacidade do corpo de queimar calorias durante o repouso - o que não pode ser dito do exercício cardiovascular. Enfim, a musculação modifica e melhora a forma de seu corpo.

3. Diminuição da flexibilidade - Algumas acreditam que a musculação reduz a flexibilidade. Na realidade, pesquisas mostram que quando feito adequadamente, o levantamento de pesos pode melhorar a flexibilidade. Diferenças entre o músculo feminino e masculino: Não há diferenças grandes entre a musculatura feminina e masculina. As mulheres podem fazer musculação da mesma forma que os homens. Elas simplesmente precisam optar por níveis de resistência apropriados e tentar não levantar a mesma quantidade de peso que seus colegas homens. 4. Os homens são mais fortes que as mulheres - Em termos de força absoluta, homens

são mais fortes que mulheres, pois apresentam mais músculos e mais testosterona. Entretanto, em termos de força relativa (que leva em consideração o tamanho do corpo), o sexo feminino é tão ou mais forte que o sexo masculino. Estudos de força relativa demonstraram que as mulheres estão logo atrás dos homens na força da parte superior do corpo, mas estão à frente dos homens na força da parte inferior do corpo.

Cuidados Necessários: Praticar musculação só trás benefícios a saúde, mas deve-se prestar atenção a alguns detalhes: • Musculação é recomendável para pessoas com mais de 16 anos; • Exercícios devem ser acompanhados sempre por um profissional; • Fazer avaliação postural e medica; • Não sobrecarregar a quantidade de peso; • Fazer outras atividades aeróbicas; • Alongar-se antes e depois dos exercícios.

22


23


DICAS DE SAÚDE

Fonte: Revista Saúde é Vital

Batata frita durante a dieta. Pode?

P

ode, libera um estudo da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos. Lá, os pesquisadores elaboraram um programa de reeducação alimentar para 86 pessoas acima do peso. Elas seguiram essa dieta durante três meses. Mas, pasme, podiam incluir no cardápio de cinco a sete porções de batatas por semana. Na prática, uma porção equivale a uma batata cozida ou a duas colheres de sopa da versão frita. No final do trabalho, todos os participantes perderam medidas, mostrando que o alimento pode fazer parte de uma estratégia para eliminar os quilos extras. Só que, antes de sair correndo até o fast-food mais próximo, é importante saber que tudo depende da maneira como a fritura for feita – e da quantidade que você comer, claro. “A temperatura ideal é entre 170º e 180°C”, orienta a nutricionista Vanderlí Marchiori, da Associação Brasileira de Nutrição Esportiva. Se durante o preparo muita fumaça começar a sair da frigideira, é sinal de que esquentou além da conta.

24

“E a quantidade de óleo deve ser suficiente para cobrir o alimento.” Mas sem exageros. Não vale extrapolar na quantidade do ingrediente nem usá-lo com muita parcimônia: isso faz com que a batata absorva mais e mais óleo, tornando-se um petisco pra lá de gordo. Outra dica é não reutilizá-lo, mesmo que pareça novinho. “Durante o aquecimento prolongado o produto se altera, demorando mais tempo para fritar os alimentos. Isso também aumenta sua absorção”, diz Vanderlí.


25


Luana e Pablo

social

Grande parte da sociedade de Ecoporanga esteve presente em um grande acontecimento no dia 12 de fevereiro de 2011: O casamento de Luana e Pablo. Ela, filha de Luiz Carlos de Souza e Simoni Marques Britto. Ele, filho de Antônio Carlos da Silva e Eliethe Gomes de Oliveira Silva. A cerimônia e a recepção aconteceram às 20 horas no Parque Morada D’ Águas.

Desejamos felicidades ao casal.

26


Cyro Araújo

Fotógrafo e Proprietário da Empresa Cyro Foto Imagem de Barra de São Francisco-ES, reconhecido em toda região noroeste do estado do ES, pelo seu estilo ousado de fotografar com seus álbuns, livros e encadernados super luxuosos. Tel: (27) 3756-2897

AV. PREFEITO MANOEL VILÁ 579 – CENTRO BARRA DE SÃO FRANCISCO – ES

“REVELANDO SEUS MELHORES MOMENTOS” 27


social Dia A Dia

Equipe forte da Fiat Belle de Barra de S達o Francisco

28


29


social Dia A Dia

30


31


por Dra. Michele Aguiar Martins Psicóloga - CRP: 0/15737 michele-mantena@hotmail.com.br

PSICOLOGIA

Timidez pode criar barreiras para o desenvolvimento pessoal

O

coração que dispara, as mãos que tremem, a voz que falha, as palavras que somem, o rubor que toma conta da face, o medo de errar e ser ridicularizado, a insegurança e vergonha são reações e sentimentos familiares aos tímidos diante de determinadas situações sociais. Frequentemente, o tímido encontra muitas dificuldades ao se expor para um grupo, para uma pessoa importante ou, até mesmo, ao investir afetivamente em alguém. Essas dificuldades e sentimentos são muitas vezes paralisantes e ultrapassar essas barreiras pode ser doloroso, exigindo um grande gasto de energia, principalmente, em uma sociedade onde a extroversão, a exposição e as redes de relacionamento (incluindo o networking) são valorizadas para se obter sucesso e ser reconhecido. Na maioria das vezes, a autopercepção para o tímido é marcada por distorções negativas associadas a sentimentos A timidez é um complexo processo de dificuldades de relacionamento interpessoal, que afeta diferentes áreas da vida: afetiva, profissional, emocional e social; manifestando-se no corpo, na mente, no pensamento e no “eu”. Na maioria das vezes, a autopercepção para o tímido é marcada por distorções negativas associadas a sentimentos, atitudes e comportamentos de menos valia que levam o indivíduo a criar uma série de medos e fantasias a respeito de si mesmo e dos riscos envolvidos na auto-expressão, seja verbal ou gestual. No dia a dia, encontramos uma quantidade considerável de pessoas que se declaram tímidas ou inibidas em situações sociais. Observamos também diversos níveis, desde as pessoas que se demonstram tímidas em poucas situações até pessoas com comprometimentos sociais significativos. Não é Doença social : Porém, é importante ressaltar que a timidez não é uma doença social ou mental, tanto que não está listada

no DSM-IV(Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais 4º Ed) e nem no CID-10 (Classificação Internacional de Doenças - 10ª. Rev.), diferentemente da fobia social. Embora algumas manifestações somáticas sejam semelhantes e a ansiedade social esteja presente tanto na timidez quanto na fobia social, existem diferenças consideráveis entre cada uma dessas condições. Na fobia social, os ataques de ansiedade são muito mais intensos, com grandes possibilidades de ocorrência de ataque de pânico e necessidade de fugir do ambiente, levando o indivíduo a perder a noção de si mesmo. Outra característica do fóbico social, que não observamos no tímido, é a auto-avaliação negativa em todas as situações interativas com o outro, percepção do “outro” como uma ameaça constante, um inimigo pronto para “tirar proveito”. Em outras palavras, a fonte do perigo para o tímido é interna e não externa como para o fóbico. Também é muito comum no dia a dia a confusão entre timidez e introversão, pois ambos apresentam características semelhantes, como: verbalização restrita, retraimento e fuga de aglomerações, mas existem diferenças significativas entre o tímido e o introvertido, o que não quer dizer que uma característica exclua a outra. As pessoas que possuem uma personalidade extrovertida geralmente focam sua atenção no mundo externo. De forma objetiva se orientam de acordo com o ambiente, construindo seus valores e subordinando os processos subjetivos ao objeto. Já para as pessoas que possuem uma atitude introvertida, o centro de atenção é o próprio mundo interno e se orientam através das suas próprias impressões, emoções e pensamentos. Introversão x Timidez: A introversão é uma capacidade saudável de entrar em sintonia com o mundo interior. Enquanto os introvertidos possuem habilidades sociais, buscando isolamento para repor e/ou reter sua energia. O tímido usa o isolamento como fuga, devido ao medo de julgamento e falta de autoconfiança diante de situações sociais que exigem interação. No tímido, o sofrimento é provocado justamente pelo conflito entre o desejo pelo contato social e a inibição que o impede e bloqueia. Alguns estudos observam a predominância da atitude introvertida entre os tímidos, contudo, não podemos afirmar que sempre ocorre a predominância desta atitude em sua psique. Uma criança extrovertida pode vir a ser tímida, não desenvolvendo o que a princípio seria a sua atitude principal, por influência do meio. A timidez pode em muitos aspectos dificultar e criar barreiras para o desenvolvimento individual, no entanto, não é uma característica determinante para o fracasso. As barreiras e as dificuldades podem ser superadas com o empenho pessoal, pois existe a flexibilidade da natureza humana capaz de se ajustar às demandas do ambiente e isso é comprovado pelo grande número de pessoas que conseguem enfrentar a timidez. Conflito entre o desejo pelo contato social e a inibição pode ser superado, basta procurar profissional de Psicologia, ele poderá te ajudar. Caso estas informações tenham alguma identificação com você marque uma avaliação psicológica.

