__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

Revista de Idiomas Vol. 5 Liçþes do Idioma Kambeba Potira Kambeba (Rosangela B. Braga)


Introdução

Olá, tudo bem? Faço parte de uma diversidade dos povos originários do Brasil. Meu nome é Rosangela Batalha Braga e sou estudante indígena da etnia Kambeba do Alto Solimões no Amazonas. Estudo Administração na Universidade Federal de São Carlos – UFSCar Campus Sorocaba. Sejam bem-vindos à língua Kambeba, dos povos originários Ómaguas Kambeba do Amazonas.

Revista de Idiomas Vol. 5 - Lições do Idioma Kambeba

1


Nosso alfabeto

_Consoantes B (buya) C (cuya) Ch (chapu) D (dawe) G (gara)

K (kariwa) Kw (kwera) Mb (mlué) Mp (mpinima) N (ne)

Nh (nheegara) Nd (andira) Ng (puranga) Nt (ainté) P (puxuera)

R (rité) S (se) T (tuyuka) TCH (tchama) Y (yacy)

_Vogais NASAL - Ã - Ẽ - Ĩ - Ũ ORAL - A – E – I – U

Frases básicas

_Cumprimentar Ayne kwema! Bom dia!

Ayne karuka! Boa tarde!

Ayne putuna! Boa noite!

_Apresentação May te re su? Como está? May te as su? Como vai? May katu? Tudo bem?

Números

Urãne Amurãne Muscipurãne Urũdu Musapurãdu-pu

Um Dois Três Quatro Cinco

Revista de Idiomas Vol. 5 - Lições do Idioma Kambeba

Musupurãdu-pu urãne Musupurãdu -pu amurãne Muscipurãndu-pu musapurãne Musarurãndu-pu urũdu Musapurãndu-pu musapurãndu-pu

Seis Sete Oito Nove Dez

2


Vocabulário universitário Ya kwa yassona universidade de ônibus. Eu vou para a universidade de ônibus. Ya nhã ka ayta ara. Eu janto na universidade todos os dias.

Yane kwa kwara se tuyuka kwa sury sawa ayne semaya sapaya. Neste momento que estou longe da minha terra, sinto saudade de meus pais.

Tchama xaputoryitá munã kwa ayre. Não gosto muito de matemática, isso não é para mim.

Localização

Vane iwaka kaá pakuwa. Estou em cima da folha. Kwa iwaka tuykí. O relógio está sobre a parede. Ya se kwara. Estou na sua frente.

Yasu sara kwa kwara. Estou atrás de você.

Rekwa kwa uka. A rede está dentro da oca (ambiente de moradia dos povos indígenas, a casa). Uru muyra kwa uka. As árvores estão fora da oca. Yane amurãne uka itá. Estou entre duas ocas.

Ya ne kwara. Estou ao seu lado.

Yane kwara kwa. Estou à sua esquerda.

Ya ne se kwara su kwara ne kwa. Estou frente a frente com você. Ya ne saruka. Estou perto da minha aldeia. Se ruka kwerapy surukabid. Minha aldeia está muito longe de Sorocaba.

Revista de Idiomas Vol. 5 - Lições do Idioma Kambeba

3


Coisas que gosto Katú nhã ita pirá u -seẽ. Adoro comer peixe de água doce. Sarputary u-waçay ita kware. Gosto de tomar açaí acompanhado de alguma carne salgada. Se maya kwa wé manyaka nhãmau ita ara. Minha mãe faz farinha de mandioca e macaxeira, que comemos no almoço e no jantar. Ya sa nhã sarã uka tuyuka. Gosto de comer amapati, abiu, ingá e mari.

Revista de Idiomas Vol. 5 - Lições do Idioma Kambeba

4


Coisas que gosto Resu xaputary yutu uru puranga muyra tuyuka. Também gosto do clima da nossa região: tropical.

Thana tuyka trintu tuyka ita iutu. Não me habituei ao frio desta região, acho bastante gelado.

Revista de Idiomas Vol. 5 - Lições do Idioma Kambeba

5


Coisas que gosto

Yane xaputari tiuykite purãna. Gosto de ir a praias e tomar banho de rio.

Yane xaputary supy. Gosto de jogar futsal.

Mensagem

Yane se ne tchana puxuera yne katu puranga. Olhe para mim como se eu fosse você. Não com indiferença, pois tudo que pedimos a você é RESPEITO.

Revista de Idiomas Vol. 5 - Lições do Idioma Kambeba

6


Esta publicação é parte do projeto e website “Descolonizando o Brasil” de Maria Thereza Alves em colaboração com estudantes indígenas da UFSCar - Campus Sorocaba realizado em 2018 a convite dos estudantes e Sesc Sorocaba. Os colaboradores são: Aldine Tukano (Aldine Daiana Barreto), ~

Cagüücü Tikuna (Lucas Quirino), Kaly Tariano (Agostinho Brazão Barbosa), Kuhupi Waura, Ñorõ Tuyuka (Reginaldo Ramos), Omawalieni Baniwa (Eliane C. Guilherme), Potira Kambeba (Rosangela B. Braga), Rayana Atikum (Rayana S. Freire), Sileia Tukano (Sileia Massa Alves) e Sunia Yebámahsã (Jonas Prado Barbosa). O trabalho é resultado do desdobramento de uma série de workshops que aconteceu de julho a setembro de 2018 no campus da UFSCar, na Floresta Nacional de Ipanema e no Sesc Sorocaba. Esses encontros deram origem a ações performativas, um e-book, sete revistas de idiomas, vídeos e peças teatrais que estão reunidos em um website-obra e em exposição no Sesc Sorocaba de 19 de setembro de 2018 a 3 de fevereiro de 2019.

www.descolonizandobrasil.com.br www.descolonizandobrasil.com.br

Profile for Descolonizando o Brasil

Vol. 5 // Lições do Idioma Kambeba  

Vol. 5 // Lições do Idioma Kambeba  

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded