Issuu on Google+

OPERAÇÕES AÉREAS EAB 2011

EXPO AERO BRASIL – 14ª. Feira Internacional de Aeronáutica 14 a 17 de Julho de 2011 Organização: Trade Fair Promoções e Eventos Ltda. Realização: EXPOAIR – Exposições e Eventos Ltda.


INTRODUÇÃO Em razão de sua dimensão continental, com 8.5 milhões de quilômetros quadrados, o Brasil depende fundamentalmente da eficiência do seu sistema de transporte aéreo para a manutenção do seu desenvolvimento, sustentação econômica e integração nacional. Considerado como um dos cinco maiores sistemas de aviação civil e um dos cinco maiores mercados aeroespaciais do mundo, a implantação e o rápido desenvolvimento de uma feira aeroespacial, compatível com sua expressão como nação aeronáutica, faz da Expo Aero Brasil, após treze anos, uma conseqüência natural de sua vocação. Podemos observar que os países altamente desenvolvidos no setor aeroespacial como França/Le Bourget, Inglaterra/ Farnborough, Alemanha/ILA, Rússia/Moscou Air Show, Estados Unidos/Oshkosh, Sun&Fun, NBAA, Canadá/Abbotsford Air Show e mais recentemente o Chile/FIDAE – Feira Internacional de Aeronáutica e Espaço, China/Singapura Air Show e Oriente Médio/Dubai Air Show, cultivam desde há muitos anos, eventos aeronáuticos que promovem e dão sustentação e desenvolvimento a sua indústria aeroespacial. Como exemplos, Le Bourget tem 102 anos de existência, ILA 100 anos, Farnborough 68, Oshkosh 64, Moscou Air Show 89, Abbotsford 75 e a FIDAE no Chile já chegou aos 32 anos e 16 edições. Mesmo lançada em 1997, a Expo Aero Brasil já atingiu a marca de 13 edições, caminhando para a sua 14ª. edição.


MOTIVAÇÃO O que se observa em todos esses eventos é o interesse estratégico e forte apoio e participação do estado. Neste sentido, a Expo Aero Brasil não deve ser considerado como um evento privado e sim um evento de interesse nacional e estratégico para o Brasil, como justifica o primeiro TERMO DE PERMISSÃO DE USO No. 001/GIA/SJC-SJ/08\ de área e instalações do DCTA - São José dos Campos: - Considerando a especialização adquirida pela Permissionária, em decorrência da realização com sucesso, de edições anteriores da Expo Aero Brasil, nas cidades de Sorocaba e Araras (SP). além de vários congressos voltados ao setor aeronáutico como ENAG – Encontro Nacional de Aviação Geral, CONAR – Congresso Nacional de Aviação Regional e Fórum Brasileiro para o Desenvolvimento da Aviação Civil; - Considerando que a realização da referida feira, no formato apresentado pela Permissionária, dentre outros, privilegia a participação do público técnico, sem, entretanto, restringir a participação do público em geral, mostrando-se adequada ao interesse público; - Considerando que a cidade de São José dos Campos é reconhecida internacionalmente como pólo industrial na área aeronáutica, e que a realização da referida feira trará inequívoco incremento e grande divulgação a nível nacional e internacional, das atividades ali instaladas e desenvolvidas nos segmentos comercial, industrial e de prestação de serviços voltados para o setor aeronáutico; - Considerando que, dentre as missões do Comando da Aeronáutica, através do Comando-Geral de Tecnologia Aeroespacial estão o ensino, a pesquisa, o desenvolvimento e o fomento da tecnologia aeroespacial, atividades estas que indiscutivelmente serão também beneficiadas com a realização da referida feira, na medida em que o seu público

alvo poderá trazer novas tecnologias e ainda absorver aquelas neste Comando desenvolvidas; - Em decorrência das considerações acima, combinadas a discricionariedade dada a Administração na destinação da utilização de determinado bem público, aliadas ao indiscutível interesse da comunidade regional e nacional, na realização da referida feira, advém a motivação do Comando da Aeronáutica, aqui representado pelo Comando-Geral de Tecnologia Aeroespacial em anuir na pretensão da Permissionária.


CARTA COMANDO DA AERONÁUTICA


EXPO AERO BRASIL ORIGEM Nascida na cidade de Sorocaba/SP em 1997, a Expo Aero Brasil foi a primeira feira aeronáutica realizada no Brasil, dentro dos padrões internacionais e abrigando todos os segmentos de aviação civil. Desde a sua primeira edição, a EAB vem apresentando padrões de crescimento compatíveis com as dimensões do mercado aeroespacial brasileiro, colocando-se hoje como a maior feira de aviação civil da América Latina e uma das dez maiores feiras aeronáuticas civis do mundo. Em razão da falta de espaço e infraestrutura no aeroporto de Sorocaba, após seis edições mudou-se para o Centro Aeronáutico de Araras, permanecendo ali até 2007 e, a convite do Ten. Brig. Luiz Carlos Bueno, então Comandante da Aeronáutica, transferiu-se definitivamente para as instalações do DCTA, em São José dos Campos, realizando as edições de 2008, 2009 e 2010 e preparando-se para a sua 14ª edição a ser realizada em julho de 2011.


FORMATO O formato básico e a principal atração da Expo Aero Brasil é o Fly In Convention, propondo que uma grande parcela dos nossos visitantes venham voando em suas próprias aeronaves, de suas representações ou fabricação. A segunda atração são as convenções, encontros, fóruns, work shops e meetings, promovidos pelas entidades dos diversos segmentos da aviação civil, órgãos reguladores, de segurança, fabricantes e distribuidores de aeronaves, produtos e serviços ligados ao setor aeroespacial brasileiro e internacional.


MERCADO

O Brasil abriga a 2ª maior frota de aviação geral do mundo, 2ª de aeronaves executivas, aeronaves agrícolas, taxi aéreo e helicópteros. Possui também o 2º maior parque industrial de aeronaves leves, 3ª maior indústria aeronáutica (Embraer), 2ª maior rede de infraestrutura aeroportuária e 2ª maior frota de aviação experimental e aerodesportiva, possuindo mais de 20.000 aeronaves civis e faturando cerca de US 20 bilhões de dólares/ano. Vale ressaltar que 60% de toda essa frota e produção estão localizadas no Estado de São Paulo.


PROGRAMAÇÕES

Dentro das programações desta edição estão previstas: •

Convenção Anual de Pilotos e Proprietários de Aeronaves – APPA – Associação de Pilotos e Proprietários de Aeronaves;

Convenção de Manutenção Aeronáutica - ANMAER – Associação Nacional de Manutenção Aeronáutica;

Fórum da IFPA – International Fire Protection Association;

Fórum INFRAERO – Desafios da Infraestrutura Aeroportuária

1ª. Etapa do Fórum Brasileiro para o Desenvolvimento da Aviação Civil

Encontro da Aviação Regional – ABETAR – Associação Brasileira das Empresas de Transporte Aéreo Regional;

Revoada Nacional de Aeroclubes e Encontro Nacional da Formação Aeronáutica – ABEFAER – Associação Brasileira das Entidades de Formação Aeronáutica.


VÔOS DE PERFORMANCE E AIR SHOW Outras atrações da Expo Aero Brasil são os Vôos de Performance, onde os fabricantes, distribuidores e representantes de aeronaves, apresentam os seus produtos em vôo. Completando as atrações da feira, a programação dos shows aéreos nos finais de tarde de sábado e domingo está destinada ao entretenimento, despertar de vocações e atrações aos visitantes, exatamente como os modelos consagrados das grandes feiras internacionais.


RECORDES

Dentre os recordes obtidos nas treze edições anteriores figuram: Recorde de maior movimento de pousos e decolagens do Hemisfério Sul (em quatro dias), com 2.237 movimentos, maior número de aeronaves em um aeroporto: 891 aeronaves, maior número de público em uma feira aeronáutica: 114.000 visitantes, maior número de empresas expositoras: 287 e maior área ocupada por uma feira aeronáutica: 367.000 m². Apenas como referência, a atual Air Venture, antiga EAA Fly In Convention, na cidade de Oshkosh, estado do Winsconsin/EUA, recebe em média 12.000 aeronaves (seu recorde foi de 14.700 em 1995) e cerca de 800.000 pessoas em sete dias de feira. Para dar conta da realização de um evento desse porte, a organização conta com o trabalho de 6.000 voluntários e instala cerca 1.500 banheiros químicos. A cidade de Oshkosh possui apenas 25.000 habitantes e se orgulha de já haver realizado 64 edições da feira.


NORMAS E PORTARIAS ESPECIAIS

Elencamos todas essas informações para darmos uma dimensão da complexidade e necessidades especiais que uma feira dessa natureza demanda. Assim como Le Bourget/França, Farnborough/ Inglaterra, ILA/Alemanha, Moscou Air Show/Rússia e FIDAE/Chile, nenhum aeroporto no mundo foi construído para abrigar feiras do porte das mencionadas. Sem qualquer diferença do que fizemos e fazemos na EAB, o que se pratica é a implantação de Normas, Instruções, Regulamentações e outras ferramentas especiais, temporárias, específicas para o evento e necessárias para que esse grande aumento sazonal possa funcionar. Esta claro que, após 102 anos realizando o Paris Air Show, o aeroporto de Le Bourget recebeu e vem recebendo uma série de providências de infra-estrutura, mas, nada tão expressivo que vá ser utilizado por dez dias e ficar inativo por dois anos.


NÚMEROS DA EXPO AERO BRASIL EM 13 EDIÇÕES

Ao longo de treze anos, realizamos mais de 20.000 operações de pousos e decolagens, recebemos um público de cerca de 700.000 pessoas, mais de 500 aeronaves em exposição de vendas e mais de 5.000 aeronaves visitantes, sem qualquer tipo de acidente ou incidente.


NECESSIDADES ESPECIAIS PARA A EDIÇÃO 2011 Em razão das considerações acima e de acordo com os objetivos traçados para a realização da 14ª edição e, em razão da experiência acumulada ao longo das três edições anteriores em São José dos Campos, solicitamos que sejam levadas em consideração as solicitações abaixo para atender a expectativa de mais de 1.000 aeronaves que deverão estar participando das atividades programadas 2011 e de um público esperado de 35.000 visitantes. Obs.: Considera-se que algumas das necessidades abaixo estão previstas com o concurso de recursos da organização e dos demais órgãos envolvidos, sugerimos que seja celebrado um “Acordo de Cooperação Operacional e Divisão de Responsabilidades” entre as partes que permita o atendimento de cada demanda específica. Assim: 1 – Estabelecer normas e procedimentos especiais e temporários, conjuntos, com os demais órgãos envolvidos na realização da Expo Aero Brasil 2011 – 14ª. Feira Internacional de Aeronáutica, no Aeroporto de São José dos Campos, nos dias 14 á 17 de julho de 2011; 2 – Prover áreas especiais e temporárias de manobras e estacionamentos para atender á expectativa de 1.000 aeronaves visitantes, sem comprometer a segurança e a eficiência das operações regulares do aeroporto (proposta em planta anexa); 3 – Prover, juntamente com os demais órgãos envolvidos na realização da EAB 2011 os meios de locomoção para as tripulações e passageiros das aeronaves visitantes desde as áreas de estacionamento até a feira e no sentido inverso (Infraero e organização); 4 – Definir, demarcar, prover sinalização necessária e adequada as áreas de manobras e estacionamento dessas aeronaves (proposta em planta anexa); 5 – Prover, juntamente com as equipes da EAB, pessoal treinado e suficiente para o balizamento, sinalização e suporte as operações nessas áreas (pessoal da organização); 6 – Prover uniformes, equipamentos de segurança e comunicação necessárias ás operações previstas (fornecido pela organização); 7 – Prover veículos e condutores treinados, preparados e equipados para o perfil das operações (em conjunto com a organização); 8 – Estudar, definir e estabelecer gates e taxiways provisórias, inspecionadas e balizadas para a circulação de aeronaves que demandam as áreas de estacionamentos (juntamente com a organização); 9 – Estudar, definir e estabelecer estradas técnicas provisórias, balizadas para a circulação de veículos de translado de tripulantes e passageiros (proposta em planta anexa);


NECESSIDADES ESPECIAIS PARA A EDIÇÃO 2011 10 – Estabelecer procedimentos de atendimentos de manutenção de emergência (responsabilidade da organização); 11 – Estabelecer normas e procedimentos para operações dos veículos de abastecimento; 12 – Definir equipes de operadores, supervisores, chefias, gerências e Diretoria de Operações de Solo (em conjunto com pessoal da organização). 13 – Estudar, definir e estabelecer equipamentos, sistemas, freqüências e procedimentos de comunicações para os diversos setores de estacionamentos e operações (juntamente com a organização). 14 – Definir procedimentos, pessoal, equipamentos, veículos e equipagens para operações no Pátio Operacional (juntamente com outros órgãos da organização);


VISTA テ・REA dcta Sテ」o josテゥ dos campos


DETALHE DAS ÁREAS DO EVENTO

ESTACIONAMENTO

ÁREA DE DESCANSO

CEL. ARTHUR BRAGA HALL FLY MARKET

A TÉCNICA

TAXI WAY E ESTRAD

ESTACIONAMENTO

PÁTIO OPERACIONAL ROLIM AMARO HALL

ÁREA DA FEIRA

TAXI WAY E ESTRADA TÉCNICA

TAXI WAY E ESTRADA TÉCNICA

TAXI WAY E ESTRADA TÉCNICA

TAXI WAY E ESTRADA TÉCNICA

TAXI WAY E ESTRADA TÉCNICA


DETALHE DAS ÁREAS DO EVENTO


RUA COMENDADOR MIGUEL CALFAT, 642 | VILA OLIMPIA Sテグ PAULO - SP | CEP: 04537-082 TEL/FAX: (+55 11) 3845 1344 | geral@expoaerobrasil.com.br


Apresentação EAB