32

Atendimento: Rua Sete Setembro 611, Centro - Mantena Tel: 33 3241-2197


33


ARTIGO ESPECIAL

por Por Andrea Negreli Brasil Medicina Fetal - CRM-ES 7739

Ultrasson na GRAVIDEZ

N

ão há exame mais esperado durante a gravidez do que a ultrassonografia. É ela que revela o sexo do bebê, que mostra toda a morfologia do feto, estima o peso, acompanha o desenvolvimento, satisfaz a curiosidade e tranqüiliza a todos. O ultrassom tem sensibilidade por volta de 85% na detecção de malformações estruturais e por isso é um exame tão importante durante a gestação. Há vários tipos de malformações estruturais detectáveis pelo ultrassom. Como exemplo, podemos citar a alterações do encéfalo (anencefalia ou ausência dos ossos da calota craniana), alterações da coluna vertebral (mielomeningocele), alterações da face (fenda labial), alguns tipos de malformações cardíacas, malformações da parede abdominal, de órgãos internos ou dos membros. O exame de ultrassom pode ser realizado tantas vezes quanto for necessário, haja vista que é totalmente inócuo para o “tão esperado bebê”. Porém, três exames devem realizados em períodos específicos da gestação, com a finalidade de avaliar o bem estar fetal. O ultrassom obstétrico endo vaginal pode ser realizado a partir da 5ª semana, quando é possível visualizar o saco gestacional e avaliar com precisão o tempo de gestação, bem como nos fornecer com maior fidedignidade a data provável do parto. Nele também detectamos de forma precoce se a gestação é gemelar. Entre 11ª e a 14ª semanas realizamos a avaliação da translucência nucal (TN). É um exame de rastreamento de más formações / cromossomopatias (alterações genéticas) como por exemplo a síndrome de Down (trissomia do cromossomo 21), entre outras. É realizada uma medida da região da nuca do bebê. O aumento da medida da

34

prega da nuca está associado ao risco mais elevado de síndrome de Down e a outras anomalias cromossômicas. A ultrassonografia morfológica deve ser realizada entre 22- 26 semanas de gestação. Nela avaliamos toda a anatomia e detectamos a maioria das más-formações do bebê. Nesse período, os órgãos já estão bem definidos sendo possível diagnosticar precisamente más-formações de pés, mãos, face, crânio, coluna, coração, trato urinário e pulmonar. Além disso, é o melhor momento para a visualização do sexo do feto. Por fim a Dopplervelocimetria é o exame que nos permite a análise do fluxo de sangue (nutrientes e oxigenação) pelas artérias e veias do bebê. Também averigua o peso, o desenvolvimento/ crescimento e as condições da placenta e do líquido amniótico. Deve ser realizada por volta do oitavo mês ou quando seu obstetra achar necessário. Em nosso serviço você poderá realizar todos esses exames com os melhores equipamentos do mercado e com profissionais altamente qualificados.


35


TOQUE MASCULINO

Fonte: dicasdesaude.net

PEQUENOS SEGREDOS de uma barba bem feita

O

s homens parecem tirar de letra a tarefa diária de fazer a barba. Mas é um ritual que exige cuidados. Do contrário, a pele pode sofrer com ressecamento e pêlos encravados. Espalhar creme no rosto e passar a lâmina não basta. Barbear-se exige cuidados básicos como água quente, creme ou gel, aparelho ou lâmina de barbear e loção após barba. Esse é o segredo para uma pele macia, lisa e sem pêlo encravado. É preciso uma certa dose de paciência para repetir o ritual todos os dias. Mas a barba bem-feita dá uma agradável sensação de frescor e leveza. O rosto limpo e bem tratado é um cartão de visita. Os especialistas em estética são unânimes em afirmar que barbear-se corretamente e uma verdadeira arte:

Quer saber as dicas?

