Page 1

5 Anos - Informando a Coletividade EDIÇÃO 56 - ANO V - PASSO FUNDO - ABRIL DE 2011

V CELEBRATION

Show Gospel com Raiz Coral edifica cristãos em Passo Fundo

Pág. 03

INFRA-ESTRUTURA

FAMÍLIA

COMPORTAMENTO

PALAVRA DE VIDA

Prefeito trata de infra-estrutura com secretário Beto

V Congresso da Família resgata valores perdidos

Quando eu sei para que lado é o norte, as demais coordenadas viram detalhe

Ponto de Vista

Pág. 02

Pág. 06

Pág. 07

Pág. 02

SAÚDE Arroz integral reduz a gordura abdominal Pág. 07


2 - JORNAL VISÃO - ABRIL 2011 Redação do Visão: visaojornal@terra.com.br

Pr. Nereu José Meneghetti Superintendente de Educação e Cultura Religiosa IEAD-PF

INFRA-ESTRUTURA

Ponto de Vista

O prefeito Airton Dipp esteve nesta quarta-feira em Porto Alegre, tratando de investimentos no município, com o secretário estadual de infra-Estrutura e Logística, Beto Albuquerque. A RS 153, o aeroporto e a BR 285, no trecho urbano, foram alguns dos assuntos. Segundo o prefeito Dipp, o município deve assumir a segunda pista da RS 153, na saída para Ernestina, perto do seminário diocesano, mas após o DAER realizar melhoramentos no local. O secretário disse que o departamento vai realizar os trabalhos em curto prazo. Dipp também discutiu novas ações no aeroporto Lauro Kortz, que também estão no planejamento do Estado.

Foto Divulgação

Prefeito trata de infra-estrutura com secretário Beto

Prefeito e secretário acertaram parcerias

Ainda durante o encontro, o secretário, que quando deputado federal tratou do assunto, informou ao prefeito que nos próximos dias deverá ser assinada a ordem de serviço para as obras de duplicação da BR 285, no trecho urbano de Passo Fundo, no bairro São José.

Abertas as inscrições para exames de proficiência em língua estrangeira na UPF O Curso de Letras da Universidade de Passo Fundo (UPF) informa que estão abertas as inscrições para os Exames de Proficiência em Língua Estrangeira – Língua Inglesa e Língua Espanhola – destinados aos alunos de Pós-Graduação da UPF e demais interessados. As inscrições devem ser feitas

Expediente

até 10 de junho, pela Internet, no site www.upf.br, link Inscrições da Pós-Graduação ou Central de Atendimento ao Aluno, Campus I. O investimento é de R$ 90,00 para cada exame. Todos os detalhes referentes a datas e informações sobre os exames podem ser conferidos no site da UPF, link Editais.

Jornal

Presidente: Pr João Maria Hermel Vice-Presidente: Pr Sandro Nogueira de Oliveira Diretora Geral: Jairita Cassiana Vargas da Costa MTB 13879 Colaboradores: Vilquerson Samuel Machado, Margarete Ferrão Michel, Jarina Isabela Vargas, Ercilia Puhl, Juliano Machado de Matos, Terezinha do Carmo de Miranda. Redação, correspondência e assinatura: Rua Leopoldo Vila Nova, 83 - Bairro São Cristóvão - Passo Fundo – RS Fone: (54) 3315 7583 – Cel: (54) 9957 4580 e-mail: visaojornal@terra.com.br Diagramação: AlessandroMeneghetti.com Impressão: Gráfica Imperial - 3313-5434 Os artigos são de responsabilidade exclusiva de seus autores, e não representam necessariamente a opinião do Conselho Editorial ou do informativo. É expressamente proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo do veículo, sem prévia dos titulares dos Direitos Autorais.

