Issuu on Google+

Ano 7 nº 65 / Março-Abril 2008

Foto: Aristeu Chagas / Agecom

Bahia Farm Show tem crédito da Desenbahia A Desenbahia marca presença na primeira edição da Bahia Farm Show – Feira de Tecnologia Agrícola e Negócios, levando crédito rápido e sem complicações aos produtores rurais e empreendedores do agronegócio no Oeste baiano. A feira acontece entre os dias 3 e 7 de junho na cidade de Luis Eduardo Magalhães, distante 900 km de Salvador. A agência baiana de fomento já teve boas experiências em eventos na região, a exemplo da Agrishow, antece-ssora da atual Bahia Farm Show. No ano passado a instituição prospectou R$ 16,4 milhões, consolidando sua boa relação com os empresários locais. Este ano a Desenbahia vai disponibilizar as linhas do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), além de repasses do BNDES para aquisição de máquinas e implementos agrícolas. Para o presidente da instituição, Luiz Alberto Petitinga, a Agência participa desta primeira Bahia Farm Show ainda mais forte que em 2007. “Levaremos para o evento as principais linhas de crédito da Agência, a exemplo do FNE, Finame, Moderfrota, Moderinfra, CrediFácil e também o Proagro, criado com o objetivo de facilitar ainda mais a vida dos pequenos, médios e grandes produtores rurais”, afirma. O Proagro tem linhas de crédito para investimentos fixos, semi-fixos e custeio, com recursos oriundos do Fundo de Desenvolvimento Econômico e Social do Estado (Fundese). O programa oferece taxas de 7% ao ano para investimentos fixo e semi-fixo, com prazo de até oito anos para pagamento, incluídos três de carência. No caso do crédito

Feira trará para a Bahia as mais modernas máquinas e equipamentos agrícolas disponíveis no mercado

para custeio, as taxas são de 8%, com prazo de até quatro anos. Previsão de bons negócios “Nós do segmento de máquinas e implementos agrícolas esperamos bons resultados, pois a demanda cresceu tanto que está sendo até difícil de atender”, comemora o presidente da Associação de Revendedores de Máquinas e Implementos Agrícolas do Oeste da Bahia (Assomiba), Olmírio Flores, mais conhecido como Chico da Agrosul. Flores não adianta quais serão as novidades apresentadas pela indústria no evento, mas sustenta que serão várias. “Para garantir os negócios na feira, vamos precisar de grande apoio das entidades de crédito”, ressalta o empresário. Este ano a expectativa é de que mais de R$ 200 milhões em negócios sejam alavancados durante e logo após a feira.

Ainda na primeira edição, a Bahia Farm Show já é considerada a maior vitrine do agronegócio da Bahia e deve atrair mais de 25 mil visitantes ao município de Luís Eduardo Magalhães. O complexo tem 200 hectares, com área para dinâmicas agrícolas, 12 mil metros quadrados de plots experimentais com os resultados de pesquisas da Fundação Bahia para as culturas locais, além das áreas de estandes. A Bahia Farm Show é realizada pela Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), Fundação Bahia, Associação Baiana de Produtores de Algodão (Abapa), Fundo para o Desenvolvimento do Agronegócio do Algodão (Fundeagro), Associação de Revendedores de Máquinas e Implementos Agrícolas do Oeste da Bahia (Assomiba) e Prefeitura Municipal de Luís Eduardo Magalhães.

Solicite seu financiamento pela Internet Os empresários baianos já podem encaminhar solicitações de financiamento através do site da Desenbahia

Paginação 65.pmd

1

(www.desenbahia.ba.gov.br). Os clientes que optarem pelo envio on line do pedido serão beneficiados diretamente com a redução no

tempo de concessão do crédito. Basta clicar no link “Financiamento on line”, localizado no canto inferior direito da capa do site.