Procure fazer a barba logo após o banho. A ausência de oleosidade e de resíduos na pele facilita o deslizamento da lâmina de barbear. Se a barba for cerrada coloque uma toalha quente sobre o rosto por 30 segundos. Quanto mais macio o pêlo, melhor desliza a lâmina sobre o rosto. Use creme ou gel de barbear e massageie a região da barba em círculos, de um lado para o outro, de cima para baixo. Isso ajuda a cortar o pêlo mais rente. Comece o barbear pelas laterais do rosto, onde a pele é menos sensível, deslizando o aparelho no sentido em que os pêlos crescem. Deixe a região do queixo, onde os pêlos demoram mais para amolecer. Evite passar o aparelho no sentido contrário do crescimento do pêlo. Dirija o aparelho para baixo

nos pêlos que crescem para baixo; e para cima naqueles que crescem para cima. Ir contra o sentido do pêlo (escanhoar) resulta em um barbear um pouco mais rente, mas irrita muito a pele e favorece o aparecimento de pêlos encravados. Substitua a lâmina após três ou quatro barbeadas. As lâminas gastas cortam, arranham e queimam a pele, especialmente as mais sensíveis. No caso de uma pele com acne, cuidado para não cortar os pontos lesados, disseminando a bactéria presente na acne. Aplique a toalha quente novamente para retirar o que restou do creme de barbear. Enxague o rosto com água fria para fechar os poros. Finalmente, aplique uma loção pós-barba sem muito álcool para não irritar ou ressecar a pele. Quem tem acne pode substituir a loção por um antibiótico na forma de gel.

Barbeadores elétricos deixam a pele menos irritada

Os barbeadores elétricos são ideais para quem tem pressa em deixar o rosto liso e não quer irritar a pele com as lâminas. Eles diminuem a agressão porque não deixam cortes e lesões em peles que apresentam foliculite. O resultado não é tão rente quanto à lâmina para quem tem pêlos muito grossos, mas resolvem bem as barbas comuns. O melhor jeito de usar os barbeadores elétricos é após o banho, quando os pêlos estão amolecidos e mais fáceis de serem removidos. Também vale a compressa com uma toalha quente, que dilata o poro e facilita o trabalho.

36


37


38

“ANGELICA ROSI – FOTÓGRAFA” fone 32412281


“Terno adulto e infantil, roupas de 15 anos, debutantes, damas e pajens”

Rua Margarida Monteiro da Silva, 38 | Mantena - MG (perto da rádio 13 de Junho) | Fone: (33) 3241.1224 Av. Jones dos Santos Neves, 789 | Centro | Barra de São Francisco - ES | Fone: (27) 3756.4550 | Rua Floresta, 82

39


por Dr. Rodrigo Marques Morais

Especialista em Periodontia (Tratamento de Gengiva) CRO-MG 26033

SAÚDE BUCAL

O que é gengivite? Gengiva normal

A

gengivite é uma inflamação da gengiva que pode progredir e atingir o osso alveolar. É este que envolve e segura os dentes. É causada pela placa bacteriana ou biofilme dental, uma película incolor e pegajosa que se forma continuamente nos dentes. Se não for removida diariamente por meio da escovação e do uso do fio dental, a placa bacteriana pode se formar e as bactérias nela contidas poderão infeccionar não apenas a gengiva e a região ao redor dos dentes, mas acabarão por atingir o tecido abaixo da gengiva e o osso que suporta os dentes. Isto pode fazer com que os dentes fiquem abalados, caiam ou tenham que ser removidos pelo dentista. São três os estágios da gengivite: Gengivite: este é o primeiro estágio da inflamação gengival causada pela placa bacteriana que se forma na margem da gengiva. Se a escovação e o uso do fio dental diariamente não forem suficientes para remover esta placa, ela produzirá toxinas (venenos) que podem irritar o tecido gengival, causando a gengivite. Você pode notar algum sangramento durante a escovação e o uso do fio dental. Neste primeiro estágio da doença, o dano pode ser revertido, desde que o osso e o tecido conjuntivo que seguram os dentes no lugar não tenham sido atingidos. Periodontite: neste estágio, o osso e as fibras de sustentação que mantêm os dentes em posição são irreversivelmente danificados. Ao redor da sua gengiva pode começar a se formar uma bolsa que avança para baixo da gengiva e onde ficam armazenados os detritos e a placa bacteriana. O tratamento dentário adequado e a higiene bucal minuciosa em casa, em geral, podem ajudar a prevenir danos maiores. Periodontite avançada: neste estágio final da doença, as fibras e os ossos de sustentação dos dentes estão destruídos, o que faz com que os dentes migrem ou mudem de lugar ou se tornem abalados ou móveis. Isto pode afetar sua mordida e, se o tratamento não for eficaz, você corre o risco de perder seus dentes.