Cada ser vivo tem a capacidade para ver e cada indivíduo vê do seu próprio ponto de vista. Levanto aqui um questionamento: qual é o foco em que devemos fixar os olhos? Se parar para ver o que está escrito na bíblia então descubro ali um homem chamado Abraão, e, por meio da visão dele, bem como, o foco que escolheu, entendo que é relevante ter o olhar fixo “no Deus que ressuscita os mortos e chama as coisas que não são como se já fossem” (Rm 4.17b). Deixamos claro que “olhar para Jesus, autor e consumador da fé” (Hb 12.2) é uma escolha pessoal e individual. Abraão foi um grande líder. Recebeu, diretamente de Deus, uma promessa, a qual estava dividida em três pontos: Primeiro ele foi chamado para formar uma grande nação; em segundo lugar ele receberia uma grande extensão de terra e em terceiro lugar, dentre seus descendentes nasceriam muitos reis, especialmente, Jesus Cristo, o Rei dos Reis. Abraão não fixou os lhos na promessa. “Perante aquele no qual creu, a saber, Deus” (Rm 4.17). Se Abraão houvera crido nas promessas, teria esquecido aquele que prometeu. É comum entre os cristãos hodiernos, a busca por promessas divinas, especialmente, cura de enfermidades, melhorias financeiras e para questões pessoais as mais diversas. As promessas estão à disposição do povo, entretanto, homem nenhum detém poder para doar, mas apenas Deus. E Deus é o foco na visão de Abraão. Abraão não esperou em si mesmo. “Em esperança ele creu contra a esperança”(Rm 4.18). Entendemos que do ponto de vista humano, a es-

Q

ual é o foco em que devemos fixar os olhos?

perança sempre está acompanhada com a impossibilidade, com o não pode acontecer, com as dificuldades. Entretanto, a esperança que Deus planta no espírito humano, gera a fé e assim admite que Deus possa fazer o que prometeu. Abraão era de quase cem anos e Sara de noventa – não tinha mais ovulação- mas pelo fato, de Abraão crer em Deus, isso não foi empecilho. Deus cumpriu a promessa. O melhor ponto de vista para o homem é Deus “que chama as coisas que não são como se já fossem”.

Pr Nereu José Meneghetti


JORNAL VISÃO - ABRIL 2011 - 3

V CELEBRATION

V CELEBRATION

Show Gospel com Raiz Coral edifica cristãos em Passo Fundo Um Cântico Pela Paz foi o lema do V Celebration, Show Gospel com a presença dos cantores e músicos do Raiz Coral, um dos principais grupos de música gospel do Brasil. O Show foi realizado no dia 22 de abril, às 20 horas, com a participação de um grande público. O evento desde sua

primeira edição acontece dentro da programação da Mostra Nacional de Pequenos Animais em Passo Fundo. O show Raiz Coral com o maestro e produtor Sergio Saas começou depois da apresentação das bandas locais de várias denominações evangélicas de Passo Fundo e região.

Jarina Isabela Vargas

Jarina Isabela Vargas

Raiz Coral Sergio Saas através do Raiz Coral, faz um trabalho evangelístico e de avivamento através da música e da palavra. Além do Raiz coral, como se não bastasse leva seu ministério solo através do cd

intitulado “És meu Herói, apontado em 2004 como melhor cd independente para o Troféu Talento e “Tua Graça me basta em 2007. Realmente Sergio Saas é um dos grandes músicos do gospel

nacional, mais precisamente da Black Music Gospel, onde atua como cantor e produtor. Também acaba de lançar seu novo trabalho com o título: “Vencedor”.

ney Houston, Kirk Franklin, Hezekiah Walker, Fred Hammond, Daryl Coley e Brian McKnight. Com onze anos, montava quartetos para interpretar negro spirituals tradicionais, depois com quinze anos ingressou no grupo Black Singers que cantava música à capela contemporânea desenvolvendo assim habilidade em fazer arranjos vocais, passando a ser requisitado para fazer diversos trabalhos para música sacra e secular. Trabalhou com Racionais MCs, Fat Family,

Katinguilê, Apocalipse 16, Marquinhos Gomes, PG (ex-Oficina G3), Leonardo Gonçalves entre outros. Trabalhou também com vocais e interpretações com Art’trio, Alessandra Samadello, Arautos do Rei, Darlene Lima, Sonete, Vocal & Cia, Lulo (ex-Casa dos Artistas), Quarteto Ministry, Iveline, Regina Mota, Comunhão e Adoração, Cristina Mel, trio Kharis, Priscila Angel, Dani Grace, Blackness Boyz, Black Singers, Renpal, Lynk 4.

