Page 1

35% dos brasileiros se sentem escravos do tempo Pesquisa inédita do IBOPE Inteligência sobre a relação da população com o tempo mostra que homens são os que mais reclamam da falta de tempo Leia mais na Página 5 Acesse www.delta-alternativanews.blogspot.com e confira mais notícias!

“Cidadania é exercício dos direitos e deveres civis e políticos” Diretora: Delma Andrade • Ano XVII – nº 209 • De 10 à 17 de dezembro de 2013 • Circulação: Osasco, Barueri, Alphaville e região • email: alternativa_news@globo.com Foto: Rodrigo Petterson

Obras

Osasco ganhará 7 novos centros esportivos Cidade também contará com Virada Esportiva; além de sediar Meia Maratona Internacional em 2014. Entre 2014 e 2017, Osasco passará a contar com 7 novos centros esportivos e de lazer. Tal constatação foi feita pelo prefeito Jorge Lapas, no dia 28 de novembro passado, durante reunião da Sala de Situação, da qual participam equipe de secretários e técnicos. Veja na Página 3

“Adote uma Cartinha de Natal” A campanha realizada pela Prefeitura em parceria com os Correios é para apadrinhar uma cartinha de Natal de uma criança moradora de Osasco. Página 2

Aprovado projeto de lei sobre pessoas desaparecidas Foi aprovado na Câmara Municipal de Osasco, em sessão extraordinária, em primeira discussão, no dia 28 de novembro e, em segunda discussão, na terça-feira, dia 3 de dezembro, o projeto de lei 60/2011, de autoria do Vereador Josias (PSD), que dispõe sobre a criação e publicação de página na internet com fotos de pessoas desaparecidas, nos sites da Prefeitura Municipal de Osasco e da Câmara Municipal. Página 2 Vereador Josias (PSD)

Editoria Qualidade de Vida

Negócios

Saúde

Livro

Escutar: Estresse do ideal dia a dia faz cair a ferramenta para fazer sua o cabelo empresa crescer Página 4

Página 7

Gastronomia

“Vivendo e Aprendendo a Jogar”

Canapé Crocante

Página 7

Página 4


Página 2

• De 10 à 17 de dezembro de 2013 •

Cidades / Solidariedade

“Adote uma Cartinha de Natal” A Prefeitura de Osasco, através do Fundo Social de Solidariedade, em parceria com os Correios, participa do programa Papai Noel dos Correios. Com o slogan “Adote uma Cartinha de Natal”, a intenção é encontrar padrinhos das cartinhas das crianças de Osasco que sonham em ganhar um presente neste final de ano. Para participar do Programa “Papai Noel dos Correios”, é só escolher uma das cartinhas em uma agência dos Correios ou se preferir, no Posto dos Correios instalado no Paço Municipal, localizado na avenida Bussocaba, 300, que funcionará toda sexta, sábado e domingo, das 19 às 22 horas. Cada cartinha deve ser manuscrita por crianças de até 10 anos de idade, ser matriculada na rede pública de ensino, viver em situação de vulnerabilidade social e ter como opção de presente, brinquedo, material escolar ou roupas. A parceria entre a Prefeitura de Osasco e os Correios acontece pelo segundo ano consecutivo. “Toda a população poderá participar. Quanto mais nos unirmos, mais crianças serão beneficiadas”, enfatizou a primeira-dama e Presidente do Fundo Social de Solidariedade de Osasco, Sandra Missiano Lapas. Além do programa Papai Noel dos Correios, a Prefeitura de Osasco também organiza a Festa de Natal para mais de 22 mil crianças, entre 02 e 10 anos de idade, atendidas no Município pelo Bolsa Família, com entrega de brinquedos. A primeira entrega será no Centro de Educação Unificada José Saramago, no Jardim Santo Antônio. A segunda ocorre no dia 15 de dezembro, no Centro de Educação Unificada Dra. Zilda Arns Neumann, no Jardim Elvira, das 9 às 16 horas. Para colaborar com a Festa de Natal é só entregar as doações de brinquedos novos ou seminovos na sede do FSS, localizado na Avenida Bussocaba, 140 - Centro. Mais informações poderão ser obtidas pelo telefone 36529407. Serviço: “Adote uma Cartinha de Natal” Local: Posto dos Correios – Av. Bussocaba, 300 – Centro – Osasco - Sexta, sábado e domingo, das 19 às 22 horas.

EXPEDIENTE Jornalista Responsável: Delma Andrade – MTB 24.995 Editora: Delma Andrade alternativa_news@globo.com Diretor Jurídico: Daniel Barbosa de Andrade – OAB-SP – 44.464 Projeto gráfico e diagramação: Grupo New Star

Redação: Tel: (11) 99287-7573 Periodicidade: mensal, podendo ter edições extras. Na Editoria de Cidades, trazemos também, uma seleção das notícias do mês. Obs. Por falta de espaço, os artigos enviados pelos colaboradores serão revisados, sem alterar o conteúdo. Os artigos publicados são de inteira responsabilidade de seus autores, não expressam a opinião do jornal. Contamos com novos colaboradores, há cada edição, nas colunas de Saúde, Carreira, Comportamento, Bem-estar, entre outras.

Legislativo

Aprovado projeto de lei sobre pessoas desaparecidas Foi aprovado na Câmara Municipal de Osasco, em sessão extraordinária, em primeira discussão, no dia 28 de novembro e, em segunda discussão, na terça-feira, dia 3 de dezembro o projeto de lei 60/ 2011, de autoria do Vereador Josias (PSD), que dispõe sobre a criação e publicação de página na internet com fotos de pessoas desaparecidas, nos sites da Prefeitura Municipal de Osasco e da Câmara Municipal. “Através desse projeto, serão inclusos nesses sites, a relação com os nomes e fotos de pessoas desaparecidas na cidade de Osasco, desde que solicitado pela família da pessoa desaparecida e mediante a comprovação do desaparecimento, através de Boletim de Ocorrência Policial”, explicou o Vereador Josias. Segundo ainda o Vereador Josias,”esse projeto de lei visa fazer com que os pais que tenham um filho desaparecido ou mesmo familiares de um adulto desaparecido, leve a foto e os dados desta pessoa junto à Prefeitura ou à Câmara Municipal, para que a foto e as informações sejam incluídas no site das mesmas”, informou. “Assim, estaremos criando novos meios de divulgação de fotos de pessoas desaparecidas e, como estes sites são visitados por internautas do Brasil inteiro e, eventualmente, do exterior, estaremos divulgando estas fotos numa proporção muito maior do que se fosse feita uma divulgação através de cartazes”, acrescentou. “Esse projeto foi encaminhado, a partir de uma ação que ocorreu em setembro de 2011, quando compartilhei a foto de um senhor que estava desaparecido em meu perfil do Facebook e, no mesmo dia, ele foi localizado, através de um amigo

Vereador Josias (PSD)

meu Marcel, em Itapevi”, relembrou o parlamentar. “O Sr. Benedito Teixeira, na época, com 79 anos, morador da Capital, portador do Mal de Alzheimer havia sido encontrado três dias antes pela Guarda Municipal, circulando pela região central de Itapevi. Encaminhado ao CREAS Centro de Referência Especializada de Assistência Social, o idoso foi entrevistado pelos profissionais, que tentavam descobrir pistas sobre familiares e sua procedência. Na sequência, Sr. Teixeira foi acolhido pela ONG Missão Filadélfia”, completou. Durante o período que o Sr. Benedito esteve desaparecido, a família acionou a Polícia Civil, lavrando B.O. de desaparecimento e, inclusive, utilizaram redes sociais para tentar localizá-lo, contou seu filho Carlos Teixeira, residente no bairro paulistano do Tatuapé. Uma simples foto com as informações sobre as condições de Sr. Benedito, no momento em que foi visto pela última vez, foi compartilhada por mais de 30 mil pessoas no Facebook, após ter sido postada por Carlos. Agora, o projeto segue para sanção do prefeito Jorge Lapas


Página 3

• De 10 à 17 de dezembro de 2013 •

Osasco News Entre 2014 e 2017, Osasco passará a contar com 7 novos centros esportivos e de lazer. Tal constatação foi feita pelo prefeito Jorge Lapas, na tarde do dia 28 de novembro passado, durante reunião da Sala de Situação, da qual participam equipe de secretários e técnicos. A Prefeitura de Osasco está trabalhando intensamente para propiciar que os munícipes tenham acesso a mais espaços de recreação. Uma das principais metas da administração é ampliar a oferta de espaços de esporte e lazer para, consequentemente, melhorar a qualidade de vida da população. Esse é um importan-

Osasco ganhará 7 novos centros esportivos te item do plano de governo e próximo de ser conquistado. Durante a reunião, foram debatidos vários projetos na área de esporte, lazer e recreação que serão viabilizados nos próximos 3 anos de gestão. Na ocasião, foi apresentado que a pasta, responsável pelas ações dessas áreas, irá dispor de 90% de reajuste no orçamento para 2014. No encontro, também foi anunciado que serão construídos 3 Centros de Iniciação ao Esporte e que Osasco vai receber, em 2014, eventos de grande porte, como a Virada Esportiva e a Meia

Maratona Internacional. Outro anúncio feito é a ampliação de investimentos em Academias ao Ar Livre. A Prefeitura espera investir, cada vez, mais; pelo menos duas já estão previstas. Além disso, também foi anunciado que, no próximo ano, acontecerá uma Olímpiada voltada para os servidores públicos. O prefeito Jorge Lapas, ao fim do encontro, parabenizou a equipe e salientou que esse planejamento, além de beneficiar a população, vai proporcionar mais eficiência, bem como, um trabalho mais elaborado em menos tempo.

Em Brasília, o prefeito solicita consignação de Canal da Cidadania para Osasco Na capital federal, o prefeito Jorge Lapas se reuniu com senadores e diretores do Ministério das Comunicações para solicitar a implantação da TV digital Buscando por recursos e investimentos para a cidade de Osasco, o prefeito Jorge Lapas esteve na capital federal, durante todo o dia 26 de novembro, para participar de uma série de reuniões para debater a implantação de uma TV digital, denominado Canal da Cidadania, em Osasco. Na parte da manhã, o prefeito foi recebido no gabinete da liderança do PT no Senado. No encontro com os senadores Wellington Dias (PI), Ana Rita (ES), Eduardo Suplicy (SP), José Pimentel (CE), Aníbal Diniz (AC) e Paulo Paim (RS), Lapas pediu apoio para a viabilização na implantação do canal de TV digital. Já na parte da tarde, o prefeito se reuniu com o Diretor do Departamento

de Acompanhamento e Avaliação de Serviços de Comunicação Eletrônica do Ministério das Comunicações, Octávio Pierante. Na ocasião, o prefeito apresentou os pormenores dos projetos de comunicação da administração municipal e formalizou o pedido de consignação do canal. Projeto do Governo Federal, o Canal da Cidadania faz parte do conjunto de canais públicos explorados por repre-

sentantes da administração pública, dentro do Sistema Brasileiro de Televisão Digital (SBTVD) e visa estimular ações de cidadania. Agora, enquanto o projeto tramita, o prefeito Jorge Lapas aguarda a resposta do Ministério das Comunicações, quanto a outorga do Canal. O Secretário de Comunicação, Roberto Trapp, também acompanhou o prefeito durante a série de reuniões.

Prefeitura de Osasco tem novos canais de comunicação A Prefeitura de Osasco, através da Secretaria de Comunicação, criou novas ferramentas digitais para facilitar o acesso do munícipe à informação. Recentemente, foram criados perfis e canais nas principais mídias sociais para informar e interagir com os moradores da cidade. Uma das contas criadas foi no Youtube, o maior meio de visualização de vídeos da internet. Lá no perfil (http://www.youtube.com/governodeosasco), é possível assistir a vídeos institucionais e reportagens sobre ações da administração municipal. Outra rede

que também possibilita ver os vídeos produzidos pela equipe da Secom é o perfil do Vimeo (http://vimeo.com/governodeosasco). Outra rede que também foi criada para garantir mais informação ao munícipe é o SoundCloud, mídia social especializada em arquivos de áudios. Lá no perfil (https://soundcloud.com/governodeosasco), além de reportagens, é possível ouvir entrevistas do prefeito Jorge Lapas. Febre entre os hard users de internet móvel, o Instagram (http://instagram.com/governodeo-

sasco) da Prefeitura também está ganhando atualizações. A equipe da Secretaria de Comunicação também produz conteúdo diariamente para o perfil do Twitter (https:// twitter.com/governodeosasco) e portal da Prefeitura (www.osasco.sp.gov.br). Além disso, todos os jornais produzidos pela equipe e distribuídos pela cidade estão hospedados no perfil no Issu (http:// issuu.com/secom-osasco) e as fotos estão disponíveis para download e visualização no Flickr (http://www.flickr.com/ photos/governodeosasco


Página 4

• De 10 à 17 de dezembro de 2013 •

Editoria Qualidade de Vida Saúde

Estresse do dia a dia faz cair o cabelo Além do estresse, alguns medicamentos podem provocar a queda dos fios Hoje em dia, as pessoas se declaram “muito estressadas” e relacionam a queda de cabelo ao fato de passarem por períodos de elevada tensão emocional e isso só mostra que a Alopecia (queda de cabelo) está relacionada aos efeitos psicossomáticos (em que a mente influência a forma como as pessoas sentem as coisas). Quando a queda capilar aparece através de fatores genéticos ou de fatores externos, podemos dizer que existe tratamento para ambos. Segundo a terapeuta capilar Sandra Assis Maia da Clínica capilar Alto Stima, o tratamento pode ser feito, através da Medicina Antroposófica que enfoca os fatores que sustentam a saúde humana, através do reforço da fisiologia do paciente e da individualidade, ao invés de apenas tratar os fatores que causam a doença. “A autodeterminação, autonomia e dignidade dos doentes é um tema central, terapias são acreditadas para aumentar as capacidades de um paciente se curar do problema capilar apenas com um tratamento psicológico”, esclarece. A consequência da doença pode estar ligada aos hábitos do dia a dia, seja por uma doença sanguínea ou por outro fator que somente com um diagnostico preciso, pode chegar à causa e saber o que está causando a perda dos fios. Em casos extremos, o estresse pode levar a

queda de cabelo grave. Há certos tipos de estresse que afetam o sistema circulatório periférico, prejudicando a fixação dos fios no couro cabeludo. “Além do estresse, alguns medicamentos podem provocar a queda dos cabelos. O efeito colateral de alguns remédios como: antidepressivos, anfetaminas, medicações para emagrecimento e para tratamento de acne, podem fazer com que o fio caia e ocorra o eflúvio telogeno (é a antecipação da queda de cabelo podendo dificultar a reposição). Deve-se atentar ao descrito à bula e sempre que possível conversar com um médico”, explica Sandra. Caso você note a perda excessiva de cabelo procure um tricologista. Este profissional irá avaliar o motivo, a gravidade e o melhor tratamento para o seu caso. Evite o estresse seguindo algumas dicas: Aproveite seus dias de folga— Não desperdice os dias de descanso. Use-os para passear, praticar esportes, ver amigos e estar com a família. Leia um livro —Ler faz a gente relaxar e se distrair. Conhecer novos lugares, mesmo sem sair do lugar, que por meio da ficção, faz muito bem à mente. Dance — Mexa o corpo dançando. Quer maneira melhor de mandar o estresse embora? Seja sozinho ou acom-

panhado, nada é melhor que dançar para se livrar da tensão gerada no dia a dia. Acupuntura — Esta técnica medicinal de origem chinesa já é bem aceita pela medicina ocidental. A acupuntura pode ser recomendada para casos mais graves de estresse, mas só deve ser feita com prescrição médica e por um profissional habilitado. Ao longo do dia de trabalho, tire alguns minutos para se distrair — Faça pausas de cinco minutos, levantese da sua mesa e vá dar uma volta, nem que seja pelos corredores. Descanse — Cansaço não se resolve com truque, mas com repouso. Saia da rotina — Mudar a rotina faz bem não só para a memória, mas também aumenta o ânimo. Sobre a Clínica Capilar Alto Stima - Fundada pela terapeuta capilar Sandra de Assis Maia, graduada em pela Faculdade Unida de Vitória (2011), Pós Graduação em Tricologia e em Terapia Ortomolecular, Membra do Corpo Docente da Associação Internacional da Argentina de Tricologia, Membra da Associação Brasileira de Tricologia (ABT), Holística e sócia-diretora da Clínica Capilar Alto Stima. A Clínica conta com uma equipe de diversos profissionais treinados para realizar os trabalhos. O espaço oferece tratamento capilar para todos os tipos de cabelos, ressaltando alguns serviços como: diagnóstico, avaliação com aparelho de tricoscopia, terapia ortomolecular e tricologia. A Clínica também possui serviços complementares de salão. Site: http:// altostima.com

Gastronomia Canapé crocante Ingredientes: 1 embalagem de pão Torta Fria Wickbold; 1 embalagem de cream cheese (200g) ; 450g de mussarela em fatias; 450 g de tomate seco picadinho ; 2 claras de ovo; 1 xícara de chá de farinha de rosca (160 g) e ¼ de xícara de chá de azeite Modo de Preparo: Abra as tiras de pão Torta Fria Wickbold com um rolo de massas para deixá-las finas. Sobre as tiras, espalhe o cream cheese, a mussarela e o tomate seco. Enrole-as no sentido do comprimento, formando sete pequenos rocamboles. Embale-os com filme plástico e leve à geladeira por uma hora. Para formar os canapés, corte cada rolinho em cinco fatias. Passe-os em clara de ovo e empane na farinha de rosca. Disponha em assadeira antiaderente, regue com azeite e asse em forno pré-aquecido (180ºC) por 10 minutos, virando na metade do tempo para que fique dourado dos dois lados. Decore os canapés com manjericão e tomatinho. Sirva quente. Variação: substitua o tomate seco por azeitona preta picadinha. Rendimento: 35 unidades (47 g); Tempo de Preparo: 20 minutos e calorias por porção (47g/unidade): 103,1kcal