Como saber se tenho gengivite? A gengivite pode ocorrer em qualquer idade, mas é mais comum entre os adultos. Se for detectada no seu estágio inicial, a gengivite pode ser revertida - portanto, visite seu dentista se notar qualquer um dos seguintes sintomas: - Gengivas vermelhas, intumescidas ou inchadas, ou flácidas. - Gengivas que sangram durante a escovação ou o uso do fio dental. - Dentes que parecem mais longos devido à retração da gengiva. - Gengivas que se separam ou se afastam dos dentes, criando uma bolsa. - Mudanças na forma como seus dentes se encaixam quando você morde. - Secreção de pus ao redor dos dentes e na bolsa gengival. Mau hálito constante ou gosto ruim na boca. Como é tratada a gengivite? Os primeiros estágios da gengivite, de modo geral, podem ser revertidos por meio da escovação e do uso de fio dental corretos. Uma boa saúde bucal ajudará a evitar que a placa se forme. Uma limpeza profissional pelo seu dentista é a única forma de remover a placa que se formou e endureceu, formando o tártaro. Seu dentista fará a limpeza ou raspagem de seus dentes para remover o tártaro acima e abaixo da linha da gengiva. Se o seu problema for muito sério, pode-se realizar um procedimento para aplainar a raiz nas suas partes mais profundas. Este procedimento ajuda a suavizar as irregularidades nas raízes dos dentes, dificultando o endurecimento da placa bacteriana. Com consultas regulares, o estágio inicial da doença pode ser tratado antes que se torne um problema muito mais sério. Se seu problema for mais grave, será necessário fazer um tratamento no consultório dentário.

40


41


fique por dentro

por Ricardo Teixeira

Doutor em Neurologia pela Unicamp

Rir faz bem mesmo à saúde?

Estudos revelam que rir aumenta a capacidade de suportar a dor

É

difícil pensar em alguém que não se sinta bem após uma sessão de gargalhadas. Mas será que além do bem estar que o riso provoca, ele realmente faz bem à saúde? O velho ditado de que rir é o melhor remédio tem algum fundamento? Os principais estudos até o momento sobre o efeito do riso em nossa saúde dedicaram-se ao sistema cardiovascular, imunológico e na percepção de dor. Experimentos revelaram que indivíduos são mais capazes de suportar estímulos dolorosos quando estão assistindo a vídeos com conteúdo de humor. Outros estudos avaliaram componentes do sistema imunológico antes e depois de uma sessão de vídeo com conteúdo de humor e os resultados revelaram respostas imunológicas positivas. Quanto ao sistema cardiovascular, pesquisadores demonstraram que pacientes com doença coronariana têm menores scores numa escala de senso de humor frente a situações do cotidiano. Sabemos também que a falta de senso de humor, ou uma vida acompanhada de impaciência, raiva e atitudes hostis, estão associados a um maior risco de desenvolver pressão alta, piorar o controle dos níveis de glicose e ainda aumentar o risco de doença isquêmica do coração e de morte. Outro estudo comparou os níveis de hormônios de estresse antes e depois de assistir a um vídeo de humor e mostrou uma redução dos níveis de cortisol, hormônio do crescimento e de um metabólito da dopamina. Não houve aumento dos níveis de endorfina, contrariando a crença de que rir faz bem porque aumenta os níveis desse hormônio. Talvez a dopamina tenha muito mais a ver com o riso, já que é o neurotransmissor dominante no sistema de recompensa cerebral. Além disso, há evidências de que após uma boa sessão de riso temos redução do nível de ansiedade, relaxamento de grupos musculares e redução da excitabilidade da medula espinal.

Sabemos também que o senso de humor de uma pessoa está associado a outras virtudes que facilitam as relações sociais, como é o caso da empatia, capacidade de se relacionar com intimidade e confiança interpessoal. Emoções positivas, o sorriso, o estado de felicidade, todos podem ser vistos do ponto de vista evolutivo como um mecanismo que facilita as relações sociais ao promover sentimentos prazerosos nos outros, por recompensar os esforços dos outros e encorajar a continuidade da relação social. E o sucesso da espécie humana depende de sua capacidade de fazer relações sociais. Podemos pensar na relação entre o senso de humor e saúde como um círculo virtuoso, onde há influências positivas nos dois sentidos. Um bom senso de humor está associado a uma maior auto-percepção de saúde, maior capacidade de cooperar com a doença e a uma maior tendência a buscar assistência médica. Por outro lado, é preciso estar de bem com a saúde para que se tenha bom humor. E ainda há um outro lado dessa moeda. Existem pessoas em que o feitiço vira contra o feiticeiro: o senso de humor pode servir como ferramenta para negação de sintomas e problemas de saúde. Por fim, é bom refletir sobre o ditado popular de que não damos risadas porque estamos felizes, mas somos felizes porque damos risadas. Isso faz mais sentido ainda quando aprendemos a rir de nós mesmos, o que é um formidável caminho para o autoconhecimento, e uma chance única de promover o equilíbrio mental.

