__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

Revista de Idiomas Vol. 1 Lições do Idioma Ticuna ~ Cagüücü Tikuna (Lucas Quirino)


Introdução

Meã ipe’ ngugü / Sejam bem-vindos Eu, Lucas Quirino, da etnia Ticuna, nasci em 26 de outubro de 1992 na comunidade indígena Novo Porto Lima, que pertence ao município de Benjamin Constant, no estado do Amazonas. Sou filho de Quirino Coelho e Maria Ramos. Meu pai nasceu no Peru e minha mãe, no Brasil (amazonense). Estudei em escola indígena, onde me apaixonei pela educação. Terminei o ensino fundamental por lá, apesar de todas as dificuldades que vivi na minha escola indígena. Cursei o ensino médio no município de Benjamin Constant, que fica a 30 quilômetros da minha aldeia. Nos anos compreendidos entre 2012 e 2014, fiquei na cidade, terminei os 3 anos do ensino médio e comecei a falar e compreender um pouco mais a língua portuguesa. Atualmente, estudo na Universidade Federal de São Carlos – UFSCar – Campus Sorocaba. Entrei em 2016. Revista de Idiomas Vol. 1 - Lições do Idioma Ticuna

1


Vogais As vogais em Língua Ticuna são:

NASAL - Ã - Ẽ - Ĩ - Õ - Ũ - Ü - Ü̃ ORAL - A - E - I - O - U

Alfabeto Esse é o alfabeto em Língua Ticuna: A – B – C – TCH – D – E – G – NG – I – M – N – NH – O – P – Q – R – T – U – W – Y

Sílabas Na Língua Ticuna, as sílabas são parecidas com as da Língua Portuguesa. Por exemplo:

da, de, di, do, du, dü ba, be, bi, bo, bu, bü Mas existem algumas diferentes do português, como:

nga, nge, ngi, ngo, ngu, ngü.

Frases básicas

_Cumprimentar Meima ngune`ü! Bom dia!

Revista de Idiomas Vol. 1 - Lições do Idioma Ticuna

Meima Yauane’ü! Boa tarde!

Meima y tchütaü! Boa noite!

2


Números

wüi tare’ tama’ẽpü ãgümücü wüi me’ẽpü

um dois três quatro cinco

Cores

yauraü verde

yau azul

dauraü rosa

waü preto

tchoü branco

da’u’ vermelho

mama’ mãe

papa pai

tchauene irmão

tchaueya irmã

o’i vovó

no’ẽ vovô

Família

Revista de Idiomas Vol. 1 - Lições do Idioma Ticuna

3


Pronomes

Tchama Cüma Nüma, tüma Yiemagü Pema’gü Nümagü, tüma’gü

Eu Tu, você Ele, ela Nós Vós, vocês Eles, elas

Substantivos mais usados

ãcü ipata nguneü̃

coisa casa tempo

taunecü ngooneü̃ yatü

ano dia homem

ãẽgacü nge’tüücü pacü

senhor/senhora moço moça

guthinü norügu’ norütaã

errado último próprio

Adjetivos mais usados

meü taütchi’i iraü

bom grande pequeno

Revista de Idiomas Vol. 1 - Lições do Idioma Ticuna

meĩ melhor yeeraü pior me’tchinü certo

4


Verbos Básicos

_Verbo comer / tchibü presente Tchama Eu Cüma Tu Nüma, tüma Ele, ela Yiemagü Nós Pema’gü Vós Nümagü, tüma’gü Eles, elas

Tchatchibü Como Cutchibü Comes Natchibü Come Tatchibüe Comemos Petchibüegü Comeis Natchibüegü Comem

passado Tchama Eu Cüma Tu Nüma, tüma Ele, ela Yiemagü Nós Pema’gü Vós Nümagü, tüma’gü Eles, elas

Marü Marü Marü Marü Marü Marü

tchatchibü Comi cutchibü Comeste natchibü Comeu tatchibüe Comemos petchibüegü Comestes natchibüegü Comeram

O verbo comer no passado é praticamente o mesmo do presente, o que muda é o prefixo. A palavra Marü é igual a “já”, então a frase fica assim: eu já comi ou seja, eu já almocei.

futuro Tchama Eu Cüma Tu Nüma, tüma Ele, ela Yiemagü Nós Pema’gü Vós Nümagü, tüma’gü Eles, elas

Tchatchibüta Comerei Cutchibüta Comerás Natchibüta Comerá Tatchibüeta Comeremos Petchibüegüta Comereis Natchibüegüta Comerão

_Exemplos: frases Tchama rü poi tá tchango. Eu vou comer a banana. Tüma rü tá aiyata. Ela vai tomar banho. Ngiã ta’ tchibüe. Vamos almoçar/vamos jantar.

Revista de Idiomas Vol. 1 - Lições do Idioma Ticuna

5


Palavras / Deagü

Üa’cü Sol

Tawemücü Lua

Algumas palavras que não têm como traduzir em Língua Ticuna

Papel higiênico Tomada Caixa de som

Revista de Idiomas Vol. 1 - Lições do Idioma Ticuna

6


Esta publicação é parte do projeto e website “Descolonizando o Brasil” de Maria Thereza Alves em colaboração com estudantes indígenas da UFSCar - Campus Sorocaba realizado em 2018 a convite dos estudantes e Sesc Sorocaba. Os colaboradores são: Aldine Tukano (Aldine Daiana Barreto), ~

Cagüücü Tikuna (Lucas Quirino), Kaly Tariano (Agostinho Brazão Barbosa), Kuhupi Waura, Ñorõ Tuyuka (Reginaldo Ramos), Omawalieni Baniwa (Eliane C. Guilherme), Potira Kambeba (Rosangela B. Braga), Rayana Atikum (Rayana S. Freire), Sileia Tukano (Sileia Massa Alves) e Sunia Yebámahsã (Jonas Prado Barbosa). O trabalho é resultado do desdobramento de uma série de workshops que aconteceu de julho a setembro de 2018 no campus da UFSCar, na Floresta Nacional de Ipanema e no Sesc Sorocaba. Esses encontros deram origem a ações performativas, um e-book, sete revistas de idiomas, vídeos e peças teatrais que estão reunidos em um website-obra e em exposição no Sesc Sorocaba de 19 de setembro de 2018 a 3 de fevereiro de 2019.

www.descolonizandobrasil.com.br

Profile for Descolonizando o Brasil

Vol. 1 // Lições do Idioma Ticuna  

Vol. 1 // Lições do Idioma Ticuna  

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded