__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

Revista de Idiomas Vol. 6 Lições do Idioma Tuyuka Sunia Yebámahsã (Jonas Prado Barbosa)


Introdução

Meu nome é Jonas Prado Barbosa. Eu sou da etnia Yebámãhsa e meu nome tradicional (nome de benzimento) é Sunia. Eu falo a língua Tuyuka, porque a minha mãe é da etnia Tuyuka e eu também moro na aldeia Tuyuka. Estou estudando na Universidade Federal de São Carlos - UFSCar – Campus Sorocaba, no curso de Engenharia de Produção. Ingressei neste ano de 2018. A língua Tuyuka é falada pelo povo indígena Tuyuka, que também é denominado como Ʉtapinopona que, na tradução, significa filhos da cobra de pedra. A etnia Tuyuka habita a Terra Indígena Alto Rio Negro, no estado do Amazonas, na região do Alto Rio Tiquié. Atualmente, existem quatro aldeias Tuyukas nessa região do Alto Tiquié, sendo que três delas têm escolas de ensino fundamental. Dessas três, uma também tem ensino médio, que funciona anexa a uma escola estadual de um distrito próximo. Nas escolas de ensino fundamental, os alunos até o 5º ano são ensinados apenas com a língua Tuyuka, tanto na escrita, quanto na fala. Já a partir do 6º ano até o ensino médio, as aulas são em Tuyuka e em Português. Os professores são Tuyukas e das próprias aldeias. Em geral, todos os moradores das aldeias citadas falam a língua Tuyuka, menos as mulheres da etnia Tukano que se casaram com Tuyukas. Revista de Idiomas Vol. 6 - Lições do Idioma Tuyuka

1


Alfabeto

Vogais

ABDEGHIKMNÑOP RSTUɄWY

A-E-I-O-U-Ʉ

Frases básicas

_Cumprimentar Wakãimᵾ! Bom dia!

Añuri ñamika! Boa tarde!

Añuri ñami! Boa noite!

_Apresentação Ye wame nia Jonas! Meu nome é Jonas! Dero wameti mᵾha? Como você se chama? Yᵾ wametia Jonas. Eu me chamo Jonas. Añuimᵾ? Como você está? Añu nia! Estou bem! Mᵾpete? E você? Añu nia yᵾkã. Estou bem também.

Revista de Idiomas Vol. 6 - Lições do Idioma Tuyuka

2


Frases: espaço Amazonas makᵾ nia yᵾha. Eu sou do Amazonas. Terra Indígena Alto Rio Negro niã yᵾ nirõ. Eu moro na Terra Indígena Alto Rio Negro. Amazonas dita pᵾta Colombia,Venezuela, Peru mena dita tariropᵾ. O Amazonas faz fronteira com a Colômbia, Venezuela e Peru.

Yᵾ buegᵾ tia Universidade Federal de São Carlos-UFSCar- Campus Sorocaba wametiropᵾ. Eu estou estudando na Universidade Federal de São Carlos-UFSCar Campus Sorocaba. UFSCar pᵾta São Paulo ditapᵾ. A UFSCar fica no estado de São Paulo. Anõ estado de São Paulo pᵾre yᵾ niã Salto de Pirapora wametiri makãpᵾ. Aqui no estado de São Paulo, eu moro no município de Salto de Pirapora.

Pronomes

Yᵾ Mᵾ Inῖ/Igó Marῖ Mᵾã Inῖa/Inῖanumiã

Eu Tu Ele/Ela Nós Vós Eles/Elas

Verbos

Yare Kᵾtᵾre Kanire Ñerẽ

Comer Correr Dormir Pegar

Yᵾ Yᵾ Yᵾ Yᵾ

ya´a kᵾtᵾa kania ñeã

presente + pronome eu

Revista de Idiomas Vol. 6 - Lições do Idioma Tuyuka

3


Cores

sᵾmerẽ azul

ewanirẽ amarelo

ñire preto

butire branco

Família

Pakᵾ Pako Makᵾ Makõ Sõwũ Baigã Sõwõ Bairogã Pakᵾkᵾ Pakoku Bᵾgᵾ Bᵾgo Mañikũ Mañikõ

sõarẽ vermelho

Números

Pai Mãe Filho Filha Irmão mais velho Irmão mais novo Irmã mais velha Irmã mais nova Avô Avó Tio Tia Sogro Sogra