42


43


por Juliana de Souza Brandão Farmacêutica

SAÚDE

NUTRACÊUTICOS ALIMENTOS QUE AUXILIAM NA SAÚDE

I

números fatores afetam a qualidade da vida moderna, de forma que a população deve conscientizar-se da importância do costume de alimentos contendo substâncias que auxiliam a promoção da saúde, trazendo com isso uma melhora no estado nutricional. O termo nutracêutico corresponde a uma ampla variedade de alimentos e componentes alimentícios considerados de caráter farmacêutico, por trazerem benefícios à saúde semelhantes aos de alguns medicamentos. Assim, pode abranger nutrientes isolados, suplementos dietéticos na forma de cápsulas, shakes, produtos herbais e alimentos processados, como cereais, sopas e bebidas. Várias frutas, plantas e vegetais têm sido avaliados e reconhecidos como fontes de nutracêuticos. Os nutracêuticos são considerados uma alternativa saudável para promover o bem-estar, mas não substituem nenhum tipo de medicamento por não terem finalidade medicamentosa. A grande novidade no mercado de nutraceutico é o NeOpuntia®, ativo à base do figo da Índia para o controle do peso. NeOpuntia® atua como regulador da absorção de gorduras a nível intestinal, ele interage com as gorduras e forma um gel fluido, em seguida esta interação é eliminada naturalmente pelas fezes. Captor de gorduras é a resposta ideal e natural para diminuir a assimilação das gorduras ingeridas durante uma refeição rica.Segundo estudos realizados, o NeOpuntia® conseguiu aumentar a eliminação de gordura do organismo em 27,4%, até mesmo nas pessoas que estavam com o IMC (índice de massa corpórea). Com isso, a gordura que poderia ser armazenada no corpo, foi eliminada - livrando nosso organismo de colesterol ruim, triglicérides e quilinhos a mais. A dosagem usual é de 1 a 2gr por refeição, podendo ser consumido de 15 à 60 minutos depois da limentação, sua eficacia máxima é de 5 gr por dia. A apresentação po-de ser em cápsulas ou sachês. Sempre consulte um médico. 44

Alguns exemplos de Nutracêuticos:

• Farelos (de arroz, aveia e trigo): contêm fibras que diminuem o colesterol sanguíneo e a glicemia em pacientes diabéticos, além de prevenir o câncer de cólon. • Soja: contém isoflavona que tem ação anticancerígena (mama e útero), controla os sintomas da menopausa e a osteoporose. • Chá Verde: contém polifenóis que agem na prevenção de doenças cardiovasculares e câncer. • Linhaça: possui lignanas que agem na prevenção e controle do câncer de mama e pulmão, estimulam o sistema imune e reduzem o colesterol. • Alho e Cebola: possuem a alicina que é um excelente anti-inflamatório, estimula o sistema imune, diminui o colesterol e triglicérides e combate os radicais livres.

• Repolho, Couve, Couve-flor, Couve de Bruxelas, Brócolis e Rabanete: contêm glicosinatos que atuam na prevenção e tratamento do câncer de mama. • Tomate e Goiaba: possuem um pigmento chamado licopeno que age contra os cânceres de próstata, de cólon, de pâncreas e de pulmão. Combatem os radicais livres e estimulam o sistema imune. • Uvas vermelho-escuras e Vinho Tinto: contêm resveratrol que tem ação preventiva contra câncer. • Peixes e seus óleos: possuem ômega 3 que estimulam o sistema imune, previnem o câncer e a hipertensão. Na Farmácia Manipular você já encontra uma vasta variedade de produtos nutracêuticos, seja na forma de cápsulas, shakes ou chas.


• Medicamento Manipulados • Produtos Naturais e Dietéticos • Cosméticos e Produtos Odontológicos

Avenida Prefeito Manoel Vilá 533 - Centro Barra de São Francisco - ES Tele-entrega: (27) 3756.7693 | 3756.0121

45


COTIDIANO

Apenas 8% das mulheres estão totalmente satisfeitas com seu corpo

E

las se preocupam principalmente com o peso e aspecto da barriga, aponta pesquisa A rede de tratamentos Onodera divulgou nesta semana uma pesquisa sobre as preocupações estéticas da mulher brasileira. Os dados mostram que elas não estão seguras com o próprio corpo e indicam tendências de consumo dos produtos e serviços de beleza. Coordenada pela empresa Sophia Mind, a pesquisa consultou aproximadamente 3.500 mulheres das classes A, B e C, entre 18 e 60 anos, em todas as regiões do Brasil.

melhorar a aparência estão exercícios físicos (62%), consumo de produtos de beleza e estética (45%) e busca de tratamentos estéticos e massagens (23%).

Imagem no espelho Segundo o estudo, apenas 8% das mulheres estão totalmente satisfeitas com a aparência do seu corpo. Já 21% delas estão insatisfeitas e 71% estão satisfeitas em partes.

Barriga sarada As duas áreas do corpo que mais incomodam as mulheres são a barriga (69%) e os seios (46%). Em terceiro lugar, os glúteos preocupam 26% das entrevistadas.

O corpo e o sexo A insegurança feminina por conta da aparência tende a atrapalhar flertes, relacionamentos amorosos e o sexo. Quase todas as entrevistadas (98%) acreditam que sua relação com o parceiro sofre interferências relacionadas com a beleza. Nesses casos, elas se preocupam mais em emagrecer (25%), estar bem disposta (24%) e eliminar gordura localizada (16%).

Unhas em alta Balança é inimiga Da amostra, 53% das mulheres consideram que estão acima do peso ideal. Como principal problema estético, 27% apontam ter celulite demais e 24% citam as estrias. Entre os maiores temores femininos em relação à beleza estão o medo de engordar (36%), sinais do tempo (17%) e flacidez (13%).

Mudança no visual Entre as entrevistadas, 29% gostariam de fazer algo diferente nos cabelos. No ranking das alternativas recorridas para

O serviço mais utilizado pelas mulheres é o cuidado com as unhas. No Sudeste, aproximadamente 60% das mulheres frequentam a manicure semanalmente. Nas demais regiões, este percentual é abaixo de 50%.

Beleza custa A pesquisa apontou que as mulheres gastam, em média, cerca de R$ 100 em beleza e estética por mês. Entre os produtos mais consumidos estão itens para cabelo, perfume, hidratante, batom, produtos antiidade e maquiagem.

46


47


48


49


DICAS DE SAÚDE

Fonte: revistavivasaude.uol.com.br

AR-CONDICIONADO OU VENTILADOR: Qual é melhor para sua SAÚDE?

A

ssim como o aparelho refrigerador, o ventilador também oferece riscos aos seus usuários. “Ambos ajudam a proliferação de vírus e bactérias causadores de problemas respiratórios”. Na verdade, o que difere um eletrodoméstico do outro, é o ato de ressecar. “O ventilador alivia o calor e não resseca, ou seja, oferece uma sensação de bem-estar verdadeira. Mas atenção: ele deve ser limpo periodicamente já que acumula muita sujeira e poeira”, diz o pneumologista Ricardo Milinavicius.

50


51


você

sabia?

Os seus porquês Tire suas dúvidas com os melhores especialistas

• Por que os olhos dos bebês mudam de cor?

Nos primeiros dias de vida a criança não apresenta melanina nos tecidos da íris. É a falta ou o baixo nível dessa substância o fator responsável pela alteração na cor dos olhos dos recémnascidos. Geralmente, o bebê de raça branca nasce com eles azuis devido à ausência de células com pigmento. Desta forma, a luz que entra na íris, ao passar pelas várias camadas de tecidos, se decompõe como num prisma, por um processo conhecido como absorção seletiva da luz, sendo que a única cor que os olhos deixam de absorver é a azul. Com o desenvolvimento do organismo, as células de pigmento se acumulam na íris alterando sua tonalidade. As características genéticas em relação à cor dos olhos se manifestam até o final do primeiro ano de vida. Quem responde: Maria Cristina Senna Duarte, mestre em saúde da criança do Instituto Fernandes Figueira.

• Por que algumas pessoas não engordam?

• Por que picadas de inseto coçam?

A regulação do peso corporal depende tanto da genética quanto de fatores ambientais. Existem vários genes que podem fazer que seja mais difícil engordar, como aqueles que regulam a absorção de nutrientes ou que modulam o apetite. Outros favorecem a preferência por doces e há genes que afetam até mesmo a vontade de praticar esportes. Tudo isso resulta em que algumas pessoas concentrem no seu DNA um número maior de genes que tornam o metabolismo acelerado, ou seja, mais propenso à queima de calorias. Quem responde: Marcio Mancini, endocrinologista responsável pelo Grupo de Obesidade do Hospital das Clínicas da USP.

O momento em que ocorre a picada, o inseto injeta seu veneno no nosso corpo, causando reações inflamatórias que tendem a coçar. Nas crianças, elas são mais intensas provocando vermelhidão e inchaço, além da coceira. É importante que as pessoas saibam que o ato de coçar só prejudica a ferida. Isso porque a ação contínua libera cada vez mais o veneno, amplificando a reação. Deve-se ficar atento quando, além da coceira, alguns destes sinais forem detectados: dificuldade de respiração, sensação de aperto na garganta e no peito, congestão nasal, inchaço nos lábios e olhos. Se algum dos sintomas ocorrer entre os 20 e 30 minutos após a picada, procure imediatamente o pronto atendimento. Já no caso de o indivíduo acometido ser alérgico, o médico deve ser consultado sempre. Quem responde: Yara Arruda Mello, alergologista do Hospital São Luiz (SP).

• Posso acordar um sonâmbulo?

A tentativa de despertar pode prolongar o episódio e levar a reações violentas. Para que nada de grave aconteça a esses pacientes, deve-se fechar janelas, retirar obstáculos perigosos do quarto e dirigi-los cuidadosamente de volta para a cama. Portanto, não tente acordá-los. Para amenizar os riscos e a frequência dessa ação, a pessoa sonâmbula deve ser instruída sobre a natureza benigna dessa condição. Também é preciso lembrar que existem fatores clínicos como o refluxo gastroesofágico e a apneia do sono que predispõem o sonambulismo, e por isso devem ser tratados. Outro cuidado que se pode ter é evitar estímulos visuais, auditivos ou táteis no início do sono, pois eles induzem a parassonias (sonhos e atividades físicas que ocorrem durante o sono). Quem responde: Walter Morais, neurologista do Instituto do Sono. 52


53


Por Alan Brizotti Escritor e Teólogo

reflexão

Não creio no Deus da Religião

R

ubem Alves diz que “Deus criou o Universo inteiro só para nele plantar um jardim”. Deus sempre gostou de jardim. Sempre gostou de frutas. Observe demoradamente uma maçã, uma banana, um cacho de uvas, o vermelho delicado de um caqui, ou mesmo a complexidade majestosa de um abacaxi. Deus criou a arte das frutas. Você já parou para observar uma cebola? Plablo Neruda chegou a escrever um poema sobre ela: “rosa de água com escamas de cristal...” Gosto de imaginar Deus sem as roupagens da religião. Deus apenas Deus. Sem cetros e coroas. Sem os relatórios tristes das divindades carrancudas. Deus menino. Como Alberto Caeiro, no “Guardador de rebanhos”: “Num meio-dia de fim de primavera/Tive um sonho como uma fotografia/Vi Jesus Cristo descer à terra/Veio pela encosta de um monte/Tornado outra vez menino/A correr e a rolar-se pela erva/E a arrancar flores para as deitar fora/E a rir de modo a ouvir-se de longe”. Gosto de pensar no Deus que se alegra em minha alegria, não apenas no que dói em mim. Um Deus que ama ver minha paz. Não quero oferecer-lhe apenas sacrifícios, mas também meu sacro-ofício. Não somente lágrimas, como se em seu ambiente só existisse o cinza da tempestade, mas sim a minha gargalhada, para que em sua celestialidade feliz, eu também contribua um pouco. Cada vez mais acredito menos no deus mesquinho das religiões. Esse “deus” que ama o sangue inocente das guerras. Que ama o martírio dos pobres nas filas injustas do país do jeitinho, um país onde poucos possuem milhões, mas mi-

lhares vivem de migalhas. Esse não é o Deus que conheço. O Deus do qual escrevo nessas linhas é aquele que passou seis dias criando e, resolveu parar, admirar e descansar - criança/ artista que depois de brincar, deita e dorme o sono dos livres. A religião tem um deus tão monstruoso que essas imagens que uso: criança, poeta, artista, acabam por suscitar a ira dos talibãs. Seu deus nada tem de alegre. É um monstro, feio, desagradável, tirano, vingativo, mediocre, lento para o bem. Esse não pode ser o Deus que as Escrituras fotografaram: o Deus andarilho que desceu só para que eu pudesse subir - e não apenas para essa coisa/outra chamada céu, mas para tudo que envolve a liberdade. Subo sempre que desço como ele fez. Quero amar o Deus que é. Ele é livre dos complexos de ditador. Ele não tem poder sem amor - isso é possessão tem poder e amor, muito mais amor que o poder que usa. Por isso tem também meu coração. A Ele... Até mais...

54


55


56


8ª Edição Saude e Fé