Issuu on Google+

Sobre os Autores Ana Rita Vidica. Possui mestrado em Cultura Visual pela Faculdade de Artes Visuais – UFG (2007) e graduação em Comunicação Social Publicidade e Propaganda pela UFG (2003). Experiência na área de Comunicação, com ênfase em Fotografia e Análise de Imagem, atuando principalmente nos seguintes temas: fotografia, publicidade, arte, fotoclube e antropologia visual. Atualmente é professora do curso de Comunicação Social – Publicidade e Propaganda da UFG e coordena o Núcleo de Pesquisa em Teoria da Imagem vinculado à UFG. Anna Rita Ferreira de Araújo. Possui graduação em Educação Artística (habilitação Artes Plásticas) pela Universidade Federal de Goiás – UFG (1990) e mestrado em Artes pela Universidade de São Paulo – USP (2003). Atualmente é professora assistente da UFG. Autora do Livro “Encruzilhadas do olhar no ensino da arte”. Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Educação Artística, atuando principalmente nos seguintes temas: arte-educação, artes visuais e novas tecnologias. Cecília Noriko Ito Saito. Pós-Doutorado (em andamento) pela Pró-Reitoria de Pós-Graduação da PUC-SP. Possui doutorado em Comunicação e Semiótica (2007) e mestrado pelo mesmo Programa (2003), ambos pela PUC-SP. Especialização em Arte e Tecnologia (2001) e Graduação em Artes Visuais. Atualmente é pesquisadora do Centro de Pesquisas em Cultura Japonesa de Goiás e do Centro de Estudos Orientais da PUC-SP; colaboradora do grupo Arte e Mestiçagens Poéticas da UFSC. Foi membro da diretoria ABRAEX 2010/2011 (Associação Brasiliense de ExBolsistas Brasil-Japão) e Ex-Presidente do Conselho Administrativo da Escola Modelo de Língua Japonesa de Goiás (2009/2010). Autora dos livros: “O Shodô, o Corpo e os Novos Processos de Comunicação”, São Paulo, Editora Annablume (2004); “Ação e Percepção nos Processos Educacionais do Corpo em Formação”, São Paulo, Editora Hedra (2010). Organizadora do livro “Meia Volta ao Mundo: Imigracao Japonesa em Goias”, patrocinado pela Secretaria Municipal da Cultura de Goiânia (2008). Célia Mari Gondo. Mestranda em Arte e Cultura Visual pela Universidade Federal de Goiás – UFG, possui graduação em Artes Visuais: Bacharelado, com Habilitação em Gravura (1990) e Licenciatura em Artes Visuais (2010) pela UFG. Atua, atualmente, na Rede Municipal de Educação (Goiânia), como servidor efetivo. Atuou na Escola de Artes Visuais da Agência Cultural Pedro Ludovico Teixeira (Agepel), do Governo Estadual (GO), desde 1994, em cursos de desenho, pintura, modelagem em argila, gravura e história da arte. Participa do Centro de Pesquisas em Cultura Japonesa de Goiás – CPCJ-GO. 282


César Pereira Cola. Possui graduação em Educação Artística (Licenciatura Plena) pela Universidade Federal do Espírito Santo – UFES (1986), graduação em Artes Plásticas (1982), mestrado em Educação (1996), também pela UFES, e doutorado em Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC-SP (2003). Atualmente é professor Adjunto IV da Universidade Federal do Espírito Santo. Eduardo Araújo de Ávila. Mestrando em Arte e Cultura Visual pela Universidade Federal de Goiás. Possui graduação em Artes Visuais (habilitação Design Gráfico) pela Universidade Federal de Goiás (2004). Possui experiência nas áreas de Artes Visuais e Estudos Orientais. Atua principalmente em design instrucional, design editorial, identidade visual, educação estética, práticas e processos artísticos. Atualmente é membro do Centro de Pesquisas em Cultura Japonesa de Goiás – CPCJ-GO, que possui parceria com o Centro de Estudos Orientais da PUC-SP. Leda Maria de Barros Guimarães. Professora da Universidade Federal de Goiás. Professora do Programa de Pós-graduação em Arte e Cultura Visual, coordenadora de Estágio da Licenciatura em Artes Visuais e do curso de Licenciatura em Artes Visuais em EaD pelo programa da Universidade Aberta do Brasil. É doutora em Artes pela Universidade de São Paulo –USP e mestre em Educação pela Universidade Federal do Piauí – UFPI. Tem livros publicados: “Desenho, desígnio, desejo: sobre o ensino de desenho” (UFPI, 1996); “Objetos Populares da Cidade de Goiás” (Sebrae-Go/UFG, 2001) e “A Natureza Feminina do Cerrado” (2006, UFG). É membro da ANPAP, da FAEB e do InSEA. maria elizia borges. Possui doutorado em Artes pela Universidade de São Paulo (1991). Mestrado em Ciências Sociais pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo – FESPSP. Tem experiência na área de Artes, com ênfase em História da Arte, atuando principalmente nos seguintes temas: história da arte, arte funerária, história da arte brasileira, pesquisa em artes visuais. Atualmente é professora associada da Universidade Federal de Goiás. Ronaldo Alexandre de Oliveira. Graduado em Educação Artística pela Faculdade Santa Marcelina (1987), em Pedagogia pela Universidade do Estado de Minas Gerais (2005),Especializado em Arte Educação pela ECA – USP (1991) Mestrado em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (2000) e Doutorado em Educação (Currículo) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2004). Atualmente é professor Adjunto “A” da Universidade Estadual de Londrina, no Departamento de Arte Visual. Foi Professor estatutário da Prefeitura Municipal de Jacareí no periodo de 1992–2007, onde atuou enquanto docente da educação Básica e coordenou projetos na aréa de Ensino e Aprendizagem da Arte. Atuou na UNIVAP 283


(Universidade do Vale do Paraíba no periodo de 2000 a 2007), na formação de professores da Educação Básica e foi responsável pela implantação na mesma Universidade da Licenciatura em Artes Visuias no ano de 2007. Rosa Maria Berardo. Possui graduação em Comunicação Social Jornalismo pela Universidade Federal de Goiás (1985), mestrado em Artes pela Universidade de São Paulo (1990), mestrado em Cinéma et Audiovisuel – Universite de Paris III (Sorbonne-Nouvelle) (1993) e doutorado em Cinéma et Audiovisuel – Universite de Paris III (Sorbonne-Nouvelle) (2000). Pós-doutorado em Ciências Sociais/Cinema, pela Université du Québec à Montreal (2005-2006). Atualmente é professora Associada II da Universidade Federal de Goiás.

284


A presente edição foi publicada pelo CEGRAF– UFG, em caracteres: Arno Pro, corpo do texto 13, título principal 16; Gil Sans MT; Gil Sans MT Condensed, subtítulo 13. Foi impressa em sistema offset, papel offset 75g (miolo) e cartão supremo 250g (capa), em fevereiro de 2012.


286


Dados dos Autores