9/5/2008, 18:09


2 | Jornal Desenbahia Ano 7 nº 65 Março-Abril 2008

Foto: Manu Dias / Agecom

Prefeituras podem financiar ambulâncias junto à Desenbahia Fundo Municipal de Saúde e/ou receitas do ICMS. Na aquisição das ambulâncias deverão ser respeitadas as quantidades máximas estabelecidas em função da população do município. Para cidades com população igual ou inferior a 25 mil habitantes, uma ambulância. População entre 25 mil e 50 mil habitantes, até duas. De 50 mil e 100 mil habitantes até três, e municípios com população acima de 100 mil habitantes, até quatro ambulâncias. Os encargos financeiros são a TJLP acrescida de 4% ao ano, com prazo de pagamento de até 48 meses, incluídos seis meses de carência.

Mais de 160 prefeituras já manifestaram interesse em financiar as ambulâncias através do ProSaúdeBahia

O Programa de Financiamento de Ambulâncias para Prefeituras (ProSaúdeBahia), lançado pelo governador Jaques Wagner no mês de abril, já recebeu 163 manifestações para aquisição dos veículos. Como cada prefeitura pode pleitear de uma a quatro ambulâncias, a depender do número de habitantes, o total de veículos passíveis de financiamento chega a 229. Até o momento já foram assinadas 63 propostas firmes para financiamento dos veículos. De acordo com o diretor de Operações da Desenbahia, José Ricardo Santos, este

número deve crescer ainda mais já que muitos municípios ainda não enviaram os documentos necessários para dar entrada no pedido. “Certamente vamos superar a previsão de financiamentos através do programa”, afirmou. O ProSaúdeBahia tem o objetivo de financiar a aquisição de ambulâncias para as prefeituras baianas, de acordo com as especificações técnicas da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). A Desenbahia financia até 100% dos veículos, com os pagamentos das parcelas sendo feitos com receitas do

A relação completa dos documentos necessários para o pedido de financiamento pode ser encontrada no endereço www.desenbahia.ba.gov.br/ credito/formularios.asp. Mais informações podem ser obtidas através do telefone 0800 285 1626 (ligação gratuita). Investimento Na mesma oportunidade foi lançado o Programa de Apoio Financeiro aos Municípios da Bahia (PafSaúde), administrado pela Sesab. O governador Jaques Wagner entregou a hospitais regionais de Salvador, e mais 21 municípios, 40 ambulâncias para transporte de pacientes a longas distâncias. As ambulâncias fazem parte de um investimento do Estado de mais de R$ 5 milhões para compra de 50 ambulâncias e 12 UTI’s móveis.

IV Encontro de Economia Baiana em pauta Sob o mote “Políticas Públicas e Desenvolvimento Econômico”, o IV Encontro de Economia Baiana (EEB) será realizado nos dias 16 e 17 de setembro de 2008. A quarta edição do EEB vem para consolidar ainda mais o evento que já se tornou parte do calendário acadêmico baiano, principalmente para profissionais e estudantes das áreas de Economia, Administração, Ciências Contábeis, Geografia, além dos estudantes de pós-graduação em Planejamento Regional e Urbanismo. Na última edição do evento, nada menos que 700 pessoas compareceram nos dois dias, trazidos,

em grande parte, pelo peso dos convidados a exemplo do secretário Nacional de Economia Solidária, Paul Singer, do Economista da USP, Ricardo Abramovay, do professor do Mestrado em Economia da UFBA, Hamílton Ferreira, e dos artigos técnicos apresentados durante o evento. Para este ano, outros grandes nomes estão sendo aventados, inclusive com a possibilidade de um palestrante internacional. Para inscrever um artigo científico e participar do IV EEB, basta acessar o site www.mesteco.ufba.br e clicar no link do Encontro. Depois, é só preencher os campos solicitados e aguardar a

resposta da Comissão Científica. A submissão dos artigos teve início no dia 30 de março e prossegue até 24 de junho. Prêmios Ao inscrever um artigo para participar do IV Encontro de Economia, o autor pode optar por participar da premiação oferecida para os melhores trabalhos nas áreas “Financiamento do Desenvolvimento” e sob o mote “Políticas Públicas e Desenvolvimento Econômico”, com foco em questões baianas. Cada premiado receberá R$ 5 mil. Os regulamentos dos prêmios estão disponíveis no site do encontro.

Expediente | Informativo editado pela Assessoria Técnica de Comunicação da Desenbahia (AST-COM) E-mail: faleconosco@desenbahia.ba.gov.br Site: www.desenbahia.ba.gov.br Ouvidoria: 0800 284 0011 Presidente: Luiz Alberto Bastos Petitinga. Diretores: José Ricardo Santos e Marco Aurélio Felix Cohim Silva. Presidente do Conselho de Administração: Carlos Martins Marques de Santana. Assessor de Comunicação e Jornalista Responsável: Oldack de Miranda. Redação e Edição: João Paulo Fonseca (DRT/BA 2445). Colaboração: Filipe Nobre. Secretária: Lilia Oliveira. Estagiária: Natacha Aquino. Apoio: Leonardo Daniel dos Santos Filho. Edição gráfica e design: Solisluna Design. Editoração, finalização digital, fotolito e impressão: JM Gráfica e Editora. Tiragem: 8.000 exemplares. A Desenbahia é filiada à Associação Brasileira de Instituições Financeiras de Desenvolvimento (ABDE).

Paginação 65.pmd

2

9/5/2008, 18:09


Jornal Desenbahia Ano 7 nº 65 Março-Abril 2008 | 3

Foto: Agência A Tarde

Desenbahia se instala em Feira de Santana com mais de R$ 100 milhões para financiamentos A Desenbahia – Agência de Fomento do Estado da Bahia instalou uma Gerência de Negócios em Feira de Santana, com raio de ação extensivo à região de Juazeiro. O objetivo da instituição é incrementar o apoio financeiro principalmente às micro e pequenas empresas locais e para isso vai dispor de mais de R$ 100 milhões através do Fundo de Desenvolvimento Econômico e Social do Estado (Fundese).

Financiamento do Nordeste (FNE), além das linhas com recursos oriundos do BNDES, dentre as quais o Finame. As condições de todos os produtos podem ser consultadas no site da instituição (www.desenbahia.ba.gov.br), onde também podem ser feitas simulações e até solicitações de financiamento.

O escritório da Desenbahia funciona na Rua Barão de Cotegipe, 629, Centro, nas dependências do escritório regional do Sebrae. O posto é ocupado pelo gerente Fábio Moncorvo, funcionário de carreira da Desenbahia, que já atua nesta função desde março de 2006, quando era responsável pela região de Ilhéus/ Itabuna, que agora passa ao comando do gerente Helder Falk. Moncorvo é graduado em Administração de Empresas e atua na Agência desde o ano 2000.

Empresas localizadas na região de Feira agora têm acesso fácil O CrediFácil é um dos produtos mais atrativos: possui ao crédito da Agência instalação de um escritório em Feira taxa de juros de 1% ao mês na de Santana leva a esta região mais modalidade “fixo”, com limite de até R$ 100 mil. Já para capital de oportunidades de financiamento, giro, a linha começa com juros de com agilidade e sem complicações. 1,5%, podendo cair para 1% a partir “Todo o trâmite de documentos é do segundo financiamento. O limite, feito através do Gerente de neste caso, é de até R$ 500 mil. A Negócios, sendo dispensável a linha financia a aquisição de presença do cliente em nossa sede, máquinas, equipamentos e beneficia em Salvador. Além disso, a empresas dos ramos da indústria, Desenbahia não pratica a venda comércio e serviços. casada de produtos, como a abertura de contas ou a venda de Interiorização do crédito títulos financeiros, o que desonera a Uma das metas da Desenbahia para operação”, ressaltou. este ano é a aplicação de R$ 64 milhões no interior do estado, número Para maiores informações sobre a que corresponde a 50% de tudo que a Agência em Feira de Santana, entre Agência pretende investir em 2008. em contato: 75 3221-2153, 75 9981De acordo com o presidente da 7666 ou 0800 285 1626 (Central de Desenbahia, Luiz Alberto Petitinga, a Relacionamento com Clientes).

Crédito facilitado A Desenbahia oferece em Feira de Santana todas as suas linhas de crédito de capital de giro e investimento como o CrediFácil, voltadas às micro e pequenas empresas, o Fundo Constitucional de

Agência presente em evento internacional

O evento tem como tema central “La Consolidación del Crecimiento Económico de América Latina y el Caribe: el papel de la banca de desarrollo”, e contará com a participação de personalidades da comunidade financeira internacional. A relevância do tema que será abordado nesta oportunidade cresce face ao panorama em que se apresenta atualmente a economia mundial diante da possibilidade de uma recessão e de instabilidade nos mercados financeiros, além de como isto poderia afetar o processo econômico da região após seis anos

Paginação 65.pmd

3

de crescimento consecutivo. Neste contexto, é muito importante examinar as atribuições das instituições financeiras de desenvolvimento como instrumentos de política pública. Para a completa abordagem deste tema, serão debatidos três aspectos em diferentes sessões da reunião: “O surgimento de novos mercados: oportunidades de comércio e investimento para a América Latina e Caribe”, devido à abertura de importantes mercados como destino de exportações e como fontes de investimentos que permitirão uma maior diversificação de mercados e produtos, além de ajudar a reduzir a vulnerabilidade externa; “A engenharia financeira para o desenvolvimento da infra-estrutura no apoio à descentralização produtiva e à inserção social”, como promover um maior investimento na infra-estrutura que acompanhe a taxa de crescimento e contribua para a redução da pobreza e da desigualdade; e “O financiamento

da inovação e o desenvolvimento tecnológico para um crescimento sustentável”. Além disso, está prevista também uma apresentação sobre o tema “Mercados Financeiros e perspectivas da economia mundial: implicações para a região”. Foto: Xando P. / Grupo A Tarde

O presidente da Desenbahia – Agência de Fomento do Estado da Bahia, economista Luiz Alberto Petitinga, participará da 38ª Reunião da Assembléia Geral da Alide (Asociación Latinoamericana de Instituciones Financieras para el Desarrollo), a ser realizada nos dias 29 e 30 de maio, em Lima, capital do Peru. A Desenbahia é membro da entidade.

Luiz Alberto Petitinga, presidente da Desenbahia

9/5/2008, 18:09


4 | Jornal Desenbahia Ano 7 nº 65 Março-Abril 2008

Agência aprova R$ 26 milhões e prioriza o interior concluiu Luiz Alberto Petitinga. interior (fora da Região No período de janeiro, fevereiro e Metropolitana de Salvador) março de 2008, a Desenbahia As aprovações com recursos do representaram 79,6% do valor aprovou 2.962 operações de crédito BNDES também apresentaram um aprovado, atingindo R$ 20,7 no montante de R$ 25,98 milhões, crescimento significativo, em valor e milhões. No trimestre, a quantidade valor que representa um aumento quantidade. O resultado se deve de municípios atendidos pelo crédito de 40,8% em relação ao mesmo principalmente às período de 2007. Foi o operações através do Valor de aprovações (em R$ mil) melhor desempenho, Programa de comparado a períodos Microcrédito (PMC) do equivalentes, de toda a BNDES (824 história da instituição financiamentos, financeira. totalizando R$ 1,33 Ao analisar o milhão) e às operações desempenho trimestral, do Programa Nacional o presidente da de Fortalecimento da Desenbahia, economista Agricultura Familiar Luiz Alberto Petitinga, Pronaf (com 196 ressaltou que, somente financiamentos, no âmbito do Fundo somando R$ 1,99 Constitucional do milhão). A mesma da Desenbahia cresceu 2,5%, Nordeste (FNE), o valor das tendência de crescimento se totalizando 125 cidades. “O aprovações obteve um aumento de registrou com o CrediFácil – território Portal do Sertão foi o 249,1%, na comparação com igual programa da Desenbahia voltado maior destinatário dos recursos no trimestre de 2007. para micro e pequenas empresas período e o resultado geral aponta formais – que registrou um aumento Prioridade é o interior para a desconcentração do crédito de 23,4% de aprovações no período. As operações voltadas para o pelos territórios de identidade”,

