Issuu on Google+

Edições anteriores, acesse www.jornalpoderes.com “A arte de governar consiste na arte de ser honesto” Thomas Jefferson A SERVIÇO DO PROGRESSO - GO/DF E TO

ANO 11 - Nº 346 - SEMANA DE MARÇO/2012 - e-mail: jpoderes@gmail.com (62) 9621-0559 / (63) 8454-3026 - R$ 1,00

OPERAÇÃO MONTE CARLO

SEXO

DEMÓSTENES PODE VIRAR EX-POLÍTICO Senado acha questão de honra cassar o senador, que deixou a liderança do DEM no dia 27

você quer ser sexóloga(o)? Página 14

ALEXÂNIA-GO

Iraci é pré-candidato a prefeito para renascer o município das cinzas Página 11

AÇÃO E REAÇÃO EM CRIXÁS Mais experiente, ex-prefeito quer retornar ao comando de 3,5 mi/mês. Página 3

O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, confirmou na noite de terça-feira (27) que enviou ao STF a abertura de inquérito para investigar o senador Demóstenes Torres e os deputados federais Sandes Júnior (PP-GO) e Carlos Alberto Leréia (PSDB-GO), citados em relatório da Operação Monte Carlo, deflagrada pela Polícia Federal em fevereiro. Governador que entregou Estado na mão dos contraventores está quietinho

PÁGINAS 4 E 5 TALISMÃ-TO Prefeita liberal faz de tudo pelo poder Página 11

GURUPI-TO

URUAÇU-GO

Mutirão da Cidadania muda a cara da cidade Páginas 6 e 7

GURUPI-TO

Abdallah! Prefeito inicia recuperação das ruas da cidade Página 12

Mulher de Soró é acusada de perseguição. Página 11

ALTO HORIZONTE-GO A farra continua, apesar das denúncias. Páginas 9 e 10

VISÃO E CONTEÚDO SEM ENGANAR VOCÊ jpoderes@gmail.com.br (62) 9621-0559


Pág. 2 Ano 11 - Ed. N° 346 - Semana de Março/12

TEMA: Bem Evangélica (...) reverendo John Stott, um moderado estudioso inglês que influiu de maneira muito mais importante no cristianismo do que astros da mídia como Robertson ou Falwell. Stott, que morreu há alguns dias, aos 90 anos, foi incluído na lista das 100 pessoas mais influentes do globo da revista Time. Em termos de estatura, às vezes foi considerado o equivalente do papa entre os evangélicos de todo o mundo. Stott não pregou acenando com a ameaça das penas do inferno numa rede cristã de televisão. Ele foi um humilde estudioso cujos 50 livros aconselham os cristãos a emular a vida de Jesus – principalmente sua preocupação com os pobres e os oprimidos – e a se opor a mazelas sociais como a opressão racial e a poluição ambiental. “Os bons samaritanos sempre serão necessários para socorrer os que foram assaltados e roubados; entretanto, seria melhor acabar com os bandoleiros na estrada de Jerusalém a Jericó”, escreveu Stott em seu livro A Cruz de Cristo. “Por isso, a filantropia cristã em termos de alívio e ajuda é necessária, mas muito melhor seria um aprimoramento a longo prazo, e nós não podemos fugir da nossa responsabilidade política e da necessidade de participar da transformação das estruturas que inibem este aprimoramento. Os cristãos não podem olhar com tranquilidade as injustiças que arruínam o mundo de Deus e degradam suas criaturas.” Stott deu exemplos das injustiças contra as quais os cristãos precisam lutar: “os traumas da pobreza e do desemprego”, “a opressão das mulheres’, e na educação, “a negação de iguais oportunidades a todos”. Para muitos evangélicos que sempre se retraíam quando um “televangélico” ganhava as manchetes, Stott era um guru intelectual e uma inspiração. Richard Cizik, presidente da Nova Igreja Evangélica Parceria para o Bem Comum, que trabalhou heroicamente para combater desde o genocídio até a mudança climática, me disse: “Contra a charlatanice e a irracionalidade no nosso movimento, Stott permitiu afirmar que você é ‘evangélico’ e não deve se arrepender.”

E X P E D I E N T E

comum

O reverendo Jim Wallis, diretor de uma organização cristã chamada Sojourners (Os visitantes), que trabalha em prol da justiça social, acrescentou: “John Stott foi o primeiro líder evangélico importante que defendeu o nosso trabalho na Sojourners.” Stott, que foi um aluno brilhante em Cambridge, também ressaltou que a fé e o intelecto não precisam ser conflitantes. Nicholas D. Kristof, The New York Times O Estado de S.Paulo - 11 de agosto de 2011

Católica B.5.5 Consciência moral e bem § 1776 – “Na intimidade da consciência, o homem descobre uma lei. Ele não a dá a si mesmo. Mas a ela deve obedecer. Chamando-o sempre a amar e fazer o bem e a evitar o mal, no momento oportuno a voz desta lei ressoa no íntimo de seu coração... É uma lei inscrita por Deus no coração do homem. A consciência é o núcleo secretíssimo e o sacrário do homem, onde ele está sozinho com Deus e onde ressoa sua voz.” § 1777 – Presente no coração da pessoa, a consciência moral lhe impõe, no momento oportuno, fazer o bem e evitar o mal. Julga, portanto, as escolhas concretas, aprovando as boas e denunciando as más. Atesta a autoridade da verdade referente ao Bem supremo, de quem a pessoa humana recebe a atração e acolhe os mandamentos. Quando escuta a consciência moral, o homem prudente pode ouvir a Deus, que fala. § 1780 – A dignidade da pessoa humana implica e exige a retidão da consciência moral. A consciência moral compreende a percepção dos princípios da moralidade (“sindérese”), sua aplicação a circunstâncias determinadas por um discernimento prático das razões e dos bens e, finalmente, o juízo feito sobre atos concretos a praticar ou já praticados. A verdade sobre o bem moral, declarada na lei da razão, é reconhecida prática e concretamente pelo juízo prudente da consciência. Chamamos de prudente o homem que faz suas opções de acordo com este juízo.

JF Editora Ltda. CNPJ 11.056.237/0001-00

Repres.: Júlio Ferreira - CEL.: (62)9621-0559 Revisão: Maria de Fátima Teixeira Rua Horácio Lemes n.º 1554 - St. Alto da Boa Vista Gurupi - TO - CEP: 77.425-300 Av. A n.º 52 - St.Universitário - Goiânia - GO

E-mail: jpoderes@gmail.com

§ 1781 – A consciência permite assumir a responsabilidade dos atos praticados. Se o homem comete o mal, o julgamento justo da consciência pode continuar nele como testemunho da verdade universal do bem e ao mesmo tempo da malícia de sua escolha singular. O veredicto do juízo de consciência continua sendo um penhor de esperança e misericórdia. Atestando a falta cometida, lembra a necessidade de pedir perdão, de praticar novamente o bem e de cultivar sem cessar a virtude com a graça de Deus. Diante dele, tranquilizaremos nosso coração, se nosso coração nos acusa, porque Deus é maior que nosso coração e conhece todas as coisas (1 Jo 3,19-20). § 1783 – A consciência deve ser educada e o juízo moral, esclarecido. Uma consciência bem formada é reta e verídica. Formula seus julgamentos seguindo a razão, de acordo com o bem verdadeiro querido pela sabedoria do Criador. A educação da consciência é indispensável aos seres humanos submetidos a influências negativas e tentados pelo pecado a preferir seu julgamento próprio e a recusar os ensinamentos autorizados. § 1791 – Muitas vezes esta ignorância pode ser imputada à responsabilidade pessoal. É o que acontece “quando o homem não se preocupa suficientemente com a procura da verdade e do bem, e a consciência pouco a pouco, pelo hábito do pecado, se torna quase obcecada”. Neste caso, a pessoa é culpável pelo mal que comete. § 1798 – Uma consciência bem formada é reta e verídica. Formula seus julgamentos seguindo a razão, de acordo com o bem verdadeiro querido pela sabedoria do Criador. Cada qual deve usar os meios adequados para formar sua consciência. Catecismo da Igreja Católica

Espírita (...) A maioria de nós gosta de possuir muitos bens e ter domínio sobre os demais homens. Mas de acordo com as instruções dos Espíritos: “A autoridade, da mesma forma que a fortuna, é uma delegação da qual serão pedidas contas àquele que dela se

A Prefeitura de Senador Canedo fechou 2011 tendo entregado à Câmara quase R$ 10 milhões, dinheiro de fazer 100 creches, com capacidade para dez mil crianças. Olhe bem para a cara desses sujeitos e diga: eles valem a dor de dez mil crianças canedenses?

acha investido; não creiais que lhe seja dada para lhe proporcionar o vão prazer de comandar, nem, assim como creem falsamente a maioria dos poderosos da Terra, como um direito, uma propriedade”. (Kardec, 1984, p. 229) Deus as dá como prova ou missão e as retira quando lhe apraz.

5.4. ARISTOCRACIA INTELECTO-MORAL As sociedades em tempo algum prescindem de chefes para se organizarem. Daí a necessidade da autoridade. Esta autoridade vem se modificando ao longo do tempo. No início tínhamos a força bruta, depois a do exército. Na idade Média, a autoridade de Nascença. Segue-se-lhe a influência do dinheiro e da inteligência, na época atual. Será o fim? Não. Segundo Allan Kardec, em Obras Póstumas, há que se implantar a aristocracia intelecto-moral. Aristocracia vem do grego aristos, melhor, e kratos, poder. Poder dos melhores. Quando isso efetivamente se der, os homens que detêm o poder saberão que estão investidos de uma missão e que serão cobrados pelo bom ou mau uso que fizerem de tal mister.

6. CONCLUSÃO Os princípios codificados por Allan Kardec nos auxiliarão eficazmente nas resoluções de ordem política, porque substituirão os impulsos antigos automatizados no egoísmo pelos novos que serão automatizados na fraternidade universal, dando uma nova força à inteligência, porque a “moral do Cristo” indicará o rumo certo que a inteligência deverá seguir, quando o nosso planeta adquirir o equilíbrio entre o fator moral e o intelectual. Acreditamos que os governantes, quando a moral for o fator mais importante em todas as resoluções, não mais irão buscar os seus interesses mesquinhos, mas, acima de tudo, deverão aplicar amplamente a noção de “bem comum”, propiciando sob todos os meios possíveis a felicidade da maioria. httpcartasdepaulotarso.dihitt.com.br/noticia/politica-e-espiritismo


Pág. 3 Ano 10 - Ed. N° 346 - Semana de Março/12

PODER

TERRENO

OAB-GO e faxina pública

Alexânia

A campanha Ficha Limpa Goiás, lançada dia 26 pelo presidente da OAB, Henrique Tibúrcio, quer varrer os fichas sujas comissionados dos Três Poderes do Estado e dos 246 municípios. O site www.fichalimpagoiás.com.br colhe assinaturas para mostrar a disposição da sociedade em se ver livre da sujeira. O objetivo é transformar a limpeza em projeto de lei estadual e estender para as seccionais da OAB de todos os Estados, fechando o cerco em torno dos sujos que, sem poder se candidatar, acham bocada nos órgãos públicos, aguardando a hora do retorno ao comando de cofres.

Aparando cerca de R$ 4 milhões mensais, Cida “Gelada” perdeu o comando da prefeitura para espertalhões e, em avaliação recente de consumo interno, aparece na rabeira em todas as simulações. Deixou a prefeitura virar uma Babilônia, onde muitos pegam, todo mundo grita, ninguém tem razão e o chicote sobra no lombo da prefeita, legalmente responsável por tudo. Anos mais tarde, algumas vezes é pobre que o ex-gestor acorda e descobre a raça de traíras por ele cultivada. A pesquisa mostra que Cida Gelada reativou o dono de jornal, Ronaldo Ficha Suja, outro campeão em não fazer nada, hoje enrolado com o Tribunal de Contas. Não sabendo em quem agarrar, eleitores quiseram esquecer um ruim lembrando de outro igual. 90% dos eleitores querem ver Cida Gelada pelas costas, longe da prefeitura, e nem João Santana, o marqueteiro de Lula e Dilma, conseguiria mudar a tendência popular. Para o povo de Alexânia, Cida está descartada como administradora pública. Nos últimos anos, ninguém viu mais obra em Alexânia. Todo mundo pensava que não tinha mais dinheiro, mas a verdade é que os milhões não deixaram de chover nas contas uma semana sequer. Chegam e somem, na cara de vereadores pagos para fiscalizar, mas recebendo para ignorar. Cadê o hospital municipal equipado? Onde está o asfalto construído na atual gestão, as casas, escola, creche, empresas do tipo da Schincariol, estádio, prédio da prefeitura e outros? O gato comeu ou foi tudo congelado? Na enquete estimulada com centenas de eleitores de Alexânia, o único ex-prefeito tocador de obras lembrado pelo povo foi Iraci e o progresso clama pelo seu retorno à prefeitura.

