Page 1

Decoração Criativa Por Aline Krelling e Maria Emilia


Sobre morar em casa alugada e decorar sem medo Q

uem é apaixonado pelo “morar” e todo mês paga aluguel, sabe que é difícil desencanar daquele clichê do “Já que não é meu, não vou fazer melhorias ou decorar isso aqui”. Somos entusiastas, não suportamos paredes vazias, é difícil demais andar pela casa e esbarrarmos somente com improvisos e arrumadinhos. Queremos mais. Moro em casa alugada e todos os meus móveis foram projetados pra ela. Pode ser que na próxima casa o rack da sala seja grande demais, só caiba o sofá de 3 lugares ou a mesa da cozinha tenha que ficar no quintal por falta de espaço. E o dinheiro gasto em todas as cores de tintas na parede? E os furos feitos para pendurar todos os quadros? Loucura? Pode ser, mas aqui a gente mora no presente e nos sentimos bem demais em perceber que a casa é nossa, independente de um contrato de aluguel. Tudo bem se no seu caso você tem um tempo determinado pra sair do imóvel, com data certa para a mudança. Pode e deve até segurar sua onda, mas ainda assim terei que repetir: É dificil demais para os apaixonados por decoração passar por essa fase meio imparcial, nesses poucos meses de aluguel, é quase certo que surgirá um sentimento

de vazio. Aqui um apartamento em Londres de um casal que já mora no mesmo local há 10 anos. Ela, uma escritora freelancer e blogueira, ele, diretor de vídeos musicais. Tiveram um filhinho. O ap foi todo mobiliado ao longo desses anos através do garimpo, em lojinhas locais de móveis usados. Entre peças reformadas por eles e outras mantidas em seu estado original, o casal vai trazendo pra casa tudo que se identificam. Usam algumas peças recicladas como a bobina de fios e os caixotes, e outras ideias legais que não comprometem demais o estado original do lugar, como os triângulos de papel para decorar a parede da sala e fitas adesivas decoradas nos armários da cozinha, deixando assim, o lugar com a carinha deles. “O aluguel é um desafio, mas não nos impede de fazer do lugar em que moramos uma casa feliz. Nós não podemos mudar o chão que nos incomoda ou os armários da cozinha, mas podemos trabalhar em torno deles” Concordam?


Quarto de irmãos: saiba como decorar

F

azer a decoração de quartos utilizados por duas ou mais crianças é algo que exige bom senso e noção de equilíbrio. Isso significa evitar excessos e não caracterizar o ambiente a ponto de fugir do gosto de uma delas. A melhor saída é investir em decorações neutras nas paredes e no mobiliário, usando itens como almofadas, adesivos e objetos pessoais no momento de personalizar cantos específicos. “Mesmo os pequenos sendo de idades, ou até mesmo sexos diferentes, é fundamental apostar em peças unissex que não desagradem nenhum dos lados”, afirma Agnes Manso, arquiteta do Studio SM2. Ainda assim, ressaltar particularidades de cada criança, ainda que em ambientes neutros, deve ser uma preocupação. Gostos e preferências podem ser identificados a partir de simples questionamentos ou até mesmo de desenhos. “Os gostos dos irmãos conseguem ser expressos no uso de quadros, pôsteres e adesivos que os representem”, diz Marcelo Rosset, arquiteto. E lembre-se também de tomar cuidado para não atulhar o ambiente. A escolha de cores é mais um aspecto importante na decoração. Especialistas

garantem que o melhor é investir no colorido das tonalidades neutras – sendo verde, amarelo, branco, cinza e bege as mais adequadas. Outra forma de decorar quartos mistos é criar propostas divididas (um modelo interessante quando meninas e meninos compartilham o espaço) e delimitar as áreas usando estilos e cores diferentes . “Revelar a individualidade deles é sempre importante, seja na decoração ou no vestuário. O grande benefício é o aumento da autoestima”, diz Adriana Coelho, designer de interiores da Hits Ambientes. Para manter a harmonia do local, use móveis que sirvam de apoio para ambas as crianças – bancadas de estudos, estantes, lousas e armários são exemplos de itens que trazem conexão. O uso de escrivaninhas com gavetas personalizadas também é uma alternativa no caso de espaços mistos. Outra questão importante no quarto infantil é a iluminação. O ambiente de descanso pede tranquilidade e aconchego, por isso, o indicado é investir em luzes indiretas e instalar interruptores com dimmers. A regulagem das lâmpadas permite criar cenários e


A

festinha de um aninho do Léo está chegando, por isso, boa parte da minha vida tem girado em torno desse tema. Nas minhas “expedições”, imersões e pesquisas sobre esse assunto, tenho percebido que, quando vamos fazer uma festinha de aniversário, chá de bebê ou qualquer outra comemoração, não precisamos fazer uma decoração daquelas cinematográficas. Se capricharmos em alguns detalhes simples e básicos, já dá outro outra cara para o evento. Uma das coisas que fazem toda a diferença na hora de encher de charme qualquer festinha são os doces. Quando os doces são criativos, bonitos e bem feitos, eles por si só já decoram. Abaixo trago uma seleção com 17 ideias que vão levar doçura e encantamento para a sua próxima comemoração. Aproveite e inspire-se: 1. Aqui o bolo é simples, mas as bexigas fizeram toda a diferença. Uma solução prática que dá para fazer em casa a qualquer hora.

2. Cake pops, aqueles docinhos que ficam no topo de um palito, já estão bem difundidos aqui no Brasil. Mas esse cake pop em cima de uma casquinha de sorvete é novidade. Que tal inovar e servir um desses? Quem tem um pouco de prática em confeitaria pode reproduzir com bastante facilidade. 3. Mais uma variação do tema acima. Lindo! 4. O bolo é um clássico na decoração de festas. Não tem como negar. Um bolo criativo e bem acabado (e, claro, gostoso por dentro) dá um upgrade em qualquer evento. Esse de corujinha é para deixar qualquer um babando de tanta perfeição. Lindo demais. 5. Depois dos cupcakes e dos cake pops, agora é a vez dos push pops! Push pop são uns mini bolinhos que vem dentro de um copinho com um palito embaixo. Conforme a pessoa vai comendo o bolinho, ela vai empurrando o palito e o


7. Outro bolo divino e encantador. Esse é perfeito para decoração de festa de menina, com tema princesa. 8. Muitas vezes, o cupcake pode ser simplesinhos, mas o que faz toda a diferença é a decoração que será colocada sobre ele. Aqui, um vestidinho de papel complementou o visual. 9. Essa moda também pega! Depois de brigadeiro de colher, agora doces NA colher. E com acabamento em jujubas, M&Ms e outros itens de confeitaria. Muito legal! 10. Doces em copos e taças, mostrando as cores das suas diversas camadas, também ficam lindos! É só fazer as cores escolhidas combinarem com as cores da decoração. 12. Exemplo do tema da festa aplicado a três diferentes tipos de doces: biscoitos, cupcakes e doces em vidrinhos/potinhos (os famosos “cake in a jar”. Mais uma ideia que veio lá de fora).

13. Adorei essa ideia bem “over”. kkkk! Aqui, o bolo de circo fica no topo do suporte e os demais personagens, em cupcakes, docinhos, etc.. vão em volta. Uma graça! 14. Composição de cupcakes que formam robozinhos. Adorei a ideia de juntar um ao outro para criar o todo. PS: por sinal, o tema robozinhos é ótimo para festinha de menino. 15. Cake pops do ursinho Pooh. Fofo! 6. Biscoitos decorados enfeitam muito. Também são uma ótima opção para lembrancinhas de festa.

16. Morri com esses cupcakes do tema Alice no país das maravilhas. Lindo demais.

17. E para fechar com chave de ouro….Bolinhos individuais no palito. Na verdade, são os já famosos cake pops, só que aqui há uma velinha em cima de cada um. Ótimo para distribuir na hora do parabéns, para cada criança ter a sua própria velinha para apagar (com a supervisão dos pais, é claro, para evitar acidentes). Amei a ideia!


Revista  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you