Issuu on Google+

PUBLICADA DIA 07/09/2008

MINISTÉRIO INTERNACIONAL DA RESTAURAÇÃO DA FAMÍLIA 2008 - O BRASIL JÁ É OUTRO

www.mirf12.com.br

MENSAGEM PARA AS CÉLULAS

mirf12@hotmail.com

Os três passos - Parte 4

Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem, o qual se deu a si mesmo em resgate por todos... I Tm 2.5,6 Entregar-se a Cristo requer confiança. Quero que você entenda o que quer dizer confiar: É uma manhã ensolarada. A poderosa catarata do Niágara troveja de encontro às rochas, ao pé das quedas de água. Uma corda com a extensão de trezentos e setenta metros foi esticada de uma margem à outra, por cima da catarata. Por essa corda, Charles Blondin, o maior equilibrista em corda bamba, vai atravessar. Composições ferroviárias especiais, vindas de Toronto e de Búfalo, trouxeram as multidões. A data é 30 de junho de 1858.

- Deixar-me levar? Bem, é difícil. Você não imagina que vou arriscar a vida, não é mesmo? E, assim dizendo, volta as costas. - E você? Indaga o equilibrista de Henry Coldor, seu gerente. Você acredita que posso levá-lo às costas de volta para o outro lado? - Acredito. De fato, não tenho dúvida alguma quanto a isso, responde Colcord. - Confia em mim então? - Confio! De respiração tensa, todos observam a cena. A vara, de onze metros e meio, balança um pouco...começam a travessia... e a grande corda estica, debaixo do peso dos dois. Passo a passo, lentos mas seguros, sem qualquer hesitação, lá se vão os dois, um encarapitado nas costas do outro. Que confiança! Os dois atingem o centro da corda. Estão bem por cima da correnteza rápida, espumejante, agitada, com as rochas hiantes lá em baixo, como que a esperar a meio caminho.

Equilibrando sua vara de quase vinte quilos, ele pisa na corda e começa a atravessar o abismo, enquanto as vozes da multidão se calam, até que, triunfalmente, ele Agora já se aproximam do lado canadense põe o pé no outro extremo, quanto então da catarata. Abate-se grande silêncio sobre um gigantesco viva se eleva por cima do a multidão que aguarda. Todos suspendem Porque há um só ruído ensurdecedor da própria catarata. a respiração. A tensão é terrível. Deus, e um só Voltando-se para o mar de rostos, ele faz Subitamente se faz uma pausa. Algum Mediador entre Deus e uma emocionante proposta: engraçadinho cortara a corda de tensão, e os homens, Cristo Oferece-se para atravessar de volta para Jesus, homem, o qual a corda principal balançava para lá e para o outro lado da catarata, levando um se deu a si mesmo em cá espantosamente. Blondin pede a Colcord resgate por todos... I que desça de suas costas, o que el e homem nas costas. realmente faz, e fica de pé com um dos pés Mas quem seria esse homem? Excitados, Tm 2.5,6 sobre a corda, e ambas as mãos sobre os todos falam uns com aos outros. ombros de Blondin. - Você acredita que sou capaz de levá-lo Henry, começa Blondin, agora você não é mais Colcord. de volta para o outro lado? Indaga finalmente o Agora você é Blondin. Seja parte de mim. Se eu balançar, equilibrista, voltando-se para um indivíduo de aparência balance comigo. Não tente equilibrar-se, ou ambos favorável. - Certamente que sim, responde imediatamente o homem. estaremos mortos. - Permi te-me levá-lo, então? Pergunta o herói , impaciente.

Continua no verso...

Seus Pastores J. P. e Ester Müller

Festa do Fruto Fiel - dia 24 de maio, sábado - 13 horas Para receber estas mensagens por e-mail entrar em contato com ADILSON GIRARDI - e-mail adilson@joinville.sc.gov.br


www.mirf12.com.br

M E N S A G E M P A R A AS CÉLULAS

mirf12@hotmail.com

continuação mensagem para as células Colcord se encarapita novamente nas costas do companheiro. A corda principal balança loucamente, e Blondin começa a correr. Como consegue manter o equilíbrio é algo que ninguém sabe, mas ele não perde o equilíbrio, até que, finalmente, chegam do outro lado. É dado o passo final, e uma vez mais estão seguros, em terra firme, enquanto os expectadores sacodem de excitação. A tensão diminui. Terminou aquela experiência enervante. Confiar requer ação: O equilibrista atravessou as cataratas de Niagara numa corda; O equilibrista convida alguém que dizia crer que Charles Blondin atravessaria de volta. Entretanto não confiou em subir às suas costas para atravessar junto, não quis correr risco de vida, disse. Creu com a mente, mas não confiou em atravessá-la.

nessa história, você até creia que Jesus Cristo é poderoso para conduzi-lo para o outro lado. Porém, enquanto você não der o passo final, e não se entregar aos Seus cuidados, não subir às costas do Senhor e não confiar Nele, balançar com Ele para um lado e para outro, deixar que Ele corra com você sobre a corda, e lhe atravesse para o outro lado, não estará salvo. Meu amigo, ouça-me: Você já confiou em Cristo? Ou meramente acredita com a mente? Lembre-se que, acreditar é concordar com a verdade, mas isso não lhe salva. Dê o último é importante passo. Deposite sua confiança no Senhor Jesus. Se você o fizer será salvo. Faça-o, faça-o agora mesmo.

Ore comigo: Jesus eu te quero, te quero muito, te quero como meu Salvador e Senhor. Hoje mesmo resolvo entregar-me e confiar plenamente em Ti. Quero descansar em Ti, e, continuar vivendo Alguém creu e confiou, subiu às suas costas e a nesta terra para fazer a Tua vontade e o Teu querer. atravessou na presença de toda multidão. Há diferença Quero cumprir a minha missão de hoje em diante. Quero entre crer e confiar! Você pôde compreender a que o Senhor faça-me vaso de bênção em suas mãos. diferença? Q uer o qu e atr avesses a cor da da eterni dade comi go. Compreendi que Entre os Estados Unidos e Canadá há um somente o Senhor Jesus é capaz de Dê o último e abismo; atravessá-la. De hoje em diante não importante Havia uma corda entre um País e outro; caminharei mais em perigo, eu sozinho não passo. Deposite conseguirei atravessar essa corda, sei que A corda segurou o equilibrista com o outro sua confiança no há um abismo, mas contigo estarei seguro, nas costas; Senhor Jesus! A corda é a salvação que pode ligar o e para sempre quero viver contigo, meu tempo e a eternidade; amado Salvador e Eterno Pai. Amém! Jesus é o único capaz de atravessá-la. Com Tua mão, segura bem a minha, Pois eu tão fraco Um creu com a mente mas não confiou; sou, ó Salvador! Que não me atrevo a dar nem um só O outro creu com a mente e confiou a sua vida nas passo Sem Teu amparo, meu Jesus Senhor! Com Tua mãos do equilibrista; mão, segura bem a minha, E mais e mais unido a Ti, Aquele que confiou atravessou o abismo. Aquele que Jesus. Ó traze-me, que nunca me desvie De Ti, Senhor, somente creu, não. a minha vida e luz! Com Tua mão, segura bem a minha, E você? E, pelo mundo, alegre seguirei: Mesmo onde as sombras Quero garantir-lhe que há um abismo entre o tempo e caem mais escuras Teu rosto vendo, nada temerei. E, a eternidade. Como você vai atravessá-lo? A salvação se chegar à beira desse rio, Que Tu por mim quiseste é a única saída para atravessá-lo. Quem não tiver a atravessar, Com Tua mão segura bem a minha, E sobre corda da salvação cairá nele. Gostaria que entendesse a morte eu hei de triunfar. Quando voltares esses céus com a mente, mas também confiasse com o coração, rompendo, segura bem a minha mão, Senhor, E, meu que Jesus é o Único que pode atravessar sobre essa Jesus, á leva-me contigo, Para onde eu goze Teu eterno corda. amor. Não há outro meio de passagem entre o tempo e a Que Deus lhe abençoe, até a próxima. A todos um eternidade. Talvez você já conheça essa história, ela profundo shalom! é real, isso aconteceu nesse dia e hora; talvez à semelhança desse primeiro homem a ser convidado Seus Pastores J. P. e Ester Müller


teste