Crixás Leitores do jornal informam, via e-mail, que a (indi)gestão desastrada de Olimpio César ressuscitou Orlando Naziozeno. Ele, que foi obrigado a moer fortunas nos últimos anos cuidando de uma filha, ex-estudante de Medicina, vítima de traumatismo craniano em acidente automobilístico.

Crixás II Respeitando as leis naturais, conclui-se que Orlando ganhou reação rápida da vida, sem dúvida por mérito próprio. Teve a chance de devolver logo algum desvio porventura ocorrido durante três mandatos de prefeito. Quanto à suposta vítima, não paga pelo pai. Simplesmente tem sua parcela de culpa no episódio e está madura o suficiente para resgatar a prova difícil, mas cercada do carinho e atenção da família.

FHC e Lula exclusivos Dia 27, ao visitar Lula, 66, no hospital, o ex-presidente Fernando Henrique, 81, matou no mínimo três coelhos com o gesto: desarmou o fanatismo das duas militâncias, conferiu, no olho, a saúde do colega e de quebra ganhou publicidade de graça nos principais jornais.

Nerópolis O prefeito Gil Tavares, amigão de Carlinhos Cachoeira, foi citado na matéria da revista Carta Capital como membro do comando do jogo do bicho centralizado em Goiás. Gil tem mansão em condomínio horizontal de luxo no município de Sto. Antônio, a 3 quilômetros de Nerópolis, suspeito de pertencer a um político moralista.

Lá, o professor é valorizado! Santo Antônio de Goiás está entre os municípios com menor renda mensal do Estado, mas os professores da rede municipal recebem o piso nacional da educação há muito tempo, têm gratificação por títulos adquiridos, receberão aumento de 20% retroativo a janeiro e preparam o plano de cargos e salários.

São Luiz do Norte O que tem Carlim Cachoeira a ver com Carlim Carteado? Ambos são jogadores e caçadores. Cachoeira caça níquel e está preso. Carlim caça tatus e ainda está solto. Entre jogatinas e caçadas, Carlim Carteado viu desfilar, diante de si, mais de R$ 54 milhões e 600 mil, até março, segundo o site do TCM somado à transparência do governo federal. Muito jogo, tatu no freezer e zero de obra. A única visível é o nome da cidade, que demorou cinco meses.

São Luiz do Norte II Carlim Carteado trocou o secretário de Finanças Patrício, o que mora no povoado do Espírito Santo, e fez mansão com grana suspeita, mas a gastança de verba e ausência de obra são as mesmas dos últimos 40 meses. Comenta-se que Carlim Carteado juntou R$ 2 milhões para comprar a reeleição.

Um funcionário da prefeitura garante que pediu as contas para não ser obrigado a assinar mais papéis de rolos montados por Carlim Carteado e seu bando de caçadores da arca encontrada.

Santa “Bagaceira” Tereza Um prefeito pior do que o outro e ninguém reagindo transformaram a cidade num verdadeiro cemitério. Dá dó entrar em Santa Tereza e ver tanto comércio fechando as portas e o povo vazando de uma cidade em extinção.

Acreúna Que município goiano tem a classe política mais frouxa do Estado, permitindo a continuidade no poder de um elemento acusado pela Polícia Federal de expropriação de terras no Mato Grosso, após quatro anos de investigação?

Mara Rosa Comenta-se que apareceu promotor porreta na comarca, resgatando a imagem do MPGO, tão mesquinha na região. Comissionados da prefeitura estão desfilando com decalque “Sou Nilson” em veículos na cidade. É propaganda extemporânea, diz TRE.

Sintego Frase estampada em faixa da greve dos professores nas solenidades com o governador: “Marconi, bicheiro, devolve meu dinheiro.”

Chega de fingimento Carlim Cachoeira para governador de Goiás em 2014. Demóstenes, vice.

Outro Chico Anysio virá Espera-se, desde o fim de Chico Anysio Show, em 1990, quando a Globo deu um chega pra lá no Chico, por medo de ele ficar mais popular do que a emissora.

Porto Nacional O príncipe do baixo clero da Câmara foi citado nas ligações com Cachoeira. Sandes Júnior pôs o pé na jaca ao confessar que era frequentador de aniversários da família do contraventor e que o bicheiro ligava pra ele, pedindo alôs na rádio onde Sandes é locutor. Os conterrâneos nem devem ter lido a notícia, pois, ao invés de se orgulhar do passado, o radialista insiste em se dizer goiano e faz questão de esquecer a infância paupérrima no antigo Norte Goiano.

Demo na linha de tiro O senador Demóstenes Torres (DEM) é a bola da vez na lista de suicídios políticos em Goiás, mas, segundo um juiz federal, o fim dos dias está por vir, ainda neste ano de 2012, mais precisamente, antes de julho.

As revelações atuais sobre a conduta do nobre senador apenas revelam que as falcatruas ainda demoram a chegar na imprensa. Desde quando Demo ocupou a SSPJ, em 2002, era comum o trânsito de bicheiros, gente do cartel do Sindiposto e outros bichos na sala dele.

Maguito financiando, quem? Uma banda boa do MP-GO, em Aparecida de Goiânia, instaurou mais de dez processos contra armadilhas do prefeito Maguito Vilela (PMDB) em prejuízo da população. Alguns já fizeram três aniversários e não foram julgados. Toda prefeitura é uma ilha cercada de dinheiro por todos os lados. A de Aparecida é também coberta de ouro, com piso em diamante. Prova foi o secretário de Finanças dizer, e está gravado, que “um milhão aqui é troco”. Neste ano político, Maguito aumentou os impostos locais em até 1.000%, oficializou a cobrança “doa a quem doer” e tem arrancado grana com uma voracidade jamais vista antes.

Brincando com o dinheiro do povo No passado, Marconi detonou R$ 150 milhões bravateando que ia despoluir um rio da Capital. Agora, retomou a ladainha, prometendo criar o “Parque Meia Ponte”. Pelo que se viu antes, é mais dinheiro pelo ralo. A mineradora Anglo American promete moer R$ 40 milhões na papagaiada.

São Francisco O município tem histórico cavernoso de prefeitos. Três “ex” perderam a vida de forma trágica. Um por acidente e dois por doença grave em idade jovem. O atual foi vice de um e, mesmo com dinheiro entrando sem parar, não mudou a cara da cidade, só da confecção dele. Tá na linha de tiro.

Porangatu A ex-primeira-dama Gláucia Melo nunca esteve tão determinada a ser prefeita e confidenciou a uma amiga que agora é a vez dela e só Deus pode impedi-la de ser candidata.

Estrela cadente Urcino “pequenino” abocanhou muitos milhões em 40 meses de desmandos e, conforme ele mesmo revelou em um jornal, “pintou três escolas”. É crime de lesa-humanidade. Urcino e sua gangue destruíram o sonho de milhares de moradores. Confiante na impunidade, a mesma que faz com que políticos irmãos gêmeos do governador ainda estejam soltos (só padrim Cachoeira continua preso), Urcino “pequenino” tem coragem de pôr a cara na frente dos eleitores e se dizer candidato a mais 4 anos contra o povo. Ninguém é proibido de protestar com ovos chocos, tomates, peido alemão, pó de mico, faixas e cartazes contra quem se mantém no poder, sumindo com a verba infalível e deixando o povo sem educação, saúde, obras, esgoto sanitário, lazer e outros benefícios merecidos.


www.jornalpoderes.com

Pág. 4 Ano 11 - Ed. N° 346 - Semana de Março/12

Operação Monte Carlo

Deu zebra no jogo do senador Acusado pela Polícia Federal de integrar a cúpula da máfia do jogo ilegal em Goiás, Demóstenes Torres (DEM) teria faturado R$ 50 milhões da organização criminosa chefiada pelo amigo dele, Carlinhos Cachoeira. Segundo a PF, o senador ficava com 30% da arrecadação e pretendia jogar o dinheiro como caixa dois numa futura campanha para governador do Estado

Senador Demóstenes Torres

Edna Santos epois de nadar de braçada nas águas turvas, e milionárias, do mafioso Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira, o senador Demóstenes Torres (DEM) afunda num mar de corrupção sem precedentes na história do Senado. Em Brasília, ninguém mais aposta um centavo numa possível inocência do democrata e a cassação do seu

mandato virou questão de honra para o Congresso Nacional. Segundo a Polícia Federal, Demóstenes Torres faturava 30% do que era arrecadado pela máfia dos caça-níqueis e do jogo do bicho em Goiás. Como o esquema arrecadou cerca de R$ 170 milhões nos últimos seis anos, a PF calcula que Demóstenes embolsou, nesse curto período, a fortuna de R$ 50 milhões. No bando de Carlinhos Cacho-

Marconi Perillo

Carlos Leréia

Desde que foi desmascarado na Operação Monte Carlo, Demóstenes Torres adotou a linha do “eu não sabia”, “ele é bandido?!”, “ninguém me contou”, “só fiquei sabendo agora”. Essa tática ele usou ao ser questionado sobre a ligação com Cachoeira e os presentes caros que recebia do contraventor: “Eu pensei que ele (Cachoeira) tivesse abandonado o crime”. (sic!) Mas o castelo de areia de Demóstenes, já com as estruturas abaladas, ruiu de vez quando o MPF descobriu três relatórios elaborados pelo delegado da PF, Deuselino Valadares dos Santos, preso junto com o bicheiro. Nos documentos, o delegado relata que 50% da arrecadação do jogo

clandestino ia para Carlinhos Cachoeira e 30% era entregue a Demóstenes Torres. De posse do dinheiro, o senador tinha a obrigação de remunerar também o então superintendente de Loterias da Agência Goiânia de Administração (Aganp), Marcelo Siqueira. Exprocurador, Siqueira assumiu o cargo por indicação de Demóstenes e do deputado Leréia, também investigado pela PF. A revelação é apocalíptica para as pretensões políticas de Demóstenes e explica por que a organização criminosa agia livremente em Goiás, no Entorno de Brasília e em mais cinco Estados, incluindo o vizinho Tocantins: O delegado Deuselino Valadares

D

eira, o senador era o número 1 no “seleto” grupo dos 14 homens que formavam a cúpula comandada pelo bicheiro. Os R$ 50 milhões que ele recebeu de Cachoeira seriam usados como caixa dois numa futura campanha para governador de Goiás, afirma a PF. O lucrativo jogo do bicho de Demóstenes só deu zebra depois que a Operação Monte Carlo, deflagrada pela PF e Ministério Público Federal, desbaratou a qua-

Jovair Arantes

Bicheiro Carlinhos Cachoeira

drilha e revelou os estreitos laços de amizade que o senador mantinha com Cachoeira. O contraventor continua preso em Mossoró, no Rio Grande do Norte. Demóstenes não está sozinho na corda bamba que virou o seu futuro político. Também são acusados de envolvimentos suspeitos com o Don Corleone de Goiás o governador Marconi Perillo (PSDB) e os deputados federais Carlos Alberto Leréia (PSDB), Jovair Aran-

tes (PTB), Sandes Júnior (PP) e Rubens Otoni (PT). Até agora. Marconi Perillo é acusado pela Operação Monte Carlo de ter entregado o comando do Estado para o chefe da quadrilha criminosa. Estranhamente, ele parece estar sendo poupado e ainda não explicou à PF e ao MPF por que o bicheiro lhe mandava nomear e exonerar delegados e dava ordens em todos os outros setores da administração tucana.

Rubens Otoni

Sandes Júnior

Delegado preso entrega Demóstenes

Eu vou jogar duro contra o jogo ilegal em Goiás” Deuselino Valadares, delegado da PF, antes de ser comprado pela quadrilha de Cachoeira e de ser preso junto com o bicheiro

descobriu o esquema em 2006, mas preferiu ser comprado pelo bicheiro a enviar para a Justiça o que descobriu nas investigações. PEGO PELA AMBIÇÃO As descobertas feitas pelo delegado Deuselino Valadares estão num Relatório Sigiloso de Análise da Operação Monte Carlo, sob os cuidados do Núcleo de Inteligência Policial da Superin-

tendência da PF em Brasília. O delegado foi preso, mas antes disso usou as informações obtidas para fazer o seu pé de meia. Ele comprou fazendas no Tocantins e montou, em sociedade com Cachoeira, a empresa Ideal Segurança Ltda., registrada em nome da mulher, Luanna Bastos Pires Valadares. A firma era usada para lavagem de dinheiro. Afastado da PF desde o ano

passado, o delegado, que foi o responsável por investigar o escândalo da Avestruz Master, tinha, dentro da gangue de Cachoeira, a tarefa de informar à quadrilha sobre as ações que a polícia pretendia adotar contra o jogo do bicho e os caça-níqueis. Ironicamente, foi o relatório do delegado Deuselino Valadares que esclareceu a ligação íntima de Demóstenes com Cachoeira, estreita a ponto de eles se falarem por telefone 298 vezes em menos de um ano. Por causa da riqueza que crescia rapidamente, Deuselino foi afastado das funções de delegado no ano passado. De investigador, passou a ser investigado e já começou, ainda que à revelia, a denunciar os antigos cúmplices.


www.jornalpoderes.com

Operação Monte Carlo

Pág. 5 Ano 11 - Ed. N° 346 - Semana de Março/12

O alto preço do senador D

emóstenes Torres custou muito caro à quadrilha, onde ficava com 30% da arrecadação, aos promotores de Justiça de Goiás, hoje constrangidos com a desonestidade do ex-chefe do Ministério Público Estadual; ao Senado, que não vê a hora de cassar o mandato do parlamentar e ao próprio DEM, que quer livrar-se do “incômodo”, como definiu o escândalo o presidente do partido, José Agripino Maia (DEM-RN). Parece ser desmedida a ambição de Demóstenes. Além de faturar cerca de R$ 50 milhões em seis anos – esse deve ser o maior prêmio já pago em caça-níqueis e jogo do bicho –, o senador recebeu de presente de casamento de Cachoeira uma geladeira e um fogão importados, avaliados em quase R$ 50 mil. Numa outra conversa, intitulada pela PF “Carlinhos oferece aeronave para Demóstenes”, Cachoeira avisa ao senador que “o avião já está aí, já está te esperando”. Demóstenes recebia presentes caríssimos de Ca-

CONHEÇA UM POUCO

Apesar das fortes evidências da Polícia Federal contra o senador democrata, ele alega ser inocente. Em sua conta no twitter, Demóstenes diz que tudo quanto a PF e o MPF dizem dele não passa de calúnia, injúria e difamação choeira, mas privilegiava o mafioso com informações das conversas sigilosas que tinha em reuniões nas esferas do Legislativo, Executivo e Judiciário. O senador foi pego numa escuta telefônica pedindo a Cachoeira R$ 3 mil para pagar despesas com táxi aéreo. Até o seu tablet Ipad quebrado – o produto custa, em média, R$ 2 mil –, Cachoeira teve de comprar outro e enviar a Demóstenes como mais “um presente”. A Polícia Federal descobriu que Demóstenes ganhou de presente do “professor” Cachoeira um rádio

Nextel comprado nos Estados Unidos e habilitado em Miami. Além de chique, importado, o aparelho servia para tentar impedir as escutas do grampo telefônico da Polícia Federal.

Nota da redação Por orientação de seu advogado, Antônio Carlos de Almeida Castro (Kakay) – o advogado da moda em Brasília – , Demóstenes assumiu a tática de não responder a nenhum veículo de comunicação. Poderes continua à disposição dele, caso queira rebater o conteúdo da atual reportagem.

E

m junho de 1994, Demóstenes Torres, então um jovem promotor de Justiça, vindo do interior, explicava: “O jogo do bicho é apenas uma fachada para esconder negócios ilícitos como o tráfico de drogas, lenocínio, lavagem de dinheiro e contrabando, principalmente de armas e aparelhos eletrônicos.” Como se estivesse prevendo o próprio futuro, Demóstenes acrescentava: “O jogo é uma contravenção envolvente e que tem em suas teias altas autoridades, via de regra, ligadas ao mundo político e da Justiça”

O PT e partidos aliados ameaçam representar contra o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, caso ele não encaminhe ao Supremo Tribunal Federal pedido para investigar o senador Demóstenes Torres e outros parlamentares citados na Operação Monte Carlo

O governo de Cachoeira abraçava todo o Estado No relatório do Ministério Público Federal, composto de 859 páginas – com cópias em poder da redação –, está cristalino o governo paralelo de Carlinhos Cachoeira em Goiás. Nas transcrições dos diálogos que ele mantém com seus comparsas, e subordinados, a exemplo do ex-vereador Wladmir Garcêz, o bicheiro é chamado sempre de “capitão” ou “professor”, como preferia o senador Demóstenes. Nos Autos de número 13279-78.2011.4.01.3550, da 11ª Vara da Justiça em Goiás, estão as transcrições das conversas revelando os pagamentos de propina que Cachoeira fazia para dezenas de funcionários públicos de Goi-

ás, principalmente no âmbito de Segurança Pública. O delegado da Polícia Federal Deuselino Valadares, chamado de Neguinho nas conversas interceptadas pela PF, também era bancado pelo chefe da máfia do jogo clandestino no Estado. O relatório do MPF diz que ele usou dinheiro sujo da gangue para comprar a empresa Ideal Segurança Ltda.. Cópias da movimentação bancária de Cachoeira mostram que o delegado pegava propinas que variavam de R$ 20 mil a R$ 80 mil. Enquanto isso, o tenente coronel Deovandir Frazão recebia R$ 3 mil por mês para fazer vistas grossas à atuação da quadrilha em Águas Lindas, no Entorno de Brasília.

O relatório, de 859 páginas, da PF e do MPF, demonstra o poder de fogo do bicheiro Carlinhos Cachoeira em todos os segmentos do governo de Goiás. Do seu jeito torto, à margem da lei, o mafioso comandou o Estado ao lado do tucano Perillo

Ex-vereador Wladmir Garcêz

Sérgio Katayama

Katayama cobra moto de Cachoeira A exemplo de Demóstenes Torres, o ex-comandante do policiamento da Capital em Goiás, Massatoshi Sérgio Katayama, também recebia presentes caros do padrinho Don Corleone. Num dos telefonemas transcritos pela PF, Katayama cobra de Ananias, um dos homens fortes de Cachoeira, uma

moto que o bicheiro havia lhe prometido. O telefonema revela a boa vontade do mafioso em agradar os corruptos do Estado, quando ele oferece até um carro para Katayama, que colocou o cargo à disposição após estourar a Operação Monte Carlo. Abaixo, trecho do telefonema onde ele cobra a moto do mafioso.

Katayama – Aí, eu tava aqui lembrando, falando de moto aqui, rapaz, cadê a moto, porra? Ananias – Chefe, vamos resolver aquele negócio primeiro, depois vamos atrás dessa moto. Katayama – Desenrola, rapaz, senão vou acabar tomando aquele Citroen

seu. Ananias – (risos) Uai, nós compra um pro senhor, você quer um C5? Katayama – Não, negativo. Eu quero uma moto. Compra uma moto pra mim. Ananias – Vamos, sim, vamos ver esse negócio pro senhor.


Pág. 06 Ano 11 - Ed. N° 346 - Semana de Março/12

www.jornalpoderes.com

Município - GO

A Alexânia das obras

pode vir, de novo

X Confira parte do que Iraci construiu quando foi prefeito X Depois dele, ninguém mais viu serviço público decente

Aquisição, reforma e bom funcionamento do Hospital municipal

Dezenas de casas populares e mais de 200 mil M2 metros de asfalto em toda a cidade e distrito

Construção do centro comercial de Alexânia, aumentando empregos e renda

Escola Municipal Sebastiana de Jesus

Apoio na construção do aeroporto de Alexânia

Praça e prédio da prefeitura

Garagem municipal com frota zerada

Construção do distrito industrial na margem da rodovia para Olhos d'água, gerando mais empregos

Participação efetiva na vinda da Schincoriol para Alexânia

Aterro sanitário

Calçadas e jardins no centro comercial


www.jornalpoderes.com

EXPOGURUPI

Prefeito parabeniza mudanças

A

pós reunião realizada no último dia 22, o prefeito Alexandre Abdalla parabenizou a diretoria do Sindicato Rural de Gurupi por retroagir as datas da Feira Agropecuária da cidade. Com isso, a festa não acontecerá nos mesmos dias dos festejos religiosos da Igreja Santo Antonio, respeitando as tradições católicas

do município. “Foi uma decisão positiva, já que a cidade recebe muitas pessoas em ambos os eventos e um não poderia disputar com o outro. É uma demonstração de respeito à comunidade católica e um exemplo de parceria”, afirmou o prefeito. Conforme informou a organização, a Exposição será realizada de 25 de maio a 3 de

junho. Já na segunda noite, está confirmada a presença do cantor Eduardo Costa. Ainda segundo o Sindicato Rural, a pista de vaquejada está sendo construída e será montado também um espaço para a realização dos shows. O sindicato agradeceu o apoio recebido por parte da prefeitura, que deverá dar suporte logístico para realização do evento.

A impunidade continua Caro amigo! As coisas em Alto Horizonte andam de mal a pior e podemos esperar mesmo o pior sempre. Tantas barbaridades e injustiças que nem sequer podemos enumerá-las, a impunidade é tão grande que deixa qualquer um desacreditado da moral e dignidade humana e política. A cidade está jogada ao léu, principalmente na saúde e educação, que, há de se convir, deveriam ser as prioridades, mas, pelo contrário, estão sendo manipuladas e destruídas pelas pupilas do Alcaide. Na educação municipal, há de se comentar que, apesar de mais um colégio anexo municipal (sem documentação ainda de funcionamento), tem como diretor o Sr. Jhoab, irmão do prefeito Borges (que antes de ser prefeito não tinha nenhum parente, agora são dezenas em cargos de confiança). A educação no município é mesmo deprimente, sem nenhuma qualidade e nada mais é do que um quadro de funcionários para negociação política. O Alcaide foi para Brasília receber das mãos do presidente Lula o Prêmio de Merenda Escolar e a qualidade da educação é péssima? Será que a merenda escolar ou as construções escolares de última geração vão servir para aprovação em vestibulares? Mas, sem problemas, Alto Horizonte recebeu Prêmio da Merenda Escolar!!! E só se esqueceram de mos-

trar em que classificação ficou o ensino aqui na cidade, aliás, quase que não fica, pois é o 6 º pior do Estado. Mas pra que pensar em qualidade de ensino, o negócio é a merenda escolar e aulas de música!!! E temos que rezar para música e qualidade de merenda escolar serem matérias de Vestibular, pois aí todos os concluintes vão ser aprovados; agora, se for nível de ensino, acabou tudo. Na cidade, quem termina o 2º Grau quase nem sabe escrever o próprio nome. Faculdade de Pedagogia, Letras ou matéria específica, aqui é assunto desconhecido da maioria dos professores; se não fossem alguns professores de fora, na cidade, ainda estávamos na cartilha. O professor de Música, esse, sim, deve ter grande qualificação, porque são tantos gastos com essa banda, pagando salário para quem toca nela, comprando instrumentos sem licitação, pagando salário de maestro com dinheiro público e andando de um lado pro outro apresentando música... e todos os gastos pagos pelo povo, e os professores das escolas, que ganham uma mixaria de salário, não têm direito a reciclagem, a bonificações... e esses, sim, que deveriam ser os heróis da cidade, ficam jogados de lado se comparados ao professor de Música. Eu prefiro adolescentes na faculdade do que em botecos tocando violão, viola, sanfona... Mas o prefeito gosta é de aparecer. Ele acha que ganha mais sta-

GURUPI-TO

Comunicação tem novo secretário O publicitário e jornalista Beto Naves é o novo secretário municipal de Comunicação de Gurupi. Naves assumiu o cargo, no início desta semana, com a missão de fortalecer projetos voltados à divulgação das ações e obras realizadas pela prefeitura. Com a posse do novo secretário de Comunicação, o prefeito de Gurupi, Alexandre Abdalla, inicia algumas mudanças na administração municipal. Estas alterações devem ocorrer, também, em virtude do cumprimento da legislação eleitoral, Lei Complementar nº 64/90, que exige a desincompatibilização de servidores públicos que pretendem concorrer nas eleições de 2012. “Assumimos este novo desafio para trabalhar buscando garantir aos meios e veículos mais

importante – ele é mestre em colocar pupilas nas secretarias mais importantes.

ALTO HORIZONTE-GO tus com a banda tocando em recepções de políticos do que falar que os concluintes do 3º ano foram metade aprovados em faculdades federais. O negócio do Borges é investir em música, é Banda Xora Carolina, é Banda Municipal; ele podia era investir na Banda Larga. EDUCAÇÃO... Absurdo total, descaso imenso e fiscalização zero e a secretária de Educação – que caiu de paraquedas esses dias na cidade – anda só de Golf e com vidros fechados (tenta imitar a primeira-dama, mas ainda falta muito pra chegar lá. Pode até ter o mesmo carro, imitar as joias, tirar proveito do prefeito, mas em simpatia falta muito, porque a secretária é só de cara amarrada e se achando a linda (espelho em casa nada de entrar); a secretária, ao invés de trabalhar, deixa tudo nas mãos do diretor da escola e irmão do prefeito, sr. Jhoab, e fica só desfilando de carro pra cima e pra baixo e a educação só se afundando; e ela só preocupada em se parecer cada dia mais com a “Viúva Porcina”, se sentindo a maioral porque faz o que quer do prefeito (mal sabe ela que todas fazem o que querem do prefeito, mas no final é ele quem fez o que quis delas). É estranho que, com tanta gente com qualificação na cidade, o Luis Borges vai em Minaçu buscar uma amiguinha para ser secretária e justo da Educação, que é tão

Pág. 9 Ano 11 - Ed. N° 346 - Semana de Março/12

Na saúde, é caos total! Até cirurgia plástica estão pagando, claro que só para os da família e alguns legisladores afortunados. Não há verba pra comprar remédio, mas vereadora, secretária de Saúde e filha andam só se espichando à custa da prefeitura. O veículo da Saúde não é plotado e tampouco fica na garagem municipal e está sempre sendo usado pela família da secretária em viagens de férias e finais de semana; por seus filhos e seu genro indo e vindo de Goiânia fazendo compras e descansando em cidades turísticas. Os filhos sempre em cidades vizinhas no carro do município festando e fazendo uso de bebidas alcoólicas. A casa da secretária de Saúde e também cunhada do Alcaide é coisa de cinema. Ela alega que vendeu uma fazenda que tinha em Estrela do Norte (que nunca deveria ter saído de lá) e construiu a mansão que mora. Só que ela deve ter esquecido de transferir o imóvel, pois consultando no Cartório de Registro de Imóveis de Estrela do Norte, a propriedade ainda se encontra em nome da srª Iva Maria e o gado (que não é pouco) tem ainda a marca dela: Iva Maria Rainha do Gado (com dinheiro da Saúde). E não saindo da família da secretária de Saúde, seu doce genro, vereador Wanderson, sofreu grande frustração política na disputa da Presidência da Câmara de Vereadores; foi maravilhoso o discurso dele dizendo que tinha descoberto ali naquele dia que a política é suja, é

elementos e ferramentas de comunicação em geral”, afirmou Beto Naves, ressaltando que o bom relacionamento com a imprensa vai continuar sendo a principal pauta da sua gestão. O ex-secretário de Comunicação, advogado Luis Claudio Barbosa, assumiu o cargo de Corregedor Geral de Gurupi.

falsa e que não é coisa de homens de bem e de moral. Só esqueceu de renunciar ao cargo de vereador, pois, depois dessas declarações, continuar é assumir que faz jus ao cargo e qualidades que citou. Na garagem municipal, os únicos bens públicos que ficam à disposição lá são maquinários pesados, quando não estão quebrados ou há semanas fazendo serviço em fazenda de gestor ou de patrocinador político; os carros pequenos ficam sempre nas casas dos secretários e sendo sempre usados por qualquer um em viagens de descanso, para fazer compras e visitas a cidades como Pirenópolis, Caldas Novas e Goiânia com a família dos vereadores e secretários. Apolítica anda desenfreada, todo mundo anda pedindo voto e é candidato a prefeito na cidade, de vereador, passando a vice-prefeito, secretários, gestores e até exvereador que deve mais do que tudo na região, todo mundo já é candidato. Claro que o prefeito tem seus pupilos e está desesperado para fazer seu sucessor. Os vereadores atuais amanhecem e anoitecem em Uruaçu com carros cheios de pessoas e títulos a serem transferidos; hoje Alto Horizonte tem exatamente 4.530 títulos e o Censo é de exatamente 4.123 habitantes. Os lotes e casas populares já estão servindo de moeda de troca pelo voto. Você tinha que vir nos fazer uma visita novamente porque imprensa aqui só a paga e maquiada; sai uma edição de Poderes e no mesmo dia o prefeito está na rádio chorando e clamando em nome de Deus; seus

PERFIL BETO NAVES Artista regional, músico e compositor; idealizador e produtor executivo de shows e eventos culturais; pioneiro no Estado com diversas realizações do calendário cultural; sócio-proprietário da Produtora de vídeo Fábrica de Imagens; publicitário reconhecido no mercado local, comunicador atuante e pioneiro na TV Tocantinense. Naves atuou como apresentador, produtor e diretor em várias emissoras de televisão do Estado, como TV Lajeado/Palmas; TV Central /Palmas; Sil TV/ Gurupi; TV Girassol /Gurupi; e como Analista de Marketing na TV Anhanguera/Gurupi, além de já fazer parte do quadro da Secretaria de Comunicação de Gurupi desde fevereiro de 2010, como assessor de publicidade.

jornais só são entregues por quem tem coragem e ler ele tem que ser escondido, porque, se alguém ver, aí esse leitor tem que ser exterminado. As ruas da cidade estão em situação de caos, nada de asfalto e a tal REDE INTERMINÁVEL DE ESGOTO ninguém mais se lembra. Mas é isso aí, amigo, como te disse, desde o início as coisas andam de pior a péssimo em Alto Horizonte e tende só a piorar, e denúncias já estão fazendo aniversário, mas estamos certos de que, pode tardar, mas a Justiça vai prevalecer; a morosidade conhecemos, mas não devemos nos preocupar porque mais cedo ou mais tarde o dinheiro roubado e arrecadado de maneira ilícita nessa administração vai ter que ser devolvido para os cofres públicos e as pulseiras de ouro branco vão apertar muito pulso por aí. Mas pelo menos uma boa notícia temos nesse município: a família do Alcaide está aumentando, uma filha já nasceu e a mamãe da neném (que é muito bonita) já está bem empregada na Prefeitura Municipal e com seus irmãos também todos bem empregados, com firmas fantasmas e registradas em nome de laranjas (claro que o prefeito não iria desamparar os cunhados), e o outro bebê (que ainda não sabemos o sexo) nasce daqui a alguns meses; já avisamos que diabetes é um perigo e deixa o homem doce igual mel e elas querem provar... Até no DNA teve porcentagem de açúcar do papai... Alto Horizonte, com esse administrador, é só Crescimento Populacional. ASS. morador indignado


Pág. 8 Ano 11 - Ed. N° 346 - Semana de Março/12

www.jornalpoderes

Uruaçu-GO

Lourencinho traz Samu aéreo para Uruaçu e região Prefeitura de Uruaçu consegue, para a cidade e região, helicóptero (foto) para resgate aeromédico. “Mais que chegar a lugares de difícil acesso, a rapidez do transporte aéreo e a dinâmica do resgate da Polícia Rodoviária e do Samu fazem a diferença entre a vida e a morte”, comenta o prefeito Lourencinho Jota Marcelo aio de 2011: durante um Seminário regional do Norte Goiano, do qual participavam servidores do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) com atuação na região, a enfermeira coordenadora do Samu Brasília, Mônica Beatriz Ortolan Libardi (doutora Mônica Beatriz), teceu comentários a respeito do Departamento de Polícia Rodoviária Federal (DPRF), que possui a Divisão de Operações Aéreas (DOA), responsável pela fiscalização aérea das rodovias e pelo atendimento de vítimas de acidentes. Ela expôs que o serviço aeromédico emergencial desenvolvido pela parceria DPRF-Samu teria condições de ser implantado em Uruaçu, estendido à região, caso a prefeitura local, o DPRF e o Samu chegassem a um entendimento, após cumprimento de série de exigências legais. Desde maio do ano passado, o prefeito Lourencinho foi atrás do benefício que agora virou realidade em Uruaçu. No dia 21 de março, a coordenadora do Samu Brasília, doutora Mônica Beatriz, e outros profissionais do DPRF estiveram em Uruaçu, coordenando evento dividido em duas etapas, quando amplas exposições foram repassadas para cerca de 200 pessoas, basicamente profissionais da saúde, inclusive vários médicos, instalando oficialmente o serviço para Uruaçu e região, que agora contam com o helicóptero modelo Bell 407, que beneficia 30 cidades da região. A Divisão de Operações Aéreas atendeu ao pedido da Prefeitura de Uruaçu, através da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF)/Uruaçu, para que no feriado da Semana Santa deste ano o helicóptero Bell 407 possa permanecer baseado em Uruaçu, com disponibilidade para atender ocorrências locais e regionais. Da mesma forma, durante o carnaval/2013. Preferencialmente, os helicópteros são utilizados no trabalho que envolve atendimento de vítimas de acidentes. Nas bases em que existe o convênio com o Samu, os helicópteros são transformados em Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) aéreas. Cada helicóptero é tripu-

M

MARQUIM DO SITE/ASCOM PMU

lado por um piloto, um operador e um socorrista, sendo todos policiais rodoviários federais. Em bases conveniadas com o Samu, em vez do socorrista, trabalham um médico e um enfermeiro. O Samu Goiás foi representado dia 21 de março em Uruaçu por Daniela Teixeira, coordenadora do Serviço no Estado e técnica em Urgência da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO), atuando na Superintendência de Controle e Avaliação Técnica de Saúde (Scats). Ela também representou no evento o secretário de Estado da Saúde, Antônio Faleiros. EXPOSIÇÕES O policial rodoviário Sóstenes Santiago repassou dezenas de detalhes sobre normas de acionamento das duas aeronaves da DOA, centradas especificamente em hangar do Aeroporto Internacional de Brasília – Presidente Juscelino Kubitschek Brasília. Ele pontuou desde as considerações iniciais, dando conta que o DPRF está disposto a contribuir com prazer e sem ônus algum para os órgãos parceiros e usuários. “Não tenham receio de acionar [as aeronaves]”, disse especificamente aos profissionais do Samu. O policial comunicou que os treinamentos destinados aos membros das equipes de resgate são feitos dentro de normas eficientes, estando cada profissional preparado adequadamente. Sobre a estrutura física, Sóstenes Santiago relacionou detalhes do helicóptero que se encontrava em Uruaçu e dos equipamentos acoplados utilizados nas operações, que necessariamente não têm que ser apenas oriundas de acidentes automobilísticos. “Toda a configuração dos equipamentos é homologada pelo fabricante”, ressaltou. Mostrou a importância de se usar bem (e com responsabilidade) o serviço disponibilizado pela corporação em que ele atua. Surpreendeu quando disse custar ao Estado, somando integralmente as despesas, R$ 418 mil (quase meio milhão de reais) uma morte no trânsito, razão para o mesmo evidenciar a importância do deslocamento aéreo, com a chamada “hora de ouro” – atendimento rápido. Integrou ainda a palestra a apresentação de vídeo contendo técnicas operacionais.

Samu de Uruaçu e outras cidades da região contam com helicóptero para resgates aeromédicos desde 21 de março

“Corremos atrás e conseguimos”, diz secretária Magda Melo O benefício só foi alcançado devido ao empenho da Prefeitura de Uruaçu. No primeiro critério, a cidade foi agraciada naturalmente por estar localizada dentro de um raio de 100 milhas náuticas (partindo de Brasília), o que equivale a 180 quilômetros. O Bell 407 faz esse percurso em 50 minutos e existe variação para mais alguns minutos, somando decolagem e pouso. Depois, restaram muitos diálogos e a árdua missão de enfrentar os trâmites burocráticos. Isso, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, dirigida por Magda Melo, que, juntamente com o diretor administrativo da SMS, doutor

Gustavo Fernandes; o inspetor Jesé Ferreira, titular da Polícia Rodoviária Federal (PRF)/ Uruaçu; e o coordenador administrativo do Samu em Uruaçu, Mauri Fonseca de Souza, fez diferentes diligências perante Brasília e Goiânia, firme no propósito de que a parceria fosse oficializada. Emocionada e contente durante o evento, Magda Melo foi procurada pela Ascom. Esclarecendo que conseguir oficializar uma conquista como essa é extremamente difícil, a auxiliar de Lourencinho comentou: “Corremos atrás e conseguimos devido ao nosso esforço, ao interesse da Polícia Rodoviária Fe-

Lourencinho agradece O prefeito de Uruaçu cumpria agenda em Goiânia, marcada com antecedência, e não participou das atividades – foi representado por Magda Melo. “Ela tem total interação com o assunto, afinal, a Magda, que recebe os meus parabéns novamente, foi a primeira pessoa a se manifestar para que pudéssemos conquistar o serviço.” Sobre a conquista, considerada por Lourencinho “do povo de Uruaçu e da região”, ele classifica o serviço de resgate aeromédico como um dos mais importantes do mundo. “Mais que chegar a lugares de difícil acesso, a rapidez do transporte aéreo e a dinâmica do resgate da Polícia Rodoviária Federal do Samu fazem a dife-

rença entre a vida e a morte”, comentou o prefeito em entrevista à Ascom. “Estou extremamente contente. Eu sempre fui claro em demonstrar toda preocupação possível com a saúde, pois a pessoa não tem como fazer nada se estiver doente, com o corpo impedido de agir. Dessa forma, quanto mais oferecemos estruturas nessa área, mais teremos condições de atender às necessidades, que na maioria das vezes envolvem pessoas de baixo poder aquisitivo”, analisa Lourencinho, que agradece: “Deus. Só Deus para retribuir essa atenção dispensada pelo Departamento de Polícia Rodoviária Federal sediado em Brasília, juntamente com o Samu de Brasília e de Goiás.

deral, do Samu, e por termos cumprido todas as exigências.” Ao discursar, Magda Melo enfatizou que o prefeito se preocupa com a saúde pública a todo instante. “Ele dá respaldo, retorno, dá aval para desenvolvermos todo um trabalho em favor da população. O resultado é esse, mais um benefício com serviço de socorro aeromédico.” Segundo Magda Melo, o trabalho não pode parar nunca, pois não se brinca com saúde pública. “Nós temos muito o que fazer ainda e, trabalhando com responsabilidade, vamos conseguir outras conquistas. Agradeço muito à doutora Mônica, que iniciou tudo isso. Meu

agradecimento especial também à Polícia Rodoviária Federal e ao Samu em geral, esses grandes parceiros.” Outra característica particular envolvendo a região: o fato de, conforme dados do DPRF, 1/6 dos acidentes nas rodovias federais em Goiás ocorre no trecho Ceres-Uruaçu-Porangatu. E 1/3 das mortes registradas nas rodovias goianas acontece na mesma região. Diante desses números, o inspetor Jesé Ferreira valoriza ainda mais a implantação do serviço, com a lembrança de que o atendimento se estende também a vítimas de outras ocorrências.

Com ênfase, deixo o meu muito obrigado! Não tem como não se sentir orgulhoso em podermos contar com mais esse serviço, desenvolvido por profissionais extremamente qualificados. Nas equipes de socorro aeromédico, temos profissionais com experiência internacional.” “Como não paramos de nos esforçar para ajudar Uruaçu, o Norte Goiano, além de parte das regiões do Vale do São Patrício e do Nordeste Goiano, temos visão ampla das coisas. Nesse caso do socorro aeromédico, conseguimos praticar mais uma ajuda regional”, assinala Lourencinho. Outros secretários/auxiliares municipais participaram: Cláudio Rocha (Pacificação Social), que fez uso da palavra na abertura, enaltecendo e agradecendo a parceria; Zé Bétio (geral de Go-

verno); e também Sargento Bispo (superintendente municipal de Trânsito). O vereador Chiquinho representou a Câmara Municipal de Uruaçu. No momento reservado a questionamentos populares, o vereador abriu o diálogo, sendo seguido por diversos participantes. Chiquinho revelou admirar o trabalho, bastante elogiado pelo mesmo, que externou a vontade de ver instalada em Uruaçu uma estrutura cada vez maior no que se refere à parceria. Responderam aos questionamentos, juntamente com Sóstenes Santiago, o também policial rodoviário federal Jeferson Antonio Espindola, comandante da aeronave; e dois nomes do Samu Brasília, o médico socorrista-intensivista Paulo Cezar Gomes Alves e Mônica Beatriz.


Pág. 9 Ano 11 - Ed. N° 346 - Semana de Março/12

www.jornalpoderes

Uruaçu-GO

MUTIRÃO DA CIDADANIA “O TRABALHO É NOSSA RESPOSTA” FOTOS: MARQUIM DO SITE/ASCOM PMU

Emissão de documentos pessoais

Fotografia Mutirão da Cidadania

Embelezamento e bem-estar: corte e tratamento de cabelo

Servidora Napoleana Lobo (esq.), no atendimento público especializado também quanto à regularização fundiária

Investimento em saúde: aferição da pressão arterial

Vereador Robson e Francisco, dirigente do Programa Vaca Mecânica, que disponibilizou produtos e o leite de soja

Refeição, na etapa inicial do Mutirão

Major Wagner, do 14º Batalhão de Polícia Militar, e duas das atendentes do Mutirão

Tratamento odontológico

Iluminação pública: solução de adversidades encontradas por parte de bairros assistidos na 1ª etapa

Serviço de roçagem também é oferecido

Área contemplada contém vias sem pavimentação, que ganharam patrolamento e nivelamento

Construção de calçada em área pública: outra obra urbanística

Entre as obras estruturantes do Mutirão, está o serviço ampliado de tapa-buraco

Limpeza urbana em geral: para melhorar aspectos da cidade


www.jornalpoderes.com

Pág. 10 Ano 11 - Ed. N° 346 - Semana de Março/12

TOCANTINS

GURUPI-TO

Mauro Carlesse autoriza reconstrução da pista de vaquejada O presidente do Sindicato Rural de Gurupi, Mauro Carlesse, autorizou a reconstrução da pista de Vaquejada Messias da Silveira no Parque de Exposição Antonio Lisboa da Cruz, que se encontra desmontada e desativada. As obras de reconstrução terão início com previsão de conclusão em 30 dias. Serão reconstruídas as cercas, currais, o sistema de iluminação e arquibancadas. De acordo com Mauro Carlesse, este é um dos seus compromissos firmados com a categoria de vaqueiros que praticam esta modalidade na região e também com o público que gosta de comparecer à vaquejada durante a ExpoGurupi. “Este ano, teremos a tradicional vaquejada na pecuária”, concluiu Carlesse.

Luana Ribeiro solicita a deputados que se unam em prol de um mutirão da saúde

U

m mutirão da saúde. Essa foi a proposta que a deputada estadual Luana Ribeiro (PR) apresentou na manhã do último dia 20, durante sessão ordinária, visando solucionar imediatamente os problemas da saúde tocantinense. “Solicito à Assembleia Legislativa que todos os deputados se unam em prol de um mutirão da saúde, em prol da vida”, disse Luana Ribeiro. Luana Ribeiro, que tem como uma das suas bandeiras a área da saúde, com importantes projetos aprovados, como a redução da carga horária de 40 para 30 horas para os profissionais que trabalham em hospitais em âmbito

GURUPI-TO

PORANGATU-GO

Carlos Souza Oliveira, coordenador do Projeto Residencial João Lisboa da Cruz, protocolou junto à Empresa de Correios e Telégrafos (ECT) a criação de faixa do Código de Endereçamento Postal (CEP) a fim de agilizar e modernizar o sistema de postagem desta tão importante obra. O pedido visa dar maior comodidade para os futuros moradores daquele setor. O projeto é desenvolvido pela Prefeitura de Gurupi, em parceria com a empresa construtora Emcasa, do grupo CCM. As obras da construção das unidades habitacionais seguem, em ritmo acelerado, o cronograma estipulado pela Caixa Econômica Federal (Programa Minha Casa, Minha Vida). No conjunto habitacional, localizado na saída para Dueré, serão feitas 676 casas. O projeto modelo, que se tornará referência nacional por suas particularidades, contempla áreas destinadas a escolas de tempo integral, posto de saúde, quadra poliesportiva, posto policial, centro comunitário, centro de convivência do idoso, horta comunitária, praça e lotes comerciais e bosque. Um sonho que está se tornando realidade.

Com o objetivo de apresentar uma proposta de implantação de uma linha aérea em Porangatu, aconteceu na tarde do último dia 16, no gabinete do prefeito José Osvaldo, um encontro que reuniu representantes do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, empresários que fazem parte da diretoria da Aciap, comerciantes e agropecuaristas locais. Na ocasião, Rogério, representante da Trip, empresa aérea que trabalha na área da aviação regional, demonstrou aos participantes o interesse na implantação do transporte aéreo no município e ressaltou a importância do comércio na viabilização do projeto. O prefeito José Osvaldo acredita que, se aprovado, o projeto irá beneficiar a inte-

Souza, o “homem das casas”, pede CEP para Residencial João Cruz

estadual e Lacen, criticou a morosidade no que diz respeito à solução dos problemas da saúde. “A terceirização foi um erro, mas a vida humana não tem prazo, o problema tem que ser resolvido de imediato”, observou. A deputada ressaltou ainda que não é o momento de se encontrar culpados e sim de solucionar os problemas para que mais vidas não sejam perdidas. “Se o governo está inquieto, imagina as pessoas que estão com familiares precisando de serviços médicos?”, questionou, acrescentando: “Não tem que ter prazo quando o assunto é saúde, não existe nada mais importante que a vida humana.”

Aeroporto poderá contar com voos regionais

Prefeito de Porangatu, José Osvaldo

gração do Norte do Estado com as demais regiões do País. “Aaviação regional consolida o desenvolvimento e coloca Porangatu como rota turística, então o novo aeroporto, com a nova linha aérea comercial, doméstica, irá marcar a economia da cida-

de”, finalizou. Conforme o gerente de política de aviação regional, Alexandre Guerra, o sucesso do projeto na cidade depende da união da sociedade. “Nosso papel é estar ouvindo mais a prefeitura, os empresários locais, a

comunidade, e as associações, no sentido de entender o que eles podem fazer em conjunto para viabilizar mais um município para ser atendido pela aviação regional no Estado de Goiás, e Porangatu é a bola da vez e a Associação Comercial contribui no sentido de mobilizar as empresas locais a pressionar a esfera política a trazer esses benefícios para o município”, ponderou Alexandre. Na reunião, ficou entendido que, para que a empresa de transporte aéreo possa instalar uma base na cidade, será necessária a parceria da sociedade, empresários e poder público, na busca de recursos para readequar a estrutura física do aeroporto municipal. (Stéfany Morais)

ASSOCIAÇÃO DAS PRAÇAS E SERVIDORES MILITARES PM/CBM DO ESTADO DO TOCANTINS/ASPRA-TO Nova Diretoria e Conselho Fiscal da Aspra Tocantins tomam posse na presença de diversas autoridades Na manhã do último dia 22, a Associação das Praças Militares do Tocantins empossou a nova Diretoria e Conselho Fiscal para o biênio 2012-2013. Diante de autoridades, como o prefeito municipal de Gurupi, sr. Alexandre Abdalla (PR), a senhora Andréia Stival, presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e à Ciência, que representou o governador do Estado, Siqueira Campos, os vereadores do Legislativo de Gurupi, Marcão do Povo (PR), professo-

ra Zenaide (PSB) e Cabo Carlos (PT), senhor Osvaldo Stival representando a classe empresarial e agropecuária, além dos militares, Capitão PM Fernando Bernardo e o Capitão BM Nilton Rodrigues, que são comandantes da 1ª CIA Operacional PM do 4º BPM e 4ª CIA BM de Gurupi, respectivamente, os membros eleitos da Diretoria Executiva e do Conselho Fiscal e ainda outras autoridades presentes, entre militares e convidados de diversas cidades da região.

Ao iniciar a Cerimônia de Posse, foi apresentado um vídeo institucional da entidade em que foram destacadas as diversas conquistas da classe miliciana e os benefícios disponibilizados para mais de 1.500 pessoas, entre associados e dependentes militares, durante a última gestão. Na ocasião, houve o pronunciamento do prefeito municipal, Alexandre Abdalla, que enfatizou sua defesa aos interesses da classe militar por meio da

doação da nova Escola Municipal do Setor Medeiros, que será disponibilizada para a implantação do Colégio Militar de Gurupi, e ainda um requerimento (projeto de lei) para a Câmara Municipal, que será enviado nos próximos dias pelo próprio gestor, visando a concessão de descontos especiais nas mensalidades da UnirG para os policiais e bombeiros militares. Já a representante do Governo do Estado, srª Andréia Stival, ressal-

tou a vinda de equipamentos de saúde e outros benefícios para a região. Após o pronunciamento do vereador Cabo Carlos, que foi um dos idealizadores da entidade durante sua fundação, o presidente reeleito da entidade fez suas considerações quanto à confiança depositada no seu trabalho e em toda sua equipe da Diretoria e do Conselho Fiscal, além da garantia de continuidade na defesa e na vigilância dos direitos e benefíci-

os necessários a toda a classe dos militares tocantinenses e seus familiares. “Estamos garantindo a continuidade na defesa dos direitos e de melhores condições de trabalho, mais efetivo nas ruas e um plano de carreira que venha respeitar todo o conjunto de esforços realizados por essa tropa ordeira e honrada ”, declarou o Cabo Jenilson, presidente da Aspra PM/CBM. (Assessoria de Comunicação Aspra Tocantins)


Pág. 11 - Ano 10 - Ed. N° 346 - Semana de Março/12

Frigoríficos pegos Assocarne (Araguaína), Frigocapa (Palmas) e Jatobá (Porto Nacional) desatenderam ajuste de conduta com o Ministério Público e podem ser lacrados por vender carne bichada.

Talismã Acostumada a soltar a franga em público e já dando tudo até chegar na reta final, a prefeita pobre de obras, mas rica de conversa, protagonizou mais um escândalo na semana passada ao adular um possível vice, se comportando frente às câmaras como autêntica cortesã. Vestindo meia blusa alaranjada, tomara-que-caia, decote generoso, sutiã à mostra, deixando ver as turbinas murchas, dona Miriam se abria dengosa dentro de um veículo a um Miguel Ramos meio assustado e sorrindo amarelo por lidar com mulher que se diz casada e evangélica. Talismã é cidade rica, mas precisa de tudo. Enquanto o povo amarga dificuldades, Miriam faz cortesia com chapéu alheio, tendo arrumado a vida da família nos últimos 40 meses e prometendo migalhas aos habitantes se ganhar o prêmio de mais quatro anos de farra.

Procon de Gurupi em pé de guerra “Nós, os servidores do Procon - Núcleo Regional de Gurupi, vimos através deste comunicá-lo (gov. Siqueira), que, caso o senhor não tome uma atitude, iremos paralisar nossos serviços por tempo indeterminado, além de denunciar para todos os meios de comunicação o que vem ocorrendo neste órgão que sempre foi referência nacional e que hoje, além de ser um órgão de corrupção, é também uma vergonha nacional, sem credibilidade, um lugar onde a ganância, a corrupção, o abuso de autoridade e assédio moral são ilimitados! Cobramos uma medida de V. Excia, urgente, do superintendente dr. Dulcelio Stival, e da chefe deste Núcleo, a sra. Janaina Vargas Marinho, que não entendemos o motivo da nomeação da mesma, por ter sido a pior servidora do núcleo, chegando a ser exonerada por abandonar o trabalho sem justificativa, além de ser filha do tal Evandro Vargas Leitão, o empresário que escreveu uma carta ao ministro Felix Ficher, denegrindo a sua imagem, e o pior é que a mesma foi publicada no site do Cleber Toledo e nós todos tivemos acesso na época. Vamos fazer uma representação contra ela por assédio moral e abuso de poder, porque ela tem nos humilhado desde quando era uma atendente, assim como nós, e agora, como chefe, ficou muito pior. O superintendente vem apropriando do

dinheiro do suprimento do fundo que seria destinado aos núcleos e comprando bens para o mesmo, além de estar beneficiando amigos com o cargo ao qual ocupa, cito o fato de ter alugado recentemente, para a sede do Procon de Gurupi, uma casa de um amigo pessoal dele, porque, além de beneficiar o amigo, poderá tirar proveito recebendo uma porcentagem no aluguel. É uma vergonha o que eles estão fazendo dentro do órgão, é uma briga sem fim, usam de palavras de baixo calão entre eles, sem respeito diante de nós. Estamos escrevendo tudo isso para o senhor saber que, por estes motivos, não apoiaremos o senhor Osvaldo Stival para a próxima eleição, caso seja candidato, principalmente por ser parente do dr. Dulcelio Stival, devido às tamanhas humilhações às quais ele nos tem feito passar."

Diário Oficial II Um site, no início autêntico, hoje, a cada dia mais governista, tem feito subir o poder econômico na cabeça da dona e se transformou numa anti-imprensa, onde só têm vez elogios, bajulações e continência aos poderosos, desviando completamente seu rumo de guardião da sociedade. Dinheiro é bom e todo mundo gosta, mas a linha que separa a função da imprensa do interesse pessoal exclusivo é tão pequena que, ao acordar, podemos estar iguais ou piores do que aqueles que prometemos fiscalizar. Esse filme foi visto aqui mesmo, com outro site concorrente.

Siqueira não participa Não foi novidade a fala de Siqueirinha de que o governo vai ficar fora da próxima eleição. Com tamanho desgaste, corre o risco de atrapalhar os candidatos, além de ser mais barato e menos trabalhoso deixar rolar. Vantagem para João Ribeiro, que está ativo com os companheiros durante a guerra eleitoral, construindo alianças estáveis, onde seus parceiros vão estender o chapéu a Siqueira amarrados com o candidato do PR nas eleições de 2014.

O susto de Neila Mesmo desanimada e “com medo da foice”, Neila conseguiu inaugurar obras na cidade. Uma amiga revelou que a prefeita mal está dormindo e quando consegue tem pesadelos imaginando o divórcio com as contas milionárias da prefeitura. Apesar da certeza de ter o mandato cassado, por ser pega transportando material de campanha em ambulância nas eleições de 2010, Neila nunca esteve tão bem financeiramente. Ela e a família tiraram o pé do atoleiro, explica um comerciante local. O mesmo informa que Jarley Araújo, que também tem problemas na Justiça, não permaneceria na prefeitura após uma eventual cassação de Neila. É mais provável a ascensão da atual presidente da Câmara Joana Pereira (PDT).

Lições de Cariri Almir “coca-cola zero” compra um imóvel a cada mês na cidade, sem dar a mínima para Ministério Público ou à população. Emprega a parentaiada na prefeitura e os promotores não reagem. Por que será? Nem tudo é perfeito, diria Kid Clenam.

O criminoso de Formoso

Cinzas do crematório

O Ministério Público investigou, parcialmente, as contas do desprefeito Pedro “feioso” e o que viu foi verdadeiro circo de horrores. O procurador-geral de Justiça chamou o gestor de criminoso, mas ainda não avaliou sua rede de laranjas na cidade, identificados pela maioria da população.

Roberto Sarmento, um dos que incentivaram João Cruz a entrar na política, deixou o corpo dia 23 de março, em Gurupi, com idade em torno de 60 anos. Exigiu a cremação do seu corpo e a distribuição dos aproximados dois quilos de cinza: metade no Estado do Ceará, onde nasceu, e o restante numa fazenda em Alvorada. A exigência de Chico Anysio, igualmente morto na mesma data, foi de que parte de seus restos mortais fosse despejada próximo a Fortaleza e a outra, no Projac, centro de filmagens da Rede Globo.

Alvorada Um conselheiro do TCE-TO viu a auditoria de parte das contas de Wached, afirmando com todas as letras que os desvios foram sobejamente comprovados e que o ex-prefeito teve inclusive a chance de se defender no decorrer da inspeção. Ante a Lei da Ficha Limpa, o mesmo conselheiro não vê nenhuma chance de Wached retornar à política antes dos próximos oito anos, mesmo restituindo o prejuízo comprovadamente dado ao município.

Rced O TSE vai julgar, nos próximos dias, processo por abuso de poder e compra de votos, fato aguardado com ansiedade no Tocantins. Há notícia de que Gaguim e sua turma estariam com equipe montada para a instalação do novo governo, após a cassação de Siqueira.

Sebrae e prefeitos “Eles premiam gestores que deveriam estar presos”, disse um comerciante de Paraíso, ao saber que Paulo Tavares e Terezona Martins iam receber troféus. Faltou premiar Valuar, o lesma de Araguaína. O que Paulo e Terezona têm a mostrar? Incompetência, sumiço de verba e atraso de vida da população nos municípios, entre os mais ricos do Estado e pior administrados pelos dois. A prova maior é que ambos, mesmo no comando de verdadeiras fortunas mensais, devem entregar o poder nas próximas eleições, pois foram testados e reprovados pelos eleitores.

Luxa ferrado no Tocantins Por mentir o próprio endereço à Justiça Eleitoral, ao tentar virar senador, o técnico de futebol Luxemburgo foi condenado à prisão, em primeira instância, e pode ficar oito anos inelegível. Mesmo revertendo a sentença, Luxa descobriu que, em Palmas, nem todos são índios como ele pensava.

Kátia sem galo Asenadora quer dobrar a produção de peixes no Estado e afirma que “o que cair na rede é lucro”. Muitos esqueceram, mas, num passado nem tão distante, Kátia usava o mesmo slogan consigo mesma.

Gurupi - Câmara sem casa

Dia 22, o prefeitável Marcelo Lelis assinou compromisso com um programa intitulado Cidades Sustentáveis, na presença de políticos do PV de outros Estados. Bom. Muito bom. A intenção é ótima na planície. Difícil é se lembrar dela após assumir o comando do cofre.

O mesmo vereador que comentou sobre a sede fantasma (Poderes 345), idealizada pelo ex-presidente, disse algo capaz de deixar todo gurupiense honesto com dor de cabeça. Segundo o parlamentar, a Câmara tem outra área, abandonada, entregue por João Cruz, na Avenida Bahia, entre as ruas 15 e 16. Ou seja, com a verba de R$ 325 mil mensais, Cancão comprou um prédio sucateado, de uma empresa sub judice, por cerca de R$ 330 mil, desprezando a área que foi doada anos atrás e que poderia ser reativada hoje. O dinheiro dava para edificar a sede própria do Poder Legislativo de Gurupi. Cancão jogou a verba no lixo e deixou a Câmara pagando aluguel na Avenida Maranhão. Caso uma ação popular questione este ato dele no trato com o dinheiro público, pode complicar sua reeleição.

Siqueira no Sírio-Libanês

Crixás

Cidades sustentáveis

Tratando de uma simples virose no Hospital Sírio-Libanês, a peso de ouro, o governador perdeu a chance de experimentar, na própria pele, a nova saúde terceirizada do nosso Tocantins.

Uma Kombi, placa MWU 4848, do transporte escolar de Crixás, bate ponto, todo dia, numa rua do Setor Alto da Boa Vista, em Gurupi, onde permanece a manhã inteira.

Revolta policial

Mais inerte que bicho-preguiça, se a oposição levantasse o número de policiais militares que prestam serviço para políticos, daria uma mãozinha no combate à violência no Estado. O que tem de PM cuidando, por exemplo, de fazendas particulares não está no gibi, nem prevenindo outros crimes.

“A cúpula se reuniu: com o policiamento nas rotatórias, a população já pode sair, já que agora está segura.” A ironia do sargento Machado, postada na intranet (comunicação interna da PM), rendeulhe prisão em flagrante, por criticar o comando, mas expressa grande verdade, inaugurada na PM goiana: estacionar viatura em calçadas e canteiros nunca diminuiu a criminalidade. A idiotice, iniciada na gestão do ex-secretário de Seg. Pública de Goiás Ernesto Roller e ainda não questionada pelo Ministério Público, dá mau exemplo, entope as calçadas, cujo dono é o transeunte, e põe a PM como espantalho, se exibindo sem aumentar em nada a eficácia.

PMs em serviço particular

Cabide de empregos Dos mais de 90 funcionários empregados no É Pra Já de Gurupi, a metade não sabe o que fazer, nem tem espaço para trabalhar. É visível. Todos contratados por Soró e as mulheres, segundo colegas, só foram efetivadas após teste final com o chefe.


www.jornalpoderes.com

Pág. 12 Ano 11 - Ed. N° 346 - Semana de Março/12

Novas regras no vencimento da CNH

A

carteira só pode ser renovada durante o prazo de no máximo 30 dias após o vencimento da mesma. Após este prazo, a carteira é cancelada automaticamente, e o condutor será obrigado a prestar todos os exames novamente: psicotécnico, legislação e de rua, igualzinho a uma pessoa que nunca tirou carteira. Esta lei não foi divulgada, e muitas pessoas vão perder

a sua carteira de habilitação e terão de repetir todos os exames. Fiquem atentos quanto ao vencimento de sua CNH. Fora a multa, para tirar novamente a CNH fica por volta de R$ 1.200 e leva mais ou menos de dois a três meses. As mudanças começaram a valer no dia 1º de janeiro de 2012. Serão inclusos novos conteúdos, além de uma nova carga horária. O Diário Oficial da União

(DOU) publicou (22/11/2009) uma resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que altera as regras para quem vai tirar a carteira de motorista. Entre as mudanças, está a carga horária do curso teórico, que vai passar de 30 para 45 horas/ aula e a do prático, de 15 para 20 horas/aula. Serão incluídos novos conteúdos. E MAIS: Providenciar com urgên-

cia a retirada do plástico do extintor de incêndio. Mais uma regulamentação sem a devida divulgação! O extintor de fogo obrigatório do carro tem que estar livre do plástico que acompanha a embalagem. Se um policial rodoviário parar seu carro e verificar que o extintor está protegido pelo saco plástico, ele vai autuá-lo – cinco pontos na carteira e mais R$ 127,50. (Soldado Julio Duarte)

GURUPI-TO

Prefeitura inicia a recuperação asfáltica A Prefeitura de Gurupi iniciou a recuperação asfáltica das ruas e avenida de Gurupi, que hoje possuem 380 quilômetros de pavimento asfáltico. “Estamos com duas equipes em locais específicos e estamos formando outras duas e uma outra volante para fazer a operação o mais rápido possível”, afirmou o secretário de Infraestrutura, Dílson Ferreira. A recuperação asfáltica foi iniciada na Rua 7 e depois seguiu em direção aos setores Trevo Oeste, Pedroso, Medeiros e nas ruas em torno do Parque Mutuca. “Agora tenho certeza de que não vamos ter mais problema nesta rua. O serviço está ficando campeão”, disse o pecuarista Luiz Leandro, que mora no Setor Pedroso. De acordo com o secretário de Infraestrutura, de início, a prefeitura adquiriu mais de 150 toneladas de emulsão de preparo de prémisturado para iniciar a recuperação dos trechos mais atingidos. “Esperamos que as chuvas diminuam, pois o material só pode ser

João Gomes da Silva revjoaogomes@gmail.com

A ganância do capitalismo religioso

aplicado quando a área afetada estiver totalmente seca. Devido ao grande volume de chuvas, tivemos que utilizar medidas alternativas e hoje pedimos a compreensão da comunidade pelos transtornos que teremos para a recuperação dos asfaltos da cidade.” Segundo o prefeito Alexandre Abdalla, nos últimos anos, a prefeitura tem buscado, de toda forma, parcerias

para a realização da recuperação definitiva dos trechos onde há muitos anos parte do asfalto encontra-se com a vida útil vencida, e, com o período da chuva, aumenta o número de buracos. “Pedimos desculpas aos nossos cidadãos pelo estado em que se encontra o asfalto da cidade. Já que não conseguimos concretizar as parcerias, como emenda parlamentar, uma das alternativas

foi enviar o PL-002/2012, que permitiria a recuperação em parte da cidade. Mas foi questionada na Justiça por alguns vereadores e tivemos que suspender a licitação por ordem judicial. Apresentamos uma outra lei e estamos esperando a decisão da Justiça para continuar o processo de licitação para iniciarmos o microrrevestimento nas ruas mais afetadas”, disse o prefeito.

ALTO HORIZONTE-GO IMPUNIDADE ZERO – O vereador Aristonides ganha aproximadamente da Câmara R$ 2.500, e R$ 1.300 da prefeitura para não fazer nada. A única coisa que ele sabe fazer é vestir uma camisa verde da prefeitura e pegar seu

carrão e transferir título de outras cidades, e ficar sentado na porta da prefeitura falando dos secretários e ameaçando, dizendo que quem não colocar adesivo na época de eleição estará fora do governo. Agora, ele já está falando

isso nas rodinhas da cidade e na prefeitura. Isso porque as eleições estão longe, imagina só quando ficar faltando dois meses para o pleito. Aqui em Alto Horizonte, mais de 800 votos são de pessoas de fora da cidade.

SINTEGO X GOVERNO DE GOIÁS - 58 dias depois Em assembleia realizada hoje (27) pela manhã no Jóquei Clube de Goiás, os educadores da rede estadual de Goiás decidiram suspender a greve. A decisão foi resultado da audiência entre Sintego e o Governo, realizada às 8h no Palácio das Esmeraldas por intermédio do subchefe de Assuntos Federativos da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República,

Olavo Noleto. Na ocasião, o governador do Estado propôs o reajuste de 8% a 10% para os professores P-III e P-IV, 40% para mestres e 50% para doutores e a restituição das gratificações de titularidade com novo percentual, a ser definido pela comissão de negociação. Em relação aos cortes de ponto, o governo irá criar uma folha suplementar para efetuar o pagamento dos dias corta-

dos, mediante a apresentação de um calendário de reposição das aulas. Este calendário deve ser elaborado pela categoria e aprovado pelo Conselho Estadual de Educação (CEE). “A greve está suspensa, mas as negociações ainda não se encerraram. A nossa luta é pela valorização dos educadores e pela defesa de nossos direitos” afirma Iêda Leal, presidente do Sintego.

Os antigos Filisteus, povo que viveu na orla do mediterrâneo, cultuavam uma divindade chamada “Mamom”, deus da riqueza, dos bens materiais, do dinheiro. Jesus fez referência a essa divindade no sermão da montanha, orientando os seus discípulos a não servir a dois senhores, quando afirmou: “Não podeis servir a Deus e a Mamom.” Tradutores de algumas versões da Bíblia substituíram o nome próprio dessa divindade filisteia (Mamom) pela palavra riquezas, o que não deixa de ser uma agressão ao texto original e inaceitável pelo princípio gramatical que não autoriza traduzir nome próprio, e sim transliterar. Como pode as escrituras consideradas sagradas sofrerem tantas alterações nas mãos desses “camelôs de bíblias”. Mas digamos que, mesmo agredindo o texto original, o tradutor quis com isso orientar os estudantes do texto sagrado a viverem um tipo de amor exclusivo a Deus, onde o desejo excessivo pelo acúmulo de bens materiais não encontre espaço nessa relação divino-humano. Parece que foi isso que os franciscanos entenderam, igualmente a madre Tereza de Calcutá, Tolstoi, Santo Agostinho e outros, que fizeram do isolamento em mosteiros e da abnegação da vida luxuosa um estilo de vida que os tornou diferentes de muitos religiosos. Entretanto, o que Jesus queria mesmo dizer? Será que para se servir a Deus tem que se viver mesmo na extrema pobreza? Não posso entender assim, pois a hermenêutica não conduz a esse tipo de interpretação. No texto em referência, Jesus diz: “Não podeis servir a dois senhores.” Veja o verbo servir. Isso implica em subserviência, submissão, situação de serviçal, escravo, subjugado. Ora, o que Jesus está orientando aos seus seguidores com base nessa advertência é da necessidade de se fugir de tudo aquilo que as riquezas “podem causar de mal”, como a arrogância, avareza, a luxúria, o do poder econômico, suborno, subjugar pessoas a partir de suas necessidades essenciais, comprar o direito alheio, como se tem visto n’alguns tribunais denúncias de venda de sentenças e, por fim, as mazelas do sistema econômico religioso em que, infelizmente, muitos estão envolvidos. A quem esses caciques religiosos estão servindo? Em que se fundamentam suas brigas? Em que tipo de visão e objetivos estão ligados? São mesmo representantes de Deus aqui na Terra? A transpiração deles tem poder de curar ou está contaminada pela química da ganância do capitalismo religioso? Acredito que, com raríssimas exceções, são todos farinha do mesmo saco, gigantes doentes, leões famintos, manipuladores saturados pelo mesmo sentimento, desprovidos de Deus e da Verdade, servindo não ao Criador do Universo, mas sim a Mamom. Tenho por costume suplicar a Deus, em minhas orações, que me mantenha sempre afastado desse tipo de gente, que usa o Seu Santo Nome em vão, para se locupletarem à custa da fé de incautos.

Pastor João Gomes da Silva é escritor, teólogo e titular da Academia Gurupiense de Letras. E-mail: revjoaogomes@gmail.com


Pág. 13 Ano 11 - Ed. N° 346 - Semana de Março/12

www.jornalpoderes.com

Uruaçu é turismo o ano todo

Fotos: Marcello Dantas e Jr./Divulgação

O volume de água do Lago Serra da Mesa, em Uruaçu, é apropriado para a utilização de embarcações náuticas de lazer de grande porte

A água do Lago Serra da Mesa, no município de Uruaçu, conduz os praticantes de esportes náuticos para variadas direções

Lago Serra da Mesa, Praia Generosa: um dos cartões-postais de Uruaçu

Prefeitura Mul. de Uruaçu-GO

Prefeitura de Santo Antonio de Goiás

PAGUE EM DIA OS SEUS IMPOSTOS

e contribua com o crescimento de sua cidade!

ADM.: 2009-2012


www.jornalpoderes.com

Pág. 14 Ano 11 - Ed. N° 346 - Semana de Março/12

Atitude

O corpo muda após a primeira vez?

A

Fabiana* escreveu para o iGirl porque quer saber se o corpo feminino muda depois de perder a virgindade e também como falar sobre sexo com os pais

CAPÍTULO 8

E o nosso desejo sexual? Desde cedo o rapaz tem que se acostumar a lidar com a ereção de seu pênis. Muitas vezes inconveniente e incontrolável, a ereção aparece quando o rapaz tira “aquela” menina para dançar, em plena apresentação de um trabalho na sala de aula, ou então quando ouve uma música incrível.... É uma situação com que todo adolescente aprende a conviver, e padece um bocado enquanto isso não acontece. Apesar de frequentemente a ereção surgir sem ligação com o sexo, percebê-la torna o rapaz muito mais consciente de seu desejo sexual do que a garota. A garota também tem desejo sexual. Só que essa atração pelo sexo não é visível. Muitas nem percebem que a umidade na vagina é a demonstração da excitação. Além disso, com frequência, a sociedade reprime, acha feio que a mulher tenha desejo sexual. Quando a jovem e o jovem vivem o marco da puberdade, que é a menstruação e a ejaculação, a emoção é semelhante para ambos: espanto, alívio, orgulho e, às vezes, até medo. São comuns pensamentos do tipo: “finalmente”, “já chegou tarde”, “e agora, como será?”, “sou adulto?”, “posso ter filhos”... A reação sobre essa nova etapa da vida tem sido diferente nos meninos e nas meninas. Para os meninos, a ejaculação aumenta muito a curiosidade de saber “como é fazer sexo” e de experimentá-lo. As meninas não interpretam a menstruação como um “sinal verde” para iniciar a vida sexual. Essas dificuldades em relação ao desejo vão duar a vida toda. Isso porque o rapaz viverá, biologicamente, na adolescência, o auge da resposta sexual. Também sofrerá, nessa idade, pressões sociais para provar a sua potência. A mulher se desenvolve mais gradualmente. Se essa maturação sexual mais lenta ocorre somente devido à educação repressiva ou também a fatores biológicos, é uma questão em aberto. CONTINUA NA PRÓXIMA EDIÇÃO MARTA SUPLICY É SEXÓLOGA E SENADORA DA REPÚBLICA

7. CASAMENTO

O

casamento ou a união permanente de dois seres,como é óbvio, implica o regime de vivência pelo qual duas criaturas se confiam uma à outra, no campo da assistência mútua. Essa união reflete as Leis Divinas que permitem seja dado um esposo para uma esposa, um companheiro para uma companheira, um coração para outro coração ou vice-versa, na criação e desenvolvimento de valores para a vida. Imperioso, porém, que a ligação se baseie na responsabilidade recíproca, de vez que na comunhão sexual um ser humano se entrega a outro ser humano e, por isso mesmo, não deve haver qualquer desconsideração entre si. Quando as obrigações mútuas não são respeitadas no ajuste, a comunhão sexual injuriada ou perfidamente interrompida costuma gerar dolorosas repercussões na consciência, estabelecendo problemas cármicos de solução, por vezes, muito difícil, porquanto ninguém fere alguém sem ferir a si mesmo. Indiscutivelmente, nos Planos Superiores, o liame entre dois seres é espontâneo, composto em vínculos de afinidade inelutável. Na Terra do futuro, as ligações afetivas obedecerão a idêntico princípio e, por antecipação, milhares de criaturas já desfrutam no próprio estágio da encarnação dessas uniões ideais, em que se jungem psiquicamente uma à outra, sem necessidade da permuta sexual, mais profundamente considerada, a fim de se apoiarem mutuamente, na formação de obras preciosas, na esfera do espírito. Acontece, no entanto, que milhões de almas, detidas na evolução primária, jazem no Planeta, arraigadas a débitos escabrosos, perante a lei de causa e efeito e, inclinadas que ainda são ao desequilíbrio e ao abuso, exigem severos estatutos dos homens para a regulação das trocas sexuais que lhes dizem respeito, de modo a que não se façam salteadores impunes na construção do mundo moral. Os débitos contraídos por legiões de companheiros da Humanidade, portadores de entendimento verde para os temas do amor, determinam a existência de milhões de uniões supostamente infelizes, nas quais a reparação de faltas passadas confere a numerosos ajustes sexuais, sejam eles ou não acobertados pelo beneplácito das leis humanas, o aspecto de ligações francamente expiatórias, com base no sofrimento purificador. De qualquer modo, é forçoso reconhecer que não existem no mundo conjugações afetivas, sejam elas quais forem, sem razões nos princípios cármicos, nos quais as nossas responsabilidades são esposadas em comum. CONTINUA NA PRÓXIMA EDIÇÃO EMMANUEL É EX-SENADOR ROMANO, EDUCADOR E ESCRITOR

A Fabiana* contou e perguntou o seguinte para a gente: “Tenho 16 anos e adoro falar sobre sexo, mas meus pais não gostam muito e muitas vezes as pessoas pensam mal de mim por ter tanto interesse no assunto. Até gostaria de ser sexóloga ou algo do tipo, só não sei o que devo fazer para seguir essa carreira. Mas a minha dúvida de hoje é: já me disseram que meninas novas e baixinhas, quando transam, ficam com o bumbum mole e esquisito, é verdade?” VAMOS LÁ NAS RESPOSTAS: 1. O corpo e a transa – Na adolescência, o corpo muda mesmo, com ou sem sexo. Isso tem a ver com os hormônios: nessa época, tanto as meninas como os meninos estão vivendo gigantescas mudanças hormonais, que vão transformar o corpo da infância em um corpo adulto. Ou seja, é mito essa história de que vai cair o bumbum e ficar mole por causa de sexo, após a primeira transa. Bobagem!

2. O seu interesse em sexo – E é também nessa fase da adolescência que a gente tem um empurrão hormonal e emocional para pensar muito em sexo. E querer falar, falar, falar sobre o assunto. Isso é natural. Há quem se interesse mais e quem se interesse menos pelo tema. Mas a vontade de saber sobre sexo, como fazer e tudo o mais faz parte desse período em que você vive. Relaxe! 3. Os pais e os outros – É difícil mesmo conversar sobre sexualidade, seja em casa, na escola ou em qualquer outro lugar. Por mais abertas que as coisas estejam hoje, esse ainda é um assunto tabu. E há muito preconceito e ideia equivocada mesmo, como essa de ficar mal falada pelos outros só por se interessar pelo assunto. Uma dica: busque as informações que precisa em lugares bacanas, como em colunas como essa, na escola, em livros, palestras etc. E converse sobre sexo com quem, de fato, for especial o suficiente para você bater um papo íntimo e complexo como esse. 4. E para ser sexóloga – Você precisa primeiro se formar em uma área como psicologia, medicina, comunicação social, pedagogia ou outra do tipo. Depois, é o caso de fazer uma pós-graduação em sexualidade. Há duas áreas: educação sexual (para quem quer trabalhar em escolas, com palestras, falar em público) e terapia sexual (para atender em consultório, sendo essa área reservada para quem estudou psicologia ou medicina antes). Bons estudos! LAURA MÜLLER É AUTORA DOS LIVROS 500 PERGUNTAS SOBRE SEXO – RESPOSTAS PARA AS PRINCIPAIS DÚVIDAS DE HOMENS E MULHERES E 500 PERGUNTAS SOBRE SEXO DO ADOLESCENTE – UM GUIA PARA JOVENS, EDUCADORES E PAIS

http://www.lauramuller.com.br


www.jornalpoderes.com

Pág. 15 Ano 11 - Ed. N° 346 - Semana de Março/12

6º Sentido

CRIANÇAS ÍNDIGO E CRISTAL: QUEM SÃO? A novela das seis da Rede Globo, Amor Eterno Amor, de Elizabeth Jhin, aborda, entre outros, o tema Crianças Índigo e Cristal. O palestrante Divaldo Pereira Franco, em entrevista a um programa de TV na cidade de Maringá, no Paraná, fala sobre um de seus livros publicados com o título A Nova Geração: A visão espírita sobre as crianças índigo e cristal „ Divaldo – Desde os anos 70, aproximadamente, psicólogos, psicoterapeutas e pedagogos começaram a notar a presença de uma geração estranha, muito peculiar. Tratava-se de crianças rebeldes, hiperativas, que foram imediatamente catalogadas como crianças patologicamente necessitadas de apoio médico. Mais tarde, com as observações de outros psicólogos, chegou-se à conclusão de que se trata de uma nova geração. Uma geração espiritual e especial, para este momento de grande transição de mundo de provas e de expiações que irá alcançar o nível de mundo de regeneração. As crianças índigo são assim chamadas porque possuem uma aura na tonalidade azul, aquela tonalidade índigo dos blue jeans (Dra. Nancy Ann Tape). O índigo é uma planta da Índia (indigofera tinctoria), da qual se extrai essa coloração que se aplicava em calças e hoje nas roupas em geral. Essas crianças índigo sempre apresentam um comportamento sui generis. Desde cedo demonstram estar conscientes de que pertencem a uma geração especial. São crianças portadoras de alto nível de inteligência, e que, posteriormente, foram classificadas em quatro grupos: artistas, humanistas, conceituais e interdimensionais ou transdimensionais. As crianças cristal são aquelas que apresentam uma aura alvinitente, razão pela qual passaram a ser denominadas dessa maneira. A partir dos anos 80, ei-las reencarnando-se em massa, o que tem exigido uma necessária mudança de padrões metodológicos na pedagogia, uma nova psicoterapia a fim de serem atendidas, desde que serão as continuadoras do desenvolvimento intelecto-moral da Humanidade. „ ER – Essas crianças não poderiam ser confundidas com as portadoras de transtornos da personalidade, de comportamento, distúrbios da atenção? Como identificálas com segurança? Divaldo – Essa é uma grande dificuldade que os psicólogos têm experimentado, porque normalmente existem as crianças que são portadoras de transtornos da personalidade (DDA) e aquelas que, além dos transtornos da aprendizagem, são também hiperativas (DTAH), mas os estudiosos classificaram em 10 itens as características de uma criança índigo, assim como de uma criança cristal. A criança índigo tem absoluta consciência daquilo que está fazen-

do, é rebelde por temperamento, não fica em fila, não é capaz de permanecer sentada durante um determinado período, não teme ameaças... Não é possível com essas crianças fazermos certos tipos de chantagem. É necessário dialogar, falar com naturalidade, conviver e amá-las. Para tanto, os especialistas elegem como métodos educacionais algumas das propostas da doutora Maria Montessori, que criou, em Roma, no ano de 1907, a sua célebre Casa dei Bambini, assim como as notáveis contribuições pedagógicas do Dr. Rudolf Steiner. Steiner é o criador da antroposofia. Ele apresentou, em Stuttgart, na Alemanha, os seus métodos pedagógicos, a partir de 1919, que foram chamados Waldorf. A partir daquela época, os métodos Waldorf começaram a ser aplicados em diversos países. Em que consistem? Amor à criança. A criança não é um adulto em miniatura. É um ser que está sendo formado, que merece o nosso melhor carinho. A criança não é objeto de exibição, e deve ser tratada como criança. Sem pieguismo, mas também sem exigências acima do seu nível intelectual. Então, essas crianças esperam encontrar uma visão diferenciada, porque, ao serem matriculadas em escolas convencionais, tornam-se quase insuportáveis. São tidas como DDA ou DTAH. São as crianças com déficit de atenção e hiperativas. Nesse caso, os médicos vêm recomendando, principalmente nos Estados Unidos e na Europa, a Ritalina, uma droga profundamente perturbadora. É chamada a droga da obediência. A criança fica acessível, sim, mas ela perde a espontaneidade. O seu cérebro carregado da substância química, quando essa criança atinge a adolescência, certamente irá ter necessidade de outro tipo de droga, derrapando na drogadição. Daí é necessário muito cuidado. Os pais, em casa (como normalmente os pais quase nunca estão em casa e suas crianças são cuidadas por pessoas remuneradas que lhes dão informações, nem sempre corretas) deverão observar a conduta dos filhos, evitar punições quando errem, ao mesmo tempo colocando limites. Qualquer tipo de agressividade torna-as rebeldes, o que pode levar algumas a se tornar criminosos seriais. Os estudos generalizados demonstram que algumas delas têm pendores artísticos especiais, enquanto outras são portadoras de grandes sentimentos humanistas, outras mais são emocionais e outras ainda são porta-

Jovem americano Jay Greenberg, considerado como o novo Mozart. Ele começou a compor aos quatro anos de idade. Aos seis anos, compôs a sua sinfonia

doras de natureza transcendental. Aquelas transcendentais, provavelmente serão os grandes e nobres governantes da Humanidade no futuro. As artísticas vêm trazer uma visão diferenciada a respeito do Mundo, da arte, da beleza. Qualquer tipo de punição provoca-lhes ressentimento, amargura que podem levar à violência, à perversidade. „ ER – Você se referiu às características mentais, emocionais dessas crianças. Elas têm alguma característica física própria? Você tem informação se o DNA delas é diferente? Divaldo – Ainda não se tem, que eu saiba, uma especificação sobre ela, no que diz respeito ao DNA, mas acredita-se que, através de gerações sucessivas, haverá uma mudança profunda nos genes, a fim de poderem ampliar o neocórtex, oferecendo-lhe mais amplas e mais complexas faculdades. Tratando-se de Espíritos de uma outra dimensão, é como se ficassem enjauladas na nossa aparelhagem cerebral, não encontrando correspondentes próprios para expressar-se. Através das gerações sucessivas, o perispírito irá modelar-lhes o cérebro, tornando-o ainda mais privilegiado. Como o nosso cérebro de hoje é um edifício de três andares, desde a parte réptil, à mamífera e ao neocórtex, que é a área superior, as emoções dessas crianças irão criar uma parte mais nobre, acredito, para propiciar-lhes a capacidade de comunicar-se psiquicamente, vivenciando a intuição. Características físicas existem, sim, algumas. Os estudiosos especializados na área dizem que as crianças cristal têm os olhos maiores, possuem a capacidade para observar o mundo com profundidade, dirigindo-se às pessoas com certa altivez e até com certo atrevimento... Têm dificuldade em falar com rapidez, demorando-se para consegui-lo a partir dos 3 ou dos 4 anos. Entendemos a ocorrência, considerandose que, vindo de uma dimensão em que a verbalização é diferente, primeiro têm que ouvir muito para criar o vocabulário e poderem comunicar-se conosco. Então, são essas observações iniciais que estão sendo debatidas pelos pedagogos.

„ ER – Com que objetivo estão reencarnando na Terra? Divaldo - Allan Kardec, com a sabedoria que lhe era peculiar, no último capítulo do livro A Gênese, refere-se à nova geração que viria de uma outra dimensão. Da mesma forma que no tempo do Pithecanthropus erectus vieram os denominados Exilados de Capela ou de onde quer que seja, porque há muita resistência de alguns estudiosos a respeito dessa tese, a verdade é que vieram muitos Espíritos de uma outra dimensão. Foram eles que produziram a grande transição, denominada por Darwin como o Elo Perdido, porque aqueles Espíritos que vieram de uma dimensão superior traziam o perispírito já formado e plasmaram, nas gerações imediatas, o nosso biótipo, o corpo, conforme o conhecemos. Logo depois, cumprida a tarefa na Terra, retornaram aos seus lares, como diz a Bíblia, ao referir-se ao anjo que se rebelara contra Deus – Lúcifer. Na atualidade, esses lucíferes voltaram. Somente que, neste outro grande momento, estão vindo de Alcione, uma estrela de 3ª grandeza do grupo das plêiades, constituídas por sete estrelas, conhecidas pelos gregos, pelos chineses antigos e que fazem parte da Constelação de Touro. Esses Espíritos vêm agora em uma missão muito diferente dos capelinos. É claro que nem todos serão bons. Todos os índigos apresentarão altos níveis intelectuais, mas os cristais serão, ao mesmo tempo, intelectualizados e moralmente elevados. „ ER – Já que eles estão chegando há cerca de 20, 30 anos, nós temos aí uma juventude que já está fazendo diferença no Mundo? Divaldo – Acredito que sim. Podemos observar, por exemplo, e a imprensa está mostrando, nesse momento, gênios precoces, como o jovem americano Jay Greenberg, considerado como o novo Mozart. Ele começou a compor aos quatro anos de idade. Aos seis anos, compôs a sua sinfonia. Já compôs cinco. Recentemente, foi acompanhar a gravação de uma das suas sinfonias pela Orquestra Sinfônica de Lon-

dres para observar se não adulteravam qualquer coisa. O que é fascinante neste jovem, é que ele não compõe apenas a partitura central, mas todos os instrumentos, e quando lhe perguntam como é possível, ele responde: “Eu não faço nenhum esforço, está tudo na minha mente.” Durante as aulas de matemática, ele compõe música. A matemática não lhe interessa e nem uma outra doutrina qualquer. É mais curioso ainda quando afirma que o seu cérebro possui três canais de músicas diferentes. Ele ouve simultaneamente todas, sem nenhuma perturbação. Concluo que não é da nossa geração, mas que veio de outra dimensão. Não somente ele, mas muitos outros, que têm chamado a atenção dos estudiosos. No México, um menino de seis anos dá aulas a professores de Medicina e assim por diante... Fora aqueles que estão perdidos no anonimato. „ ER – O que você diria aos pais que se encontram diante de filhos que apresentam essas características? Divaldo – Os técnicos dizem que é uma grande honra tê-los e um grande desafio, porque são crianças difíceis no tratamento diário. São afetuosas, mas tecnicamente rebeldes. Serão conquistadas pela ternura. São crianças um pouco destrutivas, mas não por perversidade, e sim por curiosidade. Como vêm de uma dimensão onde os objetos não são familiares, quando veem alguma coisa diferente, algum objeto, arrebentam-no para poder olhar-lhes a estrutura. São crianças que devemos educar apelando para a lógica, o bom tom. A criança deve ser orientada, esclarecida, repetidas vezes. Voltarmos aos dias da educação doméstica, quando nossas mães nos colocavam no colo, falavam conosco, ensinavam-nos a orar, orientavam-nos nas boas maneiras, nas técnicas de uma vida saudável, nos falavam de ternura e nos tornavam o coração muito doce, são os métodos para tratar as modernas crianças, todas elas, índigo, cristal ou não.


www.jornalpoderes

Pág. 16 Ano 11 - Ed. N° 346 - Semana de Março/12

Município-TO

EDUCAÇÃO DE GURUPI É EXEMPLO NACIONAL Prefeito paga novo piso nacional do magistério O prefeito de Gurupi, Alexandre Abdalla, se reuniu no último dia 14, em seu gabinete, com representantes dos professores e servidores e confirmou o pagamento do piso nacional do magistério, onde cada professor beneficia-

do receberá o retroativo de R$ 438, referente ao mês de janeiro de 2012. O anúncio foi dado durante a paralisação nacional que defende o valor de R$ 1.451 do piso nacional do magistério para 2012. Na ocasião, o prefeito adiantou que den-

tre os 139 municípios do Estado do Tocantins, menos de uma dezena de prefeituras adotou o novo piso. “Quando este piso era de R$ 1.187, nós pagávamos R$ 1.231, e agora vamos cumprir o novo reajuste com data retroativa”, afirmou.

ESTADOS NÃO GARANTEM PISO SALARIAL PARA PROFESSORES Mesmo com a medida estabelecida em lei desde 2008, alguns Estados não garantem que vão cumprir o novo piso salarial para os professores, anunciado pelo MEC. Levantamento da Folha mostra que ao menos 11 não têm prazo para se adaptar. O novo piso salarial foi calculado em R$ 1.451 – o que corresponde a pouco mais do que dois salários mínimos. O valor, para professores com jornada semanal de 40 horas, representa reajuste de 22,22% em relação ao ano passado. Entre os Estados que ainda não sabem se conseguirão se adaptar, o caso mais grave é do Rio Grande do Sul, que tem o menor piso do País: R$ 791. No Piauí, professores iniciaram greve na segunda passada exigindo o piso.

NOTA DA REDAÇÃO *Em Goiás, o governo paga o piso, mas cortou a titularidade (gratificação por especialização) e diminuiu o salário dos funcionários administrativos.

Gurupi – a 1ª em qualidade de Educação no Tocantins (Seduc) e a 1ª entre as maiores cidades do Estado a pagar o piso nacional da Educação Prefeitura Municipal de Gurupi


Jornal Poderes