Revista de Idiomas Vol. 6 - Lições do Idioma Tuyuka

Sika Pᵾa Itia Bapari Sikamokañe Sikamokañe Sikamokañe Sikamokañe Sikamokañe Mania

sika pᵾa itia bapari

Um Dois Três Quatro Cinco Seis Sete Oito Nove Zero

4


Tempo

Waimãsãnirige Pamᵾmᵾanᵾkãrige Buanᵾkãrige Payia hearige Atiebᵾrekori

Tempo de waimãsã (gente-peixe) Tempo de transformação de gente-peixe em humano Tempo de migração Tempo dos missionários Tempos atuais

Estações do ano

Hῖa kᵾma Ʉne kᵾmã Dasiawũ pue Aña pue Yukᵾrika korebᵾrekori Yukᵾrika dikatire bᵾrekori

Verão de lagarta Verão de pupunha Enchente de camarão Enchente de jararaca Época de floração Época de frutificação

Coisas que gosto de fazer Yᵾ wai weé tᵾsa nia. Eu gosto de pescar. Diga ape tᵾsa nia yᵾ. Gosto de jogar bola. Yᵾ diapᵾ kusa bapétᵾsa nia. Eu gosto de tomar banho e nadar no rio. Yᵾ, pakᵾ mena waikᵾra siatᵾsa nia. Eu e meu pai gostamos de caçar.

Revista de Idiomas Vol. 6 - Lições do Idioma Tuyuka

5


Sabores/cheiros Sᵾtiañure Cheiroso Ʉnire Fedorento Piyare Azedo Sᵾgere Amargo

Ipitire Doce Moaokare Salgado

Poasusure Cheiro de comida queimada

Mesa sotoa pesa notebook. O notebook está em cima da mesa.

Impressora pᵾto diamakũ niñape pesa notebook. O notebook está ao lado direito da impressora.

Hõerῖ sãrῖpi duia opapuapᵾ. A lixeira fica no canto da sala.

Sopepᵾto kõa yukᵾsoro. A canoa fica perto da porta.

Duiripῖro nia mesa pᵾto. A cadeira está perto da mesa.

Posicionamento

Revista de Idiomas Vol. 6 - Lições do Idioma Tuyuka

6


Esta publicação é parte do projeto e website “Descolonizando o Brasil” de Maria Thereza Alves em colaboração com estudantes indígenas da UFSCar - Campus Sorocaba realizado em 2018 a convite dos estudantes e Sesc Sorocaba. Os colaboradores são: Aldine Tukano (Aldine Daiana Barreto), ~

Cagüücü Tikuna (Lucas Quirino), Kaly Tariano (Agostinho Brazão Barbosa), Kuhupi Waura, Ñorõ Tuyuka (Reginaldo Ramos), Omawalieni Baniwa (Eliane C. Guilherme), Potira Kambeba (Rosangela B. Braga), Rayana Atikum (Rayana S. Freire), Sileia Tukano (Sileia Massa Alves) e Sunia Yebámahsã (Jonas Prado Barbosa). O trabalho é resultado do desdobramento de uma série de workshops que aconteceu de julho a setembro de 2018 no campus da UFSCar, na Floresta Nacional de Ipanema e no Sesc Sorocaba. Esses encontros deram origem a ações performativas, um e-book, sete revistas de idiomas, vídeos e peças teatrais que estão reunidos em um website-obra e em exposição no Sesc Sorocaba de 19 de setembro de 2018 a 3 de fevereiro de 2019.

www.descolonizandobrasil.com.br

Profile for Descolonizando o Brasil

Vol. 6 // Lições do Idioma Tuyuka  

Vol. 6 // Lições do Idioma Tuyuka  

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded