Page 1

HIGIENE CONSCIENCIAL APLICADA À POLITICOLOGIA Eduardo Martins


Objetivo

“Contribuir para a transformação do ego político, hoje em dia normalmente provinciano e egocêntrico, em uma consciência politizada madura, erudita e cosmoética, amplificando seu público alvo, do curral eleitoral pueril e bairrista para a policarmalidade universalista.”


Meios • Análise de casos: – Oswaldo Aranha. – Juca: José Maria da Silva Paranhos Júnior. – João Goulart.

• • • •

Análise das questões intraconscienciais. Análise da dimensão extrafísica. Apresentação dos pilares da HC. Dinâmicas parapsíquicas.


O Caso de Oswaldo • Oswaldo Aranha: Emabaixador do Brasil e do mundo. Presidiu a Assembléia Geral da ONU. Determinante para a criação do Estado de Israel. Considerado o “artista” da revolução de 1930. Colocou Getúlio no poder. Prefeito, deputado estadual, deputado federal, Ministro da Fazenda, Ministro da Justiça. Recebido em casa por Franklin Roosevelt, salvou o Brasil de se aliar a Hitler na década de 30.


O Caso de Oswaldo • Oswaldo fumava sem parar, maços de cigarro por dia. Recebeu “homenagem” da Souza Cruz com o lançamento da marca Minister. • Morreu de infarto agudo do miocardio aos 61 anos, novo, sem chance de qualquer atendimento médico.


3 Perguntas Por que políticos exercem o poder ignorando sua própria saúde? Quais seriam os resultados da reciclagem existencial e intraconsciencial na vida de um político em atividade? Quando o político chega ao curso intermissivo?


Por que ignoram sua própria saúde? • A consciência é extrafísica por natureza. • No intrafísico: confusão com as ilusões humanas e ignorância quanto ao holossoma. • A existência do subcérebro abdominal: o poder paralelo da consciência (sexo e comida). • As trapaças, mágoas e vinganças: politicagem. • Sexo, poder e dinheiro: o trinômio obnubilador da consciência. Casuística: a mídia recente nacional e internacional está pululando de fatos.


Quais os resultados da RECIN e da RECEXIS na vida do político? Subcérebro Abdominal. 1.Bulimia (comilanças). 2.Compras por impulso (modismos). 3.Anorexia intelectual (aprosexia). 4.Promiscuidade. 5.Roubo por impulso. “O poder é afrodisíaco”. Henry Kissinger.


Quais os resultados da RECIN e da RECEXIS na vida do político? Problema principal do subcérebro. A corrupção ocorre primeiro com a própria consciência, a autocorrupção. Fruto da falta de autodiscernimento, as bases da corrupção de si próprio estão no subcérebro abdominal.


Quais os resultados da RECIN e da RECEXIS na vida do político? Crise Existencial. Depressão sem causa aparente. Desmotivação. Apatia. Antigos valores antes supervalorizados: carro, filhos, bens, dinheiro. Hoje: vazio existencial. Na Crise Sadia, o político joga fora valores anacrônicos e escolhe novos valores.


Quais os resultados da RECIN e da RECEXIS na vida do político?

Crise Existencial. A autoculpa pode ser o primeiro indício, ainda que imaturo, da crise existencial. Evidencia para a consciência: 1.Abordagens erradas. 2.Posturas obsoletas. 3.Ego autocrata. A crise existencial levanta a poeira, sacode as estruturas intraconscienciais, e inicia o processo da RECIN – Reciclagen Intraconsciencial.


Quais os resultados da RECIN e da RECEXIS na vida do político? Crise Existencial: 4 perguntas ao político. • Coloquei um basta em relações espúrias? • Identifiquei um projeto nobre para a vida política, por exemplo, a valorização dos professores? • Trabalho por uma causa, não por pessoas, mas por idéias, lembrando a máxima de Alexis de Tocquevile: “mais que as idéias são os interesses que separam as pessoas” (Buononato, 2011)? • Escolho amigos e colegas não porque são do mesmo partido, mas por terem a cabeça mais ajustada e a postura interassistencial?


Quais os resultados da RECIN e da RECEXIS na vida do político? Reciclagem Intraconsciencial. • Definologia. A recin é a reciclagem intraconsciencial ou a renovação cerebral da consciência humana (conscin) através da criação de neossinapses ou conexões interneuroniais (neuróglias) capazes de permitir o ajuste da programação existencial (proéxis), a execução da reciclagem existencial (recéxis), a inversão existencial (invéxis), a aquisição de neoideias, neopensenes, hiperpensenes e outras conquistas neofílicas da pessoa lúcida motivada (Vieira, 2011).


Quais os resultados da RECIN e da RECÉXIS na vida do político? Resposta: A mudança extrafísica da própria assistência, através da conquista de amparadores técnicos avançados, e a pontuação da FEP – Ficha Evolutiva Pessoal.


Quando o político chega ao curso intermissivo? Definologia. A baratrosfera é o nome dado às dimensões extrafísicas patológicas da paratroposfera terrestre onde se encontram consciexes perturbadas e energias conscienciais negativas (videoglossário da Conscienciologia). O “quanto eu vou levar nisto” e a interprisão grupocármica: selando o passaporte para a baratrosfera. Oposição à Cosmoética: que aconteça o melhor para todos. O preço alto dos acidentes de percurso familiar: tragédias, estigmas e doenças.


Quando o político chega ao curso intermissivo? Resposta: a gradação da problemática. As compensações evolutivas: quando a autocorrupção é menor do que a causa pela qual o político trabalha. JK, Oswaldo e Juca. O saldo da Ficha Evolutiva Pessoal: quando os acertos alcançam a intraconsciencialidade. Início da moral cósmica. Resgate na baratrosfera, chegada à comunidades EF mais equilibradas, pré-requisito ao curso intermissivo.


Higiene Consciencial Definição. A higiene consciencial é a Ciência aplicada aos estudos, pesquisas ou técnicas sistemáticas, teáticas, do conjunto de medidas adotadas para evitar a intrusão e permanência de patopensenes no microuniverso consciencial em determinado holopensene específico, seja pessoal, grupal ou institucional, começando pelas eliminações das pensenizações patológicas, antipensenes doentios e contrapensenes fixos ou monoideísmos viciosos (Vieira, 2011).


Higiene Consciencial Definição. A higiene consciencial é a Ciência aplicada aos estudos, pesquisas ou técnicas sistemáticas, teáticas, do conjunto de medidas adotadas para evitar a intrusão e permanência de patopensenes no microuniverso consciencial em determinado holopensene específico, seja pessoal, grupal ou institucional, começando pelas eliminações das pensenizações patológicas, antipensenes doentios e contrapensenes fixos ou monoideísmos viciosos (Vieira, 2011).


HC e a Parapoliticologia Politicologia + Conscienciologia= Parapoliticologia Parapoliticologia. A Parapoliticologia é a especialidade da Conscienciologia dedicada ao estudo das articulações multidimensionais, visando o gerenciamento dos grupos evolutivos, através da liderança do epicon na ação de integrar as minipeças conscienciais, com intuito de realizar as proéxis individuais e grupais. É subcampo científico da Parassociologia (conscienciopedia).


Pilares da Higiene Consciencial 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9.

Vontade. Intencionalidade. Autodiscernimento. Auto-organização. Lucidez. Inteligência Contextual. Megafoco. Retilinearidade Pensênica. Flexibilidade Mental.


Resultado da aplicação da Higiene Consciencial

1. Muda o foco da simples conquista de votos para o megafoco das causas nobres da vida multidimensional: incorporação do parapsiquismo. 2. Eleva o padrão de sua expressão e substitui a egocarmalidade pela policarmalidade em suas manifestações através do início da Tenepes – Tarefa Energética Pessoal, diária, para o resto da vida humana. 3. Extingue de vez a visão míope eleitoreira.


Resultado da aplicação da Higiene Consciencial 4. Acrescenta à busca por eleitores o resgate de consciências do próprio grupo político evolutivo, muitas vezes perdidas ainda na baratrosfera. 5. Compreende a real imagem de sua consciência e espicaça a auto-imagem distorcida de príncipe ou rei. 6. Instala o estado vibracional profilático antes e depois de reuniões, discursos ou conversas triviais.


Resultado da aplicação da Higiene Consciencial 7. Muda suas referências íntimas, de antigos padrinhos políticos, para atuais amparadores técnicos, definitivamente assistenciais, com intenção cosmoética, jamais eleitoreira.


Conclusão I A higiene consciencial, para ser aplicada pelo político, exige crise de crescimento e manutenção das reciclagens intraconscienciais, as recins. Aos mais assistenciais, a parapsicose pós-dessomática pode receber assistência direta de amparadores avançados, mas ainda assim, revelando condição longe da ideal para se chegar ao término da vida.


Conclusão II A mudança do foco para as causas nobres do maximecanismo interassistencial, pode mudar a equipe extrafísica, melhorar o padrão energético e promover a abertura da conta corrente policármica através da Tenepes, expandindo o público alvo, do curral eleitoral para à assistência profícua à policarmalidade cósmica.


Convite Dinâmica Parapsíquica: Parapoliticologia. Toda as 4as-feiras, das 19h as 21h30. Paradireitologia. Todas as 5as-feiras, das 15 as 17h30. No CEAEC. Críticas e sugestões E-mail: cardiologiaedu@cardiol.br

3 - HC aplicada à Politicologia - Eduardo Martins  

HIGIENE CONSCIENCIAL HIGIENE CONSCIENCIAL APLICADA À APLICADA À POLITICOLOGIA POLITICOLOGIA Eduardo Martins “Contribuir para a transformação...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you