Sérgio SAAS

Jarina Isabela Vargas

Jarina Isabela Vargas

Sérgio SAAS nasceu e foi criado em São Paulo no bairro de Capão Redondo, faz parte de uma família de músicos, e herdou a musicalidade de seu bisavô que tinha uma oficina de harmônicas e acordeons no estado do Rio de Janeiro. Aos nove anos começou a estudar piano, o que lhe deu base musical erudita. Depois se redendo ao groove e ao swingue afro-musical foi influenciado pela música negra americana, como: Peabo Bryson, Luther Vandross, Take 6, BoyzIIMen, With-


4 - JORNAL VISÃO - ABRIL 2011 Por Juliano Machado

Cruzada Evangelística Com a finalidade de fazer o Nome do Senhor Jesus conhecido, através da salvação de almas, e, despertar os crentes para o “ide” do Mestre, aconteceu nos dias 02 e 03 de abril, no Templo Central, a 1ª Cruzada Evangelística. Neste ano serão realizadas três cruzadas, a segunda está prevista para junho de 2011. O líder do Grupo Vida Nova, Davi, destacou que há vários tipos de hinos, de celebração - festa e júbilo; de adoração - onde o espírito do homem tem intimidade com o Espírito de Deus.

O evento também recebeu a colaboração, no louvor, do irmão Júnior e do Coral da Casa Vita. No sábado (02/04), o evangelista Davi Elias, abordou o tema: uma prolongada frustração, de acordo com João 5.7: Respondeu-lhe o enfermo: Senhor, não tenho ninguém que me ponha no tanque, quando a água é agitada; pois, enquanto eu vou, desce outro antes de mim. Existe um tempo de frustração, decepção e dificuldade. Nos momentos difíceis interrogamos Deus. A frustração do paralítico do

Tanque de Betesda foi esperar a cura por 38 anos, enquanto via outros sendo abençoados. No culto de domingo (03/04), o evangelista, trouxe a mensagem baseada na temática: pão, água e lágrimas. Conforme Gênesis 21.14,15: Levantou-se, pois, Abraão de madrugada, tomou pão e um odre de água pô-los às costas de Agar, deu-lhe o menino e a despediu. Ela saiu, andando errante pelo deserto de Berseba. Tendo acabado a água do odre, colocou ela o menino debaixo de um dos arbustos. Jesus falou aos corações, fazendo muitos derramar

lágrimas. Através do dom de profecia, o Senhor prometeu a um irmão que do seu trabalho levantará muitos pregadores.

Um membro eclesiástico disse que há muito tempo não ouvia uma mensagem tão inspirada por Deus.

Ação de Graças Companhia Alfa e Ômega completa 10 Anos

Em 09 de abril, aconteceu no Templo Central, o Culto de Ação de Graças pelos 10 anos da Companhia Alfa e Ômega. O culto recebeu um bom número de irmãos, principalmente jovens. A Banda Ômega despontou em 2001. A irmã Mari Caleffi foi convidada para formar um coral, o qual acabou se transformando num grupo de louvor. Naquele ano, o diácono Volnei Glenzel, que auxiliava a irmã Mari, atendeu um pedido do pastor em reformular o conjunto. Nascendo aí a Banda. Em 2005, surgiu uma proposta inovadora: unir música ao vivo e teatro. Com isso apareceu a Companhia Alfa e

Ômega Produções e sua primeira peça teatral: Depois da Chuva. No ano de 2008, foi produzido Leviatã, que contava uma batalha espiritual por uma alma. Deus abençoou tanto essa peça, que a mesma foi reproduzida em Manaus, capital do Estado do Amazonas. Desde 2010, está em cartaz Tarkus, esta conta a história de um reino de aparências e em guerra permanente. A produção tem como finalidade fazer o público refletir sobre sua condição de viver realmente uma vida com Deus ou viver da aparência de pseudo-santidade. A Companhia tem

como slogan: teatro como forma, música como essência, Jesus como conteúdo. Já realizou 50 eventos teatrais e musicais, alcançando um público estimado em 11 mil pessoas. Completando 3652 dias de trabalho. Durante o culto, alguns irmãos falaram a cerca da data. São 10 anos de oração. Passamos lutas, mas Deus nos abençoou. “Continuamos firmes no propósito de louvar o Nome de Jesus”, comentou o irmão Miquéias Aguiar. O irmão Volnei Glenzel disse que o principal objetivo da Companhia é resgatar almas. Da mesma forma agradeceu o apoio dos irmãos e do minis-

tério da Igreja Evangélica Assembléia de Deus. Não adianta ter os melhores equipamentos, sem apoio não fazemos nada. O pastor Jairo Ribeiro, trouxe a mensagem baseada em Gênesis 26.25: “Então,

levantou ali um altar e, tendo invocado o nome do Senhor, armou a sua tenda; e os servos de Isaque abriram ali um poço”. O pastor destacou três atitudes. Cavar um poço. Tem que trabalhar, construir. Quem trabalha tem segurança, afirmou. Armar uma tenda foi o segundo tópico da mensagem. Tenda é lugar de convivência. Deus é um Deus de relacionamentos. Deus achou uma coisa que não era boa na criação: a solidão do homem. Então, criou a mulher. Levantar um altar foi o terceiro ponto da pregação. Ele disse que altar aponta para o alto, isso significa dar mais importância para Deus. A conquista depende da qualidade do altar que é apre-

TESTEMUNHO Porta Aberta Há cerca de dois anos eu, meu esposo e meus familiares, orávamos a Deus para Ele abrir as portas de trabalho para mim. E numa sexta-feira recebi três ligações telefônicas e no terceiro telefonema era do emprego garantido. Graças a Deus ele ouviu o nosso clamor e abriu as portas de trabalho. Hoje louvemos a Deus agradecendo as portas abertas. Glaucia Gois Flores Sander


JORNAL VISÃO - ABRIL 2011 - 5

AÇÃO DE GRAÇAS

Exército de Débora da AD comemora aniversário

Por Juliano Machado

“Porque, assim como relâmpago sai do oriente e se mostra até o ocidente, assim há de ser na vinda do Filho do Homem” Mateus 24.27:

F

oi realizado, no dia 17 de abril, o Culto de Ação de Graças, pelos seis anos do Exército de Débora. Este já esteve em várias cidades, entre elas: Getúlio Vargas, São Mateus do Sul, Curitiba; sempre cumprido o seu maior propósito: resgatar almas para Jesus. A fundadora do Exército de Débora, irmã Maria Tereza, esposa do pastor Paulo Freitas, disse que no início teve muitas lutas. Não faltaram mensagens negativas. Alguém disse: Se você conseguir dez mulheres, considere-te muito feliz. No primeiro dia, apareceram sessenta irmãs. A idealizadora deste trabalho incentivou o grupo a seguir em frente. Atualmente, o Exército está sobre a liderança da irmã Rosane. Também esteve participando do evento o cantor Adriano, de Aratiba. Ele con-

tou que tinha três sonhos. Dois deles se tornaram reais no culto de ação de graças, cantar num grande Templo, e, estar ao lado do pastor João Maria Hermel. Da mesma forma houve a colaboração no louvor do Exército de Débora, Coral da Casa Vita, Grupo Vida Nova, Exército de Davi; o último é composto somente por crianças. O pastor João Maria disse que a Igreja é muito feliz pelos departamentos. Parabenizou o Exército pela benção que é em Passo Fundo, em outras cidades gaúchas, e, em outros Estados. O pastor lembrou a passagem dos doze espias - Números 13. Salientando que apenas dois espias reverteram o quadro de desânimo causado pelos outros. O acontecimento teve como tema Mateus 24.27: “Porque, assim como relâmpago sai do oriente e se mos-

tra até o ocidente, assim há de ser na vinda do Filho do Homem”. O pastor Paulo Freitas, da Assembléia de Deus de Ibirapuitã, trouxe a mensagem baseada em Apocalipse 03.11-13. Falou que Jesus está voltando e tem um troféu para cada crente. Destacou três coisas a ser vencidas pelos cristãos: o mundo, o pecado, e, o ego. A vitória sobre si mesmo é mais difícil de ser alcançada. Depois destas conquistas é preciso tomar a cruz, isso é aceitar a vida que Deus nos deu. O Templo Central recebeu um excelente número de irmãos, inclusive de outras congregações, como Azambuja e Dona Elisa. Uma noite de realização de sonhos e de falar a cerca da maior espera da Igreja: a segunda vinda de Cristo.


6 - JORNAL VISÃO - ABRIL 2011

EVENTO

Por Juliano Machado

V Congresso da Família resgata valores perdidos

A

conteceu nos dias 23 e 24 de abril, no Templo Central, o V Congresso da Família. O evento abordou o tema: Deus, a solução para a família em tempos de degradação, tendo como referência o Salmo 127. Em Passo Fundo, o departamento da família realiza 73 cultos por mês, sendo um culto mensal em cada congregação. O departamento é coordenado pelo Evangelista Almerindo Meyer e a esposa Onice dos Santos, e na superintendência o Evangelista Neuri e a esposa Sônia Rodrigues. O congresso contou com a presença do pastor Adão Vanderlei, e do pastor Sandro de Oliveira, líder da área norte. “Há uma ação de Deus para resgatar os valores perdidos. É mais difícil resgatar do que ganhar. A mulher que perdeu a moeda dentro de casa teve um grande trabalho para recuperá-la”, disse o Pr Sandro. Casa de benção, música composta e interpretada por Eyshila, foi o hino oficial do Congresso da Família. A cantora Camila Fortes, da Assembleia de Deus de São Leopoldo, ministrou o louvor. “Estou feliz por estar em Passo Fundo e agradeço muito a Deus por ter nascido num lar cristão. Desde criança aprendi com meus pais que Jesus é o centro de tudo”. A cantora contou com a companhia do seu esposo Luiz Carlos. Ela comentou que no ano de 1996, Deus a chamou para cantar ao lado de seu esposo, mais tarde, o Evangelista Luiz se dedicou a outras coisas, mas, há dois anos voltaram a louvar juntos. “Adorar é mais que cantar é viver uma vida dedicada a Jesus Cristo”, disse ela. Da mesma forma, houve a colaboração da Orquestra Renascer, do Coral Geral

da Família e da Orchestra Átrios. O pastor Paulo Inácio, da Assembléia de Deus de Sarandi, ministrou a Palavra de Deus. O mesmo atendeu 15 anos congregações em Caxias do Sul e 7 anos presidiu a Assembléia em São Marcos. O pastor tem o costume de citar um versículo bíblico na saudação, no culto de sábado, mencionou Provérbios 24.3: “Com sabedoria edifica-se a casa e com inteligência ela se firma”. Ele trouxe uma mensagem interrogativa: rocha ou areia? Baseando-se em Lc 6.46-49. Se Deus é o idealizador, satanás é o destruidor da família. Para destruí-la ele tira a Bíblia Sagrada dos lares, dos colégios e das faculdades. A principal estratégia do diabo é fazer com que você não pratique a Palavra de Deus. O que arruína a família é não praticá-la. Nosso problema não é saber, mas ter a noção e não praticar o que conhecemos. Sabemos que temos contas para pagar e não quitamos. Possuímos conhecimento que devemos amar e odiamos. Por que a casa cai? Porque não praticamos o que a Bíblia diz. Não nos tornemos mestres em dizer e analfabetos em fazer. No domingo, à partir das 14h30min, foi realizado um estudo sobre a liturgia do culto da família. Neste, houve a presença dos irmãos que são representantes do departamento nas congregações. O pastor falou sobre a ordem e a decência, conforme I Coríntios 14.26,40: “Que fazer, pois, irmãos? Quando vos reunis, um tem salmo, outro, doutrina, este traz revelação, aquele, outra língua, e ainda outro, interpretação. Seja tudo feito para edificação. Tudo, porém, seja feito com decência e ordem.” O pastor Paulo Inácio destacou que o

ulto tem que ser centralizado na glóriaa culto de Deus. O louvor deve ser vertical, do homem para Deus. Fala-se dos atributos Dele. Jamais cantar hino horizontal, de homem para homem, onde a auto-ajuda está presente. O encerramento do congresso aconteceu no culto de domingo à noite. O pastor embasou sua mensagem em Levítico 19, intitulada o que Deus gosta e não gosta na família. Segundo a palavra, Deus gosta de ver na família, em primeiro lugar: santidade. Também quer no lar cristão: respeito aos pais e generosidade. Deus não aceita no lar de crente: idolatria, chocarrices com deficientes físicos, fofoqueiro, ódio, vingança, falta de descanso, consulta a médiuns e desrespeito aos idosos. O pastor Paulo

MISSÕES

Missão Urbana A Igreja Evangélica Assembléia de Deus de Passo Fundo, por intermédio do Departamento de Missões, colabora com 13 missionários. Em Moçambique, estão presentes 9 obreiros nativos, são coordenados pelo pastor Eliel Gomes. Uma missionária gaúcha está em Senegal. Há três missionários realizando missão urbana em Passo Fundo. Até aqui se vê como Deus é maravilhoso. Neste informativo se relata as boas novas no campo passo fundense, através do trabalho desenvolvido pelo irmão Jairo Miguel da Silva, obreiro da Igreja Evangélica Assembléia de Deus e cooperador do departamento de missões. Entre tantos testemunhos de salvação, curas, e, libertação, faz-se um

breve relato da transformação ocorrida na vida do irmão Tiago Flores Franco; que passou boa parte de sua vida sem conhecer a Cristo. Desde pequeno, Tiago freqüentava outra religião, e, mais tarde, por causa da influência de amigos e familiares começou a participar de uma religião afro, a partir daí, aprofundou-se mais nessa crença se tornando, posteriormente, pai de santo. Sua vida começou a decair, perdeu sua casa passando a morar de aluguel, quase perdeu seu carro, e, para tentar amenizar estas dificuldades, se envolveu em vícios. Foi neste momento de calamidade espiritual e material, que Deus usou o missionário Jairo para alcançá-lo. A mãe do Tiago solicitou a

visita do missionário em sua casa, naquele momento Deus começou a operar um grande milagre, foi feita uma oração e um propósito. Na semana posterior, o Senhor provou o seu amor para com Tiago Franco, abrindo as portas de emprego que há mais de 2 anos estavam fechadas, provendo também os recursos para não perder o seu carro. Após sete dias, da primeira visita, Tiago e sua mãe se renderam a Cristo onde foram batizados no Espírito Santo. Jesus salvou e restaurou, trazendo paz e alegria a esta vida, que outrora estava perdida e sem esperança. Há três maneiras de fazer missões: orando pelos missionários, contribuindo financeira-

lembrou uma pesquisa que afirma: afirma: nos últimos 20 anos aumentou assustadoramente o número de morte na faixa etária entre 13 e 25 anos. Uma vez, a maior parte das pessoas morria acima dos 50 anos. Isso está acontecendo porque os adolescentes e jovens estão se rebelando contra os pais, explicou. O quarto final de semana de abril ficou marcado como o tempo de despertamento da família. O pregador oficial do congresso recordou que já pregou no 53º Congresso de Missões e no 49º Congresso da Juventude, mas, este é apenas o 5º Congresso da Família. Está havendo um despertamento das Assembléias de Deus em relação às famílias e casais.

por Cléber do Carmo, secretário financeiro do Departamento de Missões

mente com eles, e, indo trabalhar no campo missionário. Em qual modo de missões você está? Disse Jesus: “Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo”, Mateus 28:19.


JORNAL VISÃO - ABRIL 2011 - 7

Comportamento

Quando eu sei pra que lado é o norte, as demais coordenadas viram detalhe.

Lúcia Helena Pedroso

A

s revelações que adquirimos durante a vida determinam e transformam um homem comum em uma pessoa pronta a dar o melhor por seu propósito. Estes insights fazem parte da nossa trajetória, no entanto seria demais transferir toda a responsabilidade da mudança para o tempo. O tempo é um dos grandes mistérios do Universo. É algo que todo mundo pensa que sabe o que é, reclamamos sua falta e, no fluxo frenético

do mundo, perdemos o nosso norte. O tempo não volta, o que pode parecer óbvio e para os físicos, encerra uma das mais fascinantes facetas da natureza, a julgar das aparências dos fenômenos naturais. Professores e pesquisadores dizem que podemos não entender muitas coisas, mas tem fenômenos naturais irreversíveis no tempo como por exemplo: o leite derramado não volta sozinho ao copo. Será possível entender o tempo e o fato dele andar numa só direção sem utilizar outras definições que implicitamente, já en¬cerram a idéia de um tempo? Ele existe independentemente de o percebermos. Seria, assim, o fluxo do tempo algo subjetivo? É possível voltar ao tempo? É possível chegar ao destino se perdendo do nor-

te? Acredito, exceto raras e generosos acontecimentos que não. Nós interagimos com o ambiente ao nosso redor e sofremos influências dele. Estamos assim, presos ao eterno ciclo de evolução do univer¬so, pois somos parte dele e entender a mente humana, talvez, seja o maior desafio científico que já se colocou à nossa frente. Queremos achar a “saída”, mas normalmente o norteador não aponta para as portas largas... e decidir andar no caminho estreito requer mais do que coragem – requer disciplina, perseverança e fé. A escolha do caminho facilmente é confundida em nosso coração – misturamos a religião que ameaça e amedronta, com espiritualidade

Lúcia Helena Pedroso Palestras sobre Capital Humano Portifólio de palestras no blog www. lucia-pedroso.blogspot.com

lhe traz Paz Interior”, confundimos liberdade com libertinagem e ainda cometemos engano de acreditar que o tempo tem o poder para nos aperfeiçoar, resolver nossos relacionamentos (perdoar e esquecer as brigas e ofensas) e solucionar, de forma mágica e instantânea, nossos problemas. A eficácia para chegar ao norte, deverá ser completamente, ignorada por qualquer efeito ou direção alternativa que nossas emoções insistirem em produzir. Redirecionar nossa bússola emocional, toda a vez que as circunstâncias persistirem em resistir ao nosso propósito. Buscar consciência do que realmente se quer quando sabemos pra que direção nossos sonhos estão, as demais coordenadas viram detalhe.

SAÚDE

Arroz integral reduz a gordura abdominal 90 gramas ou 4 colheres de sopa bem cheias de arroz integral todos os dias. Essa é a medida recomendada pelos especialistas para reduzir a gordura abdominal e afastar males como o câncer

U

ma fina casca — para os olhos, essa é a única diferença entre o arroz integral e o branco. Para o corpo, no entanto, esse detalhe é fonte de inesgotáveis benefícios, que vão do controle do diabete à redução da gordura abdominal. Pelo menos essa é a conclusão de uma pesquisa feita por nutricionistas da Universidade Tufts, nos Estados Unidos, que analisaram a dieta de 2 800 pessoas. Entre elas, as que consumiam três ou mais porções de cereais integrais diariamente — e não abusavam dos refi nados — tinham até 10% menos gordura visceral, aquela que se deposita barriga adentro e recobre órgãos como pâncreas, intestino e fígado. À primeira vista, a redução pode parecer pequena, mas as vantagens são imensas. A começar pela barriga, que dá uma enxugada. Em consequência, o coração é beneficiado: células gordurosas mais murchas significam menos inflamação nas artérias e, claro, menos trabalho para fazer o sangue circular. “Sem contar que, nos últimos anos, a ciência provou que a distribuição da gordura no corpo é importante para determinar o risco cardiovascular”, explica José Renato das

Neves, cardiologista do Hospital Samaritano de São Paulo. “Pessoas que nem sequer têm peso elevado, mas apresentam a adiposidade nas vísceras ou órgãos internos, apresentam um risco maior.” Junto a tantas vantagens, existe ainda a menor probabilidade de aparecimento de tumores, como o de mama. Agora resta a pergunta: como essa casquinha, que parece tão insignificante, consegue resultados tão surpreendentes? “A resposta está no seu teor de fibras. Quanto maior seu valor, menor é a quantidade de glicose e lipídios absorvidos. Esses fatores são importantes para evitar a deposição de gordura intra-abdominal”, esclarece Rosana Radominski, endocrinologista e presidente da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (Abeso). É que as fibras formam uma espécie de goma quando entram em contato com a água e, assim, tornam a digestão mais lenta, fazendo com que o açúcar proveniente dos alimentos seja assimilado aos poucos. Se não fosse dessa forma, aumentaria a produção de insulina, hormônio responsável por mandar a glicose para dentro das células. Só que, em excesso, ele infla os pneus da barriga e, ainda, abre caminho para o diabete. Quem come arroz diariamente costuma se alimentar de maneira mais saudável em todas as refeições — e aí o corpo agradece com todas as suas forças. Ao analisar dados de 1999 a 2004

sobre a dieta de mais de 25 mil crianças e adultos, pesquisadores americanos constataram que nos apreciadores desse cereal não havia carência de nutrientes essenciais para o organismo, como ácido fólico, potássio e outras vitaminas do complexo B. Muito pelo contrário. O estudo, realizado por uma empresa de consultoria alimentar, baseou-se no National Health and Nutrition Examination Survey, um levantamento feito periodicamente pelo governo dos Estados Unidos. O resultado mostrou ainda que os consumidores regulares de arroz têm menor propensão a acumular quilos extras, 34% menos risco de hipertensão e 27% menos probabilidade de aumento na circunferência abdominal. “O arroz em si, principalmente o integral, é considerado uma boa fonte de fibras alimentares, de vitaminas do complexo B e de minerais”, confirma a nutricionista Patrícia Ramos, coordenadora do Serviço de Nutrição do Hospital Bandeirantes, na capital paulista. “A longo prazo, sua ingestão diminui mesmo o risco de diversas doenças.” Os tipos integral e parboilizado também ganham destaque pelos teores de metionina, um aminoácido essencial que evita a queda dos cabelos e hidrata pele e unhas. “Sem contar que a metionina é precursora de um neurotransmissor, a serotonina”, conta Patrícia. Essa substância é uma espécie de antidepressivo natural. O aminoácido ainda auxilia na

por LÚCIA NASCIMENTO

redução doo ccolesterol red dução ã d oleste l t roll e afasta f a ffadiga adi diga crônica. Com tantos benefícios, é triste saber de b que o cereall deixou di d ser o prefef rido dos brasileiros na hora do almoço e do jantar. Segundo um levantamento do Instituto Brasileiro de Geografi a e Estatística (IBGE) divulgado no fi nal do ano passado, hoje consumimos cerca de 40% menos arroz do que no início dos anos 2000. Mas, justiça seja feita, ele merece dar a volta por cima — e retornar para a sua mesa, principalmente na versão integral, é claro. “O ideal é ingerir o alimento na maioria das refeições”, sugere a nutricionista Renata Garrido, do Hospital Nove de Julho, em São Paulo. “Não há uma recomendação mínima, mas o correto é substituir o branco e incluir o integral aos poucos. Mas, como esse é um hábito novo para boa parte da população, o mínimo consumido já é válido”, conclui. Bom apetite! Fonte: Saúde é vital


8 - JORNAL VISÃO - ABRIL 2011

Secretaria da Saúde discute atendimento em casos de violência A Prefeitura Municipal, através da Secretaria da Saúde em parceria da 6ª Coordenadoria Regional da Saúde, promoveu um encontro para discutir o atendimento que vem sendo realizado à crianças, adolescentes, mulheres e idosos vítimas de violência. Na oportunidade, no auditório da Coordenadoria de Vigilância em Saúde, reuniram-se representantes de entidades envolvidas com o atendimento dessas pessoas, objetivando verificar e discutir o que vem sendo feito para o encaminhamento e acompanhamento dos casos.

Após todos se pronunciarem sobre o fluxo atual de atendimento às vítimas de violência, a coordenadora da Vigilância Epidemiológica do município, a enfermeira Mara Dill, apresentou o site da Prefeitura Municipal de Passo Fundo, onde o profissional da saúde pode acessar as fichas de notificações para registro de uma situação de violência, bem como de outras doenças de notificação compulsória, como varicela e hepatite, entre outras. Já o promotor de Justiça, Paulo Cirne, aproveitou a ocasião para esclarecer sobre a atuação da

Promotoria de Justiça, que conta com seis promotorias de justiça criminal, cinco promotorias de justiça civil e quatro promotorias de justiça especializada. Ele explicou que elas têm envolvimento direto com situações de violência, seja no atendimento à vítima, ou aos seus familiares, além da situação em si da aplicação de penalidade. Também esteve presente no debate, o representante da Coordenadoria Estadual de Vigilância em Saúde (CEVS), Fernando Faracco, além de coordenadores da saúde da família,

saúde mental, saúde da mulher, saúde do idoso, representantes do programa de agentes comunitárias de saúde, dos Hospitais São Vicente de Paulo, César San-

tos e da Cidade, de instituições de ensino superior, e dos conselhos regionais de Psicologia, Odontologia, Fisioterapia e de Terapia Ocupacional.

Jornal Visão - Ed56  

Jornal Visão, traz nesta edição, a 56, como foi o V Celebration que ocorreu em Passo Fundo, também o congresso da família que ocorreu na Ass...