• De 10 à 17 de dezembro de 2013 •

Página 5

Pesquisa

35% dos brasileiros se sentem escravos do tempo Pesquisa inédita do IBOPE Inteligência sobre a relação da população com o tempo mostra que homens são os que mais reclamam da falta de tempo Você se sente escravo do tempo? Gostaria que o dia tivesse mais que 24 horas? Compraria mais horas para o seu dia? Para 35% dos brasileiros a resposta é sim e o resultado é ainda mais crítico entre os homens na faixa etária entre 35 e 64 anos, que estão menos satisfeitos com a forma que gastam o seu tempo. O resultado compõe um levantamento inédito realizado pelo IBOPE Inteligência, que analisou pela primeira vez como os brasileiros fazem uso e se relacionam com o tempo, a partir de uma visão 360 graus (quantitativa e qualitativa) de um tema que interfere em todas as dimensões da vida humana. “Com base na intimidade que temos com o comportamento dos brasileiros, queremos ajudar nossos clientes a desenvolver relações cada vez mais proveitosas e sustentáveis com seus consumidores, cidadãos e sociedade em geral e essa pesquisa sobre o tempo é uma das nossas iniciativas nesse sentido”, diz Silvia Cervellini, diretora executiva de negócios do IBOPE Inteligência. A pesquisa integrou diversas abordagens qualitativas e quantitativas e constatou que as dimensões de passado, presente e futuro se sobrepõem, identificando uma lógica “presentista”, que reforça a teoria do filósofo francês Gilles Lipovetsky sobre o tema. Por meio do painel online CONECTAí, foram propostas dez situações do dia a dia para que os internautas brasileiros fizessem escolhas entre diferentes experiências - atendimento humano ou eletrônico, ambiente, experimentação de produto, aconselhamento, marca reconhecida etc. - e os tempos gastos para cada situação. Um padrão ficou evidente: a tão falada escassez de tempo é relativa. Entre os resultados, foi observado que as mulheres se dispõem a gastar até 50 minutos a mais para ter a experiência da aplicação da maquiagem por uma profissional em loja especializada, mas só 10 minutos a mais se puderem apenas experimentar elas mesmas a maquiagem na loja. No caso de exame médico preventivo de baixa complexidade em um laboratório, homens e mulheres gastariam até 1h10min a mais para fazer em laboratório conhecido e bem recomendado, ao invés de um laboratório muito próximo e eficiente, mas desconhecido. Em relação à alimentação fora de casa, sozinho, em um dia útil, brasileiros gastam até 1h a mais para ter “comida caseira”. E quando vão fazer uma refeição com a família ou amigos no final de semana, a tendência é se permitirem gastar até 2h a mais (além das 2h básicas esperadas), se o local tiver diversão/ distração/mordomia para crianças, mesmo entre quem não tem filhos. E o “cineminha” com filhos, amigos ou companheiro no final de semana? Para assistir ao filme no shopping que já costumam frequentar, podem gastar até 1h40 a mais, ao invés de irem a um cinema de rua ou um shopping center bem próximo, mas que não costumam frequentar. As marcas que ficam na memória - A pesquisa nacional domiciliar consultou os brasileiros quanto às marcas e produtos do passado que gostariam de trazer para o presente, além das que eles usam hoje e querem levar para o futuro. Apenas metade dos brasileiros citam marcas que querem levar para o

futuro e das mais de 500 marcas mencionadas, somente essas 17 aparecem com pelo menos 1% (em ordem alfabética): Adidas, Avon, Boticário, Brahma, Coca-Cola, Fiat, Havaianas, Natura, Nestlé, Nike, Nokia, Omo, Samsung, Skol, Sony, Volkswagen e Ypê. Todas, como se vê, fazem parte do dia a dia do brasileiro. Brasileiros realtime - O levantamento verificou que há uma necessidade de que tudo e todos estejam disponíveis em um sistema 24x7 e simultâneo. Tudo o que seja lento ou atrasado, que represente espera, está em desacordo com o tempo pósmoderno. No entanto, o brasileiro não quer necessariamente que todas as atividades tenham um caráter instantâneo: ao contrário, quanto melhor a experiência, mais querem prolongá-la. Para unir todas essas experiências ao mesmo tempo, é preciso ter um perfil realtime. Ainda na mostra domiciliar, as atividades do último dia útil e do último dia de folga do entrevistado foram lembradas, sendo que todos foram estimulados a falar do que tivessem feito simultaneamente. Considerando certa resistência em assumir a falta de concentração no trabalho ou no estudo, a pesquisa verificou 22% de brasileiros que declaram realizar alguma atividade simultaneamente com outra em seu dia a dia, como, por exemplo, utilizar a TV e a internet juntos, TV e rádio, rádio e internet etc. Dia típico - O estudo também analisou um dia útil típico na vida do brasileiro e descobriu que começa entre 6 e 7 da manhã e acaba por volta das 22h, incluindo cerca de 40 minutos de deslocamentos ao longo do dia. Quando questionados se e quanto pagariam por uma hora a mais no dia, apenas 1/3 dos brasileiros demonstraram interesse na compra, sendo que o valor seria, em média, R$ 50 em um dia útil. Mas os homens tenderiam a pagar R$85 por uma hora a mais em um dia de folga. 10 anos mais jovem? Outro aspecto analisado foi se as pessoas se sentem mais jovens ou mais velhas considerando sua própria idade. O resultado é um retrato da “juvenilização” da sociedade, pois a maioria dos brasileiros (65%) considera-se 10 anos mais jovem. O estudo Jogo do Tempo foi realizado durante o ano de 2013 e contou com a participação de clientes do IBOPE Inteligência em sua concepção e discussão de resultados. O estudo se baseou em análises antroposemióticas sobre o tempo, realizou 16 vivências etnográficas com moradores de capitais e cidades do interior do País, quatro tríades geracionais e 10 entrevistas em profundidade com especialistas nas áreas da saúde e bem estar, tecnologia da informação, urbanismo e mobilidade, espiritualidade, psicologia e sociologia. Por meio do Bus (www.ibope.com.br/bus/) também foi realizada uma pesquisa quantitativa de 2.002 entrevistas pessoais com homens e mulheres, a partir dos 16 anos em todas as classes socioeconômicas, em 143 munícipios brasileiros de todas as regiões. Além disso, cerca 1.100 internautas membros do painel online CONECTAí (br.conecta-i.com) também participaram do estudo, mediante entrevistas via web. Sobre o IBOPE Inteligência - O IBOPE Inteligência é uma organização do Grupo IBOPE que contribui para seus clientes terem conhecimento e compreensão adequados da sociedade e dos mercados onde atuam, auxiliando na tomada de decisões táticas e na elaboração de estratégias no planejamento de negócios. Seu diferencial está baseado em uma equipe multidisciplinar integrada, profissionais altamente qualificados e especialistas no conhecimento do cidadão e do consumidor.


Página 6

• De 10 à 17 de dezembro de 2013 •

Editoria Qualidade de Vida Alimentação

Nutrientes na medida certa * Dr. Hélio Castello É importante lembrar que os alimentos são constituídos por nutrientes, que exercem influência direta sobre a saúde. Portanto, na hora de montar o prato, é preciso fazer as escolhas certas para que haja um equilíbrio entre os componentes. De acordo com o Guia Alimentar para a População Brasileira, a refeição saudável deve ser constituída pelos seguintes grupos: - Fontes de carboidratos, como os grãos (arroz, milho, trigo), pães, massas, tubérculos (batatas, inhame) e raízes (mandioca); - Frutas, legumes e verduras; - Vegetais ricos em proteínas, como feijões e castanhas; - Alimentos protéicos de origem animal, incluindo carnes, peixes, ovos, leite, queijo e iogurte; - Óleos e gorduras (presentes, principalmente, nos alimentos de origem animal e utilizados para refogar e temperar as preparações). Como nem sempre é viável inserir todos esses itens em uma única refeição, o segredo é variar entre uma refeição e outra. No café da manhã, por exemplo, é possível consumir o tradicional café com leite acompanhado por frutas e pão (de preferência integral). Os legumes e as verduras poderão ser consumidos na hora do almoço e jantar, juntamente com mais uma fonte de carboidratos (arroz ou massa integral), um tipo feijão e um alimento de origem animal (como peixe). Para acompanhar, um copo de suco de frutas ou água de coco é uma ótima opção. A combinação correta desses alimentos na hora de montar o prato visa atender as recomendações de ingestão diária dos

três macronutrientes, na seguinte ordem de quantidade: 1º. Carboidratos - 55% a 75% 2º. Gorduras - 15% a 30% 3º. Proteínas – 10% a 15% É possível perceber que as gorduras devem ser ingeridas em quantidades superiores às proteínas. Mas, é importante escolher as gorduras mais saudáveis. O Ministério da Saúde recomenda que a população evite consumir alimentos que incluam gordura trans (ou gordura hidrogenada) na lista de ingredientes (ler matéria abaixo). Atentas a essa orientação, as indústrias de alimentos estão substituindo a gordura trans por outros tipos de gordura, como a de palma, que contém cerca de 10% de ácido oleico (um tipo de gordura considerado essencial para o organismo). O ácido oleico reduz a concentração plasmática do colesterol ruim (LDL-Colesterol), agindo de forma benéfica na prevenção das doenças cardiovasculares. Além disso, o óleo de palma possui teor elevado de vitamina E, reconhecida como um antioxidante natural. Estudos sugerem que a vitamina E, quando ingerida na quantidade de pelo menos 100 UI por dia, teria ação antioxidante sobre a molécula de LDL-Colesterol, diminuindo o risco cardiovascular. A ingestão do nutriente também está associada ao menor risco para diabetes, doenças neurológicas e determinados tipos de câncer. * Dr. Hélio Castello é Cardiologista Intervencionista, Especialista em Cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), Mestre em Cardiologia pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) e Diretor de Qualidade Profissional na Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista (SBHCI).

As gorduras e o consumo inteligente * Dra. Priscilla Lopes da Fonseca Abrantes Sarmento e *Dr. Hélio Castello As gorduras são nutrientes imprescindíveis na alimentação, pois são fontes de energia, ácidos graxos essenciais e de vitaminas A, D, E, e K. Os ácidos graxos essenciais recebem essa denominação porque não podem ser produzidos pelo organismo, devendo ser adquiridos por meio dos alimentos. Para que se possa ter ideia, a ausência ou a quantidade inadequada de ácidos graxos - essenciais na dieta está associada, principalmente, a problemas neurológicos, visuais e inflamações na pele. Por outro lado, a inadequação das vitaminas A e D está associada ao maior risco para problemas relacionados com o metabolismo ósseo, como osteopenia e osteoporose. Dessa forma, é fácil perceber que o corpo humano depende da ingestão de gorduras para se manter saudável. A ação das gorduras vai além da veiculação de nutrientes. Assim como todos os elementos que constituem nosso organismo, as gorduras também tem seu papel importante, seja na função mecânica de proteção dos órgãos vitais, manutenção da temperatura corpórea, viabilidade de reações químicas ou como local de armazenamento de substâncias. No grupo de alimentos denominado gorduras, estão incluídas as margarinas, os óleos vegetais (palma, soja, milho, algodão e outros), bem como as gorduras de origem animal (banha, manteiga e a própria gordura que compõem as carnes, ovos, lei-

te, queijos). Além disso, as gorduras fazem parte da lista de ingredientes de uma variedade de produtos industrializados, pois conferem sabor, textura e outras propriedades aos alimentos. As gorduras são classificadas de acordo com a sua composição química e se distribuem em saturadas, monoinsaturadas, poliinsaturadas e trans. Os ácidos graxos trans contribuem para a instalação de doenças como diabetes, hipertensão arterial e, consequentemente, para o diagnóstico da síndrome metabólica e para o aumento da mortalidade por consequências cardiovasculares. Por isso, as indústrias de alimentos estão substituindo a gordura trans por outros tipos de gordura. A gordura de palma é indicada como uma opção mais saudável, pois apresenta uma combinação de ácidos graxos saturados, monoinsaturados e poli-insaturados e é livre de gorduras trans. Além disso, a gordura de palma possui um teor elevado de vitamina E, um antioxidante natural. O Guia Alimentar para a População Brasileira estabelece recomendações práticas para a população com relação à seleção de alimentos fontes de gorduras. As recomendações podem ser acessadas na íntegra no endereço: http://nutricao.saude.gov.br/guia_conheca.php * Dra. Priscilla Lopes da Fonseca Abrantes Sarmento é Especialista em Cirurgia Vascular e Angiologia pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Vascular, Mestre e Doutora em Radiologia Clínica pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP).


Página 7

• De 10 à 17 de dezembro de 2013 •

Negócios

Escutar: a ferramenta ideal para fazer sua empresa crescer

Uma das formas de se medir o sucesso profissional está em como você entende seu negócio. Mas quem devo escutar para ter um feedback verdadeiro? Quais são as perguntas certas a se fazer? Devo pesquisar entre meus amigos ou parentes? Ou preciso escutar pessoas isentas, possíveis consumidores de meus produtos ou serviços? * Thiago Ermano Para receber bons retornos sobre suas ideias de negócios – seja para começar algo ou para criar algum conceito ou novo serviço – o segredo é escutar com atenção o dizem os públicos aos quais se direcionam seus produtos ou serviços. As críticas são mais valiosas do que os elogios – fique atento com esta questão. Familiares, amigos, especialistas, mentores, clientes. Todos podem dar ‘pitacos’, mas, qual é o peso de cada opinião? Família e amigos – costumeiramente essas serão as pessoas mais receptivas às suas ideias pelo relacionamento pessoal que mantém e isso os torna, naturalmente, menos isentas no momento de fazerem suas considerações. Muitas vezes, sobram mais agrados do que críticas – este último, no final das contas, é o que ajuda um empreendedor a repensar os caminhos e a evoluir profissionalmente. Parentes e amigos, dificilmente, serão tão “duros” na hora de apontar falhas mais graves na concepção da

Livro

ideia, nos mercados que pretende explorar, na forma de cobranças, etc.. Neste caso, opte por ouvir pessoas isentas, sem envolvimento emocional com você e, tampouco, com outros membros de sua equipe de empreendedores, elas trazem um feedback mais realista para as suas perguntas; Especialistas-Mentores – sempre que possível, apresente seu projeto para profissionais que tenham mais experiência do que você, em diferentes áreas. O ideal é que não seja feita como uma simples pergunta e resposta, mas sim, uma “venda” do produto ou serviço – assim como fará com possíveis clientes e investidores. Por exemplo: se não, tem boa formação em Gestão, procure quem seja referência no setor em que atuará e peça uma “ajuda voluntária” – se não arriscar nunca saberá das possibilidades de aprender o que eles sabem. Lembre-se: o conhecimento desses profissionais pode se tornar um atalho para acertos mais rápidos. Cerque-se de pessoas capacitadas e que sejam capazes de somar ao que já desenvolveu. Não entende nada sobre a área Jurídica? Procure advogados que lidem com contratos, áreas trabalhistas e tributárias, etc. Não se esqueça de consultar ainda, especialistas em TI, profissionais de Comunicação e Marketing para pesquisar, se está no caminho certo. Estes sim, são mais confiáveis para apontar defeitos ou indicar caminhos para o crescimento da equipe e do projeto; A voz do cliente – E, por fim, e mais importante, após identificar quem são seus possíveis consumidores valide seu proje-

to/produto com eles. Eles são o termômetro mais próximo que indicará se o que sua empresa oferecerá ao mercado tem ou não interesse de compra. Há quem diga que você deve conquistar nessa fase seus primeiros clientes e se isso ocorrer, você terá um indício de sucesso. Para tanto, procure elaborar perguntas que coloquem o problema que pretende resolver com o seu negócio no centro da atenção. Ou ainda, crie perguntas que consigam te levar a concluir que há uma possibilidade real deste público virar um real consumidor, como, por exemplo: “o trânsito intenso te estimula a fazer cursos online?”. Opte por incluir questões, como: “você faria mais cursos à distância se encontrasse ferramentas gratuitas na internet?”, entre outras. Escutar é sempre complicado – e necessário –, já afirmava o escritor Rubem Alves: “Sempre vejo anunciado cursos de oratória. Nunca vi anunciado curso de escutatória. Todo mundo quer aprender a falar. Ninguém quer aprender a ouvir”. E você? Está pronto para escutar (com maturidade) o que os outros tem a dizer sobre seu negócio? * Thiago Ermano é Jornalista e Assessor de Comunicação da Anunciattho Comunicação. Profissional experiente, tem passagens pela Rede Globo, Rede Record, Band, Cultura, Folha de S.Paulo e Editora Abril. Foi responsável pela Assessoria de Imprensa da Fundação Getulio Vargas de São Paulo (FGVSP) e por diversas outras agências que atendem Negócios e Tecnologia da Informação. www.anunciatthocomunicacao.com.br

“Vivendo e Aprendendo a Jogar”

Autor revela quais são as características essenciais daqueles que sempre jogam para vencer na vida O que Ronaldo, Neymar e Cafu tem em comum? Além de serem jogadores de futebol, todos eles construíram uma carreira de muito sucesso, lutando por seu sonho e enfrentando todos os problemas. Mas, como os jogadores chegaram a esse ponto? Foi apenas sorte? Talento? Pensando em responder a essas perguntas, Jamil Albuquerque, autor do livro “Vivendo e Aprendendo a Jogar” reuniu em sua obra todas as características que acabaram levando esses jogadores ao topo – como responsabilidade, coragem, administração da raiva, entre muitos outros. “A ideia é que, ao se inspirar em exemplos de vencedores, os leitores também consigam mudar completamente sua vida e para melhor”, explica. Vivendo e aprendendo a jogar mostra que qualquer pessoa pode desenvolver essas atitudes de sucesso, seja na vida pessoal ou profissional e alcançar mais rapidamente seus objetivos. “Afinal, quem

não tem um sonho a realizar?”, lembra o autor. O futebol é uma das grandes paixões dos brasileiros e é, sem dúvida, sinônimo de sucesso. Todo mundo conhece um jogador que veio de baixo e conseguiu chegar ao topo da carreira, sendo admirado e respeitado por muitos. “Então, que melhor esporte para usarmos como exemplo neste livro que pretende ajudar ao leitor a se tornar um vencedor”, destaca Albuquerque. A obra traz casos de sucesso de jogadores que sempre se destacaram. Observando a postura e a atitude de cada um, a ideia do autor é revelar quais são as características essenciais daqueles que sempre jogam para vencer na vida. Outro ponto importante é o capítulo que relaciona o famoso método dos 12 passos de Napoleon Hill ao mundo do futebol. São ideias simples e fáceis de aplicar, que podem possibilitar mudanças significativas em seu desempenho profissio-

nal e pessoal. Escrito de maneira simples e recheado de frases em destaque, para garantir um melhor aproveitamento da leitura, o livro servirá como uma educação informal para a vida e para os negócios. “Trata-se de uma ferramenta valiosas para que você consiga finalmente atingir seu objetivo de vida, espelhando-se em histórias de inegável sucesso. Os resultados certamente não irão desapontar”, conclui o autor. Sobre Jamil Albuquerque - É economista, especialista em marketing, metodologista, professor de gerenciamento de cidades FAAP; comentarista semanal do SBT-SP; Presidente de SUPERA, incubadora tecnológica de São Paulo. É terapeuta comportamental; consultor empresarial; administrador de empresas e Psicolinguística, formado pela Fundação Napoleon Hill Tecnology (EUA).


Página 8

• De 10 à 17 de dezembro de 2013 •

Jornal alternativa news 209 ed final  
Jornal alternativa news 209 ed final  

Jornal Alternativa News, com sede em Osasco (Região Oeste da Grande SP). Destacamos a Editoria Qualidade de Vida, que publicamos artigos sob...

Advertisement