Consórcio Juro Zero Bahia financia primeira empresa em 2008 O Consórcio baiano que opera o Programa Juro Zero aprovou o primeiro financiamento de 2008. A empresa beneficiada é a Medicalsystem, que solicitou o crédito para implantação de um laboratório de calibração de equipamentos eletromédicos certificados pela Rede Brasileira de Laboratórios Analíticos em Saúde (Reblas), da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

sendo elaborado um convênio com o Centro Federal de Educação Tecnológica da Bahia (Cefet) para o treinamento e transferência de tecnologia visando à utilização do sistema de metrologia necessário ao laboratório. Os equipamentos lá aferidos deverão estar em conformidade com a norma ABNT NBR IEC 60601, que versa sobre a utilização de equipamentos eletromédicos.

A Medicalsystem atua no ramo médico desde a sua fundação, há quatro anos, com a venda e assistência técnica de equipamentos hospitalares tais como máquinas de anestesia, ventiladores pulmonares e desfibriladores. Com a implantação deste laboratório, o primeiro no Brasil, a empresa inova ao passar a prestar o serviço de aferição destes e outros equipamentos a clínicas e hospitais dos estados da Bahia e Sergipe. Está

De acordo com um dos diretores da empresa, Gustavo Lima, “o crédito chegou na hora certa para acelerar a criação do laboratório, projeto que já estava nos planos da Medicalsystem, mas que não seria concluído em tão curto espaço de tempo”. Um dos critérios do financiamento é que o objeto financiado seja maturado em até 18 meses. Para o diretor de Inovação da Fapesb, Elias Ramos de Souza, o Juro Zero vem para cumprir um

papel social importante no Estado no momento em que apóia projetos inovadores que possam trazer benefícios à comunidade. “Estamos em vias de desenvolver parcerias com o Sebrae e o IEL para capacitar o empresariado baiano a pleitear o Juro Zero”, disse. Juro Zero O Juro Zero tem o objetivo de estimular a prática da inovação entre os empreendedores, oferecendo crédito sem juros reais, corrigido apenas pelo IPCA, com o pagamento dividido em 100 parcelas, para as MPE’s cuja Receita Operacional Bruta (ROB) tenha sido entre R$ 333.333,34 e R$ 10.500.000,00 no ano fiscal anterior à solicitação de financiamento e que apresentarem projetos/planos de negócios inovadores em seu ramo de atuação, seja com relação a produtos, processos e/ou serviços.

Simulação e 2ª via de boletos estão disponíveis no site O empresário que quiser fazer uma simulação de financiamento, basta acessar o site da Desenbahia (www.desenbahia.ba.gov.br) e clicar no link “Simulador de

financiamento”, localizado no canto inferior direito da capa do site. Precisando de mais informações sobre as linhas apresentadas, basta ligar gratuitamente para o 0800 285 1626.

Os clientes em dia com seus pagamentos podem emitir 2ª via de boletos gratuitamente através da homepage da instituição. Basta clicar no link “Boleto on line”.

visite nosso site www.desenbahia.ba.gov.br contatos faleconosco@desenbahia.ba.gov.br ouvidoria 0800 284 0011

Paginação 65.pmd

4

9/5/2008, 18:09


65ª Ed. Jornal Desenbahia